Issuu on Google+

BEM BOLADO Turismo Conheรงa os lugares mais procurados nas agencias de viagem Arquitetura, Pinturas, Musica, E muito mais

Fisioterapia e PilatesDesde a segunda Guerra Mundial te ajudando no bemestar saiba mais sobre isso


Agradecimentos: Carta ao leitor Oficina Zen Pilates Grandes Oportunidades: 2011 OPORTUNIDADES, quantas tivemos, EXPERIÊNCIAS, muitas neste ano, CONHECIMENTO, adquirimos bastante! Tantas coisas, quantas descobertas, nossa que vida! E agora, olhamos para o passado, e vemos quão rápido passou esse ano. Lembramos-nos do primeiro dia de aula, alegria, agitação e... ALUNOS NOVOS! Quem diria que nós, tão diferentes seríamos amigos, que parece que nos conhecemos há muito tempo. Quantas “encrencas”, mal-entendidos e loucuras passageiras vivemos juntos. E, juntos desfrutamos da experiência e a oportunidade de fazer uma revista. A revista foi elaborada por toda a sala pensando nos assuntos do cotidiano, como o turismo, que nos mostra os lugares mais procurados em agências de viagem; a história da arte; o famoso ROCK, que hoje está “virando” a cabaça dos jovens; esporte, com foco principal em Rugby para deficientes físicos; arquitetura, a história e construção. O tema principal da revista foi focado em saúde, com a história da medicina com aprofundamento em fisioterapia e pilates. Queremos agradecer à coordenação, à Professora Cláudia Tojal Schiavinato, a todos os entrevistados que cederam seu tempo para responder nossas dúvidas e aos alunos, que dedicaram-se ao máximo para a realização desta revista. Essa experiência valerá muita para nosso futuro, pois estamos aprimorando nossos hábitos de trabalho em grupo e conhecimento na área da escrita e leitura, e também na área de cada assunto. Um ótimo 2012,

Rafael Pellegrini—Fisioterapeuta Edson Túlio—Medicina Marilia Labaki—Aquitetura e Urbanismo Leonardo Matarazzo—Agente de Viagem Renato Silveira—Veterinário Matheus Baraçal—Professor de Musica Rafael Gouveia—Professor Técnico


Horóscopo Características de cada signo

Aquário

21/01 –

19/02 Positivo: Amigável, humanista, honesto, leal, original, inventivo, independente e intelectual. Negativo: Intratáveis, do contra, perversos, imprevisiveis, emocionais e distantes.

Áries

21/03 - 20/04

Positivo: Aventureiros, energéticos, pioneiros, corajosos, entusiastas, confiantes, dinâmicos e espertos. Negativo: Egoístas, violentos, impulsivos, impacientes, imprudentes e desafiadores.

Gêmeos

21/05 –

20/06 Positivo: Versáteis,adaptáveis, comunicativos, espirituosos, intelectuais, eloqüentes, jovens e animados. Negativo: Nervosos, tensos, superficiais, inconsistentes, astutos e excessivamente

Peixes

20/02 – 20/03

Positivo: Imaginativo, sensível, amável, compassivo, altruísta, intuitivo e simpático. Negativo: Escapista e idealista,vago, reservado, influenciavel e pouco firme.

Touro

21/04 – 20/05

Positivo: Paciente, confiável, bondoso, amoroso, persistente, determinada e amavel. Negativo: Ciumenta, possessiva,rancorosa, inflexivel, auto-indulgente e gananciosa.

Câncer 21/06 – 21/07 Positivo: Emocional, amorosa, intuitiva, imaginativa, astuta e cautelosa, protetiva e simpática. Negativo: Instavél e malhumorada, demasiado emocional e sensível, insegura e desconfiada.


Leão

22/07 – 22/08

Virgem

23/08 – 22/09

Positivo: Generosa, calorosa, criativa, entusiasta, mente aberta, expansiva, fiel e amorosa.

Positivo: Tímido, modesto, meticuloso, confiável, prático, diligente, inteligente e analítico.

Negativo: Pomposa, paternalista, mandona, dogmática, intolerante e interferente

Negativo: Nervoso, preocupado, duro, critico, perfecionista e conservador.

Libra

23/09 – 22/10

Positivo: Diplomatico, moderno, romântico, encantador, descontraído, sociável, idealista e pacifico. Negativo: Indeciso, instável, crédulo e facilmente influenciavel, paquerador e indulgente.

Escorpião 23/10 – 21/11 Positivo: Determinadas, enérgicas, emocionais, intuitivas, apaixonadas, excitantes e carismaticas. Negativo: Ciumentas, ressentidas, compulsivas, obsessivas, obstinadas e reservadas.

Sagitário 22/11 –

Capricórnio 22/12 –

21/12

20/01

Positivo: Otimista, amante da liberdade, jovial, bemhumorado, honesto, direto, intelectual e filosófico.

Positivo: Prático e prudente, ambicioso, disciplinado, paciente, cuidadoso, bem humorado e reservado.

Negativo: Cegamente otimista, descuidado, irresponsável, superficial, inquieto e com falta de tacto.

Negativo: Pessimista, fatalista, avarento, relutante, rígido e convencional.


Horoscopo 2012 Áries  são boas para os casados, onde viverão com bastante harmonia, porém os solteiros deverão ter cautela para não acabar caindo em alguma cilada ou ilusões afetivas com pessoas que não querem compromisso sério. você poderá ganhar bastante dinheiro extra neste ano e que se tiver com dívidas aproveite para pagar, pois assim você vai atrair ainda mais dinheiro para conseguir realizar suas metas e planos. Câncer  Para você garantir total conforto em seu romance, você deverá respeitar os momentos em que seu parceiro estiver indeciso, não tente forçar ele a fazer nada nem cobre muito, isso vai fazer com que o seu relacionamento tenha uma melhor fluidez. No trabalho, mostram que você deverá se esforçar bastante com muita garra e determinação para alcançar os seus objetivos, tenha certeza que seu chefe vai reconhecer sua dedicação e empenho no trabalho. Capricórnio  você já pode ir preparando o coração para fortes emoções, porém você não pode ser egoísta e nem teimoso, pois assim você poderá perder a chance de ser feliz ao lado da pessoa amada. No trabalho se aparecer novas oportunidades para você mudar de emprego para um melhor, não pense duas vezes, pois o ano está propício para você ganhar dinheiro com um negócio e ter uma realização profissional que sempre sonhou. Escorpião  vai virar definitivamente a página mais importante do seu relacionamento onde na fase seguinte você terá muito mais sucesso. As pessoas deste signo terão uma vida social e profissional muito boas durante o ano inteiro em 2012, por isso corra atrás dos seus objetivos principalmente em questões profissionais. Gêmeos  você terá que resolver todos os problemas afetivos e tem tudo para eliminar intrigas e mágoas que vem prejudicando o bom relacionamento do casal. No trabalho você vai depender muito da sua criatividade para obter sucesso profissional, porém a sorte estará do seu lado a partir do meio do ano. Leão  procurar novos horizontes e se aventurar em relacionamentos improváveis pois poderão acabar dando certo. No trabalho vai ter muito sucesso e satisfação, diversas novas oportunidades poderão aparecer, e se você sentir que são boas, agarre-as pois com o seu talento e com seu esforço, você tem tudo para obter sucesso.


Libra  Se você libriano está a procura de um romance, poderá sair bastante pois tem tudo para encontrar o amor da sua vida. Você já pode se preparar, pois para pessoas deste signo, 2012 será um bom ano. Peixes  no amor promete ser um ano perfeito, pois seus pensamentos serão capazes de até adivinhas os pensamentos de seu companheiro, se você não estiver com alguém, um antigo amor irá reaparecer em sua vida. No Trabalho é bastante favoráveis a acordos e negociações comerciais, onde você pode atingir todos os seus objetivos facilmente. Sagitário  no amor começo do ano você vai enfrentar algumas situações complicadas mas nada de grave e você deverá se concentrar bastante na busca de seus objetivos. No trabalho não ocorrerão muitas mudanças em sua carreira profissional.

Touro  No amor você estará esbanjando simpatia e charme e a chance de engatar um romance é muito alta. As pessoas do signo de Touro vão poder mudar de emprego e ter melhores salários.

Virgem  Se você que é deste signo e está procurando um novo amor, terá tudo para encontrar se sair a procura. Você também poderá ser promovido no seu trabalho ou ir bem nos negócios, pois o que tudo indica é que esse ano você vai atrair muito dinheiro.

Aquário  terá muita energia em 2012 e no amor você estará com o coração aberto para novas paixões ou vai ficar mais “grudado” com o seu atual amor. No trabalho Será também um ano de estabilização financeira, onde você deve manter tudo em ordem e pensar no futuro.


Os animais Os animais e os seres humanos mantém uma relação muito forte, mas ainda sim há duvidas, erros e curiosidades nos cuidados com esses animais. Sendo assim, leia a seguir nossa matéria sobre a veterinária e os animais, vamos esclarecer duvidas e erros comuns, não perca!


e hoje existem até profissões relacionadas ao adestramento dos animais. A primeira escola de veterinária surgiu no século XVIII em Maison Alfort nos arredores de Paris, mas a primeira escola foi criada por Claude Bourgelat em Lyon.

Sobre a veterinária : Os seres humanos e os animais vivem juntos há milhares de anos, especialmente os cachorros. No início eles eram usados para a caça, mas hoje em dia estão domesticados e vivem tranquilamente em casas. Atualmente existem muitas raças de vários animais que não foram domesticados e precisam viver em jaulas ou no mato, como o “pitbull” e o “gato-do-mato ”. Os primeiros animais foram domesticados nos tempos primitivos pelo homem, e o homem notou que o animal tinha uma grande capacidade de aprender diversas coisas, algumas relacionadas à caça e outras não,

A medicina veterinária está ligada a manutenção e a restauração da saúde dos animais. Ela trabalha no sentido amplo com a prevenção e a cura das doenças dos animais, segundo o veterinário Renato Silveira, há varias áreas da veterinária, cada área especializada em determinadas espécies de animais, mas todas no sentido de tratar e prevenir doenças e ferimentos nos animais A medicina veterinária se dedica a prevenção, ao controle e ao tratamento de doenças ou ferimentos dos animais.


Entrevista : Fizemos uma entrevista com o veterinário Dr. Renato Silveira e ele nos contou muitas coisas sobre os animais, tanto curiosidades quanto os cuidados necessários. Veja abaixo a entrevista : 1 )Qual a diferença entre animais de raças e os animais “vira – latas”? R: Não há praticamente nenhuma diferença, mas quanto mais puro forem esses animais, maiores as chances deles adquirirem mais doenças. Quanto mais as raças forem mescladas essa probabilidade diminui.

2) Quais as doenças mais comuns? R: Quando filhotes, há chances deles adquirirem viroses que causam entre outros males uma diarréia com sangue. Esse problema pode ser evitado de uma maneira simples que é vacinando o animalzinho. Já quando o animal estiver idoso eles devem ter os mesmos cuidados das

pessoas idosas e podem ter problemas cardíacos, renais e outras doenças. 3) Qual o pior caso com o qual você já lidou? R: Foi um caso que um cachorro pequeno que foi atacado por um maior e teve seu olho praticamente arrancado. 4) Quais os erros cometidos pelos donos ao cuidar de seus animais? R: Quando eles ainda são filhotes, não aplicar as vacinas necessárias por achá-las caras ou desnecessárias. Ou quando o animal ficar doente, esperar alguns dias para procurar um profissional ou tratar o animal com remédios caseiros. Essa última situação pode agravar o estado do animal.


