Page 1

PUBLICAÇÃO MENSAL | Dep. Legal N.° 19/82 | Preço avulso: 0,50  Director: M. OLIVEIRA DE SOUSA • Dir. Adjunto: MÁRIO PC MARTINS • Fundado por Pe. Artur Tavares de Almeida, em março de 1967 http://noticiasdenarizefatima.blogspot.com ANO XLVI - Nº 422 (setembro/outubro 2012)

Editorial

Meia volta, volver! Em frente, marche! Isto é, voltar atrás.

A Reforma Administrativa está novamente em agenda. A proposta de agregação de freguesias foi aprovada na segunda-feira, dia 15 de outubro, à noite pela Assembleia Municipal de Aveiro. A proposta de pronúncia deste órgão no processo de reorganização administrativa em curso promovido pelo Governo foi aprovada com 23 votos a favor (16 do PSD, 6 do CDS e um independente) e 18 contra (11 do PS, três do PSD, um do CDS, dois do Bloco de Esquerda e um do PCP. O parecer contempla a agregação das duas principais freguesias da cidade de Aveiro, a da Glória e da Vera Cruz, a junção de Eirol a Eixo e a criação de uma única freguesia com o território que agora está repartido por Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz. Permanecem inalteradas as freguesias de São Bernardo, Oliveirinha, Cacia, Esgueira, Aradas e Santa Joana, passando esta a ser a freguesia mais pequena do município, a par de S. Jacinto, que não tem ligação direta por terra ao resto do concelho. Nada de novo, no que a Nariz e Fátima diz respeito, portanto! De facto a Freguesia de Requeixo foi em tempos a maior Freguesia do Concelho de Aveiro e incluía no seu território os lugares de S. Paio, Lagoinha; Carregal, Sanguinheira, Mamodeiro, Fermentelos (que se emancipou em 17389, o ramo de São Bento de Nariz com os lugares de Nariz, Cabeço da Eireira, Canissaia, Porto de Ílhavo, Verba, Vessada e Ramalheira e o ramo de São Bento da Póvoa do Valado com os lugares da Póvoa do Valado, Perajorge, Granja e Cavadinha. Tudo isto no longínquo século XIII, cerca de 1209, conforme registos de então. Nariz autonomizou-se em 1936, Nossa Senhora de Fátima em 1985. Agora, será o regresso às origens matriciais! Voltar ao século XIII, em termos de administração do território, não será um drama. Estas mesmas terras até sentiram os efeitos do terramoto de 1755 e não tombaram, segundo o relatório, de 1756, do Capelão Dr. Manuel Gonçalves, que refere ter-se sentido por aqui mas não provocou algum dano. Esperemos que seja apenas uma matéria de administração e não um retrocesso ao mesmo século (XIII) no que a serviços, equipamentos, infraestruturas,… se possa igualar. Então, aí sim, desencadear-se-á um grande terramoto sobre o pouco que está de pé! O Estado está “gordo”, diz-se, tem muitas despesas! Emagreça-se, mas com critério, a elegância tem custos e pedir a quem está seco que emagreça é condenar à extinção! Esta “língua” de território, fértil, generosa, estará na linha da frente no que concerne à salvação da pátria – já esteve também por ocasião de outras batalhas, onde se destacam as invasões francesas! Também está a contribuir, com a Estação de Tratamento Mecânico-biológico, para a poupança (ambiental, energética,…) do país! Contudo, retalhada com zonas industriais, em autoestradas, caminho-de-ferro,… já sofre com problemas de mobilidade e assistência diversa (saúde, senioridade, educação,…), quase como sendo uma terra esquecida no mais profundo interior! Haja esperança, esperança atuante, sem dormências ou entropias! Abençoada generosidade de um povo que, com tão pouco, tanto dá! M. Oliveira de Sousa Missão Jubilar

Diocese de Aveiro há 75 anos!

