Page 1

Vacinação contra paralisia infantil é prorrogada

Anvisa derruba limite de idade para aplicação da vacina HPV em mulheres

Acusados de matar empresário serão ouvidos nesta segunda

Pág - 8

Pág - 9

Pág - 4

ANO 7

NÚMERO 1242

SÃO LUÍS - MA, DOMINGO/SEGUNDA, 30 DE JUNHO e 1º DE JULHO DE 2013 CAPITAL E INTERIOR - R$ 2,00 OUTROS ESTADOS - R$ 3,00

Bradesco prejudica turistas e raposenses Esportes

No município de Raposa, distante 24 km de São Luís, a situação dos atendimentos bancários causa muita insatisfação. Com aproximadamente 25 mil habitantes, a cidade turística conta com apenas um caixa do Bradesco, instalado em um posto de atendimento, que apresenta uma única funcionária para atender as demandas dos correntistas raposenses. Das duas lojas que recebiam pagamentos de contas e realizavam saques, através do serviço Bradesco Expresso, apenas uma continua prestando os serviços bancários, não conseguindo suprir a necessidade de saques diários pelos correntistas do município.

Etapas regionais dos JEMs começam nesta terça-feira Tudo pronto para o início das etapas regionais dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), maior competição estudantil do Maranhão promovida pela Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel).

Pág - 4

Polícia

Seic alerta contra falso sequestro no Maranhão Pág - 9

Estado

Pág - 2

Ano letivo deve ser concluído no início de 2014 Pág - 7

Em Alcântara

MP pede afastamento imediato do secretário de Educação Pág - 7

Coluna da Célia Lima

6 verdades sobre vacinas para proteger seu filho

Blog do Udes Filho Moradores da Raposa cobram saúde e infraestrura do prefeito Pág - 2

'Jamais irá passar', diz Feliciano sobre projeto da 'cura gay' “Esse projeto já nasceu morto. Na comissão ele foi aprovado, mas eu sei que ele jamais irá passar no Congresso”, disse o deputado federal Marco Feliciano (PSC) sobre o projeto conhecido como "cura gay" .

Pág - 3

Senado prevê votar a partir de terça passe livre e ficha limpa para servidor

Pág - 10

oquartopoder.com

Pág - 3


2 - Geral

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de Junho e 1º de julho de 2013

Moradores da Raposa cobram saúde e infraestrura do prefeito Depois de interditarem a Estrada da Raposa (MA203), desde as 5h da manhã, na quinta-feira (27), moradores da Vila Boa Esperança, no município de Raposa, só liberaram a via pública depois que conseguiram a presença do prefeito da cidade, Clodomir Oliveira (PRTB). Logo no inicio da manifestação, o prefeito Clodomir encaminhou aos manifestantes um documento se comprometendo a resolver todos os problemas por eles cobrados. O documento assinado por Clodomir serviu apenas para irritar ainda mais os populares que, rapidamente, jogaram o papel do prefeito na fogueira que bloqueava a passagem dos veículos. Recebendo a negativa da população, o prefeito de Ra-

posa se viu obrigado a sair do gabinete, sendo levado por uma viatura da Polícia Militar, acompanhado pelo Capitão PM Washington, até os manifestantes. Clodomir foi recebido com valhas e gritos de protesto contra sua administração. Questionado por um popular, sobre como está sendo gasto o dinheiro da Prefeitura, o prefeito se limitou a dizer: "Estamos sem recursos". Os ânimos só se acalmaram quando o prefeito se comprometeu, verbalmente, a resolver problemas relacionados às péssimas condições de infraestrura e da saúde pública do munícipio. As pastas da Infraestrutura e da Saúde são as mais condenadas pela população do município.

Vereadores de Rosário e Santa Rita discutem metropolização

Reunião dos parlamentares de Rosário e Santa Rita

O processo de efetivação da metropolização da Grande São Luís foi o tema principal do encontro dos vereadores de Rosário e Santa Rita, ocorrido na última sexta (21), no prédio da Câmara Municipal da segunda cidade. Entre os vários assuntos tratados durante a reunião, os parlamentares dos dois municípios iniciaram as tratativas para a implantação da metropolização na Grande Ilha. O presidente do Parlamento santarritense, vereador Marcio Muniz (PSDB), disse que os municípios de

Rosário, Santa Rita e Bacabeira, foram incluídos na região metropolitana, sem, sequer, serem comunicados. Para Muniz, a grande preocupação das cidades envolvidas é com os impactos que o projeto trará, principalmente, nas áreas do comércio e segurança pública. Léo Cavalcante, presidente do Legislativo rosariense, ressaltou que a união das Câmaras só fortalece os municípios incluídos. Ele disse ainda, que unidos, poderão inibir qualquer mazela que a administração municipal com a metropolização possa trazer às cidades.

Os manifestantes foram unanimes ao alertarem o prefeito Clodomir de que caso as reivindicações não sejam, de fato, resolvidas, as manifes-

tações continuarão em escalas bem maiores. Durante a manifestação, todas as entradas e saídas da cidade foram bloqueadas.

Abastecimento de água segue interrompido em Paraibano O abastecimento de água na cidade de Paraibano, a 530 quilômetros de São Luís, no leste do Maranhão, não tem previsão de retorno, segundo José Nilson Coelho, gerente regional da Caema Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão. De acordo com o gerente, o equipamento que distribui água para a cidade foi destruído numa invasão à sede da companhia, na noite de sábado (22). O prédio foi depredado por cerca de 30 pessoas durante uma manifestação contra a falta d’água no município, ocasionada pela queima de bombas de vários poços artesianos da

cidade. O problema, em algumas localidades, já dura mais de 40 dias. Os invasores jogaram pedras, destruíram portões e invadiram o local, colocando fogo em um cofre que continha documentos da empresa. Apenas três policiais estavam de plantão em Paraibano, e foi pedido um reforço ao contingente policial do município de São João dos Patos. Mesmo assim, não foi possível impedir os atos de vandalismo contra a Caema. O reforço policial conseguiu evitar o ataque a outro alvo dos manifestantes: a sede da prefeitura.

Sede da Caema no município do depredada

Bradesco prejudica turistas e moradores da Raposa No município de Raposa, distante 24 km de São Luís, a situação dos atendimentos bancários causa muita insatisfação. Com aproximadamente 25 mil habitantes, a cidade turística conta com apenas um caixa do Bradesco, instalado em um posto de atendimento, que apresenta uma única funcionária para atender as demandas dos correntistas raposenses. Das duas lojas que recebiam pagamentos de contas e realizavam saques, através do serviço Bradesco Expresso, apenas uma continua prestando os serviços bancários, não conseguindo suprir a necessidade de saques diários pelos

correntistas do município. A Raposa, que recebe um grande fluxo de turistas nos finais de semana, quase sempre fica sem dinheiro no caixa eletrônico, deixando turistas e raposenses em situação constrangedora. Durante a semana, o único caixa do Bradesco costuma ficar em manutenção por até dois dias seguidos, prejudicando ainda mais os correntistas raposenses. Além disso, a falta de caixas de outras instituições bancárias, como Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica, colabora para o caos financeiro e o tormento de nativos e turistas.

