Page 1

ISSN 2176-1345 | Distribuição Gratuita

Notícias do Meio Gráfico, Moda & Têxtil // Comunicação Visual

Ano IX - Edição nº 104 - Agosto 2016

IMPRESSÃO CORES

MODA

têxtil gráfica transfer sublimação comunicação visual

FE BRA TEX

Em mais uma edição, a famosa feira têxtil de Blumenau mostrou o Brasil que empreende, que inova e troca tecnologias!


CARROSSÉIS AUTOMÁTICOS

PRODUTOS 100% NACIONAIS

CARROSSEL MCA

MINI MCA 2 CORES

MINI MCA 1 COR

MANUAIS SR-4 Prensa térmica Para etiquetas Em bobina

PTP-660: 96 x 66 cm

PTP-400 Dupla 40 x 50

PTM-40 40 x 50

PTM-42 Dupla 31 x 42

PTM-80 80 x 65

PTP - 15

MTCF 500

MTCF 250

vanguarda.art.br

AUTOMÁTICA PTA-4000: 40 x 50 cm 52 x 72 cm

P/ JEANS PTI-5 Dupla Jeans

CALANDRAS

AUTOMÁTICAS E SEMI-AUTOMÁTICAS

PRENSAS E CALANDRAS P/ SUBLIMAÇÃO E TRANSFER

PTP - 900: 85 x 110 cm PTP-1450: 100 x 145 cm MTC 1.800

EQUIPAMENTOS P/ SERIGRAFIA MISTURADORES DE TINTA POLIMERIZADEIRA /SECADORA

MESA ELÉTRICA DUPLA

Elétrica e a Gás Modelos sob consulta

MULT-MIX

Fone: 47

MTVR-20

MT-70

3323-5844

www.mogk.com.br mogk@mogk.com.br Rua 2 de Setembro, 2.877 - 89052-505 - Blumenau - SC


EDITORIAL

Brasil: ser ou não ser ed.

104

EXPEDIENTE Título// Marca de TerraNova Comunic 02.206.278/0001-45 NAE 58822100 Certificado Digital // NF@ Correspondência / / Rua Katia 91 _ Casa 1 / Pq S. George – Granja Vianna 06708-130 Cotia/SP Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] João Barcellos Dep. Comercial / Junior Projeto Gráfico / Alô Publicidade Web / Georg Hans Impressão / QuatroCor Gráfica e Editora CONTATO / www.impressaocores.com.br jb@impressaocores.com.br / junior@impressaocores.com.br Redação 11 2690.2021 / JB 9 9966.5246 Contato Comercial / Junior 11 9 6898.3230

Não sei se o crime compensa, mas os políticos brasileiros, e são a maioria...!, tentam preservar o estilo criminoso que os fez elite. A questão que se coloca ao Brasil contemporâneo é simples e notória: ser ou não ser. De um lado, está a classe política emoldurada por corrupção quanto baste, do outro, a sociedade farta da lambança e, na mesma estrada do desassossego, o judiciário. Um judiciário que, no Supremo Tribunal Federal é tão elitista quanto retórico na sua base de Direito romano, e que na dita República de Curitiba (leia-se, Ministério Público Federal e juiz Moro) é mais prática, funcional, porque embasada mais no Direito anglo-saxônico. Neste quadro, espero que a Sociedade Brasileira leve a melhor sobre a classe política, pois, seria uma grande frustração para as novas gerações que às ruas foram pedir Justiça Social viver mais-do-mesmo! A perpetuação de algumas figuras políticas no cenário republicano parece obra do imaginário, mas não é – é obra da corrupção, assim como alguns ´príncipes´ do empresariado, ora encarcerados, que se achavam também acima de quaisquer suspeitas. Só uma profunda reforma político-partidária e o voto conscientemente dado podem alterar o quadro de corrupção públicoprivado que o Brasil vive. Entretanto, os raros exemplos de honestidade na classe política terão de se expor mais para mostrar que o Brasil o é sendo, da mesma maneira que o empresariado tem o dever de mostrar a sua competência com atos políticos que inibam o banditismo corporativo. Na verdade, o crime só compensa quando a sociedade permite que o banditismo faça da política a sua base... João Barcellos

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

ASSINATURA

12 edições por R$ 50,00 Deposite R$ 50 para TerraNova Comunic, e envie cópia do comprovante e seus dados para revista.ic@uol.com.br ou ligue (11) 2690-2021 BANCO DO BRASIL AG 0916-4 / CC 29845-X

SAIBA MAIS! impressaocores.com.br

Acesse nosso site e fique por dentro de todas as novidades do meio gráfico, moda e têxtil, além das inovações do universo da comunicação visual.

