Page 1

Luizinho Lima, o porteiro, lança seu segundo livro Edição 033 - Campinas/SP, 05 de outubro de 2013

PSoL pede abertura de investigação baseada em foto publicada no Facebook que mostra vereadores fazendo gestos obscenos para manifestantes página A3

Pedida abertura de investigação para apurar comportamento de vereadores durante ocupação da Câmara Buracos, lixo, falta de sinalização e incompetência penalizam moradores do Valença

A ex-vereadora Marcela Moreira e Arlei Medeiros presidente do PSoL de Campinas aguardando para serem ouvidos na Corregedoria da Câmara Municipal

E.C. Real e Real Dic a uma vitória do título

Administração Regional informou gabinete de vereador que serviço já havia sido executado página A4 Senac Campinas realiza palestra gratuita sobre sustentabilidade métrica Palestrante irá apresentar o conceito e a abordagem atual nas empresas página A6

Show Musical Infantil “Mãe, por que será?” Criança caminha por rua sem pavimentação. Árvore que ameaça pedestres, veículos e rede elétrica.

Campineiro é premiado pela Academia de Letras de São João da Boa Vista página A7

O poeta premiado Denivaldo Piaia


Página A-2 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

Editorial A “linda aventura” do tucano Aécio Neves

A partir dos seus escassos 11% de preferência do eleitorado mostrados pela pesquisa Ibope/Estadão, o senador tucano Aécio Neves (MG) procura esconder as notícias ruins e apega-se às menos ruins. Parece repetir o caso da “mancada” de Rubens Ricupero em setembro de 1994 em plena campanha que elegeu Fernando Henrique Cardoso para a Presidência da República. Sem saber que estava no ar, Ricupero disse a um jornalista da TV Globo: “Não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, a gente esconde”. O então ministro revelou, e todo o país pôde ouvir, uma prática comum da elite brasileira e que a mídia acolhe, repete, e multiplica esconder as notícias ruins e “faturar” as boas. No caso de Aécio Neves, quase vinte anos depois, não há notícias boas - só as menos ruins! Por exemplo, a última pesquisa do Ibope repetiu o que já havia sido revelado por outras pesquisas em datas próximas: Dilma Rousseff venceria em todos os cenários e se reelegeria no primeiro turno da eleição de 2014. Ela teve 38% das preferências; os candidatos de oposição teriam, somados, 31%. Marina Silva teria 16%; Aécio amarga um declinante terceiro lugar, passando de 13% para 11%; Eduardo Campos também caiu, de 5% para 4%. E há 31% de pessoas que estão sem candidato (15% preferem votar banco ou nulo, e 16% não souberam responder). Este não é, definitivamente, o cenário dos sonhos de Aécio Neves, nem dos tucanos; a situação não melhora se trocarem o mineiro pelo paulista José Serra, para quem, aliás, a notícia também não é boa: Serra teria um ponto a mais, com 12% das preferências, levemente acima dos 11% que indicaram Aécio. Aécio quer falar grosso e mal disfarça que lambe as feridas em público. Em busca de ampliar seus apoios, Aécio tenta garantir a unidade de seu partido, o PSDB. Conseguirá? Esta é outra incógnita. Neste final de semana, ele acenou a Serra. E se disse otimista quanto a sua permanência no ninho tucano. Mas o paulista continua no seu costumeiro jogo de vai-não-vai, como uma espécie de Jânio Quadros pós-moderno (que tinha, entre suas marcas, justamente essa, de chantagear seus partidários com frequentes ameaças de renúncia). Aécio disse: “o PSDB é a casa de Serra”, e declarou esperar seu apoio em 2014. Mas que casa é essa, onde prevalecem a desarmonia, o jogo por baixo dos panos, o desentendimento entre seus pares? Pior. Sendo Serra, internamente, o principal fator de desavenças? Aécio quer a volta de tudo o que foi superado nesta década em que o Brasil avançou e a vida do povo melhorou. Num encontro tucano realizado em Maceió (AL) neste sábado (28) Aécio Neves teve, pode-se dizer, um momento de sinceridade e confessou que faz parte da “largada de uma linda aventura”. Que disse ser “a favor do Brasil”. Mas os brasileiros não se iludem e sabem que não passa de uma aventura mesmo - a tentativa de levar de volta ao governo federal o mesmo programa que os eleitores condenaram desde 2002. E voltarão a condenar em 2014. Esta semana eu e a militante do PSoL, Marcela Moreira, fomos convidados a dar explicações à Corregedoria da Câmara Municipal de Campinas sobre o nossa participação na manifestação ocorrida na Casa, no dia 7 de agosto. Prontificamo-nos a ir, até mesmo curiosos para saber por que tanto eles se preocupam com a nossa presença na Câmara, ao invés de tratar de assuntos que realmente poderiam transformar o dia a dia dos Campineiros, como a abertura da CPI dos Transportes, ainda barrada pela base governista do prefeito Jonas Donizette(PSB). Dos 33 vereadores somente 5 votaram a favor da CPI. São necessárias pelos menos mais 6 assinaturas para que o processo seja aberto, mas com a aprovação do subsídio de R$5,9 milhões/mensais a mais para os empresários do transporte, a gente percebe que os interesses dos vereadores não comungam com os da população. Vale ressaltar que o PSoL, desde o início, foi o único partido a votar contra o projeto do executivo. Instituir a comissão para responsabilizar alguém pela ocupação na Câmara naquele dia, nada mais é que criar uma cortina de fumaça. Para o senso comum eles parecem estar trabalhando, mas no fundo é mais uma estratégia política de querer culpar partidos ou lideranças. O PSOL é um partido que apoia os movimentos sociais e possui identidade com as pautas de mudanças presentes nas ruas. Portanto, a presença de sua militância nas manifestações é absolutamente legítima e marcada pelo respeito à autonomia e independência dos movimentos. Não iremos permitir que este episódio dentro dos marcos da democracia seja usado para perseguir parlamentares, assessores, dirigentes e lutadores sociais que não estão alinhados com a base governista. Que os vereadores coloquem a mão na consciência. Enquanto candidatos são próximos e parecem entender dos problemas vivenciados pelas pessoas na nossa cidade, mas uma vez eleitos, se distanciam dos interesses da população. Arlei Medeiros Presidente do PSoL Campinas Coordenador do Observatório de Gestão Pública do Trabalhador

EXPEDIENTE Gazeta do Vale Registrado no CRCPJCL CNPJ: 04.319.396/0001-95 Diretor e Jornalista Responsável Luciano Meira - MTB/SP: 34.952 Avenida Guarani, 341 Campinas - SP - CEP 13100-211 Telefone: 19 3395 7531 // 8141 7490 contato@ometropolitanocampinas.com.br www.ometropolitanocampinas.com.br

