Page 1

FEBRATEX

Blumenau/SC de 9 a 12 de Agosto

ISSN 2176-1345 | Distribuição Gratuita

Notícias do Meio Gráfico, Moda & Têxtil // Comunicação Visual

Ano IX - Edição nº 103 - Julho 2016

IMPRESSÃO CORES

Efeito Camaleão All Pigment´s explica... A tecnologia do brilho na moda de todos os ramos da comunicação visual Fabrício Christoff fala dos novos nichos de mercado na estamparia digital


CARROSSÉIS AUTOMÁTICOS

PRODUTOS 100% NACIONAIS

CARROSSEL MCA

MINI MCA 2 CORES

MINI MCA 1 COR

MANUAIS SR-4 Prensa térmica Para etiquetas Em bobina

PTP-660: 96 x 66 cm

PTP-400 Dupla 40 x 50

PTM-40 40 x 50

PTM-42 Dupla 31 x 42

PTM-80 80 x 65

PTP - 15

MTCF 500

MTCF 250

vanguarda.art.br

AUTOMÁTICA PTA-4000: 40 x 50 cm 52 x 72 cm

P/ JEANS PTI-5 Dupla Jeans

CALANDRAS

AUTOMÁTICAS E SEMI-AUTOMÁTICAS

PRENSAS E CALANDRAS P/ SUBLIMAÇÃO E TRANSFER

PTP - 900: 85 x 110 cm PTP-1450: 100 x 145 cm MTC 1.800

EQUIPAMENTOS P/ SERIGRAFIA MISTURADORES DE TINTA POLIMERIZADEIRA /SECADORA

MESA ELÉTRICA DUPLA

Elétrica e a Gás Modelos sob consulta

MULT-MIX

Fone: 47

MTVR-20

MT-70

3323-5844

www.mogk.com.br mogk@mogk.com.br Rua 2 de Setembro, 2.877 - 89052-505 - Blumenau - SC


EDITORIAL

Abrir a porteira ed.

103

EXPEDIENTE Título// Marca de TerraNova Comunic 02.206.278/0001-45 NAE 58822100 Certificado Digital // NF@ Correspondência / Cx. Postal nº16 06717-970 Cotia/SP Edição / Cristiane Ramos [Mtb 39615] João Barcellos Dep. Comercial / Junior Projeto Gráfico / Alô Publicidade Web / Georg Hans Impressão / QuatroCor Gráfica e Editora CONTATO / www.impressaocores.com.br jb@impressaocores.com.br / junior@impressaocores.com.br Redação 11 2690.2021 JB 9 9966.5246 // Junior 11 9 6898.3230

A nação precisa de gente criativa e ousada, até porque foi feita com e por gente criativa e ousada. E é hora! Abrir a porteira e deixar a nação respirar a sua essência própria, eis o momento. Que em crises de identidade política de poder o empresariado fica chocado e até paralisado por um tempo, que é um tempo de gestão de possibilidades, é uma verdade, mas esse tempo de gestão tem um limite chamado... nação. Não se pode, em nome de quaisquer crises, deixar de apostar no chão que nos é berço e estrada e tumba, porque se não for assim, o ar torna-se irrespirável e vira mortalha para mortos-vivos! Existe, sim, uma parte do empresariado brasileiro que vai à luta, cria e recria circunstâncias industriais e comerciais para não permitir que a nação desapareça no charco da podridão política fomentada por analfabetos ideológicos, desterrados na própria terra e que desconhecem as cores da bandeira pátria. Aonde vai isto? Poderia a nação sumir, como outras nações antigas sumiram por incompetência política, mas é essa parte do empresariado, de brasileiras e brasileiros, que não permite tal catástrofe. É hora do empresariado, como um todo, dizer sim à nação apoiando políticas públicas adequadas para harmonizar e não destruir o Brasil. Sim, é hora de abrir a porteira, deixar o Brasil respirar.. João Barcellos

Os artigos assinados são de responsabilidade dos seus autores.

ASSINATURA

12 edições por R$ 50,00 Deposite R$ 50 para TerraNova Comunic, e envie cópia do comprovante e seus dados para revista.ic@uol.com.br ou ligue (11) 2690-2021 BANCO DO BRASIL AG 0916-4 / CC 29845-X

SAIBA MAIS! impressaocores.com.br

Acesse nosso site e fique por dentro de todas as novidades do meio gráfico, moda e têxtil, além das inovações do universo da comunicação visual.

