Page 1

ALINE BARROS

Grammy Latino de melhor álbum

MINISTÉRIO INFANTIL

Ensinando o bom caminho às crianças

IVAN SARAIVA

Pastor de “Está Escrito” analisa o cristianismo do século 21

Nº 242 • R$ 10,50 • IMPRESSO • www.comunhao.com.br

D

CADERNO DE PRESENTES

Novidades para presentear nas festas de fim de ano


NESTA EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO Edição 242

20 IGREJA O mesmo contexto que distanciou a Igreja da Palavra de Deus, há 500 anos, a ameaça nos dias de hoje. Quais os desvios da Reforma Protestante que atingem os cristãos deste século? Será que um novo movimento dessa magnitude pode ser necessário para encorajar os cristãos a permanecerem naquilo que aprenderam?

08 OPINIÃO DE LEITOR 14 AGENDA 16 360º 18 MISSÕES Acompanhe o estudo devocional diariamente em todas as plataformas web

28 DEVOCIONAL 32 DIA A DIA 40 MERCADO

10 ENTREVISTA Pastor Ivan Saraiva é o entrevistado da edição. Orador da Voz da Profecia e do Ministério Está Escrito, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, ele fala sobre seu trabalho e ainda aborda temas polêmicos como pedofilia, ideologia de gênero e tecnologia.

50 PLUGUE-SE 56 O PASTOR RESPONDE 58 FIM DE PAPO

SERVIÇO 36 O ensino da Palavra começa com as crianças. Por meio do Ministério Infantil, é possível plantar a semente para gerar grandes frutos. Reportagem mostra como isso é tratado nas igrejas evangélicas e qual a sua importância.

ARTIGOS 61 C ADERNO DE PRESENTES Há mais de 10 anos a Revista Comunhão ajuda o consumidor a escolher seus presentes de fim de ano. É o Caderno de Presentes, que traz dicas fantásticas de livros, de CDs, de DVDs e outros. Não deixe de conferir! São sugestões bacanas a um preço acessível.

4

Ouça radio.comunhao.com.br

26 DÉBORA

FONSECA Ideologia de gênero

30 NANCY

DUSILEK Diante do espelho

44 LOURENÇO

STÉLIO REGA A Bíblia GPS, seguro para a Igreja na sociedade

comunhao.com.br


EDITORIAL

D

eus permitiu que eu fizesse minha “estreia” neste mundo na data anterior ao Dia da Reforma Protestante, assunto que Comunhão vem tratando sob variadas visões nas últimas edições, com matérias especiais e artigos. Voltando ao sentido original da palavra “comemorar” – termo derivado do latim e que significa “trazer à memória” –, pondero sobre minha vida e sobre meu envolvimento com o Criador, assim como esta edição traz essa reflexão em forma de entrevista com o pastor Ivan Saraiva e com a matéria especial “Por uma nova Reforma!”. Penso: será que a base do cristianismo não seria o constante processo de análise sobre se estamos fazendo a obra do Pai assim como Ele deseja que façamos, tanto como Igreja (corpo) quanto como pessoa? Convido você a pensarmos juntos sobre isso. A Bíblia é taxativa em Provérbios 22:6: “Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e, mesmo com o passar dos anos, ela não se desviará deles”. Por isso, nossa equipe fez uma bonita matéria sobre o Ministério Infantil, com direito a orientações de como conduzir essa vocação na sua comunidade. Infelizmente não poderíamos deixar de abordar a dolorosa tragédia ocorrida no Texas, Estados Unidos, no pequeno distrito de Sutherland Springs. No dia do ocorrido, falei com várias lideranças no país. A preocupação era com a sociedade armada aliada à degradação social, algo que se tornou uma epidemia e está chegando às igrejas. O compromisso da Comunhão é colocar esse assunto em construção. Nossos articulistas também contribuíram para tornar esta revista mais rica, com assuntos contemporâneos importantes. Debora Fonseca fala sobre a reorientação da sexualidade e do núcleo familiar; Nancy Dusilek discute sobre a dificuldade que é lidar com as crises que passamos em nossas vidas; e o nosso PhD Lourenço Stelio Rega, diretor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo, faz uma brilhante defesa sobre uma realidade marcante: a Bíblia não é um livro com teorias e históricas abstratas, e sim é mais atual do que nunca. Acompanhe o melhor do que acontece no meio cristão na plataforma Comunhão, que, além desta apresentação imprensa, disponibiliza a versão digital do conteúdo em PDF interativo, com textos exclusivos, e diariamente no nosso site www.comunhao.com.br. Há muito mais a se aproveitar. Boa leitura!

Comunhão é uma publicação mensal da Next Editorial, empresa cristã, que tem por objetivo promover a mensagem do Evangelho e a edificação do povo de Deus no Estado do Espírito Santo e no Brasil.

www.nexteditorial.com.br

Diretor-Executivo: Mário Fernando Souza Diretora de Operações: Julicéia Dornelas EDITORIAL Editor-Executivo: Mário Fernando Souza Gerente Editorial: Elisângela Egert Coordenadoras de Conteúdo: Luciene Araújo e Fernanda Neves Apoio de Redação: Mara Cimero Apoio de Produção: Bruna Schnerock Textos: Ayanne Karoline, Heloyse Faustino, Priscilla Cerqueira, Karol Mayra, Lilia Barros, Luciene Araújo, Rafael Ramos e Tais Hirschmann Edição de Arte: Fábio Barbosa, Hobberson Miranda e Michel Sabarense Fotografia: Jackson Gonçalves, Michel Sabarense, fotos cedidas e arquivos Next Editorial Colaboraram nesta edição: Debora Fonseca, Lourenço Stelio Rega e Nancy Dusilek PUBLICIDADE Coordenador de Publicidade: Felippe Gama Executiva de Contas: Dayse Mathias Apoio comercial: Lívia Souza (27) 2123-6506 – publicidade@nxte.com.br MERCADO LEITOR Analista de Marketing: Jéssica Nonato Assinatura:(27) 2123-6525 Serviço de Atendimento ao Assinante Segunda a sexta: das 9h às 18 horas REDAÇÃO E-mail: redacao@nxte.com.br Endereço: Avenida Paulino Müller, 795 Jucutuquara Vitória/ES – CEP 29040-715 Informações e sugestões: (27) 2123-6500 (27) 2123-6517 2123-6514 99689-7285 redacao@nxte.com.br loja.comunhao.com.br | Chat

comunhao.com.br

radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br/digital

loja.comunhao.com.br

Mário Fernando Souza Editor-executivo mario.com@nexteditorial.com.br @mfernandus

6

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


OPINIÃO DO LEITOR Envie sua opinião sobre a revista e suas reportagens, sugestões de pauta e notas para as colunas pelos nossos canais

DESIGREJADOS

redacao@nxte.com.br

+ VISUALIZADAS • “Fé com Pipoca” propõe reflexão bíblica em conteúdos geeks Dica de livro do pastor Vinicius Miranda, que une fé, filmes e séries • Índio xavante faz faculdade de Letras para traduzir a Bíblia Silvério Orewawe mudou-se do Mato Grosso para o Rio de Janeiro para cumprir seu propósito • Maior evento da juventude assembleiana capixaba Cerca de 7.500 jovens participaram dos 4 dias de Congresso da Umades • Filme conta a história de jovem cristã vítima em massacre Baseado nos diários da jovem, “Uma Vida com Propósito” mostra como ela fazia a diferença em sua escola

8

Ouça radio.comunhao.com.br

“Parabenizo a Comunhão pela matéria, até ministrei aula na EBD sobre o tema para os jovens. Entendo que temos autoridade de Cristo para fazer suas obras sem ter que adotar um nome de denominação. Precisamos ser igreja em todos os lugares, o tempo todo. Mas não concordo em deixar de cultuar, o templo não pode ser banalizado. A comunidade deve existir para que não percamos os princípios diante de tantas informações que surgem.” Sirlane de Oliveira, Assembleia de Deus

FAMÍLIA

ATUAL

“Eu assino a Comunhão há muitos anos e acompanho todas as publicações mensais. Adoro ler os assuntos que tratam sobre a família e as relações com os filhos. Além de serem edificantes, sempre aprendo algo de novo para melhorar o convívio familiar com base no que a Bíblia nos ensina.” Maria da Glória, Igreja Batista

“A revista é muito boa como um todo, sempre com temas atuais e matérias relevantes. Como temos poucas opções de fonte de informações seguras e sérias para o público cristão, a Comunhão se destaca por sua qualidade. Os artigos de opinião agregam posicionamentos firmes e interessantes. Gosto muito da leitura e recomendo a todos.” Josino Bragança, Comunidade Batista Cristã

REFLEXÕES “A leitura da revista é muito agradável. A Comunhão trata o Evangelho com muito cuidado e traz as pessoas à realidade bíblica, sem distorções da verdade e sem ser conivente com os modismos que vivem aparecendo por aí. Gosto muito das reflexões dos devocionais diários que nos fazem parar e querer melhorar em alguma área da nossa vida. Por mim, podem continuar por esse caminho.” Eny de Oliveira, Igreja Cristã Maranata

CANAL ÍMPAR “A Comunhão é um canal ímpar de informação para o público cristão. Suas reflexões, informativos e matérias com o enfoque na família cumprem o papel de preencher a lacuna editorial no segmento cristão no país.” Rafael Simões, Assembleia de Deus

TECNOLOGIA EM PROL DO REINO “Muito interessante a matéria sobre a tecnologia em prol do Reino de Deus! A entrevista trouxe de forma simples algumas verdades sobre a conexão entre o mundo dos negócios e o nosso chamado de levar o Evangelho a toda criatura. Devemos ter isso em mente o tempo todo, afinal, missão é agora, é onde estou.” Karen de Azevedo, Batista Betel Renovada

NAS REDES SOCIAIS www.comunhao.com.br revistacomunhao revistacomunhao @revistacomunhao redacao@nxte.com.br 27 99689-7285

comunhao.com.br


ENTREVISTA por Lilia Barros

IVAN SARAIVA PASTOR DO MINISTÉRIO “ESTÁ ESCRITO” FALA SOBRE A JUVENTUDE E DESAFIOS PARA IGREJA

Ouça o conteúdo desta matéria no site da Comunhão

N

ascido em Curitiba (PR), o pastor Ivan Saraiva, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, formou-se em Teologia e Pedagogia, assumiu diversos cargos e, atualmente está à frente do Ministério Está Escrito. Voltando sua ações principalmente para um público externo ao meio eclesiástico, ele conta como desenvolve sua forma de comunicar o Evangelho. Nesta entrevista, aborda temas polêmicos como pedofilia, ideologia de gênero, tecnologia e omissão da igreja, além de destacar seus planos para 2018. Confira. Como iniciou sua vida cristã? Eu não tinha nenhuma denominação religiosa. Não era nem católico praticante, nem evangélico, nem espírita. Não era nada. Mas estudava numa escola adventista perto da minha casa, e isso era muito cômodo. Foi nessa escola que dei meus primeiros passos dentro do cristianismo. Em alguns momentos, aquilo me atraiu; em outros, me afastou. Mas conheci um professor de Religião que tinha uma abordagem diferente, muito mais inclusiva. O seu jeito de ver e encarar o adolescente me 10

Ouça radio.comunhao.com.br

“Tenho uma proposta muito simples para o cristianismo: fechar todas as igrejas e voltar para a Bíblia”

encantou. Então pensei: “Puxa! Existe vida inteligente divertida dentro do cristianismo!”. Comecei a estudar um pouco mais a Bíblia. E foi assim, até compreender a vontade de Deus. Seus vídeos com reflexões no Ministério Está Escrito chegam a milhões de celulares. Existe alguma preocupação de que seu nome, sua imagem, fique maior do que a mensagem? Tenho essa preocupação. Desenvolvo um ministério na televisão, na TV Novo Tempo, na rádio e nas plataformas digitais. E tenho muito claro na minha mente que quem pode atrapalhar tudo sou eu. As pessoas precisam de Deus e de Sua Palavra. Ela é perfeita; Deus não erra. Então, quem pode atrapalhar? As minhas orações antes de pregar, antes de gravar, é para que o Senhor me ajude, porque se eu não atrapalhar já vai ser um grande favor que presto à pregação do Evangelho. No início do meu ministério, cometi a insanidade de orar pedindo a Deus eloquência e, ao longo do tempo, fui percebendo que essa comunhao.com.br


característica pode ser um fator destruidor. Quando o orador é maior do que o conteúdo que apresenta, é um perigo. Já pedi perdão a Deus dizendo: “Senhor, eu não quero eloquência, eu quero que Tua mensagem chegue e que minha eloquência não impeça que as pessoas vejam o que elas precisam enxergar”.

“Se Jesus Cristo vivesse hoje em dia, talvez ele não fosse cristão, porque a gente deturpou muito o cristianismo”

Como lida com as críticas? E de onde vem tanta inspiração? Não me pauto pelos elogios nem pelas críticas. Caso contrário, estaria morto. As duas coisas podem matar você. A questão não é o que eu quero pregar ou por que está todo mundo pedindo que eu pregue. Por exemplo: hoje há um debate grande com relação à ideologia de gênero e também uma pressão para se falar disso. E sinto que em algum momento eu vou falar, mas Deus está montando as coisas dentro do meu coração e da minha mente. Então, não adianta eu colocar a carroça na frente dos bois. Preciso saber o que o Espírito Santo está dizendo, porque não quero ganhar um debate, quero ganhar corações. Não quero estar certo e provar que estou certo. Quero poder fazer um contraponto a tudo isso que está acontecendo, para talvez ajudar a minimizar a raiva e o ódio arraigados nessa disputa que está existindo entre católicos e evangélicos, que estão neste momento no mesmo barco, e parte da sociedade, que é uma minoria, está fazendo muito barulho, tentando impor algumas coisas. Não quero ser mais um falando contra ou a favor. Gasto mais tempo orando do que preparando, porque Deus é quem tem que dar a mensagem. O meu público não é a Igreja Adventista. Meu ministério se voltou para todas as pessoas, de todas as denominações: kardecistas, evangélicos, protestantes, pentecostais, católicos, anglicanos. A Palavra de Deus precisa nos unificar e nos mostrar um caminho onde o amor esteja recheando tudo isso.

Então, quando a gente inverteu e colocou o pecador no centro, e não Cristo, a gente criou uma outra religião. Brinco que, se Jesus Cristo vivesse hoje em dia, talvez Ele não fosse cristão, porque a gente deturpou muito o cristianismo. Saímos muito daquilo que a Bíblia apresenta na Igreja primitiva. Precisamos fazer um resgate, voltar ao Evangelho. Tenho uma proposta muito simples para o cristianismo: fechar todas as igrejas e voltar para a Bíblia. Vamos fundar a religião cristã. Estamos perdidos dentro de nós mesmos. Precisamos voltar para o Evangelho, repensar algumas coisas e baixar a bandeira da nossa igreja e levantar Jesus e a proclamação desse Cristo vivo.

A propósito, a Igreja se dedica mais às atividades do que à oração? Vivemos uma crise sem precedentes no cristianismo. Essa ideia de que nós temos 1,3 bilhão de cristãos no mundo, isso não existe. Temos milhões de católicos, milhões de assembleianos, batistas, adventistas, mas cristãos são poucos. Corro o Brasil inteiro, o mundo, e vejo as pessoas levantando mais a bandeira da sua denominação do que a do cristianismo. Elas são mais fiéis às suas igrejas do que a Cristo. Jesus parou de ser o centro da nossa mensagem, e a gente colocou o pecador ali. As igrejas estão mais preocupadas com a felicidade dos crentes do que com a santidade deles.

“Precisamos baixar a bandeira da nossa igreja e levantar Jesus e a proclamação desse Cristo vivo” comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

11


ENTREVISTA

O que pensa sobre os movimentos de cristãos que não se adaptam à Igreja e estão voltando para os encontros? Isso é um grito das pessoas, procurando uma outra coisa diante da falência da instituição Igreja. Quando, ao fazer o check-in no hotel, preencho a ficha com a profissão pastor, as pessoas dão uma risadinha, porque a nossa vocação ministerial foi achincalhada. Hoje, falar que é pastor é tão constrangedor quanto dizer que é deputado. Então, há falência dentro da instituição Igreja, e as igrejas não se apercebem disso. Os movimentos de pessoas que querem voltar para os lares mostra a procura pela espiritualidade e não pela religiosidade, mas a Igreja minimiza isso, ela não está vendo que se trata de um movimento que vai se tornar cada vez maior. A gente precisa de uma reforma também dentro da Igreja, porque, quando os bons saem, fica ainda pior a instituição. A Igreja foi fundada por Cristo. O Corpo de Cristo precisa ser fortalecido, precisamos ser sal. É uma denúncia também? Claro! E a gente precisa saber onde está errando. Qual é o nosso foco? Por que as pessoas estão sentindo isso? Por que não conseguem sentir a mesma espiritualidade na igreja, assim como sentem nos

12

Ouça radio.comunhao.com.br

“Vivemos um processo de sodomização do mundo. As coisas vão piorar e muito” lares? Como está a nossa liturgia? Será que não estamos imitando demais o mundo? Será que a gente não está fazendo show demais e tocando pouco o coração? Precisamos fazer uma reflexão sincera e estar dispostos a mudar, mesmo que percamos público, audiência nas redes sociais, nas mídias... Quando se quer abraçar o muito, aperta-se pouco. Então, torna-se um negócio meio plasma, meio clara de ovo, sem sabor. E a pessoa vai buscar alternativas, que nem são as melhores. A porta é estreita, o caminho é apertado, então não é tão simples achar assim. Diante das tentativas de se descaracterizar princípios e de se criminalizar a família, que orientações daria? Vivemos um processo de sodomização do mundo. As coisas vão piorar e muito, muito mais do que você imagina. Tenho dito uma coisa que talvez escandalize alguns, mas a nossa geração ainda verá debates a respeito da legalização da pedofilia, e isso não está longe de acontecer. Vou explicar por quê. Existem ONGs no mundo inteiro defendendo isso. E sabe qual é a lógica deles? Sexo é uma expressão de amor. Por que eu não posso expressar dessa maneira meu amor pelo meu filho ou por uma criança? Na Holanda, por exemplo, é lei uma criança de 12 anos, se quiser, poder se casar com qualquer pessoa, inclusive irmão. Se for consensual, ela pode, e os pais não têm autoridade para impedir. Então, caminhamos a passos largos para isso, e o que nós estamos vendo no Brasil é essa ditadura da minoria. Nós temos um grupo que detém o poder da comunicação, que impõe isso à sociedade, de maneira impressa e na rádio, na TV e na internet. Eu vejo distorções. Deus nos fez livres e anjos livres a ponto de Lúcifer se transformar num diabo. Quem sou eu para impedir a liberdade de alguém? Agora, preciso ter o direito de exercer minha liberdade. Acho interessante, porque, agora, com a ideologia de gênero, a ideia é assim: o menino não nasce menino, a menina não nasce menina, você não pode dizer pra ele que ele é menino, nem dizer pra ela que ela é menina, mas o gay nasce gay. Tem coisa que a gente não entende. Na Universidade Federal de Minas Gerais, um grupo de rapazes brancos, loiros e de olhos azuis pediu para entrar na cota da instituição, legalmente, judicialmente, como negros, argumentando: “Sou um negro preso no corpo de um branco, então me sinto negro, eu sou negro. Você pode achar que eu não sou, mas sou negro. Então quero entrar na cota”. A gente vai a extremos para mostrar o absurdo da opressão da minoria querendo se impor. Eu não sou a favor da ideologia de gênero, sou a favor da ideologia de Gênesis, macho e fêmea, porque isso é biológico, é lógico, é reprodutivo, e porque a humanidade está nesse caminho há 6 mil anos, pela cronologia bíblica. comunhao.com.br


Falta posicionamento dos cristãos? Sim. Precisamos nos posicionar mais e melhor, com mais força. E, além de falarmos, agirmos. Em que sentido? Se existe um determinado meio de comunicação que impõe isso, temos que parar de assistir e não ficar só escrevendo notinha no Facebook. Pode me explicar o que a Avon, O Boticário e o Omo (marcas que fazem propaganda em seus produtos incentivando a ideologia de gênero) têm a ver com a educação dos meus filhos? Preciso me expressar, agir e assumir esse posicionamento de forma mais radical, porque o momento exige isso. Eles estão crescendo, impondo-se. Lembro-me da frase de Martin Luther King: “Não temo o grito dos maus, mas o silêncio dos bons, dos que se omitem”. Na Segunda Guerra Mundial, 80% da Alemanha não eram nazistas radicais, não concordavam com as câmaras de gás nem com os campos de concentração, mas esses 80% fizeram alguma diferença na história? Nenhuma, porque se calaram; ou pela omissão da ignorância ou porque não queriam arriscar suas vidas. Eles estão atacando, criminalizando a família, estão vindo com artilharia pesada, e a gente se defendendo com escudinho de plástico. Há uma desproporção nessa guerra. Achei interessante que a igreja Assembleia de Deus se posicionou sobre o Santander, responsável pela exposição de obras de artes e quadros polêmicos mostrando imagens de estupro e pedofilia, no Rio Grande do Sul. Entretanto o que a gente vê é uma postura de “vamos deixar do jeito que está para ver como é que fica”. Com isso, eles estão tomando cada vez mais espaço. No dia em que se impuserem legalmente, vai ser tarde demais. A hora de lutar é agora. Por que o Encontro Mundial na Alemanha, em 2018, será voltado para a juventude? É um período muito complexo da vida. É um processo hormonal absurdo. Algumas leituras podem nos ajudar; outras, nos prejudicar. A gente precisa oferecer aquilo que os jovens necessitam, porque aquilo que querem não é necessariamente o que vai ajudar a firmá-los na Palavra de Deus. Fico muito preocupado quando vejo no nosso meio evangélico essa quantidade absurda de shows. Não me refiro só a apresentação de um cantor mas também ao culto-show, no qual as pessoas passam uma hora e meia cantando. Os cristãos estão em busca de êxtase e de menos comunhão. Se é o que atrai, então é isso que o povo faz, e as igrejas estão cheias de pessoas vazias, sobretudo nessa fase da vida de juventude, adolescência e pré-adolescência. Se tem youtuber popular que faz um monte de piadas, então o cara diz: “Esta é a sacada, vou ser engraçadão e fazer uma edição bem legal para ter

“Nossa geração ainda verá debates a respeito da legalização da pedofilia, e isso não está longe de acontecer” comunhao.com.br

muitos seguidores”. A gente precisa perceber o que estamos oferecendo e para onde estamos conduzindo esses jovens. Certa vez, Jesus pregava para uma multidão, e todos foram embora. Ele olhou e disse: “Vocês querem ir embora também?”. Mas os discípulos responderam: “Senhor, para onde iremos? Só o Senhor tem as palavras da vida eterna”. Mas nós temos medo de esvaziarmos os auditórios das nossas igrejas. Enquanto tivermos medo, vamos continuar fazendo show, continuar preocupados com o ar-condicionado, com conforto, porque precisamos tratar bem, fazer com que as pessoas voltem. Esse é o nosso problema. Planos para 2018? Vou focar as redes sociais. Minhas reflexões chegam a 15 milhões de celulares, mas sei que posso fazer mais. Deus está me chamando para isso. Nossa primeira tela hoje é o celular, e eu preciso estar onde as pessoas estão.

