Page 1

2 Estatuto Editorial de “O Ardina” 1 – O Jornal “O Ardina” nasce por necessidade de divulgar e informar as pessoas de bem, visando a consciencialização dos valores educativos e das responsabilidades colectivas. 2 – É uma publicação de periocidade trimestral. 3 – O Jornal “O Ardina” é um órgão informativo que se distende dos muros das “Casas do Ardina” às famílias, instituições e sociedade em geral. 4 – O Jornal “O Ardina” informa sobre a vida quotidiana e actividades e dinamismo dos utentes, nos relacionamentos sociais e acontecimentos colectivos que se intercalam com o ideário educativo de defesa dos valores, formando os jovens em situação de risco e pré-delinquência, procurando sempre seguir a filosofia preventiva. 5 – O Jornal “O Ardina” visa responsabilizar, comprometer e influir a sociedade, tanto em termos individuais como colectivamente, tornando-se um elemento de utilidade premente, na sociedade aberta e democrática que vigora. 6 – O Jornal “O Ardina” não é vendido nos lugares habituais de publicações comuns, mas sim enviado para Portugal Continental,Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores e emigrantes em diversos países e bem como países de língua oficial portuguesa, e distribuído às portas das igrejas. 7 – O Jornal “O Ardina” compromete-se a respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não visar fins comerciais, respeitando sempre a boa fé dos leitores e a verdade da informação conforme o estipulado no nº 4 do artigo 3º da Lei de Imprensa (D.L. nº 85/C-75, de 6 de Fevereiro). 8 – A Alta Autoridade para a Comunicação Social deliberou em 13 de Março de 1996, classificar “O Ardina” de: “publicação periódica, de expansão regional e informação especializada”. 9 – A publicação do presente Estatuto Editorial de “O Ardina” visa o cumprimento do disposto no D.L. nº 85C/75 de 26 de Fevereiro, art.º 55º da Lei de Imprensa.

JANEIROFEVEREIROMARÇO2012

APÁGINADAENFERMEIRA

Enf. Maria de Lourdes Andrade

A picada é veneno, e o vinho é a morte

ACNE na Adolescência É uma doença da pele, causada por uma inflamação dos folículos pilosos e das glândulas sebáceas.

Não olhes para o vinho, quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente. Tenho um sobrinho que quando tinha 18 anos, começou a beber cerveja.A mãe bem o aconselhou, mas ele respondia que era só uma cervejinha com os amigos para comemorar. A mãe já aborrecida e incapaz de fazer alguma coisa, levou-o ao cemitério, onde estava enterrado o marido. “Oh mãe o que venho aqui fazer? O teu pai está aqui enterrado. Morreu eras tu ainda pequeno. Bebia bastante, a toda a hora. Deixou de trabalhar, caiu doente e assim ficou durante longos meses com uma cirrose, que o levou à morte. Não tinha dinheiro para te pôr na escola, por isso só tens a classe. Não te pude dar os sapatos e roupa que precisavas. És magro, porque os alimentos eram poucos, embora eu trabalhasse bastante em casa de senhoras lavando e engomando roupa. A partir deste momento és o único responsável pela vida que escolhes”. A mãe morreu, e os anos passaram. O Gracílio é o nome dele casou e tem um filho mas o vicio continuou, ficou só sem emprego, sem casa e sem casamento. Passaram - se mais de 40 anos. Os amigos já não os tinham e agora com a vida completamente destruída conheceu o neto, o filho do filho. Estava doente, mas houve uma mudança muito grande na sua vida.A Criança, o neto amava o seu avô de tal maneira que o avô fez um compromisso com Deus – deixar de beber, por amor a esse neto. Hoje já com a cabeça branca, vive feliz no seio da família, que embora separados sempre o amou e o ajudou.

Há vários tipos de acne: – Acne Tropical – afecta jovens de raça branca expostos a um clima quente e húmido e pode atingir o tronco e extremidades do corpo. – Acne neo-natal e infantil – embora rara atinge mais as crianças do sexo masculino. – Acne química – causada pela exposição a certos produtos químicos e óleos localizada em áreas cobertas com roupa impregnada com estes produtos (pernas). – Acne Vulgar – afecta sobretudo os adolescentes, em especial o rosto, ombros peito e pescoço, onde há mais concentração de glândulas sebáceas. Podem aparecer por pontos negros, quistos e pústulas. As Causas são várias: – Aumento de secreção do sebo e por uma obstrução do canal de escoamento das glândulas sebáceas da pele. – Factores genéticos – perturbações hormonais, perturbações digestivas, carências de certas vitaminas, inflamação do folículo devido à multiplicação de bactérias, limpeza deficiente da pele ou o uso de produtos agressivos, certos cosméticos à base de gorduras, medicamentos, o espremer das borbulhas ou pontos negros, etc. O que fazer então? Ao primeiro sinal, o jovem deverá consultar o seu médico, para poder fazer o tratamento adequado ao seu caso. Praticar desporto e ter uma alimentação adequada à idade, desporto que pratica, gozar e ter uma vida ao ar livre, educar o seu intestino, lavar (não esfregar) 2 a 3 vezes por dia as zonas afectadas. Abster-se de legumes fechados, álcool e tabaco ou excitantes, assim como de fritos, doces e gorduras. Aceitar a acne e ajudar outros com o mesmo problema, pois se o jovem for cuidadoso em pouco tempo a acne desaparecerá.

Abraão Lincoln A 13 de Maio de 1888 a princesa Isabel assinava a Lei Áurea dando liberdade aos negros do Brasil. Abraão Lincoln, quando jovem foi trabalhar para uma quinta e nas noites frias dormia num celeiro cheio de feno. Ele era pobre mas trabalhador e perseverante.Tinha grandes alvos e aspirações na vida. Conheceu a filha do patrão e dedicou-lhe verdadeiro carinho e sincero amor. Por ser pobre e até de figura pouco agradável, foi expulso pelo patrão e recusado o seu pedido. Não conseguiu dormir toda a noite e escreveu a carvão na parede do celeiro o seu nome e da

rapariga que amava. Os anos passaram e lincoln venceu na vida. Tornou-se um brilhante advogado e presidente dos Estados Unidos. Um dia, o agricultor mandou destruir o celeiro e admirado quis saber que nomes eram aqueles escritos na parede. Esse homem passou por aqui? Foi meu empregado? Queria casar com a minha filha? Se este agricultor soubesse o futuro brilhante que esperava este humilde trabalhador Lincoln… Com certeza o teria tratado de outra maneira. Na história Americana Lincoln ocupa um lugar

de destaque; era um homem justo para com todos e tornou-se um grande herói na luta contra a escravidão negra no país. Foi assassinado friamente. Mas a sua obra ficou e hoje continua a ser lembrado como homem justo que foi. Deus manda o sol brilhar sobre os justos e os injustos. Deus não faz a diferença entre as pessoas, quer elas sejam pretas, brancas ou amarelas. Sejamos bons para todos e tratemos todos de igual modo, tanto na cor da pele, como na sua vida e na sociedade. Mais tarde ou mais cedo a recompensa vem, boa ou má, em consequência das nossas acções.

A estas Instituições e a todas as outras que não estão aqui mencionadas o nosso Muito Obrigado. Mas um agradecimento muito especial para o Grupo Jerónimo Martins, para o Banco Alimentar e para o Montepio que têm sido fantásticos, fabulosos, e sempre muito generosos.

Jornal "O Ardina"  

A F.O.A. tem o grato prazer de dar a conhecer a todos os seus amigos e Benfeitores, o jornal trimestral de Janeiro/Fevereiro e Março de 2012...