Issuu on Google+

Informativo

ASSOCEASA 7

Ano 2 | Abril e Maio de 2012 | Edição Distribuição Gratuita

MUDANÇA DE CARGO Claudinei Barbosa se desliga da Assoceasa e Dilsa Campos assume o posto

TRANQUILIDADE AOS PERMISSIONÁRIOS Ceasa-Campinas assina acordo com seguradora contra danos e acidentes

Box da Nacional na Ceasa em 1976

an anos Conheça a trajetória de sucesso de quatro décadas da Bananas Nacional, uma das empresas fundadoras da atual sede da Ceasa-Campinas

ÉPOCA DE FRIO Cai consumo de frutas e folhas e aumenta a procura por legumes


EXCELÊNCIA EM CÍTRICOS

ABACAXI, MELANCIA E ABÓBOR AS ATENDEMOS CAMPINAS E REGIÃO

Ceasa-Campinas GP4 BOX 7 e 8

Ceasa-Campinas GP4 BOX 29. 30 e 31

(19) 3746-1457 / alfacitrus@alfacitrus.com.br

(19) 3746-1433 / zulonagricola@terra.com.br

FRUTAS NACIONAIS E IMPORTADAS LEGUMES E HORTALIÇAS Ceasa-Campinas GP1 BOX 20 e 21 (19) 3746-1130 / crmoreno@crmoreno.com.br www.crmoreno.com.br

ALHO, BATATA E CEBOLA DA MELHOR QUALIDADE!

CÍTRICOS EM GER AL Ceasa-Campinas GP4 BOX 12 e 13 (19) 3746-2412 / citricabardin@citricabardin.com.br

REFERÊNCIA EM HORTIFRUTI HÁ 25 ANOS Ceasa-Campinas GP2 BOX 11

Ceasa-Campinas Pav. ABC Lojas 1 a 5

(19) 3746-1218 / comercial@benassicampinas.com.br

(19) 3746-1513 / mineiroceasa@uol.com.br

www.grupobenassi.com.br

CENOUR AS SELECIONADAS E DE QUALIDADE!

Ceasa-Campinas ML1 - Mód. AB-7

(19) 3746-1368 / comercialagricola@saogotardo.com.br

ANUNCIE AQUI (19) 3746-1006 / (19) 8814-8346 / (19) 9265-9547 informativoassoceasa@gmail.com


EDITORIAL

EXPEDIENTE

3

Com um novo formato, a sétima edição do Informativo AssoEsta revista é uma publicação da Assoceasa Presidente Marco Antonio Adami Produção e edição Nótus Comunicação Jornalistas Responsáveis Ana Luiza Panazzolo (MTB: 64.887) Marcela Pastor (MTB: 64.896) Colaboração Especial Zé Mineiro Designer Renato Pastor Diagramação João Colosalle Impressão Gráfica Silvamarts Tiragem 2.000 exemplares CEASA - Centrais de Abastecimento de Campinas S.A. Rodovia Dom Pedro I, km 140,5 Pista Norte, Campinas (SP) Telefone: (19) 3746-1000 www.ceasacampinas.com.br Horário de funcionamento para comercialização: Segundas, quartas e sextas-feiras, das 5h às 15h Terças e quintas-feiras, das 7h às 16h Sábados, das 7h às 12h Estacionamento grátis Contato da redação: informativoassoceasa@gmail.com Os artigos assinados e os anúncios divulgados são de inteira responsabilidade de seus autores.

ceasa traz assuntos pertinentes ao cotidiano dos permissionários, funcionários e frequentadores da Central de Abastecimento de Campinas, além de textos mais sucintos e de rápida leitura. Destacamos nesta edição a comemoração dos 40 anos da Bananas Nacional. A empresa de origem goiana foi uma das fundadoras da atual sede da Ceasa e traz consigo uma história de dedicação, profissionalismo e sucesso. Além disso, explicamos a você, leitor, quais alterações aconteceram na equipe de profissionais da Assoceasa e quais mudanças foram feitas nas licitações do entreposto. Neste Informativo também trazemos uma informação que tranquilizará os permissionários da Ceasa: a Central está segura contra danos e acidentes. Um acordo foi feito entre o entreposto e a Seguradora da Caixa Econômica Federal com duração de um ano. Além disso, temos outra notícia positiva nesta edição: as políticas de segurança alimentar de Campinas, apoiadas pela Ceasa, serão referência para o novo Plano Nacional de Abastecimento Alimentar. Ao longo do ano, o mercado alimentício sofre alterações de acordo com o consumo da população. Com a chegada do frio, as folhas e frutas sofrem queda de procura, enquanto os legumes e verduras que podem ser cozidos são mais apreciados. Confira neste Informativo por que isso acontece e como continuar com uma alimentação saudável no inverno. Para finalizar a edição com chave de ouro , trazemos uma matéria sobre o investimento que os permissionários da Central fizeram nos futuros consumidores do mercado. Eles abriram os seus boxes a grupos de crianças que degustaram alimentos saudáveis e conheceram o caminho que os produtos percorrem até a mesa de suas casas.

