Page 1

O DIÁRIO CIRCULA AOS DOMINGOS, SEGUNDAS, TERÇAS, QUARTAS, QUINTAS, SEXTAS-FEIRAS E SÁBADOS

O DIÁRIO de Teresópolis ANO XXX - Nº 6603 - SÁBADO, 12

DE

MAIO

DE

2018 - ESTE

EXEMPLAR

Nesta edição caderno Diário Classificados

R$ 2,00

REDAÇÃO: MARCELLO MEDEIROS ANDERSON DUARTE

O DIÁRIO É O JORNAL DE TERESÓPOLIS QUE MAIS VENDE EM QUALQUER DIA QUE CIRCULA

Cadastro positivo pode ajudar comerciantes Sebrae e SPC Brasil comemoram aprovação do projeto, distinguindo bons dos maus pagadores. Página 7 MARCELLO MEDEIROS

CANAL 4 DA RCA

ELEIÇÕES NA DIÁRIO TV Entrevistas com os candidatos a Prefeito e Vice começam na terça-feira

A tradicional neblina e temperaturas baixas do Soberbo fazem muito sucesso sempre

Série mostra, ao vivo, propostas e projetos dos pleiteantes ao cargo de Chefe do Executivo, acompanhados de seus companheiros de chapa Página 3 MARCELLO MEDEIROS

TERÊ GELADINHA

Vem chegando o frio, os caldos, e mais turistas Queda da temperatura faz bem para o turismo gastronômico e ecológico Ainda dentro do Parque Nacional, cachoeiras e poços cristalinos

Um Paquequer que poderia ser explorado turisticamente Rio tem dezenas de corredeiras e cachoeiras com quedas de mais de 100 metros, mas é “invisível” aos olhos dos teresopolitanos Página 8 Nesta sexta-feira teve início a “nova temporada” dos caldos no restaurante Varietá Grill, por apenas R$ 19,90 por pessoa A SCOM PMT

Azra Vieira com o prefeito Pedro Gil na entrega dos alimentos

Ainda não começou o Inverno, mas os teresopolitanos já sentem a queda na temperatura. E, quanto mais frio, mais gente sobe a Serra para aproveitar os dias azuis e gelados em Teresópolis. Além da beleza cênica da nossa região, cercada por montanhas como o Dedo de Deus e protegida por unidades de conservação ambiental, a riqueza gastronômica do nosso município ganha cada vez mais fama e atrai número maior de turistas. E se os termômetros estiverem marcando baixas temperaturas, nada melhor do que uma boa opção de gastronomia para esquentar o corpo e o coração. Por essas características, Teresópolis foi escolhida recentemente como uma das melhores cidades para os apaixonados e um dos melhores locais para se aproveitar os dias frios. Página 5

AGÊNCIA BRASIL

PMT recebe doação de uma tonelada de alimentos

Sábado de “Dia D” na vacinação contra a gripe

Organizadores do “Serveja” entregam material arrecadado

Atendimento segue até o dia 1º de junho em Teresópolis

Página 7

A previsão é que Teresópolis receba 48 mil doses da vacina

Página 7


O DIÁRIO de Teresópolis

PÁGINA 2

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

A criatividade na educação básica Em 2015, o Ministério da Educação realizou uma Chamada Pública para criar o Mapa da Inovação e Criatividade na Educação Básica. Através de um grupo de trabalho que definiu os parâmetros da pesquisa, 178 instituições foram selecionadas, de todas as Bruno Martins regiões do Brasil, e de diferentes contextos. Escolas públicas e particulares, urbanas e rurais, da Educação Infantil ao Ensino Médio. E nossa cidade não ficou de fora. A Escola Municipal Professora Aclimea de Oliveira Nascimento, no Bair-

ro de São Pedro, representou Teresópolis no mapa. Além disso, é a única do Estado do Rio de Janeiro a receber o título de “Escola Transformadora”, programa que busca dar visibilidade a espaços educativos que desenvolvem uma visão de educação integral. Em todo o mundo, são 280 instituições que fazem parte da rede de Escolas Transformadoras, sendo 18 brasileiras. Existem muitas experiências interessantes e inovadoras, que buscam uma educação que esteja mais próxima das necessidades das crianças e adolescentes, e também das famílias. Escolas que apostam no diálogo, na construção conjunta do projeto pedagógico, que tenha relação com a realidade local. Dentro dessa perspectiva educacional, apresentarei (semanalmente?) pe-

quenas crônicas que contam um pouco das dinâmicas e desafios de se trabalhar de outra forma que não a escola tradicional. São situações que vivi e outras que ouvi de educadores e educadoras que buscam uma outra forma de fazer e pensar a escola. O exemplo da Aclimea mostra que estas mudanças, que vemos em todo o mundo, não são uma realidade tão distante. São possíveis, embora desafiadoras. Esse espaço tem o objetivo de incentivar estas práticas, e trazer essa discussão de forma mais ampla para o nosso Município. * Bruno Martins é educador com formação em Pedagogia e História. Trabalhou por três anos como tutor na Escola Lumiar São Paulo, além de outras experiências como professor. Em 2014 publicou o livro “Oprimidos da Pedagogia: de Paulo Freire à Educação Democrática”, e neste ano lança seu novo trabalho, “Crônicas de uma Educação Possível”.

PACIFICADORES

O pacto rompido

Ansiamos pela paz, pro- postas tresloucadas e agressimovendo discursos de ódio e vas a quem simplesmente lhes ampliando o distanciamento deram um “bom dia”, Jesus entre os de pensamento dife- anuncia que felizes são os parente. As polarizações acen- cificadores pois eles serão chatuam os extremos, assim o mados de filhos de Deus. fundamentalismo religioso Pacificar é a capacidade abre espaço para os que um indivíduo tem fundamentalistas pode restituir a paz a um líticos que não só lugar ou a um grupo aproveitaram os disque antes vivia mercursos flamejantes e gulhado nas suas vociferantes de intransigências. Para pretensa verdade abum replicador de paz, soluta, como também ver seu projeto de paassimilaram para si cificação ganhar teros aspectos redentoreno, já é em si mesmo res e salvacionista algo que traz a felicipróprios do dogma dade, torna-se a reTiago Sant’Ana Cezar compensa em si. religioso. tiagosantanacezar@gmail.com Querem paz, mas Os homens e munão são as bandeiras brancas lheres de paz renunciaram seu que são levantadas nos altos gene egoísta e absorveram das praças, todavia, as verme- uma carga genética até então lhas e multicoloridas das ideo- improvável, isto é, suas atitulogias partidárias de predile- des humanizadas revelaram o ção. Não são pombas alçadas DNA sagrado em suas própriao ar, mas tomates, ovos, bom- as vidas. Eles são filhos de ba de gás lacrimogênio. Deus. Pedem paz e se armam Consequentemente, Jesus para a guerra. Alimentam o também encerra o questionaciclo da violência. Diante da mento acerca de um Deus belimorte de Abel, os justiceiros coso, ansioso pela próxima guerda moral e bons costumes, os ra. O Deus, Senhor dos Exérciseres politicamente corretos, tos, que tem sede do sangue do buscam Caim para dar-lhe a Faraó, Nabucodonosor, César paga pelo homicídio. Querem ou que dependendo da fazer justiça com as próprias contextualização e do punho mãos. Deus, sabendo do inte- cerrado do que lhe clama para resse e do anseio pela legali- pleitear sua causa, também zação do porte de armas para pode promover vingança ao o tal uso legitimo, coloca em muçulmano, ao ateu, ao policiCaim um sinal para que quem al, ao bandido, ao genro, a o encontrasse não o matasse, sogra, ao marido, a esposa, Deus não está fomentando a etc. impunidade, mas quer encerDeus não tem prazer na rar o ciclo de violência e morte guerra e em nenhuma instâniniciado no mundo. Quer cor- cia desta. Não imagine que a tar mal pela raiz. vingança divina será uma bomMatamos com e sem ar- ba lançada no seu opositor, mas, anulando assim quem nem uma doença incurável dorme na mesma cama, sobre ele ou a perda de um demonizando o patrão a cada ente querido para que seu semana, reduzindo o filho a algoz sinta uma dor incalculáum mero investimento que vel. O que Deus faz diante das obrigatoriamente precisa injustiças é restaurar os camirentabilizar como qualquer nhos da justiça e isso não tem fundo de investimento mone- nada a ver com eliminar gentário. Anunciamos que contra te. O profeta Ezequiel anunnós pesa uma perseguição, en- cia: “Teria eu algum prazer na tretanto, a mesma é apenas morte do ímpio? Palavra do fruto de uma artimanha Soberano Senhor. Pelo conesquizofrênica, distante da re- trário, acaso não me agrada alidade, mas estrategicamen- vê-lo desviar-se dos seus cate pensada para justificar nos- minhos e viver? ” sas reações destemperadas e Que o Reino de paz, justiça impulsivas diante dos que nos e equidade governe sobre nós rodeia. e o seu príncipe, Príncipe da No meio dos homicídios, Paz, que nos fez filhos de Deus, genocídios, parricídios, diante nos comissione para uma mardas guerras frias e mesmo cha de vida a semelhança de aquelas esquentadas com so- Martin Luther King e os demais cos e pontapés, no mundo de que foram de Selma a ressentidos que desde sempre Montgomery, rumo a uma nova negam a vida dando-lhe res- Terra.

