Page 1

PORTFOLIO

NUNOSANTOS DESIGNER

MAIO 2014


PORTFOLIO

NUNOSANTOS DESIGNER

APRIL 2014


AUTOR NUNO MIGUEL TEIXEIRA DOS REIS SANTOS Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa Mestre em Design do Produto

Todos os trabalhos apresentados neste portfolio, são da responsabilidade do autor. Para mais informações, não hesite em contactar-me. Lisboa, Maio de 2014.

4 NUNO SANTOS DESIGNER


5


CURRICULUM VITAE Nome

NUNO MIGUEL TEIXEIRA DOS REIS SANTOS

*Descarregue o meu CV completo em nunosantosdesigner.com/acerca/ Nacionalidade Portuguesa Localização Lisboa, Portugal Data de Nascimento 27 de Setembro de 1988 Telemóvel (+351) 967038791 Mail info@nunosantosdesigner.com Web nunosantosdesigner.com

COMPETÊNCIAS

DESIGN DE PRODUTO

ORGANIZADO

DESIGN DE INTERIORES

ESPÍRITO DE EQUIPA

DESIGN GRÁFICO

AUTODIDACTA

WEB DESIGN

DINÂMICO

SKILLS

QUALIFICAÇÕES DEZEMBRO

MCNEEL RHINOCEROS 3D

MCNEEL GRASSHOPPER

MESTRADO 2013 DESIGN DO PRODUTO FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

DEZEMBRO

TESE DE MESTRADO 2013 INTEGRAÇÃO DE BIÓNICA EM DESIGN DO PRODUTO FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

AUTODESK AUTOCAD

MAIO WORKSHOP 2013 ARQUIBIO 2013 DEPARTAMENTO DE ARQUITECTURA NA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DE COIMBRA

ADOBE PHOTOSHOP

LICENCIATURA 2010 DESIGN

SETEMBRO ADOBE ILLUSTRATOR

FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

ENSINO SECUNDÁRIO 2007 ARTES

SETEMBRO ADOBE INDESIGN

ESCOLA SECUNDÁRIA DONA FILIPA DE LENCASTRE, LISBOA

LÍNGUAS Português (língua materna), inglês e castelhano.

Veja o meu trabalho em nunosantosdesigner.com 6 NUNO SANTOS DESIGNER


BIO O meu nome é Nuno Santos e terminei recentemente o mestrado em Design do Produto na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa. Neste momento procuro um espaço de trabalho onde possa desenvolver e aplicar a formação já iniciada neste curso. Nuno Santos, antigo aluno de Design na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, desenvolveu recentemente a investigaçao da sua tese de Mestrado em Design do Produto. A sua investigação consiste em compreender os contributos de elementos naturais no Design, através do estudo de conceitos como a Biónica, Design Generativo e Design Paramétrico.

7


8 NUNO SANTOS DESIGNER


TRABALHOS

9


Modelo 3D Render criado em Hypershot.

BANCO A3

A3. UM CÍRCULO QUE SE REPETE. Trabalho realizado em grupo.

Mobiliário urbano para a Faculdade de Arquitectura da UTL, trata-se de um trabalho de colaboração entre a Faculdade de Arquitectura e a SLM, proposto no âmbito da disciplina de Tecnologia, numa perspectiva de “making-and-thinking” e de experiência tecnológica.

O

s círculos impõem a forma nesta proposta da autoria dos designers Emanuel A SIMPLICIDADE FORMAL, A Saramago, Nuno Santos e Yanick Trindade. A AMIZADE E TERTÚLIA SERVIRAM simplicidade formal, a amizade e tertúlia serDE MOTE PARA A REALIZAÇÃO viram de mote para a realização deste mobiDESTE MOBILIÁRIO URBANO. liário urbano. Tendo a capacidade para três pessoas, o banco possui uma base constituída por três círculos unidos por dois elementos que não são mais que “vãos” originados por círculos tangentes as bases, resultando assim uma superfície onde o predomínio da linha curva é uma constante. A estrutura que a suporta é toda ela feita em tubo de aço com 19 mm de espessura sendo o assento feito em aço macio com 2 mm de espessura.

Os acabamentos finais foram realizados na fábrica SLM - Sociedade Lisbonense de Metalização, S.A. Desde já os nossos sinceros agradecimentos que são extensivos aos funcionários da oficina da FAUTL, bem como a professora Rita Filipe.

10 NUNO SANTOS DESIGNER


11 Banco A3 Foto de Nuno Fevereiro, para a revista MID.


12 NUNO SANTOS DESIGNER Banco A3 Foto de Nuno Fevereiro, para a revista MID.


Edição 89 da Revista MID Dimensão Revista fundada em Junho de 1982. MID Movimento Internacional de Design, define-se como uma revista de Design, Arquitectura e Interiores. Trimestralmente, publica artigos de design e arquitetura nacionais e internacionais, exposições, feiras e novidades tecnológicas.

PARA MAIS INFORMAÇÕES VISITE NUNOSANTOSDESIGNER.COM/TRABALHOS 13


Modelo 3D Render criado em Keyshot.

CADEIRA IZA

IZA. COLORIDA E DIVERTIDA. Trabalho realizado em grupo.

A cadeira IZA surge como exercício à disciplina de Tecnologia, com o objectivo de proporcionar novas experiências tecnológicas aos alunos. O motivo para este exercício é a concepção de uma cadeira para crianças entre os 4 e 7 anos de idade.

O

objecto final, todo ele produzido nas oficinas da Faculdade de Arquitectura de Lisboa, está dividido em três partes, assento em fibra de vidro, encosto em MDF e a estrutura em tubo de aço macio de 19mm. Visualmente elegante e divertida, a cadeira IZA é estruturalmente simples, leve e de fácil transporte.

14 NUNO SANTOS DESIGNER

A CADEIRA IZA É ESTRUTURALMENTE SIMPLES, LEVE E DE FÁCIL TRANSPORTE.


15


Airbus A380 WC Módulo individual económico.

SANITÁRIOS A380 WC

SANITÁRIOS PARA O AIRBUS A380. Trabalho realizado em grupo.

Neste trabalho, pretende-se que o aluno escolha uma área/elemento de intervenção pertencente ao sistema descrito, um Airbus A380, e desenvolva o seu projecto em articulação com as outras áreas/elementos, igualmente seleccionadas pelos colegas.

O

s Sanitários A380, são um conjunto de três módulos WC versáteis para equipar o Airbus A380 onde andar de avião pode ser ANDAR DE AVIÃO PODE muito mais que viajar. Pretendemos criar um SER MUITO MAIS QUE UMA conceito de casa de banho que possa resSIMPLES VIAJEM ponder a todas as necessidades identificadas, (funcionalidades, acessibilidades assim como questões de sustentabilidade fundamentais neste tipo de produto). Saindo out of the box pretendeu-se uma abordagem mais sensacional oferecendo experiencias que contribuam para o bem-estar do utilizador.

Os três módulos respeitam um pensamento no touch, é um conceito de base hight tech com forte carga de tecnologias sensoriais, que permitem ao utilizador funcionar com o equipamento sem necessidade do toque, uma abordagem futurista que faz todo o sentido numa casa de banho publica onde há sempre o medo de tocar por questões higiénicas.

16 NUNO SANTOS DESIGNER


Airbus A380 WC Pormenor do lavat贸rio.

17


18 NUNO SANTOS DESIGNER


19


Cadeira Origens Fotos de Tiago Ribeiro, tiradas na FAUL.

CADEIRA ORIGENS

ORIGENS. TRADICIONAL E MODERNO. Trabalho realizado em grupo.

Foi-nos proposto pelo professor José Alves Pereira, para a disciplina de Engenharia do Design, a concepção de um assento baixo, com encosto e apoio de braços, para zona de espera, de repouso ou de lazer.

A

combinação entre o moderno e o tradicional foi o ponto de partida para o nosso conceito, tentando uma combinação entre linhas curvas e rectas. Achamos inspiração na obra de Alvar Aalto, mais propriamente a Paimio Chair.

A COMBINAÇÃO ENTRE O MODERNO E O TRADICIONAL FOI O PONTO DE PARTIDA PARA O NOSSO CONCEITO.

Relativamente aos materiais, optamos pela fibra de vidro para o assento (este era o material pedido para esta componente) e a restante estrutura em contraplacado, partindo daí, também, a ligação entre o moderno e tradicional.

20 NUNO SANTOS DESIGNER


Cadeira Origens Fotos de Tiago Ribeiro, tiradas na FAUL.

21


Adidas Iron Fotomontagem de apresentação de projecto.

FERRO DE ENGOMAR ADIDAS

INTERFACE DO PRODUTO: FERRO DE ENGOMAR PARA A ADIDAS. Foi sugerido à turma de primeiro ano de mestrado, introduzido no exercício “Interface do Produto”, a escolha de um produto existente no mercado, e posteriomente a identificação e interpretação das peças que constituem a essência do seu funcionamento, tal como a escolha de uma marca associada ao objecto.

O

produto seleccionado foi o ferro de engomar, um objecto importante do quotidiano e com uma vasta informação passível de ser trabalhada e melhorada. Relativamente à marca escolhida, pretende-se criar uma nova linha de ferros de engomar para a Adidas, uma marca de roupa e acessórios desportivos.

ADAPTA-SE A TODA A MARCA ADIDAS, ATRAVÉS DE FORMAS SIMPLES E GEOMÉTRICAS

O ferro de engomar adapta-se a toda a marca Adidas, através de formas simples e geométricas, onde sobresai as três riscas que caracterizam geralmente toda a linha Adidas. No aspecto cromático, deixa-se em aberto a possibilidade de personalização do objecto, uma hipótese cada vez mais tomada em conta pelas marcas de roupa desportivas, oferecendo ao utilizador o mais variado leque de opções ao seu dispor.

22 NUNO SANTOS DESIGNER


23


24 NUNO SANTOS DESIGNER


25


01 Curabitur in bibendum sapien. Suspendisse potenti.

CANDEEIRO BIOLAMP

BIOLAMP. O CANDEEIRO CITADINO Este trabalho pretende analisar e reorganizar os sistemas e equipamentos de mobiliário urbano existente na cidade portuguesa de Lamego, distrito de Viseu, e corresponder às prioridades do programa apresentado para o 1º semestre da disciplina de Design III: sustentabilidade económica, social e energética dos conceitos desenvolvidos.

E

legante e simples, o BIOLAMP é um candeeiro citadino projectado com base em analogias vegetais: Fotossíntese, Plantas Parasitas e Heliotropismo.

ELEGANTE E SIMPLES, O BIOLAMP É UM CANDEEIRO CITADINO PROJECTADO COM BASE EM ANALOGIAS VEGETAIS

É completamente auto-sustentável, alimentando-se através de energia solar captada em paíneis fotovoltaícos aplicados na face superior do seu prato rotativo, que é automaticamente regulado através da maior incidência de raios solares. O BIOLAMP adapta-se facilmente ao meio urbano, muito graças à sua modularidade.

26 NUNO SANTOS DESIGNER


MESTRADO EM DESIGN DO PRODUTO

NUNO MIGUEL SANTOS

20102095

FACULDADE DE ARQUITECTURA

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA

ILUMINA A CIDADE

Elegante e simples, o BIOLAMP é um candeeiro citadino projectado com base em analogias vegetais: Fotossíntese, Plantas Parasitas e Heliotropismo. É completamente auto-sustentável, alimentando-se através de energia solar captada em paíneis fotovoltaícos aplicados na face superior do seu prato rotativo, que é automaticamente regulado através da maior incidência de raios solares. O BIOLAMP adapta-se facilmente ao meio urbano, muito graças à sua modularidade.

FOTOSÍNTESE

PARASITAS

HELIOTROPISMO

É o processo através do qual as plantas convertem a energia da luz em energia química. Através deste processo as plantas produzem o seu próprio alimento.

Utilizam outras estruturas vegetais como suporte. Não têm de sintetizar o seu alimento a partir de energia solar, ou só o fazem em parte.

Algumas plantas não só crescem na direcção da luz como também têm a capacidade de se mover durante o dia, orientando-se de acordo com os raios de sol, para optimizar o aproveitamento da luz.

FOTOSÍNTESE

PARASITAS

HELIOTROPISMO

É o processo através do qual as plantas convertem a energia da luz em energia química. Através deste processo as plantas produzem o seu próprio alimento.

Utilizam outras estruturas vegetais como suporte. Não têm de sintetizar o seu alimento a partir de energia solar, ou só o fazem em parte.

Algumas plantas não só crescem na direcção da luz como também têm a capacidade de se mover durante o dia, orientando-se de acordo com os raios de sol, para optimizar o aproveitamento da luz.

27

MESTRADO EM DESIGN DO PRODUTO

Elegante e simples, o BIOLAMP é um candeeiro citadino projectado com base em analogias vegetais: Fotossíntese, Plantas Parasitas e Heliotropismo. É completamente auto-sustentável, alimentando-se através de energia solar captada em paíneis fotovoltaícos aplicados na face superior do seu prato rotativo, que é automaticamente regulado através da maior incidência de raios solares. O BIOLAMP adapta-se facilmente ao meio urbano, muito graças à sua modularidade.

NUNO MIGUEL SANTOS

20102095

LAMP BIO ILUMINA ALAMP CIDADE BIO


Boom Festival 2014. Imagens finais de apresentação.

ABRIGO BOOM FESTIVAL 2014

ABRIGO DE SOMBRA PARA O FESTIVAL BOOM FESTIVAL 2014. Para a fase projetual da tese de mestrado surgiu a oportunidade de realizar uma estrutura, para um festival cultural de verão, realizado em Portugal, o BOOM Festival. Na edição de 2014, que se realiza entre 4 e 11 de Agosto, a temática do festival é “O Feminino”. Ao concurso, propusemos a desenvolver uma estrutura para criar sombras, para abrigar os festivaleiros do sol quente de Agosto.

C

omo metodologia projetual, aplicamos o método de “seleção natural” ao produto, com o apoio do software Grasshopper, a partir do qual criamos um código genético do produto, e o alteramos de maneira a melhor servir o seu propósito. Este método permitiu-nos a análise de várias formas, e compreender quais as que melhor respondem à função do objeto.

CRIAMOS UM CÓDIGO GENÉTICO DO PRODUTO, E O ALTERAMOS DE MANEIRA A MELHOR SERVIR O SEU PROPÓSITO.

A solução final, recaiu sobre uma estrutura simples, visualmente e construtivamente, sempre numa direcção que tem em conta o tema do festival, o feminino. O interior da estrutura é espaçoso, albergando grupos grandes de pessoas. É resguardado, mas ao mesmo tempo com boa visibilidade desde o interior para o exterior, bem como do exterior para o interior. O desenho da estrutura, com uma abertura no topo, permite a circulação de ar, não criando um efeito estufa, no seu interior. O desenho do revestimento cobre a estrutura quase na sua totalidade, com a peculariedade de ter um ligeiro corte no seu topo, oferecendo alguma luz natural ao interior do abrigo, sem comprometer a sua função primária.

28 NUNO SANTOS DESIGNER


ONENESS II MUSIC MUSIC II ARTS ARTS II ENVIRONMENT ENVIRONMENT II CULTURE CULTURE II LOVE LOVE ONENESS ONENESS I MUSIC I ARTS I ENVIRONMENT I CULTURE I LOVE

BOOM FESTIVAL SHELTER

DESENHOS FINAIS ANEXOS INTEGRAÇÃO DE BIÓNICA EM ELEMENTOS URBANOS

DESENHOS FINAIS ANEXOS

29

INTEGRAÇÃO DE BIÓNICA EM ELEMENTOS URBANOS


Estrutura. Da esquerda para a direita, a estrutura exterior, interior e completa.

Código Genégico A partir do software Grasshopper, foi desenvolvido um código genético do produto, que permitiu o desenvolvimento de vários conceitos. Tal como na Natureza, foi aplicado o método de “selecção natural“, onde o conceito que mais se adequa ao ambiente foi selecionado e desenvolvido.

30 NUNO SANTOS DESIGNER


CONSULTE A MINHA TESE DE MESTRADO EM NUNOSANTOSDESIGNER.COM/INVESTIGAÇÃO

31


Cartaz Feira do Livro de Lisboa 2010 Fotomontagem de apresentação.

CARTAZ FEIRA DO LIVRO

CARTAZES PARA A FEIRA DO LIVRO DE LISBOA 2010. Para a realização do exercício para a disciplina de Design Gráfico IV, foi proposto pelo professor João Brandão, a realização de uma série de cartazes para um evento à escolha do aluno.

A

escolha recaiu na concepção de três cartazes para a Feira do Livro de Lisboa 2010, um evento realizado anualmente no Parque Eduardo VII, localizado no coração da cidade.

A UNIÃO ENTRE O PARQUE, CIDADE E A TEMÁTICA DO EVENTO É A BASE DO RESULTADO FINAL.

Utilizando a localização geográfica como mote, foram seleccionadas um conjunto de figuras e mapa cromático que simbolizassem a cidade e o próprio parque. A abordagem constructuctiva apoiou-se numa grelha simples, organizada e clara para o leitor. A união entre o parque, cidade e a temática do evento é a base do resultado final.

32 NUNO SANTOS DESIGNER


2010

FEIRA DO LIVRO

2010

FEIRA DO LIVRO

LISBOA

LISBOA

29 DE ABRIL A 16 DE MAIO

29 DE ABRIL A 16 DE MAIO

PARQUE EDUARDO VII SEGUNDA A SEXTA 12H-23H30

ORGANIZAÇÃO

PARQUE EDUARDO VII

FINS DE SEMANA E FERIADOS 11H-23H30

APOIOS INSTITUCIONAIS

SEGUNDA A SEXTA 12H-23H30

ORGANIZAÇÃO

FINS DE SEMANA E FERIADOS 11H-23H30

APOIOS INSTITUCIONAIS

APEL

Feira do Livro de Lisboa A Feira do Livro é uma exposição anual realizada em Lisboa desde 1930. É geralmente organizada em Maio, e é realizada desde à alguns anos no Parque Eduardo VII, em pleno coração da cidade.

2010

FEIRA DO LIVRO

LISBOA

29 DE ABRIL A 16 DE MAIO

PARQUE EDUARDO VII SEGUNDA A SEXTA 12H-23H30

ORGANIZAÇÃO

FINS DE SEMANA E FERIADOS 11H-23H30

APOIOS INSTITUCIONAIS

33


OBRIGADO!

MANTENHA-SE LIGADO

FACEBOOK

GOOGLE PLUS

BEHANCE

LINKED’IN

YOUTUBE


Veja o meu trabalho em nunosantosdesigner.com

Nuno Santos Designer Portfolio (PT)  

Nuno Santos, antigo aluno de Design na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, desenvolveu recentemente a investigaçao...