Page 1


NOVOS ASSOCIADOS:

ESTATÍSTICAS

297 - LOJAS ED+ 298 - PURO ESTILO 299 - INVESTBEM IMÓVEIS ADMINISTRAÇÃO E VENDAS

OUTUBRO 2015 DEZEMBRO 2015 Total de consultas: SPC: 32.659 Cheque: 61

Total de registros: 13.337 Total de cancelamentos: 7.548

ÍNDICE

03 PALAVRA DO PRESIDENTE

10 CAPA

04 SERVIÇO

13 ASSOCIADO EM DESTAQUE

05 ECONOMIA

14 COMÉRCIO

06 ACONTECEU NA CDL

16 COLUNISTAS

08 QUALIFICAÇÃO

18 PALAVRA DA FCDL-RJ

Diretoria administrativa para o triênio 2014/2016 Presidente: Ricardo Rocha dos Santos Vice-presidente: Jannerson Franklin 1º tesoureiro: Mario Luiz Mello Correia 2º tesoureiro: Vera Lucia do Espírito Santo Massi 1º secretário: João Baptista de Resende 2º secretário: Leonardo Oliveira Coelho Dir. de patrimônio: Dejalma Zanon Moreira Dir. produtos e serviços: Roselito Ventura Moraes Dir. propaganda e promoções: Flávio Gameleira Júnior Dir. informática: Márcio Simões de Assis Dir. protocolo: Fabrício Salustiano da Silva Salgado Dir. de aperfeiçoamento profissional: Rui Quintanilha Barbosa

2

Conselho Fiscal Efetivo Roberto Carlos Barbosa Carvalho Diomar Leite Correa Paulo Roberto Kapler Vaz Suplente Jose Arri Gonçalves Duarte Leonardo Miguel de Rezende Rafael Machado de Souza Diretoria CDL Jovem Três Rios Presidente: Arthur Teixeira de Souza João Luiz Moraes Massi Lucas Magrani Ivan Carneiro Arnaldo Marcelo Loureiro Rafael Aleixo Fabiano Martins

| www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

Câmara de Dirigentes Lojistas de Três Rios Rua Pref. Joaquim José Ferreira, 14. Cobertura 2 - Centro - Três Rios/RJ Tel.: (24) 2251-9600 E-mail: cdltresrios@cdltresrios.com.br www.cdltresrios.com.br Agência CMI (24) 2255-4030 www.agenciacmi.com.br EXPEDIENTE Revista O Lojista – Fevereiro 2016 Tiragem: 600 exemplares Coordenação: Mateus Sacramento Editor: João Miguel (MTB 0012426/MG) Redação: Mayara Stoepke, Andressa Albuquerque, Leonardo Pelicarto. Fotos: Agência CMI/Divulgação


PALAVRA DO PRESIDENTE

PALAVRA DO PRESIDENTE RICARDO ROCHA Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Três Rios e 1º Vice-Presidente da FCDL/RJ

E

stamos iniciando um novo ano e, apesar dos noticiários serem desanimadores para a economia, temos que buscar nossos caminhos e vencer esses desafios que sempre teimam em nos testar. Já não é de hoje que enfrentamos tais dificuldades. Infelizmente em nosso país, não podemos fazer nenhum planejamento a médio e longo prazo, pois sempre nos deparamos com dificuldades criadas por aqueles que deveriam nos ajudar a gerar empregos e riquezas. Iniciamos o ano fazendo algumas alterações na campanha “Natal em Clima de Festa”, para que ela dê às lojas participantes as mesmas chances de ter um cliente sorteado. Em breve anunciaremos as novidades do “Natal em Clima de Festa” 2016. Com toda

certeza as mudanças serão para aprimorar uma campanha que é sucesso por estar sempre se reinventando. Esse é o último ano da atual diretoria. O estatuto da CDL de Três Rios traz uma cláusula de suma importância, em que nenhum presidente pode ficar no cargo por mais de dois mandatos consecutivos. Foram muito felizes aqueles que implantaram essa condição, uma vez que ninguém é tão bom que não seja substituível. Além de promover transparência a qualquer mandato, já que o próximo presidente poderá corrigir qualquer erro que tenha ocorrido na gestão anterior. Acredito que por isso a CDL Três Rios, seja tão respeitada, não somente perante os lojistas da cidade, mas em qualquer lugar em que estejamos a representando. Boa leitura a todos!

ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

3


INVISTA EM

EVENTOS CORPORATIVOS POR Mayara Stoepke

SERVIÇO

Realizar um evento corporativo com conforto e comodidade faz toda a diferença na hora de apresentar a sua empresa. A CDL Três Rios proporciona ambiente ideal no centro da cidade

U

ma boa apresentação é fundamental. Seja para um evento, uma reunião, um treinamento, workshop ou qualquer tipo de encontro empresarial. Prezar por uma estrutura que proporcione conforto e comodidade para sua realização é importante para sua empresa. Pensando nisso, a CDL Três Rios disponibiliza o seu auditório em área bem localizada no centro de Três Rios. Espaço exclusivo, sofisticado, com 4

| www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

ótima infraestrutura e capacidade para até 85 convidados. O espaço conta ainda com equipamentos de última geração (som e imagem), ambiente climatizado e assentos confortáveis. O auditório está disponível pra aluguel de segunda a sexta-feira. Para os associados da CDL Três Rios, o valor do aluguel é diferenciado com boas ofertas. 0 Peça já uma proposta pelo telefone: (24) 2251-9600


ICMS NO E-COMMERCE:

PEQUENA EMPRESA EM ALERTA POR Leonardo Pelicarto

A

internet faz parte do cotidiano de muitas pessoas no mundo. Essa realidade é ainda mais forte no Brasil. O relatório “Digital, Social e Mobile de 2015”, feito pela agência de marketing social “We Are Social”, mostra que o Brasil é o terceiro país no mundo que passa mais tempo na internet. Além disso, os brasileiros passam quase mais tempo na internet do que assistindo televisão. Um dado inimaginável há 10 anos. Com o crescimento desta ferramenta, um dos grandes pontos fortes da mesma são

as compras on-line. A cada ano elas crescem mais. Em 2015 as lojas virtuais brasileiras apresentaram um crescimento nominal de 15,3% em comparação a 2014. Esta porcentagem representa um faturamento de R$ 41,3 bilhões. Sendo assim, o e-commerce resistiu o máximo possível, porém, não houve escapatória. Em janeiro de 2016 entrou em vigor o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas vendas interestaduais on-line. Tal medida foi possível após aprovação da PEC 197/2012, que deu origem à Emenda Constitucional 87/2015. Mas o que isso representa? A nova forma de tributação

do ICMS é específica para transações não presenciais (vendas por telefone ou internet), entre dois Estados com destino a um consumidor final. A nova regra reparte o imposto recolhido, gradaA nova regra reparte o imposto recolhido, gradativamente, com o Estado de destino do produto.

tivamente, com o Estado de destino da venda do produto. Esta porcentagem ficou estabelecida da seguinte forma. Em 2016, 40% para o Estado destino e 60% para o Estado de origem. Em 2017,

60% para o Estado destino e 40% para a origem. Em 2018, 80% para o Estado de destino e 20% Estado de origem, e a partir de 2019, 100% recolhido ao Estado de destino. Para a Câmara de Dirigentes Lojistas de Três Rios (CDL-TR), a medida aumentou a burocracia e também a carga tributária que incide sobre as vendas on-line. Estes números podem influenciar negativamente o fluxo de vendas até 11%. A CDL recomenda que as pequenas empresas que utilizem o comércio eletrônico busquem informações fiscais e assessoria técnica para garantir o perfeito funcionamento das suas operações. 0

ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

5

ECONOMIA

Nova regra trouxe ajustes na divisão do ICMS até o ano de 2019


CAMPANHA NATAL EM CLIMA DE FESTA 2015 ACONTECEU NA CDL

FOI UM SUCESSO! POR Andressa Albuquerque

Maior evento de prêmios da região Sul Fluminense levou mais de 6 mil pessoas ao campo do Entrerriense

N

o dia 26 de dezembro, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Três Rios realizou com sucesso o último sorteio da campanha “Natal em Clima de Festa” de 2015. O evento, que teve seu início às 16h, no Campo do Entrerriense Futebol Clube, conseguiu reunir mais de 6 mil pessoas, mesmo com o forte calor de quase 40 graus. Os presentes concorreram a duas motos, um carro 0km e muitos outros prêmios. Uma grande festa que reuniu amigos e famílias que passaram uma tarde agradável com direito a muita diversão, recreação infantil e distribuição de brindes sob o comando do apresentador Gui Medeiros e DJ Uéslei. A consagrada Gincana da CDL Três Rios trouxe ainda mais diversão ao público, e distribuiu prêmios como smartphone e tablet 6

aos vencedores. O público participou de concurso de dança, brincadeiras com sobrenomes e o destaque ficou por conta da disputa de embaixadinhas e a escolha do melhor cantor. No sorteio final foram entregues aos participantes um total de 24 prêmios. E o grande premiado do dia foi o Sr. Manoel Cassiano, morador da Margem Direita, que ganhou o carro 0km. Sr. Manoel, que acreditou na sorte, estava no local assistindo ao sorteio e subiu ao palco para ser contemplado. O presidente da CDL Três Rios, Ricardo Rocha, entregou a chave ao aposentado e o parabenizou pela sorte e por ter prestigiado o comércio de Três Rios. “Comprando no comércio da nossa cidade, o Sr. Manoel gerou renda, impostos, empregos e ainda ganhou um carro 0km de presente”, disse Ricardo Rocha. Os consumidores

