Issuu on Google+

CT 213 - CSL 15BRG/30

BRAVO

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - CSL 15BRG/30 1 ESTÁGIO - 140 libras

INÍCIO DE FABRICAÇÃO - AGOSTO/2002

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DESL. TEÓRICO

MODELO CSL15BRG/30

3

PRESSÃO MÁX

pes /min

psig

bar

15

140

9,7

VAZÃO EFETIVA pés³/min

RESERVATÓRIO

40 psig 90 psig

Volume Tempo de (l) Enchim.

10,5

8,7

30

1’10”

MOTOR A GASOLINA

A

ROTAÇÃO rpm

VOLUME ÓLEO (Ml)

1200

520

DIMENSÕES (mm) C

L

A

1100

585

440

PESO (kg)

ø POLIA MOTOR (mm)

71

102

hp

vol. tanque

5,5

3,6

Nota: Consumo de combustível médio: 230 g/psh

B

282

A

21 140,5 285

58,5

Nota: A sucção / B descarga

10 149,5 300

ABRIL/03 025.0444-0

27

01


CT 213 - CSL 15BRG/30

COMPONENTES DO COMPRESSOR DE AR Nº 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37

CÓDIGO 830.1006-0 * 004.0049-1 N.D. * * * * * 25003732A 005.1853-0 028.0263-0 013.0771-0 * 011.0113-0 003.0013-6 003.0270-0 003.0408-0 022.0186-0 022.0183-0 709.1353-0 003.0254-6 830.0602-1 022.0191-0 022.0175-0 * 014.0080-0 701.0350-0 038.0107-0 022.0173-0 830.1005-0 028.0024-1 20014051 * 701.0343-0 013.0783-0 013.0784-0

QUANT.

DENOMINAÇÃO Protetor correia Paraf. Torx 4,8 x 20 Correia V AX Bloco compressor s/ acessórios Parafuso cab. Sext. NC 5/16" x 1. 1/2" Arruela lisa 5/16" Paraf. cab. Sext. NC 5/16" x 1/2" Paraf. Phillips M5 x 0,8 x 12 Porca Sext. NC 5/16" galv. Reservatório de ar duplo Grupo informação Roda 10,5" Eixo roda Contra pino 1/8" x 1. 1/2" Manômetro Cruzeta 1/4" Niple duplo 1/4" x 45 Niple duplo 1/4" x 66 Regulador de pressão Válvula segurança 1/4" ASME Serpentina descarga 1/2" Cotovelo 3/8" x 1/2” Anel cônico 1/2" (kit c/ 10 peças) Válvula piloto/retenção/alívio 110-140 psig (controle) Válvula de controle da aceleração Parafuso Cab. Sext. NC 1/4" x 5/8" Mola de tração do motor Suporte mola de tração Motor Honda a gasolina 4 tempos c/ eixo 3/4" Purgador 1/4" Pé de borracha (kit 4 peças) Manopla Polia Parafuso Allen s/ cab. 1/4" x 3/8" Haste redutora de vibração Porca sext. 11/16” Anel cônico 1/2" (p/ válvula piloto 022.0191-0)

01 02 01 01 08 08 01 01 08 01 01 01 01 02 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 02 01 02 01 01 01 01 01

* Peça de mercado (não comercializada pela Schulz S.A.).

Válvula de controle da acelaração

Entrada do ar

Válvula by-pass

Válvula piloto

Porca trava by-pass Descarga do ar quando o compressor entra em alívio (140 psig)

IN

VE

NT

OU

T

Pistão/mola válvula de retenção

VÁLVULA PILOTO/RETENÇÃO/ALÍVIO - INSTRUÇÕES DE PARTIDA DO COMPRESSOR, VEJA NA PÁGINA 06.

02


CT 213 - CSL 15BRG/30

40 41

27

1

28 8 7

35

40

FOTO DA MONTAGEM

29 34

25

3

33

4 5 14 6 12

5

1

15

6

20

2

25

13

16 18 19

26

17 9 9 22

23

10 21

36

37

31

30

11

32

25

VIDE PÁGINA 02, VÁLVULA EXPLODIDA

Nota: o reservatório código 25003732A é comercializado com os componentes 11, 16, 17 e 20.

