Page 1

Fachin nega pedido de Lula para suspender ação penal que envolve terreno de instituto Pág - 3 ANO 13

NÚMERO 2834

SÃO LUÍS - MA, DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, 17 E 18 DE MARÇO DE 2019

CAPITAL E INTERIOR - R$ 2,00 OUTROS ESTADOS - R$ 3,00

Gasolina da Petrobras tem alta de 21% no ano, mas postos não acompanham.Pág-5 Vacina contra o HPV é um meio eficaz na prevenção do câncer de colo do útero

Eudes Sampaio toma posse como Prefeito de São José de Ribamar

A vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV) é uma das estratégias mais eficazes de prevenir o câncer de colo do útero, um dos tipos mais evitáveis da doença. As duas doses da vacina são disponibilizadas gratuitamente na rede pública para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. O alerta faz parte da Campanha Março Lilás da Secretaria de Estado de Saúde (SES), dedicada a chamar a atenção da população para ações de controle do câncer do colo do útero. Página - 02

Governo assina portaria que regulamenta o Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante” A portaria que regulamenta a execução do Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante” foi assinada nesta sexta-feira (15) pelos gestores das secretarias de Estado da Saúde (SES), da Fazenda (Sefaz) e Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas (SEEPP), em solenidade no Palácio Henrique de La Rocque. O programa é uma estratégia para estimular a procura pela assistência pré-natal por mulheres grávidas de baixa renda do Maranhão e reduzir as mortes materno-infantis no estado. A portaria dá seguimento ao decreto assinado pelo governador Flávio Dino na posse do segundo mandato. Página - 6

Página 3

Maranhão vem se preparando para avaliação no quesito gestão prisional

Página 7

Governo conclui quatro trechos rodoviários no primeiro trimestre de 2019 Página 5

Mais

Crime de feminicídio reduz no Maranhão e Governo intensifica rede de proteção Pág - 6

Gestão Edivaldo investe em novas ferramentas pedagógicas e avança na área da educação inclusiva Desde o início da gestão, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem trabalhado para promover a acessibilidade e a inclusão social na rede municipal de ensino. Entre as ações voltadas para o desenvolvimento dos estudantes público-alvo de uma área específica da rede, que é a Educação Especial, a Prefeitura disponibiliza o Atendimento Educacional Especializado (AEE).Página 2

www.oquartopoder.com

Mais

3ª edição da Mostra Sesc de Cinema está com inscrições abertas Pág - 7

redacao@oquartopoder.com


2 Geral

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Colo do útero

Vacina contra o HPV é um meio eficaz na prevenção do câncer A vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV) é uma das estratégias mais eficazes de prevenir o câncer de colo do útero, um dos tipos mais evitáveis da doença. As duas doses da vacina são disponibilizadas gratuitamente na rede pública para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. O alerta faz parte da Campanha Março Lilás da Secretaria de Estado de Saúde (SES), dedicada a chamar a atenção da população para ações de controle do câncer do colo do útero. “A campanha é uma prioridade da agenda de saúde da SES e busca reforçar todas as ações para combater a doença, que é a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. A vacinação contra o HPV é uma forma de prevenção primária, segura e muito eficaz. Com ela, protegemos nossos meninos e meninas, imunizando eles antes da exposição ao vírus”, destaca o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula. Mais de 100 tipos de HPV já foram catalogados no mundo, dos quais pelo menos 14 são cancerígenos. A vacina contra HPV fornece proteção contra os quatro ti-

pos considerados de alto risco, dentro os quais os tipos 16 e 18, responsáveis por 70% dos cânceres do colo do útero e lesões pré-cancerosas. É preciso tomar as duas doses para garantir a imunização contra o HPV – a segunda dose deve ser tomada seis meses após a primeira. A opção por imunizar meninos e meninas se deve ao fato de que é preciso administrar as doses antes da

exposição ao HPV, portanto, antes da primeira atividade sexual. Cobertura Um balanço parcial sobre a vacinação em 2018 mostra que 1.276 meninos e meninas receberam a primeira dose da vacina no Maranhão e 1.344, a segunda. Para a chefe do Departamento de Doenças Imunopreveníveis da SES, Helena Almeida, como não há a necessidade

de reforço anual, uma menina que for imunizada aos 9 anos, não precisará repetir aos 10. Contudo, mesmo disponível nas salas de imunização durante o ano inteiro, a cobertura precisa aumentar no estado. “Existe uma baixa procura por parte do público adolescente. Se faz necessário o incentivo dos pais ou responsáveis sobre a importância dessa vacina. Os municípios são orientados a realizarem nas escolas ações de sensibilização, para que o número de adolescentes cobertos pela vacina cresça”, comenta Helena Almeida. Além dos meninos e meninas, a vacina está disponível gratuitamente para pessoas de 9 a 26 anos vivendo com HIV/Aids e os indivíduos submetidos a transplantes de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos. O HPV é uma doença muito comum, sendo a doença sexualmente transmissível mais frequente na população. O vírus infecta a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões precursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus.

Novo secretário de Cidades, Rubens Júnior quer ampliar Cheque Minha Casa e moradia Reeleito deputado federal pelo Maranhão em 2018 com mais de 111 mil votos, o advogado e mestre em Direito Constitucional Rubens Pereira Júnior se licenciou da atividade parlamentar para enfrentar um novo desafio: atuar na equipe do governador Flávio como secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). Para Rubens Júnior, seu maior desafio é dar continuidade ao trabalho de reestruturação da pasta que já vinha sendo desenvolvido pela ex-secretária Flávia Alexandrina, que agora responde pela Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep). Uma das metas do novo secretário é dar prosseguimento às obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Rio Anil em São Luís. Segundo Rubens Júnior, serão entregues 1.700 unidades habitacionais até o final de 2019. As primeiras 1.500, até o final do primeiro semestre. “Muitas fam ílias que saíram daquela região e hoje estão sendo beneficiadas pelo Estado com o aluguel social serão agora contempladas com seu apartamento próprio. Além disso, há o Programa de Habitação Rural, que também está em andamento

e que atende mais 1.500 fam ílias”, destacou Rubens Júnior. Em sua primeira semana de trabalho, Rubens Júnior vistoriou diversas obras de habitação e urbanismo, entre elas, as de construção dos residenciais Jomar Moraes, Piancó e José Chagas. Somente o Residencial Jomar Moraes vai dar abrigo a 1.000 famílias que viviam em condições de vulnerabilidade social nos bairros da Liberdade, Camboa e entorno da Avenida Jackson Lago. Os empreendimentos estão em fase de conclusão. “Os três conjuntos habitacionais serão entregue no primeiro semestre. A única coisa que pode atrasar um pouco são as condições climáticas, que dificultam fatores externos para complementação da obra, como o asfalto, mas todos esses estão em execução”, diz o secretário. Além dos programas de habitação, o gestor delineou seu plano de atuação em outros três eixos: regularização fundiária, Programa Cheque Minha Casa e elaboração de novos projetos, este último focado na ampliação do número de equipamentos urbanos entregues pelo Governo do Estado.

