{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS CONJUNTOS RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO PROJECTO Nº 43/ NERLEI - AVISO DE CANDIDATURA 15 de Novembro de 2007 PORN – Programa Operacional Regional do Norte ENTIDADE(S) BENEFICIÁRIA(S): NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria DESIGNAÇÃO DO PROJECTO: CHOOSE PORTUGAL 2008 Datas de Realização Previstas (homologado)

Início 01/01/2008 Fim 30/06/2008

Datas de Realização Recalendarizadas (autorizado)

Início 01/01/2008 Fim 31/12/2008

I. DADOS DE EXECUÇÃO FÍSICA – ACTIVIDADES PREVISTO GLOBAL

DATA

Feira Ambiente (Frankfurt, Alemanha)

8 a 12 de Fevereiro de 2008 11 a 18 de Abril de 2008

Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos

REALIZADO

DATA

Realizada

8 a 12 de Fev. 2008

Realizada em Outubro

26 a 31 de Out. 2008

II. ANÁLISE E JUSTIFICAÇÃO DE DESVIOS (EXECUÇÃO FÍSICA) No âmbito da calendarização da acção Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos (conforme apresentado em sede de candidatura) verificou-se um desvio face à data de realização proposta para esta iniciativa, dado que estava prevista para o mês de Abril (de 11 a 18) e realizou-se em Outubro (de 26 a 31). Este desvio é justificado pelo facto de a NERLEI se ter deparado com dificuldades na efectivação do

1


contacto com o parceiro a envolver nesta iniciativa. A este nível é de referir que a nossa Associação iniciou os contactos com o organismo seleccionado para parceiro (aicep Portugal Global) em Agosto de 2007, tendo obtido da parte da Administração da aicep a confirmação do apoio oficial a esta iniciativa em Dezembro. No entanto, devido às alterações internas sofridas neste organismo, somente no decorrer de 2008 foi possível estabelecer um contacto mais personalizado com os técnicos responsáveis pela operacionalização deste tipo de iniciativa. Neste sentido e tendo em conta esta condicionante e toda a logística inerente à organização deste tipo de evento foi entendido por parte da NERLEI e com indicações da nossa Gestora de Clientes da aicep (Dra. Adelaide Noivo) adiar a realização desta acção para Outubro de 2008, de modo a garantir a boa execução deste Encontro Empresarial.

2


III. EXECUÇÃO FINANCEIRA DO PROJECTO (Despesas elegíveis previstas vs despesas elegíveis realizadas)

PREVISTO GLOBAL ELEGÍVEL 173.315,64€

REALIZADO certificado 166.535,00€

ACTIVIDADES PREVISTAS Nº de Ordem

Descrição

Despesa Elegível

DESVIO

%

-6.780,64€

96,08%

ACTIVIDADES REALIZADAS Despesa

Descrição

Elegível

contratada

Desvio

% de Realização

certificada

Acção 1 – Feira Ambiente (Frankfurt, Alemanha – 8 a 12 de Fevereiro de 2008 1, 2, 3 e 4

Aluguer de espaço Montagem e decoração de stand Transporte de Mostruário e material informático Alojamentos Viagens Aluguer de serviços (electricidade)

5, 6, 7 e 8 9 10, 11 e 12 12 13 14, 15, 16, 17 e 18

47.963,78€

Aluguer de espaço

48.140,20€

176,42€

100,37%

43.501,95 €

Montagem e decoração de stand

38.685,83 €

-4.816,12€

88,93%

-1.635,73€

81,83%

-114,42€ 326,12€

98,35% 129,49%

-9,00€

99,52%

-2.423,68€

79,91%

-8.496,41€

93,06%

9.000,00 € 6.924,37 € 1.106,00€ 1.887,00€

Promoção + Catalogo + Productpilot da feira

12.070,00€

TOTAL

122.453,10€

Transporte de Mostruário e 7.364,27 € material informático Alojamentos 6.809,95€ Viagens 1.432,12€ Aluguer de serviços 1.878,00€ (electricidade) Promoção + Catalogo + Productpilot da 9.646,32€ feira TOTAL

113.956,69€

Nota: Nº de ordem conforme o plano de investimento e não conforme o formulário electrónico.

ACTIVIDADES PREVISTAS Nº de Ordem

Descrição

Despesa Elegível

ACTIVIDADES REALIZADAS Despesa

Descrição

Elegível

contratada

Desvio

% de Realização

certificada

Acção 2 – Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos – 26 a 31 de Outubro de 2008 19

Viagens

3.611,08€

Viagens

3.611,08€

-

100%

19

Alojamentos

7.370,00€

Alojamentos

7.370,00€

-

100%

20

Serviços de consultoria

16.000,00€

Serviços de consultoria

16.000,00€

-

100%

23

Promoção

3.400,00

Promoção

3.855,66€

455,66€

113,40%

455,66€

101,50%

TOTAL

30.381,08€

TOTAL

30.836,74€

3


ACTIVIDADES PREVISTAS Nº de Ordem

Despesa

Descrição

Elegível

ACTIVIDADES REALIZADAS Descrição

contratada 24 25

ROC Overhead Custo com pessoal afecto ao projecto TOTAL

2.500,00e 17.981,46€ 20.481,46€

Despesa Elegível

Desvio

% de Realização

certificada ROC 2.245,54€ Overhead Custo com pessoal afecto ao 19.496,03€ projecto TOTAL