Ouça a entrevista no site www.comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

13


AGENDA 16 E 17 DE DEZEMBRO

FLORDELIS EM CARIACICA No sábado, a cantora Flordelis ministrará a palavra e o louvor na Igreja Redenção, em Cariacica (ES), a partir das 19 horas. No domingo, haverá o Musical de Natal com coral, dança e teatro, no mesmo horário.

20 A 23 DE DEZEMBRO

NATALELUIA

25 A 27 DE DEZEMBRO

ÁRVORE QUE CANTA A tradicional cantata de Natal é promovida pela Primeira Igreja Batista de Vitória (ES). Os convites devem ser trocados por 1kg de alimento não perecível e retirados na secretaria da igreja. Informações: (27) 3434-6600.

03 DE DEZEMBRO

CORRENDO COM A BÍBLIA A concentração da corrida organizada pela Igreja Batista da Lagoinha será às 7 horas na Praça Albert Dalva Simão, Pampulha (MG). A prova promete impactar BH. Informações: www.correndocomabiblia@gmail.com.

9 DE DEZEMBRO

NATAL BLACK O maior evento de black music gospel do país terá oito horas de muita alegria e louvor com Ao Cubo, Coral Kemuel, Templo Soul, Lito Atalaia e outros. Será na Arena Renascer, do Ginásio Portuguesa (SP).

10 DE DEZEMBRO

MARCHA DA BÍBLIA A caminhada com as famílias das igrejas da Grande Maruípe, em Vitória (ES), sairá às 8 horas da Nova Vida do Itararé e vai se concentrar às 9h30 na Rua das Palmeiras. O evento, que celebra o Dia da Bíblia, comemorado no segundo domingo de dezembro, engloba 11 igrejas evangélicas de diferentes denominações.

O espetáculo natalino é realizado pela Primeira Igreja Batista de Curitiba (PR) há duas décadas. Neste ano, serão pelo menos 700 pessoas envolvidas na encenação. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.nataleluia.com.br.

09 A 13 DE FEVEREIRO

VOX CONFERENCE Opção para o feriado de carnaval, com avivamento, música boa e ministrações da palavra, o evento ocorrerá na Central Luxemburgo, sendo promovido pela Igreja Batista Central de Belo Horizonte (MG). Informações e ingressos no site www.sympla. com.br/vox-conference.

10 A 13 DE FEVEREIRO

UMADEGO 2018 A 56ª edição do evento da União de Mocidade das Assembleias de Deus do Estado de Goiás acontecerá na Arena Goiânia (GO). Entre as participações musicais estão as de Laura Souguellis, Fernanda Brum, Kemilly Santos, Nivea Soares e Tom Carfi. Os pastores Claudio Duarte e Lucinho Barreto são preletores. Informações: (52) 98521-8766.

10 A 13 DE JANEIRO

JESUS VIDA VERÃO A 27ª edição do maior evento evangelístico de praia do país está confirmada. O público poderá louvar com grandes nomes da música cristã, na praia de Itapoã, em Vila Velha (ES). Em breve divulgaremos a programação!

11 DE DEZEMBRO

TROFÉU GERANDO SALVAÇÃO A 3ª edição do prêmio homenageará os grandes nomes da música gospel que se destacaram em 2017. Os artistas concorrem nas categorias como músico, cantor, banda e videoclipe, entre outras. Votação aberta no site www.trofeu.gerandosalvacao.com.br. A entrega dos troféus acontece no Citibank Hall, em São Paulo 14

Ouça radio.comunhao.com.br

Acompanhe mais informações no site: www.comunhao.com.br

comunhao.com.br


CHINA FECHA ESCOLA CRISTÃ POR FAZER “LAVAGEM CEREBRAL” NAS CRIANÇAS O Par t ido C omunist a da China, apesar de tentar mostrar uma face moderna do país, continua agindo como nos tempos da revolução de Mao Tsé-Tung. Uma es col a cr ist ã na província de Henan foi fechada pelas autoridades após acusações que a instituição promovia “lavagem cerebral” nos alunos. A China Aid, organização que monitora as violações da liberdade religiosa naquele território oriental, informou que os oficiais de segurança chegaram à casa de uma cristã e confiscaram livros utilizados para ensinar a Bíblia para crianças. O governo local recentemente intensificou a repressão ao cristianismo e reforçou restrições aos mais jovens que frequentam eventos religiosos. O novo “Regulamento Sobre Assuntos Religiosos”, que deverá entrar em vigor no início do ano que vem, tornará praticamente impossível que menores de 18 anos tenham contato com qualquer manifestação de fé.

BATISMOS EM CAIXAS-D’ÁGUA NA FLÓRIDA O evangelista Anthony Durden publicou nas redes sociais um vídeo em que batiza membros de gangues e traficantes em uma caixa-d’água nas ruas de Miami, na Flórida (EUA). Ele afirmou que está em uma missão de “salvar almas” e que as conversões são legítimas. Seus vídeos já foram vistos por mais de dois milhões de vezes, e ele espera que sejam uma “inspiração” para outros pregadores. No seu projeto de evangelização, Paz na Vizinhança, a maioria dos alcançados ainda estão nas ruas. “Muitos estão envolvidos em gangues e com as drogas. Muitos estão lutando diferentes batalhas espirituais, mas nós vínhamos ministrando para eles havia algum tempo, antes de os batismos acontecerem”, afirmou o pastor, que já morou nas ruas e foi viciado em drogas.

DESCOBERTA NO MURO DAS LAMENTAÇÕES Arqueólogos israelenses encontraram um anfiteatro romano com mais de 1.800 anos de idade, localizado oito metros abaixo do Muro das Lamentações, no centro da Cidade Velha de Jerusalém. A descoberta confirma os relatos dos historiadores Flávio Josefo sobre essa construção junto à muralha original. Centenas de peças foram desencavadas, incluindo vasos de cerâmica e moedas que comprovam a datação. Com o achado, foi possível revelar mais um pedaço do Muro das Lamentações que estava soterrado havia, pelo menos, 1.700 anos. O lugar, considerado o mais sagrado para o judaísmo, é visitado por cerca de 3 milhões de pessoas por ano.

MÉDICOS SE REÚNEM NA RÚSSIA PARA FALAR DE MILAGRES A 14ª Conferência Médica Cristã Internacional, realizada em outubro pelo ministério WCDN, contou com a presença de aproximadamente 500 médicos e outros profissionais de 13 países, incluindo, além da própria Rússia, a Coreia do Sul, Israel, Itália, Holanda, Espanha e Bielorrússia. O grupo reuniu-se para apresentar e compartilhar vários casos de cura sobrenatural que ocorreram pelo poder de Deus. Somente nessa conferência, seis relatos foram expostos, referentes a problemas de saúde como artrite, apendicite aguda, tuberculose pulmonar, fraturas complexas, cegueira e estrabismo. As recuperações aconteceram após orações, como as do reverendo Dr. Jaerock Lee, fundador e presidente do ministério WCDN e pastor da Igreja Central Manmin. Além de ser uma grande reunião de testemunhos impactantes, a conferência acabou ganhando um expressivo significado, tendo em vista das recentes leis “antiterroristas” da Rússia, que restringe o trabalho evangelístico dos cristãos protestantes.

MENINA CRISTÃ FORÇADA A SE CONVERTER AO ISLÃ É RESGATADA Uma menina cristã de 16 anos foi sequestrada em 28 de junho para ser “convertida ao islamismo”. Ela foi vendida e obrigada a se casar com um muçulmano. Depois de 92 dias presa, a adolescente foi liberta e retornou à família após a polícia encontrá-la e prender quem a levou. O rapto faz parte de uma série de desaparecimentos na qual garotas cristãs estão sendo alvo de redes islâmicas, que as forçam a aderirem ao seu credo. Em seguida, os integrantes casam-se com elas ou as vendem. Uma das estratégias usadas pelos sequestradores para ganhar a confiança das jovens é declarar amor a elas e manifestar o desejo de se converter ao cristianismo em nome dessa relação.

16

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


ACONTECE AGENDA SAÚDE

NOVEMBRO AZUL

FALAR DE SAÚDE MASCULINA AINDA É UM TABU

S

ai o rosa de outubro, entra o azul de novembro, mês destinado à conscientização sobre um tipo de doença que leva à morte cerca de 14 mil homens no Brasil todos os anos: o câncer de próstata. A patologia é motivo de alerta por ser a segunda mais comum entre homens no país, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), perdendo apenas para o câncer de pele. Com o objetivo de levar mais conscientização, foi criada a campanha Novembro Azul. No Espírito Santo, várias instituições, inclusive as igrejas, promoveram ações durante o período. O pastor da Assembleia de Deus Ministério Vida Abundante, de Cariacica (ES), Paulo Cezar Oliveira, reconhece a participação das congregações nesse processo, mas lamenta a falta de um maior engajamento por parte delas. “Toda ação que se faz para a saúde é importante. A igreja precisa cumprir esse papel social. Acredito que precisávamos nos envolver mais nesse processo, promovendo palestras e campanhas ligadas à saúde do homem”, explica.

NÚMEROS Foram registrados

61.200

casos no país em 2016.

A prevenção é a chave do combate!

yy1 a cada 2 homens acima de 50 anos de idade será afetado pela doença; yyA taxa de cura e de controle é bem alta para os casos iniciais, podendo ser superior a 99%. Mas, quando apresentam metástase, essa sobrevida gira em torno de 30%.

Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

comunhao.com.br

Várias cidades do Espírito Santo aderiram à campanha, promovendo atividades. Em Vila Velha ocorreram palestras, rodas de conversa, exames laboratoriais e distribuição de folders nas unidades de saúde. Na capital Vitória, as 29 postos do município oferecem consultas específicas. A Associação de Urologia do Espirito Santo, com médicos e alunos de Medicina de uma faculdade da capital, também fez sua mobilização. Entregou folders com o objetivo de disseminar o movimento e trazer um alerta sobre a importância do diagnóstico precoce. As mulheres receberam ainda orientação para incentivar os companheiros a se cuidarem. A associação atende muitos casos de câncer de próstata para tratamento. A Igreja Evangélica Leão de Judá, em Vitória, realizou atividades em prol da campanha, em um shopping center da Serra. Além da distribuição de panfletos, teve oferta de serviços de saúde como pressão arterial e teste de glicemia. Embora as estatísticas apontem a elevada frequência, muitos homens ainda têm receio ou preconceito em fazer os exames clínicos. Isso faz com que só procurem ajuda médica quando surgem complicações devido ao estágio avançado do problema, o que prejudica o tratamento. A idade recomendada para iniciar os procedimentos é 50 anos. Mas quem tem ocorrências de tumores em parentes de primeiro grau, como pai ou irmão, deve começar mais cedo, aos 45. O câncer de próstata afeta mais da metade dos homens acima de 50 anos de idade, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). A taxa de cura e de controle é bem alta para os casos iniciais, podendo ser superior a 99%. Mas, quando apresentam metástase, essa sobrevida gira em torno de 30%. “O câncer de próstata nos dá muita oportunidade de diagnóstico e tratamento. Mas, quando os sintomas começam, pode ser que a doença já esteja em estado localmente avançado”, alerta o urologista Sérgio Riguete Zacchi. revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

17


MISSÕES

ORAÇÕES NO SUL DA ÁSIA

CARTA DE DETENTO LEVA BANDA À PRISÃO Após receberem a carta de um detento da prisão de Folsom, na Califórnia (EUA), os australianos do grupo gospel Hillsong United decidiram conhecer o local. O autor da correspondência que culminou na visita da banda, Lothar Preston, escreveu que se entregou a Cristo através das canções do ministério, o que os encorajou ainda mais. Além de conhecer Preston, a banda passou um tempo com os detentos e cantou louvores. Os músicos também se apresentaram na prisão feminina de West Virginia. Em ambas as visitas, os componentes contaram com o apoio do ministério God Behind Bars (Deus por Trás das Grades).

BÍBLIAS SÃO ENVIADAS À COREIA DO NORTE POR BALÕES Após viver três anos como prisioneiro em campos de trabalho da Coreia do Norte, Jung Kwang-il, que hoje mora nos arredores da Coreia do Sul, decidiu enviar Bíblias digitais e outros materiais para o país através de unidades USB, cartões de memória e demais dispositivos. Tudo por meio de balões, cujos destinos são monitorados por meio de GPS. Jung é o fundador de um grupo chamado “Sem Cadeias”, que tem sede na região da província sul-coreana de Gyeonggi, perto da fronteira da Coreia do Norte. Os dispositivos de armazenamento digital são doados por estudantes das faculdades dos Estados Unidos.

Uma caravana voluntária de Missões Mundiais passou pelo sul da Ásia para 12 dias de oração. O grupo esteve num dos países mais populosos do mundo, com quase 2 bilhões de pessoas, das quais cerca de 90% nunca ouviram falar do Evangelho de Jesus Cristo. Em um dos muitos locais visitados, está o principal rio do país, no qual hindus celebravam o Diwali, o Festival das Luzes, onde se comemora a vitória de um deus sobre o mal. Os religiosos, que acreditam em vários deuses, acendem pequenas lâmpadas, vestem roupas novas, comem doces e soltam fogos de artifício. Os missionários fizeram orações à margem de um rio pela vida e pela libertação das pessoas ali presentes.

DOCUMENTÁRIO SOBRE EVANGELISMO EM FESTIVAL O missionário Luca Martini (à direita na foto) fez uma viagem ao festival anual de rock da Polônia, um dos maiores do mundo, o Woodstock, que aconteceu no início de agosto. O objetivo foi anunciar o Evangelho às pessoas participantes do evento e filmar um documentário sobre a necessidade de iniciativas de evangelismo de tribos urbanas. A proposta de Luca é mostrar, no vídeo, que a Igreja precisa exercer sua identidade fora das quatro paredes. No curta-metragem, há várias abordagens a pessoas que circulam pela arena. Um ateu abordado pelo missionário logo se opõe ao diálogo: “Eu não gosto de igrejas, eu sou ateu”. Em outro momento, uma garota conversa com os missionários e diz: “Eu amo a Igreja, mas não tenho certeza se a Igreja me ama”. No vídeo, Luca conta com a companhia de outro missionário, que possui histórico de envolvimento com as drogas e conversão através de um Bíblia adquirida em um festival de rock.

IGREJA QUE NAVEGA ATENDE COMUNIDADES NO AMAZONAS Para atender às cerca de 10 mil comunidades ribeirinhas sem presença evangélica e às 117 etnias indígenas que nunca tiveram contato com a Bíblia na bacia amazônica, a Igreja Adventista do Sétimo Dia criou um templo flutuante. Construído com estrutura em alumínio, o barco mede cerca de 27 metros de comprimento e 7,5 de largura. Num dos dois conveses, o inferior, está o auditório principal, um espaço para abrigar mais de 100 pessoas e destinado às reuniões evangelísticas nas comunidades. “A Igreja que Navega”, nome dado ao templo flutuante, foi projetada para dar suporte evangelístico e assistencial, em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra Brasil) e com as lanchas Luzeiro. É possível monitorar em tempo real na internet onde o barco está, através do site igrejaquenavega.org . 18

Ouça radio.comunhao.com.br

ORE E CORRESPONDA-SE Ana Paula Ramos – Egito +20 109 982 9299 – anapaulaunasp@hotmail.com Missão Kairós (11) 5641-2030 – Rua Ângelo de Lucia, 228 Santo Amaro, São Paulo, Brasil – cadastro@missaokairos.com.br

comunhao.com.br


IGREJA por Lilia Barros Ouça o conteúdo desta matéria no site da Comunhão

20

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


E

le tinha 34 anos quando passava madrugadas e madrugadas, sozinho, dentro de seu quarto, escrevendo e traduzindo com caneta-tinteiro e à luz de uma lamparina o que mudaria para sempre a Igreja. Cinco séculos “Alguns desvios são até maiores, como o abandono se passaram desde que essa cena da essência do Evangelho” – Roberto Costa Oliveira, transformou-se no pano de fundo pastor da Igreja Presbiteriana de Curitiba do movimento que culminaria no maior ato de Deus em favor do Seu povo, depois do período apostólico: a Reforma Protestante, promovida por Martinho Lutero, que consolidou textos bíblicos como o de Atos 16:31 – “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa”. Entretanto sua tese de número 27, Sola Scriptura e Sola Fide (somente a Escritura e somente pela fé), continua denunciando uma prática repetida no meio eclesiástico hoje. Em 1517, a Igreja alegava que “no momento em que a moeda soa ao cair na caixa a alma se vai do purgatório”. Em 2017, a denúncia feita por pastores e líderes é que a instituição reproduz a mesma prática, porém em outro formato, corrompendo-se ao introduzir atividades substitutivas como troca de favores divinos e de sensação de perdão pelas culpas. E disso Lutero entendia bem. Descendente de agricultores e de mineiro, ele foi submetido a uma educação severa na infância, a ponto de um dia ter sido surrado até que seu sangue escorresse, por causa de uma noz. Cresceu e tornou-se o monge inconformado com a exigência de castigos e sacrifícios impostos pela Igreja para obtenção do perdão. Foi quando fez diversas descobertas lendo a Bíblia, até livrar-se da angústia da busca por salvação. A obra da Reforma não se reduz a um episódio histórico, significa um processo contínuo, e as igrejas têm papel fundamental nesse movimento. Mas o que não está sendo considerado no conteúdo daquele documento escrito pelo monge alemão e professor universitário Martinho Lutero? O que não se pode mais comemorar no dia 31 de outubro? O pastor Roberto Oliveira, da Igreja Presbiteriana de Curitiba (PR), afirma que vivemos desvios diferentes dos da época de Lutero, mas que produzem o mesmo peso. “Alguns desvios são até maiores, como o abandono da essência do Evangelho. O que está sendo pregado é de lei (comportamental), e não de maravilhosa graça. O Evangelho é boa-nova de perdão, graça e amor, mas a Igreja evangélica hoje é muito baseada em atividades. Isso cansa a muitos, quando na verdade deveria ser descanso e energização do Espírito.” O pastor Marcos Granconato, da Igreja Batista Redenção em São Paulo, considera que a Igreja foi lançada “em desvirtuamentos tão graves ou até maiores do que o papismo. Líderes que se dizem inatacáveis (os famosos ‘ungidos do Senhor’, doutrinas inventadas por homens, revelações mentirosas que se sobrepõem à Palavra, superstições tolas, comércio da fé… Pequenos luteros têm que se levantar em suas comunidades e denunciar os erros promovidos há 100 anos em nosso meio”. Jailton Lima do Nascimento, pastor na Igreja Presbiteriana em Vitória (ES), ressalta que “muitos herdeiros da Reforma foram negligentes com o legado recebido dos seus antepassados. Em busca do reconhecimento da sociedade e do aplauso da academia, importantes doutrinas bíblicas foram ‘diluídas’ ou até mesmo negadas. Os princípios redescobertos no século 16 continuam válidos e precisam de ampla e corajosa divulgação”. A Reforma Protestante foi necessária devido à corrupção do cristianismo, num contexto que distanciou a Igreja da Palavra de Deus. Atualmente não estaria o chamado Corpo de Cristo necessitando de uma nova e substancial mudança dessa magnitude para encorajar seus membros a permanecerem naquilo que aprenderam? – 2 Tm 2:15 e 3: 14-17: “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido”.

comunhao.com.br comunhao.com.br

revistacomunhao revistacomunhao

@revistacomunhao @revistacomunhao

revistacomunhao revistacomunhao

21 21


IGREJA

“OS SOLAS” A palavra “sola” é latina e em português significa “somente”. Os cinco “solas” definem princípios fundamentais da Reforma Protestante em contradição com os ensinamentos da Igreja Católica Apostólica Romana. A questão debatida era de natureza teológica. Havia muitas dúvidas sobre perdão dos pecados. Para o catolicismo romano, cada pessoa deveria salvar-se a si mesma. Foram cinco as reivindicações dos reformadores:

SOLA GRATIA

1

Somente pela graça. Nada que o homem realiza pode resultar em méritos para a sua salvação, porque todas as pessoas estão culpadas e condenadas por seus próprios atos (Is 64: 6).

