Page 1


NA MEDIDA DO SEU CONFORTO


MORAR BEM É PODER VIVER COM CONFORTO, ACESSO A LAZER E INFRAESTRUTURA. OS EMPREENDIMENTOS DA LINHA FIT OFERECEM ESSES E OUTROS DETALHES SELECIONADOS DIRETAMENTE DOS PROJETOS DE ALTO PADRÃO DA PRIME BRASIL. PEQUENOS LUXOS DE FORMA ACESSÍVEL, EM PARCERIA COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E A MAX IMÓVEIS


รndice

MAIS

Entrevista exclusiva com o artista brasileiro, direto de Miami.

COR NO SEU ROMERO NOVO

12

ANO

BRITTO Pรกg


CARTA da Editora fe li z

d e ze m b ro 2 0

321 Edição

14

Site www.

.com.br

exPedienTe Capa

Direção de Arte e tratamento de imagem Carolina Marques e Daniel Viecili (Agência Tatticas) Foto Divulgação Diretora de Redação Josie Mendes josiemendes@gmail.com Diretor Geral Carlos Bittencourt Diretor Wagnet Bittencourt COLABORADORES André Cordeiro, André Giga, Carla Costa, Christofer Stoner, Dani Rebelo, Jô Mansardo, Manoella Deschamps, Paulo André, Sheila Rosa e Ton Antony. FOTOS Felipe Dantas, Guma Miranda, Luiz Henrique Tozetto, Mariana Haag, Ricardo Haag, Rodrigo Alves, Tony Goulart, Thiago Machado. DEPTO COMERCIAL ADRIANO SOUZA . 47 8819 9597 adriano@nightecia.com.br FERNANDO DA SILVA . 47 8433 8497 fernando@nightecia.com.br SÔNIA ANVERSA . 47 8405 9681 nightecia@terra.com.br TIRAGEM 10.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Gaspar, Indaial, Ilhota, Itajaí, Itapema, Meia Praia, Navegantes e Porto Belo.

Esta revista não se responsabiliza pelas opiniões emitidas em artigos assinados. Endereço Rua Jorge Mattos, nº 15 - Centro Itajaí - 47 3344 8600

Existem pessoas que acreditam que o destino

Marte também é o planeta regente de Áries

pente chegamos na edição de dezembro, a

marcantes deste signo, como virilidade, im-

pode sim estar conspirando a favor. E de re-

que encerra um ano de elogios, conquistas e reconhecimento. E o que acontece? O número

é três, dois, um. Ou trezentos e vinte um. De-

pende do ponto de vista. Eu vou no três, dois, um e pode estourar a champanhe! Ano novo é vida velha – repaginada –.

O meu lado astróloga (brincadeira, tá? Não adianta ligar pra consultar) informa que, de

acordo com a Astrologia Chinesa, em 2015, teremos o ano da Cabra. Sua regência será

de 19 de fevereiro a 07 de fevereiro de 2016. Esse período será de paz e harmonia entre as

pessoas, favorecendo os relacionamentos e todos os laços afetivos.

O ano favorecerá a compreensão e o humani-

tarismo, além de estimular a todos coloca-

pulsividade, paixão e ousadia, mas também

impaciência e raiva. Ou seja, Marte é um planeta de força e ação!

Quem sabe o ano que se aproxima seja de

serenidade e vontade. Pense nisso. Pra encerrar deixo aqui a frase da escritora e jornalista brasileira Clarice Lispector:

“Não pedi coisas demais para não confundir Deus que à meia-noite de ano novo está tão ocupado”. Apenas agradeço. Obrigada. Feliz Natal! Feliz

Ano Novo! Um beijo no coração e até ano que vem! Namastê.

rem seus projetos em prática. Nesse ponto, o sucesso dependerá da autodisciplina e as decisões deverão ser tomadas com responsabi-

lidade e muito planejamento. As atividades relacionadas com o meio ambiente, o lar, a

estética e as artes poderão ganhar um certo destaque em 2015.

Já os astros indicam que 2015 será regido por Marte. Ow! A última coisa que se pode

dizer da energia do Planeta Marte é que ela é suave. Suavidade passa longe da maneira

como este planeta influencia o mundo e as

pessoas. Sua energia é poderosa, forte, masculina, impositiva. O ano de 2015 não deverá passar despercebido.

16

e determina, por sua vez, as características

Josie Mendes

DIRETORA DE REDAÇÃO


FOTO DOMÍNIO PÚBLICO


ALTERNATIVO

1 ano de Weekend Wars

Queens

Q

com

of the

Stone Age Texto: Léo Motta

uatro estações, 13 salários, uma gestação completa, um Coachella, dois

Tomorrowlands, quatro Lollapaloozas, dois períodos da faculdade, uma Copa do Mundo, um Campeonato Brasileiro: muita coisa pode acontecer em um ano. Na

conta da Weekend Wars, foram quatro edições com shows e duas dedicadas à discotecagem temática. A saideira desses doze meses tem data marcada, 19 de

dezembro, no At Home e promete encerrar o ciclo com chave de ouro!

A edição especial de aniversário vem consolidar o conceito do evento em uma festa

grandiosa, épica, aproveitando o melhor do formato explorado nas edições anteriores.

Uma banda, duas sessões de discotecagem, arte audiovisual e gente bonita a perder de vista: como sempre, esse é o tom. No palco, a banda Monolito apresenta um repertório especialíssimo de Queens of the Stone Age, sonho antigo da produção do evento. Num ano coroado pelos primeiros shows solo da banda no Brasil, e depois de passar por

tributos a Arctic Monkeys, Black Keys e Strokes, além da atração nacional Esperanza, QOTSA era a conclusão lógica e de mais quilate pra ocasião.

As picapes, dessa vez literalmente, recebem no horário nobre os vinis de Leo Biz, capitão barba-ruiva de algumas das iniciativas mais legais de Blumenau, como Ahoy! Tavern Club e Factory Coffee Bar. Pra completar o lineup, um b2b com os DJs residentes da

Weekend Wars, que ao longo do ano levaram o nome da WW às pistas de festas como

Bipolar, Inferninho, Friday Rock e Fantasy Party. Felipe Dos Anjos e Cyro Lunardon, além do FOTOS Luiza Colzani

produtor Léo Motta, são os seletores escalados.

A celebração acontece no mesmo lugar onde tudo começou, a estilosa At Home, hoje ampliada e muito mais aconchegante. São dois bares, duas pistas, projeções semi-

panorâmicas, isolamento acústico e sistemas completos de som, caixa e ar condicionado. Pra oferecer o máximo possível de diversão ao público, a Weekend Wars abre as portas FOTO Guilherme Meneghelli

mais cedo, às 22h, pra juntar todo mundo já no esquenta. Uma seleção especial de clipes,

18

welcome drinks e promoções abre os trabalhos na festa do ano. Só não vale queimar a largada!

Mais informações, contato, credenciamento, críticas, elogios,

sugestões e good times: fb.com/weekendwarstheparty!


ESPORTE

TAEKWONDO

U

tilizar pés (tae) e mãos (kwon) de maneira correta.

A palavra Taekwondo é resumida assim, mas representa

de Taekwondo. Com ousadia e competência abriu as por-

todas as partes do corpo. O estilo Tae-

tas do Deck Do Oriental School, no dia 29 de

criada pelo Grão-Mestre Haeng Ung

tem como visão tornar-se uma escola de en-

Do Oriental School.

linária e Linguística.

Fernando de Oliveira, que aos 19 anos

O nome Deck (Plataforma), Do (Caminho) for-

sua vida como praticante ainda na in-

que nasceu de maneira espontânea. Quando

stacaram no garoto que aos onze anos

Beach Club, em Itajaí teve um insight, que é

logo após foi Campeão Brasileiro. Resu-

Se deparou com um nascer do sol visto do deck

kwondo Songahm é uma arte marcial

novembro, em Balneário Camboriú. O projeto

Lee e é fonte de inspiração para o Deck

sino oriental, abrangendo Artes Marciais, Cu-

O projeto idealizado pelo instrutor Luiz carrega uma bagagem de peso. Iniciou

mam a composição Caminho da Plataforma,

fância. A dedicação e habilidade se de-

Luiz frequentou pela primeira vez o Warung

conquistou a faixa preta 1º dan (grau) e

um pensamento que serviu como inspiração.

mindo: em 2007 começou os preparati-

e ali sentiu-se motivado iniciar esse projeto

vos para tornar-se professor e conquistou seu colarinho

inovador. E precisamos citar também o instrutor-chefe

Of Taekwondo realizado em Curitiba no mesmo ano foi

(grau), fundador da Rodrigues Taekwondo passou seus

Confederação Brasileira de Taekwondo Songahm. No fim

A revista NC apoia o esporte e acredita que todos nós de-

de instrutor líder júnior. Em 2008 participou do Spirit

Auro Vicente Rodrigues Júnior, que é faixa preta 4º dan

Bicampeão Brasileiro, 2009 Tricampeão Brasileiro pela

ensinamentos e Luiz segue adiante.

de 2013 realizou heroicamente seu exame de faixa para 3º

vemos movimentar o corpo.

dan e Colarinho Preto (Instrutor Certificado).