21.741,57€

-254,46€

89,82%

1.514,57€

108,42%

1.260,11€

106,15%

IV. ANÁLISE E JUSTIFICAÇÃO DE DESVIOS (EXECUÇÃO FINANCEIRA) ACÇÃO 1 – FEIRA AMBIENTE – 8 a 12 DE FEVEREIRO 2008 Relativamente à Feira Ambiente 2008 verificou-se um desvio por defeito face ao contratado no montante 8.496,41€, o que equivale a 6,94%. Os desvios financeiros nesta acção referem-se às seguintes rubricas: 1. Montagem e decoração de stand; 2. Transporte de mostruário e material informático; 3. Alojamentos; 4. Aluguer de serviços (electricidade); 5. Promoção. De modo geral podemos apresentar como principal justificação para este desvio o facto de ter existido um poder negocial no que diz respeito às rubricas de montagem e decoração de stand, transporte de mostruário, viagens e alojamento e promoção o que permitiu à nossa Associação obter valores mais baixos em comparação ao orçamento homologado. Em relação à rubrica de aluguer de serviços na feira (electricidade), o desvio registado é justificado pelo facto de ter existido uma empresa para a qual a contratação do aluguer de espaço já contemplava também o aluguer de electricidade, existindo a imputação deste custo por duas vezes no plano de investimento. É igualmente de referir que na rubrica de aluguer de serviços está também contemplado o serviço de limpeza e passes de expositor, despesas estas que não são consideradas elegíveis no âmbito destes projectos.

4


ACÇÃO 2 – ENCONTRO EMPREARIAL AO REINO DE MARROCOS - 26 A 31 DE OUTUBRO 2008 Relativamente ao Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos não foram verificados desvios dado ter existido um ajustamento ao investimento elegível e uma alteração ao calendário de execução para esta acção, conforme notificação da aicep Portugal Global datada de 23 de Junho de 2009. Este ajustamento incidiu principalmente na inclusão de despesas referentes a serviços especializados de consultoria no âmbito desta acção, no valor de 16.000,00€ as quais foram consideradas elegíveis em substituição dos valores não realizados nas rubricas de deslocações e estadas, promoção e aluguer de serviços e equipamentos, no montante total de 16.250,00€.

V. MEDIDAS ADOPTADAS E/OU A ADOPTAR FACE AOS DESVIOS Relativamente aos desvios financeiros verificados na acção 1- Feira Ambiente, as medidas a adoptar em futuros projectos desta natureza centram-se principalmente a nível orçamental, uma vez que tendo como base diversos orçamentos existe um leque mais alargado de possibilidades para a escolha de uma proposta mais vantajosa, a qual tenha em conta o binómio preço/qualidade. Uma outra medida a adoptar será ter em consideração, aquando da realização da candidatura aos projectos conjuntos, as despesas com o serviço de consultoria e o número de empresas previstas para a participação nas diferentes acções, de modo a não existirem penalizações ao nível da execução física e financeira por não serem atingidos os objectivos delineados em sede de candidatura.

5


VI. PRINCIPAIS RESULTADOS ALCANÇADOS (Breve apreciação crítica por acção: número e qualidade dos contactos, volume de negócios expectável, acordos estabelecidos, agentes ou distribuidores angariados, e outros)

ANÁLISE FÍSICA EMPRESAS PRESENTES NA FEIRA AMBIENTE 2008 NO ÂMBITO DO PROJECTO “CHOOSE PORTUGAL”2008

EMPRESAS PARTICIPANTES Tipo de participação

EMPRESA

1

Stand individual

Cerâmicas S. Bernardo, S.A.

2

Stand individual

Ceramirupe - Cerâmica Decorativa, Lda

3

Stand individual

Simpleforms Design

4

Stand conjunto

5

Nº Stand

Espaço (m2)

Sector

Sector de actividade

4.1 B11

44,00

Living - Country Home

Cerâmica

10.1 B63

20,00

Tavola Select

Cerâmica

6.0 E35

18,00

Gallery

Design

Deartis - Comércio e Indústria Cerâmica Artística, Lda

10.0 A91

22,27

Dining - Tavola Top Trade

Cerâmica

Stand conjunto

Frazarte

10.0 A91

19,34

Dining - Tavola Top Trade

Cerâmica Decorativa

6

Stand conjunto

Jomazé - Louças Artísticas e Decorativas, Lda

10.0 A91

19,64

Dining - Tavola Top Trade

Cerâmica

7

Stand conjunto

Mgwax - Transformação de Ceras, Lda

10.0 A91

21,61

Dining - Tavola Top Trade

Velas Decorativas

8

Stand conjunto

Value Ceramic, SA

10.0 A91

43,96

Dining - Tavola Top Trade

Cerâmica

9

Stand conjunto

Vasicol, Lda

10.0 A91

22,27

Dining - Tavola Top Trade

Cerâmica em Terracota

Total ESPAÇO HALL ESPAÇO HALL ESPAÇO HALL ESPAÇO HALL

231,10 10.0 10.1 4.1 / 6.0 /

A91 / Dining - Tavola Top Trade / Espaço m2 = 150 - Espaço m2: 20 Dining - Living Country Home / Espaço m2 = 44 Gallery / Espaço m2 = 18

Participaram 9 empresas na Feira Ambiente 2008 no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008 distribuídas ao longo de 4 halls de exposição, ocupando uma área total de 231,18 m2. ANÁLISE DE RESULTADOS 1º SEMESTRE 2008 Para a análise dos resultados obtidos pelas empresas que estiveram presentes na Feira Ambiente 2008 no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008, foi realizado um primeiro questionário logo após o evento com o objectivo de avaliar a participação das 9 empresas que integraram este projecto. Posteriormente, e de modo a permitir uma análise mais objectiva dos resultados alcançados pelas empresas, foi realizado um questionário de avaliação 6 meses após a participação neste evento. De referir que as todas as empresas participantes responderam a este questionário.

A análise aos resultados da acção Feira Ambiente 2008 tem por base as respostas das empresas ao primeiro questionário de avaliação distribuído.

