Issuu on Google+

Vice Consulado da Itália em Campinas comemora 119 anos

Estréia da Camerata Filarmônica de Indaiatuba

João Carlos Martins volta a Campinas

O vice consul Alvaro Cotonacci e esposa

Edição 028 - Campinas/SP, 24 de agosto de 2013

Câmara gasta R$ 70 mil em publicidade durante o recesso Publicação de resumo das atividades dos parlamentares é considerada irregular por diretor do Tribunal de Contas

página A3

EMDEC desrespeita lei e não sinaliza permissão de uso de faixa exclusiva Aprovada desde 2010, lei permite uso de faixa exclusiva por veículos de passeio após 20h página A3 Placas não informam permissão aos motoristas

Jardim Florence ganha Praça de Esporte e Cultura em outubro

página A4

Telefones celulares com DDD 19 terão nove dígitos a partir de domingo Será necessário digitar o 9 antes dos outros oito números da linha A partir deste domingo (25), os telefones móveis com DDD 19 nas regiões de Campinas (SP) e Piracicaba (SP) terão o acréscimo do nono dígito, que tem como objetivo aumentar o quantidade de combinações entre os números e expandir o número de linhas possível. Isso significa que, para fazer ligações para os celulares dessas áreas, será necessário digitar o 9 antes dos outros oito números da linha. No momento da discagem, o nono dígito deverá ser acrescentado por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para telefones móveis. Conforme resolução Anatel, os planos de celulares que funcionam como terminais de rádio não sofrerão alterações, permanecendo com oito dígitos.

Wagão do Okimoto faz seis e dispara na artilharia página A5


Página A-2 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

Editorial

Indo para o brejo

Com complexo de vaca, o tucanato caminha célere para o brejo. Pelo menos no curto ou médio prazo o desesperado desejo de retornar ao poder central, para entregar o que sobrou do patrimônio público, não passa de um sonho. Nem mesmo a velha mídia conservadora, venal e golpista, toda ela tucana sendo a maioria serrista - conseguiu manter a blindagem para encobrir a roubalheira dos que se apresentavam como vestais da moral e da ética. A velha mídia fez de tudo para evitar que a maioria dos brasileiros tomassem conhecimento das falcatruas. Mas agora não deu mais pra segurar. Até mesmo a Rede Globo e a Folha de São Paulo, os mais tucanos de todos, entregaram os pontos e passaram a noticiar, mesmo de maneira discreta, o que a revista IstoÉ vem revelando nas quatro últimas edições sobre a roubalheira tucana nas duas últimas décadas em São Paulo, o já consagrado trensalão. A irreversível divisão no ninho tucano contribui para a acelerada caminhada para o brejo. O ex-governador José Serra continua com sua obsessão de disputar, pela terceira vez, a Presidência da República e já deixou muito claro que não aceita em hipótese alguma apoiar a candidatura do também tucano, o senador mineiro Aécio Neves. Os dois vão continuar se bicando e plantando notinhas em colunas de jornais um contra o outro. Com Aécio no comando nacional do PSDB e com sua pré-candidatura presidencial já lançada pelos principais cardeais tucanos, não resta a Serra outra saída a não ser migrar para outra legenda. Para tanto, já tem convite do presidente nacional do PPS, Roberto Freire. Ambos sonharam com a fusão do PPS com o PMN, o que renderia mais um tempinho no rádio e televisão, mas o sonhado MD nasceu morto. Para complicar tanto as pretensões de Serra quanto as de Aécio, os dois andam mal nas pesquisas de intenção de voto, mesmo com a grande queda da popularidade da presidenta Dilma, que despencou 30 pontos percentuais depois das manifestações de junho último, mas que já reconquistou seis. Ademais, a economia dá sinais de recuperação e a inflação está sendo mantida sob controle, o que fortalecerá a candidatura de Dilma à reeleição.

Mais subsídios para o transporte? Piada? A prefeitura de Campinas tem se superado no quesito: descaso com o dinheiro público. Não bastasse o prefeito Jonas Donizete (PSB), junto com a base governista na Câmara, impedir a abertura da CPI dos Transportes (pedido feito pelo vereador Paulo Bufalo-PSoL) agora, ele vem com a história de um projeto de lei que daria mais subsídios aos empresários do setor. E tem mais, tem ameaça contra a população. Já foi anunciado que se o projeto não for aprovado a passagem voltará a custar R$3,30. Parece piada pronta, mas não é. Em junho a população protestou, exigiu nas ruas e houve a redução da tarifa em Campinas de R$3,30 para R$3,00. Mas pelo jeito o governo encontrou outra maneira de garantir o lucro das empresas. Claro que quem vai arcar com a conta é o cidadão. O dinheiro continuará saindo do cofre público direto para as contas dos empresários se nada for feito. Atualmente as passagens de idosos e pessoas com deficiências na cidade são integralmente subsidiadas pela prefeitura. São gastos R$36 milhões por ano. Se o projeto encaminhado à Câmara for aprovado, a expectativa é que o valor dos subsídios passe de R$71 milhões por ano. Na verdade, pela proposta encaminhada aos vereadores este número pode ser bem maior, já que valores não foram fixados. É como se eles estivessem garantindo um cheque em branco da prefeitura para que os empresários mantenham os lucros. O secretário de Transportes da cidade, Sérgio Benassi (PCdoB), defende com unhas e dentes esse caminho de dar mais subsídios aos empresários e de uma forma direta, ameaça à população. Ele já anunciou que se o projeto de lei não for aprovado na Câmara de Vereadores o preço da passagem irá voltar ao valor anterior. “Houve uma decisão política de baixar o valor da passagem e isso agora precisa ser financiado”, afirmou o secretário em entrevista à imprensa local. Decisão política? Se for isso, haja incoerência, em tão pouco tempo vir driblar a população com um projeto de lei vergonhoso como este. Por que será que Jonas Donizette (PSB) e vereadores que o apoiam, não querem a CPI dos Transportes em Campinas? Seria tão mais fácil se todos os contratos pudessem ser revisados e gargalos pudessem ser identificados. A prefeitura poderia sair lucrando com isso, conseguindo economizar subsídios. Mas não. O jogo deles é outro. Se o projeto de lei for aprovado o prefeito Jonas Donizette (PSB) vai escolher o valor a ser repassado para os empresários e isso mexe diretamente no orçamento. Esse dinheiro vai sair de onde? Pode apostar que áreas básicas como saúde e educação serão prejudicadas por causa disso. E o pior, para ludibriar a população eles já estão agendando uma audiência pública para o fim do mês. Por que Jonas age assim? Espero que a população não se cale diante dessa afronta. Vamos protestar contra esse projeto de lei, ir à Câmara e pedir por mais transparência. Por isso ressalto a importância da instalação da CPI dos Transportes na Câmara de Campinas. Pagamos impostos para termos serviços verdadeiramente públicos e de qualidade. Arlei Medeiros Presidente do PSoL Campinas

EXPEDIENTE Gazeta do Vale Registrado no CRCPJCL CNPJ: 04.319.396/0001-95 Diretor e Jornalista Responsável Luciano Meira - MTB/SP: 34.952 Avenida Guarani, 341 Campinas - SP - CEP 13100-211 Telefone: 19 3395 7531 // 8141 7490 contato@ometropolitanocampinas.com.br www.ometropolitanocampinas.com.br