O pacto da dignidade. Este Levou-me ao Presidente da foi o pacto rompido no Brasil. O Câmara dos Vereadores, Leopacto rompido em Teresópolis. nardo Vasconcellos ( não é preTrata-se de um pacto nem sem- ciso lembrar seu jeito Piccianni pre assinado, oculto, mas es- de ser), que admitiu claramente sencial na evolução da civiliza- o caráter oportunista e efêmero ção. É um pacto invisível entre das medidas legais na cidade, os seres, as instituitipo “mesmo que muções, governantes e dar, a lei pode ser deeleitores, na vigência pois alterada para beda democracia repuneficiar a construção em blicana. Os que o romcerto trecho”. Esse é o peram, e aqueles que espírito da cidade – o foram atingidos, assiVereador Leonardo é o naram agora um outro gênio maligno de pacto, igualmente Teresópolis. Tenho tesoculto e invisível: o de temunhas. E o vereaque a vida é assim dor Maurício Lopes, enmesmo, sem dignidafim. Esse, então, é node política. Afinal, me PSICANÁLISE tório lobista dos consengane, que eu não PAULOSTERNICK trutores de Teresópolis. psternick@gmail.com gosto. Só eles? Pois sim. O Em Teresópolis, a falta de novo Secretário do Meio Ambipudor da maioria dos que se ente, Levi Ferreira Ribeiro, é encontram no “mercado da po- outro que, abordado sobre queslítica” (prefeitos, secretários, ve- tões ambientais, ligadas à consreadores, etc.) só é comparável truções suspeitas, adota a cínica ao tamanho da omissão do Mi- e medrosa operação de silênnistério Público aqui no Municí- cio. Quase não há gente séria pio. Que Promotor é esse que aqui na cidade mexendo com está aqui? Ele presta contas? administração pública. O SeCom tantos escândalos, denún- cretário de Planejamento é concias, esquemas de corrupção – denado em primeira instância já passamos dos transportes ao por corrupção. Claro, há excelixo, da construção civil às obras ções. Por que digo tudo isso? públicas -, e não acontece nada? Porque a falta de princípios e de A arrogância e a presunção dos caráter é um assunto da Psicavereadores e dos secretários de nálise. E porque a cidade pode ir Governo – alguns dos quais con- ainda mais para baixo, em denados em primeira instância câmera lenta. por corrupção - fizeram desta E também porque concordo cidade uma terra de gangster. E plenamente com o Ministro da o povo, a bem da verdade, os Defesa, General Joaquim Silva elege! e Luna (atenção: sou contra a Como disse o Juiz Sergio ditadura ou intervenção militar), Moro em entrevista exclusiva à quando ele diz que a sociedade nova revista digital “Crusoé”: está se ressentindo de valores. “Se não há barreira para condu- Como disse acima, foi rompido tas criminais, elas tendem a se o pacto de dignidade. E isso é repetir”. Eu não sei por que o gravíssimo. Onde está o ProDeputado Federal Hugo Leal, motor da cidade? O que anda frequentador assíduo aqui da fazendo por aqui o Ministério cidade, onde mantém base elei- Público? Ele não é público? E toral, apesar de ex-vizinho meu, não presta contas? Eu não sou não responde a meus chama- que nem o Juiz Joaquim Barbodos, para conversar sobre a ne- sa, que desistiu de concorrer à cessária mudança da Lei de Presidência: “Meu coração já Habitação Social aqui do muni- vinha me dizendo: não mexe cípio, a tal da Lei 159/2012, cujo com isso, não” – explicou ele, artigo 7º, em sua dúbia omissão, em sua desistência. enseja a construção de habitaMas o meu coração, e tamções populares em todos os bair- bém minha razão, dizem o conros – mesmo aqueles só desti- trário: “Mexe com isso, sim”. E nados a casas de dois andares. não sou candidato a nada, apeAutor da necessária e indispen- nas a melhorar dignidade polítisável Lei Seca, ele devia pensar ca da cidade. Todos os citados num corruptômetro, para insti- aqui, justa ou injustamente, têm tuir também a tolerância zero o direito – e o dever – de respospara a corrupção. ta. Estou apenas querendo conQuantas vidas não são cei- versar sobre esses assuntos – fadas com a corrupção? Milha- como é inquietante que fujam res a mais do que por álcool no disso. Tomem nota: semana que trânsito. Aliás, não é só ele que vem eu conto quem veio. foge das conversas quando o * Paulo Sternick é psicanalista assunto envolve questões delicadas – sejam elas eleitoreiras “full time” no Leblon (RJ). Atende em Teresópolis nos fins de ou escusas. A Vereadora Dra. também semana. E globalmente, por Claudia é outra que não mostra Facetime e Skype. Escreve no nenhum compromisso em tra- DIARIO aos sábados. Etar do assunto de forma séria. mail:psternick@gmail.com

O DIÁRIO de Teresópolis E X P E D I E N T E :

www.netdiario.com.br • E-MAIL: leitor@odiariodeteresopolis.com.br

DIRETOR: Wanderley Peres Jr.

COLABORADORES:

REDATORES: Anderson Duarte, Marcello Medeiros

Aline Laginestra, Jackson Vasconcelos, Waldair Queiróz, Paulo Sternick, Luis Costa, Fred Maia, Pr. Tiago, André Oliveira,

(NÃO REMUNERADOS)

FOTOGRAFIA: Ricardo Abreu, Rodrigo Alexsander REPORTAGEM: Anderson Duarte, Marcello Medeiros

DEPTO. JURÍDICO: Dr. Ricardo Vasconcellos

Filiado a

1) Matérias assinadas são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores. 2) Qualquer cidadão, citado no DIÁRIO, que se julgar ofendido ou injustiçado tem direito de resposta ou retratação assegurado na Constituição e na Lei de Imprensa, podendo Associação dos Diretores de Jornais se dirigir à redação solicitando esclarecimendo Estado do Rio de Janeiro to ou retificação da notícia.

ADJORI-RJ

“Os homens são o que as mães fazem deles.”

Wanderley Resta um apenas, no TRE Numa última consulta ao Divulgacand, percebe-se que mudou bastante coisa com relação à noite anterior. Agora, todos os nove pedidos de registro de candidatura estão conclusos ao juiz para sentença, inclusive o do Petto, cheio de movimentos indecisos, e o do Vinicius, que estava parado desde o dia 5 e também andou. Ou seja, por estes dias, o juiz já pode dizer sim ou não para todos os nove candidatos, e quem perder terá de concorrer com recurso ao TRE, passando o status de “aguardando julgamento” para “indeferido com recurso”, restando aos aprovados o ambicionado título de “deferido”, diante das dificuldades do registo, que é metade da vitória conquistada. Destes nove candidatos, depreende-se do que se sabe nos bastidores, e junto aos

documentos oficiais, cinco serão aprovados com louvor, e os outros quatro devem encontrar dificuldades para a obtenção do registro eleitoral. Um, não cumpriu prazo de domicílio eleitoral; outro, precisa provar em qual partido está filiado; e um terceiro, está incurso na Lei da Ficha Limpa, e vem encontrando dificuldade para provar que seu crime não prescreveu. Mas, em situação ainda pior se encontra um último candidato, que além de anotação de inelegibilidade, nem seu partido conseguiu validar o pedido de registro. Se está valendo a lei, e a justiça cumprir o escrito com rigor, dos nove que começaram a corrida pela prefeitura no final do mês de abril, a verdade é que quatro correm grandes riscos de ficar de fora da disputa eleitoral.

Oito partidos liberados apenas O juízo eleitoral da Comarca deferiu na tarde desta quinta-feira, 10, os pedidos de registros de candidaturas de todos os partidos, validando os procedimentos partidários do PP, MDB, PT, PSol, PSDB, PRP, DEM E PPS, não ainda apenas sobre o pedido do partido Solidariedade, que teve problemas com o DRAP e, em princípio, não estaria apto

para propor candidaturas, julgado que até a tarde desta sexta-feira, 11, não estava ainda informado no mural. O deferimento do pedido destes partidos não incidem sobre os status dos candidatos, que poderão ser deferidos ou não, dependendo das condições de elegibilidade impostas pelo atendimento às exigências às regras do Edital da eleição suplementar.

E a situação dos vices? Nove candidatos a prefeito, outro tanto a vice, alguns deles pouca gente sabendo quem são ou que instrumento tocam. Então, segundo o Divulgacand na noite desta sexta-feira, 11, vamos à situação dos candidatos a vice nas chapas de Daponte, Roberto Mello, Durão, Luiz Ribeiro, Quincas, Renato Mello, Carlos Dias, Petto e Vinicius. Vice do PSDB, Alessandro Cahet não foi impugnado e seu processo corre sem problemas para deferimento, si-

tuação idêntica aos candidatos Sabiá, do PT; Cláudia, do PRP; Hygor Faraco, do MDB; Marcão, do PP; Valdir, do PSol; e Tenente Luiz, do DEM. Dois candidatos a viceprefeito foram impugnados, e as denúncias de supostas irregularidades para o registro deverão ser consideradas pelo juízo no julgamento do deferimento destas candidaturas. Estão nessa situação a candidata a vice-prefeito Raquel Monroe, do SD e o candidato Ari Boulanger, do PPS.

Candidatos dando bandeira Bastou um candidato a prefeito mandar às ruas suas bandeiras, e outro dobrou a quantidade delas, e agora por todo lado tem gente desfraldando o tipo de propaganda, ambas de cores que nem são de seus partidos, e sendo preciso olho clínico para identificar um candidato do outro quando a peça está em movimento, especialmente por que são na cor verde, e impressas em tons claros e de difícil visualização, ferindo as regras da publicidade, conhecimento que já não é afeto a políticos mas devia ser ao pessoal da arte gráfica. Bom ver dinheiro de políticos balançando nas ruas e gerando empregos, mas ape-

sar das regras gráficas ignoradas na propaganda, existem regras eleitorais para as bandeiras, coisa que foi esclarecida na reunião com o juiz, semana passada, e que passaram despercebidas pelo pessoal das campanhas, daí ontem a fiscalização da justiça eleitoral recolheu ao cartório umas cinco dúzias das tais bandeiras verdes porque elas juntas configurariamcrimeeleitoral, como é crime também placas de candidatos expostas de frente para a rua em tamanho superior ao de um formato A3, mesmo em espaços tidos por comitês eleitorais. Olha o exemplo gente, o eleitor está de olho.

Cassado pode ser candidato sim Marcada para o dia 24 de junho a eleição suplementar em Rio das Ostras, onde o presidente da Câmara Municipal, vereador Carlos Afonso, ficará à frente do poder executivo até a diplomação e posse do novo eleito, quem cumprirá o restante do mandato 2017-2020, interrompido com a cassação do prefeito Carlos Augusto Balthasar. Podem participar do pleito extemporâneo os filiados a partido político que tenham domicílio no município desde o dia 24 de dezembro. Os candidatos serão escolhidos em convenção

neste sábado, domingo e segunda-feira, e informados à justiça até o dia 19. Pelo edital, em seu artigo 7, §3º, não poderão participar da nova eleição os candidatos que deram causa à nulidade da eleição majoritária realizada no dia 2 de outubro de 2016 no Município de Rio das Ostras, significando que o prefeito defenestrado, embora tivesse direito à reeleição, ao contrário de Tricano que já era reeleito, este não poderá participar. Mas, essa semana mesmo, o TSE decidiu, por maioria, a concessão de mais um registro de candidatura a prefeito que

deu causa à nova eleição, caso de Décio Gomes, do PT de Balneário Rincão, em Santa Catarina. Ele e o vice foram cassados, tiveram o registro negado pelo TRE, conseguiram ser candidatos com recurso, ganharam a eleição, e agora levaram a prefeitura. Sendo assim, Carlos Augusto poderá ser candidato, se recorrer, e mesmo perdendo o recurso no TRE pode ser contemplado pelo TSE, que continua decidindo eleições país afora.