6


APRECIAÇÃO DA EXECUÇÃO DA ACÇÃO Na Feira Ambiente 2008 participaram 9 empresas de diferentes sectores de actividade, desde velas e cerâmica utilitária e decorativa, assim como de estruturas organizacionais diversificadas quer na sua dimensão quer na sua estratégia de internacionalização. A este nível é de referir que para algumas empresas esta foi a primeira participação numa feira internacional de referência no sector Fileira Casa. Gostaríamos de salientar que a participação das empresas no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008 na qual se insere a Feira Ambiente 2008 foi de carácter colectivo e individual e integrada num projecto cuja imagem de promoção e participação foi generalizada a todas as empresas. Foram desenvolvidas acções de promoção nomeadamente a elaboração de um cartaz individual por cada empresa com a imagem institucional. De modo geral podemos retirar que a organização da participação das 9 empresas que integraram este projecto correu de uma forma positiva tendo em conta a avaliação realizada às empresas após a participação na feira. Analisando os resultados obtidos após o primeiro semestre da realização do evento concluímos que em termos de resultados directos fruto da participação na referida feira a avaliação pelas empresas é positiva (78%), traduzindo-se no aumento das suas exportações, montante de encomendas e notoriedade dos seus produtos nos mercados externos. RESULTADOS DA FEIRA Para análise dos resultados da Feira Ambiente 2008 foi elaborado um conjunto de questões cujo objectivo central era permitir obter informação quantitativa sobre os efeitos directos da participação das empresas nesta feira. Entre as questões colocadas destacam-se: número de contactos realizados por dia durante a feira, número e montante do volume de encomendas e perspectivas de negócio fruto da participação na referida feira. Os resultados obtidos nesta primeira análise foram os seguintes:

7


CONTACTOS REALIZADOS POR DIA DURANTE A FEIRA AMBIENTE 2008

22%

0%

11%

67%

+5

+ 10

+ 15

+ 20

CONTACTOS

De modo a podermos avaliar esta acção foi questionado a todas as empresas qual o número médio de contactos realizados por dia no decorrer dos 5 dias de exposição. Os resultados obtidos demonstraram que 67% das empresas obtiveram mais de 10 contactos diários, existindo 22% das empresas que responderam ter tido mais de 15 contactos por dia. De acordo com estes resultados podemos concluir que no decorrer da feira foram realizados ou estabelecidos mais de 180 contactos pelo conjunto das 9 empresas participantes.

TIPO DE CONTACTOS

11%

15% 15%

33%

26%

Agentes

Grupos comerciais

Cadeias de lojas

Lojas

Outros

Tendo em conta a análise do gráfico anterior, dos contactos realizados no decorrer dos 5 dias de exposição (os quais totalizaram mais de 100) estes podem ser distribuídos de diferentes formas: 33% com agentes comerciais, seguido de grupos comerciais representando 26% do total dos contactos. Será também relevante destacar que as grandes lojas e lojas partilham a mesma percentagem em número de contactos, representando 15%.

8


Nº DE ENCOMENDAS REALIZADAS DURANTE A FEIRA AMBIENTE 2008

13%

12%

13% 12%

50%

+1

+2

+4

+6

+ 8 ENCOMENDAS

No que diz respeito ao número de encomendas realizadas durante a Feira Ambiente 2008 podemos constatar que do total das 9 empresas participantes 49% das empresas concretizaram mais de 2 encomendas no decorrer da sua participação. De igual forma é de referir que a maioria das empresas realizaram pelo menos uma encomenda durante a sua presença na Feira Ambiente. O valor gerado por estas encomendas foi de aproximadamente 97.500€ representando 72% do total do investimento realizado na organização da participação das 9 empresas na referida feira.

ENCOMENDAS REALIZADAS COM NOVOS CLIENTES

2

2

1 1

2

10%

25%

50%

75%

100% NOVOS CLIENTES

Em relação ao gráfico acima indicado podemos destacar que as encomendas realizadas pelas empresas no decorrer dos 5 dias de feira foram na sua maioria com novos clientes, destacando-se duas empresas que afirmaram que todas as suas encomendas se registaram com novos clientes. Esta situação deve-se principalmente ao facto de estas empresas participarem pela primeira vez nesta feira.

9


PERSPECTIVAS DE NEGÓCIOS

0% 22%

22%

56%

+5

+ 10

+ 15

+ 20 PERSPECTIVAS DE NEGÓCIO

No que diz respeito às perspectivas de negócio fruto da participação na Feira Ambiente 56% das empresas participantes responderam que perspectivam a curto/médio prazo a concretização de mais de 5 negócios. Verificamos também que 22% das empresas esperam concretizar mais de 15 a 20 negócios em consequência da sua participação nesta feira. A previsão do montante destas encomendas, de acordo com indicações das empresas participantes, será no total de aproximadamente 1.737.600€. Este valor representa um aumento de 88% face ao valor total investido com a participação nesta feira, o qual foi de aproximadamente 139.500€.

APRECIAÇÃO FINAL DA FEIRA E OUTROS COMENTÁRIOS De modo global a participação na Feira Ambiente por parte das 9 empresas que integraram esta acção no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008 foi positiva uma vez que 89% das empresas afirmaram que conseguiram atingir os seus objectivos com a participação na feira, além de terem reforçado as suas relações comerciais com os seus actuais clientes, assim como com novos clientes. A participação foi igualmente positiva no sentido de promoverem a imagem de qualidade e imagem dos seus produtos. De referir também que 78% das empresas manifestaram que a sua participação abriu novas perspectivas de mercado para a empresa. No geral todas as empresas manifestaram interesse em participar na próxima edição da feira Ambiente, quer nos mesmos moldes de participação deste ano, quer com o apoio financeiro prestado ou disponibilizado pelas entidades responsáveis pelos Projectos Conjuntos à Qualificação e internacionalização de PME (nomeadamente QREN e aicep Portugal Global).