o metropolitano

tendências e debates

Não leia! Parece que você não entendeu. Aci-

ma está escrito não leia e você continua lendo? Nossa! Será possível! Quando alguém pede prá gente alguma coisa com educação devemos atender, não é mesmo? Você concorda? Se você concorda é porque continua lendo. Assim sendo concluo que você não concorda coisa nenhuma... Está bem. Não vamos brigar. Afinal este é apenas mais um texto. E você, com certeza, já leu centenas de milhares de texto pela vida, não é? Que mal vai fazer ler mais um? Só que este é um texto que não deve ser lido. Ninguém jamais escreveu um texto que não fosse lido. Eu queria ser o primeiro. Mas você não deixa. Aliás, pensando bem, eu também não deixo pois não consigo escrever sem ler o que escrevo. Assim sendo, somos dois lendo um texto que não deve ser lido. Pelo menos agora temos algo em comum. Somos dois teimosos. Insistimos em desobedecer. Jamais nos daremos por vencidos! Que ninguém venha nos dizer o que devemos ou não devemos fazer! A gente faz! Mas...e se fizermos errado? Bem... corremos o risco. Você e eu, unidos na teimosia. Conheço muita gente teimosa que se deu bem. Mas conheço também muita gente teimosa que se deu mal. A bem da verdade, estamos sempre tendendo entre o bem o mal. A gente faz tudo para se dar bem e às vezes acaba se dando mal. Por que será que isso acontece? Alguns intelectuais dizem que há uma sutil diferença entre ser teimoso e ser persistente. Dizem eles que os teimosos quase sempre se dão mal e os persistentes quase sempre se dão bem. Seríamos teimosos ou persistentes? Qual a diferença, afinal? Sabe-se que o teimoso é aquele tipo mariposa. Fica dando cabeça na lâmpada acesa até morrer e não muda de atitude. Ou ainda tipo mosca que fica chocando-se contra a janela de vidro até que suas forças acabem. Se fosse persistente, eis a diferença, armaria uma estratégia e conseguiria visualizar a pequena fresta mais acima e ganhar a liberdade. Em outras palavras o teimoso se deixa levar pelas emoções do momento e age sem pensar. O persistente raciocina..usa a inteligência. E a usa positivamente. Acredita que pode. Prepara-se e sai na busca de seus objetivos. Sim, porque o persistente tem objetivos, o mesmo não acontece com o teimoso. Você tem objetivos? Se não tem deixe de ser teimoso e consiga alguns. No entanto saiba que quando se têm objetivos surgem também muitos problemas. Sério! Os teimosos não querem que você suba. Eles querem que você fique onde está ou desça mais um pouco. Não querem se sentir inferiorizados. Você liga prá isso? Claro que não. Se ligasse teria interrompido a leitura no primeiro parágrafo. Como começar? Em primeiro lugar pare de sonhar. Esqueça essa estória de perseguir seus sonhos. Sonhos são ilusões ou doce de padaria. Quem muito sonha dorme no ponto! É hora de acordar! Trace objetivos e divida-os em metas e submetas. Dê prazo para as coisas acontecerem. Nossa mente funciona melhor quando você estabelece prazo. Por exemplo. Se você diz que qualquer dia vai ler um determinado livro. Esteja certo que este dia jamais chegará pois para sua mente “qualquer dia” não existe no calendário. Esse “qualquer dia” jamais chegará, portanto o livro jamais será lido. Determine um prazo para seus objetivos. É isso mesmo...no plural. Objetivos! Você é inteligente demais para desperdiçar seu tempo com pouca coisa! Afinal, você leu o texto até aqui. Isto mostra uma pessoa determinada, curiosa e que não admite que mandem em sua vida. Assuma de vez o comando de seu destino e, acredite, você pode mais...muito mais! Donizete Romon Jornalista e palestrante www.facebook.com/petecaeventos

Advogado Dia 11 de agosto foi o dia do advogado e também de Santo Ivo o patrono da classe. É comum vermos adesivos em carros com os seguinte dizeres: “Sem advogado não se faz justiça“ A sociedade tem a impressão de que quem faz a Justiça é o Juíz, mas quem de fato busca a Justiça é o advogado, não desmerecendo o trabalho judicial que é imprescindível. O advogado é o primeiro juiz da causa, quantas vezes se comparece até a presença de um advogado e ele diz, não tem jeito não se pode fazer nada por este direito. Em outras ele diz, pode entrar que a chance é grande, a vitoria é certa. Em Campinas, está registrado um número aproximado de 40.000 profissionais e atuantes cerca de 8.000 profissionais. Existem profissionais com diversos conhecimentos em matérias variadas. Pelo sim pelo não, são profissionais que prezam pela Justiça e lutam pelo direito. Não se esqueça disso. O grande segredo de escolher um advogado e receber uma recomendação de alguém que o conhece ou já teve algum processo por ele patrocinado. Desconfie daqueles que estimulam a entrar com ação e dizem que seu direito está garantido. Em direito, nada é garantido.

Humor Um advogado e um Papa depois de mortos chegaram juntos ao céu. Recebidos por São Pedro, este mostrou as instalações em que o advogado faria moradia. Era uma mansão, de tamanho incomensurável, um daqueles palácios destinados a grandes autoridades. O papa então imaginou: Se este cara recebeu tudo isto, sendo um simples advogado, imagine eu que intercedi contra guerras, lutei contra fome, fiz movimentos sociais. Ao se dirigir ao Papa, São Pedro foi mostrar as instalações. Era um quartinho, daqueles de fundo de quintal, que quase deixa a gente com os pés para fora. Indignado o Papa murmurou a São Pedro, por que aquele advogado recebeu muito mais que eu, e São Pedro disse: Papa todo dia entra aqui no céu, advogado, ah! esse é o primeiro.

Bom senso

Há algum tempo, temos acompanhado a Policia Florestal e o IBAMA fazendo apreensões de animais silvestres, os quais são vendidos sem o mínimo respeito. Várias ONGs (Organizações Não Governamentais) protetoras de animais, tem se manifestado contra o tratamento inadequado ou abandono e atuam através de campanhas de adoção. Fatos como o ocorrido recentemente, quando uma macaca-prego (animal silvestre da nossa fauna) foi retirada da família, com qual convivia por 37 anos, precisam ser analisados de forma mais coerente. Um animal silvestre deve ser protegido, não há dúvidas, contra a retirada de seu habitat natural. Coibir sua comercialização é vital para a manutenção desses animais vivos, principalmente em seu próprio ecossistema. Quando nos deparamos com fatos particulares, onde um animal foi retirado de seu meio por tanto tempo, fica difícil seguir regras tão rígidas. A retirada do animal da família que o acolheu não apenas puni as pessoas, mas também o animal, que já se adaptou ao convívio com seres humanos. Reintroduzir um animal ao habitat natural não é tarefa tão simples. Se ele foi retirado do meio quando filhote, necessita aprender a viver desprotegido, a procurar alimento sozinho e aprender a fugir dos humanos. Isso é muito difícil de conseguir. Quanto mais tempo o animal vive em contato com humanos, mais tempo leva para sua readaptação, e muitas vezes, sua reintegração ao convívio com outros animais, torna-se impossível. Segundo dados do Zoológico de São Paulo, o tempo de vida de um macaco-prego é de aproximadamente 40 anos. Rever os posicionamentos radicais em alguns casos, como o citado, é importante e necessário, já que tanto os animais quanto as pessoas se acostumam uns com os outros, tornando-se dependentes emocionais, o que acaba sendo mais um ponto que dificulta uma reintegração ao meio ambiente. O bom senso de uma juíza prevaleceu no caso da macaca, parabéns a magistrada! Combater o comércio ilegal, os maus tratos, a captura de animais silvestres, as queimadas e todas as formas de destruição do meio ambiente é vital para a manutenção de muitas espécies ameaçadas de extinção. Cabe a cada um de nós, como pessoas inteligentes, colaborar com o término de comércios destrutivos e totalmente contrários a sobrevivência do nosso planeta, tal qual o conhecemos hoje. Denunciar práticas ilegais é importante, e faz um bem enorme aos prisioneiros sem voz da natureza. Educação ambiental é a solução! Roselângela Claudina Thomaz Bióloga, especialista em Educação ambiental. E-mail – lulyp_1@globo.com

Dicas e mais dicas... Queridos leitores, no artigo desta semana vou compartilhar informações e procedimentos que podem fazer a diferença na sua qualidade de vida. Atividade Física Já falei dela nesta coluna, mas agora vocês podem obter mais informações em nosso site www.espacosomamais.com.br, como a forma de execução e os benefícios proporcionados pela sua prática. Faça e compartilhe com o máximo de pessoas e me retorne com os resultados obtidos. Política No endereço http://www.excelencias.org.br/ vocês encontram informações importantes sobre deputados e senadores, além de possibilitar a comunicação atrav��s de mensagem eletrônica. Uma ferramenta que pode substituir a passeata de rua e trazer resultados efetivos para a nova vida. Saúde Recentemente acompanhei minha mãe em uma consulta ao ortopedista para tratar de dores na coluna. Ao apresentar a lista de medicamentos prescritos pelo cardiologista, fui informado que o medicamento para controle do colesterol de nome Sinvastatina afeta o sistema muscular de maneira severa, merecendo uma melhor análise no seu uso. Conversando com amigos farmacêuticos descobri que este medicamento atua tanto na gordura ruim como na gordura boa do nosso organismo, e que atualmente existem medicamentos mais seletivos que causam menos efeitos colaterais. Fiquem a vontade para dar suas opiniões e sugestões, a ordem é compartilhar. Namastê


política

o metropolitano

Contraponto

por Luciano Meira

No limite

Nesta semana o vereador Carmo da Farmácia (PSC) teve seu apelido mudado por algumas horas para Carmo dos Correios. A mudança ocorreu quando foi flagrado em sua farmácia no Parque São Domingos, correspondências de moradores da região que não possuem endereço regular, e para receber suas correspondências usam o endereço do comércio do vereador pagando uma taxa anual de R$ 70,00. Clientelismo a parte, entre outras mixórdias eleitoreiras, o fato pode ser visto como Falsidade Ideológica, crime previsto no Código Penal, que claro não foi cometido pelo vereador, mas contou com sua colaboração quando permitiu o uso de seu endereço por terceiros.