5) É verdade que os animais passam seu estado ou sentimento pela calda? R: O cachorro sim, mas os gatos e pássaros passam através de suas posições corporais. 6) Basta gostar de animais para ser um veterinário? R: Não, você precisa gostar dos dois, tanto de animais quanto da medicina, pois se a pessoa tiver dó ou nojo de certos animais doentes não tem vocação para ser um veterinário (a).

7) Por que escolheu esta profissão ? R: Porque eu sempre gostei de animais e me interessei muito pela medicina. E desde pequeno sempre fui “super protetor” dos animais, por isso escolhi e até hoje adoro esta profissão. O que mudou para os animais ao longo do tempo

Os animais e os seres humanos estão juntos há milhares de anos, mas nem sempre eles foram tratados como são recentemente. Antigamente os animais em geral não tinham tantos cuidados com eles tem hoje. A alimentação era comida que sobrava (restos) e não rações balanceadas com as vitaminas necessárias para sua saúde. Eles não eram levados a nenhuma clínica veterinária e ficavam nos quintais expostos a chuvas e ao tempo frio Dessa forma, eles tinham muito mais chances de ficarem doente, como por exemplo ter uma pneumonia e outras doenças. Os animais hoje em dia muitas vezes tem suas próprias casinhas que são compradas em pet shop. Antigamente eles viviam largados nos matos ou nas ruas. Até hoje é comum ver essas situações, mas já diminuiu muito o número de cachorros e gatos abandonados.


São usados para: Os animais não tem a função somente de alegrar um lar. Em vários lugares do mundo os animais foram usados durante a guerra para localizar pessoas, pelo fato do olfato dos cães serem mais apurados. Também são usados para procurar fugitivos de cadeias ou para procurar algo perdido. Mas por incrível que pareça até os mínimos insetos ajudam - as abelhas são usadas para localizar bombas (são expostas ao cheiro de explosivos e golfinhos foram usados para encontrar minas submarinas, e deu certo! Em 2003 cerca de 140 golfinhos acharam pouco mais de 100 minas. E macacos também são usados para fazer “viagens” espaciais pelo fato do cérebro deles ser semelhante ao dos humanos e quando são treinados tem uma capacidade incrível de aprender muitas coisas.

Como surgiram: Surgiram do oceano primitivo. Nos tempos milenares, primeiro os protozoários vieram para a superfície terrestre e ao longo de milhões de anos evoluíram muito toda a história natural se impondo e modificando o nosso planeta...

Curiosidades : Os cachorros passam seu estado emocional através do seu rabo, já os gatos e os pássaros através de suas posições corporais. O cachorro quando abana seu rabo de um lado para o outro demonstra felicidade, já quando está abaixado quer dizer que está com medo ou tristeza. Quando está para cima quer dizer confiança. Se você segurar um hamster de cabeça para baixo por muito tempo, há grande chance de seus olhos caírem. A avestruz é o animal mais medroso que existe, ele tem medo de uma borboleta, mesmo sendo um animal de porte médio.


O coração de um gato bate duas vezes mais rápido que um coração humano - de 110 a 140 batimentos por minuto. Uma outra curiosidade é que as águias acasalam-se no ar .

Dicas : É necessário vacinar os animais, sempre orientado por um veterinário de confiança, pois caso contrário, eles podem pegar inúmeras doenças sem cura e levar até a sua morte além do custo alto com medicação e até internação muitas vezes acaba saindo muito mais caro do que se prevenir com as vacinas, outra dica é não ficar esperando alguns dias para ver se o animal melhora, pois as vezes esses dias podem ser tarde demais.


Os Animais não são Brinquedos! Cuide de

Os animais nos fazem

todos! Eles são

companhia e podem nos

seres iguais a

Ninguém pode reclamar

nós. Não os maltrate!

dar diversão também. de falta de amor convivendo com um animal.


Rugby

Varias mudanças foram aplicadas ao Rugby ao longo do tempo e continuam até hoje.

O que é Rugby?

O Rugby é um esporte coletivo originário da Inglaterra de intenso contato físico.

Hoje, ele é o segundo desporto de equipas mais popular no mundo, só sendo superado pelo futebol.

Com essa grande popularidade, variações do esporte surgiram. A mais praticada é o Rugby de quinze. Em seguida está a modalidade League e a sua variação olímpica, o de sete. Além dessas variações ainda há o Rugby de praia, de toque, em cadeira de rodas e subaquático.

Uma lenda bem difundida diz que o desporto surgiu de uma jogada irregular do futebol na qual um jogador do colégio de Rugby (situado na cidade inglesa com o mesmo nome, em Warwick Shire), de nome William Webb Ellis, teria pegado a bola do jogo com as mãos e seguido com ela até a linha de fundo adversária, em 1823.

O primeiro jogo internacional de Rugby foi disputado no Raeburn Place em andrew’s na Escócia em 27 de março de 1817 entre Escócia e Inglaterra. O jogo foi vencido pela Escócia por um gol e um try contra um try da Inglaterra.

As primeiras idéias de um campeonato mundial de Rugby surgiram no século XIX, mas nunca foram postas em pratica. Em 1982 foi sugerida a IRFB a primeira edição da copa do mundo em março de 1983 no reino unido, mas a idéia não foi a frente. Em maio de 1987 começava a primeira copa do mundo de Rugby disputada em conjunto com a Austrália e a Nova Zelândia com 16 nações convidadas de todos os continentes, a Nova Zelândia sagrou-se campeã.

Em 2003 a copa do mundo foi disputada na Austrália e a Inglaterra tornou-se a primeira campeã mundial do hemisfério norte. Em 2007 a copa foi disputada na frança sendo vitoriosa a seleção da áfrica do sul (igualando o bicampeonato da Austrália), e em 2011 será na Nova Zelândia.

Por tradição e por lei da IRB o Rugby era um esporte amador, tanto que essa foi a principal questão do rompimento da Rugby union e da Rugby League. A questão do amadorismo versus profissionalismo sempre foi muito discutida em torno do Rugby union, por um lado se defendia o amadorismo por preservar a verdadeira essência de amor ao esporte, por outro se criticava o fato do Rugby ter se tornado um esporte de elite onde apenas os ricos tinham condições de jogar.


O Rugby é disputado por duas equipes de quinze jogadores, numa partida de duas partes de quarenta minutos contínuos, o relógio só para quando algum jogador da 1ª linha necessita de cuidados médicos.

Objetivo do jogo:

O objetivo do jogo é marcar o maior numero de pontos.

Outros esportes praticados por pessoas com qualquer tipo de necessidades especiais:

Alguns esportes podem ser praticados por pessoas com dificuldades físicas, como por exemplo:

Na esgrima, participam desportistas com problemas de motricidade e, é praticado fixando a cadeira de rodas em uma pista mediamente um mecanismo que não impede a movimentação do corpo. O regulamento, é o mesmo da Federação Internacional de Esgrima - IFE, com algumas modificações introduzidas pela International Stoke Mandevile Welchair Sport Federation I.S.M.W.S.F. As modalidades são: sabre, espada e florete, jogado somente nas categorias masculino e feminino. A classificação dos participantes são classe 2, casse 3 e classe 4, de acordo

com o equilíbrio apresentado pelo atleta.

O atletismo é uma das modalidades de ponta do esporte praticado pelas pessoas portadoras de deficiência. É um dos que reúne mais participantes em suas diferentes provas. As provas são agrupadas nos blocos tradicionais de corridas, saltos, lançamentos, pentatlon e maratona. No programa das competições estão excluídas as provas de corrida com obstáculo, salto com vara, marcha atlética e lançamento de martelo, sendo acrescentada uma prova de club (massa de GRD), praticado pelos portadores de paralisia cerebral (PC). Essas modalidades são praticadas por atletas cegos, amputados, paraplégicos, tetraplégicos, e paralisados cerebrais, mas, nem todos competem em todas as modalidades. Nas provas de pista, os deficientes visuais totais B1, e os deficientes visuais B2, podem correr com guia ou com treinador que, claramente identificado, dirigi-se ao atleta com voz ou através de palmas. Neste caso solicita-se silencio aos expectadores afim de não prejudicar a orientação do atleta. Para os atletas com deficiência visual leve B3, os mesmos competem sobre as regras da IAF - International


Athletic Federation, sem nenhuma alteração. Nos revezamentos das provas em cadeira de rodas; o revezamento e feito quando o atleta, toca o atleta de sua equipe dentro da zona de passagem, utiliza-se nas provas de cadeiras de rodas (revezamentos) duas raias para cada equipe. Nas chegadas das provas em cadeiras de rodas, deve-se observar a passagem do primeiro ponto da roda dianteira da cadeira que tocará a linha de chegada e não, o pé ou parte de corpo do competidor. As provas de lançamentos, estão sujeitas as regras da IAF, observando-se as modificações concedidas pelas entidades do desporto para deficientes.

No voleibol sentado, se observam as seguintes modificações; quadra mede 10 x 6 m e área de ataque mede 2 x 6, rede 0,80m x 5,0m e tem

altura de 1,15m. Assim mesmo, é permitido bloquear serviço e as posições dos jogadores vêm determinadas e controladas pela posição de suas nádegas. Atletismo adaptado

Um pouco mais sobre o Rugby Desde seu nascimento como esporte praticado por pessoas portadoras de deficiência, o voleibol tem se situado como a elite dos esportes de equipe. O voleibol é praticado nas modalidades sentado e em pé, pelo qual, as dimensões da área de jogo e a altura da rede variam de acordo com o caso. No voleibol em pé, poucos são as diferenças observadas com a regulamentação do voleibol tradicional. Há que se destacar que cada jogador é dado uma pontuação mínima e que na soma dos pontos quando os seis jogadores estiveram em quadra, não poderá ser superior a 26 pontos.

Vôlei sentado


Nós entrevistamos o tecnico Rafael Golveia, e descobrimos um pouco mais sobre o Rugby.

Nome: Rafael Gouveia

Idade: 23

2- Quais são as competições nos quais os atletas podem participar? R: As competições que o rúgbi tem no Brasil hoje é o campeonato brasileiro, tem primeira e segunda divisão, na primeira divisão tem seis times, esse ano teve sete times, caíram dois e para o ano que vem vão ter seis, na segunda divisão vai estar programado para jogar seis jogos, têm também os campeonatos regionais, mas aqui em São Paulo a gente não conseguiu fazer nenhum, por que a gente só tem dois clubes, mas a confederação do rúgbi permite torneios abertos, se uma cidade quiser organizar um torneio de rúgbi, está livre, é só oferecer a estrutura.

1- A cadeira utilizada é diferente? Como funciona? R: A cadeira de passeio o deixa sentados numa posição de 90 graus, como a maioria deles são tetraplégicos, se eles forem jogar em uma cadeira de rodas nessa postura eles iriam ficar meio suscetíveis à queda, por isso ela tem um assento mais fundo, e eles ficam com as pernas para cima, então o angulo do tronco com as pernas é um pouco menor para manter a estabilidade da cadeira. Eles também jogam amarrados, pois o Rugby é um esporte de contato. Quanto ao formato, a cadeira dos atletas que tem um maior comprometimento motor, ela tem umas chapas na frente para os jogadores fazerem os impactos, já os jogadores que tem um menor comprometimento, tem o artifício de uma gradinha na frente, já que ele tem menos mobilidade eles usam isso para travar os outros jogadores.

3- O que é Rúgbi? R: O rúgbi em cadeira de rodas é um esporte voltado para pessoas com comprometimento nos quatro membros, no caso da maioria são os tetraplégicos, mas podiam ter , os amputados de quatro membros ou pessoas que tem um comprometimento sindromico como distrofia muscular que vai afetar a musculatura dos quatro membros e o rúgbi surgiu para suprir uma deficiência que o basquete tinha, e os que tem esse tipo de deficiência não conseguiam jogar bem, jogar com freqüência, ai foi criado esse esporte que tem uma característica não pra cima como a do basquete, o alvo do rúgbi é para frente, que fica mais fácil para todos eles.