o metropolitano

tendências e debates

Visita noturna Já era tarde da noite. Prá dizer a verdade, era madrugada. Eu não vi e nem sequer percebi quando ela entrou no quarto. Sorrateiramente, em total silêncio, foi se apossando de um lugar que não era dela. Eu nada pude fazer. Estava por demais entorpecido. No entanto, ela era fascinante! Não consegui despregar os olhos dela. Virei de um lado para outro, tentando ignorá-la..que nada. Ela tomou conta de mim, por inteiro. De comportamento refinado, permaneceu em silencio para não acordar minha amada, que dormia a meu lado. Que ousada! Confesso que tentei me livrar dela, mas ela insistia em ficar. Mesmo calada, um simples olhar e gesto desta feiticeira, me trazia recordações as quais tentava me livrar. Em minha mente vagavam pensamentos massacrantes de um dia de tormento. Com certeza foi ela que me fez recordar da conta do colégio. Ah...aquele bendito colégio! Quando afinal deixará de levar meu suado dinheirinho? Ou melhor – quando terei novamente meu suado dinheirinho para passar ao colégio? E esse emprego que não aparece? Será que a diretoria daquela empresa se interessou pelo meu currículo? Caprichei tanto! E esse governo que não ata e nem desata? O que? O dólar subiu novamente? Caiu? E o mensalão? Esqueceram? Voto obrigatório ou facultativo? O Obama vai espionar meu Facebook? E esse reajuste ridículo para os professores? Dinheiro pra estádio tem, não é?! Tentei contar carneirinhos. Que nada – todos fugiram. Envolto em pensamentos, esqueci-me da misteriosa invasora. Foi quando ela deixou escapar um leve sorriso. Novamente, lá estava eu ligado naquele rosto sorridente. Fiel como sou, tentei ignorar seus lábios carnudos e vermelhos a murmurar pelo meu nome. Tentei rezar e pedir perdão pelos pensamentos que, naquele momento comandavam meu cérebro e... adjacências. Foi quando ela chegou mais perto e cada vez mais perto...e mais perto. Minha forças se esvaeciam cada vez mais. Num gesto desesperador saquei do controle remoto e liguei a TV. Ela não gostou. Fechou a cara, fez biquinho e desiludida, começou a sumir. Tal qual um fantasma evaporou no ar. O programa da TV era chato! Mudei de canal. O filme era mais chato ainda! Tentei mais uma vez, era uma reprise mais chata que o filme chato do outro canal. De repente...um musical! Que chato! E...que bom! Finalmente poderia adormecer e dizer adeus a essa dona Insônia que toda noite insiste em me visitar. Abençoado os inventores da televisão e dos programas chatos das madrugadas!

DONIZETE ROMOM

Donizete Romon é jornalista e palestrante. Contato: www.facebook.com/petecaeventos

Esta semana excepcionalmente deixamos de publicar a coluna do Dr. Paulo Galtério.

Extinção A palavra extinção tem forte significado na área de conhecimento das ciências da natureza: o total desaparecimento de uma espécie. Em nosso planeta existem muitas espécies em listas de extinção. Isso é muito preocupante, pois o desaparecimento de uma espécie implica em mudanças em toda uma área, ou seja em um ecossistema. O Brasil está situado em uma zona tropical e desfruta de grande quantidade de calor durante todo ano, o que torna o país um local com muita diversidade de ecossistemas e isso favorece a biodiversidade. Essa riqueza torna nosso país bastante atrativo no que se refere ao turismo ecológico, atraindo pessoas de todas as partes do mundo. Infelizmente, a visibilidade do país, como rota de turismo ecológico, não o impede de figurar no cenário internacional como um local onde a natureza clama por atenção e soluções. A fauna e a flora nacional tem tido grande dificuldade em sua preservação e muitas espécies ainda nem foram identificadas. Tornar possível o conhecimento de muitas dessas espécies é uma obrigação, não apenas uma necessidade, para o desenvolvimento sustentável, assim como é uma obrigação lutar por seres vivos que estão na lista de extinção. Pense sobre isso. Educação ambiental é a solução. Roselângela Claudina Thomaz Bióloga – Especialista em Educação Ambiental e-mail: lulyp_1@globo.com

Compartilhando - Desiderata Este texto se chama DESIDERATA - que em latim significa aquilo que se deseja, aspiração. Ele foi encontrado na velha Igreja de Saint Paul, em Baltimore. Nos momentos tormentosos ele me ajuda bastante, portanto compartilho com meus leitores. Segue a primeira parte. Siga tranqüilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se de que há sempre paz no silêncio. Tanto quanto possível sem humilhar-se, mantenha-se em harmonia com todos que o cercam. Fale a sua verdade, clara e mansamente. Escute a verdade dos outros, pois eles também têm a sua própria história. Evite as pessoas agitadas e agressivas: elas afligem o nosso espírito. Não se compare aos demais, olhando as pessoas como superiores ou inferiores a você: Isso o tornaria superficial e amargo. Viva intensamente os seus ideais e o que você já conseguiu realizar. Mantenha o interesse no seu trabalho, por mais humilde que seja, ele é um verdadeiro tesouro na continua mudança dos tempos. Seja prudente em tudo o que fizer, porque o mundo está cheio de armadilhas. Mas não fique cego para o bem que sempre existe. Em toda parte, a vida está cheia de heroísmo. Namastê


política

o metropolitano

Contraponto

por Luciano Meira

Batendo na cangalha Na segunda-feira, os vereadores da base governista tem um café da manhã agendado em um hotel no Cambuí. Há quem diga que a boca livre, até porque duvido que alguém tenha coragem de apresentar a nota fiscal, tem como tema central o descontentamento do prefeito com as rusgas que tem sido expostas no Plenário da Câmara, além das polêmicas que estão por vir, entre elas a lei que autoriza a instalação de comércio em todas as ruas da cidade. Quitando a fatura Até a semana passada ainda não havia sido apresentada nenhuma desculpa realmente plausível para a desistência do tucano Carlos Sampaio de concorrer e apoiar Jonas Donizette (PSB). Mas, os vereadores Marcos Bernardelli e Gilberto Vermelho, ambos do PSDB deram uma pista do que pode ter acontecido ao usarem a tribuna da Câmara para informar que formalmente foi sugerida ao prefeito a criação de uma empresa de economia mista, tipo SANASA, para administrar o lixo de Campinas, (coleta e destinação final), usando como justificativa para a ideia, os supostos problemas existentes sempre que se faz uma licitação, diga-se de passagem milionária, para contratação das empresas que farão o serviço. Se a ideia “colar”, cargos e mais cargos serão criados, e apenas como sugestão, sem insinuar que as mesmas práticas de negociação de um passado recente serão usadas, a empresa poderá se chamar LIXOSA. Caiu da cama O vereador Artur Orsi (PSDB), que nutria o sonho de disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa, além de ter palanque para devolver todos os desaforos feitos pelos seus colegas de partido, acordou no meio de um pesadelo ao ver o Rede Sustentabilidade morrer na praia do TSE, partido para o qual já estava certada sua ida, com a promessa de ser o comandante da legenda em Campinas.

Dia Municipal do Idoso é comemorado no Castro Mendes

Vereador Cid Ferreira (PMDB) Raysa Figueiredo Campinas

O Dia Municipal do Idoso foi comemorado na última terça feira (01/10) com um grande evento no Teatro Municipal Castro Mendes, onde autoridades estiveram presentes, entre elas o Prefeito Jonas Donizette (PSB), que foi prestar sua homenagem aos idosos. O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social, com coordenação da Coordenadoria Especial do Idoso. Os vários grupos de idosos que prestigiaram a festa foram contemplados com diversas apresentações artísticas, além de participarem de uma reflexão sobre o Estatuto do Idoso que, no mesmo dia, completou sua primeira década de existência. E todos fo-

ram unânimes ao afirmar que os avanços, até o momento, estão muito aquém do esperado, e que reformas são necessárias e urgentes, incluindo revisões nas leis complementares no âmbito municipal. O presidente da Associação dos Aposentados de Campinas, o vereador Cid Ferreira (PMDB), representou a Câmara Municipal de Campinas, participando entusiasticamente do evento, aproveitando para rever pessoalmente as lideranças dos grupos de idosos, de centros de saúde, centros de convivência, praças, ginásios e clubes de esportes, que sempre o apoiaram. “Foi um reencontro muito gostoso, pois os compromissos têm me impedido de estar mais próximo dessas pessoas, que mal pude agradecer pelo apoio que sempre me deram”, disse ele.

