Issuu on Google+

Jornal

TodoDia

007

Exclusivo : superintendente da Sabesp garante

“Nossa ETE é a melhor”

Imagens do natal de 2009 da Fundação e Prefeitura

Fundação anuncia natal mais bonito de todos os tempos Eleição 2010: Uma nova chapa para a Associação

Total falta de comunicação quase transforma domingo em caos

Comercial de Campos do Jordão Siga-nos em http://twitter.com/castelfranchi campos do jordão 1


Eleição 2010 Nova Diretoria da Associação Empresarial e Comercial de Campos do Jordão

Em nossa chapa ninguém precisa aparecer às custas da Associação Comercial Defendemos que a ACE deve servir ao comércio, aos empresários à Campos do Jordão e ser, principalmente, independente da política. Somos do princípio que os políticos devem servir aos empresários, não ao contrário, como vem acontecendo. Vamos administrar a ACE como se fosse nossas empresas: com competência, honestidade, engajamento e comprometimento.

Alguns nomes que já fazem parte da nossa chapa Ricardo Castelfranchi - Revista Guia Turístico Ney - 1,99 Nova Sensação Sonia - Restaurante Nevada Serginho Abitante - Engenheiro Marcos - Vale Seguros Doca - Hidráulica Fernando Canepa - Orotour Garden Hotel Gaspar - Supermercado Roma Ike e Marcos - Pousada Via Campos Marilda - Matterhorn Malú - Malú Decorações Luiz Goshima - Fundação Lia Maria Aguiar Tomaselli - Chocolate Montanhês Rosangela - Escritório Atenas Gabriela - Casa do Pão de queijo Nilson - Madeireira N.S. Fátima Vera - Restaurante Charpentier Fernando De Marco - Anabela Marina e Gunther - Restaurante Só Queijo Marcelo - Escritório União Fran - Fran Frutas Lurdes - Alternativa A Julio - Supermercado BomBom Ana Paula - Fabriketa Eduardo E Amauri - Construtora Dolomiti Felipe - Depósito Dourado Laércio - Loja da Maria Valda e Lívia - Meta Ferramentas Felipe - Drogaria Avenida 2 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL

Ted - Guidos Edgar - Natureza Maluca Mário - Pimenta Pop Jonny - Hptel JB Cristiane - Malhas e Cia. Vasco - Baden Baden Juarez - Paloma Malhas Walter e Wilson - Imobiliária Cadij Roberto - Da Vinci Imóveis Artur - Muratori Imóveis Jony - Aquarela Papelaria Joseni - Grilo Autopeças Alvaro - Menoncello Vidros Suemi - Livraria Oya Ligia - Ponto & Linha Abiane - Campostur Yamada - Aguamais Siqueira - Security Master Dito Gonçalves - Campos do Jordão Imóveis Marcos - Chocolate Araucária Adolfo - A&D Decorações Roberto - Romalar Dito - Tech Campos Rosana - Caminho da Roça Simone - Sapeka Brinquedos Oriette - Oriette Calçados Ademir - Boteco do Vinho Muitas outras empresas estão apoiando ou participando dessa Chapa. Nas próximas edições a relação completa.


http://www.carinhadeanjobaby.com.br

Roupas, calçados, enxovais e móveis infantis

% 3662 6277

R . Brigadeiro Jordão, 438 Abernéssia (Ao lado da Ponto e Linha)

campos do jordão 3


Uma Lei, no mínimo, estranha

4 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


N

Criança com menos de 7 anos, no carro, só no banco traseiro e de cadeirinha. E de moto, pode ir desse jeito?

