Page 1

PUBLICAÇÃO MENSAL | Dep. Legal N.° 19/82 | Preço avulso: 0,50  Director: M. OLIVEIRA DE SOUSA • Dir. Adjunto: MÁRIO PC MARTINS • Fundado por Pe. Artur Tavares de Almeida, em março de 1967 http://noticiasdenarizefatima.blogspot.com | ANO 52 – Nº 463 (maio/junho 2018)

Vivência do Congresso Eucarístico Diocesano

Domingo (1 de junho)

Vivência Paroquial

Na vivência do Congresso Eucarístico Diocesano, fomos convidados a motivar a viver nas nossas paróquias em forma de oração e testemunho convidando e chegando a todos como Missionários da Luz de Jesus, rezando junto de cada família, casa, a oração do Congresso Eucarístico, para que em cada um de nós possa dar frutos a vivência da Eucaristia e da caridade. Deixamos alguns registos das paróquias de São Pedro de Nariz e de Nossa Senhora de Fátima. Uma palavra de agradecimento a todos quantos foram audazes na saída e no anúncio, desde os mais pequeninos aos mais velhos. O cristão sempre em estado permanente de missão.

Do coração à missão… quase, quase a partir em missão!

No dia 24 de junho, na eucaristia do Dia da comunidade paroquial de Nossa Senhora de Fátima, vivemos o envio paroquial da Rafaela Pires que em 27 de julho partirá, com a Inês Ministro da paróquia de Oliveira do Bairro, para um mês de missão em Nampula – Moçambique para trabalhar na creche “Surpresa de Deus” com as Irmãs Mercedárias da Caridade. E assim, depois de um ano de formação com o SDAM – Serviço Diocesano de Animação Missionária da nossa Diocese, eis que chegou o momento de ganhar asas e voar levando aos outros um pouco de si e ganhando uma mão cheia do sermos “nós”. De forma simples, receberam a bênção do padre Pedro, pároco da comunidade e assistente do SDAM e este, em nome da comunidade, envio-as como leigas missionária ao serviço da comunidade de Nampula, oferecendo-lhes um terço e dirigindo-lhes palavras de coragem e de alegria missionária. O esforço, coragem, entrega e ânsia de partir da Rafaela estavam bem presentes no seu rosto, no seu sorriso e nas suas lágrimas quando dirigiu à comunidade umas breve palavras em que dizia que não sabia bem porque foi para a formação, mas foi ficando e hoje está quase de partida para Moçambique, desafiando outros jovens a fazer voluntariado num futuro próximo e pedindo à comunidade oração. Das mãos de três jovens, a Rafaela recebeu alguns presentes para as horas de alegria e para as horas de desânimo. Recebeu, ainda, das mãos de dois meninos, os mais novos, do grupo da Infância Missionária um terço missionário na certeza de que todos os pequenos missionários, seus animadores e famílias missionárias da paróquia de Nossa Senhora de Fátima vão com ela em missão no coração e na oração! Momentos de profunda ligação missionária que dá coragem e força a quem parte e que conforta e anima quem fica por cá!

Dou Mais Tempo À Vida

Pela prevenção do cancro!

Neste número Escrinas em Fátima

P2

18º Torneio Futebol Barroca

P3

Jubileu Capela Ramalheiro

P4

A Liga Portuguesa Contra o Cancro está a levar a efeito, no Concelho de Oliveira do Bairro, um conjunto de ações de sensibilização e formação para a prevenção do Cancro. A doença e a saúde não conhecem fronteiras, neste sentido, convidamos todos os interessados para uma das últimas ações de sensibilização e formação para a prevenção que se vai realizar no dia 13 de Julho às 21h30 no Salão da Junta de Freguesia da Palhaça. No dia 14 de Julho durante todo dia, no Parque Rio Novo do Príncipe na Mamarrosa, será o encerramento das ações de sensibilização e formação para a prevenção do cancro e angariação de fundos, com a presença das 32 equipas que ao longo de 3 meses trabalharam e levaram a bom porto este evento. Mário Santos