10


ANÁLISE DE RESULTADOS 2º SEMESTRE

Após a realização, em Março, de um questionário de avaliação às empresas que participaram na Feira Ambiente 2008, foi realizado um outro questionário de avaliação 5 meses após a participação na referida feira, de forma a avaliar o real impacto da participação destas empresas, nomeadamente no que diz respeito aos resultados ao nível do volume de negócios. Após análise das respostas às diversas questões colocadas podemos constatar que 77% das empresas concretizaram negócios com empresas estrangeiras e que 44% dos 77% registaram encomendas num valor superior ao total investido na sua participação nesta feira. De modo geral podemos concluir que o valor total de encomendas fruto da participação na Feira Ambiente foi superior em 8,9 vezes o valor do total de investimento elegível em candidatura. Para melhor visualizar estes dados podemos observar o seguinte quadro:

Montante total de encomendas até 31 Jul. 2008

1.089.000,00 €

Valor total de investimento em candidatura

122.453,10 €

De forma a podermos avaliar a evolução do volume total de vendas e do volume total de vendas ao exterior foi solicitado em Março de 2008 às empresas o preenchimento de um mapa com dados referentes ao volume de negócios de 2007 e após 5 meses foi solicitado a mesma informação com dados de 2008. Com estes dados podemos fazer uma leitura da evolução e comportamento do volume de negócios registado em igual período de modo a comprovar se existiu ou não crescimento ou melhoria nas exportações destas empresas. Ago-08

Mar-08 VOLUME DE NEGOCIOS

Vendas Totais 2008

VOLUME DE NEGOCIOS

Vendas ao Exterior 2008

Vendas totais em 31 Jul. 08

Previsão de Vendas totais em 31 Dez. 08

8.950.329,93 €

11.592.597,30 € 7.932.221,24 €

Vendas totais em 31 Jul. 08

Previsão de Vendas totais em 31 Dez. 08

6.818.000,00 €

Vendas Totais 2007 Vendas totais em Jul. 07

6.754.877,60 €

31

Vendas ao Exterior 2007

Previsão de Vendas Vendas totais em 31 totais em 31 Dez. 07 Jul. 07

11.173.428,60 €

7.139.423,94 €

Previsão de Vendas totais em 31 Dez. 07

10.565.053,87 €

Como podemos observar os resultados obtidos permitem constatar que existiu um aumento de 25% nas vendas totais passando de 6.754.877,60 € em 31 de Julho de 2007 para 8.950.329,93 € em 31 de Julho de

11


2008. No que diz respeito às vendas totais ao exterior verificou-se um aumento de 10% passando de 7.139.423,94€ em 31 de Julho de 2007 para 7.932.221,24€ em 31 de Julho de 2008. Em relação às previsões até 31 de Dezembro de 2008, nomeadamente no volume total de vendas prevê-se um aumento de 4% face ao período homólogo. O mesmo não se pode afirmar em relação às previsões quanto ao volume de vendas ao exterior visto que, de acordo com os resultados obtidos, prevê-se um decréscimo na ordem dos 45%, passando de 10.565.056,87 € em 31 de Dezembro de 2007 para 6.818.000,00€ em 31 de Dezembro de 2008. Estes resultados demonstram o impacto da recessão da economia mundial, que por consequência afecta de forma directa as exportações das empresas nacionais.

EXECUÇÃO FINANCEIRA EMPRESAS PRESENTES NA FEIRA AMBIENTE 2008 NO ÂMBITO DO PROJECTO “CHOOSE PORTUGAL”2008 FEIRA AMBIENTE 2008 ACTIVIDADES Acção 1. Feira Ambiente - Frankfurt - 8 a 12 de Fevereiro de 2008 - 9 empresas Aluguer de espaço Montagem e decoração de stand Transporte de mostruario e material informatico Deslocações e estadas Aluguer de serviços e equipamentos (custos de electricidade) Promoção (catálogo da feira, productpilot, TOTAL

Investimento Candidatura 2008

Valores S/iva Investimento realizado certificado

122.453,10

113.956,69

47.963,78 43.501,95 9.000,00 8.030,37 1.887,00 12.070,00 122.453,10

48.140,20 € 38.685,83 € 7.364,27 € 8.242,07 € 1.878,00 € 9.646,32 € 113.956,69

Desvios

% realização

-8.496,41

93,06%

176,42 € -4.816,12 € -1.635,73 € 211,70 € -9,00 € -2.423,68 € -8.496,41

100,37% 88,93% 81,83% 102,64% 99,52% 79,92% 93,06%

12


ANÁLISE FÍSICA EMPRESAS PRESENTES NO ENCONTRO EMPRESARIAL AO REINO DE MARROCOS – OUTUBRO 2008 NO ÂMBITO DO PROJECTO “CHOOSE PORTUGAL”2008

Participaram 10 empresas no Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008, o qual teve lugar de 26 a 31 de Outubro ANÁLISE DE RESULTADOS Para a análise dos resultados obtidos pelas empresas que estiveram presentes no Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos em Outubro de 2008 no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008, foi realizado um questionário após seis meses da realização do evento com o objectivo de avaliar a participação das 10 empresas que integraram esta acção. A análise aos resultados da acção Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos tem por base as respostas das empresas ao referido questionário de avaliação.

