Issuu on Google+

ANO 7

NÚMERO 1229

PODER SÃO LUÍS - MA , SÁBADO, 15 DE JUNHO D E 2 0 1 3

PREÇO - R$ 2,00

Testemunha admite falha no Bom Peixe Ao prestar seu depoimento na CPI do Bom Peixe na Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta sexta-feira, (14), a ex-gestora da Semapa (Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento), Eliana Bezerra, indagada se houve mau uso de recursos públicos na operacionalização do Programa Bom Peixe, respondeu não acreditar, mas admite falhas, citando que o retorno previsto seria de até 80% e que parte do arrecadado foi aplicado em logística, o que não estava previsto. Outra falha ela cita o caminhão cedido pelo governo federal, que não foi incorporado ao patrimônio da Semapa, causando o aluguel de outros veículos, além de pagamento de prestadores de serviço, como peixeiros e eletricistas, que poderiam ser disponibilizados pela própria secretaria.Página 3

TJ declara inconstitucional pensão para motoristas Página 3

Negado “habeas corpus” em favor de Júnior do Mojó

Ex-gestora da Semapa (Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento), Eliana Bezerra

Gil Cutrim concede aumento salarial para servidores do setor da Saúde

Página 7

Página 5

Redes Sociais Esporte

São Paulo articula saída de Luís Fabiano O futuro de Luís Fabiano será decidido até o dia 24, data marcada para a reapresentação do elenco do São Paulo no CT de Cotia. Durante a parada do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa das Confederações, Fabuloso estará com a família em seu sítio, no interior de São Paulo. Enquanto isso, seu empresário, José Fuentes, ficará em contato com o presidente Juvenal Juvêncio, que estuda a venda do camisa 9 para o futebol europeu. Galatasaray, da Turquia, e Olympiacos, da Grécia, apresentaram propostas pelo atacante de 32 anos.Página 4

São Luís

Sorteados mais 992 endereços do Minha Casa, Minha Vida A Prefeitura de São Luís participou de mais um sorteio de endereços para os contemplados do programa Minha Casa, Minha Vida, na quadra esportiva do Parque Bom Menino, na manhã desta sexta-feira (14). Os endereços sorteados fazem parte dos empreendimentos Nova Aurora I e Nova Aurora III, localizadas na estrada da Maioba. Os dois conjuntos habitacionais contemplarão 635 famílias, formadas, em sua maioria, por moradores de áreas de risco, idosos, portadores de necessidades especiais e dependentes do aluguel social. Página 6

oquartopoder.com

msn@oquartopoder.com Twitter - oquartopoder4# face - Jornal O Quarto Poder Orkut - O Quarto Poder Jornal Gmail - oquartopoder@gmail.com


2 - Geral

O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Dilma afirma que Brasil é alvo de 'terrorismo informativo' A presidente Dilma Roussef criticou nesta sexta-feira (14), em evento no Rio de Janeiro, o que chamou de “terrorismo informativo” em relação ao Brasil. Ela usou a expressão depois de se referir a informações que "vocês têm visto na imprensa" de que o país passa por "momento de dificuldade". "Críticas, todo mundo tem de ter a humildade de aceitar. Agora, terrorismo, não. Fazer estardalhaço e terrorismo informativo sobre a situação do Brasil, não. E eu vou dar um exemplo do que eu estou falando. Eu estou falando, por exemplo, se vocês lembrarem bem, que eles diziam que no Brasil ia ter racionamento no início deste ano. Agora, não falam mais nada, porque está claro não só que o Brasil tem energia suficiente, mas também que nós fomos capazes de reduzir a tarifa de energia", declarou a presidente. A presidente falou a moradores e autoridades em cerimônia no complexo esportivo da Rocinha, durante

anúncio de investimentos de R$ 2,6 bilhões em infraestrutura urbana e equipamentos sociais na Rocinha e nos complexos do Lins e do Jacarezinho. Segundo Dilma, o Brasil é atualmente "um dos países mais sólidos do mundo, país que, em meio à crise econômica das mais graves, talvez a mais grave desde 1929, é o país que tem a menor taxa de desemprego do mundo".

No evento, Dilma também afirmou que não pretende diminuir investimento ou gastos sociais. “Nós não iremos diminuir os investimentos que beneficiam o povo brasileiro. Sabe por quê? Porque essa é nossa prioridade. Temos recurso suficiente para manter investimento e gastos sociais. E vamos fazer isso de uma forma séria, responsável, garantindo solidez do gasto

público e mantendo a inflação sobre controle.” Inflação No discurso, a presidente voltou a se referir à prioridade do governo no combate à inflação, o que já fizera em outras ocasiões nesta semana. Segundo ela, o governo "jamais" deixará que os preços fujam do controle e pediu às pessoas para que "não deem ouvidos" para os que dizem o contrário. "Tem outra coisa que quero dizer sobre inflação: nós jamais deixaremos que a inflação volte a este país. Hoje, ela está sob controle,. Ontem, ela estava sob controle e continuará. Por isso peço quer não deem ouvidos para esses que jogam sempre no 'quanto pior melhor'", afirmou. Na última quarta (12), em solenidade no Palácio do Planalto, a presidente disse que a "situação real" é de inflação sob controle. Ela voltou a se manifestar sobre o assunto ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta (13), durante seminário do PT em Curitiba.

Lei contra terrorismo não incluirá ação de movimentos sociais, afirma Jucá “A legislação contra o terrorismo não vai abarcar as ações dos movimentos sociais”, afirmou o senador Romero Jucá (PMDB-RR), esclarecendo dúvidas sobre o trabalho da comissão mista da consolidação das leis e dos dispositivos constitucionais, que começou a analisar projeto que define os crimes de terrorismo. – Nossa ideia não é inserir nessa legislação os movimentos sociais. Entendemos que protestos, greves, movimentações, paralisações são algo que fazem parte da democracia. Agora, temos que ter uma legislação que separe o que é movimento social e reivindicação, do que é violência, sequestro, roubo, atentado, explosão, morte – frisou, em discurso da tribuna nesta sexta-feira (14).

Jucá, que é relator da comissão mista, explicou que desde a promulgação da Constituição, em 1988, o país aguarda por lei complementar para regulamentar a tipificação e as penas para os crimes de terrorismo. – Temos urgência, pois teremos grandes eventos, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. Sabemos que a índole do povo brasileiro não é violenta, mas o Brasil está inserido no contexto mundial, infelizmente de violência em muitos países, e é preciso que tenhamos uma posição dura, firme, contundente contra o terrorismo, e instrumentos para combater esse terrorismo – disse. O senador contou que a minuta de projeto de lei elaborada pela comissão mista será enviada, para discussão, aos

ministérios da Defesa e da Justiça, à Casa Civil e a diversos segmentos da sociedade, inclusive centrais sindicais e organizações sociais. – Estamos tendo o maior cuidado de construir uma legislação de combate ao ter-

rorismo que não seja confundida com repressão a movimentos sociais – esclareceu, anunciando que a comissão está recebendo contribuições para a elaboração do projeto de lei complementar que tramitará no Congresso.

