Page 1

PUB

PUB

Sexta-feira,

14 de Maio de 2010

// Nº

345 Ano XI

www. novaod ive la s. pt

Director: Henrique Ribeiro

| informação regional

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ODIVELAS APROVOU CONTAS DE 2009 DIA ABERTO EM ESCOLAS DA RAMADA

NESTE NÚMERO ● Entre Tanto ● Horóscopo ● Assembleia de Freguesia ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

ENVOLVER A COMUNIDADE

NOVA ODIVELAS TV

COM EMISSÕES EXPERIMENTAIS

● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

2 2

de Odivelas 3 Posto de Comando 3 Directas 4 Contar Carneiros 4 Novas Tecnologias e Internet Sénior 4 Gestos Simples: consumos racionais 4 Apresentação do FAME 4 Clube CPLP na Escola da Arroja 5 Susana Amador encerrou Agenda da Inovação 5 Directas 5 Ponto e Vírgula 6 Dualidades 6 Mundo das Tropelias 6 Optimus Clix 7 Dia da Escola na Ramada 8 Forno e Talho da Cidade 10 Futebol: Dois jogos de Escolas 11 Futebol: Captações Juvenis no CAC 11 Futsal: Jogo com protestos por falta de porta no balneário 11 Desporto Escolar: 1º Corta-Mato Escolar na Paiã 11 Calendário e Resultados 11 1º Piquenique do Externato Pica-pau 12 Clínicas Dr. Pedro Choy 13 Ângelo Costa 13 Optiface 14 anos de qualidade óptica em Odivelas 14 Nova Odivelas TV 14 Realmente! 15 Nobres Confissões 15 Guarda Real 15 Flash do Reino 15 Consilcar 16 PUB


2

Nova Odivelas

14 Maio 2010

Horóscopo

ENTRE TANTO SEXTA 14 DE MAIO

Palavreando Às 22h00 começa na Casa do Largo do Centro de Exposições de Odivelas a tertúlia Palavreando, chá, palavras e scones que como sempre terá as rodinhas de poetas, as conversas e a música. Diogo Sabino um jovem fadista de Odivelas vai cantar fado à capela e falar de si. Manuel Bernardo vai falar dos seus livros e os poetas presentes vão dizer poemas seus ou de autores que admiram. Para além dos presentes, também podem participar todos aqueles que irão assistir em directo através do Diário de Odivelas (www.diariodeodivelas.com) nesta última transmissão neste suporte. A partir desta semana a tertúlia passará a ser um programa quinzenal da NO TV (www.novaodivelas.tv) e será aí transmitido. A participação dos webespectadores através de e-mail ou MSN faz-se para o endereço palavreando@coisas.info.

Dia do Enfermeiro A Casa de Repouso da Enfermagem Portuguesa, em Caneças, assinala hoje o Dia do Enfermeiro com Teatro e Variedades, na sua sede, a partir das 15h00.

Rodilla, do Perú. Às 16h00, preço único 5 euros. 55’. M/8.

A Criança e a Família A CMO realiza hoje o Seminário “A Criança e a Família: (Re)Pensar a Parentalidade”. Inserido nas Comemorações do Dia Internacional da Família, este seminário tem como objectivo abordar a temática da criança na família, particularmente: as implicações das características parentais no bem-estar psicológico e social da criança, e a importância do desenvolvimento de programa. Às 15h00 nos Paços do Concelho. DOMINGO 16 DE MAIO

Encontros com o Teatro em Caneças Às 17h00 o Grupo de Teatro Sopa de Contos apresenta a peça infantil “Volta ao Mundo em Marionetas”.

Gestos Simples Sessão de esclarecimento/sensibilização, da DECO, com o objectivo da criação de hábitos de consumo responsáveis. Às 14h00 e 15h15 na Escola Secundária Pedro Alexandrino na Póvoa de Santo Adrião. TERÇA 18 DE MAIO

Gestos Simples

Tem hoje lugar mais um Passeio Sénior promovido pela Câmara de Odivelas que este ano leva cerca de 1.500 idosos a Tomar.

Sessão de esclarecimento/sensibilização, da DECO, com o objectivo da criação de hábitos de consumo responsáveis. Às 14h00 e 16h00 na Escola Secundária Braamcamp Freire na Pontinha.

Encontros com o Teatro em Caneças Esta noite, às 21h30 para ver “Virados do Avesso”, pelo Grupo Canal Comédia.

Teatro Infantil No âmbito do festival Sementes 15º Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público o Centro Cultural Malaposta apresenta na Sala Café Teatro a peça “Manologias” com o Grupo de La Santa PUB

AGENDA. Mais eventos em www.diariodeodivelas.com

21h30, o Centro Cultural Malaposta apresenta uma retrospectiva do realizador televisivo Luís Filipe Costa, com o título “A Voz de Abril Parte II – Ficção” que contará com a presença do realizador. Preço único 2 euros. 60’. M/6.

Tardes de Cinema Nos dias 18 e 19 as Tardes de Cinema da Malaposta apresentam curtas-metragens de Stan Laurel e Oliver Hardy, os conhecidos Bucha e Estica. Para ver às 15h00 na Sala de Cinema com entrada livre.

Até Oz No âmbito do festival Sementes 15º Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público o Centro Cultural Malaposta apresenta “Até Oz pela estrada Amarela” pelo grupo Maria Remédio. Para ver Sábado às 16h00 e Domingo às 11h00. Preço único 2 euros, 120’. Dos quatro aos seis anos.

SEGUNDA 17 DE MAIO

Passeio Sénior

SÁBADO 15 DE MAIO

DE 15 A 21 DE M AIO

QUARTA 19 DE MAIO

Reunião da CMO Com início às 09h30 nos Paços do Concelho realiza-se uma Reunião Pública da Câmara Municipal de Odivelas. OUTROS DIAS

Homenagem a Luís Filipe Costa

Fraude na Malaposta Sexta e Sábado, o Centro Cultural Malaposta, apresenta no seu Caféteatro, com início às 22h00, o espectáculo de Stand-Up Comedy, “Fraude” de Leandro Morgado. Preço 8 euros, sujeito a descontos. 75’. M/12.

Exposição de Catarina Claro De 07 a 30 de Maio pode ver no foyer da Malaposta a Exposição Individual de Pintura de Catarina Claro, “Entre Espaços”.

Um cadáver atrás da porta Até 06 de Junho o Centro Cultural Malaposta apresenta a peça “Um cadáver atrás da porta” com texto e encenação de Fernando Gomes e co-produção Malaposta/Klassikus. «Quando o suspense e o crime são servidos com humor o resultado é uma paródia dos filmes policiais». Com Isabel Ribas, Jorge Estreia, José Nobre. Luís Pacheco, Paula Fonseca e Rui Raposo. De Quinta-feira a Sábado às 21h30 e aos Domingos às 16h00 no auditório. 10 euros sujeito a descontos. 120’. M/12.

De 19 a 22 de Maio, com início às

PROFESSOR MORGADO - VIDENTE EXPERIENTE -

Pagamento antes, durante e após o resultado. Para si que está na Malaposta, a carta da noite será o NOVE DE OUROS! Anúncio exclusivo para espectadores do espectáculo A FRAUDE.

E AINDA... > Até 23 de Maio na Casa da Cultura de Caneças: Exposição “Notícias de Odivelas no Quatro de Outubro, Uma visão Republicana”. > Até 25 de Julho na Malaposta: “O Gato das Botas”, de Terça a Sexta-feira às 10h30 e 15h00 realizam-se sessões para escolas (por marcação) e para o público em geral aos Sábados às 16h00 e aos Domingos às 11h00. Preço único 5 euros. M/3.

CARNEIRO Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 11 Carta Dominante: O Papa, que significa Sabedoria. Amor: Aposte na sua relação. Que o Amor e a Felicidade sejam uma constante na sua vida! Saúde: Não se desleixe, cuide de si. Dinheiro: Pense bem antes de investir o seu dinheiro. Número da Sorte: 5 Números da Semana: 1, 18, 22, 40, 44, 49

TO U R O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 12 Carta Dominante: Cavaleiro de Copas, que significa Proposta Vantajosa. Amor: Um amigo pode declarar-lhe uma paixão. Que os seus desejos se realizem! Saúde: Vigie a sua alimentação. Dinheiro: Pode ter uma nova proposta de trabalho. Número da Sorte: 48 Números da Semana: 6, 14, 36, 41, 45, 48 G É ME O S Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 13 Carta Dominante: 8 de Copas, que significa Concretização, Felicidade. Amor: Momentos escaldantes a dois. Saúde: Não coma demasiados doces. Dinheiro: Não gaste além das suas possibilidades. Número da Sorte: 44 Números da Semana: 7, 22, 29, 33, 45, 48

C A R A NG U E J O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 14 Carta Dominante: O Mundo, que significa Fertilidade. Amor: Controle a impulsividade, meça as suas palavras. Procure gastar o seu tempo na realização de coisas úteis a si e aos outros. Saúde: Dê mais atenção aos seus pulmões, não fume. Dinheiro: Ponha em marcha um projecto antigo. Número da Sorte: 21 Números da Semana: 8, 17, 22, 24, 39, 42 LEÃO Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 15 Carta Dominante: Os Enamorados, que significa Escolha. Amor: Siga com convicção o que o coração lhe diz. Que a compreensão viva no seu coração! Saúde: Faça uma alimentação rica em vitaminas. Dinheiro: Momento favorável a nível profissional. Número da Sorte: 6 Números da Semana: 3, 7, 11, 18, 22, 25

VIRG EM Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 16 Carta Dominante: 4 de Espadas, que significa Inquietação, agitação. Amor: Pode sentir que o seu amor não é correspondido, mas é uma fase passageira. Que a sabedoria infinita esteja sempre consigo! Saúde: Tenha cuidados com os olhos. Dinheiro: Possível aumento inesperado. Número da Sorte: 54 Números da Semana: 1, 8, 17, 21, 39, 48 BA L A N Ç A Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 17 Carta Dominante: 9 de Paus, que significa Força na Adversidade. Amor: Tudo na vida tem uma solução, não desanime. Que a serenidade e a paz de espírito sejam uma constante na sua vida! Saúde: Evite enervar-se. Dinheiro: Situação financeira sem sobressaltos. Número da Sorte: 31 Números da Semana: 7, 11, 18, 25, 47, 48