13


APRECIAÇÃO DA EXECUÇÃO DA ACÇÃO No Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos participaram 10 empresas de diferentes sectores de actividade, entre os quais cutelarias, metalomecânica, reciclagem de plásticos, moldes, materiais de construção, etc., assim como de estruturas organizacionais diversificadas quer na sua dimensão quer na sua estratégia de internacionalização. A este nível é de referir que, para a maioria das empresas, esta foi a primeira abordagem ao mercado marroquino. Como é sabido os encontros empresariais são acções cujo objectivo primordial é permitir a um conjunto de empresas ou organizações estabelecerem um primeiro contacto com a realidade do mercado assim como, em alguns casos, permitir consolidar as relações comerciais já existentes com os diversos agentes do mercado. Partindo deste pressuposto podemos considerar que o Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos teve como um dos seus principais objectivos permitir às empresas portuguesas estabelecerem contactos com empresas marroquinas tendo em conta os seus sectores de actividade, assim como permitir um contacto ‘in loco’ com a realidade e funcionamento deste mercado. Da avaliação que foi realizada junto das empresas participantes podemos retirar que ambos os objectivos acima assinalados foram alcançados. No entanto, e de um modo geral, as empresas na sua maioria afirmaram não terem atingido os objectivos inicialmente delineados, tendo referido que é necessário promover visitas regulares com vista a estabelecer negócios, reforçar e dar continuidade aos contactos já existentes e procurar contactar com potenciais novos clientes com vista a aumentar as suas carteiras de clientes e consequentemente aumentar o volume de negócios. É ainda de salientar que fruto da sua visita ao mercado marroquino as empresas participantes perspectivaram que este apresente boas perspectivas de crescimento. RESULTADOS DO ENCONTRO EMPRESARIAL Para análise dos resultados deste Encontro Empresarial foi elaborado um questionário com um conjunto de questões cujo objectivo central era permitir obter informação quantitativa sobre os efeitos directos da participação das empresas no Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos, o qual teve lugar em Outubro de 2008. Este questionário foi realizado às 10 empresas participantes, tendo sido obtida a resposta de 6 empresas. Entre as questões colocadas destacam-se: número de contactos realizados por dia durante o Encontro, número e montante do volume de encomendas e perspectivas de negócio fruto da participação no

14


referido Encontro. Os resultados obtidos foram os seguintes: CONTACTOS REALIZADOS POR DIA DURANTE ENCONTRO EMPRESARIAL AO REINO DE MARROCOS

20%

0% 20%

60%

+2

+3

+4

+5

CONTACTOS

De modo a podermos avaliar esta acção foi questionado a todas as empresas qual o número médio de contactos realizados por dia no decorrer dos 5 dias do Encontro Empresarial. Os resultados obtidos demonstraram que, das empresas que responderam ao questionário, 6, 2% obtiveram mais de 2 contactos diários, 20% obtiveram mais de 4 contactos diários e as restantes 60% das empresas responderam ter tido mais de 3 contactos por dia. De acordo com estes resultados ao longo do Encontro Empresarial foram realizados ou estabelecidos mais de 60 contactos pelo conjunto destas 6 empresas.

PERSPECTIVAS DE NEGÓCIOS

0%

17% 33%

50%

+1

+3

+6

+ 9 PERSPECTIVAS DE NEGÓCIO

No que diz respeito às perspectivas de negócio fruto da participação no Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos, 50% das empresas que responderam afirmaram que perspectivam a curto/médio prazo a concretização de mais de 1 negócio. Verificamos também que 33% das empresas esperam concretizar mais de 3 negócios em consequência da sua participação neste Encontro e 17% destas empresas perspectivam vir a estabelecer mais de 6 perspectivas de negócios com empresas marroquinas. A previsão do montante

15


de encomendas, de acordo com indicação das empresas participantes, será no total de aproximadamente 110.000 €. Este valor representa um aumento de 3,5 vezes face ao valor total investido na organização deste Encontro Empresarial, que foi de aproximadamente de 30.836,74€.

APRECIAÇÃO FINAL DO ENCONTRO EMPRESARIAL E OUTROS COMENTÁRIOS De modo global a participação no Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos por parte das 10 empresas que integraram esta acção no âmbito do Projecto CHOOSE PORTUGAL 2008 foi satisfatória. De facto, com esta visita ao mercado marroquino as empresas estabeleceram e reforçaram as suas relações comerciais com os seus actuais clientes, assim como com novos clientes. A participação nesta acção foi igualmente positiva no sentido de promoverem a imagem de qualidade e imagem dos seus produtos. De referir também que a maioria das empresas afirmaram que a sua participação abriu novas perspectivas de mercado para a sua empresa. No entanto alertam para o facto de que, devido à crise económica, certos sectores de actividade como é o caso do sector automóvel são ‘forçados’ a modificarem as suas opções estratégicas quando desejam actuar neste tipo de mercado. Neste sentido como entidade promotora deste projecto acreditamos que é muito importante a continuação da existência dos apoios financeiros disponibilizados pelas entidades responsáveis, nomeadamente QREN e aicep Portugal Global, nomeadamente em projectos como os Projectos Conjuntos à Qualificação e Internacionalização de PME, de modo a continuar apoiar as empresas portuguesas neste tipo de acções e nos mais diversos mercados. EXECUÇÃO FINANCEIRA EMPRESAS PRESENTES NO ENCONTRO EMPRESARIAL AO REINO DE MARROCOS – OUTUBRO DE 2008 NO ÂMBITO DO PROJECTO “CHOOSE PORTUGAL”2008 ENCONTRO EMPRESARIAL AO REINO DE MARROCOS Valores S/iva ACTIVIDADES

Investimento Candidatura 2008

Investimento realizado certificado

Desvios

% realização

Acção 2. Missão Empresarial ao Reino de Marrocos - Rabat 26 a 31 de Outubro de 2008 - 10 empresas