Vereadores de seis municípios recebem Bolsa-Família Principal programa social do governo, o Bolsa-Família ajudou a reeleger o então presidente Lula em 2006, foi cabo eleitoral de Dilma Rousseff no ano passado e mereceu elogios até mesmo de candidatos da oposição, que prometeram ampliá-lo se chegassem ao Planalto. Mas uma parte do dinheiro que deveria reduzir um pouco os efeitos da miséria em milhões de lares brasileiros, dez anos depois de criado o programa, ainda é desviada para beneficiar pessoas que não se encaixam no perfil exigido. De acordo com levantamento feito pela reportagem do Jornal O Quarto Poder, com base nos relatórios divulgados pelo Portal da Transparência da Controladoria Geral da União (CGU), mostram que vereadores de seis

municípios do Maranhão, estariam recebendo o beneficio de forma ilegal. Em Coroatá, a 247 quilômetros de São Luís, o vereador Juscelino do Carmo Araújo (PT), teria recebido o benefício mesmo tendo declarado à Justiça Eleitoral possuir patrimônio de R$ 320 mil. Em Fortaleza dos Nogueiras, a 661 quilômetros da capital, o 'beneficiário' foi o vereador Edimar Dias (PSD). Eliene Pestana (PTB), de Morros; Maria Dolores Menezes (PT), de Nina Rodrigues; e Ana Clara de Melo Santos (PMN), de Cajari, também receberam dinheiro do programa social Bolsa Família indevidamente. Em Bacabeira, quem recebia o beneficio era o vereador Joaquim Lopes (DEM), que atende como "Meu Povo".

Estudantes promovem manifestação em Santa Rita Seguindo onda de protestos País afora, estudantes de Santa Rita, a 81 quilômetros de São Luís, organizaram manifestação no sábado (29). A concentração do protesto ”Vem Pra Rua Santa Rita” marcada para as 16h, saiu do Alto de Fátima em direção à Praça da Prefeitura. Entre as reivindicações, manifestantes cobram melhoria dos serviços públicos e criticam a redução dos salários dos professores. O protesto foi organizado pelas redes sociais e reuniu

mais de 600 pessoas. “Uma nova gestão assumiu no começo do ano, Legislativo e Executivo, e com ela surgiram diversas promessas e esperanças de um futuro melhor para Santa Rita”, diz nota publicada na página do evento nas redes sociais. Entre outras reivindicações mais presentes, a melhoria das redes públicas de saúde e educação de Santa Rita. Além disso, manifestantes cobram investimentos na recuperação de vias e combate à corrupção.


O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Na Raposa

Brasil

'Jamais irá passar', diz Feliciano sobre projeto da 'cura gay' “Esse projeto já nasceu morto. Na comissão ele foi aprovado, mas eu sei que ele jamais irá passar no Congresso”, disse o deputado federal Marco Feliciano (PSC) sobre o projeto conhecido como "cura gay" em um culto realizado em Valinhos (SP).Ele chegou à igreja e com ele um grupo de 20 manifestantes que gritavam "fora Feliciano", "me cura" e "ele não nos representa". O grupo criticava o parlamentar, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, por causa da proposta que autoriza psicólogos a proporem tratamento para reverter a homossexualidade. De autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), o projeto da "cura gay" pede a extinção de dois artigos de uma resolução de 1999 do Conselho Federal de Psicologia. Um deles impede a atuação dos profissionais da psicologia para tratar homossexuais. O outro proíbe qualquer ação coercitiva em favor de orientações não solicitadas pelo paciente e determina que psicólogos não se pronunciem publicamente de modo a reforçar preconceitos em relação a homossexuais. A aprovação do projeto pela Comissão de Direitos Humanos ocorreu na semana passada e motivou protestos em Campinas

Para deputado, Congresso recuou após pressão popular

(SP) e também em outras cidades do país. Antes da chegada de Feliciano, 12 homens da Polícia Militar prepararam um cordão de isolamento para separar os manifestantes da entrada da igreja. “Não estamos aqui para ofender a religião deles. Estamos aqui para protestar contra o deputado e esse projeto homofóbico. Se ele estivesse em uma praça seria da mesma forma”, disse a professora Rosângela Paes. Para evitar que os gritos atrapalhassem o culto, fiéis fechavam as portas de vidros na entrada da igreja, no entanto, ao ser aberta para alguém passar, os manifestantes aproveitavam para gritar

contra o deputado. “Esse tipo de conduta não condiz com uma Comissão de Direitos Humanos. Esse ato é em repudio a isso. Que ele se retire da comissão”, criticou o biólogo Augusto Spadaccia. 'Fenômeno comportamental' - Ao fim do culto, Feliciano defendeu o direito de todos protestarem, mas rebateu as críticas dos manifestantes em frente à igreja. “O movimento de rua é legítimo. É a juventude brasileira mostrando a cara, mas contra mim é sempre o mesmo grupo. Eu não falei que homossexualismo é uma doença, e sim um fenômeno comportamental. Aqui na igreja tinha mil pessoas, lá tinha uns oito dizendo que eu

não os represento e não represento mesmo. Eu represento quem votou em mim, e estava aqui dentro. Não vou renunciar jamais”, revela. Protestos e lobby dos partidos - Para o deputado federal, as várias manifestações pelo país influenciaram a Câmara dos Deputados no projeto da ‘cura gay’ e outras matérias em destaque. “Todas essas manifestações fizeram o Congresso recuar. A PEC 37 estava aprovada há 15 dias. De repente veio a manifestação popular e matou o projeto”, diz. A pressão da população foi usada pelos movimentos contrários à ‘cura gay’, segundo Feliciano. “O projeto deveria ir para a Comissão de Seguridade Social e Família e Comissão de Constituição e Justiça, mas não seria aprovado porque a militância do movimento GLBT foi muito inteligente, aproveitou o momento e entrou no meio da multidão. Eles pensam que é um clamor nacional, mas não”, critica. Ainda segundo o parlamentar a pressão popular influenciou alguns partidos, tanto da base como da oposição. “Há um lobby em cima e é muito grande, que tem a benção do PT, do PSDB, e do PSOL, com isso esses partidos ficam fortes. A bancada evangélica não é só um partido, são diversos”, diz.

