Page 1

RC

Digicont CONTABILIDADE

Rua Barra Mansa, 126 Bairro Guanandy Fone: (67) 3373-2055

Rua Fátima do Sul, 121 São Jorge da Lagoa - (67) 3381-1294

DE CAMPO GRANDE-MS - REGIÃO URBANA DO LAGOA Campo Grande-MS, junho de 2011

Ano VII - Edição nº 68

EXPOSIÇÃO

11º Festival das Flores de Holambra inicia dia 30 de junho • Página 12 Arquivo

Variedade em flores e plantas

www.omomentocg.com

Meta na Capital é vacinar 58 mil crianças contra a Poliomelite

Divulgação

A vacinação contra a pólio foi iniciada na Capital, onde a meta é vacinar 58 mil crianças menores de cinco anos. O lançamento oficial aconteceu no sábado (18/06). A orientação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) é que todas as crianças na faixa etária de 0 a 5 anos, independente da situação vacinal, procurem as unidades de saúde. A segunda etapa será no dia 13 de agosto. Nesta data, os pais ou responsáveis devem levar as crianças novamente aos postos de vacinação para receber mais duas gotinhas contra a pólio.

MEIO AMBIENTE

Em projeto de estudo alunos usam material reutilizável • Página 7 Divulgação

Doença - A Poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria das vezes, a criança não morre quando é infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso,

provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada e transmitida por um vírus (o poliovírus) e a infecção se dá principalmente por via oral.

Diretor do jornal O Momento ministra palestra para alunos do 9º Ano • Página 2

ARTIGO: STRAUSS-KAHN:

UMA METÁFORA DAS PRÁTICAS DO

FMI - PÁGINA 3

Vestido feito com jornal


2

Campo Grande-MS, junho de 2011

EDUCAÇÃO Fotos: Evelin Fonseca

Os alunos do 9º Ano assistem a palestra do jornalista Alexandre Moura na E.M. Dr. Eduardo Olímpio Machado

Diretor do jornal O Momento ministra palestra sobre produção de jornal DA REDAÇÃO

Expediente CNPJ: 07.503.005/0001-86 Inscrição Municipal: 124908000 Diretor/Editor: Alexandre Moura DRT-MS 45/02 Periodicidade: Mensal Tiragem: 3.000 exemplares Rua da Península, 405 - Coophavila II - Campo Grande-MS Tel: (67) 3373-3675 / 9221-9500 e-mail: omomentocg@gmail.com O Jornal expressa a sua opinião por meio de seu editorial O Jornal não se responsabiliza pelos artigos assinados ou de origem definida. Os originais, mesmo quando não publicados, não serão devolvidos.

O diretor e editor do jornal O Momento de Campo Grande Região Urbana do Lagoa, jornalista Alexandre Moura, ministrou palestra com o tema, “Produção de jornal Impresso - Diagramação”, na quinta-feira (02/06), na Escola Municipal Dr. Eduardo Olímpio Machado, no conjunto Ouro Verde, para as turmas do 9º Ano. A convite dos professores de Língua Portuguesa Oldemar Cabanhe e Ana Paula Ramalho, o jornalista narrou aos alunos um pouco da sua história no jornalismo e de seus conhecimentos na área. Os professores estão densenvolvendo com os alunos um projeto que visa a produção de um jornal informativo da escola, daí, a razão de convidar um profissional da área para transmitir a experiência do dia a dia da profissão e algumas dicas que poderão ser úteis na execução do projeto. Alexandre que atualmente está com 38 anos de idade, trabalha com jornal impresso desde os 16 anos. Iniciou sua caminhada nas redações como chargista no extinto semanário Jornal da Cidade, onde tam-

Jornalista Alexandre Moura e o Professor Oldemar Cabanhe bém passou a trabalhar com diagramação. Trabalhou ainda no também extinto jornal Diário da Serra como gerente do Departamento de Diagramação. Posteriormente, foi convidado a trabalhar na extruturação física e humana do jornal diário Folha do Povo, quando do seu lançamento. Neste, também foi gerente do Departamento de Diagramação e de Redação. Ainda na Folha do Povo teve a oportunidade de atuar como editor das Seções de Economia, Internacional e de Veículos. Em 2005, reuniu todo o conhecimento adquirido em

mais de vinte anos de experiência e lançou o jornal regional O Momento, com foco na Região Urbana do Lagoa. Para Alexandre, a iniciativa desses professores é de grande importância na formação dos alunos e concluiu a palestra com a seguinte mensagem: “Vocês que estão na idade dos treze anos, num processo de maturidade, devem começar a despertar o interesse na busca pela informação, pois, quem a detêm tem o poder de transformação. Por meio dela vocês podem chegar ao conhecimento e assim, ser o que quiserem ser na vida”.


