Page 1

PETISTA PREGA COMBATE AOS CORRUPTOS, INDEPENDENTE DE PARTIDO POLÍTICA | PÁG 3

Nº 316

LULA : “SERÁ QUE DINHEIRO TUCANO VEIO DA QUERMESSE”?

ANO S

BRASIL | PÁG 7

www.noticiasparana.com

Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

Passagem mais cara revolta usuários e decisão unilateral do Governo do Estado gera conflito com prefeitura de Curitiba - PÁGINA 8

DESINTEGRAÇÃO: POPULAÇÃO PERDE NA GUERRA ENTRE RICHA E FRUET

Tawny Almeida/ PORTAL ARAUCÁRIA

ESPORTE | PÁG9

CIDADES | PÁG4

VEÍCULOS | PÁG 10

GERAL | PÁG 8

CIDADES | PÁG 6

COM JOGADORES PINHAIS RECEBE VOLVO MAIS HOMOLOGADO SANCIONADA DE SAÍDA, PARANÁ MAIS UMA LUXUOSO TERÁ EQUIPAMENTO QUE NOVA LEI DAS BUSCA POR EDIÇÃO DA GELADEIRA E COMBATE BANCAS EM REFORÇOS MERCOSUPER COPOS DE CRISTAL SONEGAÇÃO CURITIBA


OPINIÃO

2 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

TEMPO

P 3

p C o d

c c

A m

l i n

EDITORIAL

QUEM MANDA NO BRASIL?

O jornal que mais cresce em toda Região Metropolitana de Curitiba

ANOS

www.noticiasparana.com

A Justiça brasileira, por obra e graça de alguns dos seus membros, está jogando na lata de lixo conceitos antes consagrados por magistrados e juristas de escola. Dizia-se, não faz muito tempo, que "decisão judicial não se discute – cumpre-se". Isso foi antes de Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes e Sergio Moro, entre outros magistrados, que conseguiram criar uma nova imagem, infelizmente negativa, para o Poder Judiciário. Hoje muitas decisões provocam polêmicas que ultrapassam as fronteiras do universo jurídico, ganhando até as mesas dos bares de esquina. Afinal, a Justiça mudou ou mudou a sociedade? Ambas mudaram. A sociedade hoje está mais livre para manifestar-se e dispõe de outros meios para informar-se, não mais se limitando aos veículos tradicionais de comunicação de massa, como rádios, jornais e televisões, que tendem a desaparecer, substituídos por blogues, jornais virtuais etc. A Internet alargou os horizontes, o que lhe permitiu avaliar o conteúdo e a honestidade, por

E X P E D I E N T E

exemplo, dos noticiários de revistas e jornais impressos. Os sinais do comportamento dos leitores, já detectados até em pesquisas, estão visíveis na crise enfrentada pela revista "Veja", que agoniza, e pelos jornalões "O Globo", "Folha de São Paulo" e "Estadão", que estão demitindo para aliviar a folha de pagamento. Muitas ainda se deixam conduzir pela chamada grande mídia brasileira, que se desviou do seu papel histórico de informar para transformar-se em partido político, não hesitando em publicar inverdades para defender os interesses dos grupos que representam. E esses leitores ainda não conseguiram recuperar a capacidade de raciocínio, preferindo a comodidade da aceitação pura e simples do que leem. E com isso, exatamente por esse poder de ainda convencer muitas cabeças, é que a mídia intimida autoridades e muitas das vezes impõe sua agenda. Tal situação, porém, não dura a vida toda. Confucio já dizia: "Pode-se enganar todo o povo durante algum tempo, pode-se enganar parte do povo

durante todo o tempo mas ninguém consegue enganar todo o povo durante todo o tempo". A Justiça também mudou. Até pouco a mulher que a simbolizava tinha uma venda nos olhos para indicar a sua imparcialidade nos julgamentos, pois não distinguia raça, credo e filiação partidária. A mulher, a deusa Themis da mitologia grega, no entanto, parece que teve retirada, por alguns magistrados, pelo menos a venda de um dos olhos para ver quem está julgando. O diabo é que ela só enxerga os petistas, fingindo não ver os outros, em especial os tucanos. Foi assim no julgamento do chamado mensalão e continua na Operação Lava-Jato. E, mais grave, nos dois casos a Justiça atuou e atua de acordo com a orientação da Grande Mídia que, no fundo, é quem julga. Certamente por isso um dos procuradores que integram a força tarefa da Lava-Jato, Fernandes Lima, fez um apelo para que a imprensa mantenha o apoio ao trabalho deles, o que despertou, entre juristas, a suspeita de que estão fazendo algo errado.

O que você precisa ler e saber

C

p c p

“ m

c n e

R i c

m T

a M c

v

D m

c S p a v 1 2

A

Santos & Ferrer Comunicação Ltda Fundado em 23 de fevereiro de 2006 - CNPJ 07.870.252/0001-10

d R

Contato da Redação: (41) 3016-8710 E-mail’s: pauta@noticiasparana.com/ comercial@noticiasparana.com

C

Jornalista responsável: Erickson F. da Rosa Filho - 6426 DRT-PR Distribuição semanal Curitiba, Colombo, Almirante Tamandaré, Fazenda Rio Grande, Piraquara, Araucária, São José dos Pinhais, Pinhais, Quatro Barras, litoral e interior do Paraná R: Cyro Correia Pereira, 3616, N° 07 - CIC/Curitiba/PR - CEP: 81460-050

Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal.

p D

V

p O


o

a a , o , a e a m a o l e s o e m m m a o e o

POLÍTICA 3 PODERES

3 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

Akel deixa Comec?

