Page 1

17/ 10 A

FORTALEZA - CE

14

ISSN 2176-1345 ¦ Distribuição Gratuita

Ano VI - Edição nº 81 - Setembro 2014

NOTÍCIAS DO MEIO GRÁFICO, TÊXTIL & COMUNICAÇÃO VISUAL

Transfer & Serigrafia FEBRATEX Sucesso entre têxteis, segmentos da estamparia & sinalização

Stacey Charbin no Brasil Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

J-TECK3 & KIIAN DIGITAL consolidam marcas em parceria que vai trazer mais tecnologia de ponta para o mercado da estamparia digital

[1]


CARROSSEL AUTOMÁTICO MCA

Máquinas que produzem

resultados mogk.com.br

www.

PRODUTOS 100% NACIONAIS

MÁQUINAS P/ TRANSFER PRENSAS MANUAIS vanguarda.art.br

CALANDRAS

MTCF 500

MTCF 250

P/ JEANS PTI-5 Jeans

MTC 1.800

PTM-40 40 x 50 cm

PTM-42 Dupla 31 x 42 cm

AUTOMÁTICAS E SEMI-AUTOMÁTICAS

AUTOMÁTICA PTA-4000: 40 x 50 cm 52 x 72 cm

PTP-660: 96 x 66 cm

PTP - 15

SR-4 Prensa térmica Para etiquetas Em bobina

PTP - 900: 85 x 110 cm PTP-1450: 100 x 145 cm

PTP-400 Dupla

EQUIPAMENTOS P/SERIGRAFIA POLIMERIZADEIRA /SECADORA

MISTURADORES DE TINTA Elétrica e a Gás Modelos sob consulta

FLASH CURE MINI FLASH CURE Pré-secagem de tintas a base d'água ou plastisol

MESA ELÉTRICA DUPLA

MULT-MIX

Fone: 47

MTVR-20

MT-70

3323-5844

www.mogk.com.br mogk@mogk.com.br Rua 2 de Setembro, 2.877 - 89052-505 - Blumenau - SC

[2]

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


editorial

Delegacia

Anti-Pirataria Seja como for e apesar de algumas resistências, a ideia está em discussão aberta... Presente nos encontros, a Dudalina tem sido uma das empresas mais atacadas pela pirataria no Brasil. Agora, espera-se que a ideia vire ação e que as autoridades (pagas e muito bem pagas, pelos altos impostos às empresas nacionais...) também colaborem com este ato, pois, não basta o empresariado ousar enfrentar isoladamente o problema! João Barcellos

17/ 10 A

14

Sucesso entre têxteis, segmentos da estamparia & sinalização

J-TECK3 & KIIAN DIGITAL consolidam marcas em parceria que vai trazer mais tecnologia de ponta para o mercado da estamparia digital

Stacey Charbin no Brasil

I&C

REVISTA

Saiba +

30 Anos De Indústria Brasileira

FORTALEZA - CE

2014

ISSN 2176-1345 ¦ Distribuição Gratuita

Redação 11 4703.3077 JB 9 9966.5246 Junior 11 9 6898.3230

APLIKE

Sempre presente nos pontos de opinião

Carrossel Automático Excelência MOGK Phenix Máquinas

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

VITRINE EMPRESARIAL 06 · SilksMig / meio século de qualidade para serigrafistas PERSONALIDADE 06 · Stacey Charbin ESTAMPARIA, MODA & TÊXTIL DIGITAL 8 · Digital Metal /novidade Kurz

o mundo da serigrafia ao seu alcance

ESPECIAL 11 · Danielle Ambrogi · Cristina Gonçalves · As feiras da FCEM 2015 NOSSA CAPA 12 · Transfer & Serigrafia · Feira FFIC PAINEL FEBRATEX 13

FEBRATEX

jb@impressaocores.com.br / junior@impressaocores.com.br

PROMOÇÕES

NOTÍCIAS DO MEIO GRÁFICO, TÊXTIL & COMUNICAÇÃO VISUAL

Transfer & Serigrafia

www.impressaocores.com.br

PRODUTOS &

MERCADO 04/05 · J-Teck3 & kiian Digital unem forças e fortalecem a Impressão Digital