O DIÁRIO de Teresópolis

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

PÁGINA 3

• DIÁRIO ENTREVISTA CANDIDATOS A PREFEITO E VICE

Entrevistas começam na próxima terça-feira, 15 - Série mostra propostas e projetos dos pleiteantes ao cargo de Chefe do Executivo, e de seus companheiros de chapa ANDERSON DUARTE A partir da próxima terçafeira dia 15, o Grupo Diário, proporciona novamente aos teresopolitanos o primeiro contato com os políticos que disputam em três de junho a vaga no cargo máximo do Executivo em nossa cidade. Além de conhecerem os postulantes ao cargo de Prefeito, os leitores de O DIÁRIO, bem como os telespectadores da Diário TV, vão ter também o primeiro acesso oficial aos seus vices, confirmando os políticos que podem comandar nossos rumos administrativos nos próximos anos restantes do mandato tampão. As nove candidaturas foram convocadas e receberam as instruções sobre a série de entrevistas e devem utilizar o espaço cedido pelo Grupo Diário para expor suas proposições para a cidade. As entrevistas começam na terça-feira, 15, ao vivo, no programa Jornal Diário na TV, que inicia as dez da manhã. As entrevistas serão realizadas na sede do Grupo Diário, à Rua Carmela Dutra, 765, Agriões e além da veiculação ao vivo, também serão feitas outras duas reprises em horários determinados pela emissora, mas com o mesmo período respeitado para

todos os pleiteantes. A entrevista seguintes: Dividas da TerePrev; políticos para a cidade de também será veiculada aqui em Funcionalismo público, salários e Teresópolis, enquanto possíveis nossa edição impressa, no dia benefícios; Saúde, UPA, PSFs e candidatos eleitos. Todos os partiseguinte a participação do can- projetos para saúde; Serviços pú- dos foram comunicados através de um edital pudidato, com blicado na edição uma página 15/05, terça-feira: Carlos Dias e Subtenente Luis – DEM de hoje. composta por 16/05, quarta-feira: Da Ponte e Alessandro Cahet – PSDB c o b e r t u r a 17/05, quinta-feira: Luiz Ribeiro e Hygor Faraco – MDB As eleições sujornalística da 21/05, segunda-feira: Maria Bertoche e Valdir Ribeiro – PSOL plementares de entrevista e ma- 22/05, terça-feira: Nelson Durão e Claudia Verissimo – PRP três de junho viterial fotográfi- 23/05, quarta-feira: Roberto Petto e Raquel Monroe – SD sam o preenchico da mesma. 24/05, quinta-feira: Odenir Quincas e Marcão – PP mento de um Para garantir 28/05, segunda-feira: Roberto Mello e Sabiá – PT mandato tamque todas as re- 29/05, terça-feira: Vinícius Claussen e Dr. Ari – PPS pão que conclui o portagens em O período eletivo à DIÁRIO sejam prefeitura iniciaveiculadas em dia de semana, blicos, saneamento, coleta de lixo, do em janeiro de 2017 e interromnenhuma delas será realizada iluminação publica; Educação; pido com a cassação da chapa na sexta-feira, cabendo a edição Dívidas da Prefeitura; Captação Tricano e Sandro Dias. Ainda não de fim de semana do dia 01 de de recursos; Habitação; Seguran- foram confirmadas todas as canjunho contendo uma compila- ça pública; Políticas públicas para didaturas pelo TRE, entretanto, ção de todas as entrevistas reali- o interior e Projetos de campanha. por conta da possibilidade de zadas anteriormente. Quanto Ao vivo, nos estúdios do GRUPO inexistência de tempo hábil para a aos assuntos que poderão ser DIÁRIO, os candidatos e seus vices realização das entrevistas, o GRUabordados será dada liberdade terão uma hora de exposições e a PO DIÁRIO, que possui comproaos entrevistados para que de- garantia da veiculação, tanto na misso com a informação de quacorram sobre uma lista de temas emissora de TV, quanto aqui nas lidade e sabe da necessidade de previamente estipulados, obede- páginas de O DIÁRIO. Esse espa- urgência em propagação de notícendo o limite de três escolhas, ço será dedicado a exposição de cias sobre a realização do pleito uma para cada bloco. Ao final os ideias e o planejamento para uma suplementar, decide adiantar-se, candidatos terão três minutos administração municipal compe- sob pena de expor algumas chapara explanações de livre esco- tente e eficiente. A primeira e mais pas possivelmente indeferíveis. Os lha. Todos os vídeos estarão dis- importante regra determinada pela pré-candidatos ainda podem ter poníveis no canal do YouTube organização das entrevistas é que os registros indeferidos até 18 de do Jornal O Diário de Teresópolis determina que cada um dos parti- maio. São elas as nove candidatuem até 24h após a participação. cipantes farão suas interpelações ra em análise: Maria Correa Os temas delimitados para que com o intuito, único e exclusivo de Bertoche (PSOL), Luis Ribeiro os candidatos escolham foram os expor suas plataformas e projetos (MDB), Odenir Quincas (PP), Da

Grupo especial vai monitorar a ação de milícias nas eleições no Rio de Janeiro - TSE, PF, Forças Armadas e Abin juntar para identificar candidatos envolvidos

Ponte (PSDB), Nelson Durão (PRP), Roberto Petto (SD), Roberto Mello (PT), Carlos Dias (DEM) e Vinicius Claussen (PPS). As campanhas eleitorais já estão permitidas desde o último domingo. Já se encerrou também o prazo para que candidatos, partidos, coligações ou o Ministério Público Eleitoral iniciassem ações de impugnação na trigésima oitava Zona Eleitoral da cidade contra a candidatura dos nove que manifestaram interesse em disputar o pleito. Caso o candidato não sofra a impugnação, a sentença tem que ser divulgada pela Justiça Eleitoral até esta semana e todos os recursos e contestações deverão ser julgados pelo juiz da 38ª Zona Eleitoral e terem as respectivas decisões publicadas até 18 de maio. Ainda segundo o TRE, até a diplomação dos eleitos, o cartório da 38ª Zona Eleitoral funcionará diariamente das 11h às 19h, inclusive aos sábados, domingos e feriados, com atendimentos nos fins de semana exclusivos para candidatos e partidos. As entrevistas serão realizadas obedecendo a ordem de apresentação alfabética ilustrada no sistema de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral e obedecendo ao seguinte cronograma, veja box.

Sacolas descar táveis descartáveis podem ser pr oibidas proibidas - Alerj discute projeto para mudar sistema de embalagens no estado do Rio

Agência Brasil

O ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou hoje nesta sexta-feira (11) que a influência das milícias vai “se perpetuar” nas eleições. Porém, ele avisou que há um grupo especial formado por integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da Polícia Federal, das Forças Armadas e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para identificar a ação dos milicianos. Jungman concedeu entrevista a uma emissora de rádio. Segundo ele, ações semelhantes deverão ser tomadas contra o crime organizado que atua com o tráfico de drogas e armas no país. “É o que eu dizia na época [do decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro, em fevereiro] e repito até hoje: Que estão sob o controle do tráfico e do crime organizado. E isso ainda vai se perpetuar por essa eleição”, disse. O ministro disse que o governo prepara medidas para “reduzir e minimizar essa influência [nas eleições] e denunciar aqueles que se possa provar que provêm das milícias ou delas são aliados.” De acordo com Jungmann, o grupo especial fará uma espécie de “filtro e identificar os que estarão ligados a essas milícias”. A proposta é reunir informações com apoio do TSE e reforçar o monitoramento em áreas identificadas como de risco e sob ameaça. Com três meses incompletos do início da intervenção federal no Rio de Janeiro, Jungmann afirmou que “não é razoável” a cobrança

“O governo se prepara medidas para reduzir e minimizar essa influência [nas eleições] e denunciar aqueles que se possa provar que provêm das milícias ou delas são aliados”, disse ontem o ministro Raul Jungman de resultados significativos. Segundo ele, um milhão de moradores do Rio vivem “em um regime de exceção” sob intensa influência de milícias e traficantes de drogas. Para o ministro, é importante observar os avanços que ocorrem desde fevereiro até o momento. Ele citou melhoras no sistema penitenciário, mudanças nos comandos das forças de segurança e a atuação das polícias. “Você não sai da situação trágica a que se chegou, você não refunda polí-

cias, você não reestrutura, não recicla, não prepara todo esse aparato policial e de segurança pública do Rio de Janeiro em 90 dias”, afirmou Jungmann. Ordens expressas O ministro ressaltou que a previsão é que a população carcerária brasileira chegue a um milhão de pessoas, em 2019. Segundo ele, o Rio de Janeiro reúne a terceira maior quantidade de detentos no país. De acordo com

Jungmann, 33 vistorias em 21 unidades prisionais de sete estados identificaram um mesmo modo de ação entre os presos. “Praticamente tudo entra e sai de dentro dos presídios”. “O que quer dizer, na prática, que existe uma espécie de acordo branco, acordo tácito entre o crime organizado e o controle do sistema prisional, seja por parte das secretarias de administração, seja por parte do próprio governo”, observou o ministro.

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (10), em segunda discussão, o projeto de lei 316/15, do deputado Carlos Minc (PSB), que altera as regras para substituição de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais, determinadas pela Lei 5.502/ 09. A proposta determina a substituição por bolsas reutilizáveis ou biodegradáveis, proibindo a distribuição ou mesmo a venda de sacolas plásticas. Por ter recebido emendas durante a votação, a redação final do texto ainda precisará passar por mais uma votação em plenário. As novas sacolas deverão ter resistência de no mínimo dez quilos e poderão ser distribuídas gratuitamente ou mediante cobrança, de no máximo seis centavos por unidade. Elas deverão ser compostas de pelo menos 51% de material proveniente de fontes renováveis. A substituição

deverá ser feita em até 18 meses, para micro e pequenas empresas, ou 12 meses para os demais estabelecimentos. O Governo do Estado poderá fazer parcerias para a implantação de programas de coleta seletiva. Segundo Carlos Minc, a lei de 2009, que também é de sua autoria, tinha um caráter educativo, com metas de substituição, mas é preciso dar mais efetividade à norma. “Hoje o Rio de Janeiro coloca no meio ambiente quatro bilhões de sacolas plásticas por ano, entupindo rios, canais, provocando inundações. O projeto proíbe sacolas descartáveis e obriga o uso de sacolas plásticas reutilizáveis. O material pode até ser de plástico, mas, em vez de usar uma vez e jogar no lixo, a qualidade das sacolas vai permitir a reutilização entre 80 e 100 vezes. Isso deve tirar três bilhões de sacolas plásticas do meio ambiente”, explicou o deputado. Thiago Lontra

“Isso deve tirar três bilhões de sacolas plásticas do meio ambiente”, explicou o deputado Carlos Minc (PSB)


PÁGINA 4

O de DIÁRIO Teresópolis

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018 REPRODUÇÃO

ANÁLISE: Fonte Judith com água imprópria para consumo - Outras duas nascentes devem ser evitadas até nova divulgação A RQUIVO – O DIÁRIO

Dando continuidade à vigilância periódica da qualidade da água das fontes da cidade, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico feito nesta terça-feira, 8, em 13 pontos. De acordo com as amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde, João Raposo, na Tijuca, Taumaturgo, bairro de mesmo nome, e a famosa Judith, no Alto, encontram-se impróprias para consumo. Das três, a que tem mais procura é a última – um dos atrativos turísticos do bairro mais visitado do município. A secretaria de Saúde alerta que como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente. Tendo em vista os resultados, foi orientada a adoção das seguintes medidas: 1) Interdição das fontes

