Issuu on Google+

PROJETO

Sete Ondas


PROJETO DE: Paula Judice Alex Reis Marcoz Gomez


SETE ONDAS

O

ideal de uma cidade maravilhosa, sempre esteve no imaginário dos artistas, dos poetas e dos amantes da praia. Sete amigos vivem esse ideal, em algum lugar só deles, em algum momento entre a “onda do Pier “ e hoje. Como seria o Rio de Janeiro ideal? Como seria essa cidade realmente maravilhosa? 7 amigos vivem a emoção desse convívio, numa praia e tudo que a envolve.


Sete Ondas


INTRODUÇÃO

I

sso não é um projeto. É um sonho que surgiu na cabeça de um grupo de pessoas que desejam viver num “Rio ideal”.

A idéia é simples, por que está em todos nós. Pretendemos que este Seriado de TV, vire uma mania para as pessoas do mundo todo que hoje vêem o Rio de Janeiro como epicentro do mundo. Não só por ser um lugar “bacana” para se morar mas porque é o mais perto da natureza, da felicidade e da camaradagem que já se teve notícias.


O AMBIENTE

E

ssa convivência tem como cenário principal a ‘Praia do Barato’: um local que podia ser Ipanema dos anos 60 e 70 mas também pode ser um recanto desconhecido na Joatinga. Sem localização específica, esta praia do nossoimaginário não tem muita gente, não tem muito barulho, poluição ou qualquer outro vestígio de metrópole - mas, ao que parece, tem ondas enormes, um quiosque fantástico e bons amigos. Basicamente, tudo que uma praia dos sonhos precisa. Mais uma vez, a idéia faz parte de nossos desejos mais íntimos: criar uma redoma, um canto sossegado onde se possa curtir a natureza, em paz. Todas as cores são exaltadas e a praia vira um casulo para a trama se desenvolver, sempre cercada de arte, música e poesia. Pontos de encontro importantes para os personagens:- Quiosque de grande porte (comuns nas praias do sul), onde vendem sucos e comidas naturais. Em volta, cadeiras, mesas e futons com almofadas, compõem o ambiente - Uma oficina de prancha


Sete Ondas


Sete Ondas


REFERÊNCIAS

S

em aprofundar, de modo bem subliminar, trabalharemos com algumas referencias de nossa história, e suas contradições: - Anos 70 (Ditadura Militar e o Píer de Ipanema). Enquanto o Brasil lutava por seus ideais nas ruas, existia um lugar no Rio de Janeiro, onde o mundo já era perfeito: o Píer de Ipanema.

Naquele cantinho da praia, protegido por sua enorme duna, a alegria era cantada pelos jovens que abstinham-se do momento que viviam e todos seus problemas. Esta é a fantasia que todos queremos reviver, com todas as suas cores, sensações de liberdade, explosão artística e intelectual. Ao telespectador pode parecer ora um flashback, ora um sonho parecido vivido em nossos tempos. Como seria esse lugar nos dias de hoje? Um convite para o espectador entrar nesse ‘barato’ - por alguns minutos - e viver, ou reviver, essa utopia. Uma outra referencia importante que já nos inspira, desde agora, na formação dos personagens são as grandes “figuras” da época. Os personagens principais, vão nascer de inspirações tais como o ‘bon vivant’ Pedrinho Aguinaga, a sedutora Rose di Primo, a simplicidade e genialidade de Macalé, o empreendedorismos e a raça de Pepê, entre outros. Na nossa “Praia do Barato”, os personagens resgatam um pouco dos traços mais marcantes destes personagens da vida que escreveram a história do Rio nas areias de Ipanema.


A ESTÉTICA

P

ara construir esse momento utópico, o recurso da saturação de cores é essencial.

Esta “viagem” que os sete amigos fazem, quando escapam para a “Praia do Barato” interage com o telespectador de forma íntima usando a câmera como fosse seu ponto de vista. Tudo é muito colorido e maravilhoso.

As roupas reproduzem flores, a fotografia lúdica. O universo paralelo entre o caos urbano e este oásis, tem um pouco de todos os cantos tropicais do mundo. Tem um pouco de Havaí e um pouco de Jurerê, mas sobretudo é o Rio de Janeiro. - Nas paisagens urbanas, ruas mais vazias com mais “bikes” e skates, como gostaríamos que fossem. As tomadas de visões urbanas vão buscar o bucólico, o que ainda não morreu na história. Nas paisagens geográficas de natureza, ângulos inusitados de pontos turísticos da cidade. (Referencia: Mucio Scorzelli) - Passagens de tempo com imagens contemplativas dos esportes ligados à praia. (Ref.: canal ‘Off’) - Como homenagem, no fechamento de cada episódio a cena congela e há uma fusão para uma fotografia (com a mesma cena), da época do píer de Ipanema. - Extras: personagens verídicos, que viveram aquela época, vão contar suas histórias.


Sete Ondas


Sete Ondas


OS PERSONAGENS

O

s nossos sete amigos, que conviveremos na ‘Praia do Barato’, estão sendo criados com inspiração nas principais “figuras” que freqüentaram Ipanema nas décadas de 70. - O Bon vivant, de família rica, terá os traços de beleza e o sucesso com mulheres que teve Pedrinho Aguinaga.

- A “musa da praia” de corpo escultural mas alma engajada em grandes causas humanistas que rasgaria, outra vez, soutiens e lutaria pela liberdade feminina, como fez Rose di Primo. - Todo gingado e criatividade de Macalé. - O visionário Pepe, que está sempre me busca de adrenalina, superando seus próprios limites. E outros tantos cuja vida, cabeça e alma estamos revisitando para montar nossos roteiros. Como secundários, estamos pensando no tradicional vendedor ambulante, num atribulado proprietário do quiosque, que de tanto ouvir as confissões dos clientes transformou-se numa espécie de psicólogo de areia”. Queremos que as participações especiais surpreendam a todos trazendo à tona pessoas que até hoje contemplam o mar e têm muito o que contar. Muitos deles, viveram a época do Píer, na década de 70.


STILO E MODA


Sete Ondas


STILO E MODA


Sete Ondas


VEICULAÇÃO

P

rogramas inéditos serão exibidos semanalmente, em TV (Fechada), Internet e aplicativos para celular e tablet.

Sete Ondas


Sete Ondas


Sete Ondas


MÍDIAS SOCIAIS

- Serão postadas fotos, vídeos de bastidores e tudo sobre o seriado. - Assinantes receberão vídeos do programa no seu dispositivo móvel. - Canal onde ficarão disponíveis todos os vídeos dos episódios e bastidores. - Canal para interação "em tempo real" dos atores com o público.


Sete Ondas


Sete Ondas - Projeto