Gestão Edivaldo investe em novas ferramentas pedagógicas e avança na área da educação inclusiva Desde o início da gestão, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem trabalhado para promover a acessibilidade e a inclusão social na rede municipal de ensino. Entre as ações voltadas para o desenvolvimento dos estudantes público-alvo de uma área específica da rede, que é a Educação Especial, a Prefeitura disponibiliza o Atendimento Educacional Especializado (AEE). O trabalho na área vem sendo aperfeiçoado ao longo dos anos com investimentos em projetos e ferramentas que favoreçam o desenvolvimento dos estudantes com deficiência, com o aprimoramento das suas capacidades e habilidades. Na última semana, a Prefeitura deu mais um passo na área, com a aquisição de aplicativo que favorece a comunicação entre professores e alunos com deficiência. Entre os mais recentes

investimentos da gestão na área da Educação Especial está a aquisição de um aplicativo que permite que pessoas com qualquer tipo de deficiência na fala tenham autonomia na comunicação. A ferramenta será utilizada inicialmente em 50 escolas da rede municipal de Educação. Para utilizar o aplicativo, professores e técnicos da rede municipal de ensino, de posse de 50 tabletes também adquiridos pela Prefeitura de São Luís, participaram nesta semana de uma capacitação. Atualmente, existem mais de 3 mil estudantes com autismo, altas habilidades, deficiências múltiplas, surdez, cegueira, mobilidade reduzida, deficiência intelectual, entre outras - beneficiados com o trabalho desenvolvido pelo município na área da Educação Especial. Entre as ações da gestão do

prefeito Edivaldo nessa área foram implementadas seis salas bilíngues (Libras e Português); um Núcleo de Produção Braille; além de mais de 130 salas de recursos em cerca de 65 escolas da rede municipal de ensino. O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, reforça o conjunto de ações que vêm sendo implementadas pela gestão do prefeito Edivaldo para oferecer um ensino de qualidade às crianças com deficiência. "Desde o início da gestão, o prefeito Edivaldo tem investido em projetos, ações e infraestrutura, a fim de ampliar a acessibilidade nas escolas e promover a inclusão de crianças com deficiência, oferecendo a elas um ensino qualificado, a partir do qual elas tenham oportunidade de desenvolver suas potencialidades", diz o titular da Semed.

As ações do poder público municipal incluem, ainda, o desenvolvimento de programas como o Oportunizar, que contribui com a inserção de jovens com deficiência no mercado de trabalho; a disponibilização de intérpretes de Libras e cuidadores, que atuam nas escolas municipais; além de ações de formação continuada para profissionais do ensino comum e da educação especial; acompanhamento técnico pedagógico; trabalho de orientação e acompanhamento familiar; transporte acessível; e desenvolvimento de projetos em parceria com instituições afins. A superintendente da Área de Educação Especial da Semed, Dalvina Ayres, enfatiza que o trabalho visa à inclusão social dos estudantes. "A gestão do prefeito Edivaldo buscar oferecer a todos, indistintamente, um

ensino público de qualidade. Por isso, os investimentos pela inclusão social e educacional dos alunos são observados tão claramente na rede. Ainda precisamos avançar, mas muito já foi realizado em prol das crianças com deficiência", disse a superintendente. As iniciativas beneficiam tanto os estudantes quanto

os pais, que percebem o seu desenvolvimento. Gusttavo Raphael tem autismo e é um dos estudantes atendidos pela rede municipal na sala de recurso. O espaço funciona no contraturno escolar e permite um atendimento individual e especializado e, a partir das necessidades específicas de cada um, favorece o aprendizado.


Política

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Eudes Sampaio toma posse como Prefeito de São José de Ribamar

O vice-prefeito Eudes Sampaio (PTB) tomou posse no cargo de prefeito de São José de Ribamar, região metropolitana da capital, em solenidade realizada no fim da tarde desta sexta-feira (15), no Salão do Turismo. A posse ocorre após a renúncia do então prefeito Luis Fernando Silva, que assumiu também nesta sexta, a Secretaria de Estado de Programas Estratégicos, a convite do governador Flávio Dino. Durante o discurso de posse, o prefeito Eudes Sampaio falou de gratidão ao se referir ao antecessor como “grande gestor e líder”. “Assumo o comando do município com o desafio de dar continuidade à política municipal planejada e executada dia após dia pelo prefei-

to Luis Fernando”, disse. Para Eudes Sampaio os números comprovam todo o trabalho dos últimos dois anos. “Esse trabalho reflete em números concretos, a exemplo do desbloqueio do FPM, da receita que conseguimos elevar e executar mais de 250 obras, entre elas escolas, unidades de saúde, mais de 140 km de pavimentação, além da execução de outros programas e projetos”, lembrou. Durante a solenidade, Eudes Sampaio reafirmou seu compromisso, assim como Luis Fernando, de seguir conduzindo a cidade com ética, comprometimento e responsabilidade. “Agradeço imensamente a recepção de cada um de vocês neste dia tão representativo

e especial. E temos agora a responsabilidade de dar seguimento ao trabalho de reconstrução realizado até aqui. Sigo com o apoio irrestrito de Luis Fernando, com a melhor equipe de secretários e assessores e juntos vamos seguir reconstruindo nossa São José de Ribamar”, afirmou. O Presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas, que deu posse ao prefeito, falou da missão do gestor em seguir o desenvolvimento da cidade e exaltou a ida do exprefeito Luis Fernando para o Governo do Estado, como sendo mais uma oportunidade de colaborar com o crescimento do município. “Parabenizo o novo prefeito, Eudes Sampaio, pela posse, desejando êxito na continuidade

