Page 1

A N O 8 . N º 2 4 . JU N H O . JU L H O . A G O S T O . 2 0 0 9 FA C U L D A D E N O V O S H O R I Z O N T E S BELO HORIZONTE . MG . www.unihorizontes.br

Faculdade Novos Horizontes completa 08 anos de qualidade no ensino superior No dia 19 de abril, a Faculdade Novos Horizontes completou 08 anos de atividades, acumulando muitas conquistas e sucessos. Para comemorar a data, o tradicional baile de aniversário agitou alunos, egressos, professores e funcionários da instituição. Mais informações na página 02. Alunos e egressos da Faculdade Novos Horizontes conferem a exposição fotográfica no baile de aniversário

Estudantes de Direito recebem carteira da OAB Indispensável para a prática jurídica dos estudantes do curso de Direito, a carteira de estagiário da OAB/MG permite a aplicação da teoria adquirida na sala de aula no desenvolvimento da prática jurídica. Saiba mais na página 03.

Palestra de abertura do 1º semestre letivo de 2009 Confira na página 06

100º Mestre se forma no Programa de mestrado da FNH O Programa de Mestrado Acadêmico da Faculdade Novos Horizontes formou seu 100º mestre no dia 16 de abril. Poucas instituições de ensino superior conseguem alcançar essa marca em apenas quatro anos de atividades do curso de mestrado e 08 anos de existência da faculdade. Leia mais na página 07.

Em junho acontece a I Semana de Extensão da FNH Entre os dias 15 e 17 de junho, a Faculdade Novos Horizontes realiza a I Semana de Extensão, durante a Semana do Projeto Interdisciplinar. A proposta é trazer a comunidade externa para participar das apresentações dos Projetos Interdisciplinares, além de poder participar de uma programação de palestras, debates e oficinas. Mais informações na pagina 03.


Pensamento Acadêmico

Profa. Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo Diretora-geral da FNH

No man is a island – nenhum homem é uma ilha”, já afirmava John Donne, poeta inglês do Séc. XVII. Seja na poesia, na tecnologia, na filosofia, na política ou na educação a integração entre os agentes sociais é a base para o desenvolvimento econômico e social. E é assim que deve ser como uma Instituição de Ensino Superior. Às vésperas da realização da I Semana de Extensão da Faculdade Novos Horizontes, não poderíamos deixar de fazer uma reflexão sobre essa temática e apontar a política de extensão e pesquisa da nossa instituição bem como o compromisso da Faculdade Novos Horizontes com a nossa sociedade. De acordo com a Constituição Brasileira em seu artigo 207, o ensino, a pesquisa e a extensão são indissociáveis, ou seja, a universidade não pode fazer distinção de uma destas três atividades básicas em detrimentos das outras, devendo, todas elas, receberem a mesma atenção por parte dos gestores das Instituições de Ensino Superior. O Art. 12 do Decreto 5.773, publicado em maio de 2006, diz que as Instituições de Educação Superior são credenciadas como faculdades, centros universitários ou universidades. As instituições credenciadas como universidades são obrigadas a desenvolver as três atividades básicas citadas anteriormente: o ensino, a pesquisa e a extensão. Os centros universitários, por sua vez, não têm essa mesma obrigatoriedade. São recomendados apenas que ofereçam oportunidades de pesquisa e extensão. Por fim, as faculdades têm como obrigação oferecer apenas ensino de excelência, não sendo obrigadas a oferecer atividades de pesquisa e extensão.

EXPEDIENTE O Jornal Novos Horizontes é uma publicação da Faculdade Novos Horizontes Presidente do Instituto Novos Horizontes: Professor Alfredo Alves de Oliveira Melo Diretora Geral da FNH: Professora Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo Diretora de Pós-graduação e Pesquisas Professora Talita Ribeiro da Luz Vice-diretor e Diretor de Graduação: Professor Tueli Rodrigues Tavares Produção Editorial: Assessoria de Comunicação da Faculdade Novos Horizontes comunicacao@unihorizontes.br Jornalista Responsável: Felipe Cassiano Impressão Gráfica Label Tiragem: 12.000 exemplares Endereços: Unidade Santo Agostinho: Rua Alvarenga Peixoto, 1.270 Santo Agostinho CEP:30180-121 3293-7000 Unidade Barreiro: Av. Sinfrônio Brochado, 1281 Barreiro CEP:30640-000 Informações: 0800 283 7001 www.unihorizontes.br

Mas essa não é a trajetória nem a política da Faculdade Novos Horizontes. A Novos Horizontes apesar de ser somente uma faculdade, tem como diretriz e prática um projeto pedagógico Institucional diferenciado incluindo em suas atividades acadêmicas um projeto interdisciplinar para cada curso e um espaço de atuação no campo da transdisciplinaridade. Possui, por enquanto, um programa de Mestrado em Administração