E-Jet VO Grande novidade J-Teck Carrossel automático Excelência MOGK Phenix Máquinas O Mundo da serigrafia ao seu alcance

04/05 MERCADO

Sumário

• Cabeçote Suspenso em Solda de Lona / JOBPLAS • Calandra Mogk

08 // ESTAMPARIA, MODA & TÊXTIL DIGITAL

09 // REGISTRO

11 // REPORTAGEM

12 // NOSSA CAPA

• SlimTex _ afinando a silhueta

• Fabrício Christoff fala de Têxtil Digital

• Pigmento de Efeito _ qualidade & moda

13 // PAINEL

• Inglaterra & EU _ E aí?!

• Febratex • Grupo FCEM 2017

14 // TECNOLOGIA • OBM PowerFilm / Embaplan

06 // VITRINE EMPRESARIAL E PERSONALIDADE • Tucano / de Goiás para o Brasil • Meu nome é Fraga

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

É hora!

3


MERCADO TRANSFER CONTÍNUO CALANDRA

TINTA BLOCKING PARA CARTÕES TRANSLÚCIDOS

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

MOGK

TENDERE

ESTA CALANDRA, que possui mesa auxiliar, tem sistema rápido, prático, silencioso e econômico para transferir, por sublimação e de forma contínua, imagens impressas em papel transfer para tecidos à base de poliéster. Com cilindro térmico aquecido por resistências elétricas com óleo térmico, uniformidade da TENDERE — empresa de consultoria que gera ainformações estratemperatura é mantida emde toda a superfície do tégicas nos setores de Moda, Homewear, Design Interiores e Beleza cilindro. para retirada do produtode a — abriu inscrições para a 7ª Possui edição nobreak do Seminário de Tendências ser transferido no caso de falta de energia, e Esteira Moda, que apresentará os conceitos para a Primavera-Verão 2016/2017. com inversão de rotação. O conteúdo, que seráauxiliar ministrado pela diretora e fundadora da empreE Campinas, mais: Sistema da Máquina sa, Patrícia Sant’Anna, em no de dia Gerenciamento 22 de maio, é resultado de contador de produção, parcial, total dia, uma pesquisa realizadapor pelaCLP: própria Tendere, que adaptou as tendências acumulativo; histórico de alarmes; programa para o público do Brasil e hemisférios sul. O Seminário irá apresentar para ligar a máquina em determinado também a predisposição de comportamento e de consumo parahorário; 2016 desligamento automático após “Além alcançar a e 2017, que podem impactar nos negócios ou coleções. de toda de estímulo segurança;desistema de reutilização a informação, o eventotemperatura é focado no networking entre os do papel de transfer (opcional); para sistema diversos setores presentes, no qual se destacam empresários, designers contínuo e peças cortadas. e profissionais da moda”, finalizou Heloísa Jardim, responsável pelo Além das opções: auxiliar p/de peças cortadas; comercial e eventos da consultoria. EntreMesa as empresas apoio está a Desenrolador tangencial e Enrolador tangencial. Lectra.

7º Seminário de Tendências de Moda

A VFP Ink Technologies anuncia na Cards Brasil, o lançamento da nova tinta IR Blocking direcionada à produção de cartões translúcidos. Concebida para funcionar devidamente em todos os leitores possuindo sensores IV, a tinta VFP IR Blocking permite a sistemática detecção da presença do cartão, ao absorver a região de IV de 860nm – 950nm, e transmitindo uma alta percentagem de luz no espetro visível. Similares na estrutura e corpo à tinta solvente convencional, as tintas VFP IR Blocking são extremamente estáveis, com uma vida útil mais longa do que o esperado. Tal como as folhas impressas com tinta IR Blocking, os potes podem ser guardados por mais de 6 meses, em ambiente com humidade, luz e temperatura controlada. www.vfp-ink-technologies.com

Hotel Comfort Suites // Rua Embiriçu, 300 – Alphaville - Campinas (SP) MOGK Blumenau-SC 22 de Maio, das 8h às/ 18h [ Fone (47) 3323.5844 / mogk@mogk.com.br ] [www.tendere.com.br/blog/seminarios-de-tendencias]

4

Impressora Em Rolo & Flash Cure Dois equipamentos, duas necessidades no mercado da estamparia: a Impressora Em Rolo e a Secagem Localizada (Flash Cure).

Excelência na fabricação e comercialização de equipamentos serigráficos

plastisóis e base d´água. Carrossel Têxtil

Tanque de lavar telas

A conceituada fabricante brasileira Phenix Máquinas produz os dois equipamentos dentro das normas internacionais de segurança e aplicabilidade.

Impressora Em Rolo é cada vez mais utilizada na produção de estampas em fitas e crachás.