Aumento do subsídio ao transporte publico terá audiência pública na Câmara Na próxima segunda-feira (26), às 09h, no plenário da Câmara Municipal de Campinas será realizada a audiência pública, que discutirá o projeto de autoria do prefeito Jonas Donizette (PSB), que aumenta em R$ 17 milhões o valor dos subsídios repassados aos empresários do setor de transporte público, por conta da redução das passagens após as manifestações de julho passado. Além do aumento, a maior polêmica do projeto é será alterada a forma de subsidiar o sistema, permitindo que por decreto

o prefeito defina o valor e qual parte do sistema será subsidiado e não apenas as gratuidades (deficientes e idosos). Em sete anos, (2006 a 2012), a Prefeitura de Campinas transferiu diretamente às empresas concessionárias o equivalente a R$ 152,5 milhões e para 2013 estima-se que serão transferidos mais quase R$ 40 milhões. Caso a Prefeitura passe a subsidiar também mais uma parte do sistema, sem dizer qual, poderá haver um aumento dos atuais quase R$ 40 milhões para R$ 71 milhões/ano.

Comissão de Estudos da Degradação do Centro realizou primeira reunião

Na segunda-feira (19), às 14h, no plenário José Maria Matosinho, aconteceu a primeira reunião para debater a degradação do Centro de Campinas. Segundo o presidente da Comissão de Estudos, vereador Paulo Galtério (PSB), os moradores e comerciantes da região central, se preocupam com a enorme quantidade de moradores de rua, muitos deles usuários de entorpecentes, que praticam pequenos furtos, além de prostitutas e desocupados, que constrangem e intimidam pessoas que transitam pelas ruas da região. O objetivo da comissão, que tem como membros os vereadores Carlinhos Camelô (PT) e Edson Ribeiro (PSL), é ouvir as

autoridades e demais órgãos do município, além da sociedade e comerciantes, a fim de analisar soluções que melhorem a vida das pessoas que convivem na região central. Na ocasião, os presentes, cada um em sua área de atuação, apresentou seu diagnóstico e sugestões para a revitalização do centro. Para esta audiência pública compareceram: Janete Aparecida Giorgetti Valente (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social), Maria José Sales (Presidente do Sindicato dos Empreendedores Individuais de Ponto Público Fixo e Móvel de Campinas - Sindpeic) e Fileto Albuquerque (Presidente da Conseg Centro de Campinas).

Página A-3 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

Câmara gasta R$ 70 mil em publicidade durante o recesso Publicação de resumo das atividades dos parlamentares é considerada irregular por diretor do Tribunal de Contas Luciano Meira Campinas

Durante o período de recesso parlamentar, em tese, a única atividade suspensa na Câmara Municipal é a realização das sessões de discussão e votação, porem na prática não é o que se vê. Como foi amplamente noticiado pela imprensa local, alguns gabinetes simplesmente estavam fechados e outros com pouquíssimos funcionários durante o mês de julho. Aparentemente o que funcionava normalmente era o gabinete da presidência, o setor jurídico e o setor de compras da Casa, que por ordem do presidente Campos Filho (DEM), contratou a veiculação de publicidade institucional, distribuindo R$ 30 mil para um tradicional jornal da cidade e mais R$ 40 mil dividido entre outros dois jornais que são distribuídos gratuitamente nos semáforos da cidade. A publicação contratada foi um resumo da atividade parlamentar no primeiro semestre de 2013, com a finalidade de informar aos cam-

pineiros porque eles devem custear com seus impostos um órgão público que consome um orçamento de quase R$ 100 milhões/ano. Perfeito se levarmos em conta o preceito constitucional da transparência e da publicidade dos atos oficiais, porém, a contratação deste tipo de serviço, assim como de todos os serviços e produtos pelo Poder Público deve ser feita de acordo com a lei 8666/93, - Lei das Licitações, que estabelece desde a modalidade de contratação, a forma de controle de execução e entrega do serviço ou produto e também o pagamento. Uma das modalidades de contratação é a Inexigibilidade de Licitação, quando o bem ou serviço a ser adquirido só tem um único fornecedor no mercado. Extrapolando a situação, seria como se o presidente quisesse comprar um ônibus espacial, bastaria ele ligar para a NASA, o único fabricante e comprar sem nenhum impedimento previsto pela lei das licitações. Ocorre que amparado e um parecer de seu Departamento Jurídico, o presidente de-

cidiu usar a inexigibilidade para contratar as três empresas jornalísticas para fazer a veiculação da publicidade, ou seja, ele mesmo admite que mais de uma empresa poderia prestar o serviço, ao contrário do que diz a lei. No texto legal podemos ler: Art. 25. É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em especial:... Está claro que a competição seria viável, afinal ele selecionou três veículos, mas se quisesse poderia escolher mais de uma dezena entre os que circulam em Campinas e região para fazer uma licitação. Além de estar errado no conceito de inviabilidade de competição, o presidente também se equivoca ao desconsiderar outra parte do texto da lei, que qualquer cidadão de mediana cultura e com regular capacidade de interpretação de texto teria compreendido. No art. 25 o inciso II diz: para a contratação de serviços técnicos enumerados no art. 13 desta Lei, de natureza singular, com profissionais ou empresas de notó-

ria especialização, vedada a inexigibilidade para serviços de publicidade e divulgação. Portanto, fica claramente proibida, ou como diz a lei, vedada a contratação de serviços de publicidade e divulgação por inexigibilidade. Esta semana a Câmara promoveu um seminário com técnicos do Tribunal de Contas para esclarecer dúvidas dos vereadores da Região Metropolitana de Campinas, e após sua palestra, o diretor do órgão Dr. Sérgio Rossi, foi entrevistado por nossa reportagem que relatou o caso e questionou a legalidade do ato do presidente Campos Filho, que em poucas palavras respondeu: “Esta não é uma hipótese de inexigibilidade, se isto aconteceu, as contas do presidente serão rejeitadas e encaminharemos o expediente para o Ministério Publico adotar as providências cabíveis”. Entramos em contato com a assessoria de imprensa da Câmara Municipal, e fomos informados que o presidente Campos Filho (DEM) prefere não comentar o assunto.

EMDEC desrespeita lei e não sinaliza permissão de uso de faixa exclusiva Aprovada desde 2010, lei permite uso de faixa exclusiva por veículos de passeio após 20h Luciano Meira Campinas

Às vésperas de completar três anos, a Lei Municipal nº13.906/2010, simplesmente é mais uma das leis que “não pegaram”. Por mais estranho que possa parecer esta é uma prática comum, as leis que não pegam. Porém, esta lei, caso tivesse pegado teria evitado muito transtorno e aborrecimento aos motoristas de Campinas. Segundo a lei que não pegou, a faixa exclusiva do Corredor Central - Moraes Sales, Anchieta, Orozimbo Maia, Senador Saraiva e Irmã Serafina, além da faixa da Av. Lix da Cunha, podem ser utilizadas por veículos de passeio entre às 20h e às 06h. Isso mesmo, todas as vezes que você ficou parado em um congestionamento e a faixa exclusiva estava vazia, foi porque a EMDEC não sinalizou o local de acordo com a lei. A lei de autoria do vereador Aurélio Cláudio (PDT), inicialmente previa a utilização da faixa exclusiva apenas por táxis que estivessem

transportando passageiros, mas durante a tramitação na Câmara Municipal, recebeu duas emendas, uma do vereador Arly de Lara Romêo (PSB) ampliando o benefício para Vans e Kombis de transporte escolar, e outra do vereador Paulo Galtério (PSB) que libera a faixa das 20h ás 06h para veículos de passeio. A lei com as duas emendas foi aprovada pelos vereadores, porém a emenda do vereador Arly foi vetada pelo então prefeito Dr. Hélio (PDT), ficando liberado o uso da faixa para táxis, como hoje está sinalizado, e o uso para veículos de passeio nos horários previstos pela lei, mas cuja sinalização nunca foi instalada. Entramos em contato com a assessoria de imprensa da estatal que nos informou que seus agentes têm conhecimento da lei, sendo autorizada a utilização das faixas exclusivas por todos os veículos no horário das 20h até às 06h, todos os dias da semana. Quanto às placas, a empresa diz que estão de acor-

Placa em cruzamento em frente a Prefeitura de Campinas

do com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e o Depto. de Projetos de Sinalização

estuda o acréscimo da informação, sem dizer quando será feito o serviço.