20

E finaliza este ano com a criação da sua própria academia


FILIPE BURGONOVO

Um grande homem de apenas 21 anos. Nascido na década de 90, uma época que considero ser inspiradora musicalmente,

Filipe Burgonovo tem disso em seu estilo. Longos dreads de formato desgovernado se tornam apenas detalhes quando está com o violão.

22


ENTREVISTA

23


A

música está em sua alma. Inspirado pela vida, o artista de Blumenau começou a tocar violão ao acaso, ao lado de amigos. O que era algo momentâneo se tornou um fascínio. Descobriu o poder da expressão que a música possui e iniciou os estudos com aulas de violão clássico.

Eu vi que você tocava com os amigos, quando foi que percebeu que seu sentimento poderia ser expressado no violão. Como foi essa história?

Eu comecei a tocar violão meio ao acaso, foi em meio a roda de amigos confraternizando e se divertindo com a música que tudo começou. Depois de um ano nessa caminhada eu estava cada vez mais fascinado com o poder de expressão que a música possui e eu estava decidido a expandir minha compreensão e expressão musical. Foi neste momento que deixei apenas de tocar violão e de fato comecei a estudar música. Este estudo se iniciou com aulas de violão clássico, estudando a Escola de Francisco Tarrega e peças solo do período clássico. Depois de um ano de estudo ingressei para o curso de música da FURB onde tive a oportunidade de integrar a Camerata de Violões Clássico (Grupo de violonistas, compositores e arranjadores) e expandir meus estudos para peças do período renascentista, barroco, clássico e moderno. Aos poucos fui sentindo a necessidade de buscar por uma linguagem que expressasse com mais fidelidade as emoções que sentia. Foi então que larguei a faculdade e iniciei os estudos de técnicas como Lap Tapping e Percussive Fingerstyle com influencias de Andy Mckee, Erik Mongrain e John Butler. Após isto a música começou cada vez mais a fazer parte de mim de uma forma natural. Eu acabei encontrando uma conexão espiritual com a música que me fez conectar mais profundamente comigo mesmo e consequentemente com outras pessoas. Eu não lembro de um momento único que eu per-

24

cebi que os sentimentos poderiam ser expressados através da música, foi um processo natural. Como uma criança que aprende a falar, ela não se recorda o momento exato que percebeu que as palavras haviam sentido...

Como você descobriu seu talento? Pra falar a verdade eu me considero muito mais como uma pessoa esforçada, perseverante e dedicada do que talentosa. Desde criança eu sempre fui muito único, gostava de fazer as coisas do meu jeito, mantendo a essência e singularidade do meu ser. Acredito que esta característica humana minha foi passada para a música de forma natural e com muitas horas de estudo e dedicação expandi minha capacidade de expressão através da música.

Seus pais te apoiam? Sim, me apoiam. Isto foi fundamental para o início de minha carreira musical. Sem o apoio deles eu nunca teria o tempo necessário para estudar e desenvolver minhas músicas.

O que te inspira? A vida me inspira! O ar puro que respiro entre as árvores, a água gelada de um rio num dia de sol, a companhia de bons amigos, a visão de uma paisagem nunca vista até então. São estes pequenos momentos que tento traduzir através das minhas


O que é felicidade? Acredito que a felicidade é um estado de espírito, um equilíbrio, plenitude. Quando nascemos, a vida é como uma página em branco. Aos poucos vamos vivendo e com as nossas decisões vamos escrevendo a nossa historia. Penso que a felicidade está em você poder escolher e construir uma historia da qual você se orgulhe, da qual você se sinta bem e com uma sincera alegria ao caminhar.

E o equilíbrio?

músicas. As músicas geralmente chegam até mim como uma frequência, uma energia e se naquele momento eu não dou atenção para esta energia e me permito vivê-la a música se vai e não volta mais. Eu dificilmente paro pra fazer uma música quando quero e a faço, ela vem de uma forma natural, uma necessidade de expressão do âmago do meu ser. Depois deste momento de inspiração vem as horas de estudos durante dias e até mesmo semanas até conseguir tocar a música com o máximo de expressão e sinceridade possível.

O que você gosta de ouvir? Eu ouço qualquer música de qualquer gênero musical, desde que eu sinta que é sincera e feita com amor. Bach, Mozart, Chopin, Luca Stricagnoli, Pink Floyd, Chet Faker, Tom Jobim, Estas Tonne, Nils Frahm, Oláfur Arnalds, Nuttin’ But Stringz, Ben Howard, Dispatch, Ben Harper e vários outros.

Onde você costuma tocar? Eu costumo tocar em pubs, festivais e teatros. O teatro é sempre o lugar mais adequado para adentrar em uma experiência musical mais profunda, permitindo silenciar e se abrir para a música mais facilmente. Este ano comecei a experiência com arte de rua também, explorando os palcos da rua descobri uma relação mais direta, um contato mais próximo com as pessoas!

Para mim não existe felicidade sem equilíbrio. Eu o busco e pratico diariamente em minha vida. Para dar um exemplo posso citar os estudos da música. Por um período achei que se estudasse música o máximo possível eu iria me tornar um grande músico. Logo pude perceber que a música por si só não era o suficiente para me tornar feliz, assim como qualquer outra área de conhecimento, ou qualquer outra coisa na vida. Ler, praticar esportes, conhecer novos lugares e novas pessoas me servem de alimento e inspiração para poder me expressar através da música. A música é uma arte, uma forma de expressão. Mas do que vale poder se expressar se eu não viver intensamente e não ter o que expressar? Equilíbrio é fundamental em todos os aspectos da vida!

Você é ligado nas redes sociais? Sim, mas não de forma exagerada.

O que é o amor em sua vida? Para falar a verdade eu acredito que estamos na terra para aprender amar e consequentemente evoluir. Eu ainda estou descobrindo e adentrando nas profundidades do que de fato é o amor. Quando digo amor, digo amor genuíno e não a falsa ideia de amor romântico. Por ora acredito que o amor vai além do ego, é sentir-se verdadeiramente feliz por outra pessoa estar feliz, abrir mão de algo para ver alguém melhor. É lutar por aquilo que você acredita, ter sensibilidade ao falar, tocar e abraçar. É a dedicação para viver o aqui e o agora e é o que me move!

Da sua geração musical, quem você recomenda? Estas Tonne, John Butler, Ben Howard, Nils Frahm, Ólafur Arnalds. Alguns dos artistas da região que já divide palco e recomendo são Fernando Lobo, Raul Misturada François Muleka, Jesse Lee, Sergio Lamarca e Willard Ribeiro.

25


música Eu sei que assim como eu

Você faz do escuro seu lugar seguro Venha como você quiser

E seja como é, um anti herói qualquer. Trecho da música 1992.

REVOLUÇÃO musical

T

enho afinidades nas letras, gosto do seu jeito ousado e assim

como o mesmo descreve seu novo álbum: rock afetado, safado e cretino. Thiago Pethit cantor e compositor está com álbum Rock’n’Roll Sugar Darling. Em 2010 entrou no mesmo barco da geração MPB, cena conhecida por ter nomes como Tiê, Tulipa e Marcelo Jeneci, quando lançou o

CRIOLO CONVOQUE SEU BUDA Em Convoque Seu Buda, é possível agrupar músicas separadamente e provar diversos pontos. Esquiva da Esgrima e Pegue Pra Ela demonstram o básico, o quanto Criolo, junto de Marcelo Cabral e Daniel Ganjaman e também com seus músicos, conseguiu uma fluidez de melodia difícil de ser atingida. 26

primeiro disco Berlim, Texas. Nesta época havia uma diversidade musical, onde vários estilos estavam inseridos: rock, samba, pop. Porém, de fato, o atual momento o fez pular do barco e seguir sua própria direção. Numa matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo, o astista afirma que hoje esta nomenclatura não o representa.

ADRIANO CINTRA ANIMAL Primeiro registro em carreira solo do artista, o pop não apenas funciona como a principal ferramenta para Cintra, como ainda se curva e é moldado de acordo com as exigências do versátil produtor. Letras grudentas, arranjos plásticos e todo um arsenal de referências feitas para grudar.