recomendado pela Capes, dois grupos de pesquisa, o NURTEG - Núcleo de Relações de Trabalho e Tecnologias de Gestão, o NUPEC Núcleo de Pesquisa em Estratégia e Competitividade, registrados no diretório de pesquisas do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (www.cnpq.br), e práticas de extensão alinhados ao compromisso, também na área da responsabilidade social da nossa Instituição, como vivências em projetos sociais para os mestrandos, disciplina especifica do curso de ciências contábeis voltadas para o terceiro setor (Projeto Social em Ciências Contábeis ), parceria com a ESPRO – Ensino Social Profissionalizante que já formou 3.385 alunos para o primeiro emprego, utilizando da infra-estrutura da FNH e hoje prepara 660 alunos para o mercado de trabalho e para a sua trajetória profissional. A FNH mantém representação do Juizado de Conciliação e Centro de Arbitragem, o Núcleo de Assistência Jurídica Caio Mário da Silva Pereira, realiza campanha de arrecadação de roupas, medicamentos e alimentos para instituições, além de programa de assistência aos alunos de graduação, tal como o PADI (Financiamento próprio ao discente), FIES E PROUNI, além da participação no Programa Nacional de Ensino Responsável. Neste semestre estamos oferecendo oficialmente a I semana de extensão da FNH. Durante os dias 15, 16 e 17, a comunidade de Belo Horizonte e arredores poderão assistir as apresentações e resultados de atividades de pesquisas realizadas pelos alunos no projeto interdisciplinar de cada curso além de outras atividades programadas como seminários, cursos, debates e palestras com profissionais de destaque, como por exemplo o Prof. Dr. Domingos Antônio Giroletti e o jornalista Carlos Lindenberg, tanto na unidade do Barreiro como na do Santo Agostinho. Aproveito para convidar cada leitor do Jornal Novos Horizontes e conclamar a cada aluno trazer familiares, amigos, colegas de trabalho para participar e usufruir a nossa primeira semana de extensão. Apesar de sermos uma faculdade, a Novos Horizontes tem a postura, o compromisso, o ambiente e o posicionamento de uma universidade. Esta parece ser uma idéia atraente para decisores estratégicos, mas trata-se de uma vocação e da experiência de um grupo de professores que processam uma fé educacional, uma perseverança acadêmica e, por que não, um carinho científico destinados à comunidade.

FNH: 08 anos de qualidade no ensino superior

N

o dia 19 de abril, a Faculdade Novos Horizontes completou 08 anos de trajetória marcada pela busca constante da excelência no ensino superior. Para comemorar esta data, a FNH realizou o já tradicional baile de aniversário no Clube dos Oficiais da Polícia Militar ao som da banda Super Som C&A Plus. Neste ano, a FNH preparou uma homenagem especial aos alunos egressos da instituição. Durante o baile, vídeos e fotos de todas as turmas já formadas na FNH eram exibidos para os convidados. Uma trajetória de sucesso Em 1999, um grupo de professores da UFMG decidiu se reunir para a criação de um organização que viesse manter estabelecimentos de ensino superior, em diversas modalidades: surgia neste ano o Instituto Novos Horizontes de Ensino Superior e Pesquisa.

atividades a FNH estrutura os cursos de pósgraduação lato sensu e recebe recomendação da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) para a abertura do Programa de Mestrado Acadêmico em Administração. Hoje, aos 08 anos de história, a Faculdade Novos Horizontes possui duas unidades, Santo Agostinho e Barreiro, com os cursos de Graduação em Administração, Ciências Contábeis, Direito, e os Tecnólogos: Gestão Comercial e Gestão de Cooperativas. O Programa de Mestrado Acadêmico em Administração já formou 100 mestres e possui dois grupos de pesquisa que fazem parte do diretório do CNPq: NURTEG - Núcleo de Relações de Trabalho e Tecnologias de Gestão, e NUPEC - Núcleo de Pesquisa em Estratégia e Competitividade. A história da FNH nos mostra que novos horizontes continuarão a vir!

A Faculdade Novos Horizontes foi a primeira instituição criada pelo grupo e em 2001 o MEC autorizou o funcionamento dos primeiros cursos: Administração e Ciências Contábeis. Em 2004, o reconhecimento pelo MEC dos cursos de graduação da Novos Horizontes foi consolidado com a formatura das primeiras turmas e a autorização para abertura de novos cursos. No ano de 2005, a Faculdade Novos Horizontes alcança uma conquista raríssima para instituições de ensino superior: em apenas 04 anos de

2 FACULDADE NOVOS HORIZONTES

Baile de 08 anos da Faculdade Novos Horizontes


Eventos

Novos Horizontes de portas Prepare-se para a Semana abertas para a comunidade do Projeto Interdisciplinar

E

ntre os dias 15 e 17 de junho, a Faculdade Novos Horizontes realiza a I Semana de Extensão da FNH, nas unidades Barreiro e Santo Agostinho. Buscando integrar o público externo com a comunidade acadêmica, a FNH preparou cuidadosamente para a Semana de Extensão uma série de atividades, entre palestras, debates, minicursos, workshops e oficinas, além de ser uma ótima oportunidade para estudantes do ensino médio conhecerem cursos, profissões e a prática de teorias vivenciada nos cursos de graduação da instituição. A entrada no evento é gratuita. O evento faz parte da Política de Extensão da Novos Horizontes que contempla também outras ações de inclusão da comunidade nas atividades acadêmicas da instituição. A programação completa da I Semana de Extensão da FNH está disponível no www.unihorizontes.br a partir do dia 05 de junho. Escolas, cursos preparatórios e grupos que desejarem participar do evento podem agendar visitas através do 0800 283 7001.

N

o mesmo período em que acontece a I Semana de Extensão da FNH, de 15 a 17 de junho, a Faculdade Novos Horizontes realiza a XIV Semana do Projeto Interdisciplinar, período em que os alunos de todos os cursos de graduação apresentam para a comunidade acadêmica o s t r a b a l h o s desenvolvidos durante o semestre. Um dos pilares do projeto pedagógico da FNH, o projeto interdisciplinar ocorre todo semestre letivo, sendo, obrigatoriamente, desenvolvido em todas Alunos participantes da XIII Semana as disciplinas que o do Projeto Interdisciplinar aluno esteja estudando.