Página A-4 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

Jardim Florence ganha Praça de Esporte e Cultura em outubro Luciano Meira Campinas

Com mais de oitenta por cento das obras concluídas, o Centro de Artes e Esporte Unificado - CEU instalado no Jardim Florence será inaugurado em outubro. A afirmação é do diretor de convênios e contratos da Prefeitura de Campinas, Jair Cassiani. “As obras estarão concluídas na segunda ou terceira semana de outubro, faltando apenas o mobiliário, que ainda não posso confirmar uma data devido a burocracia do procedimento de licitação, mas acredito que não teremos nenhum problema. Nossa única preocupação é com o clima que se permanecer sem chuvas como agora o cronograma será mantido com folga”. O CEU é um programa do Governo Federal que busca integrar num mesmo espaço físico, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio-assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, de modo a promover a cidadania em regiões de alta vulnerabilidade social das cidades brasileiras. Construído em uma área de 7.000 m², o CEU terá Centro de Referência da Assistência Social - CRAS, salas de multiuso, telecentro, biblioteca, cineteatro com 125 lugares, pista de skate, equi-

pamentos de ginástica, playground, quadra poliesportiva, quadra de areia, jogos de mesa e pista de caminhada. O investimento será superior a R$ 3,5 milhões, cabendo ao Governo Federal a maior parte, a Prefeitura de Campinas investirá pouco mais de R$ 80 mil na implantação do CEU. Para o diretor Cassiani a região será muito beneficiada com o Centro. “Esporte e cultura, além das ações de inclusão digital e de assistência social vão garantir um enorme ganho na qualidade de vida da população do local, sem contar que o modelo de gestão e administração compartilhado com a comunidade garante a satisfação dos usuários, assim como diminui ações de depredação e danos ao patrimônio público”. A mobilização social nos CEUs - Centros de Artes e Esportes Unificados durante o processo de implantação tem como objetivo alavancar a gestão. Entende-se como gestão, a coordenação das ações necessárias ao pleno e adequado funcionamento do CEU, incluindo orçamento municipal para contratação de equipe, manutenção das instalações prediais, de equipamentos e mobiliário, promoção de eventos e atividades permanentes e/ou sazonais, e desenvolvimento de ações contínuas de mobilização social da comunidade do entorno. Os idealizadores do projeto acreditam que tal desafio

cidades - turismo

o metropolitano

Obra São João Bosco lança novo portal

só poderá ser enfrentado com a participação da comunidade. Ou seja, a gestão do CEU - Centro das Artes e Esportes Unificado deverá ser realizada pela Prefeitura de forma compartilhada com a comunidade, potencializando seu uso e sustentabilidade. Para isso, estão sendo realizadas diversas oficinas de capacitação em gestão ao longo do período de implan-

tação do CEU. “Estamos muito satisfeitos com a metodologia proposta pelo Governo Federal, a atual administração acredita na gestão compartilhada com a comunidade, o prefeito Jonas Donizette (PSB), também adota esta metodologia e, acredita que serão atingidos excelentes resultados”, concluiu o diretor Jair Cassiani.

A Obra Social São João Bosco de Campinas SP, lança um novo portal na web (www. ossjb.org.br). O site tem um novo conceito em seu layout, e novidades na sua parte funcional. O site foi desenvolvido pelos próprios colaboradores Gustavo Sousa, Aline Romero, Ana Lúcia da Silva, Ramon Tartari e Érica Marcela R. de Oliveira, que atuam na UPV (União Pela Vida), setor da Obra Social que é responsável por toda parte de comunicação, marketing e captação de recursos. Toda a arquitetura de informação foi estruturada a fim de informar de maneira simples e clara os serviços e projetos desenvolvidos pela Obra, além de transmitir maior identidade institucional ao internauta. Uma nova interface foi elaborada com uso de imagens, formas e cores que expressam os valores da instituição. Nos tempos atuais, além dos desktops e notebooks, é possível acessar a internet atra-

Fundado no dia 12 de agosto de 1894 para dar assistência aos milhares de imigrantes italianos que chegavam ao

Brasil pelo Porto de Santos e fixavam residência em Campinas e região, especialmente para o trabalho na zona rural. O jornal italiano de Campinas: L´Unione, publica naquela data a nomeação do primeiro Regente Vice Consul “Cavaliere” Dr. Oreste Savina. Outras Instituições como o “Circolo Italiani Uniti”, hoje Hospital Casa de Saúde de Campinas, e a “Società Italiana Lavoro e Progresso” de Sousas, foram também criadas para dar assistência aos imigrantes recém chegados.O Vice Consulado da Itália de Campinas foi a primeira Instituição estrangeira no Estado de São Paulo, pois devido à pujança da cidade de Campinas, ela estava cotada para tornar-se a capital do Estado. Este projeto não se concretizou, em decorrência de uma epidemia de febre amarela que dizimou parte da população. Nestes 119 anos, o Vice Consulado da Itália, que abrange em sua jurisdição 22 cidades da região, atende aproximadamente 30 mil cidadãos italianos entre os nascidos na Itália e os Ítalo-Brasileiros com registro consular, além de 2 milhões de pessoas de origem italiana. A ênfase da instituição, cujo representante é nomeado pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália, é a defesa dos interesses nacionais da Itália e de seus cidadãos, participar de manifestações culturais, sociais e empresariais, e interagir com associações italianas visando a difusão da língua e cultura italianas e com a Câmara Ítalo Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura com o objetivo de proporcionar oportunidades de

negócios e facilitar as relações comerciais entre Brasil e Itália. Segundo o vice Consul Alvaro Cotomacci, os principais serviços, de informações e orientações, oferecidos por esta representação consular estrangeira, que na cidade de Campinas tem grandes desafios, abrangem as seguintes áreas: Cadastros Consulares; Assistência Social; Cidadania; Serviços Cartoriais; Serviço eleitoral; Passaportes; Pensões; Registros Civis; Vistos, entre outros. A Itália possui 302 mil Km quadrados, do tamanho do Estado de São Paulo, possui hoje 60 milhões de habitantes e 8.104 municípios e 81 províncias. Em 2 de junho passado completou 67 anos de República e em 2013 completa 152 anos de unificação do país. A Itália tem no exterior, 4 milhões de cidadãos italianos, sendo por volta de 2 milhões nas Américas. No Brasil são aproximadamente 350.000, além 30

O diretor Jair Cassiani

vés de smartphones, tablets, televisores, etc, por isso o novo site da OSSJB tem um design responsivo, que permite a adaptação de tela para diversos formatos, otimizando assim a visualização, leitura e a navegação do conteúdo. Informações institucionais foram reformuladas com textos e imagens atualizadas. O internauta poderá acessar notícias da instituição e de todo universo salesiano através de Categorias que foram instaladas na página principal do site, os usuários também poderão encontrar conteúdos específicos através da ferramenta de busca. Uma novidade do site é a interação com o público visitante do site, publicações poderão ser comentadas e compartilhadas de forma muito simples. Através do menu “colabore”, as pessoas poderão encontrar diversos meios de ajudar a Obra Social, participando de campanhas que ajudarão na manutenção, e na promoção de novos projetos a serem desenvolvidos pela OSSJB.