4- De onde surgiu a ideais de jogar rúgbi? R: Vocês conseguem imaginar um tetraplégico que não tem o controle total das funções dos braços, as vezes a mão é em garra, as vezes não tem esse músculo, que a gente chama de tríceps, que faz a extensão do cotovelo, então para você arremessar uma bola para cima, é difícil, você não tem o controle total do seu tronco para se sustentar na cadeira, fica difícil, você te que erguer o troco erguer a bola e fazer um arremesso além de ter que marcar jogadores mais rápidos. Como não tinha um esporte coletivo para eles, foi criado um, pegou-se algumas regras do basquete do hóquei e criou-se o rúgbi que foi no final da década de 70 no Canadá.

5- O material utilizado é diferente? R: O rúgbi de campo usa uma bola cônica, usam chuteiras e não usam qualquer tipo de proteção alem do uniforme normal, o rúgbi de cadeiras de rodas, só herdou o rúgbi o nome e o aspecto agressivo, por causa do choque entre as cadeiras, o rúgbi em cadeira de rodas tem muito mais a ver com o basquete por causa das regras de progressão de bola, de toque de bola, o tempo para você concluir o gol do que rúgbi de campo que não tem essas regras. A bola, por exemplo, não é uma bola cônica, a bola é parecida com uma bola de vôlei, por que facilita o manuseio dos atletas que podem jogar, agora, o uniforme é parecido é só para identificação dos atletas, tem que ser uma roupa leve, por que muitos deles não transpiram por causa da deficiência que eles têm. Os aparelhos que a gente usa aqui são aqueles borrifa dores de água gelada, já que

eles não transpiram, a gente tem que adaptar como eles vão fazer a troca de calor para não ficarem muito desgastados, muito rápido, além da cadeira, os materiais de proteção são luvas, para proteger as mãos por causa de que, quando você freia o pneu, machuca bastante, alguns usam uma manga extra para travar os braços.

6- Qual é a faixa etária dos atletas do jogo? R: O jogo profissional é para adultos, ou em alguns casos de pessoas com 16 anos, não menos, isso devido às origens das diferentes deficiências de cada atleta, que nos casos traumáticos aparecem após dos 18 anos.

7- O esporte é praticado no Brasil inteiro? R: Hoje é praticado principalmente no Rio de Janeiro, com 4 clubes, 2 times em SP, 1 em BH, 1 em Florianópolis, 1 em Gama-DF Estes são os principais estados onde se é praticado o Rugby.

8- Quem pode participar do Rúgbi? R: O Rugby é praticado por pessoas com deficiência física, com comprometimento motor nos 4 membros do corpo, em geral a tetraplegia e quadros sindromico (distrofia muscular) e congênitos (má formação congênita).


9- Quem quiser participar, a quem deve procurar? R: A pessoa que se enquadra nas deficiências mínimas deve procurar o clube mais próximo de sua moradia.

10- Existe uma expectativa para o time participar das olimpíadas de 2012 ou 2016?

Atleta: Alexandre anos

idade: 25

1Você pode

R: Em Set. 2011 o Brasil irá disputar o ParaPan de Rugby em Bogotá, tentando uma vaga para as Paraolimpíadas de Londres, temos chances mínimas, pois só há uma vaga a ser disputada diretamente com o Canadá, criador do esporte e com a Argentina, maior rival do Brasil,

11- A equipe está preparada para isso?

contar o que aconteceu com você?

R: Existem bons atletas e características individuais interessantes, mas pouco tempo de treino coletivo entre eles.

R: Em 2006, eu fui a um churrasco, estava fazendo uma festa, e então eu mergulhei em uma piscina e bati a cabeça no fundo e quebrei o pescoço.

12- Como é o treino para essa atividade?

2- Como você descobriu o rúgbi?

R: Nós dividimos nossos treinos sempre em aquecimento, preparação física, preparação técnica/tática e coletivos O foco de cada treino depende de qual fase estamos, ou seja, se for um treino de força ou velocidade na preparação física ou um treino voltado a características mais técnicas como o a qualidade dos passes ou um tipo de sistema defensivo específico. Também entrevistamos um dos atletas do time de Rugby da Unicamp:

R: Eu já estava estudando aqui na Unicamp, eu estava circulando por ai, então eu vi que estava acontecendo um esporte adaptado ai eu comecei primeiro no handball, e depois eu vim para o Rúgbi.


3- Como você vem até os treinos? R: Eu tenho um carro adaptado, em que o freio e o acelerador, ficam localizados no volante, mas não tem muita diferença.

O pontapé de ressalto passou a valer 4 pontos em 1891, Em 1948 passou a valer 3 pontos e mantém-se até hoje. O pontapé de penalidade valia 2 pontos até 1891, depois passou a valer 3 pontos e mantém-se até hoje.

4- Como o rúgbi influencia na sua vida? R: O rúgbi me deu oportunidade de conhecer muita gente, de viajar também, e me ajudou no condicionamento físico, à pratica de um esporte.

Curiosidades

O numero de jogadores foi reduzido de 20 para 15 em 1877. O primeiro sistema de contagem de pontos foi feito em 1889. Antes era marcado apenas o ensaio e o gol separadamente. O valor do ensaio e da conversão variou ao longo dos nos. Até 1891 o ensaio valia 1 ponto e uma conversão valia 2 pontos. Depois o ensaio passou a valer 2 pontos e a conversão 3. Em 1893 o valor foi trocado e o ensaio passou a valer 3 pontos com a conversão valendo 2 (o valor da conversão mantém-se esse até hoje). Em 1971 o ensaio passou a valer 4 pontos e em 1992 o ensaio passou a valer 5 pontos.

O goal from mark foi introduzido em 1899 inicialmente valendo 4 pontos, em 1905 passou a valer 3 pontos, e foi abandonado em 1971. Em 1892 foi adotado o formato da bola oval. Em 1883 foi realizada a primeira competição internacional entre seleções, a Home Nations composta por Inglaterra, Escócia, Irlanda e País de Gales, sendo a Inglaterra a primeira campeã. Em 1910 a frança entrou no campeonato que passou a se chamar Five Nations. Em 1931 a fraca saiu do campeonato que voltou a se chamar Home Nations. Em 1947 após a segunda guerra mundial o campeonato voltou a ser disputado juntamente com a frança e voltou a ser chamado de Five Nations. Até 1993 não havia nenhum premio ao vencedor da competição (nenhum tipo de medalha ou troféu). No ano 2000 a Itália entrou no campeonato que passou a se chamar Six Nations.


Superação. Sem ela não haveria conquista!

Não deixe que as dificuldades físicas tornemse um obstáculo, e sim um ponto de partida para uma nova vida.


Arquitetura para viver A arquitetura está em toda parte: em sua casa, na escola, no trabalho... A arquitetura faz parte de nossa vida. ________________________________

Antes de mais nada, podemos dizer que a arquitetura é construção, mas, construção concebida com o

propósito primordial de ordenar e organizar o espaço para determinada finalidade e visando a determinada intenção. E nesse processo fundamental de ordenar e expressar-se ela se revela igualmente arte plástica, porquanto nos inumeráveis problemas com que se defronta o arquiteto desde a germinação do projeto até a conclusão efetiva da obra, há sempre, para cada caso específico, certa margem final de opção entre os limites - máximo e mínimo - determinados pelo cálculo, preconizados pela técnica, condicionados pelo meio, reclamados pela função ou impostos pelo programa, -

cabendo então ao sentimento individual do arquiteto, no que ele tem de artista, portanto, escolher na escala dos valores contidos entre dois valores extremos, a forma plástica apropriada a cada pormenor em função da unidade última da obra idealizada." A arquiteta Marilia Labaki Zuccato diz que á função da arquitetura‘’ É construir, ordenar e organizar um espaço, de uma maneira harmônica com o meio inserido, respeitando as características locais, a época em que o projeto será realizado e o meio ambiente.’’ Marilia ,comentou sobre á Arquitetura e o Urbanismo relacionado com a sociedade atual. ‘’ Apesar de Campinas ser uma cidade que apresenta muitos problemas sociais e políticos, o que dificulta a criação de projetos urbanísticos de qualidade, Campinas apresenta alguns poucos pontos de convívio urbano muito bons, como a Lagoa do taquaral, com a Praça Arautos da Paz, o Centro de Convivência, e outros. ‘’ – Pensa Marilia, comentando sobre bons centros urbanistas em Campinas. ‘’ O urbanismo é o

braço direito da arquitetura, um não pode ser pensado sem o outro. É mais abrangente, ele projeta, elabora, organiza e ordena os espaços humanizados das cidades, estados, países. O urbanismo faz parte de um processo de administração de território. Os urbanistas desenvolvem estudos, planos e projetos que visam promover o


crescimento e a revitalização harmoniosa das áreas urbanas, suburbanas e rurais’’, comenta a urbanista. Para esclarecer alguns pontos extras, a urbanista Marilia cedeu-nos uma breve entrevista.

O urbanismo é o braço direito da arquitetura

G3 - Qual é o melhor exemplo da união entre arquitetura e urbanismo? A cidade de Paris é com certeza o melhor exemplo que já conheci de perto e a Holanda, apesar de não ter conhecido pessoalmente, apenas através de livros, é um bom exemplo de boa arquitetura e urbanismo.

G3 - Em nossa cidade há bons exemplos de urbanismo? Sim, apesar de Campinas ser uma cidade que apresenta muitos problemas sociais e políticos, o que dificulta a criação de projetos urbanísticos de qualidade, Campinas apresenta alguns poucos pontos de convívio urbano muito bons, como a Lagoa do taquaral,

com a Praça Arautos da Paz, o Centro de Convivência, e outros.

G3 - Qual a importância da arquitetura e o urbanismo para a população mais pobre? A arquitetura e o urbanismo são importantes para toda a população e com certeza são muito importantes para a população mais carente. São meios de melhora da qualidade de vida, , responsáveis por projetos de moradias, transporte público, áreas de lazer como parques, praças, centros culturais, escolas, postos de saúde, hospitais, etc. Todos vivemos em uma mesma cidade, compartilhamos de uma mesma estrutura social, e por isso é de interesse de todos termos uma cidade planejada, estudada e pensada para todos , não só para um grupo, mas para todos sem exceção. Uma cidade mal planejada é fragmentada, via de regra a população carente é deixada de lado nas favelas, enquanto a classe mais abastada se esconde em casas com muros altos, condomínios fechados. Mas todos tem que sair de suas casas protegidas para ir ao trabalho, à escola, à casa do amigo. É nessa hora que as grandes diferenças aparecem. É preciso criar projetos de qualidade buscando atender as necessidades gerais da população, fazendo com que ela se sinta parte de uma sociedade, proporcionando direitos básicos que todo cidadão deveria ter, com acesso a uma moradia de qualidade, transporte público


eficiente, saúde adequada, saneamento básico, lazer gratuito, etc.

G3 - Brasília é um bom exemplo de arquitetura e urbanismo?

Essa é uma pergunta polêmica, alguns acham que sim, outro que não. Acredito que não seja um bom exemplo. Conheci Brasília, e pude conhecer grandes monumentos realizados por Oscar Niemeyer. Sem dúvida ele é um grande arquiteto, porém suas obras

aparecem de maneiras isoladas, não se conectam com o entorno. Muitos monumentos não tem vida, pois poucas pessoas circulam por elas, suas obras são visitadas mais por turistas do que pelos moradores da cidade. Acredito que isso se deve ao fato da má localização e pelo fato de serem obras que não falam a língua da maioria dos moradores da região, uma arquitetura intimidadora. A cidade não apresenta convívio urbano, as praças são vazias, tudo é longe, as pessoas tem que andar de automóveis para

se locomover.