Política

Senado prevê votar a partir de terça passe livre e ficha limpa para servidor Após a aprovação da urgência na tramitação, o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDBAL), marcou para a próxima semana a votação dos projetos que tratam da obrigatoriedade da ficha limpa para servidores públicos e do passe livre para estudantes. As duas propostas são consideradas prioritárias por responderem a parte das reivindicações apresentadas nos protestos de rua e foram colocadas na pauta de votação do Senado de terça (2) e quartafeira (3), respectivamente. Na última terça (25), Renan anunciou o prazo de 15 dias para o Senado votar uma série de projetos de uma “agenda positiva” que busca responder às reivindicações

Geral - 3

dos manifestantes. Entre as prioridades, o presidente do Senado também prometeu votar projetos que destinam 10% do PIB para a educação e 10% do PIB para a saúde, além da obrigatoriedade de serviço civil no SUS realizado por médico formado em instituição de ensino pública, entre outras medidas. Os projetos do passe livre e da ficha limpa para servidores públicos tiveram requerimento de urgência aprovado nesta quinta-feira (27) em plenário, após reunião de Renan e dos líderes da base governista no Senado com a presidente Dilma Roussef. Com a urgência, os textos passam a ter a tramitação acelerada. O projeto do

passe livre irá para votação mesmo sem ter passado pelas comissões, que avaliam o mérito dos projetos. Ambos os projetos ainda terão de ser analisados pela Câmara. A proposta do passe livre, sugerida por Renan, assegura gratuidade no sistema de transporte público local aos estudantes do ensino fundamental, médio e superior com frequência comprovada em instituições públicas e privadas. O texto estabelece que o custeio da gratuidade será garantido com recursos dos royalties e da participação especial da exploração de petróleo e gás de contratos firmados a partir de dezembro de 2012. Ficha Limpa - O projeto da ficha limpa para servi-

dores públicos nomeados em cargos de confiança, de autoria do senador Pedro Taques (PDT-MT), teve parecer aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado em maio de 2012. A proposta de emenda à Constituição amplia o alcance da Lei da Ficha Limpa, aprovada em 2010, ao vedar a brasileiros em situação de inelegibilidade o exercício de cargo em comissão ou em função de confiança serviço público. A lei de 2010 considera inelegíveis aqueles que tenham sido condenados em decisão colegiada da Justiça, mesmo que o processo não tenha transitado em julgado (sem possibilidade de recursos).

Governo garante combustível mais barato para pescadores

Secretário Estadual de Pesca e Aquicultura do Maranhão, Dayvson Franklin de Souza

O Secretário Estadual de Pesca e Aquicultura do Maranhão, Dayvson Franklin de Souza, participou, no sábado (29), da 37ª Regata de Pescadores na Raposa. Na ocasião, em nome do governo, o secretário anunciou aos pescadores e à população do município da Raposa que o Governo do Estado adquiriu uma unidade em bomba e abastecimento composto por tanque e bomba de combustível para o Projeto de Subvenção do Óleo Diesel. A informação foi anunciada pela Governadora Roseana Sarney no Governo Itinerante que passou pelo

município no mês de maio deste ano. A bomba é de extrema importância, porque vai facilitar a compra do óleo diesel e assim haverá uma diminuição do preço do combustível para os pescadores e que refletirá no preço do pescado para a população, frisou o secretário Dayvson Franklin de Souza. Segundo o secretário, essa é a primeira vez que um Governo realiza uma doação de uma bomba dessa importância para os pescadores. Na oportunidade, também, foi reinaugurado o Centro de Instrução do Mar – CIMAR.

Lei Governo Federal publica regulamentação da Lei dos Portos O governo federal publicou no "Diário Oficial" o decreto que regulamenta a Lei dos Portos, sancionada no início de junho pela presidente Dilma Rousseff, estabelecendo um novo marco regulatório para o setor. "Este Decreto regulamenta o disposto na Lei no 12.815, de 5 de junho de 2013, e as demais disposições legais que regulam a exploração de portos organizados e de instalações portuárias.

O poder concedente será exercido por intermédio da Secretaria de Portos da Presidência da República", diz. Entre as atribuições da Secretaria, diz o texto, está elaborar o plano geral de outorgas do setor portuário; definir as diretrizes para elaboração dos regulamentos de exploração dos portos; e aprovar a transferência de controle societário ou de titularidade de contratos de concessão ou de arrendamento.

4º PODER Diretor Geral Udes Cruz Filho

Jurídico Saíle Azevêdo da Cruz José Silva Junior

Administrativo Célia Lima Ferreira Financeira Rosário A.Cruz

Editoração Cris Almeida

Endereço : Av. Odilo Costa Filho, N° 55, Parque. Universitário – Cep 65059-810 - São Luís-MA. U.L. DA CRUZ FILHO - CNPJ: 09.406.142/0001-28 Te l e f o n e s: (98) 3274-3007 / 8272-4183 / 9911-8325 m a i l : redacao@oquartopoder.com


4 - Cidades e Esportes

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Jogos Escolares

Futebol

Etapas regionais dos JEMs começam nesta terça-feira

Competição de Beach soccer promete ser bem disputada entre as escolas Tudo pronto para o início das etapas regionais dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), maior competição estudantil do Maranhão promovida pela Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel). Após a realização da Etapa Metropolitana no mês de junho, apenas com a participação de instituições de ensino de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, as disputas dos JEMs ganham caráter regionalizado. Esta segunda etapa da competição acontecerá em seis cidades-sedes durante o mês de julho: Barreirinhas, São João dos Patos, Imperatriz, Caxias, Presidente Dutra e Santa Inês. As duas primeiras cidades a receberam a Etapa Regional dos JEMs serão Barreirinhas e São João dos

Patos, a partir da próxima terça-feira (2) com a participação de instituições de ensino de outros 16 municípios: Vargem Grande, Miranda, Humberto de Campos, Afonso Cunha, Coelho Neto, Itapecuru, Santa Rita, Chapadinha, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Presidente Vargas, Santo Amaro, Rosário, Pastos Bons, Balsas e Passagem Franca. As disputas ocorrerão tanto na categoria Infantil (de 12 a 14 anos) como na Infanto (de 15 a 17 anos). Entre os dias 12 e 19, as disputas ocorrerão nas cidades de Caxias e Presidente Dutra. E, de 21 a 28, Imperatriz e Santa Inês sediam as duas últimas etapas regionais dos JEMs 2013. Vale destacar que todas as equipes campeãs destas re-

gionais se classificam para a Etapa Inter-regional, que será realizada em São Luís, e que irá definir os últimos classificados para a Etapa Estadual dos JEMs 2013. No site da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) está a lista atualizada de todas as instituições de ensino garantidas na Etapa Estadual dos Jogos Escolares. O endereço é www.esporteelazer.ma.gov.br. Em 2013, a Sedel irá homenagear dois ícones do esporte maranhense: Rubem Goulart e Ronald Carvalho. As duas personalidades darão os nomes aos troféus desta edição dos JEMs, nas categorias Infantil (de 12 a 14 anos) e Infanto (de 15 a 17 anos). Fórmula de disputa Pelo terceiro ano seguido, os JEMs estão sendo

disputados em quatro etapas: Metropolitana/Municipal, Regional, Inter-regional e Estadual. A primeira delas foi realizada em maio. Com esta fórmula de disputa, a intenção da Sedel foi de interiorizar as disputas dos Jogos Escolares aumentando o tempo da competição ao longo do ano. Após a realização da etapa Metropolitana/Municipal serão realizadas outras duas seletivas, que corresponderão às etapas Regional e Inter-regional, para que sejam definidas as equipes classificadas para a Etapa Estadual dos JEMs, que tradicionalmente é realizada em São Luís em dois períodos do ano. O primeiro período da Etapa Estadual ocorrerá entre os dias 3 e 17 de agosto com as disputas finais da categoria Infantil (de 12 a 14 anos). Nesta mesma época, a Sedel também irá promover a Paralimpíada Escolar. Já as finais dos JEMs da categoria Infanto (de 15 a 17 anos) estão marcadas para ocorrer entre 18 de setembro e 4 de outubro. Vale destacar que os campeões dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) serão os representantes do Maranhão nos Jogos Escolares da Juventude, principal evento escolar do país. Neste ano, as disputas das categorias Infantil e Infanto serão realizadas, respectivamente, nas cidades de Natal/RN e Belém/PA.