Esticador Mecânico

Linha UV

Flash Cure é essencial em toda a estamparia localizada na pré-cura de tintas

Novo Fone: 55 11 2690.2021

PHENIX [www.phenixmaquinas.com.br / 41-3633.1008]

[4]

Tel.: (41) 3633 1008

www.phenixmaquinas.com.br Revista Impressão & Cores · Abril · 88


JOBPLAS A MÁQUINA tem como diferencial o vão-livre sobre a mesa. O cabeçote é preso a uma estrutura metálica (tipo treliça), ou a um teto ou uma viga, o que deixa a parte inferior afastada de quaisquer obstáculos, logo, o material a ser soldado passa livre pelo eletrodo. Esta engenharia permite mais espaço operacional na solda de lonas. Este cabeçote suspenso é uma solução que gera custo-benefício. Consulte a Jobplas e conheça as opções técnicas em solda eletrônica que a empresa oferece.

(11) 3974.8833 [ jobplas@yahoo.com.br ]

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

Engenharia & Praticidade na solda de lona PVC

5


VITRINE EMPRESARIAL

TUCANO Equipamentos inovadores

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

Para Serigrafia & Termoimpressão

COM a expansão da serigrafia têxtil e a intensificação pela busca de efeitos diferenciados, o mercado passou a exigir cada vez mais investimento tecnológico em equipamentos, e, com tal objetivo que nasceu, em Goiânia, uma empresa com enorme potencial competitivo: a Tucano Equipamentos. Uma empresa dinâmica, que acredita na parceria como principal alicerce para as suas conquistas. Produzir equipamentos inteligentes e inovadores para a solução dos seus problemas!, eis a bandeira da empresa, que tem como principal diferencial o desenvolvimento a introdução de equipamentos totalmente automatizados para a impressão, pré-cura e cura total em Serigrafia [silk-screen]. Hoje, a empresa projeta e fabrica material para serigrafistas em geral, desde acessórios básicos como chavetas, morcetes, espátulas e quadros, a par de equipamentos para acabamento, como flash cure, flocadoras, polimerizadoras, estufas para secagem de telas, etc., reveladoras e máquinas rotativas. E além da Serigrafia, a Tucano desenvolve e comercializa também equipamentos para sublimação e estamparia: prensas térmicas de pequeno e grande porte, manuais e automáticas, mesas térmicas e grande variedade de máquinas e acessórios do segmento têxtil. Com planta industrial e sede em Goiânia, a empresa possui departamento técnico para assistência para os produtos que vende para todo o Brasil.

[ Tucano / Fone: (62) 3233.8282 ]

6

PERSONALIDADE meu nome é

Fraga ESCUTEI-O pela primeira vez em um evento da Fcem/FebratexGroup no nordeste e percebi no cara a força telúrica de um Brasil que o é, mas que precisa acontecer para além da retórica ufana com moldura futebolística. Agora, em abril de 2016, li um comentário seu sobre o espaço-tempo de criação no âmbito de uma parceria com a Metalnox Digital, lá do sul, e aqui vai uma nota sobre tudo...

EU APOIO A MODA BRASILEIRA Saiba + marketing.brazil@lectra.com

Formado no Brasil e pós-graduado nos EUA com passagem de especialidade na Inglaterra, ele integra um seleto grupo de estilistas e criadores de arte visual (na qual incluo a moda...) que vem dando à humanidade expressões mundanas e regionais com assimilação do diferencial que se encontra nas culturas várias. Experimentador e criador que se alimenta do ser que é e das comunidades que leva ao mundo, Ronaldo Fraga é o comunicador que gera cenários, figurinos, ilustrações e jeitos de vestir e calçar e, nisso, projeta acessórios adequados com a sua exclusiva assinatura. Eis que da Argentina ao Japão e México, da Bélgica ao Chile, Holanda e Espanha, ele é tido como “o Brasil da modernidade assente em raízes próprias” (como escrevi em 2014 a propósito da sua coleção ´carne seca´), e, no Brasil, a sua comunicação visual começa a ser apreciada além dos palcos e passarelas, pois, aos poucos, Ronaldo Fraga surge como uma das raras personalidades notáveis que levam a nação ao patamar do nacionalismo de essência – aquela poética geradora de orgulho que sabe a terra, por isso telúrica e cósmica. João Barcellos


ESTAMPARIA, MODA E TÊXTIL

SUBLIMAÇÃO

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

Novas oportunidade de negócio em nichos diversos

8

PLOTAGEM e Têxtil Digital (ou Sublimação) são hoje parte de um processo industrial que altera significativamente o modo de produção em diversos segmentos. As máquinas de impressão sob controle rigoroso da computação gráfica têm cabeças de injeção de tinta que são, por si só, complexos tecnológicos. E “[...] esta tecnologia digital permite agora a criação de novas oportunidades de negócio com nichos que surgem em várias áreas produtivas”, como observa Fabrício Christoff, da J-Teck Global, ao falar, por exemplo, da Infiniti Fina 160 P2, com cabeçotes Panasonic 4 pl e Tinta Sublimática J-Teck 4 cores, uma impressora de alta resolução (até 1440 dpi) e grande produtividade (ex.: 8 passadas em 80 m²/h).

“Nós, da J-Teck Global, oferecemos ao mercado a solução completa em impressoras, tintas e complementos de altíssima qualidade, porque a abertura de novos nichos implica em produtividade com qualidade; e assim, quando exibimos uma impressora como a Infiniti Fina 160 P2, mostramos ao mercado que não existe crise que não possa ser superada com tecnologia e investimento adequado”, continua Fabrício Christoff, sempre atarefado nos eventos tecnológicos em levar a mensagem “a tecnologia adequada para uma produção planejada é a solução”. A empresa, sediada em Balneário Camboríu, no Estado catarinense, “é uma referência da alta tecnologia em tintas e impressoras para sublimação, por isso a oferta de uma variedade de produtos que permitem investimentos seguros em nichos diferentes, contando sempre com a assistência técnica e aperfeiçoamento profissional”, remata. A aposta da empresa é colocar o Brasil no patamar tecnológico que já alavanca o Têxtil Digital e a Moda em muitos países, por isso, a J-Teck Global vem conquistando espaços com a credibilidade do produto certo segundo a necessidade do cliente.

[ J-TECK GLOBAL / vendas@j-teck3.com.br / (47) 3267.8400 ]


REGISTRO

SlimTex

O MERCADO do vestuário e a tecnologia têxtil não param de surpreender os mercados da moda. A tecnologia SlimTex, q.s., adequar vestuário ao corpo, permite a confecção de calças jeans [LeJeans / Legging + Jeans] que se ajustam a todos os tipos de medidas, com a vantagem de não utilizar costuras grossas, zíperes e botões. A tecnologia consiste na construção de um tecido com três camadas que lhe dão elasticidade. Este tipo de tecido também permite a estampa digital de bolsos, bigodes, etc., como a J-Teck demonstrou recentemente em feira realizada em São Paulo. Imagens: Polishop e J-Teck + Infiniti Fina 160 P2

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

Esconder a gordurinha e estampar acessórios convencionais

9

Especializada no beneficiamento e venda de aditivos, distribuição de especialidades químicas e pigmentos, a All Pigment’s do Brasil tem matriz e show-room no Estado de São Paulo. A empresa presta todo o apoio técnico necessário ao desenvolvimento de novos produtos de clientes com uma equipe técnica treinada nas aplicações em todas as áreas de utilização dos pigmentos de efeito. PIGMENTOS PEROLADOS // Propondo outras possibilidades, os perolados proporcionam a redefinição de produtos com novas cores e revestimentos de efeito. Oferece em seu portfólio uma gama de cores com partículas de tamanhos e núcleos diferenciados desde a mica até aos mais sofisticados como boro-silicatos. GLITTER // Com uma ampla variedade de cores e sempre presente no mundo da moda e em suas novas tendências para cada estação, a empresa disponibiliza uma ampla linha de Glitters – partículas de poliéster metalizado ou não, indicadas para enfeites, estamparia, confecção, maquiagens, esmaltes de unhas, customização e trabalhos artesanais. A empresa também trabalha com vários tamanhos de partículas atendendo a necessidade especifica de cada segmento de mercado. NOVAS CORES & EFEITOS // Investindo em novos conceitos industriais, a empresa buscar marcar posição com efeitos flip-flop (camaleão) até na renovação de opções para produtos serigrafados (silk-screen) com efeitos sugerindo tridimensionalidade. Além de que dispõe de glitter em vários tamanhos e formatos com efeitos holográficos e cristalinos (efeito arco-íris).

WWW.ALLPIGMENTS.COM.BR


prodv

FEIRA BRASILEIRA PARA A INDÚSTRIA TÊXTIL

Eventos paralelos: FÓRUM/Informações

ABTT

Realização:

www.febratex.com.br Evento exclusivo e gratuito para profissionais do setor que fizerem seu pré-credenciamento pelo site até 08/08/16. Caso contrário, será cobrada a entrada no valor de R$ 20,00 no balcão de atendimento. Apoio:

Agência de viagens oficial:

www.feiratur.com.br

Promoção:

