Page 1

Fundado em 01 de novembro de 2012

Perder peso após menopausa reduz risco de câncer de mama, diz estudo Página 07

Foto: divulgação

Ano VI

Edição nº 291

13 de outubro de 2018

12 páginas

Distribuição Gratuita

Governo do Estado cria equipe de transição Página 08 Foto: divulgação

Quiosques da praia de Camburi terão novos serviços e estruturas Página 03 Gabinete de Gestão Integrada alinha ações de segurança em Viana Página 02

Foto: divulgação

Mutirão de limpeza e novas obras nos bairros para o verão Página 04 da Serra

Renato Casagrande volta ao Governo do ES e anuncia equipe de transição Página 11

Página 00


13 de outubro de 2018 02

Revitalização de ladeira em Araçatiba chega à fase final Foto: divulgação

As obras de revitalizaçã o urbana em Araçatiba, distrito histó rico de Viana, já estã o na fase final. A equipe de obras está na etapa do assentamento do meio fio na Ladeira Hercı́lia Jantorno, que dá acesso à Igreja Nossa Senhora da Ajuda. As pró ximas fases serã o a colocaçã o de piso podotá til, seguido de concretamento do local e, posteriormente, a instalaçã o de corrimã o. As intervençõ es, realizadas por meio do Programa Municipal de Obras (PMO), visam fomentar o turismo local, tendo em vista a potencialidade histó rica, cultural e turı́stica que há em Araçatiba. A Igreja Nossa Senhora da Ajuda, por exemplo,

faz parte do Circuito Religioso, dos Circuitos Turı́sticos de Viana. A iniciativa també m faz parte do Programa Cidade das Artes, programa desenvolvido pela Secretaria de Comunicaçã o, Cultura e Turismo da Prefeitura. Araçatiba Araçatiba é uma comunidade quilombola que já foi fazenda e refú gio para negros escravizados no sé culo XVII. O conjunto de edifı́ c ios da antiga fazenda era composto por igreja, residê ncia, engenhos, senzalas e oficinas. Desse conjunto, restaram as ruı́nas da residê ncia e a Igreja Nossa Senhora da Ajuda, construı́da pelos je-

www.noticiacapixaba.com.br Uma publicaçã o de: Editora Hoje Eireli CNPJ.: 08325314/0001-76 / Insc. Municipal:30.200 Fundado em 01 de novembro de 2012 Redação e Administração: Rua Ana Gomes da Silva - 80 - Jardim Passamani Sã o Gabriel da Palha - ES - CEP.: 29780-000 Tel.: 27 3117-1030 E-mail: jornalnoticiacapixaba@hotmail.com

Jornalista responsável: Julio Cesar Santana Fernandes - DRT 2397 ES Diretor: Julio Cesar Santana Fernandes Diagramação: Equipe Notı́cia Capixaba Fotografias: Equipe Notı́cia Capixaba Assessorias e Secretarias de Comunicaçã o Redação: Equipe Notı́cia Capixaba Assessorias e Secretarias de Comunicaçã o Circulação: Estado do Espı́rito Santo Publicação: Semanal Exemplar de arquivo: R$ 1,00 - Sujeito a disponibilidade

suı́tas e que faz parte atualmente do Circuito Religioso dos Circuitos Turı́sticos de Viana. A igreja foi tombada pelo Instituto do Patrimô nio Histó rico e A r t ı́ s t i c o N a c i o n a l (IPHAN), autarquia federal vinculada ao Ministé rio da Cultura, que responde pela preservaçã o do patrimô nio cultural brasileiro. A Banda de Congo Mã e Petronilha també m marca presença na histó ria de Araçatiba. O nome é em homenagem a Petronilha Maria da Conceiçã o, antiga guardiã dos instrumentos da banda, organizadora da Festa de Sã o Benedito e parteira da regiã o. A importante manifestaçã o de agradecimento a Sã o Benedito, Santa

As melhorias visam potencializar o turismo na região

Bá rbara e Nossa Senhora da Penha faz parte do Circuito Cultural dos Circuitos Turı́sticos de Viana. Circuitos Viana O “Circuitos Viana” é um guia sobre os cinco circuitos turı́sticos de Viana: religioso,

is, horá rio de funcionamento e telefone para contato. O Circuitos Viana está disponı́vel em versã o imprensa na Biblioteca Municipal, em Viana Sede, e na versã o online no endereço www.circuitosviana.com.br.

Gabinete de Gestão Integrada alinha ações de segurança em Viana Outubro começa e o Gabinete de Gestã o Integrada Municipal (GGIM) realiza a reuniã o mensal para alinhamento das açõ es de segurança em Viana. O grupo, com representantes da Polı́cia Militar, Polı́cia Civil, Corpo de Bombeiros, Ministé rio Pú blico do Espı́rito Santo, Secretaria de Estado da Segurança Pú blica e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Soci-

al, esteve reunido na manhã de segundafeira (08), na Prefeit u ra d e V i a n a , e m Viana Sede. O grupo se reú ne sempre na primeira segunda-feira de cada mê s e discute uma pauta ampliada da segurança. Em pauta, atendimentos à ocorrê ncias e resultados de açõ es em parceria no municı́pio foram abordados.

Ações de segurança A revitalizaçã o das praças, com reformas, construçã o de playground e luminosidade mais eficiente sã o açõ es voltadas, també m, para proporcionar maior segurança a estes espaços pú blicos. A melhoria da iluminaçã o pú blica també m é uma das ferramentas de prevençã o, por meio da substituiçã o de luminá rias

de só dio por luminá rias de vapor metá lico, garantindo maior luminosidade em diversos bairros. O Sistema de Videomonitoramento é uma das ferramentas utilizadas nas açõ es em conjunto. Sã o 40 câ meras instaladas em diversos pontos do municı́pio e, inclusive, em alguns trechos da BR, que visam reduzir a criminalidade contribuindo com o trabalho da Polı́cia Militar. Foto: divulgação

Os artigos assinados, pronunciamentos e citaçõ es, nã o representam a opiniã o do Jornal e sã o de inteira responsabilidade de seus autores.

Deseja participar? Você pode opinar, criticar, denunciar, elogiar, agradecer, comentar ou enviar poemas e crô nicas para o JNC. A publicaçã o é gratuı́ta, sendo publicada ou nã o conforme a original recebida ou resumidamente, à crité rio da redaçã o (as correspondê ncias recebidas nã o serã o reenviadas aos remetentes). Para sua carta ter validade, coloque nome e endereço completo juntamente com telefone de contato e nunca esqueça de assinar a mesma legivelmente.

