Page 1

Ano VI - Edição nº 76 - Abril 2014

ISSN 2176-1345 ¦ Distribuição Gratuita

CÉGEP MARIE-VICTORIN & LECTRA Exemplo de relação escola-indústria

NOTÍCIAS DO MEIO GRÁFICO, ESTAMPARIA & COMUNICAÇÃO VISUAL

AGRESTE TEX Sublimação, Serigrafia, EVA, Acrílico, Flocagem & Autoadesivo são base tecnológica para produtos promocionais ligados a grandes eventos esportivos.

Sucesso Empresarial & Tecno-Educacional em Caruaru!

24 a 26 de Abril Belo Horizonte

1


CARROSSEL AUTOMÁTICO MCA

PRODUTOS 100% NACIONAIS

MÁQUINAS P/ TRANSFER

EQUIPAMENTOS P/ SERIGRAFIA

CALANDRAS POLIMERIZADEIRA /SECADORA

MTCF 500

MTCF 250

MTC 1.800

Elétrica e a Gás Modelos sob consulta

PRENSAS MANUAIS

MESA ELÉTRICA DUPLA P/ JEANS PTI-5 Jeans

PTM-40: 40 x 50 cm

PTM-42 Dupla 31 x 42 cm

AUTOMÁTICAS E SEMI-AUTOMÁTICAS

FLASH CURE MINI FLASH CURE vanguarda.art.br

Pré-secagem de tintas a base d'água ou plastisol

MISTURADORES DE TINTA AUTOMÁTICA PTA-4000: 40 x 50 cm 52 x 72 cm

SR-4 Prensa térmica Para etiquetas Em bobina

PTP-660: 96 x 66 cm

PTP-400 Dupla

PTP - 15

PTP - 900: 85 x 110 cm PTP-1450: 100 x 145 cm

MULT-MIX

MTVR-20

Fone: 47

MT-70

3323-5844

www.mogk.com.br mogk@mogk.com.br Rua 2 de Setembro, 2.877 - 89052-505 - Blumenau - SC

2


editorial

Mão-de-Obra

um busílis a solucionar como o empresariado acomoda e trata a sua mão-de-obra, pois, estabilizar pessoal numa empresa só é fácil quando tal recurso humano percebe ali a sua autoestima equilibrada entre o social e o trabalho. Outro dado importante (e excetuando aqui o Sesi e o Senai na sua excelência técnico-pedagógica) é a falta de um ensino secundário profissionalizante na rede pública que, saiba-se, só agora começa a ter implemento federal e estadual por causa da gravidade que é a escassez de técnicos e especialistas na área tecnológica. E em todos os segmentos que enformam a Moda e a Comunicação Visual o problema é tão importante quanto... Também, é preciso não “dar canudo”, porque o mundo está cheio e farto de analfabetos funcionais. O que falta? Ensino público tecnológico e empresariado mais atuante nas áreas de formação profissionalizante. E é melhor começar a pensar para realizar, porque o Brasil poderá ter um apagão tecnológico a curto-prazo! João Barcellos

Ano VI - Edição nº 76 - Abril 2014

ISSN 2176-1345 ¦ Distribuição Gratuita

EXPEDIENTE

Hoje trago-vos uma questão geral. Não é difícil, às vezes é bem pior: é impossível...!, é o que se escuta nas fábricas e nas oficinas gráficas, têxtil-serigráficas e computação gráfica, quando o assunto é mão-de-obra. Num país em que se confunde ainda “serigrafia” com “silk-screen” e colocando isso em cartão de visitas como se fossem sistemas diferentes, não é de se estranhar tanta falta de especialistas. Certo que a maioria dos profissionais é oriunda do conhecimento feito na prática, mas uma parte tornou-se empresária e, então, deveria ter a consciência de preparar em cursos de adaptação profissional os funcionários-aprendizes, e mais: dar-lhes a possibilidade de chegar ao ensino superior. Obviamente, alguns desses empresários fizeram e fazem isso, mas é pouco. E existe um estigma: Eu paguei a formação profissional do empregado e tão logo ele aliou a prática ao canudo foi embora para outra empresa ou abriu empresa própria!, escuta-se amiúde. Obviamente, tudo depende de

