Issuu on Google+

Professores do Maranhão estão entre os mais bem remunerados do país Pág - 7 ANO 10

NÚMERO 2233

SÃO LUÍS - M A , SÁBADO, 14 DE JANEIRO DE 2017

CAPITAL E INTERIOR - R$ 2,00 OUTROS ESTADOS - R$ 3,00

Estado do Maranhão é vencedor do Premio Brasil Hidroponia. Pág-5

MAIOR PARCELA PASSA A R$ 1.643,72

Seguro-desemprego tem reajuste de 6,58% O ministério do Trabalho informou nesta sexta-feira (13) que o valor da maior parcela do seguro-desemprego, paga a trabalhadores que ganhavam salário mais alto, aumentou de R$ 1.542,24 para R$ 1.643,72, uma diferença de R$ 101,48. O novo valor valerá para o ano de 2017. O reajuste das parcelas do seguro-desemprego é feito todos os anos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Em 2016, o INPC acumulou alta de 6,58%.P á g i n a - 2

“A Zona Rural de São Luís está abandonada”, diz Wellington Após visita realizada pelo Gabinete Móvel na Zona Rural de Sã o L u í s , o d e p u t a d o e s tadual Wellington do Curso (PP) protocolou, n a m a n h ã d e s t a q u a r t a - f e i r a ( 11 ) , n a A s sembleia Legislativa do Maranhão, indicações solicitando a realização de obras que construam uma ponte para ligar os bairros da Vila Ita m a r a o R e c a n t o Ve r d e . Página - 3

Banco do Brasil terá que pagar mais de R$ 4 mil a cliente do MA

Matrículas para escolas de tempo integral começam nesta segunda-feira

Pág - 2

Mais

Governo disponibiliza conversão de créditos do ‘Nota Legal’ Pág - 6

Pág - 7

Famílias atendidas pelo Bolsa Escola comemoram aumento do benefício Pág - 6

Pág - 5

Governo reduz em 75% o número de presos por agentes penitenciários no estado O Governo do Maranhão alcançou nos últimos anos mais uma marca significativa para o sistema prisional do estado: a redução de presos por agentes penitenciários. Enquanto que em 2014 o total era de 12 detentos por agente, 2016 fechou com uma média de 3 presos para cada profissional, o que resultou numa diminuição de 75% no número de encarcerados por servidor. Página 2

www.oquartopoder.com

Praias da Grande Ilha foram destaque nacional por boa balneabilidade

Mais

Governo recebe prefeitos eleitos e discute parcerias na Saúde Pág - 3

redacao@oquartopoder.com


2 Geral

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

Governo do Maranhão reduz em 75% o número de presos por agentes penitenciários no estado

Anatel contraria Kassab e diz que não pretende limitar internet Nove meses depois de proibir as operadoras de limitarem o acesso de seus clientes ao sinal de banda larga fixa, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) diz não ter intenção de reabrir o debate sobre a chamada franquia nos planos de internet. A afirmação foi feita nesta sexta-feira (13) ao G1 pelo presidente da agência, Juarez Quadros. “Não há por parte do Ministério e também da Anatel nenhuma intenção de reabrir a questão”, disse Quadros. Ele destacou que a decisão cautelar que impediu o limite de acesso à banda larga fixa, tomada em abril e que continua em vigor, não tem prazo de validade. O presidente disse ainda que a agência reguladora não pensa em alterá-la.

Quadros fez as afirmações um dia depois de o site "Poder 360" publicar uma entrevista com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab. Na entrevista, Kassab afirmou que a Anatel e o governo deveriam tomar uma decisão sobre a franquia nos planos de

internet até o segundo semestre de 2017 e que os pacotes de acesso limitado voltariam a ser liberados. Após a decisão de impedir o limite da banda larga fixa, a Anatel abriu uma consulta pública para tratar do assunto. A partir dela, deve definir uma regulamentação para a prestação do

serviço. Equívoco O presidente da Anatel disse que Kassab afirmou a ele ter cometido um "equívoco" na declaração feita ao site. Ainda na quinta-feira (12), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações divulgou nota em que afirma que “o governo federal vai atuar para que o direito do consumidor seja respeitado e para que não haja essa alteração em observância do Código de Defesa do Consumidor.” “O MCTIC aproveita para esclarecer também que os estudos, quando finalizados, podem indicar que o melhor modelo é o ilimitado, com isso governo federal deverá mantê-lo”, informou o ministério. Do G1

Banco do Brasil terá que pagar mais de R$ 4 mil a cliente do MA O Banco do Brasil terá que pagar o valor de R$ 4.400, 00 (quatro mil e quatrocentos reais) a um cliente que recebeu cobrança indevida e ainda teve o nome inscrito nos cadastros de proteção ao crédito. A decisão, proferida pelo Poder Judiciário da Comarca de Carolina, impõe ainda ao banco uma multa de R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) em caso de descumprimento da decisão judicial. Consta na ação, movida por R.M.R., que ele teria aderido ao parcelamento do valor da fatura de cartão de crédito da conta da qual é titular, parcelamento este oferecido pela instituição bancária de forma expressa na fatura, referente a novembro de 2014. “Ocorre que o banco demandado ignorou a operação efetuada, bloqueando o cartão de crédito do requerente, o inserindo nos cadastros de negativação, e, ainda, incluindo o saldo devedor da referida fatura no mês seguinte (dezembro)”, ressalta a decisão. Foi designada

audiência conciliatória, que não se realizou pela injustificada ausência do banco reclamado, embora tenha sido devidamente intimado. E segue: “Diante da revelia do requerido, presumemse aceitos como verdadeiros os fatos alegados pela parte autora na inicial, e esses fatos levam às consequências jurídicas almejadas, de forma que promovo o julgamento antecipado da lide e conheço diretamente do pedido nos termos do art. 355, inciso II do Novo Código de Processo Civil. Em esfera de juizado, onde imperam os princípios da informalidade e celeridade, a ausência de contestação do requerido que, consequentemente se tem como revel, faz valer contra si os fatos trazidos pelo reclamante, salvo se o contrário resultar da convicção do Juiz. Para o Judiciário, foi verificada a falha na prestação do serviço pela empresa demandada. Sobre o caso, a decisão explica que “o grau de culpa consistiu no fato de que a demandada, por ingerência e

falta de responsabilidade, não atendeu ao chamado do consumidor que ficou injustamente privado da utilização do cartão de crédito, mesmo estando em dia com o pagamento das faturas de consumo, além de ter o nome injustamente negativado, por dívida cobrada de maneira indevida, caracterizando, desta forma, um ato praticado e um fato consumado, gerando o nexo causal aplicável a responsabilidade civil da empresa demandada, razão pela qual o pedido de indenização por danos morais é pertinente”. “Dessa forma, presente o dano moral, diante do constrangimento por que passa aquele que paga por um serviço e não pode deste usufruir, sendo cabível indenização, a qual servirá para punir o infrator, proporcionar à vítima uma compensação pelo dano causado e servir de exemplo, para evitar a propagação de novos atos, espelhando o já consagrado pela Constituição Federal de 1988, que amparou, com ve-

