Page 18

Ministério da Magia CONSTITUIÇÃO BRUXA DA NORUEGA

Paragrafo Único: Alguns seres e feras, entretanto, não podem ser criados em propriedades privadas, tais como: todas classificadas com XXXXX, cinzal, centauro, elfo da Bavária, erumpente, caranguejo de fogo, arpéu, sereianos, occami, diabrete, pogrebin, pomorim, tebo, trasgo, unicórnio e iéti. Art. 60° - As posses de criaturas proibidas em propriedades privadas acarretam na apreensão da criatura e prisão que varia entre 3 e 7 anos (determinada de acordo com a periculosidade da criatura). Casos mais graves, onde a posse é de criaturas classificadas como XXXX ou XXXXX que colocam a vida de trouxas e bruxos locais em risco, pode gerar a perda da propriedade. Art. 61° - Possuir uma criatura que a lei permite, mas sem registrá-la, causa apreensão da criatura e prisão para o bruxo portador (ou responsável legal caso o bruxo seja menor de idade) de acordo com a classificação da criatura: a. X: Prisão de 6 meses a 1 ano. b. XX: Prisão de 2 a 3,5 anos. c. XXX: Prisão de 5 a 6 anos. d. XXXX: Prisão de 7 a 10 anos e perda da varinha. Art. 62° - A caça a qualquer criatura mágica para obtenção de ingredientes de poções, itens ritualísticos, criação de capas da invisibilidade, produção de penas de escrita, produção de tinta ou outros itens quaisquer é punível com prisão perpétua. Paragrafo Único: É permitida a criação de criaturas que produzam itens de interesse mágico, desde que o produtor possua permissão do Departamento para Controle e Regulamentação das Criaturas Mágicas. Art. 63° - É terminantemente proibido criar condições propícias para tornar uma propriedade assombrada. Ou seja, a criação de espíritos por meios artificiais (como: provocar a morte e utilizar rituais de evocação espiritual) é punível com prisão de acordo com os seguintes critérios: a. Provocar morte: Pena de assassinato conforme estabelecido pela constituição. b. Rituais de evocação espiritual: Pena de prisão perpétua sem possível revogação da pena. Art. 64° - Criaturas mágicas dotadas de fala e inteligência humana ou quase-humana são merecidas de serem tratadas com dignidade, de forma igualitária. Reações de preconceito, xenofobia, racismo ou intolerância que causem o desequilíbrio da paz no mundo mágico são puníveis com prisão que varia de 3 a 6 anos e com a prestação de serviços comunitários para a comunidade mágica no geral conforme estabelecido pelo Juiz. Art. 65° - Criação ou infestação de pragas que causem desequilíbrio no ecossistema britânico e influenciem na vida de bruxos e trouxas é ilegal e passível de prisão entre 10 e 20 anos, de 18

Constituição Bruxa da Noruega  
Constituição Bruxa da Noruega  
Advertisement