Na Alemanha

Ações de elaboração do Plano de Urbanização das Áreas do PAC Rio Anil terão início nesta terça Iniciam nesta terça feira (2), no bairro da Alemanha, as ações para elaboração do diagnóstico que identificará as áreas onde serão construídos os equipamentos comunitários nos bairros contemplados pelo PAC Rio Anil. A informação foi dada pelo secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha, em reunião de apresentação da empresa responsável pela urbanização da área.

Hildo Rocha falou também sobre a parceria entre o Estado e o município para efetivação do trabalho de urbanização e de regularização fundiária na área. "Estamos trabalhando para levantar todas as demandas com vistas a atender da melhor forma a população" ressaltou. As ações serão realizadas por meio de encontros setoriais, ou seja por bairros e por segmentos. Duran-

te três meses os técnicos da empresa estarão em campo mapeando áreas, levantando demandas para a elaboração do plano de urbanização. Também participaram da reunião, o secretário de Desenvolvimento Social, Fernando Fialho; secretário Adjunto de Projetos Especiais da Secid, Frederico Burnet; coordenador do PAC Rio Anil, Márcio Machado; superintendente de

Trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Lyvinsgton Athaíde; representante da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social, (Semcas), Lindalva Lopes, secretário Adjunto de Urbanismo da Secretaria Municipal de Terras, Habitação e Urbanismo, Diogo Lima; secretário adjunto de Habitação, Artur Boueres; lideranças comunitárias e técnicos da Secid.

WWW.OQUARTOPODER.COM

Em situação financeira ruim, Flu avisa que não deve contratar reforços

Abel e Rodrigo Caetano nas Laranjeiras A crise financeira que atinge os clubes cariocas também não perdoa o Fluminense, que se vê com poucas fontes de renda para pensar em investimentos maiores. O Tricolor se vê prejudicado por causa da quantidade de penhoras e, diante deste cenário, o diretor de futebol Rodrigo Caetano fez o alerta de que não se pode esperar grandes reforços para este ano, mesmo se algumas peças, como Thiago Neves, deixarem as Laranjeiras. Caetano disse que não pode pensar em contratar enquanto o atual elenco campeão brasileiro tiver dinheiro em atraso a receber do clube. - É muito difícil contratar por causa do momento financeiro, todas as receitas estão bloqueadas, existem penhoras. Os jogadores que aqui estão ainda tem algo a receber. Como gestor, não acho que seja uma atitude inteligente (contratar) - afirmou. Sonho de consumo da torcida tricolor, o meia Conca, que atua na China, fica cada vez mais distante. Ape-

sar disso, Rodrigo Caetano não descarta brigar pelo jogador, mas só quando o Flu tiver melhorado seu fôlego financeiro. - Não vamos ser irresponsáveis de falar sobre isso. Ele tem contrato até o fim do ano lá, mas muita coisa pode acontecer. Se houver chance, o que não é agora, vamos tentar. Quem está próximo de deixar o Fluminense é Thiago Neves, que deve ter seu destino definido nos próximos dias. O Al-Hilal teria oferecido cerca de R$ 18 milhões, aproximadamente R$ 2 milhões a mais do que o Tricolor pagou em janeiro do ano passado. Deste montante, o Flu ficaria apenas com cerca de R$ 3,6 milhões. O restante vai para a Unimed, que investiu na contratação. - Tivemos duas propostas, que estão sendo analisadas. Não há leilão. Vamos analisar junto com o nosso patrocinador. Agora ele está se recuperando de uma lesão e só sai se o negócio for bom para todas as partes finalizou Rodrigo Caetano.

Até 5 de julho Vacinação contra paralisia infantil é prorrogada Foi prorrogada até o próximo dia 5 de julho a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. Quem ainda não levou seu filho para receber as gotinhas da vacina deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência para a imunização. Crianças de 6 meses a 4 anos e 11 meses devem ser vacinadas. É importante que os pais ou responsáveis levem, também, a carteira de vacinação para o controle das doses aplicadas. Segundo a coordenadora de imunização da Secretaria de Saúde (Semus), Rita Carneiro, é importante lembrar que as crianças que estiverem em dia com a vacinação receberão as gotinhas contra a paralisia. Quem estiver em atraso ou

ainda não começou o ciclo da vacina passará por uma rápida avaliação para identificar se a imunização será realizada por via oral ou de forma injetável. “Esse é um dos motivos da necessidade da carteira de vacinação. É importante sabermos qual o estágio da criança quanto à vacinação para que a forma de imunizá-la seja a mais adequada”, ressaltou Rita Carneiro. Todas as unidades de saúde de São Luís estarão efetuando a vacina até o final da Campanha. Até agora, 84% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde para a capital do estado (73.939 doses) foi alcançada. Cerca de oito mil crianças ainda precisam ser vacinadas até o final da mobilização.


Classificados

(98) 3229 1560

Alugar

CrĂŠdito

Alugar

Citroen

Fiat Temporada

Estados

Bugre Compro

Chevrolet Outros

Interior

Anuncie aqui 98 3229 1560

ADVOGADO

Ford


(98) 3229 1560

Classificados

Avenida 1, Sala 2, Pirâmide (Próximo ao Depósito Mônica Construções)

(98) 3229 1560

Fones: 8701 1971 8104 8540


Municípios - 7

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Em Codó

Maranhão

Projeto do Fumacop muda a vida de mulheres

Ano letivo na rede estadual deve ser concluído no início de 2014

Mulheres com a mão na massa durante a fabricação de bolos que serão consumidos em escolas de Codó

Capacitar 60 mulheres na técnica de panificação, visando à produção de pães, salgados e bolos através da implantação de uma panificadora é o objetivo do projeto Construindo Sustentabilidade para Mulheres nas suas

Diversidades, no município de Codó. O benefício veio por meio da Secretaria de Estado da Mulher (Semu), por intermédio do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop). Foram aproximadamente R$ 2,5 milhões

em recursos destinados a 17 projetos, selecionados por meio de licitação. A Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Divina Providência foi contemplado com R$ 84.092,00. As mulheres dessa região já trabalhavam com a produção de alimentos de forma artesanal, sendo a produção maior a de bolo de milho que, inclusive, já está sendo utilizada pela Prefeitura Municipal na merenda escolar pelo PNAE. Mas, nem sempre foi dessa forma, de acordo com a presidente da Associação, Francileide Araújo. Como a estrutura era precária a produção era limitada devido à falta de equipamentos apropriados, o quê comprometia a comercialização da fabricação caseira dos bolos. Foi então que surgiu a oportunidade das associadas em participar da licitação dos

Projetos do Fumacop, por meio da Secretaria de Estado da Mulher. “Com esse projeto, a mulher está sendo valorizada, com a produção e comercialização dos produtos da panificadora, que é um complemento de renda e fonte de sustentabilidade”, declarou Francileide Araújo. Para a secretária Catharina Bacelar, a inserção dessas mulheres no mercado de trabalho possibilita melhoria de vida para toda a comunidade. Ela destaca que a Semu vem exercendo seu papel que é implementar as políticas públicas para as mulheres nos locais mais extremos de nossa sociedade. “Estamos conseguindo fazer com que as políticas públicas cheguem até as mulheres, principalmente as da zona rural, fazendo com que um sonho se transforme em realidade”, afirmou Catharina Bacelar.

