Page 1

Lançamentos • Resenhas • Shows • Matérias • Entrevistas e Muito Mais.

Edição numero 52, de 15 de dezembro de 2015 Produzido e Distribuído por October Doom Entertainment

ENTREVISTA DA SEMANA: Tork Highil, do Pantáculo Mistico fala sobre os quase 20 anos da banda e o novo trabalho, Hermético EXPERIMENTE: Sivyj Yar, da Russia e Barbarian Fist da Noruega

LANÇAMENTOS:

Sunn O)), Secrets Of The Moon, Oblivions Kiss e Tombstones lançam material novo na praça

Eventos pelo Rio de Janeiro, Petrópolis, São Leopoldo e Presidente Prudente.


/Persephone-Dark-Clothes

2 | October Doom Magazine


October Doom Magazine |Edição 52.

De 15 de dezembro à 22 de dezembro de 2015

Sumario:

Entrevista da Semana: Super entrevista com Tork Highil, Tecladista do Pantáculo Mistico que lança em breve seu primeiro álbum, Hermético.

Pág. 04

#EXPERIMENTE!

O Pagan Black Metal Russo do Sivyj Yar e o Stoner mau cheiroso do Barbarian Fist, da Noruega Pág. 08

AGENDA DA SEMANA:

LANÇAMENTOS

Secrets Of the Moon - Sun Sunn O))) - Kannon Oblivions Kiss - Aeons of Silence Tombstones - Vargariis

Eventos da Abraxas e da Rádio Onirica no Rio de Janeiro, Duo Fest em Presidente Prudente/SP, e Lançamento do A Sorrowful Dream em São Leopoldo/RS.

Pág. 09

Expediente: October Doom Magazine

By October Doom Entertainemnt A October Doom Magazine é resultado da parceria e cooperação de alguns grupos e iniciativas independentes, que trabalham em função de um Underground Brasileiro mais forte e completo, além de vários individuos anônimos que contribuem compartilhando e disseminando este trabalho. Aqui, os nomes de alguns dos principais colaboradores desta iniciativa:

Editor Chefe: Morgan Gonçalves Redator: Morgan Austere Correspondente: Fernando Martinez Revisão: Solymar Noronha Rodrigo Bueno Leonardo Reis Guilherme Rocha Fábio Mazzeu, Luiz Z Ramos, Luiz Bueno, Thiago Rocha, Vitor Verô, Rodrigo Nueva, Vinicius Fiumari, Edgard Guedes, Bruno, Gerasso, Rodrigo Reinke, Henrique Parizzi, Merlin Oliveira.

Pág. 10

Acompanhe todas as edições da October Doom Magazine. Contatenos Issuu.com/octoberdoomzine octoberdoom@bol.com.br Colabore com essa iniciativa compartilhando e acompanhando a unica revista totalmente Underground do Brasil e seus colaboradores. Obrigado à todos. October Doom Magazine. #FeelTheDoom

October Doom Magazine | 3


ENTREVISTA:

Rompendo Bareiras.

Pantaculo Mistico: Uma das mais respeitadas bandas do Occult Doom Metal, o Pantáculo Místico divulgou recentemente a capa do seu primeiro álbum Hermético, a ser lançado pela Nuktemeron Productions em 2016. Em 2015 a banda completou 18 anos, e com tanta história e presença, o Pantáculo Mistico é, com muito orgulho, nossa banda entrevistada da semana. Morgan Gonçalves: A banda foi formada em 1997, na ensolarada Fortaleza, CE. Como surgiu o Pantáculo Místico, em uma região onde Doom Metal Pagão parece não ser tão popular? Tork Highil: Primeiramente, gostaríamos de agradecer a oportunidade de utilizar este espaço para expressar um pouco do que o Pantáculo Místico busca comunicar. Bom, o Pantáculo Místico foi idealizado como banda na proposta de executar uma sonoridade que associasse elementos pertinentes ao Doom e ao Black/Death Metal, porém com uma abordagem lírica com temas referentes ao ocultismo, autoconhecimento, e sabedoria por meio das artes antigas. Nesse contexto, a banda foi gerida, sonora e ideologicamente. De fato, assim como na maior parte do país, em Fortaleza o Doom Metal não é uma vertente das mais populares, mas isso não deve ser determinante quando se decide expressar suas convicções musicalmente. Não temos como objetivo competir com outras bandas ou subgêneros, nossa meta nunca foi popularidade, então nunca houve muitos problemas em relação a isso. M.G: Não conheço no Brasil, muitas bandas Doom com temática tão voltada ao Paganismo. Um nome que me parece ser sempre associado 4 | October Doom Magazine

