Issuu on Google+

Distr ib Grat uição uita

Março 2014 - Ano VI - n°50

Adilson Girardi Comenta, na página 3, os principais assuntos que foram no cia no Vila Nova e região.

CARROS, CAMINHONETES E CAMINHÕES

Página 3

Aniversário Veja as fotos do aniversário da Escola Municipal Valentim João da Rocha.

Página 10

Atualizado online em: http://adilsongirardi.blogspot.com Adilson Girardi

Marcos Pereira

TVS ELETRÔNICA INFORMÁTICA Manutenção de computadores e notebooks (formatação, configuração,etc) TV LCD, LED, Microondas Orçamento sem compromisso Aceitamos cartão de crédito Rua XV de Novembro, 7.900 em frente à caixa

Fone: 3455-0940

Governo entrega Desentupidora com Hidrojato - Limpeza de Fossas Filtros - Sumidores - Caixas de gordura Limpeza de caixa d’água

BINÁRIO DO VILA NOVA Páginas 8 e 9

FONE/FAX: 3439-6999 Con ra nossos serviços:

Gestão de Marcas e Comunicação Digital

Rua Alexandre Dohler, nº129, 04 Andar - Sala 403

Innovate.joinville


Ponto de Vista

2 editorial

Francisco Carlos Klahold

Um evento histórico

A

inauguração do binário é um divisor de águas para o bairro Vila Nova. Marca um novo tempo, com mudanças que vão desde o cotidiano das pessoas até a impulsos na economia local. É um dos grandes eventos, assim como o foram a inauguração do viaduto na 101 ou a pavimentação da XV de Novembro, na época grandes demandas que o povo cobrava.

Notícias da Vila

de cada uma das associações de moradores e demais entidades afiliadas ao Conselho das Associações do Vila Nova na busca de soluções para problemas comuns. No caso do binário, as reivindicações estão registradas e agora será possível acompanhar e cobrar o atendimento de cada uma delas.

e-mails: mauricio@projetofutgol.com.br fabio@projetofutgol.com.br

Agora, na fase complementar, e talvez a mais crítica de todo o processo, é necessário que haja cautela dos motoristas, ciclistas e pedestres. O sistema ainda é novo, algumas regras precisam ser estabelecidas, a sinalização precisa ser adequada de acordo com as demandas e necessidades. É normal que esta adaptação ainda leve alguns meses, mas é necessária.

PALMEIRAS TRAÇANDO RUMOS PARA 2014.

Neste processo de infraestrutura que a comunidade acompanha há mais de 10 anos, pode-se destacar a persistência das pessoas em exigir uma obra de qualidade. Muitos foram, e ainda são, os anseios, as dúvidas, os temores. A obra ainda não está completa, como o próprio prefeito o disse em seu discurso de inauguração. Mas é preciso que sua A manifestação da sociedade, fortalecida conclusão, mesmo que a conta-gotas, seja agora pelas redes sociais, cobrando agilidade e ininterrupta. qualidade dos serviços públicos, gerando discussões Neste cenário, ganha força a mobilização construtivas, expondo diferentes pontos de vista, já é popular organizada. Não faz nenhum sentido meia uma das grandes conquistas da democracia. Este é o dúzia de pessoas sair à rua para protestar sem ao caminho para se construir uma comunidade menos saber o que cobrar. Por isso, é louvável o papel organizada.

artigo Dra. Aline Fernanda Luquini Hiebl Especialista em Ortodontia

Fone:9645-3741 / 9167-2928 8440-6553 e 9147-7778

Em reunião realizada no dia 11/03/2014, a Diretoria do Palmeiras Futebol Clube tratou de assuntos referentes à sua participação nos campeonatos municipais de 2014. Foi definida a participação no Copão Kurt Meinert com duas equipes, uma coordenada pelo Valdir Sacht, o Chiquinho, e outra coordenada pelo Marcio Barz Muller, o Gaúcho, atual Diretor de Esportes do Clube. Ambas as equipes terão igual apoio da diretoria sem preferências ou definição de primeira ou segunda equipe, com o objetivo de chegar o mais longe possível dentro da competição, que no ano passado reuniu 69 equipes.

Formada em Odontologia pela Universidade Federação de Santa Catarina (UFSC), com especialização em Ortodontia pela Escola de educação continuada da Associação Brasileira de Odontologia (UniABO).

Por outro lado, a participação na Primeira Divisão joinvilense, onde foi conseguida a quinta colocação no ano anterior, ainda não está definida e o clube aguarda por patrocinadores e por um coordenador para esta empreitada. Eis aí um grande desafio para os empresários do bairro Vila Nova.

Conheça um pouco mais sobre os Aparelhos Ortodônticos.

Enquanto isso, o Veterano segue sua agenda, tendo disputado quatro partidas neste ano, com uma vitória e três empates, sendo que nos próximos sábados, sempre às 16 horas, joga quatro partidas em seu campo. Venha assistir.

A Ortodontia é uma especialidade da odontologia que corrige a posição dos dentes mal posicionados, melhora a relação entre os dentes superiores e inferiores, e propiciam melhora postura facial. Dentes tortos ou dentes que não se encaixam corretamente são difíceis de serem mantidos limpos, podendo ser perdidos precocemente, pois propiciam o acúmulo de placa(sujeira), por isso os dentes mal posicionados podem levar ao desenvolvimento de doenças como as cáries, inflamação gengival, perda óssea. Também causam um estresse adicional aos músculos da mastigação o que pode levar a dores de cabeça, dores nos músculos e articulações da face. Dificultam a alimentação, pois quando a mordida não está em equilíbrio a mastigação não é realizada de forma adequada. O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda. O especialista neste campo é chamado de ortodontista. Os ortodontistas precisam fazer um curso de especialização, além dos cinco anos do curso de odontologia. Como saber se preciso de Aparelho Ortodôntico? Apenas um ortodontista poderá determinar se você pode se beneficiar de um tratamento ortodôntico, através de um exame clínico onde ele irá avaliar quais os problemas existentes e qual o tratamento ortodôntico está mais indicado para o seu caso. Após uma avaliação inicial o ortodontista encaminha o

Boeing Parabólicas Vendas e Assistência Técnica Instalação de antena local UHF (digital) KIT celular rural c/ antena externa - Quadriband Aceitamos cartões Mastercard e Visa

paciente para a realização de exames que constituirão a documentação ortodôntica, com este documento o ortodontista confirma o diagnóstico realizado na consulta inicial e faz o plano de tratamento para poder iniciar o tratamento de forma segura e clara para o paciente. Atualmente, o tratamento ortodôntico tem sido indicado em todas as idades, desde crianças pequenas para tratar discrepâncias de crescimento ou prevenir um problema futuro, até pacientes adultos, para melhorar o aspecto do sorriso como também para facilitar o encaixe de próteses ou implantes. Entre os aparelhos fixos o mais conhecido é o aparelho fixo metálico convencional, nele o fio ortodôntico é preso pelas borrachinhas elásticas, outra opção é o aparelho ortodôntico estético que é feito de porcelana, aproximando-se da cor do dente, o que o trona mais discreto. Uma novidade entre os aparelhos fixos é o aparelho autoligável no qual são usados braquetes que possuem um dispositivo para segura o fio, dispensando o uso de elásticos, o que reduz o tempo de tratamento, facilita a movimentação dentária, reduz a necessidade de extrações dentárias, são mais confortáveis e acumulam menos sujeira. Para cada caso um tipo de aparelho pode ser mais indicado que outro, por isso é interessante realizar uma avaliação ortodôntica com um dentista especializado em ortodontia, que estará apto para esclarecer suas dúvidas e definir qual o melhor tratamento para o seu caso.

Seguem abertas as matrículas para as escolinhas de futsal e society.