ROCK’N’ROLL SUGAR DARLING. Thiago Pethit. Independente. 11 faixas. US$ 9,99 (no iTunes)

– O mercado precisa ir engavetando as coisas, tornando-as cada vez mais chatas, mais caretas, mais quadradas para a gente poder vender. Sinto agora uma similaridade nos trabalhos. Antes, o que era mais parecido era: eles são diferentes. Cada vez menos me identifico com essa neo MPB. Cada vez mais tenho vontade de dizer que eu faço rock – afirma.

HOLGER HOLGER Em um exercício atento, o quarteto parece sintetizar (e aprimorar) os principais elementos apresentados nos dois primeiros discos de estúdio. A julgar pela constante aproximação entre as faixas e versos em português talvez este seja o trabalho mais acessível já lançado pelo grupo até aqui.


GOURMET

AO AR LIVRE Brava Sushi Praia comemora 4 anos de arroz, shoyu e sabor.

P

ra começar, tudo tem uma história. Com o Brava Sushi a união da amizade com um espaço para a culinária

japonesa foi o que motivou os amigos Andrey Arl e Rodrigo Issler engrenar como empresários e investir neste

segmento. As almas inquietas aproximaram pessoas com

objetivos em comum: apreciar a saborosa e sedutora culinária do Brava Sushi e estar num agradável e minimalis-

ta lugar. E o espírito empreendedor fez com que expandis-

primeiro restaurante japonês do Brasil a servir nas areias da praia. Com cuidado na hora de produzir, o calor de tornou um aliado, que é sempre bem vindo.

Pra comemorar, o restaurante criou um novo espaço para

agilizar atendimento ao público, que será inaugurado em meados de dezembro. Outra novidade também é o novo cardápio (foto), que haverá peças exclusivas.

sem à Blumenau e mesmo na cidade com culinária típica

alemã, sabiam onde estavam pisando. “Nada é por acaso, a história com a cidade de Blumenau começou pela sim-

patia do grande público da cidade, que se transformou

em clientes cativos do Brava Sushi Restaurante, Praia e, naturalmente, se tornou a primeira cidade a sediar uma filial do Brava Sushi”, declaram os sócios.

A favorável localização na Praia Brava fez com que tives-

sem uma ideia brilhante. Por sinal, com o brilho do Sol. Nasceu assim mais um serviço: Sushi na Praia. Sendo o

28

RODRIGO ISSLER E ANDREY ARL


É PRECISO

REFOCILAR 30

Título da crônica do filósofo Mario Sérgio Cortella inspirou os colaboradores da revista NC.

“Refocilar é, portanto, reaquecer e revigorar”. O filósofo traz no texto do livro Não Espere Pelo Epitáfio esta palavra não muito utilizada em nosso cotidiano. E com isso lançamos o desafio às pessoas que passaram o ano produzindo com exclusividade conteúdos criativos: os nossos colaboradores. A ideia é que inspirados no significado deste título, escrevessem em poucas palavras o que farão para refocilar neste novo ciclo. O ano que está quase no fim foi o começo da história de alguns destes nomes, que entraram em nossa equipe para dar mais força, mais assuntos. São pessoas únicas. Cada uma do seu jeito, fazendo o seu melhor. São dedicados. Viajam para outros lugares e voltam cheios de novidades, com a energia renovada. Você leitor, acompanhou isso todas as vezes que pegou a sua revista para ler. E mais vez uma se inspire em nossoas colaboradores e refocile também.

Jô Mansardo Arquiteta e Urbanista Refocilar para mim é conhecer novos lugares, novas culturas, novos sabores, novas pessoas. Essa troca de energia com o desconhecido é o alimento que abastece a minha alma!

André Husher - Jornalista Recompor potências, recuperar forças, retomar a animação, ou seja, a vitalidade. Acredito que devemos afastar a síndrome do ocupacionismo desenfreado e valorizar o ócio criativo para 2015.

André Cordeiro Personal Refocilar pra mim é não esperar o final do ano para se renovar, pensar que todo dia é um renascimento, porém final de ano eu uso como um marco das minhas metas e conquistas.

Sheila Rosa - Nutricionista A todos os leitores, que neste ano que se inicia, todos nós estejamos mais abertos para novos desafios, novas propostas de trabalho, novas paixões, novos hábitos alimentares, cultivando assim o estado contínuo de nos reanimarmos diariamente para uma nova oportunidade!


Carla Costa e Daniela Rebelo Publicitárias / Reuse Ideias Transformar ideias antigas, reusar o que ainda for bom! Resetar, começar de novo, mais uma vez. Eterno ciclo de morte e renasci-

“Refocilar é, portanto, reaquecer e revigorar”.

mento. #tenteoutravez

Ton Antony - Jornalista / DJ

Refocilar é olhar para o infinito. Horizonte, céu, mar e rio, praia ou campo. Tudo vale. É perceber aquilo que vai além do alcance e altura dos olhos. Eu mesmo morro de vontade de passar um dia inteirinho namorando a Lua. Quero calçar meus pés na areia e fitar o oceano. É no silêncio que eu me descubro. E no calar de vozes revelam-se palavras. E o caso de amor que tenho por elas. Sim, eu tenho um caso de amor com as palavras. Manoella Deschamps - Jornalista / Modelo

Limpar a alma, renovar a mente, libertar-se do velho para receber o novo. Deletar os problemas, resetar o “computador”. Sabe aquela sensação de leveza?! Liberdade?! E energias renovadas?? Para mim o final do ano é isso, refocile-se, agradeça, descanse, divirta-se, renove, mude, VIVA e venha ainda melhor para 2015.

Christopher Stoner - Empresário Vender camisetas na beira da praia com sol e amigos. Peraí... já estou refocilando! :)

31


curioso mundodo

Chris

CHRISTOPHER STONER CRIADOR DA MARCA SANTACOSTA www.santacosta.com.br

O dono da praça

Um time só pra ele

Joaquim Marques Lisboa, o Almirante Tamandaré (1807-1897)

Marcílio Dias, Marinheiro da Armada Imperial Brasileira (1838-1865)

A

praça central de Balneário Camboriú leva o nome do patrono da Marinha

de Guerra do Brasil, Almirante Joaquim Marques Lisboa. Gaúcho nascido em Rio

Grande, alistou-se como voluntário aos

13 anos de idade. Tamandaré comandou

batalhas memoráveis que lhe renderam

32

Fechamos este curioso ano falando de dois personagens super presentes em nosso litoral. Ambos rio-grandenses, homens do mar e heróis nacionais.

N

Negro, com cabelos encaracolados e olhos escuros. Marcílio Dias foi recrutado aos 16 anos

para a Armada Imperial.

Era um marinheiro de 1ª classe como tantos outros, porém sagrou-se herói aos 27 anos

títulos e glórias durante mais de 50 anos

na Batalha Naval do Riachuelo, em

II, foi membro do Conselho Naval Su-

inimigos, abatendo dois deles. Na

Militar.

Os ferimentos causaram-lhe a morte no dia seguinte. Entre

de serviço. Amigo pessoal de Dom Pedro

uma luta de sabre contra quatro

perior e Ministro do Supremo Tribunal

ação teve o braço decepado na defesa da bandeira do Brasil.

O dia de seu nascimento – 13 de dezembro – é lembrado como o Dia do Marinheiro.

tantas homenagens póstumas ao herói, em 1919, foi fundado o Clube Náutico Marcílio Dias, em Itajaí.


29


bon vivant ANDRÉ HUSCHER

JORNALISTA

UM ANO

ÍMPAR C Confesso que 2014 ficará na minha lembrança por ter conquistado muitas coisas boas. Como jornalista pude mostrar um trabalho

de assessoria de imprensa de render elogios, tanto de familiares, amigos, como de pessoas que nem conhecia. Posso destacar aqui o trabalho de-

senvolvido junto ao Grupo Maria’s Entretenimento, detentor das marcas Maria’s Shows e Eventos, Maria’s Convention Bureau e Wood’s Balneário

Camboriú – considerada a casa sertaneja mais badalada do Brasil e reduto dos melhores cantores do ramo. Neste ciclo, aproveitei o momento de euforia e muita correria para emplacar em veículos regionais, estaduais e até nacionais, muitos deles parceiros de longa data. Durante esta fase, e em parceria com profissionais conhecidos do mercado, como os fotógrafos e também amigos Guma Miranda e Thiago Machado, podemos elevar o nome de nossa região em veículos como os sites Ego, Revista Caras, Revista Contigo!, Revista Quem, Terra, onde noticiei a vinda de muitos artistas como o humorista Fabio Porchat, este que foi capa da edição da Revista Night & Cia de Maio, Luan Santana, que passou como um meteoro no Wood’s, ao lado do amigo e parceiro Sorocaba. Sem esquecer dos pilotos Allam Khodair, Nelsinho Piquet, Felipe Nasr, Beto Monteiro, Bia Figueiredo e dos artistas Rafael Cardoso, Marcos Breda, Paulo Nigro que também estiveram por aqui. Foi realmente uma correria e tanto, mas muito prazerosa!