Página 2

maio/junho | 2018

movimento paroquial

* fica pendente a restituição do empréstimo

Despesas Empreiteiro da Obra 75.561,66 € Aquisição de Telha 15.832,27 € Diversos Materiais 282,47 € Total 91.676,40 € Receitas Donativos/Peditório 26.019,59 € 370,00 € Donativos Jan-Abr (actualizado) 824,10 € Donativos Mai-Jun (actualizado) Campanha do telhado (actualizado) 700,00 € Recuperação IVA 16.357,55 € Total 44.271,24 € Saldo -47.405,16 € Pagamento do saldo Empréstimo SPN * 15.000,00 € Disponibilidades da paróquia 32.405,16 € Total 47 405,16 € Comissão de Festas

da Nossa Senhora da Anunciação 2018 Saldo: 2.944,55 € A comissão de festas da Nossa Senhora da Anunciação, Mamodeiro, agradece a todos quantos colaboraram na realização desta Festa, e a toda a comunidade paroquial.

Festa do Envio

No dia 24 de junho os adolescentes do 10º ano de Nossa Senhora de Fátima apresentaram-se à comunidade para celebrar a festa do envio. Ao longo da celebração foram proclamando: “Senhor, tu nos chamaste, aqui estou, com toda a alma e coração para anunciar o Teu Reino de justiça, paz e amor. Dai-me Senhor sabedoria e coragem para proclamar a Tua mensagem de verdade no meu grupo, na minha comunidade cristã onde vivo com o testemunho e a palavra para que a Boa Nova chegue a todos e haja um só rebanho e Tu sejas o nosso único Pastor.”

Falecimentos Maria Helena Marques da Conceição, de 88 anos, casada com Augusto Lopes dos Santos, filha de José Marques Agostinho e de Maria Marques da Conceição, faleceu no dia 18 de maio de 2018 e foi sepultada no cemitério de Nossa Senhora de Fátima, em 21-05-2018. Laurinda Simões Coutinho, faleceu no dia 04 de junho de 2018 e foi sepultada no cemitério de Nossa Senhora de Fátima, em 06-06-2018. Carlos Ferreira dos Santos, de 75 anos, casado com Idalina Nunes Domingues, filho de João dos Santos e de Rosa Ferreira, faleceu no dia 26 de maio de 2018 e foi sepultado(a) no cemitério de Nossa Senhora de Fátima, em 28-05-2018. Zulmira Simões Neta Vieira, de 91 anos, viúva de Manuel dos Santos Ferreira Coutinho, filha de Joaquim Vieira Chans e de Rosa Simões Neta, faleceu no dia 10 de junho de 2018 e foi sepultada no cemitério de Nossa Senhora de Fátima, em 11-06-2018.

O JNNF apresenta às famílias enlutadas as mais sentidas condolências.

N.ª Sr.ª de Fátima O caminho que vamos fazendo pelo nosso Templo

Primeira Comunhão

Foi no passado dia 27 de Maio que as nossas crianças celebraram o sacramento da Eucaristia. Abençoados pela Santíssima Trindade receberam o corpo e sangue de Jesus, que querem continuar a seguir e também eles serem evangelizadores nas suas famílias e na comunidade.

Batismo

“Maria disse SIM e Tu, do que estás à espera?!”

Fátima Jovem 2018

Batizado Thomas Barros Lopes E o que já era bom, agora ganhou asas... Irradiados pelo teu amor, pela bênção de Deus e, pela graça de sermos pais, foi com o coração repleto de emoções, que celebrámos a linda Eucaristia do teu batismo, no dia 9 de Junho na Igreja Matriz de S. Pedro de Nariz. Desta forma apresentamos à comunidade paroquial, e agora fazendo também parte da vida cristã, o nosso filho Thomas Barros Lopes. Querido filho, ao longo dos anos vamos descobrindo e percebendo que, todo o tempo é tempo para vivermos intensamente, e que nunca nos falte o tempo para sermos felizes juntos e marcarmos lindas memórias, enchendo os nossos corações de tanto amor, que faça com que este transborde, reflectindo na tua vida, o melhor de nós, o melhor de ti, para que tu também sejas o

