Page 1

4

7 aniversário da ACLJ o

A

N

O

S

Para celebrar os sete anos de fundação da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, aconteceu solenidade no Palácio da Luz. Os empresários das comunicações José Alberto Bardawil e Miguel Dias Filho foram empossados como membros da entidade. Na mesma noite Karla Karenina e Bráulio Bessa foram homenageados. Páginas 4 e 5

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

FOTOS IRATUÃ FREITAS

José Alberto Bardawil recebe o diploma de sócio benemérito da academia do jornalista Cid Carvalho

A obra da minha vida resume o compromisso que assumi comigo mesmo, ainda jovem, de não ficar impassível diante da injustiça, da desigualdade social e do abuso de poder dos nossos políticos e autoridades.

José Alberto Bardawil

A atriz Karla Karenina também foi homenageada e recebeu a honraria de Alana Alencar

Poeta Bráulio Bessa recebe homenagem por seu trabalho das mãos do jornalista Almir Gadelha

“Você pode ser aquilo que você quiser, basta nunca desistir dos seus sonhos”

Bráulio Bessa

“Eu que fiz dos meus sonhos, meus navios; Eu que fiz velas de rimas; De canções o meu pesqueiro; Eu que armei redes de estrelas; Ainda espero em tensões e sereias; Quem ficou de me encontrar...”

Karla Karenina citando Milton Nascimento

Cid Carvalho também entregou ao empresário Miguel Dias Filho o diploma de sócio benemérito

“Quero fazer ainda mais pela comunicação do nosso Estado e promover com qualidade e lisura um jornalismo que faça jus às ordens democráticas brasileiras”

“Diante de tudo isso, o que mais podemos dizer? Se Deus está do nosso lado, quem poderá nos vencer? Ninguém!” Romanos 8:31 C M Y K

Miguel Dias Filho


2

Variedades

Doutor Boghos Boyadijian comandou o coquetel em que foi inaugurado o Hospital Leonardo Da Vinci, localizado na Rua Rocha Lima.

ian.gomes2008@gmail.com

Conversando, a gente se entende

Padre Clairton com Doutor Boghos Boyadijian

Sabe aquele momento na vida em que tudo o11/2/2015 que queremos é “chutar o balde”? Foi assim, que uma amiga definiu a fase em que está vivendo. O que ela fez? Planos, rotas e decidiu explorar novas fórmulas de povoar a solidão. Sim, pois, muitas vezes, estar rodeada de pessoas é sinônimo de sentir-se sozinho. E, nesta viagem de descobertas, ela abandonou bagagens desnecessárias e se despediu de tudo que já não fazia muito sentido. Quantas vezes deixamos sonhos adormecidos mofarem por falta de um impulso que nos permita se sentir vivo e pronto para recomeçar. Esse sim, o verdadeiro sentido de existir. Afinal, o que a vida quer da gente é coragem, como nos ensina Guimarães Rosa. Pense nisso!

cabeças de coluns no LINHA AZUL _ IAN GOMES.indd 1

Fronteiras. O terceiro Centro Cearense de Idiomas (CCI) do Estado, foi inaugurado no Shopping Iandê, em Caucaia, com capacidade para atender até 900 alunos. Diversão. A Camerata de Violões Cordas Cearenses e a banda Os Alfazemas fazem apresentação

FOTOS IRATUÃ FREITAS

Inauguração

Ian Gomes

Cidadania. Ouvidoria Geral do Estado completa 21 anos de serviço ao cidadão cearense. Durante esse período mais de 400 mil atendimentos foram registrados.

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

09:35:32

Tiago Andrade, Boghos Boyadijian, Anucha e Armen Boyadijian

Fabio Dantas, Bruno Cavalcante, Manoel Ponte e Florentino Cardoso

amanhã, sábado, às 18h30, no Centro Cultural Belchior, na Praia de Iracema. Grátis. Elas. Por conta do Dia das Mães, o Shopping RioMar promove domingo (20), café da manhã para mamães convidadas e diversão no Parque Marsha e o Urso.

Armen Boyadijian e Manuela, Armenuhi Boyadijian e Paulo Sérgio Santa Cruz

Francisco Perdigão, Eleutério e Ercilio Nascimento

Pedro Wilson, Boghos Boyadijian, Vladimir Távora e Nogueira Paz

Wagner Colaiacovo e Aldenir Fresca

Sandra Maia, Renato Perdigão e Fabíola Farias

Francisco Perdigão, Mara Rodrigues e Roberto Farias

Tiago Gomes e Samuel Ximenes

Hidelbrando Mota Filho e Rafael Martins

Jussara Araújo, Elizângela Silva e Camila Amélia

Gilberto Sobral, Adriana Gadelha e Onassis Santos

Erialdo Silva, Leandro Martins e Victor Pinheiro

Ercilio Nascimento, Socorro Rosa, Eliane Aragão, Ana Edite e Vladimir Távora

Adalmiro do Vale, Boghos Boyadijian, Anne e Adroaldo Aragão

Ana Luzia Brito e Ana Lidia

Nilton Medeiros, Eugênio Teles e Tiago Andrade

Camila Monteiro e Gerarda Costa

Nadia Cavalcante e Leoncio Magno

Nogueira Paz, Pedro Wilson e Ronald Bluhm

Sabores. A 12ª edição, em Fortaleza, do Restaurante Week acontece até 10 de junho, em 19 restaurantes. A Vignoli oferece três opções deliciosas. Parte da renda será doada ao Iprede.