Em Abril, fechei o ciclo da vida noturna e retornei ao da gastronomia. Digo retornei, porque no ano 2012 também desempenhei o meu papel de jornalista/assessor no Indaiá Restaurante, em Itapema. Pois então. O bom filho à casa torna. Neste mês, assumi o desafio de recolocar a marca Indaiá na imprensa especializada em gastronomia e de desenvolver um trabalho de gerenciamento de crise, algo não tão novo para mim, mas muito desafiador. Está sendo um trabalho carregado de muita dedicação, mas com uma ótima colheita de frutos maduros. Desde então, o nome Indaiá já apareceu nos melhores veículos de comunicação do Estado e do Brasil, como os jornais Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, A Notícia, O Sol Diário, Diário do Litoral, sem deixar de citar o Página 3, Tribuna Catarinense, Correio do Município. O meu muito obrigado a todos por estas conquistas! Também podemos brindar este ano com publicações na revista Prazeres da Mesa, em programas como Vida & Saúde - RBS TV, TVCOM Tudo+, O Melhor da Tarde, revista Black Tie – do amigo e parceiro Juliano Manske, revista Trade Tur, e dos blogs Comideria e Senhor Abobrinha. E muita coisa boa vem por aí! Sky is not the limit! Para encerrar, finalizo esta última coluna com mais conquistas. Perdi 15kg até agora e Deus me enviou o Bendito, ou simplesmente, ‘’Ben’’, um adorável Shih Tzu que a cada dia me faz mais feliz! Agradeço pelo ano profissional e pessoalmente incrível! Aproveito o momento para desejar um ótimo Natal e um 2015 giga recheado de conquistas e energias positivas. Até mais ;)

34


Push PlaY

TON ANTONY | DJ & JORNALISTA ton.colunista@gmail.com

36


33


FASHION

Seja bem-vindo 2015!

R

MANOELLA DESCHAMPS

JORNALISTA

ealizações, conquistas, mudanças, 2014 vem chegando ao fim, e com ele vem a nostalgia: o que fizemos, aonde erramos, o que conquistamos!

Hora de por na balança o saldo desse ano, e ah! Que ano! Só tenho a agradecer, e desejar que 2015 seja ainda melhor! Afinal, é o que pedimos a meia noite do dia 31, não é verdade? Seja pulando as sete ondas, comendo as 12 uvas, queremos prosperidade, saúde, mudanças, amor, paz e muitas conquistas.

E PARA BRINDAR A CHEGADA DE UM NOVO ANO, NADA MELHOR QUE UM LOOK A ALTURA... O verão é das cores, mas o meu Reveillon é do branco, nude, dourado e prata. O minimalismo chique das cores neutras é aposta sem erro para começar 2015 com o sentimento de renovação e paz. Para inspirar e ajudar vocês a arrasar nas festas de final de ano, sejam elas na praia, campo ou balada, separei alguns looks da Le Lis Blanc, que agradam a todos os gostos e estilos. Muito crochê, pernas de fora, e um mood boho chic para quem gosta de celebrar a virada com os pés na areia. Já para as que curtem um look com uma pitada de glamour, vale ousar e abusar dos brilhos, lurex, transparência, seja em vestidos, ou no combo saia + blusa. Look escolhido? Mente renovada? Então, liberte-se, tome um banho de sal grosso, limpe a alma, e curta essa noite com toda a alegria do mundo. Afinal, é um novo ano que se inicia, um novo ciclo, e eu desejo a todos vocês um final de ano MARAVILHOSO! Um grande beijo, nos vemos em 2015!

38


501

Atlântico Shopping - Piso Térreo - (47) 33664310

®

JEAN

TÃO ORIGINAL QUANTO VOCÊ


alimente-se

bem

TA NIS ail.com O I m RIC hot NUT sa_@

SH

A _ro ROS sheila A L EI

Diminuindo a acidez

O

da nossa saúde e da nossa vida!

pH do corpo afeta toda a nossa saúde, equilibrá-lo é um passo importante para manter a saúde física, mental

e emocional e é vital para a saúde de todo o nosso organismo. O equilíbrio entre acidez e alcalinidade, e sua importância para a saúde, pode ser explicado de um modo simples. Este equilíbrio é essencial para uma boa saúde de todo nosso corpo. A acidose, ou o excesso de acidez nos tecidos do corpo é uma das causas fundamentais das doenças, especialmente as doenças artríticas e reumáticas. Nos casos de diabetes, úlceras, hipertensão arterial, câncer e problemas cardíacos, há um desequilíbrio do pH no organismo tendendo para a acidez. Ela destrói os ossos, pois o corpo tem que roubar alcalinizantes minerais a partir deles, para manter o pH do sangue. A acidez expulsa o oxigênio das células, e se você privar uma célula de 35% de seu oxigênio por 48h, você pode torná-la cancerígena. Os sintomas mais comuns de um pH desequilibrado são: azia (sensação de queimação no estômago e arrotos), flatulência, insônia, retenção de líquido, enxaqueca, prisão de ventre, cansaço e sensação de queimação na língua e na boca. Então o que fazer para diminuir a acidez da nossa saúde e da nossa vida? Evitar alimentos acidificantes: açúcar, adoçantes, alimentos diet, light e zero, bebidas alcoólicas, bebidas com gás, café, canela, carnes, cebola, doces e chocolate, embutidos, feijão, geleias, gengibre, grãos refinados, leite de vaca e derivados (queijo, iogurte, nata, requeijão, etc), milho, produtos industrializados, sal refinado.

40

Evitar emoções acidificantes: egoísmo, ira, inveja, negatividade, rancor. Consumir mais alimentos alcalinos: 1 copo com água morna e ½ limão espremido ao acordar, algas marinhas, água alcalina, alho, aspargos, azeite de oliva, beterraba, brócolis, castanhas, couve, espinafre, frutas (ex: maçã, melão, abacaxi), folhas verdes, grãos germinados, missô, sementes, mel orgânico, vegetais crus ou levemente cozidos etc.

Cultivar emoções alcalinizantes: amor, compaixão, gratidão, mansidão, solidariedade. Pratique exercícios físicos com regularidade, afinal, manter hábitos alcalinizantes é o melhor que você pode fazer a sua saúde e para a sua vida. “O médico do futuro não dará remédios, mas interessará os pacientes nos cuidados com o corpo humano, a nutrição, e nas causas e prevenções de doenças”.


CORPO

Tensegridade ANDRÉ CORDEIRO PERSONAL

E

m mecânica e em biomecânica, tensegridade ou integridade tensional é uma propriedade presente em objetos cujos componentes usam a tração e a compressão de

forma combinada, de forma a proporcionar-lhes estabilidade e resistência. Os animais, bem como outras estruturas biológicas, devem muita da sua resistência à tração e compressão das partes que os constituem. Músculos e ossos trabalham simultaneamente com o intuito de se fortalecer mutuamente. Este género de resistência, que se reconhece agora em nível das células, aparece igualmente como uma nova forma de explicação das estruturas biológicas. Ao descrevermos o funcionamento do corpo dos vertebrados (e, consequentemente, do ser humano), podemos facilmente distinguir duas tensegridades. Uma é a que resulta da interação músculo / osso, onde o músculo atua em tração contínua, enquanto os ossos agem através da compressão (descontínua). É a base de toda a mobilidade física destes animais. O sistema nervoso central pode também ser interpretado, estabelecendo uma analogia com a tensegridade, onde neurónios motores

42


S

reUSE ideias

DANI REBELO E CARLA COSTA PUBLICITÁRIAS www.reuseideias.com.br elecionamos algumas das ideias que reusamos em 2014 para inspirar as transformações do ano novo. Que tal

fazer um flashback mês a mês do que rolou na sua vida nesse ano? Apostamos que aconteceram diversas transformações. Colecione os bons momentos, aproveite as lições dos desafios que apareceram no caminho e abrace a ideia do recomeço. Saúde pro corpo, paz pra mente e amor para o coração, chega mais 2015!

Recalculando a rota

3

1

Janeiro - Dog Park em Santa Bárbara (California) Fevereiro - Arte na Capa com Ana Strumpf Março - Sonzera em Curitiba com Bixiga 70

2

4

Abril- Arte que Transforma com Jota Azevedo

6

Maio - Aproveitando as Frutas d a Estação com Fogão da Flora Junho - Ilustração 3D em Livros com Thomas Allen Julho - Auto-retratos com Renata Cechinel Agosto - Mini Jardim de Suculentas Setembro - Como você vai - Mobilidade Urbana

5 7 10

8

9

Outubro - Oficina T-Shirt Bag no Bazar da Brava Novembro - Trip Reuse em Toronto (Canadá) Dezembro - Inspiração para o Ano Novo

12

11 43


Sapateia!