ARTIGOS

Strauss-Kahn: uma metáfora das práticas do FMI *LEONARDO BOFF

todo o sentido de dignidade e se brutalizou pela predominância de uma O leitor ou leitora pensará que foi concepção materialista de vida que uma tragédia o fato de o Diretor- faz tudo ser objeto e mercadoria, pode gerente do FMI, Strauss-Kahn, ter possibilitar tal prática. Hoje, tudo virou dado asas ao seu vício, a obsessiva mercadoria e ocasião de ganho desde busca por sexo perverso, nu, correndo o bens comuns da humanidade, privaatrás de uma camareira negra na sui- tizados (commons como água, solos, te 2806 do hotel Sofitel em Nova York, sementes), até órgãos humanos, até agarrá-la e forçá-la a praticar sexo, crianças e mulheres prostituidas. Se com detalhes que a Promotoria de Marx visse esta situação ficaria seguNova York, descreve em detalhes e ramente escandalizado, pois para ele que, por decência, me dispenso de o capital vive da exploração da força dizer. Para ele não era uma tragédia. de trabalho mas não da venda de Era uma vítima a mais, entre outras, vidas. No entanto, já em 1847 na que fez pelo mundo afora. Vestiu-se e Miséria da Filosofia intuía:”Chegou, foi direto para o aeroporto. O cômico enfim, um tempo em que tudo o que foi que, imbecil, esqueceu o celular na os homens haviam considerado inasuite e assim pôde ser preso pela polí- lieável se tornou objeto de troca, de cia ainda dentro do avião. tráfico e podia alienar-se. O tempo em A tragédia ocorreu não com ele, que as próprias coisas que até então mas com a vítima que nineram comunicadas, mas guém se interessa em jamais trocadas, dadas, O cômico foi saber. Seu nome é Nifismas jamais vendidas: satou Diallo, da Guiné, adquiridas mas jamais que, imbecil, africana, muçulmana, viúcompradas como a virtuesqueceu o va e mãe de uma filha de de, o amor, a opinião, a 15 anos. A polícia enconcelular na suite ciência e a consciência, trou-a escondida atrás de em que tudo passou para e assim pôde um armário, chorando e o comércio. Reina o temser preso pela po da corrupção geral e vomitando, traumatizada pela violência sofrida pelo da venalidade univerpolícia ainda hóspede da suite, cujo sal....em que tudo é levadentro do nome sequer conhecia. A do ao mercado”. maior parte da imprensa Strauss-Kahn é uma avião. francesa, com cinismo e metáfora do atual sistema indisfarçável machismo, neoliberal. Suga o sangue procurou esconder o fato, alegando dos paises em crise como a Islândia, a até uma possível armadilha contra o Irlanda, a Grécia, Portugal e agora a futuro candidato socialista à Presidên- Espanha como fizera antes com o Bracia da República. O ex-ministro da cul- sil e os paises da América Latina e da tura e educação, Jacques Lang, de Asia. Para salvar os bancos e obrigar quem se poderia esperar algum esprit a saldar as dívidas, arrasam a sociede finesse, com desprezo, afir- dade, desempregam, privatizam bens mou:”Afinal não morreu ninguém”. públicos, diminuem salários, aumenQue deixe uma mulher psicologica- tam os anos para as aposentadorias, mente destruida pela brutalidade do fazem trabalhar mais horas. Só por Mr. Strauss-Kahn não conta muito. causa do capital. O articulador destas Finalmente, para essa gente, se trata políticas mundiais, entre outros, é o apenas de uma mulher e africana. FMI, do qual Strauss-Kahn era a figuMulher conta alguma coisa para este ra central. tipo de mentalidade atrasada, senão O que ele fez com Nafissatou Dialpara ser mero “objeto de cama e lo é uma metáfora daquilo que estava mesa”? fazendo com os paises em dificuldades Para sermos justos, temos que ver financeiras. Mereceria cadeia não só este fato a partir do olhar da vítima. Ai pela violência sexual contra a camareidimensionamos seu sofrimento e a ra mas muito mais pelo estupro econôhumilhação de tantas mulheres no mico ao povo, que ele articulava a parmundo que são sequestradas, viola- tir do FMI. Estamos desolados. das e vendidas como escravas do sexo. Só uma sociedade que perdeu *TEÓLOGO E FILÓSOFO

Campo Grande-MS, junho de 2011

"Aonde Anda Humanidade?" *GENCARLO MERIGUI O ser humano é considerado o mais completo espécime do planeta. Dentre toda a diversidade de vida que existe, somos os únicos com a capacidade ímpar de "pensar" e elaborar ações acerca dos pensamentos, ou seja, de raciocinar e a partir daí, fazer nossas escolhas e tomar as decisões que dão rumo em nossas vidas. Um famoso pensador indiano, Mahatma Gandhi, certa vez disse: "o que pensais, passais a ser!". Essa afirmação mostra que os pensamentos são os "botões" de inicio das escolhas que se faz na vida e re-afirma que tomamos decisões acerca deles. Dá-nos também o status de responsáveis por essas escolhas e que teremos de colher seus frutos, sejam eles ruins ou bons. Informações negativas e positivas chegam com freqüência até as pessoas e nutrem seus pensamentos. Muitos jornais televisivos promovem entre si uma batalha pela audiência e, não quero generalizar, a maior parte das informações são assassinatos, acidentes, jovens utilizando e vendendo substâncias químicas ilegais, roubos, dentre outras que parecem chamar mais a atenção das pessoas. Com a exposição freqüente a esse tipo de informações, corre-se o risco da violência se tornar corriqueira e normal para as pessoas e, associado a não capacidade de gerenciar os pensamentos e de discernir entre o errado e o certo no momento de fazer as escolhas, se torna sério problema. Com que tipo de informação estamos nutrindo nossa mente? O que estamos fazendo para aprender a gerenciar nossos pensamentos? Estamos pensando antes de agir ou estamos agindo sem raciocinar? Com essas indagações é que quero entrar no assunto desse texto que é a capacidade das pessoas de serem 'humanas'! A humanidade é a qualidade das pessoas serem bondosas, fraternas e benevolentes. O que se percebe é que o ser humano está se tornando cada vez mais individualista, que a violência está se tornando algo que faz parte do cotidiano e o que é pior, agir violentamente está se tornando normal. Será que o problema está na educação ou na forma em que ela é trans-