| www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

Prêmios e ganhadores Sanduicheira: Udneia Barbosa Vantine Sanduicheira: Andresa Aparecida da Silva Cruz Jacintho Cafeteira: João Marcelo Correa de Oliveira Cafeteira: Vanderleia Rosa Garcia Grill: Miquéias de Oliveira da Luz Grill: Rosangela de Fatima Motta Aparelho de DVD: Teresa de Fátima Antônio Aparelho de DVD: Peterson Gaspar da Silva Rádio Portátil: Juçara Aparecida Cabral Carvalho Rádio Portátil: Neusa da Conceição Cunha Carneiro Tablet: Patrícia de Oliveira Silva Neto Tablet: Sonia Ferreira de Oliveira Micro-ondas: Jaqueline Lancini Rosa Micro-ondas: Paulo Luiz Gomes de Oliveira Home Theater: Josue Jacinto da Cunha Home Theater: Gabriela da Silva Godi Bicicleta: Jorge da Silva Gonze Bicicleta: Adilson Seixas da Silva Mini System: Alessandro Almeida da Costa Notebook: Leandro Aparecido de Paula Freitas TV Led 32”: Rafael Costa Alves Moto Yamaha: Maria das Graças de Oliveira Cruz Moto Yamaha: Sandro Oliveira Mello Carro Volkswagen Up 0km: Manoel Cassiano


A SORTE É IGUAL PARA TODOS

Mesmo com o forte calor, consumidores de Três Rios e região marcaram presença no campo do Entrerriense. Maria das Graças de Oliveira Cruz e Sandro Oliveira Mello ainda levaram para casa duas motos 0km. Sorteios Extras agitam ainda mais a campanha

Além do grande sorteio final, nos três meses de duração da campanha, dois sorteios extras distribuíram 26 prêmios, agitando ainda mais o comércio da cidade.

A CDL Três Rios fecha a campanha de 2015 contabilizando mais de 50 presentes sorteados. Com os sorteios extras a oportunidade de levar um prêmio para a casa aumenta ainda mais, trazendo mais lojistas e participantes para a campanha. A cada ano o Natal em Clima de Festa bate recorde de retiradas de cupons,

DIRETORIA UNIDA

Diretores da CDL Três Rios no grande sorteio da campanha Natal em Clima de Festa. o que comprova sua eficácia para chamar atenção de mais e mais participantes, além de promover um visível aquecimento nas vendas dos associados. No ano de cinquentenário, a CDL Três Rios agradece a todos por comprarem no comércio local e confiarem no sucesso e na credibilidade da campanha.

Lembrando que o “Natal em Clima de Festa” 2016 também terá várias novidades. Uma delas é que a CDL Três Rios facilita a participação dos lojistas. Os interessado já podem adquirir o kit do “Natal em Clima de Festa” em até 10x sem juros e fazer parte da maior campanha de Natal do Sul Fluminense. Informações: (24) 2251-9600. 0


QUALIFICAÇÃO

QUALIFICAÇÃO É PRECISO POR Mayara Stoepke

O mercado de trabalho pede qualificação. É preciso aproveitar o momento de recessão econômica para sair na frente. Especialistas dão dicas de cursos e como se aperfeiçoar.

E

mpresários, colaboradores e candidatos a vagas no mercado de trabalho têm conhecimento do quanto competitivo tem se tornado este cenário. As qualificações para que um candidato preencha a vaga, por exemplo, ficam cada vez mais exigentes. Apesar do momento de retração, ainda há muitas vagas e áreas aquecidas, porém, algumas não são preenchidas por falta 8

de profissionais qualificados. Com o momento de contenção de custos, as organizações buscam por profissionais ja preparados e qualificados. É nesse momento que muitas pessoas buscam a “reciclagem”. Segundo José Carlos Coelho, Diretor, Consultor e Treinador da Pro-Genth Talentos Humanos, essa prática se faz extremamente necessária. “Não há como se atualizar se o profissional não olhar além de seus próprios limites

| www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

e de suas concepções estabelecidas. Se capacitar e se desenvolver exige uma mudança de consciência e postura. O profissional necessita desenvolver um novo modelo mental, forma de pensar e agir, e ser incansável quanto à identificação e internalização de novos conhecimentos”. Palestras, cursos, vídeos, aulas, entre tantas outras oportunidades e ferramentas, podem ser utilizadas em benefício de sua formação,

destaca o especialista. “A distância e o tempo não servem mais como desculpas. Criar vínculos sociais, fazer alianças estratégicas e desenvolver potenciais, são exemplos de iniciativas e atitudes que garantem melhor posicionamento e percepção de valores no mundo globalizado”. É importante escolher o curso certo, um que tenha conhecimentos fundamentais para seu plano de carreira e que converse com a