Há três meses no cargo, Omar Akel não seria mais presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba. Informações extraoficiais dão conta que também o diretor-técnico da Comec, Euclides Rovani, teria pedido demissão. Como pano de fundo, estaria a sucessão de equívocos do governo do Estado no gerenciamento do transporte coletivo da região metropolitana de Curitiba. O estopim da crise teria sido a nova linha criada em Araucária que começou a desembarcar passageiros no terminal do CIC sem autorização da URBS. A avaliação que se faz no Centro Cívico é que a nova linha criada unilateralmente pela Comec não resolveria o imbróglio do transporte de Araucária. Apenas abriria uma nova frente de batalha com a Prefeitura de Curitiba.

PETISTA PREGA COMBATE AOS CORRUPTOS, INDEPENDENTE DE PARTIDO Toninho Wandscheer: “Quem mais está sofrendo na mídia neste momento somos nós do PT. Mas a justiça tem que ser para todos, sejam petistas ou não, pois a corrupção precisa ser combatida de forma efetiva, doa a quem doer”

Redação NP/ BRA

Cabo eleitoral

O senador Roberto Requião assumiu a função de principal “cabo eleitoral” do jurista paranaense Edson Fachin, indicado pela presidente Dilma Rousseff para o Supremo Tribunal Federal. A informação é do jornalista André Gonçalves, da “Gazeta do Povo”, que revelou que Fachin almoçou na última quarta-feira na casa do senador. Ao que tudo indica, Fachin precisa mesmo de um cabo eleitoral. É que o próprio presidente do Senado, Renan Calheiros, tem repetido desde ontem que ele poderá enfrentar um “processo complexo” na Casa. Segundo informações do jornal “Folha de S. Paulo”, Renan não descartou nem mesmo a possibilidade de sua indicação não ser aprovada e há – segundo ele – um precedente. Foi no início da República, quando Floriano Peixoto mandou o nome do médico Barata Ribeiro para o Supremo Tribunal Federal, que foi rejeitado. Segundo a “Folha”, a própria cúpula do PMDB ameaça vetar Fachin caso a presidente Dilma Rousseff tirar do Ministério do Turismo o AFILIADOpolítico de Renan, Vinicius Lages. Da parte da oposição pesa o fato de Fachin ter pedido votos para Dilma nas eleições de 2010, segundo a “Folha”.

Redação NP/ BRA

DEM deverá levar ‘dote’ milionário para o PTB A direção do PTB vai ignorar a resistência da bancada no Congresso e sacramentar a fusão com o DEM. Senadores e deputados do partido são contrários à incorporação, mas o que pesa mesmo, como sempre, é a grana: a cúpula do PTB está de olho no “dote” do DEM, que é o valor do Fundo Partidário do partido. O PTB embolsou R$ 11,9 milhões e o DEM R$ 14,8 milhões no ano passado. Em 2015 isso deve triplicar. A mão armada Decisão indecorosa do Congresso aumentou o Fundo Partidário, que foi de R$ 289,5 milhões em 2014, para R$ 867,5 milhões este ano. Caixinha, obrigado O DINHEIRO FÁCIL do Fundo Partidário, abastecido pelo Tesouro, garantiu só este ano R$ 2,4 milhões para o DEM e R$ 2,3 milhões para o PTB. Vale o quanto pesa O número de deputados federais é um dos critérios para definir o valor da fatia do partido no Fundo Partidário. O DEM tem 21 deputados.

“Nós temos que apurar tudo, fiscalizar tudo, independente de partido político. Quem mais está sofrendo na mídia neste momento somos nós do PT”, diz o deputado federal Toninho Wandscheer “Mas a justiça tem que ser para todos, sejam petistas ou não, pois a corrupção precisa ser combatida de forma efetiva, doa a quem doer”, completa. Natural de Foz do Iguaçu, Toninho mudou para Curitiba ainda adolescente para estudar e trabalhar e se estabeleceu na cidade de Fazenda Rio Grande, onde foi duas vezes prefeito antes de se tornar deputado estadual e depois federal. “Não vejo incoerência alguma em ser empre-

sário e petista”, disse ele, que ingressou no PT depois de se consagrar como líder político como militante do PPS. “Hoje, se você observar atentamente, o partido (PT) mesmo é outra coisa, formado por uma maioria comprometida com a sociedade e que quer transformar a atual realidade. O PT que a gente acredita é o PT que mudou o Brasil, que não fugiu às suas origens”, ressaltou. Wandscheer, que está em Cascavel para participar do encontro regional petista da próxima sexta-feira (17), também foi a Toledo para um encontro com o prefeito Beto Lunitti e reconheceu que seu partido vive “um momento de sangria”, mas ressaltou que “ele sairá fortalecido dessa crise, o

que ocorrerá também com outros partidos e com o Brasil de uma forma geral”. DEFESA DE DILMA Toninho Wandscheer disse ainda entender como legítimas as manifestações que vêm ocorrendo pelo Brasil para, dentre outras coisas, pedir o impeachment de Dilma Rousseff, mas que a presidente não fez por merecer isso. “O governo Dilma tem se posicionado a favor do processo de limpeza geral para acabar com a corrupção no Brasil, dando autonomia para que a Polícia Federal, por exemplo, faça o trabalho que está fazendo. E vão ainda acontecer muito mais coisas ainda”, concluiu. Redação NP/ASS