mais feliz possível... És o grande amor que veio mudar as nossas vidas, que nos uniu e nos enriqueceu ainda mais... a prova da nossa força, o reflexo da persistência, da gratidão que sentimos, e do melhor que hà em nós! É neste precioso tempo que a vida nos dá, e nos seus entretantos, que nos construímos e nos transformamos, portanto querido filho, após teres recebido o sacramento do batismo, que Deus te abençoe, que a sua bênção fortaleça os teu dias, ilumine os teus caminhos, e nós enquanto pais, seremos sempre persistentes em todas as lutas, felizes a cada conquista e, sempre do teu lado! Queremos deixar um especial agradecimento ao Sr. Padre Pedro, pela linda Eucaristia, disponibilidade e carinho... porque há gestos, que de tão genuínos, ficam para sempre, neste dia tão marcante nas nossas vidas e nos nossos corações. Ninoska Barros e André Lopes

No fim de semana de 5 e 6 de Maio 4 elementos do Grupo de Jovens de Nariz, Escrina, rumaram a Fátima, juntamente com outros jovens da Diocese de Aveiro, para participar no Fátima Jovem 2018 sob o lema “Maria disse SIM e Tu, do que estás à espera?!”. Neste fim de semana através de testemunhos, de música, de convívio, de oração e de reflexão foi possível afirmar o nosso SIM sem medo. “Quando aceitei o convite, nunca pensei que ia ser como foi, superou completamente a fasquia. “- Ana Carolina “Permitimos que o nosso coração se abra e que o espírito encha o nosso coração de paz, amor e essencialmente de Deus.” - Bruna Menezes “É neste tipo de actividades que percebemos que não estamos sós nesta caminhada, que apesar de tudo o que nos possa acontecer basta dizer SIM a Deus, SIM à força e presença dEle e que podemos contar com o colo da Mãe, pois Temos Mãe.” - Joana Mota “É sem dúvida uma aventura inesquecível, onde fomos todos desafiados a ser como Maria.” - Patrícia Barros. ESCRINA

Paróquia de São Pedro de Nariz

Comissão de Festas de S. José

Capela da Vessada 2018 Saldo da Comissão de Festas:

Receitas: 11.100,00 € Despesas: 10.043,14 € Donativo Bombeiros: 150,00 € Saldo: 906,86 € A comissão de festas de São José, Vessada, agradece a todos quantos colaboraram na realização desta Festa, e a toda a comunidade paroquial. A comissão de festas para 2019 será composta por Deolinda Soares e Celeste Pedra.

Apartado 3047 • 3801-903 AVEIRO • E-mail: jnnarizefatima@gmail.com Propriedade: Fábrica da Igreja Paroquial de Nª Srª de Fátima — Aveiro • Contribuinte nº 501 191 020 Director: Manuel Oliveira de Sousa. Director Adjunto: Mário Paulo Costa Martins • Administrador: Vítor Mota • Redacção e Gestão Informática: Manuel Oliveira de Sousa e Mário Paulo Costa Martins Coordenação, Distribuição e Publicidade: Pedro Valente e Vítor Seixas • Tesouraria: Isabel Branco e Mário Santos Distribuidores: Nariz: Carlos Pedra (R. da Pedra); Eliana Dionísio (R. Larga); Madalena Marques (Barreira Branca – zona de cima); Cesaltina Nunes (Barreira Branca – zona de baixo + Picada); Catarina Ferrão (Barreira Branca – zona interior); Fernanda Carvalho (Cilha); Paula Freire (R. Principal); Ana Rebolo (zona da Igreja); Maria Capôa (R. de S. Pedro); Almerinda Martins (Cruzeiro); Ricardo (R. Prof. Gelásio Rocha e Paraíso); Franklim Oliveira (R. Dr. Girão Pereira); Bruno Morgado (R. Fonte do Olho – zona de baixo); Hugo Santos (Travessa da Fonte do Olho e R. Fonte do Olho – zona de cima); Lurdes Costa (R. Prof. Belarmino Nunes – zona de cima, e Trav. das Escolas); Maria Pinhal (R. Prof. Belarmino Nunes – sul, R. do Cabeço de Eireira e Ribeirinho I); Maria Pinhal (Ribeirinho II); Maria da