ABRIL/03 025.0444-0

24

03


CT 213 - CSL 15BRG/30

COMPONENTES DO BLOCO COMPRESSOR DENOMINAÇÃO

CÓDIGO

38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57

007.0156-0 007.0159-0 830.0970-0 * 709.1315-0 830.0971-0 809.1012-0 830.0972-0 709.1259-0 830.0983-0 016.0116-0 709.1261-0 809.1013-0 003.0028-4 709.1262-0 019.0002-1 830.0973-0 709.1257-0 023.0320-0 709.1350-0

QUANT. 01 01 01 06 01 01 01 01 01 02 02 02 01 01 01 02 01 01 01 01

Filtro ar Elemento filtro ar Parafusos (kit) Arruela pressão 5/16” Tampa cilindro Junta (kit) Placa válvula (kit) Reparo placa válvula (kit) Cilindro Anel (kit) Pistão Ø 2.1/2" Biela Vareta nível óleo Bujão dreno óleo Cárter Rolamento Virabrequim (kit) Flange Retentor Volante Ø 300 mm

* Peça de mercado (não comercializada pela Schulz S.A.).

38

40

T1

39

41 42

Nº Denominação 5/16" x 1" 5/16" x 1.1/2" 5/16" x 2"

T1

M3 x 0,5 x 6

T2

45 44

1/4"x 1/2"

T3

43 45

M3 x 0,5 x 8

T2

PARAFUSOS QT Torque (N x m) Ferramenta (chave) 5 4 2

17.0

4

2.2

Hexagonal M2,5

4

9.3

Fixa 7/16”

Fixa 1/2” Soquete 1/2”

ESPECIFICAÇÕES DO TORQUE DOS PARAFUSOS E FERRAMENTAS 47

T2

T1

46

40 48

43

FIXAR A JUNTA DA BASE DO CILINDRO (AS DUAS FACES) COM ADESIVO ESPECÍFICO

49 50

40 T3

51

40 T1

52 53

04

54

53

43

55

56

57

54


CT 213 - CSL 15BRG/30

B1

Procedimento para retirar o protetor de correia : -

B2

Certifique-se de que o compressor esteja desligado; Solte o conjunto, afrouxando parcialmente (5 voltas) os parafusos Torx A1 e A2 da régua de fixação; Removas os parafusos (5/16") B1 e B2 que fixam o protetor na tampa de cilindro; Puxe o protetor para cima; Inspecione a tensão da correia e o alinhamento do volante com a polia, conforme mostra as figuras 3 e 4 ou outro serviço de manutenção que seja necessário no compressor.

-

A2

Montagem do protetor de correia :

Coloque o protetor de correia de tal forma que a parte posterior encaixe entre a régua e a base do compressor. A A; Fixe os parafusos B1 e B2 parcialmente; Aperte os parafusos na régua de fixação; Conclua o aperto dos parafusos B1 e B2, e veja Tabela 1 qual o torque necessário que deve ser aplicado; Depois gire o volante*, utilizando a própria haste da chave Torx verificando se está girando livre, caso esteja encostando em algum ponto do protetor, corrija a falha.

-

* No tanque do motor não deverá ter combustível ou a chave do motor estar na posição OFF.

ATENÇÃO - Se a correia é instalada muito tencionada, haverá sobre carga no motor. - Isto poderá causar um maior aquecimento no motor. Se a correia é instalada com folga, a mesma patinará e produzira vibração. - O sentido correto de giro do volante, é mostrado pela seta localizado no mesmo.

A1 FIGURA 1 - RETIRANDO O PROTETOR DE CORREIA

B

!