emência, a reparação do dano moral em seus incisos V e X do art. 5º, autorizando a todos que sofrem algum dano dessa natureza a pleitear a indenização devida, sendo corroborada pelo disposto no art. 927, do Código Civil”, entendeu a Justiça. Por fim, o Judiciário julgou procedente o pedido no sentido de declarar inexistente o débito discutido nos autos e condenou o Banco do Brasil, a título de indenização por danos morais, ao pagamento de R$ 4.400,00 (quatro mil e quatrocentos reais), acrescida de juros e correção monetária, contados a partir da publicação desta sentença (Enunciado 10 das Turmas Recursais Cíveis e Criminais do Maranhão). Deverá ainda o banco restituir em dobro de todo o valor indevidamente cobrado/debitado junto ao consumidor, a saber: R$ 4.666,16 (quatro mil seiscentos e sessenta e seis reais e dezesseis centavos), sobre o qual deverá incidir juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês.

O Governo do Maranhão alcançou nos últimos anos mais uma marca significativa para o sistema prisional do estado: a redução de presos por agentes penitenciários. Enquanto que em 2014 o total era de 12 detentos por agente, 2016 fechou com uma média de 3 presos para cada profissional, o que resultou numa diminuição de 75% no número de encarcerados por servidor. O quantitativo supera a proporção mínima de um agente penitenciário para cada cinco presos, determinada pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP). A redução no percentual de presos para cada agente é resultado dos inúmeros investimentos feitos pela atual gestão para sanar essa problemática que, inclusive, ocorre em todo Brasil. Uma das medidas tomadas foi a realização de Concurso Público para 235 novos agentes, dos quais 100 já foram devidamente nomeados e estão exercendo suas funções. A previsão é que no primeiro semestre deste ano os demais iniciem suas atividades. Além disso, o Sistema Penitenciário do Maranhão possui 811 agentes penitenciários temporários, 1.417 auxiliares penitenciários e, com a nomeação dos novos servidores, 665 agentes efeti-

vos, o que equivale à média de aproximadamente 3 presos para cada agente. O secretário de Administração Penitenciária, Murilo Andrade de Oliveira, falou que a proposta é melhorar ainda mais os indicadores. “A nossa estimativa é que até o fim do primeiro semestre deste ano nós tenhamos cerca de 2.900 servidores de segurança penitenciária no quadro da Seap, entre os quais inclui agentes penitenciários efetivos, auxiliares penitenciários temporários e agentes penitenciários temporários”, pontuou o secretário. Para reforçar ainda mais o quadro de servidores de segurança prisional, a expectativa é que o Governo do Maranhão faça, até o fim do ano, outro Concurso Público com uma quantidade maior de vagas. Hoje em todo o estado são 2.758 servidores de segurança penitenciária em atividade no sistema prisional do Maranhão. Outra ação para 2017 que, além de contribuir para a redução da superlotação vai resultar no aumento da segurança interna prisional, é a edificação da Portaria Unificada da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6, antigo Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas. A obra passará por licitação, o que deve ocorrer em meados deste ano.

Seguro-desemprego tem reajuste de 6,58% e maior parcela passa a R$ 1.643,72 O ministério do Trabalho informou nesta sextafeira (13) que o valor da maior parcela do segurodesemprego, paga a trabalhadores que ganhavam salário mais alto, aumentou de R$ 1.542,24 para R$ 1.643,72, uma diferença de R$ 101,48. O novo valor valerá para o ano de 2017. O reajuste das parcelas do seguro-desemprego é feito todos os anos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Em 2016, o INPC acumulou alta de 6,58%. De acordo com o Ministério do Trabalho, a correção é válida para os benefícios pagos a todos os brasileiros demitidos sem

justa causa, pescadores artesanais em período de defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas à de escravo e aqueles que tiveram o contrato de trabalho suspenso (lay-off). O valor do seguro-desemprego é definido com base em uma tabela com três faixas salariais: a) até R$ 1.450,23; b) entre R$ 1.450,24 e R$ 2.417,29; c) acima de R$ 2.417,29. Recebe o valor mais alto do benefício (R$ 1.643,72) quem se enquadra na última faixa. O valor mínimo do benefício é equivalente ao salário mínimo, que em 2017 passou para R$ 937,00.


Política

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

“A Zona Rural de São Luís está abandonada”, diz Wellington

Após visita realizada pelo Gabinete Móvel na Zona Rural de São Luís, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) protocolou, na manhã desta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa do Maranhão, indicações solicitando a realização de obras que construam uma ponte para ligar os bairros da Vila Itamar ao Recanto Verde. A solicitação é resultado de denúncias de moradores dos bairros que dis-

seram estar “cansados” de promessas já feitas pelo prefeito de São Luís. Esse é o caso da vendedora autônoma Silvia Helena, de 45 anos, que mora na cabeceira da ponte e precisa arriscar sua vida passando pela ponte todos os dias. “Já estamos há anos aqui, arriscando nossas vidas e a de nossos filhos. Isso aqui é passagem. Todo dia tem que ir buscar a criança na escola e esse des-

caso se torna um risco para todos nós, só queremos uma solução, só queremos uma ponte de verdade”, lamentou Silvia Helena. Sobre o assunto, o deputado Wellington disse que aguardará uma resposta e que conta com a parceria entre Governo do estado e Prefeitura. “Nós cobramos a conclusão da Ponte Pai Inácio, que liga o Parque Vitória ao Turu, e graças a Deus tivemos a

obra finalizada. Deixamos aqui essa solicitação que não é minha, mas desses moradores que sofrem com o abandono. Ponte de madeira, mato, esgoto a céu aberto... a Zona Rural está abandonada, ninguém olha mais para a zona rural. Aguardamos uma reposta e esperamos que haja a parceria entre Governo do estado e Prefeitura quando o assunto for em benefício do povo. Nós continuamos à disposição, percorrendo os bairros de São Luís, ouvindo o povo e dando voz ao nosso mandato popular”, afirmou Wellington. O Gabinete Móvel possui uma agenda que é previamente divulgada. Para solicitar a visita, qualquer cidadão pode entrar em contato com a Equipe do Deputado Wellington do Curso através do número (98) 99911 0011 e justificar a solicitação (também no WhatsApp). O Gabinete Móvel ainda percorrerá toda a região metropolitana de São Luís e municípios do Maranhão.

Engajamento dos municípios no combate às drogas é fundamental, afirma Eliziane Gama

A Coordenadora da Comissão Externa da Câmara dos Deputados sobre consumo de drogas entre jovens, deputada federal Eliziane Gama iniciará a apresentação da campanha “Maranhão contra às drogas” nos municípios

maranhenses a partir da próxima semana. “A família não pode perder esta guerra contra às drogas. Sei que com a união de forças entre Poder Público, Família e Sociedade é possível transformar esta realidade.