30.381,08

30.836,74

-455,66

101,50%

Deslocações e estadas Serviço de Consultoria Promoção TOTAL

10.981,08 16.000,00 3.400,00 30.381,08

10.981,08 16.000,00 3.855,66 30.836,74

0,00 0,00 -455,66 -455,66

100,00% 113,40% 101,50%

16


MEIOS PROMOCIONAIS ALUSIVOS À PARTICIPAÇÃO DE EMPRESAS PORTUGUESAS NO PROJECTO CHOOSE PORTUGAL 2008 SITE INSTITUCIONAL – CHOOSE PORTUGAL http://www.chooseportugal.com.pt

http://www.chooseportugal.com.pt/site/index.php?id=1137

17


http://www.chooseportugal.com.pt/site/index.php?id=1208

18


IMAGEM ALUSIVA À FEIRA AMBIENTE 2008 08 A 12 DE FEVEREIRO 2008

http://www.chooseportugal.com.pt/site/index.php?id=1142#

http://www.chooseportugal.com.pt/site/index.php?id=1142#

19


IMAGEM ALUSIVA AO ENCONTRO EMPRESARIAL AO REINO DE MARROCOS 26 A 31 DE OUTUBRO 2008

http://www.chooseportugal.com.pt/site/index.php?id=1203

VII. PRINCIPAIS DIFICULDADES E CONSTRANGIMENTOS VERIFICADOS 

Dificuldade na identificação do nº de empresas a participar na acção 2 – Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos.

Dificuldade na definição do calendário para a realização da acção 2 - Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos.

20


VIII. ANÁLISE DE INDICADORES IDENTIFICAÇÃO Ind. Realização - Feira Ambiente 2008 - Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos Outubro 2008

PREVISTO

REALIZADO

Participação de 9 empresas Participação de 15 empresas

Participaram 9 empresas Participaram 10 empresas

Ind. Resultados / Acompanhamento 1 Obtenção de um mínimo de 2/3 de -

respostas com apreciação positiva, no inquérito efectuado às empresas participantes em cada acção.

Ind. Resultados / Acompanhamento 2 Mínimo 4 contactos diários por empresa no Encontro Empresarial; (4 contactos x 4 dias x 10 empresas)= 160 contactos no decorrer do Encontro Empresarial.

Ind. Resultados / Acompanhamento 3 Mínimo de 5 contactos diários -

por cada empresa na feira; (5 contactos x 4 dias x 9 empresas)= 180 contactos no decorrer da feira.

Em função do questionário realizado às empresas constatamos que, de um total de 19 empresas, 12 fizeram uma apreciação satisfatória à sua participação quer na feira quer no Encontro Empresarial. Da análise realizada aos questionários constatamos que foram realizados em média 3 contactos diários por empresa durante os 4 dias úteis de trabalho do Encontro Empresarial, totalizando 120 contactos pelo conjunto das 10 empresas participantes. De acordo com análise dos questionários, verificamos que 7 empresas obtiveram mais de 10 contactos diários, existindo 1 empresa que afirmou ter tido mais de 15 contactos por dia. De acordo com estes resultados foram realizados mais de 340 contactos no decorrer da feira pelo conjunto das 9 empresas participantes.

DESVIO

%(*)

-

-

- 5 empresas participantes

-33%

-

-

- 40 Contactos

-25%

+160 Contactos

188,88%

21


Ind. Resultados / Acompanhamento 4 Mínimo de 5 perspectivas de -

negócio por cada empresa em cada acção; (5 perspectivas de negócio x 19 empresas = 95)

Ind. Resultados / Acompanhamento 5 Das perspectivas de negócio, 10% devem referir-se a novos clientes;

Ind. Resultados / Acompanhamento 6 Mínimo de 3 concretizações de -

Ind. Resultados / Acompanhamento 7 -

Ind. Impacto 1 -

negócio por cada empresa durante a feira; (9 empresas x 3 negócios)= 27 concretizações de negócios Dos negócios concretizados durante a feira, 1 deve referir-se a novos clientes; Presença nos meios de comunicação social regionais, nacionais e

No âmbito da acção 1) e em função dos questionários realizados, 5 empresas responderam que perspectivavam mais de 5 negócios. 1 empresa afirmou perspectivar mais de 15 a 20 negócios com a sua participação na Feira Ambiente. Em relação à acção 2), 5 empresas responderam que perspectivam concretizar mais de 1 negócio. 3 empresas esperam concretizar mais de 3 negócios. As restantes 2 empresas perspectivam estabelecer mais de 6 negócios. A maioria das empresas que participaram na Feira Ambiente afirmaram que todas as perspectivas de negócios foram com novos clientes. De igual modo no Encontro Empresarial as perspectivas de negócios foram todas com novos clientes. Nenhuma empresa afirmou efectivamente ter concretizado negócios durante a feira.

Não dispomos de elementos que nos permitam avaliar este indicador.

+ 40 Perspectivas de negócio na Feira Ambiente.

+ 26 Perspectivas de negócio no Encontro Empresarial a Marrocos.

-

-

-

-

-

-

Foram publicadas nos diversos meios de comunicação social regionais e nacionais

22


Ind. Impacto 2 -

Ind. Impacto 3 -

Ind. Impacto 4 -

Metodologia

internacionais, nomeadamente em sites, jornais online, generalistas e em revistas da especialidade, de conteúdos alusivos à participação de empresas portuguesas nas diversas acções inseridas neste projecto; Acréscimo no volume de vendas ao exterior igual ou superior ao valor total investido por empresa em cada acção;

Concretização e/ou probabilidade de negócios entre empresas portuguesas e estrangeiras, em consequência da sua participação nas acções, num mínimo de 1/3 das empresas; Estabelecimento de parcerias que se traduzam num aumento directo ou indirecto das exportações de Portugal para o mercado marroquino consequência da realização do Encontro Empresarial; Realização após cada acção de um

9 notícias relativamente à Acção 1) Feira Ambiente 2008 e 7 notícias relativas à acção2) Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos.

