Page 9

Cidades

Editor Moura Neto

E-mail cidades@novojornal.jor.br

Fones 84 3201.2443 / 3221.3438

NATAL, QUINTA-FEIRA, 26 DE AGOSTO DE 2010 / NOVO JORNAL /

9

TRE AFIRMA: COMITÊ É DE IBERÊ / ENDEREÇO / ESCRITÓRIO QUE SOFREU ARRASTÃO EM LAGOA NOVA NÃO É O DE WILMA DE FARIA, MAS O DO CANDIDATO AO GOVERNO FOTOS: TIAGO LIMA / NJ

ANDERSON BARBOSA DO NOVO JORNAL

O COMITÊ DE campanha que sofreu

um arrastão no início da semana não está registrado em nome da candidata ao Senado e ex-governadora Wilma de Faria. Segundo informações oficiais, repassadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) e ratificadas pela 3ª Zona Eleitoral na manhã de ontem ao NOVO JORNAL, o comitê pertence – para todos e quaisquer efeitos políticos – ao governador e candidato à reeleição Iberê Ferreira de Souza. “Em nosso sistema, o endereço Rua Anísio de Souza (nº 2588), em Lagoa Nova, aparece como comitê de campanha de Iberê”, afirmou o secretário da 3ª Zona Eleitoral Adriano Bezerra Gomes. “O comitê de Wilma fica na Rua Padre João Damasceno, também em Lagoa Nova. Oficialmente é para lá que são encaminhados ofícios, comunicados, intimações, ou seja, toda a documentação que se fizer necessária para a Justiça Eleitoral”, complementou o próprio chefe do Cartório, Tyronne Dantas de Medeiros. Questionado se a reportagem poderia ficar com uma cópia dos registros dos comitês, e consequentemente com a descrição de seus respectivos endereços, Tyronne foi taxativo: “Não”. Ele justificou a negativa ao dizer que as fichas possuem informações si-

gilosas e que não podem ser levadas ao conhecimento e domínio público. Porém, acrescentou que, “se alguém quiser tirar qualquer dúvida, basta nos ligar (telefone 4006-5861) que todas as informações serão prestadas”. “Eu mesmo, para entregar intimações, já fui algumas vezes ao comitê que foi assaltado. E lá eu só vi material de campanha de Iberê”, reforçou Adriano, como se precisasse sanar qualquer dúvida sobre o assunto. Porém, é importante ressaltar que o material de campanha só é visível dentro do comitê. Do lado de fora, não há sinalização alguma, de partido, coligação ou candidato. Nada de faixas, cartazes, adesivos ou outro tipo de publicidade.

WILMA E PSB SÓ TÊM UM COMITÊ As informações confirmadas pela 3ª Zona Eleitoral foram checadas inicialmente junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Por telefone, Emanuel dos Anjos, que é o chefe do Controle Interno de Prestações de Contas do TRE/RN, garantiu que todos os candidatos do PSB possuem um comitê financeiro único. E a coligação Vitória do Povo (PSB-PT-PPS) também. E é

▶ Comitê da Coligação Vitória do Povo funciona na sede do PSB, na Rua Padre João Damasceno, Lagoa Nova justamente onde funciona a sede da legenda da ex-governadora, localizada exatamente na Rua Padre João Damasceno, nº 1894, em Lagoa Nova, mais precisamente por trás do Sebrae, bem nas proximidades do estádio Machadão. “Todos os partidos precisam informar onde funcionam seus comitês para que a Justiça Eleitoral possa se comunicar com todos eles. No caso do PSB, o endereço que nós temos aqui é justamente este, a Rua Padre João Damasceno”, garantiu. Mesmo assim, a equipe do NOVO JORNAL foi ao endereço citado. E de fato, diferentemente do

comitê onde aconteceu o arrastão, a sede do PSB está muito bem sinalizada. E mais: lá, o repórter e seu fotógrafo puderam entrar. Ninguém foi barrado na entrada, como aconteceu no dia seguinte ao assalto ocorrido na Rua Anísio de Souza. Lá dentro, funcionários confirmaram ser o comitê de Wilma de Faria e disseram desconhecer outro endereço. “Este, que eu saiba, é o único”, disse um rapaz chamado Diego Silva, que recebeu a reportagem na Secretaria Financeira do comitê. De posso das novas informações, a equipe do NOVO JORNAL

voltou a procurar representantes da equipe da ex-governadora Wilma de Faria e do candidato a deputado federal Adenúbio Melo, cujo motorista foi agredido com uma coronhada pelos assaltantes do comitê de Lagoa Nova no início da semana. Mas não obteve respostas nem foi atendida. Desde o primeiro momento, a ex-governadora Wilma de Faria assumiu que o comitê era seu, sem alusão ao governador Iberê de Souza. Ao menos não contestou o noticiário apontando o imóvel como base de sua campanha eleitoral. Por meio de sua assessoria, chegou a comentar o episódio:

▶ Tyronne de Medeiros, chefe do

Cartório: “Já fui ao comitê assaltado”

“É muito estranho que alguém faça um assalto a um escritório de campanha só para roubar cinco computadores (notebooks)”. E quando a assessoria foi questionada sobre a possibilidade de alguma informação ter vazado, ou partido de dentro de seu próprio comitê, a resposta foi esclarecedora: “Wilma não descarta nenhuma possibilidade. O delegado Célio Roberto (da inteligência) esteve no local e está investigando tudo. Mas de uma coisa ela tem certeza, é muita ousadia e risco invadir o escritório para roubar objetos de pouco valor”.

26-08-2010  

26-08-2010

26-08-2010  

26-08-2010

Advertisement