Issuu on Google+

EDIÇÃO N° 11 – ANO 2 – DEZEMBRO DE 2011 – DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Sua referência

Número de Automóveis supera o de residências Dados do Censo 2010 e do Detran, apontam que a frota de automóveis da cidade supera em mais de 25 mil quando comparados ao número de residências. Pág 4. CINEMA

CANYON PIRITUBA

Bem Stiller e Edie Murphy são os astros do filme Roubo nas alturas. Pág 7

PANORAMA

O que fazer quando as bagagens são extraviadas?

ITAPEVA EM SÃO PAULO ESTÁ ENTRE OS ROTEIROS DO MINISTÉRIO DO TURISMO. PÁG 5

Página 3

COMPORTAMENTO

A participação das mulheres no mundo da moda

DODGE JOURNEY O Crossover da Chrysler está com motor mais potente e acabamento interno mais requintado

Página 6

NATAL

Santana de Parnaíba já vive o clima da Festa Papai Noel do Osasco Plaza Shopping fica até dia 31 de Dezembro Página 6

Página 8

Prédio Abandonado no Bairro do Jaguaribe se transforma em depósito de lixo e abrigo para consumidores de drogas. Página 4


EM QUESTÃO

2

siga: Sua referência EDITOR E JORNALISTA RESPONSÁVEL: Veridiano Peixoto (MTB:45018), Arte: Rich Marvin, Colaboradores: Abigail Silva, Ana Paula Leite R Gomes, Edison Ragassi, Leonardo Carvalho e Mércia Amaro. Impressão: Gráfica Atlântica. O Bussocaba é uma publicação da R&VP Comunicações Jornalísticas Ltda. Rua dos Uirapurus 482 – Chácara das Garças – CEP: 06526-025 Santana de Parnaíba. Telefone: (0xx11) 8291-6515 jornal@obussocaba.com.br

Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

“Quando você coloca o salário em nível de mercado, de grandes profissionais, você compete com essas pessoas, é necessário um valor correspondente aos cargos”.

MARCO AURÉLIO CUNHA, vereador (PSD) de São Paulo, justificando seu voto a favor do aumento de 200% no salario de 31 subprefeitos e secretários adjuntos.

foto: Wilson Dias / Agência Brasil

foto: Antônio Cruz / Agência Brasil

“ São pessoas que não eram criminosas e passam a ser, porque estavam com arma de fogo em suas mãos”

“Ele tem o apoio da presidente e a acompanhou em uma viagem importante à Argentina” foto: Wilson Dias / Agência Brasil

LUIZ PAULO BARRETO, secretário executivo do Ministério da Justiça, referindo-se aos dados preliminares que apontam que mais de 35 mil pessoas morreram no Brasil vítimas de armas de fogo em 2010.

“Com isso fica fácil cobrar mais eficiência de sua equipe” GILBERTO KASSAB (PSD) afirmando que o aumento dos salários trará mais comprometimento dos subprefeitos e secretários.

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura.

“Nossa grande meta é implantar no Brasil uma política ampla, moderna, corajosa e criativa de enfrentamento das drogas”

“Eu não tenho o porquê de não estar otimista” Ex- presidente Lula, sobre o tratamento contra o câncer

PRESIDENTE DILMA ROUSEFF, em seu programa semanal café com a Presidenta, sobre os investimentos na prevenção e cuidado com usuários de crack e outras drogas.

“A redução era esperada, mas não sabíamos qual seria a dimensão. Foi uma dimensão extraordinária” DOUTOR ARTHUR KUTZ, sobre a redução de 75% do tumor cancerígeno que atinge a laringe do ex-presidente Lula.

foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

foto: Renato Araújo / Agência Brasil

“Nós temos mais legendas do que partidos. Sobram legendas e faltam partidos”

foto: Wilson Dias / Agência Brasil

IDELI SALVATTI, Ministra de Relações Institucionais, afirmando o apoio do governo ao Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, que enfrenta denúncias de tráfico de Influência.


Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

PANORAMA

MÃE GENTIL?! PÁTRIA AMADA BRASIL “A realidade social brasileira que desassiste, desabriga, desemprega e desencarna de uma identidade factível a milhões de patriotas... age como madrasta má que expõe, impacta e amplifica a dor e indignidade dos cidadãos desfavorecidos”. Tereza E. Gonçalves

POR ABIGAIL SILVA Estive no centro da cidade de São Paulo antes das 7 horas e fiquei “desencantada” com a quantidade de moradores de rua. Ruas 7 de abril, São Bento, Álvares Penteado, Viaduto do Chá e Praça Patriarca, estavam lotadas de rolo de cobertores, sem cachorros (!). Um mundo de gente correndo para o trabalho e “tá lá o corpo estendido no chão”. Assisti vários deles acordando, gritando com portas, pessoas, correndo atrás de grupo de trabalhadores, surtados, pelados, trocando de roupas ali no calçadão tortuoso, de pedras soltas, esburacadas, sujas e fétidas. Dos comércios saiam as mangueiras lavando o cheiro insuportável de urina a aquela água fétida vai respingando na sua roupa, perna, sandália, sapato, tênis. Mobilidade Urbana o que é isto? Você muda o trajeto e na curva quase pisa num grupo de seres humanos ali enrolados nas cobertas cinzas. Comentei com algumas vendedoras. - Isto é todo dia, sem trégua e o dia inteiro. Onde estas pessoas deveriam estar? Em tratamento, em lugares especializados, mas nas ruas jamais, pois colocam em risco a vida de muitos. Segurança oficial: corre, desvia, salve-se como puder! Qual o significado das cenas que via? Quem são estas pessoas? De onde vêem? Onde estão suas famílias? “Eu vejo que ele berra. Eu vejo que ele sangra...” Vi casais que se entrelaçavam agarradinhos sobre o chão duro. “Guerreiros. São pessoas frágeis. No fundo precisam de carinho, de ternura, de um abraço, de um sonho...” As clínicas públicas de recuperação de surtados, os tão condenados manicômios, foram fechadas, e para onde foram levadas estas pessoas? A família não sabe, não consegue lidar com o problema e não está ali do lado do abandonado e, portan-

to, não vai recorrer ao Ministério Público para garantir o direito a tratamento, que seu ente tem, em clínicas especializadas. Relacionei esta DOR com a inclusão imposta dentro das escolas. O governo abriu mão da obrigação de investir no desenvolvimento possível das pessoas portadoras de necessidades especiais em escolas especializadas, “caras” para os cofres públicos, deixando assim de pagar especialistas para o atendimento, e propaga este feito como se isto fosse um mérito. Esta atitude, chamada de inclusão, se contrapõe a tal da equidade - dar mais a quem tem menos - isto é, o governo tirou um direito dos portadores e o jogou dentro da sala de aula. Mas a que custo? Nenhum, pois as professoras têm que dar conta dos 40 alunos, os “normais” e dos diagnosticados como portadores de necessidades especiais e lógico, cumprir com a função da escola. Fácil. Qual a estrutura dada??? Mas que estrutura seria possível de prover se cada caso é um caso único? Elevadores e rampas bastam, resolvem a questão de quem, de quantos? A responsabilidade da Saúde é repassada para a Educação. Para garantir o direito da criança ao atendimento escolar em local especializado a família hoje tem que recorrer ao Ministério Público! “Justiça e equidade são inseparáveis. A justiça é uma virtude que consiste em dar a cada um o que é seu. Representa basicamente uma preocupação com a igualdade e com a proporcionalidade. Implica uma correta aplicação do Direito, de modo a evitar o arbítrio; a segunda significa tratar de modo igual os iguais e de modo desigual os desiguais, na proporção de sua desigualdade e de acordo com o seu mérito. Equivalência e proporção.” O que entendemos por liberdade? Recentemente, por Lei, milhares de infratores presos também foram liberta-

