Page 1

Principezinho

Vai principezinho Cuide bem da sua rosa Ainda que inerte E aparentemente sem vida Vem dela a beleza de seu universo É ela quem traz o frescor de seu ar Que importam seus espinhos?! Sua aparente fragilidade faz deles Seus mais astutos guardiões. Ela conversa contigo por entre a suavidade de suas pétalas Te enlaça num abraço encantado Apenas ela, ninguém mais, Anseia por seus cuidados Anela por zelo


Tem sede da sua água Fome de seu alimento A rosa, ó soberano.

Foi quem te acolheu Não você a ela Agora são cativos de um mesmo sentimento Já não importa quem ofereceu o primeiro olhar Quem primeiro abriu as portas da alma Ela se entregou em poesias Você se doou por inteiro É ela quem te fascina É você quem,por ela, vela Quem mandou se apaixonar?


Quem mandou não resistir?! Vai meu pequeno príncipe, cuide muito bem da sua rosa. Noh Oliveira Em estado [crônico] poético

Principezinho  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you