à banda é o Poeticus Severus. Como tem sido ao longo desses 18 anos, a resistência na Cena Pagan Doom? Tork Highil: É comum que a maioria das bandas associadas a esta temática dentro do subgênero apresentem uma sonoridade mais tradicional, com forte influência dos anos setenta, rock psicodélico e stoner. De fato, não tenho conhecimento de outras bandas de Doom Metal – direcionado para a música extrema - no Brasil que abordem ocultismo relativo às práticas místicas e espiritualidade advindas das culturas pagãs, portanto, sinceramente, não tenho como confirmar a existência de uma suposta cena. Em relação ao que temos feito, tudo é muito empírico, muito pessoal, não é algo, ideológica ou sensitivamente, passível de transmissão por meio doutrinal, este tipo de mensagem pode tocá-lo e acender curiosidade a respeito do tema, ou simplesmente lhe agradar esteticamente, ou ainda, não gerar qualquer tipo de empatia, são questões pessoais a cada indivíduo. Temos extremo respeito pelo Poeticus Severus, inclusive, já dividimos palco com a banda no lançamento do EP Velado por Entidades, e foi uma experiência fantástica, porém considerando todas as egrégoras em torno de suas composições e da complexidade de sua mensagem musicada, não os associo diretamente ao Doom Metal.


até o EP Velado por Entidades. O que causou esse espaço de tempo entre um material e o outro?

(Pantáculo Mistico - Velado por Entidades - 2014)

Os elementos estão lá, mas a música dos caras transcende, não se resume a isso e acredito ainda que os próprios não o tenham como intenção e por isso, criaram um rótulo que pudesse definir sua sonoridade de acordo com suas próprias convicções. M.G: O primeiro registro da banda foi a Demo Magnitude Oculta em 1999. Qual era – ou é – a mensagem que a banda queria transmitir através daquele registro? Tork Highil: A este registro atribuo uma sincera impressão de honestidade e entrega. Expressa o que a banda era na época e repercute no que ela se tornou. Magnitude Oculta e Viagem Astral são faixas seminais para a história do Pantáculo Místico e estão entre as composições preferidas daqueles que acompanham nossa produção. Ainda que hoje sejam executadas com diferenças substanciais nos arranjos, fato este que se deve um amadurecimento musical e as influências que compõem esta formação da banda, evocam nossas reais intenções, como um ode as práticas antigas e a descoberta do conhecimento algo que transcende as esferas do que é oculto, sobrenatural, onírico e fantástico. M.G: Depois de Magnitude Oculta, a banda passou longos 15 anos sem novos lançamentos,

Tork Highil: Inconsistência nas formações anteriores devido a choques de ideais e convicções, interesses e ainda uma série de outros problemas de ordem pessoal que impediam que o Pantáculo Místico fluísse, não apenas como banda, mas como uma entidade, uma irmandade, que é o que somos hoje. Neste intervalo de tempo, muitos foram e vieram, assim como a própria banda, que compartilhou idas e vindas neste extenso trajeto, mas acredito que hoje estejamos realizando um trabalho coerente com tudo que a banda sempre se propôs a fazer. M.G: Ainda sobre Velado por Entidades, que retorno o EP trouxe à banda? Tork Highil: Não era algo aguardado, na verdade, o lançamento deste material não estava em nossos planos, foi resultado de uma sessão de ensaio que foi registrado em take one apenas para termos uma noção de como estávamos soando, no fim das contas, achamos que poderia ser interessante lança-lo, e assim o fizemos. Nesse meio tempo, realizamos diversos shows, estreitamos laços com antigos parceiros, fizemos novos contatos e o mais importante, o retorno de estarmos fazendo algo competente e que não desvirtua o legado do nome Pantáculo Místico. Pretendemos agora dar continuidade a história da banda. October Doom Magazine | 5


Pantáculo Mistico é:

6 | October Doom Magazine

Lídio Barros - Vocais Compta septem - Guitarras Leandro Rodrigues - Guitarras Tork Highill - Teclados Cícero Rui - Baixo e Backing Vocals Moisés Sousa - Bateria


M.G: Recentemente a banda participou de algumas compilações, entre elas, Brazilian Doom Metal Compilation. II, da União Doom Metal Brasil, da Stoner Union Doomed e Imperative Music Compilation IX, do Selo de mesmo nome. Como foi participar dessas coletâneas que reuniam grandes nomes Nacionais e internacionais da música Underground? Tork Highil: Bom, duas delas foram gratos convites (S.U.D. e Imperative Music), o segundo volume da Brazilian Doom Metal Compilation era algo já planejado há algum tempo, anterior ao retorno da banda. Todas elas trouxeram excelentes respostas ao que temos feito e reforçaram ainda mais a repercussão do EP Velado por Entidades, pois o alcance foi internacional.