Toque Social que Social Toque Matusahila Santiago MatusahilaSocial Santiago

matushilasantiago@hotmail.com matushilasantiago@hotmail.com usahila Matusahila Santiago Santiago

hilasantiago@hotmail.com matushilasantiago@hotmail.com

TU.indd

Homenagem à mãe colunAs colunAsno noLINHA LINHAAZUL AZUL__MATU.indd MATU.indd 11

11/2/2015 11/2/2015 09:37:36 09:37:36

MÃE, Também quero prestar-te minha homenagem 1 11/2/2015 09:37:36 Porém, serão1 as palavras capazes colunAs no LINHA AZUL _quais MATU.indd 11/2/2015 De reproduzir tua imagem De expressar o que o fazes? MÃE, tu foste uma oleira. Oleira laboriosa e altaneira Sem ter a mínima idéia da guerreira Que trazias nata em teu ser, Ingênua, simples, quase uma menina Assumiste o comando de tua missão. Amacias-te a massa que te foi entregue, E nos forjaste como se forja o ouro. Escolhestes do barro os pedregulhos E fizeste brilhar toda argamassa De todas as rudezas que recebeste. Devagarzinho, com retidão e carinho Transformaste a aspereza em arminho. Auxiliaste o PAPAI nesta batalha, Que não foi só dele, Com papai fizeste uma partilha, Burilaste-nos antes de sermos fabricadas Filtraste as impurezas ao nos ninar. Querias os melhores jarros existentes; Se caíssem e quebrassem, juntarias os cacos. E deles farias uma obra de arte, Aninhar, refazer foi esta a tua parte. Quantas vezes enfrentando os vendavais Que surgiram intempestivos na jornada Quase chegamos a naufragar. Mas, tu altivas, serena, mesmo com medo, Com tua ingenuidade e fragilidade feminina Dominavas as procelas advindas. Tua tarefa de MÃE foi cumprida, Com esforço hercúleo e com denodo, Qual Cesar podes dizer: “Vim,Vi e Venci.” Se mais não fizeste não foi culpa tua, A vida tem seu rascunho, ninguém pode mudar, Mas teu exemplo nos serve de escudo Neste mundo agreste a caminhar. Amar em simbiose é a forma de MÃE amar, Mas, às vezes MÃE, amar sozinha é tua missão. Se ainda aqui estás, perdoa-nos alguma ingratidão. Se já não mais estás, saiba: onde quer que estejas, Levaste contigo o meu coração.

09:37:36

“Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos deu o seu Filho, será que não nos dará também todas as coisas?”. (ROMANOS 8:32)

EDITORA Solange Palhano COORDENAÇÃO GERAL Soraya de Palhano n COLABORAÇÃO Iratuã Freitas DIAGRAMAÇÃO E ARTE FINAL Kelton Vasconcelos e Krisley Teixeira

C M Y K


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

3

Solange PalhanoNOTAS solangepalhano@oestadoce.com.br

Amsterdã, um paraíso Voamos pelo Air bus 708 da KLM, uma confortável aeronave que nos levou tranquilamente ao nosso destino, Amsterdã, em voo direto, após nove horas e meia. Atendimento da equipe de comissariado, 10, cardápio de alimentação e bebidas de ótima qualidade. A imigração do aeroporto de Schiphol recebe os turistas com simpatia e hospitalidade, tratamento bem diferenciado dos americanos. A competente Nicole Nanci, representante do Escritório de Turismo da Holanda no Brasil, Holland Alliance, e da KLM Brasil nos acompanhou desde a nossa saída do Aeroporto Internacional Pinto Martins até o nosso retorno a Fortaleza. Ao entrar no Hotel Westcord Fashion, bem próximo ao aeroporto, fomos enfeitiçados pela sua decoração. Bonecos de manequins vestidos com belíssimos longos de alta costura. Se estivesse a venda e possuísse muitos euros, teria comprado todos. Fiquei só no sonho. Belas recepcionistas de várias nacionalidades. Na suíte, havia um cartão de boas-vindas, com frutas e um biscoito maravilhoso, típico da cidade. Recebemos o KLM CareTag junto com o cartão City Card que nos dá o direito de andar em ônibus e metrô durante os dias que ficamos na cidade.