E S C O RP I Ã O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 18 Carta Dominante: 9 de Ouros, que significa Prudência. Amor: Controle a sua agressividade. Procure ter pensamentos positivos e não se deixe invadir por sentimentos ou pensamentos negativos. Saúde: Dê mais atenção à sua saúde. Dinheiro: Período favorável. Número da Sorte: 73 Números da Semana: 4, 6, 7, 18, 19, 33 S AG I T ÁR I O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 19 Carta Dominante: Rainha de Ouros, que significa Ambição, Poder. Amor: acredite que é uma pessoa com um potencial enorme. Aprenda a soltar toda essa Força e Luz interior que desconhece. Saúde: Cuidado com quebras de tensão. Dinheiro: Momento favorável. Número da Sorte: 77 Números da Semana: 1, 8, 42, 46, 47, 49

C A P R I C Ó R NI O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 20 Carta Dominante: A Roda da Fortuna, que significa Sorte. Amor: Preste mais atenção à sua família. A felicidade na sua casa depende da educação que der aos seus filhos, por isso, preste atenção à formação que lhes dá. Saúde: Vigie a tensão arterial. Dinheiro: Não faça gastos supérfluos. Número da Sorte: 10 Números da Semana: 7, 13, 17, 29, 34, 36 AQ U Á R I O Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 21 Carta Dominante: 7 de Paus, que significa Discussão, Negociação Difícil. Amor: Diga a verdade, por mais que lhe custe. Tome a iniciativa, é você que cria as oportunidades! Saúde: Cuide dos seus pés. Dinheiro: Poderá planear uma viagem ao estrangeiro. Número da Sorte: 29 Números da Semana: 5, 25, 36, 44, 47, 49

PEIXES Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 Carta Dominante: 8 de Paus, que significa Rapidez. Amor: Tendência para viver bons momentos a dois. Apesar das contingências, supere sempre as dificuldades, vença os obstáculos e construa o seu caminho! Saúde: Sem surpresas. Dinheiro: Trabalhe com afinco para atingir os seus fins. Número da Sorte: 30 Números da Semana: 1, 3, 24, 29, 33, 36


14 Maio 2010

QUOTIDIANOS

Nova Odivelas 3

ODIVELAS. Assembleia de Freguesia muito animada como pode ver no vídeo a exibir a partir de Domingo na NO TV em www.novaodivelas.tv

PODER LOCAL

Discussão acesa na Assembleia de Freguesia de Odivelas Henrique Ribeiro henrique_ribeiro@simpruspress.pt

A terceira Reunião Ordinária da Junta de Freguesia de Odivelas realizou-se em duas sessões, a 29 de Abril e 04 de Maio tendo aprovado por maioria o Relatório de Gestão e Contas de Gerência de 2009. Várias Moções preencheram o PAOD e no Período do Público foram colocadas questões ao executivo.

N

Fotografias: Henrique Ribeiro

a primeira Sessão foi cumprido o PAOD, o período do Público e os dois primeiros pontos da Ordem de Trabalhos, a aprovação de uma Acta e o Relatório de Gestão e Contas de Gerência de 2009.

Contas aprovadas com muitas abstenções No Período Antes da Ordem do Dia (PAOD) Pedro Lopes, da Bancada do BE apresentou um abaixo-assinado sobre a redução do horário de funcionamento do CATUS de Odivelas e fez uma Declaração Política onde levantou vários problemas da Extensão do Bairro Olaio do Centro de Saúde de Odivelas. José Maria Pignatelli apresentou dois requerimentos para saber que adjudicações foram feitas no actual mandato e sobre a manutenção de espaços verdes e limpeza urbana. A CDU fez duas Declarações Políticas sobre o 25 de Abril e o orçamento de Estado para 2010. A CDU apresentou uma Moção com o título moção “Serviços Municipalizados são um serviço público, não devem ser um negócio!” que viria a ser rejeitada com 15 votos contra, 1 abstenção e 5 votos a favor. Apresentou também uma Moção contra a redução do horário de funcionamento do CATUS de Odivelas que foi aprovada por unanimidade. A CDU apresentou uma terceira Moção sobre o Parque de Estacionamento da Rua Egas Moniz que foi rejeitada com 8 votos contra, 7 a favor e 6 abstenções. O PS apresentou uma Saudação

ao 25 de Abril e 1º de Maio. O PSD apresentou uma congratulação pelo êxito do Projecto limpar Portugal. O Relatório de Gestão e Contas de Gerência de 2009 foi discutido por todas as bancadas tendo sido aprovado com 7 votos a favor, 5 contra e 9 abstenções. Os Pontos 3 e 4, Gestão Autárquica e Informações, passaram para a Sessão seguinte que teve lugar a 04 de Maio. A abrir esta sessão a CDU, pela voz de António Pedro, apresentou uma Proposta de Deliberação onde a Assembleia solicita à Câmara de Odivelas a rápida intervenção nos lagos, repuxos e outros elementos de água, competência que foi avocada à Junta de Freguesia de Odivelas no anterior mandato. O documento foca atenção especial nos espelhos de água e repuxos do Jardim da Memória, no lago da Codivel e na cascata da Rotunda da Av. Abreu Lopes, «Em que a deficiente manutenção concorre para um péssimo cartão-de-visita da freguesia de Odivelas e para a diminuição da qualidade ambiental, situações que se poderão agravar com a chegada do tempo quente, que irá naturalmente acelerar a estagnação das águas,

pondo em risco a saúde pública». O Documento, que foi aprovado por unanimidade, recomenda à Junta de Freguesia de Odivelas que «Estabeleça os contactos necessários com a CMO de modo a que as competências previstas no Artigo 5 do Protocolo de Delegação de Competências se apliquem também à JFO, única freguesia do Concelho a quem essas competências não se encontram delegadas». Quanto à Gestão Autárquica do 1º Trimestre, o presidente da junta firmou que o documento apresentado «É o espelho de três meses de intenso trabalho realizado, após os três primeiros meses onde foram ouvidas as pessoas para saber as suas necessidades». Vítor Machado sublinhou que foi feito um esforço para devolver aos funcionários a motivação perdida e que o resultado dessa motivação está à vista «Com resultados muito positivos, no trabalho realizado». O autarca da cidade criticou a gestão da frota da junta no anterior mandato dizendo que há problemas graves que foram herdados e que «Havia um descontrolo total nos gastos com as viaturas e uma gestão muito ineficaz». Com a introdução de «Uma nova metodologia de gestão os pro-

blemas estão a ser resolvidos» afirmou Vítor Machado. Também na Gestão dos Recursos Humanos houve modificações e os vencimentos estão a ser pagos entre os dias 20 e 21 de cada mês, assegurou o presidente, dizendo que muitos documentos foram alterados para diminuir os processos burocráticos. Acerca do Centro de Dia da junta, Vítor Machado explicou que a autarquia não tinha condições para prestar esse serviço por não ser IPSS e por isso foi substituído por um Centro de Convívio Sénior. O autarca falou ainda na optimização dos horários do pessoal da limpeza urbana e zonas verdes, afirmando haver agora mais capacidade de resposta e lamentou os actos de vandalismo nos sistemas de rega. Elogiou o trabalho do Zelador da Cidade e disse já ter pedido uma reunião com a EDP por causa da falta de iluminação em algumas artérias. Após esta intervenção passou-se à discussão. António Pedro da CDU disse que o presidente da junta «Chutou para o lado» a responsabilidade das reclamações feitas no Período do Público e que a responsabilidade é toda de Vítor Machado. «Se não tem competência para resolver os problemas só tem um caminho…», afirmou. Para a CDU «Não há nada de substancial no documento de gestão. «Muitas páginas não significam muito trabalho. O lema é escrever muito e fazer pouco». Já a bancada do PS, pela voz de Fernanda Ramos se «Congratula com o trabalho do executivo. Em 26 anos de Odivelas nunca vi a minha rua tão limpa» afirmou a representante do PS. Também da Bancada do PSD vieram elogios ao executivo. José Maria Pignatelli, independente apresentou várias propostas como a de mudar a Feira do Silvado para o Sábado e durante a semana rentabilizar o espaço com estacionamento, que segundo ele poderia rende 150 mil euros ano. Propôs também que aos Domingos e Feriados sejam realizadas feiras temáticas naquele espaço. Quanto ao restaurante que funciona no parque do Silvado, o independente apresentou um requerimento onde pergunta como foi o espaço concessionado, por que período de tempo e qual a verba paga à autarquia.

Memorial ao 25 de Abril e ao Posto de Comando Recorrentemente se tem falado da instalação de um memorial ao 25 de Abril na Pontinha, junto ao RE-1, obviamente homenageando o papel do Posto de Comando na Revolução dos Cravos. Mas ainda ninguém teve a coragem de dar passos nesse sentido. Talvez por inércia ou por inexistência de um projecto sólido e abrangente. Na verdade, estas são duas condições para que tal memorial se concretize, pois não se pode avançar sem se saber exactamente o que se pretende, nem sem que o projecto seja de todos e não de um qualquer grupo de cidadãos. Em meu entender, está na hora de congregar forças para lançar a ideia de um memorial que cumpra alguns pressupostos determinantes para o sucesso do projecto e para que seja bem acolhido pela população. Primeiro pressuposto: quem deverá liderar esse projecto? Uma Comissão Promotora do Memorial ao 25 de Abril e ao Posto de Comando, que integre a Junta de Freguesia da Pontinha e a Câmara Municipal de Odivelas, com a legitimidade de serem poderes locais democráticos, que só foram possíveis em consequência do 25 de Abril. Para que seja um projecto popular, deve integrar todas as entidades e associações que manifestem esse desejo. O Movimento Cívico do Posto de Comando terá muito gosto em colaborar no desencadear desse projecto. Segundo pressuposto: quem decidirá sobre que memorial a instalar? Se queremos um memorial popular, então, só com a participação da população ele será acolhido como tal. Deve auscultar-se a população para a escolha do projecto. Terceiro pressuposto: quem será o autor do memorial? O concurso público é a melhor forma de escolha democrática. Quarto pressuposto: quem custeará o memorial? Através de verbas autárquicas e uma subscrição pública. Será um reforço da assunção do memorial como seu por parte da população. Mãos à obra!