Câmara rejeita regra para aumento do salário mínimo A Comissão de Finanças e Tributação rejeitou, na quarta-feira (12), o Projeto de Lei 6776/06, do ex-deputado Renildo Calheiros, que institui regras para o reajuste periódico do salário mínimo. A proposta já tinha sido rejeitada na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Como foi considera incompatível com as normas financeiras e orçamentárias, em parecer terminativo, será arquivada, a não ser que haja recurso contra a decisão. O texto determina que o salário mínimo será reajustado anualmente pela variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB) apurado no ano anterior ou pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), caso esse índice seja superior à variação do PIB. Além disso, o reajuste será acrescido do índice de aumento da produtividade média do trabalho total, se positivo, verificado também no ano anterior.

Diretrizes O relator, deputado José Guimarães (PT-CE), recomendou a rejeição do projeto. Ele ponderou que já está em vigor uma lei (Lei 12.382/ 11) que estabelece diretrizes para os reajustes até 2015. Essa lei determina que os reajustes para preservação do poder aquisitivo do salário mínimo corresponderão pela variação do INPC, enquanto o aumento em termos reais corresponderá à variação do PIB. Guimarães aponta ainda que, se forem aplicados os critérios do projeto, o salário mínimo para 2013 seria de R$ 895 em vez dos R$ 678 atuais. Essa diferença de R$ 217 acarretaria um impacto de R$ 67 bilhões nas contas públicas em 2013. Esse impacto, segundo ele, não foi estimado pelo projeto, como obriga a Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/00) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Governo nega 10% dos pedidos feitos à Lei de Acesso à Informação O governo negou 9,6% dos pedidos de informação feitos por meio da Lei de Acesso à Informação, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira (13) pela Controladoria Geral da União (CGU). De junho de 2012 a maio deste ano, foram 86.266 pedidos, dos quais 8.288 foram negados. A Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor em 16 de maio de 2012, acaba com o sigilo eterno de documentos públicos e estabelece prazo máximo de 50 anos para que as informações classificadas pelo governo como ultrassecretas sejam mantidas em segredo. A lei também obriga órgãos da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios a fornecer informações públicas. De acordo com relatório da CGU, o principal motivo pelo qual os pedidos foram indeferidos é que a informação solicitada se tratava de dados pessoais ou sigilosos. Em outros casos, o pedido foi considerado genérico, incompreensível ou exi-

giam tratamento adicional de dados. O principal tema dos pedidos de informação foi economia e finanças, de acordo com a CGU. O segundo assunto mais procurado foi governo e política e, em seguida, previdência social. O tempo médio que os órgãos têm demorado para responder aos pedidos é de 11,5 dias. Do total de 86.266 de demandas, 15% foram prorrogadas a pedido do órgão, segundo a CGU. A lei prevê que o cidadão poderá recorrer caso tenha um pedido de informação negado ou caso a informação prestada pelo órgão não seja considerada satisfatória. De junho de 2012 a maio de 2013, foram 5.694 recursos encaminhados à autoridade da área. Destes, 1.797 foram parar na CGU, segunda instância de recurso. Há ainda uma terceira instância, que é a Comissão Mista de Reavaliação de Informações, formada por ministros, mas não há informações disponíveis sobre recursos levados à comissão.


O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Geral - 3

CPI do Bom Peixe

Política

CPI ouve a 1ª testemunha que admite falha no projeto

Prefeitura anuncia novo gestor para a Secretaria de Saúde

Ao prestar seu depoimento na CPI do Bom Peixe na Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta sextafeira, (14), a ex-gestora da Semapa (Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento), Eliana Bezerra, indagada se houve mau uso de recursos públicos na operacionalização do Programa Bom Peixe, respondeu não acreditar, mas admite falhas, citando que o retorno previsto seria de até 80% e que parte do arrecadado foi aplicado em logística, o que não estava previsto. Outra falha ela cita o caminhão cedido pelo governo federal, que não foi incorporado ao patrimônio da Semapa, causando o aluguel de outros veículos, além de pagamento de prestadores de serviço, como peixeiros e eletricistas, que poderiam ser disponibilizados pela própria secretaria. A declaração da depoente foi do agrado do vereador Francisco Carvalho (PSL), relator da CPI se manifestou falando que “é com muita satisfação que escuto a senhora admitir que houveram falhas na execução do Programa Bom Peixe, porque até agora nenhuma das testemunhas que por aqui passaram sempre falavam da inexistência de falhas”. Já questionada se tinha conhecimento sobre desvios no programa, ela disse que “não

sei nada sobre desvios”, Mas instada se poderia desconfiar desse tipo de prática afirmou laconicamente:”é claro”. Sempre deixando bem claro que exerceu o cargo de secretária adjunta da Aemapa, nas gestões de Júlio França e Edimilson Lindoso, e que assumiu a titularidade da pasta por dois anos e doze dias, Eliana Bezerra enfatizou se soubesse que a Semapa estava na situação que encontrou não teria aceitado o convite. Dando um exemplo da precariedade da secretaria, ela falou que “quando assumi a situação era bastante precária”, e enfatizou o inúmeros débitos com fornecedores, além de observar que “uma das coisas que me causou grande surpresa foi o gasto com combustível, que variava entre R$ 25 e 30 mil, e encontrei gasto de R$ 70 mil”. “A única nota fiscal que existe é a do empenho global do programa”. A afirmação Eliana Bezerra foi em fática ao ser instada sobre como era feito o sistema de aquisição do pescado. Continuando, ela acrescentou que a entrega era feita acompanhada de nota de entrega, que sempre era assinada pelo funcionário Aurélio Ribeiro Oliveira, “e quando ele não ia tinha dois funcionários da Semapa que sempre o acompanhavam”. A declaração da exgestora da Semapa serviu para por fim a ao imbróglio

Ex-gestora da Semapa (Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento), Eliana Bezerra

criado por Aurélio Oliveira e Lourival Santos, proprietário da Pacific, sobre a existência ou não de notas. Quanto a doação de sobras do pescado não comercializado, a ex-secretara, assegurou que houve pouca sobra, e também falou que por algumas vezes o que sobrou o secretário Júlio França colocou para ser vendido a servidores da Semapa. Desfazendo as argumentações de que o excedente não comercializado nunca teria sido devolvido à Pacific, feitas por Aurélio Oliveira e Lourival Santos, ela afirmou categoricamente que a empresa recebia a sobra. Eliana Bezerra também questionou o relatório da CGM (Controladoria Geral do Município), e entre suas argumentações cita uma licitação de R$ 1 milhão 688

mil que não consta na peça da CGM, bem como o pagamento de R$ 450 mil, entre outros pontos. Diante daquilo que fez exposição, Na sua análise, ela diz que o tempo de oito dias usado pela CGM para emitir seu relatório foi muito exíguo, e merece ser discutido. Comparecimento Compareceram a CPI os membros da comissão, vereadores Pedro Lucas (PTB), Fancisco Carvalho (PSL), Francisco Chaguinhas (PRP), Estevão Aragão (PPS), Edmilson Jansen (PTC) e Rose Sales (PCdoB). Também estiveram presentes os vereadores Ivaldo R0drigues (PDT), Nato (PRP), Honorato Fernandes (PT), Astro de Ogum (PMN), Marquinho (PRB), Fábio Câmara (PMDB), Pavão Filho (PDT) e Ricardo Diniz (PHS).