mitida? Será que o problema é do governo? Será que é do sistema? Esses são tidos como os principais culpados por tudo que acontece de ruim e em muitas vezes são injustiçados. Concordo que o governo pode criar mais ações para conter o problema, que os pais e as escolas podem e precisam reformular seus métodos e que o sistema capitalista é muitas vezes predatório, porém, como diz a música "Tocando em Frente" de Almir Sater e Renato Teixeira, "cada um de nós compõe a sua historia, cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz". Com isso quero mostrar mais uma vez que somos nós mesmos os responsáveis pelo rumo em que está nossa vida, e que podemos sim ampliar a capacidade inerente que temos de compor ou re-compor nossa história e ser feliz. Reforçar também que o correto é enfrentar os problemas de frente, com a cabeça erguida e o coração aberto para receber as coisas boas que virão. Nesse momento todo auxilio é importante, seja de um amigo, de um médico, de um psicólogo ou de qualquer outra pessoa que possa nos fortalecer para seguirmos em frente com mais ânimo. Somos capazes de ser pessoas melhores, somos capazes de encher nossos corações e mentes de coisas boas e sermos mais fraternos e benevolentes. Somos capazes de amar a nós mesmos, a nosso próximo e a Deus sobre todas as coisas como manda o Divino Mestre Jesus. O que é preciso para isso acontecer? Dar o primeiro passo que é procurar pensar coisas positivas e agir de forma positiva, para isso é preciso nutrir nossa vida de coisas e informações boas que irão trazer bons pensamentos. Tenhamos consciência que desejar um bom dia, dar um sorriso e fazer um carinho pode transformar um dia inteiro para melhor. Ser benevolente é o caminho para promover um clima de paz em nosso lar e em qualquer outro lugar que estivermos. Caro amigo, vamos todos juntos não deixar que a raiva prevaleça nos momentos de aflição, vamos abrir nossos corações para que o amor floresça dentro dele e assim, ser feliz! *TURISMÓLOGO

3


4

PASSATEMPOS/CULTURA

Campo Grande-MS, junho de 2011

POESIA

Osvaldo de Sandre Crepúsculo Pantaneiro

Hipócrates é considerado o Pai da Medicina

Cai a tarde, termina o dia, O colorido das aves em harmonia É um espetáculo de rara beleza O sol desaparece no horizonte Os animais descem as colinas Sobem os montes Chega a noite, descansa a natureza.

Hipócrates, sábio da Grécia, que viveu no quarto século antes de Cristo, é considerado o Pai da Medicina. O nome é associado ao juramento que os médicos fazem quando se formam. O texto tem sido abreviado e modificado ao longo do tempo. Mas sabe-se, com certeza, que não foi escrito por ele.

Na calada das noites frias O porco do mato, o veado, a cotia Caminham calmamente. A temida onça-pintada, Oculta num galho assentada, Num salto, apanha-os facilmente. No céu, as estrelas a cintilar, A sinfonia dos sapos a coaxar num ritual ensurdecedor. É maravilhoso contemplar A vitória-régia desabrochar. Do Pantanal, a mais bela flor.

A 1ª partida de futebol no Brasil

CRUZADA

O primeiro jogo de futebol do Brasil foi realizado na Várzea do Carmo, em São Paulo, em 14 de abril de 1895. As equipes envolvidas na disputa, São Paulo Railway e Companhia de Gás, eram formadas por ingleses radicados na capital paulista. Charles Miller, considerado o pai do futebol no Brasil, fazia parte do primeiro time, que venceu a partida por 4 x 2. Miller trouxe as duas primeiras bolas de futebol para o Brasil em 9 de junho 1894 e as deixou trancadas em um armário por 10 meses, até a primeira partida.

Por que moisés? O cestinho para carregar bebês é chamado de moisés porque para salvar seu filho da morte, no Egito Antigo, a mãe de Moisés colocou o bebê dentro de um cestinho para soltá-lo nas águas do Rio Nilo. Mais tarde a criança foi encontrada por uma princesa e cresceu dentro do palácio real.

Quem visita o Pantanal Santuário ecológico natural Deslumbra-se com tanta beleza. Deus criou tudo com amor É obra do nosso Criador - Vamos preservar a natureza.

PARA RIR Chifre queimado O Joãozinho chegou em casa e pergunta pra sua mãe: - mãe, que cheiro de chifre queimado é esse? Sua mãe responde: -cale a boca que seu pai tá com febre!!!