GROUP


REPORTAGEM

Pigmentos de Efeito

NOS BASTIDORES da indústria de comunicação visual, entre produtos têxteis, calçadistas e automotivos, mas também para produtos promocionais, e mais na base da aplicação serigráfica [silk-screen], é grande a demanda por substâncias com capacidade para recriar a sensação paradisíaca em brilho de cores. Em conversa com os empresários Rogério e Rick, da conceituada firma paulista All Flock, que também abriga a All Pigment’s do Brasil, com unidades em Mairinque e em São Paulo, a Revista I&C quis saber como está o mercado... “Seja qual for a situação econômica, o mercado, e neste caso a flocagem e a serigrafia, procuram diferenciais que agreguem alto valor comercial aos produtos”, observa Rogério, “mas é um diferencial de alta tecnologia, como a do pigmento de efeito, que chamamos de efeito camaleão, em que, por exemplo, a aplicação por silk-screen desta pigmentação produz variáveis de cores que fazem brilhar qualquer produto; estas micro partículas são tão sensíveis que a estática do próprio corpo humano as atrai...”, completa Rick. O que é isto? “O que chamamos de efeito camaleão é produzido por pigmento de interferência: pigmento de partículas de boro-silicato em combinação com as substâncias convencionais produzem iridescência – o brilho que faz a moda, a sensação”, explica Rick. “Sempre buscamos o brilho do ouro, da prata, da pérola, e é isto que se procura colocar nos produtos do dia a dia, por isso, trabalhar com pigmentos de alta qualidade é a base para um produto diferenciado em bom gosto, e isto é o que estamos levando para a serigrafia. Este efeito camaleão cria uma ilusão de ótica do tipo 3D, um diferencial e tanto”, recomenda Rogério. E continua: “Obviamente, não deixamos de lado outro segmento importante, que é o glitter (pérola de mica), aplicado em vários ramos industriais e artesanais e ampla gama de efeitos”.

“Sempre buscamos o brilho do ouro, da prata, da pérola, e é isto que se procura colocar nos produtos do dia a dia, [...] e isto é o que estamos levando para a serigrafia.”

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

Comunicar visualmente com efeito camaleão de pigmentos especiais

11

Industrialmente, o pigmento de interferência dá um resultado denominado flip-flop: dependendo do ângulo em que se observa o objeto pigmentado obtêm-se uma cor ou uma gama de cores e entra-se no efeito camaleônico, ou seja, de uma cor passasse a outra cor. E ele mesmo, Rogério, revela: “Observamos muitas aplicações, por exemplo, na moda, tintas, e nos meios moveleiro, automotivo, imobiliário e acabamentos, e achamos que os pigmentos especiais utilizados nessas áreas poderiam ser aproveitados na diferenciação de produtos na flocagem e na serigrafia...”.

+ Informações [ www.allpigments.com.br ]


CAPA

FEBRATEX

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

15ª Edição

12

A 15ª edição da “Febratex – Feira Brasileira para a Indústria Têxtil”, maior feira para a indústria têxtil das Américas, acontece entre os dias 09 e 12 de agosto de 2016, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC). O evento bienal é organizado e promovido pelo FCEM | Febratex Group. Uma das novidades da próxima edição é o novo pavilhão, o Setor 4, que o Vila Germânica inaugurou em 2015, erguido na modalidade de naming rigth, seguindo o modelo dos maiores espaços de eventos do mundo. O Setor 4 terá dois pavimentos: no térreo estarão localizados pontos para a venda de alimentos e bebidas, sanitários e palco com camarins apropriados para eventos. No piso superior, haverá um restaurante que funcionará o ano inteiro, independente de eventos, e camarote com visão tanto para o Setor 4 quanto para o Setor 1. O espaço poderá abrigar 1,5 mil pessoas e servirá como alternativa para congressos. A “Febratex 2016” também contará com um Pavilhão Internacional em um espaço exclusivo e totalmente climatizado. A última edição da mostra, realizada em agosto de 2014, reuniu expositores de mais de 50 países, totalizando 2.250 marcas, entre importantes empresas nacionais e internacionais.

Os cerca de 90 mil visitantes conferiram os principais lançamentos mundiais em equipamentos acessórios, insumos e matérias-primas para do segmento têxtil, além de informações técnicas e de tendências comportamentais e de varejo. A Programação Paralela da “Febratex 2016” destaca o “Fórum de Informações ABTT”, a “Contexmod” e o “Fórum Digital/Cenários Usefashion”. O evento conta com o apoio da ABRAMACO – Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos para Confecção; ABIMAQ – Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos; ABIT – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção; ABTT – Associação Brasileira de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda e da ABQCT – Associação Brasileira de Químicos e Coloristas Têxteis. Fonte: Persona Consultoria de Comunicação

Febratex 2016 // 09 a 12 de Agosto de 2016. Horário: das 14 às 21 horas. Local: Parque Vila Germânica / Blumenau (SC).