NESTA EDIÇÃO

9

NACIONAL 40 ANOS A empresa de origem goiana comemora uma história de dedicação e conquistas no mercado de Campinas e região

Desejamos a todos uma boa leitura!

4 5 6 7

CENTRAL

Seguro contra danos e acidentes já está vigente na Ceasa Central promove pregão eletrônico

PROJETOS SOCIAIS

Segurança alimentar de Campinas será modelo nacional Permissionários abrem suas portas a futuros consumidores

MUDANÇAS

Assoceasa anuncia alterações de profissionais

MERCADO

Hábitos de consumo no frio modificam mercado alimen�cio


CENTRAL

4

Informativo Assoceasa | nº 7 | Abril e Maio de 2012

Entreposto assina acordo com seguradora contra danos e acidentes Arquivo: Ceasa

Os 500 mil metros quadrados pertencentes à Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa) agora estão protegidos de acidentes e danos causados por incêndio, raio, explosão, vendaval, granizo, impactos de aeronaves, avarias elétricas em equipamentos, ocorrências de tumultos e demais situações de responsabilidade civil. Todos estes possíveis danos somam a quantia de R$47,9 milhões. Segundo o presidente da Associação dos Permissionários da Ceasa (Assoceasa), Marco Antônio Adami, o acordo firmado entre o Entreposto e a Seguradora da Caixa Econômica Federal traz tranquilidade a todos os usuários do mercado. “Fomos consultados, participamos deste processo e os resultados são satisfatórios. Esta era uma preocupação muito grande de todos os permissionários da Ceasa, pois os gastos com a estrutura dos prédios são rateados

Imagem aérea da Ceasa-Campinas

entre nós, comerciantes”, afirma. Após dois anos de tentativas e sete pregões fracassados, o contrato com a seguradora foi firmado sem licitação e com duração pré-determinada

de um ano, podendo ser prorrogado perante mútuo acordo entre as duas partes, conforme determina a lei. Fonte: Assessoria de Imprensa da Ceasa-Campinas

Ceasa realiza pregão eletrônico Com o objetivo de trazer mais visibilidade para as licitações realizadas na Ceasa-Campinas, a atual diretoria da Central criou o pregão eletrônico. Até então, todos os certames eram presenciais e as empresas interessadas precisavam comparecer pessoalmente para fornecer um produto ou serviço. Já na edição eletrônica, ocorre uma espécie de leilão virtual onde as empresas participam apresentando propostas e lances sobre o valor do material que está sendo oferecido. O primeiro pregão eletrônico aconteceu no dia 9 de maio, onde foram oferecidos cinco produtos alimentícios em prol do Programa Municipal de Alimentação Escolar. Em 16 de maio, a Ceasa-Campinas disponibilizou em seu site o Portal da Transparência, onde podem ser encontradas

as gravações de todos os pregões editados, todos os balanços contábeis desde 2004, as despesas da Central com contratos e fornecedores, receitas provenientes de tarifas e aquisições desde 2010 com identificação de CNPJ ou CPF, além de um histórico com as remunerações de todos os funcionários desde o ano passado. No Portal também é possível tirar dúvidas sobre como participar das licitações. De acordo com o gerente administrativo e de recursos humanos da Ceasa, José Anízio Marim, o Portal tem

a finalidade de ampliar o volume de informações, como por exemplo, os contratos firmados pela Central, um banco de dados com as informações da empresa e as atas de reuniões dos conselhos fiscais. Até o fechamento desta edição havia um novo pregão agendado para o dia 24 de maio, oferecendo a contratação de serviços de segurança patrimonial armada e ronda eletrônica nas portarias. Fonte: Assessoria de Imprensa da Ceasa-Campinas

Para acessar o Portal da Transparência basta visitar a página inicial do site www.ceasacampinas.com.br