Foto Ricardo Castelfranchi

o esforço de passar por “Salvador da Pátria”, o governo impôs a obrigatoriedade do uso das cadeirinhas para as crianças até sete anos e meio, em automóveis. A reportagem, contudo, flagrou um pai com uma criança com no máximo 4 anos, sendo levada tranquilamente na garupa da motocicleta. A cena remete a uma enorme contradição: no carro, que é muito mais seguro, só é permitido à crianças menores de 7 anos e meio viajar no banco traseiro com cadeirinha e no da frente somente se ela tiver mais de 10 anos. Porém, a lei autoriza que a mesma criança ande na garupa da moto a partir dos 7 anos. Isso sem falar nos relatos de crianças que, com 8 e 9 anos de idade, acabam dormindo na garupa da motocicleta. Ainda sobre a cadeirinha: na falta dela, só mesmo a imensa boa vontade do guarda livrará o motorista da multa de R$ 191,54 – sem falar nos sete pontos na carteira de habilitação. campos do jordão 5


Caos no domingo

Lojinhas do Pico

O transtorno dos ciclistas neste domingo não foi apenas em CapivariJaguaribe. Impediram a estrada que vai à Campista e nem eu, nem meus clientes puderam ir ao Ecoparque. Além de perdermos um bom contato: interessados em fazer um evento desistiram de ir ao Pesca devido a balbúrdia. Estou indignada com o pouco caso da Prefeitura. Não se deram nem ao trabalho de comunicar à população com antecedência para podermos nos organizar e avisar os clientes. Tive um bom prejuízo! Estou estudando o que fazer ...Atos como este não podem ficar sem conseqüência. Ou estamos na cidade do “Vale Tudo” com benção da prefeitura? Monica Simonsen - Ecoparque Pesca na Montanha

Estou muito chateada e preocupada com o que houve com os lojistas do Pico. Foi uma ação bruta, radical. Mas os lojistas que estao lá por muitos anos, deveriam batalhar um espaço melhor aqui na cidade, fazer um polo comercial, que atenda toda população e o turista. Quando começou a pressão deveriam ter saído, pois ai já estariam com a situação um pouco mais resolvida. Sei que não deve ser fácil, pois a Prefeitura não ajuda, tudo muito caro , taxa disso, taxa daquilo. Não sei como alguns comerciantes sobrevivem. Mas seria mais correto se a Prefeitura desse apoio para que os lojistas pudessem montar uma área decente de venda. Aproveitando, para onde foram as barracas que eram do teleférico, ficou uma vergonha: local escondido, sem conforto para o cliente e para os logistas. Como pode uma cidade tão linda com estas diferenças. Era para termos em Capivari um ponto turistico de venda, uma feira livre de artesanato, etc... Os logistas teriam que melhorar muito o visual das barracas, mas daria para fazer um projeto lindo para Capivari. Boa sorte aos lojistas, pois as vezes as mudanças assustam, mas que tenham a graça para provarem que vão para um situção muito melhor. Patrícia Guedes

Fala a verdade, essa corrida foi uma palhaçada. Além de não avisarem aos motoristas ainda fazem o maior descaso com os moradores. Os funcionários do DSV acharam que eram as estrelas do dia. Eu precisava pegar um familiar com um bebe de 1 mês no bairro da Biquinha e o cara do DSV simplesmente me disse que se eu quisesse ir ate lá, que fosse a pé ou desse a volta pelo Alto da Boa Vista Como era um caso de urgência, dei a volta pelo Alto da Boa Vista. Para minha surpresa quando chego lá a pista estava dividida ao meio, e no Atalaia ainda tive que ficar meia hora esperando para poder descer. Ah. além do mais quem chegava ao Jaguaribe tinha que dar uma volta até a Rua do Corpo de Bombeiros pq não podia atrabalhar os ciclistas. Foi uma verdadeira palhaçada!!! Att - Janaina - contato_antenas@hotmail.com

Jornal TodoDia Quero comprimentá-los pelo brilhante e nescessário jornal. Parabéns. Gostaria de receber em meu e-mail o excelente jornal. Abraço, a todos. Roberto Correard Marcondes Parabéns pelo jornal virtual; um grande salto qualitativo na imprensa jordanense. Um abraço, Edgard - Natureza Maluca