Não dispomos de elementos que nos permitam avaliar este indicador. No entanto, tendo em conta os resultados recolhidos no âmbito da acção 1), podemos concluir que o valor total de encomendas resultado da participação na Feira Ambiente foi superior em 8,9 vezes o valor do total de investimento elegível em candidatura. Tendo em conta o indicador de resultado nº 4, existe a probabilidade de mais de 1/3 das empresas participantes em ambas as acções, virem a concretizar negócios com empresas estrangeiras.

-

-

Não dispomos de elementos que nos permitam avaliar este indicador.

-

-

Em ambas as acções foram realizados

-

-

23


Metodologia

Metodologia

Metodologia

inquérito de avaliação às empresas participantes; -Elaboração de um relatório de avaliação de cada acção; Realização de um inquérito de avaliação às empresas participantes 3 meses após a realização da acção, de modo a melhor avaliar os indicadores de resultados, acompanhamento e de impacto; -Elaboração de um relatório final do projecto.

inquéritos/questionário s de avaliação.

Foram realizados relatórios de acompanhamento para ambas as acções. Foi realizado um segundo questionário de avaliação após 6 meses da participação das empresas na Feira Ambiente.

Realizado e entregue com o encerramento do dossier de contas do projecto.

-

-

-

-

-

-

(*) Desvio de realização

IX. JUSTIFICAÇÃO DE INDICADORES E OUTROS ELEMENTOS RELEVANTES PARA A AVALIAÇÃO DO PROJECTO Em relação ao Indicador de Realização relativo ao Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos apontamos como principais razões para a não execução física desta acção as constantes alterações nos procedimentos inerentes à sua realização nomeadamente: data, entidade responsável pela organização das agendas de contacto, timming de preparação do evento e definição tardia do programa deste Encontro Empresarial. No entanto, apesar de a taxa de execução física não ter sido realizada de acordo com o apresentado em candidatura, foi alcançada uma taxa de execução financeira na ordem dos 100% devido à possibilidade de afectação de valores entre rubricas, o que permitiu garantir a elegibilidade da despesa relativa ao serviço de consultoria a qual não tinha sido inicialmente prevista em sede de candidatura. No que respeita o Indicador de Resultado/Acompanhamento nº 2, relativo ao nº mínimo de 4 contactos diários por empresa no Encontro Empresarial justifica-se a sua não realização pelo facto de devido ao próprio funcionamento deste mercado se ter constatado que seria muito mais benéfico e proveitoso agendar as reuniões nas próprias instalações das empresas marroquinas, pelo que foram as empresas participantes que se tiveram de deslocar às diversas empresas e a diversas localidades no território marroquino, para

24


realizar os seus contactos. Neste sentido, e atendendo a essas deslocações internas (por vezes as empresas portuguesas deslocaram-se a mais de uma cidade no mesmo dia) era de todo impossível em termos logísticos realizar 4 reuniões por dia por empresa.

X. JUSTIFICAÇÃO DOS DESVIOS E OUTROS ELEMENTOS RELEVANTES PARA A AVALIAÇÃO DO PROJECTO

XI. OUTROS DADOS DE AVALIAÇÃO 1) Receitas Sim Não Quais?______________________________________ Montante:______________________________Euros

x

2) Datas de Despesa dentro do Período de Elegibilidade Sim Não x 3) Entidade Sujeita a Contratação Pública (D.L. nº 197/99 e/ou D.L. nº 18/2008) Sim Não x Cumpre? ____________________________________ 4) Cumprimento das Regras de Publicitação de Apoios Sim x Não 5) Organização adequada do dossier do promotor e chancelamento de todos os documentos de despesa Sim x Não 6) Contabilização correcta do incentivo de acordo com as normas contabilísticas aplicáveis Sim Não x 7) Houve cedência, locação, alienação ou oneração do investimento do projecto? Sim Não x 8) Houve alteração das fontes de financiamento do projecto? Sim

Não

x

25


XI. AVALIAÇÃO GLOBAL DA EXECUÇÃO Tendo em consideração os objectivos previamente definidos para o Projecto Conjunto Choose Portugal 2008 e após a realização destas duas acções e dos resultados apresentados anteriormente, a NERLEI considera que os objectivos deste projecto foram atingidos. Em primeiro lugar constata-se que foi reforçada a posição portuguesa num dos seus principais mercados de exportação, como é o caso do mercado alemão (através da acção 1) Feira Ambiente 2008, reforço que teve um impacto directo na melhoria da imagem de Portugal no exterior, nomeadamente através da promoção da notoriedade de produtos de empresas do sector Fileira Casa. Além deste factor é de realçar que através da realização deste projecto, nomeadamente do Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos foi fomentada a posição das empresas portuguesas no mercado marroquino. Consideramos igualmente como um factor a salientar o facto deste projecto conjunto de interesse de novas empresas em participar em acções internacionais desta índole através de projectos que visam apoiar a sua internacionalização, o que por sua vez conduz ao aparecimento de novas empresas exportadoras. Gostaríamos ainda de realçar a importância na abordagem á mercados de proximidade, no caso do mercado marroquino, dado que as empresas portuguesas participantes neste projecto tiveram a oportunidade de estabelecer e reforçar as relações comerciais quer com os seus actuais clientes, quer com novos clientes. A participação nesta acção foi igualmente positiva no sentido de promover a imagem de qualidade dos seus produtos, permitindo assim abrir novas perspectivas de mercado para estas empresas. Neste sentido, como entidade promotora deste projecto, acreditamos que é muito importante a continuação da existência dos apoios financeiros disponibilizados pelas entidades responsáveis, nomeadamente QREN e aicep Portugal Global, de forma a possibilitar a continuação do apoio às empresas de modo a continuar apoiar as empresas portuguesas neste tipo de acções a decorrer nos mais diversos mercados quer sejam tradicionais ou emergentes. No que respeita a taxa de execução financeira deste projecto, não podemos deixar de salientar o seu resultado positivo, o qual foi de aproximadamente 96%, representando um investimento realizado (certificado) de 166.535,00€ em relação ao previsto elegível de 173.315,64€. Este resultado deve-se a vários factores entre eles o facto de no âmbito da acção 2) Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos ter sido possível a afectação de valores entre rubricas o que permitiu garantir a elegibilidade de todas as despesas, inclusive a despesa de consultoria, garantido assim a organização deste encontro. Um outro factor que contribuiu para esta elevada taxa de execução financeira foi a capacidade de poder negocial