E-Jet VO Grande novidade J-Teck Carrossel automático Excelência MOGK Phenix Máquinas O Mundo da serigrafia ao seu alcance

04/05 MERCADO

Sumário 07 // ESPECIAL

• Cluster Technology / J-Teck • Audaces _ Moda em 4D

11 // REPORTAGEM

• Corte de Estampas / Lectra • Silmaq & Tajima • Apontamento / EFI Fiery Color

13 // PAINEL

• Película Vinílica

• Eco Mochila • EcoTransfer / Gênesis Global

08 // ESTAMPARIA, MODA & TÊXTIL DIGITAL

06 // VITRINE EMPRESARIAL E PERSONALIDADE • Equilíbrio Negocial _ MACS • Théophile e o Gato Preto

09 // REGISTRO

• Tintas / Corante & Pigmento

• Serigrafando imagens e textos

12 // NOSSA CAPA • Moda / arte e comunicação visual

14 // TECNOLOGIA

• Personalizar Envelopando

10 // FEBRATEX _ painel

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

O Crime Compensa?

3


MERCADO Alto Relevo

TINTA BLOCKING PARA CARTÕES TRANSLÚCIDOS

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

Eco Transfer

TENDERE

7º Seminário de Tendências de Moda

da Gênesisanuncia Global. na É o Eco A UM VFPPRODUTO Ink Technologies Transfer Alto oRelevo. Mas, o da quenova é? Na verdade, éTENDERE — empresa de consultoria que gera informações estraCards Brasil, lançamento tinta etiqueta direcionada à base de silicone e tintas base tégicas nos setores de Moda, Homewear, Design de Interiores e Beleza IRuma Blocking à produção de d´água termo-transferível (por Concebida prensa térmica), — abriu inscrições para a 7ª edição do Seminário de Tendências de cartões translúcidos. paraindicada para decoração e personalização. Este produto é Moda, que apresentará os conceitos para a Primavera-Verão 2016/2017. funcionar devidamente em todos os leitores atóxico, isento de PVC, pesados eO conteúdo, que será ministrado pela diretora e fundadora da emprepossuindo sensores IV, ftalatos, a tinta metais VFP IR formoldeidos. sa, Patrícia Sant’Anna, em Campinas, no dia 22 de maio, é resultado de Blocking permite a sistemática detecção da Com do altacartão, qualidade impressão e definição, boa uma pesquisa realizada pela própria Tendere, que adaptou as tendências presença ao de absorver a região de fixação, acabamento em alto relevo siliconado, alta para o público do Brasil e hemisférios sul. O Seminário irá apresentar IV de 860nm – 950nm, e transmitindo uma resistência à lavagem e resistência a ferrotambém de a predisposição de comportamento e de consumo para 2016 alta percentagem de luz no espetroparcial visível. passar roupa, o Eco Transfer Alto Relevo é fornecido e 2017, que podem impactar nos negócios ou coleções. “Além de toda Similares na estrutura e corpo à tinta em folhas 240 x 320 mm. Observação: arte deve a informação, o evento é focado no estímulo de networking entre os solvente convencional, as tintas VFP aIR ser criada com cores sólidas e desenhos vetorizados, diversos setores presentes, no qual se destacam empresários, designers Blocking são extremamente estáveis, com porque é possível artes com efeito e profissionais da moda”, finalizou Heloísa Jardim, responsável pelo uma vida não útil mais longareproduzir do que o esperado. degradê, reticuladas, cromias ecom corestinta diferenciadas. comercial e eventos da consultoria. Entre as empresas de apoio está a Tal como as folhas impressas IR Lectra. Blocking, os potes podem ser guardados [www.genesisglobal.com.br] Hotel Comfort Suites // Rua Embiriçu, 300 – Alphaville - Campinas (SP) por mais de 6 meses, em ambiente com 22 de Maio, das 8h às 18h humidade, luz e temperatura controlada. www.vfp-ink-technologies.com [www.tendere.com.br/blog/seminarios-de-tendencias]

4

Impressora Em Rolo & Flash Cure Dois equipamentos, duas necessidades no mercado da estamparia: a Impressora Em Rolo e a Secagem Localizada (Flash Cure).

Excelência na fabricação e comercialização de equipamentos serigráficos

plastisóis e base d´água. Carrossel Têxtil

Tanque de lavar telas

A conceituada fabricante brasileira Phenix Máquinas produz os dois equipamentos dentro das normas internacionais de segurança e aplicabilidade.

Impressora Em Rolo é cada vez mais utilizada na produção de estampas em fitas e crachás.

Esticador Mecânico

Linha UV

Flash Cure é essencial em toda a estamparia localizada na pré-cura de tintas

Novo Fone: 55 11 2690.2021

PHENIX [www.phenixmaquinas.com.br / 41-3633.1008]

[4]

Tel.: (41) 3633 1008

www.phenixmaquinas.com.br Revista Impressão & Cores · Abril · 88


A TODO O INSTANTE insultamos o chão que nos berço e estrada e tumba, mas às vezes pensamos e passamos a fazer algo na contramão. É verdade. E assim damos uma olhada no material que nos rodeia e pisamos, na maioria das vezes até jogamos fora, e acende em nós uma luz: “ Certo, é possível aproveitar tudo!”, gritamos. Pois é, é possível. Juntando o útil ao agradável, já produzimos objetos de utilidade diária, ou adequados para certos momentos, com material reciclável. Empresas fazem do “reciclável” um nicho mercantil rentável e temos agora diversas opções de produtos promocionais e brindes ecologicamente confeccionados: é o Eco Produto. Ilustração: produtos da empresa Tom Promocional [11-3274.1230 / comercial@tompromocional.com.br]