Em Alcântara

MP pede afastamento imediato do secretário de Educação O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou, em 27 de junho, Ação Ordinária por Ato de Improbidade Administrativa, requerendo o afastamento imediato do secretário de Educação de Alcântara (a 421 km de São Luís), José Ribamar Castro Alves, por irregularidades cometidas quando este ocupava o cargo de presidente da Câmara de Vereadores do munícipio. A ação, subscrita pela titular da Promotoria de Justiça da Comarca, Bianka Sekeff Sallem Rocha, é baseada em relatórios e acórdãos do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), que constataram ilegalidades nas prestações de contas referen-

tes aos exercícios financeiros de 2007 e 2008 apresentadas pelo ex-presidente do Poder Legislativo do município. Os analistas do TCE verificaram, pelo menos, nove ilegalidades na prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2007 apresentada por Alves, resultando prejuízo aos cofres públicos de R$ 50,9 mil, entre elas, a ausência de processo licitatório na contratação de auditoria e assessorias jurídica e contábil e, ainda, na aquisição de equipamentos de informática; e remuneração indevida a vereadores por participação em sessão extraordinária e pagamento irregular de R$ 5,2 mil ao chefe do Legislativo.

Por sua vez, a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2008 continha sete irregularidades, totalizando R$ 80,1 mil, incluindo a inexistência de lei municipal fixando o subsídio dos vereadores como exige a Constituição; a presença de despesas sem comprovação, a abertura indevida de crédito suplementar e a presença de divergências entre valores contabilizados e apurados. Falta de zelo - "José Ribamar Castro Alves, quando Presidente da Câmara Municipal, demonstrou não possuir qualquer zelo pelo erário e, agora, como secretário de Educação incorre nas mesmas ilegalidades, no

tocante à situação da merenda escolar e do transporte escolar no município", destaca a promotora na ação. "Além disso, nas escolas municipais, os alunos convivem com a sujeira dos prédios e com o perigo da falta de manutenção", acrescenta. A representante do MPMA também apurou que Alves gastou R$ 58 mil dos recursos da Secretaria de Educação para pagar locação de veículos e apresentou nota fiscal sem detalhar preços individualizados e descriminar os veículos locados. Outra irregularidade constatada foi a não apresentação de informações relativas à licitação que, supostamente, gerou a despesa.

As aulas na rede estadual de ensino neste ano letivo de 2013 devem se estender até o início de 2014. O prolongamento no cronograma é reflexo da greve dos professores realizada neste ano, e da dificuldade de acordo entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) para a reposição da carga-horária referente ao período de paralisação. “A Seduc encaminhou uma proposta ao Sindicato

no intuito de realizar a compensação da carga-horária de 2013, adiando em 10 dias o inicio das férias de julho. A proposta não foi aceita pelo Sindicato, que sugeriu o cumprimento integral do tempo programado de férias”, afirmou a secretária-adjunta de Ensino, Leuzinete Pereira. Com a recusa do sindicato, o período de férias de julho será integralmente mantido, com retorno às aulas no início de agosto. Dessa forma, o cronograma sofrerá ajustes e inevitável prolongamento.

São Luís Prefeitura discute ações que garantam direitos da pessoa com deficiência Um grupo de trabalho formado por gestores da Prefeitura de São Luís e representantes do Fórum Maranhense das Entidades de Pessoa com Deficiência vai promover estudos sobre a criação de uma coordenadoria municipal com foco neste segmento. O assunto foi debatido, no Palácio de La Ravardière, com participação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, sete secretários da equipe de governo, a vereadora Rose Sales (PCdoB) e representantes de entidades do Fórum que aglutina ONGs, associações e entidades do movimento. Foi a segunda reunião realizada em menos de 10 dias entre o prefeito e representantes das entidades. “Esse é um compromisso que eu tenho com o movimento. Estamos criando um grupo de trabalho para dar encaminhamentos práticos. Vamos estabelecer uma agenda que será acompanhada pela nossa equipe de governo”, disse o prefeito. Ele afirmou que há expectativas positivas para a criação no futuro da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, conforme pleito apresentado pelas entidades, mas ressaltou os impedimentos orçamentários e de ordem legal para a implantação

imediata do órgão. O prefeito anunciou uma série de medidas que deverão atender as demandas da população portadora de deficiência. Entre elas está a criação da escola bilíngue para surdos e do núcleo produção em Braille; revisão da Lei de Muros e Calçadas; reforma dos cinco terminais de integração com implantação de rampas; logística de acessibilidade, obrigatoriamente adotada em todos os espaços públicos de eventos culturais, bem como os patrocinados pelo município. Destacou ainda que no seletivo realizado pela Secretaria de Educação (Semed) serão contemplados profissionais intérpretes de Libras para atender à demanda das pessoas com deficiência. Para o coordenador estadual do Fórum das Entidades dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Genilson Protásio, o prosseguimento das tratativas com o prefeito contribuiu para a afinação de políticas públicas, através de programas e ações voltadas especificamente para a população no setor da saúde, educação, turismo e cultura. Desde a primeira reunião, no dia 17, o prefeito demonstrou disponibilidade de atender ao conjunto das demandas do movimento.


8 - Geral

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Ópera do Malandro no TAA

64 vagas

Alunos formandos do Cacem apresentam espetáculo

Turma do Curso de Formação de Ator do Cacem que está se formando

Duas turmas de alunos concludentes do Curso de Formação de Ator, do primeiro semestre letivo de 2013, do Centro de Artes Cênicas do Estado do Ma-

ranhão (Cacem), escola de teatro da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), apresentarão, nesta terçafeira (2), às 19h, no palco do Teatro Arthur Azevedo, o

espetáculo Ópera do Malandro, texto de Chico Buarque de Hollanda, com direção de Domingos Tourinho. Com entrada franca, o espetáculo com duração de75 minutos tem classificação para 16 anos e retrata uma época histórica do Brasil, os anos de chumbo da ditadura militar, além de discutir a imposição dos costumes e modo de vida americano nas grandes cidades brasileiras pelo regime, contestado e criticado pela população que repudiava o sistema de governo dos anos 70. Após a apresentação do espetáculo, às 20h30 acontecerá a cerimônia de Formatura das turmas 125 e 126 do Curso de Formação de Ator, com participação de alunos do Cacem, professores e o público em geral. O curso de Formação de Ator do Cacem é composto de cinco semestres letivos, com 1.430 horas/aula e es-

tágio supervisionado com a montagem de um espetáculo teatral como conclusão do curso. Para ingressar, o aluno deve ter no mínimo 17 anos, ter concluído ou estar concluindo o ensino médio, pagar taxa de inscrição no valor de R$ 12,00 (doze reais) e se submeter a uma seleção por meio de entrevista, teste de leitura, redação, e exercício de improvisação teatral. Após a aprovação, o aluno terá semestralidades no valor de R$ 50,00, referente aos cinco semestres do curso profissionalizante. O curso tem aulas de segunda à sexta-feira, no horário das 18h30 às 22h. Interessados devem procurar a secretaria do Cacem, na Rua de Santo Antonio, 161 - Centro, de segunda a sexta-feira no horário das 13h às 19h ou pelo telefone 3218-9948 para informações sobre as inscrições e seleção no curso.