do trabalho de reconstrução, lembrando que agora também teremos um forte apoio no governo do estado. Com a ida do Luis Fernando, nosso município só tem a ganhar”, finalizou. Também participaram da cerimônia de posse, o deputado federal, Pedro Lucas Fernandes, os estaduais Neto Evangelista e Carlinhos Florêncio, os ex-deputados federais Pedro Fernandes e Costa Ferreira, o corregedorgeral do Ministério Público, Eduardo Nicolau, o secretário de Estado, Eno Ferreira (Relações Institucionais), além de vereadores e outras autoridades das esferas estadual e municipais. Perfil Formado em Administração, com mais de 30 anos de atuação na iniciativa privada, Eudes Sampaio exerceu cargo público como secretário municipal da Receita e do Patrimônio Público Imobiliário, no período de 2005 a 2012, trabalho que elevou a economia do município de forma significativa. Foi também neste período que São José de Ribamar conheceu os reais limites, elevando a cidade ao terceiro maior município em população do estado, graças ao trabalho coordenado por ele. Eudes Sampaio exerceu os mandatos de vice-prefeito no período de 2013 a 2016, ano em que foi reeleito ao mesmo cargo na chapa encabeçada pelo prefeito Luis Fernando Silva.

Fachin nega pedido de Lula para suspender ação penal que envolve terreno de instituto O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender ação penal que corre contra ele no caso do instituto Lula. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (15). Na ação penal, o Ministério Público Federal acusa a Odebrecht de pagar R$ 12 milhões pelo terreno onde seria construída uma nova sede para o Instituto Lula. Segundo o MP, Lula teria obtido, ainda, uma cobertura em São Bernardo do Campo, vizinha ao apartamento dele. Ao todo, o PT teria recebido R$ 75 milhões da empreiteira, conforme a denúncia.

O ex-presidente é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e responde junto com o ex-ministro Antonio Palocci, que virou delator da Lava Jato. Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, desde o dia 7 de abril do ano passado depois condenação em segunda instância no caso do triplex em Guarujá (SP). Ele também já foi condenado no processo que envolve um sítio em Atibaia, no interior paulista – a defesa também pediu ao STF para suspender esse processo, mas ainda não houve decisão. Pedido da defesa Os advogados do ex-presidente apontaram cercea-

mento de defesa, ou seja, prejuízos à ampla defesa do acusado porque não tiveram acesso a um acordo de leniência da Odebrecht. Mas, conforme o ministro Fachin, a defesa conseguiu acessar o material apesar de ter relatado dificuldades e,

por isso, não há ilegalidade que exija reparação. Segundo Fachin, a defesa teve acesso aos principais documentos, ressalvados apenas "aparentemente" eventuais informações que ainda estão sob sigilo. Do G1

3

Fórum de Governadores do Nordeste se fortalece e mostra força política

No próximo dia 26, está prevista mais uma edição do Fórum de Governadores do Brasil, que debate assuntos e propostas para o país. Os governadores do Nordeste estarão presentes para defender projetos e ideias. Eles chegam com uma unidade poucas vezes vistas anteriormente. Isso significa que os governadores nordestinos vão defender pautas conjuntas, fortalecendo as bandeiras da região. Essa união foi possível graças ao Fórum de Governadores do Nordeste, que teve sua última edição na quinta-feira (14), em São Luís. Os nove Estados se reuniram no Palácio dos Leões e traçaram reivindicações comuns. Além disso, assinaram o protocolo para criar o Consórcio Nordeste, um instrumento de cooperação entre os Estados da região. Com o consórcio, poderão ser feitas compras conjuntas, para reduzir o preço dos produtos ou serviços. Quanto maior o número de itens adquiridos ou serviços contratados, maior é o poder de negociação dos Estados para reduzir custos. Também estão previstas cooperações policiais, parcerias em investimentos e mais trocas de conhecimento. “O Fórum é uma reunião dos governadores, que representam a opinião de seus Estados sobre cada pauta que tiver sido colocada. Já o Consórcio é uma ferramenta de gestão, que busca eficiência do gasto público. É uma ferramenta de desenvolvimento regional, de compar-

tilhamento de estrutura, de equipamento, de pessoal, de redução de custos”, explicou Rui Costa, escolhido presidente da instituição neste primeiro ano. Reivindicações O Fórum de Governadores também elaborou e divulgou uma carta se manifestando sobre temas de interesse regional e nacional. A carta se opõe à desvinculação orçamentária, que, se aprovada, vai reduzir verbas da saúde e da educação; rejeita mudanças na reforma previdenciária para não prejudicar os mais pobres; reivindica preservação de instituições de desenvolvimento como o Banco do Nordeste; e defende o atual Estatuto do Desarmamento. Segundo o governador Flávio Dino, “a agenda que apresentamos é de amplo diálogo com outros governadores de outras regiões. São pontos de vista que interessam à Nação e a outros Estados. É uma agenda de diálogo também com as bancadas federais no Congresso, de modo suprapartidário, e com o governo federal”. “Nosso desejo é que o Brasil avance, por isso temos propostas, uma visão sobre o desenvolvimento brasileiro. O que desejamos é que os Estados sejam ouvidos. Nossa esperança é que o governo federal leve em conta, num diálogo respeitoso, as posições que estamos apresentando, que vem no sentido de aprimorar as instituições brasileiras”, acrescentou.

(98) 99976-6175 \ (98) 98897-3555 \ (98) 98783-9244


4 Esportes e saúde

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Alexandre Pato rescinde com Tianjin Tianhai e fica livre no mercado

Alexandre Pato assistiu ao último jogo do Tianjin Tianhai na tribuna — Foto: Reproduçã/Weibo

Alexandre Pato está livre no mercado. O atacante brasileiro de 29 anos rescindiu neste sábado o seu contrato com o Tianjin Tianhai (ex-Tianjin Quanjian), clube que defendia há dois anos. O vínculo iria até o fim de 2019. Como as janelas da China e dos principais países da

Europa só reabre no meio do ano, Pato tem como possibilidade mais concreta neste momento retornar ao futebol brasileiro. Há cerca de um mês, São Paulo, Santos e Palmeiras aguardavam o desfecho desta novela, uma vez que contratá-lo diretamente do Tian-

jin sairia bastante caro. Na terça-feira, Pato postou uma série de mensagens na rede social "Weibo", onde é seguido por 753 mil pessoas, indicando seus próximos passos. - O que significa a felicidade? A verdade acaba sempre triunfando, não importa o

quanto tentam escondê-la ou pará-la. As mentiras são apenas um atraso temporário do inevitável - disse a enigmática mensagem de Pato. O artilheiro de 29 anos viveu um verdadeiro renascimento desde sua chegada há dois anos ao Tianjin Quanjian vindo do Villarreal (Espanha) por € 18 milhões, após uma série de lesões e má forma física. Mas, ao voltar de férias nesta temporada, o ex-jogador do Milan descobriu que sua equipe havia mudado de nome e se chamava agora Tianjin Tianhai, após um escândalo que envolvia o dono do clube. Pato não disputou os dois primeiros jogos (duas derrotas do Tianjin), e os rumores já falavam de um possível retorno ao Brasil. Considerado um dos melhores jogadores da primeira divisão chinesa, o jogador havia se tornado um dos preferidos dos torcedores do país asiático, que apreciam sua boa adaptação aos costumes locais. Ele marcou 34 gols em 58 jogos. Do Globoessporte.com