Queremos incentivar a realização de ações fortes em todos os municípios maranhenses”, destacou. A proposta é promover o diálogo sobre o tema nas cidades e estimular a participação das instituições, igrejas, escolas e sociedade no combate às drogas em todas as regiões do Maranhão. “Nesta primeira fase vamos apresentar a campanha e incentivar o engajamento dos municípios nesta causa. Queremos que cada cidade desenvolva ações”, esclareceu. O primeiro encontro será na Câmara Municipal de Santa Rita na segundafeira, dia 16 de janeiro às 9 horas e contará com a presença de entidades e representantes da comunidade. No mesmo dia, a coordenadora da comissão

irá para o município de Itapecuru-Mirim para a realização de uma audiência também na Câmara Municipal da cidade às 15 horas. Comissão Nacional A Comissão Externa da Câmara dos Deputados sobre consumo de drogas entre jovens foi instalada no fim do ano passado e desenvolverá atividades nos estados com maior incidência de consumo de drogas do país. Dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), divulgada pelo IBGE em agosto de 2016 mostra que a taxa dos jovens que usam drogas ilícitas aumentou de 7,3% em 2012 para 9% em 2015. Além das drogas ilícitas, é crescente o número de adolescentes que consomem bebida alcoólica.

Classificados

Anuncie aqui e venda muito mais!

3229-1560 / 98897-3555 / 99976-6175

3

Governo recebe prefeitos eleitos e discute parcerias na Saúde

Secretário Carlos Lula realiza amplo diálogo com prefeitos eleitose reeleitos

O planejamento da saúde e a assistência à saúde, de acordo com a vocação de cada região, são aspectos que estão sendo observados prioritariamente pelo Governo do Estado e novos gestores municipais. Esta semana, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, recebeu 18 prefeitos eleitos. Os entes buscaram fortalecer parcerias visando o conjunto de ações e serviços de saúde, providos pelo Governo aos municípios, para garantir o acesso resolutivo. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, frisou que todos os gestores são tratados de forma democrática. "O Estado trata todos os prefeitos de forma republicana, independente da política partidária. São situações complexas, mas desafiadoras. Adotamos o diálogo fundamentado sempre em consonância com a formulação de políticas públicas sociais e econômicas que proporcionem o acesso universal aos serviços de saúde. O mais importante de tudo é promover saúde para população”, disse. Ainda segundo o secretário, para cumprir esse papel, o governo Flávio Dino vem assegurando ao usuário o acesso igualitário, por meio dos investimentos empenhados com a assistência desde a inauguração da primeira unidade hospitalar, inaugurada em 2015. “Com os cinco novos hospitais nas cidades de Pinheiro, Caxias, Santa Inês, Imperatriz e Bacabal, somente no último ano, atendemos mais de 2 milhões de pessoas, permitindo a oferta

dos serviços em 142 municípios, por exemplo”, citou o secretário Carlos Lula. Em Caxias, a Maternidade Carmosina Coutinho recebeu aporte financeiro do Governo do Estado. A unidade é considerada de alto risco, alcançando sete regionais de saúde e até 50 municípios. Com o investimento do Governo, o índice de mortalidade neonatal reduziu em cerca de 60% na maternidade se comparado aos anos anteriores. O prefeito eleito de Caxias, Fábio José Gentil Pereira Rosa, durante tratativas com o secretário Carlos Lula, manifestou interesse na manutenção da parceria com a gestão municipal. “Conversamos com o secretário, mostramos a necessidade que o município de Caxias tem em manter a parceria junto ao Governo do Estado na manutenção da Maternidade Carmosina Coutinho. O apoio do Governo tanto foi determinante para redução da mortalidade-infantil, que é importante que esse quadro se mantenha. Hoje é impossível o município se manter sozinho. A gente precisa do apoio [do Governo] para dar continuidade a redução”, disse o prefeito. O prefeito de Alto Alegre do Pindaré, Francisco Dantas Ribeiro, o “Fufuca”, reuniu pela segunda vez com o secretário Estadual de Saúde. O objetivo é buscar apoio do Governo para melhorar a qualidade do atendimento realizado no município. “Estamos buscando viabilizar a cessão do hospital do estado para o município”, ressaltou o prefeito.


4 Esportes e saúde

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

Modesto joga a toalha por Robinho no Santos: "Tem que esperar um ano" ciar. O Santos não paga para ter o Robinho. Temos que esperar um ano. Não dá para fazer o que não podemos. Entre querer e poder ter, tem uma distância imensa. Robinho, se fosse possível, queria. Mas ele tem contrato de mais um ano. Vamos esperar. É uma virtude – disse Modesto. Sem chance por Robinho, o Alvinegro "volta para a realidade" e espera pelo acerto com o atacante Bruno Henrique, do Wolfsburg. As negociações estão em andamento.

O Santos não sonha mais com Robinho para 2017. O presidente Modesto Roma diz que o clube não pode pagar ao Atlético-MG pelo atacante, e que a saída é esperar por ele para 2018 – em dezembro o contrato se encerra. O Peixe esperava que o Rei das Pedaladas fosse liberado porque a Dryworld, fornecedora de material esportivo que pagava a maior parte dos salários, deixou o Galo. Os mineiros, porém, não abrem mão do jogador. – Nós não vamos nego-

Sedel discute com gestores municipais reforma de praças esportivas no interior do estado Com o intuito de ampliar o acesso ao esporte, o secretário de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), Márcio Jardim, vem dialogando com gestores municipais sobre o fomento do desporto em todo Maranhão. Nesta semana, Jardim recebeu os prefeitos de Itapecuru-Mirim e Santa Luzia do Paruá para discutir projetos, construção e reforma de praças esportivas. Durante o encontro, o prefeito de Itapecuru-Mirim, Miguel Lauand, falou sobre a importância de uma reforma no Estádio Municipal Rodolfão. “Encontramos o Rodolfão abandonado pela última gestão. Há quatro anos que a população pede socorro e nenhuma ajuda é dada. Conhecemos o excelente trabalho que o Governo do Estado vem rea-

Secretário Márcio Jardim e prefeito de Itapecuru Mirim, Miguel Lauand lizando em todo Maranhão e vimos em busca de parceria para realizar um sonho antigo dos itapecuruense”, comentou Lauand. O prefeito de Santa Luzia do Paruá, José Plácido de Holanda, tratou sobre convênios na área do esporte, Caravana Mais Esporte e Lazer, e reforma do Estádio Antonio Dorgival Marinho. “É perceptível

que o esporte maranhense está passando por mudanças. Estamos analisando, junto ao secretário Márcio Jardim, melhorias para as praças esportivas e apoio aos atletas luzienses”, destacou. “O esporte é uma das principais ferramentas de socialização, capaz de despertar bons valores humanos, como a amizade, o co-

letivismo, a fraternidade e o pleno exercício da cidadania, fatores para promover a paz. Por isso, nos empenhamos ao máximo para dialogar com os gestores municipais, receber as demandas locais e, assim, como contribuir de forma significativa, no que for possível, para o desenvolvimento do esporte maranhense”, disse Márcio Jardim.