Você sabia que... As expressões ‘’eira, beira e tribeira’’ vinham das telhas que cobriam as casas antigas. Os de menos posse tinham uma telha (eira), os remediados tinham duas (beira) camadas de telha. E os ricos tinham três camadas de telha (tribeira) na cobertura da casa. Daí se o sujeito não tem eira, nem beira, quer dizer que ele não tem nada é muito pobre.


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

Arquitetura é antes de mais nada construção, mas, construção concebida com o propósito primordial de ordenar e organizar o espaço para determinada finalidade e visando a determinada intenção


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

Desde casarões antigos até prédios super modernos, a arquitetura está sempre com você.


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

( Brasília:um grande exemplo da arquitetura Brasileira.)

Saúde Acreditar na medicina seria a suprema loucura se não acreditar nela não fosse uma maior ainda, pois desse acumular de erros, com o tempo, resultaram algumas verdades. Para você, o que significaria o termo medicina? Caso fosse respondida por um estudioso, é derivada do latim ars medicina, significando a arte da cura. A medicina atual teve seu berço na Inglaterra, na primeira metade do século XIX, com a Revolução Industrial. Os egípcios adquiriram tal conhecimento através do processo de mumificação dos corpos nos primórdios do tempo, de modo que ao retirar os órgãos, descobriam incidentalmente à causa da morte da pessoa. De forma explícita ou não, todos os povos contribuíram para a evolução dessa arte. Para representar a medicina moderna, dois símbolos são usados: o símbolo de Asclépio, representado por um bastão tosco com uma serpente em volta e o símbolo de Hermes, Acima, os símbolos de Hermes e Ascléspio , da esquerda para direita.

chamado caduceu, que consiste em um bastão mais bem trabalhado, com duas serpentes dispostas em espirais ascendentes, simétricas e opostas, e com duas asas na sua extremidade superior. Ambos os símbolos têm sua origem na mitologia grega; o de Asclépio, deus da medicina, é o símbolo da tradição médica; o de Hermes, deus do comércio, dos viajantes e das A medicina deve ser promovida durante estradas, foi introduzido tardiamente na toda a vida. simbologia médica. Ao contrário do que muitos pensam, estar saudável não significa apenas estar ausente de doença. Consiste no completo bem estar físico, mental, psicológico e social do indivíduo. É um estado cumulativo, que deve ser promovido durante toda a


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

vida, de maneira a assegurar-se de que seus benefícios sejam integralmente desfrutados em dias posteriores. Infelizmente, observamos que ocorre com freqüência a desvalorização da saúde pelos jovens, gerado pelo sentimento de se importar com o hoje e não ligar para o amanhã. Os adolescentes, hoje em dia, querem estar na moda, acarretando um possível uso de drogas, sem pensar nas conseqüências que virão. Pensam que estão bem, escondem o fato de seus pais e de sua própria saúde, impossibilitando a probabilidade de curar-se; um de seus sintomas é a depressão. Nessas horas, a medicina surge, mostrando um novo mundo de esperança para os utilizadores dos vícios.

Um dos sintomas da droga é a depressão.

Inúmeras pessoas tem suas vidas salvas pela medicina graças aos avanços da medicina no cotidiano. Atualmente, doenças graves como, por exemplo, o câncer, tem diminuído o grau de risco graças a estas constantes evoluções na ars medicina. Enquanto meio por cento (0.5%) das causas das mortes mundiais são ocasionadas pelo câncer e trinta e três por cento (33%) da população masculina tem câncer de próstata, a cura está cada vez mais próxima, sempre prolongando a expectativa de vida. Contudo, o simples ato de tratar um enfermo não pode ser considerado um ato dessa arte. O esforço que um profissional não-médico faz para tratar alguém, mesmo que eficaz, honesto e bem intencionado, não é medicina. A caracterização do trabalho médico exige que seu agente esteja tecnicamente capacitado e legalmente habilitado para o exercício daquela atividade. Em uma situação de emergência, qualquer pessoa pode realizar um procedimento caracterizado como ato médico, como uma traqueostomia (um procedimento cirúrgico no pescoço que estabelece um orifício artificial na traquéia, abaixo da laringe, na tentativa do cirurgiado respirar), por exemplo. O ato salvador, legítimo e necessário,


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

não impõe ao seu realizador a responsabilidade profissional, exigência obrigatória para

quem é habilitado. A figura acima nos exemplifica um caso de traqueostomia.

Para nos ajudar a aprofundar o tema, contamos um profissional da área citada discutida.’’ O

relacionamento entre os próprios profissionais e as famílias, devido ao sofrimento e sentimento de culpa destas famílias ao verem seus ente queridos doentes’’ Comenta Edson Túlio, médico intensivista da Unicamp e Casa de Saúde. G3: Para você, quais os alimentos necessários para ter uma dieta saudável? Devemos ter uma dieta balanceada, sem exageros de proteínas, açucares e gorduras. Não devemos rotular um tipo de dieta seria o ideal; e sim formular dietas para cada tipo de pacientes e momento de vida. Por exemplo, a dieta de um adolescente em relação a um idoso em seus momentos e tipos de vida, se ele é mais sedentário para um com maior atividade física. G3: Como você vê o incentivo da prefeitura para a área de saúde? Edson Túlio: Devemos notar como incentivo a saúde o saneamento básico (uma população coberta de água potável, esgotos e luz promovem uma cobertura de grande parte de doenças infantis e infecciosas); educação (uma população com alto índice educacional, também é um fator de proteção á saúde, como eliminação de doenças infecciosas como Dengue, Leptospirose e Doenças Nutricionais); segurança (as mortes causadas por violência estão entre as principais causas de morte no adulto / jovem); sociabilidade (a população mais integrada através de trabalho comunitário fortalece a família e também é um grande fator de melhora da saúde) e política (a população mais politizada saberá escolher e solicitar através de seus representantes do governo o que realmente cada comunidade necessita para seu bem estar). Se a


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

prefeitura estiver atuando em todos estes fatores, ela estará promovendo a saúde á sua população. G3: Como o psicológico do profissional de saúde é afetado lidando com a vida e a morte diariamente? Edson Túlio: Isso depende muito de cada profissional, no meu caso acredito que DEUS nos rege e nada acontece por acaso, fico muito triste com a morte dos pacientes sobre a minha responsabilidade e sei que as conseqüências desta morte foram devido a suas atitudes passadas. Por exemplo: Se você fuma, se droga ou não possuem nenhuma atividade física, em algum momento da sua vida você “pagará” por esta atitude, seja através de doenças hepática, cardíacas, neurológicas, como também pela violência do meio que você vive. G3: Seu ambiente de trabalho está em boas condições físicas? Edson Túlio: Sim. Trabalho em excelentes hospitais de estruturas técnicas, físicas e pessoais muito boas, é claro que há falhas e estamos sempre tentando aprimorá-las. Agradecemos a Edson Túlio por sua entrevista e desejamos sucesso no seu emprego.


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

Proteja sua saúde, o dom mais importante de sua vida...


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

São inúmeros casos de pessoas que adoecem por não ligarem á própria saúde, dom que foi adquirido a partir do momento em que nascemos. Seja diferente. Seja cuidadoso. Seja saudável.


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

A fisioterapia pode ser definida como a arte e a ciência dos cuidados físicos e da reabilitação. A fisioterapia diagnostica, previne e trata os distúrbios, entre outros, da biomecânica funcionalidade humana decorrentes de aloterações de órgãos e sistemas humanos. Na antiguidade, havia uma forte preocupação com as pessoas que apresentavam as chamadas "diferenças incômodas"; este termo era então utilizado para abranger o que na época era considerado de "doença". Havia uma preocupação em eliminar essas "diferenças incômodas "através de recursos, técnicas, instrumentos e procedimentos.

Os agentes físicos já eram utilizados para reduzir essas diferenças. O hábito de utilizar as formas de movimento como recurso terapêutico remonta há vários séculos antes da era cristã. Foram apresentados princípios definidos para a ginástica médica que compreendiam: 1-) exercícios para conservar um estado saudável já existente; 2-) regularidade no exercício; CURIOSIDADES: 3-) exercícios individuais especiais para convalescentes; Galeno conseguiu, através de uma 4-) exercícios para pessoas com ocupações sedentárias. ginástica planificada do tronco e 5-) exercícios para indivíduos enfermos cujo estado pode dos pulmões, corrigir o tórax exacerbar-se; deformado de um rapaz até Nessa época nota-se uma preocupação com o tratamento chegar a condições normais e os cuidados com o organismo lesado e também com a manutenção das condições normais já existentes em O corpo humano foi considerado organismos sãos. No final do Renascimento o interesse como algo inferior e as camadas pela saúde corporal começa a especializar-se. A Fisioterapia passa a fazer parte da chamada "Área da saúde" e foi evoluindo no decorrer dahistória, teve seus recursos e formas de atuação quase que voltada exclusivamente para o atendimento do indivíduo doente, para reabilitar ou recuperar as boas condições que o organismo perdeu.

superiores da nobreza e do clero começaram a despertar o interesse por uma atividade física dirigida para um objetivo determinado que fosse o aumento da potência física. Na idade média as “diferenças incômodas" eram consideradas como algo a ser exorcizado.


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

No começo não existiam especialidades na área de fisioterapia, anos depois começaram a haver especialidades, como o RPG e pilates. Para saber mais sobre esse assunto, conversamos com o estudante de fisioterapia, Rafael Pellegrini Cicotti, 24 anos, na academia Oficina Zen, onde dá aulas de pilates. Veja a entrevista a seguir: Em que consiste o seu trabalho? O meu trabalho consiste na prevenção e no tratamento de lesões. Quais os benefícios da fisioterapia? E com ela podemos recuperar movimentos perdidos? Os benefícios trazidos pela fisioterapia são inúmeros, pois ela atua desde a prevenção de futuras doenças até tratamento pós-cirúrgicos. Outro fator é que a fisioterapia pode ser aplicada a todas as pessoas, sendo elas crianças ou atletas profissionais. Então, quando pensamos em fisioterapia pensamos em saúde aliada a técnicas e tratamentos de ótima qualidade.Dependendo do tipo de lesão é possível, sim, recuperar completamente movimentos perdidos.

Por que a maioria das pessoas procuram a fisioterapia? Qual o problema que essas pessoas apresentam? Pois elas acreditam que a fisioterapia possa ajudá-las em seus problemas. Depende muito, pois não tem uma pessoa que tem o mesmo problema da outra e assim por diante. É feita por todos, pois cada uma apresenta problemas e características especificas da sua idade. Existe alguma idade recomendada para praticar? Não. Tanto o pilates como a fisioterapia atende desde crianças a idosos.

E o pilates? O método pilates oferece um programa de exercícios que reequilibra o corpo, melhorando a postura, acabando com dores e desconfortos no corpo. Além disso, previne lesões e fortalece os músculos, dos mais fracos aos mais profundos, aumentando assim a disposição para o dia-a-dia. Dentre vários benefícios do pilates, ressalta-se o bem estar físico e mental que traz a modalidade, buscando um corpo harmonioso que tenha uma melhor consciência corporal, respiração, postura, flexibilidade e coordenação. Um corpo Joseph H. Pilates equilibrado traz consigo um maior poder de concentração, além de facilitar o relaxamento, melhorando o cotidiano de


Saúde e Bem Estar

Fisioterapia e Pilates: Quais os Benefícios?

cada indivíduo. O pilates após a Segunda Guerra Mundial, começou a ser usado para recuperar os movimentos dos soldados, para que eles fossem aceitos novamente na sociedade. O alemão Joseph H. Pilates, cuidava dos feridos das guerra e criou a técnica conhecida atualmente por seu sobrenome. Ele introduziu-o como uma nova técnica da fisoterapia. Desenvolvendo os exercícios e os aparelhos ele conseguiu recuperar os movimentos perdidos e hoje em dia, com técnicas mais avançadas, essa atividade melhora a postura, livra de dores e fortalece os músculos.