A A

FIGURA 2 - MONTAGEM DO PROTETOR DA CORREIA

Esforço x

INCORRETO

INCORRETO CORRETO

x = 1/2'' de deflexão FIGURA 3 - DEFLEXÃO DA CORREIA

FIGURA 4

ABRIL/03 025.0444-0

-

05


CT 213 - CSL 15BRG/30

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO 1. OPERAÇÃO DE PARTIDA E PARADA DO COMPRESSOR 1.1 OPERAÇÃO DE PARTIDA 1.1.1 Leia as recomendações de segurança antes de operar o compressor descritas no manual de instruções. 1.1.2 Gire o pino articulador da válvula piloto (Figura 1) para a posição vertical B. De modo que a partida seja sem carga. O compressor de ar entrará em alivio e permitira que a partida do motor a gasolina seja mais fácil. 1.1.3 Abra totalmente o regulador de pressão e os purgadores. 1.1.4 De a partida no motor (Veja o Manual de Instruções do motor que acompanhou o produto). 1.1.5 Quando o motor esteja operando por 1-2 minutos, gire o pino articulador (Figura 1) para a posição A. Deixe trabalhar por uns 10(dez) minutos, a fim de permitir a lubrificação homogênea das partes moveis. 1.1.6 Feche o regulador e os purgadores para que o compressor encha o reservatório. O compressor ira aliviar através da válvula piloto/descarga, quando o manômetro indicar uma pressão máxima em torno de 140 psig (9,7 bar). Em seguida abra somente o regulador de pressão para liberar o ar comprimido do interior do reservatório, fazendo com que sua pressão interna diminua. O compressor voltara a comprimir quando o manômetro indicar uma pressão em torno de 100 psig (7,0 bar). 1.1.7 Estabeleça a pressão de trabalho. Ajustando o regulador de pressão (Figura 2 ) no sentido anti-horário menor pressão e no sentido horário maior pressão. 1.1.8 Se ocorrer ruídos ou vibrações fora do comum, desligue o compressor e leia o capitulo "Diagnóstico de Falhas" (página 07). 1.2. PARADA 1.2.1 Para parar o compressor de ar, coloque a chave do motor na posição “OFF” (veja o Manual de Instruções do motor que acompanhou este produto). 1.2.2 Drene o ar do(s) reservatório(s) utilizando a ferramenta pneumática de trabalho. 1.2.3 Quando o manômetro do reservatório indicar uma pressão inferior a 10 psig (0,7 bar), abra o purgador na parte inferior de cada reservatório para drenar o condensado (água). 1.2.4 Deixe o compressor esfriar. 1.2.5 Limpe o compressor de ar externamente e guarde-o em uma área segura e que não tenha temperatura muito baixa, evitando assim o congelamento (regiões de clima frio). Nota: A regulagem da válvula piloto tem o mesmo procedimento, comum às válvulas montadas nos produtos Schulz da linha industrial. Para os demais componentes, somente efetue a limpeza.

Posição A

+PSI

Posição B

-PSI FIGURA 2 FIGURA 1

06


CT 213 - CSL 15BRG/30

DIAGNÓSTICO DE FALHAS - Unidade Compressora DEFEITOS EVENTUAIS

CAUSAS PROVÁVEIS

Válvula piloto desregulada.

Desligue o motor e proceda a regulagem da válvula.

Válvula piloto danificada.

Substitua-a.

Vazamento nas conexões, serpentina, juntas superiores ou rede de distribuição.

Efetue a troca dos componentes defeituosos ou reaperte as conexões 21/22 e 43.

Válvulas não vedam.

Ajuste ou substitua a placa de válvulas 44.

Consumo de ar maior que a capacidade do compressor.

Redimensione o compressor.

Polia motora ou motor fora do especificado.

Consulte a Tabela de Características Técnicas e efetue a substituição.

Não foi efetuada a troca de óleo no intervalo recomendado.

1. Troque o óleo depois das primeiras 8 horas de operação.

Não alivia na pressão máxima.

Não atinge a pressão máxima.

Óleo lubrificante com cor estranha.

Óleo lubrificante apresenta uma cor branco leitosa.

Consumo excessivo de óleo lubrificante. Obs.: É comum o compressor consumir mais óleo nas primeiras 200 horas de trabalho, até o perfeito assentamento dos anéis.

Excessiva queda de pressão entre o reservatório e o ponto de consumo (local de trabalho).

SOLUÇÃO

DEFEITOS EVENTUAIS

Tempo de enchimento do reservatório acima do especificado na Tabela de Características Técnicas.

CAUSAS PROVÁVEIS

Vazamento nas conexões, serpentina ou juntas superiores.

Efetue a troca dos componentes defeituosos ou reaperte as conexões 21/22 e 43.

Válvulas não vedam.

Ajuste ou substitua a placa de válvulas 44.

Correia frouxa.

Estique a correia 3.

Polia motora ou motor fora do especificado.

Consulte a Tabela de Características Técnicas e efetue a substituição.

Operando em ambiente sem ventilação.

Melhore as condições locais.