w w w . udesfilho. c o m .br

Aedes resistente ao vírus da dengue é criado por pesquisadores dos EUA Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criaram mosquitos geneticamente modificados que são resistentes à dengue. O estudo foi publicado nesta quinta-feira (12), na revista científica PLoS. Em entrevista ao G1, George Dimopoulos, que é autor principal do trabalho, disse que a pesquisa é “um primeiro passo para controlar a transmissão da doença”. Os mosquitos com os genes alterados produziram menos ovos e cópias dos vírus no corpo e glândulas salivares. “Acreditamos que, por meio da engenharia genética, nós vamos poder fazer um sistema imunológico dos mosquitos tão forte que vá bloquear completamente o vírus. Em seguida, nós temos que desenvolver mosquitos que podem suprimir a infecção pelo vírus da dengue para um nível que garanta a redução da transmissão para os seres humanos”, disse. Dimopoulos e seus colegas modificaram um gene responsável pela vitelogenina, uma proteína que é expressa depois de o mosquito se alimentar de sangue. Também foram acrescentados genes de duas outras proteínas, Dome e Hop, ativadas em Aedes geralmente resistentes à doença. De acordo com o estudo, tal modificação genética no Aedes aegypti não é eficiente para criar resistência ao zika e à chikungunya, no entanto. O pesquisador diz que a pesquisa pode ajudar a entender quais modificações são necessárias para esses outros vírus. “Nosso estudo ensinou que o sistema imunológico dos mosquitos não suprime a dengue, zika e chikungunya com o mesmo mecanismo

[ou genes]. Isso nos ajudará a aplicar e descobrir outras modificações genéticas para torná-los resistentes a todos esses vírus”, completou. 'Aedes do Bem' no Brasil - O Brasil já tem uma experiência bem-sucedida com uma linhagem modificada do mosquito Aedes aegypti. Os mosquitos geneticamente modificados, ou transgênicos, produzidos pela empresa britânica Oxitec foram liberados, primeiro, em dois bairros da cidade de Juazeiro – Ituberaba e Mandacaru – e em um bairro da cidade de Jacobina, ambas na Bahia. Nessas áreas, o projeto foi liderado pela Universidade de São Paulo e pela organização Moscamed, com apoio da Oxitec. Depois, o mosquito também passou a ser liberado em Piracicaba. Os dois mosquitos são modificados geneticamente, mas são diferentes. Guilherme Trivellato, coordenador de operações de campo da Oxitec no Brasil, explicou que o estudo da Universidade Johns Hopkins tem como objetivo o “controle da doença” e que “o inseto continue se proliferando, mas seja menos propenso a transmitir a dengue”. Já o Aedes do Bem usado no Brasil, de acordo com o Trivellato, busca um “controle do vetor”. “É um mosquito que, ao ser liberado no ambiente, copula com a fêmea selvagem do Aedes aegypti. Seus descendentes herdam um gene autolimitante que faz com que morram antes de se tornarem adultos funcionais. Com isso, há uma supressão significativa da população selvagem do Aedes aegypti na área em que é utilizado o 'Aedes do Bem', sem permanecer no ambiente”, completou.


Municípios

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

“Férias em Trânsito” leva ações educativas para a Baixada Maranhense

Campanha voltada para alertar os condutores de veículos sobre a boa conduta no trânsito

Com o objetivo de alertar os condutores de veículos para boa conduta no trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) está realizando ações educativas nos municípios de Santa Helena, Turilândia e Mirinzal, na região da Baixada Maranhense. A iniciativa faz parte da campanha “Férias em trânsito: se vale a diversão, vale mais a segurança!”, que, neste mês, colocará em prática atividades voltadas

para conscientizar motoristas, de veículos e motocicletas, sobre as condições de segurança necessárias para sua proteção e dos passageiros. A campanha acontece por meio de parceria com a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), por meio da Companhia de Policia Militar Rodoviária Independente (CPRV Ind). Durante as ações, a equipe da Coordenadoria de Educação para Trânsito apresenta aos motoristas in-

formando sobre a campanha de prevenção de acidentes e os cuidados necessários para dirigir nas estradas no período das férias. Em seguida, entregam materiais educativos com dicas de segurança, como o uso do cinto de segurança para motoristas e passageiros de carros e capacetes e retrovisores para motociclistas. O chefe da Estatística do Detran-MA, Rafael Coutinho, que coordena as atividades educativas, desenvolvidas na

região da 7ª Ciretran de Pinheiro, lembra que o objetivo da abordagem é conscientizar as pessoas sobre os perigos no trânsito, principalmente nas férias, quando o fluxo de veículos aumentam nas estradas. “O Detran-MA pretende alertar os motoristas e passageiros para uma mudança de conduta no trânsito e contribuir para a diminuição dos índices de acidentes”, explica. Durante uma abordagem, a empresária Maria de Fátima Silva, moradora de Mirinzal, disse que, apesar de nunca ter vivido uma situação de acidente no trânsito, aposta nas campanhas educativas para que todos tenham mais segurança. “A direção defensiva ainda é a melhor escolha para um transito seguro”, afirmou. De acordo com a coordenadora de Educação para o Trânsito, Rosetânia de Farias, as atividades da campanha serão executadas até o fim deste mês em vários pontos de São Luís e outros municípios do estado, com abordagens educativas sobre o uso dos itens indispensáveis de segurança.

Praias da Grande Ilha foram destaque nacional por boa balneabilidade A balneabilidade das praias de São Luís foi destaque nacional em levantamento realizado pelo site da Revista Exame na última quintafeira (12), em referência ao laudo realizado na semana passada. Nesta sexta-feira (13), o Governo do Estado divulgou o relatório semanal, aferido pelo Laboratório de Análises Ambientais – LAA, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), que aponta a continuidade da grande maioria dos pontos próprios para banho. O novo levantamento indica que 18 áreas monitoradas estão com as praias balneáveis. A sucessão do grande número de pontos próprios para banho coloca a orla de São Luís e São José de Ribamar como a que tem o menor número de bactérias entre todas as capitais do Brasil. O novo levantamento aponta que somente dois pontos localizados na praia da Ponta D’areia (Bar do Dodô e Hotel Brisamar) e um da praia de São Marcos (em frente aos bares do Chef