sua área de atuação. “Fazer planos e sonhar são, de fato, maneiras de alcançar metas e objetivos, porém apenas isso não é o bastante para se garantir resultados. Uma carreira ou negócio bem sucedido é fruto de inteligência estratégica, conhecimentos múltiplos e planejamento executado, administrado por lideranças visionárias que provocam movimento em benefício da realização de sonhos”, afirma José Carlos. A importância da qualificação para o mercado de trabalho não para por aí. Atualmente qualquer segmento de atividade empresarial necessita de condições de competitividade cada vez mais desafiadoras. Ou seja, o empresário também precisar estar capacitado para integrar o mercado, valorizar sua mão de obra e se destacar. Um grande aliado neste momento é o Sebrae, que tem como objetivo melhorar a gestão da empresa; melhorar o relacionamento interpessoal entre o empresário e a equipe; e preparar o empresário para as adversidades do mercado. De acordo com Fernanda Costa, consultora do Sebrae Três Rios, os cursos ajudam na gestão do negócio, pois fazem com que o empresário tenha a oportunidade de refletir so-

bre a situação de sua empresa e o ajuda a desenvolver um pensamento estratégico através de atividades práticas, proporcionando uma tomada de decisão mais acertada. Já para os gestores e a equipe, aprimoram o profissional para o mercado de trabalho, através de ferramentas que mostram como gerar resultados nas vendas (de produtos e/ou prestação de serviço); dissemina o conceito de como o bom

Além de cursos, o Sebrae o ferece consultorias em diversas áreas, com preço mais acessível do que os oferecidos no mercado Fernanda Rocha, consultora do Sebrae

atendimento impacta no aumento da receita e na fidelização dos clientes; e como uma equipe bem formada e treinada é imprescindível para o sucesso da empresa. A consultora destaca os cursos mais procurados em Três Rios.

- Pelos Empresários: De Pequeno Porte: Soluções SEBRAE MAIS. Estratégias Empresariais, Gestão Financeira, Gestão da Qualidade, Modelo de Excelência em Gestão e Encontros Empresarias. São soluções voltadas para empresas com noções básicas de gestão.

OLHAR ALÉM DOS PRÓPRIOS LIMITES

Segundo José Carlos, capacitar-se e desenvolver-se exige mudança de consciência e postura. Microempresas: Soluções NA MEDIDA. Cujo os temas são Gestão de Pessoas, Gestão Financeira, Marketing, Planejamento Estratégico, Gestão Estratégica de Vendas. Microempreendedores Individuais: oficinas que abordam temas como planejamento, vendas e finanças EMPRETEC: procurado tanto por empresários, como por potenciais empresários, estudantes e colaboradores de empresas. É uma solução que trabalha o empreendedorismo e o intraempreendedorismo. - Pelos Gestores / Equipe: Cursos de Técnicas de Vendas; Atendimento ao Cliente; Liderança e Desenvolvimento de equipes; Empretec. Segundo Fernanda, o curso Empretec é um dos melhores oferecidos pelo Sebrae, pois trabalha de forma intensa as caracte-

rísticas comportamentais empreendedoras. “Possivelmente teremos uma turma em julho, mas a data ainda não foi definida. Além de cursos, oferecemos consultorias em diversas áreas como financeira, marketing, planejamento estratégico, entre outras com o preço mais acessível do que os oferecidos no mercado. Trabalhamos com Projeto de Moda, Gastronomia, Construção Civil, entre outros, com ações e consultorias voltadas para o segmento escolhido”, ressalta. A grade de cursos do Sebrae ainda não esta definida, mas está agendado, entre os dias 23/02 e 25/02, o Curso de Liderança e Desenvolvimento de Equipes. Ótima oportunidade para profissionais que buscam começar o ano com um diferencial. 0

ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

9


RETROSPECTIVA: O ANO

DO CINQUENTENÁRIO POR Mayara Stoepke

Relembre a posse na Federação, homenagens, cursos, palestras, e outras ações da CDL Três Rios, em 2015. NOVA DIRETORIA FCDL-RJ

CAPA

E

m solenidade realizada na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Marcelo Mérida Aguiar, membro da CDL de Campos, tomou posse como o novo presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro (FCDL-RJ). Ricardo Rocha, presidente da CDL Três Rios, tomou posse como primeiro vice-presidente da entidade, e Flávio Gameleira Júnior, um dos diretores da CDL Três Rios, tomou posse como diretor Distrital. Um momento de muita felicidade e honra para Três Rios, que cedeu dois diretores para a Federação.