Falecimentos Jaime da Conceição Bento, de 69 anos, de Nariz, partiu para a eternidade. O funeral foi no dia 31 de maio. Depois de câmara ardente na capela mortuária, celebrou-se missa de corpo presente e os restos mortais foram a sepultar no cemitério de Nariz. Cidália da Cruz, viúva de Trindade de Oliveira Ramísio, faleceu com 94 anos, no dia 05 de junho de 2018. O funeral realizou-se no dia 7 de junho no cemitério de Nariz. Rosa da Costa Fernandes, de 73 anos, partiu para Deus. faleceu no dia 08 de junho de 2018. As exéquias fúnebres celebraram-se no dia 9 de junho tendo ficado sepultada no cemitério de Nariz. Rosa Simões da Costa, com 80 anos, de Verba, adormeceu no Senhor. Faleceu a 18 de junho de 2018. O funeral realizou-se no dia 20 de junho. Depois da missa de corpo presente, foi sepultada no cemitério de Nariz. Conceição das Neves, de 76 anos, viúva de antónio Lopes dos Santos, faleceu no dia 24 de junho de 2018 e foi sepultada no cemitério de Nariz em 26-06-2018. Ana Vieira de Carvalho Zagalo, de 89 anos, casada com Américo Nunes Pinto, filha de Cesar Lourenço Zagalo e de Maria Vieira de Carvalho, faleceu no dia 9 de Junho de 2018. As suas exéquias foram no dia 11 de Junho, onde foi a sepultar no cemitério de Nariz em 26-06-2018.

Amigos Amigos do Jornal

• Nariz Maria Lucinda 5€; Custódio Domingues 5€; Manuel Silva 20€; Carlos Ferreira de Oliveira 5€; Verba • Mamodeiro Ascensão Almeida Ferreira 5€ • Póvoa do Valado Lino de Sousa 10€; Aníbal Lopes – 10€ • Verba Petra e Rainer 20€; Amorosa Simões 6€; • Vessada Carlos Jorge M. Ribeiro 10€

Conceição Vieira (R. do Vale do Rato); Filipa Cura (R. do Roque); Rosa Martins (R. da Cega) • Verba: Maria Miranda (Verba); Mário Martins da Costa (Verba); Horácio Sousa Jacinto; Ramiro Samagaio • Porto de Ílhavo: António Mostardinha • Vessada e Ramalheiro: Maria da Conceição Martins (Vessada); Dina (Ramalheiro) • Nª Sª Fátima: João Mota (Quintas); Silvia (Bica); Lurdes Sousa (Lavoura); Pedro Valente (Lavoura); Natílio (Tortinhoso); Cidália (Bica, Bica (Ribeirinho); Ribeirinho); Donzilia Donzilia (R. Direita); Natílio (Barreiras); Aldina (R. de Aveiro); Susana (R. do Castanheiro); Isaura (Perajorge); Rosa Caniço (Rasos); Goretti (R. Direita); Inês (Brejeira); Olímpia (R. Chameite); Isabel Nolasco (R. Direita); Eva (R. Direita); Dina Oliveira (R. Direita); Emilia (R. Cumieira); Margarida (Cerejeiras); Eunice (Cumieira); Rute (Zona Capela); Berta (Ramal); Margarida Alves (Caves); Vanessa (Cotos); Gracinda Maio (Ramal); Paula (Escola); Gonçalves (Chão Velho). Colaboradores Principais: Pe. José José Manuel Manuel Marques Marques Pereira, Pereira,Pe. A. D. José Nariz, Augusto A. R.Pinho C. Barroca, Nunes,Augusto A. D. Nariz, Branco, A. R.Catequeses C. Barroca, de Augusto Nariz eBranco, de Nª Srª Catequeses Fátima, Grupo de Nariz de eJovens de Nª Srª de Nariz Fátima, e de Grupo Nª Srª de Fátima, Jovens União de Nariz dase Freguesias de Nª Srª Fátima, de Nariz, Juntas Requeixo de Freguesia e Nª SrªdedeNariz Fátima, e dePe. Nª Srª de Fátima, Fernando Simões Pe.eFernando Ninoska Barros. Simões e Ninoska Barros. Paginação electrónica, Paginação, pré-Impressão Pré-Impressão e impressão:e Officina Impressão: Digital Officina • Telefone Digital 234 • Telefone 308 697 234 • Aveiro 308 •697 www.officinadigital.pt • Aveiro