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

Eco Produto

5


VITRINE EMPRESARIAL

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

A IMPORTÂNCIA DO EQUILÍBRIO

6

O QUE É IMPORTANTE? O negócio ou a prosperidade pessoal? Durante uma conferência na web, o editor João Barcellos tangeu com maestria este assunto, e porque dirige a Revista I&C, para o vasto complexo industrial que é a Comunicação Visual brasileira, decidi esboçar este texto de opinião... A prosperidade pessoal deve ser equilibrada com o desenvolvimento do negócio e, a pessoa, sob o risco de falência de ambas as partes, nunca deve se sobrepor àquele. Transformar o negócio em árvore das patacas para gozo próprio é uma tragédia socialmente anunciada, por isso, “é preciso ter a sabedoria do conhecimento para tratar de um empreendimento, ou seja, fazer do negócio um bem para o todo que o suporta, não apenas para quem o idealizou: um empenho ético que resulta no desempenho mercantil e social”, como disse Barcellos. O que importa é o desenvolvimento do negócio, porque a prosperidade das pessoas nele envolvidas será uma consequência natural. Não pensar deste jeito é construir ilusões no lamaçal da ignorância. Maria Augusta de Castro e Souza, Profª, fundadora do grupo Eintritt Frei - Berlin/De

PERSONALIDADE

Théophile e o Gato Preto

O QUE SOMOS pelo que somos é, na arte de um dos mais notáveis suíços, a bandeira do olhar educado para o registro do todo humano, enquanto eixo civilizatório, e sua relação com a fauna e a flora. Desenhista e escultor, ele se faz serigrafista para gravar as visões que idealizavam a sua periferia; apaixonado por felinos, ele entra na art nouveau como artista nato, pois, os seus trabalhos já buscam assimetrias e traços alongados, e, ao conhecer o cabaré Le Chat Noir [O Gato Preto], na parisiense Montmartre, desenvolve um cartaz artístico para uma turnê de can-can, mas o que seria mais um trabalho torna-se emblemático no mundo publicitário pela essência da natureza animal ali gravada.

EU APOIO A MODA BRASILEIRA Saiba + marketing.brazil@lectra.com

Hoje, o seu chat noir é uma imagem que corre o mundo estampada em objetos promocionais e turísticos, ou simplesmente artísticos, além de serigrafia que decora espaços. Este suíço é Théophile Alexandre Steinlen [1859-1923] e inspira, ainda, a arte serigráfica. O seu chat noir inspira o mundo publicitário e muitas empresas (de ramos diversos) dão o nome gato preto a seus produtos, inclusive no Brasil. João Barcellos


ESPECIAL

Cluster Technology

TECNOLOGIA

AUDACES _4Dalize Moda em 4ª Dimensão

Tintas sublimáticas digitais J-Teck Tecnologia Cluster é uma inovação da J-Lab [laboratório J-Teck] para criar uma tinta mais estável. Tintas de sublimação padrão consistem de partículas sólidas e instáveis​​. A pressão a partir de sistemas de alimentação e a mais rápida aceleração de cabeças de impressão de alta velocidade provocam a distorção da estrutura molecular. A tecnologia de cluster cria uma estrutura molecular ordenada que reduz a viscosidade da tinta para uma melhor fluidez na impressão. As moléculas de tinta são agora consolidadas em clusters e passam pelas cabeças de impressão piezo sem alteração, com estrutura uniforme. E no Brasil, esta tecnologia está com a representação J-Teck a partir de Balneário Camboriú [47-3267.8400 / vendas@j-teck3.com.br].

INOVAÇÃO... Desenhos sempre começam na cabeça. Lá, eles se realizam em um lampejo. É possível até visualizá-los, em segundos, desfilando diante dos olhos. O novo programa (software) da Audaces revela o instante da criação, a dimensão do design em visão tridimensional do objeto. Eis o amanhã industrial em nosso agora: é o AUDACES Idea 4D. A quarta dimensão permite visualizar uma peça de roupa por todos os lados, a começar pelo lado mais abstrato para facilitar a materialização, ou seja, aquelas que estão perfeitamente prontas na cabeça do estilista, mas que nem sempre conseguem ser executadas, seja por falta de tempo ou detalhes não informados. Por isso, “...o Novo Audaces Idea vem com módulo 4D. Só ele dá ao estilista o poder de concretizar suas ideias rapidamente. Assim, quando a Audaces entrega um novo produto, também entrega novos conhecimentos”, disse Cláudio Grando na apresentação feita durante a edição 2016 da Febratex. Ao desenhar e visualizar as peças em três dimensões, o estilista consegue de vários ângulos supervisionar movimentos do tecido, fazer ajustes, mudar texturas, estampas e muito mais. Tudo na hora da criação. Sem precisar ir e voltar inúmeras vezes para aprovar um modelo. Assim, e nas palavras de Cláudio Grando, diretor da empresa, o Novo Audaces Idea representa a tecnologia de ponta no mercado global Eis o AUDACES Idea 4D – um avanço tecnológico sem limites na produção do vestuário, interligando todos os processos. Da criação até a logística, tudo está conectado. Ora, viva e produza com alma audaz, sim, 4Dalize... [www.4dalize.com]


ESTAMPARIA, MODA E TÊXTIL

SERIGRAFANDO RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

Imagens & Textos

8

ANTIGA, e ponham antiga nesta história, a técnica de estampar com tela de tecido é ainda hoje a mesma com variantes tecnológicas que a modernizam, além de cortar etapas dos parâmetros tradicionais e artesanais. Serigrafia é uma arte para gente apaixonada por resultados estéticos diferenciados, quer na reprodução de outras obras quer na produção de originais, e, seguindo os parâmetros convencionais, obtém-se uma estampa/impresso com ótima densidade de cor, saturação e textura. Popularizada como silk-screen [impressão com tela de seda], a técnica tem por base um Quadro [de madeira ou de metal] no qual é esticado um Tecido [ouTela] para ser Emulsionado e, então, receber a Gravação de uma Imagem a ser repassada, quando a Tinta é puxada por um Rodo. Os tecidos atuais são construídos com polyester ou nylon, não mais com seda. Para quem serigrafa, a Matriz compõe-se do Quadro + Tela + Emulsão + Imagem. Como é a impressão? A tinta é vazada na matriz e puxada pelo rodo, sendo que para cada cor é montada uma matriz. As tintas são base d´água e solvente e, para cada tipo de trabalho, alteramse tecido e emulsão, e, às vezes, até o tipo de quadro; o que afeta também o rodo e sua lâmina de borracha sintética com vários perfis para aplicação adequada. Como surge a imagem na tela? O tecido recebe uma Emulsão fotossensível e sobre ela é colocado um Filme, ou Fotolito, que contém a Imagem/Motivo: a gravação pode ser feita sob luz natural ou numa mesa de luz. No filme, os pontos escuros são os locais que serão vazados e pelo quais passará a tinta puxada pelo rodo; os pontos claros [por eles passará a luz que gravará a imagem na emulsão] são impermeabilizados pelo endurecimento da camada fotossensível exposta à luz. Serigrafando obtém-se impressos com estampas ou com textos, pelo que esta técnica é academicamente tida como gravação; na indústria, é mais o antigo método de estampar [moda] e de gravar informações [sinalização gráfica].


TINTAS

Corante & Pigmentada

AS TINTAS base corante são formuladas para aplicação interna, pois, os seus aditivos atribuem cores e são solúveis, já as tintas base pigmento são formuladas para aplicação externa por serem insolúveis, i.e., os aditivos ficam em suspensão homogénea. No caso de recarga de cartucho, por exemplo, é preciso conhecer as características físicas e químicas de cada formulação, porque a tinta base corante é menos densa e só entope a cabeça de impressão se o equipamento estiver com manutenção mal executada, enquanto que a tinta pigmentada pode entupir a cabeça se o equipamento (que é o mesmo) não estiver em condições operacionais adequadas, tenha ou não sistema diferenciado de injeção.

Seja qual for a tinta a aplicar é preciso que quem opera o equipamento de impressão conheça bem o tipo de trabalho a executar, uma vez que os depósitos de tinta podem ter manuseio mecânico (material selado para colocar e tirar), químico (cartucho controlado quimicamente) e eletrônico (as operações são feitas a partir de chips). Então, na aquisição do equipamento ou da tinta deve-se adquirir também o conhecimento tecnológico para as operações perspectivadas. Mário G. de Castro _ Rio de Janeiro, 2014. [Imagens: da web]

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

REGISTRO

9

Especializada no beneficiamento e venda de aditivos, distribuição de especialidades químicas e pigmentos, a All Pigment’s do Brasil tem matriz e show-room no Estado de São Paulo. A empresa presta todo o apoio técnico necessário ao desenvolvimento de novos produtos de clientes com uma equipe técnica treinada nas aplicações em todas as áreas de utilização dos pigmentos de efeito. PIGMENTOS PEROLADOS // Propondo outras possibilidades, os perolados proporcionam a redefinição de produtos com novas cores e revestimentos de efeito. Oferece em seu portfólio uma gama de cores com partículas de tamanhos e núcleos diferenciados desde a mica até aos mais sofisticados como boro-silicatos. GLITTER // Com uma ampla variedade de cores e sempre presente no mundo da moda e em suas novas tendências para cada estação, a empresa disponibiliza uma ampla linha de Glitters – partículas de poliéster metalizado ou não, indicadas para enfeites, estamparia, confecção, maquiagens, esmaltes de unhas, customização e trabalhos artesanais. A empresa também trabalha com vários tamanhos de partículas atendendo a necessidade especifica de cada segmento de mercado. NOVAS CORES & EFEITOS // Investindo em novos conceitos industriais, a empresa buscar marcar posição com efeitos flip-flop (camaleão) até na renovação de opções para produtos serigrafados (silk-screen) com efeitos sugerindo tridimensionalidade. Além de que dispõe de glitter em vários tamanhos e formatos com efeitos holográficos e cristalinos (efeito arco-íris).

WWW.ALLPIGMENTS.COM.BR


PAINEL

FEBRATEX

15ª edição _ 2016

A Feira Brasileira para a Indústria Têxtilfoi realizada entre os dias 09 e 12 de agosto de 2016, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (Santa Catarina), apresentando as principais novidades nos segmentos de máquinas de corte e costura, estamparia, teares e matériasprimas, fiação primária e secundária, máquinas e equipamentos para tinturaria e setor de lavanderia, equipamentos para enfesto e corte automático. Organizada e promovida pelo FCEM|FebratexGroup, a feira reuniu expositores de cerca de 60 países, totalizando 2,4 mil marcas. Eis o painel... AGABÊ SILK (atua na área de Estamparia de camisetas, lençóis, toalhas e bandeiras, plana e cilíndrica. Representa no país marcas Remco, Thieme, SPS, RKS e Technigraf; Saatie Seritec; Buffalo e Screen Mesh;Singtronic e Grunig); ARENA BUREAUX; ANDRADE MÁQUINAS (há 55 anos no mercado, representa a Brother, Kansai Special, Durkopp Adler, Suzuki, Hashima, Hams, Macpi, Japsew e a marca própria Sansei); AUDACES (lançou o 4Dalize, a moda em quarta dimensão; exibiu a Audaces Jet Lux Plus, nova versão do plotter Jet Lux, além do Audaces Idea 3D, que proporciona a estilistas e designers de moda a visualização da roupa em 3D no processo de criação; e a Audaces Neocut V6, máquina de corte automática de tecidos; o Audaces Vestuário, software de criação, graduação de moldes e geração automática de encaixes); BALKAN (Txtil, Tecido Não Tecido - TNT); Barudan, BM do Brasil (têxtil digital); BRASTEMA; CANATIBA (moda jeanswear feminina, masculina, jovem e infantil); Cena Aviamentos; Comercial Moreira; Dallmac Metais; Disk Maq Peças; Dotec Needle;Epson; Etical; Fixtres Soluções; Fix Impressoras; FREMPLAST (fabricação de tintas para serigrafia e impressão digital;linha Silicone Eco-Tex Têxtil, desenvolvida com 100% de silicone elastomérico que proporciona efeito de gel brilhante e antiderrapante, indicado para aplicações em bonés, roupas profissionais, malhas e

confecções em geral); Galileu Tecnologia (equipamentos Anajet, Gerber e InkCups, dos EUA; e Barudan e Mimaki, do Japão); GLOBAL QUIMICA E MODA (há 10 anos no mercado de estamparias com produtos de alta qualidade oferecendo a melhor tecnologia em impressão digital; acabamentos especiais para estamparia, como foil, glitter e pastas); GRUPO 3DC; Grupo NS; HACO; Imatec Máquinas; Inarmeg (mercado de acionamentos e de fabricação de máquinas especiais há mais de 35 anos); Inventti (empresa de TI de Blumenau); JEANOLOGIA (tecnologia sustentável que reduz o uso de água, químicos e energia no acabamento do vestuário, integrando laser, ozônio e nanobolhas e-flow, incrementando a produtividade, a automação e a eficiência com redução no consumo de água e produtos químicos de 90% e de energia de 50%); J-TECK GLOBAL (distribuidora no Brasil da J-TECK 3, empresa italiana que tem como principal foco a pesquisa e produção de tintas sublimáticas digitais; distribuidor direto no país das impressoras D-GEN e E-JET); KENT do Brasil (especialista em Tampografia e produtos para Serigrafia); Lanmax; LECTRA (apresentou a Vector IX Mosaïc, solução de corte automatizado para tecidos com estampas localizadas); Mab Fortuna; Malharia Princesa; MARABU (tampografia e serigrafia); Mathis (setor de Máquinas para Beneficiamento e Acabamento Têxtil, Controle de Qualidade e Tingimento Contínuo de Fitas); Metalsete; Metalúrgica Reuter; MIMAKI (impressoras para têxtil digital); MK Química; MOGK (com parque industrial multifuncional para atender diversos segmentos, como estamparia, vidraçaria, etc., a MOGK é referência sulamericana em máquinas, equipamentos e suprimentos de alta tecnologia); PAPEIS HAVIR (o melhor papel para transfer e sublimação); Reta Importadora (serigrafia); ROLAND DG (têxtil digital); ROYALLE BRINDES; SANSEI (apresentouse com o estilista Alexandre Herchcovitch na divulgação da eficiência das máquinas de costura); Setex Brasil; Sign Supply; Single Automação, SERTHA BRINDES

(brindes personalizados);SILMAQ, SINTEQUIMICA do Brasil(estamparia têxtil); SocioTec (equipamentos para automatizar confecções); SPG Prints (apresentou a impressora JAVELIN® / scanning, o próximo passo na revolução de impressão digital têxtil; Spice Ind Química; S.ROQUE (impressoras e equipamentos para estamparia serigráfica); Systêxtil (DashboardSystêxtil ERP, um novo conceito de experiência de uso de ERP); Tabatex; TAJIMA do Brasil (líder de mercado no segmento de máquinas de bordar industrial); TenTEX; TMX Representação; TowaFlex; Tremembé Indústrias Químicas (tinturaria, estamparia, acabamento e coating); Trevizan Malmegrim (teares de malharia circular e acessórios); Urmit Chemicals; Weko América (beneficiamento de malhas, tinturaria, tecidos, não-tecidos e tecidos papel; representa a marca Pleva); Weko; Welltec. MOGK recebeu o Troféu João Luiz Martins Pereira pelo seu incentivo à indústria nacional através da participação e colaboração com a FEBRATEX. O empresário Haraldo Mogk recebeu, em nome da família e da empresa, o troféu que celebra a dedicação e o empenho corporativo ´made in Brazil´. Com um parque industrial que atende vários segmentos [estamparia serigráfica, têxtil, subimática/transfer, vidraçaria, resistências elétricas, etc.], a empresa sediada em Blumenau, no Estado de Santa Catarina, é um exemplo do Brasil industrial que dá certo. Com mais de 40 anos de atividade a empresa tem como lema inovar com a tradição da qualidade. “Este prêmio valoriza o nosso trabalho...”, sintetizou o empresário.


SILMAQ & TAJIMA Se tem moda, tem Silmaq Silmaq, maior importadora de máquinas e equipamentos para a indústria têxtil do Brasil, acaba de assumir a operação brasileira da Tajima, líder mundial no segmento de bordado. A fusão faz parte de uma estratégia de expansão que visa aumentar a participação da Silmaq no mercado brasileiro e também de oferecer um portfólio completo para os clientes da empresa. Para o diretor presidente da Silmaq, Silvio da Paz, a Tajima chega num momento especial, abrindo as comemorações dos 30 anos de história da Silmaq. Além da Tajima, a Silmaq também apresenta para o mercado novas marcas para o segmento de camisaria e jeans, as italianas Mactec, Soko Chimica, Brongo e Triveneta chegam ao portfólio com o que há de mais moderno no mundo para lavanderia, tinturaria e customização de confeccionados.

VECTOR MOSAIC IX Alta qualidade no corte de estampas localizadas  As últimas inovações estão transformando o processo de produção na moda, entre elas a solução de corte automatizado para tecidos com estampas localizadas, a Vector IX Mosaïc, que facilita o encaixe, o corte e a montagem de produtos estampados, proporcionando um relevante acréscimo de qualidade ao produto final. Com o equipamento Vector IX Mosaïc é possível compensar qualquer distorção e ajustar o caminho de corte das estampas automaticamente, o que garante que as peças do molde combinem perfeitamente quando montadas. Isso proporciona economia de tempo e oferece aos fabricantes a flexibilidade de gerenciar melhor a diversidade de tecidos estampados. “Estamos muito felizes em trazer esta solução para o Brasil. Conversando com o mercado, pudemos identificar a demanda por uma tecnologia que ajude no desenvolvimento de produtos com estampas localizadas. A Vector IX Mosaïc entrega exatamente este atributo ao mercado”, disse Adriana Papavero, diretora Lectra América do Sul.   

EFI FIERY COLOR PROFILER SUITE Certificação de sistema G7 da Idealliance Electronics For Imaging, Inc. (Nasdaq:EFII) anunciou que o EFI™ Fiery® Color Profiler Suite, versão 4.9, recebeu, no dia 30 de maio, a certificação de sistema G7® da Idealliance®. A solução é a primeira ferramenta de gerenciamento de cores para sistemas de impressão digital em folhas avulsas que disponibiliza calibragem G7, verificação de conformidade com Grayscale G7 e criação de perfil de resultados integrado com uma front-end digital (DFE) que evita investimentos adicionais em software ou a necessidade de entrada/upload manual de dados. Os procedimentos detalhados são incluídos em uma folha de dados de aplicativo disponível no site da Idealliance. Outro software com certificação de sistema G7 para impressoras digitais em folhas avulsas exige um investimento adicional e um treinamento em software de verificação de terceiros, acrescentando custo ao sistema e tempo de operação, a fim de garantir a conformidade.  “Trabalhar com parceiros como a EFI é um importante aspecto do apoio industrial contínuo da Idealliance”, declarou David J. Steinhardt, presidente e CEO da Idealliance. “Ao incorporar a verificação e a conformidade G7 ao Fiery Color Profiler Suite, a EFI está tomando a dianteira no setor que auxiliará as impressoras a atender de forma mais simples e rentável às expectativas”.  O Fiery Color Profiler Suite é o único produto integrado no mercado que calcula as curvas de correção G7 e as insere diretamente em um conjunto de calibragem em um DFE Fiery, tornando o processo de calibragem G7 mais rápido, simples e menos sujeito a erros. O fluxo de trabalho do método G7 valida os resultados da calibragem G7, e então orienta o usuário a criar um perfil de resultados ICC otimizado para trabalhar com a calibragem G7. Isso significa que altos níveis de conformidade G7, incluindo G7 Targeted e G7 Colospace, podem ser atingidos com um único produto de software de fácil utilização. [www.efi.com.] / Fonte: Comunicale    GLOBAL _ Novo Endereço & Website A empresa Gênesis Global está com novo endereço. É um novo e decisivo passo devido à necessidade de expansão e de novos projetos em andamento, na parceria com a Gênesis. Mega Global Comércio, Importação e Exportação Ltda. / Rua Guilhermino de Lima, 175 - Vila Augusta / 07040-160 Guarulhos – SP [fone: 11 2656-7181]

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

REPORTAGEM

11


CAPA

MODA

_Comunicação Visual [sinopse de palestra]

DESENVOLVEMOS o pensamento com mensagens corporais (gestos e sons) e visuais (traços, escrita, fotos, imagens em movimento), logo, criamos a circunstância social que nos permite dizer de nós ao mundo.

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

E isto diz tudo? Não, não diz tudo.

12

Quando programamos uma impressora digital para decorar por sublimação um tecido, ou lançamos um filme numa prensa para apor uma mensagem em outro tecido, estamos a comunicar visualmente. Ora, mensagem visual faz moda e moda não existe sem tal comunicação expressiva, seja industrial ou artística e personalizada. Sim, é verdade: produzimos moda quando interagimos a nossa ideia com outras pessoas e ou dela fazemos alavanca industrial ou comercial. Moda não é somente um objeto de estilo carreado por manequim, moda é ser-estar no mundo dizendo da nossa raiz com a consciência de que isso, sendo ideia ou objeto, pode transformar-se em mercado ou integrar uma rede mercantil. Quando a prensa de termotransferência ou a impressora digital nos devolvem o objeto perfeitamente decorado percebemos uma comunicação visual que nos deixa felizes: é o resultado de uma ideia que pode gerar tendências, ou não, mas em ambos os casos é moda.

Moda, é gerar o visual que comunica o singular no plural No momento em que o aerógrafo termina a passagem da tinta, num boné ou numa camiseta, num muro ou num veículo, o artista entrega uma mensagem que comunica visualmente. Sejam quais forem os processos, gráficos ou têxteis, a moda tem por base o traço (riscado e cores) idealizado – o que se percebe, também, no tom natural do objeto e no corte simétrico [conformidade/combinação proporcional] ou não [ausência de...], e mesmo a ruptura com estilos tradicionais lança no espaço um tempo novo pela urgência do ser-estar no diálogo com outras possibilidades. Isto é moda, é gerar o visual que comunica o singular no plural e faz cada comunidade pensar na sua raiz.

BARCELLOS, João – in “Moda: Circunstâncias Várias Do Nosso Cotidiano”, palestra. São Roque – SP, Junho de 2016. Escritor e Pesquisador de História, autor de “Estamparia” e “Indústria Digital”, entre outros livros. Fotos: Embaplan, J-Teck (E-Jet) e Mogk


PAINEL

PELÍCULA VINÍLICA E DEPOIS DO ESTILETE e da plotter de corte, novamente o estilete e a plotter de corte... Eis a película vinílica.

Um dos queridinhos da indústria da comunicação visual, o pvc é a base de vários negócios e tem tratamento diferenciado por não ser 100% petroquímico, por isso, também um elemento em destaque nos ramos calçadista e têxtil. SERVIÇO _ Plásticos Alko, 3M, Aplike, Imprimax, entre outras empresas fornecem películas vinílicas de alta qualidade.

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

É uma resina atóxica e inerte formulada do cloreto de vinila (pvc = polyvinyl chloride), portanto, reciclável: possui 57% de cloro (sal de cozinha) e 43% de eteno (petróleo). Os hidrocarbonetos são polimerizados resultando em material plástico, que pode virar flexível ou rígido, ou pasta para tintas com solventes orgânicos, etc. Como película, o pvc é utilizado em diversos segmentos industriais, adesivado ou não, seja como cobertura de objetos para identificação mercantil e corporativa, ou como elemento de decorativo.

13


TECNOLOGIA

RevistaImpressão&Cores-ed104.pdf

Personalizar envelopando...

14

At the 2016 SGIA Expo in Las Vegas, specialty imagers will gather to experience the newest equipment and applications for graphic imaging, apparel decoration, printed electronics and industrial printing, including: Digital inkjet, screen printing, direct-to-garment inkjet, media and substrates, and much more from the industry’s leading exhibitors. You’ll also see the most innovative software, automation solutions and color management tools available.

AS PELÍCULAS autoadesivas vinílicas tornaram-se produtos de ótima aplicação na promoção da decoração corporativa e personalizada (seja no lar, no escritório, no veículo, etc.). Entre os anos 2010 e 2015 a sua aplicação tornou-se um vírus industrial e criativo. E o termo envelopar é agora o verbo do mercado autoadesivo. Mas, o que é envelopar com película autoadesiva? Don’t miss the best show for Já no final dos Anos 90 do século passado verificamos specialty imagers: a ampla possibilidade decorativa do autoadesivo além 2016 SGIA Expo, September 14–16 do imã de geladeira... Com a chegada das plotters de in Las Vegas! corte, e hoje com as plotters de corte e impressão além, obviamente, do tradicional processo de impressão serigráfica, a película vinílica alcançou plataformas de aplicação mais sofisticadas e mais no envelopamento, completo ou parcial, de veículos (aeronaves, automóveis, barcos, bicicletas, motos, ônibus, caminhões, etc.). É uma cobertura feita com película adesiva (fosca, i.e., transparente, ou colorida), e, recentemente, popularizou-se em dois setores: personalização de carros e ambientes. Em aplicação externa, a película vinílica adesiva tem uma vida útil de até 2 anos e não protege o material coberto contra Impressao_Cores_9x12cm_HYBRID.indd 1 4/18/16 riscos profundos nem evita o amassado de pequenos Saiba +, contate as empresas Aplike, Sansuy e choques. Alko, entre outras fabricantes de vinil autoadesivo; A aplicação do material exige conhecimento dos tipos e também Roland DG, Ampla Digital, Mimaki, etc., comercializados e as técnicas bem operacionalizadas fabricantes de impressoras digitais. evitam as pequenas bolhas que aparecem quando amadores se metem a fazer serviço de gente especializada. Não Envelope Sem Consultar Uma questão que deixa muitas pessoas com os cabelos RESOLUÇÃO Nº 292, DE 29 DE AGOSTO DE 2008 // em pé é a cola, mas, saiba-se..., a cola aplicada no Dispõe sobre modificações de veículos previstas nos autoadesivo é adequada para cada tipo de operação e arts. 98 e 106 da Lei nº 9503, de 23 de setembro de especificada pelos fabricantes, logo, em caso de retirada 1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro e dá do material a tinta original continuará brilhando. É só não outras providências. [...] As modificações em veículos largar o objeto nas mãos de picaretas. devem ser precedidas de autorização da autoridade Feiras especializadas em artes gráficas e comunicação responsável pelo registro e licenciamento. visual promovem habitualmente concursos de envelopamento para e entre profissionais do ramo.

3:00 PM


CONHEÇA O UNIVERSO TECNOLÓGICO DA CHIGUETO E IMPULSIONE SEU NEGÓCIO! PRENSA BOTTON

Com matrizes para fabricação de bottons, chaveitos, botton imã, espelho e abridores. Tamanho das matrizes: 2,5 / 3,5 / 4,5 / 5,5 / 6,5 / 8,8 cm e quadrado de 5,1 cm. Todas fabricação própria.

EFEITO AMASSADO EM JEANS com Prensa Térmica Pneumática Prensa Térmica Pneumática projetada para produzir efeito amassado em jeans. É a PJ 150, desenvolvida para ser operada com facilidade e rapidez, agora com acionamento por pedal.

Informações Técnicas: Forma Côncava: 13,8x15 Potência: 1,8 Kw Consumo de Energia: 0,9 Kw/H Voltagem: 220 v Dimensões: 32x78 cm

EFEITO AMASSADO MODELOS

INFANTIL E ADULTO

PRENSA TÉRMICA PARA ETIQUETAS Especialmente projetada para etiquetas em bobinas de até 60 mm de largura, este tipo de prensa (com 12 modelos) adequa-se a diversos tamanhos de etiquetas. Com leitor de tarja, esta prensa dá qualidade e maior produtividade. Informações Técnicas: As etiquetas são gravadas com impressora térmica monocromática; a temperatura da placa é de 200ºC e o tempo de 2 segundos; os rolos de papel são comercializados na largura de 3,5 cm ou 5,5 cm, e comprimento de 150 m. Este tipo de etiquetas pode ser aplicado em tecido de fibras naturais, sintéticas e mistas.

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA PF 1460

(11)

2402-4740

Fábrica, Loja e Show Room Rua Padre Geraldo Malzerol, 90 Jd. Santa Emília - Guarulhos / SP

Outros modelos de prensas e linha de bottons em www.chigueto.com.br

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA c/ Placa Móvel, Braços Fixos nos Formatos PL 500 (40x50 cm), PL 150 (8x15 cm), PL 430 (37x43 cm)

PRENSA TÉRMICA MANUAL

MD 500, nos Formatos 22x33, 35x35, 37x43, 40x50, 45x55 e 51x71 cm


Revista Impressão & Cores | Edição 104  
Revista Impressão & Cores | Edição 104  

Edição 104 - Ano IX - Agosto de 2016

Advertisement