Cozinha de Bistrô e La Villette convidam para o jantar da Cozinha de Bistrô no dia 26 de outubro no

Le Foyer Cardápio 20h30- Coquetel de boas vindas Entrada Salada primavera (sobre cama de alface americana com abacaxi, damasco, alho- porró, nozes e passas) Degustação Mini moqueca à moda da casa Prato principal Filé Mont Blanc (File mignon recheado com rúcula e queijo brie, acompanhado de fettuccini ao molho bechamel de gemas) Sobremesa Flambados na hora. Crepes recheados de frutas vermelhas flambadas ao cointreau, cobertas de chocolate (acompanha chantilly ou sorvete) Valor R$ 59,00- bebidas alcoólicas não inclusas Reservas pelo telefone 3664- 1532 ou pelo e- mail asstur@terra.com.br 6 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL

Cozinha na Monanha apresenta: DIA 22 ( SEXTA-FEIRA) Restaurante Charpentier ( Hotel Frontenac) convida para mais um Jantar Dançante ! O tema desta semana: “ UMA NOITE ITALIANA NA MONTANHA” Reservas: (12) 3669-1000 DE 21 de SETEMBRO a 24 de OUTUBRO TEMPORADA GASTRONÔMICA DA PRIMAVERA 2010 O Grupo Cozinha da Montanha, com seus 26 restaurantes associados os convida a apreciar pratos inéditos com TRUTA . Consumindo o prato da Temporada, pagando com Mastercard, ganhe um Brinde Gourmet ( garrafa de vinho 187ml Reserva Château Lacave, com rótulo Cozinha da Montanha).


“CONFIRA NOSSA VARIEDADE E OS MELHORES PREÇOS DA CIDADE”

TELHA ROMANA VERMELHA PROMOÇÃO R$ 1050,00 O MILHEIRO

Girador de churrasco

EMANA

DICA DA S

A LENHA O D N E H L O ESC GO NDO O FO E D N E C A E

CHURRASQUEIRA EM VIDRO COM COIFA, TUBO E CHAPÉU EM AÇO INOX ESCOVADO

Fogões caipira

TUDO EM 6X NO CARTÃO SEM JUROS

rvão. O arca de ca m a o b a 1) Escolha um oa procedência e ser de e ter b ma melhor carvão dev dá um aro le e is o p , eucalípto a quantià carne. uma pequen e ej p es d o o fogo. 2) No começ ara acender p as en ap ão dade de carv mais. icionando o ad vá Depois e acender maneiras d as ri vá d m edaço e 3) Existe sopar um p en é as el d cool e fogo. Uma ces) em al an fr ão p o (tip ão. pão velho aixo do carv eio e em b m o n o -l colocá cuidado. Acenda com

FOGAO COM FORNO E CHURRASQUEIRA COM PARCELAMENTO

10 X MASTER E VISA

TELHAS DE CONCRETO BIG DA ETERNIT *ALTA RESISTÊNCIA COM GARANTIA ETERNIT *ECONOMIA NO RIPAMENTO *MENOS TELHAS POR M² *ECONOMIA EM MÃO DE OBRA

Forno iglu

COLSULTE-NOS SOBRE ESSA NOVIDADE

RUA EMY DA COSTA, LOTE 40A - VILA ISABELA

Tijolo refratário

(À 100 METROS DO PORTAL DA CIDADE)

% 12 3664 2319 - 9177 6754

campos do jordão 7


Cutelaria Fina

Mais de 200 tipos de termĂ´metros

Viveiro dos Mellos 12 9761 3764 Rod SP 50 - Km 168 Bairro dos Mellos viveirodosmellos@teclamail.com.br