Vice Consulado da Itália em Campinas comemora 119 anos

O vice-consul Alvaro Cotonacci

milhões de brasileiros de origem italiana. Em toda a América, são 60 milhões de pessoas de origem italiana, ou seja, uma outra Itália fora da Itália. É um País moderno e aberto ao mundo, sendo a capital da moda, da gastronomia, dos bons perfumes, do design industrial e interiores. É líder de tecnologia nos setores Automobilístico, Aeroespacial, Telecomunicações, Eletrodomésticos, Máquinas para a Indústria Alimentícia – de Mármore e de Madeira, Operatrizes - Automação e Robótica. No dia 28 de agosto, a partir das 19h30 será comemorado no Restaurante Amareto (Shopping Iguatemi), com show de Tony Angeli o aniversário de 119 anos da Instituição Consular, com a presença da grandiosa comunidade italiana de Campinas e Região. Para informações e contatos com o Vice Consulado, enviar email: viceconsulado@mpc.com.br


o metropolitano

Página A-5 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

Show de Bola

Top 40 Ribervidros & MDS Security - 2013

Wagão do Okimoto faz seis e dispara na artilharia Série A: O Real Dic esta a quatro jogos do título, tem pela frente: Refugo, Camélias, Celina e Okimoto. A 14ª Rodada começou com o empate do líder Real Dic em 2 x 2 com VQM-Toma & tomba, o Dic saiu perdendo por 2 x 0, mas com 2 gols do Barone chegou ao empate e para permanecer na liderança, tinha que torcer contra a Celina Calçados, a torcida deu certo, Calhas Líder 2 x 1 de virada, presença abriu o placar para a Celina, Carioca e Ide marcaram para a Calhas Líder. O Independente, com 3 gols do Adenirso, venceu o Parque das Camélias por 3 x 0 e deixou o Camélias muito próxi-

pode ter mudança de líder, o E. C. Real tem parada dura pela frente, pega o Gol de Placa, que luta pela 3ª Vaga na super copa. O vice líder Ribervidros tem uma missão mais fácil, enfrenta o lanterninha Nanuque, que não ganhou nenhum jogo este ano. O Residencial São José vai tentar sua 6ª Vitória seguida, o adversário é o E. C. Cristina, concorrente direto a uma vaga no G4. O Tabajara ainda sonhando com o G4, joga suas últimas fichas em uma vitória contra o inconstante Beira Rio. Só Por Deus e S.C. Transportes fazem um jogo que tem cara de empate.

mo da série B. O Pesqueiro Okimoto, em show do Wagão que fez 6 gols, venceu o Columbia por 7 x 0 e segue na luta para fugir da série B, já o Columbia, esta matematicamente rebaixado. A Esfera Vídeo venceu o Refugo por 6 x 1, mas mesmo com a vitória, continua no Z4 (zona de rebaixamento) e na próxima rodada tem confronto direto com o Pesqueiro Okimoto. O artilheiro Wagão (Okimoto) aumentou sua vantagem, agora tem 26 gols. A melhor defesa continua com a Celina Calçados, 19 gols sofridos. Parque das Camélias é o time mais disciplinado. Série B: A 14ª Rodada

Edmar Paifer

esportes

No empate, Real Dic 2 X 2 VQM, ninguém tirou o olho da bola

Dinô presidente do Esfera Vídeo feliz com a vitória de seu time

Carlão do Camélias, o jogador mais velho da série A, 59 anos

Marcelo do Independente é o “Mãe Dinah” da rodada

Mãe Dinah - Série B TABAJARA

2

3

BEIRA RIO

RES. SÃO JOSÉ

3

3

E. C. JD. CRISTINA

E. C. REAL

2

4

GOL DE PLACA

S. C. TRANSPORTES

2

3

SÓ POR DEUS

RIBERVIDROS

6

0

NANUQUE

ARTILHEIROS SÉRIE A

GOLS

AM

AZ

VER

WAGÃO (OKIMOTO)

26

2

0

0

BARONE (REAL DIC)

19

3

0

0

PITCHULA (ESFERA)

14

1

0

0

GOLS

AM

AZ

VER

EDVALDO (GOL DE PLACA)

19

4

0

0

DALUA (TABAJARA)

19

2

1

0

DIRCEU (E.C.REAL)

18

0

0

0

ARTILHEIROS SÉRIE B

PRÓXIMA RODADA SÉRIE A 1/set

07:45

CELINA CALÇADOS

INDEPENDENTE

1/set

09:00

PESQ. OKIMOTO

ESFERA VÍDEO

1/set

10:00

COLUMBIA

PQ. DAS CAMÉLIAS

1/set

11:00

REFUGO

REAL DIC

1/set

12:00

CALHAS LÍDER

VQM-TOMA & TOMBA

PRÓXIMA RODADA SÉRIE B

TABELÃO

TOP 40 RIBERVIDROS & MDS SECURITY 2013 SÉRIE A

PG

VIT EMP DER GP

GC

SAL CA AZ CV

REAL DIC

28

8

4

2

51

-33

18

29

2

1

CELINA CALÇADOS

26

7

5

2

37

-19

18

21

3

0

VQM - TOMA & TOMBA

25

7

4

3

39

-26

13

17

2

1

CALHAS LIDER

23

7

2

5

31

-34

-3

26

1

0

PESQUEIRO OKIMOTO

21

6

3

5

45

-32

13

17

2

0

INDEPENDENTE

21

6

3

5

33

-26

7

19

3

1

ESFERA VÍDEO

20

5

5

4

36

-24

12

20

0

0

REFUGO

13

4

1

9

30

-42

-12

24

0

2

PQ. DAS CAMÉLIAS

12

3

3

8

22

-40

-18

15

2

0

COLUMBIA

6

2

0

12

19

-67

-48

17

1

0

VIT EMP DER GP

GC

SAL CA AZ CV

SÉRIE B

PG

E. C. REAL

29

9

2

2

51

-26

25

17

3

0

RIBERVIDROS

28

8

4

1

45

-17

28

11

1

1

GOL DE PLACA

23

7

2

4

38

-25

13

31

0

0

25/ago

07:45

TABAJARA

BEIRA RIO

25/ago

09:00

RES. SÃO JOSÉ

E. C. JD. CRISTINA

25/ago

10:00

E. C. REAL

GOL DE PLACA

E. C. JD. CRISTINA

22

6

4

3

32

-26

6

18

1

0

25/ago

11:00

S. C. TRANSPORTES

SÓ POR DEUS

RESIDENCIAL SÃO JOSÉ

19

5

4

4

35

-37

-2

19

1

0

25/ago

12:00

RIBERVIDROS

NANUQUE

TABAJARA

17

5

2

6

38

-39

-1

22

7

0

TOP 40 no Gol de Placa - R. Washington L. C. Gomes, 10 - J. Morumbi e-mail: top402011@gmail.com - Tel. (19) 8177-4548 www.losgatoscampinas.com

SÓ POR DEUS

16

4

4

5

27

-35

-8

12

2

0

BEIRARIO

15

4

3

6

39

-50

-11

28

4

1

S. C. TRANSPORTES

12

3

3

7

26

-42

-16

14

4

1

NANUQUE

0

0

0

13

18

-56

-38

16

1

1


o metropolitano

Página A-6 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

entretenimento

Casa Paulista, a chance do servidor sair do aluguel O Governo do Estado de São Paulo, criou o Programa Casa Paulista, uma linha de crédito, pensada especialmente para os servidores públicos estaduais, para a aquisição de imóveis novos, usados ou na planta, e está oferecendo subsídio adicional para complementar o crédito imobiliário, cujo valor do subsídio a ser concedido, é de no mínimo R$ 3.100,00, podendo chegar até R$ 34.500,00, de acordo com a renda familiar O servidor deverá atender às condições exigidas pelo Programa Minha Casa Minha Vida, pelo FGTS e ter renda familiar bruta mensal de até R$ 5.400,00, se o financiamento for através da Caixa. Terão direito à linha de crédito, os servidores do estado de São Paulo ativos e inativos da administração direta, fundacional e autárquica dos poderes Executivo, Legislativo e do Judiciário. Não podem participar do programa, aquelas famílias que já tenham tido atendimento habitacional pela Secretaria da Habitação/Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano - CDHU ou por outro agente promotor/financeiro. Essa linha de subsidio é exclusivamente para família que não tem imóvel próprio, cujos

valores de aquisição variam de região para região ou de município para município, isto é: um servidor de Campinas ou de Sumaré, poderá comprar com o subsídio, uma casa no valor de até R$190.000.00 e, caso a renda dele seja de R$ 1.600.00, o subsídio deverá chegar a R$ 34.500.00, resultando em um financiamento de R$156.000.00, o qual poderá ser quitado em até 360 meses. Os valores de financiamento são diferentes para cada cidade do Estado, existem regras específicas, portanto o aconselhável é consultar um corretor de imóveis especializado e credenciado no programa. Só os servidores do Estado de

São Paulo, estão com esse benefício, já o CRECISP, tem em sua página na internet, a relação dos corretores de imóveis, que estão credenciados pelo Casa Paulista em vários municípios do Estado. O imóvel desejado na proposta de financiamento habitacional deverá estar localizado em área urbana de qualquer município do Estado de São Paulo, respeitando os limites definidos pela Secretaria de Habitação de SP. A principal diferença do programa Casa Paulista em relação ao Minha Casa, Minha Vida, é a liberação para aquisição do imóvel usado, facilitando assim para que o comprador deixe o aluguel, praticamente de imediato.