Discreto, Michel Macedo busca destaque em difícil missão de substituir Fagner no Corinthians Apesar de ser jogador do Corinthians há cinco meses, Michel Macedo ainda é um nome e possui um rosto pouco conhecidos para o torcedor. Neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena, em jogo diante do Oeste, o jogador de 29 anos terá nova chance de aparecer. Será seu terceiro jogo. Contratado ainda em outubro, o lateral-direito passou a treinar com os companheiros na reta final do Brasileirão, sem poder jogar. Neste ano, ganhou chance no segundo tempo do amistoso contra o Santos e foi titular pela primeira vez contra o Botafogo-SP, com atuação discreta, quando Fagner foi poupado. Contra o Oeste, substitui de novo o camisa 23, agora suspenso pelo terceiro amarelo. De estilo discreto, não tem concedido entrevistas. Aprovado pelo técnico Jair Ventura ainda no ano passado, sabe que precisa mostrar a cada dia o seu valor a Fábio Carille, que chegou em dezembro, e tem

Michel Macedo no treino do Corinthians — Foto: Rodrigo Gazzanel - Agência Corinthians

se focado nisso. Afinal, a missão de substituir Fagner, jogador que atuou como titular da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, não é das mais fáceis. Desde 2014, ano em que o titular recomeçou sua história no clube, passaram pela

função Ferrugem, Edílson, Léo Príncipe e Guilherme Mantuan. Nenhum deles sequer ameaçou o titular, ídolo da torcida, dono de quatro títulos e um dos líderes do vestiário. O primeiro desafio Michel Macedo já superou. Em seus dois primeiros jogos do ano, quebrou uma falta de ritmo de

jogo enorme, já que não atuava num jogo oficial desde maio do ano passado, pelo Las Palmas, da Espanha. Mais solto, espera mostrar mais na nova oportunidade recebida. O contrato com o Corinthians é válido até o fim de 2021. Do Globoesporte.com

www.oquartopoder.com

Pesquisadores da Fiocruz desenvolvem teste que custa R$ 1 para detectar zika

Através da atual técnica utilizada para diagnosticar a doença, cada teste custa R$ 40 e o resultado é obtido depois de cinco horas.

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco desenvolveram uma técnica mais barata e mais rápida para detectar o vírus da zika. Depois de cinco meses de pesquisa, foi desenvolvido um teste que custa R$ 1 e apresenta res ultados em m enos de uma hora. O padrão utilizado atualmente, o PCR, tem custo unitário de R$ 40 e m ostra resultados após cinco horas. De acordo com o estudante Seferino Jefferson, autor da pesquisa, a tecnologia não necessita o uso de equipamentos complexos ou caros para apresentar o resultado. “Queríamos chegar a um método que não precisasse de tanta complexidade para diagnosticar a doença e chegam os a e s s e r e s ul t a do . Cada teste custa R$ 1 e o resultado pode ser visto a olho nu”, diz o pesquisador. Chamada de amplificação isotérmica mediada por alça, a técnica mistura agentes m oleculares com o material genético do indivíduo em teste. O método tam bém dim inui o tempo de obtenção dos resultados em relação à técnica PCR. “Os reagentes

do nosso teste mostram [ r e s u l ta do s ] em po uc o mais de 20 minutos”, afirma Jefferson. Para chegar ao resultado, foram utilizadas 60 am ostras de mosquitos Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus. Os insetos foram infectados naturalmente ou em laboratório com os vírus da zika, dengue, febre amarela e chikungunya. Na próxima etapa da pesquisa, o grupo pretende concluir os testes com amostras humanas. O orientador da pesquisa, Lindomar Pena, conta que o m étodo tam bém apresenta mais sensibilidade. “Em alguns casos em que o vírus da zika não foi detectado pela PCR, nós conseguimos detectar através desse teste”, afirma o professor. O método, no entanto, apresenta resultados específicos para zika e não apresentou reação cruzada para outras arboviros es . “ Vam os patentear para disponibilizar ao público. A nossa expectativa é de que a população possa utilizar esse método nos próximos anos”, declara Pena. Do G1

98897-3555 / 99976-6175


Municípios 5

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Governo conclui quatro trechos rodoviários no primeiro trimestre de 2019 Com base no planejamento definido pelo Governo do Maranhão, o primeiro trimestre de 2019 foi marcado por investimentos superiores a R$ 62 milhões nas rodovias maranhenses. Os trabalhos foram executados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) nas regiões dos Lençóis Maranhenses, Baixada Maranhense e no Baixo Parnaíba. A finalização das obras de asfaltamento em todos os trechos, somam mais de 90 quilômetros de pavimentação implantada. De acordo com o Secretário da Sinfra, Clayton Noleto, os trabalhos seguem em andamento em várias regiões do estado. Ele disse que, apesar da crise econômica nacional, o Governo do Estado está investido para manter um planejamento contínuo de obras em várias regiões. “É gratificante poder saber que, sob o comando do nosso Governador Flávio Dino, aquilo que programamos, estamos trabalhando para cumprir. A população do Maranhão está recebendo mais investimentos nesse primeiro trimestre, e queremos manter esse ritmo e avançar cada vez mais”, disse. Na região do Baixo Parnaíba, a MA-110, que interliga o Maranhão ao Piauí, por meio dos municípios de