Título/Marca de TerraNova Comunic 02.206.278/0001-45 NAE 58822100 Certificado Digital // NF@ Corresp.: Cx. Postal nº16 06717-970 Cotia/SP Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] & João Barcellos Dep Comercial / JUNIOR Dep Jurídico / Dr Luiz Silva Projeto Gráfico / Pedro Caetano Web / Georg Hans Impressão / QuatroCor Gráfica e Editora

CÉGEP MARIE-VICTORIN & LECTRA Exemplo de relação escola-indústria

NOTÍCIAS DO MEIO GRÁFICO, ESTAMPARIA & COMUNICAÇÃO

04 MERCADO · Estilo Canatiba 05 PAINEL INDUSTRIAL · Elastano 06 VITRINE EMPRESARIAL · Cégep Marie-Victorin & Lectra / um exemplo 06 PERSONALIDADE · Leopoldo Nóbrega 08 ESTAMPARIA, MODA & TÊXTIL DIGITAL · Seminário Tecnológico ABTT na Agreste Tex 10 REPORTAGEM · Painel AGRESTE TEX 11 OPINIÃO · Retórica Visual · Criar & Gerenciar [aplicativos Lectra] 12 NOSSA CAPA · Suportes & Acessórios na Comunicação Visual · A nova cara da KIWO

VISUAL

13 ESPECIAL · Fotografia & Comunicação Visual 14 TECNOLOGIA · Matéria-Prima / opinião de Fê Marques

www.impressaocores.com.br

AGRESTE TEX

jb@impressaocores.com.br / junior@impressaocores.com.br

Redação 11 4703.3077 JB 9 9966.5246 Junior 11 4116.0248

Sublimação, Serigrafia, EVA, Acrílico, Flocagem & Autoadesivo são base tecnológica para produtos promocionais ligados a grandes eventos esportivos.

Sucesso Empresarial & Tecno-Educacional em Caruaru!

24 a 26 de Abril Belo Horizonte

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

Saiba +

PROMOÇÕES APLIKE

30 Anos De Indústria Brasileira

I&C

REVISTA

PRODUTOS &

Sempre presente nos pontos de opinião

Carrossel Automático Excelência MOGK Phenix Máquinas o mundo da serigrafia ao seu alcance

ASSINATURA

12 Edições por R$50,00 Deposite R$50,00 p/ TerraNova Comunic Banco do Brasil Agª 0916-4 cc 29845X e envie cópia do doc c/ os seus dados p/ revista.ic@uol.com.br ou ligue 11-4703.3077

3


mercado

CANATIBA um estilo industrial peculiar

O

caminhão ´truck´ fala por si: a mobilidade da informação tecnológica que envolve um produto industrial deve assegurar a segurança e a fidelidade no mercado.

notas de mercado Com o seu Canatiba Fashion Truck a fabricante de produtos com base denim leva o conhecimento e divulga as coleções que desenvolve para a Moda Jeans. É um estilo industrial peculiar que permite ao público perceber como se faz Moda Jeans privilegiando a elasticidade e o conforto com funcionalidade.