Abril e Maio de 2012 | nº 7 | Informativo Assoceasa

Nótus Comunicação

As políticas de segurança alimentar da cidade, apoiadas pela Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa), serão referência para o novo Plano Nacional de Abastecimento Alimentar desenvolvido pela Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen). O documento contendo todas as especificações do plano será finalizado em junho e apresentado ao Ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, para finalmente chegar à presidente Dilma Rousseff. Na Ceasa-Campinas funcionam quatro ações diretas de segurança alimentar: o Instituto de Solidariedade para Programas de Alimentação (ISA), organizado pelos próprios

permissionários do entreposto, o Prato Cheio, o Banco de Alimentos e a Alimentação Escolar. Juntos, os três primeiros distribuíram cerca de 6,7 milhões de quilos de alimentos em 2011, beneficiando cerca de 75 mil pessoas. Segundo o presidente da CeasaCampinas, Sérgio Luiz Juliano, houve inúmeras tentativas de retomar um planejamento brasileiro nos últimos anos, pois o Sistema Nacional de Centrais de Abastecimento (Sinac), criado nos anos 70, tinha sido desmembrado na década de 80. Para isso, o Plano Nacional surge com o intuito de integrar ações e conseguir investimentos. Fonte: Assessoria de Imprensa da Ceasa-Campinas

Funcionários separam os alimentos doados ao ISA

Permissionários apresentam alimentos saudáveis aos futuros consumidores Arquivo: Ceasa

Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 10% das crianças brasileiras são obesas e 48,5% da população com mais de 18 anos encontra-se acima do peso. Em uma tentativa de driblar esse número ameaçador, os permissionários da CeasaCampinas abriram suas portas para os alunos da Escola Comunitária de Campinas para o projeto de estudo sobre alimentação saudável. Entre os dias 24 de abril e 17 de maio, 150 estudantes do colégio visitaram o entreposto, onde assistiram a uma apresentação sobre os mercados e os projetos sociais e ambientais da Central. Logo depois, eles passearam pelos boxes com os técnicos de mercado, Davi Santiago Mattos e Fábio Carlos Sacoman. O permissionário João Benassi, que faz questão de participar de todas as visitações da escola, ofereceu uma

Crianças visitam o box da Benassi e degustam variadas frutas

degustação de frutas em seu box. “É extremamente importante apoiarmos e investirmos em ações como esta, primeiramente por proporcionarem e ensinarem as crianças a terem uma alimentação saudável e segundo porque elas são os futuros consumidores do nosso mercado”, avalia. Para a professora da Escola Comunitária de Campinas, Malu Brusse,

essa é uma oportunidade única para os alunos conhecerem a trajetória dos mantimentos que chegam a suas mesas. ”Na visita eles podem ter contato com alimentos saudáveis, além de conhecer como funciona a distribuição e o transporte destes produtos”, explica. Fonte parcial: Assessoria de Imprensa da Ceasa-Campinas

PROJETOS SOCIAIS

Campinas será referência nacional em segurança alimentar

5


MUDANÇAS

6

Informativo Assoceasa | nº 7 | Abril e Maio de 2012

Claudinei Barbosa se desliga da Assoceasa e é o novo diretor técnico operacional da Ceasa-Campinas Administrativo da Ceasa escolheu o advogado e administrador de empresas Hélio Roberto Castro para ocupar a diretoria administrativa e financeira, no lugar de Marcos Cesar Franco Pereira. Melhorias Estas mudanças fazem parte do desmembramento feito na atual diretoria técnico-administrativa e financeira do entreposto, que visa facilitar o trabalho destes setores que, anteriormente, era feito por uma única pessoa. Em entrevista ao site da CeasaCampinas, Roberto Moreno, dirigente da Assoceasa e membro do Conselho Administrativo da Central, afirma que estas mudanças irão gerar melhorias para todos. “A nova composição da diretoria vai proporcionar o estreitamento do elo que temos com a gestão da Ceasa para buscarmos, conjuntamente, acompanhar mais de perto o funcionamento e a dinâmica dos mercados e readequar e reorganizar nossa estrutura frente aos desafios atuais”.