São Bernardo e Luzilândia, era aguardada por muitos anos pelos moradores. O Governo do Estado entregou a rodovia 100% pavimentada e sinalizada, encerrando de vez os problemas de deslocamento enfrentados no verão ou inverno. Os moradores da região comemoram a realização da obra. “Antes, todo mundo ficava com medo, hoje é rápido e seguro. Dá para ir até de bicicleta, qualquer viagem a gente faz tranquilo”, Bernardo Neto. “Toda sociedade está gostando, tudo novinho, uma beleza! Ficou fácil demais para viajar de São Bernardo até Luzilândia”, disse. José Batista. Inaugurada na Região Lençóis Maranhenses, a

primeira ecorodovia do Maranhão foi outro avanço do Governo do Estado. A rota pela MA-315 que interliga os municípios de Barreirinhas até Paulino Neves, conectou, de forma rápida e segura, a comunidade e os turistas que visitam o Delta das Américas. Os serviços mais recentes foram finalizados na Estrada do Peixe, a MA-014, que liga a sede do município de Matinha ao povoado de Itans. A obra era muito aguardada por comunidades da Região dos lagos, na Baixada maranhense, já que o acesso nessa região tem ligação direta com a movimentação da economia dos povoados. Parte da população dessa região trabalha com

agricultura familiar e precisa de acesso para escoar a produção. O município de Presidente Médici até Centro do Guilherme também está com a MA-307 finalizada, dando mais uma opção de rota com segurança para quem trafega pela via. Obras - Nos últimos quatro anos, as ações de melhoria das rodovias maranhenses, fazem parte da estratégia do Governo do Estado, por meio da Sinfra, que estão trabalhando 1278 km de rodovias. Foram mais de R$1,5 bilhão investidos na pavimentação de vários trechos importantes em todos as regiões do Maranhão, dando mais acesso para quem trafega todos os dias pelas rodovias do Maranhão.

Gasolina da Petrobras tem alta de 21% no ano, mas postos não acompanham A Petrobras voltou a elevar o preço médio da gasolina em suas refinarias neste sábado (16), ao maior patamar em cerca de quatro meses e meio, embora nas bombas esse movimento não esteja sendo observado, conforme dados da petroleira e da reguladora ANP. De acordo com dados no site da estatal, o valor da gasolina subirá 1,5%no sábado ante o praticado atualmente, para R$ 1,8235 por litro. Trata-se do nível mais alto desde o R$ 1,8466 visto em 2 de novembro. Em uma semana, a cotação acumula alta de 5,5%. Em 2019, o avanço nas refinarias chega a quase 21%. O ganho é reflexo direto da valorização das referências do petróleo no mercado mundial, diante principalmente de cortes de oferta pelo grupo de exportadores Opep e sanções norte-americanas ao setor petrolífero da Venezuela e do Irã. Nesta semana, os preços da commodity tocaram máximas em quatro meses. Os reajustes quase que diários são praticados pela Petrobras desde meados de 2017 e visam acompanhar a paridade internacional, de modo a garantir participação à petroleira no mercado interno. No ano passado, após forte volatilidade, a empresa anunciou um

mecanismo de hedge para aperfeiçoar essa sistemática, podendo congelar os valores nas refinarias por certo período de tempo, se necessário. Nas bombas dos postos de combustíveis, contudo, tais reajustes da Petrobras não estão sendo acompanhados, segundo acompanhamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço médio da gasolina Brasil afora nos postos fechou a semana passada em R$ 4,243 por litro, queda de 2% desde o início do ano. O repasse de preços ao consumidor final depende da estratégia comercial das distribuidoras e revendedoras, do valor do etanol anidro misturado à gasolina, dentre outros fatores. Em campanhas publicitárias veiculadas em 2018, a Petrobras frisava que o valor de seu produto nas refinarias equivale a um terço da cotação nas bombas. O movimento da gasolina da Petrobras, que detém a maior parte do mercado do combustível do Brasil, é uma sinalização importante para segmento de açúcar e etanol --no caso do hidratado, o combustível é o concorrente direto do derivado de petróleo. Do G1

Governo amplia encaminhamento de jovens ao mercado de trabalho Mais de 60 jovens maranhenses terão, nos próximos dias, a primeira experiência no mercado de trabalho. As oportunidades surgiram a partir do programa Jovem Aprendiz, que tem o objetivo de promover a aprendizagem profissional por meio da capacitação gratuita de jovens entre 14 a 24 anos em todo o estado. No programa, o aprendiz tem a oportunidade de desenvolver habilidades profissionais, conciliando a prática e a teoria, tendo uma carga horária trabalhada e outra com a qualificação em sala de aula. O jovem tem direito a uma bolsa auxílio de acordo com a função desenvolvida e, ao término do contrato de aprendizagem, pode ser absorvido no quadro efetivo da empresa.

Com objetivo de preparar os adolescentes para o processo de iniciação no mundo do trabalho, durante esta semana, o Governo do Estado, pormeio da Secretaria de Estado de Trabalho e de Economia Solidária (Setres) promoveu oficinas de orientação ao trabalhador, com acompanhamento psicológico, onde os jovens receberam instruções sobre a postura ideal que deve ser adotada em uma entrevista de emprego. Para ampliar o banco de vagas do programa Jovem Aprendiz, a Setres está fazendo a articulação e buscando parceria com empresas de várias regiões do estado. O processo tem como base a notificação da Superintendência Regional do Trabalho aos empreendimentos maranhenses, que

disponibilizam os postos de trabalho de acordo com suas demandas internas. O secretário de Trabalho e de Economia Solidária, Jowberth Alves, ressalta que mesmo com a deficiência existente na política de geração de emprego em nível nacional, no Maranhão, o Governo do Estado, por intermédio da Setres, tem intensificado as ações de captação de vagas e ampliação de oportunidades no mercado de trabalho. “No Brasil, atualmente, a precarização do trabalho e do emprego tem prejudicado o aumento do número de postos de trabalho. Por conta disso, nós temos intensificado as ações e articulações para superar essa realidade, principalmente, na busca de captação de vagas para jovem aprendiz,

Jovens são capacitados para o mercado de trabalho

que é uma das nossas prioridades”, destacou. Com as vagas no sistema, por meio do Sistema Nacional e Em pr egos

(Sine), a Setres faz a convocação, alinhamento e encaminhamento dos jovens ao mercado de trabalho. O cadastro dos interessados

é feito nas agências do Sine, sendo necessário a carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência.

w w w. o q u a r t o p o d e r. c o m


6

Geral

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Governo assina portaria que regulamenta a execução do Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante”