Me dá? O capiau, muito do pao-duro, recebe a visita de um amigo. A certa altura da conversa o amigo pergunta: - Se voce tivesse seis fazendas, voce me dava uma? - Claro, uai! - respondeu o mineiro. - Se voce tivesse seis automoveis, voce me dava um? - Claro que sim! - E se voce tivesse seis camisas, voce me dava uma? - Nao! Porque nao! - Porque eu tenho seis camisas!

Mesada do Manoel Maria chega a sua casa e ao ir para a cozinha estava lá a mesa toda quebrada e seu filho com a cabeça machucada: - O que acontece meu filho? Perguntou Maria. - O pai pegou a mesa e bateu com ela na minha cabeça! - Espere só até ele chegar que eu vou pergunta por que ele fez isso! Quando Manuel chegou Maria foi logo perguntando: - Que raio deu em você para quebrar a mesa da cozinha no nosso filho? -Não me culpe Maria, pois foi ele mesmo que havia me pedido uma mesada todo mês! Tiago Recchia/Gazeta do Povo


CULTURA

Campo Grande-MS, junho de 2011

5

Alunos do ponto de cultura mostram a sua arte Fotos: Alexandre Moura

ALEXANDRE MOURA Os moradores do Conjunto Coophavilla II e bairros adjacentes prestigiaram no dia 10 de maio, no Salão Social da Associação de Moradores, apresentações culturais dos alunos do Projeto Ponto de Cultura. Na ocasião foi feito o lançamento oficial do projeto, com a presença de algumas autoridades e seus representantes. A presidente da Associação, Maria Bernadete, explicou que o Ponto de Cultura funciona desde dezembro deste ano, mas, por uma exigência da Secretaria de Cultura do Município é que foi feita a solenidade oficial. O Ponto de Cultura é financiado por meio de uma parceria entre o Governo Federal e a Prefeitura de Campo Grande, que repassa a verba, sessenta mil reais por ano durante três anos para a Associação

Tenente Celso, deputado estadual Marquinhos Trad, Edilson Aspet, Mauricéia Leite, Geovana Alto e Maria Auxiliadora Bichara fazer a gestão do projeto, beneficiando a comunidade. Violão, coral, dança e banda, são os cursos gratuitos oferecidos na Associação de Moradores por meio do Projeto. O curso de violão direcionado a crianças a partir dos oito anos de idade está atualmente com oitenta alunos e já

tem uma fila de espera de mais oitenta. O coral é para interessados com idade a partir dos quatorze anos. O curso de dança, street dance, a partir dos quinze e a banda ou fanfarra a partir dos seis anos de idade. Os três últimos cursos citados ainda estão com vagas abertas.

"Para mim é muito gratificante ver tanta gente envolvida neste trabalho, tantas crianças, eu sei que enquanto estiverem aqui não estarão na marginalidade ou envolvidas com drogas", disse a presidente da entidade, Bete, como é conhecida, ao explicar o funcionamento do Projeto Ponto de Cultura. Ao todo são quinze os pontos de cultura na Capital e somente dois contemplam associações de moradores, bairros: Coophavilla II e Maria Aparecida Predrossian. Tratase de uma conquista do trabalho desenvolvido pela atual administração, pois, para serem aprovadas as entidades têm que estar em dia com a responsabilidade fiscal. Quando Bete assumiu a presidência, a entidade estava praticamente falida com o prédio do salão social sob penhora. Estiveram presentes na

solenidade compondo a mesa o comandante do 2º Pelotão da Polícia Militar da Coophavilla II, tenente Celso; representando a Assembléia Legislativa o deputado estadual Marquinhos Trad; representando a Fundação de Cultura do Estado, Edilson Aspet; representando o Comando Geral da Polícia Militar no Estado, tenente Joelson e representando a Fundação de Cultura de Campo Grande, Mauricéia Leite; Geovana Alto e Maria Auxiliadora Bichara, coordenadoras de Pontos de Cultura. Demais convidados: Banda da PM e o diretor e editor do jornal O Momento, jornalista Alexandre Moura. Serviço - Quem quiser maiores informações a respeito dos cursos do Projeto Ponto de Cultura pode entrar em contato com a Associação de Moradores da Coophavilla II pelo telefone: (67) 3373-2221.

Apresentação da orquestra dos alunos do curso de violão

Os alunos do Karatê também marcaram presença

A Banda da Polícia Militar animou a abertura do evento

Apresentação dos alunos do curso de coral

A cantora de música gospel Inês Cardoso

Apresentação dos alunos da banda Shekinah


6

Campo Grande-MS, junho de 2011

MEIO AMBIENTE

Alunos recolhem uma tonelada em reciclados Fotos: Pedro Peralta/Campo Grande News