Além de estampar a bandeira brasileira com o símbolo do Mercosul, o novo modelo mantém os atuais sete caracteres alfanúmericos e apresenta ainda QRCode e número de ID único para coibir fraudes

Placas terão padrão do Mercosul até dezembro - Serão afetados veículos novos e também os que passarem por transferência de propriedade

Das três fontes interditadas, a que tem mais procura é Judith – um dos atrativos turísticos do bairro mais visitado do município

Resultado do exame microbiológico Fonte Amélia (Alto) – Própria para consumo Fonte Brahma (Várzea) - Própria para consumo Fonte Fonte Santa - Própria para consumo Fonte Granja Guarani - Própria para consumo Fonte Perpétuo - Própria para consumo Fonte Alexandre Fleming (Vale do Paraíso) - Própria para consumo Fonte Santa Ângela (Vale do Paraíso) - Própria para consumo Fonte São Sebastião (Pimenteiras) - Própria para consumo Fonte Saúde (Tijuca) - Própria para consumo Fonte 7 Tanques (Rosário) - Própria para consumo Fonte Judith (Alto) - Imprópria para consumo Fonte João Raposo (Tijuca) - Imprópria para consumo Fonte Taumaturgo - Imprópria para consumo impróprias e investigação de possíveis danos na tubulação ou outras formas de contaminação da água; 2) Orientação aos usuários para que filtrem e clorem a água antes de beber, mesmo a das fontes que estão próprias para consumo; 3) Providenciar o reforço e a ampliação do

serviço de monitoramento das fontes públicas, conforme solicitado pela Câmara Técnica de Saneamento do Comdema – Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente; 4) Informar a população sobre a potabilidade de cada fonte através da manutenção de placas indicativas.

O Diário Oficial da União publicou nesta sexta-feira (11) resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que regulamenta a produção das placas de identificação dos veículos brasileiros no padrão dos países do Mercosul. As novas placas deverão ser implementadas no Brasil até 1º de dezembro deste ano em veículos a serem registrados, que estejam em processo de transferência de município ou propriedade ou quando houver a necessidade de substituição das placas. A resolução traz as regras e requisitos de credenciamento das empresas responsáveis pela produção, estampa e o acabamento final das placas veiculares. As empresas só poderão produzir e comercializar as placas se forem credenciadas no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). De acordo com a resolução, a venda das placas deverá ser feita de forma direta das empresas credenciadas aos proprietários de veículos. A definição dos preços também será feita pelos fabricantes.

Substituição A resolução permite ainda que o proprietário do veículo antecipe a substituição da placa, mantenha os números originais no cadastro e altere os caracteres no novo modelo a ser instalado. Conforme outra resolução publicada em março deste ano, a medida se aplica a todos os tipos de veículo, incluindo reboques, semirreboques, motocicletas, triciclos, motonetas, ciclo elétricos, quadriciclos, ciclomotores, tratores e guindastes, que serão identificados por uma única placa, instalada na parte traseira. Para veículos já emplacadas, a troca será opcional. As novas placas têm fundo branco com margem superior azul. Além de estampar a bandeira brasileira com o símbolo do Mercosul, o novo modelo mantém os atuais sete caracteres alfanúmericos e apresenta ainda QRCode e número de ID único para coibir fraudes.


O de DIÁRIO Teresópolis

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

PÁGINA 5

JORGE MARAVILHA /A SC OMPMT

MARCELLO MEDEIROS

Ator e guia turístico Henrique Silva entre os montanhistas José Carlos e José Henrique Gomes, do Centro Excursionista Teresopolitano

Teresópolis recebe 2a edição do Urban Hacking - Entretenimento, lazer, cultura, economia criativa gratuitos na Praça da Matriz Com o objetivo de ocupar a Praça Baltasar da Silveira, a da Matriz de Santa Teresa, na Várzea, desenvolvendo ações de lazer, cultura, economia criativa e entretenimento, o Sebrae, em parceria com a Prefeitura de Teresópolis, promoveu o Urban Hacking nesta sexta-feira, 11. O evento faz parte do Projeto Destinos Turísticos Inteligentes e busca utilizar os espaços públicos históricos proporcionando interatividade e integração dos turistas e da população com estes espaços. Durante todo o dia, a população teresopolitana que esteve no local pôde acompanhar esta transformação. A primeira edição do Urban Hacking aconteceu em Petrópolis (RJ) em março deste ano. A secretária municipal dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, participou da intervenção urbana e destacou a necessidade de manter ativas as parcerias que beneficiam o município. “A Prefeitura ganha muito no momento em que apoia eventos turísticos como este. Toda parceria que agrega valor a nossa cidade é sempre muito bemvinda. Como secretária dos Direitos da Mulher, ressalto também a importância em estarmos participando do Urban Hacking através da feira de artesanato Espaço Mulher”, disse. Com início às 9h e término às 18h, a programação contou com atividades gratuitas nas áreas de música, teatro, história e gastronomia, como destaca a gestora estadual do projeto Destinos Turísticos Inteligentes, Mariza Cardoso. “O projeto é uma iniciativa e inovação

dentro do Sebrae, balizado em quatro eixos: sustentabilidade, governança, tecnologia e turismo de experiência. Essa iniciativa do Urban Hacking atende estes quatro eixos. Pois quando trazemos a comunidade e os envolvidos, fortalecemos a governança; falamos de uma sustenta-bilidade do destino; do turismo de experiência, que é exatamente o que está acontecendo; e a tecnologia vem agregada quando as empresas reconhecem que vale investir, assim como hoje temos o wifi gratuito na Praça”, pontuou. Representando a secretaria estadual de Turismo, Cesar Augusto Werneck, diretor de planejamento e projetos da TurisRio, ressaltou a importância de eventos como o Urban Hacking para promoção do turismo nas cidades. “Este é um trabalho de interiorização do turismo que está sendo feito em toda Serra Verde Imperial, visando aumentar cada vez mais o fluxo do turismo na região”, concluiu. Para abrilhantar ainda mais o Urban Hacking, os atores Edinar Corradini e Henrique Silva se caracterizaram dos personagens históricos Imperatriz Teresa Cristina e André Rebouças, respectivamente, para reavivar o charme da Teresópolis antiga. O grupo Choro de Teresa e um sensacional rapel pela Igreja Matriz de Santa Teresa abriram a intervenção urbana. Uma demonstração de rapel foi realizada na torre da Matriz pelo principal clube de montanhismo do município, o Centro Excursionista Teresopolitano (CET).

Ligações 0800 também com aparelhos de celular - Projeto aprovado na Assembleia Legislativa pede adequação dos sistemas de empresas Empresas e estabelecimentos comerciais que possuam telefone gratuito com prefixo 0800 podem ser proibidas de recusar ou bloquear ligações de celulares. É o que determina o projeto de lei 2.126/13, do deputado Paulo Ramos (PDT), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (09), em segunda discussão. A proposta segue para o governador Luiz Fernando Pezão, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar. Em caso de descumprimento, os infratores po-

derão arcar com multa de 50 mil UFIR-RJ, cerca de R$ 115 mil, devolução do valor da ligação ao consumidor corrigido monetariamente e, em caso de reincidência, a cassação da inscrição estadual. “O celular já faz parte do corpo humano, funciona quase como um coração de tão inserido no nosso cotidiano. Quase ninguém mais usa o telefone fixo, e em situações importantes, as pessoas precisam contatar um 0800. As empresas têm que se adaptar e respeitar o consumidor”, exemplificou Ramos.

A tradicional neblina e temperaturas baixas do Soberbo fazem muito sucesso sempre

Vem chegando o frio, os caldos, mais turistas... - Queda da temperatura faz bem para o turismo gastronômico e ecológico MARCELLO MEDEIROS Ainda não começou o Inverno, mas os teresopolitanos já sentem a queda na temperatura. E, quanto mais frio, mais gente sobe a Serra para aproveitar os dias azuis e gelados em Teresó-polis. Além da beleza cênica da nossa região, cercada por montanhas como o Dedo de Deus e protegida por unidades de conservação ambiental como o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, a riqueza gastronô-mica do nosso município ganha cada vez mais fama e atrai número maior de turistas. E se os termômetros estiverem marcando baixas temperaturas, nada melhor do que uma boa opção de gastronomia para esquentar o corpo e, logicamente, o coração. Por essas características, Teresópolis foi escolhida recentemente como uma das melhores cidades do estado para os apaixonados e um dos melhores locais para se aproveitar os dias frios. O frio sempre divide opiniões: Enquanto os amantes das baixas temperaturas comemoram, outros sofrem e reclamam muito, mas esse período representa uma oportunidade muito boa para vários setores do município. Para o comércio é um período propício para a venda dos artigos relacionados ao frio, como roupas, cobertores, aquecedores e até alimentos. De acordo com a meteorologia, seja qual for a preferência de teresopolitanos e turistas, é importante se preparar porque a previsão é de longo período gelado. Quem comemora esse reforço na visitação turística são as empresas dos ramos da gastronomia e hotelaria. Hotéis e pousadas geralmente conseguem registrar altas taxas de ocupação e os restaurantes uma grande movimentação nos finais de semana.

Nesta sexta-feira teve início a “nova temporada” dos caldos no restaurante Varietá Grill, por R$ 19,90/pessoa

Ministério do Turismo destaca Teresópolis No ano passado o Ministério do Turismo divulgou reportagem destacando 10 municípios brasileiros para se visitar durante o inverno, colocando Teresópolis entre localidades famosas no Sul do país. Segundo a apresentação do texto publicado no Portal Brasil, as “cidades são conhecidas pelas belezas naturais, pela culinária e pelos eventos específicos que ocorrem durante a estação mais fria do ano”. O Ministério do Turismo

destaca que, embora famoso pelas belas praias e altas temperaturas, o Brasil também oferece destinos turísticos para aqueles que querem aproveitar o período de clima mais frio no País. Assim, com a chegada do inverno e as temperaturas caindo, algumas cidades brasileiras ficam ainda mais charmosas e propícias a belos passeios. O tópico sobre o nosso município enfatiza as belezas naturais da região e a cada vez mais famosa culinária, sem esquecer a sede local da CBF:

Festival de Caldos De olho na mudança na temperatura, o Varietá Grill resolveu investir mais uma vez em um produto que tem tudo a ver com as terras teresopolitanas, os caldinhos! Na primeira edição, no ano passado, a procura foi enorme. Nesta sexta-feira teve início a “nova temporada” dos caldos no restaurante que oferece opções como o verde, ervilha, abóbora, mocotó, aipim, feijão, entre outros... O rodízio de caldos custa apenas R$ 19,90 por pessoa, oferecendo grande quantidade de acompanhamentos. O Varietá Grill funciona no número 722 da Delfim Moreira, próximo a Caixa Econômica Federal. Mais informações podem ser obtidas no telefone 2641-6384.

