Page 15

Anterior BLAST FROM ESPECIAL THE PAST

Hadoukens saltando para fora da tela E onde entra o 3D? Bem, como na maioria dos jogos do 3DS, o efeito tridimensional primeiramente traz um charme maior ao game. Por exemplo, em SSFIV3D os balões e opções dos diversos menus de jogo são divididos em camadas de forma a chamar a atenção de quem teve o prazer de vê-los em 3D. Mas não pense que se limita a isso. Também está confirmado o 3D Mode, uma forma diferente de “ver” o game. Nesse modo, a câmera fica um pouco mais atrás do personagem e traz mais imersão por parte do jogador. O 3D Mode não muda as estruturas do jogo, apenas a visão da luta. Não é a toa que é possível trocar entre o modo 3D e comum a qualquer hora, inclusive quando se assiste a outras lutas. SSFIV3D é um daqueles títulos que mostra o potencial da plataforma e claramente torna-se um exemplo para outras produtoras. Os gráficos mostram o quão poderoso o 3DS pode ser se usado da forma correta: é comum ver jogadores compararem a versão do 3DS com a de Xbox 360 e constatarem que a diferença é pouca, sendo a maior delas a baixa resolução das pequenas telas do portátil. SSFIV3D pode ser um game já existente, mas, para muitos jogadores, é o primeiro contato com o quarto capítulo da série, e talvez com a franquia toda. Não será surpresa ver em Super Street Fighter 3D Edition uma verdadeira pérola em três dimensões!

15

Próxima

Nintendo Blast Nº18  

Revista Nintendo Blast

Nintendo Blast Nº18  

Revista Nintendo Blast

Advertisement