Killer Heels: Brooklyn apresenta exposição dedicada à história dos sapatos de salto

44


méLange Azad JÔ MANSARDO

ARQUITETA E URBANISTA www.azad.com.br

E

A exposição Killer Heels: The Art of the High-Heeled Shoe veio para enlouquecer a cabeça dos amantes da moda, explorando um dos acessórios mais provocantes: o sapato

de salto alto. De um delicado chopine italiano do século 16, para os saltos glamorosos das passarelas e tapetes vermelhos de hoje, a exposição examina a rica e variada história do sapato de salto alto e seu lugar duradouro na cultura popular. Como ditador de moda, objeto de fetiche, instrumento de poder e de expressão artística, o salto alto passou por muitas mudanças de estilo e simbolismo ao longo do tempo. Saltos agulhas mortais arquitetonicamente desenhados com plataformas inspiradoras se destacam entre os mais de 160 sapatos históricos e contemporâneos da mostra. Na expo você vai encontrar os maiores nomes de designers de sapatos do mundo, incluindo grandes marcas mundiais como Manolo Blahnik, Chanel, Salvatore Ferragamo, Zaha Hadid X United Nude, Iris van Herpen X United Nude, Christian Louboutin, Alexander

No final da mostra, os espectadores são convidados a interagir em um painel de fotos e post-its questionando o que seus sapatos tem a dizer a seu respeito. Quem ainda quiser participar no Instagram basta postar fotos com seus pares de salto-alto favorito usando a hashtag #KillerHeels. “Estamos vivendo um momento muito interessante em que os calçados são ao mesmo tempo vistos como foco de significado cultural, bem como obras de arte”, disse Elizabeth Semmelhack, curadora sênior do Bata House Museum em Toronto (Canadá), que emprestou peças para a exposição. Com curadoria de Lisa Perry, a mostra fica em cartaz até 15 fevereiro de 2015. Quem tiver planos de viajar para New York nos próximos meses não pode deixar de incluir esse programa no roteiro. Além da mostra ser incrível, também é uma ótima sugestão para quem busca fugir do roteiro turístico de Manhattan e explorar mais uma região descolada do Brooklyn. Uma boa pedida! Enjoy!

McQueen, André Perugia, Prada, Elsa Schiaparelli, Noritaka Tatehana, Vivienne Westwood, Pietro Yantorny, entre outros. A mostra está organizada em seis temas, incluindo Revival and Reinterpretation, Glamour and Fetish and Space Walk. A exposição ainda traz filmes inspirados no universo sedutor e provocante dos saltos-altos, todos produzidos

ONDE?

KILLER HEELS: THE ART OF THE HIGH-HEELED SHOE BROOKLYN MUSEUM 200 EASTERN PARKWAY, BROOKLYN, NY WWW.BROOKLYNMUSEUM.ORG

especialmente para a mostra, com participação especial da top brasileira Aline Weber. Os cineastas que produziram os curtas foram Ghada Amer e Reza Farkhondeh, Zach Ouro, Steven Klein, Nick Knight, Marilyn Minter, e Rashaad Newsome. 45


kad u f re g o ssi .co m .b r


ATITUDE

MERGULHO DE VERÃO Na contagem regressiva para o verão 2015, a marca Santacosta traz a coleção 89 Dias.

N

o ano que passou você viu e vestiu as letras garrafais das queridas praias da nossa região.

Os amigos e sócios Christopher Stoner e Jefferson Matias criaram um elo e valorizaram o trabalho regional nas mais variadas tribos e estilos.

SOBRE OS

PROJETOS

O jeito – no mínimo interessante – dos rapazes tocarem o negócio fez com que, agora em dezembro, sejam homenageados na 9 edição do SCMC - Santa Catarina Moda e Cultura, em Florianópolis. Isso com pouco mais de um ano e meio desde o surgimento da marca de camisetas masculinas. O aspecto social é destaque na grade de produção da Santacosta. A nova coleção inclui duas estampas cujo lucro das vendas será revertido para projetos sociais. A camiseta “Cidades Invisíveis” é uma parceria com o projeto de mesmo nome iniciado em Florianópolis pelo fotógrafo Samuel Schmidt. Já a icônica camiseta “Brava” também ganhou uma nova versão “Brava Braile”, em parceria com a Escola de CãesGuia Helen Keller, de Balneário Camboriú. “Nossa sereia segue o lema lucro com propósito”, conta Jefferson.

CIDADES INVISÍVEIS

O projeto Cidades Invisíveis reúne artistas que adaptam a sua arte em releituras de imagens que falam por si e ganham vida ao serem estampadas em camisetas que tem o lucro revertido para muitos Joãos, Anas, Marias ou Pedros, sobreviventes de uma realidade que os priva de alimentos, saneamento básico, educação eficaz e emprego rentável.

HELEN KELLER

VOCÊ REPAROU A ARTE DE RAMOS E PÁSSAROS NESSA PÁGINA? A CAPA DA COLEÇÃO DE VERÃO É UM DESENHO FEITO POR LAURINDA CAYRES – AVÓ DO CHRISTOPHER.

A Escola de Cães Guias Helen Keller é a única escola no Brasil, reconhecida pela Federação Internacional de Escolas de Cães-Guias. Tem como principal objetivo proporcionar às pessoas com deficiência visual a autonomia para sua locomoção e integrá-las socialmente à comunidade com total mobilidade e independência, através da disponibilização inteiramente gratuita de cães-guias treinados pela nossa Escola.

“Em cada coleção gostamos de compartilhar as pinturas deixadas pela Vó Lau. Estampar arte em camisetas faz com que a obra saia da parede e caminhe por aí”, conta Chris. O que vem adiante? Jefferson comenta em tom enigmático que logo mais nesse verão tem uma grande

surpresa que envolve um “patrimônio cultural de Santa Catarina” e tem a ver com Praia Brava, música e vida noturna. Também poupando

detalhes, Christopher acrescenta que “no ano que vem teremos eventos fantásticos na região, como o retorno da Volvo Ocean Race para Itajaí. A Fórmula 1 dos mares aqui, no quintal de casa”.

48

SCMC

Acreditando fortemente no trabalho colaborativo através da conexão de talentos e do work in progress, nosso movimento se consolida como uma comunidade de empresas inovadoras que, aliada à experimentação da academia, segue sempre orientada e focada no fortalecimento da cadeia de moda e design catarinense. O SCMC TRANSCULTURAL – Um novo olhar sobre o design, uma mostra que apresentou o resultado dos trabalhos desenvolvidos ao longo desta edição.


#PRAQUEMVIVEOMAR

STAND UP PADDLE | CAIAQUE | WAKEBOARD | REMOS | COLETES | ACESSÓRIOS WWW.CATARINANAUTICA.COM - ITAJAÍ/SC - 47 3349.9090


TEXTO MARCO HOLTZ ILUSTRAÇÃO E DIAGRAMAÇÃO BRUNO DE AVIZ Abri Abriaaporta portaenfiando enfiandoaachave chavedo domolho molho27 27na namaçaneta maçanetaredonda redondaee

çado, çado,aagente genteluta lutapara paracontinuar continuarvivendo vivendomesmo mesmoquerendo querendobater bateras as

americana. americana.Cercado Cercadopor porputas, putas,ladrões ladrõeseeguindastes guindastesportuários, portuários,

Mas, Mas,tinha tinhauma umafaca facano nobolso, bolso,e, e,covarde, covarde,mutilei mutileide devez vezaquilo aquiloque que

frouxa frouxadaquela daquelapensão pensãoporca, porca,no nocentro centrovelho velhode deuma umacidade cidadelatinolatinofedia fediaààfumaça fumaçade decigarro. cigarro.Mais Maisum umdia diapor porali, ali,cortinas cortinasmofadas mofadasee assoalho assoalhosujo, sujo,carteira carteirade deDerby Derbyno nobolso. bolso.Cheiro Cheirode derio rioeemar, mar,um um sol solentregue entregueao aohorizonte horizonteeeuma umagarrafa garrafade deuísque uísquevagabundo vagabundo

na naescrivaninha escrivaninhade demadeira madeiraque quese sedissolvia dissolviacom commeus meusmurros murrosde de

angústia. angústia.Havia Haviacupim cupimna naminha minhavida vidatambém. também.Estava Estavaencardido encardidoee desintegrado. desintegrado.Retoquei Retoqueiaabarba barbacom comuma umanavalha navalhacega cegaeeme melavei lavei num numchuveiro chuveirode deágua águapouca. pouca.Vesti Vestiaaroupa roupasimples simplesque quemais maisme me

fazia faziaconfortável. confortável.O Omoletom moletomroxo roxodesbotado desbotadoeeum umshorts shortspreto pretode de

elástico. elástico.Era Erainverno, inverno,eetudo tudocinza. cinza.Sentei. Sentei.Saquei Saqueiuma umafaca facade decaça caça

que quesempre semprecarregava. carregava.Apontei Aponteium umlápis. lápis.Dei Deitrês trêsgoles golesno nomalte maltesem sem

gelo, gelo,abaixei abaixeiaacabeça cabeçaeenão nãoescrevi escrevinada. nada.Decidi Decidiacabar acabarcom comoocirco. circo.ÀÀ noite noiteeu euia iame mematar, matar,eenenhuma nenhumapalavra palavrapóstuma póstumaurgia urgiade demim. mim.O O papel papelficaria ficariaem embranco. branco.Só Sóqueria queriaacabar acabarcom comaquela aquelamerda. merda.