Dados para envio: Jornal Notícia Capixaba A/C Redaçã o Rua Ana Gomes da Silva -80 - Jardim Passamani Sã o Gabriel da Palha - ES - CEP.: 29780-000

aventura, gastronô mico, agronegó cio e cultural. Na publicaçã o, o turista poderá descobrir a histó ria de diversos pontos de Viana, como igrejas, cachoeiras, restaurantes, sı́tios, pousadas e empresas familiares, alé m de o b te r i n fo r m a ç õ e s sobre acesso aos loca-

Reunião é feita mensalmente


13 de outubro de 2018 03

Quiosques da praia de Camburi terão novos serviços e estruturas Foto: divulgação

Moradores e turistas terã o novidades nos quiosques localizados na orla da praia de Camburi. As unidades contarã o com novos serviços e estruturas, que prometem movimentar ainda mais a regiã o. As novidades, que vã o contemplar tanto os quiosques situados entre Jardim da Penha e Mata da Praia como os localizados em Jardim Camburi, sã o: um beach club, locais para happy-hour, shows e baladas, melhor utilizaçã o da faixa de areia e oferta de uma culin á r i a d ive r s i f i c a d a . "Estamos trabalhando para melhorar a infraestrutura de todos os quiosques localizados na orla de Camburi e a oferta de novos atrativos. Alguns serviços já estarã o disponı́ v eis até o verã o e outros seguirã o nosso plano de trabalho", destacou o diretor da Ecos Eventos Ltda., Raimundo Nonato. Ainda de acordo com o diretor da Ecos Eventos, que é gestora dos quiosques de Camburi, a pro-

posta é aumentar o fluxo Maris da Ilha: "Um mimo de pessoas na orla. Ele em homenagem a Vitó ria, adiantou que, em breve, que é uma cidade linda". estarã o disponı́veis nos quiosques bombas para o Expectativa enchimento de pneus de bicicletas. Funcioná rio de uma siderú rgica e frequentaNovos cardápios dor assı́duo dos quiosques da praia de CambuA proprietá ria do res- ri, Rogé rio Gomes vê com taurante Regina Maris entusiasmo a melhoria (quiosque 3), Regina dos quiosques e a oferta Lima, disse que a expec- de novos serviços e infratativa para o verã o é a me- estrutura. "Essa é uma lhor. "Com certeza será praia linda. Moradores e um perı́odo mais alegre. turistas merecem um serAs pessoas passaram a viço de qualidade em curtir mais o calçadã o e, toda a sua extensã o. O por isso, vamos ampliar verã o deste ano foi muito nosso cardá pio, com a in- bom com o festival gasclusã o de novas iguarias. tronô mico". Alé m disso, estamos preMineiro de Belo Horiparando a casa para dei- zonte e empresá rio do xá -la ainda mais bonita setor de transportes, Pé ripara os moradores e visi- cles Silva Soares estava tantes". Ela adiantou tam- em um quiosque da orla bé m que haverá atendi- degustando pratos de frumento na areia. "Quere- tos do mar com a esposa, mos que as pessoas vol- Sara, e amigos. "Venho a tem a colocar o pé na are- Vitó ria umas cinco ou ia, sentindo-se mais con- seis vezes por ano, e semfortá veis, interagindo pre curto ficar nos quioscom a praia", disse Regi- ques. Agora espero poder na, que ainda revelou que usar mais a areia da prao estabelecimento pas- ia, interagindo com o amsará se chamar Regina biente".

Moradores e turistas contarão com quiosques reformulados na praia de Camburi Obras A ú ltima versã o dos projetos propostos pela Ecos Eventos Ltda. para melhorias dos quiosques de Camburi, onde é concessioná ria das 14 unidades, foi entregue na segunda-feira (1º de outubro) e encontra-se em aná lise pela Secretaria de Desenvolvimento da Cidade (Sedec). O plano de ocupaçã o dos quiosques está em andamento, conforme prevê o contrato assi-

nado com a Companhia de Desenvolvimento, Inovaçã o e Turismo de Vitó ria (CDV). "O novo modelo de gestã o adotado para os quiosques da praia de Camburi vai proporcionar a oferta de novos serviços e infraestrutura, segundo modelo que já vem sendo utilizado por vá rios balneá rios. Moradores e turistas contarã o com unidades modernas nos pró ximos anos", ressaltou o presidente da CDV, Leonardo Krohling.

Curva da Jurema

Sete quiosques da Curva da Jurema serã o ob jeto de edital de concessã o que será publicado até o final deste mê s pela CDV. A modalidade de exploraçã o a ser adotada e o prazo de concessã o estã o em aná lise e constarã o do edital, que está em fase de elaboraçã o. A proposta é que as sete uni dades estejam em operaçã o durante o verã o.

Trânsito seguro: motoristas da Prefeitura de Vitória passam por capacitação em direção defensiva A cada 11 minutos, uma pessoa morre no trâ nsito no Brasil. Sã o 47 mil mortes por ano e 400 mil pessoas com sequelas por causa dos acidentes de trâ nsito. A conscientiza-

çã o dos motoristas é uma das medidas para reduzir esses ı́ndices assustadores Por isso, a Secretaria de Gestã o, Planejamento e Comunicaçã o (Seges),

em parceria com a Secretaria Municipal de Transportes, Trâ nsito e Infraestrutura Urbana (Setran), promoveu na terça-feira (9) a palestra "Direçã o Defensiva, Alcool e Direçã o",

Foto: divulgação

no auditó rio do Centro I n t e g ra d o d e At e n d imento ao Cidadã o (Ciac). A palestra reuniu mais de 50 motoristas e condutores que trabalham na Prefeitura de Vitó ria. O pa-

lestrante, Fernando Braga, é servidor do municı́pio e um especialista no assunto, está em vá rias frentes de estudo e atua diretamente com pessoas que tiveram sequelas graves em acidentes.

Conscientização

O titular da Setran, Luiz Paulo de Figueiredo, també m destacou a imO titular da Seges, Van- portâ ncia de investir na der Borges, disse que a ad- conscientizaçã o. "Granministraçã o municipal de parte das tragé dias diá trabalha em vá rias fren- rias no trâ nsito ocor-re tes para tornar o trâ nsito por imprudê ncia e falta mais seguro e mais huma- de informaçã o. A oportuno. "Nó s investimos em nidade de discutir o tema ciclovias, temos o Bike Vi- e sensibilizar por meio de tó ria, o incentivo à carona exemplos reais estimula a solidá ria, a Linha Verde, reflexã o e, com ela, mais alé m de vá rias medidas uma chance de valorizar a para conscientizar a popu- prevençã o", destacou o laçã o sobre a importâ ncia secretá rio. de dirigir com segurança. Trânsito mais seguro

Motoristas e condutores que atuam na PMV receberam orientações para um trânsito mais seguro durante palestra

Fazer esse trabalho com nossos motoristas també m é muito importante, temos que dar o exemplo".


13 de outubro de 2018 04

Mutirão de limpeza e novas obras nos bairros para o verão da Serra Foto: divulgação

A Prefeitura da Serra já começou a se preparar para oferecer a melhor estrutura em suas famosas praias, durante o verã o, e já está investindo em obras de iluminaçã o da orla, drenagem e pavimentaçã o em mais de 50 ruas, alé m de agendar mutirõ es de limpeza e muito mais. Nova Iluminação Em Jacaraı́ p e, por exemplo, as noites de verã o vã o ficar mais bonitas e iluminadas na orla, que vai receber, até o fim do ano, mais 42 postes, 42 projetores de LED e 42 luminá rias de LED no trecho que vai da Avenida Minas Gerais até a Avenida Guarany, totalizando, aproximadamen-

te, 1.200 metros. O secretá rio de Serviços, Igor Elson B. de Almeida, explicou que as lâ mpadas modernas garantem mais luminosidade e a iniciativa da prefeitura tem vá rios impactos: no turismo, na atraçã o de novos negó cios e, consequente, geraçã o de renda, no lazer, na na autoestima e na saú de da populaçã o (por estimular caminhadas na orla). “A orla de Jacaraı́pe é uma das mais procuradas no Estado durante o verã o, com bares e restaurante no entorno, pontos tradicionais de venda de caranguejo e mariscos e grandes extensõ es de areias, o que a torna pró pria para caminhadas e prá tica esportiva. A

Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria de Serviços, está trocando toda a iluminaçã o da cidade, instalando equipamentos novos em todos os bairros”, comenta.