Visitando Amsterdã É encantadora. Possui 800 mil habitantes e 1,2 milhão de bicicletas. Em todo lugar, há estacionamento para elas. Suas ciclovias são largas, com piso liso, respeitadas pelos condutores de veículos e transeuntes. As ruas são limpas, arborizadas e na parte antiga, foram preservadas

as residências, de quatro andares, tortas e baixinhas, que proporcionam uma visão mais ampla do horizonte, que hoje são ocupadas por luxuosos hotéis, restaurantes, bistrôs, livrarias, bares e boutiques. Todos à beira dos canais, que são limpíssimos. Grandes barcos também são

A vista do alto da torre para o chão

Adam Tower Esse lugar jamais pode ser deixado de visitar. Foi inaugurado em 1971 e, até 2009, foi ocupado pela Shell. Sofreu uma grande reforma, começando primeiro pelo nome, Adam Tower, que significa “Amsterdam Dance and Music”, que reflete exatamente o conceito da nova história do edifício de 80 metros de altura, com seus 21 andares. É multifuncional, contêm escritórios, café, restaurante, hotel, um ponto de observação, escola de música, clube noturno, tendo todos os espaços a ver com a música. Ao entrarmos em suas dependências, iniciamos uma grande aventura. No elevador, tivemos a impressão que estávamos em outra dimensão ou “lombrados”, com um jogo de luz em formas geométricas projetadas em led, que surge a cada momento de andar alcançado. Subindo os 21 andares, em apenas 20 segundos, o equipamento se transforma em um espaço psicodélico. Relembrei minha infância, quando meus pais presentearam-me com um brinque-

do que íamos virando e formando figuras. Apesar de outros prédios serem mais altos, pouquíssimos oferecem seu terraço para que possamos vislumbrar a bela Amsterdã sob nossos pés. E é esse o objetivo do Adam Lookout, que fica lá.

utilizados como residências, que ficam acostados nos canais, são as mais caras. Apesar de não ser uma cidade que tenha a ver com arranhacéus, estão surgindo prédios extremamente modernos e altos cada vez mais. Há construções de 150 metros de altura.

Bar/lanchonete, com parede lateral de vidro e vista para frente do grande canal, separa a estação central da região onde estávamos. Degustamos uma boa bebida, uma deliciosa salada e não resisti em dar uma mordida no esplêndido e grandioso hambúrguer com batatas fritas de um colega, prato típico dos holandeses. No chão, colocamos nossos pés em um grande círculo de vidro transparente, que nos causou um pouco de vertigem, alguns colegas jornalistas não se atreveram. Entre o prédio e esse cubo, há um andar redondo, onde funciona o novo restaurante Moon, que gira lentamente, proporcionando os 360 graus de visão da cidade, sem precisar sair do lugar. Mas, a aventura não terminou por aí. Senti um frio na barriga ao ficar suspensa em um balanço que deixa nossas pernas no ar, fora do prédio. A impressão que dá é que seremos jogados de cima da cobertura. Para quem tem muita facilidade de enjoar e sentir vertigem por causa da altura, não é aconselhável utilizar o brinquedo. O tempo que estive lá foi o suficiente para não vomitar.

Chega a noite Não poderíamos deixar de finalizar nossa noite no bairro da luz Vermelha ou o chamado Red Light District. Belas mulheres, de diversas nacionalidades, expostas em vitrines. A brasileira, como sempre, domina o pedaço. A fama do Red Light District foi criada a partir do século XIII, quando marinheiros e piratas, que chegavam cansados de suas viagens, passavam por lá e as famosas e belas donzelas, que ali estavam, ofereciam-se para curar esse cansaço. E seu nome foi dado porque,

nesse período, os estabelecimentos (bordéis) ali presentes eram iluminados por lampiões de luzes vermelhas. O bairro fica bem próximo ao centro histórico de Amsterdã e o ponto de maior oferta está na rua Oudezijds Achterburgwal, entre as ruas Gordijnensteeg e Korte Stormsteeg. No Red Light District, não há só a rua das “colegas”. Há animados bares, casas de strep, teatros... Como haxixe (droga usada pelos europeus) é liberado, muitas vezes, sentimos seu aroma nas ruas dos bairros.

Hotel Pulitzer Hotel cinco estrelas Pulitzer. Estar lá é voltar aos séculos XVII e XVIII, datas que pertencem às 25 casas de quatro andares restauradas, onde ele foi construído. Todas conservadas em suas arquiteturas. Nas suas paredes, estão famosas e belas obras de arte. No rol de sua recepção, fomos recebidos pela assessora de Comunicação e Marketing, nos dando votos de boas-vindas com delicioso champanhe. Os quartos são amplos, com decorações bem sofisticadas e de acordo com a reserva realizada. O de valor menor de estadia é confortável, com decoração como se estivesse dentro de um barco e sua porta dá para um jardim interno.