AAgarrafa garrafaesvaziou. esvaziou.Eu Eujá játinha tinhaaacoragem coragemnecessária necessáriaeeos osúltimos últimos

devaneios devaneiospassados passadoscomo comoraio raiopela pelaminha minhamemória. memória.Estava Estavapronto. pronto.

Foi Foiooultimato. ultimato.Subi Subina namesa. mesa.Amarrei Amarreiaacorda cordano nocaibro caibroque quecruzava cruzava ooteto tetodo domeu meuquarto quartobarato. barato.Laceei Laceeiem emmeu meupescoço pescoço––era eramais mais

confortável confortávelque quegravatas gravatas––cambaleei cambaleeina naplataforma plataformae, e,de derepente, repente, estava estavasem semchão, chão,me medebatendo debatendono noar, ar,com comaacara cararoxa roxaeeoopescoço pescoço

esganado. esganado.Minha Minhacabeça cabeçaexplodiria explodiriaem emsegundos. segundos.Se Sematar matarééengraengra-

52 38 48

botas. botas.Meu Meuar aracabara. acabara.Os Osmovimentos movimentosviraram viraramespasmos espasmosde deagonia. agonia. me meincomodava. incomodava.Rompi Rompiaaforca, forca,mandei mandeiooemprego empregoeeoosalário saláriode de

comprar comprarpão pãopro proInferno, Inferno,eefui fuifalar falarpessoalmente pessoalmentecom comoodemônio. demônio.Eu Eu era eradurão. durão.Encarei Encareioooutro outrolado ladoda dahistória. história.Caí Caícom comoorabo rabono nochão chão

do domundo mundoe, e,aapartir partirdali, dali,fui fuidar darsentido sentidoaaminha minhaexistência. existência.Destruí Destruí aquilo aquiloque quepor poraí aíchamam chamamde devida. vida.Trabalhar, Trabalhar,procriar, procriar,prosperar, prosperar, férias fériasmiseráveis, miseráveis,passeios passeioscom comagências agênciasde deturismo turismoeemalas malascom com

rodinhas, rodinhas,eeaaaguardada aguardadaaposentadoria aposentadoriavil vilquando quandose seestá estáquase quase

indo indoààvala. vala.Foda-se. Foda-se.Eu Euprecisava precisavacausar causarum umestrago, estrago,nem nemque quefosse fosse aamim mimmesmo. mesmo.Morri Morripara paraaasociedade sociedadequando quandonão nãoservi serviem emseu seu molde moldenefasto. nefasto.

EEtudo tudofoi foipra pramaior maiorvadia vadiade detodas: todas:aaque que“o “opariu”. pariu”.Peguei Pegueioo

cômico cômicosonho sonhoda dacasa casaprópria própriaeeapliquei apliqueiem emseis seismeses mesesde devida vidacrua crua eesimples, simples,mas masvida vidaem emessência. essência.Coloquei Coloqueiumas umasroupas roupasna namochila mochila

eecomprei compreiuma umapassagem passagempra praÍndia. Índia.Eu Eufinalmente finalmentedescobrira descobriraminha minha arte. arte.Fora Forado docarnaval carnavaldiário, diário,dos doscinco cincodias diasde defolia foliaao aocontrário. contrário.Fui Fui ter tersete setedias diaspor porsemana semanade depuro purotesão tesãopor porseis seismeses; meses;os osprováveis prováveis

melhores melhores180 180dias diasque queum umescritor escritorfracassado fracassadopoderia poderiater terem emlua luade de

mel melcom comos ospróprios própriosdelírios. delírios.Eu Euestava estavano nocomando. comando.Quando Quandovi, vi,meu meu barco barcocuspiu-me cuspiu-mena naTurquia, Turquia,em emIstambul, Istambul,lá, lá,do dojeito jeitoque quegosto, gosto,sem sem cama, cama,com comfome fomeeepouco poucodinheiro, dinheiro,perdido, perdido,feliz felizeeinconsequente inconsequente


DIÁLOGOS

bon vivant

como comouma umacriança. criança.No Nooutro outrodia diavoltei volteiao aoaeroporto aeroportoeehoras horasdepois depois

de detuk-tuk. tuk-tuk.--O Omundo mundoééum umtipo tipogrande grandede develho velhooeste. oeste.--Precisava Precisava

caótica caóticaeedesumana desumanaMumbai, Mumbai,no nomais maispuro puropandemônio pandemônioindiano. indiano.

40 40anos. anos.Achei AcheiooLaos Laoseeseu seupovo povopacífi pacífico, co,uma umacontradição contradiçãoextrema extrema

caminhava caminhavacom comos ospés pésem emlixo, lixo,lama lamaeebosta, bosta,entre entrecorpos corposao aochão chãoda da Tinha Tinha50 50graus grausna nacabeça. cabeça.Suava Suavafeito feitoum umjavali javalie, e,ainda aindaassim, assim,

sorria. sorria.Logo Logoeu, eu,que quenão nãosuportava suportavatrabalhar trabalharcom commulheres mulhereseeseus seus

frios friosabsurdos absurdosde dear arcondicionado condicionadoem empleno plenoVerão. Verão.Cruzei CruzeiooDeserto Deserto de deThar, Thar,no noRajastão, Rajastão,no nolombo lombode deum umcamelo, camelo,dormindo dormindona naareia, areia,

com comaaluz luzda dalua luaeeum umimenso imensocobertor cobertorde deestrelas. estrelas.Estive Estivena naborda borda

com comooPaquistão Paquistãorespirando respirandoaatensão tensãoarmada armadade deturbantes, turbantes,barbas barbas

longas longaseenegras, negras,eesanguinárias sanguináriasespadas espadascromadas. cromadas.Fui. Fui.Só Sófui. fui.Assim, Assim, indo, indo,dormindo dormindono nochão chãode detrens trenseeônibus ônibuscheios cheiosde deratos ratoseepessoas. pessoas.

Cheguei Chegueiao aonovo novoTibet Tibetpara paraum umchá chácom comooDalai DalaiLama Lamae, e,de derepente, repente,

percebi percebique queestava estavano noHimalaia, Himalaia,cruzando cruzandoas asestradas estradasmais maisterríveis terríveis eelindas lindasdo domundo, mundo,com comdestino destinoààdisputada disputadaCaxemira. Caxemira.Ou Ouaquilo aquilo

era eraestar estarmorto mortoeeter terencontrado encontradoooparaíso, paraíso,ou oueu eutinha tinhadescoberto descoberto ooque querealmente realmenteera eraviver. viver.Droguei-me Droguei-mede defelicidade felicidadecomo comojamais jamais

havia haviafeito. feito.Uma UmaLiga Ligada daJustiça Justiçainteira inteirade deheroína heroínaem emmilhas milhaspara para salvar salvarminha minhapele! pele!

