Page 1

Domingo 27

novembro de 2016

Cidades

A TRIBUNA

www.atribuna.com.br

A-7 SHUTTERSTOCK

Guarda compartilhada cresce, mas só atinge 12,92% Na região, o aumento foi três vezes maior SIMONE QUEIRÓS DA REDAÇÃO

Modelo adotado como regra ao final de 2014, a guarda compartilhada dos filhos menores de idade em caso de divórcio ainda engatinha no Brasil. Enquanto em países da Europa o índice chega a 40%, aqui apenas 12,92% dos casais fizeram essa opção no ano passado, de acordo com a pesquisa Estatísticas do Registro Civil, divulgada nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em compensação, o número cresceu 65% comparado a 2014, quando apenas 7,52% das crianças puderam ter pai e mãe compartilhando seus cuidados. Em números absolutos, o total passou de 11.040 para 18.238 divórcios com essa característica. NaBaixadaSantista,entretanto,essenúmeroéaindamaior.O crescimento mais do que triplicou em apenas um ano, saltando de 87 para 288 o total de divórcioscomguarda compartilhadaentre2014e2015. Isso significa que, no ano passado, 21,05% dos casais que se divorciaram decidiram compartilhar o cuidado com os filhos. A cidade que mais se destacou nessa escolha foi Guarujá, onde mais da metade dos 295 casais que se divorciaram (50,85%) adotou esse modelo: ao todo, 150. LEI

A guarda compartilhada existe

Divórcios Em 2014

Eram 1.068 mulheres com a guarda dos filhos, contra 54 homens; outros 87 casais divorciados compartilhavam a guarda dos filhos; outras situações somavam 1 caso. Total de divórcios, 1.238.

Em 2015

O número de mulheres com a guarda caiu para 963; o dos homens manteve-se praticamente estável, com 53; houve um salto na guarda compartilhada, que passou para 288, enquanto houve 23 casos em outras situações. O número de divórcios foi maior: 1.368. FONTE: ESTATÍSTICAS DO REGISTRO CIVIL/IBGE

na legislação desde 2008, quando o modelo deixou de ser exclusivamente unilateral. Porém, só se tornou regra no final de 2014, com a promulgação da Lei da Guarda Compartilhada (13.058), que tem como foco os efeitos que o distanciamento de um dos pais pode acarretar com a separação. Na visão do sociólogo Fernando Valentim, coordenador executivo do Observatório da Guarda Compartilhada, a nova lei, e sua consequente divulgação na mídia, foi um dos fatores que elevaram o número de divórcios com guarda compartilhada no País. “Trata-se de um índice histórico, o maior

Fórum debate saúde privada DA REDAÇÃO

Acontece nas próximas quarta e quinta-feira, em Santos, o primeiroComsaúde,ComitêMetropolitano da Saúde, uma iniciativa do Grupo Tribuna e de vários empresáriosdosetornaregião. O fórum vai discutir aspectos que interferem diretamente na qualidade,nagestãoequalificação da saúde privada, mostran-

do os atuais desafios e iniciativas de parcerias que vêm sendo adotadas com o setor público, alémdocrescimentodasorganizaçõessociais(OSs)naadministraçãodehospitais municipaise estaduais, suas vantagens e desvantagens. A abertura ocorre às 18 horas de quarta-feira com a palestra do diretor-executivo da Federa-

Crianças dão show ao vivo DA REDAÇÃO

O Concurso de Talentos AT Revista está na etapa final e os três vencedores serão revelados na capa da publicação do dia 11 de dezembro. Na última sexta-feira, os 15 finalistas se apresentaram ao vivo para os jurados no Shopping Pátio Iporanga, em Santos. Nesta primeira edição, o concurso recebeu mais de 80 inscrições de crianças, que enviaram vídeos apresentando habilidades em diversas áreas. Os cinco representantes de cada categoria (de 5 a 7 anos, de 8 a 10 e de 11 a 13) mostra-

ram muito talento em canto, balé clássico, capoeira, sapatiado, flauta doce, saxofone, piano, bateria etc. O público estavaanimado, e as crianças conseguiram lidar bem com o nervosismo.No Instagram @atrevista, você confere vídeos de algumas apresentações. Os jurados Clô Macia, da Oficina By Clô; Simonian, da Escola de Música Simonian; Fabiana Hussein, da Talentos Brilhantes, e Carolina Ramacciotti, do Shopping Pátio Iporanga, vão ter trabalho para escolher os vencedores. Pela categoria de 5 a 7 anos,

Esse tipo de guarda, que tem como foco manter a criança ou adolescente em contato com pai e mãe, foi adotado como regra no País em 2014

avanço desde 2008, quando a primeira lei foi sancionada”. Para ele, isso representa uma maior assimilação dos benefícios da guarda pela população, motivada também por trabalhos feitos por movimentos sociais e uma maior compreensão do Poder Judiciário em relação a essas questões. “Ele passou a entender que o foco da lei não é o pai e a mãe, e sim a criança”. O indicador é positivo, mas está longe de ser o ideal, na visão do sociólogo. “Dados internacionais mostram que quando há uma nova lei há um salto considerável no número de casais que optam por esse modelo, mas depois isso tende a se estabilizar”. Para ele, o Brasil deve levar ainda entre 15 e 20 anos até que atinja patamares europeus. “A questão cultural corresponde a mais de 50% da dificuldades, ancorada na noção equivocada de que a

mãe tem mais condições de cuidar”. Valentim afirma que a guarda compartilhada é um modelo padrão em vários países, sendo a Islândia o mais avançado nessa questão. “Lá, esse modelo é adotado por 80% dos casais. Trata-se de um país com um estado de bem-estar social elevado, e estudos demonstram que quanto mais alto é o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), maior é o de guarda compartilhada”. A mãe, entretanto, ainda tem a preferência na hora de ficar com os filhos. No ano passado, elas obtiveram a guarda em 79,16% dos divórcios no País, contra apenas 5,25% dos pais. Na Baixada Santista, com o aumento na escolha pela guarda compartilhada, a proporção foi menor do que a nacional em ambos os casos. A mulher ficou com a guarda em 70,39% dos divórcios. Já os homens, em 3,87%.