No domingo 21 de outubro inaugurou-se um ano de fé! É motivo para dar Graças a Deus pelos 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II e celebrar o Jubileu da Restauração da Diocese (1938-2013) “Vive esta hora” com sabor a tempo novo e a novo ardor, na terra que Deus nos deu para habitar e para transformar e no campo aberto e livre do coração humano e das novas realidades do mundo. Hora de levantar as amarras deste Barco que é a Igreja, que queremos renovada na caridade, educadora da fé, Igreja orante, família de famílias, rosto de esperança para o mundo, para que saibamos colocar Deus nos novos mares da família, da escola, da profissão, da vida pública e da cultura e em tantos espaços humanos desertos, sem vida, sem fé, sem esperança e sem amor. Hora para erguer e alargar a tenda de Deus, nas areias das nossas praias, nas planícies dos

nossos campos, nas colinas das montanhas da nossa terra, nesta nova geografia da missão e neste tempo único da evangelização, uma tenda onde Deus envolva a nossa humanidade e aconchegue as feridas de tantas dores e as ânsias causadas por todos os medos. Hora de mensagem levada às crianças e aos jovens, que lhes fale, em linguagem, por eles entendida, e em exemplos de vida, de que estão ávidos, da alegria de acreditar e do testemunho feliz da vocação que se refletem na beleza do nosso ministério, na diversidade dos carismas da vida consagrada e no amor das famílias. Hora de oração, de celebração e de formação da fé, de vivência em comunidade cristã e em movimentos apostólicos, de abertura a novas compreensões do mundo e de diálogo com os não crentes, neste território comum de procura de sentido, onde a fé se faça companheira da vida e do futuro da humanidade. (D. António Francisco, Homília do dia 21)

Grupo de Jovens de Nariz,

o sorriso de Deus feito oração!

Se cantar é rezar duas vezes, rir trouxe aos jovens de Nariz, que realizaram um encontro de reflexão e aprofundamento da Palavra de Deus fora do espaço comum, um maior aprofundamento da beleza de Jesus Cristo no face e no coração dos irmãos, dos percorrem caminhos comuns.


Página 2

setembro/outubro | 2012

Movimento Paroquial

Nossa Senhora de Fátima Comissão de Festas de Nossa Senhora das Preces 2011 Conforme prestação de contas efectuadas junto do pároco da Freguesia, em Setembro de 2011, esta Comissão informa que obteve um saldo positivo de 289,28€ (duzentos e oitenta e nove euros e vinte e oito cêntimos). Sabendo das dificuldades existentes na angariação de fundos para a realização das festividades em honra a Nossa Sr.ª das Preces, esta Comissão de Festas decidiu entregar o referido saldo à corajosa mordomia de 2012. Por fim, agradecemos a todos aqueles que nos acompanharam durante todo o ano, pessoas essas que acreditaram no nosso trabalho, nos apoiaram e nos incentivaram a chegar até ao fim. Um muito obrigado a todos, e em especial, ao povo da Póvoa do Valado pela sua generosidade. A Comissão de Festas,

José Souto, Manuel Ferreira, José Margarido, Nuno Almeida

Amigos do Jornal Nariz: Maria Lúcia Ferrão (Costa do Valado) ,10; Valdemar Magalhães ,20; Maria João N. Oliveira ,5; Carlos Pinho ,5. Mamodeiro: Ascenção Almeida Ferreira ,5 Povoa do Valado: Cruz & Cruz ,10 Isabel Rocha Nolasco ,10 Hermínia Fernandes ,10

Baptismos

Martim Neto Paiva, filho de Nelson Manuel Silva Paiva e Alexandra Isabel Rodrigues Neto. Padrinhos: Carlos Manuel Rodrigues Neto e Paula Cristina Rodrigues Neto

Dia 5/08/2012, Yara Kazakovski Lopes, filha de Daniel José Sousa Lopes e Renata da Costa Rosa Kazakovski Lopes. Padrinhos: Maurício Kazakovski e Catarina Andreia Sousa Lopes