CIDADES

4 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

CALOU-SE A VOZ DA RESISTÊNCIA LATINOAMERICANA – EDUARDO GALEANO E lá se vai mais um expoente dos escritos de resistência na América Latina, o Uruguaio EDUARDO GALEANO. Foi caixa de banco, jornalista, historiador. Perseguido pela ditadura em seu país se exila inicialmente na Argentina, porém com o golpe e a instalação da ditadura do General Jorge Videla, tornou-se alvo também naquele país, razão pela qual se exilou na Espanha. Só voltaria ao Uruguai em 1985, com a redemocratização no país vizinho. Galeano tornou-se, desde os anos 1960, referência da literatura latino americana de resistência, porém, foi a partir do lançamento de seu livro mais conhecido, “As veias abertas da América Latina”, no início dos anos 1970, que se tornaria popular e seria a partir de então uma das principais vozes da denúncia das injustiças e desigualdades produzidas pela colonização europeia, e depois estadunidense em nosso continente. Nesta obra, denuncia e questiona: “O subdesenvolvimento é uma etapa no caminho do desenvolvimento, ou é consequência do desenvolvimento alheio?” Em 2009 o Presidente venezuelano Hugo Chávez, presenteia o norte americano Barack Obama com um exemplar deste livro. Foi um ato que fez o livro desconhecido de muita gente, especialmente a juventude, explodir em vendas nos diversos países, inclusive nos Estados Unidos. Galeano esteve em Curitiba várias vezes. Numa delas, foi entrevistado pela então TV Educativa, no Canal da Música, quando esse canal público cumpria minimamente sua função pública e inclusive retransmitia a Tele Sur. Tive o privilégio, juntamente com muitos outros militantes sociais do Paraná, de participar de uma conferência onde ouvimos Eduardo Galeano. Foi uma mesa no ginásio Gigantinho em Porto Alegre, durante o Fórum Social Mundial, em janeiro de 2003. Foi uma fala densa, em que Galeano juntamente com outros intelectuais criticaram duramente a invasão do Iraque pelos Estados Unidos. Afirmou naquele entardecer gaúcho que onde se lesse: “Estamos numa cruzada do bem contra o mal, - lêssemos, -PETRÓLEO, PETRÓLEO, PETRÓLEO”! Desmentia duramente a propaganda anti-terrorista e a falsa busca de democracia no Oriente Médio, propagandeada pelo então governo Bush que ordenara a invasão do milenar país dos antigos fenícios e babilônios. Os fatos históricos que se seguiram na região comprovam a consistência da sua crítica. Eduardo Galeano era homem do seu povo, não só do seu país, o Uruguai, mas de toda a América Latina e Caribe. Como todo Uruguaio, adorava o futebol (escreveu o livro “O futebol ao sol e à sombra”), a música, a cultura, e todas as expressões artísticas do povo desse Continente a quem conhecia e amava como poucos intelectuais da região souberam conhecer e amar. Nestes tempos em que refletimos acerca da necessidade de aprofundar as liberdades, os direitos sociais e os direitos civis em nosso continente e, em nosso caso, especialmente no Brasil – onde parte da massa que protesta nas ruas, de forma inconsequente pede o retorno da intervenção militar no governo do País -, vale relembrar Eduardo Galeano, defensor incansável e imprescindível da Democracia e da Classe Trabalhadora. Sabemos que não é possível falar desse intelectual militante da maior grandeza, sem utilizar suas próprias palavras, lembrando um de seus tantos encontros com Trabalhadoras e Trabalhadores do mundo. Em tempos do Pl 4330, que libera as terceirizações no mundo do trabalho brasileiro, é importante reafirmar sua lucidez: “Ao chegar ao bairro de Heymarket, peço aos meus amigos que me mostrem o lugar onde foram enforcados, em 1886, aqueles operários que o mundo inteiro saúda a cada primeiro de maio. – Deve ser por aqui – me dizem. Mas ninguém sabe. Não foi erguida nenhuma estátua em memória dos mártires de Chicago nem na cidade de Chicago, nem monolito, nem placa de bronze, nem nada”. O primeiro de maio é o único dia verdadeiramente universal da humanidade inteira, o único dia no qual coincidem todas as histórias e todas as geografias, todas as línguas e as religiões e as culturas do mundo; mas nos Estados Unidos o primeiro de maio é um dia como qualquer outro. Nesse dia, as pessoas trabalham normalmente, e ninguém, ou quase ninguém, recorda que os direitos da classe operária não brotaram do vento, ou da mão de Deus ou do amo” Nesse mesmo dia, Galeano encontra numa livraria desse mesmo bairro de Chicago, um cartaz onde se reproduzia um provérbio da tradição da África: “Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador”.

Continue a leitura no www.noticiasparana.com *Hermes Silva Leão é professor de Educação Física e Pedagogo, especialista em Psicopedagogia e atua na rede pública estadual de ensino. É presidente da APP-Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná.

C

PINHAIS RECEBE MAIS UMA P EDIÇÃO DA MERCOSUPER O A Promovida pela Associação Paranaense de Supermercados (Apras), a iniciativa é considerada uma das maiores feiras varejistas do país

q s A ú f t e o p n C

u m f e

P E Na última terça-feira (14) teve início em Pinhais mais uma edição da Mercosuper, promovida pela Associação Paranaense de Supermercados (Apras). Considerada uma das maiores feiras varejistas do país, a feira tem como público-alvo empresários, fornecedores e consumidores e acontece até quinta-feira (16) no Expotrade Convencion Center, localizado no bairro Jardim Amélia. Com o tema “Inovando e redescobrindo o Varejo”, neste ano a ação chega a sua 34ª edição. Além de oficinas e painéis, a iniciativa conta com palestras da ex-jogadora

da Seleção Brasileira de Basquete, Magic Paula; do professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Claudio Tomanini e da jornalista e comentarista política do Canal Globo News, Cristina Lobo. De acordo com a organização do evento, as palestras técnicas trarão assuntos de interesse não só dos supermercadistas, mas também das indústrias. Serão abordados temas como: gestão de categoria, o cliente da caderneta, ponto de venda que atrai, gestão de COMPRAS, inovações na padaria e confeitaria, gestão de carnes – qualidade e

lucratividade, controladoria e prevenção de perdas serão alguns assuntos a serem abordados nas palestras. Os painéis abordarão inovações nas centrais de varejo, a evolução do relacionamento e da comunicação com os consumidores, lixo zero e tecnologia de refrigeração, comunicação de massa como fator de inovação; entre outras temáticas. Serviço O Expotrade Convention Center está localizado na Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel, 10.454, no bairro Jardim Amélia. Redação NP/ PMP