Alunos do curso de Direito CINECOOP – A educação de recebem carteira da OAB/MG cooperativismo com olhar freiriano

O

s alunos do 7º e 8º semestre do curso de Direito da Faculdade Novos Horizontes receberam no dia 06 de Abril, na sede da OAB/MG, as carteiras de estagiários para que eles possam começar a exercer a prática jurídica. A cerimônia foi conduzida pelo Presidente da OAB/MG, Dr. Raimundo Cândido Junior, e contou com também com a presença à mesa da Coordenadora do Curso de Direito da FNH, Profa. Dra. Carla Volpini e do coordenador do Núcleo de Práticas Jurídicas, Prof. Teodoro Zanardi. “A carteira de estagiário da OAB propiciará aos nossos alunos a oportunidade de consolidar os conteúdos do curso e desenvolver as habilidades necessárias ao operador do Direito. A entrega dessas carteiras foi possível devido ao pronto credenciamento do Núcleo de Assistência Jurídica da FNH, classificado como escritório modelo em parecer da OAB”, afirma Profa. Dra. Carla Volpini. Os alunos do 7º e 8º semestre do curso de Direito da FNH agora podem exercitar a prática jurídica no NAJ da Novos Horizontes, assim como em qualquer escritório advocatício do país.

Alunos do 7º e 8º semestre do Curso de Direito na cerimônia da OAB/MG

Formação completa com aprendizado extracurricular

A

coordenação do curso de Direito desenvolveu uma série de atividades extracurriculares que buscam complementar a formação dos alunos do curso, com atividades variadas. As atividades acontecem em horários diferentes aos das aulas, otimizando o tempo de aprendizagem de cada aluno. Ensaios OAB – sempre aos sábados, os ensaios abordam conteúdos específicos já ministrados nas disciplinas ao longo de todos os semestres letivos. O objetivo é resgatar o conhecimento já adquirido, promovendo debates e reflexões. Sarau Jurídico – discussões, palestras e debates acerca de obras literárias com enfoque jurídico, sempre com especialistas convidados. Cine Jur – apresentações de sessões de filmes, palestras, entrevistas e documentários, antes e depois do horário de aula, com temáticas ligadas ao Direito. Em setembro de 2008, o curso de Direito da FNH, iniciou o grupo de estudos “Um projeto para o Brasil: Como regular uma sociedade permanentemente aberta”, integrado por professores e alunos com o objetivo de pesquisar o impacto do Direito nas sociedades emergentes da América Latina, Ásia e Pacífico, com vistas à construção permanente de um projeto brasileiro de nação.

O

s alunos do curso de Gestão de Cooperativas participaram no dia 23 de março do CINECOOP, com a exibição de um documentário sobre a vida do educador Paulo Freire. Após a apresentação, a Coordenadora do Curso, Profa. Vitória Drumond, e os professores Nemízio Souza e Paulo Roberto promoveram um debate sobre como o método de ensino freiriano pode ser utilizado como prática de educação cooperativista. A proposta do CINECOOP foi discutir a educação cooperativista sob uma nova ótica, baseada na educação de adultos, a partir do método de freiriano. “Paulo Freire desenvolveu um “método” de ensino de adultos partindo do princípio da cultura e da realidade que eles estavam inseridos, e, assim, politizava-os. Desta mesma forma, a doutrina cooperativista deve inserir o indivíduo na realidade sóciopolítica e econômica que ele vive”, teoriza o Prof. Nemízio Soares.

III Semana de Estudos Contábeis

E

m comemoração ao dia do contabilista (25 de abril), a Faculdade Novos Horizontes realizou nos dias 23 e 24 de abril a III Semana de Estudos Contábeis, nas unidades Santo Agostinho e Barreiro. Durante os dois dias, profissionais renomados da área se apresentaram em palestras e debates para alunos do curso de Ciências Contábeis temas atuais e inerentes à prática contábil. Confira os temas: “Uma análise do cenário econômico brasileiro frente à crise financeira mundial”, com o Prof. Gilson de Oliveira Carvalho, do Banco Fidis de Investimento (Grupo FIAT); “Integração Contábil”, com o contador Valter Moreira; “Governança Corporativa e Compliance”, com o Prof. Paulo Bretas, da Casa da Moeda/FUNCEF; “LEI 8.666/93 – Principais problemas e gargalos”, com a Dra. Karla Resende, Secretária Municipal Adjunta de Habitação; “Mensuração de Ativos – Fair Value”, Prof. Júlio César Silveira – UFMG; e “Aplicação da SFMEA”, com Profª Adriana Rocha – FNH.

Nossa Gente

O

entrevistado desta edição é Gustavo Santos Freitas, funcionário da FNH desde 2005. Neste mesmo ano, ele começou a cursar Administração na faculdade, concluído no último semestre. Gustavo entrou para a instituição, trabalhando no telemarketing. Muito competente, logo foi transferido para a Assessoria de Comunicação e há quase um ano ele está na unidade Barreiro, na Secretaria de Coordenação. “A faculdade valoriza o funcionário, dando oportunidade de crescimento dentro da empresa”, avalia. Sua grande ligação com a FNH o fez utilizá-la como objeto de estudo para seu Trabalho de Conclusão de Curso. Nas horas de lazer, Gustavo aproveita seu tempo ouvindo música e assistindo filmes no cinema. Ele garante: “meu gosto é eclético”.