Jorge Martins martinscjorge@gmail.com


4

Nova Odivelas

14 Maio 2010

QUOTIDIANOS

LEITURA ON-LINE. A edição impressa do Nova Odivelas tem agora presença reforçada na Internet. Pode folheá-lo em www.jornal.novaodivelas.pt

CRIANÇAS

DIRECTAS

Depois de um interregno prolongado “Um dia no Regimento” voltou a realizar-se com o regresso do evento a ter lugar no dia 06 de Maio integrado no programa “Juventude ConVida – Educação um Reolhar Jovem”, da Câmara Municipal de Odivelas. Esta iniciativa, uma parceria da CMO com o Regimento de Engenharia 1, da Pontinha, permite levar alunos de escolas do concelho a passar um dia naquela unidade militar. Nesta edição participaram alunos de uma turma do 11º ano da Escola Secundária Pedro Alexandrino da Póvoa de Santo Adrião, que tiveram a oportunidade de realizar diversas actividades ligadas à instrução militar, como operação de máquinas, camuflagem, slide, rappel e escalada. Acompanhados pelo 1º Sargento Gomes, os alunos conheceram, ainda, a instituição que teve um papel e significado histórico pela sua participação no 25 de Abril. Todos os alunos receberam um diploma de participação. Realojamento O agregado familiar de Fátima Valadares, que residia no Núcleo do Plano Especial de Realojamento (PER) do Casal dos Apóstolos, na freguesia de Odivelas tem agora uma nova habitação, na Urbanização da Arroja, em resultado do realojamento efectuado no dia 12 de Maio, pela Câmara de Odivelas. Segundo nota da CMO «A atribuição desta habitação municipal representa uma clara melhoria no quotidiano desta família, consolidando-se os seus laços afectivos, quer ao nível social quer ao nível familiar, uma vez que a barraca que habitam apresenta grande precariedade, impossibilitando uma vivência saudável e adequada». A presidente da Câmara de Odivelas, que fez a entrega da chave, pediu a esta mãe e aos seus dois filhos de 18 e 19 anos para «Serem felizes na nova casa que proporciona reais condições de habitabilidade». A edil sublinhou «O papel do Departamento da Habitação que, nos últimos anos, já realojou cerca de 1200 pessoas», reafirmando a sua «Preocupação com os mais pobres, as crianças e os idosos». PUB

Na BBMDD voltaram a Contar-se Carneiros iniciativa “Contar Carneiros” promovida no âmbito da 15ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público, voltou à Biblioteca Municipal D. Dinis, nos dias 07 e 08 de Maio para voltar a encantar crianças e adultos, com momentos que dificilmente vão ser esquecidos, á imagem do que aconteceu em anos anteriores. A noite começou com o ilustrador Paulo Galindro, que contou os seus sonhos e a sua experiência, recomendando às crianças que desenhassem os seus medos numa folha de papel, para se livrarem definitivamente desses medos. O ilustrador, quando faz os seus trabalhos, tenta sempre imaginar-se como uma criança, que «São os artistas

A

Fotografia: Eduardo Sousa/CMO

Fotografia: Eduardo Sousa/CMO

Um dia no Regimento

mais brilhantes» que conhece. As crianças alinharam no desafio e fizeram os seus próprios “Cuquedos” tão medonhos ou mais do que a ilustração original que deu

3ª IDADE

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

Novas Tecnologias e Internet Sénior

P

ara promover o intercâmbio intergeracional a Câmara e a Escola Secundária de Odivelas (ESO) estão a realizar o Projecto “Novas Tecnologias e Internet Sénior” que vai permitir a troca de experiências e de saberes entre os jovens e os idosos. Com mais de três centenas de inscrições o evento já teve a sua primeira acção de formação ministrada por jo-

vens do 12º ano da ESO. As acções de formação vão decorrer até ao final do mês com duas sessões semanais, na Casa da Juventude de Odivelas com a formação a incidir nos seguintes temas: o sistema operativo e utilizações, os programas (software) e processadores de texto, a internet, o correio electrónico, comunicação em tempo real e a criação de conteúdos Web.

AMBIENTE

Gestos Simples: consumos racionais

O

Serviço Municipal de Informação ao Consumidor, da Câmara de Odivelas em parceria com a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, DECO, está a promover acções de sensibilização sobre o consumo energético mais eficiente e racional. A iniciativa, denominada “Gestos Simples” está a ser levada a cabo pela DECO a nível nacional e a primeira acção em Odivelas aconteceu a 05 de Maio na Escola Secundária de Odivelas com a participação de duas turmas alunos e respectivos professores. Com uma palestra subordinada ao

nome ao livro infantil e que está exposta na Biblioteca. Ao longo da noite, ainda houve tempo para a “Biblioteca Extravagante” onde o contador Filipe Oli-

veira contou histórias, e para uma aventura hilariante, com duas piratas muito enérgicas que desbravaram a imaginação das crianças, e viajando no mundo dos livros descobriram que o “Cuquedo” prega sustos a quem está parado no mesmo lugar. A noite terminou, como se impunha, na caminha, com canções de embalar. O toque de alvorada fez-se às 08h30 da manhã para a continuação desta aventura anual, que terminou com a apresentação da peça “O Gato das Botas” uma adaptação de Fernando Gomes do conto de Charles Perrault que desde Novembro tem esgotado lotações no Centro Cultural Malaposta. Nesta iniciativa participaram cerca de 200 pessoas, entre adultos e crianças.

tema Energia e Alterações Climáticas, Valter Sousa, da DECO, transmitiu aos jovens presentes a necessidade de mudança de comportamentos, visando a redução do consumo de electricidade, através do incentivo a uma utilização mais racional da energia eléctrica e, alertando para as consequências de uma má utilização desses recursos. “Gestos Simples” tem continuação no dias 17, às 14h00 e 15h15, na Escola Secundária Pedro Alexandrino, na Póvoa de Santo Adrião, e no dia 18, às 14h30 e 16h00, na Escola Secundária Braamcamp Freire, na Pontinha.

Apresentação do FAME

O

Edifício Municipal situado no Parque Maria Lamas, em Odivelas, foi palco, no dia 06 de Maio, da Sessão de Apresentação do FAME Odivelas – Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. O Vereador das Actividades Económicas, Mário Máximo, presidiu à mesa de honra, constituída também por Teresa Gil Antunes, em representação da ODINVEST, Rita Seabra, do IAPMEI, José Cunha e Susana Monteiro, do Banco Espírito Santo, e António Tavares, da LISGARANTE. Dirigida a empresários e demais interessados, esta acção apresentou o FAME, que surge enquadrado no Eixo III (Iniciativas Empresariais de Interesse Regional) do programa FINICIA. O FINICIA é um programa inovador promovido pelo IAPMEI, que visa a melhoria das condições de acesso ao financiamento das empresas, materializadas através da criação de um Fundo de Sindicação de Capital de Risco (FSCR) e de um Fundo de Contra-Garantia Mútua

(FCGM), possibilitando, neste último caso, o acesso à Garantia Mútua e ao Financiamento Bancário em condições mais favoráveis. O FAME Odivelas é um produto de crédito destinado ao apoio a projectos de investimento desenvolvidos por micro e pequenas empresas instaladas em Odivelas. Como objectivos, destacam-se: Robustecer o tecido empresarial do Concelho de Odivelas; Estimular o investimento das Micro e Pequenas Empresas do Concelho; Melhorar os produtos e/ou serviços prestados na modernização das instalações e equipamentos. Este é um projecto de parceria que a Câmara Municipal de Odivelas e a Odinvest têm com o Banco Espírito Santo, o IAPMEI e a LISGARANTE. Na sessão de apresentação, o Vereador das Actividades Económicas, Mário Máximo, realçou a importância deste projecto para o tecido empresarial do concelho, destacando o objectivo de «Se potenciar e permitir uma aproximação deste Executivo com o tecido empresarial».


14 Maio 2010

Nova Odivelas 5

TEATRO. “Um cadáver atrás da porta” o último grande êxito de Fernando Gomes em exibição na Malaposta. Veja reportagem na NO TV a partir de Domingo em www.novaodivelas.tv LUSOFONIA

DIRECTAS “Alto Lá! O Que faz um tubarão na selva?”

A diversidade cultural da EB1/ JI nº 7 de Odivelas, na Arroja, motivou a inclusão daquele estabelecimento no Programa CPLP nas Escolas, que visa promover o conhecimento da Comunidade de Países de Língua Portuguesa entre as gerações mais novas. Ali vai nascer, a curto prazo, um Clube CPLP.

I

ntegrado na 3ª edição da Semana Cultural da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, o Programa CPLP nas Escolas promoveu um périplo a vários estabelecimentos nacionais onde a diversidade cultural é mais evidente. É o caso da EB1 nº 7 de Odivelas, na Arroja, que congrega alunos dos oito Estados-membros (Portugal, Brasil, Angola, GuinéBissau, Moçambique, Cabo Verde, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe), além de búlgaros, ucranianos, romenos, chineses, ou árabes. Com o intuito de formar e informar sobre a CPLP, coube ao embaixador António Russo Dias e ao director-geral daquele órgão, Hélder Vaz, explicar a História da Comunidade fundada em 1996, e mostrar aos alunos algumas das especificidades culturais de cada um dos países, unidos por uma mesma língua e laços de amizade com mais de cinco séculos. A “viagem” incluiu o visionamento de um vídeo, a distribuição de um kit escolar e de uma banda desenhada criada para o programa, como também a criação de um Clube CPLP, que através de um portal permitirá aos alunos dos vários Estados-membros interagir e assimilar conceitos. Fernanda Barreiro, directora do