[ www.febratex.com.br / www.fcem.com.br ]

“Tecnotêxtil Brasil”, “FebraTêxtil” e “FIN

“Tecnotêxtil Brasil”, “FebraTêxtil” e “FINTT” serão realizadas simultaneamente em 2017

serão realizadas simultaneamente em 2017

Cerca de 80 convidados, entre jornalistas, representantes de empresas e entidades do setor e formadores de opinião, foram recebidos pelo diretorpresidente do FCEM| Febratex Group, Hélvio Roberto Pompeo Madeira, junto com a Publisher e CEO Grupo MJC| Textília, Maria José de Carvalho, e o presidente da ABINT – Associação Brasileira da Indústria de Nãotecidos e Tecidos Técnicos, Carlos Eduardo Benatto, que falaram sobre a importância da integração que as três feiras irão proporcionar aos expositores e compradores, uma grande oportunidade de negócios. O superintendente executivo da Abit, Fernando Pimentel, deu as boas-vindas aos convidados e enalteceu a iniciativa. Também participaram da mesa diretora Neide Ferreira, coordenadora administrativa da ABRAMACO – Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos para Confecção; Ricardo Rossi, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Acessórios Têxteis da Abimaq; César Corradi, presidente da ABTT – Associação Brasileira de Técnicos Têxteis; Laerte Maroni, diretor de Relações Exteriores da ABINT; Reinaldo Rozzati, presidente do Conselho Consultivo da ABTT; e os diretores comercial e de comunicação e marketing do FCEM| Febratex Group, Herton Pompeo Madeira e Hélvio Roberto Pompeo Madeira Junior. O diretor-presidente do FCEM|Febratex Group, declarou: “Nosso objetivo é unir forças para que São Paulo e o Brasil voltem a ter um grande evento para toda a cadeia produtiva têxtil dirigida para os confeccionados [...].

Cerca de 80 convidados, entre jornalistas, representan empresas e entidades do setor e formadores de opinião recebidos pelo diretor-presidente do FCEM| Febratex G Hélvio Roberto Pompeo Madeira, junto com a Publisher Grupo MJC| Textília, Maria José de Carvalho, e o preside ABINT – Associação Brasileira da Indústria de Nãotec Tecidos Técnicos, Carlos Eduardo Benatto, que falaram a importância da integração que as três feiras irão propo aos expositores e compradores, uma grande oportunida negócios. O superintendente executivo da Abit, Fer Pimentel, deu as boas-vindas aos convidados e enalte iniciativa. Também participaram da mesa diretora Ferreira, coordenadora administrativa da ABRAMA Associação Brasileira de Máquinas e Equipamento Confecção; Ricardo Rossi, presidente da Câmara Seto Máquinas e Acessórios Têxteis da Abimaq; César C presidente da ABTT – Associação Brasileira de Téc Têxteis; Laerte Maroni, diretor de Relações Exterio ABINT; Reinaldo Rozzati, presidente do Conselho Con da ABTT; e os diretores comercial e de comunicação e ma do FCEM| Febratex Group, Herton Pompeo Madeira e Roberto Pompeo Madeira Junior. O diretor-presidente do FCEM|Febratex Group, de “Nosso objetivo é unir forças para que São Paulo e o voltem a ter um grande evento para toda a cadeia produtiv dirigida para os confeccionados [...]. Segundo ranking div recentemente pela ICCA – entidade internacional respo pela administração do maior banco de dados de even redor do mundo e divulgado pelo São Paulo Conven Visitors Bureau – São Paulo concentra cerca de 27 eventos internacionais realizados no Brasil e contribu manter o país em destaque entre os 12 principais desti mundo. Com 78 eventos cadastrados em 2015, 12 a ma 2014, São Paulo figura como a principal cidade brasile lista”. [Fonte: Persona Comunicação]

Segundo ranking divulgado recentemente pela ICCA – entidade internacional responsável pela administração do maior banco de dados de eventos ao redor do mundo e divulgado pelo São Paulo Convention & Visitors Bureau – São Paulo concentra cerca de 27% dos eventos internacionais realizados no Brasil e contribui para manter o país em destaque entre os 12 principais destinos do mundo. Com 78 eventos cadastrados em 2015, 12 a mais que 2014, São Paulo figura como a principal cidade brasileira na lista”. [Fonte: Persona Comunicação]

FCEM|Febratex Group é uma empresa 100% brasileira, que está no mercado há 23 anos e é especializada na promoção e organização de feiras e eventos, principalmente nos segmentos de máquinas e insumos para o setor têxtil. A matriz da empresa fica em Porto Alegre (RS), com filial em São Paulo (SP). Fundado e presidido pelo empresário Hélvio Roberto Pompeo Madeira, tem sua gestão realizada também pelo diretor de comunicação e marketing, Hélvio Roberto Pompeo Madeira Junior, e pela diretora jurídica Giordana Família Pompeo Madeira (pai e filho) Madeira. O FCEM|Febratex Group é associado à UBRAFE – União Brasileira dos Promotores de Feiras e conta com o FCEM|Febratex Group é uma empresa 100% brasileira, que está no m há 23de anos eatuação. é especializada na promoção e organização de feiras e apoio das principais entidades nacionais de sua área principalmente nos segmentos de máquinas e insumos para o setor

matriz da empresa fica em Porto Alegre (RS), com filial em São Paulo (S Fundado e presidido pelo empresário Hélvio Roberto Pompeo Made sua gestão realizada também pelo diretor de comunicação e marketing Roberto Pompeo Madeira Junior, e pela diretora jurídica Giordana Ma FCEM|Febratex Group é associado à UBRAFE – União Brasil Promotores de Feiras e conta com o apoio das principais entidades n de sua área de atuação.