(Capa do álbum Hermético - previsto para 2016)

M.G: Sobre o novo trabalho, a gente já tem a capa e o nome: Hermético. De onde veio à arte da capa?

Tork Highil: A arte da capa, assim como o projeto gráfico do material é de minha autoria. O título foi um consenso da banda a uma ideia dada pelo Cícero Rui (Baixo/Backing Vocals), sobre o que este registro deve representar: o fechamento de um ciclo, algo que está terminado e cuja compreensão exige certa reflexão. A capa, em particular, busca manifestar o processo alquímico que ocorre em cada um de nós, onde o dragão expressa a manifestação do ser superior e o sangue do dragão o ácido, por consequência, o início do processo corrosivo do trabalho alquímico, onde Lúcifer é o dragão iniciador da luz e das trevas que são elementos unificados, resultando na consciência espiritual e na aquisição de sabedoria. Signicamente,

estão expressos o sal, que em interação com o mercúrio e o enxofre, formam a tríplice qualidade, necessária para a transformação do ser humano, para o despertar de sua centelha divina, a ideia. A prática alquímica consiste basicamente em selecionar a matéria prima e eliminar as suas impurezas, separar seus componentes para reunilos novamente, formando assim a pedra filosofal. A imagem representa os três elementos distintos, em processo de interação. M.G: Hermético deve ser lançado na primeira metade de 2016. Há um conceito geral abordado pelo álbum? Tork Highil: Com certeza, o conceito alquímico permeia este trabalho. De sua concepção às faixas que foram criadas, este álbum expressa em sua essência a transformação alquímica pela qual ser humano deve passar até atingir sua iluminação. É algo pensado para além de conceitos gerais, numa perspectiva que transcende a compreensão comum. M.G: Além do novo disco, o que a Pantáculo Místico está preparando para 2016? Tork Highil: Novas faixas, um trabalho além do que já é conhecido. É necessário para nós provar que o Pantáculo Místico é além do que já foi mostrado, que continuamos em constante evolução e que ainda temos muito para mostrar aos que nos acompanham. M.G: Este espaço eu deixo para a banda mandar mensagens para os fãs, agradecer e utilizar como bem quiser. Fiquem a vontade. Tork Highil: Mais uma vez, agradecemos o espaço e mentalizamos vida longa ao October Doom Metal Zine. O Dragão que jaz latente direciona uma vez mais suas opulentas chamas fronte a cega e moribunda moral do sectarismo. Sejamos livres de tal cegueira, gritemos em alta e voluptuosa voz, pois esta é nossa senda! M.G: Eu quero agradecer a participação da banda toda e parabeniza-los por todo o trabalho feito até aqui e pelo novo disco. Hail Pantáculo Místico!! Para mais informações sobre o Pantáculo Mistico, acesse a página da banda no facebook: /Pantaculomisticopagaoocultodoommetal October Doom Magazine | 7


#EXPERIMENTE: O Black Metal frio e Pagão do

Sivyj Yar

Sivyj Yar, ou Сивый Яр, em Russo, é uma One Man Band de Pagan Black Metal, da cidade de Leningrado, na Rússia. O projeto foi fundado em 2016, pelo multiinstrumentista Vladimir (foto ao lado), que também já participou da banda Jassa, de Black Metal. Ao todo, Sivyj Yar possui cinco álbuns de estúdio: The Night (2009); Dualfaith (2011); The Dawns Were Drifting as Before (2013); From the Dead Villages’ Darkness (2014) e Burial Shrouds, de 2015. As letras do Sivyj Yar, assim como o significado do nome da banda vem da mitologia eslava. Acompanhe as noticas da banda nas páginas: Sivyjyar.bandcamp.com/

Barbarian Fist

Como um Soco na Cara da Sociedade Oriundo de Oslo, na Noruega, com seus riffs agressivos e planos de libertar a suja natureza humana. O trio lançou seu primeiro registro, The Whorelord Cometh, em agosto desse ano e conquistou excelentes críticas dos sites especializados.

O som do trio formado por Alexander Mora - Guitarra e vocal, Per Georg Krokstad – Baixo e Petter Haukaas – Bateria é pautado em bancas como Sleep, Pentagran, Yob e Black Sabbath. Mais sobre o Barbarian Fist em: Facebook.com/barbarianfist Barbarianfist.com/ 8 | October Doom Magazine


Lançamentos

Secret Of The Moon – Sun Prophecy Productions - 04/Dez

Os Alemães do Secrets Of The Moon lançaram no último dia 04, seu sexto álbum de estúdio – SUN. A banda de Occult Rock com elementos de Black Metal foi fundada em 1995 se firmou como um dos grandes nomes do gênero na Alemanha. Em 2015 a bandaparticipou de grandes festivais pela Europa e lançau seu sexto álbum, Sun. Agora a banda se prepara para uma grande turnê para além do Velho continente. Facebook.com/sotm777 Secrets-of-the-moon. bandcamp.com/