Em Jacaraípe, as noites de verão vão ficar ainda mais bonitas e iluminadas na orla, no trecho que vai da Avenida Minas Gerais até a Avenida Guarany

Obras També m já estã o em execuçã o, na regiã o, drenagem e pavimentaçã o das vias dos bairros Residencial Jacaraı́pe, Lagoa de Jacaraı́ p e, Jardim Atlâ ntico e Sã o Francisco. Na Grande Nova Almeida, os bairros Parque Santa Fé e Parque das Gaivotas també m terã o vá rias vias drenadas e pavimentadas.

vimentaçã o é a de Balneá rio Carapebus. A primeira etapa, que inclui 14 ruas, o equivalente a um total de cerca de 3,6 quilô metros de extensã o Outra regiã o da ci- de vias, já começou e, em dade contemplada com breve, será assinada a obras de drenagem e pa- ordem de serviço para a

segunda etapa. Limpeza nas praias A Secretaria de Serviços da Serra també m já está elaborando o cronograma de limpeza das praias. A limpeza é reali-

zada de forma manual e inicia-se antes do perı́odo de alta temporada, no verã o, e programamse mutirõ es de limpeza na orla e bairros adjacentes, onde há muita movimentaçã o de turistas.

Cursos qualificam moradores Espaço Botânico recebeu mais para trabalhar nas obras da Serra de 1500 visitantes em setembro A cidade da Serra nã o para os investimentos em obras de infraestrutura, que vã o trazer mais qualidade de vida aos moradores. Mas, alé m das melhorias em diversas regiõ es, as obras trazem també m oportunidades de emprego para muita gente, e a Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), oferece os cursos que capacitam a mã o de obra para trabalhar nesses locais. Em julho, foram iniciadas obras de drenagem, pavimentaçã o e urbanizaçã o no valor de R$ 100 milhõ es, resultado de um

convê nio com a Caixa Econô mica Federal. Sã o muitas obras de drenagem e pavimentaçã o, alé m de construçã o de campos de futebol, ciclovias, Unidade de Pronto Atendimento e hospital, Complexo Cultural Esportivo (Arena Riviera), e rotató ria de Maringá . A pedido do prefeito Audifax Barcelos, as empresas executoras das obras sempre contratam mã o de obra da regiã o onde as melhorias estã o sendo executadas, o que representa excelentes oportunidades de trabalho para os moradores.

Foto: divulgação

Desde o início do ano, foram oferecidos cursos de Pedreiro de alvenaria, Instalador hidráulico residencial, Acessibilidade aplicada (NBR 9050) e Eletricista instalador predial

Alé m disso, a partir do ano que vem, mais de 60 obras terã o inı́cio no municı́pio, apó s escolhas da pró pria populaçã o por meio das plená rias do Orçamento Participativo. O valor dos investimentos é de R$ 55 milhõ es, em mé dia. Com tanta oportunidade de contrataçã o, a Secretaria de Trabalho també m oferece cursos voltados à construçã o civil, de acordo com a titular da pasta, Aline Oliveira. “O setor de construçã o civil é importante para a geraçã o de emprego e renda e é um grande motor da economia”, disse. Desde o inı́cio deste ano, foram oferecidos cursos de Pedreiro de alvenaria, Instalador hidrá ulico, Acessibilidade aplicada (NBR 9050) e Eletricista instalador predial. Profissionais com certificado rec o n h e c i d o e c o n h e c imento estã o no mercado, podendo trabalhar nas obras do municı́pio. Neste mê s de outubro, uma nova turma será iniciada para Pintor de Obras Imobiliá rias. As inscriçõ es já foram encerradas.

Foto: divulgação

Imagine você visitando um jardim com os olhos vendados e com os pé s descalços? Ao invé s de ver a beleza das flores, você sente o cheiro, confere o formato e a textura e ainda sente o gosto de alguns exemplares. Ao fundo, você ouve o barulhinho relaxante de uma fonte de á gua. Essa é a experiê ncia de quem participa de uma visita guiada ao jardim sensorial no Espaço Botâ nico do Parque da Cidade, em Laranjeiras. Mais de 150 pessoas participaram dessa visita em setembro. E outros 1.845 visitantes també m puderam conhecer os demais jardins do Espaço, que é formado por trê s bromeliá rios, jardim temá tico de restinga, jardim das bromé lias epı́fitas e rupestres, orquidá rio, circuito de plantas nativas e viveiros de plantas: carnı́voras, bioativas, sensitivas, mata atlâ ntica, berçá rio de Bromeliaceae. As visitas ao Jardim Sensorial e aos demais jardins do Espaço Botâ nico sã o feitas separadamente e sã o conduzidas

Mais de 150 pessoas participaram de visita no Jardim Sensorial em setembro. E outros 1845 visitantes também puderam conhecer os demais jardins do Espaço Botânico

pelo professor e bió logo Nagibi Neto. Participaram alunos de escolas de ensino bá sico e de projetos sociais, dos municı́pios de Cariacica, Serra, Vila Velha e Vitó ria. Com são as aulas no Espaço Botânico? Durante as aulas, os visitantes fazem um tour pelos jardins e aprendem, na sala verde, um pouco mais sobre ecologia, ecossistemas da Serra, dengue e crise hı́drica, entre outros assuntos. Com a ajuda de um microscó pio, os visitantes conseguem ver bem de pertinho as caracterı́sticas das plantas apresen-

tadas. Em um momento da aula, os participantes produzem mudas de plantas que sã o doadas para a comunidade. No mê s de setembro, foram doadas 850 mudas para escolas, participantes das atividades e frequentadores das aulas prá ticas no Parque da Cidade. Como participar?

Quem quiser participar das aulas guiadas tanto no jardim sensorial como nos demais jardins do espaço Botâ nico deve agendar pelo telefone (27) 3338-7302 e 99815-6693, de segunda a sexta-feira, das 7 à s 17h.


13 de outubro de 2018 05

Escola de Cariacica usa material reciclável na produção de mobiliário e artigos sustentáveis Fotos: divulgação

Um projeto de sustentabilidade e reciclagem deu uma cara n o v a a o p á t i o d a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Antero José do Nascimento, em Vale dos Reis. Eque as turmas do 1º ao 9º ano do colé gio se juntaram e colocaram a mã o na massa para produzir puffs, vassouras, enfeites natalinos, á rvores de natal e brinquedos, todos de material reciclado. A iniciativa surgiu com o desejo dos alunos em deixar o ambiente mais humanizado e acolhedor e visou també m a economia financeira da escola, pois era necessá rio a aquisiçã o de bancos para compor a mobı́lia do pá tio. De acordo com a vice diretora da

O projeto de sustentabilidade e reciclagem deu cara nova ao pátio da Emef Antero José do Nascimento

unidade de ensino, Daniela Netto, o projeto foi muito alé m da construçã o dos puffs para a comunidade escolar. “Apó s o inı́cio das atividades, professores e alunos perceberam muitas outras possibilidades de destinaçã o dos itens que podem ser reciclados, criando vá rios outros artigos com esses materiais”, destacou.

Pneus de bicicleta, papelã o, caixas de leite, madeiras e cerca de mil garrafas pet foram retiradas da natureza para serem usados como maté ria prima das criaçõ es. A vice diretora ainda explica que, o pró ximo passo do projeto é a produçã o de uma horta e jardins. “Essa atividade foi o ponta pé para projetos futuros que

temos em mente. Vamos reaproveitar os materiais para a elaboraçã o de uma horta onde utilizaremos os materiais sustentá veis na base. Alé m da horta, a ideia també m é fazer um jardim suspenso com garrafas pet, assim, nossa escola ficará mais colorida”, frisou.