O JNNF apresenta às famílias enlutada as mais sentidas condolências.

Nariz


maio/junho | 2018

18º Torneio de Futebol Juvenil da A.R.C. da Barroca

“Torneio Manuel Neto” Nos dias 16, 16 e 17 de junho, realizou-se o 18º Torneio de Futebol Juvenil, Manuel Neto, o qual decorreu no renovado Parque Desportivo da Barroca da freguesia de N. Sra de Fátima, O torneio reuniu cerca de 180 atletas e este ano contemplou os vários escalões existentes no Clube, Petizes, Traquinas e Infantis e como inovação também se realizou uma competição na categoria de Veteranos. De salientar a presença de 2 equipas da Madeira o Arca D`Ajuda em infantis e o S.C. Marítimo em Veteranos. O torneio decorreu com um grande espirito desportivo e de grande confraternização entre todas as equipas. Em Petizes e Traquinas a competição não teve classificações, mas o espirito competitivo esteve sempre presente e acima de tudo foi a participação que mais importou. Em Infantis o S.C. Beira-Mar foi o vencedor assim como em Veteranos o clube de Aveiro também levou a melhor perante os adversários em competição. No quadro anexo apresentamos as Classificações e prémios atribuídos. O Barroca congratula-se com mais um torneio realizado, agradecendo a todos os que nele colaboraram, pois sem a ajuda de todos não seria possível efetuar esta importante competição na nossa freguesia.

Classificações: Infantis B

1º Lugar S.C. Beira Mar 2º Lugar A.D.Taboeira 3º Lugar A. D. Ala Arriba 4º Lugar A.R.C. Barroca 5º Lugar Arca D`Ajuda Melhor Guarda Redes - Gonçalo Custódio G.D. Ala Arriba Melhor Marcador - Tiago - G. D. Ala Arriba Melhor Jogador - Lazis - S. C. Beira Mar Prémio Fair Play - Arca D`Ajuda

Veteranos 1º Lugar S.C. Beira Mar 2º Lugar S. C. Maritimo 3º Lugar C. F. União de Lamas 4º Lugar A.R.C.Barroca Melhor Guarda Redes - Angelo Abreu - S. C. Maritimo Melhor Marcador - Paulo Fernandes - Beira Mar Melhor Jogador - Clyton - A.R.C. Barroca Prémio Fair Play - C. F. União de Lamas

Página 3

A importância do Associativismo Uma associação organizada em que o verdadeiro interesse é o bem de todos, sobrepondo-se ao interesse individual, contribui para a dinamização da sociedade. O movimento associativo desempenha um papel insubstituível no contexto social global, fornecendo um contributo essencial no bem-estar das populações. O associativismo promove ainda valores importantes como os da solidariedade, autonomia, cidadania e trabalho voluntário que, por sua vez, proporcionam o surgimento de novas ideias para melhorar cada vez mais a vida de cada indivíduo enquanto membro de uma sociedade. Dada a necessidade de estimular o funcionamento das associações da freguesia e apoiar as atividades de natureza social, cultural, educativa, desportiva e recreativa a Junta de Freguesia de Requeixo, Nª Sra de Fátima e Nariz estabeleceu no final deste mês de maio diversos Protocolos de Cooperação com várias Associações e IPSS’S da Freguesia. Este apoio visa à prossecução de obras ou eventos de interesse para a freguesia bem como a promoção e execução de projetos de intervenção comunitária nas áreas da ação social, cultura e desporto.