SUNN O))) apresentam mais um trabalho de peso, densidade e muita originalidade. Kannon é o oitavo álbum da banda que se tornou referencia em Drone Doom Metal, e conta com as participações de Attila Csihar, que particia das performances ao vivo, entre outros músicos. Segundo os músicos Greg Anderson Stephen O’Malley, Kannon é ao mesmo tempo, uma nova experiência musical, como uma profunda relação com as raízes do passado do SUNN O))). Facebook.com/Sunn-O

Southernlord - 04/Dez

Depois de lançar o Split Terrestrials, com os Noruegueses do Ulver, em 2014, os Norte americanos do

Oblivionskiss.bandcamp. com

Sunn.bandcamp.com/ Tombstones – Vargariis Soulseller Records - 04/Dez

Oblivions Kiss – Aeons of Silence Independente - 11/Dez

SUNN O))) – Kannon

pouco de My Dying Bride, em The Angel and the Dark River. Facebook.com/ OblivionsKiss

Também da Alemanha, o Oblivions Kiss finalmente lançou seu debut. A banda de Hamburgo, na Alemanha, formada em 2012 por Tobias – Vocal, Ingo - Guitarra, Teclado – Baixo e Vocal, segue a tradicional linha noventista, tomando como referência, gigantes como Paradise Lost, Anathema e My Dying Bride. O primeiro registro, Aeons of Silence, foi lançado em 11 de dezembro desse ano, e lembra momentos de The Silent Enigma, do Anathema e até um

Vargariis, quarto álbum da banda Norueguesa Tombstones, ganhou o rótulo de “mais pesado entre todos os seus registros”. O disco traz consigo uma densa carga de negativismo e agressividade, e carrega ainda, elementos de Stoner, de seu antecessor Red Skies and Dead Eyes, lançado em 2013. Pelo peso do Doom, pela atmosfera do Sludge, pelos riffs de Stoner ou pelo maravilhoso conjunto da obra, vale a pena conhecer esse trabalho. Facebook.com/ tombstonesoslo/ Tombstonesoslo. bandcamp.com/

Envie-nos seu material: octoberdoom@bol.com.br October Doom Magazine | 9


AGENDA: Hammerhead Blues, My Magical Glowing Lens e Psilocibina no Coletivo Machina

17/Dez

Qui

No dia 17, a Abraxas reúne Hammerhead Blues, My Magical Glowing Lens e Psilocibina no Coletivo Machina, na Lapa, com ingressos entre R$15 e R$20,00, com início prevista para as 21horas. O Coletivo Machima fica na Rua do Resende 82-B, bem no centro do Rio de Janeiro. Facebook.com/events/955396351219596/

19/Dez

Sáb

Stoner Lands - Petropolis

No dia 19, a Stoner Lands rola em Petrópolis, mais precisamente no Gypsy Bar. Está edição do evento trará as bandas Aura, Blind Horse e Hammerhead Blues. O evento é encabeçado pela Abraxas e pela Rádio Onirica. O Gypsy Bar fica na Rua Washington Luiz, 1066, em Petrópolis e os ingressos ficam pela bagatela de R$10,00 Facebook.com/events/1742880935935466/

Duo Fest - Presidente Prudente

19/Dez

Sáb

Também no dia 19, em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, acontece o Duo Fest, um evento voltado para as duplas que dão a cara a tapa no Underground e fazem muito barulho. Os convidados para o evento são os duos Cassandra, La Burca, Projeto Trator, Suicide Shower, Bertran De Born, All D+ Level Beat e Magnetita. Os ingressos pra ver esse arrastão de bandas sai por R$10,00, o lugar escolhido pro evento foi a Chácara Beija-Flor e mais informações no link do evento. Facebook.com/events/1654872788127238//

A Sorrowful Dream, Bestial, Symphony Sáb Draconis, Hon-R e Overflow

19/Dez

E ainda no dia 19, porem em São Leopoldo, no RS, O grande A Sorrowful Dream lança seu álbum Passion ao lado de Bestial, Symphony Draconis, Hon-R e Overflow. O evento acontece na Embaixada do Rock e os ingressos pra noite custam R$10,00, com abertura da casa às 23 horas. Facebook.com/events/1651496275115150/

10 | October Doom Magazine


October Doom Magazine | 11

October Doom Magazine Edição 52 - 15 12 2015  

Publicação Semanal com Entrevistas, Resenhas, Shows e Lançamentos sobre tudo oque acontece no Cenário Underground no Brasil e o mundo! Downl...