Página A-3 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

Pedida abertura de investigação para apurar comportamento de vereadores durante ocupação da Câmara PSoL pede abertura de investigação baseada em foto publicada no Facebook que mostra vereadores fazendo gestos obscenos para manifestantes Luciano Meira Campinas

A Corregedoria da Câmara de Campinas recebeu o pedido para investigar vereadores que no dia 7 de agosto, durante a ocupação da Câmara, incitavam manifestantes com provocações, ofensas e gestos obscenos, deixando o clima ainda mais tenso. O pedido foi feito durante a presença de Arlei Medeiros, presidente do PSoL Campinas e da militante e ex-vereadora Marcela Moreira, na reunião da Corregedoria, nesta quarta-feira (02/10), em que foram convidados para conversar sobre a suposta participação do partido na organização da manifestação Os vereadores Cidão Santos (PPS) e Marcos Bernadelli (PSDB), questionaram se o partido organizou a manifestação ou teve alguma participação na ocupação da Câmara, pois desde os acontecimentos os vereadores da base governista insistem em fazer ameaças e insinuar que os vereadores Paulo Búfalo (PSol) e Pedro Tourinho (PT) teriam tido alguma participação na organização do movimento, e que se isso fosse comprovado deverão ser punidos. Coragem e eloquência não demonstrada pelos vereadores sempre que manifestantes comparecem às sessões da Câmara, ou simplesmente quando algum boato diz que eles irão comparecer, provocando a montagem de um esquema de guerra pelo presidente e seus assessores, com reforço da Guarda Municipal e da Polícia Militar. Tanto Arlei, quanto Marcela, deixaram claro que em nenhum momento o PSoL organizou o ato e muito menos a ocupação da Câmara, e que ambos participaram como militantes do partido e cidadãos. “O PSoL é um partido que apoia as lutas sociais e é contra a violência e depredações. Naquele dia apoiava o movimento Frente Contra o Aumento da Passagem, que há anos luta por um transporte público mais digno e justo na nossa cidade. Como tantos outros partidos, movimentos e coletivos, o PSoL foi à Câmara no dia 7 de agosto para defender a abertura da CPI dos Transportes” disse o presidente do PSoL de Campinas, Arlei Medeiros. A ocupação da Câmara de Campinas deu-se alguns dias após as manifestações de rua que aconteceram na cidade, assim como em todo país, e mais de trinta dias após representantes da Frente Contra o Aumento da Passagem entregarem um documento ao presidente da Câmara, vereador Campos Filho (DEM), solicitando esclarecimentos e providências relativas ao aumento da passagem e a abertura de uma CPI com objetivo de analisar de forma mais clara e precisa as planilhas de custos do sistema de transporte público, que são a base para o cálculo do preço da passagem. Na ocasião, como foi dito pela imprensa e pelo próprio Campos Filho, houve um compromisso assumido com os manifestantes que seria dado seguimento ao documento e que haveria seu empenho pessoal na busca de uma solução negociada para o caso, mas o que se viu, neste prazo de tempo, foi o distanciamento dos vereadores e do próprio presidente o que

Foto publicada na página do grupo Falando do Busão no Facebook

levou à ocupação da Câmara. Durante a ocupação, sem saber como dialogar com os manifestantes, os vereadores, com raras exceções, se retiraram do Plenário e seguiram para o gabinete do presidente, onde discussões acaloradas entre os parlamentares, depois de filmadas foram fartamente distribuídas pela internet, especialmente o trecho em que o presidente é responsabilizado dos acontecimentos pelos demais vereadores. Apesar das diversas versões para os fatos, especialmente para o momento em que os manifestantes empilham a mobília do plenário, o que alguns interpretam como quebra-quebra, é preciso lembrar que naquele momento policiais militares da Tropa de Choque foram vistos pela parte de vidro da porta observando os manifestantes, que ao perceberem a presença dos militares fizeram uma barricada com a mobília. Sem uma explicação minimamente plausível, o presidente disse que a presença da Tropa de Choque foi solicitada para evitar que os manifestantes ocupassem as demais dependências da Câmara, o que não merece nenhum crédito já que esta, entre outras, é a função constitucional da Guarda Municipal - zelar pelos prédios públicos municipais - que também mantinha homens na Câmara naquele momento. O que de fato aconteceu foi um erro de estratégia dos militares, que foram vistos pelos manifestantes e perderam a chance de uma ação surpresa, sendo bloqueados pela barricada de móveis, obrigando ao comando negociar com os manifestantes a desocupação do Plenário. A presença da Tropa de Choque visivelmente causou pânico entre os manifestantes. “Os atos de depredação foram isolados e quem tem que apurar a responsabilidade disso não sou eu, Marcela ou qualquer outra pessoa que estava ali de forma civilizada e pacífica”, disse Arlei. Arlei aproveitou o encontro para reforçar o pedido da abertura da CPI. “O PSoL tenta, pelos meios legais, dar mais transparência ao uso do dinheiro público. O vereador Paulo Bufalo, há meses, fez o pedido de abertura da CPI dos Transportes em Campinas, mas a investigação segue barrada pela base governista do prefeito Jonas Donizette (PSB), na Câmara. O PSoL é um partido que apoia os movimentos sociais e possui identidade com as pautas de mudanças presentes nas ruas. Portanto, a presença de sua militância nas manifestações é absolutamente legítima

e marcada pelo respeito à autonomia e independência dos movimentos. Não iremos permitir que este episódio dentro dos marcos da democracia seja usado para perseguir parlamentares, assessores, dirigentes e lutadores sociais que não estão alinhados com a base governista”, concluiu Arlei Medeiros. Marcela Moreira diz que a Corregedoria está criando uma cortina de fumaça sobre uma reivindicação justa e legítima. “O que deve ser discutido é a instalação da CPI dos Transportes, a população tem o direito de saber quanto de fato e de verdade custa o transporte, a população precisa saber sobre a retirada de verbas de áreas sociais para serem repassadas como subsídios para os empresários do setor de transportes. Os jovens, que naquela noite ocuparam a Câmara, têm uma lógica de construção de movimentos diferente do PSoL, o que é incompreensível para a maioria dos vereadores”, disse a ex-vereadora. No mesmo dia, quatro pais de manifestantes foram convidados, mas apenas dois conversaram com os vereadores, sem acrescentar nenhum fato novo. Um dos pais que não falou com os vereadores, e prefere não ser identificado, disse que seu filho de 16 anos foi um dos detidos, se declara contra qualquer tipo de violência, mas que entende ser legítima a manifestação que pede a abertura da CPI, “que se houvesse ocorrido nada disso teria acontecido”. Os pais e os dois membros do PSoL foram convidados para comparecer às 15h, o que provocou a desistência de dois pais que alegaram ter

outros compromissos e não haviam sido avisados que a reunião seria tão longa. A reunião da Corregedoria terminou por volta das 17h30. Perguntamos ao vereador Cidão Santos, corregedor da Câmara, se as denúncias dos socialistas seriam objeto de investigação e a resposta foi que o assunto seria discutido com os demais vereadores. Em outras ocasiões em que se esperava alguma atitude da Corregedoria, como no caso do vereador Carmo da Farmácia (PSC) que cobrava uma taxa para entregar correspondência em sua base eleitoral, o corregedor Cidão Santos disse que deveria receber uma denúncia formal sobre qualquer suposta irregularidade cometida por vereador. Lembrado por nossa reportagem que ao ocupar o cargo de vereador, o cidadão tem o status de funcionário público e tem por obrigação, sob pena de prevaricação, investigar ou mandar fazer investigação de toda irregularidade que tomar conhecimento - para tanto citamos o exemplo de recente matéria publicada, mostrando que o vereador Jorge da Farmácia (PSDB) utilizava o verso das senhas de atendimento do Centro de Saúde da Vila Boa Vista para fazer propaganda de sua farmácia - o vereador disse que entende estarmos corretos em nossa colocação, mas que neste caso o procedimento deve ser de iniciativa do presidente, de algum cidadão, ou até mesmo um vereador, como parece que será feito pelo bancada do PT. Na próxima quarta-feira (09), segundo o Corrgedor deverá ser ouvido o vereador Pedro Tourinho (PT).


Página A-4 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

cidades

o metropolitano

Buracos, lixo, falta de sinalização e incompetência penalizam moradores do Valença Administração Regional informou gabinete de vereador que serviço já havia sido executado Luciano Meira Campinas

Os moradores do Condomínio Residencial Parque Valença III, conhecido como “Prédios do Tenda” e seus vizinhos, da mesma forma que os motoristas que circulam pela via de acesso ao Jardim Santa Rosa e a estrada de Hortolândia, sofrem diariamente, com o descaso e a falta de interesse das autoridades. O trânsito no local é intenso, mas nos horários de pico é praticamente impossível para um pedestre atravessar a rua, assim como os moradores do condomínio entrarem na garagem. Os motoristas que saem da Av. John Boyd Dunlop com destino a Hortolândia e Jardim Santa Rosa, da mesma forma que os motoristas que circulam no sentido contrário, precisam além de muita paciência também de muita sorte. Sem um semáforo e nenhuma sinalização indicando de quem é a preferência o trecho de pouco mais de 100 metros transforma-se em uma verdadeira “roleta russa”. Os moradores que pretendem sair ou entrar da garagem do condomínio são os maiores prejudicados. “Nos horários de pico, quem vem da John Boyd para entrar na garagem tem de parar no meio da rua e esperar que alguém dê passagem, enquanto isso o trânsito pára, da mesma forma como quem vem de Hortolândia, além do perigo dos motoqueiros, que já causaram um grande número de acidentes ao ultrapassarem em alta velocidade a fila de carros parados”, conta a dona de casa Teolina, moradora do condomínio. Outro morador do condomínio, o funcionário público Osiel, comenta que as brigas por causa dos acidentes com motoqueiros também são uma constante. “Eles não respeitam nada, pode ser idoso, senhora com criança, eles simplesmente vão ultrapassando, pela direita, pela esquerda sobem nas calçadas, aí acontecem os acidente e eles ainda querem brigar”. Segundo os moradores a solução para o problema seria

No destaque o trecho onde o trânsito, a sujeira e os buracos causam trantornos aos motoristas e pedestres.

Os moradores do condomínio Teolinda, Osiel e Osvaldo

a colocação de dois semáforos, além da colocação de sinalização vertical (placas) e horizontal (pintura de faixas)

para organizar o trânsito no local. Os pedestres também sofrem com o descaso da Pre-

A árvore que ameaça a segurança das pessoas e da rede elétrica

feitura de Campinas, sem calçadas e obrigados a caminhar pela via, na verdade uma rua de terra, que em dias de chu-

va se transforma em uma rua de lama. Os comerciantes instalados no local também apontam

o problema que uma árvore pode causar em breve, caindo sobre a rede elétrica. “Já estivemos com o pessoal da AR-13, mas eles falam que esta árvore não pode ser cortada por causa da idade dela, mas eles nem ligam se ela cair sobre os fios e ficarmos sem energia”, comenta Cláudio que trabalha em um dos comércios do local. Fomos informados que a situação é de conhecimento da AR-13 responsável pela área, e que recentemente foi feita pelo vereador Paulo Galtério (PSB) uma indicação solicitando a limpeza do local. O gabinete do vereador informou nossa reportagem que recebeu a resposta do administrador regional Adenilson Felipe dos Santos, que ocupa o cargo por indicação política do vereador Edson Ribeiro (PSL), que o serviço de limpeza já havia sido concluído, o que não é verdade, como pode ser visto nas fotos feitas na sexta-feira (04/10).

Campanha arrecada brinquedos para a Unidade de Apoio Infantil do Centro Corsini O Polo Arqdec Interior, por meio de seu projeto Polo Solidário, realiza até o dia 11 de outubro uma campanha de doação de brinquedos em prol da UAI - Unidade de Apoio Infantil, único abrigo institucional da região de Campinas, destinado ao acolhimento de crianças vítimas da AIDS e com diversas

patologias, mantido pelo Centro Corsini. Os brinquedos novos ou usados, em bom estado, arrecadados na ação – promovida em parceria com a Iugas Mudanças e Transportes – serão entregues às crianças assistidas pela instituição na manhã de 12 de outubro, Dia das Crianças. A sede do Polo Arqdec, à Rua Odila

Maia Rocha Brito, 169, na Nova Campinas, e 42 lojas associadas à entidade (lista abaixo e no site www.poloarqdec.com) são postos de coleta. O Centro Corsini é um centro de atendimento, prevenção, diagnóstico e tratamento de portadores do vírus HIV, hepatites virais e outras ISTs

(Infecções Sexualmente Transmissíveis) em Campinas e região e foi a entidade abraçada pelo projeto Polo Solidário para ser beneficiada este ano com as ações promovidas pelo Polo Arqdec Interior. “O Corsini é uma referência mundial devido ao trabalho multidisciplinar que realiza. A instituição sobrevive com doações e acreditamos ser nosso dever ajudar a perpetuar esse trabalho seja por meio de realização de eventos ou campanhas como esta, abraçada por praticamente todos os nossos associados”, afirma Maria Isabel Amaral e Souza, diretora social do Polo Arqdec Interior. João Marcos Rodrigues da Paz, diretor adjunto social da entidade, lembra que o Polo já esteve empenhado em duas ações em prol do Corsini este ano, a arrecadação de alimentos não perecíveis, em maio, e o Cassoulet Solidário, em junho. “Esperamos mobilizar grande parte da população com mais esta ação e garantir o sorriso dessas crianças”, afirma ele. Com mais de 5,5 mil usu-

ários cadastrados, o Centro Corsini realiza anualmente realiza cerca de 11.000 atendimentos, entre exames diagnósticos realizados em seu ambulatório, atendimentos multidisciplinares e outras ações, que visam o fortalecimento individual e familiar para a inclusão social e o atendimento aos portadores de IST, entre adultos e crianças. O Centro Corsini é mantenedor da UAI – Unidade de Apoio Infantil, abrigo que cumpre integralmente o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), sendo um lugar de proteção e uma alternativa de moradia para crianças e adolescentes que te-

nham seus direitos violados. O atendimento realizado às mais de 20 crianças e adolescentes acolhidos no período de 24 horas por dia, a maioria com patologias de alta complexidade, é realizado por uma equipe técnica multidisciplinar em contínuo aperfeiçoamento. A UAI presta assistência também aos familiares desses menores, oferecendo atendimentos em todas as especialidades do ambulatório multidisciplinar do Centro Corsini e realizando um trabalho que visa à recuperação de toda a família, com supervisão de profissionais da saúde e assistentes sociais.


o metropolitano

Página A-5 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

Show de Bola

Top 40 Ribervidros & MDS Security - 2013

E.C. Real e Real Dic a uma vitória do título

Série A: Falta apenas 1 rodada para conhecermos o campeão de 2013, o Real Dic reverteu à vantagem do Celina Calçados, ao vencer o confronto por 3 x 1, com gols de: Barone, Sheik, Vô e Lindinaldo descontando para o Celina, e agora só depende de 1 vitória sobre o Pesqueiro Okimoto para confirmar o titulo. Na última rodada tudo será decidido, as vagas para a super copa e a última vaga do rebaixamento, 4 times ainda lutam para escapar; O Calhas Líder fez sua parte ao vencer o Columbia por 6 x 1, destaque para o Carioca e Paraguai com 2 gols cada. O Independente também venceu, 2 x 1 no Refugo, com gols de Adenirso, Mauricio e Claudemir para o Refugo. A Esfera Vídeo venceu o VQM-Toma & Tomba por 2 x 1 e se livrou de vez do fantasma do rebaixamento e ainda sonha com o vice campeonato, já o VQM precisa que pelos menos 1 dos 3 concorrentes não vença ou fazer 1 ponto para ficar na série A. O pesqueiro Okimoto empatou com o Parque das Camélias em 3 x 3 e agora precisa vencer o Real Dic e ainda torcer para que 1 dos 3 times (Calhas, Independente ou VQM), perca na rodada, pra escapar do rebaixamento. Jogadores suspensos no Top,

40 pagam multa em leite, que é doado para instituições carentes, a série A já pagou 68 litros de leite e a série B pagou 59 litros, num total de 127 litros de leite doados. O julgamento do Barone (Real Dic) será dia 16/10 as 19h30 no Gol de Placa. Série B: O E. C. Real entra em campo no próximo domingo para confirmar o titulo da série B, mas o Só Por Deus vem para jogar água no chopp do Real, com apoio do Ribervidros, que ainda sonha com um milagre. O E. C. Cristina pega o Nanuque e uma vitória o deixa muito perto da série A, mas será que o Nanuque vai fazer seu 1º. Ponto?. Na briga pelo acesso, o Beira Rio vai com tudo para cima do Gol de Placa, no 1º. Turno o Beira Rio atropelou com show do Fabinho. Ribervidros, já sabendo o resultado do Real, enfrenta o desmantelado Tabajara. No último jogo, O Residencial, já distante da classificação, enfrenta o S. C. Transportes.

Edmar Paifer

esportes

Nanuque exemplo de esportividade no Top 40

Apenas seis concorrem as bolas de ouro, prata e bronze

Copa Verão Top 45: Foram sorteados os grupos da Copa Verão, que começa no dia 10/11. Grupo A: Esfera Vídeo, Vai Que È Mole, Residencial e Só Por Deus. Grupo B: Independente, Camélias, Gol de Placa e S.C. Beira Rio.

Chuta Mãe Dinah!

Barone Real Dic

Luizão Refugo

Pitchula Esfera Vídeo

Nei Gizzo Celina Calçados

Raimundo VQM - Toma e Tomba

Wagão Pesqueiro Okimoto

Baixinho é o mãe Dinah da rodada

Mãe Dinah - Série B COLUMBIA

1

5

CALHAS LÍDER

REFUGO

3

1

INDEPENDENTE

REAL DIC

3

3

CELINA CALÇADOS

VQM-TOMA & TOMBA

3

2

ESFERA VÍDEO

PESQ. OKIMOTO

5

3

PQ. DAS CAMÉLIAS

ARTILHEIROS SÉRIE A

GOLS

AM

AZ

VER

WAGÃO (OKIMOTO)

30

2

0

0

BARONE (REAL DIC)

21

5

0

0

PITCHULA (ESFERA)

17

1

0

0

GOLS

AM

AZ

VER

DIRCEU (E.C.REAL)

31

1

0

0

FABINHO (BEIRARIO)

24

2

0

0

EDVALDO (GOL DE PLACA)

21

4

0

0

ARTILHEIROS SÉRIE B

PRÓXIMA RODADA SÉRIE A 29/set

07:45

COLUMBIA

CALHAS LÍDER

29/set

09:00

REFUGO

INDEPENDENTE

29/set

10:00

REAL DIC

CELINA CALÇADOS

29/set

11:00

VQM-TOMA & TOMBA

ESFERA VÍDEO

29/set

12:00

PESQ. OKIMOTO

PQ. DAS CAMÉLIAS

PRÓXIMA RODADA SÉRIE B

TABELÃO

TOP 40 RIBERVIDROS & MDS SECURITY 2013 SÉRIE A

PG

VIT EMP DER GP

GC

SAL CA AZ CV

CELINA CALÇADOS

32

9

5

2

43

-20

23

22

3

0

REAL DIC

31

9

4

3

59

-44

15

34

2

1

VQM - TOMA & TOMBA

28

8

4

4

45

-31

14

22

2

2

ESFERA VÍDEO

26

7

5

4

45

-25

20

21

0

0

PESQUEIRO OKIMOTO

24

7

3

6

50

-39

11

19

2

0

INDEPENDENTE

24

7

3

6

36

-31

5

20

3

1

CALHAS LIDER

23

7

2

7

34

-41

-7

27

2

0

REFUGO

16

5

1

10

38

-49

-11

26

0

2

PQ. DAS CAMÉLIAS

15

4

3

9

32

-49

-17

18

2

0

COLUMBIA

6

2

0

14

23

-76

-53

17

1

0

PG

VIT EMP DER GP

GC

SAL CA AZ CV

E. C. REAL

38

12

2

2

77

-31

46

22

3

0

RIBERVIDROS

34

10

4

2

58

-23

35

13

3

1

GOL DE PLACA

29

9

2

5

44

-38

6

36

0

0

SÉRIE B

6/out

07:45

SÓ POR DEUS

E. C. REAL

6/out

09:00

NANUQUE

E. C. JD. CRISTINA

6/out

10:00

BEIRA RIO

GOL DE PLACA

E. C. JD. CRISTINA

26

7

5

4

40

-30

10

20

1

0

6/out

11:00

TABAJARA

RIBERVIDROS

BEIRARIO

24

7

3

6

54

-57

-3

35

5

1

6/out

12:00

S. C. TRANSPORTES

RES. SÃO JOSÉ

RESIDENCIAL SÃO JOSÉ

23

6

5

5

44

-46

-2

21

2

0

TOP 40 no Gol de Placa - R. Washington L. C. Gomes, 10 - J. Morumbi e-mail: top402011@gmail.com - Tel. (19) 8177-4548 www.losgatoscampinas.com

TABAJARA

17

5

2

9

40

-59

-19

26

8

0

SÓ POR DEUS

17

4

5

7

34

-47

-13

14

2

0

S. C. TRANSPORTES

16

4

4

8

41

-55

-14

18

5

1

NANUQUE

0

0

0

16

25

-75

-50

22

1

1


Pequenas empresas podem concorrer ao Prêmio ‘Startup’ Iniciativa visa transformar planos de negócios inovadores em novos empreendimentos para o município As starturps, empresas de pequeno porte, recém-criadas ou ainda em fase de constituição formal, que desenvolvem projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras, poderão concorrer a prêmio para estruturar e realizar seu plano de negócios. A oportunidade está no 1º Prêmio Startup Campinas, iniciativa da Prefeitura de Campinas, que visa transformar planos de negócios inovadores em novos empreendimentos para o município. As interessadas no prêmio precisam inscrever suas propostas até o dia 18 de outubro pelo portal na internet www. premiostartup.com.br. A inscrição é gratuita, a ficha e o regulamento e mais informações do prêmio estão no mesmo link. O Prêmio é inédito e integra o Plano Campinas Empreendedora com foco de investimentos. Serão selecionados, na primeira etapa, dez negócios inovadores, que terão a oportunidade de apresentar sua ideia para investidores. Os selecio-

classificados

o metropolitano

Página A-6 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

nados apresentarão seu negócio em evento realizado no Salão Vermelho do Paço Municipal, no dia 25 de outubro, onde empresários e investidores avaliarão as propostas e decidirão por três vencedores. Os três vencedores serão premiados com três anos de incubação na Ciatec, equipamentos eletrônicos (tablets e notebooks), treinamentos do Sebrae, troféu e medalhas da Prefeitura Municipal de Campinas. O objetivo é a estruturação de três novos negócios, os quais tragam retornos econômico, ambiental e social ao município. A iniciativa do prêmio é importante e congrega o esforço de entidades públicas e privadas que já realizam diversas ações de promoção do empreendedorismo na região. A realização do 1º Prêmio Startup Campinas é da Prefeitura de Campinas por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo e de seu Departamento de Desenvolvimento Econômico; Companhia de Desenvolvimento do Polo de Alta Tecnolo-

gia de Campinas (Ciatec), com a parceria do Sebrae Campinas; do Núcleo Softex Campinas; da Samsung; e da BlackNoir, além de ter o apoio da Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic), da Informática dos Municípios (IMA), da Associação Brasileira de Startups e da Associação Campinas Startups. Valor agregado

As startups são empresas nascentes de tecnologia, que através da inovação detém um alto potencial de crescimento. “As startups são importantes para o desenvolvimento econômico do Brasil, geram alto valor agregado por meio de seu produtos e serviços e estão alinhadas com as diretrizes do Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico. É ainda, uma oportunidade de negócios para investidores, que em outros países encontram uma taxa média de 26% de retorno”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo Samuel Rossilho.