A portaria que regulamenta a execução do Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante” foi assinada nesta sexta-feira (15) pelos gestores das secretarias de Estado da Saúde (SES), da Fazenda (Sefaz) e Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas (SEEPP), em solenidade no Palácio Henrique de La Rocque. O programa é uma estratégia para estimular a procura pela assistência pré-natal por mulheres grávidas de baixa renda do Maranhão e reduzir as mortes materno-infantis no estado. A portaria dá seguimento ao decreto assinado pelo governador Flávio Dino na posse do segundo mandato. “Temos um número muito pequeno de mulheres maranhenses que realiza pelo menos seis consultas prénatais, como preconizado pelo Ministério da Saúde. O Cheque Cesta Básica – Gestante, nesse sentido, é mais um incentivo para que elas busquem assistência médica. Mais do que isso, é uma forma de conseguirmos fazer a triagem e o acompanhamento, evitando complicações e reduzindo as mortes de mães e bebês”, destacou o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula. O benefício será pago diretamente à gestante em até nove parcelas de R$ 100, sendo até seis parcelas durante a gravidez e as demais

nos primeiros meses de vida da criança, e deverá ser utilizado, exclusivamente, na aquisição de alimentos. “É um grande passo em defesa da mulher maranhense e no combate às desigualdades sociais. No momento da gestação, a mulher fica vulnerável e o programa acaba dando o auxilio e fortalecendo a autonomia e dando segurança a ela”, ressaltou a secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça. O recurso do programa é oriundo da arrecadação de valores do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrados de produtos da cesta básica (arroz, feijão e ovos). O investimento é de R$ 20 milhões. “É um projeto inédito no país, que, além de ajudar a gestante maranhense, nasce com uma marca de justiça fiscal grande”, comentou o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves. Para o gestor da SEEPP, Marcos Pacheco, o programa tem a marca da gestão Flávio Dino e traduz o conceito de convergência institucional. “Existe um acervo de estratégias e programas deste governo que têm uma convergência: o enfrentamento das desigualdades sociais. Existe uma concentração de esforços no sentido de resgatar o desenvolvimento social do es-

tado”, salientou. Adesão - Durante a solenidade, o secretário municipal de saúde de Coroatá e presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde do Maranhão (Cosems-MA), Vinicius Araújo, assinou o Termo de Adesão Cheque Cesta Básica – Gestante, sendo o primeiro município a aderir formalmente ao programa. “O programa vai ajudar também a qualificar a porta de entrada do SUS, que é a atenção primária, estimulando que a grávida busque a unidade básica de saúde. Não podemos fazer saúde de forma isolada. Município fazendo um trabalho e Estado outro. O trabalho em conjunto é fundamental para quem quer fazer saúde com qualidade”, declarou. Participaram também da solenidade o secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, os deputados estaduais Yglésio Moyses e Daniella Tema, gestores municipais de saúde, lideranças de movimentos populares, servidores e população. Critérios - Para ingressar no programa, a gestante deve procurar a rede pública de saúde até a 12ª semana de gestação, estar cadastrada no município maranhense em que mora e possuir renda familiar mensal que não ultrapasse um salário

mínimo. O cadastro será realizado pelo Município na primeira consulta pré-natal, através de sistema de informação específico. O recebimento das parcelas está vinculado ao acompanhamento do prénatal, puerpério e puericultura, conforme as condições: realizar uma consulta de pré-natal, obrigatoriamente, no primeiro trimestre e até a 12ª semana da gestação; cinco consultas de prénatal, preferencialmente, duas no segundo e três no terceiro trimestre da gestação; duas consultas de puerpério e puericultura, sendo a primeira até sete dias e a segunda de 30 a 42 dias após o nascimento. Outros critérios obrigatórios para receber as parcelas são a realização de exames laboratoriais, conforme calendário de pré-natal; cumprimento do esquema vacinal completo e atualizado da gestante comprovado pela caderneta de vacina; estratificação de risco gestacional, a ser realizada na primeira consulta e nas subsequentes; cumprimento do esquema vacinal completo e atualizado da criança comprovado pela caderneta de saúde da criança. Em casos de parto prematuro, será garantida à beneficiária a concessão de até nove parcelas, desde que seja dada continuidade do acompanhamento de consultas e exames de puerpério e puericultura. A validade do benefício encerra-se após 60 dias da disponibilização do crédito no cartão da beneficiária. Após esse período, o valor será restituído à conta específica do programa, podendo o Governo do Estado, realocá-lo. A gestante deve comprovar nas consultas de puericultura seu ingresso nos programas de planejamento reprodutivo ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), caso isso não ocorra a mulher ficará impedida de acessar novamente o programa.

'O mundo silenciou e a guerra na Síria continua até hoje', diz socorrista

Ammar El Selmo era líder dos Capacetes Brancos em Aleppo até 2016 — Foto: Arquivo pessoal

O ex-professor de inglês Ammar Al Selmo vive com a mulher e o filho de dois anos em Idlib, no noroeste da Síria. Ele teve o mesmo destino dos mais de 12 milhões de compatriotas expulsos de suas casas pela guerra civil que completou oito anos nesta sexta-feira (15). Selmo trabalha há seis anos como voluntário na organização Capacetes Brancos -- um coletivo de socorristas que chegou a ser indicado para o prêmio Nobel da Paz em 2016. Eles costumam atuar em zonas controladas por opositores do regime de Bashar al-Assad. Os capacetes brancos ficaram conhecidos por serem os primeiros a chegar após os bombardeios e por divulgar na internet imagens de difíceis resgates feitos muitas vezes com instrumentos rudimentares ou com as próprias mãos. Ele mesmo comprou uma câmera com o amigo para documentar seu trabalho. “Pensamos que então íamos fazer a diferença ao denunciar aquelas atrocidades, porque isso não deveria acontecer. Mas o mundo silenciou e a guerra continua até agora”, afirmou ao G1. Para ele, as imagens registradas durante o conflito não fizeram nenhuma diferença. “Hoje temos milhares de

fotos vídeos dos crimes que circularam pela América, pela Europa. E o que essas fotos fizeram? Nada! Centenas de milhares foram mortos e nada aconteceu. A gente não espera nada. Só queríamos uma humanidade mais justa”, desabafa. Como atuam em áreas dominadas por opositores, os capacetes brancos são acusados de abrigar rebeldes entre seus integrantes e de “fabricarem” vídeos impactantes. O regime de Assad e seus aliados russos também colocam em questão a neutralidade do grupo, que é financiado por doações internacionais. Reconhecimento como socorrista O conflito sírio teve início em 15 de março de 2011 após protestos pacíficos em Damasco e Deera serem reprimidos com violência pelas forças de segurança do governo. Depois dis s o, os p r ote s tos s e transformaram em uma insurreição contra o regime de Bashar al-Assad. Selmo morava em Alepo, ex-capital econômica da Síria e uma das cidades mais antigas do m undo. Em 2012, o controle da cidade foi dividido entre forças rebeldes e o regime. Em 2013, ele passou a atuar como capacete branco. Do G1