REPORTAGEM 10 · Pré-Impressão Digital / gráfica & têxtil · A importância da Signs Nordeste

Título/Marca de TerraNova Comunic 02.206.278/0001-45 NAE 58822100 Certificado Digital // NF@ Corresp.: Cx. Postal nº16 06717-970 Cotia/SP Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] & João Barcellos Dep Comercial / JUNIOR Dep Jurídico / Dr Luiz Silva Projeto Gráfico / Pedro Caetano Web / Georg Hans Impressão / QuatroCor Gráfica e Editora

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

SUMÁRIO

REGISTRO 9 · Febratex / Palestras & Encontros · Transfer Contínuo / tecnologia Mogk

Ano VI - Edição nº 81 - Setembro

EXPEDIENTE

Tal é a impunidade e a cara-de-pau da bandidagem que empresas ligadas à entidade Santa Catarina Moda e Cultura / SCMC debatem agora a criação de uma Delegacia AntiPirataria para atuar especificamente no setor da Moda e Vestuário. A revelação foi feita durante a apresentação da SCMC no espaço de imprensa da Febratex, em Blumenau, e continuada em encontros na Tecnoblu. Empresas continuam a enfrentar fortíssima pressão econômica por causa dos seus produtos pirateados, situação que se avoluma com a carga fabulosa do custo-brasil.

TECNOLOGIA 14 · Sun Chemical / Embalagem & Laminação

ASSINATURA

12 Edições por R$50,00 Deposite R$50,00 p/ TerraNova Comunic Banco do Brasil Agª 0916-4 cc 29845X e envie cópia do doc c/ os seus dados p/ revista.ic@uol.com.br ou ligue 11-4703.3077

[3]


KIIAN DIGITAL & J-TECK3 unem forças para enfrentar os desafios

FUTUROS DA IMPRESSÃO DIGITAL Kiian Digital e J-Teck3 estão unindo forças para criar um novo grupo com capacidade ampliada e mais recursos para enfrentar os desafios decorrentes do crescimento do setor de impressão digital. Ambas as empresas têm um histórico de inovação, qualidade, confiabilidade e desempenho financeiro. O novo grupo reflete a consolidação estratégica no mercado de impressão digital, com as duas empresas mantendo sua independência. J-Teck3, que acaba de celebrar seu 10 º aniversário, tem uma abordagem de negócios tecnologicamente orientada que permite o rápido desenvolvimento de novos produtos. J-Teck3 trouxe ao mercado uma grande variedade de tintas dispersas, de sublimação e de pigmentos para a impressão digital.

Impressora Em Rolo & Flash Cure Dois equipamentos, duas necessidades no mercado da estamparia: a Impressora Em Rolo e a Secagem Localizada (Flash Cure).

Excelência na fabricação e comercialização de equipamentos serigráficos

plastisóis e base d´água.

Carrossel Têxtil

Tanque de lavar telas

A conceituada fabricante brasileira Phenix Máquinas produz os dois equipamentos dentro das normas internacionais de segurança e aplicabilidade.

Impressora Em Rolo é cada vez mais utilizada na produção de estampas em fitas e crachás.

Esticador Mecânico

Linha UV

Flash Cure é essencial em toda a estamparia localizada na pré-cura de tintas

PHENIX [www.phenixmaquinas.com.br / 41-3633.1008]

[4]

Tel.: (41) 3633 1008

www.phenixmaquinas.com.br Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


mercado Kiian Digital tem uma longa história de fornecimento de produtos químicos e tintas digitais e é considerado como um parceiro comercial confiável em mais de 90 países! Juntando forças, as duas empresas irão gerar um aumento significativo da cobertura global para todos os segmentoschave com um portfólio conjunto de tintas que é compatível com uma ampla variedade de cabeças de impressão digital presente no mercado. Mantendo seu foco em padrões da indústria de alta qualidade e em dirigir a expansão do mercado internacional, o novo grupo vai dar à base de clientes os benefícios de um combinado de R&D e serviço ao cliente. Ambas as equipes de gestão, incluindo os antigos proprietários J-Teck3, continuarão plenamente envolvidos no desenvolvimento contínuo do negócio. Ou seja: o que é Kiian Digital e o que é J-Teck3 continuam como marcas em projeção global com tecnologias de ponta! Informações: J-Teck3 / Sérgio Antonio Schmitz, diretor, e Fabricio Christoff, gerente de negócios e operações: vendas@j-teck3.com.br / fabricio@j-teck3.com.br (+55 47 3267-8400) Kiian Digital / Roland Biemans, diretor de marketing, roland.biemans@kiian.it (+39 031 9090172 - +39 3440509070) Jonathan Wake Bespoke PR / jonathanw@bespoke.co.uk (+44 0 1737 215200)