Curiosidades: Pilates sofreu de asma e raquitismo quando criança, assim seu método originou-se da sua determinação em fortalecer o corpo frágil e doente. Quando trabalhou como enfermeito nos últimos anos da Primeira Guerra Mundial, prendia molas nos leitos a fim de sustentar os membros lesados enquanto trabalhava com eles. Mais tarde, esses exercícios baseados em molas tornaram-se a base da aparelhagem que Pilates desenhou.

Em que visa o pilates? Visa o alongamento e o fortalecimento simultâneo da musculatura. O pilates tem algum beneficio para a saúde? Sim. Pois promove o alongamento e o fortalecimento da musculatura ajudando a melhorar a postura e a qualidade de vida em geral. O pilates tem algum beneficio para a saúde? Sim. Há vários, tudo depende dos tipos de patologia apresentados pelos pacientes. Como chegar a uma velhice com qualidade? Realizando exercícios com regularidade, não sobrecarregar o corpo, fazendo uma alimentação balanceada e tendo uma boa noite de sono. Qual a diferença entre o pilates e a fisioterapia? O pilates é um tipo de exercício que visa o alongamento e o fortalecimento do corpo já a fisioterapia é uma profissão que atua nas diversas áreas da saúde. Que dicas e orientações você daria para melhorar a postura dosjovens (estudantes)? Sentar com a postura correta, mantendo a coluna apoiada no encosto, Procurar não levar muito peso nas mochilas de costas, Não realizar esforços além da conta (levantamento de peso etc.) Qual a importância dos esportes em relação à postura? Os esportes ajudam a melhorar a consciência corporal e promover o equilíbrio da musculatura.

“Tanto o Pilates quanto a Fisioterapia podem ser praticados em qualquer idade independentemente do problema apresentado pelo paciente.” (Rafael Pellegrini Cicotti)


O Bem Estar que se Prática

Melhore seu condicionamento e previna futuras lesões, faça pilates! Está lesionado ou tem dores constantemente? Faça fisioterapia e livre-se das dores


Para início de conversa, o que é música? Não se sabe ao certo onde a música surgiu ou como, mas sabemos que foi uma necessidade do homem de se comunicar um com o outro, e a tentativa de reproduzir e juntar sons da natureza A partir de então, a música foi evoluindo, tornando-se não só apenas uma forma de expressão, mas também uma arte. A música, definida como arte, teve seus períodos dourados, como a música clássica, com suas várias sinfonias, além de seus grandes músicos como Beethoven, Bach e Mozart. Com a evolução da música, vários outros estilos, também foram se consagrando como o blues, o jazz e, a principal abordagem dessa reportagem, o rock ‘n’ roll. O Rock ‘n’ Roll, também chamado de apenas rock, passou por várias transformações, porém os pioneiros foram os que ficaram mais famosos com esse estilo de música: Rolling Stones, ZZ Top, Van Halen, The Ramones, Deep Purple, Beatles, Chuck Berry, Led Zepellin e Pink Floyd foram algumas dessas bandas, que brilharam fazendo esse tipo de arte. Aqui você ficará conhecendo um pouco mais sobre esse estilo musical que dominou três décadas, sua história e origem, a banda mais influente nesse gênero, além do maior evento da história, não só do Rock, mas também da música. Aproveitem!


“It’s Beatlemania Time!” Os Beatles foram um dos maiores ícones da música, pois eles mudaram a maneira das pessoas pensarem através de músicas com ritmos calmos, mas que fizeram muito sucesso. Grupo musical nascido em 1961, com os integrantes John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison, eles não formaram apenas um quarteto com música de boa qualidade, mas sim um período histórico de revolução, sendo que através de suas letras mostravam os interesses e ideais da população. Um exemplo muito marcante é a música “Revolution”, que sem mensagens subliminares, indica o desejo de mudança do povo. No ano de 1963, sai seu primeiro álbum oficial, chamado “Please Please Me” com o seu primeiro sucesso, a música “Love Me Do” e a versão da canção “Twist And Shout”. No mesmo ano, apresentaram-se no programa da televisão britânica “Sunday Night at the London Paladium”, dando início a uma grande revolução, criando fãs de várias idades e de vários lugares no mundo, o que recebeu o nome de “Beatlemania”. Ao mesmo tempo ocorreu o lançamento do álbum “With The Beatles” com o sucesso “All My Loving”. Em 1964 os “Beatles”, lançaram dois álbuns, o primeiro, “Hard Day’s Night” com a música “And I Love Her” e o outro foi “Beatles For Sale”. O álbum de 1965, “Help!” teve sucesso com a música homônima, além dos grandes sucessos “Ticket To Ride” e “Yesterday”.


Logo depois é lançado o álbum “Rubber Soul” com a música “Drive My Car” ainda muito famosa até hoje, e a canção “In My Life”.

Em 1966 é lançado o álbum “Revolver” com a música “Taxman”, e surge o boato de que Paul McCartney teria morrido em um acidente de carro, tendo sua cabeça decepada. Esse boato teve uma repercussão muito grande pelo fato das capas dos CDs dos “Beatles”, principalmente o “Abbey Road”, estarem cheias de mensagens subliminares. Em 1967, dois álbuns foram lançados: “Magical Mystery Tour”, com grandes sucessos que marcaram época como “Hello Goodbye”, “Starwberry Fields Forever” e “All You Need Is Love”, e o cd que foi considerado como o melhor de toda a carreira dos “Beatles”, que foi o “Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band”, com “Getting Better”, “Good Morning Good Morning”, “A Day In The Life”, e uma música que gerou muita polêmica, “Lucy In The Sky With Diamonds”, que até chegou a ser proibida,pois Lucy in the Sky with Diamonds é o nome da sigla LSD, uma droga poderosa que causa alucinações, e como a música falava sobre locais imaginários, ficou a dúvida se a situação fora proposital ou não. Em 1968, foi lançado o “White Album”, com “Back In U.S.S.R”, “Ob-La-Di. Ob-La-Da”, a calma “Blackbird” e a música pela qual percebemos que os “Beatles” queriam mudar o jeito como as pessoas pensavam, a “Revolution”.

1969 foi marcado por ser o ano em que seria a última vez em que os “Beatles” se reuniriam em um estúdio de gravação, para fazer uma mixagem da música “I Want You (She’s So Heavy)” .


O ano também foi marcado pelo o fato de ter sido lançado o álbum “Yellow Submarine”, e o cd cuja capa ainda é uma das mais conhecidas do mundo: o álbum “Abbey Road”, com sucessos como “Come Together”, “Something” e “Here Comes The Sun”. Em 1970, é lançado o último álbum, “Let It Be”, com a canção homônima e “Get Back”. Em 1980, morre o cantor da banda, John Lennon, baleado em frente ao prédio onde o fã assassino morava. E em 2001, Outra lenda morre, o guitarrista da banda George Harrison, vítima de câncer deixando somente McCartney e Starr como exBeatles. Apesar da banda não existir mais e alguns de seus integrantes estarem mortos, até hoje o grupo musical Beatles nunca foi esquecido e será sempre uma influência, tanto para os músicos do mesmo gênero, quanto sua grande legião de fãs.


Nos dias 15, 16 e 17 de agosto de 1969, logo depois do homem ter chegado à lua, com o Apollo 11, realizou-se o maior evento musical de todos os tempos: o famoso festival de Rock “Woodstock”. O evento foi realizado em Nova Iorque durante o “Movimento Hippie”, que era um ideal que lutava contra as diferenças sociais nos Estados Unidos, como a segregação racial. O “Woodstock” entrou para a história, sendo que seus expectadores eram a juventude e o começo da geração “Paz e Amor”, os tais hippies. Pois foi ali que surgiu o conceito de “Sexo, Drogas e Rock’n’Roll”, que foi o causa das grandes bandas que ali passaram, mais de 500 mil pessoas foram a esse evento, sendo que haviam estimado apenas 200 mil. Chuva e lama não foram nada, para aquele meio milhão de pessoas que continuou no festival. O grande evento recebeu músicos como: Jimmy Hendrix, The Who, Janis Joplin, Joe Cocker, Carlos Santana, Crosby, Still & Nash, Sly & The Family Stone, Richie Havens, Johnny Winter, entre outros. Foi o maior evento de rock até hoje e jamais será esquecido.


Até agora, falamos do rock ‘n’ roll como apenas um estilo de música, e citamos seus eventos e bandas principais. Porém, nosso objetivo também é demonstrar o quanto o rock ‘n’ roll foi significativo ao longo das décadas desde 50. Veja a seguir o surgimento desse estilo de música que marcou uma geração inteira, e o quanto ela foi importante na formação musical de nosso país nos dias atuais.

O Surgimento do Rock foi um tanto quanto inusitado, sendo que teve suas raízes na África, quando os negros soltavam sua voz vibrante para cantar nas igrejas. Com um grande movimento do que pode se chamar de êxodo rural, que trouxe esses negros para os Estados Unidos, a evolução desse tipo de música começou. Como uma árvore genealógica, o que antes era apenas música gospel, com o tempo foi se transformando em soul music, com sua divindade Aretha Franklin, e em Blues, com os Mitificados Ray Charles e Frank Sinatra. Logo após, como uma pequena transformação do Blues, aparece o Jazz, onde instrumentos de sopro estão mais destacados e o compasso da bateria é mais vibrante. Podemos perceber que todos esses estilos de música até agora citados tem como seus protagonistas artistas negros, o que significa que ainda não saímos das raízes da música gospel da década de 50. O verdadeiro Rock ‘n’ Roll surgiu com o homem que foi denominado rei desse estilo de música, Elvis Presley. Presley espalhou uma febre que misturava a época do disco de 50 e 60 com baladas de rock ‘n’ roll. Foi graças a essa popularização dos estilos de música de uma forma divertida e animada, como eram os embalos musicais da época, que o Rock ‘n’ Roll se transformou no que é hoje. Mais tarde, as guitarras começam a virar parte importante das bandas, sendo que não aparecem apenas como um instrumento de ritmo, mas sim como um instrumento principal, sendo que há espaços especiais das músicas em que mostram sua qualidade sem o canto, os solos de rock.


Novamente acontece o fenômeno de árvore genealógica, sendo que tudo começa com um branco cantando confiante e balançando seus quadris ao som da guitarra. A partir daí, Bandas como Led Zeppelin, Queen e Pink Floyd aparecem com o que se pode classificar como estilo próprio.

O Led Zeppelin, a banda que inspirou alguns estilos como o Hard Rock e Heavy Metal, tinha como principal gênero apenas o rock. Foi formada em 1968, por Robert Plant, Jimmy Page, John Bonham e John Paul Johnes, e surgiu de uma banda chamada “The new YardBirds”. Led Zeppelin tem 5 de seus 9 álbuns na lista dos 200 melhores álbuns da Rock ‘n’ Roll Hall of Fame, é recordista de vendas mundialmente ( cerca de 300 milhões de cópias) e é compositor de uma das músicas mais ouvidas de todos os tempos, chamada Stairway to Heaven. A banda nunca mais voltou a ser como antes depois da morte do baterista John Bonham, na década de 80.