C ri m e d e f e m in i c íd i o r e d uz no M ar a n hã o O conjunto de medidas para reestruturação e equipamento do sistema de segurança pública no Maranhão mostra os resultados positivos no combate à violência contra a mulher. Segundo dados Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), os casos de feminicídio reduziram

15%, no comparativo nos últimos dois anos. Os dados se referem a casos na Grande São Luís e interior do estado, apontando que em 2017 somaram 51 os casos deste tipo, diminuindo para 43 em 2018. A redução é atribuída ao maior número de policiais nas ruas e em pontos estratégicos, à edição de uma

série de medidas de proteção à mulher e à maior eficiência no trabalho investigativo. O feminicídio se classifica como o crime contra a mulher pelo fato de ser mulher, pela sua condição. Os autores, em geral, são homens com quem a vítima possui alguma relação, algum conhecimento. O trabalho parceiro que

vem sendo desenvolvido entre os setores da segurança pública e os investimentos do Governo do Estado para fortalecer a rede de proteção à mulher são c on tr ib uint es p ar a que essa forma de violência seja combatida, destaca a delegada chefe do Departamento de Feminicídio, Viviane Fontenelle. “A ges-

tão estadual está mobilizada de forma decisiva pela proteção da mulher vítima, para que as ações cheguem a ela e realmente garantam sua segurança”, reforçou a delegada. Outras medidas da gestão estadual têm sido decisivas para a diminuição destes casos, como a punição de agressores e eficiência no

cumprimento das leis vigentes. O resultado desse conjunto de ações é a instalação do Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI) do Feminicídio. A organização reúne membros da Segurança, Justiça e de entidades ligadas à proteção da mulher para criar estratégias de prevenção e repressão dos casos.


Geral

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

Ranking Depen:

Maranhão vem se preparando para avaliação no quesito gestão prisional

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) pretende catalogar, até o fim do ano, os melhores estabelecimentos penais com foco nos avanços sobre a pessoa presa, o servidor e a infraestrutura. Neste ranking, elaborado pelo órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), o Maranhão vem se preparando para avaliação no quesito gestão prisional. A ideia do MJSP é atribuir uma espécie certificação de qualidade às Unidades Prisionais do país e, consequentemente, motivar os servidores penitenciários, quando forem constatados avanços significativos na gestão. Há de se realçar a importância da figura dos servidores no processo de gestão. Diante disso, o Depen, além de cer-

tificar positivamente as unidades que se destacarem, irá mapear as penitenciárias que precisam de uma atenção especial por parte do Governo Federal e iniciar o trabalho de qualificação. Avanços No Maranhão, onde até 2014 a então “Penitenciária de Pedrinhas” figurava nas chamadas de TVs e capas de jornais por protagonizar cenas de violência intramuros. Porém, o Governo do Estado, a partir de 2015, vem trabalhando e mudando o cenário das instituições de ressocialização. Utilizando a chamada “gestão para resultados”, o Executivo conseguiu reduzir em mais de 95% o número de homicídios intramuros; e mais de 2 mil internos trabalham e/ou estudam.

Uma das muitas ferramentas utilizadas pela gestão estadual é o Programa de Gestão Penitenciária (Gespen). Por meio dele, o Estado coleta dados e monitora os resultados alcançados pelas suas 46 Unidades Prisionais. O objetivo é dar suporte aos gestores para definir as prioridades quanto a novos avanços. “O Gespen é apenas uma das ferramentas de incentivo aos avanços da gestão prisional. Há uma competição saudável entre os diretores de Unidades Prisionais, de maneira que, a cada mês, se verifica uma nova superação”, explica Murilo Andrade de Oliveira, secretário de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Maranhão. Gestão para resultados

3ª edição da Mostra Sesc de Cinema está com inscrições abertas Estão abertas as inscrições para a 3ª edição da Mostra Sesc de Cinema. Cineastas independentes podem participar com o cadastro de suas produções no site www.sesc.com.br/ mostradecinema. O concurso tem como objetivo incentivar e dar visibilidade a produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, contribuindo para a promoção e o lançamento de artistas de todo o país. Nesta edição a Mostra será composta pelas categorias Panorama Estadual, Panorama Brasil, Panorama Infanto-juvenil, além de ações formativas. As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de abril. Para a ins crição, as

obras devem estar dispostas no Youtube, Vimeo e provedores de aplicação de conteúdo público em formato digital. Os filmes inscritos serão avaliados por uma comissão formada por profissionais e especialistas da área de cultura. Cada estado fará sua avaliação, com recorte dos melhores filmes, que serão exibidos em Panoramas Estaduais. O Panorama Nacional será composto por 32 filmes selecionados entre os melhores de cada região, além de sete obras infanto-juvenis. A edição deste ano traz algumas novidades. Uma delas é a possibilidade de inscrição de médias-metragens, além de curtas e longas. Cinco obras audiovisuais receberão prêmios de in-

centivo à produção, como forma de promover e renovar o circuito cinematográfico nacional, enquanto sete filmes infanto-juvenis (faixa etária de até 14 anos) serão premiados com o contrato de licenciamento para exibição. Só serão aceitas inscrições de obras finalizadas a partir de 1º de janeiro de 2017. Poderão participar da seleção apenas produções que não tenham sido exibidas em circuito cinematográfico comercial (salas de exibição) e serviços comerciais de vídeo on demand (VOD) até o encerramento das inscrições. Obras exibidas somente em seu estado de inscrição estão aptas a participar, assim como produções que participaram de outros festivais e mostras culturais.

A “gestão para resultados”, adotada desde 2015, no Sistema Penitenciário do Maranhão, gerou números inimagináveis para o antigo “Presídio de Pedrinhas”. O Complexo Penitenciário São Luís, no bairro Pedrinhas, como é chamado, desde então, teve mudanças não somente no letreiro na fachada, mas a postura por parte dos servidores penitenciários. Com a padronização dos procedimentos de segurança, foi possível instalar 16 laboratórios de informática, com Ensino a Distância (EaD). Das 838 pessoas presas inscritas no Enem (PPL 2018), 431 foram aprovadas, e metade garantiram vaga no ensino superior. Em 4 anos, foram realizadas mais de 7 mil certificações de agentes em cursos de formação/capacitação; 20 mil ações religiosas; 400 mil atendimentos em saúde; e 151 mil atendimentos psicossociais.