Claudinei assume cargo em junho. Dilsa será a sucessora na Assoceasa

Nótus Comunicação

Empenho Com as novidades, Claudinei declara que se empenhará ao máximo no novo cargo, assim como fez ao longo dos anos na Associação. “Logicamente, tudo o que é desconhecido assusta, mas é um desafio que pode ser vencido com dedicação, emprenho e responsabilidade. Dificuldades sempre existem, vencem aqueles que conseguem superá-las”, conta ele. A equipe da Assoceasa e os permissionários do entreposto desejam sorte e sucesso ao Claudinei em sua nova empreitada e dá boas vindas à Dilsa!

Nótus Comunicação

O advogado Claudinei Barbosa, que há quase 10 anos trabalhou como responsável pelo setor administrativo e jurídico da Associação dos Permissionários da Ceasa (Assoceasa), foi nomeado para ocupar o cargo de diretor técnico operacional da Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa). “Fiquei absolutamente surpreso com o convite. Recebi a notícia pelo presidente da Associação, Marco Adami, e, apesar da surpresa, aceitei este novo desafio. Vejo tudo isso com olhos positivos, tanto para mim, como para a sociedade dos permissionários do entreposto”, afirma. A decisão de convidar Claudinei para compor a diretoria da Ceasa foi unânime tanto no mercado de hortifrutis, como no mercado de flores. A partir de junho, ele assume o novo cargo e a advogada Dilsa Regina Campos passa a ser sua sucessora na Associação. Assim como Claudinei, Dilsa trabalhou no mercado da Ceasa. Em 2008, após 11 anos no entreposto, ela decidiu seguir carreira no direito, mas não perdeu o contato com os profissionais da Central. “Fiquei muito feliz com a notificação e me sinto lisonjeada pela confiança dos permissionários, da diretoria e, principalmente, do Dr. [Claudinei], pois o admiro muito, como pessoa e como profissional”, declara. Sobre as expectativas no novo cargo, Dilsa não sabe o que esperar, mas afirma que fará o melhor possível. “Não sei ainda como vai ser, é tudo muito novo pra mim, mas espero poder conciliar o trabalho na Assoceasa com a minha profissão, sem prejudicar nenhum dos lados, como o Dr. [Claudinei] fez’, assegura. Além de Claudinei, o Conselho


Abril e Maio de 2012 | nº 7 | Informativo Assoceasa

legumes

Com a mudança do clima e a chegada do inverno, o consumo de sopas e alimentos quentes cresce vertiginosamente. De carona com o frio, legumes que podem ser cozidos e refogados como vagem, abobrinha, couve, tomate, batata, abóbora, cenoura e almeirão passam a ter uma maior procura por parte dos consumidores. Em contrapartida, a busca por frutas e folhagens cai quase 60% em relação aos períodos mais quentes do ano. Nesse cenário, o preço das frutas e verduras sofre queda, enquanto o valor dos legumes aumenta. “Alguns alimentos têm alta nas vendas, como a batata, a abobrinha e a cenoura, por serem mais utilizados no inverno. Mas, por outro lado, a sua produção diminui nessa época do ano, decorrente do clima frio. Então, com o crescimento da procura e a queda na oferta, o preço, consequentemente, aumenta”, explica Valdemir Luiz Pavan, proprietário da Mimi Pavan. Segundo ele, nesse momento a caixa de vagens de 15 kg, por exemplo, pode chegar a R$ 80 na Ceasa-Campinas. A perspectiva é de que esse cenário se estenda até a metade de agosto, quando o clima ainda está frio. A partir do mês de setembro, com a chegada da primavera e do verão, o consumo de frutas e verduras volta a crescer.

Alimentação no inverno Uma das maiores dificuldades nessa época do ano é manter uma alimentação saudável, pois a tendência é tomar menos água e, consequentemente, consumir menos frutas e saladas. Por outro lado, o clima gelado pode ser um aliado na perda de peso, já que em baixas temperaturas o corpo necessita aquecer os órgãos internos, especialmente o coração e o pulmão. Com essa finalidade, o sangue circula mais rapidamente para promover o aquecimento, gastando mais energia e mais calorias. Segundo a nutricionista da CeasaCampinas, Maria Helena Antonicelli, é normal que o apetite aumente no inverno, assim como a vontade de consumir alimentos mais quentes e calóricos, porém o ideal é sempre inserir legumes e verduras na alimentação. “A dica é adicionar sopa de legumes e refogados nas refeições, como couve, chuchu, cenoura, abobrinha, acelga, brócolis e couve-flor cozidos no vapor, mas com pouco óleo”, indica. Para ela, as frutas e verduras podem ser facilmente introduzidas no cardápio dos dias mais gelados, basta consumir sucos ou vitaminas com alimentos em temperatura ambiente, não deixando de lado as saladas cruas, que podem ser consumidas antes, e se possível, junto aos alimentos quentes, assim a saciedade aumentará por serem ricas em fibras.

