Issuu on Google+

50 anos do Outeiro poesia

POET (A) NDO


50 anos do Outeiro poesia A escola Faz cinquenta anos É nossa amiga E toda catita. Na escola Aprendemos A ler E assim compreender. Na escola Aprendemos a contar, E a professora Nos pode ajudar. A escola É uma beleza A toda à volta Há Natureza. A escola É do 1º ciclo. Até ao 4º ano Podemos aprender. A escola Faz cinquenta anos Vamos lá festejar E também cantar. Mariana Semblano(4AO)


50 anos do Outeiro poesia 50º Aniversário da minha escola Com alegria e imaginação Um poema quero escrever Nos cinquenta anos da minha escola Para seu aniversário não esquecer. Em cinco décadas Muitos alunos conheceu A subir e descer escadas Da minha escola ninguém esqueceu. A nossa escola Cinquenta anos vai fazer Tem muito para aprender Quem nela quiser saber. Joana Ferreira 4º AO


50 anos do Outeiro poesia Na escola

Gosto de brincar, Correr e saltar E até estudar. Na escola Aprendo a ler e a escrever Mas para isso É preciso compreender. Na escola Existe matemática Pois é uma disciplina Simpática. Na escola Encontramos amigos Porque somos todos Bem recebidos.

A escola No fundo, é divertida Ajuda- nos muito E é muito amiga. Miguel Silva (4 AO)


50 anos do Outeiro poesia A escola do Outeiro Estará sempre na minha mente E o 50º aniversário Vou recordá-lo para sempre… Na escola aprendemos Com amor e alegria E o melhor que fazemos É viver bem o dia a dia. Olhem como vão felizes As crianças pela rua fora Ansiosas por festejar O aniversário da escola Na escola do Outeiro Vivo feliz e a sorrir Ela serve para aprender Mas também para divertir Beatriz Isabel (4AO)


50 anos do Outeiro poesia Venham à nossa escola

Festejar os 50 anos Vai ser muito divertido Venham, venham! Os professores são divertidos E muito exigentes, Ensinam bem E são espetaculares. É uma escola velhinha Mas tem o que preciso

Muitos amigos e professores E eles são espantosos! Leandro Magalhães 4º AO


50 anos do Outeiro poesia A minha escola é fantástica,

Estudo história e matemática. Lá posso aprender, A contar, ler e escrever. Na escola gosto de andar, Correr, brincar e saltar. Depois da campainha tocar, Chegou a hora de estudar. Em Oliveira do Douro, Grande dia de emoção.

Nasceu em 1962, A escola do nosso coração. Sofia Moreira 4AO


50 anos do Outeiro poesia Nesta escola t達o velhinha Onde tantos aprenderam Hoje aprendo sem parar Tudo o que me querem ensinar! Aprendo eu e os outros Alunos com professores E olhem que n達o somos poucos Um dia, seremos doutores! A minha velha escolinha Eu quero parabenizar Por 50 anos fazer E nela me deixar aprender! Leonor Baptista Teixeira (4AO)


50 anos do Outeiro poesia Adoro a minha escola

Que é a Escola do Outeiro Cinquenta anos vai fazer Como ela está a crescer! Feirinhas, feirinhas Gostamos de executar Para muito Dinheiro ganhar. A feirinha de Natal, Vamos fazer Espero que não corra mal. A escola é espetacular Tem funcionários fantásticos E professores também Todos gostam de me ensinar. A minha escola Tem uma Biblioteca Onde livros posso requisitar É mesmo de invejar! Adoro a minha escola!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Filipe Ferreira (4AO)


50 anos do Outeiro poesia Adoro a minha escola

Que é a Escola do Outeiro Cinquenta anos vai fazer Como ela está a crescer! Feirinhas, feirinhas Gostamos de executar Para muito Dinheiro ganhar. A feirinha de Natal, Vamos fazer Espero que não corra mal. A escola é espetacular Tem funcionários fantásticos E professores também Todos gostam de me ensinar. A minha escola Tem uma Biblioteca Onde livros posso requisitar É mesmo de invejar! Adoro a minha escola!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Filipe Ferreira (4AO)


50 anos do Outeiro poesia Na escola eu aprendi

a ler e a escrever com a professora Susana muito mais eu vou saber. De ano para ano nesta escola muito hĂĄ para aprender, eu vou fazer tudo para nada esquecer. Eu gosto de ir a escola para aprender e mais saber

tambĂŠm gosto de brincar saltar, correr e cantar. Diogo Correia 4AO


50 anos do Outeiro poesia Cinquenta anos

Faz a escola do Outeiro, É meio século Temos de chamar o jardineiro. Para o ano já não estou cá Nesta escola bela e amarela, Vou ter saudades Será sempre a Floribela. A escola do Outeiro Livros me ofereceu, Agora vou dar-lhe Uma oferta, eu. Trabalhos de casa O professor manda fazer,

Alguns não gostam Olham para a escola E dizem que vão fazer.


50 anos do Outeiro poesia A escola faz 50 anos, Todos vamos festejar, Juntos brincamos e saltamos, E contentes vamos estar.

Na escola hรก muitos amigos Com quem podemos estar Mas nas aulas, Temos de estudar! Professores divertidos, Com eles podemos contar, Aprender e escrever E muito para recordar!