Carnaval, tintas & flocos

F

itas, camisetas, bonés, convites personalizados, máscaras, chapéus, e muita decoração com glitter e purpurina, massas e tintas para a pele..., ah!,tecido, muito tecido e tinta sublimática, flocos, e eis que acontece o carnaval. Nas ruas e praças, nos salões de baile, em cada corpo Imperatriz/MA · CARU · (99)3528.2681 que ousa expressar a alegria, passa o trem da vida. 345.6717 São Luis/MA · CARU · (99)3524.0472 Nos bastidores do carnaval do3224.5188 Séc. XXI existe muita · (21) Cascavel/PR · TUPYSCREEN – (45) Santo Ângelo/RS SILKMAX – (55) 3312.5452 tecnologia: dos nano-elementos na formulação de tintas 36.1636 Asunción/Paraguay SERIMAX – (595-21) 297.575 sublimáticas aos desenhos e estampas que se iluminam 54) 3522.9999 · (54)3226.3555 Representantes: nos tecidos, passando por serigrafias e flocagens em 5.1076 João Pessoa/PB · PB Papéis · (83) 3264.1366 aplicações de pura liberdade artística. 77 Goiânia/GO · Silk Shop Serv. (62) 3223.6360Se a marchinha está E São o Paulo/SP caminhão ´truck´ · Vera L. Guimarães (11) 2731.5731 089.2450 na memória, a alegria é agora puxada por uma indústria é uma vitrine itinerante comercialmente atenta à demanda popular por acessórios de todos os produtos da tecnológicos e, quanto mais extravagantes melhor...! Canatiba Denim Industry.

Excelência na fabricação e comercialização de equipamentos serigráficos

Polimerizadora Esticadora Mecânica

Estufa de Secagem Impressora Hiperpress Linha UV Semi-Automática

LANÇAMENTO! Impressora Carrossel UV para CD e DVD CONFIRA!

www.phenixmaquinas.com.br | Tel.: (41) 3633 1008

[www.canatiba.com.br]

4

Rua José Rocha Magalhães, 395 · Areia Branca · Mandirituba · PR


painel industrial

ELASTANO

e depois da borracha o filamento sintético

E

m determinado momento a indústria têxtil deu um quase grito de “nova revolução”... Surgia, enfim, um filamento sintético que podia substituir a borracha: o elastano. Foi em meados do Séc. 20 que Joseph Shivers, na DuPont, conseguiu produzir o que ele chamou de spandex – um filamento de lycra pura sem adição de poliamida. No território brasileiro o produto é industrializado pela Elastan, empresa sediada em Blumenau, e que é referência no universo têxtil. [www.elastan.com.br]

5


vitrine empresarial

personalidade

Ensino

Profissionalizante

Leopoldo Nóbrega

O exemplo do Cégep Marie-Victorin College

N

os países europeus e norte-americanos muita gente passa pelo ensino profissionalizante antes de virar doutor[a] com uma carga experimental que permite transformar desafios em sucessos de carreira. Assim no Collège d´Enseignement General et Professionnel [Cégep] Marie-Victorin, no Québec, [Canadá], fundado em 1965. E em 1972 este Cégep lançava o seu próprio programa de Fashion School. Agora, a entidade forma entre 75 e 100 profissionais anualmente na área de Fashion Design. A reputação internacional do colégio chamou a atenção da Lectra que, em 2003, estabeleceu uma parceria tecnológica. Quem ganhou? A Escola, a empresa e o mundo da Moda. E assim, o Collège d´Enseignement General et Professionnel Marie-Victorin é um exemplo de vitalidade didática e pedagógica na parceria com outro exemplo: a Lectra. Escola e empresa demonstram que a transferência de tecnologias e saberes é a única via para o progresso sustentável. O lema da escola “savoir inventer demain” está muito bem acompanhado pelos ideais corporativos da Letra.

Anunciar é... 1º- mostrar aos públicos o perfil da empresa; 2º- mostrar os produtos e suas aplicações. Anuncie,  participe da sociedade!

6

Ele é o artista plástico e o consultor de moda que vem agitando o agreste pernambucano na companhia de Maria do Carmo Xavier. E agora, com apoio também da Família Pompeo Madeira, da FCem, o dinâmico jovem reúne mais gente sociocultural e profissionais têxteis para incentivar melhor uma sociedade pernambucana focada na sustentabilidade e pela preservação das tradições regionais ao estilo Mestre Vitalino. Leopoldo Nóbrega, ó xente, é o cabra macho que bota pra quebrar e faz a intelectualidade jovem sorrir para a vida com projetos de autenticidade cidadã criando outro Brasil no semiárido de Pernambuco. E com ele percebe-se que o Brasil vive uma identidade própria a provar que a juventude tem capacidade para provocar e construir o Brasil-nação.