Vi Vioofervor fervorreligioso religiosohindu, hindu,ooamor amorque quenos nosamputa amputaoocoração coraçãono no

Taj TajMahal Mahaleeaaputaria putariaque queadoça adoçaos osdesejos desejosnos nostemplos templosdo doKama Kama

Sutra. Sutra.Comi Comisujeira, sujeira,me mecaguei. caguei.Remei Remeieevi viaamorte mortevirando virandocinzas cinzasàà

beira beirado doRio RioGanges. Ganges.Cheguei Chegueiao ao“topo “topodo domundo”, mundo”,no noNepal, Nepal,oopaís país

daquele daquelemorro, morro,ooEverest. Everest.Briguei, Briguei,arrumei arrumeiconfusão confusãocom commotoristas motoristas

de dealguma algumade depaz pazeemapear mapearum umbom bomlugar lugarpara parame meaposentar aposentaraos aos

no nopaís paísque queainda aindaexplode explodebombas bombasda daGuerra Guerrado doVietnã, Vietnã,perdidas perdidasee

ativas, ativas,mutilando mutilandogente gentesimples. simples.Às Àsvezes vezesera erabom bomsorrir, sorrir,mesmo mesmoque que oomundo mundoestivesse estivesseààbeira beirado docolapso. colapso.Fui, Fui,eeme mesenti sentipai paide decrianças crianças que queguardei guardeiem emfotos fotospreferidas. preferidas.Elas Elassão sãoooacerto acertohumano, humano,depois depois

disso dissoera erapreciso precisogostar gostarde deoutras, outras,eeassim assimsucessivamente sucessivamente--crescer crescer sustentado sustentadopor porconvenções convençõeséécancerígeno. cancerígeno.

Invadi InvadiooVietnã. Vietnã.Vi Vioocorpo corpomorto mortodo doGeneral GeneralHo HoChi ChiMinh Minheepirateei pirateei por poruns unsdias, dias,navegando navegandona namítica míticaBaía Baíade deHa HaLong. Long.Segurei Segureimeu meu leão leãoouvindo ouvindoos osgritos gritoshistéricos histéricosdos dosvietcongs vietcongsao aocelular celularou ouem em

quaisquer quaisquerconversas conversasinfernais. infernais.Acho Achoque queoobarulho barulhodos dosbombardeios bombardeios ainda aindazumbe zumbeem emseus seusouvidos. ouvidos.Estava Estavaali: ali:nos noscampos camposvastos vastosde de

arroz, arroz,entre entreaapropaganda propagandacomunista, comunista,eeooorgulho orgulhode deuma umaguerra guerra

vencida; vencida;os oscapacetes capacetesmilitares militaresna nacabeça cabeçados doscivis, civis,os oschapéus chapéuscônicôni-

cos coscom comoopovo povoda dalavoura, lavoura,as asbandeiras bandeirasvermelhas, vermelhas,foices foiceseemartelos; martelos; vivia viviarodeado rodeadode decaras caraschupadas, chupadas,os osrostos rostosesquálidos esquálidosvietnamitas. vietnamitas. Descia Desciaao aosul sulda daputa putaque queoopariu, pariu,dentro dentrode deum umônibus ônibusmadrumadru-

gueiro gueirodo doSudeste SudesteAsiático. Asiático.Eu Eunão nãocarregava carregavamapas, mapas,mas massempre sempre

tinha tinhaum umdestino. destino.O Opróximo? próximo?Talvez Talvezali, ali,ou oulá. lá.––Faz Faztrês trêsmeses mesesque que decidi decidime mematar, matar,eefoi foibom bompra pracaralho. caralho.Sem Semarrependimentos. arrependimentos.

39


TONY 54


STREET

C

Considerado um dos mais influentes skatistas de todos os tempos, Tony Alva nasceu em tal dia de setembro de 1957, nos Estados Unidos e

é um dos originais Z-Boys. O nível de agressividade que ele andava de skate estava em contraste com o estilo das manobras dos mais tradicionais skatis-

tas. Alva e os outros Z-Boys devem ter sido os primeiros a andarem em pisci-

nas vazias. Mas, segundo Jay Adams, eles não são os primeiros. Jay diz que tal atitude já aconteceu nos anos 60, mas que eles são um dos primeiros, porque poucas pessoas fizeram isso nos anos 60. Alva é o responsável pela primeira

manobra de aéreo gravada: frontside air. Esse foi o momento marcante em

que o skate deixou de ser o surf nas ruas e virou um novo esporte. O Skate não teria sobrevivido sem essa invenção que o fez progredir.

Alva é o protagonista do documentário gravado em Venice Beach so-

bre a cultura do skate: Dogtown and Z-Boys que foi transformado em ficção no filme Reis de Dogtown. Segundo Jay Adams, eles não foram os primeiros a invadir casas e usar piscinas como pista de skate. Jay

afirma que essa atitude já aconteceu nos anos 60, mas acredita que

eles são um dos primeiros também a praticarem este ato. Com 19 anos, Alva criou sua própria companhia de skate, Alva Skates. Tony Alva re-

centemente assinou um contrato de 3 anos com os sapatos Vans e é patrocinado pela Independent Trucks. Ele inclusive tem um relógio

com seu nome feito pela Vestal. Tony também tocou baixo na banda

The Skoundrelz, que tinha os ex-Suicidal Tendencies Mike Dunnigan e Mike Ball como o ex-membro do Wasted Youth Dave Hurricane.

55


ACESSÓRIO

HOMEM

URBANO

A TRENDY4MAN participou do nosso ensaio masculino de verão

A

TRENDY4MAN é uma Empresa especializada em vendas on-line

com atuação nacional, tendo como foco a comercialização de acessórios masculinos de qualidade para homens de todos os estilos. A ideia de criar a TRENDY4MAN nasceu da paixão dos irmãos Eduardo e Gustavo pela moda e estilo masculino, aliada a falta de opções interessantes no mercado local, o que acabou sendo uma motivação especial para a criação da Empresa. Localizada em Balneário Camboriú, fonte viva de inspiração para a criação dos acessórios, a empresa vem se destacando no mercado nacional com seus produtos arrojados e criações exclusivas. Confira toda a linha de produtos e mais informações no site www.trendy4man.com.

58


CAPA

59


Por Josie Mendes

60

Romero Britto nasceu em Recife, no dia 6 de outubro de 1963. Mora em Miami desde a década de 90. É um artista prestigiado pelas celebridades, tendo pintado quadros para personalidades como Madonna, Arnold Schwarzenegger e Michael Jackson. Também produziu telas para nomes como: Dilma Rousseff, Bill Clinton e o casal real príncipe William e Kate Middleton. A convite do príncipe Charles jantou no Palácio de Buckingham.


61


62


63


64


V Enfim, chegou. O Verão 2015 traz uma junção de clássicos esportes. A praia está sempre em cena, como cenário, o que muda é o protagonista.

ERÃ

O 65


66


67


produção RENATA TACCA modelo JOÃO INGLESIAS (agência mega model e mister BC 2014) roupas acervo e JCANEDO acessórios TREND4MAN chapéu DREAM’S BEACH

68


ELEITA A MELHOR FRANQUIA DO BRASIL NO SEGMENTO VESTUÁRIO, CALÇADOS E ACESSÓRIOS PELA PEQUENAS EMPRESAS & GRANDES NEGÓCIOS. 300 LOJAS - 18 PAÍSES BUENOS AIRES CANNES HOLLYWOOD MADRID ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO RUA DR. PEDRO FERREIRA, 30 - CENTRO | ESQUINA EURICO KROBEL | ITAJAÍ - SC


FOTOS GUMA MIRANDA

EVENTO

U

COLEÇÃO VERÃO 2015

m coquetel foi realizado para estrear a nova coleção de semi-joias da marca Karina Russi. Entre tantas novidades, as clientes brindaram e já adquiriram os acessórios para o verão 2015. O evento foi no Maria’s Itajaí, no dia 18 de novembro.

70


68


FOTOS THIAGO MACHADO

EVENTO

RODRIGUES TAEKWONDO INAUGURA

A ACADEMIA DECK-DÔ

A

“ Deck-Dô, não é apenas mais uma academia de artes marciais. A nossa proposta é a divulgação da filosofia oriental, através da arte marcial, culinária e idiomas orientais. Pretendemos assim, difundir o pensamento oriental no seu todo como forma de vida e bem estar coletivo.” Declaração de Auro Vicente Rodrigues Júnior, um dos fundadores da Rodrigues Taekwondo.

74


A

ITAJAÍ

Arezzo inaugurou dia 27 de novembro, no piso térreo do Itajaí Shopping, uma loja linda, com projeto top e cheia de novidades da coleção alto verão. Agora Itajaí já tem uma franquia Arezzo e as shoeslovers já podem comemorar!!

76

FOTOS THIAGO MACHADO

COQUETEL


FOTOS GUMA MIRANDA

EVENTO

CELEBRAÇÃO Para celebrar mais um ano de vida, o empresário Alexandre Schmit Balbino realizou um almoço comemorativo, ao lado de amigos e familiares. Conhecido em nossa região pelo trabalho no ramo da construção civil e por estar envolvido em projetos sociais em Itajaí. Em sua história entra o amor pela Luciana, com quem é casado há 15 anos e tem 3 preciosos filhos: Gustavo, Valentina e a pequena Amanda. Nós da revista NC estamos felizes por participar deste momento especial da sua vida, Alexandre!