Todo o hotel tem vista para o jardim ou para o canal. Já se hospedaram estrelas como Madona, Richard Gere, Elizabeth Taylor... Há vários restaurantes e bares de acordo com o gosto do hóspede. Em uma sala privada, decorada com utensílios de cozinhas em latão, foi oferecido um jantar à nossa comitiva. Fomos servidos por dois educados e belíssimos jovens garçons, de nacionalidades italiana e holandesa. Com menu de bebidas variadas e o cardápio com entrada de saladas, depois foi servido como prato principal massas com fruto do mar, carnes e peixes. A sobremesa sorvetes e uma típica local.

O holandês... ...é simpático, acolhedor e bonito. A raça, em si, é bela. Mulheres e homens, além de chamarem atenção pela beleza,

No elevador, jogo de luz led em formas geométricas

são “fashion” no vestir e nos cortes de cabelos. É uma cidade de jovens com poucos idosos que estão na mesma “vibe”.

A jornalista Solange Palhano viajou a convite do Hub Nordeste da KLM-Air France-Gol

“Quem acusará aqueles que Deus escolheu? Ninguém! Porque o próprio Deus declara que eles não são culpados. Romanos 8:33 C M Y K


4

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

João Soares Neto escreve jsn.oestado@hotmail.com www.joaosoaresneto.com.br

A lata e a manifestação O Apolinário é um velho colunAs no LINHA AZUL _Encontrou-me joao soares neto.indd 1 conhecido meu. esta semana. Horário do almoço, sol a pino. Estava suado e transtornado. Puxou-me para um bar no canto da rua e falou de sua preocupação: – Há um barulho esquisito, muito estranho, no meu celular. Perguntou-me o que achava. – Deve ser problema de sinal, depende do local onde você esteja; todos os telefones estão assim, e tentei mudar de assunto. O Apolinário pegou no meu braço e falou: Creio que

estou sendo escutado; coisa séria. O chiado é estranho. Todo mundo diz que a Dilma foi gravada. Imagine eu que não tenho ninguém para me defender e orientar. E o seu nervosismo aumentava. E soltou um “ajude-me”. Eu estava apressado, mas o Apolinário não me dava trégua. Ele pedia ajuda e os seus olhos estavam marejando. Respirei fundo, olhei para o seu corpo avantajado, suado, cinturão no último furo, barba por fazer e mãos úmidas. Falei: você

está com medo de quê? Fez 11/2/2015 coisa 10:14:21 algo errado? Há alguma que não me tenha me dito? Ele pediu uma cerveja, pois o garçom nos olhava como a dizer: sentam e não vão pedir nada? Tomou um gole, limpou a boca e arrematou: – Sabe aquela passeata, a que teve quebra-quebra e em que umas pessoas foram presas? Sei não, Apolinário, já são tantas manifestações e caminhadas. Ele me diz em voz baixa: – Aquela em que a polícia baixou

o pau sem dó, nem piedade e na qual uma pessoa foi atingida na cabeça por uma lata de leite em pó? E emendou – Fui eu que joguei a lata. Estava no meu escritório, aporrinhei-me e mandei a lata lá do segundo andar. A desgraçada caiu na cabeça de um policial grandão que acabara de tirar o boné para limpar a testa. Tenho acompanhado o caso. De longe, é claro, mas não sei o estado dele. Não deu nada no jornal e agora esse chiado no meu telefone. Estou sem dormir, e

nem falei para a minha mulher, sabe como é, ela anda com raiva de mim faz tempo. Você não podia dar um jeito para descobrir? Fiz-lhe mais uma pergunta: – A lata estava cheia, lacrada? Ele abriu um sorriso meio maroto e gritou: não!, estou salvo, o leite voou e a lata seca não deve ter feito nenhum estrago. Sem paciência, perguntei: posso ir embora? Ele disse, distraído: pode ir, boa tarde, e concluiu: – Garçom, traga mais uma gelada.

Solenidade O Palácio da Luz foi o palco da 7ª assembleia aniversária da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo. O empresário de comunicação José Alberto Bardawil foi empossado na dignidade de 19º membro benemérito da entidade. No mesmo evento o empresário das comunicações Miguel Dias de Souza Filho também tomou posse como membro da ACLJ. Karla Karenina e Bráulio Bessa foram homenageados pela academia por seus feitos no mundo artístico e poético. FOTOS IRATUÃ FREITAS

Mesa de Autoridades

Walter Bardawil colocou a pelerine no irmão José Alberto Bardawil

Rosângela Dias colocou a pelerine no filho Miguel Dias Filho

Soraya de Palhano, José Alberto Bardawil, Sônia e Alfredo Marques

Bráulio Bessa recebe homenagem de Almir Gadelha

Karla Karenina recebe homenagem de Alana Alencar

“Será que alguém poderá condená-los? Ninguém! Pois foi Cristo Jesus quem morreu, ou melhor, quem foi ressuscitado e está à direita de Deus. E ele pede a Deus em favor de nós.” Romanos 8:34 C M Y K


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

5

Solenidade - (parte 2)