Beatriz Viana 4ยบ BO


50 anos do Outeiro poesia A escola é muito importante, Aprendemos um pouco de tudo. Com os livros que estão na estante E com muito estudo!

De manhã até ao fim do dia Trabalhamos tanto na escola Que até parece magia. Que alegria! Bruna Barbosa (4AO)


50 anos do Outeiro poesia

Vejo a minha escola O meu lugar, Para brincar e estudar E ginรกstica praticar.

Vejo a minha escola Um lugar diferente, Vejo nela muitos meninos. E muitos professores inteligentes. Rafael Filipe 4BO


50 anos do Outeiro poesia Eu vou à escola Para passear Mas quando vou para a aula Vou para estudar.

50 anos de escola Sempre a aprender A ensinar portugueses A ler e a escrever. Ás vezes vou para a escola A brincar. Mas vou ter com a minha mãe E ela manda-me estudar. 50 anos de escola sempre a ensinar estou aqui há 4 anos a aprender e a cantar. Leandro Rodrigues 4º BO


50 anos do Outeiro poesia

Parabéns, Parabéns Muitas felicidades Pois aí tudo rola

Ás mil velocidades. Fazes 50 anos De ensino e dedicação Junto de ti estamos

Com alegria no coração. Miguel Oliveira 4 BO


50 anos do Outeiro poesia A escola do Outeiro É muito fixe Estudo, brinco E fico de castigo. Á quinta-feira é um máximo O campo é nosso Gostamos de mandar E o 1º ano tem de respeitar. Samuel 4º BO


50 anos do Outeiro poesia Eu só ando aqui há 4 anos Mas foram muitos divertidos Encontrei muitos amigos Para brincar e estudar Parabéns escola pelos teus 50 anos Que sejas muito feliz Com as meninas e os meninos E que dures muitos anos

Escola tu tens meio século Estás a ficar velhinha Que ajudes muitos meninos A fazer muita continha.

Diogo Lima 4º BO


50 anos do Outeiro poesia Meio século faz a minha escola, E sempre a ensinar

Aprendeu o meu irmão, Agora eu e Amanhã a minha irmã. 50 anos de escola

sempre a ensinar Estou aqui há 4 anos E vou continuar a andar. Luís Henrique 4º BO


50 anos do Outeiro poesia O Outeiro e a minha escola É lá que brinco e jogo a bola Aprendo a contar e a escrever Também a pintar e ler. Na escola há uma cantina Mas eu gosto é da biblioteca Lá no campo sou o maior

Quando jogamos a bola Sou sempre defensor. Nelson Shulze 4ºBO


50 anos do Outeiro poesia

A escola é uma flor Que temos de respeitar Dá carinho e amor

A nossa escola que temos de amar. Sónia 4ºBO


50 anos do Outeiro poesia Na escola do Outeiro Aprendi a ler e a escrever Mesmo sendo do 4º ano Nunca a vou esquecer.

Já fizeste 50 anos Nem podemos acreditar Ensinaste tantas crianças Que nunca vai acabar. Na escola do Outeiro Aprende-se a ler, escrever e a contar Mesmo velhinha Continua a ensinar. Lindos anos de aptidão Na escola do Outeiro Agora que faz 50 anos Muitos por cá passarão. Todos continuam a desejar Desde o professor ao auxiliar Que a escola do Outeiro Continue a funcionar.


50 anos do Outeiro poesia A minha escola Faz 50 Anos Vamos festejar Fazer uma festa.

Vou cantar os parabéns Vou dar-lhe um presente Vou oferecer á escola Com um agradecimento o meu saber. Adoro esta escola Está no fundo do meu coração Nunca te vou esquecer Com a minha aprendizagem. Vou cuidar de ti Com carinho e amor Vou dar-te a minha mão E ajudar-te a crescer Feito com amor e carinho Para esta querida Escola, adoro-te Nunca te vou esquecer.


50 anos do Outeiro poesia Na escola do Outeiro Aprendi a ler e a escrever Mesmo sendo do 4º ano Nunca a vou esquecer.

Já fizeste 50 anos Nem podemos acreditar Ensinaste tantas crianças Que nunca vai acabar. Na escola do Outeiro Aprende-se a ler, escrever e a contar Mesmo velhinha Continua a ensinar. Lindos anos de aptidão Na escola do Outeiro Agora que faz 50 anos Muitos por cá passarão. Todos continuam a desejar Desde o professor ao auxiliar Que a escola do Outeiro Continue a funcionar.


50 anos do Outeiro poesia A minha escola Faz 50 anos, Estou no 4ºano, E tenho 9 anos!

A escola, É bonita, É divertida, E velhita. A minha escola, Tem meio século, Está velhinha, Mas é um espetáculo. 50 Anos, Faz a escola, Faz no Outono, E as crianças A tocar viola. Patrícia Cristal Oliveira 4ºBO


50 anos do Outeiro poesia Trabalho realizado pelos alunos do 4º ano, no âmbito das comemorações dos 50 anos da escola do Outeiro e do projeto Poet(a)ndo. 50 anos, 50 poemas


50 anos do outeiro