Passeios

Garantimos preços iguais ou melhores que São Paulo. A partir de R$ 12,00

Tenha a previsão do tempo sempre à mão consultar tambÊm a seção de vans

PASTELARIA

04

AlemĂŁo Av. Frei Orestes Girardi 1973 AbernĂŠssia mapa H9 Esquina do Pastel 3663 3175 Av. Macedo Soares 203 Capivari mapa D18 PastelĂŁo 46 3663 3590 Av. Macedo Soares 134 Capivari mapa C18 Rota 77 3662 6062 Rua Brigadeiro JordĂŁo 71 AbernĂŠssia (atrĂĄs da Caixa Federal) mapa J5

PEIXARIAS

01

Do Mercado 3662 6079 Av. JanuĂĄrio MirĂĄglia 1109 Mercado Municipal box 26 AbernĂŠssia mapa I6

PERFUMARIAS

06

Avenida Sylvamar 3662 1082 Av. Frei Orestes Girardi 1253 AbernĂŠssia mapa H8 Bouquet    = 

Rua Dora Ligia Richieri, 30 loja 4-A Vila Paulista mapa H9 CosmĂŠtico e Cia. 9743 8050 Rua Brigadeiro JordĂŁo, 522 AbernĂŠssia mapa J6 Etka 3662 1069 Av. Dr. JanuĂĄrio MirĂĄglia 1028 AbernĂŠssia mapa J6 O BoticĂĄrio 3662 4942 Av. Frei Orestes Girardi 893 loja 2 AbernĂŠssia mapa J6 VĂŞnus   =   Av. Frei Orestes Girardi, 1773 AbernĂŠssia mapa H7

PESCARIAS

03

Ecoparque Pesca na Montanha    = 3815 9699 (horĂĄrio comercial) Caminho da Pedra do BaĂş km 18 mapa saĂ­da C9 ecoparque@pescanamontanha.com.br www.pescanamontanha.com.br Truta Azul 3662 1259 R Paulo Lenz CĂŠsar 60 GaviĂŁo Gonzaga - no final da estrada do Hotel Toriba mapa saĂ­da M2

Termômetros digitais, analógicos, decorativos,  3663 2778 para piscina, sauna, culinåria, vinhos, clínicos, estaçþes meteorológicas e etc. 30 GUIA CASTELFRANCHI

97_castelfranchi58.indd 30

PASSEIOS

11/2/2010 00:19:20

Castelfranchi Cutelaria Fina - Tel. 12 3663 2778 Av. JanuĂĄrio MirĂĄglia, 2328 - Jaguaribe (ao lado do ColĂŠgio Objetivo) 8 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


campos do jord達o 9


Sonho de Natal da Fundação Lia Maria Agu

Natal mais de todos o Fotos Ricardo Castelfranchi

10 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


O

uiar será no Auditório Claudio Santoro

s bonito os tempos Acima, imagens do natal de 2009 realizado pela Fundação Lia Maria Aguiar. Abaixo, Luiz Goshima nos bastidores e com o cenógrafo Adolfo Kratza e o conselheiro da Fundação Ricardo Castelfranchi.