São Luís

TJMA declara inconstitucional pensão para motoristas Duas leis do Município de São Luís, que garantiam a concessão de pensão por lesão corporal ou morte para motoristas de ônibus, táxi, moto-táxi e carroceiros, no exercício da profissão na capital, foram consideradas inconstitucionais pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). As leis municipais de nº 3.663/1997 e 4.053/ 2002 previam a concessão do benefício, de um e dois salários mínimos, respectivamente, para aquelas categorias e também para cobradores de ônibus, por lesão corporal da qual resultasse invalidez permanente ou morte, no âmbito da capital. Em

caso de homicídio, o beneficiário seria o herdeiro legalmente habilitado, esposa ou companheira. As leis asseguravam aos beneficiários a qualidade de segurados do Regime Próprio da Previdência Social do Município de São Luís, quando, na verdade, deveriam ser filiados ao Regime Geral de Previdência Social, administrado pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), por serem aqueles profissionais autônomos e não servidores públicos municipais. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra as leis atacadas foi movida pela Procuradoria Geral da Justiça do Ministério Públi-

co do Maranhão contra o Município de São Luís, o prefeito municipal e o presidente da Câmara de Vereadores, sob a justificativa de ofensa aos artigos 201 da Constituição Federal e 215 da Constituição Estadual. Segundo o relator do processo no pleno, desembargador Jorge Rachid Mubárack Maluf, o Município de São Luís instituiu benefício previdenciário a categorias estranhas às estabelecidas pelo artigo 40 da Constituição Federal de 88, que rege o regime previdenciário destinado aos servidores titulares de cargos públicos. “Isso sem que fosse observado o caráter contributivo e solidário do regime

previdenciário dos servidores púbicos, haja vista que motorista de táxi, motorista e cobrador de transporte coletivo, moto-taxista e carroceiro, evidentemente, obedecem à obrigatória contribuição previdenciária do Regime Geral do INSS”, argumentou o relator. Segundo consta no processo, o prefeito de São Luís prestou informações na ação e também pleiteou a declaração de inconstitucionalidade, tendo em vista a incompatibilidade das leis municipais com a Constituição estadual. A Câmara Municipal não se pronunciou. A Procuradoria Geral de Justiça se manifestou pela procedência da ADI.

A Prefeitura de São Luís anunciou na manhã desta sexta-feira (14) o gestor César Félix Diniz como novo secretário de Saúde do município (Semus). Ele é formado em Administração Hospitalar pela Universidade São Camilo e pós-graduado em Administração e Marketing pela Unisant’ana, ambas em São Paulo. Nesta manhã, o secretário esteve em reunião com os servidores da Semus para a apresentação da nova equipe. Além do próprio Félix, assumiram, ainda, Rosemary Fonseca Marinho (secretária adjunta de Administração e Finanças) e Israel Correa Pereira (secretário adjunto de Ações em Saúde). De forma sucinta, o novo secretário falou sobre o desafio da gestão e convocou todos para o engajamento na missão de reverter o quadro atual da saúde no município. César Félix ressaltou que sua administração à frente da pasta será feita de forma transparente e participativa. A partir de

agora, a nova equipe avaliará a situação encontrada na Saúde e, logo, definirá as diretrizes a serem adotadas para o trabalho. Abaixo seguem os nomes da nova equipe da Secretaria de Saúde: Cesar Félix – Secretário de Saúde Israel Correa Pereira Secretário Adjunto Rosemary Fonseca Marinho – Secretária Adjunta Yona das Neves Costa Magalhães – Superintendente de Informação Mary Olinda Neves - Superintendente Orçamentária Financeiro Alexandre Gomes dos Santos – Coord. de Remoção e Atendimento de Urgência e Emergência Margareth Silva Assunção dos Reis – Coord. Contabilidade do F.MS Eline Nunes Barbosa Coord. Orçamento Financeiro Leandro Souza de Moraes – Coord. de Farmácia e Bioquímica Charles Adriano Pereira Coordenador de Enfermagem

Projeto Projeto de Bira que redefine limites do Sítio Rangedor é aprovado A aprovação do projeto de lei, de autoria do deputado estadual Bira do Pindaré (PT), que redefine os limites da Estação Ecológica Sítio Rangedor ganhou repercussão na Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (13). O deputado Bira ressaltou a importância da aprovação do projeto de lei, tendo em vista que a Casa Legislativa possui uma dívida histórica por encontrar-se exatamente dentro da Estação Ecológica. Para ele, a aprovação do PL, de alguma forma, compensa esse fato. A ampliação dos limites

da Estação Ecológica é um trabalho que teve o apoio muito importante da Consultoria da Casa que organizou, sistematizou e encontrou todos os documentos e as justificativas técnicas necessárias para que a ampliação pudesse ter sido feita. O PL garante a inclusão do território que abrange as nascentes do Rio Calhau nos limites do Sítio Rangedor. A Nova Lei agora espera pela sanção da governadora. Bira ainda sugeriu a transformação da Estação Ecológica em um Parque Ambiental que beneficiaria a cidade como um todo.

4º PODER Diretor Geral Udes Cruz Filho

Jurídico Saíle Azevêdo da Cruz José Silva Junior

Administrativo Célia Lima Ferreira Financeira Rosário A.Cruz

Editoração Cris Almeida

Endereço : Av. Odilo Costa Filho, N° 55, Parque. Universitário – Cep 65059-810 - São Luís-MA. U.L. DA CRUZ FILHO - CNPJ: 09.406.142/0001-28 Te l e f o n e s: (98) 3274-3007 / 8272-4183 / 9911-8325 m a i l : redacao@oquartopoder.com


4 - Cidades e Esportes

O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Futebol

Seleção brasileira

São Paulo articula saída de Luís Fabiano O futuro de Luís Fabiano será decidido até o dia 24, data marcada para a reapresentação do elenco do São Paulo no CT de Cotia. Durante a parada do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa das Confederações, Fabuloso estará com a família em seu sítio, no interior de São Paulo. Enquanto isso, seu empresário, José Fuentes, ficará em contato com o presidente Juvenal Juvêncio, que estuda a venda do camisa 9 para o futebol europeu. Galatasaray, da Turquia, e Olympiacos, da Grécia, apresentaram propostas pelo atacante de 32 anos. A diretoria tricolor já veio a público para dizer que o jogador está forçando sua saída. Foi o discurso adotado esta semana pelo vicepresidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes. Mas em conversas com pessoas ligadas à diretoria, a reportagem apurou que os dirigentes é que estão forçando o atleta a aceitar a proposta porque não querem mais a sua permanência. No entanto, não assumem isso porque têm medo da reação negativa da torcida, já que um substituto do mesmo peso não será contratado. Juvenal Juvêncio era o principal defensor do atacante, mas perdeu a paciência com a suspensão do atleta na Taça Libertadores - Fabu-

loso pegou quatro jogos de gancho ainda na primeira fase, por ofensas ao árbitro colombiano Wilmar Roldán, e voltou apenas no jogo de volta das oitavas de final, contra o Atlético-MG. Para o presidente, o camisa 9 foi o principal culpado pela eliminação no torneio sul-americano, o que fez o clube deixar de ganhar muito dinheiro. Por isso, no dia 10 de maio, quando anunciou a dispensa de sete jogadores, o dirigente admitiu que aceitaria estudar propostas pelo atacante. A atitude foi muito mal recebida por Luís Fabiano, que sentiu-se traído, uma vez que sempre foi muito próximo ao mandatário. Nas conversas anteriores que teve com o presidente e com o diretor de futebol, Adalberto Baptista, Luis Fabiano deixou claro que não quer sair. Reconhecendo os erros