Anuncie no

3439-0288 9153-8009

EXPEDIENTE: Notícias da Vila é um informativo mensal para a região oeste de Joinville. Tiragem: 5 mil exemplares. Jornalista Responsável: Adilson Girardi; Colaboraram nesta edição: Elpídio Zimmermann; Impressão: A Notícia; Distribuição gratuita. Programação Visual: Innovate Marketing Empresarial (47)3422-5474; Contato comercial: 3439-0288 9153-8009 - Elpídio Zimmermann (e-mail: elpidiozim@gmail.com). Cartas podem ser endereçadas para noticiasdavila@hotmail.com.Edições anteriores podem ser solicitadas por e-mail.

47 - 34390444 Rua XV de Novembro, 7005 - Sala 103 Sobre Loja - Via Center

Para anunciar: 3439-0288 ou 9153-8009


3

Comunidade

Notícias da Vila

Circulando na Vila

Adilson Girardi

http://adilsongirardi.blogpot.com

adilson.girardi@terra.com.br

“Quanto lhe for possível, não deixe de fazer o bem a quem dele precisa.” (Provérbios 3.27)

Ampliação do Bernardo Tank Está em fase de licitação a obra para a ampliação da Escola Municipal Bernardo Tank. A escola, que agora tem na direção do professor Délcio Bertelli, morador do Vila Nova, vai receber mais oito salas de aula. Com o aumento da capacidade, a escola poderá enfim receber alunos do primeiro até o nono ano. Hoje são oferecidas vagas somente até o quinto ano. A obra é uma reivindicação antiga dos moradores desta região do bairro. A escola municipal mais próxima onde é oferecido o fundamental completo é a Karin Barkemeyer. De acordo com o professor Roque Mattei, secretário municipal de Educação, a ampliação vai ocorrer ainda neste ano. Assim, a partir do próximo ano letivo já será possível as crianças que vão para o sexto ano continuarem na escola.

Frase do Mês “Temos aqui um documento com milhares de assinaturas. Isso é o que vale.” (Prefeito Udo Döhler, sobre o abaixo assinado entregue pelo Cavin na inauguração do binário) Saúde Outra obra que se arrasta desde 2012 é a Unidade de Saúde no loteamento Vivalares. De acordo com a Secretaria da Saúde o prédio deve ser entregue até metade deste ano. Mas pelo desenvolvimento lento da obra a inauguração deve ocorrer mesmo lá pelo final de 2014. Equanto isso, a reforma da Unidade Vila Nova começa neste próximo mês. No período da reforma, os serviços serão distribuídos em sala no terminal de ônibus e no posto de coleta, localizado na rua Alvin Pasold. Lazer O equipamento Mais Cultura, obra remanescente do Orçamento Participativo, vai entrar em processo de licitação ainda no primeiro semestre, segundo a Fundação Cultural de Joinville. Em fase de revisão dos projetos, o equipamento será construído ao lado da escola Karin Barkemeyer, no Parque XV de Novembro. A primeira parcela do recurso federal foi liberada pelo governo em dezembro. O outro parque, do Piraí, ainda está na fase de elaboração dos projetos no Ippuj. Pavimentação O Conselho das Associações do Vila Nova – Cavin, protocolou na Prefeitura o documento contendo sugestões para priorização de ruas a serem pavimentadas no bairro. Os critérios foram definidos em conjunto com a Subprefeitura e comunidade durante reuniões com as associações de moradores. Pelos critérios adotados, devem ser pavimentadas primeiro as ruas por onde passam ônibus e as que ligam a rua XV de Novembro com o binário. Espaço A diretoria do Cavin estranhou ligação

Vidros temperados - Espelhos bisotês Box p/ banheiros - Tampos de mesa Atendemos Joinville e região Orçamento sem compromisso

Fone: (47) 3455-5233 Rua XV de novembro, 5001, Vila Nova podiumbrasil.joinville@hotmail.com www.vidracariapodiumbrasil.amawebs.com

anônima feita ao pároco da Igreja Católica, padre Osmar, questionando sobre a cessão de espaço do auditório da igreja para as reuniões do Conselho das Associações. Não precisava ser assim. Mas se alguém tem dúvidas, a informação é esta: a sala é cedida, gratuitamente, desde a primeira reunião, todos os meses, sempre na primeira quinta-feira do mês, no período das 19h30 às 22 horas. A participação nas reuniões é aberta à comunidade. Prioridades Depois da inauguração do binário, qual a grande obra necessária ao bairro Vila Nova? Em primeiro lugar poderia ser um amplo programa de pavimentação comunitária. Mas, sendo mais específico, a pavimentação de duas estradas rurais: a Estrada Blumenau, pelo menos até a ponte do Piraí, e a Estrada Comprida, também até a ponte do rio Piraí. Não tem dinheiro municipal para esse tipo de obra, por isso os recursos teriam de ser destinados via emenda parlamentar de nossos deputados federais e estaduais. Acessos Em reportagem nesta edição (páginas 6 e 7), o Notícias da Vila conta o drama de um grupo de pessoas com deficiência física que ficou impedido de participar de confraternização mensal em sítio na região rural do Piraí. Tudo por conta da intransigência de banhistas que trancaram a rua e ameaçaram um dos motoristas das empresas que realiza o Tr a n s p o r t e E fi c i e n t e . N o e n c o n t r o programado para março, a Polícia Militar fará a escolta do grupo na ida e na volta.

Bastidores da notícia SEMÁFOROS – Com a inauguração do binário serão modificados os tempos dos semáforos ao longo da rua XV de Novembro. A ideia é melhorar o fluxo já que agora o sentido da rua é único. DRAGAGEM – Com a decisão dos governos estadual e municipal de não mexer mais na ponte sobre o rio Águas Vermelhas, o Cavin solicitou à Prefeitura agilidade na licitação de dragagem do rio. CONGRESSO – Dia 23 de março o Conselho das Associações do Vila Nova completa um ano de fundação. E a diretoria já prepara o 2º Congresso das Associações, previsto para abril.

ÁGUA – Está chegando mais próxima a data mencionada pela Prefeitura para resolver o problema da falta de água potável na área rural do Vila Nova, na comunidade Santo Antônio. Na última conversa realizada na propriedade de Ordival Macoppi, o prefeito disse que a solução viria até metade deste ano. SEGURANÇA – Os comerciantes do Vila Nova também estão preocupados com a onda de assaltos, roubos e furtos que já ocorre nas regiões residenciais. No início deste mês uma loja da rua XV de Novembro foi assaltada por volta do meio dia.

Adilson Girardi

Imagem do mês

Com a inauguração do binário, Prefeitura precisa rever os tempos do semáforo no cruzamento da XV com a Rodovia do Arroz para evitar mais filas


4

Comunidade

Notícias da Vila

Adilson Girardi

Moradores reclamam de passagem para ciclistas na Rodovia do Arroz Dois trevos instalados na pista ocuparam todo o acostamento da via, impedindo a passagem das bicicletas

M

oradores da região da Rodovia do Arroz estão revoltados com a situação de um dos trechos da via. Tudo por causa das obras realizadas primeiro em frente a uma transportadora e agora na entrada do binário do Vila Nova. Com a necessidade de se construir acessos laterais, o Estado, através do Departamento de Infraestrutura, instalou o chamado trevo alemão em dois pontos da rodovia. Mas ao invés de avançar nos terrenos laterais, com desapropriações, a obra simplesmente suprimiu o acostamento da pista, deixando os ciclistas sem espaço para trafegar. Valdemiro Felipe, um dos moradores locais, diz que "a Rodovia do Arroz foi uma benfeitoria importante para a comunidade e agora eles vêm e

estragam o que estava bom". No local, basta ficar alguns minutos para perceber o risco iminente de acidentes. Ciclistas disputam espaço com caminhões e em alguns locais a única alternativa é passar sobre a pista destinada aos veículos. Procurado pelos moradores, o Conselho das Associações do Vila Nova Cavin, vai entregar ofício ao Deinfra para que uma solução seja encontrada para beneficiar os moradores. Pelas redes sociais, a engenheira Andreia, do Departamento de Infraestrutura do Estado (Deinfra), esclareceu que no projeto da Rodovia do Arroz não existe ciclovia ou ciclofaixas e que o trevo de acesso ao binário seguiu o projeto, que foi apresentado para a comunidade em reuniões com a presença das Associações de Moradores, Cavin e Prefeitura.