ção Nacional da Saúde (FenaSaúde), José Cecchin. Na quinta, estão confirmadas as presenças da presidente da Fundação do ABC, Maria Aparecida Batistel Damaia, e Paulo Vasconcellos Bastian, superintendente executivo do Hospital Oswaldo Cruz, para o painel Organização Social: Experiências e Resultados. Na sequência, haverá a palestra do diretor técnico do Hospital do Subúrbio, um hospital de Salvador (BA) que funciona como modelo de Parceria Público Privada há mais de cinco anos. Haverá também um painel para discutir o empreendedorismo na saúde, com a participação de empresários que atuam

no setor na Baixada Santista. FranciscoBalestrin,presidente da Associação Nacional dos Hospitais Privados, participará do painel Capacitação e Qualificação, abordando a necessidade permanente de aperfeiçoamento e profissionalização do quadro como fator primordial na oferta de serviços de qualidade emMedicina. O Comsaúde encerra às 17 horas com a palestra de André Staffa Filho, consultor para a área de Saúde no Brasil. Ele falará sobre Fusões e Aquisições no Mercado de Saúde. Todas as palestras e painéis ocorrem no auditório TV Tribuna, na nova sede da emissora, no Centro de Santos.

Litígio envolve mais crianças ❚❚❚ O aumento no número de divórcios na Baixada Santista se refletiu também no número de crianças envolvidas nesses litígios – o que vai na contramão da tendência nacional. Na Baixada Santista, 2.006 crianças enfrentaram o divórcio dos pais no ano passado, aumento de 10% comparado a 2014 (1.813). No mesmo período, o número de divórcios cresceu igualmente 10% (de 1.238 para 1.368). PAÍS TEM OUTRA REALIDADE

No País, os indicadores são bem diferentes. O número de crianças envolvidas nesse tipo de litígio diminuiu 4,7% (de 220.418 para 209.957), ao mesmo tempo em queodedivórcioscaiude146.898 para141.118(3,9%). Para o sociólogo Fernando Valentim, coordenador execu-

CICLO

Os painéis e palestras encerram um ciclo do Comsaúde que começou no início deste mês,comvisitastécnicasàsinstalações do Johns Hopkins, hospitaleuniversidadedeponta em Baltimore (EUA), e aos escritórios da UnitedHealth Group,emWashington. O Comsaúde tem a organização da Una Marketing e Eventos, e o patrocínio da AngioCorpore,HomeLife,HospitaldeOlhosGrottone,Laboratório Pasteur, Santa Casa de Santos,SantaCasaSaúde,UnimedSantos,UniversidadeMetropolitana de Santos (Unimes), VIP Clínica Médica, VisãoLasereHospitalVitória.

VANESSA RODRIGUES

Os 15 candidatos do Talentos AT Revista se apresentaram sexta-feira

os participantes são Graziela Inácio Lessa do Vale, Yanni Cubas de Miranda , Vallentyne Guida dos Santos, Antonella Guida dos Santos, Manuelle de Oliveira Braga e Kauany Doce Bendas. Já Miguel Augusto Muniz, Thiago Bruno Michileni de Brito, Eric Guerra Bastos, Jonathan Rodrigues Feitosa e Thalita Nunes Pereira de Araújo concorrem pela categoria de 8 a 10. Por fim, Rafaella Cristine Lisboa dos Santos, Jennifer Campos Bezerra, Pedro Henrique Torres Brasil Menezes, César Henrique Corrêa da Luz e Giulia Serradas Mattielo competem na categoria de 11 a 13. O concurso é uma realização da AT Revista com patrocínio do Shopping Pátio Iporanga e apoio da Agência de Modelos Talentos Brilhantes.

Cresceu

2.006 crianças

enfrentaram o divórcio dos pais na região, em 2015. No ano anterior, foram 1.813.

tivo do Observatório da Guarda Compartilhada, essa queda representa um indicador muito positivo. “O divórcio dos pais é o evento da vida mais traumático depois da morte. A guarda compartilhada mostra que o foco tem que ser justamente no bem estar da criança, e não nos pais”.

Leitura Rápida Paraglider

Acidente em SV deixa dois feridos

Duas pessoas ficaram feridas após caírem de um paraglider natarde de ontem na Praia do Itararé, em São Vicente. As vítimas, um homem e uma mulher, caíram no Morro do Voturuá. Ambos foram socorridos e levados para o Hospital Municipal da Cidade, o antigo Crei. A assessoria de imprensa da Prefeitura de São Vicente informou que a mulher, de 41 anos, sofreu escoriação leve no cotovelo. O homem, de 32 anos, sofreu fratura na tíbia.

HIV e sífilis

Testes rápidos em policlínicas A campanha Tire o Peso da Dúvida! Saber Faz a Diferença segue amanhã oferecendo testes rápidos para HIV e sífilis em dois postos: policlínica da Aparecida (Av. Pedro Lessa, 1.728), das 11 às 16 horas, e Bar Marine’s (Rua João Otávios/nº), no Centro histórico, das 19h às 22h30. Já na terça-feira, os testes ocorrerão na unidade do Morro Santa Maria, das 11 às 16 horas, e na Igreja Nossa Senhora da Assunção, no Morro São Bento, das 19h às 22h30.


ENTREVISTA (2016) - A TRIBUNA 27-11-2016  

OBGC BRASIL

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you