A

LIQUIDA RIO SUL

Liquida Rio Sul é uma grande promoção que acontece em todo o Brasil, e em 2015 passou a ser realizada pelas Câmaras de

10 | www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

Dirigentes Lojistas de Angra dos Reis, Barra Mansa, Resende, Paraíba do Sul, Três Rios e Volta Redonda. A ação movimentou o comércio da região através de promoções, descontos especiais e sorteio de prêmio. A premiação incluiu um carro de luxo, 6 caminhões de prêmios, 6 TVs de 42”, e os vendedores concorreram a tablets. Em Três Rios, as lojas integrantes da ação exclusiva que durou 10 dias, tiveram a oportunidade de aumentar as vendas no período. Para Ricardo Rocha, o projeto chegou a Três Rios com grandes expectativas por já fazer sucesso em várias cidades da região. “Ter publicidade em vários veículos de comunicação por um valor tão baixo é o grande diferencial desta campanha”, afirmou o presidente.


A

MOÇÃO DE APLAUSOS

O

FESTA DE 50 ANOS

CDL Três Rios recebeu Moção de Aplausos na Câmara de Vereadores da cidade, em comemoração aos 50 anos da entidade. A homenagem foi de autoria do vereador Fabiano Batista, e contou com a presença do diretor Diomar Leite (Didi Som) e funcionários da CDL Três Rios. A instituição recebeu com muita alegria a notícia, pois durante seus 50 anos de existência trabalha para levar ao comércio da cidade grandes oportunidades de negócios.

ano de 2015 realmente foi muito especial para a CDL Três Rios. Para comemorar meio século de lutas e conquistas, a instituição

realizou uma grande festa na Ilha de Capri. O atual presidente da CDL Três Rios, Ricardo Rocha, agradeceu a todos que fizeram parte da criação, consolidação e desenvolvimento da entidade, que hoje se destaca entre as principais organizações da cidade.

E

SEMANA DO VAREJO

m parceria com o Sebrae, a CDL Três Rios realizou a Semana do Varejo entre os dias 15 e 18 de junho. O ciclo de atividades voltadas ao fortalecimeto do varejo, fez parte da comemoração dos 50 anos da entidade, e teve como temas a crise de energia e a valorização dos clientes, além de palestra com Daniel Godri Jr. As oficinas abordaram temas que se encaixam no dia a dia dos lojistas e são de suma importância para o desenvolvimento e sucesso das organizações, trazendo conhecimento aos empresários. ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

11


O

PALESTRA CDL JOVEM

A

rganizada pelo braço mais novo da Câmara, a CDL Jovem, a palestra “Como reduzir o estresse em um momento de crise”, contou

DIGA NÃO À CPMF

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio (FCDL/RJ), deu início à campanha “DIGA NÃO À CPMF” em todo o Estado para mostrar a insatisfação da classe dos empresários, comerciantes e empreendedores em geral com a possível recriação de uma nova CPMF. A CDL Três Rios prontamente aderiu ao movimento, buscando o apoio dos comerciantes e empresários locais. Várias assinaturas foram recolhidas pelo site www.diganaoacpmf.com.br

NATAL EM CLIMA DE FESTA

F

echamos 2015 com a campanha Natal em Clima de Festa. Mais de 50 prêmios sorteados, entre eles um carro e duas motos 0km. No último sorteio, 26/12, o campo de futebol do Entrerriense Futebol Clube ficou lotado por participantes que prestigiaram as atrações e o grande sorteio. Não havia forma melhor para encerrar um ano especial, de comemoração dos 50 anos de trabalho para fortalecer o comércio da cidade. Há 50 anos com orgulho de ser lojista. 0

12 | www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

com a presença do coach Celso Moutinho, profissional do mundialmente conhecido treinamento Dale Carnegie, e buscou ajudar lojistas a supera o atual momento de crise econômica com conselhos de gestão e comportamento pessoal. O auditório da CDL Três Rios ficou com todos os lugares preenchidos por profissionais que buscam atualização e capacitação. De maneira objetiva, o encontro levou aos lojistas técnicas de gestão para usar no dia a dia da empresa e dicas para superar dificuldades financeiras, afinal, um negócio com problemas financeiros é um pesadelo para os comerciantes.


INSTITUTO SÓ CACHOS:

A BELEZA DOS CRESPOS E CACHEADOS ASSOCIADO EM DESTAQUE

POR Leonardo Pelicarto

Sendo o único instituto especializado na área, empresa foca também no pós-atendimento.