Anatel vai acompanhar sistema de transmissão de votos no 2º turno A Agê ncia Nacional de Telecomunicaçõ es (Anatel) informou na segunda-feira (8) que acompanhará o funcionamento das redes utilizadas na transmissã o dos dados das urnas eletrô nicas durante o segundo turno das eleiçõ es, no dia 28. De acordo com a

agê ncia, nã o houve nenhum problema no sistema de transmissã o para os sistemas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante o primeiro turno. A Anatel disse que esteve no Centro de Monitoramento do TSE, em Brası́lia, por meio de sua gerê ncia de fiscaliza-

çã o "para garantir a resoluçã o, pelas prestadoras, de qualquer intercorrê ncia no funcionamento das redes." També m estiveram no local representantes das diferentes empresas de telecomunicaçõ es contratadas pelo Tribunal, como Vivo, Oi, Claro, Embra-

tel, entre outras. Segundo a Anatel, nos estados, as gerê ncias regionais e unidades operacionais da Anatel ficaram disponı́ v eis, "caso fosse necessá ria a atuaçã o local junto aos Tribunais Regionais Eleitorais", informou a assessoria. A assessoria disse

que, antes das eleiçõ es, a Anatel emitiu 85 notificaçõ es ou ofı́cios a outros ó rgã os para evitar situaçõ es que prejudicassem a transmissã o das informaçõ es das urnas para a apuraçã o dos votos. "A interaçã o com a Agê ncia Nacional de Transportes Terres-

tres [ANTT], o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes [Dnit] e o Exé rcito, entre outros, buscou evitar a realizaçã o de obras nos estados que pudessem danificar a infraestrutura das redes das pres tadoras", disse a Anatel.

Inscrições abertas para capacitação de RT em eventos agropecuários O Instituto de Defesa Agropecuá ria e Florestal do Espı́rito Santo (Idaf) está com i n s c r i ç õ e s a b e r t a s para a capacitaçã o de responsá veis té cnicos em eventos agropecuá rios, que acontecerá no fim do mê s na sede do Instituto, em Vitó ria. O pú blico-alvo sã o mé dicos-veteri ná rios. O s i n te re s s a d o s

devem solicitar a inscriçã o pelo e-mail flaviane.faria@ idaf.es.gov.br. No campo “As sunto” deverá ser informado “Inscriçã o para curso de RT em eventos agropecuá rios”. O candidato deverá enviar nome completo, e-mail e nú meros do CRMV, do telefone e do CPF. A inscriçã o é gratuita e as vagas sã o limi-

os profissionais que pretendem atuar como responsá veis té cnicos em eventos agropecuá rios. O instrumento legal que parametriza as açõ es é a Portaria 001-R/2018 e trata da necessidade de que promotores de eventos agropecuá Habilitação rios contratem um mé dico-veteriná rio habiA habilitaçã o é exi- l i t a d o p a r a a t u a r gida, desde 2014, para como responsá vel té ctadas. Os candidatos inscritos que nã o puderem comparecer de-vem cancelar a inscriçã o com, no mı́nimo, quatro dias de antecedê ncia, sob pena de nã o poderem participar da turma subsequente.

nico. P a r a a m é d i c a veteriná ria autô noma Marcela Bucher Binda, que realizou o curso em 2014, essa foi uma oportunidade para conhecer melhor a legislaçã o especı́fica de defesa sanitá ria animal e as instruçõ es para emissã o da Guia de Trâ nsito Animal (GTA), que sã o monitoradas durante a re-

cepçã o dos animais em eventos. “Atuar conforme a legislaçã o e cumprir as exigê ncias sobre os aspectos sanitá rios sã o de fundamental importâ ncia para garantir a saú de e o bem-estar dos equinos”, conta Marcela, que atua em cerca de 18 eventos por ano no Espı́rito Santo.


13 de outubro de 2018 06

Prefeitura de Vila Velha inicia combate à proliferação de roedores na orla Foto: divulgação

A Prefeitura de Vila Velha dará inı́cio a uma sé rie de açõ es visando conscientizar os moradores e comerciantes das praias da Costa, Itapuã e Itaparica quanto ao erro de acomodar restos de alimentos em locais impró prios. O problema tem contribuı́do para a proliferaçã o de diversos animais nocivos à saú de humana, principalmente de ratos, ao longo da orla. Em reuniã o realizada no ú ltimo dia 4, na sede da Prefeitura, com a participaçã o de representantes do executivo municipal e de entidades da sociedade civil, o secretá rio Municipal de Meio Ambiente, José Vicente de Sá Pimentel, destacou que a Lei Federal nº 13.240/2015 dá aos municı́pios a possibilidade da gestã o das praias e isso abre uma oportunidade importante para Vila Velha. “Para manter as praias da cidade limpas, a Prefeitura está dialogando com setores da

sociedade que podem contribuir nesta tarefa, cuja execuçã o envolve vá rias secretarias”. O secretá rio ainda destaca a importâ ncia da participaçã o també m de representantes de setores da sociedade, como o empresariado - sobretudo os donos de bares, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais da orla. “Eigualmente importante o envolvimento dos pró prios mo-

radores do local para, com a Prefeitura, cuidar desse problema e garantir a limpeza e beleza das nossas praias”, comenta Pimentel. Recentemente, a Prefeitura fez tentativas de controle dos ratos com a utilizaçã o de veneno, poré m, os restos de alimentos que os moradores e comerciantes da orla descartam em seu lixo faz com que os ratos nã o se interessem pelas iscas.

Pimentel afirma que é preciso uma estraté gica de conscientizaçã o da populaçã o local quanto à necessidade de nã o se descartar no lixo domé stico e comercial restos de alimentos e outros resı́duos que atraem os roedores. A Lei 5406/2013 determina que os estabelecimentos e condomı́nios disponham de caixas, cestos e posicionamento de caixas estacioná rias para que nã o depositem sacos

de lixos com restos de comida na rua, sobretudo à noite, perı́odo em que, normalmente, os ratos saem de suas tocas. Reunião Na reuniã o, participaram representantes das secretarias municipais de Governo, Serviços Urbanos, Saú de, Desenvolvimento Econô mico, Meio Ambiente e da Ouvidoria Municipal. Por

parte da sociedade civil, estiveram presentes no encontro representantes d a A s s o c i a ç ã o d o s Empresá rios de Vila Velha (Asevila), do Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Espı́rito Santo (Sindbares), do Movimento Vida Nova Vila Velha (Movive), da Associaçã o Vilavelhense de Proteçã o Ambiental (Avidepa) e da Associaçã o de Moradores da Praia da Costa.

Banestes oferece financiamento de até 90% no Salão do Imóvel Quem deseja comprar apartamento, casa ou sala comercial terá acesso a condiçõ es especiais de financiamento pelo Banestes durante a 25ª ediçã o do Salã o do Imó vel Ademi-ES. Esse é o principal evento do mercado imobiliá rio capixaba, que acontecerá nos dias 18 a 21 deste mê s, na Arena Shopping Vitó ria. O percentual de financiamento pode chegar a 90% para imó veis residenciais dentro do Sistema Financeiro Habitacional (SFH), novos ou usados, com taxas de juros competitivas. Os visitantes poderã o conferir as ofertas do mercado imobiliá rio, pesquisando preços e visitando o estande do Banestes em busca da realizaçã o do sonho da casa pró pria. Durante os quatro dias do evento, gerentes

do Banco estarã o à disposiçã o do pú blico em geral para tirar dú vidas e realizar simulaçõ es do Cré dito Imobiliá rio Banestes. Eles també m vã o orientar sobre os passos necessá rios para concretizar a operaçã o de financiamento, que será finalizada na rede de agê ncias. O cliente Banestes terá acesso a taxas a partir de 8,8% ao ano para imó veis residenciais e 10,5% ao ano para imó veis comerciais, condiçõ es abaixo da tabela praticada pela instituiçã o financeira. Epossı́vel utilizar o FGTS. A taxa de 8,8% é para servidores pú blicos e imó veis dentro do SFH, abaixo de R$ 800 mil. Para imó veis acima de R$ 800 mil, ou seja, fora do SFH, a taxa aplicada pelo Banestes no Salã o do Imó vel será de a partir de 9,5% ao ano para qual-