que cometeu, principalmente na final da Copa Sul-Americana do ano passado, quando foi expulso, ele lembrou que havia aberto mão de muita coisa para voltar e que seu plano era completar os quatro anos de contrato, podendo até renovar o vínculo para encerrar a carreira no clube. Mas depois de ver Juvenal abrindo a porta de saída, o atacante mudou de postura e já aceita fazer as malas. Ele, porém, quer ir para a Turquia, enquanto o São Paulo prefere a oferta da Grécia, que é maior. - Não quero prejudicar o São Paulo, mas não quero ser sempre o vilão em derrotas, ouvir meu nome gritado no portão. É um desgaste muito grande, tem me incomodado. (As propostas) já estão nas mãos de quem manda. Espero que nessa folga tudo se resolva, porque

já está me cansando - disse Luis Fabiano, logo após o empate com o Grêmio, na última quarta-feira, pelo Brasileirão. - Não tenho condição de ficar jogando com a cabeça em outro lugar. Todo mundo sabe o carinho que tenho pelo clube, o esforço que fiz para vir para cá. Mas a partir do momento em que você é colocado no mercado, existe o interesse de outras equipes. Ruim seria não ter ninguém e eu ficar largado. Resta saber como Juvenal vai costurar a situação. O clube não enfrenta problemas financeiros, afinal, os cofres estão cheios graças à venda de Lucas para o PSG, da França - a negociação totalizou R$ 82 milhões. Uma parte já foi usada para quitar empréstimos bancários que o clube havia contraído em 2012. Há ainda a questão política: no próximo ano haverá eleição presidencial. Se vender Luis Fabiano, o dirigente será ainda mais criticado pela torcida, que influencia conselheiros. Sem substituto Caso Luis Fabiano seja mesmo vendido, a torcida não deve esperar nenhum substituto do mesmo nível para a sequência da temporada. Vágner Love, do CSKA, foi apenas um sonho. O clube já trabalha com um nome na manga, mas o guarda a sete chaves.

São Luís

Prefeitura viabiliza regularização fundiária na Vila Dom Luís A Prefeitura de São Luís, por intermédio da Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh), realizou uma demolição na Vila Dom Luís. A ação foi realizada com o objetivo de coibir avanços de ocupações espontâneas no terreno, que antes era de propriedade da Empresa Industrial Técnica (EIT), e foi adquirido pela Prefeitura para implantação equipamentos de urbanos na área de educação e esporte, visando atender toda a comunidade da área. “As famílias que já haviam ocupado vão todas permanecer, conforme determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Elas terão o

A Semurh pretende, com a ação, garantir segurança às famílias que moram na área e melhorar a estrutura do terreno. imóvel registrado no próprio nome. Nós iremos promover a regularização fundiária da área já consolidada até os imóveis que nós marcamos na última vistoria”, afirmou Diogo Diniz Lima, secretário

adjunto de Urbanismo. A Semurh pretende, com a ação, garantir segurança às famílias que moram na área e também melhorar a estrutura do terreno. “A demolição foi uma medida ne-

cessária para garantir que a área continuasse útil. Os próprios moradores reclamaram que estava servindo de ponto para uso de drogas e assaltos”, explicou Diogo Diniz Lima.

Zico prevê estreia difícil do Brasil: 'Um dos jogos mais duros da história' Centro das atenções todas as vezes que Brasil e Japão se enfrentam devido à influência que tem na história do futebol nipônico, Zico enxerga dificuldade no caminho da seleção brasileira logo na estreia da Copa das Confederações. Em entrevista ao site da Fifa, o Galinho de Quintino vê uma evolução gradativa na capacidade técnica dos japoneses depois que seus jogadores passaram a fazer parte dos principais campeonatos da Europa. Personalidade importante de ambos os lados, Zico garantiu presença e disse que estará no Estádio Mané Garrincha neste sábado, em Brasília. Ciente de que o time treinado por Luiz Felipe Scolari ainda não atingiu o ápice de seu jogo, o Eterno Camisa 10 da Gávea considera o Japão de certa forma mais pronto para o confronto. E não há como negar que a fase dos asiáticos é boa. Afinal, foi a primeira equipe a garantir vaga no Mundial de 2014, além, é claro, do país anfitrião o próprio Brasil. - Têm boas chances de esse ser um dos duelos mais duros da história entre essas duas equipes. Por duas razões: porque a evolução dos japoneses é cada vez maior, com mais e mais gente em campeonatos como os de Alemanha, Itália, Inglaterra,

Rússia. E também pela fase que o Brasil vive hoje, em que ainda está em busca da escalação e da formação ideal. Os japoneses devem chegar mais tranquilos, porque já estão classificados para a Copa do Mundo, mas acho que eles ainda têm uma dificuldade particular para enfrentar equipes sul-americanas. Então, deve ser interessante - frisou Zico. Zico admitiu o envolvimento afetivo com a seleção japonsa, mas não deixa de lado a torcida pelo seu país natal. Aliás, a esperança do ex-craque é a de que o fato de jogar como mandante ajude a seleção brasileira durante a competição. - Mexe comigo, sem dúvida. Há alguns meses, quando estava a cargo do Iraque, enfrentamos o Japão pelas eliminatórias e precisei neutralizar essa sensação de carinho pelo país e focar no lado bom: que eu conheço bem o time do técnico italiano Alberto Zaccheroni e também o tipo emocional dos japoneses. Eu, jogando pelo Brasil, já vi muito quanto o fato de jogar em casa pode ser um tremendo estímulo, mas, também um elemento de pressão extra. O segredo – e o grande desafio – para a Seleção é conseguir transformar o fator casa em algo positivo - decalrou Zico.

Nesta segunda Setur promove palestra sobre o Programa Nacional de Regionalização do Turismo As diretrizes do Programa Nacional de Regionalização do Turismo e o Sistema Nacional de Registro de Hóspedes serão apresentados, nesta segunda-feira (17), às 16h, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, pelo coordenador geral de Regionalização, do Ministério do Turismo (Mtur), Phillippe Fauguet Figueiredo. O secretário de Estado de Turismo, Jura Filho, explicou que a palestra do técnico do Governo Federal vai esclarecer dúvidas sobre as inovações nos programas do Mtur para membros do Conselho de Turismo e gestores públicos, além de empresários da cadeia produtiva. "O programa de regionalização chega com novidades e etapas importantes de interesse para os gestores e investidores”. Sobre o novo Sistema de Registro de Hóspedes, o gestor alerta ser preciso que os

fornecedores de meios de hospedagem estejam atentos para a aplicação das novas fichas de identificação de visitantes. “Os detalhes desta ferramenta serão repassados durante a palestra". Regionalização do Turismo - A nova etapa do programa nacional prevê um amplo diagnóstico das necessidades e potencialidades dos municípios e regiões turísticas. A proposta é que, depois do diagnóstico, seja instituída uma categorização que norteará estratégias de políticas voltadas às necessidades dos municípios. O novo formato do Sistema Nacional de Registro de Hóspede, nesta nova fase, vai armazenar, em meio eletrônico, as fichas preenchidas pelos hóspedes. O objetivo é modernizar e tornar mais eficiente o levantamento de estatísticas sobre o turismo no Brasil.