( f a a ç i a a

m m d p t e e q o e

d


s o e , e -

o o ,

P

CIDADES

5 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

PIRAQUARA VAI REVITALIZAR O GINÁSIO GILBERTO ALVES NASCIMENTO Ginásio poliesportivo vai passar por uma reforma estrutural completa

A Prefeitura de Piraquara vai revitalizar o Ginásio Poliesportivo Gilberto Alves do Nascimento. Na última segunda feira (12), foi publicado o aviso de licitação para a contratação da empresa que irá executar as obras de reforma do complexo esportivo localizado na Rua Vitório Scarante, no Centro. O ginásio atualmente utilizado para o desenvolvimento de escolinhas da prefeitura, realização de projetos e eventos sociais vai passar

por uma reforma estrutural completa. “É um espaço de grande utilidade para o município que necessita de uma boa reforma. Vamos melhorar toda a estrutura além de fazer adaptações”, explica o Prefeito, Marcus Tesserolli, o Marquinhos. Projeto O projeto de revitalização do ginásio, que possui área total de 1.138,66m², prevê estruturas de concreto armado, solução para o problema do aquecimento térmico,

pintura da quadra, arquibancadas e paredes, criação de mais um nível de arquibancada, rampas de acesso e locais destinados às pessoas com necessidades especiais, substituição das instalações elétricas, de parte do telhado, e a compra de um par de tabelas de basquete móvel. O investimento é de R$ 319.151,86, sendo R$ 250.000,00 do Ministério do Esporte, e contrapartida do município de R$ 69.151,86. Redação NP/ PMP

PIRAQUARA RECEBE DOAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA RECEITA FEDERAL Na última sexta-feira (10) o Prefeito Marquinhos foi até Paranaguá receber a doação de equipamentos apreendidos pela fiscalização da Receita Federal. Os itens serão remanejados para as secretarias municipais de acordo com a utilidade. A doação ocorreu por meio de uma solicitação do município para a Alfândega da Receita Federal, que disponibilizou computadores, televisores, mobiliário para escritório, eletrodomésticos entre outros equipamentos que serão utilizados no dia-a-dia dos servidores. Todos os itens são novos e avaliados em R$ 77 mil. "Nós estamos buscando alternativas para resolver

os problemas de Piraquara, procuramos a Receita Federal em Paranaguá onde ela nos cedeu vários itens. Possuímos muitas dificuldades financeiras então

nesta hora o que vale é a criatividade e as parcerias para trazer bons frutos ao município", destacou o Prefeito Marcus Tesserolli. Redação NP/ PMP

Em defesa do povo do Paraná Acredito que, em nenhum outro momento da história política do Paraná, tenhamos acompanhado a mobilização de tantos partidos e representantes políticos em prol dos interesses da população. Com o apoio de deputados estaduais e federais e do senador Roberto Requião, temos nos articulado em Brasília contra atitudes que consideramos verdadeiras injustiças contra o povo paranaense. Uma das ações ocorreu na semana passada, quando estivemos reunidos com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, para pedir apoio à Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o reajuste de 40% na alíquota do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Paraná. Todos sabemos que a situação financeira do Paraná está caótica, mas, de forma alguma, podemos admitir que essa conta caia no bolso dos paranaenses. Fomos eleitos para lutar pelos interesses da população e não poderíamos nos calar diante de tantos descalabros da atual administração do Estado. Desde o início do ano, os paranaenses estão tendo que digerir uma avalanche de medidas amargas impostas pelo Governo Beto Richa. Outra grande injustiça se consolidou recentemente, num dia bastante sugestivo, 1º de abril, quando Beto Richa desfez um grande pacto tributário promovido em 2008, pelo então governador Roberto Requião, com todos os contribuintes do Paraná. Com o reajuste do imposto estadual, os preços de milhares de itens de produtos de consumo popular vão subir para o consumidor final, dentre eles, alimentos, produtos de higiene pessoal, materiais escolares, roupas, calçados, eletrodomésticos, máquinas e equipamentos, automóveis e gás de cozinha. O aumento de ICMS no Paraná seguramente será repassado aos preços e terá impacto significativo para os paranaenses. Fala-se na redução de cerca de R$ 800 milhões no poder de COMPRA em um ano. A população do nosso Estado, assim como a bancada paranaense, está muito apreensiva com a condução deste governo. E com razão, pois não tenho dúvidas de que essas medidas trarão um efeito negativo muito grande na economia do Paraná. Hoje, diante de tantos exemplos de descontrole absoluto do atual governo paranaense, esperamos ações realmente efetivas para melhorar a situação fiscal do Estado. Não cabe mais dizer que a responsabilidade é do Governo Federal ou da crise nacional. Está mais que provado que a culpa é da ineficiência e ineficácia do Governo Estadual. De minha parte, posso garantir que sempre vamos nos articular em Brasília, seja no sentido de viabilizar recursos para o Estado, seja para evitar injustiças contra os contribuintes paranaenses. Nas duas últimas semanas também acompanhei a vice-governadora Cida Borguetti em algumas audiências importantes para buscar recursos para o Estado, como a que tivemos com o presidente do FNDE, com o ministro dos Transportes e com ministro da Secretaria Nacional de Portos. Este é o compromisso que pauta meu mandato de senadora: buscar recursos para o Estado, beneficiando a população e denunciar injustiças e falta de gestão que lesem ou prejudiquem o povo paranaense. E tenho feito isso em conjunto com nossa bancada federal. *Gleisi Hoffmann é senadora pelo Paraná