cenário cintilante e a magia do Natal estarão de volta esse final de ano. É o que promete a Fundação Lia Maria Aguiar, que levará ao auditório Cláudio Santoro a peça “Um Conto de Natal”, do inglês Charles Dickens (1812-1870). Com inspiração na atmosfera envolvente dos concertos conduzidos pelo violinista e maestro André Rieu, caracterizada por cenários exuberantes, figurinos vistosos, música de primeira linha, bailarinos impecáveis e até um toque de humor, esse evento dá um sinal de que o espetáculo terá feições grandiosas. Com dois belos Natais no currículo (2008 e 2009), a Fundação quer dar um novo salto esse ano. “Podemos garantir que esse será o mais bonito de todos os tempos”, afirmou o gerente de projetos da Fundação, Luiz Goshima Filho. Além de trazer em sua raiz o trabalho social feito pela Fundação, a peça foi formatada para tocar o coração dos moradores e turistas. “Dessa vez, queremos ver o jordanense na platéia”, disse Goshima. Para que o resultado final seja um espetáculo de encher os olhos, a Fundação contratou diretor de teatro, cenógrafo e figurinista. O palco, os camarins e a iluminação do auditório Cláudio Santoro já se alinham com o que há de melhor nos teatros brasileiros. O que está em andamento são os ensaios dos jovens que integram o Grupo de Dança da Fundação Lia Maria Aguiar. Durante o espetáculo também haverá a participação da banda marcial mantida pela Fundação, a Bamflima. “Estamos trabalhando por algo que irá se destacar pela excelência”, observa Goshima. Ele também ressalta que “será uma peça que vai de encontro à sensibilidade e ao bom gosto daquelas famílias que vem à estãncia no fim do ano, esperando encontrar uma bela atração de Natal”, destacou. “O evento é importante também porque o visitante se sentirá culturalmente recompensado”, acrescentou. Ele lembrou ainda que são essas pessoas que trazem retorno financeiro para a cidade. Goshima destacou ainda que ao trilhar o caminho de um evento com fundo social, a Fundação segue os princípios que regem a entidade. “Pelo que sabemos a Prefeitura irá cuidar da parte física, que é a decoração da cidade. Então decidimos montar um espetáculo com os nossos jovens, com tudo para ser algo inesquecível”, assinalou. Goshima frisou ainda que “o maior prestígio que a Fundação e as crianças podem ter, é a participação do jordanense”, disse. campos do jordão 11


Imagens da decoração de rua realizada pela Prefeitura

12 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Prefeitura empenhada nas atrações e decoração

A

subsecretária de Turismo, Márcia Filipo, aproveitou encontro com presidentes de várias associações, para reafirmar que a Prefeitura está montando uma programação de Natal. Contudo, não foi exibido nenhum projeto com o formato da decoração e nem foi informado quais atrações constarão do Programa. A subsecretária adiantou apenas que 35 corais irão se apresentar alternadamente no gazebo e na Praça São Benedito repetindo o sucesso do ano passado. Segundo ela, ainda não estava definida a data em que cada coral irá se apresentar. Ainda conforme a subsecretária, a concha acústica do Capivari também receberá três orquestras sinfônicas. Márcia antecipou ainda que mais uma vez a cidade contará com mostra de presépios. Ela também informou que na Praça São Benedito, as crianças poderão se divertir com atividades

que acontecerão numa casinha, cujo formato se assemelha ao desenvolvido na Páscoa. Embora a reunião tenha ocorrido na terça-feira, 5, até a quarta, dia 12, o programa carecia de algumas confirmações. Márcia Filipo recebeu o representante das seis associações jordanenses que foram apresentar um projeto paralelo de Natal. Nesse projeto consta concurso de redação com o tema Natal a ser realizado nas escolas, curso de vitrinismo de Natal, criação de cardápios natalinos, ações para incentivar o consumo da castanha portuguesa em criações culinárias e a realização de sorteios sob o nome de Natal premiado, proposto pela ACE e a Casa do Papai Noel, da iniciativa privada. Participaram do encontro os representantes da ACE, Associação dos Engenheiros, Asstur, Central de Pousadas, Convention Bureau e Cozinha na Montanha.