Ações em prol do binário do Vila Nova

Adilson Girardi, presidente do Cavin, diz que mesmo que houvesse previsão de supressão do acostamento no projeto do binário é necessário que se encontre uma solução para os moradores. “Nem sempre as pessoas conseguem interpretar os projetos que são apresentados nas reuniões, por não terem o conhecimento técnico. Na prática fica óbvio que precisa de uma solução. Por onde os ciclistas vão passar?”, questiona. No documento entregue ao governador Raimundo Colombo e ao prefeito Udo Döhler no dia da inauguração do binário (ver íntegra na página 9) o Conselho das Associações solicita que seja resolvido o problema.

Em 2004 iniciamos a batalha em busca de uma nova via de acesso para o bairro Vila Nova. A única, até então, de entrada e saida, estava congestionada. Motivo de preocupação para nós moradores. Foi aí que formamos uma comissão de lideranças, onde participavam várias pessoas de diferentes segmentos como diretoras de escolas, padres, pastores, policiais e líderes comunitarios. Em varias reuniões no gabinete do prefeito (Tebaldi), gestão compartilhada Vila Nova entre outras, ficou definado que o Binario da Vila Nova começaria na SC 413 Rodovia do Arroz, e passaria na 1ª Lateral da Rua Bento Torquato da Rocha (Rua Leopoldo Beninca). Depois, em conversas sobre busca de recursos para execução da obra, o prefeito da época nos informou que o municipio não tinha dinheiro. O Governo do Estado muito menos. Foi então que três deputados estaduais conseguiram R$ 40 milhões em uma emenda parlamentar. Começava mais uma batalha junto ao BNDS – Banco Nacional de Desenvolvimento Social, idas e vindas, atos publicos e finalmente o tão esperado recurso saiu. Vieram as desapropriações no governo Carlito, com novos entraves, mas estava caminhando, a passos lentos. Por fim, de janeiro a março de 2014, numa corrida contra o tempo, a inauguração da obra. No dia 09 de março, as 09h30 em ato solene, a tão sonhada entrega do Bínario da Vila Nova. O NOSSO binário.

Vale muito a pena lutarmos pelo bairro onde moramos. Toda a região Oeste ganha. Isso mostra nossa força. Obrigado Deus por estar sempre ao nosso lado. (JOSOÉ LINO ESPÍNDULA).


Notícias da Vila

5

Comunidade

Assembleia do Cavin de niu manifesto pací co para inauguração do binário Grupos de trabalho também apresentaram andamento das obras para receber o asfalto no Vila Nova. São elas as ruas onde passam os ônibus e as que fazem ligação entre o binário e a rua XV de Novembro. Girardi explicou também os encaminhamentos para a pavimentação com lajotas. O último grupo a apresentar os trabalhos foi o do binário do Vila Nova, a cargo do engenheiro Beto Amaral, que falou do paisagismo, e Sargento Floriano, que mencionou as questões voltadas à segurança da nova via. No final, a assembleia deliberou sobre as propostas de manifestação para a inauguração do binário. Saiu vencedora a proposta número quatro, de ingresso no Ministério Público com pedido de providências para conclusão das obras faltantes, e em segundo lugar ficou a proposta da direção do Cavin, de realizar abaixo assinado com as reivindicações da comunidade para serem entregues em manifesto pacífico no dia da inauguração. Também foi aprovada a confecção de três faixas contendo um resumo dos pedidos da comunidade.

Adilson Girardi

A assembleia geral ordinária do Conselho das Associações do Vila Nova - Cavin, realizada dia 6 de março, no auditório da igreja Católica N.S. Medianeira, serviu para os grupos de trabalho apresentarem um relatório do andamento das principais obras no bairro. Ainda na pauta do encontro, o grupo definiu os encaminhamentos para a inauguração do binário, realizada no dia 9 de março, no aniversário de 163 anos de Joinville. Falando sobre as obras de lazer, João Tadeu Moreira explicou aos presentes o processo para a construção do equipamento Mais Cultura, que se encontra em fase de licitação, e sobre o Parque do Piraí, cujos projetos são realizados pelo Ippuj, na Prefeitura. O outro grupo, das obras de saúde e educação, foi apresentado por Alexandra Schaldag Ohf e Suzana Stats. Alexandra explicou sobre a Unidade de Saúde Vila Nova II, que está em construção no loteamento Vivalares, na região da rua João Miers. O grupo de trabalho da pavimentação foi apresentado pelo presidente do Cavin, Adilson Girardi, que trouxe aos presentes a relação das ruas prioritárias

Panorama Ambiental Onévio Antônio Zabot

EM FIM - O CONTROLE DO BORRACHUDO Na busca por resolver o problema do borrachudo, a convite do Herculano Vicenzi, visitamos Rudolfo Stutzer, genial inventor da geladeira cônsul. Solícito, nos recebeu amistosamente. Residia num velho casarão. Sabedor do que queríamos, foi incisivo: “O homem está invadindo e destruindo a natureza. O surto de borrachudos é reflexo disso. Mais gente, mais sangue, mais alimento para as fêmeas, mais matéria orgânica nos rios. Resultado, mais borrachudos. É um ciclo perverso. Para revertê-lo basta recuperar a vegetação na margem dos rios, e tudo voltará ao equilíbrio. Não precisa plantar nada, apenas cercar as margens. A natureza se encarregará de regenerar-se”. Bela lição de educação ambiental nos deu o inveterado inventor. Depois disso, vieram outras iniciativas, inclusive um seminário na AMUNESC com a presença de cientistas do Brasil e do exterior. Pressionado a agir, o governo estadual empreende a operação “escovar pedras”, na década de 1980, de forma equivocada. Roçadas foram feitas e eucaliptos plantados na margem dos rios. Reconhecendo o equívoco, e constatando que 78% dos municípios catarinenses conviviam com o problema, implanta o Programa Integrado de Controle dos Simulídeos (PROISIM). O programa compreendia vários projetos: 1) identificação de espécies de simulídeos (23 são identificadas, uma endêmica - Similum empascae) – dessas, apenas três atacavam o homem; 2) levantamento do sistema hídrico regional; 3) identificação espécie de peixes larvófagos; 3) controle químico (o Estado passou a repassar o larvicida); 4) barreiras físicas nas escolas (telas); 5) pesquisa de repelentes; 6) Educação ambiental. Enfim, uma visão sistêmica da praga.

Karatê no Sesc Iniciaram no dia 11 de março as aulas de Karatê Tradicional no ginásio do Sesc Vila Nova, com sensei Augusto Zacarias. Informações na secretaria do Sesc, no horário comercial.

AULAS DE BATERIA Se você quer aprender a tocar bateria e ainda não teve aula ou já toca e quer ter um aperfeiçoamento sem sair do bairro vila nova, enter em contato com o Thiago Arthur Cunha. Fones: Tim:96 71 16 08 Vivo: 91 51 29 35 Residencial : 3422 67 23 Preço a combinar, depende de quantas aulas por semana ou por mês, além de querer fazer aula em casa ou ir até a casa do professor.