Já na década de 70, podemos citar o famoso grupo musical Queen. Seu cantor, Freddie Mercury, passa nos palcos uma energia contagiante com suas coreografias inusitadas e sua voz marcante. Obviamente, também é uma das bandas que tem seu nome em recordes mundiais. Sua música mais famosa, Bohemian Rhapsody, é sempre escolhida para ser tocada em shows de ópera, já quem possui uma parte lírica muito notável. A banda teve seu fim, quando, em 1991, Mercury morre, vítima de HIV.

Com essa base de grandes artistas, o rock popular começou a se desenvolver no Brasil, e assim, bandas como Legião Urbana, Paralamas do Sucesso e Titãs começaram a crescer no ramo musical brasileiro.

Tais bandas de pop Rock ou Rock alternativo, também tiveram suas influências internas, sendo que a música brasileira há muito tinha seu desenvolvimento próprio. “Alguns artistas como o Lenine, Chico Buarque e Caetano Veloso são de muita importância na música brasileira, independente de qual seja.” Diz o professor de violão Matheus Baraçal,26. “Eu como um profissional, tive muita influência de artistas como esses, então eu acho que a nova geração de música brasileira também deve ter sido influenciada.” Outro grande ícone da música brasileira foi Caetano Veloso. Com poucas influências do rock dos anos 50, desenvolveu um estilo próprio e, junto com outros grandes artistas, deu início à Música Popular Brasileira, que também fez parte de uma revolução nacional, já que começou a fazer sucesso na época da Ditadura Militar.


Nascido a 1942, na Bahia, iniciou sua carreira com a Bossa Nova de João Gilberto, para depois criar o famoso estilo chamado de MPB, usando um estilo “pop” para conscientização social e político. Também fez parte do Movimento Tropicália, de 1960. Seu grande impulso foi sua irmã, Maria Bethânia, que na época que o influenciou, já começava sua carreira como cantora. Logo em 1965, já lançou seu primeiro disco, com uma parceira de Gal Costa, que também já fazia sucesso, e lhe deu mais incentivo para o ramo. Como dito antes, sua carreira se desenvolveu nos anos de ditadura, um sistema político mal visto por todos os civis. Nesse caso, Caetano usou a música como uma arma contra tal ditadura, e também um instrumento de revolução. Sua forma de música expressiva de tal modo que era o levou à prisão, junto com Gilberto Gil em 1968, e mais tarde ao exílio, na cidade da Inglaterra, junto com suas esposas. Sua grande legião de fãs é explicada com tal carreira que Caetano teve: Além de ter uma música de grande qualidade, tão inovadora que gerou um novo estilo musical e ao mesmo tempo tão tradicional que se tornou peculiar aos brasileiros, Caetano Veloso também foi um ídolo por ter certa essência de revolucionário político. “Eu, que tenho como principais estilos a Bossa Nova e MPB, sou influenciado por Caetano, Chico Buarque, Djavan e Lenine, que, pra mim, são os principais do gênero.”, diz o professor Matheus Baraçal. “Como músico, pra mim eles não são um estilo de música que eu gosto de ouvir, mas sim um que eu me baseio, para a criação da minha própria música.”

Esse pequeno resumo do Rock ‘n’ Roll do último século e música brasileira é mais uma prova de que a música, sendo uma arte inestimável sempre fez e fará parte de nossa formação como seres humanos.


Entrevista Entrevistado: Matheus Baraçal, professor de música e compositor Perguntas 1- Qual foi sua primeira influência que te levou a ser um músico e quais são as influencias que você tem hoje? “ A minha primeira influência foi a vontade de tocar guitarra. Eu lembro que eu assisti um filme chamado The Wonders, que contava a história de uma banda, parecida com os Beatles. E então, eu disse para meu pai que queria começar a fazer aula. Uma das minhas maiores influências como banda foi o Kiss, que eu gostava bastante do rock ‘n’ roll e de tocar os solos que o guitarrista compunha. Hoje, eu mudei um pouco. O rock foi uma fase. As minhas maiores influências atuais, que me influenciam na parte da composição e da letra são o Djavan, Chico Buarque e Lenine.” 2- Quais são os pontos bons e ruins na carreira de um profissional do ramo da música? “ Os pontos bons são que eu tenho certa liberdade para organizar meus horários, e tudo mais. Eu sou o meu chefe, e pra mim isso é um ponto bom. E também o que é um ponto bom é o fato de trabalhar com uma coisa que eu gosto, eu tenho prazer em fazer o que eu faço. Agora já de pontos ruins, é só o fato dessa ‘liberdade’ que eu tenho também tem um lado ruim, sendo que eu não tenho alguns benefícios de um trabalhador de carteira assinada, como plano de saúde, férias e décimo terceiro.” 3- Como que se realiza seu trabalho diário, sendo que você é um professor e um compositor? “ Durante a semana eu trabalho dando aula, durante a manhã e a tarde. De noite, principalmente nos fins de semana, eu costumo trabalhar em bares, tocando violão. Já com a banda é raro a gente se reunir.” 4- Considerando a sua renda mensal, é necessário, algumas vezes, ter de abrir mão de equipamentos para o seu trabalho, como instrumentos e aparelhos de som? “ Na verdade, não é necessário abrir mão do que precisamos, mas, para comprar um instrumento de qualidade, por exemplo, que tem um preço alto, precisamos fazer um planejamento maior, guardar um pouco de dinheiro, ‘apertar’ um pouco. Eu, por exemplo, guardo sempre um pouco do que eu ganho, mas ainda assim, os equipamentos não vêm logo que precisamos.”


5- Como que você conheceu os integrantes da banda, o Casaforte, e como foi o trabalho de criação do primeiro álbum? “ Nós todos nos conhecemos na Unicamp, a maioria era do mesmo ano. Eu e meu amigo formamos a banda, chamamos umas pessoas dos outros anos, e formamos o grupo com seis integrantes. O álbum conseguiu ser realizado graças ao FICC, que é o Fundo de Investimentos Culturais de Campinas. É um projeto municipal, que financia projetos culturais aqui na cidade. A gente manda um pedido, falando que queremos fundos para produzir um CD, no nosso caso. Depois que a gente conseguiu esse fundo, o estúdio e tudo mais, a gente começa fazendo a seleção do repertório, onde a gente já deixa definido as músicas que vão ser tocadas no CD, as que têm mais a ‘cara’ do disco. O grupo já tem várias músicas compostas, e ai seleciona as que preferem para o álbum, as que combinam mais com o estilo do CD. Depois, começa o processo chamado de pré-produção musical, onde a gente define os arranjos musicais, ensaiamos as músicas, e deixamos tudo definido sobre o que vamos tocar e em que música. Depois de tudo isso, começa o processo de gravação, que pode ser feito de dois modos: Ou nós gravamos em várias salas separadas, onde cada músico toca em uma sala diferente, e depois a gente pode separar o som de cada instrumento, e ter uma melhor seleção sobre isso, ou então nós gravamos todos na mesma sala, que proporciona uma melhor interação entre os integrantes, além da música fluir melhor, digamos assim. Nós escolhemos a segunda opção, principalmente pelo fato de ter um melhor entrosamento no grupo para tocar e também por uma questão de tempo. O grupo agora está meio separado, por isso que a gente infelizmente não está produzindo mais nada. Então agora a nossa meta é vender esse nosso primeiro lançamento.” 6- Como você estudou na faculdade? Você escolheu um gênero, e estudou aquele gênero musical a fundo ou a forma de ensino da faculdade (UNICAMP) é dando uma base aos alunos, para que depois escolham suas preferências? “ A faculdade ensina de uma forma geral mesmo. Porém, o instrumento que você vai estudar dá uma boa selecionada nessa questão. Eu, por exemplo, estudei violão, então as aulas foram mais voltadas para o MPB.”

7- Que gênero que você costuma tocar em suas apresentações à noite? Ele muda de acordo com o local que você toca? “ Na verdade, o gênero muda mais pelo bar mesmo. Os donos contratam o artista para tocar aquele tipo de música. Geralmente, o que acontece é que quando me chamam para eu tocar um certo estilo de música, eu deixo um repertório mais um menos preparado. E se você percebe que aquilo não


está pegando muito bem, você dá uma mudada, toca alguma coisa um pouco mais conhecida. Isso é bem comum de acontecer.” 8- Alguma vez você já passou alguma necessidade financeira? “ Então, como eu já disse, eu sou o meu chefe. Então às vezes surge uma oportunidade de um certo trabalho, e você fica dependendo daquele dinheiro, e às vezes acontece de você ‘ficar na mão’. Isso nunca aconteceu comigo, provavelmente por que eu moro com os meus pais, e muitas das minhas despesas não sou eu quem cubro. Então na verdade eu ainda não sei se viver da música pode me sustentar por completo. Mas já aconteceu comigo de a situação financeira mudar drasticamente. Eu que dou aula, às vezes acontece de mais de um aluno parar ao mesmo tempo, e isso altera um pouco no que você vai ganhar. É por causa dessa instabilidade que eu sempre guardo um pouquinho do que eu ganho por mês, para o caso de surgir algum imprevisto.” 9- Você já teve algum contato com um profissional famoso, ou com alguma das suas influências? “ Até agora, não. Não pude conhecê-los de perto, muito menos ter uma oportunidade de tocar com os mesmos. Mas existem muitos que não são tão famosos na mídia, mas no nosso meio são bem importantes. Por exemplo, no nosso álbum, tivemos a participação de um profissional chamado Ricardo Matsuda, que trabalhou na área de direção artística. Ele é bem experiente, domina bem o violão e a viola, e como tivemos contato e um bom período de relacionamentos acabamos aprendendo um pouco, e recebendo algumas dicas. Aconteceu também de eu ter tido aula na faculdade com Ulisses Rocha, que teve bastante contato com diversos profissionais, sem contar as gravações e participações especiais.” 10- O que você acha sobre os investimentos públicos na parte musical? “ Eu não tenho muito conhecimento sobre isso, por isso eu não posso fazer uma crítica tão grande. Existem várias coisa bem bacanas, como o PROAC e o FICC, que até promovem shows. Mas no caso de Campinas, eu acho que tem muitas coisas que poderiam melhorar. Por exemplo, na parte de infraestrutura, a gente pode citar o Centro de Convivência, que hoje está com pouca manutenção. Até mesmo o FICC, que anda atrasando as ‘verbas’ e tudo mais.”


11- O que torna um instrumento musical de maior qualidade e o que faz aumentar tanto seu preço? “ Quando você usa tudo da maior qualidade na produção de instrumento, desde profissionais bem treinados até materiais de eficiência, você consegue um instrumento de boa qualidade. Se a gente tomar como exemplo o violão, quando você usa uma madeira boa, as tarraxas de qualidade e quando ele é feito à mão, sem o uso de máquinas, ele se torna um bom violão. Isso também deixa o violão mais caro, porque as madeiras boas são as mais caras, e também um instrumento ser feito à mão também encarece bastante. Também deve-se considerar a parte do gosto e da sua utilidade, porque não adianta você usar um instrumento de boa qualidade de um gênero para tocar outro.” 12- Quais são as características indispensáveis para se destacar na sua área? “ Na minha opinião, você precisa sempre estar estudando, procurando a qualidade própria e a qualidade daquilo que você vai utilizar, ou seja, se você for um professor, você sempre vai ter que ter a qualidade daquilo que você ensina, o material de estudo, o despertar da vontade de aprender no aluno. Se você for um músico, você vai ter a qualidade do instrumento que você toca, dos equipamentos que você usa. Além disso, você também tem que ter o contato, pra sempre estar se atualizando, sempre se informando a respeito.” 13- Em que área que você considera que há mais concorrência? Na parte das apresentações ou na parte do ensino? “ Geralmente, os profissionais costumam fazer as duas coisas, ou seja, eles tocam e ensinam. Então eu não acho que exista algum tipo de concorrência nessas áreas. Não existe um desequilíbrio nessa parte em que você possa trabalhar.” 14- O gênero musical se dá de acordo com a idade ou com a área em que se quer trabalhar? “Eu acho que as duas coisas. Eu comecei com o rock, mas conforme você vai crescendo você se abre mais pra ouvir outras coisas. Também tem um pouco a ver com o que você está envolvido, ou seja, se você está aprendendo ou ensinado alguma coisa de harmonia, você se volta para alguma música brasileira, por exemplo. Eu procurei sempre incorporar, nunca deixar nada de lado, mas me dediquei mais para o que eu gostava na época.” 15- O que você acha da presença de violões numa orquestra sinfônica? Você já teve a oportunidade de tocar em uma orquestra ou ouvir uma com a presença de um violão?