CIDADES

6 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

Todos juntos com o PL da terceirização

SANCIONADA NOVA LEI L DAS BANCAS DE JORNAIS R E REVISTAS EM CURITIBA

L

Bancas de jornais e revistas de Curitiba também ficam autorizadas a funcionar como ponto de informação turística da cidade

No último dia 7 de abril a Câmara dos Deputados tomou decisão que afetará a vida dos brasileiros e brasileiras por muitos anos. Trata-se da aprovação do texto-base do Projeto de Lei 4.330/2004. Na prática, este PL libera a terceirização de forma escancarada no Brasil. O resultado será a precarização das relações de trabalho em nosso País. Precarizar de que forma? Basicamente, para os trabalhadores, o resultado são salários 25% menores, carga horária semanal de três horas a mais, mais riscos de acidentes de trabalho, inclusive os fatais, além de maior rotatividade no emprego e o fim dos concursos públicos. Por este motivo, na próxima quarta-feira (15), as centrais sindicais e movimentos sociais promoverão grandes atos contra o PL 4.330 em todo o Brasil. Em Curitiba não será diferente. A manifestação acontecerá a partir das 11h30 na Praça Santos Andrade com lideranças dos movimentos sindicais e sociais. O objetivo é pressionar os nossos parlamentares para que recuem no Projeto de Lei que rasgará os direitos trabalhistas acumulados durante décadas. Apesar da aprovação do texto-base, o projeto ainda tem um longo caminho a percorrer até que, efetivamente, torne-se lei. Este será o tempo que temos para nos mobilizar e, todos juntos, dizermos não ao Projeto de Lei das Terceirizações. Após a aprovação do texto-base, a Câmara dos Deputados votará as emendas ao projeto. O próximo passo será o PL seguir para o Senado Federal, onde ele será votado. Em caso de mudanças, ele retorna para Câmara e depois seguirá para sanção presidencial. Portanto, temos tempo para nos unir e lutarmos contra este projeto de lei que permitirá que bancos não tenham bancários, que jornais não tenham jornalistas, escolas não tenham professores e assim por diante. Se você também é contra a precarização das relações de trabalho, estamos juntos nessa e te esperamos lá na quarta-feira (15), às 11h30, na Praça Santos Andrade. Todos juntos contra o PL da terceirização.

Regina Cruz é presidente da CUT-PR

O prefeito Gustavo Fruet sancionou a nova lei das bancas de jornais e revistas de Curitiba. Proposta pelo Executivo Municipal em projeto encaminhado à Câmara e aprovado pelos vereadores, a Lei Municipal 14.633 moderniza o funcionamento das bancas, amplia produtos autorizados para venda, permite a adoção de novas tecnologias e cria condições para melhoria no atendimento à população. O texto da lei foi publicado no Diário Oficial do Município desta terça-feira (14). As bancas são pontos de referência da cidade e que agora ganham um novo padrão de funcionamento. “Vivemos em uma época que exige mudanças, na qual a tecnologia influencia diretamente a vida de cada cidadão e por isso precisamos sempre buscar respostas, inovar, adequar o cotidiano ao novo patamar da cidade”, disse Fruet. A nova lei, a ser regulamentada por decreto municipal, permite que o permissionário, uma vez autorizado pela Urbs, utilize espaço contíguo à ban-

ca para melhor acomodar a clientela, com mesas e cadeiras, por exemplo, e autoriza a venda de artigos de papelaria de pequeno porte, serviços de fotocópias, além de plastificar documentos; vender CDs, DVDs, pendrives e cartões de memória, entre outros produtos. Ao mesmo tempo, deixa em aberto a inclusão de novos materiais que venham a ser de interesse do público, desde que aprovados pela Urbs. As bancas de jornais e revistas de Curitiba também ficam autorizadas a funcionar como ponto de informação turística da cidade, instalando, se houver espaço, tótens eletrônicos para oferecer informação digital, além de aderir ou encaminhar pacotes turísticos, seguindo as diretrizes do Instituto Municipal de Turismo. A modernização das bancas é resultado da determinação da administração municipal, do envolvimento de várias secretarias e órgãos municipais, apoio dos vereadores e, especialmente, da participação ativa dos jornaleiros na montagem da proposta. Os permissionários,

por exemplo, poderão ceder espaços para publicidade desde que autorizados pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Urbs e com projeto adequado ao mobiliário urbano. Apenas o permissionário – e não agências de publicidade, por exemplo – poderão solicitar a destinação de espaço da banca para publicidade. A diferença é que, ao contrário do que ocorre hoje, o permissionário será remunerado pela empresa que utilizar o espaço para propaganda. Com a nova lei, as normas de funcionamento ficam mais claras com prazos específicos para apresentação de nota fiscal dos produtos à venda nas bancas e possibilidade de cancelamento das permissões caso os prazos não sejam atendidos. A nova lei cria níveis de penalidades que permitem alcançar todas as infrações que possam ser cometidas pelos permissionários. As penalidades são graduadas em advertência, multa, suspensão e cassação, levando em conta também a infração primária e reincidência. Redação NP/ SMCS