26


junto dos fornecedores de serviços para a Feira Ambiente 2008. Gostaríamos ainda de realçar que ao nível dos resultados respeitantes ao volume de negócios das empresas participantes neste projecto, e tendo em conta os dados pré-projecto (31 de Dezembro de 2007) e pós-projecto (31 de Dezembro de 2009), concluímos que 42% das empresas de um total de 19, registaram um aumento do seu volume de vendas ao exterior na ordem dos 9%, quando comparado com às vendas ao exterior a 31 de Dezembro de 2007. Perante os resultados globais deste projecto reforçamos que tendo como campo de acção um mercado internacional cada vez mais dinâmico, global e por isso exigente, consideramos premente o apoio às empresas nacionais para que, de um modo concertado, se possa promover Portugal e fomentar as exportações nacionais e consolidando as quotas de mercado nos principais mercados de exportação, assim como fomentar as quotas em mercados ditos não tradicionais. IMPACTO E MÉRITO DO PROJECTO FACTORES A ABORDAR A.1 Coerência e razoabilidade do Plano de Acção face aos objectivos concretizados: Tendo em conta os objectivos previstos em sede de candidatura podemos afirmar que existiu coerência e razoabilidade do plano de acção nas acções Feira Ambiente 2008 e Encontro Empresarial ao Reino de Marrocos. A execução física destas acções permitiu por sua vez promover o crescimento das exportações nacionais em diversos sectores, reforçar a posição portuguesa num dos seus principais mercados de exportação, (como é o caso da Alemanha), assim como fomentar a presença de empresas portuguesas no mercado Marroquino. A.3 Carácter inovador das iniciativas constantes no projecto. a) Justificação da integração de iniciativas inovadoras/diferenciáveis de demonstração dos resultados obtidos, face às iniciativas tradicionais e incluindo designadamente meios de difusão de largo espectro. Não foi prevista neste projecto a integração de iniciativas inovadoras/diferenciadas de demonstração de resultados, designadamente meios de difusão de largo espectro. As iniciativas previstas foram a realização de um relatório final de encerramento, o qual será divulgado e disponibilizado no sítio da NERLEI e no portal Choose Portugal e a realização de um Seminário de Encerramento do projecto qual não foi possível realizar devido a não se terem reunido as condições

27


necessárias para a sua execução, nomeadamente a obtenção dos resultados globais das acções aquando da data de encerramento de projecto (30 de Novembro de 2008). C) Efeitos de demonstração e de disseminação dos resultados a outras empresas e sectores: a) Identificação de acções de demonstração e de disseminação de resultados que envolvam um mínimo de 30% de empresas não aderentes ao projecto, no total de empresas presentes; b) Identificação de acções de demonstração e de disseminação de resultados que envolvam um mínimo de um sector não aderentes ao projecto; No âmbito deste projecto foi apresentado em sede de candidatura um plano de demonstração e de disseminação de resultados que assenta na divulgação de um relatório final do projecto através do sítio da NERLEI e na realização de um Seminário de Encerramento do Projecto com apresentação de resultados e de boas práticas. No que diz respeito ao relatório final o mesmo está a ser concluído uma vez que apenas no dia 24 de Março de 2010 foi submetido o pedido de Pagamento a Titulo de Reembolso Final (PTRF). Neste sentido, após termos concluído o relatório e enviado o mesmo à aicep Portugal Global, este será disponibilizado no portal Choose Portugal, portal este que foi criado no âmbito do Projecto Conjunto Nº 4108 para difundir as acções e resultados dos projectos conjuntos da NERLEI. Em relação ao Seminário de Encerramento, gostaríamos de referir que à data de encerramento do projecto (30 de Novembro de 2008), a NERLEI como entidade promotora não tinha ainda reunidas as condições essenciais para a realização desta iniciativa. Isto porque a ultima acção do projecto realizouse a 31 de Outubro de 2008, pelo que não se tornou possível obter os resultados globais das empresas. A acrescentar a este factor é de realçar igualmente o facto de a decisão de aceitação por parte da aicep Portugal Global relativa ao ajuste ao investimento de modo a poder incluir despesas referentes a serviços especializados de consultoria no âmbito do Encontro Empresarial a Marrocos ter sido conhecida em Junho de 2009. Devido a estes dois factores e uma vez que o objectivo este seminário seria difundir junto do tecido empresarial os resultados das empresas que participaram nas acções, Feira Ambiente e Encontro Empresarial a Marrocos, assim como dar a conhecer as boas práticas, nomeadamente na forma como podemos abordar os mercados, não foi realizado o Seminário de Encerramento proposto em sede de candidatura. Além destes constrangimentos constatou-se que

28


as despesas associadas a este seminário não seriam consideradas elegíveis visto apresentarem data posterior ao encerramento do projecto. No que respeitas as alíneas c) e d) do ponto C. informamos que no âmbito deste projecto não foram previstas iniciativas no domínio do benchmarking nem acções estruturantes envolvendo sectores de dimensão estratégica com substancial potencial exportador.

29

Profile for Observatório

Relatório choose portugal 2008  

Relatório choose portugal 2008  

Advertisement