Alunos do Colégio Maria Ester apresentaram alguns poemas

FOTOS IRATUÃ FREITAS

Alfredo Marques, Alberto Bardawil, Soraya de Palhano, Gaida Dias e Walter Bardawil

Presidente da Academia Cearense de Letras ministro Ubiratan Aguiar em seu discurso

José Augusto Bezerra, Daniela Carvalho e Cid Carvalho

Rosângela Dias e Soraya de Palhano

José Alberto Bardawil em seu discurso

Bráulio Bessa em seu discurso

Luciana de Aragão, Djalma Pinto, João Pedro Gurgel e Inês Mapurunga

Manu Gomes, Valdo Santos e Eliane Novais

Maria Josefina e Rui Martinho

Vicente Alencar, Reginaldo Vasconcelos e Miguel Dias Filho

Fernando Dall’Olio, Bardawil e Cláudio Quixadá

Fatima Lemos e José Maria Chaves

Fernandes Filho com Alberto e Walter Bardawil

Inês Mapurunga canta o hino da ACLJ

Geraldo Jesuíno, Nirez e Alana Alencar

Alberto Bardawil, Fernanda Montenegro, Walter Bardawil e Ana Paula

Fernando Dias, Laura Mota, Igor, Miguel Dias Filho e César Martins

Roberto Pires e Cândido Albuquerque

Graça Leandro, Reginaldo Vasconcelos, Jocélia Nogueira e Vólia Sales

Ferreira Aragão e Walter Bardawil

Ângelo Guerra e Laênia Azevedo Guerra

Banda de Música da 10ª Região Militar

Talita Nagila, Bardawil e Tatiane Costa

Miguel Filho em seu discurso

Karla Karenina em seu discurso

“Então quem pode nos separar do amor de Cristo? Serão os sofrimentos, as dificuldades, a perseguição, a fome, a pobreza, o perigo ou a morte?”. (ROMANOS 8:35) C M Y K


6

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

DIA PERFUMADO FORTALEZA

colunAs no LINHA AZUL _ SAVIO.indd 1

Uma psicóloga

colunAs no LINHA AZUL _ SAVIO.indd 1

“A professora Lídia Weber, conhecida nacional e internacionalmente por seu excepcional talento e por sua vasta produção intelectual, está lançando um novo trabalho chamado ´Adote com Carinho, um manual sobre aspectos essenciais da adoção´: uma obra magnífica que mergulha no universo afetivo da adoção e suas infindáveis possibilidades amorosas. Todos que lidam com a infância, profissionalmente ou não, devem ler este livro e partilhar as experiências aqui esculpidas com a especial sensibilidade e apuro técnico que são peculiares a sua autora. Lídia Natalia Dobrianskyj Weber tem um nome sonoro e um tanto complexo para os padrões brasileiros. E, paradoxalmente, tem uma inata capacidade de explicar de forma simples os sentimentos mais rebuscados do ser humano. É um belo e verdadeiro dom de traçar de forma compreensível, lógica e afetuosa linhas que descrevem situações e emoções que de tão intensas, se presumem intangíveis. Mas, Lídia torna estas relações conhecidas e permite que sejam trabalhadas, aprimoradas. Desvenda mistérios e encanta ao mesmo tempo. Como a Adoção ainda é um tema envolto em polêmicas – na verdade são pré-conceitos a serem superados – cada obra de Lídia cumpre um papel fundamental na cultura social brasileira: o de jogar luz sobre o que precisa ser revelado, de maneira sutil e segura, trazendo as melhores concepções sobre esta forma incrível de paternidade. Amar profundamente o que é diferente, fazer ele essencial à felicidade própria, cuidar e educar com carinho e firmeza, pintar a vida de um colorido especial e raro, eis a atitude adotiva. Para ajudar pais a conduzir de forma eficiente a educação de seus filhos, Lídia produziu um extraordinário trabalho publicado pela Editora Juruá, chamado ´Eduque com Carinho`, no qual desenvolve de forma brilhante algumas orientações fundamentais para que se possa responsavelmente exercer a paternidade ou maternidade. É um livro apaixonante, ricamente ilustrado, em que o afeto e o cuidado são os principais personagens. Uma questão primordial que este livro de Lídia traz é o resgate da autoridade do pai e da mãe, que andou meio fora de moda nos últimos anos. Com efeito, a forma de criar criança solta, sem compromisso, acompanhada de uma compreensão infindável com qualquer comportamento bom ou ruim, se afigura como um falso amor, no qual o discurso excessivamente liberal esconde uma enorme falta de disposição paterna para enfrentar os desafios de se educar alguém. Lídia propõe o exercício de uma autoridade que dialoga, que dá exemplo, e que respeita as peculiaridades de cada filho.”