Centro Social Paroquial de S. Pedro de Nariz Passeio da Família No dia 15 de maio, comemorou-se o Dia Internacional da Família. A instituição organizou uma visita ao Zoo da Maia para utentes e familiares. Cerca de 30 famílias, juntamente com colaboradoras da instituição, num total de 80 pessoas passaram um dia em alegre convívio, onde puderam fortalecer a relação entre famílias e instituição. Às famílias que participaram o nosso agradecimento.

Sardinhada de S. João No passado dia 22 de junho, o CSP de S. Pedro de Nariz promoveu uma sardinhada de S. João. Por hora do almoço os participantes puderam apreciar o prato típico desta época. Entre broa e sardinha assada, houve tempo para dois dedos de conversa e boa disposição. Aos que participaram, o nosso bem-haja.

Festa de Final de Ano Letivo O CSP de S. Pedro de Nariz realizou no dia 29 de junho a Festa de Final de Ano. Este ano a festa esteve inserida nos festejos da paróquia em honra do seu padroeiro. Pelas 15h, no largo da igreja de Nariz, houve a apresentação das Marchas Populares, onde utentes das valências de infância e seniores, desfilaram com o tema “Pescadores”. Seguiu-se a entrega dos diplomas aos finalistas da sala de Creche de entre os 24 e 36 meses, da sala de Educação Pré-escolar e da sala e Centro de Atividades de Tempos Livres. Pelas 20h, estivemos no Parque de Nariz, onde comemos arepas, pabelhon e outros petiscos venezuelanos. Não faltou comida e bebida, música latina, dança, tradição, alegria e animação com o Karaoke CC.

Dia Mundial da Criança Inauguração Parque Infantil de Nª Sra de Fátima

Foi com muita honra e muito orgulho que em 1 de junho de 2018 - Dia Internacional da Criança, a Junta de Freguesia de Requeixo, Nª Sra de Fátima e Nariz inaugurou espaço dedicado às crianças – o Parque Infantil de Nª Sra de Fátima. Trata-se de um empreendimento levado a cabo pela Junta de Freguesia em parceria com a Câmara Municipal de Aveiro. A obra visou a beneficiação e adaptação da praceta próxima da sede da Junta de Freguesia de modo a oferecer melhores condições de bem-estar aos habitantes, sobretudo às crianças. No local foram também implantados equipamentos geriátricos. O resultado final é um atrativo e moderno parque dividido em duas áreas específicas: parque infantil e equipamento geriátrico. Resulta assim num espaço intergeracional de avós, pais e netos. Este empreendimento vem acrescentar valor e qualidade a este lugar. A inauguração foi presidida por Antero Marques dos Santos, Presidente da Junta de Freguesia, e Eng. Ribau Esteves, Presidente da Câmara Municipal. Estiveram presentes as crianças do 1º Ciclo, Jardins de Infância e IPSS’s da Junta de Freguesia, as suas professoras, educadoras e auxiliares e demais cidadãos da freguesia. A inauguração foi totalmente dedicada às crianças. Foram elas que abrilhantaram o momento. Ao longo do dia os meninos usufruíram não só dos equipamentos do novo Parque Infantil, mas tiveram também a oportunidade de participar em jogos tradicionais, na modelagem de balões e em pinturas faciais. O desejo do Executivo da Junta de Freguesia é que os seus cidadãos e todos visitantes usufruam das potencialidades destes novos equipamentos.