FACULDADE

NOVOS HORIZONTES 3


Como entrar na FNH: þ Vestibular þ Processo Seletivo Agendado þ Análise de Currículo, Redação e Entrevista þ Aproveitamento do Enen Provas 12 de julho - 08h às 12h Na Unidade Santo Agostinho R. Alvarenga Peixoto, 1270 - Bairro Sto. Agostinho Locais de Inscrição Unidade Santo Agostinho R. Alvarenga Peixoto, 1270 - Bairro Santo Agostinho, Belo Horizonte-MG De segunda a sexta-feira de 09h às 21h. Sábado de 8h às 11h30. Unidade Barreiro Av. Sinfrônio Brochado, 1281 - Bairro Barreiro, Belo Horizonte-MG De segunda a sexta-feira de 13h às 21h. Sábado de 8h às 11h30. Internet No site da Faculdade Novos Horizontes até 08 de julho às 12h. Processo Seletivo Agendado Inscrições através do 0800 283 7001

Transferência de Curso e Obtenção de Novo Título O período para Transferência e Obtenção de Novo Título para todos os cursos de Graduação está aberto nas Secretarias de Ensino das Unidades Santo Agostinho ou Barreiro. Documentação para Transferência: - Declaração de matrícula ou de vínculo com a Faculdade de origem - Histórico escolar atualizado - Programas das disciplinas cursadas com aprovação - Comprovante de reconhecimento ou autorização do curso - Currículo pleno do curso de origem Documentos para Obtenção de Novo Título: - Diploma ou certificado de Conclusão de Curso - Histórico Escolar - Programa das disciplinas cursadas - Currículo Pleno de origem A seleção dos candidatos será realizada mediante a análise do Histórico Escolar. Em caso de empate, serão utilizados os critérios de maior média semestral de pontuação acadêmico em todas as disciplinas e maior idade. Mais informações: (31) 32937007/7008

4 FACULDADE NOVOS HORIZONTES


Parcelas a partir de R$252,00* *Confira as condições na FNH

Conheça nossos cursos: Administração O Administrador formado pela Faculdade Novos Horizontes é um profissional atuante e dinâmico, em consonância com as demandas do mercado de trabalho moderno e com visão interdisciplinar. Você pode fazer o curso de Administração no Santo Agostinho (manhã e noite) ou no Barreiro (noite). Terminado o curso, você pode obter nova graduação em Ciências Contábeis em apenas 02 anos!

Ciências Contábeis Estudar Ciências Contábeis na Faculdade Novos Horizontes é tornar-se um profissional apto a desenvolver funções de planejamento, coordenação e controle das contas de uma empresa. O curso de Ciências Contábeis é ofertado no Santo Agostinho e no Barreiro, no horário noturno. Ao concluir o curso, você pode fazer em apenas 02 anos o curso de Administração!

públicos de financiamento estudantil não conseguem atender a demanda das classes mais baixas”, afirma. Segundo Felipe Falleti, na Revista Ensino Superior nº128, o Brasil tem apenas 12% dos jovens entre 18 e 24 anos no 3º grau, índice inferior à Argentina com 40%, e à Bolívia, país mais pobre da América Latina, com 20%. O Plano Nacional de Educação (PNE) estabeleceu como meta incluir 30% da população entre 18 e 24 anos no ensino superior até 2011. “No atual contexto, é pouco factível que o país consiga alcançar a meta estabelecida pelo PNE. A nova política de incentivo da FNH vai de encontro com a discussão de novas alternativas de financiamento estudantil, facilitando o acesso dos estudantes da nossa região ao ensino superior em condições favoráveis e com um projeto pedagógico diferenciado”, enfatiza o Vice-diretor da FNH, Prof. Tueli Rodrigues Tavares.

Direito Estudar Direito na Faculdade Novos Horizontes é adquirir uma formação de cunho humanístico, interdisciplinar e crítico, unindo a formação generalista ao conhecimento técnico-jurídico. O curso de Direito da FNH é oferecido na unidade Santo Agostinho nos turnos manhã e noite.

Gestão Comercial O Curso de Tecnologia em Gestão Comercial da Faculdade Novos Horizontes formando profissionais aptos aos desafios empresariais com ênfase em problemas relacionados ao cotidiano do varejo, atacado e representações comerciais, dentre outras áreas de atuação. Agora você pode fazer o curso de Gestão Comercial à noite na Unidade Santo Agostinho e Barreiro.

Gestão de Cooperativas Com o curso de Tecnologia em Gestão de Cooperativas da Faculdade Novos Horizontes, único curso da área em Minas Gerais, os profissionais formados serão atuantes no mercado de cooperativas e contribuirão efetivamente com o planejamento, controle, qualidade e melhoria na prestação de serviços. Você pode fazer à noite o curso de Gestão de Cooperativas na unidade Santo Agostinho.

