Page 1

VER PARA QUERER 2 0 1 1 V O L U M E

NESTA EDIÇÃO:

1 ,

E D I Ç Ã O

1 I

O PROJECTO

O projecto

1

Navio Escolhas

1

Actividades lúdicas na Vila

2

Música e Dança para comunidade

2

Cine-minhoca

2

Kidzania

3

Ténis

3

Cozinha Criativa

3

CID@NET

4

O projecto “Ver para Querer” visa a compreensão da formação pessoal como capacitação para a mudança social e económica, capaz de ancorar projectos

de vida futuros nas oportunidades e comunidades locais. Recorre à experiência local, no campo da criatividade, inovação, acção cívica, reflexão e crítica construtiva, como motivadoras do gosto de aprender, e assim da promoção do sucesso escolar, da reintegração escolar e/ou da motivação para aquisição de novas competências

O barco atracou domingo, no porto de Portimão, trazendo a bordo os cento e onze embaixadores dos projectos Escolhas de todo o país que, ligados por uma nova amizade e cheios de novas experiências, vão continuar a inspirar jovens e menos jovens nas suas comunidades. Pedro Calado, Director Executivo do Programa Escolhas

cívicas, profissionais, pessoais e sociais, ajustadas aos potenciais locais. Destina-se a crianças e jovens residentes no Concelho de Castelo de Vide dos 6 aos 18 anos. Tem como objectivos. Estimular os factores geradores de sucesso

consciente e a visão positiva do futuro, a vontade de formação profissional e a empregabilidade, pelo conhecimento, orientação e experimentação ajustadas aos potenciais e recursos locais. Consolidar e alargar a oferta de serviços destinados a crianças e jovens que promovam a integração transversal da população em situação de maior vulnerabilidade, valorizando o exercício da cidadania e participação cívica e a reacção construtiva aos factores de exclusão social.

escolar local, a permanência útil no sistema formal de Ensino, o gosto pela aprendizagem e pela adaptação à mudança, através da educação não formal e inclusão digital. Estimular a proactividade destaca o "balanço muito positivo desta iniciativa, que atingiu todos os objectivos previstos e ainda trouxe outras surpresas boas que não estavam previstas". Por onde passaram os jovens embaixadores Escolhas deixaram marcas: de serviço à comunidade, de bons exemplos de compor-

tamento, de convívio saudável na diversidade. Quem não foi seleccionado para a viagem deste ano pode começar-se a

preparar para ser escolhido para as próximas férias Escolhas que, segundo Pedro Calado, "vão passar-se numa aldeia muito especial", algures em território português...


PÁGINA

2

ACTIVIDADES LUDICO-PEDAGÓGICAS NA VILA Organizou-se um percurso LúdicoPedagógico pela vila com inicio no Pelourinho onde o grupo de crianças tinha que desenhar o próprio pelourinho e completar um texto acerca do mesmo, continuando o percurso passaram pelo lajeado da Matriz, depois dirigiram-se ao Largo da Fonte do Ourives onde tiveram que descobrir as diferenças entre duas fotos, seguindo depois para o Largo do Forno onde teriam que desenhar uma casa típica da vila e indicar as três principais características da arquitectura tradicional de Castelo de Vide, passando pelo Burgo Medieval em direcção à Nossa Senhora da Alegria, ir até às portas de São Pedro e observar o que visualizavam na paisagem,

Curiosidades sobre o corpo humano: 1. A língua humana mede aproximadamente 10 centímetros de comprimento; 2. É a parte do corpo que se cura mais rápido; 3. Há mais de 600 tipos de bactérias na boca; em um mililitro de saliva podem existir até um milhão delas; 4. É o músculo mais forte do corpo e o mais flexível; 5. Cerca do cinquenta por cento das bactérias da boca vivem na superfície da língua; 6. Este músculo tem três mil papilas gustativas; 7. É a única parte do corpo com sensores de gosto; 8. Assim como as impressões digitais, a impressão da língua da cada pessoa é única; 9. As mulheres têm a língua mais curta que os homens (imaginem só se fosse maior!); 10. A limpeza frequente da língua, com um raspador, ajuda a prevenir ataques do coração, pneumonia, nascimentos prematuros, diabetes, osteoporose e infertilidade nos homens.