05/08/2012, Tomás da Costa Marques, filho de Sérgia Miguel Santos Marques e Kátia Maia da Costa. Padrinhos: Luís Filipe dos Santos Marques e Maria do Céu Lopes Gonçalves. 15/08/2012, Miguel Ângelo Ferreira dos Santos, filho de Carlos Alberto Santos e Sílvia Isabel Assunção Ferreira. Padrinhos: Fernado Jorge Assunção Ferreira e Cidalina Maria Dinis Ferreira. 19/08/2012, Danny Fernandes Sousa, filho de José Manuel Ferrão de Sousa e Paula Cristina Fernandes da Rocha. Padrinhos: Pedro Miguel Fernandes da Rocha e Cátia Filipa Ordaz Silva

19/082012, Gonçalo de Sousa Maia, filho de Emanuel de Jesus Maia e Maria Gorete Pereira de Sousa. Padrinhos: Dinis Manuel de Almeida Castro e Simone Pereira de Sousa

João Nuno Nunes Ferreira. Foi batizado no dia 26/08/12 na igreja de Eirol. Os pais são a Vânia Marina Fonseca Nunes, Nuno Filipe Lameiro Ferreira. Os padrinhos são o Luis Caros Lameiro Ferreira e a Liliana Fonseca Nunes.

Nariz

Baptismos

No dia 22 de Julho foi baptizado, Diogo Abreu Neves, filho de Marco Paulo Silva Neves e Marlene Conceição Nunes Abreu residente em Nariz. Avós paternos, António Augusto Rocha Neves e Maria Otília Marques Silva, avós maternos, João José da Rocha Abreu e Maria da Luz Magalhães Nunes. No dia 12 de Agosto foi baptizado, Afonso Martins Vieira, filho de Alex Alves Vieira e Sandra Isabel Moreira Martins residente em Vessada. Avós paternos, Manuel Alves Oliveira e Maria Armandina Vieira de Carvalho, avós maternos, João Batista da Cruz Martins e Maria Amélia da Silva Moreira. No dia 12 de Agosto foi baptizada, Lúcia Melo Lopes, filha de João António de Melo Pereira e de Sandra Cristina Marques Lopes, residente em Suiça. Avós paternos, Amílcar Tavares Pereira e Maria Irene de Melo Lemos, avós maternos, Silvério Melo Lopes e Maria Fernanda Sousa Marques.

No dia 26 de Agosto foi baptizada, Eva Braga Vechina, filha de António Manuel Gandarinho Vechina e de Ana Filipa Fernandes Braga, residente em Gafanha da Nazaré. Avós paternos, Jacinto Nunes Vechina e Alice Veleirinho Gandarinho, avós maternos, Manuel Francisco Cura Fernandes e Maria Isabel Ribeiro Braga.

No dia 16 de Setembro, foi baptizada, Maria Gabriel Neto Rebolo, filha de António Augusto da Silva Rebolo e de Marília Fernandes Neto Rebolo, residente em Nariz. Avós paternos, Herculano Ferreira Rebolo e Ana Vieira da Silva, avós maternos, Augusto Lopes Neto e Laurinda Fernandes Loureiro Neto.

02/09/2012, Kyara Marques da Silva, filha de Ricardo Emanuel Martins Silva e Marisela Marques de Jesus. Padrinhos: Rui Emanuel Ribeiro da Silva e Tânia Marques Faria

No dia 16 de Setembro foi baptizado, Santiago Santos Pereira, filho de Nelson Rocha Pereira e de Isabel Cristina Santos Silva, residente em Porto de Ílhavo. Avós paternos António Blandino Jacinto Pereira e Maria de Lurdes da Rocha Maia, avós maternos, Manuel Fernando dos Santos Silva e Maria da Graça da Silva Santos.