Fotografia: Lina Manso

Lina Manso linamanso@coisas.info

Agrupamento de Escolas Moinhos da Arroja, estava muito entusiasmada com o projecto. «De certeza que se vai fazer um trabalho meritório. (…) Creio que as crianças vão aprender e mostrar ao concelho de Odivelas como se convive e vive numa zona tão complicada e diversificada como é a Arroja». Refere que aquela escola é um excelente exemplo ao nível da interculturalidade e que o Clube CPLP será uma forma positiva de reforçar o bom ambiente sentido entre pessoas de origens tão diferentes. António Russo Dias também confirma que os clubes são «Uma ferramenta interessante» no sentido

de divulgar o conhecimento da CPLP nas camadas mais jovens. Adianta ser necessário perceber que Portugal é um país com muita imigração, pelo que urge educar para a interculturalidade e a integração dos estrangeiros que escolheram as terras lusas como segunda casa. Ainda recentemente acompanhou a visita do Presidente da República à Escola Secundária Eça de Queirós, em Lisboa (Olivais), com alunos de 35 nacionalidades e frisa ser «Impressionante» constatar que é a Língua Portuguesa a unir aqueles estudantes. Hélder Vaz avança que a grande

preocupação actual do Programa CPLP nas Escolas, lançado este ano pela primeira vez, é a sua «Consolidação». Alcançou-se a maioria dos objectivos previstos, e mais tarde outros serão acrescentados (como workshops de música e dança). Sobre a iniciativa em Odivelas, o vice-presidente da Câmara Municipal, Mário Máximo, refere que «Os resultados falam pelas iniciativas. Neste caso foi tocante e notável ver crianças de várias origens irmanadas pelo mesmo coração que é a Língua Portuguesa, divertiremse com o filme, e interagirem estabelecendo um diálogo frutuoso». Salienta que «A lusofonia é fundamental para a Câmara e a presidente Susana Amador» e que para 2011, sob o lema “Odivelas, Capital da Lusofonia”, estão previstas várias actividades naquele domínio (nomeadamente a Bienal de Culturas Lusófonas). De referir que no evento esteve ainda Adelaide Horta, representante da Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, entidade que apoia o Programa CPLP nas Escolas.

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

Susana Amador encerrou Agenda da Inovação

C

om uma visita a três empresas da freguesia de Famões, a presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Susana Amador, encerrou no dia 10 de Maio a sua Agenda para o Desenvolvimento, Emprego, Inovação e Cultura que nos últimos meses a levou em visita a empresas de todas as freguesias do concelho. Por opção municipal as visitas não foram acompanhadas por jornalistas pelo que a esta notícia tem por base a informação fornecida pelo Gabinete de Comunicação e Relações Públicas da CMO. A primeira empresa visitada neste dia foi a Vidrofornense instalada no Centro Empresarial de Famões. Com mais de 20 anos de existência iniciou a sua

actividade no Vale do Forno tendo a sua expansão conduzido à sua transferência para as actuais instalações. «Dotada de um vasto e experiente conhecimento da actividade de transformação e comercialização de vidros das mais variadas tipologias, a Vidrofornense é uma empresa que dispõe actualmente de uma gama de produtos de elevada qualidade, tendo para isso contribuído a grande aposta que a empresa fez numa política de constante reinvestimento dos seus recursos materiais, operacionais e humanos como resposta eficaz a um mercado cada vez mais evoluído e exigente». Seguiu-se a visita à empresa Transportes Oscarodivel, constituída em 1989 por Óscar Madureira. A activi-

dade da empresa assenta essencialmente na prestação de serviços de Distribuição sob Temperatura Controlada e Mudanças. Actualmente a empresa gere uma frota de 60 viaturas de diversas tipologias, «De forma a servir um vasto público, cada vez mais exigente». A última empresa visitada foi Dailidoce. A empresa iniciou a sua actividade em 1974, e desde então «Conquistou um lugar de destaque no fabrico de bolachas e biscoitos. No sentido de reforçar a sua actividade comercial a empresa decidiu expandir a sua actividade também na área dos produtos dietéticos, para ir de encontro às actuais necessidades de grande parte da população».

Fotografia: Eduardo Sousa/CMO

Clube CPLP na Escola da Arroja

A inauguração da Exposição de Ilustração “Alto Lá! O Que faz um tubarão na selva?”, inserida no evento «Contar Carneiros», ocorreu no dia 7 de Maio, na Biblioteca Municipal com a presença das 15 crianças e pais que participaram na iniciativa. A exposição baseia-se em 34 ilustrações originais de dois livros: “O Cuquedo” com texto de Clara Cunha e ilustrações de Paulo Galindro, editado pela Livros Horizonte e “O Tubarão na Banheira” com texto de David Machado e ilustrações de Paulo Galindro, editado pela Editorial Presença, o qual ganhou recentemente o Prémio SPA/RTP de Literatura Infanto-Juvenil. Paulo Galindro é um arquitecto de profissão, no entanto, no seu percurso profissional criou a marca Pintarriscos, especializada em ilustração infantil, ilustração de ambientes e artesanato urbano. Paralelamente, é ilustrador de livros infantis, tendo já ilustrado para além do “Cuquedo” e “O Tubarão na Banheira”, “Chiu!”, “A Poupa Poupada” e o “Manual de Violino para Crianças”. A Exposição pode ser visitada até dia 26 de Junho, no horário normal da Biblioteca Municipal D. Dinis. Encontro de Coros O Conservatório de Música D. Dinis, promoveu no dia 08 de Maio, um Encontro de Coros que contou com a participação do Coro de Câmara D. Dinis, e dos Coros dos Conservatórios de Setúbal e de Santarém e teve lugar na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Anunciação, na Póvoa de Santo Adrião.

www.novaodivelas.tv PUB


6

Nova Odivelas

14 Maio 2010

69

Ponto & Vírgula

O ponto-e-vírgula marca uma pausa mais longa que a da vírgula (para que se aprenda a respirar), no entanto menor que a do ponto (para que não se perca a oportunidade de agir).

Entalados entre o Futebol e Fátima

Dualidades

Mundo das Tropelias

Crise? Não para todos!

A importância da música no desenvolvimento das crianças – Parte 1

Rui Francisco Vereador CDU na CMO

Teresa Salvado teresa_salvado@coisas.info

O

s temas Futebol e Papa são incontornáveis e não pelos melhores motivos. A vinda do Papa a Portugal deveria ser um motivo de festa e celebração para quem professa a religião católica. No entanto, esta visita de Bento XVI a Portugal tem sido motivo de alguma polémica… não só pelo que se vai gastar, como também pelo que se vai perder. Durante cinco dias Portugal vai literalmente parar. Ou seja, além da verba astronómica que vai ser gasta, entre dinheiro da Igreja e dinheiro do Estado, há ainda o dinheiro que o país vai perder com os dias que o Governo deu aos funcionários públicos, e com o comércio que ficará parado devido a tanta estrada cortada e condicionada de trânsito em Lisboa e no Porto. Admito, estou indignada. Como é que é possível parar um país em crise durante uma semana? Sinceramente, onde está o bom senso de quem governa? Já que quem governa parece ter perdido a noção das verdadeiras necessidades do país, que as pessoas dêem o exemplo indo trabalhar na mesma (bem, a esperança é a última que morre e escrevi este texto em vésperas da chegada do Papa). Este país precisa que se produza. Muito. Ou então continuaremos a ouvir falar em endividamentos, subida do défice, falências, desemprego… É isso que queremos? Outro tema incontornável é o do futebol. Ou melhor, o das comemorações deste Domingo porque o Benfica este ano ganhou o campeonato. Milhares de pessoas nas ruas, trânsito caótico, carros a buzinar. Enfim, ridículo!!! Via as imagens do Centro de Lisboa na televisão e só consigo sentir-me triste. Sinto-me no Brasil de há uns anos para trás. Muito samba, muito Carnaval… e de fininho até parece que há por aí uns impostos que vão aumentar. Dizem… que tem mesmo de ser. E de fininho lá vamos sabendo que há um tal de um Fundo da União Europeia para apoiar as economias em crise… e que parece que Portugal vai ficar ainda mais endividado. Mas… dizem que tem mesmo de ser. E parece que o Governo não quer deixar cair as grandes e dispendiosas obras públicas. Mas como vivemos num país em que hoje é de uma maneira e amanhã é de outra!!! Tipo… hoje dão-nos a garantia, em plenário da Assembleia da República, que não haverá aumento de imposto… Amanhã falam à saída de uma reunião de ministros das Finanças europeus que os impostos terão de ser aumentados. Bem, quem sabe depois de amanhã não baixarão os impostos? Ou não teremos de pagar para respirar ou para sonhar, por exemplo? E os líderes da oposição aparecem mediaticamente a criticar. E o ex-ministros das Finanças reúnem-se de emergência. Porque é que tudo isto me cheira a falso? Porque é que me cheira tanto a oportunismos e incompetências? Devo andar com o olfacto excessivamente apurado. Só pode!