João Barcellos

Utilize as páginas impressas e eletrônicas da Revista I&C

www impressaocores com.br 55 11

4703.3077


Para plotters com cabeça de impressão Piezo Epson, Mimaki, Roland, Mutoh, Prismajet, Xerox, E-Jet e D-Gen

FABRICADO NA ITÁLIA

CLUSTER

TECHNOLOGY

Venha conferir os novos produtos da J-Teck! Toalhas brancas e tecidos para sublimação. vendas@j-teck3.com.br - www.j-teck3.com.br (47) 9945-8752 / 9945-8753 Balneário Camboriú - SC

Fone / Fax: (47) 3267-8400

7


estamparia moda & têxtil digital

Indústria & Produtos

Estamparia Moda Têxtil Digital

SEMINÁRIO TECNOLÓGICO AGRESTETEX FCEM / Caruaru 2014

N

ovos mercados e valor social da moda, novos olhares e ações ecológicas no meio industrial, tendências e coleções de moda, soluções têxteis inteligentes, inovações, novos mecanismos para estamparia e acabamentos, história do jeans/denim, foram temas que levaram Yuko Suzuki, Maria José de Carvalho, Ronaldo Fraga, Patrícia Souza, Renato Kherlakian, Leopoldo Nóbrega, Maria Adelina, Norberto Arena, Maria do Carmo Xavier, Iolanda Wultz e João Barcellos, ao palco do Seminário Tecnológico, individualmente ou representando empresas e imprensa especializada. O sucesso do SMT, com o apoio e o prestígio da Associação Brasileira de Técnicos Têxteis [abtt], além da ACIC, do SindiTêxtil, da ACIT, do SENAI, da ASCAP, da ABIMAQ, da ABRAMACO e NTCPE, é a demonstração das potencialidades da troca de informações que gera o progresso local e global. A “teimosia” da organizadora FCem em incentivar este ciclo de amostragens tecnológicas em todas as suas feiras é um abraço solidário aos veteranos e um incentivo para as novas gerações.

8

IC_38_FEVEREIRO_11.indd 5


9


reportagem

AGRESTE TEX FCEM / CARUARU 2014

E

aconteceu... A segunda edição da Agreste Tex consagrou o evento profissional da FCem como mais um marco na indústria têxtil brasileira a partir de Caruaru. O já famoso polo têxtil pernambucano abriga unidades industriais e unidades de moda e estilo que lhe asseguram autonomia tecnológica e criativa. Entretanto, o que se pode pensar “está pronto” não é nunca um porto seguro, porque “nada está pronto quando se fala de indústria e de moda”, e por isso é que eventos como a feira Agreste Tex acontecem: é preciso estabelecer diálogos sociais e tecnológicos que permitam um progresso sustentável de longo prazo e repensando, sempre, um fluxo ético no eixo produtocliente. A organizadora FCem criou eventos paralelos, como o Ciclo Pernambucano de Moda, Arte & Sustentabilidade, com o grupo Arte Plenna, e o Seminário Tecnológico, com a Associação Brasileira de Técnicos Têxteis, envolvendo com isso estilistas, editores e estudiosos, instituições acadêmicas, empresariais e sindicais.

10

Fibras, fios, tecidos, tinturaria, impressoras, aviamentos, sistemas convencionais e digitais, fizeram da 2ª Edição da Agreste Tex um evento genuinamente tecnológico no qual, quem assim o quis, conseguiu alimentar a sede de conhecimentos. As empresas J-Teck e Brasil Digital, Arena Bureaux de Estilo, Alpha, American Laser, Andrade Máquinas, Mantovani, Audaces, Automatisa, BKK Aviamentos, Barudan, Canatiba, Cavagnoli, Desbot, DMP, Elastan, Elotex, F1 Suprimentos, Glory Laser, Use Fashion, Enfesmak, Elotex, Embalatrento, Frerudemberg, Etical, Iberlaser, WM Serigráficos, Volf Bobinas, SisTerra, Silmaq, IcaTerm, MetalSete, Lam Max, Imatec, Qualygraf, Novo Aviamento, Resima, Renaux View, MultiTherm, Rotoplast, Socio Tec, Star Print, Sun Special, Tajima, Virtual Age e Trinox, formaram a grade de expositores. Os proprietários da revista Moda Agreste foram a recepção simpática e calorosa juntamente com a turma da FCem a toda a imprensa setorial. Logo na abertura, a Agreste Tex recebeu 1.700 visitantes e assim continuou até o último dia. Sucesso de público e de negócios a Agreste Tex é um evento da FCem com apoio da Associação Comercial e Industrial de Caruaru [acic].