16/09/2012, Maria Miguel Gonçalves Duarte, filha de Luís Miguel Simões Duarte e Cláudia Alexandra Duarte Ferreira Sanches. Padrinhos: Nuno Ricardo Duarte Ferreira Sanches e Ana Carolina Martins Duarte

No dia 3 de Agosto faleceu Manoel Ferreira Oliveira, com 91 anos, viúvo de Aurora Pereira de Jesus Pinho. Residia com sua filha Maria Cesaltina de Pinho Ferreira na Rua dos Valinhos. Era filho de Rosa Ferreira. Após as exéquias fúnebres foi a sepultar no cemitério em Nariz.

02/09/2012, Inês Marques Coimbra, filha de Nuno José Marques Coimbra e Ana Sofia Marques Coimbra. Padrinhos: Gilberto Paulo Marques Coimbra e Andreia Filipa Coimbra Pinto

A essência da vida Tudo não passa de um pensamento real, Com diferentes formas de olhar e perceber A complexidade do mundo e a maravilhosa vida que vivemos... É uma bênção... Uma oportunidade de sermos felizes, Pois tudo não passa de uma realidade em que o tempo não pára, Anoitece e amanhece e tudo se transforma ao nosso redor... Uma realidade transversal a todos, mas diferente para quem vive no amor! O mundo constitui formas tão simples e tão grandiosas de vida, Tudo é tão importante como o seu significado, Tudo é tão essencial, como a vida que faz dele a pérola do Universo... Porque nada é tão banal que não mereça um simples olhar, E um minuto do nosso tempo para admirar... Porque nada é tão banal assim, Quando eu penso e não paro de pensar No prazer que guardo dentro Por aquilo que faço, tudo a que agarro, tudo pelo qual luto Simplesmente para ser feliz e viver no amor Tal qual como sou!

Que todos sejamos capazes de admirar até aquilo que pode parecer estranho, ou não fazer sentido, pois cada minuto que passa já é pertence do passado e cada minuto seguinte, é mais uma oportunidade que surge para fazermos aquilo que poderíamos ter feito. Nada é tão inútil e tão perspicaz que não sejamos capazes de nos moldarmos como o barro nas mãos do oleiro. Que todos sejamos capazes de abrir os nossos corações ou simplesmente olhar para dentro deles, descobrindo e deixando fluir que temos de mais grandioso.

Apartado 3047 • 3801-903 AVEIRO • E-mail: jnnarizefatima@gmail.com Propriedade: Fábrica da Igreja Paroquial de Nª Srª de Fátima — Aveiro • Contribuinte nº 501 191 020 Director: Manuel Oliveira de Sousa. Director Adjunto: Mário Paulo Costa Martins • Administrador: Vítor Mota • Redacção e Gestão Informática: Manuel Oliveira de Sousa e Mário Paulo Costa Martins Coordenação, Distribuição e Publicidade: Pedro Valente e Vítor Seixas • Tesouraria: Isabel Branco e Mário Santos Distribuidores: Nariz: Carlos Pedra (R. da Pedra); Eliana Dionísio (R. Larga); Madalena Marques (Barreira Branca – zona de cima); Cesaltina Nunes (Barreira Branca – zona de baixo + Picada); Catarina Ferrão (Barreira Branca – zona interior); Fernanda Carvalho (Cilha); Paula Freire (R. Principal); Ana Rebolo (zona da Igreja); Maria Capôa (R. de S. Pedro); Almerinda Martins (Cruzeiro); Ricardo (R. Prof. Gelásio Rocha e Paraíso); Franklim Oliveira (R. Dr. Girão Pereira); Bruno Morgado (R. Fonte do Olho – zona de baixo); Hugo Santos (Travessa da Fonte do Olho e R. Fonte do Olho – zona de cima); Lurdes Costa (R. Prof. Belarmino Nunes – zona de cima, e Trav. das Escolas); Maria Pinhal (R. Prof. Belarmino Nunes – sul, R. do Cabeço de Eireira e Ribeirinho I); Maria Pinhal (Ribeirinho II); Maria

Ninoska Barros

Falecimentos

No dia 5 de Setembro faleceu Maria Isabel Vieira Ricarte, com 61 anos, natural de Nariz, casada com Armando Ricarte e residente na Venezuela, onde foi sepultada. Era filha de Cecília Vieira.