Associações unidas apoiam iniciativas

N

uma demonstração de reconhecimento e confiança nas ações da Fundação Lia Maria Aguiar, os representantes das quatro principais associações da estância se reuniram com Luiz Goshima Filho e, com o mesmo discurso, prometeram apoio aos eventos que a entidade venha a criar – principalmente no projeto de Natal. As declarações foram dadas três dias após o encontro realizado em setembro. Em volta da mesa estavam a Central de Pousadas, Convention Bureau, Cozinha na Montanha e ACE. Na última quarta,13, Sílvio da Matta (Convention Bureau), voltou a reiterar que dará apoio irrestrito aos projetos a Fundação está desenvolvendo. “Vamos incentivar e somar forças”, disse. Logo após o encontro que envolveu as cinco instituições, o presidente do Convention derramou-se em elogios para falar do Festival da Primavera, evento de música clássica organizado pela Fundação. Ao abordar o Natal, ele ressaltou o mérito da entidade em envolver a população e fazê-la sentir-se peça crucial no sucesso do evento, robustecendo por completo a máquina turística. “Temos que apoiar as ações da Fundação com todas as nossa forças”, afirmou. O presidente da Associação Comercial, Paulo De Marco, foi pelo mesmo caminho e também elogiou a estratégia da Fundação em reunir os jovens e suas famílias, para produzir cultura e dinamizar o turismo.

Ele exaltou ainda a seriedade das pessoas à frente da Fundação e lembrou que “antes as associações se reuniam para discutir quais atrações poderiam ser criadas. Aí veio essa entidade e mostrou como fazer, razões pelas quais ela tem o nosso apoio incondicional”, frisou. Já a presidente da Central de Pousadas, Marta Eisenlohr, observou que a reunião de setembro serviu para formalizar um bloco de apoio aos projetos da Fundação. “Ela terá nosso respaldo na organização do Natal e em todas as outras coisas”, disse. Marta também destacou que os empresários e as associações precisam ser mais participativos e dividir melhor as responsabilidades. “Não pode ser isso de cada um fechado para o seu negócio e acabou. Temos que ser solidários, mostrar união e estar do lado da Fundação”, assinalou. O vice-presidente do Grupo Cozinha na Montanha, Paulo César da Costa, enalteceu o caráter social com que a Fundação reveste os eventos organizados por ela. Depois, ao referir-se ao Natal, destacou que dois anos atrás, quando havia carências de atrações, a entidade soube preencher a lacuna. Ele considera positiva a aproximação das entidades com a Fundação e enfatizou que “gostaria de ver o engajamento de todas as forças organizadas em prol do Natal, sem nunca descartar a Prefeitura. Senão for assim, uma coisa esbarra na outra”,concluiu. campos do jordão 13


Total falta de comunicação quase transforma domingo em caos

Perdemos uma atração, ganhamos uma dor de cabeça

A

Um engarrafamento acapassagem de centenas bou se formando. Quem era da de ciclistas pela avenicidade tratou logo de escapar da Januário Miráglia, da avenida. Próximo do Baden e a interdição parcial da Baden uma bela estrutura foi avenida no trecho Jaguaribearmada para receber os ciclistas. Capivari, surpreendeu os Porém, pouca gente acompajordanenses e turistas que saínhou a chegada. O cearense ram de casa a fim de aproveiJosé Benoni da Costa (morador tar o domingo de primavera. de Marília), foi o primeiro a Sem que ninguém soubesse, receber a bandeirada, às 11:05. Campos do Jordão havia Adriana Nascimento também fez sido escolhida para servir de bonito e foi a segunda colocada palco à 5ª e penúltima etapa em sua categoria. Ela cumpriu o do “Claro 100K”, corrida cipercurso em 2h34 min, apenas clística que reuniu cerca de 90 segundos mais lenta que a mil participantes. A largada primeira colocada e 28 minutos ocorreu em Monteiro Lobato mais rápida que a terceira. Tere teve entre os participantes minada a prova, os organizadoa biker jordanense Adriana res recolheram as divisórias de Nascimento. Ela foi a segunFoto Ricardo Castelfranchi ferro mas largaram vários metros da colocada da categoria Elite Feminino. A prova realizada em Campos faz parte de uma de fita pelo chão. Até hoje, era possível vê-las retorcida copa que contou com etapas em Campinas, São Paulo no meio do asfalto. A Mídia Bike confirmou que não enviou ne(Rodoanel), Rio de Janeiro e Brasília. Em número de participantes, a copa se qualifica como a maior com- nhuma informação sobre o evento aos veículos de petição de ciclismo do Brasil. Só em Campos foram comunicação de Campos do Jordão. “Preferimos focar distribuídos R$ 150 mil em prêmios. Com tamanho em canais especializados”, disse o assessor de imprensa vulto (e grandes patrocinadores), o evento que tinha André Piva. Porém, ele deixou a entender que Monteiro tudo para ser prestigiado pelas pessoas da cidade, e Lobato recebeu uma atenção especial. “A Prefeitura de também pelos turistas, atraiu uma plateia reduzida Monteiro recebeu todos os nossos releases”, afirmou. simplesmente porque os organizadores não divul- Embora a Secretaria de Turismo e o DSV soubessem da garam o evento. Pior: a Mídia Bike Comunicação, prova, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campos empresa encarregada de transmitir as informações, informou que só ficou sabendo do evento na sexta-feira privilegiou Monteiro Lobato, local da largada, e não à tarde e não teve tempo de preparar nada. Já o Todo Dia reconhece que poderia ter “farejafez nenhuma publicidade em Campos. Não havia cartazes e nem mesmo faixas que anunciassem a do” que Campos sediaria uma atração dessa magnitude realização do evento. A assessoria de imprensa da e, além disso, poderia prevenir nossos leitores sobre transtorno que o congestionamento causaria. Prefeitura também ficou alheia ao evento. 14 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Perdemos: a jordanense Adriana Nascimento entre os vencedores