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

[5]


vitrine empresarial

personalidade

SILKSMIG A impressão que fica!

Stacey Charbin no Brasil OS DESAFIOS,

S

ilksmig é uma empresa mineira que há quase meio século, isto mesmo!..., meio século, oferece ao mercado serigráfico o que há de melhor em produtos para estamparia e comunicação visual. Através de uma escolha criteriosa de fornecedores a empresa disponibiliza produtos caracterizados pela qualidade, o que garante aos clientes a mesma qualidade nos produtos acabados. Esta é a cultura da Silksmig que, desde 1966, está atenta aos novos lançamentos e à demanda do mercado, ministrando cursos, disponibilizando fichas técnicas e oferecendo um espaço de testes e demonstrações de produtos: o Laboratório Silksmig.

O fundador da empresa, seu Bira, tornou-se exemplo de inovação na área da estamparia serigráfica e da sinalização ao repassar os seus conhecimentos para colegas e aprendizes, de tal maneira que a ação é uma das bandeiras que a Silksmig continua a agitar com todo o sucesso.

www.silksmig.com.br contato@silkmig.com.br 31-3422.6680

EU APOIO A MODA BRASILEIRA Saiba + lectra.com

[6]

tendências e as principais estratégias para a indústria mundial da moda e vestuário foram os temas analisados por Anastasia (Stacey) Charbin, diretora global de marketing de Moda, na Lectra, em palestra para empresários e jornalistas no dia 13 de agosto, no hotel Blumenau Plaza. Especialista há mais de 20 anos em moda e em tecnologia para moda, Stacey apresentou sua visão Lectra sobre os principais fatores que moldam esta indústria, como o fast fashion, o varejo on-line e o sistema de produção lean, embasado na eliminação do desperdício. Obviamente, com uma experiência de 20 anos em moda e tecnologia para a moda, Stacey Charbin aproveitou para estabelecer alguns paralelos com o mercado brasileiro e o fez com uma simpatia que cativou as pessoas convidadas. Formas de repensar os modelos de negócios, com base no estudo de 4 componentes – proposta de valor para o consumidor, fórmula de lucratividade, recursos chave e processos essenciais –, analise de estratégias utilizadas por grandes marcas da moda, como o investimento em novas lojas próprias, expansão internacional e as spin-offs [conceitos e empresas derivadas, por exemplo, de pesquisas mercadológicas e científicas]. O atual perfil do consumidor mereceu alguns comentários – a saber: a turma da moda está mais plugada, logo, mais informada, e é responsável por aproximadamente 950 milhões de blogs e 2,6 bilhões de perfis no Twitter que tratam do assunto; isto representa um grande desafio para a indústria, que precisa atender a um público mais exigente e com mais opções, por isso, Stacey Charbin abordou a estratégia de pdv [ponto de venda], a marca, o e.commerce, a cadeia de suprimentos e a logística. Revista Impressão & Cores · Setembro · 81    


Revista Impress茫o & Cores 路 Setembro 路 81

[7]