2

O sacrifício de Jesus Cristo foi suficiente para a redenção do pecador. O Pai aceitou o sacrifício de Jesus e, por causa de Sua morte, nenhuma dívida permanece para ser paga pelos Seus discípulos (Hb 9: 24).

3

Somente pela fé o cristão pode desfrutar das bênçãos da salvação. O justo vive pela fé, e a condição para a salvação é: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa” (Atos 16: 31).

4

O propósito da vida é ter comunhão com Deus e glorificá-lO. Deus criou o ser humano à Sua imagem e para a Sua glória, e o coração humano só encontra descanso em Deus.

5

Somente a Bíblia possui autoridade final sobre os cristãos. O fundamento da Reforma Protestante foi o seu compromisso com a autoridade da Palavra de Deus.

SOLUS CHRISTUS

SOLA FIDE

SOLI DEO GLORIA

SOLA SCRIPTURA

Fonte: Entrevistados da matéria e Igreja Presbiteriana do Campo Belo (SP)

22

Ouça radio.comunhao.com.br

Os reformadores argumentavam que a salvação é somente pela fé (Rm 1: 17), com ênfase na verdade bíblica de que “o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei” (Rm 3: 28). “Ao longo de 1.500 anos, a Igreja passou por um processo de deterioração, especialmente a partir do século 4, que culminou num estado de coisas insustentável em todos os aspectos. Uma reforma doutrinária, ética e institucional se tornou imprescindível. A verdade é atacada todos os dias, e isso ocorre até dentro de igrejas. E podemos esperar coisas piores, caso não haja uma reforma doutrinária e institucional nas igrejas”, alerta Pr. Marcos Granconato. Tudo isso mostra um cenário muito semelhante ao que Lutero e outros reformadores como Calvino e John Wesley encontraram. “Nesse contexto, identificamos desde os desvios doutrinários mais grosseiros até a exploração financeira dos simples. E esse mal está presente tanto em denominações definidas como pentecostais como também nas tradicionais históricas e na vida particular de seus membros. Porém, conheço pequenos reformadores que se levantam dentro das congregações locais corrompidas e atacam todos os desvios e abusos que veem. Como ocorreu com Lutero, eles também são expulsos dessas igrejas e dão início a novas comunidades, integradas por crentes sérios. Essas vozes, contudo, são de pessoas que não estão dispostas a ir mais fundo na sua luta contra o erro, pagando o preço por isso.” Na visão do pastor Ivan Saraiva, do Ministério Está Escrito, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o catolicismo também se beneficiou da Reforma, pois a venda das indulgências caiu absurdamente. “Temos ainda algumas comercializações pontuais em nossos dias, mas é uma exceção. A Igreja Católica não vende mais abertamente esse tipo de coisa”, disse. Homens e mulheres de fé arriscaram literalmente a vida. Eles começaram a ler as Escrituras, e lá estava Martinho Lutero traduzindo-as do hebraico, do aramaico e do grego para o alemão, colocando a Bíblia na língua do povo para que hoje tivéssemos essa diversidade de exemplares produzidos e vendidos no mundo, a fim de que textos como os de Hebreus 10: 38 (“O justo viverá pela fé”), Efésios 2: 8 (“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus”) e Mateus 10:8 (De graça recebestes, de graça dai”) chegassem ao conhecimento de todos.

MUDANÇA DE FOCO

Qual teria sido o principal desvio da reforma religiosa do século 16 praticado pela Igreja do século 21? Quais das 95 proposições (teses) fixadas nas portas da catedral da cidade de Winttemberg nos remetem a um contexto similar ao de hoje? A Igreja contemporânea teria mudado o foco do trabalho interpretativo? Granconato diz que sim. “Nos dias dos reformadores, o foco estava na intenção autoral. Os intérpretes tentavam descobrir por todos os meios (em especial, pelo estudo das línguas originais) o que o autor bíblico quis dizer. Hoje, por causa do impacto da pós-modernidade, o foco está no leitor. As pessoas acreditam que o que vale é o seu modo particular de interpretar e alegam que essa sua interpretação pessoal deve ser ‘respeitada’. Assim o texto bíblico perde sua autoridade, ficando sujeito ao significado que cada um pretende atribuir a comunhao.com.br


OS PRINCIPAIS DESVIOS EM 500 ANOS A venda das indulgências, que se caracterizava pela promessa de perdão, mediante pagamento, tornou claro para Matinho Lutero o erro doutrinário da Igreja, mas não foi só isso. A religião cristã era caracterizada por outros aspectos, assim como é hoje:

2017

1517 Confusão doutrinária – As pessoas não estavam certas do que criam e nem por que criam.

Ministérios – A designação dos ministérios deveria ser ao redor dos dons, e não pessoalizados.

A superstição religiosa – Devido à ignorância religiosa, as pessoas se agarravam a qualquer apelo supersticioso.

Governo – Deveria ser de acordo com o Novo Testamento, e não centrado em pastores.

Liderança ignorante – Não havia verdadeiro ensino das Escrituras, e as superstições dominavam. Superficialidade religiosa – O compromisso com o Evangelho era raridade, e os que assumiam a fé eram julgados hereges. Separação entre o clero e o laicato – Os leigos eram desprezados, não sendo vistos como membros da Igreja, além de serem explorados e maltratados por ela.

Ensino – Não dar ênfase à mudança de hábitos pessoais, e sim àquilo que Deus é e faz e no amor ao próximo. Crescimento – Por discipulado individual e em pequenos grupos, e não somente baseado em cultos e programas de massa. Cultos – Que sejam centrados em Deus, e não para entreter as pessoas, valorizando seus sonhos e desejos próprios. Vida comunitária – Muito mais intensa, calorosa, inclusiva e não individualista.

Fonte: Entrevistados da matéria e Igreja Presbiteriana do Campo Belo (SP)

ele. Isso esvaziou a Bíblia de força na correção do erro e fez da pregação o simples compartilhar das percepções pessoais do pastor.” Outra diferença é que hoje, dadas as novas circunstâncias, a reforma tem que ocorrer no âmbito individual e nas igrejas locais. Entretanto Pr. Ivan Saraiva observa que a Igreja nutre algumas preocupações diferentes das de Deus. “Jesus disse ‘A minha comida e a minha bebida é fazer a vontade de Deus’, mas nós só estamos preocupados em viver a vida. A gente não mata ninguém,

“A Igreja foi lançada em desvios tão graves ou até maiores do que o papismo por líderes que se dizem inatacáveis” Marcos Granconato, pastor da Igreja Batista Redenção em São Paulo comunhao.com.br

não rouba, então está tudo certo, mas o fato é que precisamos dizer como Lutero: ‘Eu vou lá e vou pregar o Evangelho’. Eu não só creio nisso como também clamo por isso, sobretudo na minha vida. A gente precisa buscar uma sinceridade muito grande dentro de si. Essa reforma toda tem que passar por mim e por você. O tempo que eu fico ao celular é muito maior que aquele que passo lendo a Bíblia. Então, como é que vai existir uma reforma?” Pastor Ariovaldo Ramos, da Missão Integral de São Paulo, considera que a Igreja evangélica está se omitindo e terceirizando suas responsabilidades a outros poderes. “Estamos sonegando participação histórica no tempo que vivemos. Trata-se de um grande pecado, por isso precisamos de uma nova Reforma no sentido de assumirmos nosso papel social também”, frisa. Com a ênfase na interpretação individual, Pr. Ivan Saraiva aponta sua maior apreensão. “São 40 mil denominações cristãs catalogadas. É mais fácil se abrir uma igreja

do que uma microempresa. Cada um tem uma igreja, não tem imposto. Quer lugar mais fácil de se conseguir dinheiro do que isso?” Granconato ousa indicar o que nos falta. “O povo de Deus não tem líderes de verdade. As ovelhas estão espalhadas por falta de pastores. O que temos são homens despreparados ou golpistas fraudulentos à frente das igrejas. O que esperar de gente assim? O povo sofre, é enganado e destruído. Precisamos de uma nova geração de expositores que trovejem a Palavra de Deus com o sangue fervendo nas veias.”

MODERNIDADE OU APOSTASIA?

Enquanto os religiosos da época defendiam a autoridade da hierarquia da Igreja, do papa e dos sacerdotes, os reformadores pregavam a centralidade das Escrituras na vida cristã. A mensagem continua a mesma. Variantes textuais encontradas após o tempo da Reforma não têm conteúdo capaz de alterar substancialmente a Bíblia usada por Lutero ou o Novo Testamento grego.

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

23


IGREJA DICA DE LEITURA Mas a modernização aparentemente boa pode se tornar um risco aos princípios originais da mobilização protestante. Para o pastor Marcos, as palavras “abertura” e “modernização” não passam de eufemismos para “apostasia”. “Muitas pessoas amam o mundo e querem conviver em paz com ele. No entanto, não desejam ficar com a pecha de ‘desviados’. Então, usam esse vocabulário atraente para esconder seu real objetivo de ser mundanos, continuar com o nome de ‘cristãos’ e ter o amor, o aplauso e a admiração do mundo. Muitos crentes de hoje não conhecem a realidade destacada por Inácio de Antioquia, que dizia que a nossa grandeza consiste precisamente nisto: em sermos odiados pelo mundo.” Professor de História do ensino médio, Roberto Martins pontua que igrejas evangélicas têm se utilizado da mercantilização da “Palavra Sagrada”, algo contrário ao próprio ato originário da Reforma: a contestação luterana à prática da simonia (venda ou negociação do sagrado) e em especial ao comércio de indulgências (o perdão dos pecados). Para exemplificar, ele cita a venda de CDs gospel, a exploração dos fiéis e o envolvimento de igrejas com a administração de bens imóveis. Seria por isso que o IBGE registrou que 15 milhões de pessoas se declararam sem religião no Censo de 2010, o que representa 8% dos brasileiros? Em 2000, esse grupo tinha 12,5 milhões, o equivalente a 7,3% da população. Enquanto isso, em países onde o Evangelho é proibido, como Coreia do Norte, existem igrejas secretas. Essas comunidades tão severamente perseguidas não se dissolvem, porque sabem que são responsáveis por preservar a verdade bíblica do Evangelho que, naqueles países, se propaga sutilmente em meio às sombras.

A REFORMA DO AGORA

Vindos de heranças religiosas diferentes, muitos estudiosos revisitaram o passado para entender o presente e o futuro da Igreja, especialmente naquilo em que é preciso ser mudado, após 500 anos de Reforma. Embora seja verdade que a Igreja evangélica e a católica aderiram a vários aspectos ritualísticos estimulados por Lutero – valorização

“Em busca do reconhecimento e do aplauso da academia, importantes doutrinas bíblicas foram diluídas ou negadas” Jailton Lima do Nascimento, pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória 24

Ouça radio.comunhao.com.br

AS 95 TESES E A ESSÊNCIA DA IGREJA Martinho Lutero Vida

UMA NOVA REFORMA 24 autores Mundo Cristão

CLÁSSICOS DA REFORMA – UMA COLETÂNEA DE ESCRITOS Martinho Lutero Vida Nova

dos cânticos, uso da língua nacional, estímulo à leitura dos textos bíblicos... –, é fato também que houve perda nesse processo. Os reformadores, lidando com questões mais urgentes relativas à soteriologia (doutrina da salvação) e à eclesiologia (doutrina da Igreja), não refletiram acerca do impacto da hermenêutica (teoria da interpretação) histórica sobre a escatologia (doutrina das coisas que devem acontecer no fim dos tempos). Isso fez com que o método alegórico interpretativo católico medieval se perpetuasse no meio protestante em seu trato com a profecia bíblica. Agora, há um anseio por uma nova Reforma, já que nem tudo vai bem na Igreja deste século. Nossos entrevistados são unânimes em apontar pelo menos três questões centrais para se iniciar uma nova Reforma e corrigir os rumos da Igreja. O primeiro passo seria o retorno às Escrituras Sagradas. É preciso um esforço coletivo de volta à Bíblia, eliminando ênfases dadas a “amuletos” ou a teorias que diminuem a mensagem pura do Evangelho. O segundo seria a inclusão da Igreja na realidade social em que está inserida, tornando-a mais participativa e influente nos espaços seculares. É preciso uma redenção também palpável das necessidades humanas e físicas, conforme apontada pelos profetas, e não somente uma salvação baseada na ideia de almas no céu. A terceira ação seria o confronto com os movimentos religiosos que distorcem a sã doutrina bíblica e enganam usando de misticismos, como aconteceu no século 16. A Reforma de agora seria chamar, mobilizar e convocar as igrejas a abandonarem tais práticas e ter a única referência que deve nortear a vida do cristão, as Sagradas Escrituras. O pastor Jailton Lima defende: “Para nós, protestantes, a Bíblia é a única regra de fé e prática, inspirada, inerrante e suficiente. As mudanças adotadas atestam declínio e decomposição nas esferas da ética, da moral e do relacionamento com Deus”. comunhao.com.br


ARTIGO Débora Fonseca

IDEOLOGIA DE GÊNERO

U

m dos objetivos da ideologia de gênero é a educação infantil em gênero neutro: educar crianças sem papéis previamente estabelecidos. Importante considerar que o que motiva a ideologia de gênero não é algo ruim. Os equívocos aparecem em suas aplicações. E o que a motiva? O fim da violência contra a mulher e do preconceito com indivíduos que apresentem desconformidade aos padrões masculino e feminino tradicionais. Ora, quem deveria estar promovendo ações de combate contra essas duas fatalidades é a Igreja cristã. É absurdo que um país cujo percentual de crescimento dos evangélicos nos últimos 10 anos atingiu 61,5%, segundo o censo IBGE de 2010, ainda apresente números alarmantes de feminicídio e preconceito contra homossexuais. Infelizmente, quando a Igreja não salga nem tampouco ilumina, alguém irá fazê-lo. A questão será como. A ideologia de gênero parte do princípio que, para reduzir esses números no mundo, TODA forma de discriminação deve ser erradicada. Isso se dará com o fim do patriarcalismo e por meio do esvaziamento do masculino (responsável em tese pelas opressões)

“É absurdo que um país cujo percentual de crescimento dos evangélicos nos últimos 10 anos atingiu 61,5%, segundo o censo IBGE de 2010, ainda apresente números alarmantes de feminicídio e preconceito contra homossexuais" e da promoção de um mundo andrógeno, com sexualidade fluida, sem tabus, rótulos ou expectativas de papéis sexuais. E a melhor maneira de introduzir o assunto não é com adultos, mas com crianças, cuja identidade está em desenvolvimento, por meio das escolas. As bases desse constructo não são novas e remontam aos ideais iluministas da Revolução Francesa: liberdade, igualdade e fraternidade entre todos! No artigo 4 da Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão, consta que “a liberdade consiste em fazer TUDO que não prejudique o próximo. No decorrer da história, movimentos vieram a consolidar esse ideal humanitário de liberdade TOTAL, entre eles: a) o feminismo, especialmente através de Simone de Beauvoir em 1949 e de Judith Butler na atualidade. b) os ideais marxistas da Revolução Russa em 1917, que objetivavam o extermínio da família e da propriedade privada. 26

Ouça radio.comunhao.com.br

c) a revolução sexual nas décadas de 60 e 70 e o incremento do mercado pornográfico. d) o refinamento das técnicas abortistas, anticoncepcionais e reprodutivas que contribuíram para discussões sobre o direito ao próprio corpo. e) a 4ª Conferência Mundial sobre as Mulheres em Pequim, cuja meta foi alcançar a igualdade de gênero e o fim da discriminação contra mulheres em todo o mundo. Parte-se do princípio que o masculino e o feminino são criações culturais e que os papéis e relações de poder entre machos e fêmeas não são de ordem natural, podendo ser ensinados de modo diverso através da educação em gênero neutro. Como o movimento dos homossexuais se aliançou às causas feministas, questões como o fim da heteronormatividade, da homofobia e da família monogâmica e a luta pela aceitação de outros modelos de família entraram em pauta. Fenômenos como a despatologização do sexo e a visibilidade de outras identidades de gênero ganham força, levando muitos a concluírem que não existe esperança. Pelo bem das gerações atuais e futuras, urge que as igrejas cristãs despertem, utilizando-se das redes sociais, manifestações populares, sistema jurídico e apoio aos políticos cristãos compromissados contra essa ideologia, sem olvidar que também devemos responsivamente combater o que a motiva: o feminicídio e o preconceito aos homossexuais. Quanto às famílias, precisam diariamente disponibilizar tempo e energia para investir afeto nos relacionamentos e orientação, o que funcionará como proteção contra esse terrível laço diabólico. Afinal, família também é lugar de prevenção!

Débora Fonseca é graduada em Direito e Psicologia, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi e coordenadora do Ministério Luz na Noite

comunhao.com.br


SEGURANÇA ACONTECE AGENDA

TRAGÉDIA NO EUA ALERTA SOBRE SEGURANÇA NAS IGREJAS

O

domingo de 5 de novembro ficará marcado para os evangélicos do mundo inteiro. Cristãos estavam reunidos em um culto na Primeira Igreja Batista em Sutherland Springs, no Estado do Texas, Estados Unidos, como faziam todos os domingos, às 11h30 (15h30, horário de Brasília). Um homem entrou no templo e saiu atirando a esmo. Os mais de 20 tiros disparados foram suficientes para matar 26 pessoas e deixar mais de 20 feridos. O fato ocorreu em uma pequena comunidade, com cerca de 400 habitantes. O atirador, Devin Kelley, de 26 anos, morreu após perseguição com a polícia, no condado de Guadalupe. Segundo a imprensa americana, ele serviu na Força Aérea dos EUA, mas foi expulso em 2014 por conta de uma denúncia de agressão contra sua esposa, Danielle Lee Shields, e seus filhos. Em seguida, foi professor voluntário de estudos bíblicos e deu aulas para crianças da Primeira Igreja Batista de Kingsville, também no Texas. Ainda não se sabem os motivos que levou o jovem a praticar o massacre. Em depoimento à imprensa, o pastor da igreja, Frank Pomeroy, que teve uma filha de 14 anos assassinada na tragédia, lamentou o episódio dizendo que “perdeu uma família espiritual”. Frank resumiu o massacre em palavras de fé. “Eu não entendo, mas o meu Deus sabe de tudo. Vamos tentar glorificar o nome de Cristo. E é nisso que eu vou me apoiar”, declarou. O episódio de violência chamou a atenção das autoridades no mundo inteiro. A intolerância, como retratou a Convenção Batista Brasileira (CBB), atinge em cheio a fé cristã, a religião mais perseguida do mundo. “É algo impressionante como a fé tem sido perseguida. Essa onda de violência está disseminada em todas as igrejas no mundo”, ressaltou Roberto Silvado, presidente da CBB.

INSEGURANÇA NAS IGREJAS

A tragédia do Texas foi lamentada pelas igrejas evangélicas do país. Cristãos demonstraram solidariedade. O pastor Luiz Sayão, da Igreja Batista Nações Unidas, de São Paulo, considerou o atentado lamentável e doloroso. Ele avaliou a atitude de comunhao.com.br

Devin Kelley, o responsável pelas mortes na Igreja que virou um memorial aos mortos.