Relatório de contas da festa em honra de Nossa Senhora do Rosário Receita Peditório à porta............................ 7491,03 e Outras receitas.............................. 10974,28 e Total................... 18465,31 e Despesas Total de despesa............................ 14988,86 e Saldo efectivo da festa.................. 3476,45 e Distribuição do Saldo Bombeiros Voluntários Aveiro...... 500,00 e Passadeira para a Igreja................ 523,04 e Entregue ao C. Económico........... 2453,41 e

da Conceição Vieira (R. do Vale do Rato); Filipa Cura (R. do Roque); Rosa Martins (R. da Cega) • Verba: Maria Miranda (Verba); Mário Martins da Costa (Verba); Horácio Sousa Jacinto; Ramiro Samagaio • Porto de Ílhavo: António Mostardinha • Vessada e Ramalheiro: Maria da Conceição Martins (Vessada); Dina (Ramalheiro) • Nª Sª Fátima: Silvia (Bica); Lurdes Sousa (Lavoura); Pedro Valente (Lavoura); Natílio (Tortinhoso); Cidália Bica (Ribeirinho); Donzilia (R. Direita); Bárbara (Barreiras); Carlos Lopes (R. de Aveiro); Susana (R. do Castanheiro); Isaura (Perajorge); Rosa Caniço (Rasos); Goretti (R. Direita); Inês (Brejeira); Otília Leite (R. Chameite); Isabel Nolasco (R. Direita); Eva (R. Direita); Dina Oliveira (R. Direita); Emilia (R. Cumieira); Margarida (Cerejeiras); Eunice (Cumieira); Rute (Zona Capela); Berta (Ramal); Margarida Alves (Caves); Sofia Ferreira (Cotos); Vânia (Ramal); Paula (Escola); Gonçalves (Chão Velho). Colaboradores Principais: Pe. José Manuel Marques Pereira, Pe. José Augusto Pinho Nunes, A. D. Nariz, A. R. C. Barroca, Augusto Branco, Catequeses de Nariz e de Nª Srª Fátima, Grupo de Jovens de Nariz e de Nª Srª Fátima, Juntas de Freguesia de Nariz e de Nª Srª de Fátima, Pe. Fernando Simões e Ninoska Barros. Paginação electrónica, Pré-Impressão e Impressão: Officina Digital • Telefone 234 308 697 • Aveiro


2012 | setembro/outubro

Página 3

Pedro Matos Bi-Campeão Nacional de Rallycross da Divisão 1

Pedro Matos ao volante do seu Citroen Xsara WRC sagrou-se em Montalegre Bi-Campeão Nacional de Rallycross Div.1. Para o piloto este foi um ano complicado com vários problemas no carro, mas que no final acabou por mais uma vez arrebatar o título, “Esta época não começou da melhor maneira já que na primeira prova do ano tivemos um incêndio no carro que causou muitos danos a nível de motor que teve de ser completamente refeito. Este azar fez com que tivéssemos de correr com um carro emprestado pelo Luís Tavares em duas provas, acabando por vencer uma delas em Barcelos.” Mas os problemas com o carro não acabaram e o Citroen iria voltar a dar dores de cabeça ao piloto de Nª Srª de Fátima, com vários problemas de caixa de velocidades e de turbo. Debelados todos os problemas técnicos Pedro Matos iniciou a recuperação no campeonato e com uma excelente prova em Sever do Vouga em que a vitória só lhe escapou por um toque de um adversário, obteve o segundo lugar a apenas 0.8 segundos do vencedor recuperando o comando do campeonato. Segundo o piloto o ponto alto deste campeonato foi a prova realizada em Sever do Vouga, “foi uma corrida espectacular foi uma grande luta durante todo o fim de semana, foi pena não vencer