Classificados Grátis

Para anunciar grátis acesse www.ometropolitanocampinas.com.br Imóveis Venda

APARTAMENTO VENDA: AP0235 – R$ 180.000,00 – PQUE. ITALIA – 2 DORM + 1 VAGA AP0180 – R$ 195.000,00 – BOTAFOGO – 1 DORM + 1 VAGA AP0204 – R$ 200.000,00 – BOTAFOGO – 1 DORM + 1 VAGA AP0290 – R$ 210.000,00 – JD. PROENÇA – 1 DORM + 1 VAGA AP0188 – R$ 210.000,00 – JD. PAULICEIA – 2 DORM + 1 VAGA AP0147 – R$ 215.000,00 – V. INDUSTRIAL – 2 DORM + 1 VAGA AP0225 – R$ 230.000,00 – CENTRO – 3 DORM + 1 VAGA AP0272 – R$ 275.000,00 – V. INDUSTRIAL – 2 DORM + 1 VAGA AP0281 – R$ 280.000,00 – V. INDUSTRIAL – 2 DORM + 2 VAGAS AP0178 – R$ 370.000,00 – V. INDUSTRIAL – 3 DORM + 2 VAGAS CASA VENDA: CA0213 – R$ 270.000,00 – V. INDUSTRIAL – 2 DORM + 3 VAGAS CA0204 – R$ 285.000,00 – V. INDUSTRIAL – 2 DORM + 6 VAGAS CA0200 – R$ 290.000,00 – JD. LONDRES – 2 DORM + EDICULA + 2 VAGAS CA0223 – R$ 320.000,00 – VILA COSTA E SILVA – COMERCIAL CA0215 – R$ 350.000,00 – PQUE. UNIVERSIDADES – 2 DORM + 2 VAGAS CA0236 – R$ 370.000,00 – V. INDUSTRIAL – 3 DORM + 2 VAGAS CA0247 – R$ 380.000,00 – V. INDUSTRIAL – 3 DORM + EDICULA + 3 VAGAS CA0178 – R$ 400.000,00 – BOTAFOGO – COMERCIAL CA0230 – R$ 450.000,00 – V. INDUSTRIAL – OPORTUNIDADE – 5 DORM + 8 VAGAS / 2 CASAS CA0108 – R$ 950.000,00 – CAMBUI – COMERCIAL/RESIDENCIAL – OTIMA / EM AVENIDA VENDE/ALUGA/ADMINISTRA VENHA CONHECER NOSSA SEDE PRÓPRIA E TOMAR UM CAFÉ R. BARÃO DE MONTE MOR, 114 - VL. INDUSTRIAL www.villaimoveiscampinas.com.br/vendas.villaimoveis@yahoo.com.br Edna Braciali Garcia - Consultora de Negócios Imobiliários fone: 9649.23.25 /9261.88.69

Empregos

Apartamento - Premier Morumbi - Paulínia -Oportunidade. 2 dorm, 1suíte R$255.0000,00 - (19)32081995 - (19) 96956375 comercial@landbusiness.com.br - creci 075073F Kitnet - Centro próximo Av. Sen Saraiva. A vista R$95mil. 19 78098108 - cinthiae@creci.org.br - creci 82094F Apartamento Lançamento Residencial Mirante de Saint Felipe Vila JoãoJorge, 3 dorms, 2 suites 80,62 m², lazer completo, 2 ou 3 vagas Fone: 19-98790143/33846937 Maura maura.imoveis@creci.org.br www.mauracampimoveis.com.br CRECI 130812 Terreno - Jdim Chapadão - Campinas. 384 M², Plano, Zona 11. R$ 290.000,00. Excelente Local. Creci 86279 F Fone: 96754455 . www.marcampol.com.br Apto - São Bernardo do Campo 92 M²,alto padrão,ótima vista , centro. cond. com piscina, spa, academia. creci 86279 f. valor R$ 475,000,00. fone : 96754455 . www.marcampol.com.br Terreno - Jundiaí 9.500 M², Plano E com planta aprovada na prefeitura de jundiaí para 89 aptos. local ímpar , asfalto, assesso fácil creci 86279 f - www.marcampol.com.br Casa - Barão Geraldo Alto Padrão Em condominio tipo sobrado. possui 4 suites, piscina, hidro, churrasqueira,cond com quadra, campo. creci 86279 f . valor R$ 1.450.000,00 Casa Para Clínicas - Jundiaí contém 6 dorm,2 salas, cozinha,4 wcs,àrea de serviço ampla,sala de apoio, espaço para fisio excelente imóvel! R$ 1.250.000,00 creci 86279 f www.marcampol.com.br Terreno - Paulínia possui área de 300 m² em local diferenciando e com planta aprovada. testada voltada para o sol da manhã. creci 86279 f. R$ 175.000,00. fone 96754455 - www.marcampol.com.br Casas - Locação Jundiaí são três unidades de alto padrão. excelente para empresas tais como clinicas,escolas de cursos profissionalizantes, escritórios. creci 86279 f - www.marcampol.com.br Terreno - Jardim Eulina - Campinas 384 M² Com 12 Metros de Frente X 32 M de Profundidade. Plano E de facil assesso as rodovias da região de Campinas. Z 11 .Comercial e Residencial. Fone : 96754455 .Creci 86279 F. www.marcampol.com.br

Negócios e Oportunidades Di Collodo Lembranças - Lembranças para todas as ocasiões. Noivinhos em Biscuit personalizados. Pronta-entrega. Visite nosso blog: http://dicollodo.blogspot.com.br (19) 3227-9238 // 8834-2049

Diversos Oração a São Jorge São Jorge, cavaleiro corajoso, intrépido e vencedor; abre os meus caminhos, ajuda-me a conseguir um bom emprego; faze com que eu seja bem quisto por todos; superiores, colegas e subordinados; que a paz, o amor e a harmonia estejam sempre presentes no meu coração, no meu lar e no meu serviço; vela por mim e pelos meus, protegendo-nos sempre, abrindo e iluminando os nossos caminhos, ajudando-nos também a transmitirmos paz, amor e harmonia a todos os que nos cercam. Amém. PARML

Oração a Santa Edwiges Ó Santa Edwiges, protetora dos aflitos e endividados, venho implorar a vossa proteção. Vós que amastes a cruz nas trevas de vossas penas e cumpristes sempre a vontade de Deus, alcançai-me que, na penúria, na doença, nas perturbações e nos perigos, sempre encontre auxílio junto a vós. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém. AVR

Serv. Profissionais Pintor - Henrique, residências, condomínios. Acabamentos finos, texturas, grafiatos, massa corrida, latéx, esmalte, verniz. (19) 3386-2378 (19) 9379-0432


arte e cultura

o metropolitano

O filme “O lucro acima da vida” retoma as gravações Os atores Deo Garcez e João Vitti que estão no ar na reprise da novela o Cravo e a Rosa, na rede Globo, já chegaram a Campinas para mais uma etapa das gravações do filme “O lucro acima da vida”, que retrata o caso de contaminação dos ex-trabalhadores das empresas Shell e Basf em Paulínia. O longa é uma ficção baseada em fatos reais, quer reverberar essa triste história para que casos como este não se repitam. Por causa de anos de contaminação por agrotóxicos na área de trabalho, 63 pessoas já morreram, a maioria, em decorrência do câncer. O filme está sendo rodado em locações nas cidades de Campinas e Paulínia. Cerca de 100 ex- funcionários da Shell/ Basf atuam como figurantes. O papel principal é do ator Deo Garcez que já atuou em novelas da Rede Globo e Record. Ele in-