quer perfil de cliente. O parcelamento do financiamento pode chegar a 360 meses para imó veis residenciais e 120 meses para unidades comerciais. A participaçã o do Banestes no Salã o do Imó vel reforça a atuaçã o do Banco no mercado imobiliá rio e reafirma o compromisso da instituiçã o financeira no desenvolvimento do setor habitacional no Estado. Este é o quarto ano consecutivo que o Banco é um dos patrocinadores do evento. Seguro residencial com condições especiais Neste ano, o Banestes chega ao Salã o do Imó vel com uma outra novidade: a Banestes Seguros estará no estande do Banco oferecendo Seguro Residencial em con-

diçõ es especiais para os participantes do evento. A l é m d i s s o , b r i n d e s serã o sorteados no local. Vale destacar que, alé m de garantir o imó vel, o Seguro Residencial Banestes oferece uma sé rie de facilidades para quem o contrata, como reparos elé tricos, chaveiro, encanador, vidraceiro e assistê ncia para eletrodomé sticos e ajuda com equipamentos de informá tica e aplicativos usados no

computador. Em relaçã o ao bem que garante, o Seguro Residencial Banestes é muito em conta, representando cerca de 0,10% do valor do imó vel segurado. O Seguro Residencial, dependendo do plano contratado, cobre o imó vel e o que tem dentro dele, dependê ncias e instalaçõ es internas. A cobertura bá sica é para incê ndio, raio e explosõ es. Alé m disso, há coberturas acessó rias, ga-

rantindo e cobrindo os danos provocados por vendavais e chuvas de granizo. Serviço:

25º Salã o do Imó vel Ademi-ES Data: 18 a 21 de outubro. De quinta a sá bado, das 10h à s 22h. No domingo, das 10h à s 20h. Local: Arena Shopping Vitó ria Entrada franca Foto: divulgação


13 de outubro de 2018 07

Produção e Comercialização de orgânicos: Incaper integra Seminário de Agroecologia Foto: divulgação

Mais de 40 profissionais pesquisadores e extensionistas do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistê ncia Té cnica e Extensã o Rural (Incaper) participaram do Seminá rio Estadual de Agroecologia, realizado na quarta-feira (10), no auditó rio do Sebrae - ES, em Vitó ria. De acordo com a coordenadora de Agroecologia do Incaper, Andressa Alves, que representou o Incaper na Comissã o Organizadora do evento, o instituto mobilizou mais de 300 agricultores do Espı́rito Santo, entre os que trabalham com orgâ nicos e os que estã o em transiçã o agroecoló gica. O Seminá rio tratou de temas atuais e que sã o gargalos na produçã o e na comercializaçã o de produtos orgâ nicos, como a rastreabilidade, que já é prá -

tica na produçã o orgâ nica, mas que foi ampliada para outros produtos agrı́colas e traz muitas dú vidas aos agricultores; a adequaçã o dos produtos embalados e/ou processados, que sã o cada vez mais procurados pelos consumidores; e a produçã o animal orgâ nica, que ainda é um desafio para o setor. O Sistema Participativo de garantia de

Avaliaçã o da Conform i d a d e O r g â n i c a (SGP) també m foi um dos assuntos abordados e trata-se de um tema demandado pelos pró prios agricultores, por entenderem que é uma nova oportunidade para a organizaçã o dos agricultores orgâ nicos do Estado. O diretor té cnico do Incaper Gilson Tó fano lembrou a todos que a produçã o agroecoló -

gica e orgâ nica ganha cada vez mais espaço nas propriedades rurais. “Só no Espı́ r ito Santo mais de 300 produtores rurais já possuem a certificaçã o orgâ nica e mais de 1.300 nã o utilizam produtos quı́micos nas lavouras; fora os que estã o em fase de transiçã o, saindo do cultivo tradicional e adotando as prá ticas de agroecologia. Iremos continuar in-

centivando a adoçã o de prá ticas sustentá veis e agroecoló gicas. O 'agro' é pop e a agroecologia é 'vida'”. Mobilizados pelas equipes locais do Incaper, estiveram presentes agricultores familiares e, dentre eles, lideranças representantes das Associaçõ es “Tapuio Ecoló gico” e “Vero Sapori” – que levaram alguns casos de sucesso da agroindustri-

alizaçã o de produtos orgâ nicos e agroecoló gicos. A coordenadora de agroecologia do Incaper, Andressa Alves, reforçou sobre o crescimento da adoçã o de prá ticas agroecoló gicas no Estado, com o au xı́lio de polı́ticas pú blicas, movimentos sociais e demandas de mercado cada vez mais buscando a qualidade dos alimentos a sustentabilidade. “Neste cená rio, o Incaper tem atuado com muito afinco na pesquisa contribuindo com té cnicas, sementes e variedades apropriadas ao cultivo agroecoló gico associado à promoçã o da produçã o e comercializaçã o agroecoló gica e assistê ncia té cnica aos prod u to re s r u ra i s e m todos os municı́pios capixabas”, complementou.

Perder peso após menopausa reduz risco de câncer de mama, diz estudo Mais de 40 profissionais pesquisadores e extensionistas do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistê ncia Té cnica e Extensã o Rural (Incaper) participaram do Seminá rio Estadual de Agroecologia, realizado na quarta-feira (10), no auditó rio do Sebrae ES, em Vitó ria. De acordo com a coordenadora de Agroecologia do Incaper, Andressa Alves, que representou o Incaper na Comissã o Organizadora do evento, o instituto mobilizou mais de 300 agricultores do Espı́rito Santo, entre os que trabalham com orgâ nicos e os que estã o em transiçã o agroecoló gica.

O Seminá rio tratou de temas atuais e que sã o gargalos na produçã o e na comercializaçã o de produtos orgâ nicos, como a rastreabilidade, que já é prá tica na produçã o orgâ nica, mas que foi ampliada para outros produtos agrı́colas e traz muitas dú vidas aos agricultores; a adequaçã o dos produtos embalados e/ou processados, que sã o cada vez mais procurados pelos consumidores; e a produçã o animal orgâ nica, que ainda é um desafio para o setor. O Sistema Participativo de garantia de Avaliaçã o da Conform i d a d e O r g â n i c a (SGP) també m foi um dos assuntos aborda-

dos e trata-se de um tema demandado pelos pró prios agricultores, por entenderem que é uma nova oportunidade para a organizaçã o dos agricultores orgâ nicos do Estado. O diretor té cnico do Incaper Gilson Tó fano lembrou a todos que a produçã o agroecoló gica e orgâ nica ganha cada vez mais espaço nas propriedades rurais. “Só no Espı́ r ito Santo mais de 300 produtores rurais já possuem a certificaçã o orgâ nica e mais de 1.300 nã o utilizam produtos quı́micos nas lavouras; fora os que estã o em fase de transiçã o, saindo do cultivo tradicional e adotando as prá -

ticas de agroecologia. Iremos continuar incentivando a adoçã o de prá ticas sustentá veis e agroecoló gicas. O 'agro' é pop e a agroecologia é 'vida'”. Mobilizados pelas equipes locais do Incaper, estiveram presentes agricultores familiares e, dentre eles, lideranças representantes das Associaçõ es “Tap u i o E c o l ó g i c o” e “Vero Sapori” – que levaram alguns casos de sucesso da agroindustrializaçã o de produtos orgâ nicos e agroecoló gicos. A coordenadora de agroecologia do Incaper, Andressa Alves, reforçou sobre o crescimento da adoçã o de prá ticas agroecoló gi-

cas no Estado, com o auxı́lio de polı́ticas pú blicas, movimentos sociais e demandas de m e r c a d o c a d a ve z mais buscando a qualidade dos alimentos a sustentabilidade. “Neste cená rio, o Incaper tem atuado com muito afinco na pesquisa contribuindo

com té cnicas, sementes e variedades apropriadas ao cultivo agroecoló gico associado à promoçã o da produçã o e comercializaçã o agroecoló gica e assistê ncia té cnica aos prod u to re s r u ra i s e m todos os municı́pios capixabas”, complementou. Foto: divulgação