SXC

Dica da Nutricionista As frutas podem ser consumidas quentes no inverno. Por exemplo, a banana ou o abacaxi f icam ótimos assados com canela. Outra dica é a salada de frutas, que pode ser feita com maçã, banana, pêra, abacaxi, manga e morango. Basta fazer um suco com o abacaxi e regar as frutas. Depois, leve para assar em uma forma cober ta com um papel alumínio por 30 minutos e bom apetite!

MERCADO

A vez dos

57


LEGUMES EM GER AL

TOMATES SELECIONADOS E PADRONIZADOS!

Ceasa-Campinas MLC - Mód. 02 e 06

Ceasa-Campinas MLC - AB45

(19) 3746-1572 / 3746-1502 sidneigaspar@uol.com.br

(19) 3746-1566 / 3746-1591

VARIEDADE DE FRUTAS E LEGUMES Ceasa-Campinas MLC - AB8 (19) 3746-1580 mimiceasa@bol.com.br

COUVES, BRÓCOLIS, REPOLHOS E ACELGA Ceasa-Campinas MLC - B41 (19) 3746-1341

ASSESSORIA CONTÁBIL, FISCAL E TR ABALHISTA

LEGUMES E FRUTAS EM GER AL

Ceasa-Campinas Ed. Admnistração / Loja A

Ceasa-Campinas ML4 - A18

(19) 3746-1070 / 3746-1071 solucoes@solucoescontabeis.com.br

TOMATES DE QUALIDADE!

Ceasa-Campinas MLC - AB48/49/50 (19) 3746-1567 / 3879-1965 tomates.bacatao@ig.com.br

(19) 3746-1597 / 3746-1496 www.globalfrutas.com.br

ANUNCIE AQUI (19) 3746-1006 / (19) 8814-8346 / (19) 9265-9547

informativoassoceasa@gmail.com


Abril e Maio de 2012 | nº 7 | Informativo Assoceasa

40 anos de profissionalismo e sucesso

No final da década de 60, um pequeno negócio advindo de Goiás iniciava a sua caminhada para se tornar referência no mercado nacional. Coincidência ou não, o nome da futura empresa da família ‘Souza’ já previa a dimensão que o seu trabalho tomaria. Francisco de Souza Filho, mais conhecido como ‘tio Chico’, e seu filho Zildo de Souza Resende compravam bananas maçã na cidade de Araçu, em Goiás, e as vendiam em São Paulo. Aproveitando a viagem de negócios, feita a granel em um antigo caminhão Chevrolet, eles levavam açúcar paulista para comercializar em sua terra natal. Após anos de trabalho e dedicação, estes dois homens com visão de mercado tiveram uma ideia que mudaria o futuro da família. Em 15 de junho de 1972, eles montaram uma distribuidora de bananas em Campinas. Nascia, então, a Bananas Nacional. Inicialmente instalada no bairro Aparecidinha, a empresa transferiu-se em 1975 para a Ceasa, sendo uma das fundadoras da atual sede da Central. Em 1982, com o falecimento de Zildo, outros dois filhos de ‘tio Chico’, Antonio Eimar de Souza, conhecido também pelo apelido de ‘Quinn’, e Josemar de Souza, assumiram os negócios da Nacional. Hoje, a empresa é referência brasileira no ramo de frutas, não só por suas bananas, mas também pelos demais produtos que comercializam, como mamão, manga, melão, uva etc. Para abastecer o mercado de