Pressão de trabalho acima da indicada.

Ajuste a válvula 24 e nunca opere o equipamento acima da pressão máxima de trabalho indicada na plaqueta.

Polia motora ou motor fora do especificado.

Consulte a Tabela de Características Técnicas e efetue a substituição.

Baixo nível de óleo ou óleo incorreto.

Complete e use o óleo MS LUB SCHULZ.

Sentido de rotação incorreto (veja seta orientativa no volante 57).

Encaminhe o motor ao técnico credenciado.

Acúmulo de poeira sobre o compressor.

Limpe o compressor externamente.

Válvulas não vedam.

Substitua a placa de válvulas 44.

Vazamento de ar nas conexões, serpentina ou juntas superiores.

Efetue a troca dos componentes defeituosos ou reaperte as conexões 21/22 e 43.

Consumo de ar maior que a capacidade do compressor.

Redimensione o compressor.

Elemento do filtro de ar obstruído.

Limpe-o ou troque-o, se necessário 39.

Volante do cabeçote ou a polia do motor soltos.

Aperte o parafuso da polia e do volante.

Falta de óleo lubrificante no cabeçote.

Complete o óleo. Verifique se não ocorreu danos nos rolamentos girando o volante.

Válvulas de admissão e compressão carbonizadas.

Serviço de manutenção preventiva, que é efetuado a cada 1000 horas ou 9 meses.

Rolamento, pistão ou biela com falha.

Substitua as peças, avalie as causas e elimine-as para evitar reincidência.

2. Com 40 horas de operação seguintes às primeiras 8 horas. 3. Troque o óleo a cada 200 horas ou 60 dias (o que ocorrer primeiro).

Óleo incorreto.

Utilize o óleo MS LUB SCHULZ.

Presença de água no óleo.

Troque o óleo.

Água no óleo, devido a condensação.

Troque o óleo e opere o compressor em um local com menos umidade. Para remover vestígios de umidade deixe o compressor operar durante 30 minutos a uma pressão de 100 psig.

Elemento do filtro de ar obstruído.

Limpe-o ou troque-o se necessário 39.

Compressor operando em uma superfície desnivelada.

Não incline o compressor mais que 100 em qualquer direção quando em serviço.

Respiro da vareta de nível obstruída.

Limpe-a.

Vazamento de óleo.

Localize e elimine.

Obstrução na válvula de admissão.

Ajuste ou substitua a placa de válvulas 44.

Anéis ou cilindro com desgaste.

Substitua as peças 46 e 47.

Anéis ou cilindro com desgaste prematuro devido a presença de impurezas.

Substitua as peças, avalie as causas e elimine-as para evitar reincidência.

Óleo incorreto (baixa viscosidade).

Utilize o óleo MS LUB SCHULZ.

Volume de óleo no cárter acima do especificado.

Retire o excesso de óleo e veja indicação pela vareta de nível 50.

Manômetro não indica corretamente a pressão.

Substitua o manômetro 15.

Vazamento de ar, obstrução ou mal dimensionamento da mangueira.

Elimine o vazamento e a obstrução ou redimensione a mangueira.

Superaquece.

Ruído durante o funcionamento.

NOTA: A Schulz S.A. reserva-se ao direito de alterar seu produto sem aviso prévio. Desenhos e foto somente orientativos. ATENÇÃO - Utilize somente peças originais Schulz. - Preserve o meio ambiente não jogando fora o óleo usado.

SOLUÇÃO

ABRIL/03 025.0444-0

07


CT 213 - CSL 15BRG/30

DIAGNÓSTICO DE FALHAS - Unidade Compressora DEFEITOS EVENTUAIS

Ruído ou vibração anormal.

Válvula de segurança c/ vazamento

CAUSAS PROVÁVEIS

SOLUÇÃO

Elementos de fixação soltos.

Localize a reaperte.

Desgaste dos componentes internos da unidade compressora.

Substitua os componentes danificados.

Válvula de retenção batendo.

Substitua a válvula 24.

Junta rompida.

Substitua a junta 43.

Pé ou base do reservatório quebrado.

Efetue o reparo (não soldar no corpo).

Correia frouxa.

Estique a correia 3.

Desalinhamento polia/volante.

Efetue o alinhamento polia/volante 33 e 57 (veja instruções pág. 05).