20/2/2015 15:40:44

Natura apresenta novidades da sua perfumaria

A

Natura realizou no Hotel Praia Centro o Dia Perfumado Fortaleza, ocasião em que apresentou as novidades da sua perfumaria, em momento que reuniu imprensa, formadores de opinião e influenciadores digitais. Marcelo Barros, diretor de marketing de perfumaria Natura, falou aos presentes sobre as novidades, dando destaque ao Essencial OUD, fragrância que leva ingrediente raro na perfumaria nacional, feito com a madeira Oud, ingrediente nobre na perfumaria mundial, a fragrância exótica e opulenta exala sofisticação e é ideal para ocasiões especiais. A Natura, foi buscar no Oriente um dos ingredientes mais nobres e luxuosos da paleta de um perfumista para criar Essencial Oud, nova fragrância da marca que chega em versões masculina e feminina. O perfume leva em sua composição a madeira Oud, extremamente rara e dona de uma fragrância rica, marcante e única. Oud é a madeira mais cara do mundo – daí ser conhecida como ‘ouro líquido’, pois seu peso vale mais do que ouro. A árvore é exclusiva de determinadas regiões do planeta, principalmente Índia e sudeste asiático,

20/2/2015 15:40:44

e é deixada para amadurecer por várias centenas de anos antes da madeira perfumada ser extraída para uso em incensos e perfumes. Madeira dos deuses, deliciosamente inebriante, o Oud é usado milenarmente em cerimônias religiosas. Além do Essencial OUD, foi apresentado outros lançamentos da marca como o No Gender, Cool Vibe e Natura Homem Verum, o novo deo parfum da Natura. Novidade chega para complementar a linha de produtos de Natura Homem e traz uma fragrância com moderna combinação de madeiras e notas verdes, atrelada a um toque camuflado do couro. Verum vem do latim e significa verdade. Um deo parfum para homens autênticos, espontâneos e confiantes. Uma fragrância intensa, perfeita para ocasiões especiais e amadeirada, que contrasta com notas verdes, como a renomada folha de violeta, e o toque camuflado do couro. Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,8 milhão de consultoras, registrou R$ 7,9 bilhões de receita líquida em 2016. Foi a primeira companhia de

Marcelo Barros, gerente de Marketing da perfumaria Natura, apresentou as novidades e lançamentos da perfumaria capital aberto a receber a certificação B Corp no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México e Peru, detém também o controle da marca inglesa de beleza The Body Shop e da australiana Aesop.

Vem Também - Dois anos Valdir e Samara Fernandes pilotaram o coquetel de lançamento da nova edição da Revista de turismo Vem Também e comemoração dos dois anos da publicação.

Valdir e Samara Fernandes, Assis Cavalcante, Diana Rocha e Arialdo Pinho

Manoel Cardoso Linhares

Glaucia e Bismarck Maia

Salmito Filho, Samara e Valdir Fernandes

Severino Ramalho Neto

“Como dizem as Escrituras Sagradas: “Por causa de ti estamos em perigo de morte o dia inteiro; somos tratados como ovelhas que vão para o matadouro.” Romanos 8:36 C M Y K


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

7

Aniversário Presidente da FIEC, empresário Beto Studart, foi surpreendido com um coquetel, organizado pela diretoria da entidade, para comemorar sua troca de idade. O evento aconteceu na Praça de Eventos do empreendimento BS TOWER.

PretonoBranco Julieta Brontée jbrontee@uol.com.br

FOTOS IRATUA FREITAS

Direitos desumanos

Ana, Beto e Patrícia Studart

Beto Studart

Alfredo Costa, Danilo Almeida, Beto Studart e Marcelo Targino

Waldyr Diogo, Fernando Cirino e Antunes Mota

Alvaro Correia, Roberto Ramos, Fred Fernandes, Beto Studart e Francilio Dourado

Roberto Sérgio Ferreira e Eduardo Cavalcante

Júnior Osterno, Freitas Cordeiro e Roberto Macêdo

Claudio Targino, Alfredo Couto, Emílio Moares e Ednilton Soares

Aluísio Ramalho, Aluísio Júnior, Beto Studart, Germano Maia, Edgar Gadelha e André Siqueira