“Teresópolis integra a Rota Cervejeira do Rio de Janeiro. A cidade também é muito visitada por abrigar uma das áreas mais bonitas do Parque Nacional Serra dos Órgãos. O Pico do Dedo de Deus (1.692 m) é o cartão postal de Teresópolis, entrada principal do parque. No local há diversas trilhas, sendo a mais famosa a travessia Teresópolis – Petrópolis (42 km), que leva três dias de caminhada. O Mirante do Soberbo, na BR-116, tem vista deslumbrante. Já os adeptos da escalada, entre muitas opções, chegam até o ponto mais alto da Serra do Mar, a Pedra do Sino, com 2.200 metros. A cidade também tem atrativos históricos como a Igreja de Santo Antônio, o Palácio Teresa Cristina (Prefeitura) e o Palacete Granado. Já a Granja Comary é sede dos treinos da Seleção Brasileira de Futebol”. Os outros municípios indicados para conhecer na estação mais gelada do ano são: Campos do Jordão (SP), Curitiba (PR), Gramado (RS), Canela (RS), Petrópolis (RJ), Domingos Martins (ES), Santo Antônio do Pinhal (SP), Guaramiranga (CE) e Monte Verde (MG).


O de DIÁRIO Teresópolis

PÁGINA 6

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

Governadores estudam mudança na aposentadoria de servidores Os governadores do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e de Minas Gerais, Fernando Pimentel, manifestaram nesta quinta-feira (10) concordância com uma proposta elaborada pelos economistas Raul Velloso e Leonardo Rolim que envolve mudanças na previdência pública, à qual estão submetidos servidores estaduais. Eles defendem que, a exemplo do que já ocorre com trabalhadores de empresas estatais, sejam criados fundos de pensão para pagar a aposentadoria dos funcionários públicos. A proposta foi debatida durante o 30º Fórum Nacional, evento organizado pelo Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae) e realizado no edifício do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Embora tenham sido convidados governadores de vários estados, apenas Pezão e Pimentel compareceram. Raul Velloso e Leonardo Rolim deram o exemplo da Previ, o fundo de pensão do Banco do Brasil. Nele, os empregados da estatal contribuem com um valor e o próprio Banco do Brasil complementa a quantia, atuando como patrocinador do plano de aposentadoria. A ideia seria usar modelo similar para abarcar as variadas categorias de servidores públicos. O pagamento das aposentadorias passaria a ser feito pelos fundos de pensão e não mais pelos governos, seja ele federal, estadual ou municipal. Com uma boa gestão, os economistas avaliam ser possível manter os benefícios atuais. “Na hora que você separa do orçamento esse gasto e coloca dentro de um fundo de pensão, se aportar ativos e dar outras soluções que vão viabilizar o pagamento nesse outro contexto, você faz uma diferença gigante retirando do exercício fiscal dos governos um pedaço de despesa bastante elevado”, diz Raul Velloso. Segundo dados que ele apresentou, as despesas com a previdência pública subiram 136% no Rio de Janeiro entre 2006 e 2017. Em Minas Gerais, a alta foi de 110%. “A maioria dos estados está com insuficiências financeiras agudas correndo o risco de terminar o mandato dos governos atuais sem cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. E aí que solução vamos dar? Vai ter fila de governadores aguardando punição pelos

TÂNIA RÊGO/A GÊNCIA BRASIL

- “Tem gente que se aposenta com menos de 50 anos e isso é um problema”, diz Pezão

“Às vezes ficam chateados comigo, mas é um exemplo muito difícil: nossos coronéis se aposentam cedo ganhando cerca de R$ 26 mil ou R$ 28 mil. Eu tenho 100 na ativa para 600 aposentados na Polícia Militar”, diz Luiz Fernando Pezão

tribunais de contas?”, questionou. O economista criticou a opção do governo federal de apostar em uma reforma que envolve mudanças nas regras da previdência social, gerida pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e que atingirá todos os trabalhadores com carteira assinada que atuam sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O projeto, que versava sobre aspectos como tempo de contribuição e idade mínima para aposentadoria, enfrentou resistências na sociedade e entre deputados, paralisando sua tramitação. Velloso afirma que essa proposta, mesmo se fosse aprovada, não teria efeito imediato, uma vez que previa um período de transição para que as novas normas passassem a valer. Já a sua proposta poderia trazer impactos no curto prazo. “Se você perguntar como lidar com a Previdência, a maioria dos economistas vai dizer para fazer uma reforma de regras. E eu estou dizendo o contrário. Não faz uma reforma de regras. O problema é urgente e é preciso tentar algo que tenha efeito rápi-

SindBancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Teresópolis CNPJ. 30.632.830/0001-00 TRAVESSA RANULFO FÉO, 36 - Cobertura 05 e 06 Centro Profissional Túlio Spector - Várzea. Tels.: 2742-7386 - 2742-0600 - FAX: 2742-9088 Cep 25953-650 - Teresópolis-RJ e-mail: secretaria@seebt.com.br

EDITAL ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O JORNAL DIÁRIO TEM O MELHOR PREÇO PARA PUBLICAÇÕES E É O ÚNICO JORNAL COM NOVAS EDIÇÕES DIÁRIAS DO MUNICÍPIO. Faça um orçamento ou agende uma visita:

2742-9977

Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Teresópolis, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 30.632.830/ 0001-00, Registro sindical nº 100.117/01308-7 por seu presidente abaixo assinado, convoca todos os empregados de financeiras da base territorial deste sindicato, para a assembléia geral extraordinária que se realizará dia 14 do mês de maio de 2018, às 18 horas, em primeira convocação, e às 18:30 horas, em segunda convocação, no endereço à Trav. Ranulfo Féo, nº 36, COB 05, Várzea na cidade de Teresópolis, no estado de Rio de Janeiro, para discussão e deliberação acerca da seguinte ordem do dia: 1. Discussão e deliberação sobre aprovação da pauta de reivindicações da categoria dos financiários 2018, inclusive sobre participação nos lucros e resultados e eventual convenção coletiva aditiva; 2. Autorização à diretoria da entidade para realizar negociações coletivas, celebrar convenção coletiva de trabalho, inclusive de PLR, bem como convenção coletiva aditiva e, frustradas as negociações, defender-se e instaurar dissídio coletivo de trabalhol, bem como delegar poderes para tanto; 3. Deliberação sobre desconto a ser feito nos salários dos empregados em razão da contratação a ser realizada. Teresópolis, 10 de maio de 2018. ALUISIO REBELLO MARRA PRESIDENTE

do. (...) O regime dos servidores, como todos sabem, é onde estão as maiores injustiças. É muito menos gente, mas onde se gasta muito mais”. Governadores Segundo Pezão, regimes especiais que existem para diversas categorias de funcionários públicos, como militares e professores, envolvem aspectos que dificultam a saúde fiscal do Rio de Janeiro. “Na Previdência pública do estado, 66% dos aposentados têm aposentadorias especiais. Tem gente que se aposenta com menos de 50 anos. Às vezes ficam chateados comigo, mas é um exemplo muito difícil: nossos coronéis se aposentam cedo ganhando cerca de R$ 26 mil ou R$ 28 mil. Eu tenho 100 na ativa para 600 aposentados na Polícia Militar. No Corpo de Bombeiros, são 100 na ativa para 400 aposentados. Não quero tirar direito adquirido de ninguém e por isso me empolgo com essa proposta. Raul [Velloso] e Leonardo [Rolim] foram as únicas pessoas que encontrei que estudaram a fundo e entenderam o problema do estado”.

Estudantes ganham mais tempo para renovar o Fies - Contratos devem ser atualizados para que não financiamento não seja encerrado O prazo para renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano foi adiado mais uma vez e se encerra no dia 25 de maio. O prazo final para a renovação seria nesta quinta-feira (10). A nova data foi definida em portaria publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies). Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados. No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro - Banco do Brasil ou Caixa Eco-

nômica Federal - para concluir a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema. Inicialmente, os estudantes tinham até o dia 30 de abril para fazer a renovação, o prazo foi prorrogado até hoje e agora estendido mais uma vez até o dia 25 de maio pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação. O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.


O de DIÁRIO Teresópolis

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

PÁGINA 7 VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

Ultramaratonista Delino Tomé faz bonito mais uma vez MARCELLO MEDEIROS Na terceira idade, mas com disposição de primeira. O ultramaratonista Delino Tomé, um mineiro que escolheu Teresópolis para viver e constituir família, fez bonito mais uma vez em duríssima competição realizada no interior de São Paulo. No último fim de semana o morador da Barra do Imbuí participou da segunda etapa da UD Ultramaratona Desafio e terminou na primeira colocação em sua categoria, além de um honroso 10º lugar na geral em meio a centenas de atletas com menos da metade da sua idade – e alguns inclusive que podem se dedicar integralmente ao esporte. O ultramaratonista completou a prova de 75 quilômetros, com muitas fortes subidas, em terrenos acidentados e de difícil orientação, com o tempo de 10h57m. Só par se ter uma ideia da boa colocação, o segundo colocado na categoria de Tomé concluiu a prova somente duas horas e meia depois. A competição foi realizada na cidade de Morungaba e Delino só terminou em colocação ainda melhor na geral porque havia acabado de retornar de uma competição de 300 quilômetros! “Mas foi um bom resultado e serviu como treinamento para a próxima que vou participar, os 450 quilômetros da Trilha dos Índios Carijós, que será

ULTRARUNNER – DESAFIO EXTREMO

- “Teresopolitano” terminou prova na frente de dezenas de jovens na geral

Cadastro positivo pode contribuir com o comércio -Sebrae e SPC Brasil comemoram aprovação do projeto distinguirá bons dos maus pagadores

Um dos difíceis trechos da competição de 75 quilômetros realizada no interior de São Paulo

realizada no Rio Grande de Sul no início do mês de julho”, destaca o ultramaratonista que carrega, com muito orgulho e há vários anos, o nome de Teresópolis para várias partes do Brasil e até do exterior. Para poder participar dessas competições, que cobram taxa de inscrição às vezes altas, sem contar a despesa de deslocamento e hospedagem, Delino conta com o apoio de amigos e patrocinadores: Secretaria de Esportes, Carrapeta, Supermercado Regina, Supermercado Flor da Posse, Papelaria Globo, Unisport, Soraya Esportes, TopSpin, Ótica Prazer de Ver, San Rafael, Chaveiro Mundial, Requinte Decorações, Aca-

demia Planeta Corpo, Academia RV Fitness, Dr. Gustavo Alvs, Dr. Manoel Vidal, Luiz Medeiros, Marragavi Móveis Usados, Celeiro Barra, Açougue Tavares, Zabal BIke, EletroBarra, Mega Street, Clinicar, Mecânica Maia, Loja Lorma, Assembleia de Deus, jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV. Um exemplo Os bons resultados de Delino Tomé em provas de longa duração e distância impressionam há bastante tempo: 100, 200, 300, 400... São sempre muitos quilômetros a serem vencidos, ficando para trás não só o caminho percorrido, mas sempre centenas de atletas.