Rotação acima da especificada.

Consulte a Tabela de Características Técnicas e efetue a substituição.

Válvula danificada.

Substitua-a 20.

Válvula piloto não atua (não aciona a descarga).

DEFEITOS EVENTUAIS

Pressão insuficiente na ferramenta pneumática ou acessório incorporado.

Ajuste-a.

CAUSAS PROVÁVEIS

SOLUÇÃO

Regulador de pressão não ajustado para a pressão adequada, ou com falha.

Posicione o regulador de pressão no ajuste adequado ou troque-o.

Filtro de ar obstruído.

Limpe-o ou troque- o.

Restrição ou vazamentos de ar.

Localize os vazamentos e corrija.

Mangueira e conexões da mangueira com orifício de passagem reduzida ou muito longa.

Troque por mangueira e conexão com maior capacidade de vazão.

Correia frouxa (patina).

Ajuste ou troque-a.

Compressor não atende a demanda de ar.

Verifique a demanda do acessório pneumático. Sendo superior aos pés³/min. Fornecido pelo compressor, é necessário um compressor de maior vazão.

Válvula de segurança com defeito.

Troque a válvula.

Pressão elevada no reservatório. Operando em ambiente agressivo.

Melhore as condições locais.

Desgaste prematuro dos componentes internos da unidade compressora.

Não foi efetuada a troca do óleo no intervalo recomendado.

1. Troque o óleo depois das primeiras 8 horas de operação.

Desgaste prematuro da correia ou correia não permanece alojada no canal da polia/volante.

Desalinhamento polia/volante.

Retorno de ar através do filtro de admissão.

2. Com 40 horas de operação seguintes às primeiras 8 horas. 3. Troque o óleo a cada 200 horas ou 60 dias (o que ocorrer primeiro). Efetue o alinhamento polia/volante 33 e 57.

Correia incompatível com o canal da polia/volante.

Substitua as peças correspondentes.

Válvula de admissão (palheta) com defeito, ou não foi efetuada a limpeza da mesma com 1000 horas de serviço.

Efetue a limpeza e oriente o usuário.

Vazamento de ar no cabeçote.

Queda da pressão no reservatório, ou rápida diminuição da pressão quando o compressor para.

Juntas não vedam.

Reaperte os parafusos (Veja Tabela 1).

Vazamentos de ar nas conexões.

Deixe o compressor operar até a pressão máxima permitida e desligue. Passe espuma de sabão em todas as conexões. Aperte as conexões que apresentem vazamento.

Vazamento de ar no (chapa ou solda) reservatório.

O reservatório deverá ser substituído. Não tente consertar o mesmo.

Válvula piloto defeituosa.

Deverá ser ajustada ou substituída..

DIAGNÓSTICO DE FALHAS - Motor a gasolina DEFEITOS EVENTUAIS

Motor não parte ou não religa.

CAUSAS PROVÁVEIS

SOLUÇÃO

Motor danificado.

Encaminhe-o ao Técnico Credenciado.

Correia muito esticada.

Estique-a conforme indicado na página 05.

Vários problemas no motor.

Consulte o Manual de Instruções que acompanha o compressor de ar.

Ar comprimido retido no tubo de alívio ou na serpentina.

Despressurize o sistema através da válvula de duplo controle 24 através do pino articulador posição B Figura 1 - pág. 06.

DEFEITOS EVENTUAIS

Motor não parte ou não religa.

NOTA: A Schulz S.A., reserva-se ao direito de alterar seu produto sem aviso prévio. Desenhos e foto somente orientativos. ATENÇÃO - Utilize somente peças originais Schulz. - Preserve o meio ambiente não jogando fora o óleo usado.

08

CAUSAS PROVÁVEIS

SOLUÇÃO

Perda de potência, vibração, consumo de óleo lubrificante, etc.

Encaminhe o motor ao Técnico Credenciado do mesmo. Caso tenha dificuldade para localizá-lo, mantenha contato com o fabricante do motor ou com o SAC SCHULZ na fábrica.

Retorno de ar pela válvula de retenção.

Inspecione a válvula de retenção, prodeda a limpeza ou troque-a 24.

Unidade compressora travada (falta de óleo lubrificante).

Substitua os componentes danificados e reponha o óleo MS LUB SCHULZ.


CSL 15BRG-30