Roberto Macêdo

Lauro Martins, Fred Menezes e João Porto

Pablo Padilha e Paulo André de Holanda

Marcelo Targino, Nicole Barbosa e Francílio Dourado

Regina e Eduardo Fiuza

Um dos maiores crimes que se pode praticar contra a humanidade é negar às pessoas o coluns no LINHA AZUL _ julieta.indd 1 bem e defender essa humanida11/2/2015 direito de viver de contra os seus inimigos. Portanto, ser contra isso seria negar o que determina a própria Declaração Universal dos Direitos do Homem, além de ser uma afronta ao que propôs o próprio Jesus Cristo, ao colocar como o segundo mais importante dos seus mandamentos o amor ao próximo, abaixo apenas do amor a Deus. Diante disso, seria um desrespeito negar o apoio ao direito de todos de viver em paz. Acontece que, em nome de uma tal democracia socialista, com que ideólogos esquerdistas envenenam e distorcem as relações entre os que formam a sociedade, o surgimento de projetos aprovados no sentido de defender crianças, adolescentes e jovens de menor idade terminaram se transformando num manto protetor de todos os tipos de bandidos jovens, que se julgam no direito de matar, estuprar e sequestrar, pelo simples fatos de serem menores. Não admira que 35% dos grandes crimes praticados no Brasil tenham autores de 13, 14, 15 anos de idade. Não admira que, nos últimos dias venham se multiplicando os atos de violência de bandidos de todas as idades no Brasil, em grandes, médias e pequenas cidades, sem que as forças policiais possam se utilizar de todos os seus direitos. O caso da policial paulistana Kátia Sartri, que, para salvar várias vidas, inclusive a dela, teve que tirar a vida de um assassino e assaltante da maior periculosidade. Os paladinos dos Direitos Humanos, mostrando que o que defendem são os direitos desumanos, queriam que a policial deixasse o bandido dar o primeiro tiro.

Ednilton Soares e João Guimarães

Roberto Macêdo e Assis Machado

Socorro Trindade e Lucia Marçal

Ana Maria Xavier, Rocaia Dutra e Karina Frota

Selma Cabral, Beto Studart e Priscila Cavalcanti

Ângelo Nunes e Fernando Laureano

Inimar Sancho e Emílio Morais

Elisa Bezerra e Eduardo Camarço

Marcos Soares e André Montenegro

Roseane Medeiros, Ana Studart e Wania Dummar

Elias Carmo, Affonso Barboza e Eduardo Castelo Branco

Ótima ideia. Na AL, o deputado Danniel Oliveira, do MDB, apresentou proposta no sentido de que o setor turístico, para reter turistas na nossa capital utilizem-se de estratégia dos responsáveis pelo setor em Portugal. Para esse fim, seria oferecido aos turistas que aqui passam redução das passagens para a próxima cidade, ao mesmo tempo em que lhes seriam dados abatimentos de até 30% nos hotéis. Com isso um incremento de 10% no turismo para o CE. Orgulho. Na visão do deputado Audic Mota, do PDT, e primeiro-secretário da Assembleia, os políticos adversários do governo deveriam, em vez de criticar, orgulharem-se de termos um Estado onde a Educação atingiu o segundo mais alto nível, quando podemos mostrar ao Brasil 35% das melhores 100 escolas do País. Com isso, o Ceará contribui para que o país tenha uma juventude bem apoiada no estudo e com um grande futuro para a Nação. Imitando o que é bom. Segundo informou o comando da Associação Brasileira de Indústria Hoteleira, a entidade firmou grande parceria com a Cruz Vermelha Internacional, no sentido de que sejam oferecidos aos funcionários de todos os hotéis cursos de enfermagem e de primeiros socorros, com o objetivo de darem primeira assistência a

“Em todas essas situações temos a vitória completa por meio daquele que nos amou.” C M Y K

(ROMANOS 8:37)

hóspedes que, assim, estarão mais tranquilos em relação a eventuais acidentes ou emergências de saúde. Segurança difícil. A situação em que se acha a Segurança Pública no Ceará e no Brasil, sob o ponto de vista do general Theóphilo, pré-candidato do PSDB ao Governo do Ceará, atingiu um nível em que não será o número de policiais que vai tirar de circulação a bandidagem, mas sim, uma grande modernização e tecnologia para a polícia. Sem isso, e sem a total participação da sociedade, poderemos ver a bandidagem dominar. Mais Marcha. Segundo informa o comando da Aprece, está programado para os próximos dias mais uma Marcha sobre Brasília, para, mais uma vez, os prefeitos cobrarem do Governo o que estão necessitando. Na AL, alguns deputados, conhecedores da grana curta da União, afirmam que uma mobilização dessa natureza, além de ter poucas chances de trazer dinheiro para as prefeituras pode, o que é pior ser vista como “turismo de caipiuras”. Locais. Diante do pouco que foi proporcionado por deputados federais e estaduais eleitos com os 350 mil votos da Região da Ibiapaba, as lideranças regionais tomam medidas que tiram o sono dos referidos parlamentares.

10:58:07


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 18 de maio de 2018

Flávio Tôrres Sociedade Flávio Tôrres Sociedade mrtorres.oestado@gmail.com mrtorres.oestado@gmail.com

A importância quem dá ao outro é você... Se significa ou é insignificante

AUTOR DESCONHECIDO

I Fórum de Sucessão da empresa familiar Furtado e Pragmácio Advogados realizaram em parceria com a Fecomércio o 1º Fórum de Sucessão da empresa familiar. Na programação palestras sobre as questões jurídicas relacionadas à sucessão de empresa familiar com o advogado João Rafael Furtado, A importância da sucessão para longevidade empresarial com Eduardo 11/2/2015 11:21:45 Gomes de Matos, da Gomes de Matos Consultores Associados, e a Importância da Governança na sucessão com o presidente do Instituto Empresarial Cícero Rocha.