campos do jord達o 15


2010

X Semana do Recepcionista Vamos conhecer as principais atrações de Campos do Jordão. Com o intuito de integrar ainda mais os recepcionistas, balconistas e todos aqueles que atendem diretamente ao Turista ao que há de melhor na cidade, há 10 anos o Guia Castelfranchi organiza esse evento que já teve a participação de dezenas de jordanenses. Passeios, diversão, palestras e lanches fazem parte desse programa imperdível. Maiores informações com Valquiria no % 3663-3311

% 3664 1774

Av. Frei Orestes Girardi, 1371 Abernéssia 16 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL

Aqui é sempre Semana da Criança

sapekacj@ig.com.br


Roupas infantis de 0 a 14 anos

Lacoste, Hering Kids, VR Kids, Pituchinhu´s e PUC. Av. Macedo Soares, 420 - Loja 8 Shopping Jardim Miranda Vila Capivari Fone/Fax 3663 4773 mibebe@uol.com.br

Sala de Snoocker campos do jordĂŁo 17


Exclusivo : superintendente da Sabesp garante que

http://www.italiaristorante.com.br

18 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Pesadelo Rio sujo

e estação de tratamento de esgotos será uma das melhores

Novela da ETE perto do fim

O

sonho que muitas pessoas têm de ver o principal rio da cidade – o Capivari – renascer exuberante, despoluído e em harmonia com as ruas arborizadas, ganhou novo alento há 15 dias. Um grupo de especialistas confirmou, em relatório, que a faixa de terreno adquirida pela Sabesp próxima ao horto florestal, está tecnicamente habilitada a receber a futura Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O parecer é decisivo para que a Cetesb emita a licença que autoriza a construção do prédio da ETE. “O estudo é de alta envergadura. Tanto estamos seguros de que escolhemos o melhor local, quanto temos a certeza de que daremos a solução que a cidade espera para o esgoto gerado no município”, disse o superintendente da Sabesp no Vale do Paraíba, Oto Elias Pinto. Ele falou com exclusividade ao Todo Dia. Certo da aprovação, Elias despachou para a Europa três engenheiros. Nas visitas a estações da França e Inglaterra, eles irão colher subsídios técnicos que possibilitem fazer da ETE jordanense, uma das mais avançadas do mundo. O estudo na área próxima ao horto, um EIA-Rima (Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental), foi requerido pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente. O órgão determinou o levantamento após conselheiros do Parque Estadual, juntamente com uma ONG, afirmarem que a presença da ETE na região poderia incomodar os moradores do entorno e trazer certos prejuízos ao meio ambiente. A análise dos especialistas, no entanto, iluminou pontos que os opositores da ETE levantavam como sombrios. Anteriormente, engenheiros já haviam afirmado que não haverá vazamento de athel@hotmail.com