A preocupação com o Meio Ambiente fez com que os alunos abraçassem o projeto "Reciclando com Arte", da Escola Municipal Dr. Eduardo Olímpio Machado no conjunto Ouro Verde, em Campo Grande. Com dois meses de projeto os alunos já conseguiram aproximadamente uma tonelada e meia de materiais recicláveis. Dos pequenos aos maiores, a gurizada mostra que a ideia veio pra ficar. Nos dias da coleta o pátio da escola fica pequeno diante de tanta participação. O professor idealizador do projeto, Wilson Landes, conta que a ideia surgiu, ao ver as quatro lixeiras destinadas aos recicláveis, vazias. "Nisso surgiu, o projeto da coleta e parte do que poderia ser usado na disciplina de artes. A preservação do Meio Ambiente é tirar aquilo que degrada", relata. A escola já juntou, até o

O pátio da escola fica até pequeno com tanta participação dos alunos

Brincando as crianças aprendem a preservar o meio ambiente

início de junho, 12,290 mil garrafas pet, 7,2 mil latinhas e mais de 500 quilos de papel. Depois de colocados no pátio, o material segue para outra sala, para ser separado e no fim é contabilizado e posto em sacos, aí está pronto para ser levado. Convertendo para quilos, as

sam usufruir. No primeiro material enviado, já foi possível comprar e mandar fazer uma estante, para exibir os troféus dos alunos. Garrafas e demais plásticos recolhidos também viram brinquedos nas mãos das crianças. Jogos lúdicos ou o simples brin-

garrafas pet viram 600 quilos e as latinhas, 300. O objetivo agora é manter a participação dos alunos e não deixar desanimar. Parte do reciclado destina-se a empresas de coleta seletiva do bairro mesmo. A venda é revertida para benfeitorias que os alunos pos-

car com o que é reciclável, desperta a consciência e criatividade. Em oficinas eles transformam o que estaria no lixo, em brincadeiras. Até na horta o material reciclado é usado, as garrafas pet servem como canteiros. (Com informações do site Campo Grande News)


MEIO AMBIENTE

Campo Grande-MS, junho de 2011

7

Fotos: Divulgação

Semana do Meio Ambiente na Escola Pe. José Scampini A Escola Estadual Padre José Scampini trabalhou nos dias 01, 02 e 03 de junho a Semana do Meio Ambiente, desenvolvendo mais um projeto com seus alunos. Durante a semana os mesmos participaram de um quiz (perguntas sobre o meio ambiente), apresentaram um desfile com roupas reutilizáveis, demonstraram seus talentos artísticos apresentando paródias sobre o assunto, além de vídeos pro-

duzidos pelos alunos sobre a temática do meio ambiente. A semana encerrou-se com a ambientalização das salas de aulas com materiais reutilizáveis. A E E Pe José Scampini aproveita este espaço para agradecer a todos os alunos, professores, coordenadores e funcionários envolvidos no projeto, que foi um grande sucesso!!! Diretora Branca e diretoradjunto Jessier.

“QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO”. ANUNCIE NO JORNAL O MOMENTO (67) 3373-3675


8

Campo Grande-MS, junho de 2011

REGIÃO

Muro da Base Aérea, derrubado, abre caminho para via urbana Alexandre Moura

Foi derrubado no início deste mês, parte do muro que circunda a Base Aérea de Campo Grande, para dar lugar a um trecho da avenida em fase de implantação que vai ligar a Duque de Caxias ao Anel Viário, na saída para Sidrolândia. A via tem ao todo 10 quilometros e está sendo feita pelo governo do Estado e pela Prefeitura. Cada um cuida de um trecho. A parte onde está o muro da Base Aérea está a cargo da Secretaria de Obras do Estado, que construiu um muro novo, para que o outro pudesse ser derrubado. A avenida, ainda sem nome, faz parte da fase de conclusão do projeto de saneamento integrado e urbanização do Fundo de Vale do Córrego Lagoa, custeado com recursos da primeira edição do PAC (Programa de Acele-

Operários trabalham no trecho que vai virar avenida, nos fundos da Base ração do Crescimento). O investimento é próximo de 45 milhões em saneamento, habitação, urbanização e pavimentação. A nova avenida vai cruzar a cidade de Oeste a Sul, ligando os bairros vizinhos ao Aeroporto Internacional de Campo Grande ao Anel Viário. Com

isso, vai desafogar o tráfego em trechos bastante movimentados, como as avenidas Marechal Deodoro, Tiradentes e a Rua Brilhante. A previsão é que a nova via pública seja entregue em agosto, durante as comemorações do aniversário de Campo Grande.


POLÍTICA

Campo Grande-MS, junho de 2011

9

Bernal pretende transformar o PP na 3ª força política do Estado

Edson Giroto, Cabo Almi e representantes das categorias

Cabo Almi recebe afirmação do deputado federal Edson Giroto que apóia a PEC 300 O deputado federal Giroto (PR-MS) afirmou que apóia a mobilização dos policiais e dos bombeiros militares em Brasília, realizada no dia primeiro de junho. A corporação reivindica aprovação da PEC 300, que cria um piso salarial nacional. O parlamentar sulmato-grossense fez a afirmação ao deputado estadual Cabo Almi (PT/MS) e aos representantes da categoria: Robson Barros, da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul; e sargentos Lorenzetti, Ricardo e Mônaco, da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do Estado de Mato Grosso do Sul. “É necessário que os policiais militares, bombeiros, professores e trabalhadores da saúde tenham pisos salariais nacionais. Com isso, há condições de resolver os