O

ano de 2009, sabe-se, foi um ano particularmente difícil para as economias europeias. Estas economias, alicerçadas num modelo de desenvolvimento económico e social de cariz capitalista neo-liberal, não demoraram muito a sucumbir perante a volatilidade dos mercados bolsistas e o mar especulativo que envolve o capitalismo financeiro. Rapidamente, governos de todo o mundo se apressaram a pedir mais sacrifícios aos trabalhadores e ao povo, impondo-lhes um retrocesso nos direitos e garantias conquistados como há muitos anos não se via. Também as contas da Câmara Municipal de Odivelas, sentiram o pesado braço da “crise” quando esta se abateu sobre o nosso Pais. O resfriamento do investimento conduziu a uma diminuição das receitas municipais com directos reflexos na organização e definição de prioridades da despesa municipal. Maior contenção nas despesas correntes e maior contenção no investimento. A palavra de ordem dada pelo PS era contenção. Contenção e rigor. Cortes e mais cortes pois os tempos eram (e são) de crise. Mas como o povo já está habituado a crise quando chega nunca chega para todos de igual forma… Também em Odivelas a crise não chegou a todos. Enquanto como disse, a câmara municipal apertava o cinto, a administração da Municipália, empresa municipal que entre outros equipamentos gere o Teatro da Malaposta, gastava a seu belo prazer insensível aos problemas financeiros da câmara municipal. A CDU tem desde sempre chamado a atenção para a excessiva dependência financeira desta empresa relativamente à câmara municipal. Desde sempre também que reclamamos da presidente da câmara um papel mais interventivo na definição da politica económica e uma fiscalização apertada aos exercícios financeiros da empresa. Pensamos que a presidente da câmara não só tem esse direito como tem esse dever. Deveo sobretudo à população do concelho! Contas feitas, em 2009, a Municipália custou à Câmara Municipal de Odivelas e aos contribuintes mais de 1.300.000,00 euros, ou seja qualquer coisa como mais de 3.500,00 euros por dia (!!!) Tudo isto diante dos olhos da presidente da câmara que continuava a pedir contenção e rigor na gestão aos seus vereadores. Pergunta-se, naturalmente, quem devia então pedir igualmente contenção e rigor aos gestores da Municipalia??? A presidente da câmara, obviamente. Mas não o fez e se o fez os seus camaradas do conselho de administração não a levaram muito a sério, pois só assim se justifica o desgoverno da Municipália em 2009. Desgoverno esse que a presidente da câmara se apressou a remediar com a transferência extraordinária de mais 240 mil euros no mês passado. O PS e a presidente da câmara tem que assumir a responsabilidade politica do que se passou na Municipália, particularmente em 2009. Gerir assim, com o orçamento da câmara é fácil, e como resultado disso, é fácil também gastar, gastar, gastar. No fim do ano pagarão os prejuízos os mesmos de sempre. Os munícipes de Odivelas. Importa ainda referir que os prejuízos acumulados pela empresa nem sequer resultam de uma diminuição das receitas, quer das piscinas municipais, quer do Teatro da Malaposta. Resultam isso sim, de uma gestão eleitoralista ou não fosse 2009 ano de eleições Autárquicas. Tal como o PS sempre fez na Câmara Municipal de Odivelas, transferindo para o futuro o ónus de uma divida superior a 60 milhões de euros mais os compromissos assumidos para os próximos vinte anos, os Gestores da Municipália transferem para a Câmara Municipal a responsabilidade de cobrir os prejuízos acumulados de anos de gestão ruinosa.

24 HORAS DE NOTÍCIAS

www.novaodivelas.tv

É através do corpo e dos sentidos que nos expressamos, que reagimos a estímulos e é por este motivo que é tão importante desenvolver a capacidade de interpretar tudo aquilo que nos rodeia. Se a criança não desenvolver estas potencialidades, certamente, que no futuro encontrará mais dificuldades em relacionar-se com o seu meio envolvente. No Mundo das Tropelias procuramos promover o desenvolvimento dessas mesmas potencialidades, e se é verdade que a música nem sempre foi abordada da melhor forma, e mesmo considerada como uma área secundária sem grande interesse, em contexto escolar, actualmente, a Expressão e Educação Musical já é vista com outros olhos, pois é desenvolvido um trabalho mais profícuo com os alunos tanto a nível da literacia musical como da própria educação e imaginação auditiva. (Continua na próxima semana). Professora Raquel Gomes Mundo das Tropelias

PUBLIRREPORTAGEM


14 Maio 2010

Nova Odivelas 7 PUB


8

Nova Odivelas

14 Maio 2010

ACTUALIDADE EDUCAÇÃO

Escolas unidas em ac Sábado, 08 de Maio, foi Dia Aberto nas escolas Vasco Santana e Secundária da Ramada, com eventos e projectos que envolveram as seis escolas públicas da freguesia nos vários graus de ensino, numa iniciativa das Associações de pais que contou com o apoio dos agentes educativos e das autarquias locais.

A

s Associações de Pais e Encarregados e Educação das várias escolas da freguesia da Ramada encontram-se regularmente para discutir situações e apresentar ideias. Foi numa dessas reuniões, no início do ano lectivo 2009/2010 que surgiu a ideia de fazer um Dia Aberto em duas das escolas, mas onde se registasse a participação de todas as outras existentes na freguesia. O evento decorreu na EB 2,3 Vasco Santana e Escola Secundária da Ramada e participaram ainda as EB1/JI João Villaret, a EB1 da Amoreira, a EB1 da Azenha, EB1 Eça de Queiroz, EB1 Professora Maria Costa. Todas estas escolas envolvem um universo de cerca de três mil alunos. Decidida a iniciativa foi a vez de motivar pais, professores e dirigentes das escolas, tarefa que se revelou fácil com todos a aceitar bem e a envolverem-se no projecto, como nos explicaram António Boa-Nova, presidente da APEE da João Villaret e Fernanda Ramos, presidente da APEE da SePUB

cundária da Ramada. «A iniciativa foi conjunta das Associações de Pais e do Corpo Docente e Não Docente de todas as escolas da freguesia» disseram-nos. Apesar de o Dia Aberto à comunidade ser comum às duas escolas, cada um dos estabelecimentos de ensino preparou o seu evento, com a Vasco Santana a escolher a Ecologia para tema e a Secundária a optar pela Multiculturalidade. Para António Boa-Nova «Viveu-se na Ramada um momento especial de participação da Comunidade na vida da Escola». O dirigente associativo sublinhou que «Foi surpreendente verificar as centenas de crianças e Pais que se juntaram na Escola EB2/3 Vasco Santana da Ramada na abertura das actividades, apesar do enorme temporal que no Sábado se fez sentir». Fotografias: Associações de Pais

Henrique Ribeiro henrique_ribeiro@simpruspress.pt

«Foi surpreendente ver as centenas de crianças e pais que participaram apesar do enorme temporal» Na abertura do evento, que contou com a presença do Director Geral Adjunto da Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRELVT), Rui Correia, da Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Odivelas, Fernanda Franchi, do Presidente da Junta de Freguesia da Ramada, Francisco Bartolomeu e do Presidente da Junta de Freguesia de Odivelas, Vítor Machado, teve lugar um momento musical com um aluno tocador de viola do Conservatório de Música D. Dinis, uma rábula dos alunos da Escola, alusiva à Aldeia da Roupa Branca e um momento cómico de um pe-

queno mas genial Vasco Santana. Na Vasco Santana o tema era a ecologia e todas as iniciativas apontavam no sentido da preservação do ambiente, do desfile de fatos produzidos com materiais reciclados pelos alunos do 1, 2 e 3º ciclo e do Projecto Eco-Escolas do Agrupamento Escolar; à Palestra “A qualidade do Ar” proferida pelo engenheiro António Pernica. Houve ainda uma Gincana de Jogos Tradicionais, dinamizada pelo Agrupamento de Escuteiros da Ramada; Pintura de Azulejos; Oficina do Movimento; Oficina da Experiência, Oficina “Nós”; exposições de Tapetes e Bolsas de Materiais Reciclados, de Eco-Pontos e Eco-Códigos, da Valorsul e do pro-


14 Maio 2010

Nova Odivelas 9

ESCOLA ABERTA NA RAMADA. Veja as imagens na NO TV a partir de Domingo em www.novaodivelas.tv

ctividade de sucesso

jecto Limpar Portugal. Exposta esteve também uma réplica de uma antiga Fabrica do Papel com uma prensa, tina e um estendal para colocar o papel a secar.

«Foi um bom momento de convívio e reflexão para levar os pais a acompanhar a vida escolar dos filhos» Stands das Associações de Pais, dos alunos e das Escolas com trabalhos e mensagens Ecológicas, Bancas de Flores, Frutas e Legumes, de Doces como a celebre Marmelada de Odivelas, também animaram a festa que contou ainda com vários workshops de experiências e de reutilização de materiais na construção de novos. Um dos momentos altos do evento foi o “Atravessar da Estrada” com todos os convidados a sair a Vasco Santana para se dirigirem à Secundária da Ramada onde estava a Festa da Multiculturalidade, onde se encontrava uma exposição de Trabalhos dos Alunos sobre a temática da festa e decorreu um

espectáculo de Danças e Cantares de Angola realizados pela Aracodi, Associação de Residentes Angolanos em Odivelas. Seguiu-se um almoço convívio com comidas típicas de vários países africanos. Como o tempo piorava e o palco ao ar livre na Secundária da Ramada não tinha as condições necessárias para se continuar o Espectáculo, as Associações de Pais em colaboração com o executivo da Escola Vasco Santana, decidiram «Num grande espírito de solidariedade» transferir a Festa da Multiculturalidade para a Escola Vasco Santana, e foi perante uma grande assistência que continuou o programa Multicultural com os “Finka Pé” e os “Kola San Jan” que viajaram do Bairro da Cova da Moura, Amadora, e «Proporcionaram ao público presente um espectáculo repleto de simbolismo e de orgulho das raízes e costumes africanos» segundo António Boa-Nova para quem o espectáculo foi «A prova do excelente trabalho que a Associação Moinho da Juventude da Cova da Moura realiza». A Festa da Multiculturalidade contou ainda com outro momento alto que foi a abertura do Moinho que se encontra na Escola Secundária e que pode ser visitado por

todos. O Dia Aberto terminou com a actuação do Rancho Folclórico dos Moleiros do Pomarinho. António Boa-Nova e Fernanda Ramos fazem um balanço muito positivo deste evento, que têm o desejo de continuar em próximos anos para potenciar a aproximação dos pais à comunidade escolar, «Que é pouca principalmente no caso da Secundária, talvez pelo facto de os alunos serem mais velhos». Quanto à participação neste evento consideraram que ultrapassou todas as expectativas com um grande envolvimento dos pais de todas as escolas da freguesia. «Foi um bom momento de convívio e reflexão e que contribuiu para chamar os pais à vida da escola e para um maior acompanhamento da vida escolar do filhos». Para além do apoio de todas as escolas o evento contou também com o apoio logístico da Câmara de Odivelas e da Junta de Freguesia da Ramada e do apoio com alguns bens alimentares da Junta de Freguesia da Pontinha, «Apoio que foi fundamental para o êxito da iniciativa pelo que deixamos aqui o nosso agradecimento público» disseram os dirigentes associativos. PUB


10 PUB

Nova Odivelas

14 Maio 2010


14 Maio 2010

DESPORTIVAMENTE

Nova Odivelas 11

TORNEIO DO CAC . O grande jogo da final entre o Benfica e o Inter de Milão em exibição na NO TV em www.novaodivelas.tv

FUTEBOL

AGENDA FIM-DE-SEMANA [15 e 16 MAI]

Dois jogos de Escolas

Sábado ANDEBOL Seniores: Madalenense ● Gin. Odivelas Juvenis: Gin. Odivelas ● Benfica Infantis: Gin. Odivelas ● Sporting