I e v o s d s c G P

c e D b u c fi e P i A r n

B D

L E


6

r e a o -

-

-

o à s

s . , -

BRASIL &

7

MUNDO

Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

LULA: 'ATÉ AGORA, TODOS QUE ROUBARAM TÊM DIPLOMA'

GIRO PELO MUNDO

Lula: “Será que dinheiro tucano veio da quermesse”? O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa do PT e do governo Dilma Rousseff contra os ataques da oposição em seu discurso na solenidade de abertura do 9° Congresso Nacional dos Metalúrgicos da CUT no município de Guarulhos, na grande São Paulo. “Eles tentaram fazer comigo exatamente o que eles estão fazendo com a Dilma. Vocês estão lembrados que há dez anos há uma política premeditada de criminalizar o PT. O que eu fico chateado é que nunca eles vão reconhecer que o PT criou os instrumentos de investigações nesse País... Até agora, todos que roubaram tem diploma”, disse na noite desta terça-feira. Ele também defendeu

as doações legais do partido: “Quem é que pega dinheiro de pobre para fazer campanha? Vamos investigar de verdade. Ou será que dinheiro tucano veio da quermesse? Por acaso vocês viram algum tucano pegar dinheiro do pastel de feira. É legal o empresário dar dinheiro aqui e em qualquer lugar do mundo. Então veja, se alguém do PT ou qualquer partido político pegou dinheiro ilegal, ele deve ser punido”, defendeu.

Ele conclamou os sindicalistas a defender o governo: "Neste instante em que é mais fácil entrar no banheiro da fábrica e falar mal do governo, não podemos permitir que a infâmia, o malcaratismo e a má-fé de algumas pessoas venham a destruir o projeto político que começamos a construir no pais", afirmou. Quanto ao Projeto de Lei 4330, Lula pediu que Dilma intervenha para impedir a aprovação da regulamentação da terceirização no País. "É uma questão de honra para a classe trabalhadora brasileira. A CLT foi uma conquista da sociedade brasileira. Por isso muita gente não gostou do Getúlio", lembrou.

Notícias PR/ Brasil247

BANCOS LIDERAM LUCRO ENTRE EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO NA AMÉRICA LATINA LUCRO LÍQUIDO EM 2014 Em US$ bilhões

Em foto do último dia 13, moradores de Lviv brincam com água para comemorar a 'segunda-feira molhada', uma tradição ucraniana realizada todos os anos no dia seguinte à páscoa ortodoxa

Os bancos foram as empresas de capital aberto mais lucrativas da América Latina em 2014, segundo levantamento da Economatica. Das 30 empresas com ações negociadas em bolsa da valores com maior lucro líquido na região, dez são bancos. Os dois primeiros lugares também são de instituições financeiras. O Itaú lidera, com ganho de US$ 7,6 bilhões no ano passado, seguido pelo Bradesco, com US$ 5,6 bilhões. A terceira posição é da Ambev, com US$ 4,5 bilhões, seguida por mais um banco: o BB, com US$ 4,2 bilhões. O segundo setor com maior número de representantes entre as 30 mais lucrativas é o de petróleo e gás, com cinco empresas. Entre elas, no entanto, a Economatica ressalta que estão duas (Nova Óleo e OGX, do grupo EBX) que estão em processo de recuperação judicial. “O lucro por elas divulgado vem muito mais sobre ganhos extraordinários que operacionais”, destaca o estudo. Redação NP/ EBC

Devotos da religião Sikh oram em templo em templo da capital indiana, Nova Déli, para celebrar o Baisakhi, o festival da colheita

Em Caracas, membros de milícias bolivarianas carregam bandeira venezuelana de 1200 metros em protesto contra as sanções americanas impostas contra oficiais do país

Em Roma, o monumento histórico Foro di Traiano fará parte da restaurarão de diversos pontos da cidade, graça à doação de dois milhões de euros feita pelo magnata do Uzbequistão Alisher Usmanov


GERAL

8 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

Roseli Isidoro

Mulher: forte indicador do nosso desenvolvimento social e econômico A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República lançou esta semana a segunda edição do Relatório Anual Socioeconômico da Mulher – RASEAM 2014 – um retrato do Brasil real de homens e mulheres, que é de enorme contribuição para a formulação e qualificação das políticas públicas. O documento apresenta diversos indicadores, divididos nas temáticas ligadas às diretrizes do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, como autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, educação para a igualdade e cidadania, saúde, direitos sexuais e direitos reprodutivos, enfrentamento de todas as formas de violência contra as mulheres, ocupação dos espaços de poder e decisão e a presença das mulheres nos esportes. Nas próximas semanas, temos a intenção de abordar nesta coluna gradativamente cada um desses retratos e, sempre que possível, tecer uma relação com a nossa realidade local para superação dos desafios apresentados. Nesse primeiro momento, apresentamos os dados demográficos que são o pano de fundo da realidade das mulheres em nossa sociedade; os avanços na conquista de direitos e na perseguição da situação de igualdade com os homens, que são notados especialmente em avanços nos arranjos das famílias na atualidade.

