__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

---i-

D ES

E

NVO LVI M E NTO

SU

SrE NTAVE L

Em&§K&§§*§w

Uma nova forma de re acionamento surge

ras, o Bem Vver e um programa desenvovi-

existente pela Íalta de estudos frequentes que

da rn c ativa conlunta de instituições e empre-

do pelo Núcleo de Estudos sobre Obes dade

drmens onam esta realidade no Brasil.

sas que se colocam a serviço de uma causa

Exercício Físicos (Neobe), da Universidade de

em Íavor do bem comum. Este e o princípro

São Pau o (USP), real zado nas escolas públi

do Marketing Relacronado a Causa, que refle-

cas de bairros da cap

te tambem um novo aspecto na relação de

e

tal pauiista.

O programa, que capacita professores de

Para Claudia Cezar, doutora em Nutrição Humana ApJicada e coordenadora do NEOBE,

"o

sucesso

do proleto de Ava ração do

Esta

do de Nutrlção dos Escolares pode gerar re-

mão dup a do consum dor com as marcas.

Educação FÍstca da rede públlca para avala-

Tang, a marca de bebtdas em po da Kraft Foo-

rem sistematcamente o estado de nutrição

ds comercra rzada no Brasil e em vários paises

dos a unos destas escolas, busca diagnosti

s

do mundo, está viabi izando em São Paulo um

car de forma regular e contrnuada o quadro

que dê orlgem tambem a uma poiít ca nac o-

proleto nesie sent do. De grande aicance so

de obesidade e desnutrcão destas crianças.

nal com foco na qual dade de vida entre os

cial, com ref exos nas geraçoes atua s e Íutu-

Com rsso, obletva tambem cobrtr uma lacuna

estuda ntes".

Íerêncras para que se estabeleça no país um

stema de vlg Jância nutrrc onal dos a unos,


lnrc

G

-

d sponÍvel

no site www.projetoaene.com.br

- já capa-

c

iou e tre nou quase 300 proÍessores da rede púb ca e estima alcanqar ma s 450 de es

a

rca esleanocomoscuTsosgratuitosagendados

.cs

li..:ç-i?i

ado em 2003, o projeto

Aexpectativa echegara 100 mI au

Ca rede, a em de famil ares que tambem passam a ser alvo do trabalho. Cons derando

: rc

como 23 m I o un verso de professores de educacão fis ca que atuam nas esco as

r;c

cês e prvadas de São Pau o, que poderiam ser envolvdos em propostas como esta,

:---se o potencia

alcance deste programa

.4 ques[cro do nutriçao e um temu tronsuersul fambem, que f ods srr ab*rd*c{o n*s rscs;es p*r prsfe§de ciÉncís§, §?§fsmeltieç e demois di-scip{ín*s,

-sLrres

Ievando a discxss** rirsfe r*nirúdo p{tra um pú}:lícr aínda InoiS üIxpi0.

- ctáud a cezar, coordenadora cto proieto

ProÍessora em ação: altura e peso são parte do estudo

§studc §dextâ&ca esx?txastes O proleto de ava ação do estado de nutrição de escoares entre 10 e 1B anos parte da Írag lidade do sistema pr már-o saude

p-b ca 'o B'as co-o

do reflexos na rida Íuiura c: e,'a :-,a':, aCJ

io" rcn c e:;

a a.

Ce

-' c- ^:

:

-a'a^- a.a

at:s

l-ês:

: -'ts. se'ac

-

- :: l: as aci-esen,ardo algum grau de r::---':ã: : 'j,9:c Ce obes dade. Segunl- . :::l- :aaa'à, esses são índ ces barxos, co con:c ce !,s:a

ep dem ologico, nnas que

I

na rdi.o ela-

sistemát co de identiÍ caÇão de cuaÕ'os de

ete

dern-L'Çao e obes'dade er:'e estas cr a'-

guma ateraÇão do estado de nutrção por

ria de

1

Ças e adolescentes. "Esta avaliação e feita por pediatras, mas

desnutrÇão ou obesdade. De acordo com

ro de

a

os resultados 1á apurados,

1% dos meninos

esco ares. ldent frcados os casos, as famílias

a precar edade do sistema público de saúde

apresentararn desnutrição leve ou moderada

foram informadas e os alunos encaminhados

dif culta sua extensão. As famíl as, por

sua

e 14o/o de es algum grau de obesrdade. Entre

a

vez, tambem não conseguem dent ficar se há

as meninas, os índices sobem um pouco, com

de de São Pauio.