em “casa”. Seguramente que estes milhares de espectadores deram por bem empregue o dia que passaram a ver as corridas”. Depois de Sever do Vouga a caravana do Nacional de Rallycross chegou à última prova do ano em Montalegre. Para o piloto da Matos Sport esta era uma prova em que lhe bastava um 6º lugar para se sagrar pela segunda vez consecutiva Campeão Nacional de Rallycross. “Bastava-nos um 6º lugar e foi esse mesmo o resultado obtido. Esta foi uma prova em que não arriscamos nada pois o importante era ganhar o campeonato. Estou muito feliz por este título, foi um resultado obtido à custa de muito esforço em que toda a equipa esteve insuperável e sempre me deu todo o apoio. Queria aproveitar para agradecer aos meus pais e minha irmã e a todos os patrocinadores – Reboques Matos; Centrauto; Armando e Lúcia, Lda; Antero Santo e Santos; Extramotion – pois sem eles este título não seria possível”. A equipa MatosSport está já a preparar a época de 2013, onde vai alinhar com dois pilotos no Campeonato de Portugal de Rallycross. Pedro Matos irá pilotar o Citroën Xsara WRC, enquanto Ana Matos deverá alinhar com um novo carro também na divisão 1, mas para isso é necessário arranjar novos patrocinadores, o que não é muito fácil devido à actual conjuntura económica, apesar dos valores necessários serem muito mais baixos do que noutras modalidades do desporto automóvel”. O percurso da equipa MatosSport pode ser seguido por todos através do site www.matos-sport.com.

S.O.S. – Associação Desportiva de Nariz – S.O.S. A sobreviver (já) com enormes dificuldades, a Associação Desportiva de Nariz (ADNariz), na voz do seu presidente, Manuel Casimiro, vem, por este meio, apelar a todos os naricenses, nomeadamente aos sócios e amigos da ADNariz, que se unam em torno da associação que representa o desporto, a cultura e o recreio na Freguesia de Nariz. Aqui fica o comunicado dirigido a todos pelo Presidente da Direção, Manuel Casimiro: Associação Desportiva de Nariz (ADNariz) sobrevive com grandes dificuldades O emblema mais representativo da Freguesia de Nariz no que toca ao desporto, cultura e recreio depara-se com grandes dificuldades em “levar a água ao seu moinho”: não conta com o apoio da Câmara Municipal de Aveiro. Da Junta de Freguesia de Nariz o mesmo se passa, pois este órgão é dependente da Câmara Municipal. Quanto a patrocínios, praticamente é uma missão impossível. Em último reduto, restam os sócios que têm as quotas em dia. Mas, como tal não acontece com todos, fica aqui o apelo para a regularização das quotas em atraso. A sede da ADNariz está aberta a todos quantos queiram fazer da associação o seu ponto de encontro. Está aberta aos sábados e domingos entre as 15:00h e as 20:00h. Aqui, além do convívio, há ao dispor de todos um Bar, uma Pista de Malha e uma Mesa de Matraquilhos.

Ao ter reunido no dia 22 de Setembro, a direcção da ADNariz prepara-se para apresentar o seguinte programa à Freguesia: Futebol: • Participação da equipa de futebol sénior na Taça Inatel 2012/2013; • Abrir treinos de captação para formar equipa de futebol feminino com vista à participação no campeonato da próxima época desportiva; • Abrir treinos de futebol para crianças entre os 5 e os 8 anos. (Inscrições já estão abertas aos interessados, na sede ou pelo telefone 919 167 011 (Manuel Casimiro). Outras actividades desportivas para a angariação de fundos: Outubro (datas a designar): • Torneio de Malha e Sueca (Taça Regional); • 5º Torneio Futebol de Nariz (sénior). • Novembro (data a designar): • 2º Circuito Bikes BTT - Freguesia de Nariz. • Dezembro (data a designar): • 2ª Gala do Desporto, Cultura e Recreio da Freguesia de Nariz. Sem outro assunto de momento, o presidente Manuel Casimiro e todos os órgãos sociais da ADNariz apelam à ajuda possível de todos, para vencer a difícil caminhada que é a sobrevivência desta instituição. Nariz, 23 de Setembro de 2012 O Presidente da Direção, Manuel Casimiro