dos das cadeias, soltos nas ruas sem nenhum investimento para se auto-sustentarem fora do crime e serem desta forma inseridos de forma sustentável na vida social e profissional no mercado de trabalho. O cidadão ao ser preso deveria ser matriculado num dos cursos profissionalizantes disponíveis e dependendo de seu desempenho, envolvimento e aproveitamento ganharia ou não o direito à liberdade, mas já inserido no mercado de trabalho com registro em carteira ou em cooperativas de trabalho. Um desafio sem dúvida, mas que a sociedade não pode abrir mão, nem por lei, desta obrigação. “Sem o seu trabalho um homem não tem honra, e sem a sua honra, se morre, se mata...” O que é SER HUMANO? Que CUIDADOS ESSENCIAIS necessitam estes SERES HUMANOS? “Não podemos obrigar um sujeito a se tratar, pois estariamos tolhendo a sua liberdade”. Não soa estranho isto? Tolhe a liberdade dos tidos como “normais” colocando em risco a vida da maioria da população e abandona os portadores de necessidades especiais, uns dentro das escolas e os outros nas calçadas da vida. Direitos humanos, onde estão eles? Quais são eles? Quem os requisita? Abrir mão das instituições especializadas para zerar custos, pois os avanços são lentos, não é solução. Precisamos sentar e recriar a roda, ampliá-la com profissionais habilitados, especialistas capacitados e interessados nesta questão social, para tratar de forma digna todos os seres humanos. Um grande desafio que não pode mais ser adiado. A sociedade que abandona O SER já abandonado, cria o inumano. “Não dá pra ser feliz. Não dá...” Abigail Silva é educadora. bigaa@ig.com.br Telefone: 7853-3197

3

PERÍODO DE FÉRIAS E VIAGENS

O que fazer em caso de extravio de bagagens ??? Por Ana Paula Leite R Gomes O período de férias está aí e um dos piores imprevistos que pode acontecer após você planejar sua viagem, é ter sua bagagem extraviada. E isso vem acontecendo com alguma freqüência, deixando os passageiros muitas vezes desolados pela perda de roupas e objetos que muitas vezes tem um valor inestimável, além de deixar muitas pessoas em situações muito desagradáveis, como quem viaja para uma festa ou um casamento com a roupa toda produzida e na última hora não tem o que vestir, e muitas outras situações que causam muitos transtornos materiais e emocionais, além de serem constrangedores. O que fazer quando a bagagem é extraviada? Se a bagagem sumiu durante uma viagem de avião ou de ônibus, a responsabilidade pelo extravio é da empresa transportadora, pois os passageiros têm direitos e essas empresas devem reparar os danos e os prejuízos que lhes foram causados, mesmo que este

não tenha acontecido por descuido ou má-fé dos seus funcionários. Se ao desembarcar sua mala não estiver no bagageiro do ônibus ou depois de esperar meia hora na esteira do aeroporto, e todas as malas chegaram menos a sua, você deve ir imediatamente para o balcão da empresa transportadora em que você viajou, seja no aeroporto ou na rodoviária e fazer a sua reclamação. O procedimento para quem teve a bagagem extraviada em solo nacional ou internacional seja por uma empresa de ônibus ou de avião é praticamente o mesmo, e o passageiro deve se dirigir ao balcão da empresa e comunicar o fato e preencher o formulário próprio de registro da ocorrência. Caso a empresa se negue a formalizar a ocorrência você deve procurar o fiscal da Agencia Nacional de Aviação Civil – ANAC dentro do próprio aeroporto. Se o extravio acontecer em uma viagem de ônibus o procedimento é o mesmo, mas, o registro deve ser feio com o fiscal da Agencia Nacional de Transportes Terrestres – ANTT. Se for confirmado o extravio de sua bagagem, a empresa tem prazo de 30

dias para localizar e entregar a sua bagagem, após este prazo a Companhia deve indenizar o passageiro. A indenização dificilmente cobre o valor real da mala, por isso quem já passou pela experiência aconselha a fazer a declaração da bagagem no aeroporto. Você lista todos os seus pertences e paga uma taxa, eles vistoriam a sua bagagem para verificar o conteúdo e se o valor estipulado está de acordo, e em caso de extravio este é o valor a ser indenizado. Em caso de extravio de bagagem em viagem aérea, a indenização cabível deve obedecer ao Código de Defesa do Consumidor (CDC), não devendo ser aplicados os tratados internacionais que cuidam da matéria. Assim vale uma dica importante: objetos pessoais com valor material ou sentimental, jóias e documentos devem sempre ir junto do passageiro na sua bagagem de mão, evitando correr riscos e perdas irreparáveis. Ana Paula Leite R Gomes é advogada. anagomes@uol.com.br. Telefones: 2865-8810 e 9745-5353.