FACULDADE

NOVOS HORIZONTES 5


Artigo Satisfação, Saúde e Envolvimento Com o Trabalho: Múltiplas Perspectivas do Comportamento Humano em Organizações do Estado de Minas Gerais O projeto vem estimulando a realização de pesquisas, no âmbito do Mestrado Acadêmico da Faculdade Novos Horizontes, que tratam da satisfação, saúde e envolvimento do indivíduo com o seu trabalho, tendo por base de levantamento de dados, organizações de diferentes segmentos econômicos localizadas no Estado de Minas Gerais. Como objetivos específicos, o projeto vem buscando: . refinar os instrumentos de coleta de dados correlatos às perspectivas de interesse de pesquisa; . ampliar o desenvolvimento de pesquisas envolvendo as perspectivas do comportamento humano no trabalho, buscando o aprimoramento dos construtos a elas pertinentes e a produção de artigos; . produzir uma consolidação de achados pertinentes às diferentes pesquisas que serão orientadas sobre os temas correlatos ao projeto; . fortalecer a linha de pesquisa da FNH que abarca estudos realizados sobre a temática do comportamento humano nas organizações. Diversificadas metodologias quantitativas e qualitativas estão sendo adotadas nas pesquisas que vêm sendo realizadas para fins de configuração do projeto, procedimento este mais adequado aos delineamentos usualmente utilizados pelos estudos desenvolvidos sobre qualidade de vida, estresse e comprometimento e vínculos no trabalho. Uma das pesquisas que merece destaque na configuração do projeto foi realizada pela ex-aluna do Mestrado da FNH, Leila Vaz da Silva, que sob a orientação do Coordenador do projeto, analisou e descreveu como se relacionam os construtos gênero e comprometimento organizacional em empresas do segmento da construção civil em Belo Horizonte. Nesta pesquisa, os pesquisadores adotaram abordagens tanto quantitativas quanto qualitativas para a realização da pesquisa. Inicialmente, diversos documentos foram utilizados para caracterizar o setor da construção civil no Brasil e no estado de Minas, como também a inserção da força produtiva feminina neste segmento da economia nacional. Na abordagem quantitativa, levada à cabo por meio de um survey, foram empregadas estatísticas uni (distribuição de freqüência), bi (tabulação cruzada) e multivariada (análise de cluster) para comparar os tipos de comprometimento em função do gênero, tendo por base as dimensões afetiva, instrumental e normativa de Meyer e Allen (1991). Posteriormente, os principais dados revelados pela etapa quantitativa da pesquisa foram submetidos a uma amostra dos respondentes por meio de entrevistas semi-estruturadas, visando o aprofundamento da análise por meio de uma triangulação entre as técnicas de coleta utilizadas, isto é, documentos, questionário e entrevista. Os resultados desta pesquisa sugerem que os motivos que levam homens e mulheres a se comprometerem com as organizações

Coordenação: Prof. Luiz Carlos Honório Professor e pesquisador do Programa de Mestrado da FNH

pesquisadas no segmento da construção civil em Belo Horizonte não só diferem como são antagônicos. Os homens mostraram maior comprometimento em todas as dimensões analisadas quando comparados às mulheres, com destaque para a dimensão afetiva. As análises quantitativas e qualitativas sugerem que isso ocorre em função de fatores relacionados ao exercício do poder e da autonomia decorrente do cargo ocupado, do ponto de vista tanto técnico quanto de processos. Outro aspecto que contribui para o comprometimento organizacional masculino se apresentar mais evidente na dimensão afetiva associa-se à remuneração, em que os indivíduos comprometidos afetivamente são aqueles que recebem acima de 9 salários mínimos. Esse resultado é interessante, pois contradiz evidências anteriores que apontam o indivíduo aprisionado pelas recompensas recebidas, algo que o leva a se comprometer instrumentalmente com a organização. Em se tratando da amostra feminina, as mulheres com cargos técnicos e de estágio, que estão na organização com tempo inferior a 1 ao e que recebem até 4 SM mostram-se mais comprometidas, sugerindo que o trabalho para as mulheres assim caracterizadas pode representar uma oportunidade de crescimento em um mercado predominantemente dominado pelos homens. A exceção ocorre para o grupo de comprometidas afetivamente com as organizações onde atuam, em que se verificou a predominância de mulheres com tempo de empresa variando de 1 a 7 anos, algo que sugere a importância do emprego como mecanismo de vinculação social e produtiva da mulher no mercado de trabalho. Diante dessas considerações, não se pode concordar plenamente com o argumento da literatura de que as mulheres têm expectativas mais baixas do que os homens em relação ao trabalho. Dados qualitativos revelaram que, embora as mulheres tenham nesse ambiente dito masculinizado um percurso profissional mais difícil, elas apresentam um comportamento mais paciente na busca por oportunidades para se afirmarem profissionalmente, adotando, quando necessário, características masculinas. É importante também ressaltar que dimensão instrumental apresentou-se com médias indicando baixa importância para ambos os sexos, sugerindo que nesse segmento outros fatores, como autonomia e realização pessoal, apresentam-se mais importantes. É importante salientar as principais contribuições desta pesquisa para a academia: a) buscou associar os temas comprometimento organizacional e gênero, uma vez constatada a existência de poucas pesquisas no Brasil nessa direção; b) tratou de modo também qualitativo o tema “Comprometimento organizacional”, como é o caso deste estudo, podendo ser considerado um avanço nos estudos de campo que notadamente privilegiam abordagens quantitativas; e c) revelou contradições relativas aos resultados obtidos em estudos anteriores, principalmente no que se refere à associação entre comprometimento e determinados atributos pessoais e ocupacionais associados a idade, expectativas de trabalho e remuneração, apontando para a necessidade de que mais estudos sejam desenvolvidos nessa direção.