opinião

Criar & Gerenciar

Retórica Visual

Soluções aplicativas LECTRA são sucesso no desenvolvimento de empresas e produtos.

A interpretação filosófica de Moda pelo mestre João Barcellos

O

s programas [softwares] de computação gráfica, agora integrados e adequados a plataformas [hardwares] industriais de vários setores, permitem dimensionar um ciclo de trabalho completo, desde a criação do produto ao gerenciamento dos fluxos operacionais até ao acabamento e entrega no mercado, além de proporcionarem treinamento especializado. Lectra, uma indústria francesa especializada na construção de recursos tecnológicos, criou o programa Kaledo – plataforma na qual pode se criar e desenvolver conceitos. Em uma empresa de portas abertas ao sucesso, tudo o que uma pessoa criadora quer é ferramenta adequada para promover a ideia e desenvolvê-la no ou para o mercado. Neste caso, a Lectra tem sido referência tecnológica nos setores têxtil e coureiro no que à produção de artigos de alta qualidade diz respeito. A eficiência das máquinas e dos programas permite vida útil à peça produzida, custobenefício entre as partes envolvidas no negócio e uma operacionalidade que evita riscos ambientais. No caso têxtil, o Kaledo Suite é uma das soluções mais inteligentes que a Lectra disponibilizou por ser uma ferramenta tecnologicamente adequada e assimilável. Tanto no Brasil como em Portugal, na Argentina e na Espanha, entre outros exemplos, empresas têm adotado o perfil de inteligência em soluções Lectra o que gerou inovações e sucesso. [jb]

O

escr itor, jornalista, pesquisador de história e conferencista João Barcellos voltou a defender em público a sua tese “retórica visual”. É a quarta vez que o faz e em público, depois de Lisboa, Salamanca e Berlim. O local, desta vez, foi o Seminário Tecnológico da ABTT (Associação Brasileira de Técnicos Têxteis) realizado durante a Agreste Tex, evento da FCEM. Retórica visual é uma tese filosófica na qual João Barcellos explica como “a humanidade se faz civilização através de gestos, desenhos e pinturas, logo, ela convence a si mesma que existe e progride visualmente”. E sendo “a Moda um valor sociocultural assimilado globalmente, mas a respeitar as identidades regionais, eis que a sua base essencial é a Comunicação Visual”. Esta interpretação filosófica ajuda a compreender “a história da Moda na sua alquimia para a expressão corporal na pele do vestuário, do calçado e das joias”. Ao receber cópia da palestra proferida em Caruaru, no agreste pernambucano, fiquei deslumbrada, porque o mestre João Barcellos surpreendeu toda a gente mais uma vez. Fernanda (Fê) Marques – Profª de História.

11


nossa capa

Suportes & Acessórios na Comunicação Visual S

KIWO Emulsão, Tecido Técnico & Adesivo

ublimação, Serigrafia, EVA, Acrílico, Flocagem & Autoadesivo são base tecnológica para produtos promocionais ligados a grandes eventos esportivos. Tudo está misturado para dar ´liga´, no entanto, cada tecnologia aplicada responde por um tipo de suporte ou de acabamento. Uma peça promocional pode ser iniciada com Etileno Vinil Acetato [eva], levar uma Flocagem em diversas cores e ter uma autoadesivo a sinalizar determinado evento, ou pessoa, e até compor outra peça estampada em Serigrafia ou Transfer.