problemas do Brasil já que os ganhos de cada uma das categorias serão homogêneos em qualquer ponto do nosso país. Passa a existir uma regra”, destacou Giroto. Tramitação A tramitação da PEC 300 está parada desde março do ano passado, quando a proposta foi aprovada em primeiro turno na Câmara. Desde então, o governo conseguiu adiar a votação do segundo turno. Tudo porque o Palácio do Planalto é contra a criação de um fundo, abastecido com dinheiro da União, para bancar o aumento salarial dos policiais e bombeiros nos estados. Também há pressão dos governadores, que temem não terem condições de arcar com o novo piso. A proposta aumenta para R$ 3,5 mil o salário inicial dos praças e para R$ 7 mil o dos oficiais. Atualmente, a média nacional é de R$ 1.814,96.

Após assumir o comando do Partido Progressista em Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Alcides Bernal tem como principal meta transformar o PP na terceira força política do Estado, a exemplo do que ocorre na Câmara dos Deputados. No comando do PP, Bernal disse que tem apenas três meses para armar o partido nos 78 municípios, atraindo novas lideranças políticas e filiados. De imediato pretende lançar uma ampla campanha de filiação visando a eleição do novo diretório. Assegurou a disposição de lideranças com o ex-deputado federal Dr. Antonio Cruz, do vereador Lídio Lopes, do empresário Luiz Pedro Guimarães e o atual presidente da Emha, Paulo Mattos, de continuarem no partido, inclusive com assentos na executiva estadual provisória. Previamente, o parlamentar já vem contando empresários,

No comando do PP Bernal trabalha para armar o partido nos municípios advogados e lideranças comunitárias para somar forças na agremiação e disputar as urnas em 2012, além disso, pretende estruturar o PP Mulher e PP Jovem, além dos setores comunitário, sindical, empresarial e rural. O Partido Progressista terá candidato a prefeito na capital, afirmou o deputado Alcides Bernal. Todavia, reiterou que não tem intenção de impor seu

nome no partido, deixando a possibilidade de apresentar nomes de outras lideranças que venham somar força para disputa na capital, adiantando que a população pede renovação, pois não aguenta mais o mesmo grupo que há 20 anos domina a prefeitura da Capital, que vive problemas crônicos na área de saúde, segurança, habitação, transporte coletivo e no trânsito.

Indicação de Paulo Duarte garante recurso do Projovem para Corumbá Por meio da articulação entre o senador Delcídio do Amaral (PT), o deputado Paulo Duarte (PT) e o prefeito de Corumbá Ruiter Cunha (PT), será liberado o montante aproximado de R$ 2 milhões para viabilização do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), em Corumbá. Os recursos são suficientes para disponibilizar mil vagas para a profissionalização de jovens entre 18 e 29 anos. Esta será a segunda turma do Projovem no município. Indicação apresentada, no mês de abril, pelo deputado Paulo Duarte, solicitou apoio do senador Delcídio do Amaral na liberação dos recursos para o Programa Nacional de

O deputado Paulo Duarte fez a indicação ao senador Delcídio em abril Inclusão de Jovens, na modalidade Projovem Trabalhador. O senador assegurou que Corumbá seria contemplada, com recursos federais, para investimentos no Programa

Projovem, no exercício de 2011 e obteve a promessa do Ministro do Emprego e Trabalho, Carlos Lupi, durante audiência realizada ainda no mês de abril.


10

Campo Grande-MS, junho de 2011

POLÍTICA David Majella/Prefeitura

Siufi defende comerciantes na aplicação da Lei da Acessibilidade Isaias: Medeiros/Câmara

Ao ocupar a tribuna durante Sessão Ordinária realizada um dia após a reunião pública ocorrida no dia primeiro de junho, que debateu a exigência da colocação de piso tátil nas calçadas dos moradores da Capital, o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Paulo Siufi discursou em defesa dos comerciantes. O parlamentar alegou que as multas que estão sendo aplicadas à população estão prejudicando àqueles que pagam uma infinidade de impostos por terem estabelecimentos no município, principalmente na região central da cidade.“Ficou mais do que evidente de que a insatisfação da população é com as notificações. Muitos comerciantes não estão satisfeitos com isso. Campo Grande é uma cidade do comercio, que emprega os nossos munícipes e eles [comerciantes] estão se sentindo desrespeitados. Quem lida com o comercio na nossa cida-

Nelsinho posa para foto com meninos do time de futebol de salão

Presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Paulo Siufi de está em péssima situação”, disse Siufi. Segundo o vereador, além das despesas decorrentes da exigência da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), o público da terceira idade também pode ser prejudicado com o novo calçamento, já que o piso tátil possui um

tipo de material que prejudica a caminhada do idoso. “É preciso que tenhamos bom senso. Temos que defender quem precisa, que neste caso é o povo. É preciso que haja consenso de idéias entre a Câmara Municipal, o Executivo, e demais segmentos. É preciso ter um pouco de paciência por parte do Executivo”, disse Siufi.

