Page 1

C M Y K

“Meu filho, não se esqueça da minha lei, mas guarde no coração os meus mandamentos,”(Provérbio 3:1)

PERSONALIDADES

4

 Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Sérvulo Esmeraldo

PÁG. 4


2

Variedades Ian Gomes

ian.gomes2008@gmail.com

cabeças de coluns no LINHA AZUL _ IAN GOMES.indd 1

11/2/2015 09:35:32

Toque Social que Social Toque Social Matusahila Santiago Matusahila Santiago

usahila Matusahila Santiago matushilasantiago@hotmail.com matushilasantiago@hotmail.com Santiago

hilasantiago@hotmail.com matushilasantiago@hotmail.com

TU.indd 1

colunAsnonoLINHA LINHAAZUL AZUL_ _MATU.indd MATU.indd 1 1 colunAs

colunAs no LINHA AZUL _ MATU.indd 1

C M Y K

11/2/2015 09:37:36 09:37:36 11/2/2015 11/2/2015 09:37:36

11/2/2015 09:37:36

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

3

Posse Associação dos Jovens Empresários - Parte II FOTOS IRATUÃ FREITAS

Severino Ramalho Neto e Fermando Laureano

Mino Castelo Branco, Beto Studart e Ricardo Cavalcante

Herison e deputado Bruno Pedrosa

Renan Colares, Marcel Colares e Felipe Santos

Rafael Fujita, Marcos Oliveira, Ricardo Dreher e Kassio Cesar

Severino Ramalho Neto, Jorge Bagdeve e Roberto Macedo

Jamilla Araújo, Raphaela Santiago e Felipe Cidrão

Evelane Barros e Carol Vasconcelos

Camila Duarte, Selma Cabral e Fátima Duarte

Clarisse Barroso e Victor Machado

Sérgio Aguiar, Ricardo Cavalcante e Carlos Matos

Beto Studart e Emilia Buarque

Airton Monteiro e Roberto Teixeira

Mazé Laureano, Fernando Laureano, Maria Fernanda e Riany Coelho

Dinalvo Diniz e Fernando Laureano

João Victor Fernandes e Otávio Medeiros

Vinicius Ogawa, Ricardo Dreher, deputado Bruno Pedrosa, Leonardo Amaral e João Paulo Martins

Associados AJE

Beto Studart em seu discurso

Fernando Laureano, Demetrius Jorge Vieira e Valternilo Bezerra

Luis Gastão Bittencourt e Mino

C M Y K


4

João Soares Neto escreve

Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

PERSONALIDADES

jsn.oestado@hotmail.com www.joaosoaresneto.com.br

De tanto ouvir, passo adiante o que me pedem Agradeço por estar lendo este artigo. Sei estar o Brasil com doze milhões de desemcolunAs no LINHA AZUL _ joao soares neto.indd 1 pregados. Se cada um deles for responsável apenas por outra pessoa, teremos 24 milhões. Isso representa cerca de 10% da população nacional. Que o país está em crise, todos sabem. A crise não é só econômica, por razão de empresas a fechar e deixar rastros de dívidas. A crise é o resultado de tudo a acontecer nos três vértices de um triângulo imaginário: os bancos mandam na economia; os políticos fazem (ou faziam) o que querem e as grandes empresas recebem todas as benesses em editais bem urdidos. Fala-se muito na “Lava Jato”, mas há outros tantos vieses de uma estrutura contaminada pela ganância dos bancos a emprestar ao governo- com retorno seguro – e a cobrar inacreditáveis 450% de juros ao ano aos portadores de cartões de crédito. Em qualquer loja de departamentos há oferta (“Demora nada. É rápido”) de cartões de todas as bandeiras. E o processo de

sedução oferece descontos, milhas para viagens etc. Aí começam as dívidas. Tome SPC, Serasa e advogados. As empresas brasileiras foram acostumadas a aliar-se ao poder. O poder tem glamour e obras a ofertar. Qualquer que seja ele. As empresas, se não aceitam o jogo, simplesmente saem do radar das grandes obras, das médias e até das pequenas. Não precisa de nenhum algoritmo para descobrir como funciona. Os adiantamentos não saem, pagamentos atrasam, naturalmente. Só os recebem os interlocutores a descobrir os caminhos ínvios. Cria-se um grupo de empresas “confiáveis” e os editais, detalhistas, dão as sutilezas para a vitória. Cria-se um rodízio, consórcios, cartéis e todos são beneficiados. Isso funciona em todos os níveis e não apenas na Petrobras. Até o acento da palavra foi roubado. De repente, um grupo de jovens juízes, bem preparados e corajosos, resolve enfrentar e afrontar um poder carcomido pelo compadrio re-