Na década de 1990, Arinor Vogelsanger se elege vereador, e o borrachudo, apesar das medidas tomadas, continuava a incomodar. Preocupado, nos procura. Debatemos o assunto. Suíço detalhista que era, apanha um puçá, e faz uma coleta de alados no Piraí. Apanha mais de 400 borrachudos por hora, quando o limite tolerável pela Organização Mundial da Saúde era 10. Embora o esforço dos aplicadores, e de algumas pessoas da comunidade que aplicavam o larvicida, os resultados deixavam a desejar. Marcamos uma viagem a São Sebastião (SP), onde fomos recebidos por uma equipe da prefeitura, e pelo professor Coutinho da SUCEM. Região turística, praia; constatamos controle total - zero borrachudo. Não tivemos dúvida, Luiz Henrique eleito prefeito, 1997, implantamos o sistema. Objetivo: liberar o meio rural como espaço de turismo, a exemplo de São Sebastião e Gramado na Serra Gaúcha. O programa: terceirização do controle, com ampliação de pontos de aplicação, e fiscalização rigorosa foi um sucesso. A praga foi controlada. Portanto, o surto que vem ocorrendo, não se justifica, a menos que haja desvio da linha programática traçada; se houve que se corrijam imediatamente esses desvios.

Toldos e coberturas em lona e policarbonato Fachadas em impressão digital e acm Letras caixas e led´s Adesivação de carros Comunicação Visual nto sem Projetos especiais , Luminosos e 9148-1782 (VIVO) Orçame misso ro p Com 9640-8948 (TIM) Estruturas Metálicas

Brasil

brasilcomunicacaovisual@gmail.com

3422-6279


Comunidade

6

Notícias da Vila

Banhistas impedem acesso de de cientes físicos a espaço de lazer no Piraí Fato ocorreu em ponte sobre um dos rios da região rural do Vila Nova. Problemas são mais comuns no verão

T

oda pessoa tem o direito de ir e vir, sem ser molestada. O artigo 5º da Constituição Federal estabelece o que se convencionou a chamar de direito universal de todos os cidadãos brasileiros. Ou seja, qualquer pessoa, livre ou não de deficiência ou mobilidade reduzida, deve ter o direito de poder chegar facilmente a qualquer lugar. Para um grupo de pessoas com deficiência física de Joinville esta não é a realidade. E o agravante é que o empecilho são pessoas saudáveis e que têm condições de ir a qualquer lugar em qualquer situação. Há oito anos o agricultor Elói Moloies abre o espaço de sua propriedade, na Estrada do Salto I, para acolher mais de uma centena de pessoas com algum tipo de deficiência física. São encontros mensais onde todos têm a oportunidade de desfrutar momentos de descontração, lazer e divertimento em meio à natureza exuberante da região rural do Vila Nova, aos pés da cachoeira do Piraí. “Aqui todos são tratados como iguais”, afirma Elói. Dependentes de transporte público para chegar ao local (distante aproximadamente 20 km do centro da cidade), os visitantes, que vêm de diversos bairros de Joinville, contam com os ônibus do Transporte Eficiente para se deslocar. Alvino Alfredo Bächtold é um deles. “Já participei de 93 encontros e não tenho como ir se não for de ônibus especial”, afirma. Bächtold teve as duas pernas amputadas e se locomove com ajuda de uma cadeira de rodas. Segundo Elói Moloies, organizador dos encontros, nos últimos anos o calor do verão tem levado grande número de banhistas para os rios da região. Muitos deles estacionam seus veículos nos dois lados das

estradas, que já são estreitas, e acabam trancando a passagem de pessoas que residem na região e também o acesso dos ônibus que transportam os deficientes. “A cada ano que passa o problema vai ficando pior e neste ano chegamos a uma situação em que os motoristas dos ônibus foram ameaçados de agressão por banhistas”, reclamou. O episódio ocorreu no mês de janeiro, nas imediações da ponte de concreto sobre o rio Piraí, na Estrada do Salto I. No final da tarde, quando o ônibus fazia o trajeto de volta encontrou a ponte praticamente fechada por banhistas. Por ter acionado a buzina para abrir passagem foi ameaçado de agressão e teve que retornar e esperar até que o local estivesse liberado. “Naquele dia as pessoas tiveram que esperar até as 9 horas da noite”, denunciou Elói. Nutti Eccel, moradora do bairro Glória, todos os meses acompanha o marido José Valmor Eccel (mais conhecido como Dalmo) até a chácara no Piraí. “Nós participamos desde o primeiro encontro, há oito anos, e a cada verão a situação piora. São pessoas que têm condições de se deslocar que impedem aqueles que não têm”, lamenta. Nutti e Dalmo presenciaram o problema em janeiro e contam que casos assim assustam as pessoas, que ficam com medo de passar pelo local. O resultado do episódio foi o cancelamento do transporte pelas empresas, que temem ter seus veículos atacados e motoristas agredidos. Para março, o grupo se mobiliza para que a polícia intervenha e faça a escolta dos ônibus nos itinerários

Dona Iraci Ricardo mora no bairro Floresta. Ela espera com ansiedade todos os meses pela oportunidade de sair de casa para passear e se divertir. “Em fevereiro ela ficou triste quando ligaram dizendo que não haveria ônibus para o local”, conta a filha Cristiana Ricardo, que acompanha a mãe em quase todos os encontros. “Não tem outro jeito de ela ir para lá, porque ela utiliza prótese e também tem problemas de visão”, relata. Silvia Helena Coelho Moura mora um pouco mais distante, no Boehmerwald. Silvia também é uma das que participam desde o primeiro encontro. Oriunda do Ceará, vive com a família e considera os passeios no meio rural como um dos raros momentos de descontração. “Para mim aquilo lá é um céu”, afirmou. Do bairro Paranaguamirim dona Silvia Aparecida Raimundo sai todos os meses, com o Transporte Eficiente, para se divertir com os amigos que cativou nos encontros na chácara da Estrada Piraí. “Depois que ela começou a participar dos encontros seu estado de saúde até melhorou”, disse a filha Solange Raimundo, que também acompanha a mãe nos encontros. Como ela sofre do Mal de Parkinson precisa de auxílio para se locomover a qualquer parte da cidade.

Polícia Militar instalou placas Alertada pela Associação de Moradores da Estrada dos Morros, a Polícia Militar instalou uma série de placas de sinalização ao longo das estradas próximas aos rios. A ideia é permitir que veículos estacionem apenas num dos lados das estradas, permitindo assim a passagem das pessoas que precisam se deslocar na região. “Estamos fiscalizando, autuando e, mesmo assim, algumas placas foram arrancadas pelos banhistas”, denunciou o sargento Floriano, comandante da base da Polícia Militar no Vila Nova.

Nós da Igreja Pentecostal Nações para Cristo convidamos a você para nossos cultos. TERÇA – FEIRA = Culto de Oração QUINTA – FEIRA = Culto da Vitória SÁBADO = Culto de Jovens DOMINGO = Culto da Família Você nunca mais será o mesmo. Disse Jesus: Sou o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao Pai senão por mim. Rua: Rudolf Baumer nº 770 – Vila Nova

Fotos Adilson Girardi

Oportunidade de lazer

Solange Raimundo acompanha a mãe Sílvia em todos os encontros na região do Piraí

Olá somos os evangelistas José Carlesso e Vivian Carlesso!

de ida e volta. “Além do auxílio da polícia, a comunidade também estuda outras formas de acabar com o problema”, disse Elói.