CENÁRIO

4

Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

O problema do trânsito atinge também ruas e avenidas dos bairros SUJEITAA UM COLAPSO, A SITUAÇÃO DO TRÂNSITO NA CIDADE ENTRA NA PAUTA DE PRÉ-CANDIDATOS Transitar pelas ruas e avenidas da cidade exige mais que paciência, necessita de ações imediatas para amenizar a problemática que atinge milhares de motoristas, que se utilizam de carros para se deslocarem no munícipio. É comum perceber que a cidade já não comporta a frota, que hoje, segundo o DETRAN-SP já soma mais de 227 mil automóveis, em questão de comparativo esse número supera o de residências, que de acordo com o Censo 2010 é de 201.894 domícilios. Diante de uma situação que a cada dia atinge índices mais preocupantes, o que se prevê é um iminente colapso no sitema de mobilidade urbana da cidade, caso nehnuma ação seja tomada. Atualmente o intenso fluxo de automóveis deixou de estar apenas nas grandes aveni-

Os automóveis são a maioria nas ruas da cidade

Prédio Abandonado no Jardim Sindona, calçada se tornou depósito de lixo e entulho

Vizinho indesejado A cidade de Osasco vem despontando como um dos destinos preferidos de incorporadoras residenciais. O fácil acesso à rodovias, e a estrutura comercial disponível tem colocado o munícipio como um dos principais canteiros de obras da região oeste. Onde

das próximas à região central. Bairros como Jardim Veloso, Novo Osasco, Jardim D’Abril e Santo Antônio, são exemplos de possuirem intermináveis filas de carros e pontos de lentidão em quase toda extensão das vias, fatores decorrente das precárias e estreitas ruas, que não possuem a estrutura miníma para comportar tal quantidade de veículos. Esse aumento nos bairros impacta em vias, que tradicionalmente já recebeiam um fluxo mais intenso, mas que agora mostram incapazes de suportar tantos automóveis. Avenidas como Antônio C Costa, Aurora Soares Barbosa, Diogo Antônio Feijó, Visconde Nova Granada, na zona sul, e Getúlio Vargas na Zona Norte também demonstram que já atingiram seus limi-

há terrenos, com certeza a possiblidade de se estabelecer prédios residenciais é grande. No entanto, alguns empreendimentos não chegam a serem concluídos, e consequentemente originam problemas que nos últimos anos tem deixado alguns bairros em constante

situação de alerta. Um dos casos mais emblemáticos é do prédio da Rua Blandina Ignês Júlio, no Jardim Sindona, zona sul da cidade. A construção de 12 andares exemplifica o descaso que os vizinhos e pedestres enfrentam. No local é comum haver despejo de

entulhos e lixos, proliferando insetos e ratos, além do forte odor. É visível o comprometimento de parte da estrutura, que por falta de manutenção acaba colocando em risco a segurança das casas vizinhas e das pessoas que transitam pelas imediações. A falta de segurança é aliás um dos maiores problemas. Segundo o vereador Josias Nascimento (PSD), local está se tornando reduto de usuários de drogas e delinquentes. “ O fácil acesso, e a falta de segurança tem tornado o local propício a ocupação de moradores de ruas, usuários de drogas e marginais”. O vereador vem cobrando ações da Prefeitura para uma resolução imediata do problema. No bairro do Bela Vista, mas precisamente na rua Antônia Bizarro número 92, uma construção de nove andares teve suas obras paralisadas há pelo menos quinze anos, como afirma um morador. Diferentemente do Prédio do

tes, e passaram de alternativas para lentos corredores. A preocupação já foi manifestada pelo pré-candidato do PT à prefeitura, João Paulo Cunha, que afirmou ser necessário colocar em pauta a questão “O fluxo de carros aumenta cada vez mais, as entradas da cidade já não suportam tantos carros”, outro que também recentemente levantou a questão foi o vereador Osvaldo Vergínio (PSD), segundo ele, a cidade necessita urgentemente de medidas que diminuam o problema , mas também precisa de investimentos em obras. O Jornal O Bussocaba entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, mas até o fechamento da edição não obteve respostas sobre as questões enviadas.

Prédio no Bairro do Bela Vista, mesmo cercado em sua volta, problemas como presença de ratos é a maior preocupação de moradores.

Jardim Sindona, a área está cercada e conta com caseiro e até cão para evitar a entrada de moradores de rua e usuários de drogas.

Mas isso não impede que a falta de manutenção e limpeza possa gerar outros problemas, como a constante presença de ratos.


Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

CANYONS, CACHOEIRAS E MUITA HISTÓRIA DISTANTE 300 QUILÔMETROS DA CAPITAL, ITAPEVA SE DESTACA COM UM DOS PRINCIPAIS DESTINOS TURÍSTICOS DO ESTADO. O Nome Itapeva é de origem indígena que significa “Pedra Chata”, Ita = pedra e Apeaba = chata, dada pelos primeiros habitantes do povoado, os índios Guaianãs. O município é o segundo maior em extensão territorial do Estado de São Paulo. Conta com uma rica hidrografia propícia à pesca esportiva e canoagem, destacando-se os rios Apiaí Mirim, Apiaí Guaçu, Taquari Mirim, Taquari Guaçu e Pirituba, além de dezenas de ribeirões de menor porte. Em sua extensa área territorial, contam-se 45 cachoeiras, cinco cavernas e

Mirante Bela Vista

oito sítios arqueológicos, dentre eles alguns com inscrições rupestres, além de importantes sítios históricos como a Fazenda Pilão d’Água, Catedral de Santana, Capela do Carmo, Estação Ramos de Azevedo e Quilombo do Jaó. A vegetação varia do cerrado às matas naturais em áreas de transição da Mata Atlântica, além das matas ciliares e imensas áreas de florestas renováveis. CANYONS Nasce no município, o canyon de Itanguá, onde se situam formações rocho-

SUA VIAGEM sas típicas do Escarpamento de Furnas, estendendo-se pelos municípios de Nova Campina e Bom Sucesso de Itararé. O Cânion Pirituba está localizado numa área de transição entre Cerrado e Mata Atlântica. É aqui onde se localiza uma de suas extremidades que se estendem até o estado do Paraná. Distante apenas a 40 km do centro da cidade, o Cânion é denominado como Escarpamento Estrutural de Furnas, uma formação em arenito que constitui em um raro Sítio Geomorfológico no Brasil. O local é um depósito glacial marinho que se fundiu ao longo de milhares de anos. Neste passeio você poderá contemplar os mirantes com seus paredões de até 120 m de altura e se refrescar nas cachoeiras e piscinas naturais de águas cristalinas. Para este passeio há três níveis de roteiros: intenso, moderado e leve. Passeio oferecido pela agência de turismo Itapeva Viagens e Ecoturismo. CACHOEIRAS Em geral são cachoeiras com cerca de 2 a 50 metros de altura apropriadas para a prática de rapel e algumas podem ser visitadas mediante autorização pré-

via, vale a pena conhecer a Cachoeira do Palmito Mole. Localizada dentro de uma área privada, o atrativo pode ser visitado com agendamento prévio. O mirante proporciona vista deslumbrante do Cânion Pirituba, com trilhas sob a Mata Atlântica e Cerrado. Este é um dos principais cartões postais da região. Itapeva conta com dezenas de sítios arqueológicos inventariados desde a década de 1970 pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (MAE). Neles foram encontrados urnas funerárias, materiais líticos (machadinhas, pontas de flecha, etc) e inscri-

5 ções rupestres que pertencem a culturas indígenas no período pré-cabralino de tribos guarani e kaingang. Os sítios podem ser visitados mediante agendamento prévio através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. O município conta, ainda, com duas áreas de unidade de conservação ambiental: Uma área de Proteção Integral Estadual (Estação Ecológica), que tem como objetivo a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas, e uma estação experimental, com instalação e organização necessárias ao trabalho de fomento e pesquisa no ramo de reflorestamento. A Fazenda Pilão d’Água é um sítio históri-

co-arquitetônico dos mais importantes do Estado. Localizado às margens da Rodovia Francisco Alves Negrão no perímetro urbano de Itapeva, a Casa Grande - sede da Fazenda - data do século XIX e é construída em taipa de pilão e pedra. Em área anexa, ainda há ruínas da antiga senzala e muros de pedras construídos por escravos. Está ligada tanto ao tropeirismo como ao ciclo escravagista. No local, funcionam a sede do Centro de Tradição Tropeira, uma área de lazer e uma represa d’água com área de 22 ha que abastece a cidade, e está sendo instalado um centro de educação ambiental.