A obesidade é considerada um fator de risco para o câncer de mama na pós-menopausa


13 de outubro de 2018 08

Governo do Estado cria equipe de transição Foto: Leonardo Duarte

O governador Paulo Hartung assinou, na segunda-feira (08), o Decreto Estadual nú mero 1.469-S, que oficializa a c r i a ç ã o d e u m a equipe de transiçã o para dialogar com representantes do Governo eleito nas eleiçõ es do ú ltimo domingo (07), para o perı́ o do 2019-2022. A medida vai garantir que a mudança de Governo ocorra de forma democrá tica. O decreto assegura o compartilhamento de informaçõ es relativas à s contas pú blicas, alé m de açõ es prioritá rias e projetos estruturantes de Governo. O processo de transiçã o começa na pró xima segunda-feira (15). D u ra n t e a t e n d imento à imprensa, a porta-voz da equipe de transiçã o e superintendente Estadual de Comunicaçã o, André ia

necessá ria para a realizaçã o dos trabalhos da equipe de transiçã o do governador eleito, no seguinte endereço: Avenida Princesa Isabel, 574, Ed. Palas Center, Bloco A, salas 1211 e 1212, no Centro de Vitó ria. Dados Hartung e integrantes de sua Equipe de Transição

Lopes, ressaltou o compromisso de realizar uma transiçã o democrá tica e o equilı́brio das contas pú blicas do G ove r n o c a p i xa b a . “Nosso objetivo é fazer uma transiçã o republicana, transparente, com todas as informaçõ es acessı́veis. Essa é uma prá tica do nosso Governo e é assim que interessa à sociedade, porque estamos tratando de serviços e int e re s s e s p ú b l i c o s .

Vamos entregar o Espı́rito Santo como um dos melhores estados do Paı́s. Diante da desorganizaçã o do Brasil, o Espı́rito Santo é um ‘ponto fora da curva’. Eum exemplo de boa gestã o”, cravou André ia. Equipes de transição A Equipe de Governo que fará parte da transiçã o será coordenada pela secretá ria

de Estado do Governo (SEG), Angela Maria Soares Silvares. També m fazem parte da equipe os secretá rios de Economia e Planejamento (SEP) e de Controle e T r a n s p a r ê n c i a (SECONT), Regis Mattos Teixeira e Marcos Paulo Pugnal da Silva, respectivamente. Ainda de acordo com o decreto, havendo necessidade, o coordenador da Equipe de Governo poderá requisi-

tar servidores de outros ó rgã os visando apoiar o processo de transiçã o. O decreto Estadual 1.469-S determina ainda que o governador eleito deve encaminhar, formalmente, ao Governo do Estado os nomes dos integrantes de sua Equipe de Transiçã o, indicando o coordenador. O Poder Executivo Estadual vai disponibilizar a infraestrutura fı́sica

O decreto que dispõ e sobre o processo de transiçã o de Governo, referente à s eleiçõ es 2018, determina que a Equipe de Governo será responsá vel por disponibilizar as informaçõ es solicitadas sobre o Funcionamento dos ó rgã os da Administraçã o Direta e de entidades da Administraçã o Indireta do Poder Executivo Estadual, as informaçõ es sobre as Contas Pú blicas e os Programas e Projetos do Governo do Estado.

Pavilhão de Carapina recebe um dos maiores festivais de música do país no final do mês Evento será realizado no dia 27 de outubro e vai reunir um time de peso O Pavilhã o de Cara- principais festivais de apresentaçõ es de Marı́pina, na Serra, será m ú s i c a d o p a ı́ s , o lia Mendonça, Zé Neto palco de mais uma edi- evento está marcado & Cristiano, Ferrugem, para o dia 27 de outu- Lé o Santana, Jads e Jadçã o do Festeja. Um dos bro, com aber- son e Diego & Victor tura dos por- Hugo. No line-up estã o tõ es à s 16h, e va i c o n t a r presentes alguns dos c o m a s artistas mais ouvidos em todo paı́s, seja nas rá dios ou aplicativos de mú sicas. Donos de sucessos como "Largado à s Traças", "Seu Polı́cia", "Notificaçã o Preferida", "Status Que Eu Nã o Queria", Zé Neto & Cristiano, por exemplo, sã o os artistas mais escutados no YouTube Brasil, seguidos de Marı́lia Mendonça, uma das preFotos: divulgação

cursoras do "feminejo". A cantora coleciona hits que nã o saem da boca do povo. Entre eles "Infiel", "Amante Nã o Tem Lar", "Como Faz Com Ela", e outros hits mais recentes c o m o “ C i u m e i r a ”, “Casa da Mã e Joana”. Neste ano o pú blico poderá escolher entre quatro setores para aproveitar a festa:

Pista, Area Vip, Camarote Open Bar (vodka nacional, cerveja, suco, refrigerante e á gua) e Backstage (vodka importada, cerveja, refrigerante, suco e á gua, alé m de serviço de buffet com salgados fritos, salgados assados,

canapé s, petiscos e frios variados). Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.blueticket.com.br ou nas lojas Ot i c a s D i n i z d e todo o Estado.


13 de outubro de 2018 09

Pronto-Socorro do Hospital Infantil de Vitória completa 1 ano de funcionamento Foto: Divulgação/Sesa

Na terça-feira (09), o Pronto-Socorro Drª Milena Gottardi, do Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Gló ria, completou um ano de funcionamento nas instalaçõ es do Hospital da Polı́cia Militar (HPM), em Bento Ferreira, Vitó ria. “Essa foi a maior intervençã o no atendimento pediá trico do Estado nos ú ltimos anos. Com a transf e r ê n c i a d o p r o n t o socorro do Hospital Estadual Infantil de Vitó ria para o HPM, contando com 105 novos leitos, o total de leitos do hospital aumentou de 171 para 276. E já foram iniciadas as obras para que a onco-

logia pediá trica saia de Santa Lú cia e vá para Bento Ferreira”, destaca o secretá rio de Estado da Saú de, Ricardo de Oliveira. Durante este perı́odo – entre 9 de outubro de 2017 a 4 de outubro deste ano – 40.097 crianças passaram pela classificaçã o de risco na unidade. Isso representa uma mé dia de 110,76 atendimentos por dia. De acordo com a diretora administrativa da unidade, Paula Aquino Souza, 68% dos atendimentos realizados no hospital sã o de ortopedia. Doenças do trato uriná rio representam 12% dos atendimentos; doenças do aparelho

digestivo sã o 8%; doenças do aparelho respirató rio, 7%; e atendimentos de cabeça e pescoço representam 5% das demandas do pronto-socorro. “Foram 40.097 crianças que passaram pela classificaçã o de risco na recepçã o do pronto-socorro. Dali, elas foram encaminhadas para terem o atendimento de acordo com as suas necessidades”, explicou. Melhorias Com essa reestruturaçã o, os pacientes e acompanhantes ganharam mais espaço e os profissionais de saú de tê m melhores

condiçõ es de trabalho. O espaço no HPM tem 888,32 metros quadrados e foi todo reformado para receber o serviço de urgê ncia e emergê ncia infantil, que está dividido em dois pavimentos. No té rreo, fica o serviço de pronto-socorro: acolhimento do paciente com classificaçã o de risco (atendimento inicial que classifica os pacientes priorizando os casos graves), consultó rios mé dicos, salas de observaçã o, centro cirú rgico com cinco salas, centro de exames de imagem e as salas de medicaçã o, curativos, punçã o e gesso. Há ainda, no té rreo, duas recepçõ es: uma para

Com a transferência do pronto-socorro do Hospital Estadual Infantil de Vitória para o HPM, o total de leitos do hospital aumentou de 171 para 276

entrada de pacientes e outra para entrada de visitantes e troca de acompanhantes para as enferma-

rias e a Utip, que funcionam no primeiro andar, ao qual se tem acesso por rampa.