Paz do Senhor seja com você, querido leitor! Nossa palavra para este mês é sobre as bemaventuranças que nosso mestre nos ensinou em Mateus capítulo 5 versos 1 ao 12. Aquele que tem permanecido fiel tem desfrutando das bemaventuranças de Cristo. Infelizmente muitos que estão lendo esta palavra já ouviram e não aceitaram e estão sofrendo. A Bíblia diz em Oséias 4:6 B “O meu povo é destruído por que lhe falta conhecimento”. Conhecimento sobre a Palavra de Deus, a Bíblia. Muitos têm, mas poucos lêem. Mateus 5:1-13 E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo: Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a

Silvia Helena mora com a família no bairro Boehmerwald

terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. Você é convidado a juntar-se a nós para fazermos um bairro melhor e feliz. Você é bem vindo!


Notícias da Vila

Comunidade

Segurança para os passageiros

Josoe Espindula

Para as empresas de ônibus é necessário que haja segurança tanto para os motoristas como para os passageiros dos coletivos. As concessionárias alegam que há responsabilidade em jogo, por isso os deslocamentos nas condições de risco foram cancelados no mês de fevereiro. Para o mês de março, ficou definido que a Polícia Militar dará suporte para garantir a integridade física das pessoas. “Estaremos monitorando a região desde a parte da manhã até o final do dia”, disse o sargento Floriano.

Funda��ão 25 de Julho reúne lideranças para discutir turismo rural Uma série de ações foi planejada para evitar que problemas voltem no próximo verão Um grupo de lideranças formado por gestores da Fundação 25 de Julho, Epagri, Subprefeituras de Pirabeiraba e região Oeste, Polícia Militar, Fundema, Secretaria de Proteção Civil e Segurança, gestores da Área de Preservação Ambiental (APA) Dona Francisca, Conselho das Associações do Vila Nova (Cavin) reuniu-se na manhã desta sexta-feira (28) para elaborar um plano de trabalho visando a preservação dos rios da região rural de Joinville. “Na temporada de verão estes locais recebem milhares de pessoas e é preciso organizar para garantir o bem estar de moradores e do meio ambiente”, definiu Valério Schiochet, presidente da Fundação 25 de Julho. Os pontos mais críticos elencados pelos participantes do encontro foram o congestionamento gerado pelos veículos, o acúmulo de lixo deixado pelos banhistas, a poluição sonora emitida por carros de som, as frequentes bebedeiras e o desrespeito aos moradores da região. “Precisamos dos turistas e não vamos proibir o acesso, mas queremos que haja organização”, disse Manoel Vicente, representante do Pro-Água no conselho gestor da APA Dona Francisca. Num dos pontos de acesso ao rio Piraí, no Vila Nova, recentemente os ônibus da linha Transporte Eficiente Cristiana Ricardo acompanha a mãe, dona Iraci

foram impedidos de levar um grupo de cadeirantes para um almoço de confraternização. “Os motoristas foram ameaçados e não conseguiram passar pela ponte e neste mês de fevereiro o encontro teve que ser cancelado”, disse a secretária Elenita Ramos de Souza, da Subprefeitura Oeste. Para o secretário da Subprefeitura de Pirabeiraba, Sidney Sabel, “é necessário que sejam pensadas soluções para o curto, médio e longo prazos”. Já o capitão Venera, da Polícia Militar, diz que é importante que a comunidade gere boletins de ocorrência quando houver problemas. “Precisamos destes documentos para a geração de números estatísticos e assim viabilizar ações da polícia”, explicou. Como resultado do encontro foram definidas algumas ações a serem implantadas já na próxima temporada de verão. A primeira delas passa pela conscientização ambiental, defendida pelo Instituto Rio dos Peixes, representada pelo engenheiro Beto Amaral e pela Fundema, representada pela diretoraexecutiva Maria Raquel Migliorini. A Fundema irá elaborar uma cartilha, com base em informações que serão encaminhadas para o setor pelos diversos segmentos representados na reunião. Além disso, serão confeccionadas placas de sinalização para reforçar a consciência ambiental. Voluntários das associações de moradores e de entidades com o Comando Voluntário de Proteção Ambiental (CVPA) se disponibilizaram para fazer a distribuição do material.

SIGMAR jardinagem Governo entrega Estatuto Estadual das Microempresas para aprovação da Alesc Uma das lutas do deputado Darci de Matos começa a se concretizar nesta terça-feira (11), quando o governador Raimundo Colombo vai entregar, para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o Projeto de Lei Complementar (PLC) do Estatuto Estadual das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte (MPEs) e Microempreendedores Individuais (MEIs). A aprovação deste projeto é uma das prioridades de Darci, que preside a Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas. O estatuto catarinense foi desenvolvido pelas entidades de representação da iniciativa privada e organismos de Governo, participantes do Fórum Estadual Permanente das MPEs e MEIs de Santa Catarina (Fempe/SC). Sua finalidade é dar o tratamento favorecido e diferenciado exigido pela Lei Complementar Federal 123/2006 e garantido na Constituição de 1988, nos artigos 170 e 179. "O estatuto simplifica as obrigações administrativas impostas às microempresas, diminui a burocracia e favorece o desempenho das atividades do setor", ressalta Darci de Matos. Organizado pela Frente Parlamentar e pelo Fempe/SC, o evento para entrega do PLC será realizado às 14h30 no auditório Antonieta de Barros, na Alesc. Para reforçar a importância do estatuto catarinense, participará do evento o Ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos.

77

e

paisagismo

(47) 3439 2299 (47) 9903 1486

Ações em prol do binário do Vila Nova Em 2004 iniciamos a batalha em busca de uma nova via de acesso para o bairro Vila Nova. A única, até então, de entrada e saida, estava congestionada. Motivo de preocupação para nós moradores. Foi aí que formamos uma comissão de lideranças, onde participavam várias pessoas de diferentes segmentos como diretoras de escolas, padres, pastores, policiais e líderes comunitarios. Em varias reuniões no gabinete do prefeito (Tebaldi), gestão compartilhada Vila Nova entre outras, ficou definado que o Binario da Vila Nova começaria na SC 413 - Rodovia do Arroz, e passaria na 1ª Lateral da Rua Bento Torquato da Rocha (Rua Leopoldo Beninca). Depois, em conversas sobre busca de recursos para execução da obra, o prefeito da época nos informou que o municipio não tinha dinheiro. O Governo do Estado muito menos. Foi então que três deputados estaduais conseguiram R$ 40 milhões em uma emenda parlamentar. Começava mais uma batalha junto ao BNDS – Banco Nacional de Desenvolvimento Social, idas e vindas, atos publicos e finalmente o tão esperado recurso saiu. Vieram as desapropriações no governo Carlito, com novos entraves, mas estava caminhando, a passos lentos. Por fim, de janeiro a março de 2014, numa corrida contra o tempo, a inauguração da obra. No dia 09 de março, as 09h30 em ato solene, a tão sonhada entrega do Bínario da Vila Nova. O NOSSO binário. Vale muito a pena lutarmos pelo bairro onde moramos. Toda a região Oeste ganha. Isso mostra nossa força. Obrigado Deus por estar sempre ao nosso lado. (JOSOÉ LINO ESPÍNDULA).

Anuncie no

3439-0288 | 9153-8009


Comunidade

10 Escola Valentim João da Rocha comemora aniversário de 31 anos Fundada em 28 de fevereiro de 1983, a Escola Municipal Valentim João da Rocha recebeu este nome em homenagem ao um dos primeiros moradores do bairro, que queria muito ter uma escola perto de sua residência para que seus filhos pudessem frequentar. A primeira diretora foi a professora Maria Anair Fronza, que ficou no cargo até o ano de 1997. Neste ano assumiu a direção Luci Leila da Cunha Nunes, que permaneceu até 2012, quando foi substituída pela atual, Elizabet Starancheck e a diretora auxiliar é Marília Bernardete Trindade. A escola conta hoje com 72 funcionários e 1.107 alunos matriculados, sendo 907 no ensino fundamental e 140 na Educação para Jovens e Adultos (EJA). Para comemorar o aniversário, a escola realizou uma série de atividades nos dois turnos escolares. As crianças se divertiram e tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais de história da escola. Alguns alunos elaboraram poesias com o tema de aniversário. A partir desta edição, o Notícias da Vila publica cada um dos textos produzidos pelos alunos. O texto deste mês está na página 2 do jornal. Parabéns a alunos, professores e funcionários!

Fotos Adilson Girardi

Animais mortos Ambiental – 3441-0400

Metais, Plásticos e vidros Armazenar em caixas e colocar para Coleta Seletiva (sábados à tarde no Vila Nova)

Caramujos Subprefeitura – 3439-0318 Óleo usado Armazenar em garrafas plásticas e colocar para Coleta Seletiva recolher (no Vila Nova sábados à tarde) ou enviar à Subprefeitura, onde há vasilhames maiores para armazenar.

Roupas, Móveis e outros objetos Lar Meninos João de Paula – 3453-0588

Eletrônicos, pilhas e celulares Subprefeitura Oeste 3439-0318

Madeiras Reciclagem Adacir – 9107-2695

Isopor Reciclagem Cláudio – 3436-3255 8431-2215

Lâmpadas fluorescentes e incandescentes Subprefeitura Oeste 3439-0318

Notícias da Vila


7 11

Comunidade

Notícias da Vila

Fundação 25 de Julho e Epagri promovem 1ª Festa Regional do Palmito Evento oferece capacitação técnica e opções gastronômicas à base do produto

U

ma das iguarias mais apreciadas da cozinha brasileira ganha sua festa em Joinville. A 1ª Festa Regional do Palmito Cultivado pretende mostrar, nos dias 28, 29 e 30 de março, todas as etapas da cadeia produtiva das palmáceas, um segmento que cresce a cada ano em todo o país. O palco da festa será a Sociedade Rio da Prata, em Pirabeiraba. À frente do evento, a Fundação 25 de Julho e a Epagri. O cultivo de palmeiras para consumo de palmito ganha cada vez mais espaço entre as culturas de produção agrícola. Mais de três mil produtores rurais do litoral norte catarinense tem na produção de palmeiras parte de sua renda. Onévio Zabot, gerente da Epagri em Joinville afirma que em algumas cidades, como Massaranduba, por exemplo, a cultura já ultrapassou a produção de bananas em área plantada. “A produção de palmito é uma grata surpresa para nós e hoje é uma cultura que cresce em média 10% ao ano”, comenta. A diversidade das espécies surge com as dificuldades e restrições inicialmente impostas ao corte da palmeira Euterpe Edulis (juçara). A partir daí entram em cena alternativas com menor impacto ambiental, como a palmeira real, palmeira imperial e a pupunha. “O mercado se ajusta com a demanda e nós precisamos levar o apoio técnico para os produtores”, diz Valério Schiochet, presidente da Fundação 25 de Julho. Agregar valor à produção primária é condição fundamental para que as palmeiras se estabeleçam como fonte geradora de emprego e renda. “Hoje o produto já é uma das fontes de renda que garante estabilidade para o agricultor e a Festa do Palmito se propõe a promover o conhecimento técnico, ajudando os produtores”, afirmou Zabot. Outra meta do evento é promover parcerias de negócios entre produtores, empresas compradoras e fornecedores da cadeia produtiva. A 1ª Festa Regional do Palmito Cultivado conta com o apoio da Associação Brasileira dos Produtores de Palmito Cultivado (Abrapalm), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Associação Catarinense das Indústrias de Conservas, Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Cooperativa Agropecuárua (Coopagro) e Indústria Natupalm.

Programação: Seminário Regional de Palmeiras Dia 28 de Março, na Sociedade Rio da Prata 8h30 Abertura 9 horas Legislação sobre palmiteiro Juçara 10h15 Fitossanidade no cultivo da pupunheira e da palmeira real da Austrália 13h30 Mesa-redonda Produção, comercialização e tributação Dia 29 de março, na Sociedade Rio da Prata 9 horas Processamento do palmito e outros derivados de palmeiras 9 horas Visita a campo em propriedades agrícolas com pupunha e palmeira real Dia 30 de março, na Sociedade Rio da Prata 9 horas Abertura da Festa do Palmito 9h30 Início das festividades, como almoço à base de palmito, exposição agropecuária/tarde-dançante. Inscrições na Epagri (fone 3461-1520) e na Fundação 25 de Julho (3424-1188)

Reivindicações do Conselho das Associações do Vila Nova entregues ao governador e ao prefeito no dia da inauguração do binário 1- Iluminação pública ao longo de todo o trajeto do binário; 2- Execução da pintura de faixas de pedestres em todo o trajeto do binário (ruas São Firmino, Leopoldo Beninca e XV de Novembro); 3- Repaginação de toda a rua XV de Novembro, com pavimentação, calçadas, arborização e nova sinalização, até a escola Bernardo Tank; 4- Implantação de ciclovia ou ciclofaixa ou outro instrumento para garantir acessibilidade dos ciclistas nos trechos da Rodovia do Arroz, na entrada do binário, em frente à transportadora, na rua XV de Novembro e ao longo das ruas São Firmino e Leopoldo Beninca; 5- Implementar ações para dar mais segurança ao longo da nova via, inclusive com a instalação de semáforos, evitando altas velocidades, principalmente nas imediações da Escola Karin Barkemeyer e nos cruzamentos com as ruas Marquês de Maricá, Rudolf Baumer, Joaquim Girardi, Márcio Luckow e Bento Torquato da Rocha; 6- Realizar o mais rápido possível as obras de dragagem do rio Águas Vermelhas, para minimizar os impactos causados pelos alagamentos constantes na região; 7- Implantar ou cobrar dos proprietários ao longo da rua XV e da rua Leopoldo Beninca e São Firmino as calçadas, de acordo com a

legislação vigente; 8- Instalar pontos de ônibus nas ruas São Firmino e Leopoldo Beninca; 9- Implantar arborização ao longo do binário (não foram deixados espaços nas calçadas); 10- Realizar as desapropriações necessárias para fazer a ligação das ruas laterais entre a rua Leopoldo Beninca e a Bento Torquato da Rocha; 11- Cobrar do loteador a aprovação do loteamento, com a devida pavimentação das ruas, junto à rua Hermínia Penski; 12- Informar cronograma de pavimentação comunitária nas ruas que ligam a rua XV de Novembro com as ruas São Firmino e Leopoldo Beninca; 13- Consertar os problemas de drenagem relativos às bocas-de-lobo que não suportam a quantidade de água das chuvas ao longo do trecho duplicado da rua XV de Novembro; 14- Consertar os problemas de desnível do pavimento na rua XV de Novembro, nas proximidades do posto de combustíveis Piraí, onde há acúmulo de água por ocasião das chuvas;

Adilson Girardi

Segurança Comunitária Sargento Floriano sg oriano@gmail.com (47 )8805-8519

TRÂNSFERÊNCIA CORRETA NA HORA DE VENDER E COMPRAR UM VEÍCULO Frequentemente sou procurado para dar orientações a pessoas que venderam um veículo e por excesso de confiança não realizaram o procedimento correto de transferência de propriedade e por isso estão tendo problemas. O principal erro está em não informar o DETRAN sobre a mudança de proprietário. Infelizmente, muitas pessoas, ainda, acreditam que ao assinarem uma procuração em cartório estão se eximindo de toda a responsabilidade pela propriedade do veículo, quando na verdade estão dando plenos poderes para o comprador transferir o veículo na hora que ele bem quiser sem ter que procurar o antigo dono. Outra questão, que em minha opinião, é muito prejudicial é que muitos golpistas se valem de procurações para fazerem o negócio parecer sério, inclusive dando a possibilidade de passar a procuração para outros compradores o que não exime o antigo proprietário, ao qual consta no Certificado de Registro de Veículo – CRV, de responder pelas multas de trânsito e inclusive na esfera cível e penal por todo e qualquer dano que o veículo venha a se envolver. Para evitar dores de cabeça, é recomendado que o proprietário que se desfaz de um veículo comunique a venda ao DETRAN o mais breve possível para que fique para o novo dono a responsabilidade de fazer a transferência da documentação veicular no prazo de 30 dias após a assinatura do DUT. Como fazer a transferência - O vendedor precisa assinar o documento de transferência do veículo e reconhecer firma em cartório, tirando uma cópia autenticada para o comunicado de venda; - Em seguida, deve se dirigir ao DETRAN e solicitar o comunicado de venda do veículo. Todo procedimento é isento de taxas. Passo a passo - Preencher o DUT (Documento Único de Transferência); - Ler atentamente as orientações no próprio DUT para a transferência segura; - Assinar (vale a dica de ler bem qualquer documento antes de assinar); - Reconhecer firma da assinatura; - Comunicar o DETRAN a transferência de propriedade por meio da cópia autenticada do DUT; - Somente após estes procedimentos o antigo proprietário estará isento das responsabilidades sobre o veículo. Nota: Mais orientações poderão ser encontradas nos artigos 134 e 233 do Código Brasileiro de Trânsito. Quando o veículo estiver financiado é importante que a transferência da dívida também seja realizada imediatamente junto a financeira, pois muitas pessoas além de receberem multas, também recebem comunicados do não pagamento das parcelas, inclusive tendo problemas junto ao SERASA e SPC.

BOM R SABO ora e

ad Panific

itaria

confe

(47) 3432-8313 (47) 9224-6289

Aceitamos encomendas em geral

15- Realizar a tubulação da vala existente ao longo da rua XV de Novembro, próximo à saída da rua Leopoldo Beninca; Rua: Rudolf Baumer, 500-Vila Nova-Email:panificadorabomsabor@hotmail.com


Comunidade

14

Notícias da Vila

Curva perigosa na Rodovia do Arroz já causou 14 acidentes em dois anos Moradores reclamam por mais sinalização para garantir segurança de pedestres e ciclistas Fotos Divulgação

M

ais de 14 acidentes em menos de dois anos, no mesmo local. Se as estatísticas assustam os leitores, o que dizer das famílias que moram na região da Rodovia do Arroz, na curva próximo à entrada da Estrada do Atalho? Rosenilda da Silva Arndt e Márcia Arndt Karnopp e seus familiares convivem com o medo e a insegurança. “Esta curva aqui foi mal projetada e vários caminhões já tombaram aqui. É um perigo constante”, afirmam. Além do problema da curva, que aliado à imprudência e alta velocidade já causaram diversos acidentes, existem outras demandas no trecho inserido na área urbana da Rodovia do Arroz. Mães e crianças que precisam se deslocar da Estrada do Atalho até a escola Bernardo Tank convivem com falta de sinalização, faixas de pedestres, calçadas, bueiros abertos e até um poste q u e e s tá p e n d u r a d o a p e n a s p e l a ferragem. “Estamos cansadas de pedir ajuda e nunca apareceu ninguém aqui para resolver”, reclama Rosenilda. Os moradores sugerem que sejam instalados redutores de velocidade naquele trecho da rodovia. “Pode ser lombada ou outro tipo de obstáculo que venha garantir um mínimo de segurança para pedestres e ciclistas, antes que mais acidentes ocorram”, disse Márcia Karnopp. Os moradores daquela região também aguardam os documentos do terreno que foi desapropriado pelo Estado para a construção da rodovia. Márcia alega que o Deinfra se comprometeu, na época, a fornecer gratuitamente as escrituras dos terrenos remanescentes.

Moradores da região rural protestam em frente ao Case Comunidade quer mais segurança em equipamento para adolescentes infratores O Centro de Atendimento Socioeducativo Regional de Joinville (Case) ainda não foi inaugurado, mas já causa uma série de protestos por parte dos moradores. Neste sábado (8), um grupo de moradores da região rural do bairro Vila Nova, principalmente da Estrada Dedo Grosso, se reuniu em frente ao equipamento para protestar pela falta de cumprimento de algumas promessas que teriam sido feitas pelos responsáveis pela obra. As principais reivindicações da comunidade dizem respeito à segurança das pessoas que moram no entorno e à infraestrutura para acessar o local. "Falta asfalto no acesso, o muro que consta no projeto, com 5 metros, não foi executado, precisa de um posto policial no local, principalmente porque não há telefone fixo na região e o sinal do celular também não funciona", exemplificou Vanessa Macoppi, representante da Associação de Moradores da Estrada Blumenau e Estrada do Sul. Além disso, os moradores também pedem que seja disponibilizado o transporte através de linha de ônibus para as crianças que moram no local. "Para os infratores vai ter transporte enquanto os moradores precisam ir a pé", disse uma moradora.


Comunidade

Notícias da Vila

ANIVERSARIANTES DO MÊS Nossos parabéns aos aniversariantes do mês de Março 02 – Amarildo Faez 02 – Júlia Briani Venturi 03 – Geovana Rafaela Beckert 03 – Ednelson Diego Lemos 05 – Gilmara Mandel 07 – Alessandra Berkendorf (Morro do Meio) 08 – Alfredo do Nascimento 10 – Patrik Martins 14 – Irmgart Stain Delai (90 anos) 15 – Andre Luis Cruz 15 – Andreia Fossili 15 – Anderson do Nascimento 15 – Fernando Zimmermann 16 – Eliane Cristina Leite 17 – Amanda Carolina Rabsinski 18 – Augusto José Zacaria 19 – Geovane Leite 20 – Edson Radatz 23 – Evellyn Emanuelly da Silva 23 – Jorge Klein (São Marcos) 24 – Samea Carré 27 – Pietro Exílio Zanella 27 – Iviane Klaish Zanella 29 – Sergio Lafim Walz 31 – Daniel Trapp

15 aninhos de Júlia Briani Venturi dia 02 de março. Homenagem de seus pais e amigos.

BEIJO GELADO INGREDIENTES: 1 litro de leite 1 lata de leite condensado 3 gemas 12 colheres de amido de milho 10 colheres de Achocolatado 20 colheres de açúcar 2 caixas creme de leite Essència de baunilha

MODO DE PREPARAR: Primeira camada Em uma panela coloque 1/2 litro de leite, a lata de leite condensado, as três gemas e quatro colheres de sopa de amido de milho. Dissolva bem e leve ao fogo até engrossar e coloque em um refratário de vidro. Segunda camada Em outra panela coloque mais 1/2 litro de leite, dez colheres de achocolatado em pó, dez colheres de açúcar e quatro colheres de amido de milho e leve ao fogo até engrossar e coloque por cima da primeira camada. Terceira Camada No liquidificador coloque as duas caixas de creme de leite, a essência de baunilha, dez colheres de açúcar, quatro colheres de amido de milho e bata por três minutos sem parar coloque por cima da segunda camada. Cubra com filme plástico e leve ao congelador para gelar.

AGENDA MARÇO 2014 Dia 12 – Encerram-se as inscrições para o curso de batismo na Igreja NS Medianeira Dia 13– Reunião CONSEG – 19:30h – SESC Dia 15 – Curso de Batismo, 13:30h, Igreja NS Medianeira. Dia 18 - Reunião do Coselho rural da saúde, 14h na Estação da Saúde ( André Inmentzsberger) Dia 26 – Reunião Associação de Moradores Estrada do Sul e Blumenau, 20h na Estação da Saúde ( André Inmentzsberger) Dia 24 – Encontro Empresários Cristãos, 19:30h, Salão de festas da Igreja Assembléia de Deus, Rua XV de Novembro Dia 31 – Reunião AMARXV, 19:30h, EM Bernardo Tank.