NTT”

ntes de o, foram Group, e CEO ente da cidos e m sobre orcionar ade de rnando eceu a Neide ACO – os para orial de Corradi, cnicos ores da nsultivo arketing e Hélvio

eclarou: o Brasil va têxtil vulgado onsável ntos ao ntion & 7% dos ui para inos do ais que eira na

mercado eventos, r têxtil. A SP). eira, tem g, Hélvio adeira. O leira dos nacionais

PAINEL O ADEUS DE QUEM NUNCA ESTEVE

a saída da INGLATERRA

At the 2016 SGIA Expo in Las Vegas, specialty imagers will gather to experience the newest equipment and applications for graphic imaging, apparel decoration, printed electronics and industrial printing, including: Digital inkjet, screen printing, direct-to-garment inkjet, media and substrates, and much more from the industry’s leading exhibitors. You’ll also see the most innovative software, automation solutions and color management tools available.

Resumo do Debate via Web. Coordenação: Marta Novaes e Johanne Liffey

“[...] a velha ´senhora´ nunca esteve na mesa do Todo e aos tempos disse de si em trato de diálogos íntimos. E nesse ´si’ alimentou a própria ruina em que sempre esteve...”

Don’t miss the best show for specialty imagers: 2016 SGIA Expo, September 14–16 in Las Vegas! RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

MACEDO, J. C. – in “A velha Inglaterra à luz da Europa”, poesia; Portugal, 1981.

O MUNDO ESCUTOU: “Os ingleses decidiram deixar a União Europeia!”. E daí? Alguma vez a Inglaterra esteve integrada em algum acordo de cooperação com o resto da Europa? O velho, e agora remoçado, poema de J. C. Macedo acerca da Inglaterra e os seus ranços políticos e belicistas foram expressados definitivamente por metade desse povo. “O solstício de verão abriu a ´caixa preta´ dos interesses ingleses – sim, dos ingleses (e aqui não se fala de Reino Unido, ora, escoceses, irlandeses e galeses podem agora querer decidir por si próprios...), interesses que nunca foram além da mesquinhez socioeconômica de uma moeda própria diante de uma Europa em busca de identidade e de soluções comunitárias”, na opinião de Johanne Liffey, dublinense nata e com sangue português. Por isso, como diz o escritor João Barcellos, “o choro dos economicistas não é letal, mas parte de uma encenação antiga, pois, com ingleses ou sem ingleses a Europa continuará o seu percurso e, talvez agora, dialogue mais profundamente com as realidades comunitárias assumindo o erro de não ter feito plebiscito na maioria dos casos para erguer o bloco social, político e econômico”. O que, no caso de Portugal (eis um dos exemplos), nem se questionou, fez-se! E os portugueses pagam muito caro a fatura dos falsos

subsídios a fundo perdido para estradas Impressao_Cores_9x12cm_HYBRID.indd onde mal passam meia dúzia de veículos por dia. “É verdade, o bloco europeu fezse nas costas das comunidades. Com a saída da Inglaterra, o bloco terá de recompor a sua geopolítica e fortalecer o ideal de uma Europa que harmonize as comunidades sem esfrangalhar as realidades socioculturais de cada uma, como salientou o poeta Macedo em seu parecer sobre o assunto”, observou Maria Augusta de Castro e Souza, a lusoberlinense sempre atenta às nuances políticas da ´zona do euro´. A questão Zona do Euro está presente em alguns debates do grupo Noética, e particularmente na discussão de temas relacionados nos escritos do filósofo Manuel Reis, um dos mais ativos leitores da circunstância crítica europeia. Obviamente, diz Marta Novaes, “a percepção da ruptura é uma ´bomba´ no meio econômico, mas a verdade é que esse meio vive de especulações, e o dia-adia das comunidades tem ritmo diferente, não avança nem recua segundo o balanço das bolsas de valores, avança e recua no trabalho que alimenta a sobrevivência, e então, tanto faz negociar com peseta,