C

uidar da beleza não é vaidade, pois este ramo de negócios gera bilhões anualmente. Segundo dados da FecomercioSP, somente no ano de 2015 foram gerados R$ 20,3 bi com serviços de cabeleireiros, manicure e pedicures. O Instituto Só Cachos, associado da Câmara de Dirigentes Lojistas de Três Rios, representa muito bem a realidade do crescimento e especialização do setor. A empresa nasceu de uma demanda de mercado exposta pelos seus próprios clientes, pois solicitavam um atendimento específico para cabelos crespos e cacheados que a região não oferecia. Desta forma, a proprietária Neiva Bernardes criou a empresa que atende exclusivamente pessoas com cabelos dentro destas especificações, sendo o único instituto especializado em Três Rios e região. O leque de serviços oferecidos é extenso, mas os procedimentos mais realizados são: super relaxante, penteados, maquiagem, depilação,

manicure, design de sobrancelhas e o spa day noivas. Com 18 anos de experiência, a empresária possui staff direcionado para este público. “Na primeira semana, após o tratamento, entramos em contato para avaliar o nível de satisfação e solucionar dúvidas sobre qualquer assunto relacionado ao tratamento ou produto”, destaca Neiva. O pós-atendimento é muito importante para que os cuidados com os cabelos sejam feitos de forma adequada. O instituto possui kits de manutenção que incluem shampoo, recondicionador e umidificador de cachos. Todos manipulados por um químico especializado. Além disso, cada cliente passa por um processo de avaliação dos fios antes de realizar um tratamento. Desta maneira, é possível trabalhar em processos de restauração. Neiva também enxerga com grande otimismo a parceria com a CDL Três Rios, após ser patrocinadora da Campanha Natal em Clima de Festa 2015. “Possuímos

PARTICIPAÇÃO EM EVENTO

Neiva Bernardes (à direita) com uma cliente premiada no sorteio da Campanha Natal em Clima de Festa 2015 uma visão de novos horizontes diante do resultado positivo que nossa primeira divulgação junto à CDL tem proporcionado ao Instituto”, afirma a empresária. Com o cenário favorável, a empresa já está ampliando os horizontes com o Super Relaxante Só Cachos Kids. O serviço atende crianças de 03 a 12 anos oferecendo tratamentos que não agridem os fios que ainda estão em transformação. O Instituto Só Cachos fica localizado na Praça da Autonomia, nº 90, no Centro de Três Rios. Os telefones são: (24) 2252-0675; (24) 993061921 e (24) 98182-2491. 0 ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

13


COMÉRCIO

O

Carnaval não é apenas festa ou descanso. O período gera emprego e renda para diferentes regiões do Brasil, como Três Rios. Muitas pessoas trabalham durante os dias de festa. Algumas até mesmo meses antes para dar conta de que os blocos, trios elétricos e escolas de

samba garantam a diversão da época. A cadeia produtiva, podemos assim dizer, de um carnaval é complexa e envolve diferentes setores da economia. No momento em que a primeira escola de samba abre os desfiles, o Carnaval já influenciou a atividade industrial, o dia a dia das agremiações e também atividades paralelas

14 | www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

que sofrem efeitos indiretos da festa, como o setor de comidas e bebidas, turismo e o mercado fonográfico. De acordo com o Secretário de Cultura de Três Rios, Marcos Pinho, é preciso enxergar o carnaval além do fator cultural. A festividade que em 2016 aconteceu na primeira quinzena de fevereiro, fomentou a economia lo-

cal através de seus eventos. Inicialmente, as cinco escolas de samba principais da cidade realizam eventos durante todo o ano, trabalhando para fazer manutenção da agremiação, garantindo o ponto de vista cultural e gerando renda/empregos. “Cito nesse primeiro momento as festividades que o Carnaval proporciona durante todo o


ano com suas atividades”. Em um segundo momento o secretário cita a mão de obra que é utilizada na produção das fantasias. “São costureiras, carnavalescos, as pessoas que criam as alegorias e colocam a escola na rua. Isso emprega pessoas, gera renda e consumo no comércio local. Depois vamos especificamente para os momentos pré-carnavalescos que também agitam as festividades da cidade”. No feriado o impacto é ainda maior. Além das escolas que desfilam e dos shows, existe a vinda de pessoas para montagem da estrutura, artistas, equipes técnicas que ocupam os hotéis, utilizam os restaurantes e consomem no comércio local de uma forma em geral. “Tudo isso são recursos de fora da cidade que chegam até aqui”, destaca. Três Rios tem um carnaval que começa às 16h e vai até as 4h do dia seguinte, com

blocos e outros eventos. “Se estimarmos um público de 30 mil pessoas nas diversas modalidades da festividade, consumindo R$ 10,00, por exemplo, seriam R$ 300.000,00 gerados por dia. Em cinco dias R$ 1.500.000,00 que são recolhidos durante o Carnaval. Isso me referindo a um consumo médio, fora De acordo com o Secretário de Cultura de Três Rios, Marcos Pinho, é preciso enxergar o carnaval além do fator cultural.

gastos com farmácia, postos de gasolina entre outros que existem”, calcula. Marcos finaliza destacando a importância de perceber a cultura como geradora de empregos, renda e contribuição efetiva à manutenção econômica de uma cidade, além do ponto de vista da subjetividade, da