Os novos catálogos da KIWO mostram novidades em Emulsão, Tecido para Matriz e Adesivo Serigrafável... E, entre os adesivos, o tipo MECOFLOCK L 871 – adesivo de flocagem serigrafável com base de poliuretano, de solventes e com 2 componentes, para indústria de brinquedos,

Ou seja, senhoras e senhores, tecnologias são aplicações que interagem em todas as plataformas têxteis e gráficas, convencionais ou digitais. O mundo não acaba porque surge uma nova tecnologia, pois, essa novidade tem relação direta com a experiência adquirida em velhas aplicações, e por isto é que a mão-de-obra especializada é muito importante, e assim como a relação escola-empresa é agora a essência do sucesso artesanal e industrial. Na peculiaridade de um evento à sazonalidade estilística os suportes e os acessórios variam pela criatividade e o investimento tecnológico.

12

e o MECOFLOCK D 404 – para aplicação de floco têxtil em camisetas e outras peças, livre de substâncias tóxicas; dá liga boa com o tecido e ótima resistência a lavagens.

patrick.laurent@kiwo.de


especial

Fotografia & Comunicação Visual

I

magem, imagem e imagem. Alguma vez a humanidade viveu sem imagem? Em seu percurso civilizacional a humanidade fez do desenho e da estampa a sinalização visual do seu estado social. Ou seja: a humanidade nunca deixou de registrar a sua passagem por este universo entre a terra e o cosmo. O seu olhar captava detalhes de um progresso que era preciso não deixar escapar, logo, a idealização gráfica reproduziu em imagens tais detalhes. Há cerca de 3000 anos, no tempo de Sócrates, os gregos já reproduziam imagens pela passagem de luz através de um orifício. E se Sócrates revolucionava filosoficamente o seu mundo, eis que uma tecnologia de escrever com luz [do grego: foto, significa luz // grafo, significa escrita] começava também a alterar conceitos de linguagem artística. Nesse tempo, em Alexandria, o cientista Euclides dava início a uma revolução na matemática e na ótica que logo aumentaria as possibilidades daquele “escrever com luz”. A ideia evoluiu e, entre os Sécs 10 e 19, verificou-se que o enegrecimento de sais sob o efeito de luz podia ter uma aplicação prática. Foi nesse longo período que cientistas como Schulze, Scheele e Wedgewood, puderam experimentar, cada um no seu tempo, a formação de compostos e cristais em reação à energia das ondas de luz; entretanto, foi Niépce que obteve resultados desconcertantes, pois, obteve a formação de imagens em papel aplicando cloreto de prata. E foi ele quem, em 1826, fez a primeira fotografia... Desde então, e hoje estamos no Séc. 21, a fotografia acompanha o cotidiano humano. Agora, como nunca, a humanidade comunica-se com tecnologias que têm a luz como energia, sendo a fotografia um dos focos de tal comunicação visual, seja enquanto fotografia por si mesma, ou em plataformas de computação gráfica nos campos da edição para estamparia, moda e sinalização, e até nas redes sociais formadas na rede mundial de computadores. [Da palestra “A Luz Que Nos Comunica”, de João Barcellos; Lisboa/Pt, 2001. Ilustração: foto do autor registrada em Caruaru-PE, durante a Agreste Tex 2014]

13


prodv

Textilfest

Venha para Blumenau celebrar a maior Feira das Américas para a indústria Têxtil.

12 a 15 de agosto de 2014 das 14h às 21h

Parque Vila Germânica - Blumenau-SC

www.febratex.com.br Apoio:

Promoção:

O MERCADO AO SEU ALCANCE

OPENING NEW BUSINESS OPPORTUNITIES

14


expoprint. com.br

tecnologia

Matéria-Prima

O

material que buscamos na natureza e que manuseamos para produzirmos bens de consumo, industriais e artesanais, é “[...] a matéria-prima que nos permite construir a civilização que somos, mas quando não respeitamos os limites da própria natureza... eis que fabricamos a nossa morte”, esclareceu o historiador e editor João Barcellos no Seminário Tecnológico da feira Agreste Tex, em Caruaru.