7

Prefeitura promove ação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Agentes e outras profissionais do serviço de limpeza urbana da capital participaram de uma ação promovida pela Prefeitura de São Luís em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. A atividade, que aconteceu na sexta-feira (15), foi coordenada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana e contou com apresentação teatral e uma roda de conversa com o tema "Autonomia Feminina". A ação faz parte da política de capacitação e valorização dos profissionais do Sistema de Limpeza Urbana de São Luís, colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo, e desta vez foi voltada apenas para as mulheres, já que em março celebra-se o Dia Internacional da Mulher (08) e Dia da Mulher Maranhense

(10). O Sistema de Limpeza Urbana de São Luís conta com mais de 130 mulheres que ocupam funções administrativas e operacionais. A primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, participou do encontro das mulheres da limpeza urbana e falou da importância da ação. "É uma alegria muito grande poder conhecer um pouco de cada uma das mulheres que trabalham na limpeza urbana da nossa cidade e poder conversar com elas, compartilhando nossas trajetórias de vida e desafios que cada uma de nós mulheres enfrentamos com muita fé e perseverança. Essa é uma oportunidade também para poder parabenizá-las pela importante contribuição que dão para São Luís", disse.


8

Cultura e Variedades

São Luís, domingo e segunda-feira, 17 e 18 de março de 2019

celialima@oquartopoder.com

COLUNA DA

Célia Lima blog.oquartopoder.com/celialima

Sesc dá início ao Seminário de Acessibilidade Cultural

Pensamento do Dia Temos de aprender a viver todos como irmãos ou morreremos todos como loucos. (Martin Luther King)

Programação especial na Casa Josué Montello

C

A

acessibilidade é um dos temas que vem ganhando espaço na mídia e no nosso cotidiano, um trabalho conjunto de poder público, privado e sociedade civil pela inclusão e igualdade de direitos. E o Sesc, que há anos integra esse movimento, inicia nesta segunda-feira, dia 18 de março, uma relevante iniciativa no tema: o Seminário de Acessibilidade Cultural, que traz para São Luís os principais representantes deste segmento a nível de Brasil. Realizado até o dia 22 de março em vários espaços da capital, a programação é totalmente gratuita. Promovendo o diálogo como forma de expressão e reflexão, o Seminário de Acessibilidade Cultural apresenta uma rica programação formativa com rodas de conversas, exposições e oficinas gratuitas para todos os públicos. Trazendo para a capital maranhense profissionais de todas as regiões do Brasil, o objetivo do Sesc é compartilhar informações sobre como aplicar a acessibilidade na prática do fazer cultural. Na programação de abertura, que acontece às 16 horas, no Teatro Napoleão Ewerton, a educadora, psicóloga e professora convidada da Universidade Federal do Rio de Janeiro Daina Leyton (SP) e o psicopedagogo clínico especialista em Educação Inclusiva, especialista em Educação Musical e Ensino de Artes Carlos Correia Santos (PA) debatem o tema “Acessibilidade Cultural: diálogos contemporâneos”. Com capacidade para 245 pessoas, a atividade não exige inscrição prévia. O diálogo se encerra com a bela performance “No corpo de quem dança” da dançarina do Street Masters Luana Santos (MA), às 17h30. E para finalizar o primeiro dia de Seminário, a Sala Sesc de Exposições, também localizada no Condomínio Fecomércio/Sesc/Senac, apresenta o trabalho “Eu sou mulher”, uma mostra de fotografias em múltiplos formatos acessíveis, um registro da fotógrafa Veruska Oliveira(MA) de integrantes do coletivo de Mulheres com Deficiência do Maranhão sob a coordenação da especialista em Produção e Acessibilidade Cultural Alessandra Pajama (MA). Composta por 16 fotografias, a exposição objetiva colocar mulheres com deficiência como protagonistas em atividades artísticas e promover o acesso à cultura.

om parte de uma agenda de eventos para este ano, a Casa de Cultura Josué Montello reali zou, na noite desta sexta-feira (15), programação especial com lançamento de livro e abertura de exposição marcando ainda o encerramento da semana do bibliotecário, que comemorou seu dia na última terça-feira (12). Uma das atrações da noite foi o lançamento do segundo volume da coletânea de crônicas de Josué Montello (Escritores Maranhenses: 1966-1993). O livro tem 57 crônicas sobre escritores maranhenses, como Gonçalves Dias, Artur Azevedo, Sousândrade, Odylo Costa Filho, Nauro Machado, entre outros. “Lendo as crônicas a gente percebe o grande amor que Josué Montello tinha pelo Maranhão, ele se preocupava em dar visibilidade aos escritores maranhenses, ele gostava de incentivar a literatura”, comentou o escritor José Ewerton, que prefaciou o livro. Para a diretora da Casa de Cultura, Joseane Souza, o propósito de preservar o trabalho de Josué Montello vem motivando o trabalho de toda a equipe. “As crônicas foram cuidadosamente selecionadas e juntas mostram um panorama da visão que Montello tinha da literatura maranhense”, destaca. Durante o evento a CCJM fez doação de 50 exemplares do livro para o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, 50 para a secretaria de Educação (bibliotecas escolares), 18 para Universidade Estadual (UEMA) e Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA), e academias de letras. Exposição A noite contou ainda com a abertura da exposição “A nova aparência do lixo’, do artesão, escultor e escritor Antônio Melo. A exposição fica aberta até o dia 15 de abril na Casa Josué Montello, Rua das Hortas, 327, centro de São Luís. A exposição integra programação do ‘CCJM Recebe’, que tem por objetivo realizar uma série de encontros literários durante o ano. Esta é a segunda edição do projeto que começou em janeiro com o encontro Literatura Mútua, da jornalista Talita Guimarães. São 37 obras produzidas a partir de sucatas, engrenagens, peças de bicicletas, impressoras, torneiras, mouse, teclados de computadores, ferros elétricos, fios de cobre, alumínio, plásticos e diversos objetos retirados do lixo. Antônio Melo é maranhense, marceneiro aposentado, artesão, escultor e membro da Academia de Luminense de Paço do Lumiar. Para ele, é uma grande satisfação mostrar seu trabalho. “As pessoas ficam curiosas, perguntam como se deu a criação, ficam admiradas”, destaca.

blog.oquartopoder.com/celialima

Profile for O QUARTO PODER

17e18032019  

17e18032019  

Advertisement