Page 1

Destaques

Conversando com Lucília Rodrigues Ribeiro Uma Senhora com 81 anos Página 4

Acreditar sempre

Página 8

Página 8

Deslocação a RioMaior ANO DE 2012 • Ano de Esperança

Director: Alexandre Martins • Chefe de Redacção: Paulo Emanuel Propriedade: Fundação Obra do Ardina Fundadora: Maria Luísa Ressano Garcia Nº 471 Ano LXIV – Janeiro/Fevereiro/Março 2012 Orgão de Informação Regional – 1 Euro

Embora com algum atraso, é com muita alegria, que saudamos todos os nossos assinantes, amigos e benfeitores. Neste ano em que a crise passa a ser a “palavra do dia”, mas, em que nós acreditamos que a Esperança, tem de ser o caminho a seguir com o qual temos de vencer. Agradecemos os votos de Boas-Festas a todos e apresentamos a nossa gratidão pelos donativos que nos ofereceram.

O Director do Jornal “O Ardina” Alexandre Martins

I Centenário do nascimento de Maria Luísa Ressano Garcia (1912-2012) Alexandre Martins o primeiro centenário do seu nascimento,queremos comemorar dignamente estes acontecimentos. Para isso, convidamos os seus familiares e todos os seus amigos, a juntarem-se a nós para uma reunião em que possamos organizar um programa que esteja à altura da pessoa que foi a Sra. D. Maria Luísa Ressano Garcia. Gostaríamos de iniciar esta efeméride no dia da mulher, 8 de Março ou no fim-de-semana seguinte. Esperamos poder contar não só com Ex.Ardinas mas também com aqueles que com ela colaboraram e gostaríamos da participação da União Noelista Portuguesa. Para isso esperamos que nos contactem para marcarmos uma reunião de trabalho. Em folha solta no interior desta publicação, onde há outras questões, que gostaríamos que nos ajudassem, mandando-nos pelo correio as suas respostas.

N

D. Maria Luísa quase na “hora da D. Maria Luísa, partida” disse-me: Não me deixe tinha bons e bem morrer a Obra, porque a Obra do colocados amigos, Ardina é de Deus. É da Igreja. En- que lhe valiam igualmente quanto for necessário tem de exis- à sua Fundação. tir… “Por intermédio de sua Ex.ª o Adaptando-se aos tempos, passando por altos e baixos, receben- Senhor Ministro da Justiça, um gedo a ajuda e compreensão de uns neroso benfeitor que deseja ficar e o desinteresse e negativismo de anónimo, fez-nos chegar a imporoutros, porque a Obra é precisa, tância de 5.000$00. Muito bem-haja à mão Cristã e com a ajuda de Deus tem cumprido os fins para que foi criada e, no Amiga que assim se lembrou da dia 1 de Novembro, próximo com- nossa Casa e que soube escolher o melhor amigo da casa do Ardina, pleta 70 anos de bem-fazer. Diz o actual Director Executivo Dr. Carlos Diogo, que pelo menos, mais 70 anos há-de fazer, cuja esperança é baseada na sua vontade e capacidade de trabalho, organização e desejo da continuidade aos O Tiago e o Ilídio, seus objectivos princi- os mais recentes residentes pais sem se afastar nos nos lares da obra do ardina princípios cristãos que apagam as velas das comemorações dos 100 anos do nascimento de estão na base da Obra Maria Luísa Ressano Garcia. do Ardina.

Apóstolos foram doze os que Jesus escolheu para o acompanharem e espalharem os seus ensinamentos por toda a parte. Também foram doze os jovens vendedores de jornais, revistas e outras “bugigangas” da época que a Assistente Social Maria Luísa Ressano

Garcia com o apoio da União Noelista Portuguesa, recebeu para serem acolhidos e seguirem exemplarmente os ideais que na década de trinta foram sonhados e praticados pelo então jovem Sacerdote Francisco Moreira das Neves. Foi então no dia 1 de Novembro de 1942 que nasceu a primeira Casa do Ardina em Portugal, tendo-se seguido mais duas com a designação de Associação de Protecção aos Ardinas, pois só a estes se destinava. Estes locais de acolhimento chamavam-se Casas do Ardina e funcionavam em regime de semi-internato. Com altos e baixos, tentando sempre acompanhar os tempos, defendendo os valores de sempre,

para assim dobradamente nos fazer saber bem a sua esmola” (in “O Ardina”, n.º 34 de Junho de 1949, pág. 2,“generoso donativo”). Alguns Ministros, algumas altas entidades da Hierarquia da Igreja ou do estado, o próprio cardeal Cerejeira, o Sr. Bispo de Vatarba, o Sr. Bispo de Priene, a Infanta D. Filipa de Bragança, a Esposa do chefe de Estado, D. Berta Craveiro Lopes, foram algumas pessoas com quem sempre pode contar:“Desde a primeira hora que a “Obra do Ardina” teve a aprovação e a bênção de sua Eminência o Sr. Cardeal Patriarca, pelo muito queridos que são ao seu coração os Ardinas, os garotos de Lisboa. Estes, ainda no último Natal, quando foram apresentar a sua Eminência os seus cumprimentos de Boas-Festas, manifestaram-nos um desejo, que gostosamente aprova-

Maria Luísa Ressano Garcia, viajando, sempre com a Obra do Ardina, no coração e no horizonte.

mos:“podemos levar ao Sr. Cardeal um trabalho em ferro forjado feito por nós nas nossas oficinas?” À humilde oferta da “Obra do Ardina” quis agora Sua Eminência responder com sua generosidade habitual, enviando-nos cinco mil escudos que haviam oferecido para distribuir aos seus pobres. Bem-haja!

funda o seu primeiro lar familiar no início da década de oitenta.Vivendo sempre com muitas dificuldades económicas e financeiras, tem resistido a todas as intempéries. E, ultimamente até tem merecido especial atenção e apoio pela parte do ministério da Solidariedade Social, o que muito nos regozija e ajuda a resolver as dificuldades financeiras, a que nos vimos forçados a chegar, para que a Obra do Ardina continue a cumprir a sua missão, sem que às crianças nada faltasse. “Não estamos no mundo apenas para existir. Não estamos só de passagem A cada um de nós foi dada a capacidade De fazer algo de maravilhoso.” Madre Teresa de Calcutá

Nota de Administração / Redacção – Isto foi há 63 anos, E HOJE?

Comemorações em 2012 marcam o centenário do nascimento de Maria Luísa Ressano Garcia. O ano de 2012 será iluminado pela memória e história. O motivo é a comemoração do centenário de nascimento da nossa fundadora D. Maria Luísa Ressano Garcia, 1912-2012. Esperamos e desejamos poder apresentar uma ampla programação, queremos acima de tudo agradecer a quem foi capaz de trazer para a nossa sociedade uma Instituição como é a Obra do Ardina.

Cópia de P1  

Director:Alexandre Martins • Chefe de Redacção:Paulo Emanuel Propriedade:Fundação Obra do Ardina Fundadora:Maria Luísa Ressano Garcia Nº 471...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you