Palestra discute os 18 anos do Código de Defesa do Consumidor

A

maior idade do código de defesa do consumidor foi pauta da palestra de abertura do 1º semestre letivo de 2009 da Faculdade Novos Horizontes. O Deputado Estadual Délio Malheiros foi o convidado para debater o tema, abordando a aplicação do código, os conflitos, mudanças e inovações promovidas pelo CDC nas diversas esferas da sociedade. Os alunos dos cursos da FNH participaram ativamente do evento, lotando o auditório do Colégio Santo Agostinho. Após a palestra, a Faculdade Novos Horizontes apresentou atrações artísticas no Momento Cultural. Neste semestre a grande atração foi Jorge Bonfá, violonista patrocinado pela FNH e ganhador do 8º Prêmio BDMG Instrumental. Bonfá vem se destacando em diversos festivais nacionais de música instrumental e acabou de finalizar a gravação do seu primeiro disco. Para encerrar o evento, a aluna do curso de Ciências Contábeis, Verlaine Xavier, e as bailarinas do

Studio de Dança do Ventre Amira Najah apresentaram números de dança do ventre.

Abertura do Semestre Letivo da FNH

Alunos participam do Fórum Internacional de Jovens Empreendedores

N

o período de 25 a 27 de março, os alunos do curso de Administração da Unidade Santo Agostinho, e os alunos do curso de Gestão Comercial participaram do Fórum Internacional de Jovens Empreendedores. O FIJE promoveu debates e discussões para despertar ações empreendedoras especialmente entre jovens. Na opinião dos alunos, um dos destaques do evento foi o ex-capitão do BOPE que treinou os atores no filme “Tropa de Elite”, Paulo Storani. “Minha marca registrada é a determinação em fazer o

6 FACULDADE NOVOS HORIZONTES

trabalho. Para isto diagnostico, planejo, preparo as pessoas e executo o trabalho. Cada um destes elementos requer conhecimento, habilidade e atitudes que nos levam ao sucesso”, afirmou Storani durante sua palestra. Os alunos avaliaram positivamente a iniciativa da FNH de levá-los a participarem do evento. “Durante o focal [Avaliação institucional interna da FNH] citamos essa iniciativa da faculdade de oferecer essa oportunidade aos alunos. Foi realmente muito bom e muito proveitoso”, afirmou a aluna do curso de Administração, Renata Luisa.


Mestrado

A importância da pesquisa Programa de Mestrado da FNH formou seu 100º Mestre na pós-graduação

A

abertura do semestre letivo do Programa de Mestrado Acadêmico da FNH sempre acontece com um convidado especial para a realização da aula inaugural. Neste semestre, o Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, Prof. Dr. Mário Neto Borges foi o convidado para abordar a importância da pesquisa na pós-graduação para a inovação e desenvolvimento da ciência e da tecnologia, um dos objetivos perseguidos pelos cursos de pós-graduação da FNH. O tema trouxe à discussão a importância do investimento na formação de profissionais e pesquisadores, com o foco na geração de conhecimento, produtos e serviços que possam proporcionar o desenvolvimento socioeconômico do país. Afinal, é razoável afirmar que o pilar básico do desenvolvimento científico e tecnológico de qualquer sociedade está na formação de pesquisadores.

N

o mês de aniversário de 08 anos da Faculdade Novos Horizontes, a comunidade acadêmica teve um motivo a mais para comemorar: o Programa de Mestrado Acadêmico em Administração da FNH atingiu a marca de 100 mestres formados. Em funcionamento desde 2005 com recomendação da CAPES , o Mestrado em Administração da FNH teve a primeira dissertação defendida no dia 26 de setembro de 2007, pelo Prof. Othon Pereira de Mello. “Tenho uma avaliação muito positiva do curso de Mestrado da Novos Horizontes”, afirma Mello. Hoje, há quase dois anos depois da banca de avaliação, ele afirma que novas oportunidades de trabalho surgiram. “O mestrado é extremamente necessário para a carreira docente. Com ele, obtive novas oportunidades de trabalho. O mestrado amplia nosso horizonte como educadores”, frisa. No dia 16 de abril deste ano, Luciana Fagundes de Silveira passou a ser a 100º aluna do programa de Mestrado Acadêmico em Administração a defender uma dissertação. Professora universitária do curso de Comunicação, Luciana Fagundes destaca diversos pontos positivos do Programa de Mestrado. “Eu descobri na estrutura do curso o que queria estudar e tive apoio pra isso. Entrei com um pré-projeto e em uma disciplina sobre cultura, reformulei meu projeto”, diz Silveira. “Além das disciplinas obrigatórias, fiz duas disciplinas a mais para aproveitar a estrutura da FNH e rechear meu currículo”, reforça.

Prof. Dr. Mário Neto Borges durante a palestra do Mestrado da FNH

Mestrado recomendado pela Capes está com inscrições abertas

Artigo - Prof. Mário Neto Borges O ensino e pesquisa em Minas Gerais

stão abertas até o dia 24 de junho as inscrições para o processo seletivo com vagas reduzidas do Programa de Mestrado da Faculdade Novos Horizontes. Serão oferecidas vagas para as as linhas de pesquisa Relações de Poder e Dinâmica das Organizações e Tecnologias de Gestão e Competitividade. Acesse o site www.unihorizontes.br e tenha mais informações sobre o processo seletivo e documentação necessária para inscrição.