Sporting 3 x Tenente Valdez 1

N

o Sábado o Tenente Valdez foi ao Estádio Universitário para defrontar o Sporting em Escolas A, num dia de mau tempo mas com a chuva a ceder a uns raios de sol na hora do jogo. No primeiro tempo, jogo equilibrado, com algumas oportunidades para ambas as equipas, mas chegou ao intervalo sem golos. FUTEBOL

No recomeço, as equipas procuraram alterar o marcador, o Tenente veio a consegui-lo, mas a partir daí, o Sporting tudo fez para não ser derrotado e, com alguns erros do árbitro, veio a conseguir a vitória a poucos minutos do fim. Arbitragem muito má. Os jovens árbitros não se devem impressionar com a cor das camisolas, mas sim com as leis do jogo! AM

Odivelas 3 x Caneças 2

D

uas equipas do concelho frente a frente no campo do Odivelas, em manhã de chuva que o calor do entusiasmo dos jogadores e assistência minimizou. Foi um jogo interessante com o Odivelas a dominar mas a ser o Caneças a marcar golo no primeiro remate à baliza. O Odivelas procurou alterar o acontecimento com jogadas de belo recorte técnico, alterando o

FUTSAL FEMININO

Fotografias: António Mota

FUTEBOL Infantis: Caneças ● Santa Maria Infantis: Caneças B ● Linda-a-Velha Infantis: Sacavenense ● Odivelas FC B Infantis: Arrudense ● Tenente Valdez Escolas: CAC ● Odivelas FC Escolas: Odivelas FC B ● Lourel Escolas: Trajouce ● Odivelas FC C FUTSAL Seniores: Fonsecas ● Famões Seniores: Ribamar ● GROB Juniores: MTBA ● Arroja Juniores fem.: Carnide ● PSAAC Infantis: Arroja ● ACO Infantis: Forte da Casa ● Bons Dias Infantis: Casal Rato ● Porto Salvo Infantis: PSAAC ● GROB Escolas: Bons Dias ● GROB Escolas: AMSAC ● Bons Dias B Escolas: Tojal ● Patameiras Domingo ANDEBOL Iniciados: Gin. Odivelas ● Bairro Janeiro Infantis: Mafra ● Gin. Odivelas

marcador e, assim, chegou ao intervalo a ganhar por três bolas a uma. No segundo tempo, manteve-se a mesma toada de jogo, continuando o Odivelas a dominar e a criar oportunidades, mas a meio do jogo o Caneças com uma boa jogada reduziu o marcador para 2 a 3, terminando de seguida o jogo com a vitória do Odivelas. Boa arbitragem. AM

FUTEBOL Seniores: CAC ● Domingos Sávio Juvenis: CAC ● Odivelas FC B Juvenis: Torreense ● Odivelas FC Iniciados: Odivelas FC ● CAC Iniciados: CAC B ● Palmense Iniciados: Olivais Sul ● Caneças Iniciados: Santa Maria ● Unidos FUTSAL Seniores fem.: Achada ● Caneças

DESPORTO ESCOLAR

RESULTADOS FIM-DE-SEMANA [08 e 09 MAI]

Jogo com protestos por Captações Juvenis no CAC falta de porta no balneário

O

Clube Atlético e Cultural da Pontinha está a promover Treinos de Captação para a sua equipa de Juvenis. Se nasceste em 1994/1995 e estás interessado comparece no Campo do Clube nos seguintes dias e horários: Terça-feira 25/05/2010 às 20h30; Quinta-feira 27/05/2010 às 19h30; Sexta-feira 28/05/2010 às 20h30; Terça-feira 01/06/2010 às 20h30; Quinta-feira 03/06/2010 às 19h30 e Sexta-feira 04/06/2010 às 20h30. Deves levar equipamento completo e Bilhete de Identidade.

24 HORAS DE NOTÍCIAS

www.novaodivelas.tv

ANDEBOL Seniores: Arsenal Canelas 28 ● 21 Gin. Odivelas Juvenis: Passos Manuel 41 ● 14 Gin. Odivelas Iniciados: Gin. Odivelas 23 ● 32 Belenenses

FICHA DO JOGO JOGO: PSAAC X Zambujeira Serra Calvo (09/05/2010 – 19:00) PAVILHÃO: E. S. Pedro Alexandrino COMPETIÇÃO: Campeonato Distrital Juniores Femininos – Futsal ÁRBITRO: Daniel Santa ESPECTADORES: 40 RESULTADO AO INTERVALO: 1-3 RESULTADO FINAL: 2-6

que a Carla marca para o PSAAC finalizando o jogo com um 2-6. Boa arbitragem de Daniel Santa. No final do jogo o treinador Hugo Vitória estava resignado com o resultado, lamentando o quarto de hora inicial onde a sua equipa, segundo ele, não fez o que sabia e devia. Nota final para a situação vivida nos Balneários da Escola Secundária Pedro Alexandrino que há vários meses se encontram sem portas provocando situações de insegurança e furtos em que já foram vítimas, pelo menos, as equipas do PSAAC e GROB e dando uma péssima imagem do município às equipas que vêm de fora, como aconteceu este fim-de-semana com os protestos do responsável da equipa do Zambujeira Serra Calvo. DB

Fotografias: NO

N

uma tarde de domingo onde há mesma hora se disputava o Benfica – Rio Ave jogo de atribuição do título maior do futebol nacional, foi com agrado que assistimos a um jogo de futsal feminino com mais de quatro dezenas de adeptos na bancada do Pavilhão da Escola Secundária Pedro Alexandrino. A equipa da casa tardou a acordar para o jogo, começando a partida com as suas atletas algo desconcentradas, precipitando-se nas acções ofensivas permitindo à equipa da Lourinhã um domínio quase avassalador no primeiro quarto de hora como mostram os três golos apontados nesse período. A partir daí as Povoenses mais tranquilas, começaram a praticar um futsal mais consistente conseguindo equilibrar as operações marcando inclusive um bom golo pela atleta Tânia que fez com que o resultado ao intervalo fosse de 1-3. Na parte complementar manteve-se o jogo dividido com boas ocasiões para ambas as equipas conseguindo as Lourinhanenses elevar o marcador para 14. Com a vitória decidida para as visitantes o treinador do PSAAC, Hugo Vitória faz rodar todas as suas atletas com destaque para a estreia absoluta da Yasmine, reflectindo-se no normal abaixamento do nível do futsal praticado. Até ao final da partida a equipa da Zambujeira Serra Calvo marcou por mais duas vezes enquanto

1º Corta-Mato Escolar na Paiã

A

chuva que se fez sentir no passado Sábado não fez desistir os cerca de 80 alunos de oito Escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico que participaram no 1º Corta-Mato Escolar que teve lugar na Ecopista situada na Escola Profissional Agrícola D. Dinis, na Paiã. Organizado pela Câmara Municipal de Odivelas o evento insere-se no Programa de Actividade Física e Desporto Escolar, que tem dinamizado acções desportivas, junto da comunidade escolar em várias modalidades como o ténis, atletismo, rugby, voleibol e a ginástica.

FUTEBOL Seniores: Real Lumiar 1 ● 3 CAC Juniores: 1º Dezembro 0 ● 2 CAC Juniores: Fontainhas 4 ● 6 Tenente Valdez Juvenis: Atlético 1 ● 2 CAC Juvenis: Oeiras 3 ● 3 Odivelas FC Juvenis: Odivelas FC B 0 ● 2 Lourel Juvenis: Olivais Sul 0 ● 3 Tenente Valdez Iniciados: CAC 1 ● 1 Sacavenense Iniciados: Caneças 2 ● 2 CAC B Iniciados: Lourel 3 ● 1 Odivelas FC Iniciados: Odivelas FC B 1 ● 2 Ericeirense Infantis: CAC 8 ● 0 Carregado Infantis: Caneças 0 ● 8 Sacavenense Infantis: Sanjoanense 9 ● 0 Caneças Infantis: Ericeirense 1 ● 1 Caneças B Infantis: Torreense 1 ● 2 Odivelas FC Infantis: Odivelas FC B 6 ● 0 Frielas Infantis: Santa Maria 2 ● 14 Oliv. Moscavide Infantis: Tenente Valdez 0 ● 3 SJ Brito Escolas: Odivelas FC 3 ● 2 Caneças Escolas: Estoril 4 ● 2 Odivelas FC B Escolas: Odivelas FC C 1 ● 4 Linda-a-Velha FUTSAL Juniores: Arroja 2 ● 6 Ribamar Juniores fem.: PSAAC 2 ● 6 Zambujeira Serra Infantis: Lóios 2 ● 6 Bons Dias Infantis: AMSAC 1 ● 3 Casal Rato Infantis: Apelação 13 ● 2 PSAAC Escolas: Bons Dias 1 ● 0 Infantado Escolas: Tojal 6 ● 2 Bons Dias B Escolas: GROB 2 ● 5 Caxienses Escolas: Patameiras 3 ● 2 Infantado

Desportivamente também em www.novaodivelas.tv


12

Nova Odivelas

14 Maio 2010

EMPREENDEDORES

PUBLIRREPORTAGEM. A sua empresa no Nova Odivelas. Informe-se. Telemóvel: 966 569 857

PUBLIRREPORTAGEM

O

Pica-pau foi à Quinta da Montanha

Há quarenta anos em Odivelas, o Externato Picapau é o mais antigo estabelecimento de ensino particular no território de Odivelas, com creche, jardim-de-infância e 1º ciclo sendo uma referência no ensino privado. O 1º grande Piquenique realizado no Sábado teve a marca do sucesso e qualidade a que o Externato Pica-pau nos habitou. o longo do ano o Externato Pica-pau realiza vários eventos para potenciar o convívio entre pais e filhos, com os 150 alunos nas várias valências e foi nesse âmbito que, com uma ideia das professoras, nasceu o 1º Piquenique que teve lugar no Sábado 08 de Maio na Quinta da Montanha, em Mafra e que, «Apesar do temporal

A

que nesse dia se fez sentir juntou mais de 300 pessoas, entre pais e filhos» segundo nos disse Miguel Martins, da administração do Grupo Pedago, a que o Externato Pica-pau pertence. «Foi fantástico os pais aderiram de forma brilhante e conseguiu-se, em situação climática adversa, dar a volta à situação e criar um ambiente muito bom e