Fazenda Pilão D'Água

Cachoeira Palmito Mole

COMO CHEGAR: - Partindo de São Paulo, pegar a Rodovia Castello Branco até Tatuí, e depois a SP 127 até Itapetininga. De Itapetininga é só seguir placas sentido Capão Bonito, até onde o percurso é feito em via duplicada. Dali seguir pela Rodovia Francisco Alves Negrão (SP 258) até Itapeva. Outra alternativa é pegar a Raposo Tavares até Itapetininga (o acesso pode ser a partir de Sorocaba) e de Itapetininga seguir para Capão Bonito e, a partir daí , pela Rodovia Francisco Alves Negrão(SP 258).


6

NATAL

Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

SANTANA DE PARNAÍBA JÁ ESTÁ NO CLIMA DE NATAL

Já é Natal em Santana de Parnaíba. Na noite do último dia 10 de dezembro, a cidade foi tomada por luzes, neve artificial e por todo clima natalino, graças à inauguração do Presépio e à decoração de Natal, na Praça 14 de Novembro, no Centro Histórico. A atração, que está em sua 15ª edição, é uma realização da Prefeitura. Com muita expectativa, o público acompanhou atentamente o momento em que foram acesas 450 mil microlâmpadas e 3,6 mil metros de mangueira de led, instaladas nas árvores e nas edificações ao entorno da Praça 14 de Novembro. Considerado um dos mais antigos e preservados conjuntos arquitetônicos do Estado de São Paulo, com a iluminação de Natal, a cidade revela o colorido da fes-

ta e o charme de seu casario. Na ocasião, o Padre Átila Destefani abençoou o Presépio. Em seguida, o Papai Noel e as suas ajudantes chegaram à Praça 14 de Novembro em uma bela carruagem, trazendo alegria e o espírito natalino. O Prefeito Silvinho Peccioli, acompanhado do filho e da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Alessandra Nogueira, o secretário municipal de Cultura e Turismo Daniel Daher (Deco), o secretário de Esportes, Lazer e Juventude do Estado Benedito Fernandes, acompanhado de sua esposa Ângela Fernandes, e demais autoridades marcaram presença no evento, além de vários membros da comunidade local e da região. “Essa é a 15ª edição das festividades na-

talinas e, a cada ano, nós fazemos o possível para aprimorar o trabalho. A nossa expectativa é sempre de melhorar todos os seguimentos de atividade do poder público municipal, e não é diferente com a ornamentação e a decoração de Natal. É fantástico você olhar nos olhos das crianças e ver a reação delas, quando as luzes se acendem, quando o Papai Noel chega, enfim, tentamos trazer toda a magia do Natal para os nossos moradores”, disse o Prefeito, que ainda aproveitou a ocasião para desejar boas festas a todos os munícipes. “Quero desejar um feliz Natal e um ótimo 2012”, completou. Todos os anos, o Presépio de Santana de Parnaíba atrai milhares de turistas e fiéis à cidade. Confeccionado pela

Oficina Artística Cultural, órgão da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, a ornamentação, considerada uma das maiores do Estado de São Paulo, retrata a verdadeira história que envolve o nascimento de Jesus Cristo. Montado na Praça 14 de Novembro, o presépio conta com uma área total de 350 m2. HORA EXTRA:

Papai Noel do Osasco Plaza Shopping fica até 31 de Dezembro Há três anos o Osasco Plaza Shopping mantém seu Papai Noel mesmo passado o Natal. “A idéia surgiu após verificarmos com nossos lojistas, que muitos clientes retornavam às lojas para trocas e até mesmo para novas compras após o natal” afirma David Rocha, superintendente do Shopping. Na sua campanha, que se encerra no dia 15/01, o cliente que realizar compras a partir de R$ 50,00 receberá um cupom para concorrer a dois veículos Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 2 portas, flex ano/ modelo 2012, duas geladeiras frostfree/ duplex, dois Ipads, duas Tv’s de Led, dois fogões Ative Time. Os prêmios e a urna estão expostos na praça de eventos. O sorteio será realizado no dia 31 de Janeiro.