A

pesar de não ser - ainda - do conhecimento de todos, o Estado vem produzindo uma verdadeira revolução no ensino superior, na pós-graduação e na pesquisa científica. Privilegiado por ter 14 instituições de ensino superior públicas, sendo 12 federais e duas estaduais (Uemg e Unimontes), uma rede privada com instituições de alto nível, e com a FAPEMIG já por três anos consecutivos executando o orçamento integral estabelecido na Constituição, Minas Gerais apresenta avanços expressivos na área. No que diz respeito à pós-graduação, o Estado conta hoje com 252 cursos de mestrado e 131 de doutorado. O número de cursos em Minas Gerais representa cerca de 10% do total de programas de pósgraduação do País, de acordo com dados da Capes. Por isso, Minas ocupa o 3o lugar no ranking nacional, após São Paulo e Rio de Janeiro, em número de pesquisadores, conforme Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. É nesses programas e suas instituições que se encontra o berço de formação de pesquisadores e o desenvolvimento de pesquisas de interesse do País e do Estado. A FAPEMIG apóia esses cursos através do Programa de Apoio à Pósgraduação (PAPG), com a concessão de bolsas para mestrado e doutorado, a taxa de bancada para os cursos de doutorado e o edital para aquisição de livros para pós-graduação. Em 2008, a agência concedeu um recorde histórico de bolsas, 1.014, o que representou um investimento de mais de R$ 18,4 milhões. O PAPG também inclui a Taxa de Bancada, que tem o objetivo de apoiar a manutenção e a melhoria das atividades necessárias ao desenvolvimento da programação acadêmica, da pesquisa e do projeto de tese nos cursos de doutorado apoiados pela FAPEMIG. Além disso, algumas universidades de Minas Gerais serão, já neste ano, beneficiárias dos programas de cooperação entre a Capes e a FAPEMIG, com destaque para o Programa Mineiro de Capacitação Docente. Este Programa visa a acelerar a qualificação dos quadros docentes das instituições de ensino superior, com condições especiais de vagas e bolsas para todos os professores participantes. Espera-se formar 200 novos doutores no Estado em três anos. Constata-se, dessa forma, que já é uma realidade comprovada o impacto positivo e duradouro que estas ações significam para Minas Gerais. Um governo engajado com a sociedade do conhecimento investe de forma decidida e articulada em educação, ciência e tecnologia. E é isso que Minas Gerais tem feito nos últimos seis anos. A Faculdade Novos Horizontes recebe apoio da FAPEMIG com a concessão de 02 bolsas para o Programa de Mestrado e 10 bolsas de Iniciação Científica.

E

Resultado de Pesquisa O Trabalho na Sociedade Contemporânea: inserção e ascensão da mulher no mercado de trabalho de engenharia Este estudo resultante do Projeto Interdisciplinar desenvolvido no 1º período do Curso de Administração da Faculdade Novos Horizontes tem como tema central “o trabalho na sociedade contemporânea” e como subtema a inserção e ascensão feminina no mercado de trabalho, dando ênfase à participação da mulher no mercado de trabalho, em especial na engenharia. Tendo sido objetivo dessa pesquisa descrever e analisar como as mulheres engenheiras percebem a sua inserção, permanência e ascensão no mercado de trabalho, constatou-se que elas buscam, através do labor, a independência financeira, o reconhecimento e a realização, contribuindo com o crescimento e o desenvolvimento da sociedade, conquistando cada vez mais espaço face ao trabalho masculino. Percebeu-se distinção entre o trabalho do engenheiro e da engenheira, tanto pela mulher ser mais delicada e detalhista, como pela preferência das empresas por homens para a execução de atividade de grande porte, apesar do conhecimento e da competência de ambos serem consideradas semelhantes. Verificou-se a existência de discriminação de gênero no interior da profissão. Destacam-se a diferença salarial em cargos de mesmo nível e o desrespeito por parte dos operários em relação às engenheiras, principalmente as mais novas. Contudo, elas conseguem impor respeito e ganhar autonomia ao demonstrar seriedade e alta capacidade profissional. Sendo assim, a importância dessa pesquisa foi reconhecer a participação da mulher no mercado de trabalho, principalmente naquelas áreas que ainda se constituem em guetos masculinos, como é o caso da engenharia no Brasil, pois qualquer pessoa pode ser competente para o exercício de qualquer profissão, independentemente do sexo e das relações historicamente construídas, porém atualmente questionadas. Dessa forma, não se trata de levantar bandeiras ou defender causas mas apontar a característica arenosa desse terreno profissional em processo de mudança. Autoria: Profª Drª Kely César Martins de Paiva, Michelle Regina Santana Dutra, Thaise Cristina Carvalho Gonçalves, Liliane Rodrigues Carvalho, Marina Fernandes dos Santos

FACULDADE

NOVOS HORIZONTES 7


Notas

Notícias de Professores da FNH A Profa. Dra. Carla Ribeiro Volpini, coordenadora do curso de Direito da FNH, defendeu em abril a Tese de Doutorado “OACUT: Proposta para a Criação de uma Organização Internacional para a Proteção da Cultura no Âmbito do Continente Americano”, na PUC Minas. O Prof. Dr. Cimon Hendrigo Burmann de Souza, do curso de Direito da FNH, defendeu no dia 06 de fevereiro a Tese de Doutorado “A Autonomia Privada no Âmbito das Relações Contratuais: do Estado Liberal ao Estado Democrático de Direito”, na PUC Minas. A Profa. Dra. Marlene Catariana de Oliveira Lopes Melo, Diretora-Geral da FNH, foi empossada no dia 05 de maio membro do Conselho Curador da Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular - Funadesp. O Prof. Victor Natanael Schwetter Silveira, do curso de Administração da FNH publicou o artigo “Os modelos multiestágios de maturidade: um breve relato sobre sua história, sua difusão e sua aplicação na gestão de pessoas por meio do People Capability Maturity Model (P-CMM)" na Revista de Administração Contemporânea – RAC. O Prof. Antônio Vieira Resende, dos curso de Administração e Direito lançou no dia 21 de maio o livro de poesias e crônicas “Em busca da utopia”. A Profa. Dra. Cristiana Fernandes De Mÿlder irá apresentar o artigo “Tecnologia de informação em alinhamento à estratégia de negócio”, elaborado em co-autoria pelo mestre formado na FNH, Marcos Nascimento Borges Pereira, no 6° Congresso Internacional de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, em junho. O Prof. Teodoro Adriano Costa Zanardi, coordenador do Núcleo de Práticas Jurídicas da FNH, irá defender usa tese de doutorado “A Propriedade Cultivada na escola do MST: A pedagogia do oprimido na promoção da dignidade humana”, em junho na PUC São Paulo.