A QUINTA DA MONTANHA PARQUE TEMÁTICO E PEDAGÓGICO é um projecto da empresa PEDAGOTUR - Sociedade de Empreendimentos Lúdicos e Pedagógicos, Lda, que pertence ao grupo PEDAGO, Sociedade de Empreendimentos Pedagógicos, Lda. com 36 anos de experiência ao serviço da educação. É um projecto inovador e de referência no desenvolvimento curricular e na organização de espaço e tempos de cultura e lazer. Surgiu da necessidade e da procura crescente por parte das escolas em visitar espaços adequados que possam complementar os conteúdos teóricos dos programas escolares. O vazio existente nesta área potenciou o desenvolvimento deste projecto e abriu caminho para a criação de um espaço onde a qualidade impera. Situada no Gradil, Concelho de Mafra, o local

que resultou muito bem, tendo participado cerca de 90% da comunidade educativa do externato». O evento foi pensado para «Proporcionar um convívio entre pais e filhos, que raramente acontece desta forma, promovido pelas escolas e por isso quisemos criar um Sábado completamente diferente com diversas actividades que envol-

não poderia ser o mais indicado. Tendo como pano de fundo a paisagem idílica da Tapada de Mafra, a Quinta da Montanha oferece uma variedade de serviços e actividades lúdicas e pedagógicas, num espaço de aproximadamente 10 ha. MISSÃO: Um espaço de educação não formal; Um projecto inovador e de referência no desenvolvimento curricular; Um conceito de flexibilidade curricular, de ordem disciplinar e transdisciplinar; Um pretexto de desenvolvimento de competências gerais, aumento da literacia e educação para a cidadania. EQUIPA: A qualidade dos serviços prestados e o cumprimento rigoroso dos programas pedagógicos, são garantidos por uma equipa multidisciplinar de Técnicos superiores e monitores especializados nas diferentes áreas das actividades.

vessem simultaneamente pais e filhos». O Pedy Paper previsto acabou por não se poder realizar devido ao mau tempo mas as visitas à Quinta da Montanha fizeram sucesso com as crianças e pais a adorarem os animais e as várias actividades. Também houve oportunidade para “um pezinho de dança” nos sa-

um dia para recordar». E, o que dizem os participantes? Fomos ver ao Facebook… Marta Amaro: «Ficou mais uma vez provado que quando a equipa Picapau, direcção, professoras, pais e alunos, se junta nem as condições climatéricas nos desviam dos nossos objectivos». Helena Pereira: «Um Muito e Grande

raus organizados com duas professoras de dança e onde pais e filhos brilharam. Face ao sucesso da iniciativa, Miguel Martins garante que o evento é para continuar até porque já há pais a reclamar «Um novo piquenique sem chuva». Miguel Martins sublinhou «A excelente qualidade do Corpo Docente e Não Docente» do Externato Pica-pau «E o esforço demonstrado ao longo das semanas que antecederam o evento». Para Miguel Martins este foi «Um evento único que ficará para sempre na memória dos pais e dos filhos. Parabéns a todas as pessoas envolvidas directamente no evento. Só com grande profissionalismo e dedicação ao Pica-Pau foi possível fazer, do dia 08 de Maio de 2010,

Obrigado a todos os que conseguiram fazer de um Sábado um dia tão Bonito. Assim se pode ver a dedicação, a força, a vontade que todos os que trabalham neste externato fazem não só em um Sábado, mas em todos os dias do Ano». Adélia Damião: «Sinto um grande orgulho em fazer parte de uma equipa tão fantástica... Parabéns Pica-pau e parabéns a todos os pais e filhotes que estiveram presentes. Todos juntos fizemos de um simples sábado um dia inesquecível para todos principalmente para os nossos meninos». Pedro Tavares: Parabéns Pica-pau. O piquenique foi muito bom. Mesmo com chuvinha estava excelente. Foi um dia muito divertido! Queremos mais, agora com sol.


14 Maio 2010

Nova Odivelas 13 PUB

PUB


14

Nova Odivelas

14 Maio 2010

EMPREENDEDORES

NovaOdivelas.tv

PUBLIRREPORTAGEM

Optiface 14 anos

Estamos no “ar”

de qualidade óptica em Odivelas Fundada há 14 anos em Odivelas, a Optiface tem evoluído de forma natural, devido à qualidade dos seus profissionais e à forma clara de estar no mercado da óptica. Com instalações ampliadas e equipamentos da mais recente tecnologia a Optiface é o local certo para procurar a resposta para os seus problemas de visão.

Arrancaram hoje as emissões experimentais da NO TV, a Web estação Regional de Televisão de Odivelas, ligada ao grupo Simprus e que vai ombrear no rigor, isenção e pluralidade com os seus “irmãos” informativos Nova Odivelas (semanário impresso com 11 anos de existência) e Diário de Odivelas (diário on-line desde 2003).

C

A

ntónio Martins nasceu e sempre morou em Odivelas. Há 22 anos que é profissional do ramo óptico e há 14 anos achou chegada a altura de criar o seu próprio estabelecimento o que veio a fazer na sua terra, no local onde ainda hoje se encontra. Ao longo dos anos, graças á capacidade e competência dos seus técnicos e colaboradores, a Optiface foi naturalmente crescendo o que levou António Martins a investir na ampliação das instalações e na aquisição dos mais modernos equipamentos para poder responder às situações dos seus clientes. Mantendo a identidade própria da Optiface, António Martins aderiu em 2006 ao Grupo Optivisão para ter mais notoriedade e capacidade negocial que advém desta ligação ao maior grupo nacional no ramo óptico, nomeadamente nos acordos e convenções dos quais destacamos o Automóvel Clube de Portugal, os Cartões Jovens e Solidário, a Medi-lux 24, a Médis, vários ministérios, a Multicare, as ordens dos Advogados e Engenheiros, seguradoras, Sindicatos e Unimed. Na Optiface pode fazer um rastreio para saber quais as suas necessidades visuais, usar o Cartão de Garantia Optivisão, ter consultas de Optometria e Contactologia, marcar consultas de oftalmologia, adquirir óculos, armações e todos os produtos ópticos. Encontra ainda serviços de Ortópitica, Educação visual através do exercício; perimetria, Medição do campo visual, ângulo de visão e Tonometria, Medição de pressão intra-ocular. Apostando na qualidade a Optiface tra-

balha com as lentes Essilor e dispõe de uma variada gama de armações das mais clássicas às mais modernas e irreverentes para satisfazer os gostos de todos os seus clientes. Com honestidade e rigor os técnicos da Optiface resolvem todos problemas que sejam da sua área de competência e nos casos mais complexos procedem ao encaminhamento para consultas de oftalmologia.

Para sensibilizar as pessoas para os problemas da visão porque «Os olhos são janelas para a vida», a Optiface realizou rastreios gratuitos, durante três dias com uma adesão de mais de 300 pessoas que superou todas as expectativas. Nestes rastreios foi feita uma breve avaliação da situação ocular dos rastreados, se tinham ou não necessidade de usar óculos ou, no caso das pessoas que já os usavam, se haveria necessidade ou não de actualizações nas lentes. Para António Martins este rastreio significou um serviço cívico importante que permitiu a muitas pessoas saber como está a sua situação visual. OPTIFACE - Comércio de Óptica, Lda. MORADA: R. Major Caldas Xavier 16 – A/B (Junto ao Metro de Odivelas) 2675-309 – Odivelas TEL.: 219 317 519 / 309 823 605 TLM.: 913 645 456 GPS: Lat - 38º47’31.18”N Lng - 9º 10’24.24”O WEBSITE: www.optiface.com

om emissões contínuas de 24 horas dia, a NO TV vai privilegiar a informação do concelho de Odivelas com a cobertura dos principais acontecimentos que vão ser noticiados em três blocos informativos diários às 10h00, 16h00 e 22h00. Sempre que a natureza dos eventos o justifique para além do resumo noticioso nos blocos informativos, serão feitas emissões mais alargadas que podem chegar à transmissão integral, como no caso de debates, sessões das Assembleias Municipais e de Freguesia ou espectáculos. Ao Sábado às 22h10 teremos o Retrato da Semana onde serão desenvolvidas algumas das reportagens emitidas nos blocos informativos diários. Pela nossa grelha experimental irão também passar os grandes debates promovidos pela NO TV e a tertúlia Informalidades que passará a semanal e será transmitida em directo às Quartas-feiras às 22h10. Para além da cobertura noticiosa, vamos também apostar no concelho de Odivelas nas áreas culturais, lúdicas e de entretenimento, apoiando as várias iniciativas e eventos com a sua divulgação na NO TV. Para já arrancamos com a tertúlia Palavreando que vai ser emitida em directo do Centro de Exposições de Odivelas, quinzenalmente às Sextas-Feiras às 22h10 e com o novo programa humorístico Mas que Piada Tem Isso? Apresentado por José Duarte e que será também quinzenal, alternando com o Palavreando e também transmitido em directo da Casa do Largo do CEO. Semanalmente teremos A Hora do Espectáculo com a transmissão de espectáculos, integrais ou resumidos, gravados ao vivo na Malaposta e em colectividades do concelho. Espectacularmente será uma rubrica semanal apresentada por Manuel Coelho, director artístico do Centro Cultural Malaposta que falará dos espectáculos da sala do Olival Basto e recomendará um espectáculo “fora de portas”. Em parceria com a Junta de Freguesia de Odivelas vamos produzir semanalmente o programa Escola de Fado que será emitido, às Terças-feiras depois das notícias das 22h00 e gravado ao vivo durante as aulas da Escola de Fado de Odivelas que se realizam no Pavilhão Polivalente. Debatendo vai ser emitido às Quintas-feiras às 22h10 e apresentará debates promovidos por várias organizações do concelho. O Papagaio viu vai criticar ou elogiar situações do concelho de Odivelas, as Conversas Reais apresentarão diálogos divertidos entre El-Rei D. Marmelo e a Madre Docinha sobre acontecimentos da Terra da Marmelada e as Crónicas da Tia Bekas falarão da socielite como só uma tia sabe.