Airton Saraiva apresenta diversas indicações Isaias: Medeiros/Câmara

O vereador Airton Saraiva apresentou nas últimas sessões da Câmara Municipal várias indicações visando benefícios para os seguintes bairros: Universitário, Santo Eugênio, Betaville, Jardim Itamaracá, Conjunto Recanto dos Rouxinóis, Jardim Anápolis, Jardim Centenário, Vila Creia, Cohab, Santa Branca, Jardim Nashiville, Vila Nogueira, Tiradentes, Vila Aimoré, Loteamento Santa Cruz, Los Angeles, Cristo Redentor, São Francisco, Colibri e outros. Os principais serviços reivindicados pelo vereador foram: abertura de rua, cobertura de ponto de ônibus, implantação de sinalização horizontal e vertical, ampliação e reforma de CEINF, patrolamento e encascalhamento, limpeza e construção de canale-

Saraiva solicitou empenho das secretarias no atendimento à população tas, implantação de rede de energia, operação tapa buraco e instalação de quebra-molas. O parlamentar frisou que é necessário que todas as secre-

tarias municipais estejam empenhadas para atenderem com a maior agilidade possível as solicitações dos moradores desta Capital.

Prefeito Nelson Trad Filho inaugura praça na Moreninha A Prefeitura de Campo Grande vem, ao longo dos últimos anos, ampliando os investimentos em equipamentos voltados à melhoria da qualidade de vida da população. No sábado (11/06), o prefeito Nelson Trad Filho acompanhado da primeira dama Antonieta Trad inaugurou a Praça e Quadra Poliesportiva Dirceu de Souza Gameiro Junior, localizada no bairro Moreninha III. Segundo o prefeito cada vez mais, tem trabalhado para garantir espaços que propiciam esporte e lazer à população. “Até o fim de nossa administração pretendo construir em Campo Grande mais 60 praças. Só assim a população poderá praticar exercícios físicos, fatores que geram bemestar e contribuem para melhorar a qualidade de vida”, disse. Antes mesmo, de a praça ser inaugurada os alunos da escolinha de futebol da Alecrins, das moreninhas já estavam jogando futebol de salão. O aluno da escolinha, Maikel Alves de Freitas comemorou a inauguração da quadra. Também disse que a praça será muito importante para eles e seus colegas. “Antes nós tínhamos competições no campo de futebol. Agora,

podemos jogar à noite nesta quadra esportiva”, comemorou. Para o líder comunitário das Moreninhas, João Carvalho, conhecido como “Maguila”, o prefeito sempre atendeu as reivindicações do bairro.”Vamos continuar trabalhando, ouvindo as solicitações da comunidade e encaminhando à prefeitura. Esta obra é uma grande realização para nós que moramos aqui e o Nelsinho sempre lembrou de nós”, disse. O vereador Lídio Lopes, autor da emenda da construção da obra, disse que a construção da praça é o resultado do bom entrosamento entre a Câmara Municipal e a Prefeitura de Campo Grande. O deputado estadual licenciado e atual secretário Estadual da Habitação, Carlos Marum compareceu ao evento. A vereadora Magali Picareli, autora da ementa que denominou o nome da praça também esteve no local. Comparecem ainda ao evento o secretário de Governo e Relações Institucionais, Rodrigo de Paula Aquino, do vice-prefeito Edil Albuquerque, do diretor-presidente da Funesp, Carlos Alberto de Assis, lideranças comunitárias e moradores.


Campo Grande-MS, junho de 2011

11

CLASSIFICADOS Textos de responsabilidade do anunciante.

IMÓVEIS ALUGAM-SE DOM ANTONIO BARBOSA Casa, 02 quarto, sala, cozinha, banheiro social, portão elevação, varanda, garagem para duas vagas. R$ 400,00 COOPHAVILA II Rua do Recife, 03 quartos, sala, cozinha, banheiro social, despensa, área de serviço coberta; varanda e garagem. Valor: R$ 500,00 COOPHAVILA II Rua do Recife, 01, suíte, 02 quartos, sala, cozinha, banheiro social, despensa, área de serviço coberta, varanda e garagem. Valor: R$ 600,00 IMÓVEIS/VENDAS COOPHAVILA II Rua dos Arquipélagos, casa, 03 quartos, banheiro social, sala ampla, cozinha, área de serviço coberta, varanda e garagem. Valor: R$ 110.000,00. Financiamento através da Caixa Econômica. COOPHAVILA II Av. Marinha, casa, 02 suítes, 02 quartos, banheiro social, sala, copa, cozinha, despensa, varanda, área de serviço, salão comercial com banheiro social. Edícula, com quartos, banheiro, área coberta ampla, churrasqueira e canil. VALOR: R$ 130.000,00 COOPHAVILA II Rua Beira Mar, casa, 01 Suíte, 2 quartos, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço coberta, varanda com duas entradas de garagem. Valor: R$ 85.000,00. Para financiamento Caixa Econômica.