montando ao século passado, a atuar de forma sistêmica, usando os recursos da11/2/2015 tecno-10:14:21 logia para desvendar o bem e o mal. Estamos apenas no terceiro ano da Lava Jato. Há sinais de exaustão, transferências e ameaças veladas. Até no exterior juízes poliglotas sofrem com a algazarra dos que, remunerados, agem para desacreditá-los. Já disse e repito pelos outros, vejo poucas saídas para um país engolfado nesse corroído sistema de troca de favores. As bravatas com outras nações desta sul América, governada sob a égide de um pan-americanismo chinfrim, perde força. Estamos em fevereiro, carnaval às portas, cidades sendo fechadas e assaltadas por sequazes dos que, em lugares guardados pelo Estado, enviam ordens para queimar ônibus, atiçar o ódio de incautas mulheres de policiais contra os governantes de cofres vazios, à espera de milagres em tempos incréus. Como disse no título, escrevo o que ouço. E o que me pedem. Julguem vocês.

Sérvulo Esmeraldo

Hoje reverenciamos o artista plástico cratense Sérvulo Esmeraldo, que nasceu em 1929, e se transformou em uma referência no mundo das artes. Logo cedo, aos 13 anos, Sérvulo iniciou seus trabalhos em Xilogravura, quando entrou para a SCAP (Sociedade Cearense das Artes Plásticas). Com seus trabalhos de xilo, ganhou bolsa de estudos do governo francês, permanecendo em Paris até 1979, quando teve muito contato com grandes nomes das artes. Depois das experiências com xilo, Sérvulo passa a trabalhar com arte cinética, desenvolvendo peças com imãs, eletroimãs e por gravidade. Em 1980, volta para Fortaleza, onde desenvolve majestosas esculturas. Sérvulo Esmeraldo, mesmo tendo nos deixado recentemente, é considerado imortal, tendo em vista, todo o trabalho artístico que deixou espalhado mundo afora. Agora, com certeza, o céu ficará mais bonito, com as lindas esculturas que Sérvulo criará por lá.

Inauguração Dentro do seu programa de melhorias ao atendimento para seus clientes, a UNIMED inaugurou, em seu hospital regional, o Restaurante Le Pain Le Café Bistrô. FOTOS IRATUÃ FREITAS

Isabel e Alexandre Studart, Izabela Parente, João Borges e Stela Furlani

Inauguração

Presidente da UNIMED João Borges fala da novidade

Eliezer Arrais, Izabela Parente e Gustavo Espalter

Adriano Ramalho e Lázaro Jales

Jair Cremonin e João Borges

Leonardo Rodrigues, Márcio Alcântara e Jerry David

Hueliton Sampaio e Fábio Dantas

Roberto Cardoso, Mônica Façanha e Ivan Amorim

Gustavo e Eveline Espalter, Isabel e Alexandre Studart

Roberta Arrais, Mara Santos, Marisa Quixadá e Sharllenny Queiroz

“Então você terá o favor de Deus e dos homens, e boa reputação.” (Provérbios 3:4) C M Y K


Fortaleza, Cearรก, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

C M Y K

5


Luiz Carlos Martins DeAaZ lc.martins@terra.com.br

colunAs no LINHA AZUL _ SAVIO.indd 1

20/2/2015 15:40:44

colunAs no LINHA AZUL _ luis c martins.indd 1

C M Y K

11/2/2015 10:37:32


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

7

PretonoBranco Julieta Brontée jbrontee@uol.com.br

O fim de uma praga?

Ontem, de acordo com informações do Portal do Senado Federal, o senador Eunício Oliveira (PMDB), presidente daquele parlamento, estaria cobrando prioridade para a tramitação11/2/2015 e coluns no LINHA AZUL _ julieta.indd 1 aprovação de algumas matérias que considerava urgente. Uma delas é a PEC 57 mais conhecida como PEC da Desburocratização. A matéria é das mais importantes e necessárias, mas é de tal monta a onda de escândalos que permeia as atividades parlamentares, que esta acabou não merecendo nenhum destaque na imprensa. Se o representante cearense, dada a alta importância de que se acha revestido conseguisse a aprovação urgente dessa matéria, seguida da sua imediata vigência, estaria contribuindo para livrar uma das piores pragas que tem assolado, principalmente, o nosso mundo administrativo. Estaríamos deixando de sermos alvos de chacotas internacionais, acusados de possuir o mais avacalhado dos sistemas burocráticos do Planeta, uma maldição, que só tem servido para atrasar processos e encher os alforjes dos burocratas. Em momentos assim, é bom acreditar no melhor, mas os exemplos negativos nesse sentido têm sido abundantes. Se não, vejamos o caso do ministério da Desburocratização, entregue há duas décadas ao competente cearense Paulo Lustosa, pasta que terminou sendo extinta por absoluta falta de condição para quem dela cuidasse. É hora, portanto, de torcer para esse esforço do senador Eunício se torne realidade. Ou continuaremos ver a nossa administração afogada num oceano de papel, que é a festa dos exploradores.