Gestão Comercial agora à noite na unidade Santo Agostinho

O

curso de Gestão Comercial da Faculdade Novos Horizontes, Unidade Santo Agostinho passará a ser ofertado no turno noturno no próximo semestre. A decisão em transferir as aulas para a noite vem atender uma demanda crescente do mercado, como tem sido registrado pelo setor de telemarketing e pelo Fale Conosco da FNH. “Optamos pela mudança devida a uma grande procura de alunos para que o curso de Gestão Comercial da unidade Santo Agostinho fosse oferecido nesse horário”, afirma o coordenador do curso, Prof. Marco Aurélio Ramos.

Metodologia de Empresas Simuladas é sucesso na Faculdade Novos Horizontes

N

o dia 23 de maio a FNH realizou sua III Feira de Empresas Simuladas na unidade Barreiro, com a participação de empresas simuladas de alunos da FNH e de outras Instituições de Ensino Superior de Minas Gerais. Essa metodologia de ensino é utilizada em mais de 40 países há 50 anos, com o objetivo de capacitar empreendedores para os desafios do mercado, propiciando ao aluno gerenciar e de participar de uma organização comercial, industrial ou prestação de serviços de pequeno porte, a partir de uma empresa simulada.

Notícias dos Conselhos CRAMG - CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO Estão abertas as inscrições para o Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2009. Nesta edição, o Prêmio contemplará três modalidades: Livro e Empresa Cidadã, que ocorre nos anos ímpares e Artigo Acadêmico que ocorre anualmente. As regras para participação no concurso Prêmio Belmiro Siqueira estão disponíveis no site: www.belmirosiqueira.org.br Mais informações no site do Conselho. www.cramg.org.br OABMG - ORDEM DOS ADVOGADOS DE MINAS GERAIS Nos dias 24, 25 e 26 de junho acontece o I Congresso Mineiro de Ensino Jurídico, na sede da OAB/MG, em Belo Horizonte. As inscrições custam R$250,00 e podem ser realizadas no site www.oabmg.org.br/sites/ensinojuridico ou na sede da OAB/MG. Mais informações no site da OAB/MG. www.oabmg.org.br CRCMG - CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE O CRC/MG disponibiliza em seu site um guia básico, passo a passo sobre SPED Contábil. Para acessa, digite o link abaixo: www.crcmg.org.br/destaque_26022009.asp www.crc.mg.org.br OCEMG - SINDICATO E ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS Faça o download do conteúdo das palestras do V Congresso Mineiro de Cooperativismo no site da OCEMG. No mesmo local é possível ter acesso ao conteúdo das principais palestras e seminários realizados durante os últimos meses. Basta acessar o site e clicar no link PALESTRAS. www.ocemg.org.br

Responsabilidade Social

Conheça as ações de uma instituição socialmente responsável

U

ma instituição de ensino superior deve ser comprometida com a educação e ensino de qualidade e perseguir a prática da responsabilidade social, promovendo ações e trabalhos sociais que envolvam diretamente alunos, professores e funcionários. Fazendo dessa premissa uma realidade, a Faculdade Novos Horizontes desenvolve diversas ações de cunho social. Núcleo de Assistência Jurídica Caio Mário da Silva Pereira O núcleo de assistência jurídica (NAJ) da FNH realiza atendimento à comunidade carente que precisam de serviços advocatícios gratuitos. A prática jurídica do NAJ se transforma em um mecanismo social que viabiliza meios de acessos dignos à justiça para as camadas menos favorecidas da sociedade. Endereço: Rua Gonçalves Dias, 2879 – Santo Agostinho. Atendimento: Segunda a quinta-feira, de 13h às 18h. Telefone: 31 3293-7029 Arrecadação de doações para instituições beneficentes Todo semestre, a Faculdade Novos Horizontes seleciona instituições beneficentes para receber doações recolhidas durante o semestre. O material para doação é escolhido depois de identificado junto à instituição beneficente, além de agasalhos, presentes de natal e alimentos. Neste semestre, a instituição escolhida foi o Asilo Cristo Rei. Dia da Responsabilidade Social O “Dia da Responsabilidade Social” faz parte do projeto Ensino Responsável, da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), que acontece em todo o país desde 2005. O objetivo do dia é promover a integração da população com a comunidade acadêmica através de atividades e ações de cunho sócio-educativas.

III Feira de Empresas Simuladas da FNH

8 FACULDADE NOVOS HORIZONTES

ESPRO A FNH é parceira da ESPRO, uma associação de ensino profissionalizante que está presente em 16 estados brasileiros. A Faculdade Novos Horizontes é parceira da ESPRO no seu programa de capacitação de jovens em Belo Horizonte.

Jornal Novos Horizontes Ed 24  

Jornal institucional da Faculdade Novos Horizontes Ed 24 - Junho, julho e agosto de 2009

Advertisement