MÚSICA E DANÇA PARA COMUNIDADE Nas actividades de “ música e dança para a comunidade” trabalhamos a coordenação, a sensibilidade auditiva, o tempo, a dimensão de espaço, harmonia, ritmo… Pretende-se ensinar algumas danças de roda tradicionais europeias às crianças, onde estas interagem espe-

cialmente por meio de

gestos e actos, essen-

cial para o desenvolvimento da percepção das possibilidades e limitações do próprio corpo. Facilitando a descoberta e alívio de tensões e ansiedades através da socialização da criança ao mundo que a cerca, podendo dar largas à criatividade e alegria o

CINEMINHOCA Nas quartas-feiras estão estabelecidas sessões de cinema à tarde onde os jovens podem visualizar alguns filmes adequados para a sua idade, os filmes que já passaram pelo nosso auditório foram: Chovem Almôndegas; Marmaduke; Ratatouille; Shrek; Por água abaixo; Alvin e os Esquilos.

VER

PARA

QUERER


VOLUME

1,

EDIÇÃO

1I

PÁGINA

60 profissões diferentes, em réplicas dos estabelecimentos mais representativos de uma cidade real: aeroporto,

No dia 27 de Agosto o grupo de crianças que se encontrava a frequentar as férias de Verão 2010 do projecto “Ver para Querer” viajaram até ao parque temático Kidzania dirigido a crianças até aos 15 anos, onde puderam “brincar aos adultos” num ambiente realista. Ao chegarem lá tinham que escolher entre mais de

3

com base no conceito educação e entretenimento. Os conteúdos acompanham os programas escolares e procuram ensinar às crianças valores e regras de cidadania, ajudando-as a viver de forma saudável em sociedade.

fábricas, teatro, lojas, circuito automóvel, esquadra de polícia, bombeiros, imprensa, estúdio de TV, estádio e muitos outros. As actividades são simultaneamente divertidas e pedagógicas,

Adivinha… Tenho camisa e casaco sem remendo nem buraco; estoiro como um

TÉNIS

Durante as férias d e Verão de 2010 as crianças inscritas nas actividades puderam aprender a jogar ténis. Ténis que é um desporto divertido, socializador e educativo. Desenvolve a

foguete se motricidade e a coordenação, e ajuda no fortalecimento e na tonificação da musculatura das crianças. Além disso, estimula alguém no lume a disciplina, os reflexos, a psicomotricidade, assim como o sentido de responsabilidade. Aprenderam como pegar numa me mete. O que raquete, como é?!? fazer o serviço, exercícios simples com uma bola mole e esponjosa, i d e a l para os principiantes e no fim fez-se u m pequeno torn e i o onde a participação foi efusiva.

Cozinha Criativa Na cozinha criativa o principal objectivo era confeccionar um almoço para todos os participantes. A sua realização era á sexta-feira, existiam cerca de três equi-

pas, a dos cozinheiros, ajudantes de cozinha e a de limpeza, as quais alternavam as suas funções todas as semanas. Com esta actividade os participantes adquiriram pequenos conhecimentos acerca da aquisição de todos os ingredientes tanto como a confecção dos mesmos. Podemos destacar alguns pratos, tais como, esparguete à bolonhesa, queques de atum, salada de fru-


PÁGINA

4

CID@NET

Espaço aberto à comunidade com uma sala de inclusão digital, que tem como objectivos a inclusão social de crianças e jovens com problemas comportamentais e dificuldades escolares, provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, com vista à igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social, assim como “promover nas famílias a aquisição de competências específicas de modo a aumentar o reforço das estruturas familiares positivas .

Aumentando o vinculo à escola das crianças, jovens e famílias, reduzindo a tendência de abandono e absentismo, assim como diminuir o insucesso escolar, aumentar as competências sociais e profissionais dos jovens. Abrangendo crianças dos 6 aos 18 anos

Esta associação envolve-se na

capacitação

mudança inclusão

para

a

comunitária

e

social

feita

em

aprendizagem criativa com todos e para todos. Privilegia neste contexto a relação entre gerações extremas: Crianças e Idosos. Enquanto instrumento de desenvolvimento local, constrói a sua acção, par-

Rua de Santo Amaro, nº25 e 27

tindo

7320-000 Castelo de Vide

esquecidas do território, em particular, do

Tel: 245 908 157

Norte Alentejo procurando a conjunção entre

Fax: 245 908 159

a modernidade e a tradição. Enquanto espa-

Correio electrónico:

ço de pesquisa, trabalha o Território ideia,

verparaquerer.pe@gmail.com

que cresce com todos aqueles que se impli-

das

comunidades

e

notoriedades

cam nas mesmas questões independentemente das distâncias, idades, credos, origens e formações.


2010  

Actividades desenvolvidas pelo projecto Ver para Querer durante o ano de 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you