obesidade ou desnutrÇão entre as crianças

e

se isto se deve a fatores biológ cos ou por háb

tos al mentares", expiica a coordenadora do

programa C áudia Cezar. Neste sentido, reforça ela,

"o professor

de

educacão física pode participar ident Íicando

e acompanhando os alunos de Íorma sistemát ca. O currÍculo esco ar prevê que e e faca esta med cão de peso e a tura regularmente. Com a montaqem de uma tabe a de b ometria

de cada aluno e com informações adequadas que ele adquire no curso de Íormaqão, o

professor pode não só diagnosticar os casos

como d scutir conceitos sobre saúde, beleza, b

otipo, al mentação e exercíc os, promoven-

25.io celes, ern med a, apresentaram al-

1

Trerece- atencao p'e/e1 ivd. 1 anos que se registra

o maior núme-

teração no estado de nutnção dos

tratamentos específicos nos postos de saú


Um movimento xxxundÍaX O Marketing

Relacionado

à

e

um

apoiar projetos como o Bem Vrver, participa-

ver mais empresas apotando causas socia s

movimento que se traduz, segundo o lnstrtu-

mos como agente atlvo de ações de interes-

ambienta

to

se da sociedade", afrrma Alessandra Garcia,

para

o

Causa

Desenvolvimento do lnvestimento

Social (ldis), numa ferramenta que alinha as

gerente de Responsabilidade Corporativa

estratégias de market ng das empresas com

Comunicação lnterna da Kraft Foods

as necess dades da sociedade, com benefícios

Pesquisa

e

e

s.

O apoio de Tang ao projeto do NEOBE in-

tegra este tipo de causa, com dest nação de Tecursos para a capacitação dos professores,

feita pelo ldis, em 2005, aponta

a

alem de desenvolvimento, produção e dis-

para a causa e para os negócios. Na oplnião

opinião favoráve do consumidor, com

de especalstas, utitzada com crtéflos, esta

dos entrevrstados consrderando importantes

rniciatva mobtliza, de forma positiva, con-

estas ações. BB% são a favor de que as em

sumidores em torno das causas, permitindo

presas comunrquem este

tambem que uma empresa apresente os va-

e uma tendência mundial: na lnglaterra, 9B%

"A Kraft valo-

dos consum do'es o-vidos em pesqutsa co^-

a inclusão das mães das crianças na análise

sideram mais confiáveis empresas que ado-

do estado de nutrição, fortalecendo a âncora

os

tam o Marketing Relac onado à Causa, 83%

positiva que e a relação mãe e fllho, afirma

gnif catrvos para os parceiros envolvrdos. Ao

deles já participaram de ações e 95% querem

Cláudia Cezar.

lores que defende à sociedade. riza este

tipo de rniciatrva por rdentif car

nela

uma ferramenta capaz de gerar beneÍíc s

tipo de apoio.

91o/o

professores de educação fís ca durante o cur-

Esta

gt% dos consumidüres cünsi{ierom importante a rea,lizüçao de

tr buição de material didático Íornec do aos

so de oito meses de duraÇão. O diferencial

da participação da Kraft neste projeto

oÇões

de MarketingRelacíonüdo

s Cousa e 88% deles sâo favoraveis à cornunic açao deste tipo de spoio pelas empÍesas.(lnst

tuto para o Desenvo v mento do nvesi mento

SoctaLr

será

pesquisa rdls

Profile for Obesidade.Pro

Matéria da Kraft Foods  

Leia a matéria nacional que lançou as bases do movimento abrace a Obesidade em 2017.

Matéria da Kraft Foods  

Leia a matéria nacional que lançou as bases do movimento abrace a Obesidade em 2017.

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded