Page 1

Nuno Gonçalo Ribeiro Fernandes Curso Marceneiro/Embutidor

Prova Final: Elaboração de Mesa de Estilo Luís XV com inclusão de embutidos

Lisboa, Julho 2005 Instituto de Artes e Ofícios Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva


Índice

Memória Descritiva

3

Registo fotográfico do móvel desenvolvido

5

Bibliografia

7


Memória Descritva

P

ara a realização da Prova Final do curso de Marceneiro/Embutidor do Instituto de Artes e Ofícios, foi estabelecida a concepção de uma mesa estilo Luis XV. Esta peça de mobiliário tem por função transmitir e recordar o aspecto funcional e decorativo que simbolizava e retratava a época. O estilo Luís XV remonta ao século XVIII, é o mais rico, e aquele durante o qual os ebanistras (1), criaram o maior número de peças inéditas. Inovador a todos os níveis de construção, voltado para as curvas e contracurvas, assimetricamente decorativo, é um móvel que transmite elegância, riqueza e conforto. Neste mobiliário as madeiras exóticas são de uma diversidade extrema, de tal forma que é considerado como o mais representativo dos estilos franceses. É através deste estilo que a arte francesa ultrapassa fronteiras, , define a sua autonomia por excelência e majestosidade por toda a Europa. Nesta mesa pretende-se decorar o tampo, frente de gaveta, ilhargas e tardoz .

Vista axonométrica dos entrepanos, ilhargas e tampo As madeiras utilizadas na concepção desta peça de mobiliário foram : -Pau-roxo, (estrutura da mesa); -Mogno, tola e casquinha , (interior da mesa); -Cetim, pau-rosa e faixa de pau-roxo, (decoração da mesa);

3

.


Fotografias de peças idênticas ou similares :

4


Registo fotogr谩fico do m贸vel desenvolvido

5


6


Bibliografia CUNHA, Luís da Veiga, Desenho técnico (11ª Ed.), Dezembro de 1999, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian. Mobiliário Francês do século XVIII – Fundação Calouste Gulbenkian.

7


Marchetaria  

Mesa estilo Luís XV desenvolvida por Nuno Fernandes.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you