Page 175

dúvida, não pareceu muito interessado, e a interação terminou em seguida, pois Jean saiu dali rapidamente. George era exatamente igual às pessoas do estudo de Jennifer Beer, controlado pelo receio de julgamento social e impedido de fazer contato. Wetzler, aos poucos, fez com que George abandonasse seu foco exclusivo na possibilidade de ser julgado. Acabou por compreender que Jean não pretendia avaliá-lo nem humilhá-lo, estava apenas tentando conhecê-lo. Quando o foco passou a ser o de desenvolver um relacionamento em vez de estar sendo julgado, George tornou-se capaz de interagir com interesse. Apesar de sua ansiedade, aproximouse de Jean, pediu desculpas por sua grosseria e convidou-a para almoçar. Ela aceitou. E, além de tudo, não foi nem um pouco crítica, como ele temia. BULLIES E VÍTIMAS: VINGANÇA REVISITADA Voltamos à rejeição, porque não é somente nos relacionamentos amorosos que as pessoas passam por terríveis rejeições. Isso acontece todos os dias nas escolas. Algumas crianças são vítimas desde a escola fundamental. São ridicularizadas, atormentadas e apanham das outras, mesmo não tendo feito nada de errado. Pode ser que isso ocorra porque tenham personalidade mais tímida, pela aparência, por sua história de vida ou por sua inteligência (às vezes, não são suficientemente inteligentes; outras vezes, inteligentes demais). Pode ser uma experiência cotidiana que transforma a vida em um pesadelo e provoca anos de depressão e raiva. Para piorar, frequentemente as escolas não tomam qualquer providência. Isso porque muitas vezes as coisas acontecem longe da vista dos professores, ou porque os protagonistas são os alunos mais populares da escola, como os atletas. Nesse caso, pode ser que as vítimas, e não os bullies, sejam consideradas problemáticas ou desajustadas. Como sociedade, até recentemente, não prestávamos muita atenção. Então, vieram os tiroteios nas escolas. Em Columbine, o caso mais notório, os dois meninos tinham sido implacavelmente atormentados durante anos. 24 Outro aluno, também objeto de maus-tratos, contou o que sofreram no ensino médio. Nos corredores, os brutamontes os empurravam para dentro de armários e os xingavam enquanto os demais riam do espetáculo. No almoço, jogavam suas bandejas no chão e pisavam nelas, ou atiravam a

Profile for PEÇAS GENUINA - BIBLIOTECA ON-LINE

Mindset_ A nova psicologia do sucesso - Carol Dweck  

Mindset_ A nova psicologia do sucesso - Carol Dweck

Mindset_ A nova psicologia do sucesso - Carol Dweck  

Mindset_ A nova psicologia do sucesso - Carol Dweck

Profile for oasis23r
Advertisement