Devin Kelley como covarde. “Os batistas não se envolvem diretamente com política, são contra a mistura entre Igreja e Estado, têm governo democrático, possuem autonomia da igreja local, não têm papa e são pacíficos. A história sempre foi de perseguição. Até que ponto chega a violência! Por que o ódio contra a fé? Como isso tem aumentado!”, declarou. Apesar de a tragédia ter acontecido no EUA, uma questão é levantada: a insegurança nos templos religiosos. No Brasil, as igrejas evangélicas e até mesmo as católicas têm sido alvo de violência. “Hoje, no Brasil, muitas igrejas, por motivo de segurança, preferem fazer seus cultos mais cedo. Outras passam mais tempo de portas fechadas. Houve um tempo em que os templos não precisavam colocar alarmes, nem câmeras”, comentou Silvado. Ele acrescenta: “Estamos vivendo em um tempo em que a sociedade perdeu o temor a Deus”. Outro problema, segundo o pastor Sant’Clair de Souza, da Igreja Evangélica Batista da Serra (ES), é a depressão. “A maldade do ser humano é inimiga do cristianismo. As pessoas estão com problemas psicológicos, deprimidas, aí não se abrem, não buscam aconselhamento e acabam cometendo crimes”, observa. Mesmo diante de um cenário trágico, o pastor Frank Pomeroy disse que libera o perdão a Devin Kelley, ato que é um mandamento bíblico. “No domingo passado, nosso país foi atacado, nosso estado foi atacado, nossa igreja foi atacada. Ainda temos a liberdade de proclamar a Cristo. Temos a liberdade de escolher e, em vez de escolher a escuridão, como fez aquele homem, eu digo que devemos escolher a vida”, concluiu. revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

27


DEVOCIONAL No programa devocional deste mês, encontramos passagens de Hebreus e de Tiago, além da primeira e da segunda carta de Pedro. Os textos tratam de uma ampla e variada gama de temas relacionados à verdadeira vida cristã. Em uma delas, há a mensagem: “Pois onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más.” (Tg 3: 16). Nesse versículo, nós vemos como o homem que está longe de Deus age, ou seja, completamente fora dos princípios. Invejoso, ambicioso e confuso, ele pratica tudo o que é mau aos olhos d’Ele e acaba influenciando os outros.

NOVEMBRO 2017 29

D

EFÉSIOS 4: 1-16

Receba o devocional por WhatsApp. Basta ligar para (27) 98147-3333 e se informar. 5

12

HEBREUS 7: 1-28

“Mas ninguém ainda foi capaz de dominar a língua. Ela é má, cheia de veneno mortal, e ninguém a pode controlar.” – Tg 3: 8

30

6

13

20

27

HEBREUS 8: 1-13

HEBREUS 11: 17-40

S

HEBREUS 12: 1-13

1 PEDRO 3: 1-22

“Por isso devemos prestar mais atenção nas verdades que temos ouvido, para não nos desviarmos delas.” – Hb 2: 1

“E, quando Deus fala da nova aliança, é porque Ele já tornou velha a primeira. E o que está ficando velho e gasto vai desaparecer logo.” – Hb 8: 13

“Quando somos corrigidos, isso no momento nos parece motivo de tristeza e não de alegria. Porém, mais tarde, os que foram corrigidos recebem como recompensa uma vida correta e de paz.” Hb 12: 11

“Pois onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más.” – Tg 3: 16

“Também você, marido, na vida em comum com a esposa, reconheça que a mulher é o sexo mais fraco e que por isso deve ser tratada com respeito.” 1 Pe 3: 7

31

7

14

21

28

“Se hoje vocês ouvirem a voz de Deus, não sejam teimosos como foram os seus antepassados quando se revoltaram contra ele.” – Hb 3: 15 1

TIAGO 3: 13-18

HEBREUS 12: 14-29

TIAGO 4: 1-12

1 PEDRO 4: 1-19

“Isso é um símbolo para hoje...” Hb 9: 9

“O que estavam vendo era tão terrível, que Moisés disse: ‘Estou tremendo de medo!’” Hb 12: 21

“Humilhem-se diante do Senhor, e Ele os colocará numa posição de honra.” – Tg 4: 10

“E agora os pagãos ficam admirados quando vocês não se juntam com eles nessa vida louca e imoral e por isso os insultam.” – 1 Pe 4: 4

8

15

22

29

HEBREUS 9: 1-10

HEBREUS 9: 11-28

HEBREUS 13: 1-25

TIAGO 4: 13-17

1 PEDRO 5: 1-14

“Pois a Palavra de Deus é viva e poderosa... Julga os desejos e pensamentos do coração.” Hb 4: 12

“Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus.” – Hb 9: 27

“Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre.” – Hb 13: 8

“Portanto, comete pecado a pessoa que sabe fazer o bem e não faz.” – Tg 4:17

“Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois Ele cuida de vocês.” – 1 Pe 5: 7

2

9

16

23

30

2 PEDRO 1: 1-21

“E, porque ele mesmo é fraco, precisa oferecer sacrifícios não somente pelos pecados do povo, mas também pelos seus próprios pecados.” Hb 5: 3

“... Estou aqui, ó Deus, para fazer a tua vontade.” – Hb 10: 9

“Mas Tu és sempre o mesmo, e a Tua vida não tem fim.” Sl 102: 27

“... A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder.” – Tg 5: 16

“...Nós não estávamos contando coisas inventadas quando anunciamos a vocês a vinda poderosa do nosso Senhor Jesus Cristo, pois com os nossos próprios olhos nós vimos a sua grandeza.” 2 Pe 1: 16

3

10

17

24

1

“Porém a comida dos adultos é sólida, pois eles pela prática sabem a diferença entre o que é bom e o que é mau.” – Hb 5: 14

“Vocês precisam ter paciência para poder fazer a vontade de Deus e receber o que Ele promete.” Hb 10: 36

“Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática.” – Tg 1: 22

“Pois vocês sabem o preço que foi pago para livrá-los da vida inútil que herdaram dos seus antepassados. Esse preço não foi uma coisa que perde o seu valor como o ouro ou a prata. Vocês foram libertados pelo precioso sangue de Cristo...” 1 Pe 1: 18-19

“O Senhor não demora a fazer o que prometeu, como alguns pensam. Pelo contrário, Ele tem paciência com vocês porque não quer que ninguém seja destruído...” 2 Pe 3: 9

4

11

18

25

2

“... mas a Palavra do Senhor dura para sempre.” – 1 Pe 1: 25

“Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, Ele cumprirá a Sua promessa e fará o que é correto: Ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade.” – 1 Jo 1: 9

HEBREUS 5: 11-14

S

1 PEDRO 2: 1-25

“O mundo não era digno deles!” Hb 11: 38

HEBREUS 5: 1-10

Q

TIAGO 3: 1-12

“...Ele ofereceu um sacrifício, uma vez por todas, quando se ofereceu a Si mesmo.” – Hb 7: 27

HEBREUS 4: 1-16

Q

26

“Antes, vocês não eram o povo de Deus, mas agora são o Seu povo; antes, não conheciam a misericórdia de Deus, mas agora já receberam a Sua misericórdia.” – 1 Pe 2: 10

HEBREUS 3: 1-19

T

19

“Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, mas nestes últimos tempos Ele nos falou por meio do Seu Filho...” – Hb 1: 1-2

HEBREUS 2: 1-18

S

Acesse o site owww.comunhao.com.br; ouça Acesse site www.comunhao.com.br; ouça e e compartilhe os devocionais diários e os e os textos compartilhe os devocionais diários textos bíblicos na versão da Nova Tradução bíblicos na versão da Nova Tradução na Linguagem na Linguagem de Hoje (NTLH). O conteúdo de Hojepode (NTLH). O conteúdo também pode ser também ser acompanhado em acompanhado em radio.comunhao.com.br. www.radio.comunhao.com.br.

HEBREUS 6: 1-20

“Deus não é injusto. Ele não esquece o trabalho que vocês fizeram nem o amor que lhe mostraram na ajuda que deram e ainda estão dando aos seus irmãos na fé.” – Hb 6: 10

HEBREUS 10: 1-18

SALMOS 102:27

HEBREUS 10: 19-39

HEBREUS 11: 1-16

“Foi pela fé que Noé... construiu uma barca em que ele e a sua família foram salvos.” – Hb 11: 7

TIAGO 1: 1-27

TIAGO 5: 1-20

1 PEDRO 1: 1-21

TIAGO 2: 1-26

“Meus irmãos, vocês que creem no nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, nunca tratem as pessoas de modo diferente por causa da aparência delas.” – Tg 2: 1

1 PEDRO 1: 22-25

2 PEDRO 3: 1-18

1 JOÃO 1: 1-10; 2: 1-14

Este programa de leitura bíblica é parte integrante da Agenda Comunhão 2017 – Copyright ® 2008 - Todos os direitos reservados

28

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


DEVOCIONAL ACONTECE

Tema do dia

Leitura diária do Novo Testamento 2018

Lição do dia

AGENDA COMUNHÃO:

Versículo do dia

UM ANO INTEIRO DE ORGANIZAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO

Mensagem inspirativa (Motivacional)

Oração

J

oão 8:32 diz: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Esse trecho bíblico mostra como o estudo do Livro Sagrado é fundamental para o cristão, já que fortalece a alma e enriquece a vida. Há mais de 10 anos, a Agenda Comunhão, por meio de seu programa devocional, propõe um momento dedicado ao conhecimento da palavra de Deus. Reflexões diárias possibilitam que você estude de 15 a 20 minutos por dia, de modo que, ao longo do próximo ano, o Novo Testamento possa ser totalmente lido. Além de instrumento para fortalecer o conhecimento da palavra, a Agenda Comunhão é um moderno e prático organizador diário. A cada ano, uma evolução. Ela chega à sua 11ª edição com muitas melhorias. O programa devocional agora está concentrado no início, permitindo que todas as páginas possam ser utilizadas. Cada página do material, que vem no formato organizer, terá um QR Code, dando acesso às mensagens devocionais em multimídia, planejadas para cada dia do ano.

NOVO FORMATO

Uma outra novidade da agenda é o seu tamanho maior (17 x 24 cm). Isso a torna ainda mais funcional e elegante. Nesse novo formato, todas as suas anotações e compromissos da igreja, trabalho ou estudo estarão muito bem organizados. Mantivemos a capa dura, utilizando uma cartonagem superleve. O Programa de Leitura Bíblica e as mensagens também foram atualizados. Disponível digitalmente, o estudo é distribuído em áudio e em vídeo para todo o público da agenda. E ainda fica acessível diariamente no site, nas redes sociais – Facebook, Twitter e Instagram – e na rádio Acompanhe diariamente o estudo devocional no site comunhao.com.br e em radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br

O devocional da Agenda Comunhão também é distribuído por redes sociais

Comunhão. O programa devocional também pode ser conferido na Deezer, no Spotify, no SoundCloud e no YouTube. Para o editor executivo da Comunhão, Mário Fernando Souza, a agenda conseguiu alcançar centenas de milhares de pessoas e tem cumprido seu papel de ser instrumento de apoio à vida devocional. “Com a distribuição digital, mais pessoas têm a possibilidade de ler e ouvir o estudo. O importante é levar a Palavra”, explicou. A agenda, um produto da Línea Publicações (Next Editorial), é, também, uma boa sugestão de presente de fim de ano. Aqueles que a adquirirem receberão as mensagens devocionais e a versão digital interativa da revista Comunhão no celular, via WhatsApp. Já quem fizer assinatura da revista por 12 meses ganhará duas agendas 2018. Garanta a sua!

ADQUIRA A AGENDA COMUNHÃO 2018 Telefone: (27) 2123-6520 E-mail: agenda@comunhao.com.br Loja virtual: loja.comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

29


ARTIGO Nancy Dusilek

DIANTE DO ESPELHO

M

ulher não vive sem espelho. A primeira coisa que faz ao se levantar é ver sua imagem lá refletida e se perguntar: “Como será o meu dia?”. E, ao sair de casa, dá mais uma olhada, além de carregar um na bolsa para consultas temporárias. Quero conversar sobre nossa atitude diante do espelho quando enfrentamos crises em nossa vida. Elas são inevitáveis, e uma coisa que tenho compreendido é que na escola conhecemos as lições e depois fazemos as provas. Na vida, temos as provas e depois vamos aprendendo as lições. Primeiro, somos provadas para depois sermos aprovadas ou reprovadas. Vejam dois prefixos que fazem toda a diferença. As provas fazem parte da vida, mas a maneira como as encaramos e as lições que buscamos aprender é que vão nos ajudar a amadurecer como pessoas e principalmente reconhecer o grande e amoroso Deus que temos e que está conosco em todas as situações. Ele nos ajuda a entender as lições que precisamos aprender. A palavra “crise” para nós significa “fim do poço” ou “sem saída”. Em nossa cultura, estar em crise é sinal de que estamos perdidos. Mas, na língua chinesa, “crise” significa “tempo de perigo/tempo de oportunidade”. Naquela cultura, quando se está em perigo, uma janela abre-se para uma nova oportunidade. A crise se torna algo novo para novas atitudes.

“As provas fazem parte da vida, mas a maneira como as encaramos e as lições que buscamos aprender é que vão nos ajudar a amadurecer como pessoas e principalmente reconhecer o grande e amoroso Deus que temos e que está conosco em todas as situações” As crises internas (como a resultante de insatisfação, insegurança, traumas emocionais e não trabalhados, descontentamento com a situação que vive, falta de intimidade com Deus, cobranças de parentes e amigos etc) podem levar a pessoa a perder a alegria da vida. Também temos as crises externas, provocadas por situações que estão fora de nosso controle, dependendo de outras pessoas. Cria-se uma relação de dependência e codependência, e não conseguimos resolver a situação, culminando numa crise. Em Jonas 2: 5,7 lemos “As águas me cercaram até a alma, o abismo me rodeou e as algas se enrolaram na minha cabeça... Quando dentro de mim desfalecia a minha alma, eu me lembrei do Senhor”. Uma figura que nos mostra que podemos ter o perigo e as crises por todos os lados, mas estamos guardadas nos braços de Deus. Ela nos entende e nos ajuda, a cada dia, a vencermos as nossas dificuldades. É amparadas nEle que vencemos cada uma. 30

Ouça radio.comunhao.com.br

Usando a palavra “crise”, podemos ter duas atitudes diante dessa turbulência. Armazenar e sofrer ou reagir e vencer. Vamos lá. Primeiro, armazenar e sofrer: C – Comiseração – “Coitada de mim, como sofro...”; “Tudo eu...” – síndrome de vítima que muitas mulheres possuem. R – Raiva – Quando armazenada, é perigosa. Ela nos adoece. É um veneno que tomamos em dose homeopática e nos destrói. I – Insegurança – Indecisão – Quanto mais inseguras e indecisas, pior a situação. S – Solidão – Isolar-se leva a maior sofrimento. Uma boa amiga ouvinte do lado muda tudo. E – Egoísmo – Vivemos muitas crises porque só pensamos em nós mesmas e nos esquecemos dos outros. Culpamos a todos e nos esquecemos de reconhecer nossos erros. Segundo, reagir e ir em frente: C – Confronto – Analise os fatos, em cada detalhe, que culminaram na crise. Veja cada um e onde foi que você vacilou. R – Reação positiva – Não desista, vá em frente. Errar uma vez não significa que sempre vai errar. I – Iniciativa – Assuma a iniciativa de resolver cada uma das ações para que não se acumulem e não levem você à depressão. S – Sonhe – Sonhe, mas com os pés no chão. Sonhar faz parte da vida. E – Esperança – Espere e não se desespere. Nem sempre resolveremos tudo no tempo que desejamos, mas a esperança nos anima a cada dia. Portanto, duas atitudes diante das crises: ARMAZENAR E REAGIR. Se armazenar seus sentimentos de raiva, autocomiseração, abandono e egoísmo, você estará respirando um ar poluído. Mas, se reagir indo em frente, sonhando, tomando novas atitudes, será um ar saudável. O ar poluído adoece. O ar saudável enriquece a alma. Você é dona da sua escolha. Ninguém poderá fazer isso por você. Lembre-se de que crise é tempo de crescimento pessoal. Se quiser crescer como pessoa, enfrente-as na total dependência de Deus, pois Ele quer o melhor para nós.

Nancy Gonçalves Dusilek é membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Autora de “Mulher Sem Nome”, “O Grito das Incluídas”, “Liderança Cristã – A Arte de Crescer com as Pessoas” e “Descobrindo e Capacitando Líderes”. Formada em Educação Religiosa pelo Iber e em Letras pela UVA (Universidade Veiga de Almeida)

comunhao.com.br


ACONTECE SERVIÇO Cada R$ 20 adquiridos em serviços no município dão direito a um cupom eletrônico

PEDIDO DE NOTA FISCAL PODERÁ RENDER PRÊMIO NA SERRA

CRONOGRAMA DOS SORTEIOS Sorteio

Período de emissão de NFS-e

Extração da Loteria Federal

Prêmio

1º a 30 de novembro

16 de dezembro

R$ 10 mil

1º a 31 de dezembro

19 de janeiro

R$ 10 mil

1º a 31 de janeiro

17 de fevereiro

R$ 10 mil

* Confira o cronograma completo no site comunhao.com.br

comunhao.com.br

Foto: Jansen Lube/Secom - PHS

I

magine ganhar R$ 10 mil somente porque cadastrou a nota fical da mensalidade paga no curso de inglês ou na academia? A Prefeitura de Serra, por meio da Secretaria da Fazenda, lançou a campanha Nota Fiscal Premiada, que vai distribuir mensalmente esse valor a quem adquirir serviços no município. No total, estão previstos R$ 130 mil em premiações em 13 sorteios até o fim de 2018. O secretário municipal da Fazenda, Cláudio Melo, destaca que as notas geradas por pessoa física representam menos de um quarto do volume total de emissões fiscais de serviços na Serra. “Academias, médicos particulares, dentistas, mecânicos, pacotes de viagens, escolas particulares, cursos de idiomas e contratação de bufê são serviços que registram baixíssima emissão de notas fiscais. Então, a partir do momento que consumidor passar a exigir, esperamos um acréscimo de 7% no montante de emissões fiscais.” A campanha tem como principal objetivo conscientizar o contribuinte da importância de pedir a nota fiscal de serviços, tanto para maior segurança pessoal, diante da necessidade de cobrar direitos, quanto para a melhoria da arrecadação municipal, que, segundo o secretário, reflete-se na melhoria dos serviços públicos. “A nota fiscal é, sem dúvida, uma segurança jurídica a quem contrata o serviço. Por exemplo, o consumidor entra em uma escola de idiomas que promete que ele estará falando inglês em um ano. Com a nota em mãos, não tem como o prestador afirmar algo contrário em caso de não cumprimento do que foi contratado. E, claro, com o aumento de recursos oriundos do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), que são pagos quando se emitem as notas fiscais de serviços, aumentam também as possibilidades de investimentos em diferentes áreas”, finalizou Cláudio Melo.

O secretário municipal da Fazenda, Cláudio Melo (direita), durante coletiva de lançamento da Nota Fiscal Premiada

O secretário admitiu que o prêmio pode, inicilmente, ser o único incentivo para o cidadão cobrar a nota, mas enfatiza que é um valor oriundo do Fundo Tributário, que tem como uma de suas funções centrais a educação tributária, em médio e longo prazo, que irá se estender para além da campanha Nota Fiscal Premiada.

COMO PARTICIPAR

O participante pessoa física deve se cadastrar uma única vez no site http://notafiscalpremiada.com.br. Cada R$ 20 adquiridos em serviços na Serra dão direito a um cupom eletrônico. As Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas (NFS-e) geradas em um mesmo mês entram automaticamente no cadastro do participante e valem para o sorteio do mês seguinte. Não é preciso digitar mais nenhum dado. O consumidor precisa exigir que a empresa coloque seu CPF na NFS-e no momento em que adquire um serviço. O prestador de serviços pode imprimir a NFS-e para o cliente, enviá-la por e-mail, ou ambos. Os sorteios serão realizados com base na extração da Loteria Federal, a partir do dia 16 de dezembro, conforme cronograma abaixo. Após cada sorteio, serão gerados novos bilhetes eletrônicos com base nas notas fiscais emitidas dentro do período de referência para o sorteio seguinte. Publicação do resultado A premiação será depositada em contacorrente em nome do vencedor, que não pode 22 de dezembro ter débitos com o município. Não serão aceitas 25 de janeiro notas fiscais de supermercados, farmácias, 23 de fevereiro lojas de roupas e comércio em geral, pois sobre elas não incidem o ISSQN. revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

31


EQUILÍBRIO ENTRE RAZÃO E EMOÇÃO É O MELHOR CAMINHO

ESTUDO REVELA QUE SER GENEROSO TRAZ FELICIDADE O que inspira homens e mulheres a praticarem atos de generosidade? Economistas, psicólogos e filósofos refletem sobre essa questão há milênios. Se pressupormos que o comportamento humano é motivado principalmente pelo interesse pessoal, parece ilógico sacrificar voluntariamente os recursos pelos outros. Na tentativa de resolver esse paradoxo, especialistas formularam a teoria de que doar ou presentear satisfaz o desejo de elevar a posição do indivíduo em um grupo. Outros sugeriram que o ato promove a cooperação tribal e a coesão, um elemento-chave na sobrevivência dos mamíferos. Outra explicação é que doamos apenas porque esperamos receber algo em troca. Pesquisa realizada por Soyoung Park, Thorsten Kahnt, Azade Dogan, Sabrina Strang, Ernst Fehr e Philippe N. Tobler e publicada na revista científica “Nature Communications” sugere que a resposta pode ser muito mais simples: doar nos deixa feliz. Segundo Park, do Departamento de Psicologia da Universidade de Lübeck, na Alemanha, e responsável pelo estudo, o levantamento fornece evidências comportamentais e neurais que apoiam a ligação entre generosidade e felicidade. O experimento foi realizado em Zurique, na Suíça, com 50 pessoas que relataram seus próprios níveis de felicidade após gestos de bondade. Consistentemente, eles indicaram que doar era uma experiência de bem-estar. Ao mesmo tempo, os exames de ressonância magnética revelaram que uma área do cérebro ligada à generosidade desencadeou uma resposta em outra parte vinculada à felicidade. 32

Ouça radio.comunhao.com.br

O controle emocional é a habilidade de lidar com os próprios sentimentos, adaptando-os conforme a situação e expressando-os de maneira saudável para si e para o grupo no qual está inserido. O equilíbrio entre razão e emoção é o caminho mais adequado. Os excessos costumam trazer consequências prejudiciais às pessoas. A razão excessiva faz com que o sujeito vivencie e expresse pouco suas emoções, absorvendo para si toda a carga emotiva. A pessoa mais sensível, que explicita seus sentimentos com facilidade, age por impulso e gera situações sociais desconfortáveis. O conhecimento das emoções e sentimentos do sujeito, bem como dos limites suportados é um primeiro passo para a busca do equilíbrio emocional. Lidar com a emoção e a razão em proporções que levam o sujeito a colocar-se de modo saudável diante das circunstâncias poderá trazer um modo de vida estruturado, adequado à sociedade e, principalmente, saudável.

MINDFULNESS: PRÁTICA AMENIZA ANSIEDADE Sabe aqueles momentos em que você se encontra totalmente no piloto automático? Isso pode acontecer na rua, no trabalho, em casa ou em qualquer lugar em que você já esteja na sua zona de conforto. Para quebrar essa bolha que nos deixa alheios a muitas coisas que acontecem, existe o mindfulness, ou “atenção plena” (na tradução para o português), que é uma técnica de atenção total. Os benefícios da prática são tantos que até hospitais já a incluem como um dos braços no tratamento de câncer e HIV. A meditação é uma das formas de praticar o mindfulness, que propicia alívio de dores e tensões, diminuição da ansiedade e sintomas depressivos, redução do estresse e da agitação mental, melhora da concentração e da memória, auxílio na perda de peso, melhora do sistema cardiovascular, digestivo e nervoso, redução da pressão arterial, além de tranquilidade no sono. comunhao.com.br


OS SINAIS DA GENGIVITE A doença periodontal – também conhecida como gengivite ou periodontite – é uma condição progressiva considerada a principal causa da perda de dentes entre adultos no mundo. Ela pode variar entre uma simples inflamação da gengiva até uma infecção séria que, finalmente, leva à perda de uma peça dental. Conhecer os sintomas ajuda na prevenção. São eles: sensibilidade ou sangramento durante a escovação ou ao usar o fio dental, mau hálito, retração na gengiva e frouxidão nos dentes.

CÂNCER PODE ESTAR RELACIONADO AO DIABETES TIPO 2 Estudos epidemiológicos recentes indicam que pessoas diabéticas são mais propensas a desenvolver alguns tipos de câncer do que quem não tem a doença. Segundo o rádio-oncologista Carlos Rebello, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV), o diabetes tipo 2 está relacionado ao maior perigo de tumor de pâncreas, fígado, intestino, endométrio e bexiga, por exemplo. Em uma das pesquisas, concluiu-se que o risco aumenta em 15% entre os pré-diabéticos. Ou seja, naqueles indivíduos com alta discreta dos níveis de glicose no sangue, porém ainda não suficiente para ser considerada diabetes. Outros fatores associados, como o sobrepeso ou a obesidade, elevam para 22% essa probabilidade. Carlos Rebello explica que a ligação entre os dois problemas ainda não foi totalmente esclarecida. “Há uma hipótese que aponta para as semelhanças existentes entre os fatores que os causam, como o sedentarismo, o excesso de peso e a má alimentação. Outra grande teoria supõe que o diabetes ocasiona alterações hormonais e moleculares que propiciariam o surgimento do câncer”, informa o médico. Foto: Ale xsandro Hekavei /Original Film

RECEITA

BOLO DE AMENDOIM Ingredientes:

Foto: Nilo Biazzetto Neto

•4  ovos (claras e gemas separadas) •1  xicara e meia (chá) de açúcar •2  50g de cenoura •2  xícaras (chá) de farinha de trigo •1  xícara (chá) de óleo •5  colheres e meia (sopa) de chocolate em pó •2  colheres (sopa) de fermento • 100g de amendoim torrado e moído • 300g de doce de leite

Modo de preparo: Bata as claras, coloque uma pitada de sal e reserve. Na sequência, bata as gemas, o óleo e o açúcar. Acrescente a cenoura ralada e depois coloque a farinha e o chocolate, sempre em baixa velocidade. Retire da batedeira, acrescente o fermento e as claras em neve e misture bem. Unte uma fôrma com farinha e leve para assar por 25 minutos em forno a 170º C. Depois de assado, corte o bolo ao meio e recheie com o doce de leite. Monte-o e cubra toda a sua superfície com o restante do doce de leite. Para finalizar, polvilhe com o amendoim torrado e moído.

comunhao.com.br

Chef Junior Durski, relacionamento@restaurantemadero.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

33


SERVIÇO por Taís Hirschmann

Ouça o conteúdo desta matéria no site da Comunhão

E

m tempos em que as famílias vêm sendo totalmente combalidas e invadidas, como protegê-las com as ferramentas já disponíveis nas igrejas? Com esse olhar, o Ministério Infantil é uma poderosa arma para manter os filhos firmes na Palavra do Senhor. Por longos anos, o trabalho com as crianças foi sustentado apenas por iniciativas de irmãos e pais que apostavam na formação bíblica dos pequenos, mas a Palavra mostra muito claramente como Jesus os ama e se importa com eles. Nosso Senhor é enfático: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérbios 22: 6). Felizmente, por conta de mulheres e de homens fortes e abnegados, o Departamento Infantil é tratado com importância diferenciada da evangelização dos adultos. Atualmente, é um dos instrumentos mais relevantes da Igreja para a formação cristã. Seguindo o mandamento descrito em Mateus 19: 14 – “Deixem vir a mim as crianças e não

MINISTÉRIO INFANTIL Deixai vir a mim as criancinhas 36

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


Tia Jô diz que ministra para crianças porque é terra fértil, pois elas são futuros pastores, obreiros, evangelistas, profetas e levitas

as impeçam, pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas” –, as denominações estão cada vez mais investindo nessa área. A Igreja de Cristo Pentecostal no Brasil de Cipó (BA) defende que o Ministério Infantil se faz urgente e inclusive aconselha as demais congregações a prepararem pessoas para desenvolver essa tarefa de discipular os pequeninos nos caminhos do Senhor. “Não pense que nossas crianças são o amanhã. Elas são o hoje e com certeza falarão de Jesus a pessoas que você não teria coragem”, afirma o pastor Enos Filho. “As igrejas começaram a entender a grande necessidade de melhor acolher as crianças, dando mais atenção, espaços e recursos, interagindo mais profundamente com o seu mundo. As crianças são a

igreja do hoje e, por conta dessa maravilhosa realidade, devem ser ajudadas na sua vida espiritual e no seu relacionamento com Deus, o Pai Celeste”, afirma o presidente da Convenção Batista do Estado do Espírito Santo (CBEES), Pr. Doronézio Pedro de Andrade. O Ministério Infantil é realmente muito especial. É por meio dele que é possível plantar a semente em terra boa, regar com

“Não pense que nossas crianças são o amanhã. Elas são o hoje e com certeza falarão de Jesus a pessoas que você não teria coragem” Enos Filho, pastor da Igreja de Cristo Pentecostal

comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

37


SERVIÇO SETE IDEIAS PARA PREPARAR UMA MENSAGEM PARA CRIANÇAS

1

Lembre-se de que você está falando com crianças! Use um vocabulário apropriado. Todas as ideias devem ser bem concretas, evitando simbolismo absoluto. As crianças precisam ouvir o Evangelho também. Elas necessitam de uma mensagem clara, breve, concreta e viva! Não fale muito. O ideal é falar de 5 a 7 minutos.

2

Evite o uso de lendas, contos de fada e até de histórias morais. É melhor narrar mensagens bíblicas. Como você se sentiria se o pastor somente pregasse usando ilustrações e nunca a Bíblia?

3

Planeje bem como pode iniciar a mensagem, pois assim vai conseguir (ou não) a atenção das crianças. Elas precisam de ajuda para ligar a ideia central da história com sua vida. Para iniciar a mensagem, você pode lançar mão de um objeto, de um recurso visual, de uma pergunta, de uma experiência, etc.

4

Depois que iniciar a mensagem, tente relacionar essas coisas ao mundo da criança. Faça-a pensar sobre o assunto em relação à vida dela. Cuidado para não moralizar ou falar com um ar superior! Há uma grande diferença entre essa atitude e a ideia de entrar no mundo da criança!

5

A mensagem deve ter um tema central. Não é certo escolher uma história para contar e depois tentar achar “a moral” da história. Deve determinar seu tema e escolher um texto que ilustre o conceito!

6

Use gestos, linguagem viva, pausas, diálogo, uma voz variada, expressões faciais etc.

7

Use uma variedade de métodos: pantomima, monólogo, drama, fantoches, entrevistas, ilustrações etc. Mas evite simplesmente alegrar as crianças. Fonte: “Evangelização e Discipulado com Crianças”, por Marilene do Amaral Silva Ferreira

amor e alegria, para colher os melhores frutos no futuro. Por isso, as igrejas precisam estar em preparação e ação contínuas para essa missão tão especial. Segundo Pr. Doronézio, elas devem se tornar essencial na vida dos mais jovens, ouvindo-os nos seus anseios e participando do seu mundo. “Abraçar as crianças, como Jesus fez, é a função que a igreja deve desempenhar. Atrair crianças para o Reino dos Céus precisa se constituir no grande objetivo da igreja”, disse.

38

Ouça radio.comunhao.com.br

“Abraçar as crianças, como Jesus fez, é a função que a igreja deve desempenhar. Atrai-las crianças para o Reino dos Céus precisa se constituir no grande objetivo da igreja” – Pastor Doronézio Pedro de Andrade, presidente da Convenção Batista do Estado do Espírito Santo (CBEES)

E todas as crianças são importantes e amadas por Deus, todas têm dons espirituais concedidos pelo Senhor Jesus Cristo. Então, cabe à igreja o papel de ajudá-las na descoberta dos seus dons, dando espaço para que elas os desenvolvam, servindo com alegria. “No Reino dos Céus, não existem dons maiores e melhores. Como Corpo do Senhor, a igreja é um organismo vivo, em que todos os membros desempenham funções essenciais”, explica o pastor. É dentro da igreja que algumas crianças se destacam na pregação do Evangelho como ferramenta para fortalecer suas famílias. As crianças têm importância tão vital que acabam levando seus pais a se manterem firmes na participação de cultos, por exemplo, muitas vezes porque o pequeno participa de forma mais ativa dos trabalhos. “Deus, na Sua infinita sabedoria, tem abençoado as crianças, levando-as a entender a sua importância na vida da igreja. Pais que amam os seus filhos, percebendo o amor que eles têm pela igreja, na interação e na efetiva participação, desejarão estar mais presentes no dia a dia da comunidade cristã”, avalia Pr. Doronézio. Para ele, é uma alegria o fato de Deus usar as crianças como cooperadoras, no objetivo de levar seus pais e responsáveis para dentro da igreja, alcançando-os com a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo.

comunhao.com.br


O PLANO MISSIONÁRIO DE DEUS PARA AS CRIANÇAS

Pesquisas e mesmo a vivência nas diferentes denominações apontam que o percentual de resultado efetivo de um trabalho realizado com crianças chega a 90% do que se espera. Por isso, é importante que as igrejas invistam nos pequenos, que precisam de apoio e de responsáveis espirituais. Esse trabalho pode servir, inclusive, para combater o crescimento da pedofilia, do abuso sexual desenfreado, da violência, de torturas e do trabalho infantil que os escraviza. “Quando somos omissos, não amamos de uma forma que elas entendam. Quando não somos compromissados com elas e com a Palavra, quando como igreja as ignoramos e as relegamos ‘às salinhas’ para não atrapalhar os pais, quando não desenvolvemos um trabalho focado e adaptado à linguagem, nos tornamos responsáveis pelas consequências ruins que acabam acontecendo”, afirma a Raquel Almeida, integrante do Núcleo de Apoio Cristão da Igreja Monte Sião.

Um exemplo missionário de atuação no Ministério Infantil é Joane Bentes, mais conhecida como Tia Jô, que viaja o Brasil e o mundo levando o amor de Jesus às crianças. Cantora, conferencista e apresentadora de programa de televisão, ela conta que foi batizada pelo Espírito Santo quando tinha apenas 6 anos. Bastante conhecida pelo público infantil, Tia Jô diz que, hoje, prega a Palavra para as crianças porque vive uma promessa que começou a ouvir na infância. Com as pernas atrofiadas, seu pastor impôs as mãos sobre sua cabeça e disse que ela ficaria boa e seria a “garota das nações”. E a profecia se cumpriu. Em apenas três anos, ela percorreu 23 países, levando a Palavra de Deus para quem ainda não a conhece. “Falar de crianças é falar da beleza mais bela, da ternura mais terna, da fofura mais fofa, é falar da prioridade de Deus. A palavra de Jesus, em Marcos 9:37, diz: ‘Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo; e quem me recebe, não está apenas me recebendo, mas também àquele que me enviou’”, afirma a cantora infantil. A missionaria acrescenta: “Em qualquer lugar do mundo, elas quebram paradigmas, são a alegria da família”. De acordo com Tia Jô, a única necessidade das crianças é que elas precisam de limites, de líderes, educadores, de mãos amigas, de Provérbios 22:6. “Elas só precisam ser ensinadas, corrigidas e amadas, para que o projeto de Deus aconteça e para que o sorriso continue nos seus lábios”, conclui.


MERCADO

“BETEL” É O NOVO DVD DO RENASCER PRAISE O Renascer Praise acaba de trazer duas importantes novidades para o mercado: o novo clipe “Jesus Está Aqui” e o lançamento do DVD “Betel”, gravado no fim de 2016, no Renascer Arena, em São Paulo. O DVD conta com as participações de Thalles Roberto, Marcelo Aguiar, Karla Angélica e rapper Asaph Hernandes. O show de gravação reuniu mais de 10 mil de pessoas. Já o novo clipe está disponível no canal oficial do grupo na Vevo/ YouTube. O vídeo do primeiro single do novo projeto, “Lugar de Adoração”, já ultrapassou a marca de 300 mil views.

PRETO NO BRANCO EM DESTAQUE Durante o 6º Encontro de Mídias promovido pela gravadora Sony Music, no dia 9 de outubro, o grupo Preto no Branco foi premiado por seus sucessos do primeiro disco. A canção “Ninguém Explica Deus” rendeu a certificação de Single de Diamante – por mais de 300 mil downloads e por alcançar 150 milhões de views do clipe. O grupo também recebeu os prêmios de Single de Platino Duplo, por mais de 160 mil downloads de “Sonhos de Deus”, e Single de Ouro – por mais de 40 mil downloads das músicas “Eu Te Agradeço” e “Preparado”. Agora, Clóvis Pinho, Weslei Santos e Jean Michel trabalham na divulgação do projeto “Preto no Branco 2”. Até agora o grupo já divulgou os singles “Me Deixe Aqui”, com participação de Priscilla Alcantara, “O Tempo”, com Lorena Chaves, e mais recentemente, o single “Eu te senti”.

DAVI LAGO LANÇA MAIS UMA OBRA PELA MUNDO CRISTÃO O escritor Davi Lago acaba de fechar contrato com a Editoria Mundo Cristão. A obra, ainda sem título, trará ao leitor temas relacionados à fé cristã e à política no nosso século, além de assuntos da sociedade contemporânea, violência da vida político-partidária e impasses da democracia. O objetivo do livro é jogar luz nessas questões, apontando os riscos de uma atuação apenas pragmática na política e da consolidação de projetos obscuros de poder travestidos de “cristãos”. Lago é pastor, mestre em Filosofia do Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e coautor de “Formigas – Lições da sociedade mais bem-sucedida da terra”. A previsão de lançamento é para o primeiro semestre de 2018.

REFORMA PROTESTANTE NA ESCOLA DOMINICAL A Editora Central Gospel preparou para o quarto trimestre a revista “Lições da Palavra de Deus” com o tema “Reforma Protestante – Histórias, ensinos e legado”. A publicação, voltada para o ensino da Escola Dominical, é comentada pelo pastor Gilmar Vieira Chaves e conta com a revista para professor e para o aluno, além de um livro de apoio. Transitando entre o passado e o presente, os textos observam o movimento dos mais variados ângulos e apresentam suas lições práticas. Além disso, mostra as mudanças que ocorreram na sociedade, não somente religiosa, após a Reforma. O propósito da editora com as duas obras é ressaltar a importância da mobilização protestante para a construção de uma Igreja mais forte e atenta à Palavra de Deus. 40

Ouça radio.comunhao.com.br

DEEZER LANÇA ISADORA POMPEO “Pra Te Contar os Meus Segredos” é o primeiro álbum da gaúcha Isadora Pompeo, de 18 anos. O disco foi anunciado numa transmissão ao vivo na página oficial da Dezzer Brasil. Com lançamento exclusivo pelo aplicativo, o trabalho conta com a participação das cantoras Rebeca Carvalho e Marcela Taís.

comunhao.com.br


NA ESTRADA por Heloyse Faustino Ouça o conteúdo desta matéria no site da Comunhão

GABRIELA GOMES “QUERO PREGAR A SANTIDADE QUE FOI PERDIDA, SOBRE O AMOR QUE SE ESFRIOU”

A

os 19 anos, Gabriela Gomes desponta no cenário gospel com cantora, compositora e produtora musical. Filha de Marquinhos Gomes, um dos nomes mais conhecidos do segmento cristão, a jovem começou a compor em parceria com o pai e assina nove das 13 faixas do seu disco de estreia, “Não Vou Perder a Fé”. Em agosto, ela foi contratada pela Universal Music Christian Group, a maior gravadora do mundo, que ficará responsável pelo material físico e digital do seu primeiro álbum, lançando originalmente de forma independente em 2015. O projeto conta com a participação do rapper americano Twyse na canção “Eu Sei Quem Você É” e do cantor Fernandinho em “O Véu Se Rasgou”, que será tema de um clipe. O público também pode aguardar o lançamento de um single inédito ainda este ano. O anúncio da parceria aconteceu durante a Expo Cristã, em agosto, em São Paulo. Na assinatura do contrato, na sede da gravadora, no Rio, Gabriela foi elogiada pela gerente de A&R da companhia, Renata Cenízio, que comemorou a chegada da 42

Ouça radio.comunhao.com.br

nova integrante ao cast. “Gabriela Gomes é uma artista muito talentosa que vem despontado no segmento cristão. Já temos alguns projetos ano curto prazo, como o relançamento de seu álbum ‘Não Vou Perder a Fé’, e outros projetos bem promissores, que nos deixam bastante animados com essa parceria”, afirmou. A intérprete, nascida no Estado do Rio de Janeiro, também comemora a nova fase e sonha com os novos planos. “Vejo este momento como o cumprimento de uma promessa de Deus sobre a minha vida. Sou muito grata pela oportunidade de estar na Universal Music e creio que essa parceria irá render muitos frutos daqui para a frente.”

O INÍCIO

Nascida em um lar cristão, Gabriela, logo na infância, aprendeu a tocar violão e um pouco de teclado. Também já fez participação em dois CDs do pai. A primeira vez foi em 2007, aos 9 anos, na canção “Jesus Muda Tudo”, do álbum “Revela a Tua Face”; a outra está registrada no disco “Ele Não Desiste de Você”, de 2010, em um dueto na faixa “Todo-Poderoso Deus”. comunhao.com.br


“Saber que aquilo que Deus me deu pode fazer a diferença em outras vidas, para mim é um privilégio. Não tenho palavras para descrever” O início na música se deu de forma espontânea e natural. A família nunca influenciou a jovem a seguir os mesmos passos. “Por mais que meu pai cantasse, ninguém nunca imaginou que eu iria cantar também. Participei de um festival de música na minha escola com mais três amigas, e foi ali que a gente descobriu que eu cantava. Até então eu sempre fazia algumas coisas na igreja, mas nunca tinha cantado”, lembra. Membro da Igreja Batista Atitude Central da Barra, no Rio de Janeiro, ela participa hoje do ministério de louvor com os jovens, além de ministrar em diversas congregações no Brasil e no exterior. Compor e cantar as músicas que tem recebido de Deus, revela, tem sido uma experiência inexplicável, principalmente por saber que outras pessoas vêm se aproximando dEle através das

DISCOGRAFIA 2015 – Não Vou Perder a Fé Baixe o aplicativo da Rádio Comunhão no seu Google Play (Android) ou no TuneIn (iOS e Android) Acesse a radio.comunhao.com.br e ouça os sucessos de Gabriela Gomes

ministrações. “Todas as músicas que eu componho são palavras de Deus vindas diretamente ao meu coração. E quando eu vejo isso sendo algo vivo na vida de outras pessoas, o meu coração transborda. Saber que aquilo que Deus me deu pode fazer a diferença em outras vidas, para mim é um privilégio. Eu não tenho palavras para descrever.” Esta fase atual, marcada por entusiasmo e trabalho, contrasta com um período em que a depressão predominou, causada pela ausência do pai na infância, devido à agenda atribulada de Marquinhos. Foi nesse misto de solidão e medo que Gaby acabou desenvolvendo depressão e síndrome do pânico. “Graças a Deus, eu superei esse problema e hoje testemunho com minhas músicas. Quero falar para essas pessoas que já tentaram suicídio, que às vezes não têm essa alegria de viver. Eu já estive nesse lugar, e as pessoas precisam de amor. Não só as que enfrentam essa dificuldade mas todas precisam ser alcançadas pelo amor e pela graça libertadora do Senhor”, declara. Na faixa-título “Não Vou Perder a Fé”, a letra de Marquinhos Gomes narra essa etapa turbulenta vivida pela família. Nos versos, Gabriela canta que está livre da solidão e da depressão e declara que através de Cristo voltou a sorrir. Otimista com o relançamento do seu trabalho, a artista quer que mais pessoas sejam abençoadas por meio das mensagens de suas canções. “Quero pregar a santidade que foi perdida, quero pregar sobre o amor que se esfriou. Quero pregar por meio deste CD os valores que foram perdidos.”

FALE COM GABRIELA GOMES Site: gabrielagomesoficial.com/ Telefones: (21) 98557-9020 / 3137-4247 E-mail: agenda@gabrielagomesoficial.com Facebook: gabrielagomesbr/ Twitter: gabigomesbr

comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

43


ARTIGO Lourenço Stelio Rega

A ÉTICA E A OPÇÃO NA ORIENTAÇÃO SEXUAL

D

uas citações que saíram no passado em jornais aqui em São Paulo indicam uma tentativa de buscar outros rumos para o estabelecimento do tema deste artigo. A primeira foi a de um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), que afirmou ser o órgão sexual “um plus, um bônus, um regalo da natureza. Não é um ônus, um peso, um estorvo, menos ainda a reprimenda dos deuses”. Quando se fala que o órgão sexual é um plus da natureza, há consciente rejeição de fatos científicos consagrados, como a integralidade do corpo – o corpo é o que é. Nada é um plus da natureza, porque simplesmente tudo o que nosso corpo possui constitui a sua própria natureza. Dizer que o órgão sexual é um plus da natureza seria o mesmo que se sossegar diante da cegueira que seria facilmente justificável com a afirmação paralela de que os olhos são um plus da natureza. O mesmo sobre a fala, a audição. Além disso, ninguém justificaria o desejo de ficar com os olhos fechados o resto da vida, em silêncio ou mesmo colocando um tampão nos ouvidos afirmando que os órgãos destes sentidos sejam um plus da natureza. O que o

“A sexualidade se banalizou. O mesmo pode-se dizer a respeito do aumento da violência e de sua sofisticação. Esses dois exemplos indicam o imperativo da vontade própria e autônoma em busca da satisfação pessoal imediata, custe o que custar” ex-ministro do STF fez foi apenas um joguete inconsequente de palavras cientificamente insustentável. A outra afirmativa veio de um defensor do neoconceito de orientação sexual e identidade de gênero como opções possíveis para cada um que queira rejeitar a natureza biológica corporal como indicativa da natureza sexual. O autor afirma que a identidade de gênero ou a orientação sexual devem ser objeto de decisão de cada um sem a influência da sociedade, e que a heterossexualidade não é proveniente da orientação corporal, mas uma imposição da sociedade sobre a vontade pessoal. Como resultado, somos heterossexuais como vítimas compulsórias dessa imposição e seres inferiores. 44

Ouça radio.comunhao.com.br

Temos aqui um argumento (o do ministro do STF) corroborando a cultura como fonte de verdade, e o outro argumento rejeitando a cultura [produzida pela sociedade] nesse papel, mas este último acaba sendo vítima de sua própria hipótese, pois se, de um lado, rejeita a pressão da cultura sobre a busca da identidade de gênero e orientação sexual, acaba sendo fruto da própria semeadura do imperativo da cultura sobre as opiniões, pois na verdade o articulista nada mais faz do que buscar comprovação do que é culturalmente hoje disseminado. Além disso, essas duas hipóteses são fruto do imperativo da autonomia humana semeada pela chamada pós-modernidade (hipermodernidade), que elimina qualquer princípio ético que possa ser aceito como universal de modo a sustentar a sobrevivência de todos por meio de valores éticos mínimos. Assim, vivemos num mundo em que cada um faz o que quer e o pior, o que seu coração e seus impulsos irresistivelmente ordenam. O resultado disso já é perceptível ao observarmos a banalização da sexualidade, que acaba sendo reduzida à mera satisfação de impulsos imediatistas e deixa de ser parte constituinte de relacionamento histórico e íntimo durável. A sexualidade se banalizou. O mesmo pode-se dizer a respeito do aumento da violência e de sua sofisticação. Esses dois exemplos indicam o imperativo da vontade própria e autônoma em busca da satisfação pessoal imediata, custe o que custar. Se o uso desses estratagemas continuarem, logo teremos a defesa da pedofilia, da poligamia, do homicídio. Onde vamos parar? Qual será o limite?

Lourenço Stelio Rega é teólogo, eticista e educador. Diretor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo. Mestre em Teologia e em Educação e doutor em Ciências da Religião

comunhao.com.br


ACONTECE MÚSICA

Foto:Paulo Tauil

Preto no Branco foi um dos grandes premiados na noite e apresentou canções de seu segundo projeto pela Sony Music

Séo Fernandes apresentou a sonoridade da Bahia e é uma das apostas da nova geração de cantores

SONY MUSIC PROMOVE 6º ENCONTRO DE MÍDIAS

H

á sete anos incentivando a evangelização por meio da arte, a Sony Music promoveu a sexta edição de seu Encontro de Mídias, na Igreja Batista da Lagoinha em Niterói (RJ), no último dia 9 de novembro, reunindo mais de 50 artistas de seu cast, líderes e influenciadores do cenário cristão. Atentos às mudanças na forma de se consumir música, os organizadores realizaram workshops com representantes da Apple Music, do Spotify e da Deezer, além de proporcionar palestras com orientações sobre como os cantores podem divulgar seu material no universo das plataformas digitais. Um dos palestrantes foi Lincoln Baena, curador oficial da música gospel dentro da Deezer, que destacou o crescimento do gospel brasileiro neste primeiro ano de atividades na plataforma. “Saímos de um 13º lugar e hoje somos o segundo gênero mais ouvido dentro da Deezer, perdendo apenas para o sertanejo. Tínhamos uma média de 4 mil ouvintes e hoje temos mais de 20 mil por dia”, ressaltou. Para Maurício Soares, diretor artístico do segmento gospel da Sony e idealizador do encontro, é notória a consolidação do mercado de música digital entre os usuários cristãos. Ele destaca o envolvimento do cast nesse novo mercado. “A gente vê o crescimento dos artistas nesse novo ambiente, tanto os que já têm uma carreira consolidada como os novos talentos. Atualmente, 95% da companhia referem-se ao digital, e estimamos um crescimento de 30% ainda este ano no resultado dos streaming. A gente sabe que ainda tem muito o que crescer nosso segmento, mas já conseguimos um espaço bem expressivo”, analisa.

NOVIDADES

O encontro também foi a oportunidade para anunciar os próximos lançamentos da gravadora. Dentre eles está previsto, para dezembro, um single inédito de Leonardo Gonçalves, que estava em período sabático anunciado em 2016. “Estamos trabalhando para esse projeto de mais ou menos 10 músicas e posso considerar que é o meu trabalho mais orquestral. Vem na linha do ‘Avinu Malkenu’ (álbum em hebraico lançado em 2010), comunhao.com.br

Leonardo Gonçalves foi premiado pelos sucessos “Acredito”, “Eu Me Rendo” e “Getsêmani” Priscilla Alcantara foi premiada por ter as músicas mais executadas pelo público nas plataformas digitais

mas é um pouquinho mais alternativo”, disse o cantor, que ainda prepara mais três músicas para a série Sony Music Live, além de uma edição especial intitulada “Terceira Margem do Rio”, com Tiago Arrais, Estêvão Queiroga, Gabriel Iglesias e Felipe Valente. Veja a cobertura completa no site: www.comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

45


TALENTOS

QUÉLITA BARROS C

om 15 anos de ministério, cinco CDs lançados, uma coletânea e dona da própria gravadora, Quélita Barros vive um momento de realização em sua carreira. “Estou feliz com o que tenho vivido, mas o meu maior sonho é que muitas vidas sejam alcançadas através das minhas música e que eu seja canal de bênção para elas.” A artista se dedica atualmente à produção do CD do ministério Power e Praise – grupo de louvor da igreja onde congrega –, que deve ser concluída no ano que vem. Além de fazer uma participação no trabalho, a jovem vai gravar uma música solo, que será a faixa-bônus. “Os meus CDs sempre foram voltados mais para o estilo pop pentecostal. Agora, com o álbum do ministério de louvor, o público vai conhecer uma Quélita que celebra e também ama levar a igreja a se quebrantar aos pés do Senhor”, comenta. Em 2002, aos 9 anos de idade, a cantora lançou o primeiro disco, “Mais que Vencedor”. Dois anos mais tarde, veio o segundo álbum, “Segue Firme”, e em 2017 chegava ao mercado “Aparências”. As duas obras seguintes foram “Acredite” (2011) e a coletânea “Melhores Momentos” (2013). A mais recente, “A Promessa”, foi a produção de estreia da gravadora da artista, a G-Record, em 2015, quanto ela também apostou no clipe de “Não Temas”, música de trabalho do último CD. Consciente da carreira sólida construída, este talento capixaba afirma que seu objetivo é alcançar vidas. “Não estou mais no momento em que minha música é voltada somente para um público, mas desejo que todos, homens, mulheres, jovens e crianças, sejam alcançados pela graça do Senhor através das minhas canções.” Hoje, aos 24 anos, Quélita é casada com o pastor João Márcio da Vitória e mãe de uma menina de 5. Missionária ao lado do marido na igreja Power of God – Ministério Internacional do Poder de Deus, em Vila Velha, esta profissional multifacetada afirma estar realizada, já que seu sonho sempre foi cantar e ter a própria gravadora. O início do ministério, porém, foi cercado de desafios. Como muitos cantores cristãos, a família sempre exerceu grande influência e, desde os 4 anos, ela se apresentava na igreja onde congregava. Depois vieram os con46

Ouça radio.comunhao.com.br

DISCOGRAFIA CD: 2002: Mais que Vencedor 2004: Segue Firme 2007: Aparências 2011: Acredite 2013: Melhores Momentos (coletânea) 2015: A Promessa

vites para cantar em outros templos até que, aos 9, surgiu o sonho de gravar um CD. Na época, Quélita morava em Colatina, no noroeste do Espírito Santo, e a família lutava para concluir o primeiro trabalho. No dia da gravação, em um estúdio em Vila Velha, numa data que deveria ser marcada somente por alegria, um acidente de trânsito tirou a vida do seu pai, de um tio e de uma tia, durante o retorno para casa. “Eu estava no carro atrás deles e presenciei tudo. Não foi fácil continuar. Minha mãe tinha perdido dois irmãos e o esposo. Éramos três filhas pequenas. Ela chegou a me dizer que não poderia mais continuar, mas sempre tive a certeza que Aquele que começou a boa obra era fiel para terminar.” A missionária aponta a canção “Segue em Frente”, do primeiro CD, como uma das mais marcantes nesses 15 anos de história. Depois do acidente, sempre louvava em busca de forças para continuar. “O agir de Deus é algo sobrenatural na minha vida através da música. Sinto que Ele fala comigo por meio das canções. Não posso guardar somente para mim o que Deus fez comigo. Tenho que compartilhar, pois sei que Ele também vai fazer em corações que necessitam de ser curados, em vidas que precisam de milagres.”

FALE COM QUÉLITA BARROS Contato: WhatsApp: (27) 99881-3901 /quelitabarros Acesse a radio.comunhao.com.br e confira a música "Não Temas", do disco "A Promessa".

comunhao.com.br


ACONTECE CINEMA Priscilla Alcântara é uma das protagonistas do filme

“QUANDO O SOL SE PÔR” É CONSAGRADO O FILME DO ANO “Q

uando o Sol Se Pôr” aborda a história de um jovem que busca realizar seus sonhos e se supera através da música. Na maior noite de reconhecimento de produções cinematográficas cristãs, o filme venceu nas categorias “Melhor Figurino”, “Melhor Trilha/Música, “Melhor Roteiro de Longa-Metragem”, “Melhor Fotografia de Longa-Metragem”, “Melhor Direção de Arte de LongaMetragem” e “Melhor Direção e Longa”. O diretor Fábio Faria, do Grupo Red Films, também responsável pelo longa “Um Lugar pra Ser Feliz”, vencedor do festival em 2016, atribuiu a conquista ao comprometimento do grupo em estimular valores cristãos para os espectadores. “Vivemos um período em que nosso país e a Igreja passam por um momento complicado e, através do cinema, a gente pode mudar histórias e levantar a bandeira para transmitir bons valores para o público. Tenho tentado fazer minha parte. Se o diretor da arte é o nosso Senhor, agradeço a Ele por ter confiado esse ‘trem’ a nós”, declarou o diretor. Além dos protagonistas Priscilla Alcântara e Filipe Lancaster, o elenco conta com os cantores Lu Alone, Dany Grace, Lito Atalaia, Gabriel Barreto (DN1) e Samuel Araújo.

FILMES PREMIADOS

A expectativa do festival estava voltada para o filme “A Ovelha e o Dragão”, com oito indicações. A produção é uma adaptação do romance cristão escrito pela pastora Renata Martins, narrando o amor entre um satanista e a filha de um pastor. Dirigido por Fabrício Bittencourt, o longa foi premiado na categoria de “Melhor Ator”, concedida a Aldebaran Bastos. “É preciso valorizar sempre a arte do ator, pois é isso que move o cinema”, pondera Aldebaran. Com três premiações, “Cromossomo 21” debate de forma bem peculiar acerca dos portadores de síndrome de Down. A produção se destacou nas categorias “Melhor Atriz”, com a protagonista Adriele Pelentir, e “Filme Socioambiental”, com trabalhos que tratam de temas recorrentes à sociedade e focam questões de cunho social, e ainda foi eleito pelo voto popular 48

O  uça radio.comunhao.com.br

Equipe do filme “Quando o Sol Se Pôr”

como “Melhor Longa-Metragem”. A estreia nos cinemas ocorre em 30 de novembro. A obra é dirigida, produzida e roteirizada por Alex Duarte. A noite também consagrou “Você Acredita?” como “Melhor Filme Estrangeiro”, distribuído no Brasil pela 360WayUp. O CEO da empresa, Ygor Siqueira, um dos pioneiros na expansão do cinema cristão no Brasil, recebeu a estatuera. “Deus tem aberto muitas portas, e eu quero ser uma peça estratégica do Senhor para fazer coisas grandes, e é isso que tem acontecido. Quando um filme cristão é lançado nos cinemas, nossa obrigação como cristão é apoiar e, em 2018, teremos cinco filmes cristãos ainda no primeiro semestre”, discursou Ygor, que também recebeu o prêmio de “Melhor Distribuidora” pelo trabalho realizado.

O FESTIVAL

Com 176 obras inscritas, o FICC tem o intuito de promover cada vez mais o cinema cristão, principalmente as produções nacionais, e de fomentar valores em meio à sociedade. A 5ª edição do evento foi realizada no feriado de 15 de novembro pela primeira vez na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, e com entrada franca para o público. Além dos longas-metragens, o festival neste ano abriu espaço para filmes de média e curta-metragem, além de produções de um minuto e clipes musicais. De acordo com a idealizadora, Veronica Brendler, já está prevista a categoria de “Filme Esportivo” para a edição de 2018. comunhao.com.br


CINEMA

CONHEÇA AS PRODUÇÕES VENCEDORAS DO FICC 2017: V OTO DO JÚRI ESPECIALIZADO: Melhor Figurino/Melhor Trilha/Música: Quando o Sol Se Pôr Melhor Atriz: Adriele Pelentir Cromossomo 21 Melhor Ator: Aldebaran Bastos (A Ovelha e o Dragão) Produção de Minuto: O Segundo Mandamento Média-Metragem: O Resgate – Salvação ao Extremo Curta-Metragem: Encontro com Jesus

Melhor Série: Correntes Melhor Documentário: Analfabetismo Gospel Melhor Animação: 3 Palavrinhas – Volume 1 Melhor Roteiro de Longa-Metragem: Quando o Sol Se Pôr Melhor Fotografia de Longa-Metragem: Quando o Sol Se Pôr Ficção: Escolhas Filme Socioambiental: Cromossomo 21

*A relação dos filmes partipantes do festival, você confere no site da Comunhão

V OTO POPULAR Teen: Eu Vou Te Esperar Clipe Musical: Te Amei (Chris Durán) Melhor Filme Evangelístico: O Resgate – Salvação ao Extremo Direção de Arte de Longa-Metragem: Quando o Sol Se Pôr Melhor Direção e Longa: Quando o Sol Se Pôr Melhor Filme Estrangeiro: Você Acredita?

Longa-Metragem: Cromossomo 21 Média-Metragem: O Resgate – Salvação ao Extremo Curta-Metragem: Piscina de Caíque Série: Eu Vou Te Esperar

Documentário: Inflamados pelo Amor Animação: 3 Palavrinhas – Volume 2 Produção de Minuto: O Segundo Mandamento


PLUGUE-SE

Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

AUGUSTUS NICODEMUS TRAZ RESPOSTAS A QUESTÕES POLÊMICAS “Cristianismo Descomplicado” é o novo livro de Augustus Nicodemus (foto). Lançada pela Editora Mundo Cristão, a publicação apresenta as difíceis questões da vida cristã de forma simples, clara, com riqueza teológica e respostas objetivas a diversas pautas polêmicas que envolvem a fé e a doutrina bíblica. A obra é composta por perguntas selecionadas, através do programa de rádio em que o autor é comentarista. Apresenta indagações feitas por ouvintes da atração sobre temas como a ideologia de gênero, sofrimento, divórcio e novo casamento. Outros assuntos como submissão feminina, sexualidade sadia, possessão demoníaca e suicídio também são abordados. Veja a entrevista concedida pelo autor à Comunhão em nosso site: www.comunhao.com.br.

BANDA TRINDADE A banda capixaba Trindade está trabalhando na divulgação do seu novo disco, “A Batalha”. Com cinco anos de estrada, o grupo formado por Antônio Barbosa, Magno Gonçalves, Wagner Gonçalves e Elder Campos apresenta as influências do rock gospel, com um som alternativo e contemporâneo. O clipe da faixa “A Ele” já está disponível pelo canal de música Vevo, no YouTube. Além disso, os integrantes estão produzindo um documentário sobre a gravação do CD “A Batalha”.

BIANCA RINALDI CONTA COMO SE CONVERTEU Em entrevista ao programa “Nova Talk”, com o pastor “Mauricio Fragale”, do ministério Nova Igreja, a atriz Bianca Rinaldi revelou que sua conversão ao Evangelho ocorreu na época em que gravava a novela “José do Egito”, da Record TV. Vendo o seu interesse, uma amiga chamada Raquel passou a convidá-la para assistir a um culto. “No dia que combinei de ir à igreja, caiu uma tempestade. A Raquel me ligou e disse que não poderia ir. Eu estava com vergonha de chegar sozinha, não sabia como que era e foi maravilhoso”, explicou. Veja a entrevista completa no nosso site, comunhao.com.br.

DAVI SACER CANTA COM A ESPOSA O cantor Davi Sacer acaba de lançar o clipe de “DNA”, música que dá nome ao seu mais recente trabalho pela Som Livre com o selo Você Adora. A canção conta com a participação da esposa, Verônica Sacer, em dueto com o artista. Gravado em São Paulo, o registro audiovisual tem a direção de Hugo Pessoa. Com imagens noturnas, a produção transcorre por ruas e avenidas, além de apresentar imagens aéreas da capital paulista. Verônica também assume os vocais na faixa “Aleluia”.

“MUITA BÊNÇÃO” “Muita Bênção” é novo clipe do rapper Pregador Luo, lançado em seu canal do Vevo /YouTube. A gravação traz as participações especiais de Dona Olíria, mãe do cantor, e do dançarino Keven Berifor, que interpreta o artista quando criança. A música faz parte do álbum “RetransMISSÃO”, recém-chegado ao mercado pelas mãos da Universal Music Christian Group. O novo disco traz ao todo 18 faixas, em versões remixadas de grandes sucessos da carreira do cantor.

ELAINE MARTINS ORGANIZA CHÁ DE BEBÊ Elaine Martins, grávida de gêmeos, já está com tudo pronto para a chegada dos filhos e recentemente organizou um chá de bebês em um salão em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. No fim do evento, ela agradeceu os convidados, fez uma oração especial e apresentou um dos seus sucessos, “Volte a Sonhar”, em homenagem às crianças que vão nascer, João e Joabe. 50

Ouça radio.comunhao.com.br

ANDRÉ VALADÃO LANÇA SINGLE “Não Seremos Abalados” é o novo single de André Valadão. A canção declara gratidão e confiança no amor de Deus. A faixa é uma releitura para o português de “We Will Not Be Shaken”, da Bethel Music, e faz parte do álbum “Versões Acústicas Vol.2”, que o artista mineiro vem apresentando na internet desde setembro. No trabalho, hinos internacionais ganham versão para a nossa língua. A interpretação original e emocionante de André pode ser conferida em clipe disponível no canal do cantor no YouTube.

comunhao.com.br


ACONTECE GRAMMY Aline Barros é a maior vencedora da categoria cristã da história do Grammy Latino

ALINE BARROS GANHA SEU 7° TROFÉU DO GRAMMY LATINO

Q

uando o assunto é Grammy Latino, maior premiação da área musical das Américas, Aline Barros mais uma vez é destaque. Na noite de 16 de novembro, nos Estados Unidos, ela recebeu o troféu na categoria “Melhor Álbum Cristão” pelo trabalho “Acenda a Sua Luz”, pela MK Music. No mesmo grupo, concorriam “Piano e Voz, Amigos e Pertences 2”, de Paulo César Baruk & Leandro Rodrigues; “Ao Vivo em Israel”, de Fernanda Brum; “Clareou”, do Padre Fábio de Melo”; “Incomparável”, de Bruna Karla; e “Memórias”, de Eli Soares. Emocionada, Aline ressaltou, em seu agradecimento, a importância de se valorizar as coisas simples da vida. “Graças ao Senhor! Tudo isso me faz valorizar a vida cada dia mais, porque cada dia é uma nova história que podemos escrever”, glorifica. Aline, que foi a primeira cantora evangélica a conquistar um Grammy Latino, em 2004, também recebendo o reconhecimento de melhor coletânea nos anos de 2006, de 2007, de 2011, de 2012 e de 2014. Ao todo, foram 11 indicações nas 18 edições do evento.

Com sete troféus na carreira, a cantora foi a primeira evangélica a conquistar o prêmio

O ÁLBUM

O premiado “Acenda a Sua Luz” foi o último projeto lançado por Aline Barros com a MK Music. Seu 42° trabalho teve produção de Ruben di Souza e estreou em janeiro de 2017. Quatro das 13 canções foram compostas em parceria com o Pastor Lucas, e há também composições com Marcelo Manhãs, Marcos Rodrigues e Ed Olivier. O álbum é marcado pela canção “Depois da Cruz”, que abre o disco. A faixa foi liberada nas plataformas de streaming em dezembro do ano passado e soma mais de 7 milhões de visualizações no clipe oficial postado no YouTube. A MK Music foi a gravadora gospel que recebeu o maior número de indicações esse ano. Em edições anteriores, foram 29 artistas e dez vitórias.

NOVO PROJETO

Voltado para o público infantil, seu primeiro álbum pela Sony Music, “Imaginaline”, já é sucesso na internet e nas plataformas digitais. 52

O  uça radio.comunhao.com.br

A primeira faixa divulgada, “Sr. Antônimo”, ultrapassou a faixa de 2 milhões de visualizações em poucos dias.

A CARREIRA

As canções de Aline Barros ultrapassaram as fronteiras do Brasil e conquistaram o mundo no segmento cristão. Com mais de 20 anos de uma sólida carreira, a ministra de louvor ganha destaque também na mídia secular por conta de seu carisma e comprometimento com o que faz. Aline é apontada umas das cantoras cristãs mais influentes, considerando o número expressivo de vendas de disco, relevância nas redes sociais com milhões de seguidores e participações em grandes eventos e nos meios de comunicação do país. comunhao.com.br


PLUGUE-SE EDITOR RECOMENDA CLÁSSICOS DE C.S. LEWIS

O célebre escritor C.S. Lewis apresenta uma coleção especial de livros com temas relevantes para o cristão moderno. Em “Os Quatro Amores”, o autor aborda as diferentes formas do amor de Deus com o ser humano. Em “Cristianismo Puro e simples”, mostra os principais elementos da cosmovisão cristã. Já “Abolição do Homem” alerta para os perigos de se questionar os valores morais objetivos. “O Peso da Glória” traz aos leitores as mesmas palavras de inspiração e apologia à fé cristã, e “Cartas de um Diabo a seu Aprendiz” apresenta a mais envolvente narrativa já escrita sobre tentações – e a superação delas.

“MULTIPLICANDO SUA CÉLULA EM 21 DIAS”

Sérgio Ferreira – Editora Vine Press “Neste livro, o autor mostra de forma simples a maneira de ver e conduzir uma célula para levá-la a resultados surpreendentes. São técnicas fáceis, com dinâmicas para interação entre as pessoas.” Almir Pacheco, diretor do Colégio Americano

“A CABANA” Paris Filmes “Assisti recentemente ao filme ‘A Cabana’, cuja narrativa destaca a jornada espiritual de um pai que, após sofrer uma tragédia familiar, entra em depressão. Mas ele reconhece a fé como saída para seus problemas. Extremamente edificante.” Cláudio Gasperazo, diretor do Sítio Modelo

“SOU FELIZ” Fernandinho – Onimusic “Gosto muito do CD ‘Sou Feliz’, porque traz canções que marcaram a história da fé cristã no Brasil e relembra nossas raízes. É uma ótima dica para quem quer conhecer as composições que fizeram parte da trajetória da música sacra.” Benhur Castelo, pastor da Assembleia de Deus

54

Ouça radio.comunhao.com.br

OS MAIS VENDIDOS A revista Comunhão apresenta aos seus leitores o ranking dos CDs, dos DVDs e dos livros evangélicos mais vendidos nos últimos 30 dias.

LIVROS lugar: As Cinco Linguagens do Amor 1º Gary Chapman – Mundo Cristão lugar: Uma Vida com Propósito 2º Rick Warren – Vida º lugar: Casamento Blindado 3 Cristiane e Renato Cardoso – Thomas Nelson lugar: Como Ter o Coração de Maria no Mundo de Marta 4º Joanna Wear – CPAD º lugar: Bom Dia, Espírito Santo 5 Benny Hinn/ Thomas Nelson/Editora Vida lugar: Uma Vida com Propósitos 6º Rick Warren e Juliana Kummel – Vida º lugar: Campo de Batalha da Mente 7 Joyce Meyer – Bello Publicações

DVDS lugar: Extraordinária Graça 1º Aline Barros – MK Music lugar: Da Eternidade em Israel 2º Fernanda Brum – MK Music lugar: Essência 3º Anderson Freire – MK Music º lugar: Tente um Pouco Mais 4 Rose Nascimento – Som Livre lugar: Como Águia 5º Bruna Karla – MK Music º lugar: Deus não Te Rejeita 6 Anderson Freire – MK Music lugar: Questão de Honra 7º Rose Nascimento – Som Livre

ÁLBUNS MAIS OUVIDOS NA DEEZER lugar: Preto no Branco – Ao Vivo 1º Preto no Branco – Sony Music lugar: Raridade 2º Anderson Freire – MK Music º lugar: Até Transbordar 3 Gabriela Rocha – Sony Music lugar: Gospel Colletion Ao Vivo 4º Bruna Karla – MK Music º lugar: Teus Sonhos 5 Fernandinho – Onimusic lugar: Testemunho e Louvor 6º Irmão Lázaro – MCK º lugar: Uma Nova História 7 Fernandinho – Onimusic Agradecimentos às livrarias participantes e à Deezer.

comunhao.com.br


O PASTOR RESPONDE

FAÇA A SUA PERGUNTA

Por que os casamentos de agora não resistem a tempestades? Marilena e Romildo Agum, PIB Vitória

Qual será a relação de família no céu? Haverá casamento? Janaína Mello, Igreja Adventista

De acordo com a Bíblia, a mulher pode ser “barriga de aluguel”? Anônimo 56

Ouça a Rádio Comunhão

Tem alguma dúvida bíblica ou sobre vida cristã? Envia para nós: comunhao.com.br revistacomunhao @revistacomunhao | revistacomunhao

Antes da Revolução Industrial e do feminismo, os casamentos aconteciam entre as famílias que eram conhecidas umas das outras, assim como a união de povos e reinos no passado. Com a evolução disso, somada à busca desenfreada pelo dinheiro, muitas mulheres passaram a ganhar mais do que os maridos, a ter independência. Temos uma geração de filhos egoístas, individualistas e muito materialistas devido à troca do afeto pelas coisas, fora da realidade do mundo, como se não vivêssemos em comunidade e como se não precisássemos uns dos outros. Vivemos hoje a era do descartável; o ser humano tem adorado a matéria e o dinheiro e investido pouco tempo em amar o seu semelhante como ele é. Hoje queremos tudo do nosso jeito e, se não for assim, descartamos movidos pelo imediatismo e pela impaciência. Temos hoje uma geração de pais separados, que influenciam filhos a seguirem o mesmo caminho no futuro.

Chris Barcelos, pastora da Missão em Cristo

Jesus, respondendo aos saduceus que queriam pegá-lo em contradição e sabendo que eles não acreditavam em ressurreição, disse-lhes como seriam as questões conjugais no céu. Ele afirma: “Mas os que são havidos por dignos de alcançar a era vindoura e a ressurreição dentre os mortos não casam, nem se dão em casamento” (Lucas 20:35; veja também Mateus 22:30). Um renomado Comentário Bíblico observa o seguinte sobre Mateus 22:30, que fala a respeito do mesmo episódio: “Não se casam”. É evidente que não haverá necessidade de matrimônio, porque prevalecerá uma ordem de vida totalmente diferente. Como os anjos, são seres criados e não procriados. Jesus não revelou tudo sobre o assunto. Mas é mais provável que não haverá necessidade de matrimônio na Nova Terra. Alguns teólogos com uma visão romântica dizem que “a glória do Senhor nos bastará”. Em determinados assuntos como este, em que não há uma grande luz bíblica, o silêncio é sabedoria. Para mais informações, faça planos de estar no céu com sua família.

Paulo Zahn, pastor da Igreja Adventista

O termo “barriga de aluguel” popularizou-se no Brasil após a exibição de uma novela em que personagens vivenciaram essa situação. Em Gênesis 1:28, a bênção para o casal é que deveria “crescer e multiplicar-se” através do milagre da gestação. Com a expressiva evolução da ciência, torna-se cada vez menos necessária a Doação Temporária de Útero, termo utilizado pela medicina. Na Bíblia existe um emblemático caso, dentre outros, de algo similar à barriga de aluguel, quando Abraão gerou filho com a escrava Agar, a pedido da esposa, Sara, que não esperou o cumprimento da promessa de Deus (Gênesis 16:4). Ocorre que não se pode utilizar tais relatos como base para uma decisão desse nível, pois o fato de ter nascido um filho não expressa a aprovação de Deus. O sonho da maternidade é o mais sublime que uma mulher pode ter, no entanto, devemos considerar que a adoção é um caminho que deveria ser levado em conta pela mulher cristã, pois utilizar-se da barriga de aluguel, no final das contas, é o mesmo que adotar.

Júnior Fanticelli, pastor da Assembleia de Deus Nova Vida (Confrateres)

comunhao.com.br


FIM DE PAPO

por José Ernesto Conti fimdepapo@comunhao.com.br

NÃO ABRO MÃO DO NATAL O DOCE GOSTO DA DERROTA Quem não gosta de vencer? Ou, falando de outra forma, ninguém gosta de perder. Não importa se é rico ou se é pobre, negro ou branco, doutor ou iletrado, a derrota é um sentimento que iguala todos os seres humanos e abala qualquer tipo de alma vivente. Além disso, atinge todo o nosso ser: corpo, alma e espírito ficam derrubados, acabados, desanimados. Mas, se essa é a realidade, por que não aceitamos ser vencidos, pelo menos, de vez em quando? Por que não nos conformamos quando elas batem à nossa porta? Afinal de contas, dizem que boa parte das nossas derrotas são pedagógicas e ensinam uma boa lição. Acontece que vivemos em um mundo altamente competitivo, em que cada vitória para um corresponde a uma derrota para o outro. Ninguém dá um refresco, ninguém alivia, temos que “matar vários leões” todos os dias. Muitas dessas lutas são totalmente desleais. O apóstolo Paulo nos adverte para essa situação quando diz que “os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio” (1 Co 9: 24). Só em ler isso, muitos crentes desanimam. Mas Paulo completa: se a luta é grande, “correi de tal maneira que o alcanceis”. Em outras palavras, não deixe nada desanimá-lo, sabe por quê? Independentemente das nossas vitórias ou derrotas, em Cristo “somos mais que vencedores”, pois nada pode nos separar do amor de Deus. Por mais tristes que sejam (e são), as derrotas serão deixadas para trás quando chegarmos à eternidade. Essas perdas amargam nossa vida, mas elas não têm a palavra final e não podem nos impedir de alcançar o nosso objetivo e o lugar para o qual fomos destinados.

Que o Natal que celebramos nos dias de hoje já não é mais o mesmo que nossos avós celebravam, disso ninguém duvida. Os apelos comerciais e econômicos são maiores que os sonhos das pessoas. O padrão é ganhar presentes, comprar, adquirir, receber, muito mais do que cultivar relacionamentos. Dessa forma, a razão do Natal está sofrendo a inversão de prioridades. Está completamente desprezada e negligenciada. Li recentemente uma notícia que me surpreendeu. Uma grande empresa brasileira mandou fazer todos os seus cartões temáticos para a época trocando a frase “Feliz Natal” para simplesmente “Boas festas”. Afirmam os responsáveis que “Feliz Natal” é uma afirmativa cristã e, hoje, no tempo do pluralismo religioso, isso poderia soar culturalmente incorreto. Não basta tirar Jesus do Natal, a sociedade também quer evitar qualquer sentimento religioso nessa época. Como diz a música da Globo: é tempo de festa! (e não de Jesus). Interessante que nós, os cristãos, concordamos com isso passivamente, sem espernear, sem “rolar nenhum barraco” e, de certa forma, até concordando com toda essa mudança. Não abro mão. Eu quero o Natal de meu tempo de criança de volta. Quero contemplar crianças alegres só de ouvirem mais uma vez a história do nascimento do menino Jesus. Quero de volta a emoção de ver José e Maria chegando à estrebaria, colocando o Messias na manjedoura. Quero assistir aos pastores de Belém se ajoelhando ao redor do Príncipe da Paz. Quero ver a adoração dos Reis Magos entregando seus tesouros ao Rei dos reis. Será que estou pedindo muito? Quero o Natal em que Jesus ocupa o lugar central, o verdadeiro lugar.

PLANTE VENTOS... O ano de 2018 está chegando e, depois de tanta crise e decepções, todos aguardamos um momento melhor e com mais esperança do que os dos últimos dois. Por mais expectativa positiva que tenhamos, nossas vidas são feitas de escolhas e decisões, e todas elas têm consequências. Na verdade, são esses efeitos que nos levam sempre a avaliar qual a melhor ou a pior decisão. Perde mais quem não avalia bem as consequências. Tem sido assim ao longo de toda a história do homem. Desde Caim, a Bíblia está farta de exemplos de pessoas que perderam tudo por causa de atos equivocados. A Palavra registra com detalhes como homens e mulheres especiais tomaram resoluções erradas, trazendo consequências tremendas. Sara, por exemplo, ofereceu uma escrava para que a promessa de Deus se realizasse com Abraão, um feito que repercute até hoje. Como diria Arnaldo: a regra é clara! Paulo avisou que “não adianta torcer o nariz para Deus ou querer ignorá-lo ou responsabilizá-lo, pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6:7-8). Você semeou corretamente em 2017? Então, terá uma boa colheita em 2018. Semelhantemente às leis da natureza, essa também não se quebra. Se você não avaliou bem as consequências de suas decisões, o resultado será desastroso. Mas, de todas as determinações tomadas, a maior catástrofe é não ser encontrado fiel; é negligenciar seu chamado; é sua falta de compromisso com Deus. Cuidado com o que você está plantando... 58

Ouça radio.comunhao.com.br

comunhao.com.br


CADERNO DE PRESENTES HÁ MAIS DE 10 ANOS AJUDANDO O NOSSO LEITOR A FAZER AS MELHORES HOMENAGENS ÀS PESSOAS ESPECIAIS

F

im de ano chegou e, com ele, as festividades e os presentes de natal. Mas com a modernidade, o tempo de ir às compras tem tornado-se mais difícil. Por isso, há dez anos, a revista Comunhão traz o Caderno de Presentes, uma ferramenta para ajudar quem precisa escolher um presente ideal para a família, com descontos especiais de nossos fornecedores. O especial deste ano traz um novo projeto gráfico, com a apresentação de cada produto, detalhes de conteúdo de livros, trecho de vídeos, trailers e músicas. Tudo isso será possível por meio das plataformas digitais.

comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

61


PLUGUE-SE

Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

AGENDA COMUNHÃO Next Editorial Com um programa de leitura Bíblica para cada dia do ano, a agenda Comunhão propõe um momento dedicado ao conhecimento da palavra de Deus. Ao final do ano, você terá lido todo o Novo Testamento. Cada página do material, que vem no formato organizer, terá um QR Code, dando acesso às mensagens devocionais em multimídia. O material é diferenciado, colorido, atraente e superleve para você se organiza durante o ano. Preço sugerido: R$ 32,00 | www.loja.comunhao.com.br

ENTRE A VINGANÇA E O PERDÃO

CRISTIANISMO DESCOMPLICADO

360 WayUp Bob Collins (Ernie Hudson) é vítima de uma maldade que leva sua esposa e filhos. Ao ver sua família destruída, entra em desespero e decide se isolar das pessoas. Em meio à dor, ele se revolta contra Deus e o mundo e busca ter sua vingança, até que duas crianças começam a conquistar a sua amizade e a penetrar sua alma. O drama aborda o limite do desejo por revanches e da capacidade de liberar o perdão. O elenco conta com atores da trilogia “Deus Não Está Morto”.

Augustus Nicodemus – Mundo Cristão O autor da obra busca explicar o “teologuês” para o português do dia a dia, esclarecendo assuntos que desafiam a cosmovisão cristã como ideologia de gênero, sofrimento, divórcio e novo casamento, submissão feminina, sexualidade sadia, entre outros temas. Augustus Nicodemus possui o dom precioso de traduzir questões complexas da fé em conhecimento acessível a todos. Em “Cristianismo Descomplicado”, ele mostra que a teologia é para todos. A formação intelectual e o conhecimento teológico do autor reformado e também professor tornam-se acessíveis graças à sua singular clareza de pensamento, que permite ao leitor compreender uma perspectiva bíblica sobre as questões que mais confrontam o cristão nos dias atuais.

Preço sugerido: R$ 24,90 | www.gospelgoods.com.br

A GRANDE JOGADA 360 WayUp Travis Freeman é um brilhante astro de futebol do ensino médio. Repentinamente, ele contrai uma infecção rara e fica cego do dia para a noite. O jovem precisa aprender a lidar com todas as adversidades de não poder enxergar e com os desafios mundo, que é despreparado para quem não consegue ver. Diante da situação inesperada, ele deve decidir entre viver em torno dessa deficiência ou vencer os obstáculos com a ajuda de sua família e amigos. Preço sugerido: R$ 24,90 | www.gospelgoods.com.br

PARA ESPOSAS DE PASTORES: UMA CONVERSA FRANCA ENTRE ESPOSAS DE PASTORES Dulce Consuelo Purin – AD Santos A autora, sendo filha e esposa de pastor, tem conselhos para outras mulheres de valor que acompanham seus maridos na obra de Deus. Uma leitura leve que dá conselhos, dicas de comportamento e sugestões de como apoiar e ajudar o esposo pastor. Preço sugerido: R$ 29,90 | www.adsantos.com.br

62

Ouça radio.comunhao.com.br

Preço sugerido R$: 34,90 | www.mundocristao.com.br

O RUGIR DO LEÃO 360 WayUp Uma viagem no tempo revela uma das maiores enganações da história – a conspiração para encobrir a verdadeira identidade da Igreja. O longa-metragem segue a trajetória da instituição, desde o nascimento de Jesus Cristo até o Império Romano, e transcorre pelas teses de Lutero e pela perseguição dos judeus na 2ª Guerra Mundial. O filme se propõe a explorar os segredos profundos de uma história negligenciada pela Igreja moderna e a resgatar a verdadeira raiz do cristianismo. Preço sugerido: R$ 24,90 | www.gospelgoods.com.br

comunhao.com.br


FALANDO BEM Charles R. Swindoll – CPAD Saber comunicar-se bem é uma importante qualidade na vida de qualquer pessoa, mas, para os que pregam a Palavra de Deus, essa habilidade é essencial. É o principal “instrumento de trabalho”. Mestre em comunicação e best-seller, o autor da obra, Charles R. Swindoll, conta de forma leve e descontraída os segredos práticos sobre como discursar e pregar de maneira eficaz. O livro é resultado de uma vida inteira de conhecimentos adaptados às necessidades de comunicação para quem quer aperfeiçoar ou aprender a se comunicar com qualidade. Preço sugerido: R$ 38,95 | www.cpad.com.br

CONTRA A CORRENTEZA John C. Lennox – CPAD O livro mostra uma sociedade que tolera a prática do cristianismo no nível pessoal e nas atividades religiosas na igreja, mas deprecia cada vez mais o testemunho público. Na obra de John Lennox, você vai conhecer e se inspirar com a história de Daniel e seus amigos, que, diante de uma sociedade pluralista e antagônica à sua fé, depositaram suas convicções em Deus para se posicionarem contra a corrente do relativismo de sua época. Preço sugerido: R$ 49,95 | www.cpad.com.br

SOBRE/VIVER: UM PROVÉRBIO PARA CADA DIA DO ANO Ed René Kivitz – Mundo Cristão Os tempos modernos e pós-modernos têm apresentado o propósito da vida à felicidade por meio da máxima busca do prazer, da satisfação de desejos e do mínimo de sofrimento, como se a existência humana se resumisse a isso. No entanto, o autor acredita na supremacia da razão, na potência da ciência e da tecnologia, na racionalidade das ideologias políticas e na utopia do Estado promotor da justiça e da equidade. O perigo é quando nos esbarramos com os fundamentalismos religiosos, nas pseudoverdades da autoajuda, e construímos uma sociedade de mercado onde tudo é comprado e é vendido, inclusive almas e vidas humanas.

MULHER COMPLETA Samara Queiroz – Mundo Cristão As pressões e os desafios comuns às mulheres do mundo moderno não são poucos. Como se não fossem o bastante, Samara Queiroz foi posta à prova num teste duríssimo: o enfrentamento de um câncer raro e especialmente agressivo. “Mulher Completa” foi escrito num cenário turbulento de intensa dor e difícil de ter esperanças. Com seu mundo de cabeça para baixo, Samara aprende a lutar e a confiar no Deus que pode todas as coisas. Vitoriosa, ela reúne lições de vida sobre a busca da intimidade com Deus e o aprendizado de que o Criador se preocupa com todos os aspectos do ser humano. Preço sugerido: R$ 24,90 | www.mundocristao.com.br

Preço sugerido: R$ 29,90 | www.mundocristao.com.br

AS 5 LINGUAGENS DO AMOR DAS CRIANÇAS Gary Chapman – Mundo Cristão Cada criança possui uma linguagem de amor principal e específica, uma maneira pela qual ela compreende melhor o sentimento do pai e da mãe. Este livro ensinará você a se comunicar dessa maneira com seu filho e o informará sobre as outras quatro linguagens. Pautados em décadas de experiência em aconselhamento, os autores Gary Chapman e Ross Campbell incentivam um relacionamento mais prazeroso e íntimo. Nesta edição revista e ampliada, a obra vai auxiliá-lo a aprofundar seus laços afetivos de modo mais eficaz seu amor aos pequenos.

VOCÊ E OS LEÕES: COMO ENFRENTAR E SUPERAR SITUAÇÕES QUE NOS ATACAM Jair Estrela e Eliezer Santos – AD Santos O leão é o símbolo de força e de raça no mundo animal. Não foi por acaso que Daniel, Davi, homem de Deus e Sansão tiveram que lidar, literalmente, com a fera. Com base nas histórias deles, o leitor dessa obra terá à disposição ferramentas da Palavra de Deus para ter um posicionamento correto diante dos “leões” de nossas vidas. São lições valorosas sobre misericórdia, convicção, fé e caráter. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.adsantos.com.br

Preço sugerido: R$ 45,90 | www.mundocristao.com.br comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

63


PLUGUE-SE

Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

A REFORMA Andrew Atherstone – CPAD Neste livro, o pesquisador Andrew Atherstone traça a impressionante história da Reforma Protestante, desde a Renascença até as guerras da religião no século 16, seguindo a ação a partir da Alemanha e passando por Suíça, França, Itália, Inglaterra, Escócia e Holanda. Concentrando-se nas principais personalidades e acontecimentos, o autor explica as ideias complexas que estavam em jogo, bem como as questões políticas e religiosas envolvidas. Esta é uma narrativa lúcida e confiável de um movimento que mudou a face da Europa para sempre. Conheça a história impressionante da Reforma Protestante e entenda como esse evento mudou a face da Europa para sempre. Preço sugerido: R$ 37,95 | www.cpad.com.br

ÓCULOS POLO RALPH LAUREN

ÓCULOS RAY BAN Modelo: 3548N 001 Opção para quem gosta de mostrar o seu estilo sem medo algum de errar, o Ray Ban RB 3548 N é unissex e cai confortavelmente. Suas lentes em formato hexagonal são superestilosas e eficientes, já que filtram os raios UV emitidos pelo sol e resistem a pequenos impactos. A armação de metal é leve e ajustável no rosto. Também conta com plaquetas nasais e ponteiras revestidas, que permitem melhor encaixe no rosto. Descolado, o acessório vem em um design incrível, moderno e que fica bem em rostos de tamanho pequeno ou médio. Modelo retrô sempre em alta na moda do mundo inteiro. | www.oticasparis.com.br

Modelo: PH3093 927781 Elegante e sofisticado, este modelo masculino da clássica marca Polo Ralph Lauren é fino, com armação no formato curvado, na cor preto fosco. As lentes polarizadas impedem que a luz atrapalhe a sua visão, têm proteção 100% contra raios UVA e UVB e evita reflexos nos olhos. Por fora, as hastes fazem uma mistura bicolor harmônica da cor preto fosco e vermelho, tendência do momento, tendo o interior inteiramente em vermelho, finalizando com o legítimo logo da marca, um jogador de polo em cima de um cavalo, destacando em alto-relevo na cor vermelha, fornecendo estilo discreto como toque final desses óculos. Um modelo para homens sofisticados que buscam exclusividade, estilo, e um óculos leve, garantindo máximo conforto e qualidade. | www.oticasparis.com.br

ÓCULOS POLO RALPH LAUREN Modelo: RA5150 109013 Ralph RA 5150 é um modelo que chegou com tudo, mostrando seu potencial e sua qualidade inigualável. Elegante e sofisticado, o estilo gatinho é conceituado e muito procurado, sem falar no seu design chamativo e inovador. Em acetato e metal leve e confortável, o material é cuidadosamente selecionado e de alta qualidade. Na cor predominantemente preta, tem brilho na parte interna bege, lente degradê marrom e detalhe em metal dourado lindo que contrastam e evidenciam a modernidade e a delicadeza da peça. Um clássico muito versátil. É ideal para o dia a dia despojado. | www.oticasparis.com.br

ANDRÉ VALADÃO

DAVI SACER

Versões Acústicas 2 – Som Livre “Que Se Abram Os Céus”, “Acredito” e “Espírito Santo”, entre outros sucessos, ganham uma bela interpretação de André Valadão, em versão acústica. O cantor, que tem agitado a web com clipes e singles em streaming, lança seu projeto também em formato físico. É o segundo volume do projeto “Versões IMAGEM ILUSTRATIVA Acústicas”, no qual André apresenta um repertório repleto de sucessos que já têm abençoado abundantemente o povo brasileiro, inclusive músicas internacionais em português. Preço sugerido: R$ 29,90 | www.somlivre.com/voce-adora 64

Ouça radio.comunhao.com.br

DNA – Som Livre Desde os tempos de Toque no Altar e Trazendo a Arca, Davi Sacer já vinha se destacando como grande compositor. Seu ministério solo também seguiu crescendo e frutificando com belas canções que edificam a Igreja no Brasil e no mundo. “DNA”, seu mais novo álbum, possui 12 faixas que vão impactar a nação com um novo clamor a Cristo. Nove são de sua autoria. Músico fixo da banda do artista, Luiz Moreira assina a maioria das parcerias autorais deste projeto, que conta com a produção de André Cavalcante. Entre as participações estão a de sua esposa, Verônica, e a de Dennis Cabral. A faixa “Acende o Fogo” já ganhou versão audiovisual e está disponível no canal do Você Adora no YouTube. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.somlivre.com/voce-adora comunhao.com.br


comunhao.com.br

revistacomunhao

@revistacomunhao

revistacomunhao

65


PLUGUE-SE

Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

PERFEITO AMOR Ana Nóbrega – Som Livre Composto por 12 faixas de pura adoração ao Senhor, “Perfeito Amor” é o terceiro projeto solo de Ana Nóbrega pela Som Livre. A cantora, que integrava o Ministério de Louvor Diante do Trono, traz um álbum repleto de louvores inéditos de sua autoria, além de versões em português de grandes sucessos da adoração internacional. Os arranjos bem elaborados e toda a produção musical ficaram por conta da dupla André Aquino e Jônatas Félix, sob a supervisão do produtor executivo Dvaldo Nóbrega. Na internet, as faixas “Oh, Quão Lindo Esse Nome É” e “Quando Ele Vem” já somam milhares de visualizações. Vale destacar o belíssimo projeto gráfico assinado pela agência Salt. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.somlivre.com/voce-adora

QUESTÃO DE HONRA Rose Nascimento – Som Livre Uma das cantoras pentecostais mais queridas da música gospel lança o álbum “Questão de Honra”. São 11 canções cheias de unção que profetizam cura, libertação e vitória na vida de quem ouve. Com produção e arranjos de Tuca Nascimento, o CD também está disponível em versão playback. Este é um dos trabalhos mais aguardados do segmento evangélico e que, com certeza, irá tocar nas principais igrejas do Brasil! Preço sugerido: R$ 19,90 | www.somlivre.com/voce-adora

PRINCÍPIO Leonardo Gonçalves – Sony Music O adorador e compositor pernambucano reuniu os maiores sucessos de sua carreira mais quatro composições inéditas nesse trabalho belíssimo gravado ao vivo em uma apresentação em São Paulo. O resultado foi um DVD e um CD muito emocionante com 14 faixas. Preços sugeridos R$: CD: 26,90 / DVD: 39,90

66

Ouça radio.comunhao.com.br

RETRANSMISSÃO Pregador Luo – Universal Music Retransmissão traz em versão remix 18 sucessos que consagraram Pregador Luo como o inventor do rap gospel nacional. O álbum apresenta uma faixa inédita, “Lá Onde Eu Vou Morar”, disponível nas plataformas digitais. Participações de Luciano Claw, em “Arrependa-se”, e da banda KLB, em “Contei os Dias”. Este é o 16º projeto do rapper e o seu segundo pela Universal Music Christian Group. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.gospelgoods.com.br

MEMÓRIAS Eli Soares – Universal Music Eli Soares apresenta seu novo CD, “Memórias”, com canções que marcaram os últimos 20 anos da música gospel no Brasil. Entre elas estão regravações de Comunidade da Graça, Grupo Logos, Álvaro Tito, Koinonya de Louvor e outros artistas e bandas. Este é o quarto álbum da carreira de Eli e o terceiro pela Universal Music. O repertório é assinado por Bené Gomes, Paulo Cezar e Adhemar de Campos. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.gospelgoods.com.br

DAMARES Obra Prima – Sony Music Apesar de jovem, Damares é uma das vozes mais conhecidas no meio gospel. O álbum é o nono lançamento de sua carreira e traz um repertório riquíssimo e totalmente inovador reunidos em 14 canções como “Geração Que Clama”, “Santo, Santo É O Senhor (Perfeito Louvor)” e “Ressuscita”. Preço sugerido R$: 22,90

COMO LIDAR COM A ADVERSIDADE Os Hillman – UDF Durante os sete anos de sua provação, Hillman aprendeu que existe um propósito sobre a vida de muitos que passam por níveis elevados de tribulações. “Como Lidar com a Adversidade” se propõe a orientá-lo a passar pelos momentos de adversidades, compreendendo os sete motivos que nos levam a passar por lutas e as três reações básicas que todos nós temos diante dos problemas. Leia histórias de pessoas que sobreviveram e superaram períodos difíceis e encontre esperança. Preço sugerido: R$ 43,00 | www.lojadafamilia.org.br comunhao.com.br


PLUGUE-SE

Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

O NATAL ESCONDIDO Timothy Keller – VIDA NOVA O livro de Timothy Keller é um presente para o natal, mesmo quem não é cristão. Timothy Keller faz uma viagem iluminadora rumo ao surpreendente cenário da Natividade. De forma simples, a obra descreve a mensagem de esperança e de salvação encravada no relato bíblico do nascimento de Jesus. E o leitor poderá experimentar o poder redentor da graça de Deus de maneira mais profunda e significativa. É a surpreendente verdade por traz do nascimento de Cristo. Preço sugerido: R$ 29,90 | www.vidanova.com.br

A CONQUISTA DA TERRA PROMETIDA

BÍBLIA NOVA REFORMA EDITORA VIDA A primeira Bíblia de Estudo e Referência editada por um teólogo latino-americano que estabelece as bases para um novo tempo. Por ocasião da celebração dos 500 anos da Reforma Protestante, a Palavra de Deus nos desafia a uma vida de fé e compromisso, para haja um avivamento capaz de transformar as nações. A bíblia contém mapas e fotos em cores dos lugares da Reforma, notas temáticas, mensagens proféticas, notas exegéticas e expositivas e texto bíblico da Nova Versão Internacional. Preço sugerido: R$ 149,90 | www.editoravida.com.br

Augustus Nicodemus – VIDA NOVA O livro de Josué é um grande auxílio para a caminhada cristã neste mundo. A obra conta como Deus cumpriu suas promessas feitas a Abraão de dar um aterra e descanso à sua descendência. O livro é o resultado de uma série de mensagens que o autor pregou a partir do livro de Josué. O objetivo é os cristãos a enfrentar as dificuldades e os desafi¬os da vida com base nos princípios para o relacionamento com Deus. É uma mensagem fantástica de Josué para a igreja de hoje. Preço sugerido: R$ 49,90 | www.vidanova.com.br

12 DIAS PARA ATUALIZAR SUA VIDA

AMOR LAPIDADO 360 WayUp O romance retrata a história da jovem Grace (Ashley Bratcher), que sofre uma decepção amorosa tão grande a ponto de fazê-la duvidar do amor verdadeiro, pondo em risco seu sonho de ter um casamento feliz com alguém que a ame por toda a vida. Seu pai decide ajudá-la a compreender mais sobre a vida sentimental, e Grace embarca, então, na jornada de descoberta do verdadeiro amor na pequena cidade da Carolina. Em meio às lições, ela precisa decidir se dará outra chance para a felicidade. Preço sugerido: R$ 29,90 | www.gospelgoods.com.br

Tiago Brunet – EDITORA VIDA Como descobrir seu propósito de vida e o poder da comunicação eficaz. Esses são um dos assuntos abordados em “12 dias para atualizar sua vida”. Em um mundo de constantes mudanças, o best seller, apresenta 12 chaves que vão atualizar sua vida e prover profundas reflexões sobre uma liderança que faça diferença. De forma simples, direta e sem segredos este livro dará um upgrade em sua vida. Preparado para atualizar sua vida? A obra é fruto da experiência adquirida pelo autor em mais de 2 mil horas de atendimento individual em sessões de coaching e em palestras proferidas em diversos países.

Na Estada – Sony Music Aos que gostam do estilo sertanejo universitário gospel, esse CD é uma boa dica de presente. Com participação da cantora cearense Eyshila na faixa em “Dia de Milagre”, o trabalho traz outras 13 canções, entre elas “Noite de Louvor”, “Somos Sertanejos”, “Dia de Milagre” e “Quem é Deus?”. É possível perceber nas canções, também, as origens dos irmãos paranaenses, o pop pentecostal.

Preço sugerido: R$ 34,00 | www.editoravida.com.br

Preço sugerido R$: 22,90 | www.gospelgoods.com.br

68

Ouça radio.comunhao.com.br

ANDRÉ E FELIPE

comunhao.com.br


Obtenha conteúdos extras das obras sinalizadas no site da revista e na rádio da Comunhão.

O DOM DE SER AVÓS SEJA UM MELHOR PAI Gregory W. Slayton – UDF Fruto de 30 anos de pesquisas conduzidas nos cinco continentes, “Seja um Melhor Pai” alia a teoria à prática, agregando a experiência do próprio autor na criação de seus quatro filhos. Como consequência, a leitura da obra é agradável, de fácil compreensão e cheia de exemplos reais, tornando-se um instrumento prático para todos os pais, seja qual for a sua realidade. Preço sugerido: R$ 43,00 | www.lojadafamilia.org.br

O CASAMENTO É UMA OBRA-PRIMA Al Janssen – UDF O casamento é uma instituição idealizada por Deus sem prazo de validade. Como uma obra de arte esquecida, muitas vezes a união matrimonial é subvalorizada e subestimada. No livro, o autor Al Janssen traz um novo olhar sobre o maravilhoso projeto divino para seu casamento e elucida os porquês de sua união ter sido planejada para durar a vida inteira. Preço sugerido: R$ 40,00 | www.lojadafamilia.org.br

A MULHER QUE PROSPERA Andrés Panasiuk – UDF A obra é inspirada no conselho infalível da mãe do rei Lemuel, encontrado no capítulo 31 de Provérbios e ainda aplicável às mulheres do século 21. Seu ensinamento vai ajudá-la a alcançar a prosperidade integral, com foco em cinco “áreas críticas” da vida: relacionamento amoroso; desenvolvimento de habilidades pessoais; e relação íntima com Deus. Preço sugerido: R$ 39,00 | www.lojadafamilia.org.br

TON CARFI Histórias de Davi – Som Livre Com uma das vozes mais respeitadas da música gospel e uma carreira que se consolida no cenário musical brasileiro, Ton Carfi lança o álbum “História de Davi”. O projeto, com 10 faixas, apresenta um artista versátil e amadurecido, em louvores que vão do pop ao congregacional sem perder o eletrônico. O disco tem as participações do Coral Kemuel, do Pregador Luo e do cantor nacionalmente conhecido Buchecha. Preço sugerido: R$ 19,90 | www.somlivre.com/voce-adora.html 70

Ouça radio.comunhao.com.br

Eric Wiggin – UDF À medida que os pais e as mães se tornam mais ocupados, com a agenda cada dia mais cheia, o papel dos avós ganha um novo patamar de importância e influência na vida de seus netos. “O Dom de Ser Avós” retrata o espaço único na vida dos pequenos que somente um avô pode preencher. Passar o legado da história da família aos netos, incutir-lhes sabedoria espiritual, compartilhar de tempo de qualidade e tradições familiares... Este livro está repleto de instruções e dicas dirigidas aos avós, para ajudá-los a assumir um espaço ativo no fortalecimento espiritual e emocional de sua família. Preço sugerido: R$ 39,00 | www.lojadafamilia.org.br

PAREDES EMOCIONAIS Stephen Arterburn Mundo Cristão Em seu livro, Stephen Arterburn listou cinco paredes emocionais que os cristãos costumam criar e que acabam afastando-os da prometida vida abundante. A obra se propõe a auxiliar o leitor a identificar essas barreiras e dá orientações para derrubá-las, a fim de que se permita ter uma espiritualidade sadia, crescente e feliz. Paredes emocionais bloqueiam o desenvolvimento interpessoal, e comportamentos desequilibrados limitam viver plenamente, como o Senhor deseja que vivamos. Preço sugerido: R$ 29,90 | www.mundocristao.com.br

ELE GANHA, ELA GANHA Willard F. Harley Jr CPAD Você provavelmente já ouviu conselhos de como resolver conflitos em seu casamento. O que talvez não saiba é que soluções apenas para ficar em paz, definitivamente, não são a melhor escolha. No livro, Willard F. Harley Jr, que é psicólogo clínico, consultor matrimonial e autor best-seller, dá dicas valiosas para que conflitos sejam contornados da maneira certa e não precisem ser revisitados de tempos em tempos. A obra traz um ensinamento que tudo pode ser resolvido de modo eficaz, sem nenhuma concessão desnecessária. Preço sugerido: R$ 23,95 | www.cpad.com.br comunhao.com.br


Revista Comunhão 242  

Revista Comunhão 242

Revista Comunhão 242  

Revista Comunhão 242

Advertisement