N.ª S.ª de Fátima - Póvoa do Valado | 3810-089 AVEIRO 234 941 730 | 919 756 655 | 919 220 920 E-mail: funeraria.evaesilva@hotmail.com

Mariana Ferreira

em grande na Seleção Nacional A seleção portuguesa de andebol feminino iniciou da melhor maneira a sua participação na fase de apuramento europeu para o play-off de acesso ao Campeonato do Mundo de Andebol 2013 ao vencer, no sábado, 6 de outubro, na Anadia, a seleção da Turquia, por 38-36. A estreia da renovada seleção orientada pelo também novo responsável técnico, João Florêncio, não podia ser mais auspiciosa, uma vez que a equipa das “quinas” se impôs ao adversário, teoricamente apontado como favorito no Grupo 4 de apuramento, de forma exemplar. Portugal, que ao intervalo vencia por 20-17, chegou a estar a vencer por dez golos, aos 31-21, mas acabou por deixar fugir a vantagem já perto do final do jogo, altura em que sofreu um parcial de cinco golos consecutivos. Portugal misturou neste jogo de qualificação a irreverência da juventude de atletas como a “nossa” Mariana Ferreira (apontou três golos no jogo), a guarda-redes júnior Isabel Góis e a ainda juvenil Patrícia Rodrigues com a experiencia de, entre outras, Ana Seabra e Renata Tavares. Notícia de Nariz e Fátima congratula-se com a participação da Mariana Ferreira na alta esfera do andebol feminino ao nível de seleção sénior. – Muitos sucessos pessoais e desportivos, Mariana! Fazemos votos que alcances o sonho de estar presente em tão importante e prestigiante acontecimento desportivo, o Campeonato do Mundo, na Sérvia, entre 7 e 22 de dezembro de 2013. Mário PC Martins

DoceSalgados: o novo livro de Maria da Conceição Martins Como refere a nota biográfica apresentada no final de DoceSalgados, o gosto pela leitura e pela escrita começaram muito cedo a fervilhar na vida de Maria da Conceição Martins, residente na Vessada - Nariz, junto ao Cruzeiro. O Prof. Doutor Mário Cruz afirma que este livro é “temperado com sal, símbolo purificador das culturaspois ao ser lido, este revela-se como uma aliança com Deus, com a pureza, com a sabedoria mas também com a reabsorção do eu com o eu espiritual.” Depois de alguns anos a rascunhar o que lhe ia na alma, e de ter publicado alguns no JNNF, eis que Maria da Conceição Martins concretiza agora parte do seu sonho: publicar os seus textos poéticos em livro. Nesta fase o livro é apresentado em formato digital (PDF), podendo ser consultado e lido sob suporte informático por quem quiser (https://docs.google.com/file/d/0B1H6yj_678ePb0FZSFczZkswUkE/ edit?pli=1). Para que o sonho de um livro “a sério” seja tornado real, começaram os contactos junto de entidades culturais da região para apresentar e promover este trabalho literário, para que ele possa vir a figurar nas livrarias. Notícias de Nariz e Fátima congratula-se com este feito de Maria da Conceição Martins e envia-lhe sentidos parabéns pela obra agora publicada, reforçando que o JNNF está recetivo à divulgação de novos textos. Mário PC Martins / António Bastião