Senac Campinas realiza palestra gratuita sobre sustentabilidade métrica

Palestrante irá apresentar o conceito e a abordagem atual nas empresas

O Senac Campinas realizará, em 9 de outubro, às 19 horas, a palestra Sustentabilidade Métrica – A inovação em prol da sustentabilidade, ministrada pelo engenheiro civil-sanitarista Marcos Eduardo Gomes Cunha. O palestrante irá apresentar a sustentabilidade corporativa e a abordagem atual no contexto organizacional das empresas; a gestão integrada, como inserir de maneira adequada com responsabilidade o conceito de sustentabilidade; e a sustentabilidade métrica. Segundo Eloiza Lutero Alves Rodrigues, coordenadora da pós-graduação em Gestão Integrada da Qualidade, Meio Ambiente e Responsabilidade Social a sustentabilidade métrica oferece indicadores para melhor avaliar se uma empresa é sustentável ou não. “Com isso, deixamos para trás a subjetividade e a falsa impressão de preocupação ambiental como formas de expressar a sustentabilidade empresarial. Isso permite acompanhar o desempenho das empresas de

forma mais objetiva e responsável”, explica Eloiza. A palestra é gratuita e as vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sp.senac.br/campinas ou telefone (19) 21170600. O Centro Universitário Senac está com inscrições abertas até 28 de fevereiro de 2014 para os cursos de pós-graduação lato sensu do 1º Semestre 2014. A instituição que, em 2014, completa 25 anos de atuação no ensino superior, apresenta em seu completo portfólio 83 cursos, sendo 68 presenciais e 15 oferecidos a distância. As especializações presenciais serão ofertadas nos campi em Santo Amaro, na capital; Águas de São Pedro e Campos do Jordão, ambos no interior do Estado; além de 20 unidades Senac distribuídas pela capital, litoral e interior de São Paulo, sendo Campinas uma delas. Sobre os palestrante Marcos Eduardo Gomes Cunha Doutorando em Planeja-

Classificados Grátis

mento de Sistemas Energéticos - Bioenergia e Economia de Baixo Carbono e mestre em Planejamento de Sistemas Energéticos na Universidade Estadual de Campinas. O profissional é engenheiro civil-sanitarista, graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas; consultor sênior do Banco Mundial e da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) para assuntos de Economia de Baixo Carbono, Mudanças Climáticas, Sustentabilidade Corporativa Pública e Privada; auditor líder em ISO 14.001:2004 e Bonsucro Initiative e sócio-proprietário da Ciclo Ambiental Engenharia. Serviço: Sustentabilidade Métrica - A inovação em prol da sustentabilidade Evento gratuito Data: 9 de outubro de 2013 Horário: das 19 às 21 horas Local: Senac Campinas Endereço: Rua Sacramento, nº 490 - Centro

Para anunciar grátis acesse www.ometropolitanocampinas.com.br Empregos

Diversos Vendedores(AS) para Distribuidora de auto-peças região Campinas. Ótimas comissões. Currículo p/ ivan@shinikoizza.com.br

Serv. Profissionais DESIGN GRÁFICO EM GERAL, clipe retrospectiva, caricaturas digitais e websites. Faço seu orçamento sem compromisso. Preços imbatíveis. contato@nederdepaula.com.br PINTOR - Henrique, residências, condomínios. Acabamentos finos, texturas, grafiatos, massa corrida, latéx, esmalte, verniz. (19) 3386-2378 (19) 9379-0432

Imóveis Venda Apto - São Bernardo do Campo 92 M²,alto padrão,ótima vista , centro. cond. com piscina, spa, academia. creci 86279 f. valor R$ 475,000,00. fone : 96754455 . www.marcampol.com.br Terreno - Jundiaí 9.500 M², Plano E com planta aprovada na prefeitura de jundiaí para 89 aptos. local ímpar , asfalto, assesso fácil creci 86279 f - www.marcampol.com.br Casa - Barão Geraldo Alto Padrão Em condominio tipo sobrado. possui 4 suites, piscina, hidro, churrasqueira,cond com quadra, campo. creci 86279 f . valor R$ 1.450.000,00 Casa Para Clínicas - Jundiaí contém 6 dorm,2 salas, cozinha,4 wcs,àrea de serviço ampla,sala de apoio, espaço para fisio excelente imóvel! R$ 1.250.000,00 creci 86279 f www.marcampol.com.br LANÇAMENTO NOVA ODESSA - Pré cadastro para lançamento condomínio JARDINS DO CAMPO em Nova Odessa 1000 metros. Preferência na escola dos lotes e negociação de valores. Tel.1999346-0137 / 11-97560-7221 CHÁCARA - Vendo ou troco uma chácara em Paulinia. Valor R$ 150.000,00 - Celular (19) 9-8214-3396 - TIM.

EXTRAVIO DE DOCUMENTOS Eu, Rafael Bruno Meirelles, rg 37468361-x, residente na rua Carolina Prado Penteado, 271 Campinas –SP declaro para os devidos fins que extraviei o Histórico escolar e o certificado de conclusão do ensino médio.

Negócios e Oportunidades

Di Collodo Lembranças

Lembranças para todas as ocasiões. Noivinhos em Biscuit personalizados. Pronta-entrega. Visite nosso blog: http://dicollodo.blogspot.com.br (19) 3227-9238 // 8834-2049 REVENDA DE MADEIRA TRATADA - Seja nosso Parceiro na Revenda de uma Marca de Madeira Tratada que é sinônimo de Qualidade e Confiança.- Mourões, Estacas para Estufas e Fruticultura, Postes e Decks. Tel:(15)3522-2100 TRABALHE com seu computador sem investir $ http://bit.ly/15JzxWY Tel. (11) 921638834

Oração a Santa Edwiges Ó Santa Edwiges, protetora dos aflitos e endividados, venho implorar a vossa proteção. Vós que amastes a cruz nas trevas de vossas penas e cumpristes sempre a vontade de Deus, alcançai-me que, na penúria, na doença, nas perturbações e nos perigos, sempre encontre auxílio junto a vós. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém. PARML Oração a Santo Expedito Querido Santo Expedito das causas justas e urgentes interceda por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo, socorra-me nesta hora de aflição e desespero, meu Santo Expedito vós que sois um Santo guerreiro, Vós que sois o Santo dos aflitos, Vós que sois o Santo dos desesperados. Vós que sois o Santo das causas urgentes, proteja-me. Ajuda-me, Dai-me forças, coragem e serenidade. Atenda ao meu pedido... ( Fazer o pedido ) ...Meu Santo Expedito! Ajuda-me a superar estas horas difíceis, proteja-me de todos que possam me prejudicar, proteja minha família, atenda ao meu pedido com urgência. Devolva-me a paz e a tranqüilidade. Meu Santo Expedito! Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Muito obrigado. Santo Expedito, Rogai por Nós. AVR Oração a Santa Rita Sob o peso da dor, a Vós querida Santa Rita, chamada Santa dos Impossíveis, recorro confiante para ser atendida. Livrai, peço-vos o meu coração das angústias que o oprime, concedendo serenidade ao meu espírito cheio de aflições. Vós que fostes escolhida por Deus, como advogada dos casos mais desesperados, concedei-me a graça que com tanto fervor vos peço (diga-se a graça que se deseja). É possível que só eu não possa sentir a eficácia do Vosso poderoso patrocínio? Se as minhas culpas são obstáculo ao cumprimento dos meus desejos, alcancei-me de Deus a graça do arrependimento e o perdão através de uma sincera confissão. Vos peço Senhor que eu não continue a derramar lágrimas amargas, mas recompensai a minha esperança em Vós, e em toda a parte farei conhecer, as almas angustiadas, a Vossa Grande Misericórdia. Oh! Esposa admirável do Crucifixo de quem recebeste como presente um dos espinhos dolorosos da sua coroa, ajudai-me a bem viver e a bem morrer. LAML