Saúde

Anvisa derruba limite de idade para aplicação da vacina HPV em mulheres A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o fim do limite de idade para a aplicação da vacina contra o HPV em mulheres, segundo uma decisão divulgada nesta sexta-feira (28). A vacina, antes limitada a mulheres entre 9 e 25 anos, agora poderá ser aplicada a todas as mulheres que tenham mais de 9 anos, sem outros tipos de limitação, informa a agência. A medida vale para a vacina conhecida pelo nome Cervarix, produzida pelo laboratório GlaxoSmithKline

(GSK), que imuniza contra o HPV dos tipos 16 e 18 os dois estão ligados ao surgimento de câncer no colo do útero em mulheres, ressalta a empresa na bula da medicação. Segundo informações da GSK dadas à Anvisa, a proteção também é ampliada contra os tipos 31 e 45 da doença, que também estão entre os principais causadores desse tipo de câncer. A ideia, segundo a agência, é possibilitar que mulheres acima de 25 anos também possam ser imunizadas contra o papilomaví-

rus. A GSK informa, na bula da medicação, que a vacina tem como objetivo impedir a infecção e não previne

de lesões causadas por HPV já presentes no paciente no momento da vacinação.

Justiça Ministério da Justiça abre processo contra TelexFree O Ministério da Justiça abriu um processo administrativo contra a empresa TelexFree, que vende um programa para fazer chamadas telefônicas via computador, por suposta formação de pirâmide financeira. Se confirmada a violação aos direitos e garantias previstos no Código de Defesa

do Consumidor, a empresa poderá ser multada em mais de R$ 6 milhões. Órgãos do governo já tinham apresentado indícios da prática criminosa, como oferta de ganhos elevados e rápidos proporcionados principalmente pelo recrutamento de novos participantes para a rede.

Para o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), a empresa não estaria cumprindo 'o dever de transparência e boa-fé nas relações de consumo' e veiculando publicidade 'enganosa e abusiva', informou, em nota, o Ministério da Justiça. No início do ano, o departamento recebeu denúncias

contra a companhia de diversos órgãos estaduais de defesa do consumidor, além da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), do Banco Central, da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

EBC abre concurso A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) abriu concurso público para 64 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio/técnico e superior. Os salários são de R$ 1.917 e R$ 3.208, respectivamente. As vagas são para Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e São Luís. Do total das vagas, 9 são reservadas para pessoas com deficiência. Os cargos de nível superior são para analista nas áreas de advocacia, contabilidade, criação e desenvolvimento na web e plataformas digitais, engenharia de rádio e televisão, engenharia de software, estatística e medicina do trabalho. As vagas de nível médio/ técnico são para técnico de operações nas atividades de apoio a imagem, auxílio operacional e transmissão e técnico de produção e manutenção nas atividades de edição e finalização de imagem e programação. Os profissionais ainda vão receber auxílio-alimentação de R$ 786,50, auxílio doença/invalidez de R$ 611 (para quem tem filho ou dependente com deficiência comprovada), auxílio-creche de R$ 422 (para quem tem filho entre 3 meses e 7 anos incompletos), seguro de vida em grupo, auxílio para capa-

citação do empregado e reembolso parcial das despesas com planos médicos e odontológicos. As inscrições devem ser feitas até o dia 21 de julho pelo site www.quadrix.org.br. A taxa é de R$ 34 para nível médio e R$ 58 para nível superior. O concurso será composto por prova objetiva, prova discursiva, prova de títulos e experiência profissional e prova prática. As provas objetiva, discursiva e prática serão aplicadas na data provável de 4 de agosto, às 14h, nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro, São Luís e Maranhão. A prova prática será apenas para o cargo de técnico de produção e manutenção na atividade de edição e finalização de imagem. Ainda haverá prova de títulos para analista nas áreas de criação e desenvolvimento na web e plataformas digitais, técnico de operações de todas as atividades e técnico de produção e manutenção nas atividades de programação e edição e finalização de imagem, e prova discursiva para os cargos de analista nas áreas de advocacia e engenharia de software. O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Simulador de direção veicular

Contran prorroga prazo para instalação do simulador no país O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou para o dia 31 de dezembro deste ano, a obrigatoriedade de instalação do simulador de direção veicular em todos os Centros de Formação de Condutores do país. O prazo previsto para a obrigatoriedade estava marcado para o dia 1° de julho, no entanto, como a maioria dos CFCs (Centros de Formação de Condutores) de todo o Brasil solicitaram o adiamento, devido o custo elevado do equipamento no valor de aproximadamente 33 mil reais, o Contran resolveu adiar a obrigatoriedade da máquina. Para o diretor geral do Detran-MA, André Campos, o Contran foi atencioso junto a categoria dos Centros de Formação de Condutores. “Essa medida é importante para que os Centros de Formação de Condutores possam atender as exigências e colocar em prática nas aulas o simulador só vem a qualificar, ainda mais, o futuro condutor!”, destacou. A decisão da prorroga-

ção foi publicada no Diário Oficial da União na última quarta-feira (26), na resolução nº 444/2013, do Contran que diz que as aulas realizadas em simuladores de direção veicular serão de 5 (cinco) horas aulas de 30 (trinta) minutos cada, com intervalos de 30 (trinta) minutos, ministradas após inicio das aulas teóricas e, antes da expedição da Licença para Aprendizagem de Direção Veicular - LADV. A cada aula ministrada no simulador de direção veicular, o software nele instalado, obrigatoriamente preverá, no mínimo, 10 (dez) situações que retratem as normas gerais de circulação e conduta previstas no Capítulo III, associadas às correspondentes infrações de trânsito previstas no Capítulo XV, ambos do Código de Trânsito Brasileiro. As aulas serão realizadas nos Centros de Formação de Condutores das categorias "A, B ou A/B", desde que cumpridos os requisitos de infraestrutura física, previstos pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran.