colunAs no LINHA AZUL _ flavio torres.indd 1 colunAs no LINHA AZUL _ flavio torres.indd 1

Eduardo Gomes de Matos, João Rafael Furtado e Cícero Rocha

Bergson Teixeira, Tomas Antônio Albuquerque, Jennyfer Simões, João Rafael de Farias, Larissa Petrizzo e Hamilton Gonçalves

João Rafael de Farias, Hugo Eduardo, Luiz Fernando Bittencourt, Tomás Antônio Albuquerque e HamiElton Goncalves

Semana vai, semana vem... v Hoje, às 18 horas, no Center Um, Soraya Costa comanda o desfile do garoto e garota do Colégio Imaculada Conceição. v Mostrando unidade e representatividade, os jornalistas cearenses aprovaram a continuidade da contribuição sindical anual. Por meio de decisão unânime em assembleias por local de trabalho e também

por autorizações individuais expressas, os trabalhadores da mídia decidiram continuar o desconto do imposto, agora facultativo, depois das mudanças impostas pela lei da “reforma” trabalhista. v A categoria mostrou que acredita na atuação do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) e que o financiamento da atividade sindical é uma demanda do

conjunto dos profissionais de jornalismo do Estado. Jornalistas do O Povo, TV Jangadeiro, TV Cidade e O Estado, sindicalizados ou não, autorizaram de próprio punho o desconto da contribuição sindical, que corresponde a um dia de salário. v Nas redações citadas, cerca de 95% dos jornalistas optaram por continuar contribuindo com o seu

sindicato. “Para nós, essa foi a maior prova de confiança na atuação dessa diretoria e, mais do que isso, a confirmação do sentimento de pertencimento à classe trabalhadora e de maturidade política para entender que o Sindjorce é o legítimo representante da categoria”, avalia a presidente do Sindjorce, Samira de Castro. v Na última sexta-fei-

ra, o Grupo Aço Cearense realizou o II Seminário no Transporte de Cargas para empresários da Indústria no Ceará e estudantes do ramo.

porte de cargas, a programação contou com palestra do diretor de suprimentos e logística do Grupo Aço Cearense, Edgard Corrêa.

v A Ação aconteceu, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará, com o objetivo de reunir grandes empresas do mercado para realizar a troca de informações em boas práticas, com foco em segurança no trans-

v Também estiveram presentes o gerente de logística da Diageo, Marcos Miniere, os cabos Saulo Daniel e Afrânio Silva, da Polícia Militar, e o auditor fiscal do Ministério do Trabalho, Franklin Rabelo.

Rapidíssimas Domingo é dia de festa para os paroquianos da Igreja de São Vicente de Paulo, pois será comemorado o aniversário do estimado Padre Neto, às 19 horas. - nnn Li na coluna da minha querida jornalista Sônia Pinheiro, que a festa de aniversário dos coronéis Adauto e Humberto Bezerra será comemorada no Coco Bambu, by Teca, no dia 3 de junho. - nnn Chegaram de Recife meus estimados amigos Marilze Studart Rocha e Claumir Rocha que foram passar o Dia das Mães com o filho Nelson, Liana e filhos. - nnn Foi em Barcelona que Aristófanes Canamary brindou a nova idade da amada esposa Vânia Canamary. - nnn Quitéria junto com a família, Dina e Elildo Cunha vistos na plateia do maravilhoso show da querida Wanderléia, aplaudindo de pé. - nnn Bruno Ferreira que chefia o setor de bebidas do Mercadinhos São Luiz, Barão de Studart, dando grande impulso ao setor. - nnn Parabéns, hoje, para Ana

Flávia Carvalho, Cristiane Araújo, Liliana Fiúza, Manoela Crisóstomo, Marina Albuquerque e Osler Machado. - nnn Amanhã ganha cumprimentos, Alcimor Rocha Neto, Gláucia Pamplona e Maria Amorim, Arnoldo Leite Barbosa. - nnn Das carroças aos bondes, e chegando depois aos ônibus. O transporte de passageiros evoluiu, cresceu e conta hoje com modernos veículos. - nnn Na semana em que se comemora o Dia Nacional dos Museus (18 de maio), a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans) convida a população cearense para conhecer a história do transporte em seu Centro Cultural, em Fortaleza. - nnn Até hoje, a Semana do Museu, no Centro Cultural Fetrans, recebe a visita de escolas públicas da capital. - nnn O local, onde é possível conhecer detalhes da envolvente história sobre o setor no Ceará, também está aberto à visitação, de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e de 14h às 18h.

Edgard Correa em recente palestra no seminário da Aço Cearense

Próxima terca-feira (22), o chef Diego Santiago ministra curso na Casa do Confeiteiro

“Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro; nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.” Romanos 8:38 e 39 C M Y K

11/2/2

Linha Azul 18/05/2018  

Jornal O Estado (Ceará)

Linha Azul 18/05/2018  

Jornal O Estado (Ceará)

Advertisement