Editorial

Página 4

maio/junho | 2018

As férias de Deus Para nos ajudar a reflectir sobre o tempo de Férias. Com o final do Ano pastoral a suceder-se um pouco em todas as paróquias do país, é tempo das merecidas férias e descanso para as crianças. Em muitas paróquias, não é incomum ouvir da boca dos sacerdotes o aviso prudente. «Meninos, só porque estão de férias da catequese, não se esqueçam de vir à missa, ou de rezar a Jesus, pois a fé não mete férias», ouve-se um pouco por todo o lado. A preocupação é real: durante as férias, as igrejas esvaziam-se de pessoas, principalmente das crianças da catequese e dos seus pais. Desaparecem sem rasto para voltarem, religiosamente, para o início do ano pastoral em setembro. Cumprem a rotina da catequese, mas esquecem a rotina do espírito. O alimento espiritual que a eucaristia proporciona e que nós, enquanto católicos, afirmamos querer receber, não “mete férias”. Tal como o corpo, que precisa de alimento constante, também o espírito necessita de tal alimento. Na paróquia ou no local de veraneio, as igrejas continuam abertas e a eucaristia continua a celebrar-se, mas sem crianças. E porquê? Porque os pais não vão com os filhos à eucaristia. Muitas vezes, porque os próprios catequistas também deixaram de ir, e os pais, que nunca ficavam com os seus filhos na eucaristia, não têm onde os deixar. De que serve a um pai querer que o seu filho seja educado numa fé na qual ele afirma que acredita, mas que não professa? Pode uma mãe exigir ao seu filho que vá à missa, que comungue, que se confesse, quando ela fica fora da igreja na conversa, ou não frequenta a eucaristia dominical? Com que propósito? A sociedade encontra-se num ponto de viragem. Somos ensinados hoje a agir sem levantar ondas, sem darmos testemunho, sem nos fazermos notar. E o mesmo se passa com a religião. Os pais têm a fé suficiente para porem os seus filhos na catequese, na esperança de que os catequistas os eduquem, mas esquecem-se que a primeira catequese é em casa, e que é lá que se deve dar a verdadeira educação na fé, principalmente através do exemplo. É tempo dos pais decidirem o que querem que o futuro dos seus filhos seja. Se querem que Deus tenha uma oportunidade de entrar na vida dos seus filhos, como parecem dizer ao coloca-los na catequese, então precisam de tornar Deus presente nas suas próprias vidas também. Este verão, não ponha férias de Deus. Leve os seus filhos à igreja, reze com eles em casa. A fé cresce onde é alimentada, não onde passa fome... Ricardo Perna, jornalista

Jubileu | Capela do Ramalheiro

Ramalheiro secular honra património e faz memória

A freguesia de Oiã tem um lugar remoto, que deixou de ter laços com a sede da freguesia, na década de 40 do séc. XX, e muitos julgarão que, de direito e de facto, já não lhe pertence. Nada menos certo. Por sua vez, também os moradores, o lugar sempre foi pequeno, sobretudo os mais novos, assim pensarão e na prática assim parece. É que, sobretudo, a partir dessa data, voltaram-se para Nariz. Cisão amigável. Antigamente, para as pessoas deste secular lugar do Ramalheiro irem à missa à igreja matriz tinham de cumprir sinuoso caminho, vindo direitas ao Ribeiro da Palha e saindo nas imediações do lugar do Lavadouro, junto à linha férrea, subindo depois até ao templo. Aliás, ainda na década de quarenta do séc. passado, lá ia a Cruz Pascal na visita tradicional. Dali descia para o lugar da Pedreira. A última visita foi realizada pelo Padre António de Almeida Resende que, achando enorme a distância, lugar pequeno e de poucas almas (hoje haverá 12 habitações), de combinação com o então pároco de Nariz, Padre Ângelo Ruela Cirne, deixou de cumprir este ritual, quebrando desse modo os laços que restavam. Sem prévia licença de ninguém, nem a nível diocesano nem a nível administrativo. Tudo se passou desta forma simplista e pacífica, sem que administrativamente algo se tenha feito para a separação legal. Capela com 200 anos. O lugar do Ramalheiro, assim denominado nos livros paroquiais, possui uma capela, da invocação de Nossa Senhora da Conceição (particular) que assinalou, festivamente, no último domingo, 3 de Junho, 200 anos. Com três partes distintas: a primeira e central foi a celebração da missa pelo jovem padre Pedro Barros, pároco de Nariz, coadjuvado pelo diácono Porfírio de Carvalho, em representação do pároco de Oiã, padre Mário Ferreira. Presente o membro de Nariz na União de Freguesias de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz. Embora o tempo não estivesse propriamente apetecível, orvalhava, às 8 horas da manhã, acabou por abrir um pouco. Será descabido também dizer que a capela, mandada construir pelo capitão de milícias, António Joaquim Denis Ferreira Félix, de Ílhavo, que neste lugar comprou muitas propriedades e nelas viveu, estava cheia e bem adornada, enquanto na rua de acesso e junto havia cordões de flores em papel. A missa foi solenizada pelo grupo coral da freguesia de Nariz. Era dia de