Geral - 9

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Golpe

Polícia

Seic alerta contra falso sequestro no MA A polícia voltou a receber denúncias de golpes do 'falso sequestro' nas últimas semanas, em São Luís (MA). De acordo com dados da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), são pelo menos 8 ocorrências por semana registradas na capital maranhense. “Esse número representa apenas uma média. Muitas pessoas caem no golpe, mas não levam o caso à polícia. Por conta disso, estamos novamente alertando a população sobre os riscos e como evitar para não se tornar mais uma vítima desse golpe”, avisou o delegado superintendente da Seic, Augusto Barros. Em um caso registrado na última quinta-feira (27), uma vítima foi levada a acreditar que a esposa foi sequestrada e acabou depositando a quantia de R$ 15 mil em uma conta bancária. Barros recomenda que, no caso de atender uma ligação desse tipo, nunca se deve passar informações como, por exemplo, o nome de algum familiar. “A pessoa deve tentar entrar em contato com o suposto sequestrado, enquanto continua na linha com o golpista, e imediatamente procurar a polícia, ao invés de levantar qualquer quantia”, acrescentou. Entenda como funci-

Delegado superintendente da Seic, Augusto Barros

ona o golpe - O crime geralmente é praticado por presidiários de outros Estados. Usando celulares de dentro de penitenciárias, os criminosos ligam para telefones residenciais se passando por atendentes de telemarketing ou amigos da família. Uma vez de posse das informações da rotina da família, eles fazem uma nova ligação dizendo que um familiar foi sequestrado e exigem o depósito de uma quantia em dinheiro para a suposta libertação da vítima. É característico ao golpe o suposto sequestrador perguntar se a pessoa tem filhos, pai ou mãe e se estes se encontram em casa. Para intimidar a vítima, eles colocam uma pes-

soa chorando ao telefone como se fosse o parente sequestrado, usando o estado emocional da pessoa para obter cada vez mais informações e concretizar o golpe. Com isso, a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) alerta a população sobre como se prevenir do crime. O objetivo é diminuir o número de ocorrências. Veja as dicas abaixo: 1. Mantenha a calma ao atender qualquer chamada do tipo. A medida ajuda a reconhecer se a ligação é verdadeira ou não; 2. Alerte todos os moradores de sua residência, principalmente idosos, crianças e funcionários a não fornecerem dados pessoais, como nomes, número

Classificados

Anuncie aqui e venda muito mais!

3274-3007 / 8272-4183 / 9911-8325

de quantas pessoas reside no local, telefone ou hábitos sobre os moradores da casa. Estas informações podem ser utilizadas para o criminoso conhecer sua família; 3. Ao realizar a ligação, o criminoso sempre demonstra ter pressa em finalizar as negociações; 4. Tente prolongar a conversa com o suposto negociador e, enquanto isso, se certifique que a pessoa supostamente sequestrada esteja bem. Para isso, utilize outro telefone celular e tente localizar o mais rápido possível a pessoa indicada no sequestro; 5. Se você cair no golpe, não deixe de prestar queixa na polícia. De posse de informações como o número de origem da chamada criminosa ou o número da conta em que o “resgate” foi depositado, a polícia pode identificar o criminoso e evitar que mais pessoas sejam vítimas. Em São Luís, a Seic fica localizada no Bairro de Fátima (antigo prédio da Rádio Timbira). Os telefones para contato são (98) 3214 8659 e 3214 8662, que também estão à disposição do cidadão; 6. A vítima pode manter contato ainda com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), pelo 190, ou com o Disque Denúncia (3223 5800 - capital e 0800 313 5800 - interior).

Acusados de matar empresário serão ouvidos nesta segunda

Kleyton Henrique Sousa Coelho e Thiago Wendson Souza Coelho

Nesta segunda-feira (1), os acusados de envolvimento no assassinato do empresário Jaime Pereira da Silva Filho, 41 anos, serão ouvidos em juízo. Thiago Wendson Souza Coelho, Kleyton Henrique Sousa Coelho e Paulo André Lima da Costa prestarão depoimento no Juizado Especial Cível e Criminal de Ribamar. É a primeira vez que os acusados serão ouvidos em juízo. Depois de prestarem depoimento, o juiz decidirá se eles serão levados á júri popular. Entenda o caso O Empresário Jaime Pereira da Silva Filho foi assassinado no mês de novembro de 2011, na praia do Panaquatira em São José de Ribamar. Jaime foi encontrado morto com três tiros. Segundo a polícia, o crime teria sido motivado por uma dívida. A vítima estaria devendo uma quantidade em dinheiro para os acusados. Já segundo a família de Jaime, a motivação do assassinato seria por inveja e para roubar o carro do empresário. “Os acusados alegam que meu irmão devia eles, mas na verdade eles é quem

deviam meu irmão. Eles mataram só por inveja e para levar o carro dele. Só não fugiram com o carro porque ficou atolado na areia. O pior é que eles se diziam amigo do Jaime, frequentavam a casa dele”, afirma José Ribamar da Silva, irmão da vítima. O crime teria sido encomendado por Kleiton Henrique Sousa Coelho. Segundo a polícia, era ele quem acompanhava a vítima nas viagens de negócios. Paulo André Lima da Costa teria levado a vítima à praia para a emboscada. De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Paulo Iran Moura, na noite do crime, Paulo André foi visto e depois identificado por várias testemunhas saindo do local do crime. O outro acusado, Thiago Wendson Souza Coelho, estaria com Kleiton na praia no dia do crime. O corpo do empresário Jaime Filho foi encontrado por volta das 3h do dia 21 de novembro na praia de Panaquatira. Segundo a polícia, ele foi espancado e morto a tiros. Para a família da vítima, o que esperam é que seja feita a Justiça.


10 - Variedades

O QUARTO PODER - São Luís, domingo/segunda, 30 de junho e 1º de julho de 2013

Coluna da

Célia Lima

Pensamento do Dia O único lugar onde sucesso vem antes do trabalho é no dicionário. (Albert Einstein)

celialima@oquartopoder.com

Por Thais Szegö

6 verdades sobre vacinas Conheça melhor o grau de importância e os riscos dessa prevenção e confie no poder das gotinhas e picadelas para proteger seu filho!

A

VERDADES SOBRE QUEDA DE CABELO É possível saber quando a queda está exagerada? VERDADE. O normal é caírem até 100 fios de cabelo por dia, avisa a dermatologista carioca Karla Assed, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology. Não é preciso contar, mas observe se eles estão aparecendo em todo lugar da casa, no travesseiro, no carro e, principalmente, se começam a surgir leves falhas no couro cabeludo (a chamada rarefação capilar progressiva). Nesse caso, procure um dermatologista para avaliar o quadro e orientar o melhor tratamento. Pentear o cabelo molhado acelera a queda? VERDADE. Ele fica frágil quando úmido e, ao desembaraçálo, a tendência é puxar os fios e quebrá-los. O trauma pode afetar a raiz, ocasionando a queda, informa a dermatologista. Também corre esse risco quem vive com o cabelo preso, sobretudo se essa tração for muito forte. Para evitar problemas, não penteie o cabelo no chuveiro. Seque-o com uma toalha e, só depois então desembarace com um pente de dentes largos, começando o movimento pelas pontas. Prenda o cabelo apenas quando estiver seco e, se possível, não todo dia, nem por muito tempo. Dormir com o cabelo molhado faz mal? VERDADE. É melhor rever essa prática. Mais fragilizados, os fios úmidos quebram facilmente com o atrito do travesseiro. Já o couro cabeludo fica abafado, demorando mais para secar totalmente. Isso favorece a proliferação de fungos e o aparecimento de caspa e outras doenças que levam à queda.

Moda

pontualidade faz diferença - Tudo bem atrasar ou adiantar um pouco uma apli cação, mas evite. O calendário é calculado para proporcionar proteção máxima ao seu bebê. “Atrasos, inclusive nos reforços, deixam o pequeno desprotegido, e adiantamentos podem ser ineficientes se o sistema imune não estiver maduro”, avisa o pediatra Renato Kfouri, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações. Há casos, porém, como o da catapora, comum na primavera, em que vale antecipar a vacina se o pediatra autorizar. Se ele estiver gripado, não dê Gripes, alergias e pequenas indisposições não são motivo para adiar uma vacina. Mas o pequeno não deve ser imunizado se tiver febre ou algum problema mais grave, como pneumonia, infecção urinária e quadros virais que provoquem manchas vermelhas na pele. “A vacinação também é contraindicada se a criança estiver usando medicamentos que baixam a imunidade, como corticoides”, alerta Kfouri. Na dúvida, consulte o pediatra antes de vacinar seu filho. Reação não é sinal de “pega” - Com exceção da BCG intradérmica – que é dada ainda na maternidade e deixa uma marquinha na pele quando acontece a pega –, não se espera que nenhuma vacina dê sinais de que o sistema imunológico passou a produzir anticorpos contra a doença. “Não há por que se preocupar”, garante Ana Paula Moschione, médica assistente da Unidade de Alergia e Imunologia do Instituto da Criança de São Paulo. Afinal, as vacinas já foram testadas e se mostraram eficientes. Em situações especiais, exames de sangue podem verificar a proteção contra rubéola e hepatites A e B. Além disso, apenas de 10% a 15% das crianças apresentam reações – como febre, irritabilidade e dor de cabeça ou no local da picada – e, mesmo nelas, os efeitos são brandos. “A maioria não tem nada, o que não significa que a vacina foi inútil”, afirma Ana. Se seu filho for do time que se ressente com a vacina, é fácil resolver. Faça compressas frias no local da picada até 24 horas depois da aplicação. Desse período para a frente, se o inchaço continuar, use compressa quente. Caso haja dor ou febre, pode dar o analgésico ou o antitérmico recomendado pelo pediatra. Mas nunca utilize esses medicamentos preventivamente, antes da vacina, pois eles interferem na ação da vacina. Onde? A escolha é sua - Posto de saúde, clínica particular ou consultório do pediatra. Cada lugar tem suas vantagens e cabe a você optar de acordo com suas possibilidades e convicções. Nos

Culinária Como usar as botas

Mulheres baixinhas podem usar as botas, seguindo as seguintes orientações: - A bota deve ter cano curto ou médio, as botas cano muito longo ficam desproporcionais ao comprimento das pernas. - O ideal é que a bota seja em um tom parecido com o da calça (ou meia), para manter a unidade, alongar as pernas e a silhueta. Portanto, invista em bota preta ou marrom com calças escuras e deixe as botas mais claras para calças beges, sempre tons parecidos. - Invista em botas com salto alto ou meia pata. - Ficam melhores os modelos mais ajustados na perna. Ficar com a bota solta com a boca “dançando” faz a mulher parecer mais baixa. - Nunca deixe a calça embolar na entrada da bota, para isso a calça deve ser skinny. - Na produção bota com vestido, os curtos ficam melhores e podem ser usados com meia calça. Se quiser alongar, use sempre a meia no mesmo tom do traje.

postos, o benefício é o custo zero. “Mas, nas clínicas de vacinação e nos consultórios pediátricos, costuma haver versões mais completas ou que provocam menos reações do que as oferecidas pelo governo”, pondera Kfouri. Um exemplo é a vacina pneumocócica – os postos aplicam a 10-valente e as clínicas a 13valente, que protege contra uma gama maior de bactérias causadoras de pneumonias e meningites. Seja qual for a escolha, é importante que o local seja bem higienizado, fiscalizado pela Vigilância Sanitária e que disponha de geladeira ou câmara com controle de temperatura para o armazenamento, além de mecanismo de proteção em caso de falta de energia. Em consultórios pediátricos, o médico deve ter credenciamento e alvará especial, emitidos pela Vigilância Sanitária, confira. Vacine seu filho sempre no mesmo lugar – assim, se a carteirinha dele se extraviar, é possível recuperar os registros sem ter de repetir a dose. Juntar vacinas funciona - É fato: nenhuma criança gosta de tomar vacina. Não é à toa, portanto, que a combinação de diferentes imunizantes em uma única dose seja uma tendência, pois garante, com menos picadas, a mesma proteção que seu bebê teria tomando cada uma individualmente. “O agrupamento, no entanto, só é possível quando a interação entre os componentes não interfere na eficiência de cada fórmula nem provoca efeitos colaterais”, explica o pediatra e imunologista Victor Nudelman, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. “Para garantir a segurança, as polivacinas passam por testes rigorosos em órgãos como o FDA, a agência governamental que aprova medicamentos nos Estados Unidos, e a Anvisa, no Brasil”, completa Ana. Quando aderir às campanhas - O objetivo da vacinação em massa é formar uma muralha de proteção imunológica para que, se alguém for contaminado fora do país, a doença não se espalhe. Se seu filho está com a vacinação em dia, a participação fica a seu critério. Caso ele tenha recebido uma vacina recente, não existe risco em imunizá-lo contra a mesma doença. “O único reforço que sempre aconselhamos é o da Sabin. Nem tanto por um cuidado pessoal, mas para proteção da comunidade”, diz Ana. O vírus da vacina, enfraquecido, se espalha pela população, criando uma imunização indireta, benéfica a todos.

Beleza

Bolo rápido de mandioca Ingredientes: . 1 prato fundo de mandioca picadinha (400 g aproximadamente) . 1 xícara (chá) de leite . 3 ovos . 3/4 de xícara (chá) de margarina . 1 vidro de leite de coco pequeno . 2 xícaras (chá) de açúcar . 2 xícaras (chá) de farinha de trigo . 1 xícara (chá) de maisena . 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo: Bata no liquidificador a mandioca, o leite, os ovos, a margarina, o leite de coco e o açúcar, até ficar homogêneo. Retire do liquidificador e incorpore a farinha de trigo, a maisena e o fermento peneirados. Despeje a massa em uma forma de furo central untada e enfarinhada e leve para assar em forno médio preaquecido.

Como usar máscara capilar Existem vários tipos no mercado: hidratante, nutritiva, antifrizz. e por aí vai. Algumas têm ação rápida (respondem em 3 minutos) e podem ser aplicadas no chuveiro. Outras exigem um ritual mais demorado (30 minutos) e pedem touca térmica. Hora de aplicar - Uma das camadas que constitui a fibra capilar é a cutícula, espécie de escama que fica na parte externa e é responsável por regular a entrada e a saída de água do fio. Ao aplicar o xampu no cabelo, sua ação detergente abre a cutícula para a limpeza e é nessa etapa, pós-xampu, o momento ideal para o uso da máscara. Assim, os ingredientes do creme penetram melhor no cabelo, promovendo reparação e tratamento da estrutura capilar?, explica o cabeleireiro Victor, do salão Vimax Art Hair Beauty (SP). Como o condicionador tem a função de amaciar o fio e selar as escamas, ele deve ser passado por último, ok? Dica para fios oleosos - Se você tem o cabelo oleoso, use a máscara antes do xampu, com os fios ainda sujos. Umedeça as mechas e aplique o produto. Após o tempo de pausa recomendado pelo fabricante, lave a cabeça com xampu e condicionador, ensina Victor.

oquartopoder.com

30 06e01 072013