Fotos: Arquivo Bananas Nacional

‘Tio Chico’ e Zildo na época da fundação da Bananas Nacional

1976

2012

Campinas e região com qualidade, a cadeia de produção da Nacional conta com duas propriedades no Vale do Ribeira, em São Paulo, onde a empresa possui diversas práticas em prol do meio ambiente. Dentre estas iniciativas está o uso racional e controlado de defensivos agrícolas, a reutilização de caules e folhas do bananal na cobertura do solo e o uso da água diretamente da serra para o manejo das frutas. Além disso, 80% das caixas de embalagens da Nacional são de plástico reutilizável e as demais são feitas de madeira de reflorestamento. Todo o carinho e profissionalismo que a família goiana dedica há três gerações à Bananas Nacional são os principais fatores pelos 40 anos de sucesso da empresa no mercado brasileiro. Batalhar dia após dia e conseguir dar continuidade à iniciativa de ‘tio Chico’ e Zildo é motivo de orgulho para ‘Quinn’, que é grato a todos que ajudaram a Nacional de alguma forma ao longo destas quatro décadas. “Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, ao meu pai e meu irmão pela iniciativa de ter mudado a história de nossa família, e logicamente, ao meu irmão Josemar pelo companheirismo hoje em frente aos negócios. Queria agradecer ainda os nossos funcionários pelo esforço, honestidade, devoção e muitas madrugadas de dedicação, além de nossos fornecedores e clientes que sempre estiveram do nosso lado ao longo da história da Nacional. Obrigado a todos!”.

COLHEITAS DE UMA HISTÓRIA

Bananas Nacional

9


FLASH

10

Informativo Assoceasa | nº 7 | Abril e Maio de 2012

O dia a dia na Ceasa Fotos: Nótus Comunicação

NOTAS Visita internacional na Ceasa

Primeiro trimestre em alta na Ceasa

A Ceasa-Campinas recebeu o prefeito de Jericó, Dr. Hassan Saleh, e o embaixador do Estado da Palestina, Ibrahim Alzeben, para fortalecer as relações de amizade e apresentar os programas sociais do entreposto. Com a visita, Saleh e Alzeben mostraram interesse em estabelecer um projeto de cooperação com a Central para ações de segurança alimentar nos países árabes.

Segundo um levantamento do Mercado de Hortifrutigranjeiros da Ceasa-Campinas, houve aumento de 6,96% na oferta de produtos no entreposto no primeiro trimestre de 2012. A média mensal movimentada na Central neste período foi de quase 59 mil toneladas de frutas, verduras e legumes, com destaque para o melão, a laranja, a vagem, o chuchu, a mandioca e o tomate.


Abril e Maio de 2012 | nº 7 | Informativo Assoceasa

11 FLASH

Brasil é o 5º no consumo de hortifrutis

Incentivo aos orgânicos

Uma pesquisa realizada pela The Economist revelou que o Brasil é o 5º país que mais gasta com hortifrutis do mundo, tendo um consumo anual de US$ 1,743 por pessoa. No ranking dos lugares que mais investem no setor, de acordo com cada Produto Interno Bruto (PIB), estão: 1° China, 2° EUA, 3° Japão, 4° Índia, 5° Brasil, 6° Rússia, 7° França e 8° Alemanha.

O governo nacional anunciará medidas para estimular a produção de alimentos orgânicos no país com a finalidade de tornar a agricultura brasileira mais sustentável. Haverá ampliação de créditos, redução de juros e investimento em tecnologia e na formação de mão de obra. Porém, um dos obstáculos a ser enfrentado ainda é o preço destes produtos nas gôndolas.


ALMOÇO SELF-SERVICE DAS 10H - 14H MAIS DE 40 TIPOS DE LANCHES

Ceasa-Campinas - GP4 Loja A (19) 3746-1449

COMÉRCIO DE FRUTAS E LEGUMES Ceasa-Campinas MLC - E 25-26 / F 23-24 (19) 3746-1544 zebu.ceasa@yahoo.com.br

FRUTAS E VERDUR AS FRESCAS E SELECIONADAS Ceasa-Campinas MLC - B17 / ML4 Box 33 (19) 3608-8425 / 3681-2138 / 3684-1719 carloseedgar@carloseedgar.com.br www.carloseedgar.com.br

PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE HORTIFRUTIS Ceasa-Campinas MLC - AB3-4 (19) 3746-1574 regiceasa@uol.com.br

LAR ANJA PÊR A-BAHIA-LIMA, LIMÃO, ABACATE E MEXERICA MORCOT-PONK AN

Ceasa-Campinas ML1 - P A1 (19) 3896-4037 / 9245-5748 www.bazzani.com.br

TOMATE E GOIABA SELECIONADOS Ceasa-Campinas MLC - P37 (19) 7819-0847 / ID 42*23256 tomatesgabetta@ig.com.br

Ceasa-Campinas MLC - PF 50 (19) 3746-1526 pedro_trivelato@terra.com.br

ANUNCIE AQUI (19) 3746-1006 / (19) 8814-8346 / (19) 9265-9547

informativoassoceasa@gmail.com


Informativo Assoceasa 7ª Edição - Abril / Maio 2012