COMPORTAMENTO DE CONSUMO: UMA NOVA ERA O consumidor atual quer se reconhecer, vivenciar experiências, buscar sensações mais sentido), mas para terPOR MÉRCIA mos experiências lúdicas e ANSELMO AMARO emocionais.” Alguns valores mais considerados hoje, O mundo contemporâneo estão confirmando as caracdá sinais de que o poder terísticas do consumo da exestá mesmo voltando para periência: o consumidor as mãos femininas. Pelo busca um viver mais intenmenos no que diz respeito so; uma nova dinâmica da ao consumo, em especial o individualização; a experido produto de moda. Segun- ência de si mesmo; a busca do pesquisa encomendada pela harmonia. Queremos a pela ABIT (Associação Bra- novidade com diferencial sileira da Indústria Têxtil e para chamar a nossa atende Confecção), no Brasil, a ção.

televisão é a principal fonte de informação sobre moda. E, as mulheres, têm uma participação de 84,6 % na escolha de artigos de moda para si ou para os membros da família. “A maneira de vestir das personalidades (artistas, modelos, cantores e jogadores de futebol) influencia 62,2% dos entrevistados, sendo que as mulheres são as mais influenciadas, segundo a pesquisa.” Embora diante da forte influência da televisão e da mídia em geral, estamos vivendo uma nova era no consumo, e a experiência é uma das principais características. O consumo hoje, é muito mais emocional e cheio de significados. O consumidor atual quer se reconhecer, vivenciar experiências, buscar sensações, quer se diferenciar com um toque extra de particularidade. O consumo não está diretamente ligado a necessidade, mas à expectativa, acima de tudo, à percepção. “O produto é um veículo para viver a experiência.”. De acordo com Gilles Lipovetsky, filósofo francês e teórico da hipermodernidade, “quando compramos, não é para mostrar nossa riqueza (isso não faz

Como diz Baudelaire, poeta e teórico da arte francesa: “O homem moderno tem uma nova paixão vital, a curiosidade.” A moda passou a ser, como nunca antes uma forma de diferenciação. O comportamento, mesmo quando discreto, é a expressão maior da comunicação do sujeito com o meio em que vive. Ela exerce um poder psicológico no consumidor. Vestir algo que está na moda produz uma sensação de poder psicológico e autoconfiança, liberando Betaendorfina (neurotransmissor endógino que facilita a sensação de relaxamento e bem estar). Essa sensação é maravilhosa, pois o ego parece adquirir uma nova força. A marca usada reflete esse poder e ele é reconhecido pelo consumidor e seu habitat. Logo, estar na moda, vestindo uma marca conhecida, é como defender um ponto de vista. É uma opinião vestida e a marca fortalece essa sensação de poder, em uma determinada comunidade. Diante da identificação desse novo comportamento de consumo pode-se concluir que os desejos dos consumidores estão ficando mais complexos e difíceis de antecipar.

Mércia Anselmo Amaro é Designer, Consultora de Moda e Diretora de Criação e Desenvolvimento de Produto na Empresa Amaromar. e-mail: contato@amaromar-fashion.com


Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

LADO B

CINEMA

ROUBO NAS ALTURAS - Ben Stiller e Edie Murphy lideram um elenco repleto de astros e estrelas em Roubo nas Alturas, uma comédia de aventura sobre trabalhadores que procuram se vingar do golpista de Wall Street que os prejudicou. Depois que os trabalhadores de um luxuoso condomínio do Central Park descobrem que o bilionário da cobertura roubou suas aposentadorias, eles tramam uma vingança suprema: um roubo para recuperar tudo aquilo que lhes foi tirado. O nativo do Queens Josh Kovacs (Stiller) é o gerente de um dos mais luxuosos e seguros prédios residenciais da cidade de Nova York por mais de uma década, nada escapa de seus olhos vigilantes. Na mais luxuosa cobertura no topo do prédio de Josh , o titã de Wall Street, Artur Shaw (Alan Alda) cumpre prisão domiciliar depois de ter sido pego ao roubar dois bilhões de dólares de seus investidores. O mais duro golpe entre aqueles que ele enganou? Os funcionários do prédio que confiaram nele para administrar suas aposentadorias. Somente alguns dias antes de Artur escapar com o crime perfeito, a equipe de Josh procura a ajuda do ladrão Slide (Murphy) para planejar algo quase impossível ...roubar o que eles têm certeza que está escondido na bem guardada cobertura de Arthur. Apesar de serem amadores, estes ladrões principiantes conhecem o prédio melhor do que ninguém. Afinal, eles vinham observando o lugar durante anos, apenas não sabiam disso.