1

escudo, libra ou euro; entretanto, o euro 4/18/16 transformou-se no pilar de um bloco econômico que deveria fazer transitar o progresso, e como o progresso demorou a dar as caras, a política dos banqueiros e multimilionários fez-se presente nos seus currais eleitorais e mais propriamente junto dos povos menos esclarecidos agitando a bandeira do ´orgulho da nação que decide por si´ sem olhar ao redor. A saída da Inglaterra da Zona do Euro pode ser um desastre para os ingleses, a braços com problemas geopolíticos internos (Escócia, Irlanda, etc.), como disse Johanne Liffey, mas só o será para a Europa e o Mundo se as comunidades não reestruturarem o bloco, o que deve ser feito de imediato”. Anunciado o resultado do plebiscito inglês e a consequente ruptura geopolítica e econômica com a Zona do Euro resta às comunidades que lhe dão alicerce uma solução: o diálogo com as realidades profundas de cada comunidade. De resto, “com ingleses ou sem ingleses o mundo continua o mesmo: a sobrevivência de cada um(a) de nós. O que talvez não continue o mesmo é o Reino Unido...”, rematou João Barcellos.

Participaram do Debate: Maria Augusta de Castro e Souza, J. C. Macedo, Marta Novaes, Johanne Liffey, João Barcellos. 24 de Junho de 2016 / Grupo de Debates Noética / www.noetica.com.br

13 3:00 PM


TECNOLOGIA

OBM Power Film

RevistaImpressão&Cores-ed103.pdf

O OBM Power Film é um fundo sublimático ideal para tecidos escuros, podendo ser utilizado em peças em algodão, tecidos sintéticos e mistos, criando imagens com qualidade única e diferenciada. Você pode realizar estampas em camisetas, shorts, saias, regatas e muito mais. O que é OBM? Com base polyester tipo emborrachado, é um transfer para ser aplicado em tecidos sintéticos ou tecidos mistos. E o Power Film é produto para plotters de recorte para ser termo-transferido em tecidos tintos [sintéticos ou de algodão], especialmente em personalização de vestuário, bonés, brindes, etc. OBM Power Film poder ser impresso de três formas: tinta sublimática por impressão direta, impressão em papel transfer ou impressão em papel sublimático.

Embaplan [ www.embaplan.com.br / (11) 3855.2388 ]

14

FUJIAN-JINJIAN FAIR 12-14 August, 2016

Fujian-Jinjian SM International Exhibition Center / CHINA

www en.cn-jit com


CONHEÇA O UNIVERSO TECNOLÓGICO DA CHIGUETO E IMPULSIONE SEU NEGÓCIO! PRENSA BOTTON

Com matrizes para fabricação de bottons, chaveitos, botton imã, espelho e abridores. Tamanho das matrizes: 2,5 / 3,5 / 4,5 / 5,5 / 6,5 / 8,8 cm e quadrado de 5,1 cm. Todas fabricação própria.

EFEITO AMASSADO EM JEANS com Prensa Térmica Pneumática Prensa Térmica Pneumática projetada para produzir efeito amassado em jeans. É a PJ 150, desenvolvida para ser operada com facilidade e rapidez, agora com acionamento por pedal.

Informações Técnicas: Forma Côncava: 13,8x15 Potência: 1,8 Kw Consumo de Energia: 0,9 Kw/H Voltagem: 220 v Dimensões: 32x78 cm

EFEITO AMASSADO MODELOS

INFANTIL E ADULTO

PRENSA TÉRMICA PARA ETIQUETAS Especialmente projetada para etiquetas em bobinas de até 60 mm de largura, este tipo de prensa (com 12 modelos) adequa-se a diversos tamanhos de etiquetas. Com leitor de tarja, esta prensa dá qualidade e maior produtividade. Informações Técnicas: As etiquetas são gravadas com impressora térmica monocromática; a temperatura da placa é de 200ºC e o tempo de 2 segundos; os rolos de papel são comercializados na largura de 3,5 cm ou 5,5 cm, e comprimento de 150 m. Este tipo de etiquetas pode ser aplicado em tecido de fibras naturais, sintéticas e mistas.

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA PF 1460

(11)

2402-4740

Fábrica, Loja e Show Room Rua Padre Geraldo Malzerol, 90 Jd. Santa Emília - Guarulhos / SP

Outros modelos de prensas e linha de bottons em www.chigueto.com.br

PRENSA TÉRMICA PNEUMÁTICA c/ Placa Móvel, Braços Fixos nos Formatos PL 500 (40x50 cm), PL 150 (8x15 cm), PL 430 (37x43 cm)

PRENSA TÉRMICA MANUAL

MD 500, nos Formatos 22x33, 35x35, 37x43, 40x50, 45x55 e 51x71 cm


Revista Impressão & Cores | Edição 103  

Edição 103 - Ano IX - Julho de 2016

Revista Impressão & Cores | Edição 103  

Edição 103 - Ano IX - Julho de 2016

Advertisement