GUERRA NA DESINTEGRAÇÃO C DO TRANSPORTE EM CURITIBA P Estado será responsabilizado por qualquer custo adicional gerado ao sistema de transporte público de Curitiba

Omar Akel, número dois dentro da estrutura da Comec, colocou nesta quarta-feira o cargo à disposição de Beto Richa e de Ratinho Jr., seu chefe imediato. Em reunião no Palácio Iguaçu, Akel disse que caso seu nome esteja causando dificuldades na negociação com a prefeitura de Curitiba, no caso do ônibus, está pronto a se retirar. A tensão entre a Comec e a Urbs subiu nos últimos dias, depois de passageiros de Araucária terem se rebelado no terminal Vila Angélica. Eles reclamam que o governo do estado, depois de ter assumido a gestão do sistema na região metropolitana, não ter feito divulgação suficiente da mudança de carPopulação feminina tão para pagamento das passaSomos mais de 100 milhões de mulheres no Brasil, algo gens. em torno de 52% da população do País. De acordo com o Em nota a prefeitura de RASEAM 2014, a proporção da população feminina aumenta Curitiba disse que foi surpreà medida em que aumenta também a idade das pessoas. Estamos em crescente processo de feminização da população idosa, uma vez que a esperança de vida das mulheres ao nascer e aos 60 anos é superior à dos homens. Ao nascer, a esperança de vida das mulheres em 2012 era de 7,3 anos a mais que a deles e, aos 60 anos, maior em 3,3 anos. A taxa de fecundidade das mulheres, por sua vez, apresentou redução significativa nos últimos 14 anos. Em 2000, era de 2,4 filhas/os por mulher em idade reprodutiva (de 15 a 49 anos). Caiu para 1,7 filhas/os em 2014. As regiões com menores taxas de fecundidade são Sul e Sudeste (1,6 filhas/os em ambas). O relatório mostra que em uma década, o País reduziu a gravidez na adolescência: em 2002, 12,7% das mulheres entre 15 e 19 anos tinham filhas/os. Em 2012, esse percentual passou para 10,4%. O novo retrato das famílias Em 2012, as mulheres representavam 52% da população residente nas cidades brasileiras, a maioria dos 85% dos brasileiros que vivem no meio urbano. Os arranjos familiares, ou seja, o conjunto de pessoas ligadas por laços de parentesco ou não que moram no mesmo domicílio, também está diferente, com aumento da proporção dos domicílios que tinham mulheres como a pessoa de referência. Em 2012, as mulheres eram a pessoa de referência em 38% dos domicílios. Os arranjos familiares podem ser formados por uma só pessoa, por casais com e sem filhos, por uma pessoa de referência sem cônjuge e com filhos, entre outras situações. Dentro desses 38% de domicílios que têm mulheres como a pessoa de referência, 42% são compostos por mulheres sem cônjuge e com filhas/os, enquanto que somente em 3,5% das famílias que têm homem como pessoa de referência esses homens não têm cônjuge e possuem filhos. Nas famílias cuja referência é a mulher, apenas 22,9% são compostas por casais com filhos e 17% são formadas por mulheres que vivem sozinhas. Vale destacar que as mulheres negras estão à frente de 52,6% das famílias que tem como referência a figura da mulher. Roseli Isidoro é secretária municipal da Mulher de Curitiba-PR.

E

endida por um ato unilateral do governo do Estado. Ônibus de uma nova linha metropolitana, criada sem consulta à Urbs e em desacordo com as possibilidades técnicas, passaram a circular na capital. De forma inédita, esses ônibus foram escoltados pela Polícia Militar. Decisões unilaterais, como as tomadas pelo governo, prejudicam os usuários e representam uma afronta à autonomia do Município e ao permanente diálogo defendido por Curitiba. A Urbs não foi consultada sobre a possibilidade de uso dos terminais urbanos. Apenas comunicada com menos de 24 horas de antecedência. Desta forma, a Comec – responsável pelo gerenciamento do transporte metropolitano – interfere em um sistema que

não é de sua responsabilidade, criando constrangimento para usuários e trabalhadores. Ao tomar conhecimento, pela imprensa, da intenção da Comec de criar uma linha vinda de Araucária com ponto final no Terminal CIC, a Urbs encaminhou e-mail alertando para a falta de condições técnicas do terminal para receber uma nova linha. No comunicado, a Urbs alertou que este terminal não tem condições para estacionamento seguro dos ônibus e escoamento dos usuários. Em respeito aos usuários, a Urbs ofereceu como alternativa o Terminal Pinheirinho, que teria condições de abrigar a nova linha e com vantagens para o usuário que contaria com várias opções de integração. Redação NP/ JGP

EQUIPAMENTO QUE COMBATE SONEGAÇÃO NOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS É HOMOLOGADO NO PARANÁ O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) já iniciou o processo de análise e avaliação do primeiro Medidor Volumétrico de Combustíveis (MVC), equipamento que pode ser instalado em postos de combustíveis para aumentar a segurança das informações fiscais enviadas à Receita Estadual e fazer monitoramento ambiental. O Tecpar, que foi a primeira instituição do país a ser homologada para realizar a avaliação do Medidor Volumétrico de Combustíveis, se matem como a única no Brasil a fazer essa análise. A empresa RSP Technology do Brasil, com sede em São Paulo (SP), será a primeira empresa a submeter o equipamento para avaliação pelo Tecpar. “Devemos avaliar se o Medidor Volumétrico de Combustíveis está em conformidade com o que de-

termina o Conselho Nacional de Política Fazendária, o Confaz”, explica Claudio Busatto, um dos responsáveis pela equipe do Tecpar Certificação. Nenhum posto do país conta com o equipamento, que foi regulamentado pelo Confaz, órgão deliberativo constituído pelos secretários da Fazenda dos estados e pelo ministro da Fazenda. Com a intenção de diminuir as brechas da sonegação fiscal, membros do Confaz definiram normativas que regulamentam a aplicação do sistema. Fabricantes do setor estão desenvolvendo equipamentos, que previamente a sua instalação deverão ser homologados por instituições como o Tecpar. A implantação do equipamento nos postos de combustíveis não é obrigatória ainda e fica a critério de

cada secretaria estadual da Fazenda definir pela obrigatoriedade ou não do seu uso, assim como determinar quais estabelecimentos devem implementar o sistema e em que prazo. Por enquanto, o estado de Santa Catarina já determinou que os postos de combustíveis catarinenses devem instalar o MVC. A intenção do Confaz é que progressivamente mais estados venham a aderir ao equipamento e que novas instituições sejam credenciadas a homologá-lo. “Depois que o primeiro equipamento for homologado, haverá maior interesse por novos fabricantes em desenvolver e certificar seus aparelhos. Santa Catarina está com esse projeto-piloto, que posteriormente deve ser levado a outros estados”, salienta Busatto. Redação NP/ AEN