MARCOS PINHO, SECRETÁRIO DE CULTURA

Ressalta a importância de enxergar o Carnaval como fator econômico formação do espaço social e do pertencimento. Anívio Junior, empresário do ramo hoteleiro, aponta um crescimento no setor em torno de 20%, 30%, durante o Carnaval. “Desde o governo Celso Jacob, Três Rios vem recuperando o antigo Carnaval da região. As outras cidades têm festas de rua, mas aqui temos eventos maiores que são os shows com artistas e bandas famosas. Isso atrai um movimento para os hotéis, pois recebemos as bandas e

outras pessoas vêm conhecer o Carnaval da cidade”, afirma. Ele acredita que muitas pessoas que não conhecem Três Rios chegam até a cidade por conta do feriado. “Eu espero que essa estrutura se mantenha e cresça nos próximos anos”. Um negócio que antes tinha como referência apenas o Rio de Janeiro, tomou proporções maiores e hoje, o Carnaval move as economias das principais cidades brasileiras, tanto das capitais como dos municípios. 0


MARKETING & COMUNICAÇÃO

MATEUS SACRAMENTO

COLUNISTAS

EMPRESÁRIO, DIRETOR DA AGÊNCIA CMI E FORMAÇÃO ACADÊMICA EM NOVAS MÍDIAS.

MARKETING PESSOAL EU SOU FALHO, E VOCÊ?

D

izem que assumir defeitos ou estar ciente do que temos que melhorar, é um ponto muito importante. Então, não tenho problema em assumir: “Eu preciso melhorar meu marketing pessoal”. Faço marketing para várias marcas de todo o estado do Rio de Janeiro e deixo de fazer da minha pessoa. Ou será que não fazer marketing pessoal da forma tradicional é uma estratégia de marketing? Fica a dúvida para você pensar. Mas não vamos falar de mim! Vamos falar de teckpix você. Como anda seu marketing pessoal? Antes de qualquer coisa vamos definir: “Marketing Pessoal é uma ferramenta de promoção pessoal para “vender” a sua imagem, influenciando a forma de outras pessoas definirem você”. Para nossas empresas é mais comum pensarmos em estratégias. Mas, e para sua imagem? O que você tem feito? Sua imagem representa a sua empresa? As pessoas associam sua empresa a sua pessoa? Então, mais cuidado ainda. Antes de pensar em qualquer coisa, esqueça o velho e burro ditado “Só é lembrado quem é visto”. Essa frase de marketing não existe mais. Se você só andar bêbado pelas noites, você será lembrado como um bêbado. Ou pior, um empresário, dono da loja X, que está sempre bêbado. Claro que isso foi só um exemplo. Que fique claro que suas ações como pessoa, refletem na sua imagem da loja. Então, não é ser visto. É ser visto relacionado a algum positivo. Mas tudo pode dar certo, se for feito o certo. E não é se auto pro16 | www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

mover. É realmente mostrar maneiras e possibilidades que irão fazer com que as pessoas o vejam de uma forma positiva. Sua imagem passa a ser atribuída a algo interessante, legal, que agrega valor, ou seja, que é procurado sempre. O ultrapassado conceito de que apenas ser visto é o suficiente, não cabe mais no mundo em que o branding é cada vez mais importante. E que mais nos interessa. Como fazer um bom marketing pessoal para nossos colaboradores? Isso sim eu me importo e acredito que todos devam estar atentos. Não existe coisa pior do que um dono com imagem “mal falada” perante os colaboradores. Você perde credibilidade. Então, vamos às dicas: 1. Tenha liderança. Desenvolver habilidades de influenciar pessoas e ser um formador de opinião é fundamental. 2. Trabalhe em equipe e administre conflitos. Colabore para o desenvolvimento de seus funcionários. Afinal, uma equipe unida produz mais, melhor e com maior satisfação. 3. Valorize seu trabalho e apresente bons resultados. Sempre que houver uma oportunidade, além dos resultados apresente seus projetos e ideias, mesmo que informalmente. 4. Seja otimista e bem-humorado. Ninguém gosta de rabugentos. E agora? Se preocupar com o que falam de você? Criar estratégias? Deixar para lá? Depende de cada um. Mas acho que valeu a pena a leitura para nos alertarmos sobre que imagem estamos passando sobre nós para a sociedade e funcionários. Pare e pense aí também.