AGENDA ABRIL 2014 Dia 03 – Reunião Conselho das Associações (CAVIN), sala 2, Igreja Madianeira, 19:30h Dia 04 – Reunião Associação de Moradores da Estrada dos Morros, 20h, residência do sr Acácio Schroeder. Dia 07 – Reunião Conselho local de saúde, 14h, sala Terapêutica, Rua Alwin Pasold Dia 07 – Reuião Associação de Moradores Vila Nova, 19:30h, Igreja Sagrado Coração, final Rua Joaquim Girardi

CLASSIFICADOS VENDE-SE  Casa de Alvenaria com laje, não averbada, 3Q, suíte, sala, copa, cozinha, BWC social, lavanderia e garagem, toda murada. R$ 175.000,00, Rua Carlos Guilherme Jerke, 866 Vila Nova. Contato Elisabeth Fone 3043 1629.  Gurgel carajás Diesel ano 86 modelo 87 R$ 10.000,00 tratar 34396999  Uma Chácara situada no Dedo Grosso com 22.000m². Valor R$ 210.000,00. Com reflorestamento em Eucaliptos. Sítio fazenda Daniel, contatos 96098380 com Dilmar Daniel e 99460560 com Oracídio Daniel.  Um terreno sito à rua Ricardo Alberto Mebs, QC, lt 9, poste 4, no Anaburgo, medindo 10,55m de frente e 23,24 de fundos, contendo uma casa de madeira. Valor R$ 90.000,00 . Próximo a Creche, PSF e Supermercado. Contato 34654067 ou 91012661 com Luize/Clederson  Dois Caminhões Baú – Mercedes Toco 1618 ano 93 - Ford Cargo Saider ano 88 – ambos com motor zerado. Aceita-se terreno ou casa no negócio. Fones 84347523 – 30281389 com Tatiane  Corsa sedan completo direção, ar quente e ar condicionado vidro eletrico nas 4 portas desembaçador traseiro e trava ano 99 modelo 00 selado ate junho de 2014, valor R$ 11 mil. Tratar com Tiago (9634-4734) ou Renata (9989-9453). Fixo: 3804-6880.  Vende-se geladeira Cônsul biplex, usada. Valor R$ 600,00. Tratar fone 3439-6044.  Vende-se freezer vertical 180 litros, Cônsul Slin. Valor R$ 300,00. Tratar fone 3801-3862.

7 15 Informações Gerais Elpídio Zimmermann

elpidiozim@gmail.com O BINÁRIO FOI INAUGURADO Havia uma grande expectativa que durante a inauguração do binário houvesse alguma manifestação maior de protestos pelas pedências ao longo da rodovia, acumulando com a repaginação da XV de Novembro, mas ficou só mesmo na expectativa. Numa conversa que tive com a Secretária na quinta feria dia 6, ela mesma estava receosa. Convidei-a par participar à noite da reunião do CAVIN onde tomaríamos algumas providências no sentido de atender a nossa comunidade, coberta de razões digase de passagem, quanto aos reclames das pendências existentes na conclusão da obra. Segurança e faixa para pedestres próximo ao Colégio Karin, iluminação em dois trechos e recapeamento da XV, desaçoreamento do Rio Águas Vermelhas e plantio de árvores nas calçadas são algumas das reivindicações feitas junto ao Prefeito a ao Governador. O CAVIN relatou mais de 20 pendências e melhoramentos que foram entregues no ato da inauguração, pelo seu Presidente sr. Adilson Girardi. Essa atitude foi aplaudida logo após o prefeito Udo Dohler ter acordado e acatado todas elas, dizendo: ”Eu pergunto: O binário está pronto? Não. Claro que não, senão não teríamos tantas melhorias a fazer. Vamos tratar todas elas com maior carinho.” O Governador parabenizou a todos pelo comportamento e pela forma de reivindicar o que queriam. No final, prometeu ao Presidente do CAVIN Adilson Girardi, que aqui virá pessoalmente buscar o saber se todas as melhorias estão sendo atendidas e prestar solidariedade a nossa comunidade. Vamos aguardar com muito carinho esta visita. VISÃO A cada reunião do CAVIN (Conselho das Associações do Vila Nova), confirmo e reafirmo cada vez mais, uma velha frase muito conhecida de todos nós: “ APRENDA UMA COISA: POR MAIS QUE VOCÊ MOSTRE, PROVE E ARGUMENTE… NÃO FAZ DIFERENÇA. AS PESSOAS SÓ ENXERGAM O QUE É CONVENIENTE PRA ELAS”. Alguns chamam de frases irônicas… O RETORNO O CODEVIN (Conselho de Desenvolvimento do Vila Nova) está para ser reorganizado. Quem me confidenciou foi a Secretária da nossa subprefeitura. Pelo menos tem órgãos cobrando isso da Secretária Elenita Ramos de Souza. E cobrando de forma no mínimo desgostosa e por ignorância das posições assumidas pelas Associações do Vila Nova, em Janeiro de 2013, quando elas criaram o CAVIN, um Conselho que pudesse representá-las junto aos órgãos públicos, ou orientá-las no rumo das conquistas de suas reivindicações de necessidades, uma vez que a representatividade política do bairro ficou a zero. É sabido que o CODEVIN, (fiz parte por dois anos, na pasta Esportes e Lazer) politicamente falando, se preocupava mais com o que interessava a cada um (vide tópico acima) e pouco se planejava para o bem estar da comunidade. O erro do CODEVIN começa com seu presidente que pelo seu regulamento, deve ser sempre o Prefeito da cidade. Como um Prefeito pode dar atenção especial a um bairro presidindo o seu Conselho de Desenvolvimento? Imaginem todos os bairros criando o seu CD com o prefeito presidindo. 46 reuniões por mês! Impossível. (continua). PÓS INAURGURAÇÃO DO BINÁRIO Dezenas de reclames foram bradadas durante a cerimônia de inauguração do nosso binário. Vestidos de preto como forma de protesto (concordo), membros da nossa comunidade investiam contra as autoridades as pendências existentes. Depois que o Prefeito leu algumas e elogiou a forma como foi feita (relação de melhorias com abaixo assinado), dizendo que desta forma vai atender todas as reivindicações, em tempo recorde, alguns revoltosos já começavam a mudar seus pensamentos. O que mais me chamou a atenção foi quando no mesmo dia, à tarde, alguns dos reclamantes desfilavam pelo binário aos sorrisos. Menos mal, porque o binário é de todos e para todos usarem.


16

Comunidade

Notícias da Vila

Em março noivaram, no Vila Nova, os jovens Ronoel e Patrícia. A solenidade foi realizada na Igreja Assembleia de Deus do Vila Nova.

A homenagem do Notícias da Vila ao Pastor Sérgio Salvador, presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Vila

BODAS DE OURO Em fevereiro o casal Daniel Peixer e Iracema Peixer comemoraram 50 anos de casamento. Para marcar a data, filhos, netos e demais familiares realizaram cerimônia na igreja Cristo Rei, na Rodovia do Arroz. Depois da celebração a família se reunião para confraternizar no galpão de festas da igreja. Os parabéns do Jornal Notícias da Vila ao casal e à família, que é uma das pioneiras e mais tradicionais do bairro Vila Nova.

Os proprietários do Rancho Alegre, Tarciso Janning e esposa, receberam neste mês de março a visita do prefeito de Joinville. Na oportunidade Tarciso mostrou a Udo Döhler sua propriedade e discutiu assuntos relacionados ao turismo rural na região.

Fone: (47) 3422-7656 / 99428514 Rua: XV de Novembro, 8549 - Vila Nova


Jornal edição março