Q


a -

r -

e s A e -

s -

s

-

-

Esporte

9 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

COM SEMANA CHEIA DE TREINOS, CORITIBA PODE TER MUDANÇAS PARA JOGO DE VOLTA Queda de rendimento da equipe pode promover os retornos do volante Rosinei e do zagueiro Leandro Almeida Após manter a mesma formação nos últimos dois jogos do Campeonato Paranaense, o técnico Marquinhos Santos pode realizar mudanças para o jogo de volta contra o Londrina, no próximo domingo, no Couto Pereira, pela semifinal do estadual. O treinador avalia a volta do zagueiro Leandro Almeida e do volante Rosinei, que estão recuperados das lesões sofridas. As possíveis mudanças são efeito direto do desempenho do time na derrota para o Londrina por 1 a 0. Após o jogo, Marquinhos Santos comentou a queda de rendimento da equipe na partida, em especial do volante Alan Santos, que vinha atuando como um meia armador e no lugar de Rosinei. - Ele (Alan Santos) não se achou e não conseguiu fazer o trabalho que vinha sendo realizado. Ocupou pouco

espaço no campo. Melho- Negueba por dentro para flu- ral não fomos bem, e eu sou que da inspiração - avaliou rou um pouco no segundo tuar e deslocamos ele para o o responsável. Fomos mais após o jogo. Redação NP/ GE tempo, quando colocamos o setor do lado direito. No ge- na base da transpiração do

COM JOGADORES DE SAÍDA, PARANÁ INTENSIFICA A BUSCA POR REFORÇOS Diretoria analisa o mercado atrás de novos nomes para as competições nacionais O elenco do Paraná Clube deverá sofrer uma reformulação nos próximos dias. Por um lado, alguns jogadores estão de saída. O meia Marcos Serrato está 99% certo com a Ponte Preta, e o volante Ricardinho deve ser vendido para um fundo de investimento, que o colocaria na Série A. Além deles, o lateral-direito Netinho (que tem contrato apenas até agosto), o zagueiro Luiz Felipe (com vínculo perto do fim) e o lateral-esquerdo

Bruninho (que tem despertado a atenção de outras equipes) também podem deixar o clube. Por outro lado, a diretoria analisa o mercado atrás de nomes para as competições nacionais. Segundo o vice-presidente Aldo Luiz Coser, reforços devem ser anunciados em breve. - O Vavá, o Fernando Miguel e o Edson Neguinho estão à frente das negociações. É difícil dizer quando vamos

anunciar, estamos com algumas negociações em andamento, mas não deve demorar - afirmou o vice-presidente, por telefone, ao GloboEsporte.com. Para não prejudicar o andamento das negociações, o departamento de futebol tricolor prefere não citar quantos nem para quais posições serão Luiz Coser, o técnico será técnico. Não tem nenhuma os reforços. Apesar da reformula- mantido para a sequência da negociação com outro técnico - garantiu. ção do plantel, Luciano Gusso temporada: Redação NP/ GE - O Gusso é o nosso não corre risco. Segundo Aldo


VEÍCULOS

10 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

VOLVO MAIS LUXUOSO TERÁ GELADEIRA E COPOS DE CRISTAL XC90 estreia na próxima semana durante o Salão de Xangai. Passageiros têm tela sensível ao toque e som com surround. A Volvo anunciou nesta semana a estreia do carro mais luxuoso dos 88 anos de história da marca sueca, atualmente parte do grupo chinês Geely. O XC90 Excellence terá geladeira e copos de cristal feitos na Suécia, entre outros itens de conforto. Os assentos traseiro são individuais, reclináveis, ventilados e ainda oferecem massagem aos passageiros. Se a ideia não for tirar um cochilo, telas sensíveis ao toque na parte de trás de cada banco podem passar um filme e mesas retráteis permitem acomodar o notebook ou a taça com champanhe. Não faltam porta-copos no interior do veículo, mas alguns deles também ajudam a manter a bebida fria ou quente. De acordo com a fabicante, os sistema de som

Bowers & Wilkins tem 20 alto-falantes e efeito surround para os passageiros traseiros. A “sala de cinema” móvel ainda conta com sistema de cancelamento de ruído dos pneus, desenvolvido pela Pirelli. Assim como a maioria dos modelos de luxo atualmente, a novidade foi pensada para o mercado chinês e aparecerá pela primeira vez no Salão de Xangai, na próxima semana. Brasil

Em sua versão normal, o novo XC90 será vendido no Brasil no segundo semestre de 2015, com até 7 lugares. No ano passado, o lançamento digital comercializou pela internet 1.927 unidades da série especial First Edition - 12 delas no Brasil. Redação NP/ AE


0

WWW.NOTICIASPARANA.COM

Um novo site com tudo que vocĂŞ precisa ler e saber


INSTITUCIONAL

12 Curitiba, 16 de abril a 22 de abril de 2015

Profile for Erickson Ferrer

Noticias paraná 316 todas  

Noticias paraná 316 todas  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded