Page 1

ISSN 2176-1345 | Distribuição Gratuita

Ano X - Edição nº 110 - Fevereiro 2017

IMPRESSÃO CORES Notícias do Meio Gráfico, Moda & Têxtil // Comunicação Visual

BONÉ atitude e graciosidade no esporte e no casual

FESPA BRASIL

2017

15 a 18 de março

CARNAVAL

Tradições Socioculturais & Comunicação Visual


CARROSSÉIS AUTOMÁTICOS

A diferença

na á est nossa experiência

PRODUTOS 100% NACIONAIS

MINI MCA 2 CORES

CARROSSEL MCA

MINI MCA 1 COR

MANUAIS SR-4 Prensa térmica Para etiquetas Em bobina

PTP-660: 96 x 66 cm

PTP-400 Dupla 40 x 50

P/ JEANS PTI-5 Dupla Jeans

PTP - 15

PTP - 900: 85 x 110 cm PTP-1450: 100 x 145 cm

PTP - 110 85x110

PTM-40 40 x 50

PTM-42 Dupla 31 x 42

PTM-80 80 x 65

MTCF 500

MTCF 250

vanguarda.art.br

AUTOMÁTICA PTA-4000: 40 x 50 cm 52 x 72 cm

CALANDRAS

AUTOMÁTICAS E SEMI-AUTOMÁTICAS

PRENSAS E CALANDRAS P/ SUBLIMAÇÃO E TRANSFER

MTC 1.800

EQUIPAMENTOS P/ SERIGRAFIA MISTURADORES DE TINTA

POLIMERIZADEIRA /SECADORA

Elétrica e a Gás Modelos sob consulta

MESA ELÉTRICA DUPLA

MULT-MIX

Fone: 47

MTVR-20

MT-70

3323-5844

www.mogk.com.br mogk@mogk.com.br Rua 2 de Setembro, 2.877 - 89052-505 - Blumenau - SC


EDITORIAL

ed.

110

EXPEDIENTE Título// Marca de TerraNova Comunic 02.206.278/0001-45 NAE 58822100 Certificado Digital // NF@ Correspondência / / Rua Katia 91 _ Casa 1 / Pq S. George – Granja Vianna 06708-130 Cotia/SP Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] João Barcellos Dep. Comercial / Junior Projeto Gráfico / Alô Publicidade Web / Georg Hans Impressão / QuatroCor Gráfica e Editora CONTATO / www.impressaocores.com.br jb@impressaocores.com.br / junior@impressaocores.com.br Redação 11 2690.2021 / JB 9 9966.5246 Contato Comercial / Junior 11 9 6898.3230

Como se diz na gíria das ruas “a casa caiu”. As investigações judiciárias e as ações policiais, nos anos 2015 e 2016, mostraram um Brasil corporativamente criminoso entre políticos, instituições públicas e mega-empresários. Ao contrário do Caso Mensalão, quando não existiu devolução de dinheiro desviado pela corrupção, o Caso Petrolão inovou na política judiciária ao fazer o retorno dinheiro extorquido nas empresas públicas [Petrobras, Eletrobras, etc.] e, assim, abriu ao Brasil a possibilidade de refazer a sociedade civil. Se durante a Monarquia a proprinocracia era, entre dinheiros e títulos honoríficos, um vai-vém adoidado, na República, e desde principalmente Getúlio Vargas [leia-se a história de Chatô para uma melhor compreeensão dos escândalos financeiros...] até à recente dupla Lula-Dilma, o vício do dinheiro fácil via empresas públicas tornou-se um quase direito adquirido pelos políticos e chefes de grandes empresas – na verdade, uma ganância sem limites que manchou o Brasil diante de suas gentes e do mundo. As ações judiciais de 2015 e 2016 deram o que falar entre tentativas políticas de calar o notável juiz Sérgio Moro e a equipe federal do Ministério Público, mas 2017 é o ano da definição da operação Lava-Jato desencadeada no âmbito do ´petrolão´. Políticos e empresáris do alto escalão da República já estão indiciados e presos, Dilma virou ex-presidente e o seu vice, Temer, enfrenta a possibilidade de ser afastado por irregularidades nessa chapa eleitoral. O que a propinocracia desvendada traz ao Brasil? Tudo e a possibilidade de o Povo querer um Brasil de verdade, não o da mentirinha eleitoreira. E um Brasil de verdade é o que se espera num pacote de políticas públicas claras e inequívocas. João Barcellos

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

ASSINATURA

12 edições por R$ 50,00 Deposite R$ 50 para TerraNova Comunic, e envie cópia do comprovante e seus dados para revista.ic@uol.com.br ou ligue (11) 2690-2021 BANCO DO BRASIL AG 0916-4 / CC 29845-X

04/05 MERCADO

Sumário

• Papel, Tinta, Prensa & Estampa • Curso de Serigrafia • Bolinha Chinesa

08 // ESTAMPARIA & MODA

09 // REGISTRO

• Sistema de Corte Lectra

• Conheça a Elite, impressora Ampla Digital

11 // REPORTAGEM

12 // NOSSA CAPA

06 // VITRINE EMPRESARIAL E PERSONALIDADE • Centro Português de Serigrafia • Aamir Patel

10 // ESPECIAL

• Fespa Brasil _ o congresso

SAIBA MAIS! impressaocores.com.br

Acesse nosso site e fique por dentro de todas as novidades do meio gráfico, moda e têxtil, além das inovações do universo da comunicação visual.

E-Jet VO Grande novidade J-Teck Carrossel automático Excelência MOGK Phenix Máquinas O Mundo da serigrafia ao seu alcance

• Carnaval, Tradição & Comunicação Visual

13 // PAINEL

• Máquina de Transfer Contínuo c/ Mesa _ Mogk

• Boné _ utilidade e moda • Fusionadeira _ Metalnox

14 // TECNOLOGIA

• Transfer _ os processos • Conteúdos Tecnológicos

12 //

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

Corporativismo Criminoso

3


MERCADO

Papel, Tinta, Prensa &

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

ESTAMPA

A ESTAMPA surge, mas nos bastidores técnicos que lhe deram origem existe um papel-transfer construído para o efeito, tinta pigmentada ou sublimática e uma prensa. Diversos equipamentos podem levar ao papel o motivo [desenho, foto, texto, etc.] que será a base da estampa, como os de serigrafia e off-set, no campo analógico, e os microeletrônicos nas plataformas computacionais, como plotters e impressoras de mesa. O mundo da estampa situação no universo da moda, um dos segmentos da comunicação visual, por isso é que as tecnologias combinam cada vez mais numa mesma plataforma operacional.

4

Ora, por causa de uma esfera...

Novo Fone: 55 11 2690.2021

OS CIENTISTAS e tecnólogos chineses têm fama de tudo desenharem e construírem. Pois bem, nada disso: durante décadas a China foi obrigada a importar alta tecnologia no segmento do aço. Alteram cursos d´água, constroem pontes de estrutura elevadíssima, veículos de transporte de altíssima velocidade, foguetes, etc. e etc., mas faltava-lhes no currículo industrial uma bolinha d´aço... Sim, e a falha era apontada como uma grande frustação na sociedade chinesa. Mas agora, segundo nota da impressa local, a indústria do aço está pronta para dar mais um espetáculo: a esfera de 2,3 mm acaba de ser fabricada em aço de alta qualidade pela Taiyuan Iron and Steel Co., após 5 anos de pesquisas e testes. Em breve, mais 3.000 empresas fabricantes de canetas esferográficas vão poder competir com suíços, alemães e japoneses. Isso mesmo: trata-se daquela bolinha d´aço que espalha a tinta na ponta da caneta. Ela é feita a partir de placas d´aço muito finas trabalhadas em máquinas de grande precisão, logo, a bolinha não era nem é um produto tão simples assim! Isto mostra como uma nação-continente pode e deve batalhar para ser ela mesma uma potência científica e econômica. Um exemplo asiático para o Brasil aprender a ser uma nação empreendedora... João Barcellos


Fontes: Papeis Havir, NewColorScreen, J-Teck Global, Embaplan, Mogk, Fremplast

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

Equipes técnicas aconselham sempre testes para determinar os efeitos e ajustes, pois, sem os parâmetros operacionais devidamente estabelecidos na produção da estampa, seja ela para pequena ou para grande tiragem, o lucro pode não ser o esperado por causa de defeitos na imagem e até descartes de material não previstos. Então, não interessa se a estampa é só para um evento familiar, ou para uma produção de coleções em linha, tudo deve ser aferido no rigor do profissionalismo.

5


VITRINE EMPRESARIAL

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

Centro Português de Serigrafia

6

CENTRO PORTUGUÊS DE SERIGRAFIA [CPS] é uma entidade de cariz cultural iniciada em 1985 por António Prates. No âmbito das suas atribuições, tem como missão facilitar o acesso a obras de arte de grande valor, editando, promovendo e divulgando a Obra Gráfica Original de artistas contemporâneos, portugueses e estrangeiros. Pautado por critérios de qualidade, rigor e autenticidade, desenvolve edições de Serigrafia, Gravura, Litografia, Fotografia e Arte digital em ateliers próprios, dirigidas em especial aos seus Sócios que têm vantagens exclusivas e acesso privilegiado a um vasto leque de obras de arte. Dos grandes mestres portugueses de ontem aos jovens artistas emergentes, passando no plano internacional, por movimentos

emblemáticos como o Surrealismo, a Pop Art, a Figuração Narrativa ou a mais atual Bio Arte, o CPS segue um modelo editorial eclético e formativo e dispõe de uma coleção ímpar de mais de 2.600 obras de cerca de 500 artistas portugueses e estrangeiros, sendo hoje reconhecido internacionalmente como um dos mais conceituados editores de obras de arte. Representando hoje um selo de garantia de qualidade e autenticidade, fruto da sua experiência, o CPS orgulha-se de já ter contribuído para o enriquecimento das coleções de mais de 12.000 sócios.

PERSONALIDADE

AAMIR PATEL ELE ERA um dos bolsistas dos investidores que apostam em inventores e, aos 20 anos de idade, apresentou o tecido Silic, uma construção à base de dióxido de silício, e o fez com uma camiseta de polyester revestida com aquela base química: qualquer líquido ou sujeira que encoste no tecido da camiseta é repelido, não molha nem suja. A inovação nanotecnológica [de fibras microscópicas] do jovem cria um espaço entre o tecido e o ambiente e, sendo o material poroso, faz com que o suor (sim, também o suor) evapore sendo, portanto, um tecido respirável. Estas propriedades (que são hidrofóbicas) do material aguentam até 80 lavagens sem a aplicação de amaciantes e sem ferro de passar.

Criando a Self Cleaning Clothing With Hydrophobic Nanotechnology, o jovem Aamir Patel passou para a galeria dos inventores que aplicam a novíssima tecnologia em prol da sociedade.

EU APOIO A MODA BRASILEIRA Saiba + marketing.brazil@lectra.com


PLANEJE SUA VISITA!

25 - 28 Abril 2017 - das 14 às 21 horas - Anhembi - São Paulo - SP - Brasil

O ponto de encontro de

Tecnotêxtil Brasil FebraTêxtil Boné Show FINTT

NEGÓCIOS da cadeia

têxtil

•Tecnologia Têxtil • Tecidos • Aviamentos • Lavanderia • Nãotecidos e Tecidos Técnicos • Bonés • Camisetas • Brindes www.tecnotextilbrasil.com.br EVENTOS PARALELOS: Apoio:

O ponto de encontro da

MODA com os bons NEGÓCIOS.

A vitrine têxtil para confecções do vestuário e uniformes workfashion. • Malha circular • Malha de Urdume • Rendas • Denim • Sedas • Lã • Linho • Algodão e Tecidos Sintéticos • Artificiais e Mistos • Aviamentos e Acessórios • Complementos e Serviços • Beneficiamento para Peça Confeccionada Apoio:

www.febratextil.com.br INFORMAÇÕES: FCEM SÃO PAULO: (11) 5589.2880 saopaulo@fcem.com.br

Co-realização Boné Show:

FCEM PORTO ALEGRE: (51) 3382.0700 fcem@fcem.com.br

PROIBIDA A ENTRADA DE MENORES DE 14 ANOS

Co-realização FINTT:

Co-realização Febratêxtil:

Promoção:


ESTAMPARIA, MODA E TÊXTIL Sistema Corte Lectra nos ramos da moda, automobilístico e mobiliário

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

novo Vector® iQ

8

LECTRA, LÍDER MUNDIAL em soluções de tecnologia integradas voltadas para indústrias que utilizam têxteis, couro, tecidos técnicos e materiais compostos, lançou uma versão inteligente de sua solução de corte de tecido mais vendida. Agora, por um preço igual ou inferior, conforme a linha, ao do modelo Vector® inicial, os fabricantes dos setores da moda, automobilístico e mobiliário podem aumentar a produtividade até 10% com um dispositivo patenteado de corte contínuo automatizado e uma manutenção preditiva. Eclipse, o dispositivo de corte contínuo da solução inteligente Vector iQ, encontrava-se anteriormente disponível apenas nos Vector de categoria superior. Desenvolvido há 22 anos pela Lectra e, desde então, usado por 4.354 empresas pelo mundo, permite aumentar a produtividade até 10% graças à sua capacidade de corte ininterrupta, conforme o material avança automaticamente. A fiabilidade e o rendimento proporcionados por esses novos recursos são fundamentais para as empresas que contam com um custo competitivo por peça cortada e um custo total de propriedade otimizado. A excelência operacional visada há muito pelos fabricantes de automóveis agora também determina as melhores práticas nas áreas de moda e de móveis. Pela primeira vez, o serviço Lectra Power Premium cobre toda a linha Vector, mesmo os modelos iniciais. Ele inclui a manutenção preditiva, projetada para reduzir o risco de inatividade e paragem da máquina. Desfrutando de diagnósticos proativos, baseados em dados, e recomendações quanto às ações a serem executadas, os clientes podem alcançar um nível de disponibilidade de máquina de 98%. O diagnóstico remoto possibilita analisar os dados coletados nas instalações do cliente em tempo real e compará-los a normas predefinidas. Assim, a equipe do serviço de atendimento ao cliente Lectra pode alertá-lo sobre eventuais problemas técnicos antes que a paragem aconteça.

Apoiando-se em uma poderosa estrutura mundial, a Lectra pode fornecer, em qualquer lugar e dentro do período definido, o nível de acompanhamento necessário aos clientes sob contrato. A presença internacional da Lectra, associada a serviços e um acompanhamento de alta qualidade, torna possível agir rapidamente para que os fabricantes usufruam de uma disponibilidade de máquina e produtividade máximas. “O Vector iQ é uma nova solução de corte de tecido, ao mesmo tempo sofisticada e acessível, que proporciona ganhos enormes de produtividade e tempo ativo de funcionamento”, observa Céline Choussy Bedouet, Diretora de Comunicação e Marketing da Lectra. “Ambos são alavancas que agregam valor para nossos clientes, que eles produzam bancos de carros, móveis ou roupas. Polivalente e acessível, o Vector iQ eleva o desempenho a um outro patamar”. _ ArtPresse


Ampla Digital ELITE

EIS “a impressora LED UV mais acessível do mercado, voltada para as empresas que buscam impulsionar seus lucros, reduzindo custos de produção e mão de obra, através da diminuição (ou, até mesmo eliminação) de etapas de acabamento dos seus trabalhos em lona, PS, vinil, tecidos especiais, entre outros”, anuncia Ampla Digital. A ELITE RR LED UV é uma impressora semiindustrial, projetada com toda a tecnologia embarcada na linha de impressoras industriais New Targa XT LED UV, trazendo o chassi monobloco AmplaCore que oferece ao equipamento robustez e estabilidade. Além do CLP industrial e da interface touchscreen para controle e gerenciamento dos subsistemas da impressora, a impressora possui a tecnologia AmplaSmart para monitoramento em tempo real das principais funções do equipamento. Também, a impressora possui avançado sistema de cura fria LED UV, que assegura eficiência energética, permitindo a impressão ecologicamente correta em diversos tipos de substratos flexíveis ou rígidos leves de até 5mm de espessura, inclusive sensíveis ao calor. www.ampladigital.com.br

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

REGISTRO

9

Especializada no beneficiamento e venda de aditivos, distribuição de especialidades químicas e pigmentos, a All Pigment’s do Brasil tem matriz e show-room no Estado de São Paulo. A empresa presta todo o apoio técnico necessário ao desenvolvimento de novos produtos de clientes com uma equipe técnica treinada nas aplicações em todas as áreas de utilização dos pigmentos de efeito. PIGMENTOS PEROLADOS // Propondo outras possibilidades, os perolados proporcionam a redefinição de produtos com novas cores e revestimentos de efeito. Oferece em seu portfólio uma gama de cores com partículas de tamanhos e núcleos diferenciados desde a mica até aos mais sofisticados como boro-silicatos. GLITTER // Com uma ampla variedade de cores e sempre presente no mundo da moda e em suas novas tendências para cada estação, a empresa disponibiliza uma ampla linha de Glitters – partículas de poliéster metalizado ou não, indicadas para enfeites, estamparia, confecção, maquiagens, esmaltes de unhas, customização e trabalhos artesanais. A empresa também trabalha com vários tamanhos de partículas atendendo a necessidade especifica de cada segmento de mercado. NOVAS CORES & EFEITOS // Investindo em novos conceitos industriais, a empresa buscar marcar posição com efeitos flip-flop (camaleão) até na renovação de opções para produtos serigrafados (silk-screen) com efeitos sugerindo tridimensionalidade. Além de que dispõe de glitter em vários tamanhos e formatos com efeitos holográficos e cristalinos (efeito arco-íris).

WWW.ALLPIGMENTS.COM.BR


PAINEL

MUITOS MOTIVOS PARA VISITAR A FESPA BRASIL FESPA BRASIL 2017

Congresso Internacional de Comunicação Visual e Impressão Digital

15 A 18 DE MARÇO DE 2017 PAVILHÃO AZUL | EXPO CENTER NORTE

Especialistas compartilham conhecimento sobre tendências de impressão, negócios e otimização de processos. Conferência Têxtil Um dia dedicado a debater o mercado de impressão digital têxtil e as possibilidades que o segmento oferece.

17 March 2017

DESDE A 1ª edição da FESPA no Brasil, o Congresso Internacional de Comunicação Visual e Impressão Digital terá sua 4ª edição em 2017. O congresso acontece nos dois primeiros dias da Fespa Brasil (15 e 16 de março). Especialistas vão compartilhar conhecimento destacando conceitos, dicas e técnicas visando o aprimoramento das atividades das empresas de impressão. A entidade possui o Profit for Purpose, programa de reinvestimento de lucros da FESPA no mercado, visando levar a melhor informação possível para todos os visitantes e buscando o crescimento constante e sustentável da indústria de impressão. Além do congresso, o auditório da FESPA Brasil irá receber outras duas iniciativas. Na 6ªf (17), acontece o  FESPA Digital Textile Conference, voltado ao mercado de estamparia digital; e, no sábado (18), é o dia do Sublimation Day, abordando a impressão por sublimação. Outras iniciativas são o  CAMBEA, Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo, que dará ao grande vencedor a vaga para disputar o World Wrap Masters Series, e também o  FESPA Showroom, espaço que apresentará aplicações criativas e inovadoras produzidas com impressão digital. FESPA BRASIL [inclui a Brasil Label e a ExpoPrint Digital] 15 a 18 de Março/ Pavilhão Azul, Expo Center Norte – São Paulo/Brasil

Campeonato de Envelopamento O mais importante Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo - CAMBEA - reserva uma competição cheia de emoções.

Conferência de Sublimação Entenda por que a impressão por sublimação vem ganhando espaço e saiba como aproveitar esta tendência.

Novas Soluções e Aplicações Um espaço vibrante e repleto de inovações para você descobrir tudo o que a impressão digital pode fazer.

W W W. F E S PA B R A S I L .C O M . B R INSCREVA-SE GRÁTIS

EVENTO PARALELO

CONCORR A A U M IPHONE 7

*consulte o regulamento no site

WWW.EXPOPRINTDIGITAL.COM.BR ORGANIZAÇÃO, PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO

PARCEIRO DE SOLUÇÕES

ASSOCIAÇÕES


REPORTAGEM

CARNAVAL

Tradições socioculturais & Comunicação Visual

CARNAVAL _ é o período do entrudo no qual os povos celebram a sua liberdade. Na antiga Roma e entre os meios místicos e imperiais realizavam-se festas dedicadas a Saturno, divindade agrária (de 17 a 23 de dezembro), para marcar o fim do ano na região. Nessas festas, o escravo virava senhor, o império vivia o sentido contrário do dia a dia. Uma festa com muita bebida e música, além de bacanais privados e públicos. Também na Grécia a festa marcava as novas colheitas celebrando os deuses Dionísio e Baco. Ainda na Roma imperial, os povos seguiam um carrus navalli em cortejos contínuos imitando as festas a Isís, do Egito, daí o termo carnaval. ENTRUDO _ do latim introitus, q.s. entrada/ acesso para a festa em homenagem aos deuses.

Obs. 1 _ com a colonização e evangelização de muitos povos europeus, os seus rituais místicos (ano novo, carnaval, colheitas, etc.) foram transformados em rituais da cristandade imperial e adaptados ao calendário eclesiástico que vigora até hoje. Obs. 2 _ texto pinçado da palestra “Carnaval: Uma Liberdade Provisória”, de João Barcellos, na apresentação de desenhos e aquarelas de Lília A. Pereira da Silva; Itapira/SP, 1991, atualizado em 2017.

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

A TRADIÇÃO afro-europeia do entrudo encontrou no arraial do nativo americano mais elementos para uma miscigenação sociocultural e fazer perdurar a festa de acesso à liberdade provisória. Com os portugueses de serr´acima [via Paranapiacaba, Cubatão, Mantiqueira...] nos primeiros 30 anos de assentamento (ainda não a colonização, que aconteceria a partir da transformação da aldeia Gohayó em Villa de S. Vicente), os rituais cristãos ganharam o espaço tropical e, aos poucos, na mistura racial (mamelucos, cafuzos, etc.) a colonização ibero-americana deu lugar a uma evangelização maciça tornando o Brasil um dos pilares do Vaticano. E então, o entrudo se fez ao terreiro com uma nova musicalidade em ritmos tropicais. E, desde então, a comunicação visual do carnaval apropriou-se do todo sociocultural e multirracial para provocar um painel diverso a envolver regiões diferentes e bambas únicos, de Pernambuco à Bahia, do Rio à Sampa. Em tal envolvimento está um artesanato e uma indústria têxtil e, esta, a engajar serigrafia, tampografia, gráficas em geral, flocagens, e, agora, a parafernália da microeletrônica dita impressão digital. Ora, do tambor à cuíca, passando pelos adereços e publicidade, o Carnaval é pura comunicação visual entre corpos frenéticos, fotogenia e muita música.

11

all SGIA is the best over printing resource for all of my and graphic needs.


12

BONÉ

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

CAPA

OH, LIBERDADE, LIBERDADE..., murmuravam os escravos quando recebiam o boné. Isso mesmo que você leu. Temos informação do uso de boné desde os tempos da Roma imperial, há mais de um milênio, quando os escravos libertados eram sinalizados por um boné, na verdade, um barrete em forma de cone com a ponta caindo de lado. Interessante que o boné [bonnet para os franceses] passou a ser usado também com o mesmo significado: o bonnet rouge. Entretanto, foi com os jogadores de baseball norteamericano, no Séc. 19, que o boné, então popularizado como baseball hats, passou a fazer parte da moda masculina no universo ocidental. Ainda na França, o ofício dos artesãos que teciam coberturas de palha para a cabeça [os casquetes] era chamado de ´boné´, mas se os romanos já tinham o acessório como aplicação setorial, também existem documentos que apresentam o boné confeccionado em malha pela mesma época entre os franceses.

E ainda no Séc. 19, padeiros e açougueiros ingleses e portugueses, entre outros, passaram a ter o acessório como proteção ideal em seus trabalhos. O termo francês bonnet tem origem em obunnis, do latim medieval, q.s. capa. Em alguns acervos museológicos, seja no Ocidente [França e Itália] ou no Oriente [China], o tipo obunnis é uma capa com capuz puxado à frente de forma a formar uma aba de proteção para os olhos, algumas vezes mais na linha militar – e, nesta modalidade, o quepe tem o mesmo significado setorial que aquele boné romano. Contemporâneo daquele jeans incorporado pela companhia LeviStrauss à moda masculina, o boné logo conquistou o mundo feminino pela graciosidade com que completava qualquer vestuário casual. E, hoje, o boné está na moda como acessório indispensável, seja ele feito de tecido, plástico ou couro. [BARCELLOS, João - do artigo “Boné & Outras Curiosidades Da Moda”, 1991] Iimagens: fotos da web s/ restrição autoral + gotsin.com.br + eryourhair.com

Fusionadeira de Alta Produção A empresa Metalnox Máquinas produz uma Fusionadeira que proporciona aumento de produtividade, redução de custos e ainda otimização de espaço físico. Eis alguns dos benefícios da Fusionadeira PTC 2000. Com capacidade produtiva de até 10.000 peças/dia em um turno de 8 horas, o equipamento é destinado à aplicação de entretela, transfer serigráfico e litográfico, puff, strass, hot stamp e foil em grande escala. Por possuir estrutura compacta, se adapta a layouts enxutos dos setores de decoração, ocupando menos espaço e rendendo produtividade até 60% superior ao processo com prensas térmicas de grande formato convencionais, resultando em notável redução de custos também com mão-de-obra. [Sabia + / www.metalnoxmaquinas.com.br]


PAINEL

PRODUZIDA pela tradicional e sempre inovadora Mogk, a Máquina para Transfer Contínuo com Mesa possui sistema rápido, prático, silencioso e econômico para transferir [por sublimação] imagens impressas em papel transfer para tecidos a base de poliéster de forma contínua. A máquina tem cilindro térmico aquecido por resistências elétricas com óleo térmico, para que a uniformidade da temperatura seja mantida em toda a superfície do cilindro; no break para retirada do produto a ser transferido no caso de falta de energia e esteira auxiliar com inversão de rotação. [Máquina p/ Transfer Contínuo c/ Mesa. Saiba + / www.mogk.com.br]

RevistaImpressão&Cores-ed105.pdf

Máquina p/ Transfer Contínuo c/ Mesa

13


TECNOLOGIA

TRANSFER

RevistaImpressão&Cores-ed110.pdf

Os Processos

14

A GRAVAÇÃO de imagens e textos em diversos objetos, planos ou não, lisos ou rugosos, faz da estamparia uma arte em constante mutação tecnológica. Este processo de termotransferência, ou transfer, tem por base a aplicação de calor por prensagem fixando em objeto determinado uma imagem previamente impressa em papel. O processo tem 2 fases – a saber: a) Estampagem da imagem sobre um papel [ilegível] especialmente construído para este trabalho; b) Transferência da imagem para o tecido utilizando uma prensa térmica. Aplicado desde os Anos 50, do Séc. 20, o transfer oferece a vantagem de se colocar numa mesma folha diversas imagens e otimizando o custo-benefício do processo. A estampagem de peça por peça é o que designa por estamparia localizada, e o transfer tem hoje variações em produtos, como Transfer Sublimático, Transfer PU (ou Poliuretano), Transfer Foil, Transfer Plastisol, Transfer Flocado, entre outros, além de que se fabricam aplicativos específicos para personalização de estampas. Por ser um processo operacionalmente rápido e que preciso de pouco espaço, o transfer permite uma produção diferenciada com papel especial de alta qualidade. Resumindo: o transfer é feito com o calor que dilata a trama do tecido e deixa passar a tinta antes fixada no papel.

TECNOLOGIA

Conteúdos Tecnológicos

ALÉM DE ROMANCE, poesia, história, contos e ensaios, João Barcellos publicou, com a TerraNova Comunic e a Ed Edicon, no Brasil e Portugal, uma série de livros técnicos e atua na imprensa especializada a par da exibição de conteúdos em palestras para professorado e empresariado – a saber: COMUNICAÇÃO VISUAL [2008]; ESTAMPARIA [2010]; DO FABULOSO ARAÇOIABA AO BRASIL INDUSTRIAL [2011]; IMAGEM ESPECIALIZADA [2012]; INDÚSTRIA DIGITAL [2013 + palestra, 20132015]; ALQUIMIA, MODA & COMUNICAÇÃO VISUAL [2014] e SUSTENTABILIDADE [palestra, 2014 e 2015]; TÊXTIL DIGITAL [palestra, 2015-2016]. João Barcellos é fundador da empresa editorial TerraNova Comunic [1997], cofundador [2008] da Revista Impressão & Cores e foi co-fundador/editor do jornal O Serigráfico [1996-2007], do Science and Education Journal [Dublin], do En Vivo y Arte [Barcelona] e da revista Vida & Construção, entre outros. Agora, em 2017, reviu e ampliou SUSTENTABILIDADE, transformando as palestras em livro, como que a dar um ´fecho´ no ciclo lítero-tecnológico, sendo o ideal o mesmo que preside o Centro de Estudos do Humanismo Crítico (Portugal), que ele representa na América Latina. SUSTENTABILIDADE traça o espírito inovador do empresariado que investe e se faz vanguarda consciente por uma produção e um consumismo socialmente adequados. // CEHC & gdNoética

Máquinas de Solda JOBPLAS para Flexíveis e Rígidos com Acionamento Pneumático

Obs.: 1- Em relação ao Transfer Sublimático o processo utiliza a computação gráfica e a impressão digital: a estampa é desenvolvida no computador e impressa em plotter com tinta corante em papel especial e logo transferida em prensagem adequada. 2- Hoje, a pré-impressão utiliza a computação gráfica em todos os processos para eliminar etapas antes manuais. // Imagens: QuinPrint, estampweb, Epson, stemplates, Gráfica do Dharma.

Senior S10 Automática p/ laminados PVC

Master S10 MDE p/ embalagens

JOBPLAS (11) 3974.8833 www.jobplas.com.br


CONHEÇA O UNIVERSO TECNOLÓGICO DA CHIGUETO E IMPULSIONE SEU NEGÓCIO! PRENSA BOTTON

Com matrizes para fabricação de bottons, chaveitos, botton imã, espelho e abridores. Tamanho das matrizes: 2,5 / 3,5 / 4,5 / 5,5 / 6,5 / 8,8 cm e quadrado de 5,1 cm. Todas fabricação própria.

EFEITO AMASSADO EM JEANS com Prensa Térmica Pneumática Prensa Térmica Pneumática projetada para produzir efeito amassado em jeans. É a PJ 150, desenvolvida para ser operada com facilidade e rapidez, agora com acionamento por pedal.

Informações Técnicas: Forma Côncava: 13,8x15 Potência: 1,8 Kw Consumo de Energia: 0,9 Kw/H Voltagem: 220 v Dimensões: 32x78 cm

EFEITO AMASSADO MODELOS

INFANTIL E ADULTO

PRENSA TÉRMICA PARA ETIQUETAS Especialmente projetada para etiquetas em bobinas de até 60 mm de largura, este tipo de prensa (com 12 modelos) adequa-se a diversos tamanhos de etiquetas. Com leitor de tarja, esta prensa dá qualidade e maior produtividade. Informações Técnicas: As etiquetas são gravadas com impressora térmica monocromática; a temperatura da placa é de 200ºC e o tempo de 2 segundos; os rolos de papel são comercializados na largura de 3,5 cm ou 5,5 cm, e comprimento de 150 m. Este tipo de etiquetas pode ser aplicado em tecido de fibras naturais, sintéticas e mistas.

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA PF 1460

(11)

2402-4740

Fábrica, Loja e Show Room Rua Padre Geraldo Malzerol, 90 Jd. Santa Emília - Guarulhos / SP

Outros modelos de prensas e linha de bottons em www.chigueto.com.br

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA c/ Placa Móvel, Braços Fixos nos Formatos PL 500 (40x50 cm), PL 150 (8x15 cm), PL 430 (37x43 cm)

PRENSA TÉRMICA MANUAL

MD 500, nos Formatos 22x33, 35x35, 37x43, 40x50, 45x55 e 51x71 cm


Revista Impressão & Cores | Edição 110  
Revista Impressão & Cores | Edição 110  

Edição 110 - Ano X - Fevereiro de 2017

Advertisement