odor nem de ruído (as máquinas ficarão confinadas em ambientes com isolamento acústico). Além disso, destacaram que a água, ao deixar a estação, será tão limpa quanto à do rio Sapucaí Mirim. Oto chegou a elogiar a postura da ONG. No entender dele, a ONG chamava a atenção para que o meio ambiente não fosse ferido. Além disso, disse ele, as pessoas ligadas à entidade queriam o melhor para Campos do Jordão. “A ONG levantou questionamentos positivos, que vieram de encontro ao nosso propósito de buscar a melhor alternativa”, disse Oto. Ele voltou a frisar que a tecnologia adotada se alinha com o que há de mais avançado nas ETEs dos países mais desenvolvidos. “Pode até existir alguma parecida com a que vamos fazer em Campos. Porém, mais moderna não tem”, disse. Ele lembrou que a Sabesp dedicou 2009 a aperfeiçoar o projeto da ETE. “O extenso planejamento nos deixa seguros para afirmar que depois de executado, o projeto não gerará incertezas nem questionamentos do tipo: por que não fizeram desse jeito, por que não foram por aquele caminho”, observou. O EIA-Rima já está na Cetesb. Confiante na aprovação, o superintendente antevê que as audiências públicas poderão ser realizadas já em novembro. Em tese, seria o capítulo final da novela em que se converteu a ETE. Conforme Oto, se nada mais der errado, as obras finalmente recomeçarão em janeiro. As cobranças sobre a Sabesp vêm crescendo. Há 15 dias a prefeita Ana ligou para Oto para saber o que estava travando o processo. “Agora estou bastante seguro de que as coisas andarão rápido”, afirmou o superintendente. http://www.restaurantenevada.com.br

campos do jordão 19


Foto Ricardo Castelfranchi

Quem nos atende

Quem nunca precisou dos serviços da Autoelétrica Somi? E quem nunca viu o Carlinhos Somi saindo de dentro de um motor ou debaixo de um caminhão? Pois é, há mais de 30 anos ajudando o irmão Luiz Somi, ele conhece tudo da parte elétrica de qualquer veículo e está sempre disposto a resolver os problemas da forma mais rápida e eficiente, para o conforto dos clientes. http://davinci-imoveis.com.br

20 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Móveis

Utilidades

Eletrodomésticos

Fale direto com o dono. O Roberto vai estudar o melhor preço e prazo para você

Fale direto com o dono

Romalar

% 3662 2411

A Romalar está em novo endereço. R. Tadeu Rangel pestana, 370 - Antiga subida da S. Casa

Agora com estacionamento campos do jordão 21


! e d a d i v o Churros Salgados N Recheios Frango com Catupiry Calabresa com Catupiry Catupiry Cheedar Pizza

R$ 3,00

! ! ! e t n e m i r e p Ex www.superchurros.com.br

Disk Lanches: 3664 2683 - 9795 6071 Entregas no centro da Vila Abernéssia das 12h30 à 18h30

Av. Frei Orestes Girardi, 961 Abernéssia em frente à Casas Pernambucanas www.superchurros.com.br 22 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Foto Ricardo Castelfranchi

Quem nos atende

Geovani, Alini e Jéssica, fiéis escudeiros do Carlinhos Brazolim na suas lojas da Crocs e Brazolim Sports no Shopping Capivari, em Vila Capivari. campos do jordão 23


24 GUIA CASTELFRANCHI

EDITORIAL


Jornal Todo Dia 007c