Issuu on Google+


Foto: Iuri Santos (Cobertura Colaborativa FETO 2010)


Apresentação O FETO – Festival Estudantil de Teatro é idealizado e realizado pela Associação No Ato Cultural em Belo Horizonte desde 1999. O Festival acontece anualmente e recebe estudantes de todos os níveis de ensino – de fundamental a pós-graduandos, além de pesquisadores, educadores, artistas e público em geral. O FETO é uma iniciativa que alia cultura e educação de maneira pioneira, ao unir estudantes de todos os níveis de ensino com seus interesses em comum pelo fazer teatral. São pessoas de todas as regiões do país que se encontram em Belo Horizonte para participar do FETO, que conta com o respeito de gestores e organizadores de Festivais estudantis de diversas partes do país.


Público O Festival possui público diverso que conta com: Estudantes vindos de diversas regiões brasileiras, de ensino fundamental e médio de instituições públicas e privadas e seus respectivos pais e professores; Universitários de instituições públicas e privadas de várias regiões do país que se apresentam e participam de toda programação; Professores e educadores de todos os níveis de ensino – mestres, doutores, pesquisadores; Artistas; Jornalistas; Estudantes de escolas públicas, privadas de ensino regular, universitário e EJA (Educação de Jovens e Adultos) que assistem aos espetáculos; Interessados em geral de todas as idades e classes sociais que participam das oficinas, palestras, encontros e debates; Público em geral. Participam da realização do Festival formadores de opinião vindos de diferentes locais que contribuem como palestrantes, oficineiros, jurados e analisadores de espetáculos. Assim, O público vasto e diversificado do FETO garante aos seus parceiros visibilidade entre pessoas de diversos meios e com grande poder multiplicador.


Foto: Aryella Lira (Cobertura Colaborativa FETO 2010)

Ações Inscrições | Seleção O FETO, ao longo de suas dez edições já recebeu inscrições de grupos da capital, interior de Minas e de outros estados como Santa Catarina, Piauí, Pernambuco, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul, Foto: Aryella Lira (Cobertura Colaborativa FETO 2010)

Maranhão, Amazonas, Pará, Tocantins entre outros. A cada ano a demanda cresce e são recebidas inscrições de mais cidades, comprovando o alcance do Festival. Os inscritos são selecionados por uma curadoria composta por profissionais das artes cênicas de diferentes linhas de pesquisas teatrais. Os espetáculos se dividem entre as seguintes categorias: Categoria Escola de Teatro Podem se inscrever na categoria Escola de Teatro, estudantes vinculados a Foto: Iuri Santos (Cobertura Colaborativa FETO 2010)

instituições que trabalhem no ensino das artes cênicas, podendo ser cursos livres e ou de formação profissional, técnica e nível superior desde que estejam vinculados a formação nas artes cênicas (teatro, dança e circo). Categoria Teatro na Escola Podem se inscrever na categoria Teatro na Escola, estudantes do ensino fundamental, médio, graduação e demais níveis de ensino, exceto os cursos de habilitação nas áreas de artes cênicas (teatro, dança e circo).


Ações Apresentações Apresentam-se entre 12 e 16 grupos selecionados pela curadoria e também grupos profissionais convidados, o que garante o intercambio entre estudantes e profissionais e a diversidade do Festival.

Oficinas As oficinas são práticas e teóricas e abordam diversas possibilidades das artes Cênicas. Dramaturgia, atuação, improvisação, produção, iluminação, cenários, entre tantas outras. A organização do FETO busca inovar a cada ano, oferecendo oficinas de acordo com a demanda dos participantes e apresentando novas possibilidades de abordagem dos temas, como a oficina de culinária cultural, realizada em 2010 e que uniu conhecimentos relativos ao universo da produção cultural com conceitos de culinária. Uma vivência em que os participantes experienciaram novas formas de aprender sobre gestão cultural de forma original e inusitada.


Foto: Daniel Protzner


Foto: Divulgação

Ações Análises dos Espetáculos Para refletir sobre o processo de criação dos grupos e suas apresentações no presença do grupo que se apresentou, profissionais e pesquisadores das artes cênicas – doutores e pesquisadores convidados especialmente para essa ação, sempre um dia após o espetáculo, com entrada franca, aberta ao público.

Foto: Daniel Protzner

festival, são realizadas analises dos espetáculos. Essas análises acontecem com a

Pontos de encontro Durante a celebração da décima edição do FETO, em 2010, a cada noite os grupos, bar/restaurante

pré-estabelecido. Os pontos de encontro permanecerão na

próxima edição, pois momentos como esses fazem com que o FETO além de contribuir para a formação, deixe boas e felizes memórias em todos os participantes.

Foto: Iuri Santos (Cobertura Colaborativa FETO 2010)

oficineiros, jurados, e demais participantes encontravam-se em um


Foto: Daniel Protzner


Palestras |Debates | Encontros A programação do FETO conta com ações formativas, que ora mantém o formato de palestras, ora de debates e ora de informais encontros para tratar de temas diversos e pertinentes para a educação, o teatro, a inserção no mercado de trabalho e tudo o que permeia o universo do teatro estudantil. Encerramento Os jurados definem destaques , não havendo assim categorias previas de prêmios. Trata-se de uma forma descontraída e surpreendente de valorizar os trabalhos dos grupos sem despertar o excesso de competitividade. Os destaques receberam troféus e certificados e os que são escolhidos pelos jurados para circulação, têm a oportunidade de reapresentarem seus trabalhos. Assim, o FETO multiplica sua programação, que se estende para as reapresentações e propicia aos grupos a importante experiência de vivenciar uma pequena temporada.

Foto: Iuri Santos (Cobertura Colaborativa FETO 2010)

Ações


Ações Mídias Sociais O FETO – Festival Estudantil de Teatro estabelece uma rede entre os participantes e interessados de todo país. Para que essa comunicação permaneça após o Festival os mecanismos das redes sociais e web 2.0 são utilizados com assessoria especializada e muitas ações são

Foto: Daniel Protzner

transmitidas ao vivo pelo site do Festival.


Incentivos O FETO conta com aprovação nos seguintes mecanismos de incentivo:

:: Lei Estadual de Incentivo à Cultura CA: 0293/001/2010 Valor incentivado: R$270.000,00 Contrapartida obrigatória: R$ 67.500,00 Valor total: R$ 337.500,00

Foto: Daniel Protzner

:: Lei Federal Rouanet de Incentivo à Cultura / Art. 18 Pronac: 102449 Valor aprovado: R$ 362.219,00 Valor disponível para captação: R$ 227.259,00 Não há contrapartida da empresa


Retorno A empresa patrocinadora terá como retorno de seu investimento: :: Realização das atividades previstas no projeto; :: Cortesias para funcionários e clientes da empresa; :: Inserção de sua logomarca em todo material gráfico produzido (banner, panfletos, programas); :: Citação do patrocínio em cada apresentação; :: Citação do patrocínio em releases enviados à imprensa ; :: Oficina | apresentação voltada para funcionários ou fundação, associação, ONG apoiada pela empresa. O retorno será definido em acordo entre proponente e patrocinador, de acordo com possibilidades e valores captados. Outras formas de retorno poderão ser realizadas.


Contato

Associação No Ato Cultura, Educação e Meio Ambiente Rua Itajubá nº 1.310, Sagrada Família Belo Horizonte / MG CEP. 31.030-430 Telefone: (31) 2555-8575 noatocultural@noatocultural.org.br FETO - Festival Estudantil de Teatro www.fetobh.art.br www.twitter.com/FETOBH fetobh@fetobh.art.br Bárbara Bof Telefone: (31) 8466-4144 barbara@noatocultural.org.br Rodrigo Soares Telefone: (31) 8466-4147 rodrigo@noatocultural.org.br


Foto: Aryella Lira (Cobertura Colaborativa FETO 2010)


Projeto de Captação do FETO - Festival Estudantil de Teatro 2011 - v2