Página 4

setembro/outubro | 2012

Nariz reviveu o passado

Desfile de Profissões Antigas

Pescadores

vindimadores

Merenda

Se tivéssemos visto a preto e branco tínhamos a sensação que estávamos a viver na época dos nossos avós. Esses tempos já lá vão, mas a freguesia de Nariz quis reviver o passado. No dia 12 de Agosto, Nariz juntou mais de uma centena de pessoas e reviveu mais de 15 profissões, que na época eram o “ganha-pão” da população desta terra e que se perderam no tempo. Foram recriadas as profissões de pescadores (de rio e alto mar); serradores e resineiros; tecedeiras; costureiras; barbeiros; cesteiros; ferreiros; amolador; galinheiras; lavadeiras; peixeiras; padeiras; moleira; vendedor de pinhas; ceifeiros; leiteiras; farrapeira; sapateiros; vindimadeiras e todo o processo de transformação das uvas em vinho e não faltou também a beata e quem representava os patrões agrícolas. Foram relembradas Amolador e trapeira as pessoas vivas com

Lavadeira, trapeira e galinheira

Barbeiro

em Nossa

idades avançadas e outras já falecidas que foram o rosto destas profissões. Dos mais novos aos mais velhos e também os nossos imigrantes se quiseram juntar, trajados a rigor, ao desfile que saiu de Verba passando por Vessada e terminando no largo da Igreja da freguesia de Nariz, numa alegria contagiante, que deixaram os espetadores com a lágrima no olho, provocando-lhes a saudade de um tempo duro mas muito feliz. A todos os naricenses (gostaria de mencionar aqui os nomes de todos mas como a lista é extensa não será possível) que colaboraram, participaram e coordenaram, com muito bom gosto e afinco, os respetivos grupos de profissões, o meu muito obrigada por terem aceite o convite para a realização deste grande e bonito evento. Fizeram um bom trabalho e provaram que sem dinheiro é possível fazer as pessoas felizes. Um agradecimento à Localvisão, ao Portal de Nariz e ao Notícias de Nariz e Fátima, pela cobertura e divulgação do evento. Pela Organização, Isabel Parente

Homem das pinhas

Serradores

Ceifeiros

Noite de Fados

Senhora de Fátima foi um Sucesso

A Associação Recreativa e Cultural da Barroca, levou a efeito no passado sábado dia 22 Setembro uma Noite De Fados. Esta acção tinha por objectivo a angariação de fundos para ajuda às actividades da associação: oferta da prática de desporto a crianças e jovens. Nesta noite actuaram os fadistas Vitor Silva (fado de Coimbra) e Maria do Rosário (fado tradicional de Lisboa). Durante o espectáculo foi servido o jantar de arroz de galo e mais tarde chouriça assada e caldo verde. A noite foi do agrado dos participantes que concordaram ter sido, para além do convívio, um digno momento cultural para a freguesia. A Direcção salienta o apoio que recebeu para a realização desta noite, uma vez que a maior parte dos alimentos foram oferecidos (galos, arroz, pão, etc) e o trabalho foi todo efectuado por voluntários, na sua maioria, pais

de atletas da nossa Associação. Desta forma podemos chegar ao final e apresentar um saldo positivo que será aplicado nas actividades da Associação. A Direcção agradece a todos quantos se associaram a este evento contribuindo com a sua inscrição para a noite de fados. Sabemos que os tempos estão difíceis pelo que o apoio recebido foi muito importante para o Barroca. A Todos os que se associaram a esta actividade um bem haja. Contas. Receita com inscrições.............................. 1550 e Despesas: Fadistas..................................................... 400 e Jantar......................................................... 360 e Saldo Positivo................ 790 e A Direcção da A.R.C. Barroca

Profile for Jornal NOTÍCIAS DE NARIZ E FÁTIMA

jnnf, ano XLVI, nº 422 (setembro-outubro 2012)  

Notícias de Nariz e Fátima

jnnf, ano XLVI, nº 422 (setembro-outubro 2012)  

Notícias de Nariz e Fátima

Advertisement