e Marlene’s) estão impróprios para o banho, entre os 21 monitorados semanalmente pela Sema. Desde o início de 2015, o Governo do Estado age com transparência em relação a balneabilidade das praias da Região Metropolitana de São Luís. A limpeza dos mares, segundo o governador Flávio Dino, está em processo e é resultado de investimentos em saneamento básico. “Conseguimos um patamar muito bom, que praticamente há uma década não havia, em que praticamente 100% dos pontos pesquisados estão sendo liberados. Uma semana, ou outra, nós temos alguns pontos impróprios e claro que nós sabíamos que seria assim porque o processo de limpeza total, que leva algum tempo, depende da conclusão das obras nos principais rios que chegam nas praias”, explicou o governador. Para o secretário da Sema, Marcelo Coelho, a manutenção de todas as praias próprias para banho é um desafio, pois neste período do

ano as chuvas fazem com que o esgoto lançado irregularmente em rios e córregos afluentes às praias, bem como em canais de drenagem, seja carregado para o mar propiciando o aumento da concentração dos indicadores biológicos de qualidade das praias. “Mesmo com o grande número de chuvas na semana, conseguimos manter índices satisfatórios neste relatório”, comemorou. Investimentos em saneamento - O presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Davi Telles, ressaltou que o Governo do Estado avançou muito nos últimos dois anos na área do saneamento básico. Obras como a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Vinhais; a troca de 2,3 km da linha de esgoto da Avenida Daniel de La Touche, com elevatória e equipamentos novos; além da manutenção e substituição de estruturas sucateadas estão sendo fundamentais para a limpeza das praias de São Luís. Além disso, de acordo

com Davi Telles, o Governo do Estado trabalha firme para a despoluição dos rios da capital. As obras no Rio Claro contemplam a construção da elevatória de esgoto e redes coletoras, e estão em fase de finalização. No Rio Calhau, a licitação está sendo concluída para o início das obras. “Antes das obras, no entanto, otimizamos elevatórias que extravasavam no Calhau, o que fez com que o rio melhorasse muito suas condições nesses dois anos de Governo. O Rio Pimenta não deverá mais ter problemas”, garantiu o presidente da Caema. Transparência - Por determinação do governador Flávio Dino, o laudo semanal de balneabilidade está sendo divulgado de forma transparente, para que os banhistas maranhenses possam utilizar as praias de forma segura. “A qualidade da água semana a semana está melhor, as praias estão sendo monitoradas e nós divulgamos com transparência os resultados porque nós temos seriedade”, realçou.

5

'Prévia' do PIB registra alta de 0,2% em novembro, diz BC O nível de atividade da economia brasileira reverteu a tendência de queda e apresentou leve crescimento em novembro de 2016, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (13) pelo Banco Central. O chamado Índice de Atividade Econômica do BC, o IBC-Br, indicador criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) divulgado pelo IBGE, apresentou alta de 0,2% em novembro de 2016, na comparação com outubro. O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de "compensação" para poder comparar períodos diferentes). Esse resultado aponta para uma inversão da tendência do indicador, que havia registrado um encolhimento de 0,15% (dado revisado) em outubro, na comparação com setembro. A alta é a primeira desde julho de 2016, quando o IBCBr registrou crescimento ainda mais tímido, de 0,007%. O resultado de julho foi revisto pelo Banco Central -

quando da primeira divulgação, o índice apontou para uma queda de 0,09%, na comparação com junho. O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Em 2015, de acordo com o IBGE, o PIB recuou 3,8%. Para 2016, a estimativa de analistas dos bancos é de um recuo de 3,49%. No terceiro trimestre deste ano, o PIB encolheu 0,8%. A economia brasileira atualmente passa por um período de forte recessão, que acontece em um ambiente de alta da inflação, das taxas de juros, do desemprego (que superou a marca de 11%) e também da inadimplência. Diante desse quadro, a equipe econômica do governo federal estima que a economia brasileira voltará a se recuperar somente no começo de 2017. A expectativa do governo é que, em 2017, o PIB tenha uma alta de 1%, mas o mercado financeiro vê uma alta menor, de 0,50%.

Estado do Maranhão é vencedor do Premio Brasil Hidroponia O Estado do Maranhão foi vencedor do Premio Brasil Hidroponia, categoria Destaque Ação Social: Sistema de Aquaponia: Integração de Peixes e Hortaliças – Um incentivo às famílias maranhenses na melhoria do IDH – executado pelao Governo do Estado, em parceria com a Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano e a Universidade Estadual do Maranhão. Uma Iniciativa da Revista Hidroponia, o prêmio integra-se como ferramenta de promoção e incentivo às práticas técnicas e reconhecidamente sustentáveis nos planos econômico, administrativo, produtivo e ambiental. Uma ação pioneira que conta com o suporte do representativo grupo de Consultores Hidropônicos Avançados que apoiam a Revista Hidroponia. A segunda edição do Prêmio Brasil Hidroponia obteve uma alta de 370% em participação de votos

em relação à edição anterior. “O aumento da participação em relação à primeira edição, que já tinha sido muito significativa, indica o quanto esta ação uniu os profissionais do segmento. E isso nos motiva muito para os próximos prêmios”, destaca o diretor-geral da Revista Hidroponia, Roberto Luis Lange. Ao todo, o Prêmio Brasil Hidroponia 2016 conta com 20 vencedores. São personalidades, lideranças, produtores, pesquisadores e fornecedores da cadeia hidropônica que fazem a diferença no setor e que receberam mais votos do público em suas respectivas categorias. A votação ocorreu entre os dias 1° de novembro e 31 de dezembro de 2016, no site oficial do prêmio. O diretor-geral salientou a mobilização das hidroponias inscritas. Os vencedores receberão um certificado pela distinção e terão seus perfis apresentados em reportagem.


6

Geral

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

Famílias atendidas pelo Bolsa Escola comemoram aumento do benefício “Soube do aumento do Bolsa Escola e fiquei feliz, muito contente mesmo”, disse a dona de casa Leonice Costa Santos, 34 anos. Mãe de quatro filhos, todos eles atendidos pelo programa que transfere renda para a compra de material escolar, ela comemorou o reajuste de 12,5% do benefício, concedido pelo Governo do Maranhão. Através de investimentos de R$ 59,2 milhões, o Bolsa Escola atende a 1 milhão e 110 mil alunos da rede pública de ensino. Com o incremento, o valor subiu de R$ 46 para R$ 51 por criança atendida. Anunciado em julho de 2016 pelo governador Flávio Dino, o acréscimo passou a vigorar neste ano letivo, durante segunda etapa do Bolsa Escola. Tem direito ao auxílio, crianças entre 4 a 17 anos matriculadas em escola pública e não há limite de inscritos por família. Para dona Leonice, o reajuste totalizou R$ 204 de crédito na compra de cadernos, lápis, canetas e outros produtos indispensáveis para o aprendizado. Ela conta que foram os próprios filhos que a alertaram para o acréscimo no benefício. “Eles olharam na televisão e disseram: Olha, mãe, aumentou! Eu sentei para assistir e quando vi que aumentou mesmo, disse, graças a Deus”, falou

a beneficiária. Mãe de Raissa Suelen Santos Ferreira, 13 anos, Rafisa de Jesus Santos Ferreira, 12 anos, Luisangelo Santos Ferreira, 9 anos, e Luis Fernando Santos Ferreira, 10 anos, a dona de casa conta que, antes de receber o benefício, tinha dificuldade para adquirir todo o material escolar para a família. “Antes era mais difícil, mas graças a Deus que veio esse programa e ficou ótimo, muito bom mesmo. Agora eu consigo comprar produtos muito bons. Os meninos ficam contentes, felizes, me chamando para vir comprar o material escolar”, declarou Leonice, que é moradora do Bequimão, bairro onde as crianças também estudam. Auxílio durante a crise - Com quatro filhos em idade escolar, a doméstica Francilene Santos Barbosa, 35 anos, passaria

maus bocados para obter o material escolar das crianças estando desempregada. Com ajuda do Bolsa Escola, ela pode ir à loja com a filha Cleice Santos Barbosa, 9 anos, para escolher caderno, lápis de cor, régua, lancheira e outros materiais. “O benefício ajuda bastante porque, com quatro filhos, a dificuldade é demais e eu não estou trabalhando no momento. Então, ajuda bastante e dá para suprir a necessidade deles em relação ao material escolar”, falou Francilene, que também é mãe de Vitor Santos Barbosa, 16 anos, Vanessa Santos Barbosa, 15 anos, e Guilherme Santos Barbosa, 5 anos. Para Francilene, o incremento no valor do benefício foi significativo. “Senti a diferença do aumento, foi muito bom. Como tenho quatro filhos, para mim subiu para 204 reais”, disse a domés-

tica, que reside com a família no bairro Maracanã, zona rural de São Luís. Complemento para baixa renda - “Melhorou mais! Para quem tem uma renda baixa, já dá uma ajudinha, para melhorar mais. Uso para comprar caderno, lápis, borracha, corretivo e resma de papel, o básico. Ainda tem mais outras coisas, outros kits como bolsa, outras coisas que eu corro atrás”, disse a dona de casa Maria dos Milagres Geraldo, 42 anos. Moradora do bairro João Paulo e mãe de três filhos, dona Maria recebe crédito para dois deles, com faixa etária que dá direito ao benefício. Mas na hora das compras, a festa é tanta que leva toda a trupe para escolher o material escolar. Além de Carlos Daniel Geraldo Nascimento, 13 anos, e Brenda Luana Geraldo Nascimento, 12 anos, a dona de casa trouxe também o pequeno Danilo Mayke Geraldo Nascimento, de apenas 3 anos, para a papelaria. “Soube do reajuste, minhas colegas me falaram e vou ver agora. Espero que com esse aumento melhore mais”, falou Maria dos Milagres, no caixa da loja para passar os produtos. Com R$ 102 de crédito, ela comprou cadernos, caixa de lápis de cor, hidrocor, canetas, tubos de cola, entre outros.

Governo disponibiliza conversão de créditos do ‘Nota Legal’ para abatimento de até 50% do IPVA A partir de segunda feira (16), os usuários cadastrados no Programa Nota Legal poderão solicitar a conversão dos créditos acumulados para abatimento de até 50% do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O procedimento de solicitação de conversão de créditos deverá ser feito até o dia 1º de fevereiro de 2017, diretamente no portal do Programa Nota Legal (notalegal.sefaz.ma.gov.br/). “O alargamento do prazo para utilização dos créditos no sistema Nota Legal, ocorreu devido à necessidade de realizar uma auditoria final nos créditos disponibilizados, para confirmar a regularidade dos valores disponibilizados aos consumi-

dores cadastrados no programa”, informou o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves, acrescentando que o abatimento de até 50% do IPVA, é um dos benefícios que o programa oferece. Para aproveitar o benefício previsto na Portaria nº 588/15, o usuário deve ser pessoa física e possuir veículo automotor registrado com o seu CPF ou, excepcionalmente, nos casos de arrendamento de veículo, que esteja vinculado ao seu cadastro. Para usufruir dos créditos, o consumidor não poderá possuir registros no Cadastro Estadual de Inadimplente (CEI), com exceção dos débitos de IPVA. Para obter os créditos

basta que o consumidor, ao realizar suas compras, informe o CPF no documento cupom fiscal, que é um direito de todos os consumidores que pagam o ICMS nas suas compras e querem os recursos recolhidos aos cofres públicos. Como utilizar o benefício - Para utilizar o crédito, o consumidor deverá acessar o site do programa e selecionar a opção ‘Acessar Sistema’ e, em seguida, informar o CPF e a senha de acesso. Em seguida, clicar na guia ‘Utilizar créditos’ > ‘Crédito de Notas’ > ‘Abatimento IPVA’ > ‘Selecionar o Renavam cadastrado’ > informar o valor a ser abatido. Ao clicar em ‘Confirmar’, o consumidor não poderá cancelar a operação.

IPVA pode ser pago nas agências do Banco do Brasil - Outra novidade relacionada ao IPVA é um acordo do Governo do Maranhão com o Banco do Brasil garantido aos proprietários de veículos a realização do pagamento do IPVA, DPVAT e taxas do Departamento Estadual de Trânsito no Maranhão (Detran/MA), relativo ao licenciamento do veículo do ano de 2017, também diretamente nos caixas de agências e postos do Banco do Brasil, até a data final no calendário já divulgado pela Sefaz e Detran. Ficam também disponibilizadas as vias online e por intermédio de correspondentes bancários devidamente autorizados do Banco do Brasil.

Bebê sequestrada em hospital dos EUA é encontrada após 18 anos Uma bebê sequestrada em 1998 dentro de um hospital da Flórida, no Estados Unidos, foi encontrada agora, de acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira pela polícia da cidade de Jacksonville. Segundo o policial Mike Williams, Kamiyah Mobley nasceu no dia 10 de junho daquele ano e tinha poucos dias de vida quando foi sequestrada do University Medical Center. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que uma mulher deixou o centro médico levando a bebê. Após uma investigação que teve mais de duas mil pistas, a polícia de Jacksonville confirmou ter encontrado a menina "viva e passando bem" na cidade de Walterboro, na Carolina do Sul. Um teste de DNA confirmou a identidade da menina, que usa outro nome não divulgado pelas autoridades. "Ela parece ser uma mu-

lher de 18 anos normal e saudável", diz a polícia. A identidade da jovem será preservada para que ela tenha tempo para lidar com a descoberta. "Imaginem a gravidade do que ela acabou de descobrir", afirmou Williams durante o anúncio. Ainda de acordo com os policiais, a mãe biológica, Shanara Mobley, está "extasiada" com a notícia. A mulher responsável por rapto, Gloria Williams, de 51 anos, é agora acusada de sequestro pela Justiça americana. Ela criou a menina como se fosse a mãe natural. Segundo a polícia, ela se disfarçou de enfermeira e retirou a menina da sala alegando que precisava verificar a temperatura do bebê. Depois, deixou o hospital com a criança. "Não víamos um caso como esse aqui nos Estados Unidos há muitos anos e é algo com que estamos aprendendo a lidar", disse Williams.

Governo reunirá gestores municipais de cultura e turismo dos 217 municípios maranhenses Na próxima terça-feira (17), São Luís será sede do 1º Encontro de Gestores Municipais de Cultura e Turismo do Maranhão, a ser realizado na Casa do Maranhão. Promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), o evento tem por objetivo aprofundar o diálogo com os municípios e compartilhar informações e ferramentas para a implantação das políticas culturais e de turismo no Maranhão. Para o secretário de estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino, essa é a oportunidade de estreitar as relações com os gestores culturais dos 217 municípios do Maranhão. “Queremos promover o diálogo e a troca de experiências favorecendo a participação efetiva dos municípios na viabilização dos projetos de cultura e turismo do Maranhão”, ressaltou. Na pauta do evento estão previstas palestras que irão tratar de assuntos re-

lacionados aos programas Mais Cultura e Turismo, Lei de Incentivo à Cultura, credenciamento cultural, Farois do Saber, Programa Artesanato do Maranhão, mapeamento turístico, Cinema da Cidade, Maranhão Musical entre outros. Balcão de informações - Outro momento importante do encontro será a disponibilização do balcão de informações montado especialmente para que os gestores municipais possam conversar com cada gestor de projetos de cultura e turismo da Sectur, trocando informações, tirando dúvidas e compartilhando idéias. Está previsto, ainda, a realização de visita guiada às casas de cultura Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Casa de Nhozinho, Centro de Pesquisa Natural e Arquelogia e Casa do Maranhão. No encerramento será realizada apresentação de atração cultural na Casa do Maranhão, centro histórico de São Luís.


Geral

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

Prefeitura realiza vistorias em empresas de distribuição de água potável

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), deu continuidade nesta sexta-feira (13), ao trabalho de análise da qualidade da água oferecida por empresas de d istribuição de água potável em São Luís. A ação vem acontecendo desde o ano passado e está sendo realizada pela Vigilância Ambiental e Sanitária junto às empresas que

possuem reservatórios e também caminhões-pipa. Todo o trabalho é desenvolvido seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental Relacionada à Qualidade da Água para Consumo Humano (VigiÁgua). Durante a vistoria, é feita a análise da estrutura dos caminhões que fazem o transporte do líquido, verificando aspectos como conservação do tanque

e das mangueiras e da padronização relacionada à identificação do material transportado. Em relação à água, os técnicos observam se o teor de cloro residual mantido durante o período de transporte e descarga obedece ao mínimo de 0,5mg/l. A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, lembra que a qualidade da água impacta diretamente na saúde da população. "Além de cumprir uma obrigatoriedade legal, essas vistorias são uma forma de prevenir as doenças de veiculação hídrica que podem acometer as pessoas quando não se tem água com sua potabilidade garantida", disse. SELO -De acordo com o fiscal sanitário Arlindo Reis Alves de Andrade Silva, os caminhões-pipa são vistoriados e quando atendem a todos os procedimentos ganham um selo de aprovação que é afixado no veículo em local visível. "É um instrumento que serve ainda para orientar o usuário, pois o selo mostra que tanto a empresa

Professores do Maranhão estão entre os mais bem remunerados do país O Jornal Hoje, da Rede Globo, destacou, nesta sexta-feira (13), o Maranhão entre os estados com maior salário para professores da rede estadual: R$ 4.985,43. Entre os pisos salariais pagos pelos estados, o menor é do Rio Grande do Sul, com o valor de R$ 1.260. Estudo feito pela Secretaria de Transparência e Controle (STC) em dezembro de 2016, revelou que o Governo do Maranhão paga o maior salário da Região Nordeste e o segundo maior do Brasil aos professores da rede pública estadual, em início de carreira. Para levantamento da STC, foram solicitadas informações de todos os estados e do Distrito Federal sobre a remuneração inicial da carreira de professor de Ensino Médio, ocupante de cargo efetivo, com licenciatura plena e em jornada de 40h (quarenta horas) semanais. Em alguns estados não há jornadas de 40h semanais e o valor indicado pela STC foi calculado proporcionalmente a partir da remuneração de outra jornada. Apenas os estados do Amapá, Pernambuco e Rondônia não encaminharam as informações. “A valorização da educação no nosso Estado é um compromisso do governador

Flávio Dino, que desde os primeiros dias de sua gestão vem trabalhando incansavelmente para alavancar os índices educacionais do Maranhão. São medidas que vão desde a realização de concurso público, promoções e ampliações de matrículas, além de reajustes salariais e melhorias que foram feitas nos espaços escolares, com intervenções em mais de 300 escolas da Rede Pública, que garantem condições dignas para o ensino e aprendizagem de nossos estudantes e valorização da nossa rede de profissionais”, afirmou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. Constatou-se que os estados pagam em média o valor de R$ 2.874,17 como remuneração aos professores em jornada de 40h. Já o Governo do Maranhão paga o valor de R$ 4.985,43 aos professores em início de carreira, como os concursados que recentemente foram empossados, ficando atrás apenas do Distrito Federal, que paga um pouco mais. O professor da rede pública estadual do Maranhão recebe R$ 2.111,25 a mais que o valor da média nacional. Investimentos em educação - O Governo do Maranhão tem realizado importan-

tes investimentos na Educação, como reformas das escolas estaduais que estavam deterioradas, requalificandoas, garantindo dignidade aos alunos e aos professores. O Estado prevê investimento de R$ 27 milhões para a recuperação das 211 escolas em 117 municípios do estado. Com a reforma de mais essas unidades, o Governo do Estado, por meio do programa Escola Digna chegará ao número de 574 prédios escolares recuperados, beneficiando até o final do primeiro semestre de 2017. Maranhão terá sete Núcleos de Educação Integral - O Governo do Estado também está investindo na expansão da rede de educação em tempo integral no Maranhão. Nesta quinta-feira (12), o governador Flávio Dino assinou ordens de serviço para a construção de sete Núcleos de Educação Integral, que comtemplarão os municípios de Santa Inês, Vargem Grande, Codó, Viana, Açailândia, Zé Doca e Santa Luzia. Com investimento de R$ 5,5 milhões em cada unidade, totalizando mais de R$ 35 milhões, a construção destes núcleos beneficiará aproximadamente 25 mil estudantes da Rede Pública Estadual e das redes municipais.

quanto o caminhão foram vistoriados e estão aptos a comercializar e a distribuir a água", informou. A vigilância da água é um trabalho permanente da Prefeitura, completado por outras ações, como a recomendação aos condomínios de São Luís no sentido de fiscalizarem a água recebida dos caminhões. Além disso, empresas também são visitadas pelos fiscais sanitários que têm privilegiado o trabalho de orientação. A gerente da Água Potável do Renascença, Ivone Sousa, ressaltou a importância da atuação da Semus. "Com o crescimento do número de empresas prestando o serviço de distribuição da água é importante que haja a fiscalização do produto e da forma como ele é transportado. Hoje nossos três caminhões foram vistoriados e ganhamos o selo de aprovação, o que atesta a qualidade da água que transportamos. Isso nos deixa felizes", destacou.