Estudantes da Escola Viva Professor Fernando Duarte Rabelo realizam ação solidária

Fotos: divulgação

Os estudantes do E n s i n o M é d i o d a Escola Viva Professor Fernando Duarte Rabelo, localizada em Vitó ria, realizaram uma visita té cnica ao Centro de Vivê ncia 3, no bairro Santo Antô nio, també m na capital. A açã o faz parte da eletiva “Solidariedade: abrace essa causa” e teve como objetivo sensibilizar os jovens no sentido de ajudar o pró ximo. Coordenados pelos professores Izabella Capucho, Cellia Guimarã es e Adenilson Mendes dos Santos, os alunos debateram assuntos como respeito e amor pelo pró ximo e, para colocar em prá tica os temas discutidos em sala, foram à casa de acolhimento, onde puderam se aproximar e interagir com as crianças, por meio de um lanche compartilhado; mú sicas e brincadeiras. A casa visitada abriga 14 crianças. O educando Pedro

Ramos Samartin, da 1ª sé rie do Ensino Mé dio, explicou que, ao chegar ao local, ficou surpreso com a reaçã o das crianças. “Quando ouvimos falar em orfanatos ou asilos, pensamos logo que as crianças sã o deixadas de lado, mas vi que, na verdade, elas sã o bem tratadas e recebem muito carinho de seus cuidadores. Para mim, essa foi uma boa experiê ncia”, afirmou. Segundo a professora Izabella, essa foi

uma forma de mostrar a realidade vivida por muitas crianças. “O mundo precisa de mais amor e a escola é um ó timo lugar para começar a trabalhar isso. Ao ter o contato com essas crianças, os alunos puderam ver de perto sua realidade de vida e, com isso, eles sentiram empatia, que é se colocar no lugar do outro. A turma ficou emocionada e distribuiu muito carinho para as pessoas da casa. Foi um momento lindo”, disse.


13 de outubro de 2018 10

MEC abre consulta para sociedade discutir mudança no currículo escolar Foto: divulgação

Todos os estudantes do ensino mé dio deverã o ter a acesso a mais de um itinerá rio formativo no pró prio municı́pio onde estudam, de acordo com a revisã o preliminar das Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Mé dio, que foi divulgada pelo Conselho Nacional de Educaçã o (CNE) e está disponı́vel para aná lise e contribuiçõ es de toda a sociedade até o dia 23 de outubro. Alé m dos itinerá rios, as redes terã o que o fe r t a r u m a p a r t e comum a todos os estudantes, que será definida pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em discussã o no CNE. As diretrizes vigentes estã o sendo revistas pelo CNE para se adequarem ao Novo Ensino Mé dio, aprovado em 2017. Pela nova lei, os estudantes

poderã o escolher ter formaçõ es especı́ficas em linguagens, matemá tica, ciê ncias da natureza, ciê ncias humanas ou ensino té cnico. Uma das preocupaçõ es levantadas durante a discussã o da lei era a oferta das vá rias opçõ es aos estudantes, sobretudo em municı́pios menores. O documento disponibilizado pelo CNE diz que os sistemas de ensino devem garantir a oferta de mais de um

itinerá rio formativo em cada municı́ p io, permitindo aos estudantes a escolha, dentre diferentes arranjos curriculares, “atendendo assim a heterogeneidade e pluralidade de condiçõ es, interesses e aspiraçõ es”. O documento estabelece ainda que o Ministé rio da Educaçã o (MEC) deverá elaborar um guia para orientar as instituiçõ es e redes de ensino na implementaçã o dos itinerá -

Sedu abre seleção para diretor nas unidades Escola Viva A Secretaria de Estado da Educaçã o (Sedu) publicou na quartafeira (10), o edital do processo seletivo para seleçã o de diretor para atuaçã o em nove escolas estaduais de ensino fundamental e mé dio de turno ú nico. A seleçã o é destinada somente para profissionais efetivos. Todas as informaçõ es sobre a seleçã o estã o disponı́veis no edital publicado no Diá rio Oficial do Estado e també m no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br. Os interessados devem enviar a ficha de inscriçã o e demais documentos que se fizerem necessá rios para o email procseletivo.ev

@sedu .es.gov.br, contabilizando experiê ncia profissional, tı́tulos e assiduidade, e comprovaçã o de pré -requisito, conforme descrita no edital. As inscriçõ es deverã o ser efetuadas até o dia 19 de outubro. O processo seletivo será composto por trê s etapas. A primeira será a aná lise da inscriçã o e declaraçã o de tı́tulos. A segunda será a avaliaçã o das competê ncias e habilidades socioemocionais, avaliaçã o comportamental e té cnica. A terceira etapa é a convocaçã o e assinatura do termo de compromisso. O processo seletivo destina-se à formaçã o de cadastro e os profissio-

nais convocados para o ano letivo de 2019 serã o submetidos à formaçã o especı́fica, de participaçã o obrigató ria, para socializaçã o e apropriaçã o do modelo pedagó gico e de gestã o do Programa Escola Viva. Função O diretor escolar terá que coordenar a elaboraçã o coletiva, a execuçã o e a avaliaçã o do plano de desenvolvimento da unidade de ensino. Alé m de assegurar o cumprimento do calendá rio escolar, da legislaçã o educacional vigente e das diretrizes e normas emanadas do Sistema Estadual de Ensino.

rios formativos no ensino mé dio. A oferta de itinerá rios formativos deve considerar as possibilidades estruturais e de recursos das instituiçõ es ou redes de ensino. Para garantir a oferta de diferentes itinerá rios, podem ser estabelecidas parcerias entre diferentes instituiçõ es de ensino, devidamente credenciadas pelos sistemas de ensino. Caberá aos sistemas de ensino estabe-

lecer as regras para a escolha do itinerá rio formativo pelo estudante. Ensino a distância A revisã o das diretrizes estabelece ainda que as redes de ensino poderã o ofertar, no total, até 20% da formaçã o a distâ ncia. A modalidade pode ser aplicada tanto na formaçã o geral bá sica quanto nos itinerá rios formativos do currı́culo. E

preciso, no entanto ter suporte tecnoló gico e pedagó gico apropriado. A porcentagem poderá , a crité rio dos sistemas de ensino, chegar a 30% no ensino mé dio noturno. Na quarta-feira (9), a Comissã o do Ensino Mé dio da Câ mara de Educaçã o Bá sica do Conselho Nacional de Educaçã o colocou em consulta pú blica para contribuiçõ es da sociedade brasileira, O documento com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Mé dio está disponı́vel para aná lise e contribuiçõ es até o dia 23 de outubro de 2018 no site do CNE, em http://portal.mec.gov. br/conselho-nacionalde-educacao/ audiencias-e-consultas-pu bli cas. As contribuiçõ es deverã o ser feitas pelo e-mail dcnensinomedio.cne@mec.gov.br.