A MAIOR FEIRA GRÁFICA DA AMÉRICA LATINA EL MAYOR EVENTO DE LA INDUSTRIA GRÁFICA EN AMÉRICA LATINA THE LARGEST EVENT OF THE GRAPHIC ARTS INDUSTRY IN LATIN AMERICA

TRANSAMÉRICA | SÃO PAULO | BRASIL

16 A 22 DE JULHO DE 2014 JULY 16TH TO 22ND • 16 AL 22 DE JULIO

Ao efetuar o seu cadastro gratuito, você ainda recebe informações sobre o mercado gráfico e as novidades dos expositores da ExpoPrint. Aproveite e ainda concorra a um iPad! www.expoprint.com.br

Ao ler o texto-base da sua palestra deparei-me com este alerta, até porque ele ´encaixou´ o assunto depois de visitar “o Alto do Moura no agreste de Caruaru onde o Mestre Vitalino fez história com as suas figurações cerâmicas, e agora, os depósitos de argila nas margens do rio local já escasseiam” [idem]. Este assunto vale também para matérias-primas como silício e ferro, madeira, petróleo e outras, que já estão em fim de ciclo devido à exploração irracional, e assim, mesmo o material que serve de base à era digital não é infinito. Agora, “é preciso um olhar e uma ação de humanismo crítico para se preservar o que somos”, acrescentou, enquanto falava sobre a história da moda. Matéria-prima é tida como tabu para muita gente, mas é preciso começar a pensar para achar soluções sustentáveis relacionadas ao nosso percurso industrial. Fernanda (Fê) Marques – Profª de História.

ASSOCIADOS AFEIGRAF | ASOCIADOS AFEIGRAF | AFEIGRAF MEMBERS

APOIO ENTIDADES | APOYO ENTIDADS | ENTITIES SUPPORT

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE FORMULÁRIOS, DOCUMENTOS E GERENCIAMENTO DA INFORMAÇÃO

APOIO INTERNACIONAL | APOYO INTERNATIONAL | INTERNATIONAL SUPPORT

REALIZAÇÃO | REALIZACIÓN | REALIZATION

ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO | ORGANIZACIÓN Y PROMOCIÓN | ORGANIZATION AND PROMOTION

15


TINTAS SUBLIMÁTICAS DIGITAIS

Para plotters com cabeça de impressão Piezo Epson, Mimaki, Roland, Mutoh, Prismajet, Xerox, E-Jet e D-Gen

Tintas sublimáticas digitais Toalhas para sublimação Equipamentos de grande formato D-jen e E-Jet

Venha conferir!

CLUSTER

TECHNOLOGY

D-GEN A IMPRESSORA SUBLIMÁTICA DO JEITO QUE VOCÊ QUER! COMPLETA, COM ALTA QUALIDADE E PREÇO.

FABRICADO NA ITÁLIA

DUAS CABEÇAS DX5 REBOBINADOR VELOCIDADE DE ATÉ 64 M²/H EM 2 PASSADAS

Distribuidor

d gen

no Brasil

SECADOR FRONTAL

Garantia de 1 ano* 1,80 m de largura de impressão

Painel eletrônico de fácil ajuste

Produtos a pronta entrega

E-jet

Economia e alta produção

Possui duas cabeças de impressão DX5

*Garantia de 1 ano pela J-Teck Global sendo de 6 meses no circuito de tinta desde que seja utilizada as tintas J-Teck e 1 ano no restante do equipamento.

vendas@j-teck3.com.br - www.j-teck3.com.br (47) 9945-8752 / 9945-8753 16

Balneário Camboriú - SC

Fone / Fax: (47) 3267-8400

Revista Impressão & Cores | Edição 76  

Edição 76 - Ano VII - Abril 2014

Revista Impressão & Cores | Edição 76  

Edição 76 - Ano VII - Abril 2014

Advertisement