“Eu sou a favor. Acho que seria um som inovador. É bem comum algum músico fazer algo inusitado como isso, como alguns arranjos com uma orquestra inteira. Também acontecem com algumas bandas de rock e heavy metal, que gostam de tocar guitarra com o som de fundo de pianos e violinos. Eu ainda não tive essa oportunidade, mas gostaria de experimentar.” 16- Quais são seus músicos preferidos, considerando como influencia para a criação de sua própria música e também pelo trabalho dos mesmos? “São o Lenine, Djavan, Chico Buarque e Caetano Veloso, que são os quatro caras principais que são minhas influências principais atualmente, na parte da canção. E o que eu gosto de ouvir também é bastante bossa nova. Existem algumas influencias que não são as principais, que não fazem a minha música ficar semelhante à deles, que são os Beatles, Rolling Stones, esse estilo.” 17- A partir de que momento que você decidiu que queria ser um músico profissional? “Eu lembro que quando eu estava na oitava série, com os meus 14 anos, eu já tinha essa visão que queria fazer música. Naquela época era mais um sonho mesmo, mas quando cheguei ao terceiro ano do ensino médio, naquela hora que você tem que se decidir, eu tentei me enxergar fazendo outras coisas, mas a minha preferência era a música mesmo.” 18- Quando que você ganhou seu primeiro instrumento? Qual era? “Eu ganhei um violão que eu tenho até hoje, que é um violão da Giannini que a minha avó me deu. Eu o ganhei quando eu tinha uns 10 anos. Eu tinha começado a tocar com um violão emprestado, e depois ela me deu o meu primeiro instrumento.” 19- Que década que você considera a que teve mais músicos que influenciaram no seu trabalho? “Eu acho que as décadas de 60 e 70 foram as que tiveram mais dos meus compositores preferidos, como o Chico Buarque, e também o rock e o pop, que também estão ali naquela época, que são os Beatles, e o Kiss.” 20- O que é um luthier? Qual é o seu preferido? “Luthier é o profissional na área da música que fabrica um instrumento. Ele é bem visto pelos músicos devido à qualidade que se agrega no instrumento quando o profissional (luthier) está concentrado apenas naquele instrumento na hora de fabricação. Geralmente eles têm um estilo próprio de fazer um instrumento, a partir do que ele acha mais apropriado para produzir um violão, por exemplo. Eu não tenho muito que dizer sobre minha preferência, porque eu não sei muito a respeito sobre esses tipos de violões, e eu ainda não toquei em vários para decidir qual é o meu preferido. Mas eu tenho um violão de um luthier de São Paulo, chamado Raimundo Saraiva. Eu nunca comparei o instrumento com o de


João Carlos Martins é um pianista que teve problemas nas mãos. Não foi por isso que ele deixou de apreciar a música, e até hoje é um grande exemplo para todos. Libere a música que há em você também.


Espaço Turismo O turismo originou-se na grande importância ao cultura e diversão.

idade antiga, quando se dava tempo livre, que era dedicado a

Segundo o dicionário Aurélio prazer, tendo como única

turismo é o ato de viajar por puro finalidade a diversão.

Espaço Futuro O turismo se iniciou com a caminhada até outros locais próximos ao de origem. No passado as pessoas não tinham meios de tran spor te rápi dos para viajar grandes distâncias, então o homem atravessou o mundo a pé durante várias gerações, mais tarde são criados meios de transporte mais rápidos, que teve inicio com o cavalo e evoluindo até o avião. No futuro, serão desenvolvidas novas formas de turismo. Uma delas, bem próxima, é o Turismo Espacial, que se iniciará por volta de 12 meses (a partir de novembro de 2011) e já tem fila de espera de 450 nomes.

Turismo espacial é: um fenômeno recente que consiste em viagens espaciais realizadas por indivíduos com propósitos não científicos, de puro lazer. A nave espacial comercial Enterprise, da empresa Virgin Galactic, realizou no domingo (10/10/2010) o seu primeiro voo pilotado. A espaçonave se destacou da nave-mãe a quase 14 mil metros de altitude, sobre o deserto de Mojave, nos Estados Unidos. Em seguida, a Enterprise planou até pousar em segurança. O teste foi considerado um sucesso.


O preço para essa diversão é um pouco salgado (cerca U$200.000,00), coisa que 450 pessoas já pagaram para ter, entre eles encontram-se Rubens Barrichello e Felipe Massa. O primeiro “espaçopoto” do mundo foi inaugurado pela empresa na segunda-feira (17/10/2011) e esta pronto para ser utilizado em treinamentos que serão conduzidos pelo expiloto de testes da USAF (força-aérea americana).

Espaço Natureza O Ecoturismo é o segmento de atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações envolvidas.

Boia Cross - Cancun Ultimamente, o ecoturismo é a atividade turística que mais aumenta no mundo, são as atividades diretamente ligadas com a natureza e não a prejudicam, entre as atividades temos: Tirolesa, asa-delta, trekking, rafting, bóia-cross, etc.

Asa Delta – Rio de Janeiro


Sustentabilidade ambiental, uma das etapas para uma atividade ser considerada ecoturismo, consistem em utilizar o meio ambiente de forma sustentável, sem poluição. Mesmo sem motores ou materiais de uso cotidiano, o ecoturismo é muito divertido e ultimamente muito valorizado

Rafting – Cataratas do Iguaçu Atualmente essas atividades crescem, pois as pessoas estão tendo maior consciência ambiental e estão buscando aventuras novas, também existe um crescimento no número de

esportes relacionados ao ecoturismo. Mergulho – Cancun

Espaço Viagem Entrevista com o agente de turismo Leonardo Matarazzo, da Trip & Fun. 1- Há requisitos necessários para exercer essa profissão? R: Não é exigido ter informação na área atuada, apenas saber um pouco sobre os destinos procurados independente da faixa etária. 2- Quais são os destinos mais procurados, Nacionais ou Internacionais? R: O internacional, devido à moeda, Disney, Bariloche e Cancun. Também saem muito os nacionais como: Florianópolis e Bahia.


3- Qual é a média da idade dos clientes que vocês recebem? R: 13 a 17 anos. Principalmente após a faculdade, formatura ou intercâmbio. 4- Quais são os pacotes turísticos oferecidos pela sua agencia? R: Temos pacotes para Bariloche, Cancun, Sauípe, Florianópolis e Disney. 5- Em quais meses do ano vocês têm maior movimento de clientes? R: Janeiro e Julho devido às férias e a alta temporada nos destinos da viagem. 6- Quais são os idiomas necessários para esse trabalho? R: Inglês principalmente e um pouco de espanhol, também vária dependendo do perfil dos clientes.

Curiosidades da empresa Trip & Fun É especializada em formaturas nos principais destinos: “Disney tanto sozinho como família, temos parceria com a revista Capricho para meninas de 13 a 17 anos. Também temos intercâmbio em Orlando e Miami. Também temos espetáculos na Broadway e parques da Disney.” Acomodações nos hotéis são 4 por 4 /13 noites 15 dias-R$: 7.000,00 pela viagem. Voos de 8 horas direto pela Delta Airlines ou American Airlines. Existem duas linhas de pensamentos, no qual a História do Turismo se divide. A primeira seria que é o ócio

(lazer),

descanso, cultura, saúde,

negócios

ou

relações familiares. Estes deslocamentos se distinguem por sua finalidade dos outros tipos de viagens motivados por guerras, movimentos migratórios, conquista, comércio, etc. Não obstante o turismo tem antecedentes históricos claros. Depois,

se

concretizaria

com

o

então

movimento

da Revolução Industrial.

Top 5 Aqui, com base nas pesquisas feitas por nossa revista , colocamos para os leitores os 5 melhores locais internacionais a serem visitados no mundo, de acordo com a agencia.


Nova York Nova York, sendo uma cidade muito populosa e desenvolvida, tornou-se também a cidade das compras, Nova York conta com centenas de lojas, incluindo a maior loja de departamentos do mundo, a Macy‟s, que ocupa um quarteirão da metrópole. Para os amantes do ecotursimo há um pequeno espaço criado em meio a metropole, o Central Park, que tem 1584km², e é um ótimo lugar para se esquecer um pouco dos agitos e das correrias da cidade grande. Para aqueles que tem uma queda pela tecnologia, logo ao lado do Central Park há duas lojas, a Apple, e a FAO Shwarz. A Apple é a loja de eletronicos mais conhecida, a fabricante do iPhone, e a FAO Schwarz é uma loja de brinquedos enorme.

FAO Schwarz Existe uma cena no filme Quero Ser Grande, com Tom Hanks, que foi filmada no gigante piano que pode ser tocado com as pernas na FAO Schwarz. A Apple, pode se dizer que é a loja mais visível e ao mesmo tempo a menos visível, pois a loja esta no subterraneo e é encoberta por um cubo de vidro, a única parte visível é o logo da empresa branco no cubo de vidro como na imagem abaixo

Cubo de vidro – Apple Fifth Ave.


Parece mais lugar para se esquecer do mundo, principalmente para os amantes da técnologia Apple.

Londres

Logo de cara, um monumento nobre da cidade, ao chegar à Inglaterra você já sente um ar mais antigo e formal. Apesar da fama da cidade de nobreza e monarquia, a cidade também é um ótimo lugar para se visitar, tem o Big Ben que é considerado um monumento nobre e patrimônio histórico, mas também temos na cidade a maior roda gigante do mundo, para aqueles que não têm medo de altura, é uma ótima maneira de ver a cidade inteira de um ponto único, a roda gigante tem um passeio de 30 minutos. O grande problema da cidade é o dinheiro, a Libra hoje vale cerca de R$ 2,75, e as coisas por lá não são tão baratas, mas olhando para a valorização do Real, esta cada vez mais fácil ir à Inglaterra. Em Londres, também existe o Museum of London (Museu de Londres), lá encontramos a história de Londres de milhares de anos atrás, temos carros que foram os primeiros a aparecer no mundo. Um dos favoritos do público, é a Abadia de Westminster, é um lugar de decoração incrível, pois relembra Inglaterra a 400 ou 500 anos atrás, nela, existem 17 monarcas sepultados, e 3.000 túmulos de alguns ingleses famosos na história.


Abadia de Westminster TambĂŠm considerado um dos mais famosos, transmitido pelos filmes, entre eles Sherlock Holmes, a Tower Bridge.

Tower Bridge

Royal Albert Hall (casa de shows culturais)


Cancun

Cancun é o local perfeito para jovens praianos e mergulhadores. Com esse mar completamente transparente, ninguém resiste em dar um mergulho. Um dos seus principais pontos turísticos é uma pirâmide Maya chamada Chichen Itzá, que é uma das maravilhas do mundo e levou 300 anos para ser construída, pois dentro dela existe outra pirâmide menor, e atualmente fizeram uma descoberta ao lado da pirâmide: há indícios de que existe outra pirâmide debaixo da terra.

Chichen Itzá Outro renomado ponto turístico para o ecoturismo. É o maior parque natural do mundo, o Xcaret, não tem montanhas-russas nem nada elétrico, é pura natureza. O parque conta com túneis com água completamente fechados que se estendem de 600 até 2000 metros de comprimento.

Entrada para túnel subterrâneo Xcaret Além desses principais, existe o menos conhecido e mais novo Xel-Há (o maior aquário natural do mundo). Para aqueles que adoram nadar, o parque é grande, você pode andar ou pegar um ônibus até o outro lado do parque e fazer um curso de 3 horas nadando(de uma ponta a outra da imagem


abaixo) , no meio do curso temos atrações como um pulo de 7 metros na água, tirolesa, etc.

E por último, o melhor lugar para se mergulhar uma ilha com visibilidade de 100 metros, Cozumel. Tem vários recordes mundiais de maior visibilidade e concursos de mergulho acontecem por lá. “Ultimamente um dos pacotes mais vendidos na Trip & Fun” diz Matarazzo, a empresa oferece pacotes familiares que podem levar 4 pessoas a Cancun por uma semana.

Veneza

Um lugar tranquilo, onde você pode fugir do trânsito da cidade, pois Veneza não tem ruas e avenidas principais. Ao invés disso a cidade utiliza o mar. Apesar de ser uma ilha, as grandes ondas não chegam até lá, pois existe outra ilha de 11,47km de comprimento, que não fecha completamente a abertura para o mar, mas protege a cidade de levar impactos de ondas. Veneza é um patrimônio mundial, um lugar muito bonito que vai durar pouco tempo, especialistas dizem que Veneza só tem mais 50 anos, depois o nível do mar vai subir e alagar a cidade para sempre. Então recomendamos que visitem logo a cidade. Um dos pontos turísticos marcantes da cidade e também um dos cartões postais é a Basílica di San Marco (Basílica de São Marcos). O local era usado como o palácio dos Doges em no século IX. Atualmente é utilizada como uma igreja na cidade.


Basílica de San Marco Um marco na cidade de Veneza é a Ponte dos Suspiros, primeiro lugar no mundo construído para ser uma prisão, foi construído em 1602, e fica bem ao alto, ligando dois prédios acima do mar. Ponte dos Suspiros foi o nome dado ao local por ser um lugar onde muitos amores proibidos aconteciam.

Ponte dos Suspiros O Palazzo Grassi (Palácio Grassi) foi construído entre 1748 e 1772. Os seus donos (a família Grassi), venderam o palácio que foi sendo trocado e passado de mãos algumas vezes até se tornar um local para exposição de artes visuais.

Palácio Grassi

Las Vegas


Com a foto acima nem precisava dizer qual é a próxima cidade: Las Vegas! É uma cidade incrível, um monte de cidades juntas à noite e uma cidade só de dia. À noite tem tantas luzes acesas que não é fácil saber se já escureceu. Começaremos pelo favorito do público, a Dança das Águas no Bellagio. O hotel é o mais chique e mais caro da cidade, e tem direito de ser: sua suíte presidencial fica de frente para o show aberto mais aguardado de Las Vegas.

Hotel Bellagio em meio a Dança das Águas A cidade também conta com sete circos do Soleil, e milhares de cassinos. Ela esta dividida em outras cidades. Também há a pequena Torre Eiffel e uma miniatura da estátua da liberdade.

Pequena Torre Eiffel Entre os vários circos do Soleil lá presentes, acontece no Bellagio o espetáculo “O”, que mistura água e fogo no palco. O show também é exibido no Bellagio durante todas as épocas do ano.

Palco “O” Cirque Du Soleil


Ultimamente a média de idade dos visitantes de Las Vegas é de 21 a 27 anos, mas essa média subiu, pois os mais velhos estão se interessando em conhecer os mistérios dessa maravilhosa cidade.

Hotel Luxor

Turismo em sua própria e bela cidade: Campinas Ultimamente as pessoas dão mais valor para o turismo internacional do que para o turismo que pode ser feito sem nem sair do estado. Escrevemos esse artigo para inovar os pensamentos dos moradores de Campinas, que podem ter fins de semana de diversão com a família sem sair da cidade. Começamos com o Castelo, que é um grande ponto de referência na cidade. É possível subir nele através de uma escada de mais de 300 degraus e ver a cidade inteira.

Castelo, Campinas Também muito conhecida, a Lagoa do Taquaral é um ótimo lugar para se praticar esportes, correr e também lá se pode visitar a réplica de uma das caravelas da época do “descobrimento oficial” do Brasil. Caravela, Lagoa do taquaral Outro um ótimo lugar para se visitar é a Praça Carlos Gomes, viver a nostalgia de sentar-se em uma praça e conversar com os amigos.


Praça Carlos Gomes Pode ser visitado também o monumento Bicentenário de Campinas, que é localizado no Largo das Andorinhas e foi inaugurado em 1947. O monumento representa um “2” estilizado e tem finalidade de comemorar o bicentenário da cidade.

Monumento Bicentenário Também há outros lugares ótimos para se visitar em Campinas, tais como o Palácio dos jequitibas, que é o paço municipal de Campinas onde trabalha o prefeito.


Abra suas asas, viva sua vida.

Ultimamente, as pessoas não pensam na vida, pois estão preocupadas com a pressa e velocidade do mundo.

Junte-se a nós e venha curtir a vida você também.


Espaço Arte Pintura A arte refere-se basicamente à técnica de aplicar um pigmento em forma líquida a uma superfície, a fim de colori-la, usando matrizes, tons e texturas diferentes. A pintura, gênero da arte, originou-se antes mesmo da escrita e era usada para descrever situações do cotidiano, ou seja, na Pré-História. As técnicas se desenvolveram, novas formas, e eras da pintura surgiram, e novos instrumentos passaram a ser utilizados. Hoje em dia, porém, há muita contradição ao conceito de pintura. Com as inovações tecnológicas, o significado passou a ser somente „‟Representação visual através de cores‟‟. Mesmo assim, não devemos deixar de lado o sentido que o conceito antigo nos trás. Esse gênero da arte nos acompanha há muito tempo. Desde os tempos medievais, a pintura era já utilizada. A partir do século XIX, um tempo de decadência se proliferou sobre esse gênero, pois com a utilização mais intensa da máquina fotográfica, foi deixada de lado pouco a pouco, essa forma artística. Hoje, ainda é difícil de ter essa atividade como profissão para a sobrevivência. „‟ Para mim, cada vez mais o mundo da arte vai se expandir, pois hoje existem vários recursos para divulgar as novas gerações de artistas‟‟, afirma Junior, artista amador. Isso é fato, pois temos a Internet, recurso muito utilizado que divulga, muitas vezes os trabalhos de pessoas. A pintura pode ser divida em alguns modos:  O Auto-Retrato, que é caracterizado pela representação de si mesmo em um quadro.  Há também a Natureza Morta, que tem como característica a representação de seres inanimados, como frutas, flores, livros, taças de vidro, garrafas, jarras de metal, porcelanas, dentre outros objetos.  A paisagem, que representa em uma tela tudo o que os nossos olhos vêem: Como uma paisagem urbana, ou natural.  O retrato que ilustra rostos de pessoas. Um bom exemplo de retrato é a representação que Leonardo da Vinci fez de Mona Lisa em um quadro, em 1503.


Cada artista utiliza um modo da pintura: ’’Adoro interpretar paisagens em quadros’’, diz Junior. Obrigatoriamente, a arte pode ser Abstrata ou Figurativa, onde:  Abstrata: Abrange formas geométricas, e não interpreta a realidade  Figurativa: Representa temas mais voltados à realidade

Fuga, 1914, Óleo sobre tela, Kandinsky Outra das diversas características que existem na Pintura, e que você deve saber também é que ela é composta por uma técnica sobre a tela. As mais conhecidas, nesse meio são a pintura a óleo, a tinta acrílica, guache, e aquarela. O pintor, nesse caso, tem sua preferência: „‟ Utilizo a técnica de pintura a óleo. Identifico-me mais com ela, porque acho que dispõe de vários tipos de gêneros: Paisagismo, pintura morta... ‟‟, diz Junior. Através disso, vemos que utilizar uma técnica de pintura, é um assunto que envolve a preferência e o gosto do artista em meio à pintura.

Exemplo de Pintura a óleo


Fama: Questão complicada Em torno de muitos artistas consagrados, e famosos, as novas gerações têm um espaço muito limitado à cerca de entrar no mundo da pintura fazendo sucesso. Todas as pessoas, ou quase todas, valorizam e apreciam muito mais os trabalhos de artistas primordiais, deixando de lado os novos talentos. Porém alguns artistas acham essa atitude errada, como no caso de nosso entrevistado, Junior, que diz: ‘’ Os novos artistas merecem ter espaço, pois eles precisam de oportunidade para mostrar suas obras. Ele, ao meu ver está realmente certo. Se somente agirmos dessa maneira, estaramos menosprezando as pessoas que pretendem ganhar sua vida nesse ramo, e se tornarem certamente referência!

Inspiração Necessariamente um artista possui uma inspiração, algo que o atrai para a pintura! Alguns têm a paisagem como inspiração, outros um objeto, outros um rosto de uma pessoa, mas todos tiram suas ideias, a partir de uma inspiração, como relata Junior, que se inspira na paisagem. A paisagem é a inspiração mais comum entre os artistas, isso porque, quando entramos em uma galeria são inúmeros os quadros abrangendo esse tipo de gênero.

Entrevista Realizamos uma entrevista com Junior Guimarães, 49, Artista amador. Quando começou a pintar? Comecei a Pintar em 1978. Você é amador ou profissional? Amador. Você é auto didata, ou já fez escola de Belas Artes? Sou auto didata. Qual a técnica que você utiliza? Utilizo a técnica de pintura a óleo. Identifico-me mais com ela, porque acho que dispõe de vários tipos de gêneros: Paisagismo, pintura morta... De onde você tira suas inspirações? Da paisagem. Adoro interpretar paisagens em quadros!


Onde você já expôs seus trabalhos? Já expus em feiras Hippies, e possuía licença para divulgar meus trabalhos na Praça Carlos Gomes. Como você vê o futuro das artes? Para mim, cada vez mais vai se expandir, pois o mundo de hoje possui vários recursos para divulgar as novas gerações de artistas. Você prefere valorizar e divulgar novos artistas, ou apenas os que são consagrados? Os novos artistas, porque eles precisam de oportunidade para mostrar suas obras.

Curiosidades Algumas curiosidades sobre a pintura A menor pintura do mundo, teve como tela, um fio de cabelo! É um retrato de George

Washington. Ela ampliada em um milhão de vezes: O artista é Jin Yin Hua. Ele também fez, do mesmo modo a pintura de 42 retratos de presidentes americanos:


Intrigante, não? Mas não para por aí não! Outra curiosidade interessante é da pintura mais cara do mundo. Trata-se de uma autoria de Jackson Pollock. Foi vendida em 2006 por um valor de 140 milhões de dólares! Confira:

Outro destaque, é a pintura mais famosa do mundo. É a de Mona Lisa, feita por Leonardo da Vince:


Abra sua vida para a arte! Deixe a cor fazer parte de você!

Hoje, um meio de se livrar do stress, do mau caminho, pode ser a arte, que é somente benéfica! Faça arte que ela também faz a sua parte!


Revista Bem Bolado