arte e cultura

o metropolitano

Luizinho Lima, o porteiro, lança seu segundo livro Luizinho é porteiro, palestrante e escritor. Nascido em Pombal (PB) e residente em Campinas desde seus 12 anos de idade, morador da região do Campo Grande, nos últimos anos tem se destacado como escritor, com obras que retratam sua rica experiência como funcionário de condomínios. É autor do livro “Cidade Vertical, me Conta que eu te Conto” (2004- Editora Com Arte- USP), onde narra na forma de contos, casos curiosos ocorridos na região de Campinas e o recém lançado “Por dentro dos condomínios” (Editora Pontes). Na primeira obra ele relata as dificuldades de viver em condomínio. A partir desta experiência, Luizinho estendeu sua pesquisa para cinco capitais do país e as cidades de Ribeirão Preto e Santos. Já o segundo livro tem como objetivo preparar as pessoas para o desafio que é morar em condomínio,

já que este tipo de habitação tem se tornado cada vez mais comum nas cidades. O autor reúne 17 temas, em 145 páginas, abordando desde a questão de seguranças nos condomínios, passando pelas discussões geradas pelo uso da garagem, crianças no período de férias, descarte do lixo, uso de elevador, terceirização, relacionamento interpessoal entre moradores e funcionários, entre outros. Atualmente, Luizinho também atua como palestrante em cursos para porteiros, zeladores e moradores de condomínios. Ao estabelecer relações de tanta proximidade, Luizinho Lima é uma pessoa humilde que se tornou amigo de pessoas de todas as classes. O lançamento de seu 2º livro “Por dentro dos Condomínios” será nesse Sábado, a partir das 09h, no Café Regina, que fica na Rua Barão de Jaguara, 1302, Centro.

Campineiro é premiado pela Academia de Letras de São João da Boa Vista

O poeta campineiro Denivaldo Piaia, ficou em 2º lugar na categoria prosa no concurso promovido pela Academia de Letras de São João da Boa Vista. Formado em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCCamp. Atuou como jornalista por mais de 20 anos em rádios, revistas e TVs de Campinas e outras do estado, como Rádios Educadora/Band, Central e Cultura/ CBN de Campinas-SP, Revista Pauta de Limeira-SP, Suplemento Infantil “Brincar”/Jornal Vale Paraibano de S. J. dos Campos-SP, TVB Campinas (SBT), jornais empresariais diversos. E por um longo período dedicou-se à redação publicitária. No lado pessoal a arte sempre correu paralela à profissão, com anos de dedicação à pintura (aquarela), tendo diversas premiações em salões de arte, e agora, mais recentemente, à literatura, já com cerca de 20 premiações em pouco mais de um ano, além da música. “Fui premiado em Salões de Arte em Sorocaba-SP, São João da Boa Vista-SP, Campinas-SP, entre outras que nem me lembro mais (faz bastante tempo)”. Num terceiro caminho paralelo, estuda e atua na

Numerologia Cabalística, ciência que se transformou em mais uma paixão, executando Mapas Numerológicos e ministrando cursos. A poesia é algo que já existia na vida de Piaia, mas só surgiu, ou melhor, tornou-se pública, após a insistência de um amigo. “Desde a adolescência gostava de escrever, mas sempre bem escondidinho, morrendo de vergonha de mostrar. Por isso deixei de lado por muito tempo, só voltando agora, há um ano e pouco, por insistência do amigo poeta Geraldo Trombin, de Americana-SP (super premiado e autor de dois livros sensacionais: “Transparecer a Escuridão” e “Só Concursados”), a quem mostrei alguns escritos (depois de tomar coragem) e que passou a “pegar no meu pé” para que voltasse a escrever e a participar dos concursos”, concluiu Piaia. Ao lado a poesia premiada.

Página A-7 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

Uma capa-guia para ser refeita Alguma coisa foi embora, este final de semana. Passou a mão nas malas, sequer fez a cama. Foi, e me deixou escancarada, com este buraco, ao vento e os retalhos do recente arrancado, pendurados, ao relento. Alguma massa tão densa, e visivelmente invisível, invadiu o recinto circulou os presentes, juntou pra si mesmo os sentidos deixou tudo tão morto e parado, calou o seio dos sinos, até as luzes se apagaram mais cedo, o existir ficou escondido. Três rasteiras de poeira... Três flores na janela, à beira. Um alguém fadado por fadados dias. Pequenos pontos chamando a harmonia...! Uma capa-guia para ser refeita. Por: Jacqueline Collodo Gomes http://ahpoesia.blogspot.com.br

Não aguento mais A complexidade dos simples; A perplexidade dos sabe-tudos; A arrogância dos imbecis; A ética dos incoerentes; Super herói com tendência gay; A estética da miséria; A humildade dos complexados; A vulgaridade dos ricos; O sou-assim-mas-sou-feliz dos pobres; O cabelo engomado dos filhinhos de mamãe; O desleixo estético dos artistas; Gente cantando para fingir que está feliz; O espanto ensaiado dos incrédulos; A falsa descrença dos ateus; O paraíso perdido dos católicos; O inferno iminente dos evangélicos; A rima desconexa do poeta; A poesia bélica dos lideres; Gente que fala alto; O mundo-gente imposto ao cão; A simetria das bocas entreabertas; A ridicularidade dos BBBs; A mediocridade dos reality-shows; Sertanejo universitário analfabeto; Pagodeiro que nem sabe sambar; Egocêntricos; O escárnio dos políticos; O vamos-investigar da policia; O “mmm...” no fim das frases do Silvio Santos; A musiquinha do Fantástico; A babaquice dos emos; A moda de se dizer gay; Riso forçado para ironizar; Crianças adulteradas pelos pais; Pais roubando a infância dos filhos; Os pare-com-isso dos ex fumantes; Os conselhos vejam-como-sou-legal; Os atletas de fim de semana; Os faça-como-eu-faço; Os meu-sofrimento-é-maior-que-o-seu; O carro novo que cheira status; O tênis importado eu-tenho-você-não-tem; O lavo-minhas-mãos dos pais; Os deixa-que-eu-te-ajudo (e te manipulo); Os engraçadinhos olha-o-que-mamãe-me-ensinou; Discurso de artista em campanha de solidariedade; As verdades que não levam a nada; As mentiras que levam a tudo; Que saco!