PRAGA – No Brasil é assim. Estamos vendo 30 milhões de brasileiros movendo-se para meter a mão nos mais de R$ 35 milhões do FGTS acumulados em contas inativas, um presente “do céu”, num momento em que o desemprego e a grana curta sufocam tanta gente. Só que, como sempre, elementos negativistas do PT, como o deputado Manoel Santana vêm a público para dizer que se trata de “despistar” a Reforma da Previdência. CAMINHO CERTO – Em Brasília, o prefeito Roberto Cláudio participou de importante reunião da Coordenação de Aprendizado de Pessoal de Nível Superior CAPES, destinado à preparação de professores para a ampliação no Ceará, do Programa de Educação Integral e profissional. Trata-se de um dos mais importantes projetos educacionais para a cidade de Fortaleza. O objetivo é dar condições profissionais para a juventude. JUSTIFICANDO – Sobre esse projeto, os deputados da bancada federal justificam o seu apoio, por entenderem que se trata do caminho mais eficiente para a preparação de jovens profissionalmente num país marcado pelo desemprego. Para o deputado Zé Airton (PT), o que é preciso, no momento, é acabar com a mentalidade de que é preciso encher o país com advogados, engenheiros, médicos e outros, em prejuízo dos cursos profissionalizantes.

C M Y K

SALVANDO – Ocorreu uma das mais importantes reuniões do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio – CORPA. Nela foi aprovado o tombamento definitivo do complexo de edifícios do antigo Colégio Cearense. Com essa medida, fica protegido patrimônio importante, por muito tempo perigosamente exposto à sanha da especulação imobiliária e das seitas evangélicas. Mas há outros patrimônios a serem salvos. ESPERANÇA – Depois de assistirmos preocupados à maneira como as autoridades municipais, caindo na “lábia” dos líderes taxistas, comoçavam a mostrar tendência para fechar as portas da cidade aos profissionais do aplicativo UBER presenciamos uma mudança de rumo, com a possibilidade de esse sistema ser submetido a um plebiscito. Se este ocorrer, o UBER, que pratica preços muito mais em conta, será regulamentado. DESESPERO – Quem acompanha alguns programas radiofônicos dos quais participam pessoas do interior do Estado, não entende como essa gente ainda não abandonou suas cidades, tal é a fúria e a violência da bandidagem. Não se trata apenas de explodir agências bancárias, mas, principalmente, a invasão das cidades indefesas por traficantes de drogas e de pessoas, que exploram os jovens, e atraem garotas para a prostituição.

10:58:07


Fortaleza, Ceará, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Flávio Tôrres Sociedade mrtorres.oestado@gmail.com

A importância quem dá ao outro é você... Se significa ou é insignificante

Autor desconhecido

No Boca Bistrô A estimada Tereza Maslowa Bezerra de Menezes festejou sua troca de idade por ocasião de um chá que se estendeu até a boquinha da noite quando foi servido um jantar para as nobres convidadas. Circularam no cenário Guilhanda Ponte, Vera Weber, Rosane Diniz, Silvana 11/2/2015 11:21:45 Bezerra, Antonice e Silvana Diniz, Consuelo Dias Branco, Helena Cidrão, Lúcia Pierre, Marcília Tavares, Letícia de Castro Fialho.

colunAs no LINHA AZUL _ flavio torres.indd 1

TAMBÉM POR LÁ: Kaia Catunda, Glaura Férrer, Abigahil Gomes de Matos, Lais Caracas, Cibely Pontes, Darcila Zaranza, Camila Bessa, Miriam Holanda, Liliana Fiúza, Zulene Fujita, Yolanda e Ana Flávia Vasconcelos, Suely Romero, Zenaide Bezerra, Gabriela de Castro, Mires Dantas e Elza Moreira, para somente citar. Veja as fotos da movimentada festa.

RICARDO PALHANO E SANDRA receberam em residência de Wanda Palhano, o casal Jorge Dreher e Mathilde. Ele, Jorge, engenheiro civil, brasileiro, responsável por obras de saneamento em Cabo Verde, também responsável por obras estruturais no Rio Danúbio, em Viena, e no Rio Nilo, no Egito.

“Isso lhe dará saúde ao corpo e vigor aos ossos.” (Provérbios 3:8) C M Y K

Linha Azul 17/02/2017  

Jornal O Estado (Ceará)

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you