João Vitti

Dennis Derkian

Deo Garcez

terpreta o coordenador da Atesq, Associação dos Trabalhadores Expostos às Substâncias Químicas, entidade que junto com o Sindicato dos Químicos Unificados de Campinas e região, encarou os 12 anos de batalha judicial. Para o ator a oportunidade de participar deste filme é única. “Fazer parte de um projeto como este, que trata de uma tragédia humana e ambiental, em que tantas vidas foram perdidas, e o sofrimento ainda perdura, certamente dignifica e dá

sentido a qualquer artista preocupado com sua função social”, declara o ator. João Vitti, além de estar na reprise da novela O Cravo e Rosa, atua na séria da Record, Rei Davi. “Meu desejo é que esse filme, além de ser um brado contra a ganância desmedida, seja porta voz das vítimas do caso Shell”, disse João. O ator Dennis Derkian que já teve participações na Malhação, também está nessa etapa de

gravações. A direção é de Nic Nilson, jornalista e cineasta que já roteirizou e dirigiu vários filmes como Turma do Capi e Um Natal Diferente. “Vamos mostrar essa história pela lente de quem viveu, lutou e segue com uma vida transformada pela inconsequência dessas multinacionais que no exterior estavam proibidas de produzir os agrotóxicos que vieram manipular no nosso país”, lembra o diretor.

Campanha de doação Atores contribuem com parte do cachê O filme, O lucro acima da vida, está orçado em R$1milhão e 300 mil. Parte dos recursos foi viabilizada pelos realizadores, o Sindicato dos Químicos Unificados e Associação dos Trabalhadores Expostos as Substâncias Químicas (Atesq). A produção é patrocinada pela Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico de São Paulo (Fetquim). Mas para que o filme seja finalizado, serão necessárias doações. Até mesmo os atores se sensibilizaram e alguns já doaram parte do cachê. O nome e valor doado por qualquer pessoa ou empresa, ficam expostos no site www.filmecasoshell.com Segundo Arlei Medeiros, produtor executivo do filme, a

campanha de doação foi o único caminho encontrado para viabilizar a produção já que o governo não investe acreditando na cultura. “Infelizmente os governantes não enxergam a cultura como multiplicador de educação e nem mesmo como geração de emprego e renda para a sociedade. Por isso é tão caro realizar um filme no nosso país. Não podemos esquecer que esta é a maior indenização por dano moral coletivo (R$200 milhões) já determinada pela justiça brasileira”, afirmou Arlei Medeiros. Para acompanhar as gravações e saber mais sobre o elenco é só acessar as redes sociais: www. filmecasoshell.com ou www.facebook.com/filmecasoshell

O caso Em 2013 o caso Shell Basf foi julgado no Tribunal Superior do Trabalho em Brasília-DF. Um acordo foi firmado entre as empresas e os ex-trabalhadores.

Fixou-se o direito ao tratamento médico vitalício para 1058 ex-funcionários e dependentes, indenizações individuais e uma indenização por dano moral coletivo de R$ 200 milhões.

Lineker volta a Campinas Eleito pela crítica musical como um dos cem melhores álbuns da Música Brasileira de 2012, o disco “eLe” vem conquistando os mais exigentes e diferentes públicos, amantes da boa música popular brasileira. Trazendo releituras bastante originais de clássicos de alguns dos compositores de maior importância de nossa música, como Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Torquato Neto, Jorge Ben e Dorival Caymmi, o álbum marca o surgimento de uma das mais promissoras vozes masculinas da MPB. Retornando a Campinas pela primeira vez neste semestre, o espetáculo “eLe” está repaginado. Desde seu lançamento, Lineker vem realizando uma série de shows

para promoção e divulgação do trabalho, propondo para cada apresentação um formato cuidadosamente pensado para melhor se comunicar com seu público. Nas diferentes versões do show, Lineker é acompanhado por André Bordinhon (guitarra/violão), Bruno Duarte (percussão), Fernando Sagawa (sax tenor e alto/ flauta), Ivan Gomes (baixo elétrico e acústico), Juan Megna (bateria/percussão) e Rafael Montorfano (piano). O grupo apresenta arranjos inspirados nas sonoridades da MPB das décadas de 60 e 70, tendo como principais referenciais estéticos discos de artistas como Elis Regina, Milton Nascimento e movimentos como o Clube da Esquina e a Tropicália. A partir desse olhar para um dos períodos mais importantes para a produção musical no país, “eLe” busca realçar e valorizar as riquezas e pluralidades da canção brasileira, atualizando-se constantemente ao se relacionar com o cenário musical atual. Serviço: Show do álbum “eLe” Local: Almanaque Café (Av. Albino José Barbosa de Oliveira, 1240, Barão Geraldo) Data: 28/08 Horário: 21h

Página A-7 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

Eu queria simplificar as minhas palavras

Eu queria simplificar as minhas palavras. Mas eu estou mergulhada no campo infindo das letras. O pouco que se aparenta expressar sempre é muito. É um imergir em órbita, aos flashs que surgem pequenos pontos dourados, outros brancos, no escuro. E todas as palavras, somadas de uma vida, toda a saudade de quem deixou suas palavras subindo, subindo... Desvencilho - gel, e brilho às vezes o que se há de dizer pode ser tão pequenino e conter o seu próprio universo, imensa importância que não se pode abandonar! Mas, em alguns momentos, eu só queria poder simplificar as minhas palavras... Para que as dores fossem embora por um caminho reto por um caminho só. Por: Jacqueline Collodo Gomes http://ahpoesia.blogspot.com.br

Olá amigos, Quando adolescente, acho que com uns catorze ou quinze anos de idade, certa vez a professora de literatura pediu à classe inteira que lesse o livro “As meninas” de Lygia Fagundes Telles, como um aluno esforçado lí o livro. Ao término questionei a professora dizendo que era o livro mais horrível que havia lido em minha vida, “totalmente sem pé e cabeça”. Ela, do alto de sua educação, apenas riu um pouco e a vida seguiu em frente. Anos mais tarde, descobrí Lygia Fagundes Telles. Felizmente estamos servidos de uma boa lista de autoras brasileiras, várias consagradas e famosas como Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Lya Luft, Zelia Gattai, Hilda Hilst, Cora Coralina e por aí vamos, mas, hoje gostaria de comentar um pouco com vocês sobre Lygia Fagundes Telles. A academica de mais de vinte livros, dentre os quais, a maioria de contos, tem a maestria como poucos de lidar com as palavras e pensamentos, ou seja, Lygia desde seu primeiro livro “Porão e Sobrado” de 1938 revelou-se e especializou-se em escrever utilizando o “fluxo do pensamento” então, palavra a palavra ela vai construindo as ações de seus personagens com elementos, as vezes imperceptíveis do cotidiano mesclando sempre o fluxo do pensamento aos personagens. Há contos maravilhosos de Lygia e os livros que gostaríamos de destacar são obviamente “As meninas” que fala da história de três meninas, vivendo em um pensionato em 1973: a burguesa Lorena, a drogada e linda Ana Clara e Lia uma militante de grupo de esquerda. Um romance que capta o espírito da época onde o Brasil lutava para libertar-se da repressão militar e o espírito das meninas em um caldeirão de turbulências em uma fase de transição de suas vidas. Dentre toda a obra maravilhosa de Lygia, há mais duas coletâneas de contos que gostaria de destacar: “A estrutura da bolha de sabão” e “Disciplina do Amor”, obras máximas no conjunto da obra da autora. Atente quando ler Lygia, seu domínio da palavra e em como ela consegue expressar coisas aparentemente triviais mas com profunda delicadeza e poesia. Em um conto de “Disciplina do amor”, Lygia conta que está em uma festa de crianças e seu filho dorme em seu colo e “uma pequena baba escorre do canto de sua boca”, dito isso em nosso cotidiano soa como algo totalmente fútil, mas na mão de Lygia torna-se uma grande e delicada poesia. Se você não teve a oportunidade de ler nada de Lygia Fagundes Telles, vá correndo comprar uma dessas sugestões. Certa vez, uma amiga comentou que não gostava de jazz, “música de bêbado”, disse ela. Respondí bem humorado, que ela não gostava porque não entendia a proposta principal do jazz que era a “conversa entre os instrumentos”. Para você que gosta de jazz ou que pretende conhecer um pouco mais o gênero, quero recomendar o super baixista Avishai Cohen. Avishai Cohen, israelense de origem mas radicado em Paris, transita facilmente entre o acústico e o elétrico com seu contrabaixo e é uma das virtuoses do instrumento atualmente. Para você que gosta de música e especialmente do contrabaixo como eu, Avishai consegue tira-lo com maestria da “cozinha do jazz) onde ficam normalmente fazendo a base rítmica o contrabaixo e a percussão. Podemos citar uma grande lista de excelentes baixistas do jazz como Charles Mingus, Victor Wooten, Marcus Miller, Jaco Pastorius e se a lista incluir o rock and roll vai crescer exponencialmente. Nessa lista imensa com certeza Avishai Cohen tem o seu destaque, em especial o álbum “Gently Disturbed” de 2008. Ouça e depois comente conosco. Boas leituras, bons sons e até a próxima. Altair Almeida Altair Almeida é escritor, blogueiro, crítico literário e musical, paulistano, engenheiro eletrônico e administrador por formação, amante da literatura e de todas as artes por opção, tem como seus autores preferidos Aldous Huxley, Lygia Fagundes Telles e Franz Kafka. Email: altaalmeida@yahoo.com.br http://vitaminasculturais.blogspot.com.br