Ola amigos, Certa vez, muitos anos atrás, eu estava em uma exposição de artes plásticas no Centro Cultural São Paulo, e diante de um quadro totalmente em branco, comecei a rir com uma amiga, dizendo que fazer arte assim era muito fácil, ironizando a obra e o artista. Pouco tempo depois soube que a proposta do artista era realmente essa, de nos provocar, provocar uma reflexão diante de um quadro em branco. Como disse certa vez Stephen King, quando disse que não sabia fazer outra coisa a não ser escrever, que “o artista é um passarinho que veio ao mundo para pousar nos ombros das pessoas e mostrar que existem outros horizontes alem do dito normal”. Então, quando falamos de arte, temos que ser livres, olhar sem preconceito e tentar entender a proposta do artista e em qual contexto aquela obra esta inserida. A questão do julgamento segundo algumas escolas filosóficas, é inerente ao ser humano, mas que tal julgar, escolher o que é bom ou ruim segundo os seus critérios mas não julgar preconceituosamente sem conhecer e pior ainda alardear esse preconceito ao seu redor? Certo dia eu detestei o movimento hip o e o rap, mas meu julgamento era preconceituoso e era preconceituoso porque eu jamais tentei conhecer de uma maneira mais profunda letras e musicas e se aprofundarmos nossa analise, podemos estende-la, pelo menos em meu caso ao funk do rio, ao sertanejo dito universitário... Eu particularmente tenho dificuldades em aceitar o funk do rio puramente por seu contexto musical, pois acredito que falta criatividade nas musicas, mas não há como negar que o funk nasceu de um contexto social de classes menos favorecidas, então, minha lição de casa é tentar conhecer melhor essa manifestação cultural e a partir de então separar o joio do trigo. O rap brasileiro já foi dito por alguns críticos, é melhor que o americano, pois tem um contexto social e não é sexista e preconceituoso como o americano. A cena hip hop cresceu no mundo inteiro e dentre os artistas nacionais os que estão na linha de frente da cena hip hop são logicamente o premiado e muito querido por critica e publico Criolo, Emicida que lançou recentemente seu trabalho ”O glorioso retorno de quem nunca esteve aqui”, Racionais, Pavilhão 9 e Rashid, sem esquecer que as portas foram abertas la atrás no inicio dos anos 80 por Thaide e DJ Hum. O trabalho de Criolo “Nó na orelha” lançado em 2011, recebeu o premio de melhor álbum pela APCA, e Criolo consegue misturar com maestria em seu álbum o rap com o samba e dar uma característica de musicalidade bem brasileira. Se não conhece não perca a oportunidade de conhecer. Outro álbum lançado recentemente e o álbum “O glorioso retorno de quem nunca esteve lá”, mostra outro rapper brasileiro que consegue fundir varias musicalidades, mas sempre preservando a característica de posicionamento e insatisfação social do rap. Não deixem de ouvir esses rappers, sem preconceitos, buscando sempre entender esse contexto social, suas origens e os rumos que apontam. Infelizmente a musica brasileira atual vive um ostracismo, uma falta de criatividade geral, a não ser por um Lenine ou um Arnaldo Antunes, esse ostracismo traz em seu bojo uma musica ruim e totalmente descartável, feita para dar muito dinheiro as gravadoras, aos ditos “artistas”, pois artista na verdade é quem faz arte e não um produto totalmente descartável, bom mas esse já é assunto para outro dia. As recomendações dessa semana ficam então para esses dois álbuns sensacionais de Criolo e Emicida que salvam o momento atual da musica brasileira e apontam para novos caminhos. Bons sons e bom final de semana,

Altair Almeida é escritor, blogueiro, crítico literário e musical, paulistano, engenheiro eletrônico e administrador por formação, amante da literatura e de todas as artes por opção, tem como seus autores preferidos Aldous Huxley, Lygia Fagundes Telles e Franz Kafka. Email: altaalmeida@yahoo.com.br http://vitaminasculturais.blogspot.com.br


Página A-8 Edição 033 - Sábado, 05 de outubro de 2013

Violoncelista norte-americano Lars Hoefs é solista da Sinfônica da Unicamp Grande solista, repertório de peso e uma orquestra repaginada. Assim, o público poderá conferir os dois concertos da Sinfônica da Unicamp, em Campinas, nos dias 9 (Teatro Castro Mendes) e 10 (Casa do Lago). O violoncelista norte-americano Lars Hoefs interpreta o famoso concerto de A. Dvorák, um dos mais importantes da literatura do instrumento, sob a batuta do maestro Carlos Fiorini. O repertório traz, ainda, a abertura La Cenerentola, de G. Rossini e a Sinfonia nº 8 (Inacabada), de F. Schubert. Muito se tem falado sobre Lars Hoefs na cena musical, mas a novidade é que ele acaba de assumir a cadeira de Violoncelo e História da Música na Unicamp, atividade que irá conciliar com suas inúmeras execuções pelo mundo todo. Lars estudou no Northwestern University (Chicago), na classe de Hans Jorgen Jensen, com mestrado e doutorado na University of Southern California (Los Angeles), onde estudou com o então spalla da Los Angeles Philharmonic, Ronald Leonard. O músico tem se apresen-

tado regularmente como solista e camerista na Europa e nos Estados Unidos. Na temporada de 2012, destacam-se recitais com pianista Marek Zebrowski na Alemanha, França, Itália, Polônia, e Ucrânia; o lançamento do disco “Dr. Einstein’s Spin” com grupo de jazz californiano “Peter Sprague String Consort”; e a execução das obras integrais para cello e piano de Villa-Lobos no 50º Festival Villa-Lobos no Rio de Janeiro, repertório pelo

entretenimento

o metropolitano

qual reserva especial paixão. Serviço: Orquestra Sinfônica da Unicamp Regência: Carlos Fiorini Solista: Lars Hoefs Quando: Dia 9 (quarta-feira), 20h, no Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos, s/n. Vila Industrial. Telefone: 19 3272-9359). Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Dia 10 (quinta-feira), às 19h, na Casa do Lago (Unicamp). Entrada franca.

Show Musical Infantil “Mãe, por que será?”

O Show musical “Mãe, por que será?” com Ana Person e Grupo Paralatimbum é para toda a família, criança de toda idade. Um show infantil com canções de conteúdo inteligente, fácil compreensão, harmonias bem elaboradas que possibilitam, simultaneamente, aprendizado e diversão. As letras fazem refletir sobre o nosso modo de estar no planeta. O ambiente “imaginário” do show é a casa da própria criança, que traz os amigos para passar o dia e se divertem inventando brincadeiras e experimentações sonoras; usam os adereços da casa, roupa da mãe, lixo reciclado e tal. A intenção é estimular a criatividade, o SER ao invés do Ter, o respeito à

sabedoria dos mais velhos e a prática de atitudes pelo bem comum. Com exceção de O circo – (Sidney Miller) e A Lenda do Pégaso - (Moraes Moreira/Jorge Mautner), as canções do repertório são de autoria de Ana Person, que já lançou dois CD’s com canções do show. Os músicos são arte educadores e também trazem experiência da linguagem Teatral e Circense, o que resulta em dinâmica cênica, variedade de timbres e muita interatividade. Músicos: Ana Person - Concepção, Direção cênica e Musical Ana Rodrigues - Acordeon, vocais e percussão Cris Monteiro - Percussão,

vocais e performances Gabriela Person - Flautas, vocais, percussão e performances **Participação especial: Ulisses Junior (contação de história) Zé Ramos - Produção executiva Para ouvir: http://grooveshark.com/#!/playlist/ShowInfantil/85316903 Blog http://paralatimbum. anaperson.com.br/ Serviço: Show Infantil Mãe, por que será? Ana Person e Grupo Paralatimbum Dia: 12 de Outubro de 2013, sábado Horário: 11:30h SESC Campinas - tablado galpão - Grátis

Alunos farão simulação de julgamento em evento na Câmara

Alunos do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Notre Dame de Campinas realizam na próxima terça-feira (08/10), no Plenário da Câmara Municipal, Às 19h, uma simulação de julgamento. No evento - chamado de RPG ( Role-Playing Game) - os estudantes vão reproduzir o ambiente de um tribunal - com advogados de defesa, promotoria, jurados e juiz - e terão de decidir sobre responsabilização em um episódio de bullying e violência escolar. No caso a ser levado a juri, uma menina é acusada de esfaquear um colega, no que parece ser uma reação ao bullying. O RPG é um jogo de interpretações no qual os alunos, após estudos e reflexões sobre um tema, defendem um determinado ponto de vista. A prática teve início no Notre Dame em 2005 e desde então, os estudantes se debruçam sobre um tema considerado polêmico. Já discutiram, por exemplo, questões como a internacionalização da Amazônia, eleições, cotas raciais ou redução da maioridade penal. O desenvolvimento do projeto pode ser acompanhado pelo blog:http://www.notredamecampinas.com.br/blogs/rpg

O Metropolitano  

Jornal editado na cidade de Campinas/SP.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you