estamparia moda & têxtil digital

Estamparia Moda Têxtil Digital

KURZ

efeitos

METÁLICOS em impressão

DIGITAL

A empresa Leonhard Kurz, tradicional fabricante de revestimentos decorativos e funcionais como hot stamping, cold stamping, inmold decoration, etc., iniciou a comercialização do seu novo produto Digital Metal, que permite a aplicação de acabamentos metalizados em impressão digital e oferece uma solução completa que compreende uma máquina de transferência com o Liner DM, um software associado baseado na web e a fita Digital Metal especialmente desenvolvida para este processo. O DM Liner transfere a fita Digital Metal a uma velocidade de 5 a 30 metros por minuto e pode processar papel com gramaturas entre 90 e 350 g/m² e formatos de 210 x 297 a 390 x 500 mm. A fita está disponível em cores ouro ou prata e padrões holográficos; o software baseado na Internet fornece uma visão geral do consumo e estoque disponível. Através do princípio “pay per click” o usuário só paga quando ocorre o efetivo consumo da fita. A tecnologia Digital Metal permite metalização parcial com alto nível de brilho que não é alcançável usando tintas de pigmentos metálicos. Todas as vantagens da impressão digital podem ser plenamente utilizadas permitindo obter efeitos de metalização parcial, degradê e personalização como a impressão de nomes e datas. 3 Passos para um brilho metálico // O processo envolve três etapas: 1º O desenho desejado é impresso no substrato através de toner seco ou líquido; 2º A fita Digital Metal é transferida para as áreas impressas com toner; e 3º Pode ser feita uma sobreimpressão permitindo assim obter uma vasta variedade de tons e cores metálicas. Mais informações: www.digital-metal.net // vendas@kurz.com.br ou pelo tel (11) 3871-7340

[8]

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


registro Febratex / eventos paralelos

PALESTRAS & ENCONTROS

A

maior feira para a indústria têxtil das Américas promoveu o debate sobre os processos da cadeia têxtil e apresentou as tendências do mercado A programação também conta com o Seminário Tecnológico da ABTT – Associação Brasileira de Técnicos Têxteis, que apresenta temas como planejamento de produção, tratamento de efluentes e sustentabilidade, conceitos e tendências, história da indústria têxtil a partir do Vale do Itajaí, entre outros. Passaram pelo espaço aberto professores, técnicos, promotores de vendas, historiadores e artistas – a saber: Lincoln Lopes (Senai-Cetiqt), Edson Jaccoud e Márcia Malpighi (Carlin-Groupe), Francisco Piancó Jr (Audaces), Marta Sales (Costura Perfeita), João Barcellos (Revista Impressão & Cores e grupo Noética), Alexandre de Caprio (Senai-SP), Maria José de Carvalho (Revista Textilia), Patrícia Souza (UseFashion), Wan Chi Ming (Senai-SP), Nelson Balker Junior (Metalnox), José Roberto Schumamacker (Abramaco), Danielle Ambrogi (Lectra), Bruna Ortega (WGSN), Moisés José de Abreu (Senai-SP), Iolanda Wutzl (Guia Jeanswear), Fábio Tolosa Miranda (Epson), Cristina Gonçalves (Lectra) e Norberto Arena (Arena Bureaux). Três dezenas de palestras tiveram o remate de uma Mesa Redonda sobre o Têxtil Verde, com Vivi Haydu (Revista Têxtil), Leopoldo Nóbrega (Arte Plenna / Pernambuco), Maria do Carmo Xavier (Universidade Rural de Pernambuco), ABTT e FCem. Enquanto a Lectra proporcionava o encontro com Stacey Charbin em palestra sobre oportunidades de negócios com a inovação tecnológica e as novas tendências, a Hering recebia empresários e jornalistas para mostrar novos conceitos embasados numa única filosofia: prosperidade com trabalho, muito trabalho. E perto, a Tecnoblu abria as portas para demonstrar como a inovação e a reestruturação mental transformam pessoas e empresas com a simplicidade do gesto solidário. Temática que também orienta a entidade Santa Catarina Moda e Cultura – SCMC, que se mostrou no espaço de imprensa da Febratex e já batalha pela instalação de uma Delegacia Anti Pirataria...! [Revista Impressão & Cores // Colaboração editorial da agência ´Persona´ e da fotógrafa Giselle Seibil]

João Barcellos

SCMC

Lincoln Lopes

Norberto Arena

Danielle Ambrogi

Cristina Gonçalves

Stacey Charbin

Mesa-redonda Têxtil Verde

Iolanda Wutzl

MOGK / SUBLIMAÇÃO

MÁQUINA PARA TRANSFER CONTÍNUO A máquina para transfer contínuo [mtc] produzida pela Mogk em sua planta industrial 100 % brasileira de Blumenau (Santa Catarina), possui características diferenciadas – a saber: - Sistema rápido, prático, silencioso e econômico para transferir por sublimação das imagens impressas em papel transfer para tecidos a base de poliéster de forma contínua. - Cilindro térmico aquecido por resistências elétricas com óleo térmico, para que a uniformidade da temperatura seja mantida em toda a superfície do cilindro. - No break para retirada do produto a ser transferido no caso de falta de energia. - Esteira auxiliar com inversão de rotação.

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

www.mogk.com.br

// Fone:(55 47) 3323-5844

[9]


reportagem

PRÉ-IMPRESSÃO

Signs Nordeste vitrine para um Brasil novo Quando se falava do nordeste escutava-se amiúde ser “terra de gente brava entre coureiros, agropecuária, facção têxtil e muita música sensual em arrasta-pé”. Hoje, o eixo-norte-nordeste

O

sistema de impressão em aplicação é que determina a pré-impressão e, então, a qualidade do produto acabado. A fase de pré-impressão agrega todos os estudos sobre um produto a ser graficamente processado, portanto, o momento em que tintas, substratos e equipamentos são adequados aos pedidos da clientela gerando os arquivos necessários aos vários procedimentos da ficha operacional. Eis que é gerado o ´filme´/ fotolito através de imagesetter [equipamento digital com tecnologia laser para a produção de filmes e quadricromia] ou direto de matrizes para a mesa de impressão. Sejam textos ou imagens tudo é processado digitalmente para ser reproduzido graficamente, o que equivale a dizer, também, para a estamparia... Por isso, para cada tipo de impressão/ estampagem existem especificações operacionais.

responde por tudo isso e mais parques industriais expandindo negócios entre gráficos, serigrafistas, têxteis. A produção de material impressão para sinalização, engenharia e objetos promocionais, por exemplo, nos segmentos da gráfica rápida, estampa digital, serigrafia e tampografia, é agora parte da crescente e já estabilizada economia nortenordestina. A realização Signs Nordeste, feira de máquinas e de insumos para estes segmentos, em Fortaleza, evidencia uma realidade: o nordeste capturou a essência do progresso com investimentos adequados. E esta feira Signs Nordeste, promovida pelo Grupo FCem, consolida-se na Edição 2014 como vitrine para um Brasil novo.

Pode se dizer que a pré-impressão digital igualou os processos de criação de páginas de textos e imagens com os da gravação e os têxteis, porque as ferramentas geradoras estão no computador, mesmo quando a pessoa que cria esboça com lápis no papel a ideia original para depois a verificar tridimensionalmente na telinha. SIGNS NORDESTE // de 14 a 17 de Outubro no Centro de Eventos do Ceará – Fortaleza [www.signsnordeste.com.br]

[Imagens: Epson, Lectra e HP]

[ 10 ]

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


especial

FCEM 2015

COLLABORATIVE

FASHION

Feiras & Oportunidades

Processo Inovador para a Indústria de Moda e o Vestuário

Danielle Ambrogi, que dirige o departamento de marketing da Lectra, no Brasil, esteve no início da tarde do dia 14 de agosto no espaço aberto ABTT/FCEM para expor o conceito Collaborative Fashion – um processo inovador desenvolvido para o meio empresarial e visando especialmente os segmentos de Moda e Vestuário. Pessoas, Soluções & Processos, eis o tripé que deu base ao tema Collaborative Fashion e que Danielle Ambrogi voltou a expor depois de outras palestras em vários locais do Brasil, tal é a importância das tecnologias e do tipo de recursos humanos em jogo na era digital que a Lectra inova antecipando conceitos e tendências de Bordeaux para o Mundo. Empreendedorismo criativo e participativo no todo (desde a criação ao chão de fábrica passando pelo acabamento e entrega do produto) é parte do ´dna´ Lectra que em si mesma é um exemplo de collaborative development Corporation (empresa de desenvolvimento participativo). A palestrante foi escutada com atenção e nem seria para menos: a informação pública é tão mais valiosa quando veicula tecnologias e conceitos modernos que permitem trabalhar e viver com conforto – traço marcante da ação Lectra.

UMA NOVA ERA NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO Cristina Gonçalves, técnica portuguesa a serviço da Lectra, fez palestra na tarde do dia 15 de agosto, durante a Febratex, em Blumenau, para demonstrar como “a tecnologia pode ajudar a integrar a criação ao processo de produção, promover a colaboração entre equipes, reduzir time-to-market, além de facilitar a gestão de mudanças”. Com apoio videográfico e uma linguagem acessível para as dezenas de pessoas do auditório, Cristina Gonçalves sublinhou a importância de um novo olhar empresarial na captação dos recursos tecnológicos que minimizam desperdícios e ajudam no custo-benefício, mais ainda com as ferramentas digitais tridimensionais que possibilitam a modelagem virtual de uma coleção de moda, objetos de decoração e estofados. “As novas tecnologias trazem o desafio de gerenciar a mudança aplicando-as em equipe”, enfatizou, levantando a bandeira da Lectra que ressalta a inovação entre tecnologia e recursos humanos. As informações e a simpatia da técnica portuguesa levaram algumas pessoas da plateia para o stand da Lectra onde puderam verificar na ´real´ o processo virtual da era digital. Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

As edições de 2009, 2011 e 2013, receberam milhares de visitantes [média de 15.000 pessoas] que puderam verificar novos equipamentos de estamparia, fiação, tinturaria, etc., além de que o empresariado movimentou negócios expandindo os diversos segmentos com tecnologias convencionais e digitais. Por outro lado, em evento paralelo, a Associação Brasileira de Técnicos Têxteis – ABTT, em perfeita sintonia com os projetos do Grupo FCEM, promoveu ciclos com conferencistas de alto gabarito técnico-educacional. A edição de 2015 aguarda você... [www.tecnotextilbrasil.com.br/início]

Depois de 4 edições [2007, 2009, 2011 e 2013] com grande sucesso de público e resultado econômico, o Grupo FCEM incorporou, ainda em 2013, uma feira paralela para exibir o mercado coureiro-calçadista – a FEMICC. O desempenho do empresariado norte-nordestino nas áreas têxtil/moda e coureiro-calçadista, assim como nos segmentos da comunicação visual [gráfica rápida, serigrafia, tampografia, estampa digital / trasnsfer, etc.], motivou a realização, primeiro, da MAQUINTEX, e logo da FEMICC. Na verdade, o crescimento dos parques industriais e da economia norte-nordestina fez o Grupo FCEM perceber uma nova realidade brasileira e, em tal leitura de economia política, apostar na expansão tecnológica e socioeconômica dessas regiões. A edição 2015 dos eventos MAQUINTEX / FEMICC vai proporcionar a amostragem de novíssimas tecnologias, desde a criação do objeto ao corte, impressão e acabamento. [www.maquintex.com.br/inicio // www.femicc.com.br/inicio] [www.tecnotextilbrasil.com.br/início] LANÇAMENTO

Tel./Fax

11 2705.4577 Solda Eletrônica CCL

Solda Eletrônica CGA

Ilhoseira

www.ciatecmaquinas.com.br · ciatecmaquicas@hotmail.com Rua Jacarandá Preto, 689 - Jd Panorama - 03251-070 São Paulo - SP

[ 11 ]


nossa capa

Transfer & Serigrafia Hoje, que é 2014 e vivemos a era das tecnologias digitais, também vivemos (porque produzimos) as tecnologias convencionais tanto nas gráficas como nas estamparias. É absolutamente irreal afirmar que a plataforma digital simplesmente derrubou o modo simples, artesanal e semiautomático de produzir bens de consumo. Nada disso. E o que se vê é uma interação de ferramentas e conceitos no sentido de criar áreas operacionais sustentáveis em todos os parques industriais. Por isso, “o Transfer – que é a estampagem por termotransferência – utiliza-se dos princípios gráficos e [muito] dos serígrafos para a produção das etapas de préimpressão, daí que a Serigrafia é um dos fatores da tecnologia de aplicação que tem passado e faz o futuro no presente” [ J. Barcellos in “Tecnologias de Aplicação”, durante palestra na feira Agreste Tex, Caruaru-2014]. Eis por que “diante da estampa termotransferida o serígrafo é um profissional que vivencia o convencional e o digital por assimilar os dois mundos tecnológicos na mesma plataforma operacional” [ J. Barcellos in “Tecnologias de Aplicação” durante palestra na Febratex, Blumenau-2014].

É óbvio que a produção de estampas por sublimação e com tintas especialmente formuladas para as impressoras digitais [plotters] tornouse uma realidade, mas não uma fatalidade para gráficos e serígrafos – e devemos anotar: milhares e milhares de papeis transfer são produzidos em off-set e em serigrafia para atender a formidável demanda de peças para turismo, eventos corporativos e familiares, além dos desportivos. E, mesmo assim, a sublimação digital tem espaço próprio no mesmo mercado, embora domine o quadro de coleções e amostras pelo não menos formidável custobenefício que proporciona. Até mesmo para o meio gráficoserigrafista, na primeira década do Séc. 21, fabricantes de equipamentos, tintas e papeis, apresentaram novidades de modernização tecnológica que fizeram os profissionais destes segmentos atingirem metas de qualidade em impressão e acabamento.

Obs.: Editorial produzido com base na

observação de equipamentos e insumos das

empresas Embaplan, Mogk, Papeis Havir, Coop, J-Teck e Phenix Máquinas.

Feira de Fornecedores da Indústria de Confecção / FFIC Será realizada no segundo maior polo de confecções do Brasil – Maringá, Cianorte e Apucarana. De 25 a 27 de Junho de 2015 no Pavilhão de Exposições de Maringá. Temos como objetivo promover o primeiro encontro da cadeia industrial do setor reunindo fabricantes de máquinas de costura, corte e enfesto, modelagem, softwares, automação, tecidos, couros, máquinas bordadeiras, serigrafia, estamparia, fios, sublimação e impressão digital. O evento já conta com o apoio dos Sindicatos de Maringá e Cianorte – Sindvest e Sinveste.

[ 12 ]

DIRETRIZ 41-3075.1119

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


painel

Febratex 2014 Vitrine de Tecnologias & Sucesso Empresarial Promovida pela empresa Feiras, Congressos e Empreendimentos / FCem, a 14ª edição da Febratex – Feira Brasileira para a Indústria Têxtil, realizada de 12 a 15 de agosto, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (Santa Catarina), recebeu cerca de 90.000 profissionais do segmento têxtil, confirmando as expectativas iniciais e a sinalizar um novo cenário, mais otimista, para o setor que evidencia a inovação tecnológica como caminho para o desenvolvimento da indústria nacional já embasado na sustentabilidade. Mais de 50 países e 2.250 marcas mostraram as novidades em equipamentos, acessórios, insumos e matérias-primas, informações técnicas e tendências comportamentais e de varejo. “Os profissionais do setor encontraram na feira os principais lançamentos em máquinas, acessórios e insumos, o que torna o evento essencial no calendário para a modernização e o fortalecimento de toda a cadeia produtiva têxtil”. E completa: “Além do expressivo volume de vendas realizadas durante o evento, os resultados dos contatos comerciais iniciados no evento serão concretizados em negócios ao longo dos próximos meses e esta é a verdadeira missão de uma feira de negócios”, disse Hélvio Madeira Junior, diretor da FCem. A gerente de marketing da Lectra, Daniela Ambrogi declarou: “A edição 2014 da Febratex foi muito positiva e uma excelente oportunidade para encontrarmos nossos clientes e divulgarmos nossas soluções para potencias clientes de todo Brasil [...].