Aposentado e pensionista pode consultar o contracheque pela internet Aposentado e pensionista do Regime Pró prio de Previdê ncia Estadual (ES-Previdê ncia): quer acessar o seu contracheque via on-line? E um procedimento simples: clique no item “Contracheque”, disponı́vel na barra superior do site do Instituto de Previdê ncia do Estado (IPAJM). A pá gina é www.ipajm.es.gov.br . Apó s o devido acesso, aparecerá a tela referente ao Portal do Servidor e será necessá rio informar, nos campos em branco, nú mero de CPF e senha, que sã o obrigató rios. Caso tenha perdido a senha ou ela esteja incorreta, é possı́vel gerar um novo có digo informando o CPF e clicando

no link “Esqueceu ou nã o sabe sua senha?”, que está abaixo do botã o “Enviar”. Em seguida, o interessado deve aguardar as orientaçõ es de como gerar a nova senha que serã o encaminhadas diretamente para o email cadastrado no Sistema Integrado de Administraçã o de Recursos Humanos do Estado (Siarhes). Dú vidas? Ligue a Central de Atendimento do IPAJM nos nú meros 0800-2836640 ou (27) 3201-3180. Já aqueles que nã o estã o com e-mail cadastrado no Siarhes, ou que alteraram o endereço eletrô nico recentemente, a orientaçã o é que solicitem a atualizaçã o de seu e-mail.

IPAJM

Destaca-se que o IPAJM é responsá vel pela administraçã o do Regime Pró prio de Previdê ncia do Estado do Espı́rito Santo (ES-Previdê ncia), como gestor ú nico, apó s a implantaçã o da Lei Complementar 282/2004, e tem como competê ncias a concessã o e gestã o dos benefı́cios previdenciá rios de aposentadoria, pensã o por morte e auxı́lio reclusã o, bem como arrecadaçã o, investimentos e administraçã o das contribuiçõ es previdenciá rias dos ó rgã os e servidores do Estado.


13 de outubro de 2018 11

Renato Casagrande volta ao Governo e vai liderar política de enfrentamento ao crime Fotos: divulgação

Renato Casagrande foi eleito governador do Espı́rito Santo no ú ltimo domingo, 07, com

1.072.224 votos, 55,49% dos votos vá lidos. “Pai” do programa “Estado Presente”, Casagrande assumirá em 2019 priorizando a á rea. Segundo ele, será o pró prio governador a coordenar as polı́ticas de segurança pú blica do Espı́ r ito Santo nos pró ximos anos. Casagrande destacou que o programa será reativado nos mesmos moldes dos anos de 2011 a 2014. “ Va m o s r e i mplantar o es-

tado Presente com o conceito de o “governador lidera polı́tica de enfrentamento ao crime”. Nã o será o secretá rio de Segurança, porque segurança publica é a polı́tica mais transversal, tem a ver com as polı́cias, saú de, cultura, lazer, desenvolvimento urbano, educaçã o. Entã o é o governador que tem que liderar e se eu for eleito, vou liderar. O mé todo de trabalho será mantido, com reuniõ es das equipes de segurança para avaliar e planejar”. Para que o programa volte, també m serã o investidos na patrulha da comunidade, câ meras de videomonitoramento e ainda reativaçã o de setores da Polı́cia Militar. “Vamos voltar com o BME (Batalhã o de Missõ es Especiais), voltar com a Rotam (Rondas

Ostensivas Tá ticas Metropolitanas), corrigir injustiças, montar lei de promoçã o e motivar nossas polı́cias para que ela possa proteger a nossa sociedade”, destacou Renato Casagrande. Quando fala de injustiças, o governador eleito destaca, sobretudo, a postura da atual gestã o na greve da PMES, em fevereiro de 2017. “Aquele momento foi muito ruim para a sociedade. Faltou diá logo antes e depois. O saldo foi muito ruim para todos os lados: tanto no movimento da polı́cia que nã o poderia acontecer e do comportamento do governo produziu muitas mortes e um prejuı́zo econô mico. E até hoje a gente ainda está colhendo frutos malditos daquela manifestaçã o”, finalizou.

ES renova metade da bancada capixaba na Câmara Federal O Espı́rito Santo terá cinco novos deputados federais para representar os capixabas em Brası́lia a partir de 2019. O mais votado foi o atual deputado e s t a d u a l A m a ro N e to (PRB) com 181.813 votos. També m foram eleitos Felipe Rigoni (PSB), Da Vitó -

ria (PPS), Dra. Soraya Manato (PSL) e Lauriete (PR). Outros cinco parlamentares conseguiram se reeleger e vã o exercer mais um mandato. Continuam na Câ mara Federal Helder Salomã o (PT), Sergio Vidigal (PDT), Norma Ayub (DEM), Foletto (PSB)

e Evair de Melo (PP). A coligaçã o que fez mais deputados foi a em “Defesa da Vida e da Famı́ l ia”, formada pelos partidos PSL, PRB e PR. Nome e votos dos eleitos Amaro Neto (PRB) – 181.813 votos

Felipe Rigoni (PSB) – 84.405 votos Da Vitó ria (PPS) – 74.787 votos Helder Salomã o (PT) – 73.384 votos Sé rgio Vidigal (PDT) – 73.030 Dra. Soraya Manato (PSL) – 57.741

Renovação de 50% na Assembleia Legislativa A Assembleia Legislativa (Ales) renovará metade de suas cadeiras na pró xima legislatura. Dos 30 deputados eleitos no domingo, 15 já ocupam assentos no Parlamento estadual e 15 serã o novos na

Casa. A maior bancada na Casa será a do PSL com quatro deputados. O candidato mais bem votado foi Sergio Majeski (PSB), que obteve 47.015 votos. Majeski, que é deputado estadual atualmente, angariou 35 mil

votos a mais do que os obtidos na ú ltima eleiçã o, quando foi o deputado eleito com o menor nú mero de votos (12 mil). Dos 30 atuais deputados, 25 tentaram a reeleiçã o para a Assembleia, qua-

tro se candidataram ao cargo de deputado federal e um nã o disputou as eleiçõ es deste ano. Os novos parlamentares tomarã o posse no dia 1º de fevereiro do pró ximo ano, quando tem inı́cio a 19ª legislatura.

Capixabas mudam os representantes no Senado O Espı́rito Santo será representado no Congresso Nacional por novos senadores: Fabiano Contarato (Rede) e Marcos do Val (PPS). Os dois entram nas vagas deixadas por Magno Malta (PR) e Ricardo Ferraço (PSDB), que nã o conseguiram se reele-

ger. Contarato foi eleito pela coligaçã o “Um novo caminho para o Espı́rito Santo”, que reú ne os seguintes partidos: PRTB, Rede, Podemos, MDB, PMN e Patriota. Ele foi o candidato mais bem votado, atingindo 1.117.036 votos. Sua primeira su-

plente é Ana Paula Tongo (MDB) e o segundo, Bento (Rede). Já Marcos do Val foi eleito com 863.359 votos pela coligaçã o "Espı́rito Santo mais igual", composta pelas legendas: Avante, DC, DEM, PCdoB, PDT, PHS, PP, PPL, PPS, Pros, PRP, PSB, PSC, PSD,

PSDB, PTC, PV e Solidariedade. Os dois senadores eleitos tomam posse em 1º de fevereiro de 2019 para mandato de oito anos. A senadora Rose de Freitas (Podemos), candidata ao governo do Estado, tem mais quatro anos de mandato no Congresso.

Norma Ayub (DEM) – 57.156 votos Paulo Foletto (PSB) – 55.957 votos Lauriete (PR) – 51.983

votos Evair de Melo (PP) – 48.412 votos


13 de outubro de 2018 12

Jornal Noticia capixaba 13/10/2018  
Jornal Noticia capixaba 13/10/2018  
Advertisement