14 Maio 2010

Realmente! «O Rio Tejo como cenário principal, um altar em forma de barca num palco irrepreensível, os seixos do rio, as vozes e cânticos de arrepiar e um ambiente de profunda fé e esperança, provaram ontem, que Portugal sabe estar, sabe receber, e sabe ser, acima de tudo tolerante, fraterno e plural. Foi impossível não ficar comovida ontem com a Missa no Terreiro do Paço». Susana Amador na sua página no Facebook

«Será que temos aí um brilhozinho de conversão aos valores mais sublimes da teologia e filosofia cristã... Lembrando velhos tempos... Para quem não gosta de missas e procissões gostei de ler este brilho de sentimento e sublimação espiritual. Gostei mesmo». Manuel Varges em comentário

«Caro Manuel Varges, não sei de onde retirou a ideia de que eu seria pouco espiritual. Sou cristã e católica embora republicana e defensora da laicidade do Estado. As minhas filhas estão a ter uma educação para o amor e humanidade. Sempre que vou à missa ou a uma procissão faço-o por dever institucional mas com convicção profunda. Fui registada a 13 de Maio e por isso trago Fátima no meu nome. De facto, não me conhece... Será seguramente culpa minha». Susana Amador em resposta

«Em poucas palavras soube dizer muito, sobre um grande acontecimento. E que bonito foi ver como as pessoas estão a receber Sua Santidade o Papa Bento XVI, com alegria, com entusiasmo, com esperança e com muita confiança. Estamos a viver um momento singular de vivência e afirmação da Fé». Abílio Santos em comentário

«Se procura emprego em “Odivelas Terra de Oportunidades” inscreva-se ou reinscreva-se no tal Partido com alguns meses que antecedem os actos eleitorais e vai ver que não faltam ofertas, desde que vote na tal lista… Se quer ser promovido ou reclassificado em “Odivelas Terra de Oportunidades” siga o mesmo exemplo dos inscritos e reinscritos, porque ofertas não faltam, desde que vote na tal lista… Se não está à espera de emprego, de promoção ou reclassificação e está filiado no tal Partido em “Odivelas Terra de Oportunidades” tenha cuidado, porque em vez de ofertas pode acontecer o contrário se não votar na tal lista… Mesmo para aqueles que tentaram em “Odivelas Terra de Oportunidades” falar com os seus “digníssimos” manda-chuvas, dirigentes ou chefes e não o conseguiram, então aguarde pelos actos eleitorais, porque de certeza é chamado ao gabinete a, b ou c, com alusões sugestivas relativas ao futuro, desde que vote na tal lista…

No b r e s C o n f i s s õ e s

E

Confesso, sim confesso…

stou emocionadíssima. Finalmente o concelho de Odivelas assume a sua verdadeira natureza e diz claramente em público: «Somos o concelho da Marmelada». Até o, chamado pelas más-línguas, jornal oficial da Anita, traz o sugestivo título “Promover a Marmelada”. Adorei. E adorei outro título do jornal onde se diz “Faço música por amor”. Ai se os Odivelenses fizessem marmelada por amor que bom que seria. Bom mas com o beneplácito da Anita, Odivelas promoveu o encontro dos produtores da Marmelada Branca. Foi no CAELO, mas podia ter sido na minha sala de chá, já que na mesa estavam quatro pessoas, os produtores presentes eram em igual número, segundo pude ler num jornal on-line local. Não quero dizer com isto que os produtores são poucos para fazer uma boa marmelada. Como a minha tia Sãozinha sempre me disse, mais vale poucos e bons… Mas se estamos em crise e de tanga talvez fosse uma boa ideia começarmos todos a fazer marmelada. Tornávamos Odivelas mais doce e produzíamos uma mais valia importante neste concelho de intelectuais azedos e mal dispostos que não têm poder de encaixe e ficam danados com as crónicas da Ricardina. Mas prontos… Esqueçamos as coisas tristes e pensemos como a Anita. «Quero Odivelas no mapa da Marmelada», como se pode ver no último livro da colecção Anita na Terra das Oportunidades que tem o título: “Fé e Esperança na Marmelada de Odivelas”.

A O

inda falando no jornal da Anita. Já disse ao meu director para aprender a fazer capas. Aquilo sim é que é capa de jornal. Tá bem que fiquei um cadito com a cabeça à roda e com um torcicolo para ler a publicidade lateral mas está viva e com muita cor. Sim senhor, a Ricardina adorou.

Rancho Folclórico os Saloios de Caneças parece que vai entrar em hibernação. Para ensaiador foram buscar um jovem de sangue na guelra que parece não ter ainda muito calo para lidar com as pessoas e na última apresentação em público, na Semana Missionária de

~ Gu ard a R eal ~

Nova Odivelas 15

Maria Ricardina de Marmelo e Sá Viscondessa da Memória confissoes@novaodivelas.pt

Caneças, o senhor, em pleno espectáculo disse «Isto hoje está um bocado descontrolado. Nunca vi isto tão descontrolado. Eu não sei o que as pessoas querem fazer disto. Uma pessoa diz que é para fazer uma coisa e querem fazer outra. Eu assim não me entendo com isto. Não me entendo com isto já». Perdoem cá à Ricardina mas tenho de continuar a falar deste grande espectáculo do Rancho dos Saloios de Caneças até porque parece que foi o último mas disso já vos falo a seguir. A certa altura a organização disse ao senhor que tinham de acabar porque houve atrasos no programa. Ai Jesus, o que foram dizer. O homem que devia ter dormido com os pés de fora, passou-se. «Vai uma Carta à Junta de freguesia de Caneças para o senhor presidente a dizer que assim não vale a pena vir actuar aqui. Festas destas não merecem a pena. Ou então a organização tem de ser completa. Xis de horas para aquele grupo, xis de horas para aquele e xis de horas para aquele. (…) Não é agora virmos para aqui deslocar pessoas de Lisboa e agora dançam três ou quatro músicas e vamos embora. Não está bem. Desculpem sou muito claro no que digo. Sou muito religioso mas assim não dá». E prontos, arrancou com o rancho e acabou com a festa. Mas parece que as pessoas do rancho não gostaram desta performance do seu ensaiador e a maioria demitiu-se. Resta agora saber o que fará D. Armindo de Fernandes perante esta situação. Oh Armidinho, aceite um conselho cá da Ricardina e não acabe com o rancho que o folclore até é giro. Troque é de ensaiador. Ah pois. Reforma já!

A

s Associações de Pais das escolas da Freguesia da Ramada fizeram um evento de grande qualidade e que apesar da chuva teve muita participação. Mas, parece que as entidades oficiais ainda não estão bem sensibilizadas para estas coisas. Vou pedir à doutora presidenta da Câmara para dar uns workshops aos seus vereadores e a outras entidades públicas. Num e-mail que recebi o estimado leitor descreve a festa e depois diz «O representante da DREL, sentiu-se pressionado, com as horas e foi-se embora. A Sra. Vereadora, viu ali uma excelente oportunidade, de poder fazer o mesmo, deixando um conjunto de jovens, que tinham ensaiado, durante tempo sem fim as suas performances, privados de as poder partilhar com o poder (…) o espectáculo foi fabuloso, digno de ser filmado. Portanto como para a Vereadora não existia necessidade de ali estar porque os pais normalmente não se envolvem tanto como nas EB2/3. Ficaram assim as visitas oficiais sem uma perfeita noção, do real valor destes jovens, que em vez de estarem a roubar ou a drogarem-se, estavam a demonstrar que sabem fazer alguma coisa em prol da comunidade. Minha cara Ricardina o que se passou, foi isto, uma profunda vergonha». Não me apetece dizer mais nada. Vou embora. Fiquem bem que eu fico também.

~ Flas h d o Re ino ~

Vítor Peixoto no Blogue “Acreditar para viver melhor”

SIMPRUS PRESS, COMUNICAÇÃO LDA Av. de Lisboa, 103 B - 2605-002 Casal de Cambra TLF: 219 817 000 FAX: 219 817 009 || NIPC: 509 172 962 || DIRECTORA GERAL: Helena Figueira [helena_figueira@simpruspress.pt] TLM: 966 569 857 || DIRECTOR DE INFORMAÇÃO: Henrique Ribeiro [henrique_ribeiro@simpruspress.pt] TLM: 962 646 230 || DIRECTORA FINANCEIRA: Manuela Escoval || CONTABILIDADE: Adélia Santos [adeliasantos@simpruspress.pt] || PUBLICIDADE: [publicidade@simpruspress.pt] TLM: 966 569 857 NOVA ODIVELAS - Semanário do Concelho de Odivelas Av. de Lisboa, 103 B - 2605-002 Casal de Cambra TLF: 219 817 000 FAX: 219 817 009 || DIRECTOR: Henrique Ribeiro [henrique_ribeiro@simpruspress.pt] || PUBLICIDADE: Helena Martins [publicidade@simpruspress.pt] TLM: 966 569 857 || DESIGN: Nuno P. Silva [nunopsilva@simpruspress.pt] || COLABORADORES: Eduardo Sousa, Miguel Lopes (Fotografia), Lina Manso, Sérgio Mendonça (Desporto) || COLUNISTAS: Edgar Valles, Fernando Tudela, Helena Jardim, Manuel Varges, Maria Máxima Vaz, Paula Paçó, Sofia Mendes, Teresa Salvado || CORRESPONDENTES: Olival Basto - Sara Sousa; Desporto - David Braga, Pedro Beato, Sandra Braga || REGISTO NO ERC: 123252 || DEPÓSITO LEGAL Nº: 105904/9 || IMPRESSÃO: GRAFEDISPORT Impressão e Artes Gráficas, SA - Rua Consiglieri Pedroso, Casal de Santa Leopoldina Queluz de Baixo || DISTRIBUIÇÃO: Casa-a-casa Distribuidores Lda. || TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20 mil exemplares - Interdita a reprodução de textos e imagens sem o devido consentimento. || As crónicas e artigos de opinião ou de leitores são da inteira responsabilidades dos seus autores e podem não corresponder à orientação editorial do jornal.


Nova Odivelas PUB

Informação credível e completa

Nova Odivelas 345  

Edição 345 do jornal Nova Odivelas de 14 de Maio de 2010