Issuu on Google+

Agrupamento de Escolas de Leça da Palmeira e Santa Cruz do Bispo Nº 5 | JULHO 2011 Visita a Londres. -Muito “ British” e divertida esta Visita de Estudo! Comemorações do Dia da Europa

“Educação para Raparigas e Mulheres” Que interessantes, educativas e “culturais” foram estas “Feiras do Livro”!

É tão bom “Ser Criança”! No nosso dia fizeram-nos mesmo felizes! Que espetáculo!

http://agrupamento.eb23-leca-palmeira.rcts.pt 1 | Nova Onda | Julho 2011


ÍNDICE EDITORIAL

3

EB1/JI AMOROSA JI MONTE ESPINHO EB1 CORPO SANTO EB1 NOGUEIRA PINTO EB1/JI PORTELA EB1/ JI PRAIA EB1/ JI VISCONDESSA EB 2/3 LEÇA DA PALMEIRA Departamento de Línguas Departamento de Ciências Exatas e Naturais Departamento de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Expressões Educação Física Educação Especial EVT- Educação Visual e Tecnológica

4 7 8 10 12 15 17

QUERIDAS BIBLIOTECAS…

32

PLANO TECNOLÓGICO EDUCAÇÃO

41

SERVIÇO PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

46

ESTABELECIMENTO PRISIONAL Masculino Feminino

48 49

COMEMORAÇÕES DIA DA EUROPA

51

CAMPANHA GLOBAL PELA EDUCAÇÃO

53

FICHA TÉCNICA

FEIRA DO LIVRO Leça da Palmeira Santa Cruz do Bispo

57 59

Coordenação: Graça Vilela Design/Paginação: Raquel Freire Revisão: Lélia Lopes

PROJETOS Desafios à vida mais saudável na escola e na família UEE- Unidade de Ensino Estruturado SCAA Sistemas de Comunicação Alternativa e Aumentativa Eco-Leça ÚLTIMA HORA A ENCERRAR…

2 | Nova Onda | Julho 2011

21 23 26 27 29 30

61 63 64 66 67 68


EDITORIAL

Editorial A última edição (ano letivo 2010/11) do nosso jornal “Nova Onda” reúne os testemunhos e os factos que materializam a dinâmica e o envolvimento da comunidade educativa do Agrupamento de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do Bispo, no período temporal que abrange, essencialmente, o terceiro período letivo deste ano escolar que agora finda. A análise a estes “testemunhos”, por um lado, permite-nos observar que o leque de atividades desenvolvidas foi muito amplo e diversificado, relacionando-se com domínios singulares e/ou complementares que permitiram a qualificação da resposta educativa ao nível dos conteúdos curriculares disciplinares e não disciplinares. Por outro lado, constata se que o modelo de intervenção em que assentou a realização das “Atividades” que aqui se incluem (inúmeras atividades partilhadas entre várias escolas do Agrupamento) assentou no respeito pelo que é a prática subjacente às “diferentes culturas” de escola, mas, e em simultâneo, é possível inferir que potenciaram e permitiram que a “cultura” de Agrupamento também seja passível de começar a ser identificada. Na verdade, a minha proposta de criação deste jornal, objetivamente e a curto prazo, assentou no facto de que se constituísse como um meio de “difusão” do trabalho que se realiza. Contudo, a médio e a longo prazo, esperava que se consolidasse como um elo de ligação, que, de edição em edição, apresentasse as possibilidades de articulação com a comunidade do Agrupamento para que, no respeito pelas “culturas” de escola (já identificadas), contribuísse para a construção da “cultura” de Agrupamento. Este objetivo começa a delinear-se com alguma exatidão e, com o apoio e colaboração de todos, é a este nível que registo e expresso aquela que deve ser a nossa grande meta para o futuro deste Jornal:  Consolidar(-se) como um meio de aproximação e de confluência de sinergias, que contribuam para a formação de uma “cultura” de Agrupamento em que toda a comunidade se reveja. Conto convosco! Até para o “ano” … Jorge Sequeira Diretor

3 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI AMOROSA Semana aberta de AEC

Com o objetivo de divulgar a importância das AEC na formação dos alunos e envolver os elementos da comunidade escolar no trabalho desenvolvido pelos docentes, estes, em colaboração com a escola, organizaram a Semana Aberta, que decorreu de 4 a 8 de abril. Os encarregados de educação foram convidados a participar numa aula de todas as atividades em Ensino do Inglês que as crianças se encontram inscritas e puderam contactar de uma forma mais direta com a realidade do contexto de sala de aula dos seus educandos.

Expressão Musical

Expressão Dramática

Expressão Plástica

Atividade Física e Desportiva

Cidadania em ação: recolha de tampinhas A reciclar aprende-se e ajuda-se A história que vamos agora contar começa com tampinhas de plástico. Tampinhas de plástico porquê e para quê?” – poderão perguntar. Bem, os alunos da Escola da Amorosa tiveram a ideia de colecionar tampinhas de várias embalagens plásticas. Foi a maneira que encontraram de ajudar a Natureza, pois a reciclagem do plástico é muito importante. Foram enchendo, ao longo de vários meses, garrafões com as tampinhas plásticas. Quando conseguiram juntar 1000 kg, ou seja, uma tonelada de plástico, ajudaram a comprar uma cadeira de rodas. Mas os alunos não sabiam quem teria recebido aquela cadeira… Foi então que, no dia 25 de março, receberam, na escola, uma visita inesperada. Por fim, ficaram a conhecer quem recebera a cadeira de rodas. Era uma jovem chamada Diana. Os meninos cantaram uma canção para ela e ela agradeceu-lhes. Todos acharam muito importante o que fizeram porque, se não tivessem conseguido juntar uma tonelada de tampinhas de plástico, a Diana não poderia sair de casa, pois não teria a sua cadeira de rodas. Texto coletivo da Turma 11 – 4º ano 4 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI AMOROSA

Comemorações que realizámos: Dia do Pai

Dia da Mãe e Campanha Global pela Educação No dia 2 de maio, as quinze turmas da escola estiveram envolvidas em atividades diversificadas, visando a Campanha Global pela Educação. O tema proposto este ano era a defesa da educação para raparigas e mulheres. Na maior parte das turmas, este momento coincidiu com as comemorações do Dia da Mãe. Assim, criou-se uma oportunidade para envolver as mães dos alunos em atividades relacionadas com a campanha. A maior parte dos trabalhos realizados encontram-se expostos na escola.

5 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI AMOROSA Comemorações que realizámos: Encerramento do Ano Letivo

Nos dias 20 e 21, houve muito divertimento nos três insufláveis montados no recreio da escola.

H…umm! Que delícia!

No último dia, fomos à Quinta da Conceição. Brincámos muito e fizemos um piquenique.

No final da tarde do dia 22, os alunos do 4º ano realizaram no salão paroquial a festa de despedida da escola da Amorosa. Os professores das turmas e os de AEC ajudaram na preparação e os pais foram convidados. Terminou na maior animação.

6 | Nova Onda | Julho 2011

E o algodão doce estava uma maravilha!


JI MONTE ESPINHO Dia Mundial da Criança O Dia Mundial da Criança foi FANTÁSTICO !!!

Houve muita aventura e emoção… Fizemos Capoeira, pintámos a cara, dançámos e cantámos, praticámos “tiro” ao alvo (com a boca) e slide, saltámos nos insufláveis, aprendemos a ter cuidados com o sol e ainda tivemos um lanche muito saboroso… Foi uma manhã que nunca esqueceremos…

Festa de Verão Querem saber como foi a nossa Festa de Verão? A sala estava cheia com pais e familiares. Tivemos muitas palmas e elogios. Fizemos dramatizações, canções, danças e recitamos poemas. Os Finalistas receberam cartolas e diplomas. Houve muita emoção e algumas lágrimas…mas foram de alegria e felicidade.

7 | Nova Onda | Julho 2011


EB1CORPO SANTO

“Ler doce Ler” - Na Feira do Livro participámos com uma animação!

Fomos visitar Aveiro: a ria, alguns museus. E os ovos moles?

No Museu da Quinta de Santiago, vimos uma cascata fabulosa e decidimos também fazer uma!

8 | Nova Onda | Julho 2011


EB1CORPO SANTO Depois marchámos muito!

Um passeio pelas águas do rio Douro para celebrarmos o nosso dia.

No Programa PASSE, jogámos à Alimentação Divertida!

Terminámos o ano letivo numa grande Festa da Alegria!

9 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI NOGUEIRA PINTO Dia Mundial da Criança

Tendo como ponto de partida o trabalho sobre os Direitos da Criança, os alunos fizeram desenhos alusivos ao tema. Turma 3 - 3º ano

Dia da Mãe

Que dia fantástico! Fizemos jogos tradicionais, oferecemos postais e prendas elaboradas na escola às nossas mães e entoámos uma linda canção. As nossas mães participaram com entusiasmo e dedicação nas actividades desenvolvidas ao longo deste dia.

10 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI NOGUEIRA PINTO Visita do escritor Daniel Marques Ferreira

Recebemos a visita do escritor Daniel Marques Ferreira na nossa escola… Foi muito interessante porque ficámos a saber mais acerca da sua vida, enquanto escritor…E apresentámos diapositivos de uma das suas histórias, “A Princesinha do Jardim de Pedra”, elaborados por nós. O escritor Daniel marques Ferreira adorou o nosso trabalho!!!

Festa de Final de Ano E para finalizar, uma retrospectiva do ano que passou, dramatizando o último teatro “Uma poção de Felicidade”, para todos nós!

Trabalhos realizados pela turma de 2º ano (Prof. Cristina Martins)

11 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JIPORTELA EB1 PORTELA Dia Mundial da Criança Celebramos o Dia Mundial da Criança com uma visita, em autocarro panorâmico, ao Porto Antigo.

PNL | A menina do Mar Nós, os alunos da turma 4, após estudarmos a obra do PNL A menina do Mar de Sophia Mello Breyner Andresen, fomos conhecer a Praia de Leça da Palmeira.

«Era uma praia muito grande e quase deserta onde havia rochedos maravilhosos…» 12 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI PORTELA EB1 PORTELA Visita de estudo | Final de ano Na Visita de Estudo de Final de Ano, fomos a Vila do Conde. Por um dia fomos marinheiros e viajamos na história de Portugal numa Nau Quinhentista.

Entramos num vaso condutor e viajamos lado a lado, com glóbulos vermelhos, brancos, plaquetas, água… Fomos cientistas e fizemos magia…

13 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI PORTELA JI PORTELA Feira do Livro As duas turmas do JI foram à Feira do Livro para assistir às animações efetuadas pelas escolas e JI da freguesia. Nós contamos uma história chamada “ Não era uma vez” e dançamos uma música do Avô cantigas “1,2,3 e 4…”. Também ficamos a conhecer alguns artesãos da freguesia e visitamos a feira onde alguns meninos compraram livros.

14 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI PRAIA EB 1 PRAIA Dia Mundial da Criança 1 de Junho de 2011 O Dia Mundial da Criança foi passado este ano a bordo de um barco num passeio sob as pontes do Rio Douro, a convite da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira. Foi muito divertido e, como o dia estava agradável, deu para conviver muito e apanhar sol com moderação, já como preparativo para o verão que aí vem.

Dia Mundial do Ambiente | 5 de Junho 2011 A Nossa Feirinha marcou mais uma vez o Dia Mundial do Ambiente. Com a boa vontade de todos, criamos no espaço da escola uma autêntica “Feira da Ladra”. Os pais aderiram em massa e o objetivo foi atingido, pois reciclamos e demos novos usos para as coisas velhas do dia a dia. Até para o ano…

15 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI PRAIA JI PRAIA Festa de Verão A Festa de Verão foi realizada pelas crianças do J.I. com grande entusiasmo. A vontade era grande de mostrarem os seus jeitos e graças na apresentação das danças para os seus familiares. Todos gostaram e aplaudiram, orgulhosos das suas crianças.

Experiências A disponibilidade e a vontade de uma mãe, deu oportunidade às crianças de virem ao Jardim realizar experiências científicas. Puderam observar através do microscópio o comportamento de uma pulga de água doce, em água poluída, e não poluída e a junção de três líquidos que formou o polímero de silicone (pega monstros).

Horta Pedagógica Iniciamos a horta com a plantação de um pessegueiro no Dia da Árvore. O objetivo foi criar contacto com a natureza, compreender o ciclo biológico e auxiliar em matéria de hábitos alimentares saudáveis. Permitiu-se assim, às crianças serem os principais intervenientes neste processo: preparação do terreno, fornecimento de plantas e sementes, cultivo, manutenção e colheita.

16 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI VISCONDESSA Dia Internacional do Livro Infantil No dia 1 de abril, os professores subiram ao palco para apresentar o teatro da Carochinha. Esta história tradicional, retirada do livro da avó, fez as delícias de todas as crianças, que se surpreenderam ao ver esta nova faceta dos seus professores.

Como rapariga asseada, a Carochinha limpava a sua casa, que escondia o tesouro e que a tornaria casada.

Após muita escolha, eis que surgiu o pretendente tão desejado.

À porta da igreja, já vestidos a rigor, a Carochinha lembrou-se que lhe faltava a luva na mão para casar com o seu João Ratão.

Não fosse ele tão curioso e guloso por feijão, não cairia no caldeirão.

Este foi um momento divertido, de entusiasmo e alegria, razões que levam os professores a querer repetir a experiência. 17 | Nova Onda | Julho 2011

E


EB1/JI VISCONDESSA A EB1/JI Viscondessa está de parabéns!

No dia 17 de Junho, comemorámos os 50 anos de existência do edifício do Plano dos Centenários. Muitas entidades estiveram presentes: as autarquias, a direcção do agrupamento, antigas professoras que leccionaram nesta escola, antigos alunos que a frequentaram, assim como a Associação de Pais e Encarregados de Educação. Não poderiam deixar de partilhar o seu testemunho, acerca da história e evolução desta escola e a sua importância para a comunidade/população desta freguesia. Esta comemoração teve início com um espectáculo que foi realizado pelos alunos do 4º ano, no qual foram apresentados teatro, dança e declamação de poesia. Vários foram os oradores que retrataram a história da escola.

No final, cantou-se os “Parabéns” e partilhou-se o bolo do cinquentenário, gentilmente oferecido pela Associação de Pais.

Dia Mundial da Criança Neste dia, presenteámos as crianças com uma peça teatral intitulada “Gargalhadas bem dadas”. Esta actividade recreativa foi dinamizada por duas docentes da escola, que interpretaram e adaptaram o texto “ Tapa o tapume” e “ Sapatos, Sapatinhos e Sapatões” de António Torrado, nas divertidas personagens Analecta e Emilinho, proporcionando momentos de alegria e de descontracção entre todos os presentes.

18 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI VISCONDESSA

Dia Mundial do Ambiente

Numa iniciativa realizada em parceria com a Associação de Pais, este dia foi marcado por algumas actividades experimentais e pela visualização de um documentário sobre as boas práticas ambientais no que se refere ao tratamento dos resíduos urbanos. Todos os alunos tiveram a oportunidade de assistir às experiências, relacionando-as com os fenómenos da Natureza.

A Festa de Verão de 2011 No dia 22 de Junho, encerrámos o ano lectivo com a Festa de Verão, na qual participaram alunos e professores e foi aberta a toda a comunidade educativa.

Com muita música e boa disposição, todas as turmas apresentaram actividades recreativas.

Aos alunos finalistas do JI e do 4º ano, foram ainda entregues os habituais diplomas e livros de curso.

19 | Nova Onda | Julho 2011


EB1/JI VISCONDESSA A Festa de Verão de 2011 Contámos ainda com a presença e a actuação do Rancho Folclórico de Santa Cruz do Bispo que encerrou esta festa, evocando as tradições e os costumes da freguesia.

Todos mostraram a sua alegria e boa disposição, num momento de descontracção.

No final, foi partilhado um lanche convívio entre todos que resultou da colaboração dos encarregados de educação

20 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS Visita a Londres

We Love London!

Este ano realizou-se mais uma vez a Visita de Estudo a Londres para alunos de 9º Ano entre 13 a 17 de abril. Foram 49, os alunos que acompanhados dos professores Paula Caravelas, Ana Cristina Neves, António Salvador e Paulo Lagoela visitaram a capital do Reino Unido! Foram 5 dias cheios de atividade e diversão! Dos museus aos locais emblemáticos da cidade, houve tempo para entrar, ver e conhecer. Os alunos consideraram a atividade excelente e destacaram pela positiva a visita aos monumentos e locais de interesse histórico e ainda o convívio entre os alunos das várias turmas. Menos positivo parece ter sido o “toque d’alvorada”. Levantar cedo e andar, andar …foi uma novidade que não conquistou muitos adeptos! Keep right!

“Dirigir o trânsito” em Camden Market.

O grupo junto à Torre de Londres

‘Millenium Bridge’

Atentos, no ‘ Globe Theatre’!

21 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS Projecto Comenius No âmbito do Projecto Comenius „Art as a Bridge Between Cultures‟, 16 alunos do 8º ano da Escola EB 2/3 de Leça da Palmeira, acompanhados pelas professoras Ana Cristina Neves e Paula Caravelas, deslocaram-se à Polónia, à Comuna de Bodzanów, num intercâmbio com a Publiczne Gimnazjum W Bodzanowie. Foram dez dias intensos em que alunos e professores, portugueses e polacos, puderam conviver e aprender mais sobre as culturas dos dois países. Destes dez dias, ficaram excelentes memórias e grandes amizades!

Chegada à Escola em Bodzanó .

O ‘Sericoté’

Jantar de convívio em Borowice

Workshop de teatro

Mostra de gastronomia portuguesa e polaca

Juntos na avaliação deste projecto 22 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS Ciências da Natureza

A culminar as actividades desenvolvidas no âmbito da área disciplinar de Ciências da Natureza, realizou-se no dia 17 de Junho o Desafio de Saúde, uma gincana da Família na Escola, onde equipas de alunos e encarregados de educação tiveram oportunidade de se divertirem saudavelmente! Uma actividade que valerá a pena repetir, apelando a uma maior participação de todos.

Matemática Todos os alunos das turmas dos 5º e 6º anos participaram nos concursos “Agarra a Matemática”- resolução de problemas - e “SuperTmatik”- cálculo mental- que se desenvolveram ao longo do ano lectivo.

Os vencedores do “AGARRA A MATEMÁTICA” 5º ano 1º Bruno Oliveira - 5º8 2º Francisco Barbosa - 5º 2 3º Filipe Catarino - 5º 3

6º ano 1º Sofia Carrancho - 6º 3 2º Yilan Wang - 6º 7

Os vencedores do “SUPERTMATIK”

3º Teresa Pacheco - 6º8

5º ano 1º Francisco Barbosa - 5º2 2º Catarina Fernandes - 5º 5 3º Francisco Pinho - 5º 3

6º ano 1º Carlos Freitas - 6º 3 2º Gonçalo Ferreira - 6º 3 3º Fábio Nunes - 6º2

23 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ProjectoRIOS: À DESCOBERTA DO RIO Este projecto insere-se num projecto mais global, o Projecto Rios, desenvolvido a nível internacional, que visa a participação social na conservação dos espaços fluviais, procurando acompanhar os objectivos apresentados na Década da Educação das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável e contribuir para a implementação da Carta da Terra e da Directiva Quadro da Água”. Além das preocupações ecológicas, o Projecto Rios propõe uma metodologia que promove a curiosidade científica e implementa o método científico experimental, através da recolha e registo de informações e dados geográficos, físico-químicos, biológicos, eventos históricos, sociais e etnográficos, contribuindo assim para a melhoria do espaço estudado e da qualidade fluvial global. É um projecto que possibilita vivências de aprendizagem muito enriquecedoras para o desenvolvimento de competências específicas no âmbito das ciências, assim como possibilita o trabalho interdisciplinar que pode ser explorado no âmbito dos PCT. É um projecto que promove o conhecimento do meio envolvente, tendo como principal objectivo, em contexto escolar, contribuir para a implementação da educação ambiental enquanto área transversal na política das escolas. O Projecto Rios foi desenvolvido este ano lectivo na escola pelos professores e alunos das turmas dos oitavos B, C e D.

Trabalhando em Equipa Professores e alunos envolvidos no Projecto” Rios” trabalharam como uma verdadeira equipa, desenvolvendo com enorme sucesso uma série de actividades, passando por aulas de campo, documentários, exposição de trabalhos e fotografias, danças típicas da região (em parceria com o Racho Folclórico Típico da Amorosa) que culminaram com uma representação teatral sobre o tema “Rio Leça - um Rio com História”no dia 26 de Maio, no Pavilhão/tenda da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira.

24 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA Na assistência estiveram presentes encarregados de educação, muitos membros da comunidade escolar (professores, alunos e membros da Direcção incluindo o director) e membros da Junta de Freguesia e o seu presidente. Este projecto permitiu desenvolver vivências de aprendizagem muito enriquecedoras no âmbito das ciências tendo, também, contribuído para a informação e sensibilização da população em geral, para a necessidade da preservação do ambiente. É ainda de salientar o envolvimento das diferentes áreas curriculares no desenvolvimento deste projecto, assim como, as parcerias estabelecidas com entidades locais, Câmara Municipal, Junta de Freguesia e Racho Folclórico Típico da Amorosa. A Equipa do Projeto Rios

Projeto GreenCork

O responsável do projecto GreenCork na escola agradece a todos os intervenientes e congratula-os pelo resultado obtido. Com a actividade "Recolha de rolhas de cortiça", recolheram-se aproximadamente 61000 rolhas, equivalente a 360 garrafões plásticos de 5 L, um dos melhores resultados a nível nacional! Foram entregues no hipermercado, Continente. Juntos ajudámos a plantar 60 árvores. Obrigado. Prof. Pedro Seixas

25 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS A Disciplina de História de mãos dadas com as TIC (II) No início do presente ano lectivo criou-se a disciplina "Janela aberta para a História do século XXI" na plataforma Moodle da nossa escola, destinada aos alunos do 9º ano de escolaridade. À laia de encerramento das actividades lectivas, gostaríamos de dar a conhecer os resultados da utilização desta ferramenta de trabalho, que se tornou gradualmente mais familiar e eficaz no processo de ensino-aprendizagem dos alunos utilizadores da mesma. Esta disciplina teve 143 utilizadores inscritos, com uma utilização média de duas consultas semanais com durações muito variáveis, com os períodos de maior fluxo a coincidirem com a véspera de entregas de trabalhos e/ou testes de avaliação. A resposta média aos referendos colocados nesta disciplina aproximou-se dos 17 alunos, no total dos 9 referendos que foram disponibilizados. Os alunos tiveram uma participação pouco activa nos fóruns criados, que se pretendiam espaços de debate e partilha de ideias, mas onde muitas vezes o espírito crítico dos alunos teimou em faltar. Os discentes fizeram amiúde o download das apresentações electrónicas utilizadas durante as aulas, assim como de muitos outros materiais disponibilizados em formatos diversos, como textos históricos e historiográficos, mapas, esquemas, imagens, diaporamas, guiões para a elaboração de tarefas solicitadas nas aulas e fichas de trabalho. A pouca participação nos glossários desta disciplina, permite concluir que o trabalho colaborativo terá de continuar a ser incentivado, para que seja efectivamente uma realidade, porque acreditamos que através da interacção e da partilha de conhecimento poder-se-ão criar situações de aprendizagem mais ricas e diversificadas. Enquanto dinamizadora desta página, reconheço que o meu feedback que era anexo à pagina das tarefas para cada aluno e a notificação que era enviada por email, foram factores decisivos para que os alunos fossem gradualmente aderindo e 26 | Nova Onda | Julho 2011

percebendo a importância desta ferramenta de trabalho, assim como também foi fundamental habituarem-se a cumprir os prazos estabelecidos para a entrega de trabalhos e tarefas. Podemos concluir que, apesar das muitas arestas que precisam de continuar a ser limadas em próximos anos lectivos, as novas tecnologias apresentam-se claramente como recursos facilitadores de um processo de ensinoaprendizagem mais dinâmico, instrumental e socializador, de acordo com as competências a adquirir pelos alunos. Ao marcar a sua presença no ciberespaço, a escola faculta aos alunos não só o acesso a vastos repositórios de documentos de trabalho, mas também múltiplas oportunidades de interacção social em que podem aprender-fazendo, em vez de aprenderouvindo dizer. O aluno pode construir o seu próprio saber num processo cumulativo de ajuda múltipla e de percepção partilhada de problemas e necessidades, abandonando-se o modelo passivo, de delivery, para um ensino mais centrado no aluno, baseado no que este faz, no seu papel enquanto problem-solver e indivíduo social que aprende com os outros. A implementação e dinamização desta disciplina insere-se no Projecto Successo.com.Tic, nomeadamente na actividade número 9 do mesmo, designada por Aprender Histori@ com o Moodle, no âmbito da iniciativa "Aprender e Inovar com Tic", na qual a nossa escola foi um dos projectos vencedores. Atingiu todos os objectivos a que se propunha, permitindo aos alunos desenvolver todas as competências delineadas no projecto supracitado.


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES | EDUCAÇÃO FÍSICA Corta Mato Distrital em Santo Tirso 12 de Fevereiro de 2011 O evento terá ficado, certamente, na memória de todos os intervenientes, a julgar pela alegria e entusiasmo demonstrado por todos os alunos.

Visita ao Estádio do Dragão 3 de Março de 2011 SABIAS QUE ... 

O estádio do Dragão é do Grau A – pode ser palco de qualquer evento futebolístico nacional e internacional.

Estádio de 5 Estrelas, segundo a UEFA.

O Dragão foi o primeiro estádio a conseguir certificado Greenhig t - certificado da comissão Europeia (utilização racional de energia

na

qualidade

de

energia

e

iluminação). 

Considerado pela Foxsports de Tecnologia Avançada - 25 Footbal`Shallohed Grounds – é um dos 25 estádios mais consagrados do Futebol Mundial.

Júlio Resende desenhou os azulejos alusivos ao desporto, ao dragão e ao nome

dos

52

mil

espectadores

presentes no dia da inauguração do estádio. As actividades desportivas na escola são o primeiro passo (certo a dar) na iniciação de uma modalidade 27 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES | EDUCAÇÃO FÍSICA Passeio de Cicloturismo | 13 de Abril de 2011 Os professores de Educação Física da EB 2/3 de Leça da Palmeira, Bruno Rosas e Bruno Ferreira, dinamizaram um passeio de cicloturismo aberto a toda a comunidade educativa. O percurso com 20 km, na costa marítima entre Leça da Palmeira e Vila do Conde, foi do agrado dos seus participantes.

Torneios Futebol e Voleibol de Praia - 20 e 22 de Junho de 2011 Desporto Escolar No âmbito do Desporto Escolar, os alunos da escola estiveram envolvidos nas competições distritais e/ou regionais de Futsal, Badmington, Atletismo e Multiactividades de Ar Livre. A participação de todos estes atletas, para além da satisfação pessoal e desportiva, dignificou a nossa escola pelo exemplar comportamento manifestado em todas as provas.

Prova de Orientação na Quinta da Conceição Prova de Orientação na Quinta da Conceição para os alunos do 7º, 8º e 9ºanos. Organizada pelos professores de Educação Física e com a preciosa colaboração dos núcleos de estágio de Educação Física e Enfermagem. A adesão por parte dos alunos foi excelente! Participaram 231 alunos, cerca de 41% da população do 3º Ciclo.

28 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES | EDUCAÇÃO ESPECIAL Autimismo: potencialidades no Autismo Intitulado: “Autimismo: potencialidades no Autismo” realizou-se no dia 31 de maio no Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, um debate em torno da partilha de experiências de trabalho com crianças e jovens com Perturbação no Espetro do Autismo (PEA). Proposto pelo diretor do Agrupamento, ao Grupo da Educação Especial, este trabalho teve como objetivos: 

Divulgar investigação científica produzida em contexto da Unidade Ensino Estruturado – Autismo (UEE-A);

Divulgar a metodologia de trabalho adotada na UEE-A (metodologia de ensino estruturado);

 

Promover um maior conhecimento dos docentes do agrupamento do trabalho com o aluno PEA (portador espectro autismo); Partilhar experiências na área de trabalho do aluno PEA;

docentes de outros agrupamentos do concelho. A sessão decorreu de forma fluente e criativa e contou com a intervenção interessada e dinâmica dos presentes. Este trabalho revestiu-se de grande importância uma vez que: 

Permitiu apresentar “conhecimento” com base nas práticas locais, (investigações académicas e “investigação - ação” dos docentes do Agrupamento de Leça da Palmeira);

Suscitou o interesse dos presentes pelo sentido de oportunidade que esta tipologia de abordagem formativa assume, uma vez que os alunos com PEA constituem uma parte significativa da população com Necessidades Educativas Especiais (NEE), do Agrupamento de Leça da Palmeira/Santa Cruz do Bispo.

Clarificar dúvidas no processo educativo do aluno PEA;

O alinhamento desta sessão teve na sua agenda temas como: 

Criatividade no Universo Autista;

Unidade de Ensino Estruturado de Autismo, uma experiência partilhada…

Apresentação de investigação da FPCE da UP;

À conversa com…

O programa foi cumprido de forma integral e contou com a presença das convidadas, Dr.ª Ana Isabel Aguiar e Dr.ª Fátima Bessa, do Vereador da Educação, Dr. Correia Pinto, e do Diretor do Agrupamento, Dr. Jorge Sequeira. Para além de docentes e encarregados de educação do agrupamento, estiveram também presentes

Finalmente, regista-se que esta experiência é uma prática a continuar, já que concretiza a reflexão e a troca de “saberes” por forma a disponibilizar práticas pedagógicas e educativas, que contribuam para a concretização de uma oferta educativa de qualidade.

29 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES | EVT Dia da Árvore

Nos dias 21 e 22 de março, a área disciplinar de Educação Visual e Tecnológica (EVT) comemorou Dia da Árvore, na EB 2|3 de Leça da Palmeira, com as seguintes atividades dinamizadas no auditório da escola: Exposição de trabalhos; Projeção do filme pedagógico “FLORESTA FOGO E VIDA”; Projeção de filmes de animação realizados pelos alunos sobre o tema “A Árvore”. (Podem ser visualizados em: http://vimeo.com/raquelfreireevt2011 DIA DA ÁRVORE 21_03_2011 EB 2|3 Leça da Palmeira ) A atividade foi promovida pela área disciplinar de EVT, sob a coordenação das professoras Conceição Alves e Raquel Freire. Todas as turmas do 2º ciclo participaram nesta atividade, acompanhadas pelos professores de EVT. A restante comunidade educativa também demonstrou interesse tendo-se registado uma boa afluência à exposição.

30 | Nova Onda | Julho 2011


EB2/3 LEÇA DA PALMEIRA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES | EVT Colaboração na Semana Verde

No âmbito do Programa Eco-escolas foi dinamizada a Semana Verde que decorreu de 30 de maio a 3 de Jjunho assinalando-se o Dia Internacional da Energia ( 29 de maio). Nesta actividade, incluída no Plano Anual de Atividades do Agrupamento (PAA) e proposta pela área disciplinar de Educação Visual e Tecnológica, participaram as seguintes turmas:

5º1, 5º2 e 5º6 ,construiram "Esculturas de Vento" que animaram a entrada da escola.

6º9, 6º10 e 6º11 criaram os "ViraVento/Garrafa PET" que, expostos na entrada do bloco A, proporcionaram um bonito e animado efeito visual.

5º7, 6º9, 6º10 e 6º11 colaboraram na Exposição da Semana Verde/Projeto Eco-escolas, com a apresentação de filmes de animação sobre “A Árvore”.

6º1 criou engraçados "Porcos Mealheiros".

6º7 e 6º8, construíram coloridos vira-ventos de garrafas.

Os trabalhos realizados colheram largos elogios por parte da restante comunidade educativa. PARABÉNS A TODOS !!! 31 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB1/JI Portela | EB1/JI Viscondessa | EB1/JI Nogueira Pinto | EB1 JI Corpo Santo

As Bibliotecas Escolares da EB1/JI da Portela, EB1/JI da Viscondessa, EB1/JI Nogueira Pinto e EB1 do Corpo Santo continuaram, neste período escolar, a sua intensa atividade de animação da leitura e promoção dos hábitos de leitura e prazer de ler. Colocamos todo o nosso empenho na preparação da recepção ao escritor Daniel Marques Ferreira. Este escritor visitou as nossas bibliotecas dia 10 e 31 de maio. Pesquisamos e analisamos a biografia e bibliografia do autor. Libertamos a nossa criatividade e, em ambiente de trabalho colaborativo, muitas e variadas atividades foram preparadas para lhe apresentar.

Livros do escritor Daniel Marques Ferreira explorados com os alunos: A Cobra Cavacovas e outras fábulas novas e A Princesinha do Jardim de Pedra.

Algumas das personagens e cenários das fábulas trabalhadas, realizadas pelos alunos. Oferecemos papas doces de farinha ao escritor Daniel Marques Ferreira e ensinamos a receita aos nossos colegas. Também recontamos a fábula A toirinha-

Biografia/Bibliografia do escritor Daniel Marques Ferreira – pesquisa realizada pelos alunos.

Malhadinha e as papas doces de farinha.

Dramatizamos a fábula “A cobra Cava-covas”.

32 | Nova Onda | Julho 2011

Entrevista ao escritor Daniel Marques Ferreira.

Inspirados na fábula “A lagartaMarta na Couve lombarda”, construímos quadras e fizemos uma música rap. Encenamos a fábula “A lagartaMarta na couve lombarda”.


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB1/JI Portela | EB1/JI Viscondessa | EB1/JI Nogueira Pinto | EB1 JI Corpo Santo Continuamos a semear o gosto pela leitura… Ouvimos contar histórias que nos transportaram para o mundo da imaginação e da fantasia onde tudo pode acontecer… os “bichos” invadiram as nossas bibliotecas… e, quiseram contribuir para o nosso crescimento como leitores críticos e competentes. O livro Se os Bichos se Vestissem como Gente de Luísa Ducla Soares levou-nos a inventar vestuário para os animais de acordo com as suas características.

Compreendemos o valor da liberdade com o conto O Veado Florido de António Torrado. Esta é uma história muito divertida… rimos a valer com A formiga horripilante” de Liz Pichon.

Com A Casa da Mosca Fosca de Eva Mejuto conhecemos animais coloridos e descobrimos rimas.

Que lindas ficaram as formigas que construímos !!!

33 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 1/JI Amorosa Na biblioteca trabalhámos…

21 de Março | Dia Mundial da Poesia

Escrevemos Poesias

A Biblioteca dos sonhos Sonho que estou a ler Histórias de encantar Em vez de andar a correr Estou aqui a trabalhar Estou a pensar No que irei escrever Estou pronta para trocar Ideias que irão nascer. Vim a correr Quase que ia cair. Depois de comer Cheguei à biblioteca a sorrir.

Trabalho dos alunos da EB1/JI da Praia

2 de Abril Dia Internacional do Livro Infantil

Jessica, Ana Lopes , Diana 3º ano / Turma 8

O dia 2 de Abril é festejado em mais de sessenta países, em homenagem ao escritor Hans Christian Andersen, nascido em 1805, na Dinamarca. Cabe-lhe o honroso título de "Criador da Literatura Infantil Internacional". Autor de livros que até hoje encantam as crianças do mundo inteiro, mudou o rumo da literatura infantil, ao acrescentar o elemento lúdico às suas histórias, como bichos e objectos falantes. Andersen escreveu 156 contos para crianças e, de entre as suas histórias mais conhecidas podemos destacar O Patinho Feio, A Pequena Sereia, O Soldadinho de Chumbo, As Roupas Novas do Imperador, A Colina dos Elfos, A Pastora e o Limpador de Chaminés e A Polegarzinha. Conta-se que Andersen passava horas contando histórias às crianças, brincando e ouvindo-as.

34 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… Encontro com…

No dia 31 de Maio, o escritor Daniel Marques Ferreira esteve nas bibliotecas das nossas escolas onde falou aos alunos do 2º ano, da sua paixão pelos livros e pela escrita. Apesar de a sua actividade profissional estar ligada ao design, disse que gosta mais de escrever do que de pintar. Confidenciounos também que o livro que mais o marcou foi O Meu Cavalinho de Pau, Amigo do Coração, porque se trata da história da sua vida quando era criança. Acrescentou, ainda, que um dos personagens é uma homenagem à sua professora da 4ª classe, porque foi ela uma das grandes responsáveis pelo seu gosto pela leitura que o tem acompanhado ao longo da vida. Falou-nos também que profissionalmente, quando jovem, desejou ser professor do primeiro ciclo, mas o pai não o apoiou pois dizia que era uma profissão para senhoras. Daniel Marques Ferreira, às Na Biblioteca da crianças que não gostam de ler, EB1/JI da Amorosa aconselhou-as a lerem livros sobre as temáticas que mais lhes interessam, de forma a criarem o gosto pela leitura. Os alunos da EB1/JI da Praia deslocaram-se à Biblioteca da EB1/JI da Nogueira Pinto, onde estiveram com o escritor.

Apanhados a ler: Ler é um prazer … 1 de Junho – Dia Mundial da Criança “Cruzeiro das três pontes no rio Douro”

No recreio da escola da Amorosa 35 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 2/3 Leça da Palmeira “A Biblioteca é uma casa onde cabe toda a gente” Foi assim, com este mote, que abrimos as portas da Biblioteca a toda a comunidade educativa, no início do presente ano lectivo, e, chegados a este momento, podemos afirmar que o nosso objectivo foi plenamente atingido, dadas as condições existentes, condicionadas, em parte, pelas obras de intervenção no espaço escolar. Nas edições anteriores do Jornal Nova Onda temos divulgado e destacado diversas actividades dinamizadas pela Equipa da Biblioteca e/ou por Departamentos, Áreas Disciplinares, Projectos e Professores que

utilizaram este espaço e que, deste modo, contribuíram para que se tornasse um espaço agregador de conhecimento, de apoio às aprendizagens, de apoio ao currículo e, naturalmente, implicado no desenvolvimento da literacia da informação, tecnológica e digital, na formação de leitores competentes e críticos e na construção da cidadania. Assim, dando continuidade a esta divulgação, temos ainda a destacar algumas actividades e comemorações que ocorreram no final do 2º Período e ao longo do 3º Período:

Contos com Reflexão No passado dia 17 de Março, os alunos do 7º ano participaram numa actividade de consolidação da leitura da obra de Ana Saldanha, Uma questão de cor. Ao longo do dia, fizeram-se cinco sessões. O local escolhido foi a nossa Biblioteca, pois, com tão poucos espaços nesta velhinha escola, continua a ser a nossa acolhedora sala de visitas. Um representante da entidade Mundo Brilhante deslocou-se à escola e, num tom muito diferente daquele a que os alunos estão habituados, utilizando a base da provocação, pôs os alunos a reflectir. Sobre o mundo, sobre as pessoas, sobre o futuro, sobre a diferença, sobre a obra lida… Quem diria! Espantou como alunos tão diferentes conseguiram ouvir, silenciar, pensar, falar… E que coisas importantes disseram! E eram apenas alunos de 7º ano! Com toda a certeza que alguns alunos (quem sabe, bastantes) vão pegar na obra de novo para a relerem e verem nela o que está para além dela própria. Aprenderam que há sempre algo para descobrir e que, normalmente, não está escrito. É preciso pensar! Há tão poucas oportunidades em que os alunos são obrigados a pensar… Ana Maria Soares Subcoordenadora de Língua Portugues

Comemoração do Dia Mundial da Poesia Sendo 2011 o Ano Internacional da Floresta, a Biblioteca associou-se a esta comemoração e, de 21 a 25 de Março, divulgou poemas de diversos escritores nacionais e lusófonos, em que a Natureza, a Árvore e/ou a Floresta são uma constante. Fizeram-se marcadores que foram distribuídos junto da comunidade local. A turma EFA B2 - EP Feminino de Santa Cruz do Bispo integrou também esta iniciativa.

36 | Nova Onda | Julho 2011

A uma cerejeira em flor Acordar, ser na manhã de Abril a brancura desta cerejeira; arder das folhas à raiz, dar versos ou florir desta maneira. Abrir os braços, acolher nos ramos O vento, a luz ou o que quer que seja; sentir o tempo, fibra a fibra, a tecer o coração de uma cereja. Antologia Breve, Eugénio de Andrade


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 2/3 Leça da Palmeira Concerto de Música Tradicional Portuguesa No dia 24 de Março, perante um público atento e interessado, constituído maioritariamente por alunos do 3º Ciclo das turmas 7ºC; 8ºB; 8ºD e 9ºC, os alunos do regime articulado, sob a orientação do professor Elísio Cruz, levaram-nos em viagem por terras de Portugal e deliciaram todos os presentes com um belíssimo concerto.

Campanha Global pela Educação De 2 a 9 de Maio, a Equipa da Biblioteca preparou uma montra de livros centralizada na temática “A Igualdade de Género”, dando um grande destaque às mulheres que se evidenciaram no mundo da escrita “Escrita no Feminino”. No “auditório” da Biblioteca, alunos do 3º ciclo, do 8º e do 9º ano, participaram nas palestras “Educação para raparigas e mulheres: percurso pessoal” - um testemunho da Dr.ª Lurdes Queirós, e “Cultura vs Ética”, proferida pelo Dr. José Carlos Soares. Esta actividade, dinamizada pela Equipa dinamizadora da Semana Global para a Educação, teve grande receptividade por parte dos alunos.

Semana da Europa Na nossa Escola, a Semana da Europa foi bastante participada e as atividades realizadas, muito diversificadas, demonstraram bem o envolvimento e empenho de alunos e professores. Na biblioteca, esteve patente uma exposição de trabalhos de alunos, associados a esta temática, que foi muito apreciada pelos visitantes. Estão de parabéns os alunos e as professoras Maria Ribeiro e Paula Dionísio, que organizaram e dinamizaram esta actividade. Foi com imenso prazer que recebemos a visita do Jardim de Infância da Escola Nogueira Pinto e do Barquinho. Foi-lhes apresentada uma história da Holanda: “Hans, o Herói de Haarlem”. Houve também uma grande divulgação de livros, CDs e folhetos informativos relativos à União Europeia, aos países membros e à literatura

infanto-juvenil dos mesmos, sobretudo Lendas e Contos Tradicionais. 37 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 2/3 de Leça da Palmeira Semana Verde

A Biblioteca associou-se à comemoração da Semana Verde, que decorreu de 30 de Maio a 3 de Junho, apresentando: - Montra de livros - Passatempos e Concursos - “Doces Leituras Ecológicas” - livrinhos feitos com material reciclado, constituídos por uma selecção de poemas e pequenos textos alusivos à defesa do ambiente, à ecologia, à preservação dos rios e florestas. Esta actividade, inserida no projecto aLeR+, foi também divulgada à comunidade local, no Café First One e na Confeitaria Leza.

Fórum de Leitura | 6º9 Os pais e alunos do 6º9 reuniram-se, no passado dia 20 de Junho, na Biblioteca Escolar, com o Director de Turma, professor José Carlos Pinho, a professora de Estudo Acompanhado, Armanda Zenhas, e a professora bibliotecária para se sensibilizar uns e outros para a importância da leitura no sucesso educativo das crianças e jovens. Os alunos apresentaram um trabalho elaborado nas aulas de Estudo Acompanhado “Ler é…”, em que a professora Raquel Freire também participou. Partilharam-se ideias e experiências e o incentivo à leitura saiu mais reforçado. Ficou a promessa de, no próximo ano lectivo, todos os alunos presentes neste encontro se inscreverem no Clube Mágico da Leitura. Cá os esperamos.

38 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 2/3 de Leça da Palmeira Concursos

Os nossos concursos continuam a ter um número muito considerável de seguidores que, semana após semana, põem à prova os seus conhecimentos. Dá gosto vê-los a dirigirem-se para o expositor onde se afixam os resultados, à procura dos seus nomes na lista dos vencedores. No 2º e 3 períodos, distinguiram-se os seguintes alunos:

Pontapés na Gramática João Manuel Refega – nº12 – 5º3 Alexandre Rocha – nº 2 - 6º5 (ex-aequo) Pedro Ramalho – nº23 – 6º5 (ex-aequo)

À Boleia pela Europa Teresa Melo – nº19 – 8ºB

Mergulho na História Maria Inês Monteiro – nº18 - 9ºD

Caça-Provérbios Carolina Guimarães – nº4 – 6º6

Concurso | “Uma aventura… Literária” 2011 As monitoras na Biblioteca, Margarida Magalhães, do 7ºD, e Maria Monteiro, do 9ºD, participaram no Concurso Uma Aventura… Literária 2011, na modalidade Teatro, e foram premiadas pela Editora Caminho, graças à qualidade do trabalho apresentado, colocando a nossa escola entre as 7 vencedoras.

Parabéns a todos: Sofia Beco, Inês Gonçalinho, Renato Oliveira, Nuno Oliveira, Diogo Rebelo, Diogo Ferreira, Maria Monteiro, Patrícia Bastos, Margarida Magalhães, Vasco Pina e Maria João Coimbra. Foram fantásticos! Toda a notícia em: http://biblioleca.blogspot.com

A convite da editora Caminho, a E.B. 2, 3 de Leça da Palmeira levou à cena, no Teatro Maria Matos, no passado dia 31 de Maio, a adaptação do capítulo 6 do livro “Uma Aventura no Alto Mar”, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. Para além dos prémios e certificados entregues às autoras do texto encenado, a Escola foi contemplada com o prémio de “Melhor Encenação” e os alunos Nuno Oliveira, 9ºD, e Diogo Rebelo, 9ºBreceberam o prémio de “Melhores Actores Secundários”. 39 | Nova Onda | Julho 2011


QUERIDAS BIBLIOTECAS… EB 2/3 de Leça da Palmeira Prémios, muitos prémios… na biblioteca

Merecem-nos um destaque especial os alunos que, sendo sócios do Clube Mágico da Leitura, se distinguiram pelo facto de serem leitores

!

Leitor Mais do Ano, do 2º Ciclo: Carolina Guimarães - nº4 | 6º6 - Leu 75 livros da Biblioteca

Leitor Mais do Ano, do 3º Ciclo: Cátia Sofia Alves da Silva - nº7 | 7ºE - Leu 36 livros da Biblioteca

Leitor Mais do 3º Período: José Pedro Ferreira de Sousa - nº 15 | 5º6

Um louvor aos Monitores que foram assíduos, responsáveis e colaboraram sempre com a Equipa da BE: Ana Margarida Magalhães - 7ºD; Maria Inês Monteiro - 9ºD; Sofia Carrancho - 6º3; Maria Inês Neves - 6º3; Mafalda Silva - 6º3; Ana Filipa Castro - 6º5 e Carolina Ferreira - 6º8. Só nos resta agradecer à Direção, à Associação de Pais, aos Embaixadores da Leitura, a toda a Comunidade Educativa a colaboração e o incentivo que nos têm dado.

Boas férias e muitas e boas leituras!

40 | Nova Onda | Julho 2011


Plano Tecnológico da Educação (PTE)

PTE

INICIATIVA APRENDER E INOVAR COM TIC

No âmbito da iniciativa “Aprender e Inovar com TIC”, o agrupamento avançou com a sua candidatura. O projeto apresentado -“Sucesso.com.Tic” foi aprovado e financiado pelo Ministério da Educação/DGIDC. Tendo como finalidade promover a utilização educativa das TIC com vista à melhoria das aprendizagens dos alunos, este projeto envolve, desde já, seis escolas do agrupamento: EB 2,3 de Leça da Palmeira, EB1 do Corpo Santo, EB1/JI da Portela, EB1/JI da Viscondessa, EB1/JI Nogueira Pinto e JI Monte Espinho.

ATIVIDADES DA SEMANA SEGURANET Na semana de 7 a 11 de fevereiro de 2011, foram dinamizadas, em várias escolas do agrupamento, atividades sobre as temáticas relacionadas com a Segurança na Internet. No jardim de infância da Amorosa, sala 1, crianças de 3, 4 e 5 anos debateram questões relacionadas com a Segurança da Internet. As respostas dadas foram registadas num desdobrável criado pela educadora e que as crianças levaram para casa.

41 | Nova Onda | Julho 2011


PTE

Plano Tecnológico da Educação (PTE) ATIVIDADES DA SEMANA SEGURANET

Na EB1/JI da Amorosa, as turmas 1 e 2, do 1º ano, realizaram várias atividades relacionadas com a semana da Internet Segura, acolhidas com entusiasmo pelos alunos. Entre as atividades desenvolvidas, estão a apresentação do Magalhães aos alunos, manipulação do mesmo, diálogo com os alunos sobre a Internet, o que é?, para que serve? e como deve ser utilizada com segurança pelos mais pequenos.

Nas EB1/JI da Viscondessa (2 turmas do 3º ano) e EB1 do Corpo Santo (1 turma do 4º ano), foram explorados, na biblioteca, os jogos para o 1ª CEB da SeguraNet, nomeadamente os tópicos e-mail e conviver na Internet. Dinamizadas pela professora bibliotecária, e com a colaboração das professoras titulares de turma, fez-se uma primeira abordagem à temática - “Vamos aprender!” – seguida da exploração dos diferentes jogos disponíveis. Na EB1/JI da Praia, alunos do 1º ano ao 4º realizaram atividades sobre Segurança na Internet. No 1º ano, realizaram-se jogos educativos. No 2º ano, trabalhando em grupo, produziu-se um cartaz. No 3º ano, os alunos responderam a um questionário sobre a utilização da Internet: “Se um Ciber Amigo te perguntasse as seguintes questões, num Chat, respondias?”.

42 | Nova Onda | Julho 2011


Plano Tecnológico da Educação (PTE)

PTE

ATIVIDADES DA SEMANA SEGURANET

No 4º ano, realizou-se a sessão de sensibilização “Vocês sabem quais são os PERIGOS de um mau uso da INTERNET?”, dirigida pelos alunos aos seus encarregados de educação. No final, pais e filhos assinaram uma "Carta de Compromisso" sobre a utilização da Internet.

Na EB 2,3 de Leça da Palmeira, foram realizadas as seguintes atividades:

 

Publicação de conteúdos sobre segurança na Internet na moodle do agrupamento. Exploração dos jogos educativos SeguraNet, na biblioteca.

Exposição, na Biblioteca, de cartazes e apresentações produzidas pelos alunos.

43 | Nova Onda | Julho 2011


PTE

Plano Tecnológico da Educação (PTE) ATIVIDADES DA SEMANA SEGURANET 

Preenchimento de um questionário online, disponibilizado na plataforma moodle do agrupamento sobre “Como utilizo a Internet?“. 10%

20%

82%

Estudar, pesquisar informação ou fazer trabalhos

57%

Participar em chats Enviar mensagens de correio electrónico (email) 30%

Participar em blogues Participar em redes sociais (facebook,...), Fazer downloads de músicas, filmes ou séries, jogos...

69% 15%

61%

Ler ebooks e/ou jornais e revistas online Outros

Participação em fóruns de discussão no moodle do agrupamento (exemplos).

“Eu acho que as actividades realizadas foram muito divertidas e ao mesmo tempo educativas! Adorei realizá-las! Conselho(s) que daria: Ter muito cuidado com a nossa informação pessoal. Não fazer downloads ilegais.” “Adorei realizar as actividades sobre a Segurança na Internet. Aconselharia às pessoas que navegam na Internet que tenham cuidado com quem falam ou que não dêem dados pessoais, nem vossos nem dos vossos amigos.”

Apresentação de vídeos de sensibilização para a Segurança na Internet (exemplos)

44 | Nova Onda | Julho 2011


Plano Tecnológico da Educação (PTE)

PTE

ATIVIDADES DA SEMANA SEGURANET  

Realização de debates em sala de aula. Criação de marcadores (exemplos).

Elaboração de textos para banda desenhada.

O relatório completo desta atividade pode ser visualizado em: http://issuu.com/ticleca/docs/relatorio_semanaseguranet2011

45 | Nova Onda | Julho 2011


SPO

Serviço de Psicologia e Orientação O chuto está dado! Após dez longos meses de uma gestação cheia de sobressaltos e angústia, instalou-se o sentimento de satisfação e a sensação de que “Valeu a pena!”. Este sentimento é partilhado não só pela minha pessoa, mas também por vários

outros

elementos

da

comunidade

educativa, que acompanharam os passos dos vários elementos do Clube do Chuto. Este Clube,

tal

como

anteriormente

foi

referido

publicado

neste

no

artigo

jornal,

é

constituído por alunos do segundo ciclo, com percursos

escolares

insucesso

escolar

marcados e

falta

de

por

grande

assiduidade.

Felizmente, 75% destes alunos (15) deram o chuto, ou seja, transitaram de ano. Isto, em termos práticos, significa que, para muitos deles, renasceu a esperança de integrar um curso de educação e formação. Os 25% (5 alunos) que ficaram retidos são jovens que não alteraram a sua falta de assiduidade ou o seu mau comportamento, apesar dos muitos esforços desenvolvidos. Agora que o ano lectivo terminou e já é possível

respirar

com

maior

tranquilidade,

parece-me importante reflectir nos ingredientes que tornaram esta experiência numa experiência de sucesso, a repetir num próximo ano lectivo, nesta e, eventualmente, em outras escolas. Antes de mais, parece-me fundamental adoptar, face a jovens como estes, a perspectiva de que não existem casos perdidos. Para todos os alunos, mesmos para aqueles para quem parece não existir solução, é urgente ser criativo e ir reinventando novas estratégias. Como exemplo, posso apresentar uma situação em que o 46 | Nova Onda | Julho 2011


SPO combate à falta de assiduidade passou pelo

Seria interessante reunir todos estes alunos

envolvimento do treinador desportivo do aluno.

daqui a alguns anos, de forma a avaliar o impacto

Sem a colaboração preciosa deste, teria sido

que este clube teve no seu percurso. A avaliação

muito difícil mantê-lo na escola.

actual feita por eles foi, de forma unânime, muito positiva, o que me ajudou a relativizar muitos dos

O sucesso de um projecto como este passa sobretudo pelo trabalho em equipa. O

momentos de intranquilidade que todo este grupo me gerou.

trabalho conjunto do SPO (Serviço de Psicologia e Orientação), dos directores de turma, dos

No

próximo

ano,

este

clube

será

conselhos de turma e da professora Augusta

provavelmente alvo de uma reestruturação, em

Magalhães foi determinante para que o chuto

termos de população-alvo. A aposta numa

fosse dado. Felizmente, tenho o privilégio de

intervenção mais precoce implicará sobretudo um

trabalhar com excelentes directores de turma e

trabalho

mais

centrado

no

ciclo.

professores com quem é possível fazer um trabalho verdadeiramente articulado e contínuo! O trabalho dos SPO só pode ser realmente frutífero se, em todo o momento, houver uma articulação com todas as partes envolvidas nos problemas. Um

outro

aspecto

que

me

parece

importante sublinhar neste projecto, e que foi também fundamental para o seu sucesso, foi a existência de pequenos prémios que foram sendo atribuídos ao longo do ano lectivo. Estes prémios, que se traduziram essencialmente em várias saídas

da

escola,

tiveram

igualmente

um

contributo decisivo na manutenção da motivação destes alunos, que, à partida, parecia quase impossível. Em jeito de confissão, o balanço final que faço deste projecto é que ele compensou toda a angústia que antecedeu cada saída ao exterior da escola. Sair da escola com estes “safadinhos”

foi

sempre

uma

aventura

permanente.

47 | Nova Onda | Julho 2011


EP/M

ESTABELECIMENTO PRISIONAL/ MASCULINO (EP/M) 7º Encontro Nacional de Professores a Leccionarem em Estabelecimentos Prisionais | 9, 10 e 11 de Junho - Bragança Os professores Álvaro Mendes, António Salvador, Carla Raquel e César Oliveira, participaram no 7º Encontro Nacional de Professores a Leccionarem em Estabelecimentos Prisionais, em Bragança, tendo o referido encontro sido realizado na Escola Augusto Moreno. O Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte, participou como entidade parceira, acreditada pelo Conselho Científico Pedagógico da Formação Científica com o registo nº CCPFC/ENT/AE 1009/08, responsável pela organização do processo técnico-pedagógico da acção e pela creditação dos docentes. Os objectivos do evento foram, proporcionar uma reflexão e um debate pluridisciplinares, nomeadamente entre os palestrantes, as instituições escolares, as prisionais, e todos os participantes, em matéria de programas de educação/formação, objectivando uma mais profícua reinserção socioprofissional dos reclusos, e ainda, construir saberes e partilhar boas práticas. O grupo de professores levantou-se muito cedo para às 9 h 00 estar na escola Augusto Moreno, em Bragança, para a sessão de abertura solene com as entidades convidadas decorrendo o evento com palestras agrupadas em diferentes paineis, saraus culturais (música, poesia e dança), extractos de vídeos, exposição e feira do livro.

A participação da nossa delegação consistiu na cooperação nos painéis que fizeram parte do encontro, tendo participado activamente com uma exposição permanente de trabalhos realizados pelos formandos (reclusos) em Artes Decorativas, com a orientação dos professores António Salvador e Carla Lopes. Na apresentação do tema "Motivação para a Acção" o professor Álvaro Mendes, utilizando como suporte um Powerpoint elaborado em conjunto com o professor Luís, explicou como motiva os reclusos para a sua inscrição e frequência nas várias ofertas educativas da Escola Associada. Questionou o facto de algumas escolas em alguns estabelecimentos prisionais funcionarem com condições muito inferiores a outras, propondo que para futuro houvesse mais equidade. O professor César Oliveira fez uma demonstração prática das estratégias que utilizou, durante o Ano Lectivo, para motivar os seus Formandos (reclusos) a participarem nas aulas de Educação Musical. Terminado o encontro, regressamos a casa orgulhosos, do dever cumprido e com a consciência de que a nossa contribuição foi bastante positiva, mas que trabalhamos em condições muito inferiores às de outros Estabelecimentos Prisionais, nomeadamente no que se refere a material audiovisual e informático.

Emoções Partilhadas | Exposição de 6 a 9 de Junho | Auditório EB 2/3 Leça Artes Decorativas Como vem sendo hábito, de há quatro anos a esta parte, esteve patente à comunidade escolar e público em geral a exposição de Artes Decorativas e Musicais, com o tema "EMOÇÕES PARTILHADAS", trabalhos realizados pelos reclusos do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo / Masculino, ao longo do ano lectivo. A exposição foi inaugurada no dia 6 de Junho pelas 10 horas, na presença do Director do Estabelecimento Prisional assim como da sua adjunta, do Director do Agrupamento, dos professores de Artes Decorativas: António Salvador, Carla Lopes e do professor de Educação Musical César Oliveira, de três reclusos, bem como alguns colegas do agrupamento e funcionários. A mensagem transmitida pelos Directores, em relação a este projecto, é, de que deve continuar, dando as felicitações a todos os que contribuíram para o sucesso desta actividade. Os professores envolvidos neste projecto, sentiram-se orgulhosos dos elogios endereçados pelos directores do EP e do Agrupamento ao trabalho realizado. Quanto às visitas, a exposição foi bastante frequentada, tendo mesmo turmas completas visitado a exposição acompanhadas por professores de diversas áreas disciplinares. 48 | Nova Onda | Julho 2011


EPE/F

ESTABELECIMENTO PRISIONAL ESPECIAL/FEMININO (EPE/F) Corredores de Liberdade

O trabalho desenvolvido pela equipa de professores da Escola EB 2/3 de Leça da Palmeira na implementação do Projecto Educativo concebido para o EPE de Santa Cruz do Bispo procura ser uma lufada de ar fresco para quem se vê privado da liberdade, pelas mais variadíssimas razões. Entre currículos, aprendizagens, actividades, avaliações, vivências, ânimos e desânimos, o que une esta equipa é bem mais forte do que aquilo que os separa. Acreditamos na possibilidade da educação fazer a diferença nos projectos de vida das formandas contribuindo para uma integração plena na vida activa, num futuro próximo. A actividade pedagógica está ancorada numa lógica integrada onde a construção da sociabilidade vai sendo retroalimentada com o desenvolvimento de novos saberes cognitivos e afectivos. Assim foram dinamizadas as seguintes acções: Alfabetização / 1º ciclo do Ensino Recorrente EFA B2 (Educação e Formação de Adultos) UFCDs (Unidade de Formação de Curta Duração): Português para Estrangeiras, Iniciação ao Inglês e TIC Extracurriculares: Expressão Plástica e Música

Do PAA… às atividades

49 | Nova Onda | Julho 2011


EPE/F

ESTABELECIMENTO PRISIONAL ESPECIAL/FEMININO (EPE/F) Do PAA…às atividades

A Vez e a Voz das Formandas «Tenho mais sabedoria: já vou lendo as cartas que o meu marido me escreve e entendo melhor o que dá na televisão.»

«Eu estudo porque quero ter estudos para poder tirar um curso, para poder mudar a minha vida quando sair desta casa.»

«Já sei ler e escrever alguma coisa e é muito bom... Já não preciso de dar a vida a saber.»

«… mas agora, com o passar do tempo, eu vejo realmente o quanto a escola é importante para nós. É importante para tudo: para um emprego, para um futuro melhor para mim e para os meus filhos. »

«Quero ser alguém na vida. » «A escola é importante para ninguém me enganar! Já sei apontar as peças que faço todos os dias. Já não sou enganada.»

«… vou continuar a estudar e aproveitar, com unhas e dentes...»

«A escola para mim foi muito importante e vai ser sempre. Ajuda-me muito a ter um sentido para a vida.»

«… no ano passado, não consegui passar mas este ano estou com mais atenção e vou aproveitar tudo para o meu futuro.»

«... Eu gosto de vir à escola porque nos dá um objectivo para um dia sermos alguém, termos um futuro e sentirmos que podemos ser o que quisermos, dentro da realidade. É para isso que a escola me dá forças.»

«Para mim a escola foi um desafio que, se calhar, se estivesse lá fora não me interessava muito…»

«Gosto de todos os meus professores. Acho que todos ensinam bem porque são rígidos. Eu concordo que sejam assim.»

50 | Nova Onda | Julho 2011

«A escola, para mim é, foi e sempre será uma mais valia no meu percurso de vida. Agradeço muito a todas as pessoas que confiaram e confiam nas minhas capacidades.»


DIA DA EUROPA

COMEMORAÇÕES | DIA DA EUROPA

No dia 9 de Maio de 1950, Robert Schuman, então Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, influenciado pelo importante homem de negócios Jean Monnet, proferiu um célebre discurso no salon de l'Horloge do Quai d'Orsay, no qual propôs o estabelecimento de uma união entre a França e a Alemanha para a gestão comum do carvão e do aço, aberta a outros Estados Europeus. Este dia marcou o começo da actual União Europeia e foi por esse motivo que, na Cimeira de Milão, de 1995, foi adoptado o dia 9 de Maio como o Dia da Europa. No presente ano lectivo, o Agrupamento de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do Bispo em parceria com o Centro Europe Direct Porto e com a Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, comemorou o Dia da Europa, organizando alguns eventos destinados a toda a comunidade educativa.

Exposição na Biblioteca De 9 a 13 de maio, esteve patente na Biblioteca uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos, filmes, documentários e jogos, alusivos a temáticas da União Europeia. Foram disponibilizados materiais, cedidos por algumas instituições contactadas pela escola, como um conjunto de painéis sobre o aparecimento, os fundamentos, as instituições e os sucessivos alargamentos da União Europeia, assim como vários mapas, cartazes, livros, brochuras e folhetos informativos, que foram distribuídos a todos os visitantes da exposição. O público-alvo desta foi toda a comunidade educativa, englobando todos os níveis de escolaridade do agrupamento, encarregados de educação, corpo docente e assistentes operacionais.

Euroconcurso Ainda no âmbito das comemorações do Dia da Europa, organizou-se, mais uma vez, o Euroconcurso, destinado a todas as turmas do 3º ciclo, sendo as equipas vencedoras do 7º D, 8º D e 9º E.

51 | Nova Onda | Julho 2011


DIA DA EUROPA

COMEMORAÇÕES | DIA DA EUROPA Conferência “25 anos de Portugal na Europa explicados aos mais novos” Conferência de Leonardo Costa, director adjunto da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica, sobre os 25 Anos de Portugal na Europa e o impacto da adesão às Comunidades Europeias na vida económica e social do país aos alunos das escolas locais. A sessão "25 Anos de Portugal na Europa explicados aos mais novos" resultou da parceria entre o Centro de Informação Europe Direct Porto, o Centro de Documentação Europeia da Universidade Católica, a Junta de Freguesia e a nossa escola. Realizada no dia 10 de Maio, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, esta contou com a presença do conferencista, do director do agrupamento, professor Jorge Sequeira, do presidente da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, Dr. Pedro Sousa, da coordenadora do Departamento de Ciências Sociais e Humanas, professora Manuela Ferreira e do representante do Europe Direct Porto, Dr. João Frutuoso, para além de pais, professores e alunos.

Sessões de informação promovidas pelo centro Europe Direct Porto “A Europa vai à Escola” As sessões informativas designadas de “A Europa vai à Escola”, dinamizadas por técnicos do Centro Europe Direct Porto, que decorreram nos dias 16 e 18 de Maio, destinadas a turmas 6º, 7º e 9º anos de escolaridade, decorreram de forma participada pelos alunos.

Cantinho da Europa Entre os dias 24 e 26 de Maio, foi organizado o Cantinho da Europa, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, no qual se procedeu à mostra de trabalhos dos alunos, visionamento de filmes e apresentações electrónicas e disponibilizou-se alguns materiais informativos para os visitantes.

52 | Nova Onda | Julho 2011


CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | EB1/JI Amorosa Na nossa escola, a maior parte das turmas resolveu aliar as atividades da Campanha Global pela Educação às comemorações do Dia da Mãe, já que o tema deste ano da campanha era “Educação para raparigas e mulheres”. Assim, enaltecendo o papel e a importância das mulheres, as mães foram convidadas a vir à escola para participar nas atividades propostas. Foram contadas histórias, fizeram-se debates, construíram-se bonecas, viram-se filmes, fizeram-se jogos, construíram-se bilhetes de identidade para as crianças, apresentaram-se dramatizações, fizeram-se cartazes, entregaram-se brochuras sobre a campanha, as mães deram os seus testemunhos sobre vivências próprias, etc…

Estas atividades valeram pela participação e envolvimento de todos os docentes da escola, pela participação e envolvimento de grande parte dos encarregados de educação, nomeadamente das mães dos alunos, pela valorização do papel da mulher na sociedade, pela valorização da importância da educação para todos, pela reflexão sobre os papéis de género e diferentes realidades, necessidades e vivências.

CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | JI Monte Espinho No JI de Monte Espinho, depois de sensibilizar as crianças com um vídeo sobre a importância de todos frequentarem a escola e terem direito à educação, tanto os rapazes como as raparigas, cada criança elaborou o seu próprio bilhete de identidade como símbolo de pertença e valorização do seu país e da sua identidade.

53 | Nova Onda | Julho 2011


CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | EB1/JI Praia A EB1/JI da Praia participou este ano na Campanha Global pela Educação com várias atividades. Cada turma do 1º ciclo trabalhou na semana anterior a actividade escolhida: O 1º ano escreveu mensagens sobre o tema para serem coladas num Cartaz; o 2º ano fez cartazes com desenhos, colagens e informações escritas; o 3º ano compilou um questionário que foi enviado por email às entidades que de alguma maneira têm responsabilidades nesta área e o 4º ano pesquisou personalidades (mulheres) que se destacaram universalmente.

Todas estas atividades culminaram numa exposição, onde convidamos os encarregados de educação e a comunidade educativa a visitá-la, durante a Semana Global pela Educação. O JI da Praia participou este ano com a elaboração de um cartaz alusivo ao tema, com pinturas, recortes e colagens e realizou um jogo de Rugby, convidando os pais e a comunidade educativa a assistir, sensibilizando-os para o tema “Educação para Raparigas e Mulheres”.