7

Matrículas para escolas de tempo integral começam nesta segunda-feira As matrículas para os alunos interessados em uma vaga no primeiro ano do Ensino Médio em um dos 11 Centros de Educação Integral no Maranhão Começam nesta segundafeira (16) e prosseguem até 27 de janeiro. Poderão ser realizadas nas próprias escolas. Nos Centros de Educação Integral, o período letivo diário dos estudantes terá duração de 7h50, de segunda a sexta-feira, totalizando 37,5 horas/aulas semanais. Os alunos terão uma integração entre as disciplinas do ensino regular (como Português, Matemática e História) com disciplinas eletivas (como Robótica, Protagonismo Juvenil, Iniciação Científica, Futsal, Handebol e Dança), que serão definidas a partir de uma seleção de temas escolhidos por estudantes e professores. ‘Educa Mais’, como serão chamados os Centros de Educação Integral, con-

sistem em um novo modelo de escola pública, que visa o desenvolvimento dos estudantes nas dimensões intelectual, social, cultural, física e emocional por meio de ações integradas e em tempo integral. Envolvem setores que influenciam diretamente a formação plena dos estudantes como família, educadores, gestores e comunidades locais. São ofertadas cinco mil vagas nos 11 Centros na capital e no interior, sendo 1.960 vagas para o 1º ano do Ensino Médio e 3040 vagas para os 2º e 3º anos. Para fazer a matrícula no 1º ano da Educação Integral, o estudante deve ter concluído ou está concluindo o 9º ano do ensino fundamental em escolas regulamentadas das redes federal, estadual, municipal ou privadas. Os estudantes que residem mais próximos das referidas escolas ou que sejam oriundos de uma escola mais próxima, terão prioridade.


8

Cultura e Variedades

São Luís, sábado, 14 de janeiro de 2017

celialima@oquartopoder.com

COLUNA DA

Célia Lima blog.oquartopoder.com/celialima

Pensamento do Dia O sofrimento é sempre um encontro consigo mesmo: sofrer amadurece. (Clarice Lispector)

PRÉ CARNAVAL COM BLOCO "SÓ CONCENTRA MAS NÃO SAI"

O

s domingos de Pré-Carnaval prometem ser muito animados à partir do próximo domingo, dia 15 de janeiro, com a novidade do Bloco "Só Concentra Mas Não Sai". A novidade terá como palco o Mokai Lounge Bar, em seu badalado point na Avenida dos Holandeses, na ampla área externa, e com uma super estrutura que prioriza conforto e segurança para os foliões. De nome engraçado e com um público seleto, o Bloco promete reviver o saudável e animado pré-carnaval de rua maranhense, concentrando muita gente bonita e animada nos seis domingos que antecedem o Carnaval: 15, 22 e 29 de Janeiro & 05, 11 e 19 de Fevereiro, sempre à partir das 16H. Na Programação, dois novos projetos irão animar a folia. O versátil Argumento traz o "Bloquinho do Argumento" com a mistura eletrizante passeando de Jorge Ben, Los Hermanos, Monobloco a Marília Mendonça, sempre com o samba e acordes animadíssimos do grupo. A outra novidade é o cantor Andinho, que em um novo formato traz a "Batucada do Andinho" com Axé, Swingueira e muita marchinha carnavalesca. Para completar a programação o pagode do SL SAMBA e os hits do Dj JR Bolacha. Os ingressos estão disputados e podem ser adquiridos nos Pontos de Vendas Oficiais: Central Gajo (Shopping da Ilha), Errejota (Tropical Shopping) e também na Bilheteria Digital (Rio Poty e Venda Online). E vale correr para garantir o preço promocional do primeiro lote de ingressos: R$ 20,00 Feminino e R$ 30,00 Masculino. Para mais informações acesse as Redes Sociais do Mokai (@mokaioficial) e da produtora (@gajoentretenimento). Reserva de mesas no Lounge Skol, local mais privilegiado do evento, somente pelo telefone (98) 99201-1314.

Bloco da Bicicleta do Samba e Herton Rá e banda no Bar Salomé

O

clima de pré-carnaval em São Luís continuará neste domingo (15), no Bar Salomé, com a apresentação do Bloco da Bicicletinha do Samba. A brincadeira começa às 20h, no Bar Salomé, localizado na Rua dos Gaviões, na Lagoa da Jansen. Antes das 20h, nas tardes de domingo, a Bicicletinha do Samba, que deu a largada no Carnaval 2017 no primeiro sábado de janeiro (7), realizará seus passeios pelas ruas do Centro Histórico, tendo como ponto principal da brincadeira a Rua do Egito. Enquanto no Salomé, a partir das 16h os foliões já poderão curtir Herton Rá e banda com axé das antigas. O grande momento da noite acontece às 20h, quando o Bloco da Bicicletinha já terá saído do Centro Histórico e arrastado os brincantes para o Bar Salomé, onde a festa continuará até à meia-noite. O responsável pela franquia Bar Salomé em São Luís, o empresário Frank Lima, diz que a parceria com o Bloco da Bicicletinha do Samba começou em 2016, e a programação era realizada aos sábados. Neste ano, a folia mudou para os domingos, até a véspera do Carnaval 2017. “Nosso bar é um local onde as famílias se divertem, sendo predominante um público mais maduro, formado na sua maioria por casais, e que se identifica com o Bloco da Bicicletinha do Samba, por apresentar uma brincadeira carnavalesca familiar, dos antigos Carnavais”, disse Frank Lima. O empresário informa que o ingresso custa R$ 20, sendo que a entrada é liberada até às 19h, a quem enviar o nome para lista Vip do bar.

L'Unique Cheveux chega a São Luís

C

lientes, amigos e imprensa estiveram reuni dos no último dia 09 para prestigiar o mais novo espaço de beleza da cidade, L'Unique Cheveux. Comandado pela empresária Luana Souto,o charmoso salão conta com uma area de 180m² para receber mulheres que desejam ficar ainda mais bonitas. O diferencial do salão, segundo a empresária, é o atendimento especial para mulheres que tem mega hair,pois haverá profissionais especializados nessa área. "Para a mulher que desejar mudar o visual, iremos proporcionar a ela em um único espaço, desde o processo de compra do cabelo, até a aplicação, e já sair linda". Afirmou Luana. Além do serviço especial de MegaHair,o salão contará com os outros serviços para todos os tipos de cabelos. O empreendimento está localizado na Av. dos Holandeses, 09 Centro Comercial José Silva.

blog.oquartopoder.com/celialima


14012017