Parque

São Pedro de Nariz No dia 27 de Maio de 2018, o parque de Merendas de Nariz ficou mais enriquecido com o Parque Bar ao serviço de toda a comunidade. Neste mesmo dia foi benzido este espaço, na esperança de servir com caridade, mas igualmente com testemunho cristão, todos quantos deles irão usufruir.

festa e o largo, segundo nos garantiram, esteve mais cheio que no tempo em que chegou a haver ali festa em honra de Santo António. Mais de uma centena de pessoas da freguesia. O outro acto, assim fazendo boa e justa memória, foi o descerramento no interior de uma placa comemorativa do 2º centenário em pedra de Ançã, efectuado pelo casal dos proprietários, Armanda do Bem e Mário da Costa Campina, do Cabeço de Ereira, que tem sempre aquela ermida num brinco. Estimam e preservam o património, particular, mas esse facto não deixa de fazer história e memória do lugar do Ramalheiro, o que é exemplo num tempo em que se fala tanto de património e no dever de preservá-lo. Releve-se que uma das obrigações dos herdeiros do capitão era, por um lado, o asseio e conservação da ermida, por outro, não deveriam vendê-la. Mas não foi isso que veio a acontecer. Dr. Emanuel Rebocho Albuquerque e esposa, moradores em Ílhavo, acabaram por vendê-la por escritura, lavrada no Cartório de Oliveira o Bairro, no dia 9 de Novembro de 1950 a Júlio Paulo do Bem, da Vessada, vindo a herdá-la, juntamente com a quinta, a filha Armanda. Gastronomia e História. Antes do derradeiro acto, de belo sabor gastronómico para todos, incluindo o grande bolo de tão amplo aniversário, ainda foi feito um pouco de história local, sobretudo, a narrativa da construção da ermida e passos principais levados a cabo pelo capitão de milícias que trabalhava em Oliveira do Bairro. E foi ainda lembrado que, no início da nossa nacionalidade, D. Afonso Henriques doava ao Convento de Santa Maria de Lorvão (Penacova) Verba e Perrães cujos limites desta última eram a nascente o Rio Cértima e a poente “a villa” de Verba, portanto abrangendo ainda os territórios onde hoje se situam estes lugares e também Vessada (Póvoas da Vessada) que, em 1669, era, segundo documentação, pertença também da freguesia de Oiã. Para lembrança futura, no final Mário Paulo, filho do casal, distribuiu por todos os presentes uma pagela com um pedacinho de história e distribuiu, a começar pelas famílias do lugar, um exemplar do jornal “Terras de Oiã” que o pároco Padre Mário fez questão de ofertar, tanto mais que inseria um texto sobre o lugar e a capela, assim fazendo memória histórica. Armor Pires Mota

jnnf 463_ maio_junho_ano 52_2018  
jnnf 463_ maio_junho_ano 52_2018  
Advertisement