Veja no site do Agrupamento o PowerPoint sobre a Campanha Global da Educação da EB1/JI da Praia

54 | Nova Onda | Julho 2011


CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO

CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | EB1/JI Viscondessa Na EB1/JI da Viscondessa realizaram-se, na parte da manhã, sessões de entrevista a uma individualidade feminina da terra: a presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz do Bispo, Dr.ª Lurdes Queirós. Tendo ocorrido nesse mesmo dia a Comemoração do Dia da Mãe, à tarde, foi apresentado um vídeo a todas as mães onde é valorizado o papel da mulher, onde são apresentados benefícios que resultam da educação (nomeadamente da educação das meninas) e enaltecidos os resultados da continuidade dessa educação nas gerações vindouras. Todas as mães foram ainda convidadas a partilhar com a comunidade a sua experiência/opinião sobre o assunto, tendo sido criado um placar para tal.

Destacam-se o interesse revelado pelos alunos pela entrevista e a articulação entre os docentes envolvidos em cada sessão, no sentido de se apresentar um guião colectivo coerente, a sensibilidade demonstrada pelas mães que partilharam as suas opiniões/experiências no placar e o enquadramento dado ao vídeo e à temática deste ano da Semana de Acção Global pela Educação na Comemoração do Dia da Mãe. No passado dia 2 de Maio, a comunidade educativa envolveu-se na SEMANA DE ACÇÃO GLOBAL PELA EDUCAÇÃO… …e o resultado pode ser testemunhado a seguir!

De manhã… Entrevista à Dra. Lurdes Queirós, presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz do Bispo

Placar “A mãe dá a sua opinião…” Temática: Educação para raparigas e mulheres Placar enquadrado na dinâmica da Comemoração do Dia da Mãe

De tarde… Vídeo Temática: Educação para raparigas e mulheres Vídeo enquadrado na dinâmica da Comemoração do Dia da Mãe

CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | EB 2/3 Leça da Palmeira A semana de Ação Global para a Educação foi vivida, na escola sede de agrupamento, em duas frentes. A Grande História, por cada turma, em contexto de sala de aula. Alunos e professor(a) analisaram imagens, textos e vídeos e refletiram sobre as razões subjacentes à impossibilidade de todas crianças e jovens do mundo irem à escola. “À conversa com...” foi uma atividade, dinamizada na Biblioteca, dirigida aos 8º e 9º anos, com a presença de personalidades exteriores à escola, políticos e professores aposentados, que exploraram o tema, dialogando com os alunos. Estes momentos constituiram-se, na generalidade, como oportunidades de reflexão e questionamento, por muitos considerados como excelentes e que deveriam ocorrer com mais frequência. Uma maior sensibilização de toda a comunidade escolar, um maior envolvimento do poder político local e uma maior participação nos fóruns online são referidos como aspetos a melhorar. 55 | Nova Onda | Julho 2011


CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO CAMPANHA GLOBAL EDUCAÇÃO | JI Junta Uma experiência no Paquistão

Foi um momento vivido intensamente pelas crianças, quer na preparação da comemoração do próprio dia, quer na sua concretização e no balanço final. Para prepararmos este momento, procedeu-se à exploração do poema que abaixo incluímos, poema este que foi facilmente interiorizado pelos grupos, quer ao nível da reprodução do texto, quer da interpretação/descodifica “Os meninos que não podem ir à Escola ção da mensagem. Há meninos cá na Terra Que não conseguem cantar; Que não conseguem brincar; Porque têm de ir à guerra! Há meninos cá na Terra Que nem conseguem dormir: Vivem num país em guerra Que não os deixa sorrir! Há meninos a lutar Para ter o que comer; Para poder sobreviver Até a paz regressar. Há meninos a sonhar Com o dia que virá Em que a guerra acabará E a escola possam voltar! (Mª Teresa Maia Gonzalez)”

No final da apresentação, as crianças manifestaram interesse em satisfazer algumas curiosidades através de perguntas:

Também foi elaborado um painel que decorou o salão nobre da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, referente ao tema Educação para todos/todas. A voluntária que foi apresentar a sua experiência de vida e interagiu com as crianças, pais e restantes convidados, inicialmente, demonstrou-se um pouco apreensiva, porque o público-alvo era bastante jovem, contudo, conseguiu transmitir a sua mensagem de forma adequada, uma vez que aplicou uma linguagem simples e utilizou um modelo de interação criativo como, por exemplo, a simulação de uma viagem de avião até ao Paquistão.

“Como é que era o teu dia no Paquistão?” “Como é que existe a Guerra?”

Gostaram também da participação do Sr. Vereador Correia Pinto quando “Como é que mencionou que deviam aprender com as aprendeste a falar a professoras, ser amigos dos colegas e língua deles?” respeitar os pais. Com isto as crianças puderam aperceber-se da existência de “culturas” diferentes da sua, das dificuldades existentes devido à guerra e de que podem, mesmo face à distância, contribuir e melhorar no seu próprio país, na família, na escola e comunidade promovendo a cidadania e a paz. Posteriormente, as crianças fizeram um registo da actividade donde surgiram algumas frases autênticas como: “queremos construir um Mundo melhor!”; “ Partilhar”, “ fazer atos de Amor”; “Já aprendi a fazer as pazes”, “temos de dar muito amor aos pobrezinhos”; “temos que ir à escola para aprender”…! 56 | Nova Onda | Julho 2011

“Iraíse, porque é que tu quiseste ir ajudar aqueles meninos?”


FEIRA DO LIVRO

FEIRA DO LIVRO | Leça da Palmeira

A Feira do Livro de Leça da Palmeira decorreu de 20 de maio a 5 de junho numa tenda colocada para o efeito, no parque em frente à Junta de Freguesia de Leça da Palmeira Promovida e organizada pela Junta de Freguesia de Leça da Palmeira, a feira do livro 2010/11, contou com a participação activa do Agrupamento de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do Bispo, nomeadamente, do pré-escolar, do 1º ciclo e da EB 2/3 de Leça da Palmeira.

Também a comunidade, representada pelas famílias dos nossos alunos, marcou presença …

Diariamente concretizaram-se animações em que as crianças dos Jardins de Infância de Leça da Palmeira e de algumas salas do 1º ciclo, foram os protagonistas.

Os trabalhos dos alunos dos JIs foram um sucesso! O produto foi canalizado para a aquisição de materiais ligados ao projecto.

Organizou-se uma exposição dos trabalhos realizados pelas crianças, ao longo do ano lectivo, no âmbito do projecto aLeR+.

57 | Nova Onda | Julho 2011


FEIRA DO LIVRO FEIRA DO LIVRO | Leça da Palmeira

Este ano a Feira do Livro de Leça da Palmeira contou, pela primeira vez, com a participação do “Projecto Rios” e das Comemorações da Semana da União Europeia, Projecto e Actividade realizados por docentes do 3º Ciclo da Eb2,3. Projecto Rios e exposição de trabalhos

Projecto “Rios”: Dramatização feita pelos alunos da EB23, “Rio Leça: Um Rio com História”. Os alunos operacionalizaram a coreografia de uma dança tradicional, “aprendida” com o Rancho D’Amorosa. (ver artigo página ….)

SEMANA EUROPEIA No âmbito desta comemoração, foi realizada uma Palestra e uma exposição no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira.

58 | Nova Onda | Julho 2011


FEIRA DO LIVRO

FEIRA DO LIVRO | Santa Cruz do Bispo

A Feira do livro de Santa Cruz do Bispo decorreu em 8 e 9 de junho no recinto exterior da Junta de Freguesia de Santa Cruz do Bispo. Dinamizada pela Junta de Freguesia de Santa Cruz do Bispo, a feira do livro 2010/11, contou com a participação ativa do pré-escolar e de uma turma do 1º ciclo.

A presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz do Bispo, Dr.ª Lurdes Queirós, e o diretor do Agrupamento de Leça da Palmeira Santa Cruz do Bispo, Dr. Jorge Sequeira, promoveram a abertura do evento num formato totalmente direcionado aos alunos, já que eram eles os “alvos” principais deste acontecimento freguesia.

Houve, diariamente, animações feitas pelas crianças dos Jardins de Infância de de Santa Cruz do Bispo e uma das salas do 1º ciclo da EB1/JI da Viscondessa. As crianças tiveram em contacto direto com os livros.

59 | Nova Onda | Julho 2011


FEIRA DO LIVRO FEIRA DO LIVRO | Santa Cruz do Bispo

Exposição dos trabalhos realizados pelas crianças ao longo do ano letivo, no âmbito do “Projeto aLeR+”, assumiu uma particularidade interessante, dado que cada turma do Pré escolar teve “direito” a uma “barraquinha”, à qual pode chamar a sua “casa” .

Os artesãos da freguesia também estiveram representados. Para tal foram reproduzidas, no local da Feira, as suas oficinas. As crianças tiveram oportunidade de observar a “arte” que nasce das mãos destes artistas “populares”. Foi, mesmo, uma mais-valia e uma experiência singular, já que foi permitido, às crianças, participar no processo de construção de alguns objetos.

60 | Nova Onda | Julho 2011


PROJETOS

O PROJETO “Desafios à vida mais saudável na escola e na família”

Desafios a uma vida mais saudável na EB 2|3 de Leça da Palmeira é um projeto partilhado entre a Escola e a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, que conta com o apoio da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira e do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica (UC), no sentido de servir a comunidade escolar e os seus familiares.

O seu propósito é monitorizar o crescimento, os níveis de aptidão física e de desempenho motor dos jovens da escola, bem como alertar para os riscos associados a um estilo de vida pouco ativo e a hábitos nutricionais pouco saudáveis.

Junto dos alunos, foi efetuado um levantamento exaustivo do seu crescimento, composição corporal, desempenho motor, hábitos de atividade física e prática desportiva, perceção do estado de saúde, hábitos nutricionais, tensão arterial e perceção do envolvimento parental nos seus hábitos desportivos. O entusiasmo foi o melhor. Uma participação divertida e muito motivada.

A avaliação da tensão arterial foi realizada com o apoio e colaboração dos estagiários de enfermagem da UC.

61 | Nova Onda | Julho 2011


PROJETOS

O PROJETO “Desafios à vida mais saudável na escola e na família”

As famílias foram convidadas para virem à escola participar no estudo.

Eis o que lhes oferecemos: avaliação da sua composição corporal, da sua saúde óssea, do colesterol total e sua fração HDL (bom colesterol), triglicéridos, glicemia, tensão arterial.

Depois das avaliações feitas, as famílias foram convidadas a tomar o pequeno-almoço na escola, oferecido pela Junta de Freguesia de Leça da Palmeira.

62 | Nova Onda | Julho 2011


UEE

UNIDADE DE ENSINO ESTRUTURADO (UEE) Ampliar a Comunicação quando ela é insuficiente…

A comunicação é um processo complexo e

Entre os sistemas de signos gráficos mais

contínuo que implica a transferência de informação

conhecidos, aponta-se o sistema SPC que se

de uma pessoa para outra (s). A dificuldade em

compõe de cerca de 3000 signos (desenhos de

comunicar implica consequências nefastas, já que

linhas simples a preto, sobre fundo branco, com a

a comunicação é fundamental na interacção social,

palavra escrita associada ao desenho).

pois é através dela que concretizamos aquilo que

sistema permite à criança com dificuldades na comunicação (mas com intenção de

pensamos e sentimos. A fala é a forma de

comunicar) iniciar a interacção e

expressão mais utilizada pelo ser humano

quando

Este

desenvolver

pretende

comunicar. MAS… há muitas

um

meio

de

comunicação através de

pessoas que são incapazes

imagens.

SPC

de comunicar através da

É

este

sistema,

o

quando

a

oportuno e útil, utilizado

que

na UEEA porque cada

alguém, que não fala ou

uma das crianças nos

fala.

Então

questão:

surge

como

é

cuja “fala” não é suficiente para

preencher

todas

as do

comunicar? Urge a adopção de um alternativo/aumentativo

comunicação

que

comunicativas

em

promova

dizer:“

fronteiras

da

As minha

linguagem são as fronteiras

funções comunicativas, pode

sistema

parece

meu

universo.”

(Ludwig

Wittgenstein) A Terapia da Fala surge,

de capacidades

neste âmbito, como um recurso fundamental no

défices

desenvolvimento da comunicação de alunos com

comunicacionais, tornando-as mais capazes de

PEA, pois conduz a um maior nível possível de

interagir, de comunicar, de expressar sentimentos,

funcionamento e comunicação apropriado ao seu

de partilhar experiências e informações, de codificar

ambiente social e educacional, de modo a que

as suas representações, ou seja, de desenvolver o

estes alunos possam alcançar ou manter um modo

seu potencial como ser humano.

de vida autónomo.

pessoas

com

UEE - Eb1/JI da Viscondessa Junho 2011

63 | Nova Onda | Julho 2011


SCAA

JI DA EB1/JI DA VISCONDESSA: SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA E AUMENTATIVA (SCAA) As crianças com Perturbação do Espectro do Autismo (PEA) têm dificuldade em compreender o modo como funcionam a comunicação e as relações sociais. Nesse sentido, com o objectivo de desenvolver estas áreas, normalmente problemáticas nas crianças portadoras de autismo, é usual recorrer-se às tecnologias de apoio aplicadas à comunicação: SCAA – Sistemas de Comunicação Alternativa e Aumentativa. A presença no grupo de crianças com PEA ou com dificuldades acrescidas ao nível da aquisição da linguagem oral determina a utilização de diferentes formas de comunicação representativas da realidade, de forma a garantir o envolvimento e a participação de todos. Assim, e porque uma sala de pré-escolar é de facto um verdadeiro arco-íris, apostando numa pedagogia que se quer diferenciada e estando os 4 alunos que a frequentam em estádios de desenvolvimento muito diferentes, surgiu a necessidade de adoptar sistemas de comunicação distintos para cada um deles: Signos Tangíveis, Imagens Desenhadas, Fotografia, Signos Gráficos SPC e Escrita.

As imagens desenhadas implicam a utilização das estruturas do pensamento e códigos de linguagem específicos para comunicar algo, pessoal ou colectivo, ao mesmo tempo que ajuda a criança a organizar sensações, sentimentos, ideias e pensamentos. Não vale uma imagem mais do que mil palavras?

A fotografia apresenta-se como outro dos SAAC utilizados com crianças em idade pré-escolar. Para que a criança se oriente na rotina diária, a recta fotográfica é montada no início do dia com as fotografias das actividades/momentos que a compõem. À medida que estas vão terminando, a criança vai virando ao contrário as fotografias, facilitando assim o processo de compreensão e antecipação da realidade. A fotografia é também um excelente auxiliar no desenvolvimento das habilidades comunicativas verbais e não verbais, num contexto natural de aprendizagem e em interacção com os pares.

Os Signos Tangíveis são objectos ou partes de objectos que representam algo sobre o que nós precisamos de comunicar. A criança que beneficia com a utilização dos signos tangíveis é incapaz de comunicar utilizando outro sistema simbólico abstracto. 64 | Nova Onda | Julho 2011


SCAA (continuação)

SCAA

Com o apoio das TIC e/ou do caderno de comunicação e com a estreita colaboração das famílias, as crianças com dificuldades acrescidas no uso da linguagem verbal oral têm a oportunidade de partilhar as suas vivências e saberes com os colegas, num ambiente inclusivo onde a valorização do EU surge no sentido do respeito e da aceitação do OUTRO.

No caso das crianças com PEA, essa articulação faz-se sobretudo com a UEEA, não apenas na familiarização dos espaços, das actividades e dos adultos, como também no contacto com o sistema de comunicação em que assenta toda a dinâmica deste espaço.

Por último, os signos gráficos SPC e a Escrita que se situam de algum modo na transição para a UEEA, pois é por excelência o Sistema de Comunicação Aumentativo que se utiliza nesse espaço (embora a escolha do sistema a ser utilizado dependa sempre das capacidades/necessidades de cada criança). (Artigo da UEEA) Ajudar a criança a progredir nas suas competências comunicativas implica promover o desenvolvimento do seu pensamento simbólico e da sua capacidade representativa, permitindo-lhe assim evoluir naturalmente para a compreensão de códigos alternativos mais abstractos como é o caso das imagens desenhadas em relação à fotografia ou da escrita em relação aos signos gráficos SPC.

A transição da criança do pré-escolar para o 1º ciclo implica um trabalho articulado entre os docentes destes dois níveis de ensino, no sentido de garantir condições essenciais para uma integração de sucesso de acordo com as capacidades e especificidades de cada uma.

Professora Educação Especial do J.I. Viscondessa: Alexandra Rua Educadoras: Dora Seramota e Ana Rita Santos Terapeuta da Fala: Cristiana Reitor (apoio e revisão do texto)

65 | Nova Onda | Julho 2011


ECO-LEÇA PROJECTO ECO-LEÇA

Terminou o ano letivo, mas o Eco-Leça continua. Este foi o primeiro ano de implementação do Programa Eco-Escolas e os sete passos previstos na sua metodologia foram cumpridos na totalidade. Esta era a nossa principal meta e foi plenamente conseguida. Sinto-me muito satisfeito com o que foi conseguido. Realizou-se a auditoria ambiental, que permitiu o diagnóstico de problemas e deficiências na nossa escola, e, tendo esta como ponto de partida, elaborouse o plano de acção. Este ano, por ser o primeiro do projecto Eco-Leça, o plano de acção foi sendo construído ao longo do ano lectivo. Algumas das actividades realizadas foram propostas pelo Eco-Leça e contaram com a colaboração preciosa de alunos e docentes. Outras actividades entraram no plano de acção do Eco-Leça, porque os seus dinamizadores permitiram que as associassem a nós. Esta é uma das nossas metas para o futuro, ser um elo de ligação de actividades e acções dinamizadas em prol do ambiente, orientando-as na resolução dos problemas e deficiências diagnosticadas com a auditoria ambiental, quer sejam de âmbito curricular quer sejam de âmbito extra-curricular. Este ano, além das dificuldades inerentes à implementação do projecto, o facto de trabalharmos com uma realidade a prazo acarretou dificuldades acrescidas, pois havia a perspectiva de mudarmos para as novas instalações em Março, o que condicionou o desenvolvimento de algumas actividades. Foi um ano de muito trabalho e, não sendo possível descrever aqui as actividades realizadas, estas podem ser conhecidas consultando o nosso blogue:

http://eco-leca.blogspot.com O projecto foi implementado e já se deram passos para a definição de uma identidade própria. A tarefa para este ano lectivo foi concluída com sucesso. O próximo ano lectivo apresenta-nos novos desafios. A escola será nova e as referências para o ponto de partida também serão diferentes. A grande meta será tornar o Eco-Leça efectivamente um projecto de escola. Uma tarefa que só poderá ser conseguida com a colaboração de todos. Só assim o Eco-Leça representará uma mais-valia para a escola. Sendo o coordenador do projecto, agradeço a todos os que colaboraram directa e indirectamente para ao sucesso do Projecto Eco-Leça. Manuel Barreiro - Coordenador do Projeto Eco-Leça 66 | Nova Onda | Julho 2011


ÚLTIMA HORA Notícias do nosso agrupamento… No dia 1 de Julho de 2011, os alunos do 4º ano da turma 7, da EB1/JI da Viscondessa, deslocaramse à Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, para apresentarem, no “Encontro de Literatura Infantil e Juvenil – Escritores e Ilustradores de mãos dadas – um trampolim para a Cidadania” a encenação do conto “O Livro das Contas e dos Contos” de José Vaz. Este trabalho foi enquadrado na oficina “Como Adaptar e Dramatizar um Conto” um caso prático. O convite para a partilha desta dramatização surgiu na sequência dos elogios que José Vaz teceu à mesma quando visitou a biblioteca da EB1/JI da Viscondessa. Esta, foi o resultado de um intensivo trabalho de preparação para a visita referida e da articulação entre a professora bibliotecária, a professora titular de turma e a professora da AEC de expressão dramática. Os alunos foram entusiasticamente aplaudidos pelos participantes neste encontro organizado pela editora Trampolim.

José Vaz, a professora bibliotecária, a professora titular de turma e a professora da AEC de expressão dramática, explicam, aos participantes no encontro, o processo de desenvolvimento do trabalho apresentado pelos alunos.

Os protagonistas da dramatização completamente concentrados nos seus papéis.

67 | Nova Onda | Julho 2011


A ENCERRAR… O Jornal “Nova Onda”já tem dois anos! Na verdade, o jornal “Nova Onda” foi “lançado” no ano letivo 2009/10 e teve como coordenadora editorial a Dr.ª Fátima Sousa e como colaboradora a Dr.ª Cristina Castro (apoio técnico). Com esta equipa aprendeu a “andar” e a “falar”, tendo-nos presenteado com edições, com as quais todos nos podemos orgulhar! No ano letivo 2010/11, em virtude da Dr.ª Fátima Sousa ter passado à situação de aposentação, houve necessidade de rever a constituição da equipa. Por tal facto, passou a contar com a colaboração da Dr.ª Graça Vilela (Coordenação), Dr.ª Lélia Lopes (Revisão) e Dr.ª Raquel Freire (Design gráfico e paginação). Esta equipa deu continuidade ao trabalho encetado por entender que esta era a opção mais adequada, quer do ponto de vista da contextualização temporal, quer pelo entendimento que o “caminho” traçado para o projeto era oportuno. Destaca-se, a este propósito, o facto de o jornal já ter definido a sua estrutura editorial e de ter sido iniciado na base da participação alargada, factos que permitiram dar-lhe continuidade de uma forma “tranquila”. Numa apreciação avaliativa ao trabalho realizado é possível constatar que este projeto teve como pontos fortes: 

A divulgação do trabalho realizado junto da comunidade educativa; Consolidação, materialização e “visualização” do trabalho inter e transdisciplinar e de articulação sequencial;

O envolvimento local alargado (escolas/departamentos…) em torno da reflexão sobre as actividades realizadas;

A dinâmica colaborativa criada ao nível das escolas/Agrupamento de Escolas. Contudo, uma avaliação que se quer credível, também devem identificar os aspetos a melhorar e que neste caso são:  “Abrir” o jornal à comunidade educativa (EE, AO …);  Mobilizar os alunos para a colaboração autónoma/grupo, ao nível da redação e da edição;  Definir a periodicidade das edições, bem como os conteúdos a tratar/explorar em cada edição.

O nosso propósito, neste momento de encerramento /reflexão, é que no próximo ano letivo os pontos fortes se consolidem, certas que estamos, que com a continuidade do envolvimento e colaboração de todos vós (peças essenciais na “edificação” deste projeto), os aspetos a melhorar serão “pontos fortes”num “futuro próximo”!

Votos de um bom descanso, e… contamos com o vosso entusiasmo no próximo ano letivo!

A equipa do jornal “Nova Onda”

68 | Nova Onda | Julho 2011


jornal nova onda nº5_julho 2011