COOPHAVILA II Rua dos Recifes, 03 quartos, sala 02 ambientes, cozinha, 02 banheiros sociais, despensa, varanda, garagem para 03 vagas, área de serviço. EDÍCULA: coberta com churrasqueira, fogão a lenha e área de serviço. VALOR: R$ 112.000,00 Para financiamento Caixa Econômica. JARDIM TARUMÃ Rua ITAÓCA, RESIDENCIA/SALÃO COMERCIAL, 01 suítes, 02 quartos, banheiro social, sala ampla, Cozinha balcão americano, varanda, área de serviço coberta, garagem. VALOR: R$ 120.000,00. Obs: Estuda proposta para pagamento à vista... JARDIM TARUMÃ Rua Verde Louro, casa, 02 quartos, sala, cozinha, banheiro social, área de serviço, despensa, varanda, churrasqueira. Valor: R$ 50.000,00 SERRA AZUL Rua serra da Mantiqueira, casa, 02 quartos, sala 02 ambientes, copa, cozinha, banheiro social, varanda, garagem, área de serviço coberta com 01 quarto e banheiro social, varanda, garagem, jardim de inverno. R$ 125.000,00 SERRA AZUL Rua Rio Brilhante, SALÃO COMERCIAL/RESIDÊNCIA, localizado em corredor comercial e de Esquina. JARDIM PÊNFIGO Casa, 03 quartos, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço. VALOR: R$ 65.000,00

JARDIM PÊNFIGO Rua Feliz Vaz da Silva, suíte, 2 quartos, banheiro social, sala, cozinha, área de serviço coberta, varanda EML, portão social, e de elevação. VALOR: R$ 110.000,00. Estuda proposta e aceita camionete na negociação. JARDIM MANAIRA Casa residencial, Rua Gaudiley Brun, 02 quartos, banheiro social, sala, copa, cozinha, varanda, despensa, área de serviço interna, piso de cerâmica, cobertura de telhal romana, frente muro com grade, portão social e duas faces. VALOR: 70.000,00 GUANANDI 02 casas no mesmo lote, 02 quartos, 01 suíte, sala, copa, cozinha, banheiro social, Varanda, área de serviço coberta, garagem Para 02 vagas. VILA BELA Rua Mica, transferência, 02 quartos, sala, cozinha, área de serviço, Banheiro social, despensa. Valor: R$ 30.000, + prestações. SALÃO COMERCIAL VENDEM-SE COOPOHAVILA II 1.) SALÃO DE BELEZA COMPLETO, BOX NO CENTRO COMERCIAL; 2.) LOJA MATERIAL DE CONSTRUÇÃO COMPLETO E PAGUE FÁCIL, 03 BOX NO CENTRO COMERCIAL.

VENDE-SE TERRENO NA VILA KELLEN Vende-se um terreno na Rua Pastor Virgílio Farina - Vila Kellen, por R$ 25.000,00 - 12x30 mt, quitado, com escritura. Dá para fazer financiamento pela CEF ou outros. Tratar: 33736481 / 3373-4921 / 9247-0613.

TERRENOS E TERRAS VENDEM-SE JARDIM ARAPONGAS LOTE - 13x38 m TOTAL- 494 m², murado frente para asfalto Valor: R$ 40.000,00. OURO PRETO Lote 10X25m -250 m², quitado escriturado. VALOR: R$ 20.000,00 OURO PRETO 02 Lotes DE 200 m², frente para Avenida Marechal Deodoro. VALOR: R$ 40.000,00 + TRANFERÊNCIA CHÁCARA DAS MANSÕES Área de 5000m², Cercada com alambrado, postes de concreto, com base em alicerce reforçado, campo de futebol, protelação de telas com vigas de eucaliptos tratados de 6,o m de altura, plantas frutíferas e ornamentais com irrigação por gotejamento, horticultura, criação de aves raras, aviário construído em alvenaria e estrutura metálica. Valor: R$ 110.000,00

Avaliamos imóvel para compra, venda, inventário e ação jurídica, com responsabilidade e profissionalismo.

LER É CULTURA. JORNAL O MOMENTO O MELHOR DA REGIÃO URBANA DO LAGOA.


12

Campo Grande-MS, junho de 2011

GERAL

Festival das Flores de Holambra inicia dia 30

Divulgação

Campo Grande receberá entre os dias 30 de junho e 10 de julho o 11° Festival de Flores e Plantas de Holambra.

Orquídeas, samambaias, cactos, begônias, tulipas, tuias e outras centenas de tipos de flores e plantas ornamentais

serão expostas no evento mais tradicional de Campo Grande. Durante os 11 dias de exposição, estima-se que mais de 120 mil pessoas visitem o evento. A entrada será gratuita. Consolidado no calendário de festividades de Campo Grande, o Festival das Flores de Holambra vem se firmando e despertando cada vez mais a atenção do público. Um dos atrativos do 11º Festival de Flores e Plantas de Holambra são os preços e a variedade de plantas. O evento acontece no Armazém Cultural – antiga Estação Ferroviária - ao lado da Feira Central, das 9h às 21h. A promoção do Festival é da União do Vegetal, entidade

que trabalha pelo desenvolvimento espiritual do ser humano e realiza também, por meio de sua parceira, Casa da União Lar de Santana, obras

sociais como o projeto Luz das Letras, que trabalha com a alfabetização de adultos por meio de computadores e conta com o auxílio de voluntários.


O Momento Junho 2011  

Jornal da Região Urbana do Lagoa - Campo Grande-MS

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you