“Dia D” da vacina contra a gripe - Atendimento em mais locais e com horário diferenciado Neste sábado, 12 de maio, acontece o “Dia D” de mobilização da ‘Campanha Nacional Contra a Influenza – Todos Contra a Gripe’. Nesta data, além das 20 unidades de saúde, localizadas nas áreas urbana e rural, a imunização poderá ser feita também nas tendas montadas na Praça da Matriz de Santa Teresa, na Várzea, e na Feirinha do Alto. O horário de atendimento será das 8h às 17h. Desde o dia 24 de abril Teresópolis vacinou 8.877 pessoas que fazem parte do público-alvo: 5.468 idosos, 700 crianças, 1.140 trabalhadores da Saúde, 218 gestantes, 84 puérperas, 252 professores e 1.015 pessoas com comorbidades. Além das unidades de saúde que aplicam a vacina, o SPA Dr. Eitel Abdallah, ao lado do Tiro de Guerra, no bairro de São Pedro, funciona em horário especial, das 17h às 21h, de segunda a sexta, para imunizar trabalhadores. Teresópolis já recebeu quatro lotes da vacina, totalizando 33.300 doses. A previsão é de que a cidade receba 48 mil doses, com público-alvo de 47.963

“Atualmente, o bom pagador é penalizado pelo inadimplente, fazendo com que os juros sejam elevados para todos”, destaca Roque Pellizzaro Junior

pessoas a serem imunizadas, sendo que meta é vacinar, no mínimo, 90% desses moradores. O que é Influenza? - É uma doença viral febril, aguda, comumente conhecida como gripe, geralmente benigna e autolimitada. Caracteriza-se por sintomas como febre, tremores, dores de cabeça, dor de garganta e rouquidão, além de alterações respiratórias, como tosse seca e coriza. A infecção geralmente dura, aproximadamente, uma semana. Existem três tipos de vírus Influenza: A, B e C. O vírus Influenza C causa infecções respiratórias brandas, sem causar impactos na saúde pública ou estar relacionado com epidemias. Já os vírus A e B são responsáveis por epidemias sazonais. O vírus Influenza A é classificado ainda em subtipos H1N1 e H3N2 e o H7N9. Transmissão - Pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar. Pode ser transmitida ainda indiretamente pelas mãos, após contato com superfícies contaminadas por secreções respiratórias.

Sintomas - Pessoas com gripe podem apresentar febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração (cansaço extremo). Como se prevenir - A vacinação contra a gripe é a forma mais eficaz de evitar a doença, mas pequenas ações no dia a dia também podem ajudar, como manter as mãos sempre limpas, principalmente antes de consumir algum alimento; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes bem ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe.

Desses, muitos respeitam e admiram Delino Tomé pela disposição e simplicidade, tanto que o morador da Barra do Imbuí por várias vezes é convidado a participar de provas como inspiração para aqueles que estão começando. Além de já ter passado dos sessenta, outro detalhe da carreira do ultramaratonista nascido em Varginha, Minas Gerais, é que ele não tem uma vida fácil no dia a dia e, consequentemente, nunca pôde se dedicar integralmente à prática esportiva. Tomé trabalha na construção civil e, à noite ou fins de semana, troca a colher de pedreiro pelos tênis utilizados para escrever sua bonita história no esporte.

Estado retoma pagamento do RAS na próxima semana - Retorno de adicional possibilitará reforço de 1.200 policiais O governador Luiz Fernando Pezão anunciou que o pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS), hora extra remunerada de policiais militares e civis, será retomado na próxima semana. A partir de quarta-feira (16), o patrulhamento nas ruas contará com mais mil policiais militares. Além disso, 200 policiais civis reforçarão suas áreas de atuação nas delegacias. Ao todo, serão disponibilizados pelo Governo do Estado R$ 8 milhões por mês para o pagamento do benefício. A volta do RAS será fundamental como parte das ações do Governo do Estado para garantir maior segurança à população. Não tenho dúvidas de que, com as ações do governo estadual e a parceria com o governo federal, seremos vitoriosos no combate à violência que tanto nos aflige – destacou Pezão. Em fevereiro deste ano, o governo do Rio quitou dívidas do RAS e do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) no valor de cerca de R$ 23 milhões. No final de maio, o Estado pagará a última parcela referente ao Sistema Integrado de Metas (SIM) pendente a servidores da área de Segurança, de aproximadamente R$ 20 milhões. As parcelas estão sendo depositadas sempre no fim de cada mês, conforme compromisso assumido pelo governador Luiz Fernando Pezão no início de fevereiro deste ano. Já foram depositados cerca de R$ 60 milhões.

A inclusão automática e obrigatória no Cadastro Positivo vai “empoderar” consumidores e empreendedores, segundo avaliação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O textobase do projeto foi aprovado na noite de quarta-feira (9) pelo plenário da Câmara dos Deputados, com o apoio de 273 parlamentares e 150 votos contrários. A proposta estabelece que gestores de bancos de dados terão acesso a todas as informações sobre empréstimos quitados e obrigações de pagamento que estão em dia de pessoas físicas e jurídicas para formação de um histórico de crédito. Esses dados poderão ser usados por instituições financeiras para a criação de uma lista pública de bons pagadores. A medida estabelece ainda que o banco comunique ao cliente sobre a inclusão de seu nome no cadastro, além de informar os canais disponíveis para o cancelamento desse cadastro no banco de dados. A votação da proposta deve ser concluída na próxima semana, quando os destaques e as emendas serão votadas no plenário. O texto ainda segue para Senado. Para o diretor-presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, o projeto, quando entrar em vigor, vai destravar o acesso ao crédito, uma vez que será possível distinguir os bons dos maus pagadores. “[Os bancos] sempre mantiveram spreads [diferença entre o que os bancos pagam na captação de recursos e o que eles cobram ao conceder um empréstimo] extremamente altos para jogar na média, fazendo com que o bom pagador pague uma taxa de risco pelo mau pagador”, disse. O Sebrae calcula que a iniciativa de incorporar cidadãos e empresas no Cadastro Positivo poderá reduzir a inadimplência em

até 45%. Além disso, estimativa das entidades que compõem a Frente do Cadastro Positivo indica que, a médio prazo, os efeitos do cadastro poderão injetar até R$ 1,1 trilhão na economia, promover um aumento de R$ 790 bilhões na geração de negócios e incluir 22 milhões de pessoas no mercado de crédito, mesmo quem não tem comprovação de renda. SPC Brasil O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), que reúne o banco de dados sobre o histórico de pagamentos realizados pelos consumidores, também comemorou a aprovação do textobase do projeto de lei do cadastro positivo. O SPC Brasil avalia que as consequências das novas regras podem tornar o acesso ao crédito mais fácil e com juros menores para consumidores e empresas que honram seus compromissos financeiros, com uma análise de risco mais realista na concessão dos créditos. O órgão também comemora o efeito no empresário, que sentirá mais confiança para os financiamentos, empréstimos e compras a prazo. “Um dos motivos das taxas de juros serem altas e de não haver flexibilização dos prazos para pagamentos é a ausência de algumas informações sobre os hábitos de pagamento dos consumidores. Atualmente, o bom pagador é penalizado pelo consumidor inadimplente, fazendo com que os juros sejam elevados para todos. Com o Cadastro Positivo, o consumidor será analisado pelo seu próprio histórico de pagamentos, e não apenas pelas restrições pontuais existentes em seu nome, o que é um modelo mais justo e abrangente”, disse o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

Prefeitura recebe doação de uma tonelada de alimentos - Organizadores do “Serveja” entregam material arrecadado durante grande evento O prefeito interino Pedro Gil recebeu nesta quintafeira, 10 de maio, a doação de uma tonelada de alimentos, arrecadados durante a terceira edição do “Serveja”. Realizado de 28 de abril a 1º de maio, no Parque Regadas, o evento cervejeiro teve público de mais de 60 mil pessoas, movimentando o turismo e a economia do município. Entregues pelo empresário Azra Vieira, do Grupo El Akbar, um dos organizadores do evento, os mantimentos foram entregues a Pedro Gil, acompanhado dos secretários municipais Margareth Rosi, de Desenvolvimento Social, Marco Aurélio de Souza Santos, de Governo e de Turismo, e o subsecretário Itamar Rodrigues. “São mil quilos de alimentos, que vão ser transformados em cestas básicas pra doar aos asilos e órgãos competentes. Temos que ter parceria com amigos teresopolitanos e os comerciantes da cidade”,

agradeceu o prefeito. Além do cunho turístico, a responsabilidade social também é compromisso dos organizadores do ‘Serveja’. “Na nossa campanha de responsabilidade social, fazemos a captação de alimentos e também somos adeptos do capitalismo consciente, quando se destina parte do seu lucro para o desenvolvimento social”, relatou Azra Vieira. A destinação dos mil quilos de alimentos arrecadados será definida pela secretaria de Desenvolvimento Social. “É um presentão. Estamos muito agradecidos a esse trabalho de responsabilidade social, e também agradecidos ao prefeito Pedro Gil, que sempre se lembra da sociedade civil. Vamos transformar esses alimentos em cestas básicas para instituições que necessitam dessa alimentação. Chega numa hora muito bem-vinda essa doação”, finalizou Margareth Rosi.