Página A-8 Edição 028 - Sábado, 24 de agosto de 2013

entretenimento

o metropolitano

Cultura Caipira com Renato Teixeira O cantor Renato Teixeira faz participação especial no evento “Moda de Viola: Cultura Caipira”, que contará também com as participações de Tião Mineiro, Thiago Lima, Paulo Dáfilin e o Duo Gilson Bambuira e Ellê Carvalho. No show o multi-instrumentista Paulo Dafilin, considerado um dos maiores violeiros do país e conhecido por tocar com artistas como Maria Bethânia e Jair Rodriques, acompanhado por banda completa tocará sucessos tradicionais deste estilo e receberá alguns artistas regionais, como Tião Mineiro, Thiago Lima e o Duo Gilson Bambuira e Ellê Carvalho. Um dos grandes pontos altos do evento é a presença do cantor e compositor Renato Teixeira que encantará ao público com sucessos como “Tocando em Frente” e “Amanheceu, Peguei a Viola”. O projeto, que tem a aprovação da Secretaria de Estado da Cultura, dentro do Programa de Ação Cultural (ProAC) e tem a produção assinada pela Destaque Cultural, visa enaltecer, resgatar e apresentar a cultura caipira tão peculiar,

proporcionando ao público uma oportunidade única de interagir com uma cultura riquíssima do qual grande parte da população é descendente. Serviço:

Data: 25 de agosto (domingo). Horário: a partir das 10h Local: Auditório Beethoven (Concha Acústica) Av. Heitor Penteado, s/n, Portão 2, Lagoa do Taquaral Grátis.

No dia 25 de Agosto, as 19h30, a Camerata Filarmônica de Indaiatuba faz a sua estréia na cidade de Indaiatuba na Igreja da Candelária. O repertório mescla clássicos da música popular e obras dos mais renomados compositores eruditos, tais como Ravel, Mozart, Vivaldi e Guerra-Peixe e conta ainda com o solo do violinista natural de Indaiatuba, Felipe Oliveira. O concerto terá regência da maestrina Natália Larangeira. A camerata se caracteriza como uma pequena orquestra de cordas, ou seja, formada por violinos, violas, violoncelos e contrabaixos. O grupo é integrado por jovens músicos de sólida formação musical e que possuem grande atuação no circuito musical erudito. Sendo muitos deles integrantes de orquestras

importantes no Estado de São Paulo e participantes de grupos de câmara. Este conjunto instrumental surgiu como uma iniciativa em promover a música erudita através de concertos pela cidade e região e busca contribuir ainda mais para o enriquecimento cultural da sociedade. Para que a música de qualidade seja levada ao público mais carente de iniciativas culturais e que raramente tem acesso à projetos culturais de alto nível possuímos um repertório diferenciado, composto por obras eruditas e as mais consagradas músicas populares, tanto brasileira quanto internacional. A direção artística e regência titular da camerata está a cargo da maestrina Natália Larangeira que preparou para o

segundo semestre de 2013 uma temporada cheia de concertos especiais, nos quais os próprios músicos da camerata serão valorizados e convidados a solarem. Além dos músicos da cidade teremos outros solistas e maestros ilustres convidados em nossos concertos. A temporada é formada pelas séries: “Música na Igreja”, projeto em parceria com a Igreja Candelária (Indaiatuba-SP) onde realizaremos concertos nos meses de Agosto, Outubro e Dezembro; a série “Música Paulista”, onde realizaremos concertos nas cidades de Campinas, Nova Odessa e São Paulo; e a série “Flash mob”, onde pretendemos fazer da cidade de Indaiatuba o nosso palco e de todas as pessoas os nossos ouvintes.

João Carlos Martins volta a Campinas para apresentação gratuita João Carlos Martins rege Orquestra Bachiana em Campinas, no repretório obras de Mozart, Beethoven, Haydn e Mascagni em concerto gratuito na Estação Cultura

Estréia da Camerata Filarmônica de Indaiatuba

Com a regência do maestro João Carlos Martins, que também interpreta obra de Mozart ao piano, a CCR AutoBAn e a Secretaria de Cultura trazem para Campinas, no domingo, dia 25 de agosto, uma das melhores e mais reconhecidas orquestras brasileiras. A Orquestra Bachiana faz apresentação única na Estação Cultura, às 16 horas, com entrada gratuita. No programa obras clássicas de Mozart, Beethoven, Haydn e Mascagni. O spalla da Or-

questra Sinfônica Municipal de Campinas terá participação especial na apresentação. A composição atual da Orquestra Bachiana nasceu em 2010 de uma junção entre a Bachiana Filarmônica e a Bachiana Jovem. É reconhecida hoje pela qualidade de seus músicos e tem sido elogiada em suas apresentações no Brasil e no mundo. A primeira composição da Orquestra fez sua estreia na Sala São Paulo, em 27 de outubro de 2004. Desde então não pa-

rou mais, encantou o público americano, após cinco temporadas no Brasil, com atuação de gala no Carnegie Hall, em 2007 e 2008, e no Lincoln Center, em 2009, 2010 e 2011. Quem assina pela qualidade da Orquestra é o Maestro João Carlos Martins, um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach. Por ocasiões de acidentes teve que deixar sua carreira de pianista, canalizando para a regência sua paixão pela música.

O Trio Curupira faz agora, no segundo semestre de 2013, o lançamento do seu mais novo CD: JANELA. Desde 1996 na estrada, os meninos compõem e tocam música instrumental brasileira e são/foram parceiros de artistas importantes da música nacional, como Hermeto Pascoal, Arismar do Espírito Santo, Badi Assad... André Marques, Cleber Almeida e Fábio Gouvêa são amigos e se conheceram em Sorocaba, cidade do interior de São Paulo. Nas 12 faixas do novo CD os músicos interpretam ritmos no piano, bateria e baixo, além de flauta, cavaquinho, guitarra, percussão e escaleta. Baião, frevo, samba, coco e maracatu se misturam às influências da

música erudita. Tudo isso junto e misturado dá forma e som aos shows gratuitos do novo CD JANELA, do Trio Curupira, que se apresenta em Campinas no dia 28 de agosto de 2013, quarta, no Teatro Espaço Cultural Maria Monteiro, às 19 horas. Este projeto foi contemplado com o edital nº 35 do ProAC, é realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, pelo Programa de Ação Cultural de 2012 e a gestão cultural é da Doble Cultura + Social. Serviço: Quarta, 28 de agosto de 2013, às 19 horas, Teatro Espaço Cultural Maria Monteiro, Av.Cardeal Dom Agnello Rossi, s/nº, Vila Padre Anchieta, Grátis, Livre.

Trio Curupira lança quarto CD com show gratuito


O Metropolitano