EMPREENDEDORISMO & LIDERANÇA

JOSIMAR SALLES ADVOGADO, PÓS-GRADUADO EM MARKETING, GESTÃO E CONSULTORIA EMPRESARIAL

DESAFIOS E OPORTUNIDADES

A

pós um ano de grandes turbulências. Ufa... Chegou 2016! Ano Novo, vida nova. Sonhos e realizações. Tempo de refletir, planejar, RENOVAR e construir. Após esta rápida introdução, gostaria de dividir com nossos leitores um sentimento de alívio pelo TERRÍVEL ano que se passou, com denúncias alarmantes e inaceitáveis de corrupção. Um verdadeiro “Tsunami” com abalos profundos em nossa economia. Crise política, crise econômica, crise ética, crise moral, crise institucional, crise regional, crise mundial, vendas em decadência, juros elevados, inflação em alta, demissão em massa e o pior, o sentimento de pessimismo e angústia. Finalmente chegou o novo ano e para alguns especialistas este ano poderá ser ainda pior. Será? Pode até ser, mas muitos empreendedores começaram o ano acreditando que este será o ano da sua vida. Como assim? Apesar de reconhecer as dificuldades, e respeitar a capacidade de todos, existe um ditado que diz: “Enquanto uns choram, outros vendem lenço”. Precisamos encontrar alternativas e jamais desistir. Ampliar a visão, manter a coragem e a determinação, enfrentar os novos desafios, identificar oportunidades e trabalhar ainda mais. Rever os processos, controlar estoques, avaliar o MIX, ter cautela nos novos investimentos e o mais importante, foco no cliente. Este é o momento de visão 360º. Olhar para todos os lados, olhar para dentro de si e para dentro de sua empresa, olhar

o mercado, sempre com censo crítico e realista. Identificar forças e fraquezas, vencer paradigmas, ouvir, valorizar e aplicar novos conceitos, fazer o simples com qualidade, valorizar as pessoas, comprometendo-as em suas metas e objetivos. Quem está trabalhando precisa valorizar o seu trabalho. Evitar faltas desnecessárias, ser pontual, buscar melhorar a cada dia, aprender com os erros, ser solidário, interessado, prestativo, amigo, ter carinho e atenção total com seus clientes, defender com paixão a empresa que te oferece a oportunidade de crescer com dignidade. Perguntei a um amigo, que trabalha como vendedor em uma das maiores empresas do país, qual a recomendação para estimular a equipe diante deste momento de instabilidade e incertezas, imediatamente ele me respondeu, sem pensar: “É PRECISO SAIR DO QUADRADO”. O ano está apenas começando, ainda bem que dividiram nossa VIDA em períodos de 12 meses, ano após ano, assim podemos avaliar, aprimorar e até mesmo recomeçar. É hora de agir, ter atitude, acreditar, buscar e VENCER. Só depende de nós. Saúde e sucesso. Estamos torcendo por você. Feliz Ano Novo e que Deus nos ilumine!

ANO XI | Nº 124 | FEVEREIRO | 2016 | www.cdltresrios.com.br |

17


PALAVRA DA FCDL-RJ

ACREDITE NO TRABALHO Em período de recessão econômica é preciso foco e estretégia. Dizer não à CPMF é o primeiro passo.

O

MARCELO MÉRIDA Presidente da Federação das CDLs do Estado do Rio de Janeiro e diretor da Confederação Nacional dos Lojistas.

FCDL Rio de Janeiro

ano de 2016 será difícil para a economia brasileira e consequentemente para os setores de comércio e serviços que sofrem com o aumento da carga tributária, inflação elevada, a queda na renda e a possível volta da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). A FCDL Rio de Janeiro iniciará uma campanha com informações sobre a realidade que os empresários estão enfrentando. Somos contra qualquer aumento de imposto e queremos reivindicar perante as políticas públicas. O aumento da carga tributária está nos levando a recessão e as demissões em massa. A alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) também aumentou em todo país, incidindo nos produtos e serviços mais essenciais. Não podemos continuar aceitando, pois,

18 | www.cdltresrios.com.br | 2016 | FEVEREIRO | Nº 124 | ANO XI

esse fato está atingindo as famílias, retirando então o poder de consumo, prejudicando o desempenho do comércio. É inaceitável que o Governo opte pela prática de aumentar os impostos por não conseguir se autogerir. Em setembro de 2015 iniciamos a campanha “Diga Não à CPMF”, que tem como objetivo recolher o máximo de assinaturas de empresários, lojistas e da população em geral que é contra a criação de mais impostos. As assinaturas serão apresentadas pela Federação a deputados federais do Estado, para chegar até o Congresso Nacional. Para participar, acesse o site www.diganaoacpmf.com.br . É a hora de acreditar no trabalho e traçar estratégias para se destacar e conquistar o consumidor. A inovação e a busca por novas ferramentas são essenciais para tentar driblar a crise, ter produtos de qualidade e investir no bom atendimento. A FCDL Rio de Janeiro conta com a união de todas as CDLs fluminenses para lutarmos pela nossa classe lojista, produzindo, gerando emprego, renda e desenvolvendo os negócios do nosso estado, reivindicando os nossos direitos.


Revista o lojista ed124  
Revista o lojista ed124  
Advertisement