ALQUIMIA, MODA & COMUNICAÇÃO VISUAL

A atração este ano foi a sala de corte com a máquina Vector FashionIX6, a enfestadeira XBrio 100 e a Post Print, a etiquetadora que elimina a impressão do risco. Esta sala de corte foi concebida dentro do conceito do Lean Manufacturing. A solução Modaris Expert 3D  de modelagem e prototipagem também fez muito sucesso. Com o Modaris Expert 3D é possível desenvolver a modelagem plana, testá-la em manequins virtuais 3D simultaneamente e realizar todos os ajustes necessários dispensando a produção de protótipos físicos. A cada alteração, a modelagem inteira da peça se adapta automaticamente inclusive encaixe de estampas ou aplicação de detalhes como bolsos. A solução também permite a simulação de cores, estampas, texturas, volumes, bordados e rendas, entre outros”. “Devemos colher frutos positivos de nossa participação na Febratex. O evento, que é referência para o setor têxtil de todo o Brasil, superou nossas expectativas e concluímos que nosso mercado potencial está maior. Por isso, pretendemos aumentar o tamanho do estande no próximo ano”, afirmou Fabrício Christoff, gerente-geral da J-Teck Global. O diretor comercial da Fremplast, Rodrigo Andreasi, surpreendeu-se com o volume de visitantes do evento: “Fechamos negócios e tivemos muita procura por equipamentos de visitantes de todo o país, além de profissionais da Colômbia e Peru”.

«O título ALQUIMIA, MODA & COMUNICAÇÃO VISUAL indicia um conteúdo poético e tecnológico, e é o que JOÃO BARCELLOS nos oferece neste livro, além de que é uma leitura entre a pura tecnologia e a literatura de alto nível». Marta Novaes / Buenos Aires

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

[Revista Impressão & Cores // Colaboração editorial da agência ´Persona´ e da fotógrafa Giselle Seibil]

MUSEOLOGIA Hering (museu e fundação) promove Seminário Interdisciplinar de Museologia em Blumenau. Dias 17, 18 e 19 de Novembro na FURB. Inscrições: 47-3321.3352

[ 13 ]


prodv

De 14 a 17 de outubro de 2014 Das 15 às 21 horas | Centro de Eventos do Ceará | Fortaleza - CE Mais informações:

www.signsnordeste.com.br Apoio:

Promoção:

O MERCADO AO SEU ALCANCE

OPENING NEW BUSINESS OPPORTUNITIES

[ 14 ]

Revista Impressão & Cores · Setembro · 81


tecnologia

Sun Chemical

EMBALAGEM

& LAMINAÇÃO Vernizes Barreira Inovadores e Adesivos Fornecem Proteção para Baixa Migração e Redução do Peso da Embalagem.

SunBar // Eis os inovadores SunBar ®Oxygen Barrier Coatings, vernizes para barreira a oxigênio. Concebidos para permitir leveza da embalagem através da remoção da folha de metal e uma camada de adesivo nas embalagens, bem como oferecendo um laminado mais flexível, o verniz SunBar ®Oxygen Barrier Coatings oferece uma camada lisa e homogénea, sem microfuros, que é facilmente impresso com tintas e pode ser laminado a uma variedade de filmes secundários. SunBar é reciclável, biodegradável e pronto para uso, permitindo que a embalagem seja mais leve, com resíduos de carbono reduzidos, proteção de barreira superior para alimentos, e de fácil aplicação, com poucas mudanças do equipamento atual. SunLam // Uma família tecnológica: adesivos de laminação. Inicialmente desenvolvidos pela DIC para o exigente mercado asiático para oferecer o melhor desempenho, incluindo produtos alimentares em condições de processamento desafiadoras, os adesivos SunLam têm um efeito significativo em termos de resistência e estabilidade do produto em alta temperatura. A mais recente tecnologia adesiva com barreira ao oxigênio também dá a oportunidade para leveza, reduzindo o custo e a complexidade, mantendo o desempenho global. A família SunLam de adesivos de laminação consiste em base água, solvente-free e à base solvente e à base d´água projetados para atender as necessidades de todas as principais aplicações de embalagens flexíveis globalmente. Sun Chemical [Iynn.campbell@sunchemical.com] Revista Impressão & Cores · Setembro · 81

Prensas Térmicas Assistência Técnica especializada em todas as marcas de máquinas de Transfer Peças para reposição R. Saracura Sanã nº2 · V. Nova Curuçá · São Paulo, SP (11) 2511-1381 · www.jfcmaquinasdetransfer.com.br

[ 15 ]


[ 16 ]

Revista Impress茫o & Cores 路 Setembro 路 81

Revista Impressão & Cores | Edição 81  
Revista Impressão & Cores | Edição 81  

Edição 81 - Ano VII - Setembro de 2014

Advertisement