Municípios - 5

O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Campo de Perizes

São José de Ribamar

Governo inicia nova etapa das obras do Italuís

Tubos de aço que serão utilizados na substituição da adutora do Sistema Produtor Italuís

Os primeiros tubos de aço patinável que serão utilizados nas obras de substituição dos 19 quilômetros da adutora do Sistema Produtor Italuís, no Campo de Perizes, chegaram nesta terçafeira (14), em São Luís. A tubulação foi recebida pelo presidente da Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), João Moreira Lima, que esteve no canteiro de obras. O serviço é orçado em R$ 106.887.593,62.

João Moreira Lima disse que essa é considerada uma das etapas mais importantes do trabalho que vem sendo realizado. “A partir de agora, após todo o trabalho de aterro e de colocação das estacas de concreto e dos blocos que darão sustentação à nova estrutura, daremos início a montagem da nova rede de tubulação que deve estar concluída até dezembro com previsão para entrar em funcionamento em

março”, anunciou o presidente da Caema. Os 1.500 tubos de aço patinável, resistentes à corrosão, ficarão suspensos para facilitar os trabalhos de manutenção e evitar a criação de bolsões de ar. A nova adutora ficará instalada sobre pilotis, paralela à BR-135 e distante 40 metros das torres de alta tensão da Eletronorte, o que evita a indução magnética. A próxima etapa da obra

corresponde a instalação de uma ponte de treliça sobre a qual a adutora atravessará o Estreito dos Mosquitos. Segundo o coordenador de Obras Especiais da Caema, Nelson Almada Lima, a travessia metálica está em fase e fabricação. “Estamos com o cronograma dentro do previsto, as chuvas reduziram o ritmo dos trabalhos, mas nas próximas semanas teremos condições de acelerar mais para entregar dentro do prazo”, ressaltou. O Sistema Italuís é responsável pelo abastecimento de 60% dos bairros de São Luís. O remanejamento da adutora vai estabilizar o abastecimento e garantir sobra de água para utilização em outros setores da cidade. Os 19 km de tubos de ferro dúctil DN 1.200mm serão substituídos por modernos tubos de aço de 1.400mm de diâmetro (aço patinável, mais resistentes à corrosão, com espessura de chapa 12,7mm com costura helicoidal, revestida interna e externamente), garantindo 20% a mais de evasão de água.

Em Matões

Secretário Luís Fernando assina ordem de serviço para construção de estrada O secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, assinou, nesta sextafeira (14), ordem de serviço para construção da estrada que liga o município de Matões ao entroncamento da BR 226, passando pelo povoado Brejo do Felix, na Região dos Cocais. O investimento do Governo do Estado é da ordem de R$ 30 milhões em um trecho de 71,50 quilômetros. A solenidade de assinatura da ordem de serviço contou com a participação da prefeita Suely Pereira, deputado federal Sétimo Waquim e deputado estadual Alexandre Almeida. "É um sonho de Matões que começa se tornar realidade com a decisão da governadora Roseana de pavimentar a estrada MatõesBaú. É uma rodovia que interliga os municípios da região com a BR 226", declarou Luis Fernando Silva. Logo após a assinatura da ordem de serviços, as máquinas ini-

Município e Estado discutem o processo de municipalização das escolas do Maiobão

ciaram os trabalhos na estrada e a prefeita Suely Pereira agradeceu o Governo do Estado pelo benefício. Ela aproveitou a oportunidade para pedir o asfaltamento da avenida de acesso à cidade e logo foi informada pelo secretário Luis Fernando, que a determinação da governadora é que a solicitação fosse

atendida. Presentes na solenidade, os prefeitos de Lagoa Grande, Jorge Eduardo Gonçalves de Melo, o Dr. Jorge; de Buriti Bravo, Cid Costa; de Governador Eugênio Barros, Maria da Luz Bezerra Figueiredo, a Daluz; de Passagem Franca, José Antônio Rodrigues da Silva, o Gordinho; de

Parnarama, Davi Carvalho; além de outras lideranças políticas da região e a população. Luis Fernando ressaltou que a obra é uma reivindicação antiga da população e falou dos serviços que o governo executa em todo o Maranhão. "Estamos trabalhando no maior programa rodoviário de pavimentação, que inclui, também, a restauração de tantas outras estradas que encontramos abandonadas”. O secretário lembrou que a recuperação da estrada proporcionará conforto para a população, integrando municípios e vai ajudar a alavancar o escoamento da produção, transformando a realidade social e econômica de Matões e toda região. Ele reafirmou que estrada, no Maranhão, é prioridade para a governadora Roseana Sarney. "Vamos garantir acesso por asfalto a todos os municípios. Trabalhamos e mostramos o resultado de nosso trabalho com as obras”, afirmou.

Gil Cutrim concede aumento salarial para servidores do setor da Saúde

Gil Cutrim durante reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de São José de Ribamar

O prefeito Gil Cutrim (PMDB) autorizou a implantação de aumento salarial para os servidores efetivos do setor da saúde do município de São José de Ribamar. O benefício foi determinado por Cutrim durante reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de São José de Ribamar (SINDSMUR) realizada nesta sexta-feira (14). “Este ano, já concedemos o benefício do reajuste salarial para os profissionais do magistério [professores] e para a categoria dos Guardas Municipais. Diante deste quadro, na reunião desta sexta o Sindicato e a administração municipal discutiram em prol dos profissionais da área da saúde. Felizmente conseguimos determinar um patamar avaliado como positivo pela entidade e que o município terá condições de arcar financeiramente”, explicou o prefeito que no mês passado implantou reajustes salariais de 11% e 12% para os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias, respectivamente. Os profissionais efetivos da saúde de nível médio terão incorporados a seus vencimentos 15% de gratificação. Já os efetivos de nível superior receberão gratificação de 20%. Estes percentuais serão implementados na folha de pa-

gamento do mês de julho. A concessão do aumento salarial para os profissionais da saúde de São José de Ribamar faz parte da política de valorização dos servidores públicos do município desenvolvida pela administração do prefeito Gil Cutrim desde 2011. Somente este ano, o governo municipal concedeu reajuste de 12% para a categoria dos Guardas Municipais (formada por Guardas Civis, Agentes de Trânsito e Guardas SalvaVida) e de 8% para os professores da rede municipal de ensino (esta categoria, é importante ressaltar, já havia recebido da administração Gil Cutrim dois reajustes salariais, sendo um de 15% e outros de 22%). Além disso, o governo municipal, cumprindo o que foi acordado com a categoria dos profissionais do magistério, efetuará no próximo mês o pagamento do retroativo referente ao período entre os meses de janeiro a maio deste ano. “Os servidores nos ajudam a fazer uma administração voltada totalmente para atender aos anseios da população. Mesmo diante do quadro de perdas financeiras, imposto aos municípios pelo Governo Federal, continuaremos implantando ações de valorização do funcionalismo público de Ribamar”, garantiu Cutrim.