MISSÃO IMPOSSÍVEL – PROTOCOLO FANTASMA - Acusado pelo bombardeio terrorista ao Kremlin, o agente da IMF Ethan Hunt é desautorizado junto com o resto da agência quando o presidente dá início ao “Protocolo Fantasma”. Deixado sem qualquer recurso ou apoio, Ethan tem que encontrar uma maneira de limpar o nome da agência e prevenir outro ataque. Para complicar ainda mais as coisas, Ethan é forçado a assumir esta missão com uma equipe de colegas fugidos da IMF cujos motivos pessoais ele não conhece completamente. Tom Cruise está de volta ao papel principal com Ethan Hunt, junto com um elenco internacional que inclui Jeremy Renner, Simon Pegg, Paula Patton, Michael Nyqvist, Vladimir Mashkov, Josh Holloway, Anil Kapoor e Léa Seydoux.

TUDO PELO PODER - O Filme é baseado em peça escrita por Beau Willimon e se passa em Des Moines, Iowa, algumas semanas antes do partido democrata escolher seu candidato para a concorrer à presidência dos Estados Unidos. A trama é centrada no jovem diretor de comunicação Stephen Myers (Ryan Gosling) e as trapaças do jogo da política em que ele precisa se meter para conseguir a indicação para seu candidato, o então governador Mike Morris (Clooney).

7


AUTOS

8

Dezembro de 2011 | JORNAL O BUSSOCABA

CHEGOU O NOVO DODGE JOURNEY

Acabamento interno mais requintado, lanternas de Led, suspensão recalibrada, novo motor mais potente, são algumas das novidades do crossover da Chrysler POR EDISON RAGASSI Em Guarulhos (SP), dia 23 de novembro, a Chrysler mostrou para a imprensa especializada brasileira o novo Dodge Journey. Por fora, o crossover recebeu uma grade com o novo logo da marca, para-choques maiores e lanternas traseiras com Led. No interior, o painel foi redesenhado, o acabamento inclui materiais mais nobres e macios ao toque e o revestimento dos bancos é de couro. Com largura de 2.127mm, comprimento de 4.888 mm e entreeixos 2.890 mm, tem capacidade volumétrica de 805 litros no porta-malas. Há dois bancos rebatíveis e reclináveis que ficam no nível do piso, assim, transporta até sete pessoas, neste caso, a capacidade do compartimento traseiro chega a 483 litros. A maior novidade deste crossover é o novo propulsor Pentastar V6 de 3,6 litros. Ele usa sistema DOHC de variação de abertura das 24 válvulas. Sua potência líquida é de 280 cv a 6.350 rpm e o torque de 34,9 kgfm disponível a 4.350 rpm.

A transmissão é automática de seis velocidades, com controle eletrônico adaptável e embreagem conversora de torque modulada eletronicamente, já a direção é eletro-hidráulica. Os sistemas de suspensões também foram recalibrados. Os freios são a disco nas quatro rodas com ABS, controle eletrônico de estabilidade (ESP) e controle de tração em qualquer velocidade. O preço sugerido para venda é de R$97.500, a versão SXT traz de série: Air bags frontais, laterais nos bancos dianteiros e tipo cortina para todas as fileiras, apoios de cabeça dianteiros ativos, ar-condicionado com controle de temperatura automático de três quadrantes, bancos da 2ª fileira rebatíveis, bipartidos com assentos infantis embutidos, bancos dianteiros aquecidos, o motorista com regulagem elétrica em 6 direções, computador de bordo programável (EVIC) com medição de temperatura externa e bússola digital, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, faróis dianteiros de neblina,

luz de monitoramento de pressão dos pneus, sensores anticapotamento e de oscilação de reboque, para-brisa com película de proteção solar, rack de teto com trilhos laterais pretos,

em 2012

rodas de alumínio de 17”, sistema de som MyGIG com tela de LCD sensível ao toque e HD interno, sistema Bluetooth Uconnect com comando de voz, volante revestido em couro com

controles integrados de áudio e do controlador de velocidade. Já a opção topo de linha, R/T, além dos itens da SXT, usa acabamento cromado nas maçanetas externas e

trilhos laterais do rack de teto, rodas de alumínio de 19”, sistema de áudio Premium com 6 alto-falantes e subwoofer da marca Alpine e teto solar elétrico. Seu preço é de R$107.900.


edição 11