O DIÁRIO de Teresópolis

PÁGINA 8

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

Um Paquequer como atrativo turístico Rio tem dezenas de corredeiras e cachoeiras com quedas de mais de 100 metros, é sinônimo de vida em vários pontos... Mas é “invisível” aos olhos dos teresopolitanos ACERVO MOCHILEIRO - MARCELLO MEDEIROS

Paquequer, um rio que nasce e morre todos os dias. Das águas cristalinas nas montanhas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos ao esgoto misturado com lixo na foz, ele é exemplo de vida e desprezo. Falando em vida, nunca é demais citar as famílias de capivaras que são atração quando nadam nos trechos urbanos, principalmente, além de várias outras espécies que vivem ou buscam parte do que precisam para sobreviver no nosso principal curso d´água. Na coluna de hoje, vamos mostrar que o rio, além de sinônimo de renovação, poderia ser mais uma fonte de renda para o município através do turismo: Suas cachoeiras poderiam ser atrativos e as corredeiras ideais para a prática de esportes, como o rafting, por exemplo, caso houvesse um planejamento para sua recuperação ambiental. De volta ao início, nos domínios do PARNASO existem dezenas de cachoeiras e poços, muito procurados no verão. Inaugurado em 2009, o último trecho da Trilha Suspensa permite ao visitante ver bem de perto um rio totalmente limpo, que convida ao banho. Após receber a água do rio BeijaFlor, o Paquequer segue por dentro da sede local da unidade de conservação. Ao lado da portaria do parque, abaixo da ponte Slooper, as cachoeiras também tem muita visitação. Já tendo recebido muito esgoto dos bairros do Comary, Ilha do Caxangá, Araras e BeiraLinha, várias corredeiras e uma grande queda chamam a atenção na Cascata Guarani. Esse trecho, nos saudosos tempos em que se podia tomar banho no Paquequer, era bastante frequentado – há diversas fotos antigas conhecidas na Cascata, hoje completamente descaracterizada pelas construções nas suas margens, assoreamento e o lixo. Para facilitar a identificação do leitor, essas quedas ficam próximas à entrada da Beira-Linha,

Ao lado: Corredeiras na localidade do Matadouro, antes ideais para a prática do rafting. Acima: Ainda dentro do Parque Nacional, pequenas cachoeiras e poços cristalinos. Abaixo: Na Cascata do Imbuí, em dias de temporal o volume d´água impressiona ainda mais

através da Avenida Alberto Torres. Na primeira edição do projeto SOS Paquequer, em 2008, foi um dos trechos mais difíceis a serem percorridos pelos barcos dos ambientalistas. “Em um lugar há uma queda de mais de dez metros de altura. Tivemos que descer as embarcações e depois passar pela margem e até pela água”, lembra Doldaninho “Zico” Barbosa, um dos idealizadores do movimento de conscientização ambiental. Grandiosidade Uma das maiores e mais bonitas quedas do Rio Paquequer é a Cascata do Imbuí, com mais de 100 metros de altura. Mas, apesar de tanta beleza toda aquela água é a mesma que cruza a cidade, ou seja, tomada pelo esgoto domiciliar, garrafas pet e sacolas plásti-

cas. Além disso, o que deveria ser mais um ponto turístico está abandonado e é desconhecido da grande maioria dos teresopolitanos. Recentemente, após a publicação de reportagem sobre o assunto, recebemos diversos e-mails de leitores mostrando sua indignação pela maneira que o rio vem sendo tratado, por quem deveria trabalhar pela sua recuperação, independente de cargo político. Entre os e-mails, um destacava justamente a Cascata do Imbuí. “Água é vida. Todo mundo sabe, ou pelo menos deveria saber, disso. Vejo muita gente reclamar do estado do rio, mas essa mesma pessoa joga lixo rua, joga resto de obra nas margens... Contribuindo assim para a degradação do Paquequer”, atentou o leitor Carlos Eduardo Cordeiro. PRÓ-MEMÓRIA

Saudosismo: Cascata da Guarani, próximo à entrada da Beira-Linha, muito antes do esgoto e lixo

“Teresópolis cresceu de forma desordenada, está favelizada, mal tratada, mal cuidada (uma pena por ser uma cidade histórica, turística e de uma beleza natural peculiar) mas isso não justifica que a sua população, de um modo geral, trate tão mal um rio como tem tratado. O lixo inorgânico na minha opinião é intolerável, fruto da total falta de educação e cidadania. Algo que pode ser revolvido a curto prazo com a conscientização das pessoas, educação das crianças nas escolas, mobilização da sociedade com um programa educativo e participativo nos jornais, nas rádios, televisão e principalmente nas ruas e com a população ribeirinha. Já o lixo orgânico, proveniente dos esgotos, um problema muito mais complexo e de difícil solução a curto-médio prazo que envolve governo e sociedade como um todo”, completou Fernando Pereira, que mora no Rio de Janeiro e tem um apartamento para fins de semana em Teresópolis. Esportes Não fosse a água do Paquequer tratada como destino de todo o esgoto da cidade, o nosso principal rio, com certeza, seria um local ideal para a prática de esportes. A partir da localidade do Matadouro, divisa com Córrego dos Príncipes, até o encontro com o Rio Preto, em Providência, há dezenas de corredeiras. No Matadouro, não muito das casas populares construídas pela prefeitura, além de uma queda de aproximadamente cinco metros de altura há um grande

poço, que certamente seria um point para o banho se a situação fosse diferente. Falta interesse político As corredeiras do nosso principal curso d´água são apenas um pequeno exemplo das suas belezas e de que elas deveriam ser melhor aproveitadas – ou, no caso, recuperadas. Como afirmei no começo do texto, o “Paquequer é um rio que nasce e morre todos os dias”. Ainda está longe de o teresopolitano entender sua grandiosidade e suas maravilhas e, mais do que isso, sua importância para a VIDA em nosso município. Temos que entender que fazemos parte desse tão falado “meio ambiente” e que ele não é apenas “o mato que nos cerca”. Outro ponto que deve ser observado é o grande desinteresse político. A responsabilidade da manutenção do Paquequer e outros rios é do Instituto Estadual do Ambiente, o Inea, que, por sua vez, raramente aparece por aqui e, quando coloca suas máquinas e pessoal, é, no máximo para realizar um questionado desassoreamento – isso a cada quatro ou cinco anos. Mas evitar que mais lixo ou esgoto sejam despejados criminosa e continuamente, promover a recuperação da mata ciliar, entre outros por menores voltados para a educação ambiental, também é função da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Essa, por sua vez, é uma das muitas pastas que parece ter sido desativada no atual governo municipal diante da sua total inoperância.


SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

O DIÁRIO de Teresópolis

PÁGINA 9


O de DIÁRIO Teresópolis

PÁGINA 10

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

Miss Estado do RJ Infanto Juvenil 2019. Inscrições abertas no Studio de Beleza Jorge Costa, localizado na Rua Muqui, 09 em frente à Receita Federal. Idades de 4 a 17 anos três categorias. Mini, Pré Teen e Teen. Tempo limitado. Faça já sua inscrição.

W A L DAI R waldairqueiroz@hotmail.com

Queiroz

Dedicatória – Dedico minha coluna de hoje ao casal Márcia Nascimento Chiapeta e seu maridão Luciano Chiapeta, gente que a gente gosta, que todo mundo gosta.

EU ditorial

Eleição para novo prefeito A expectativa é grande, todos estão preocupados com a eleição, que ocorrerá no dia três junho, próximo. Nas ruas sente-se o desejo e a preocupação dos teresopolitanos com a escolha do novo alcaide. Há nove candidatos, alguns já muito conhecidos, outros novos. Nossa sugestão é que os eleitores procurem informações sobre os candidatos e tentem não errar na escolha. * Peçamos a DEUS, Senhor de todos os senhores, que abençoe nossa cidade, dando-nos um bom admistrador.

Uma Carta para Mamãe: Excelentíssima, Santíssima e Queridíssima Senhora Teresa Queiroz da Graça:

Minha Querida Mãe: Quero mamãe, registrar nesta carta todo o amor que eu e meus irmãos temos pela senhora. Toda mãe tem muito de heroína e de santa, e a senhora tem muito, muito mais. As lembranças são as melhores possíveis. A senhora não só nos deu a vida, mas nos deu muito mais. Nos deu as melhores lições de amor. Nos ensinou a amar a Deus sobre todas as coisas e nos recomendou sempre, amar ao próximo como a nós mesmos. A senhora também nos ensinou a nos amarmos e acreditarmos que somos capazes de vencer. Vencemos mãe, inspirados na senhora e no papai. Quero registrar nosso agradecimento e dizer que continuamos a te amar intensamente.Continuamos amando intensamente, a senhora e a papai Beijos mãe, muitos beijos! Muitos beijos também para papai. Estou publicando no jornal esta carta mamãe, por que os carteiros não entregam cartas no céu. Recebam a senhora e papai, beijos de teus filhos Waldair Queiróz, Nilda, Mirim, Lia, Walmir e Jorge.

falecom@missteresopolis.com.br

Todas as mães têm muito de heroísmo e santidade. Parabéns à todas as mamães com o desejo, que o Senhor DEUS lhes dê milhares de dias abençoados!

GUARDA CHUVA

O ACESSÓRIO DO INVERNO

Pensamento - “DEUS é o Poder Supremo, infinito e ilimitado, e. bondade e misericórdia, mas não é propriedade particular de ninguém, nem de nenhum grupo religioso. Todos somos alvo de sua bondade e de sua justiça” – Waldair Queiróz

•Aniversário do ex-Prefeito Celso Dalmaso Está aniversariando hoje, o engenheiro, ex-Prefeito Celso Dalmaso. A esposa, Dona Rose, as filhas e os muitos amigos promovem intensas manifestações de carinho. O casal Marina e Walter Pintinho. Gente Nota DEZ!

GENTE NOTA DEZ * Médico Bruno Furtado, do Hospital São José, a quem eu e centenas de homens devemos lhe devemos pelo excelente atendimento. * Empresário Luciano Chiapeta e sua esposa, jornalista e empresária Marcia Nascimento Chiapeta. * Professor Hélio Delgado e sua esposa Professora Linalma Rocha Delgado.

Falecimentos * Lourenço Barros Funcionário do Colégio do Carmo. Era uma pessoa muito especial, e, por isso muito querida. Nosso abraço à esposa Valéria e familiares.

• MOCHILAS O SUCESSO DO INVERNO 2018 O sucesso do inverno 2018, realmente são as novas mochilas que deixam mãos livres e permitem distribuição do peso sem causar danos a coluna e a postura. Elas já estão nas lojas em modelos variados, que vão desde os clássicos e elegantes em couro, como também em camurça, lona e materiais sintéticos cheios de beleza e detalhes. Uma ótima sugestão de presente para o dia mães. Vejam as novidades.

Mesmo sendo muito útil em dias chuvosos, bem típico da estação, a maioria das pessoas não gosta de sair com ele. Pensando nisso os estilistas criaram modelos que com certeza vão facilitar o uso e criar o hábito de utilizar o acessório para se guardar da chuva, que muitas vezes é inesperada. Modelos como o vestível permitem que suas mãos fiquem livres e ainda abriga seus pertences com uma mochila, tem os engraçados em forma de frutas, os transparentes com cores e estamparias invernosas, os mini que cabem direitinho na bolsa.

* Gisele Costa Funcionária da Tesouraria da PMT, de tradicional família, era uma pessoa muito querida. Nosso pesar aos familiares.

LUVAS! Em dias frios elas fazem parte do look de inverno, pois além de elegantes, elas aquecem as mãos que tendem a ficar muito frias com as baixas temperaturas. Couro, camurça, lã e tricô são algumas das matérias primas utilizadas neste assessório que transforma a produção ao mesmo tempo em que embeleza e aquece nossas mãos. Confira!

• Hoje e Amanhã Festa de Nossa Senhora de Fátima Amanhã, treze de maio, faz cem anos, do aparecimento de Nossa de Fátima – Quando três meninos, pastores, viram pela primeira Vez a Mãe de nosso Senhor Jesus Cristo. A festa de Na. Sa. de Fátima começa hoje, no bairro de Fátima, com Missa às 18hs. Amanhã tem Missa às 10hs, e às 18hs.

Dr. Eduardo . Gente Nota DEZ!

PROGRAMA LUIS COSTA

As senhoras Arlete Adel, Denise Mourinho e Sra. Anita Miranda

Esta semana o programa Luis Costa ao vivo pela Diário TV canal 4 destaca entrevista com designer floral Alessandra Amiuna, que fala dos seus cursos e projetos que estão fazendo enorme sucesso. Falando da nova campanha de make e cabelo intitulada “Passione”, o Hairstyle Jorge Costa fala ainda das tendências de cores e penteados para outono/ inverno 2018 do Studio de beleza Jorge Costa, e na moda, a Yellow de Marcia Ejje mostra sua coleção especial para o dia das mães. Um programa lindo, cheio de beleza e sensibilidade.


O de DIÁRIO Teresópolis

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

PÁGINA 11

Avivamento

Igreja em Movimento Primeira Comunhão. A Paróquia de Santa Teresa, na Várzea, acolheu com alegria mais um grupo de crianças que receberam Jesus Sacramentado pela primeira vez. A Santa Missa foi presidida pelo Padre Fabiano Motta.

Acontece desde a semana passada o “Avivamento semanal para famílias” na Matriz de Santo Antônio, Alto. Com o tema: “Que vosso amor conjugal seja sal da Terra e luz do mundo”, o encontro acontece sempre às quartas-feiras a partir das 19h30 com pregadores ligados a movimentos e pastorais familiares (ECC, Pastoral da Família e Casais Restaurados). Eles pregam sobre temas voltados ao matrimônio e a família. O encerramento do evento será no dia 4 de julho com a Missa da Luz Divina.

Santos de Calça Jeans O grupo de Adolescentes “Santos de Calça Jeans” da paróquia de Santo Antônio, promove na próxima semana um encontro para a juventude na Casa de Formação. São convidados a participar adolescentes dos 12 aos 16 anos. Maiores informações na secretaria da paróquia 2642-5259.

O Assassino:

O primeiro alvo Devastado pela morte da noiva diante de seus olhos em um atentado terrorista, Mitch Rapp (Dylan O'Brien) dedica-se incansavelmente à vingança, o que chama a atenção da CIA. Recrutado, o descontrolado rapaz é enviado para o rígido treinamento de Stan Hurley (Michael Keaton), veterano militar que prepara assassinos secretos de atuação internacional e tem sérias ressalvas à avaliação psicológica de Mitch.

FILMES & SÉRIES Av. Lúcio Meira, 670 - Loja 11 Várzea Shopping - Tel.: 2742-0697

Joio e o trigo No último domingo, 6, durante o Congresso da Juventude, no Pedrão, o agente Rogério Tosta, da Pastoral da Comunicação (Pascom), teve seu notebook da marca Positivo e um pendrive com arquivos pessoais, furtados em uma das salas de apoio do evento. Lamentamos profundamente o ocorrido.

Festa em Fátima Santa Rita de Cássia A Novena preparatória para as festividades de Santa Rita de Cássia, no Meudon, começa neste sábado, 12, na Igreja Matriz. Padre Tiago José será o primeiro convidado para conduzir a Santa Missa. Na mesma noite acontece também um Show de Cestas. A festa de Santa Rita no Meudon segue até o dia 22, quando se celebra a Santa das Causas Impossíveis, e que conta com muitos devotos em todo o Brasil.

Neste domingo, 13 de maio, a Igreja celebra Nossa Senhora de Fátima. Em Teresópolis a grande festa acontece no bairro de mesmo nome, onde está a Capela que pertence à Paróquia de Santo Antônio e está sob os cuidados dos Frades Capuchinhos. Para este domingo o ponto alto será a Missa celebrada às 18h seguida de procissão pelas ruas do Bairro.

Assembleia paroquial em Agriões A Paróquia de São Judas Tadeu realizou nesta semana a Assembleia Paroquial. Momento em que lideranças de movimentos, pastorais e comunidades da paróquia tratam de assuntos relativos aos trabalhos e ações na região. Na foto, Monsenhor Antônio e alguns dos paroquianos.

Medo profundo De férias no México, duas irmãs estão prestes a passar pelos momentos de maior tensão em sua vida: presas em uma gaiola de tubarões a 47 metros de profundidade no oceano, eles terão que lutar contra o tempo. Mas com apenas uma hora de oxigênio e com tubarões brancos rondando o local, as chances se tornam cada vez menores.

Jumanji: Bem-vindo à selva Quatro adolescentes encontram um videogame cuja ação se passa numa floresta tropical. Empolgados com o jogo, eles escolhem seus avatares para o desafio, mas um evento inesperado faz com que sejam transportados para dentro do universo fictício, transformando-se nos personagens da aventura.

Missa na Praça. A comunidade de Bonsucesso, no 3° distrito de Teresópolis, segue com os preparativos para a já tradicional Missa na Praça, que costuma reunir um número aproximado de dois mil fiéis. A celebração de Pentecostes será presidida pelo Padre Luis Carlos Vitorino.

120 batimentos por minuto

Flash da Primeira Comunhão na Beira Linha, realizada recentemente

Crianças na Liturgia Com o objetivo de distribuir responsabilidades e missões entre as crianças, a paróquia de Santa Rita, no Meudon, colocou os pequenos para atuar nas funções litúrgicas. Sob os olhares atentos do sempre zeloso Padre Adilson, eles recitam as leituras, orações e participam das procissões de entrada e das ofertas.

França, início dos anos 1990. O grupo ativista Act Up está intensificando seus esforços para que a sociedade reconheça a importância da prevenção e do tratamento em relação a Aids, que mata cada vez mais há uma década. Recém-chegado ao grupo, Nathan (Valois) logo fica impressionado com a dedicação de Sean (Biscayart), apesar de seu estado de saúde delicado.

PROMOÇÕES De domingo a quarta

LANÇAMENTOS:

Congresso da Juventude. O Setor Juventude da Diocese de Petrópolis fez bonito no último domingo, 6, participando ativamente do Congresso da Juventude. O evento acontece há 30 anos em Teresópolis, com momentos de louvor, adoração e formação. Uma gigantesca procissão tomou as ruas do centro da cidade, momento de demonstração pública de fé. A Santa Missa foi presidida pelo Bispo Dom Gregório. No final, música e louvor com shows no palco do ginásio Pedrão.

(pgto. antecipado) - DVD R$ 6,00 // Blu-Ray R$ 7,50

CATÁLOGO (pgto. antecipado)

Primeira Comunhão em Fonte Santa No último domingo, 6, dez crianças da comunidade de Fonte Santa receberam a Primeira Eucaristia. O grupo contou também com três adultos, que receberam também o Sacramento do Crisma.

- DVD R$ 3,50 // Blu-Ray R$ 6,00

O treinador - a história de Don Meyer A história de vida do lendário treinador de basquete Don Meyer (Judge Reinhold), que, mesmo depois de sofrer um acidente de carro que quase tirou sua vida, precisando até amputar uma perna, continuou vencendo a maioria dos campeonatos.

PACOTE: ALUGUE 4 FILMES E GANHE + 3 CATÁLOGOS (TODOS OS DIAS)

Grande acervo de musicais!

Trabalhamos também com venda de DVDs.

Venha e veja nosso catálogo!


O DIÁRIO de Teresópolis

PÁGINA 12

Comissão da Alerj questiona aumento crescente de seguros Comissão de Transportes realiza audiência pública com representantes de seguradoras no estado Em cinco anos, Rodrigo Gonçalves, morador da Abolição, na Zona Norte da capital fluminense, viu o seguro da sua motocicleta triplicar. Entre 2012 e 2017, o preço passou de R$ 2.500 para R$ 7.550. O depoimento do professor foi um dos relatos apresentados durante uma audiência pública da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) promovida na última terçafeira (08). O objetivo do encontro foi questionar o crescimento exponencial dos seguros de automóveis para cidadãos fluminenses nos últimos anos. “Não tiro minha moto da garagem desde dezembro de 2017, quando fui renovar minha apólice. O valor está muito acima do que posso pagar, então, prefiro não correr o risco”, conta Rodrigo, que teme pela segurança do veículo que custou mais de R$ 30 mil reais. O alto valor do seguro do professor está diretamente ligado ao fato dele morar no subúrbio, segundo o deputado Dionísio Lins (PP), vice-presidente da comissão e responsável por conduzir a audiência. Para o parlamentar, os moradores de áreas consideradas mais perigosas sofrem discriminação ao pagar um valor muito maior do que o de regiões mais nobres da cidade. “Os motoristas do subúrbio são penalizados duplamente pela falta de segurança pública. Além de terem que enfrentar a violência diária, sofrem esse constrangimento imposto pela gestão das seguradoras”, afirmou o parlamentar.

Custo benefício O diretor-executivo do Sindicato das Seguradoras do Rio de Janeiro, Ronaldo Vilela, explica que o cálculo das apólices leva em consideração os índices de violência da área em que os automóveis circulam com mais frequência e não apenas o CEP do segurado. Por isso, muitas vezes, o risco eleva o seguro a ponto dele se tornar inviável para o dono do veículo e também para a empresa. Entretanto, destaca que esse cenário também é prejudicial para as seguradoras. “Para nós, não é interessante recusar clientes. Quanto mais segurados, melhor para a empresa, porque o risco cai drasticamente, diluindo prejuízo e tornando nossos preços mais competitivos. O nosso mercado é baseado em custo-benefício”, explicou o representante do sindicato.

Ronaldo destaca, ainda, que apesar do roubo ser um importante fator de risco para o cálculo, outros aspectos influenciam no valor, como: marca, custo e modelo do veículo, perfil do condutor, ter ou não garagem e a utilização do veículo (comercial ou pessoal). Fraudes No Estado do Rio, cooperativas têm surgido como uma alternativa mais barata aos motoristas que buscam um seguro. Entretanto, essas iniciativas não são legalizadas, porque não possuem autorização da Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão público ligado ao Banco Central, responsável pela fiscalização desse tipo de empreendimento. “Essa prática funciona de forma pirata e lesa o consumidor que ao ter o carro roubado ou acidentado, não tem a garantia

do ressarcimento”, disse Dionísio Lins. As fraudes no seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) também prejudicam os motoristas e os cofres públicas, de acordo com Celso Meyer, gerente de arrecadação da Líder, consórcio de 76 seguradoras, responsável pela administração do benefício. Para exemplificar, Meyer aponta que só em 2017, 17 mil tentativas de fraude foram impedidas pela empresa, representando uma economia de R$ 222 milhões. Ele explica, ainda, quais são os critérios para a indenização. “O DPVAT é um direito de todo motorista, passageiro ou pedestre em casos de acidentes de trânsito causado por veículo automotor, independente da culpa, risco ou local, restrito ao território nacional”.

SÁBADO, 12 DE MAIO DE 2018

Jornal O Diário de Teresópolis 12/05/2018  
Jornal O Diário de Teresópolis 12/05/2018  
Advertisement