O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

6 - Geral

Nova Aurora I e Nova Aurora III

Orientação

Sorteados mais 992 endereços do Minha Casa, Minha Vida

Semu promove debate nas escolas sobre prevenção da violência doméstica

Os endereços sorteados fazem parte dos empreendimentos Nova Aurora I e Nova Aurora III, localizadas na estrada da Maioba.

A Prefeitura de São Luís participou de mais um sorteio de endereços para os contemplados do programa Minha Casa, Minha Vida, na quadra esportiva do Parque Bom Menino, na manhã desta sexta-feira (14). Os endereços sorteados fazem parte dos empreendimentos Nova Aurora I e Nova Aurora III, localizadas na estrada da Maioba. Os dois conjuntos habitacionais contemplarão 635 famílias, formadas, em sua

maioria, por moradores de áreas de risco, idosos, portadores de necessidades especiais e dependentes do aluguel social. Durante o sorteio, o assessor especial para assuntos de Habitação, Geraldo Castro Sobrinho, representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, parabenizou os contemplados pela conquista da casa própria e reafirmou a meta de entregar mais três mil imóveis até o fim do ano. “Estamos reconstruindo o

programa Minha Casa, Minha Vida em São Luís. Encontramos diversas irregularidades no início da gestão, e, agora, cumprimos o compromisso de entregar as moradias de acordo com o que foi estabelecido pelo Ministério das Cidades”, destacou. Para a aposentada Maria Aparecida Nogueira, a conquista da casa própria foi a realização de um sonho antigo. Ao receber o endereço da casa no Residencial Nova Aurora I, onde irá morar com

o marido e filhos, não pôde esconder a alegria. “Eu nem, consigo acreditar que finalmente é minha vez”, comemorou. “A próxima etapa é entregar as chaves e os contratos pra que sejam assinados, nos dias 26 e 27 deste mês. Com isso, entraremos com a entrega das casas no território de São Luís, ainda no segundo semestre”, concluiu Geraldo Castro Sobrinho. O sorteio é realizado pela Caixa Econômica Federal, com apoio da Prefeitura de São Luís, através das equipes das secretarias da Criança e Assistência Social (Semcas) e de Urbanismo e Habitação (Semurh). Habitação Uma nova conquista foi conseguida junto ao Governo Federal. Segundo Geraldo Castro Sobrinho, os contemplados pelo programa agora terão acesso a linhas de crédito na Caixa Econômica Federal de até cinco mil reais. “Estamos garantindo dignidade para essas pessoas. Com o dinheiro, os contemplados poderão comprar mobília e tudo que precisam para ter conforto”, explicou.

Educação

Prefeitura capacita professores sobre desenvolvimento cognitivo São Luís é a primeira capital brasileira a utilizar a neurociência para melhorar o serviço na área da Educação. Esta semana, profissionais do magistério que atuam nas unidades de Educação Básica "Maria de Jesus Carvalho" e "Recanto dos Pássaros" estão recebendo formação para entender o desenvolvimento cognitivo das crianças e melhorar a atuação dos professores em sala de aula. O secretário de Educação (Semed), Allan Kardec Duailibe, esteve na manhã desta sexta-feira (14) na UEB "Maria de Jesus Carvalho" acompanhando as atividades. "Trabalhar na Educação com neurociência é o que tem de mais novo para que se possa entender o processo de cognição de nossas crianças e proporcionar o pleno desenvolvimento delas", destacou. Para as docentes da Educação Infantil que estão participando da formação, a ini-

ciativa da Prefeitura de São Luís é de grande valia para que as crianças desenvolvam plenamente as habilidades necessárias. "Este é um projeto piloto que tem por objetivo maior melhorar o perfil cognitivo das nossas crianças. A formação é bem diferenciada e está sendo bem proveitosa", destacou a professora Maria das Graças Meireles. A coordenadora pedagógica da UEB "Recanto dos Pássaros", Cecília Lauterjung, enfatizou a forma como a capacitação beneficiará os alunos. "A área da Saúde, e aqui a neurociência, possibilita a ampliação de visão do pedagogo. A partir dessa formação, saberemos como intervir para melhorar o desenvolvimento das habilidades de nossas crianças. O brincar fica intencionado e bem mais planejado visando à evolução dos nossos alunos", enfatizou. Projeto Ativamente O processo de formação dos professores a partir dos

Assessora da Semu, Ximena Casale, fala sobre a Lei Maria da Penha para os estudantes da escola Manoel Beckman

A Secretaria de Estado da Mulher (Semu) e Ministério Público Estadual iniciaram a edição 2013 da “Campanha Permanente Maria da Penha em Ação: Prevenção da Violência Doméstica nas Instituições de Ensino”, com diversas atividades em escolas. Este ano, a novidade é a promoção de concurso, com a temática da violência doméstica, voltado para estudantes de ensino médio e do 9° ano do ensino fundamental, com produção textual e vídeos. A dinâmica da campanha, este ano, inclui capacitação de professores das redes de ensino estadual e municipal e palestras nas escolas. De acordo com a secretária de Estado da Mulher, Catharina Bacelar, as ações nas escolas fortalecem o processo de formação de muitos jovens. Já foram visitadas as escolas Paulo VI, Almirante Tamandaré, Manoel Beckman e Barjonas Lobão. Na escola Manoel Beckman, em

São Luís, a assessora jurídica da Semu, Ximena Viana Casale, ministrou palestra para estudantes sobre a Lei Maria da Penha, norma que protege, juridicamente, os direitos das mulheres em caso de violências cometidas contra elas pelos homens. Segundo Ximena Casale, a receptividade das ações tem sido muito boa e há sempre casos de alunos procurando mais informações após as palestras. "Acho importante as jovens conheçerem seus direitos e os meninos saibam quais serão as penalidades previstas caso eles venham a agredir mulheres”. Estão previstas, para este mês, ações nas escolas João Bacelar Portela, Gonçalves Dias, Dr. Geraldo Melo, Cidade de São Luís, Maria Monica Vale, Maria Helena Duarte, General Arthur Carvalho, Humberto de Campos, Professora Margarida Pires Leal e Fernando Perdigão.

São Luís Prefeitura fará desobstrução de via no bairro Cohama

conhecimentos da neurociência faz parte do projeto Ativamente. O trabalho está sendo desenvolvido na rede municipal de ensino através do Neuro Center e em parceria com a Universidade Presbiteriana Mackenzie, responsável por avaliar a evolução dos alunos com a aplicação do projeto. "Este trabalho da neurociência com a educação é pioneiro. A Prefeitura de São Luís está investido em uma área que é atual e que deverá se transformar em uma referência no país", avaliou a

professora Roselane Pontes Almeida, formadora no "Ativamente" com mestrado em Educação e Saúde. O Ativamente objetiva levar a neurociência para aplicação em sala de aula, através da formação de professores e do diálogo com os pais. Durante o projeto piloto, cerca de 120 crianças das escolas "Recanto dos Pássaros" e "Maria de Jesus Carvalho" terão as habilidades de memória, atenção, psicomotrocidade, linguagem e funções executivas trabalhadas.

A Prefeitura de São Luís, por intermédio da Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh) reuniu-se com síndicos do Condomínio Tropical. O objetivo é viabilizar a retirada do portão existente em via pública que dá acesso a esse conjunto residencial, localizado no bairro da Cohama, e garantir maior fluidez ao trânsito. De acordo com os administradores do condomínio, o portão foi instalado para evitar a entrada de pessoas não autorizadas no local. “Vamos dar uma nova utilidade para aquela via, que antes servia apenas para dar acesso ao condomínio. Essa ação faz parte de um projeto de intervenções no bairro da Cohama para dar maior fluidez ao trânsito. Com a desobstrução

será possível fazer o prolongamento desta via, ligando-a com a malha viária existente”, afirmou Antônio Araújo, secretário de Urbanismo e Habitação. Durante a reunião ficou estabelecido que a remoção do portão deve ser feita até o dia 15 de julho pela Semurh. Esse prazo foi determinado para que o condomínio viabilize a reorganização da segurança. “Reuniões como essa são de grande importância para a administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior porque mostra que as intervenções realizadas pela Secretária não ocorrem de forma arbitrária. Estamos sempre dialogando com a comunidade”, declarou o secretário Antônio Araújo.


Geral - 7

O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Justiça

Polícia

Negado “habeas corpus” em favor de Júnior do Mojó

Polícia prende suspeito de homicídio em Joselândia

O ex-vereador de Paço do Lumiar, Edson Arouche Júnior, o Júnior do Mojó – um dos supostos mandantes da morte do empresário Marggion Andrade, assassinado, em 14 de outubro de 2011, num terreno no Araçagy, por denunciar esquema de venda ilegal de lotes naquele município– teve pedido de habeas corpus negado pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do

Maranhão (TJ-MA). No pedido de revogação da prisão preventiva do ex-vereador – acusado também de crime de estelionato, falsidade ideológica e ocultação de cadáver – a defesa alega que não há fundamentação idônea a respaldar a medida, face à inexistência de elementos que comprovem o seu envolvimento no homicídio. Argumenta ainda que os

fundamentos que alicerçavam a prisão preventiva eram baseados em depoimentos dos executores do crime, Alex Nascimento dos Santos e Roubert Sousa dos Santos, na fase policial, e que ao serem ouvidos posteriormente em juízo estes inocentaram Júnior do Mojó. Em caso de negativa quanto à expedição de alvará de soltura para que o exparlamentar possa aguardar o julgamento definitivo em liberdade, a defesa pediu a aplicação de outras medidas cautelares previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal. O relator do processo, desembargador José Bernardo Silva Rodrigues, explicou que o tema já foi objeto de análise em outro habeas corpus impetrado em favor do

acusado – na mesma câmara, tendo ele próprio como relator – “não havendo, por esse motivo, a hipótese de que, agora, sob os mesmos argumentos, seja novamente apreciado, uma vez que a matéria está acobertada pelo status da coisa julgada”. Quanto à possibilidade de substituição da prisão preventiva por outras medidas cautelares, o relator entendeu que, diante do quadro fático delineado, a prisão preventiva mostra-se necessária, conforme entendimento da Procuradoria Geral de Justiça. Em seu voto, Rodrigues foi acompanhado pelo desembargador José Luiz Almeida (presidente da câmara) e pelo juiz Alexandre Abreu (convocado para compor quórum).

Polícia

Polícia Civil prende delegada e mais duas pessoas suspeitos de crimes de extorsão em Açailândia Em uma operação conjunta da Delegacia Geral da Polícia Civil, Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e Corregedoria Adjunta da Polícia Civil, foi presa, na tarde desta quinta-feira (13), em Açailândia, a delegada titular da Delegacia da Mulher, naquele município, Clenir Maria Reis. Informações apuradas pela Superintendência de Investigações Criminais (Seic) dão conta de que a delegada cometia, entre outros, o crime de extorsão. Ela vinha sendo investigada há cerca de 5 meses pela Seic e por meio de várias denúncias sua

prisão pode ser efetuada. Em entrevista coletiva, a delegada geral, Cristina Resende, explicou que Clenir Reis agia silenciosamente, “Ela costumava descobrir crimes, abordava a vítima e acabava extorquindo. Dessa maneira o crime não era elucidado, o inquérito não era concluído e nem encaminhado para a Justiça”, explicou. Ainda de acordo com a delegada geral, Clenir Reis agia em parceria com o marido e mais uma terceira pessoa de nomes não revelados. “As investigações vão prosseguir e sendo o crime seja comprovado, a delegada responderá criminal e

administrativamente, podendo perder o cargo e o exercício da profissão”, concluiu. Os crimes cometidos por Cleni Reis são extorsão, concussão, que de acordo com o descrito no Código Penal, é o ato de exigir para si ou para outros, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, ou antes, de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, E, ainda, o crime de prevaricação, que é caracterizado por ser um crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública. A prevaricação consiste em

retardar ou deixar de praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa em lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal. Ela foi detida em cumprimento de dois mandados de prisão preventiva expedidos pelo juiz André Bogea, da Comarca de Açailândia, no momento em que recebia de uma suposta vítima da extorsão, a quantia de R$ 5 mil. A operação foi coordenada pelo delegado Leonardo Diniz, da Seic, e contou com a participação dos delegados Lawrence Melo e Maurício Ribeiro Martins, corregedor adjunto da Polícia Civil.

Uma ação da 11ª Companhia Independente de Presidente Dutra culminou com a prisão de João Pereira Cruz, de 76 anos, suspeito de ser o autor do homicídio que vitimou José Carlos da Silva Reis, 21, fato ocorrido na última quinta-feira (13), na Avenida Brasil, entrada da cidade de Joselândia. De acordo com informações da polícia, na manhã de ontem, a vítima e suspeito teriam iniciado uma discussão. Em meio à discussão, João Pereira desferiu um golpe de faca em José Carlos que atingiram o peito

esquerdo. A vítima veio a óbito ainda no local. Após o crime, equipes da PM saíram em diligências a fim de capturara o autor do homicídio. João Pereira foi detido em sua própria residência, nas proximidades da Avenida Brasil, ainda com a arma do crime. Ele foi conduzido para a delegacia Regional de Presidente Dutra onde foi autuado pelo delegado Valdenor Viegas. Segundo o delegado ele responderá pelo crime de homicídio e ficará detido aguardando decisão judicial.

GOE estoura mais uma boca de fumo em Caxias Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, militares do Grupo de Operações Especiais (GOE), ligado ao 2º BPM, descobriram mais uma boca de fumo na cidade de Caxias. O ponto de droga, que funcionava na Rua BeiraRio, bairro São Pedro, foi descoberto na última quinta-feira (13). Simone dos Santos Silva, 31 anos, foi detida no momento em que vendia entorpecente. Segundo informações policiais, há vários dias o local estava sendo monitorado pelo Serviço de Inteligência do 2º BPM. Com a suspeita, os militares encontraram um frasco de plástico contendo 72

pedras de crack. Na residência foi encontrada, ainda, uma porção de maconha, pesando aproximadamente 400g e outro pacote contendo aproximadamente 200g de sementes de maconha. Além do entorpecente, os policiais ainda encontraram um revólver de fabricação caseira, tipo garrucha, calibre 38 com dois cartuchos e dez aparelhos celulares de várias marcas que teriam sido trocados por droga. Simone foi apresentada no 1º DP e autuada em flagrante. Os filhos da suspeita foram entregues ao Conselho Tutelar para as providências cabíveis.


8 - Variedades

O QUARTO PODER - São Luís, sábado, 15 de junho de 2013

Coluna da

Célia Lima celialima@oquartopoder.com

Frase do Dia Não busque a felicidade fora, mas sim dentro de você, caso contrário nunca a encontrará. (Epiteto)

Conteúdo MDEMULHER

Oito receitas de máscaras com ingredientes naturais Quem disse que para ficar bonita é preciso gastar fortunas com cremes caros? Os ingredientes naturais também dão conta do recado e promovem um auxílio extra aos cuidados com pele, cabelo e corpo

A

ESCOLA DE MÚSICA REALIZARÁ RECITAIS DE MÚSICA INSTRUMENTAL Uma semana inteira de música instrumental acontecerá na Escola de Música do Estado do Maranhão “Lilah Lisboa de Araújo”, no período de 17 a 24 deste mês, com entrada franca, no auditório da Emem, na Rua da Estrela, 363- Praia Grande. As apresentações terão como atrações alunos dos núcleos de estudo de instrumentos. Seguindo a programação elaborada pela direção da Escola, na segunda feira (17), às 15h, alunos de violino e violoncelo, dos professores Manoel Mota e Káthia Salomão, apresentarão Recital de Cordas, com repertório de peças eruditas e populares de compositores nacionais e estrangeiros. O público amante da música instrumental das cordas friccionadas terá oportunidade de ouvir composições de Villa-Lobos, Mozart, Chopin, Vivaldi, J.S.Bach e outros compositores consagrados. De terça (18) a quinta-feira (20), às 18h30, o palco do auditório da Emem recebe alunos das professoras Ana Neuza, Andreia e Helen Benevenuto, do núcleo de piano, no Recital de Piano, com repertório variado que passam por peças de J. S. Bach, L. Von Beethoven, F. Liszt, J. Brahms , S. Rachmanninoff , Debussy entre outros.

Moda Como a gordinha deve usar o cinto? A grande maioria das mulheres tem na região imediatamente abaixo dos seios a parte mais estreita do corpo (inclusive porque geralmente o quadril é mais largo). Nesse caso, apertar a roupa nessa ocasião com o cinto ou com modelos tipo impéio é interessante pois marca uma região mais magra. Mas você deve ajustar abaixo do seio (sem apertar demais!) e usar uma peça que caia soltinha, tipo bata ou evasé, pata não marcar a barriga. O comprimento também deve ser mais largo que a linha do quadril para não mostrar a barriguinha! Os cintos largos ficam bem e estão na moda, mas cuidado com os modelos de elástico, a ideia não é apertar o corpo e sim ajustar a roupa à silhueta.

lém de se transforma rem em poderosos hidratantes, firmadores e rejuvenescedores, os tratamentos caseiros ainda ajudam a relaxar. Do preparo dos ingredientes ao tempo de aplicação, aproveite essas receitas para cuidar do corpo e também da mente. ROSTO - SEM INCHAÇO Junte 2 colheres (sopa) de aveia, 1 colher (sobremesa) de mel e 1 xícara de chá verde bem concentrado. Mexa bem e deixe descansar por 5 minutos. Aplique em todo o rosto, inclusive ao redor dos olhos, e deixe agir por 15 minutos. Em seguida, retire com uma espátula, raspando suavemente a pele. Lave o rosto em água corrente e enxugue a pele. Finalize aplicando em todo o rosto um algodão embebido com chá verde morno. Suavize as manchas Rale 1 maçã de tamanho médio e misture-a a ½ copo de água mineral até obter uma consistência cremosa. Em seguida, aplique a máscara no rosto e no pescoço e deixe agir por 15 minutos. Então, retire com água fria. Um toque de juventude Lave o rosto. Faça uma esfoliação com 1 colher (sopa) de aveia e 3 colheres (sopa) de mel e enxágue com água boricada fria. Depois, rale 1 cenoura bem fininho e junte 1/ 2 mamão papaia e mel até formar uma papa. Aplique no

Culinária

rosto e deixe agir por 30 minutos. Remova com água boricada. CABELO - PARA HIDRATAR Bata 1/2 abacate com 2 colheres (sopa) de mel no liquidificador. Passe a mistura nos fios úmidos e deixe 20 minutos, usando uma touca térmica ou uma toalha. Depois, lave o cabelo normalmente. Para recuperar Amasse 1 banana e misture-a com 1 colher (sopa) de aveia até criar uma pasta. Aplique nos fios molhados e deixe agir por 20 minutos. Depois, lave a cabeça como de costume. Para dar vida Forme uma pasta com 1 xícara (café) de castanhas picadas e 1 xícara (café) de leite de coco. Aplique nos fios secos e espere 15 minutos. Lave na sequência. CORPO - CONTRA A FLACIDEZ Massageie o corpo com a mistura de 3 colheres (sopa) de mel, 2 colheres (sopa) de aveia em flocos e 3/4 de xícara de leite de soja. Deixe agir por 5 minutos e enxágue bem. Corpo ultramacio Bata no liquidificador 1 e 1/2 copo de água mineral com 1 cenoura sem casca. Coe e junte 1 pote de iogurte natural, 4 colheres (sopa) de quinoa, 1 colher (sopa) de mel e 5 gotas de óleo de gérmen de trigo. Misture e passe no corpo. Deixe agir por 5 minutos e enxágue.

Beleza

Sorvete de maria-mole Ingredientes: Caramelo: 1 ½ xícara (chá) de açúcar - ½ xícara (chá) de água. Sorvete: 1 xícara (chá) de água fervente - 1 caixa de pó de maria-mole - 1 lata de leite condensado - 1 xícara (chá) de leite - 1 caixa de creme de leite

Modo de preparo: Caramelo - Leve ao fogo o açúcar e mexa até derreter. Retire da chama, junte a água com cuidado e volte a panela ao fogo deixando ferver até dissolver. Passe em uma forma de bolo inglês média e reserve. Sorvete - No liquidificador, bata a água fervente com o pó para maria-mole. Junte o leite condensado, o leite, o creme de leite e o leite de coco. Coloque na forma com a calda e cubra com papel-alumínio. Leve ao congelador até ficar bem firme (aproximadamente oito horas). Pouco antes de servir, retire do freezer para amolecer levemente e então desenformar.

Cabelo com mais brilho Para um cabelo bem limpo não basta lavar de qualquer jeito. Comece molhando bem os cabelos (utilize água fria, de preferência), depois dilua uma pequena quantidade de xampu em um recipiente, com água (proporção de 100 ml de água para 10 ml de produto) antes de aplicá-lo nos fios. Em seguida enxague os cabelos e retire o excesso de água com uma toalha. Só depois aplique o condicionador, mantendo dois dedos de distância das raízes para evitar oleosidade. Depois de retirar todo o condicionador, seque com uma toalha sem esfregar muito, porque o atrito deixa as cutículas do fio abertas e o condicionador serve para fechá-las. Com as cutículas seladas, os fios ficam com textura mais uniforme. Para secar o cabelo, vale usar o secador, mas na hora de finalizar, dê um jato de ar frio no cabelo, selando ainda mais as cutículas, assim como a água fria.

oquartopoder.com


15062013