“NUNCA É TARDE PARA DAR INICIO A UM NOVO PROJETO”

Alexandre Schmit Balbino

78


79


81


FOTOS EMERSON TOUCHÊ | IMAGE CARE

PARTY

HAPPY B-DAY! O Warung comemorou 12 anos de vida. Foram duas noites de festas, 7 e 15 de novembro. Nomes nacionais e internacionais, foram mais de 20 atrações. Albuquerque, Aninha, Apollonia, Boghosian, Conti & Mandi, Damian Lazarus, Danee, Daniel Kuhnen, Davis, Digitaria, Dudu Petrelli, Fabo, Fur Coat, Gaiser, Gromma, Gui Thome, Jamie Jones, Leozinho, Leo Janeiro, Maceo Plex, Odd Parents, Paul Ritch (Live), Renato Ratier, Richie Hawtin, Ricky Ryan, Sasha, Sasse, Sharam Jey, Stekke, Tale of Us e Volkoder.

84


PARTY

85


PARTY

Mais de mil pessoas estiveram nos primeiros dias de inauguração da filial 1 da primeira rede de bares temáticos de erotismo do Brasil, o Valen Bar18+. Nestes dois dias (05 e 06/12), a festa foi reservada para convidados que puderam conhecer melhor esse novo conceito que chega a Balneário Camboriú e promete conquistar cinco capitais do Brasil em um projeto de expansão previsto para os próximos dois anos. “A ATMOSFERA DA CASA SUPEROU NOSSA EXPECTATIVA. ROLOU UMA QUÍMICA INCRÍVEL ENTRE AS PESSOAS, A DECORAÇÃO E A GASTRONOMIA. TEMOS O NOVO QUERIDINHO DA CIDADE” CONTA UM DOS SÓCIOS DO BAR, ALEXANDRE GODOY.

86


FESTIVAL

88


FOTOS ADRIEL DOUGLAS

FESTIVAL

Dream Valley Festival encerra com público de 34 mil pessoas. Nomes como Dimitri Vegas & Like Mike, Kaskade, Afrojack e Nicky Romero foram atrações na 3ª edição do Dream Valley Festival, que este ano contou com duas pistas principais: ‘Mistyc Stage’, com som underground, e ‘Dream Stage’, dedicada ao estilo comercial. A festa reuniu mais de 20 shows nacionais e internacionais em uma estrutura montada no Parque Beto Carrero World, em Penha, no Litoral Norte catarinense. O evento foi em novembro, 14 e 15.

89


PARTY

90


FOTOS ADRIEL DOUGLAS

O club Green Valley apresentou três super atrações na noite de sábado, 1º de novembro, para um esquenta luxuoso do festival Dream Valley. Da Holanda vem Quintino, que transita entre vários ritmos do e-music. Já o alemão Hosh é um produtor de mão cheia e já anunciou “produzir, pra mim, é como cozinhar”. Domina a alquimia sonora com tendência underground como poucos e, por isso, está há quase uma década em evidência na cena. O residente do Green Valley, Mario Fischetti, completou o line.

91


FRIENDS

Temos novidade em Balneário Camboriú para refrescar o verão. Sucesso em Itajaí e nas principais cidades do Brasil, a franquia traz todo know-how de quem entende de chopp gelado e comida de boteco. Maxfabian Mota, já na franquia há 6 anos, e há uma com a unidade em Itajaí na Avenida Beira-Rio, explica que a franquia Chopp Brahma Street foi escolhida por ter uma proposta de negócio interessante. “Estamos situados na avenida mais valorizada do sul do Brasil e próximos a um dos pólos mais competitivos de bares da cidade, portanto, tínhamos que ter vários diferenciais”, complementa Ana Carolina Zschoerper, sócia do bar. Como o coração do “boteco chique” também é a parte gastronômica, o Chopp Brahma tem um cardápio diferenciado com lanches, porções e petiscos e ainda saborosos pratos a la carte, cuidadosamente elaborados pelo renomado “chef” Ricardo Bonomi, contratado pela casa para montar o cardápio e preparados pelo promissor “chef” Henrique Campos.

92


PARTY

CARDÁPIO DE

VERÃO

O clima esquentou e as noites ficaram ainda mais coloridas. Esses fatores influenciaram bastante o novo cardápio do TAJ BC, que trouxe novidades como o Ceviche Misto (Cubos de peixes frescos e polvo marinados no suco de limão, guarnecidos com cebola roxa, pimenta dedo de moça e coentro, finalizados com alho poró crocante), o Tartar Asiático (cubos de salmão e manga intercalados e finalizados com sorvete de wasabi, tiras de nori e molho especial do chef) e resgatou clássicos TAJ como o Steak Mango (torre de mignon e parmesão, sobre risoto de manga, finalizados com leque de manga grelhado e redução de vinho do porto). Explore seus sentidos.

94


PARTY

AMIG OS DO

PAGODE

Na noite de sexta, 14 de novembro aconteceu o show dos Amigos do Pagode. Três dos maiores nomes do pagode da década de noventa em um só palco. Salgadinho (exKatinguelê), Chrigor (ex-Exaltasamba) e Marcio (ex-Art Popular) A festa estava incrível. Relembraram os sucessos do começo da carreira e o público foi ao delírio.

96


BEACH

CELEBRAÇÃO O Sky Beach combina com todas as estações do ano. Mas é no verão que tudo fica mais iluminado com as cores da natureza. Céu, sol, praia. Sorrisos e gargalhadas. Música ao vivo. E belas mulheres por todos os lados. E tem festa de ano novo, fica ligado aqui ao lado!

98


PARTY

AUTÊNTICO PUB A peculiar gastronomia aliada a qualidade das bandas que se apresentam, tornam o Didge um verdadeiro pub australiano. O ano por aqui foi de criatividade e inovações. Cada noite teve um jeito diferente. Até o Raulzito retornou ao palco numa performance incrível de Rodrigo Seixas. E assim ficamos com mais vibrações australianas para 2015!

100


PARTY

RÉVEILLON

Por aqui, o ano foi de festas temáticas. Capricharam na decoração, nas ideias. Passando pelo lúdico do cinema, trouxe a magia do circo e a ousadia de Las Vegas. E muito mais. Vai encerrar com uma grande festa de Réveillon, na Praia Brava, com show do Lucas Lucco. Open bar, open food. Confere aqui do lado, tem todas as informações.

102


PUB

O PRIMEIRO ANO The Backdoor Pub começou a sua história neste ano. Um lugar autêntico, que tem hambúrguer como sua especialidade. Na fanpage deles encontramos um o seguinte texto: “assim como o lendário Jim Morrison, totalmente sem limites, uma overdose de sabor. Pão Especial feito com Jack Daniels e funghi ralado, 2 Hambúrgeres Artesanais de 150g cada, alface americana, tomate, cebola roxa, pepino, queijo prato, queijo cheddar, bacon e molho especial que você só encontra no The Backdoor Pub”. Vem aqui, você vai adorar!

104


PARTY

SERTANEJO MODERNO A Shed enfeita a nossa revista com belos rostos e até com a presença de atores, como o Selton Mello que estava em nossa região e aproveitou para garantir a festa. A Shed é sim um lugar diferente, a cada ambiente a decoração torna um espaço único.

106


PARTY

MAIS UM ANO DE

STRIKES

O Bowl Club teve um ano de strikes. Reuniu atrações para todos os gostos e um público cativo. De tudo um pouco. Aliás, vale também fazer um happy hour por lá, afinal, a casa abre de terça a domingo, a partir das 18h30. Que 2015 seja um ano de celebrações, de mais festas, de mais boliches.

108


GOURMET

SAUDÁVEL Leve, saborosa, nutritiva e equilibrada, a comida japonesa é sinônimo de alimentação saudável. O gergelim é considerado um dos vegetais mais ricos em lecitina, um poderoso emulsionante, que facilita a dissolução das gorduras. Uma de suas funções na corrente sanguínea é dissolver lipídios da corrente sanguínea, regulando os níveis de colesterol e triglicérides, evitando doenças cardiovasculares. Estas e outras dicas você pode conferir na fan page do Japa Temakeria.

110


GOURMET

A pizzaria Maria’s é o mais tradicional rodízio da cidade e está completando 19 anos de muito sabor em um ambiente familiar e descontraído. Além da variedade de pizzas doces e salgadas o destaque também fica por conta das massas e da mesa de buffet com antipasti e sobremesas, isto somado a uma equipe de atendimento e preparo altamente capacitada Texto: Diego Mroczek

112


GOURMET

ÁGUA NA BOCA É impossível não ficar com água na boca olhando estas fotos dos pratos elaborados no Kawaii. E foi o ano todo assim. Nós da equipe Night e Cia acompanhamos de perto o trabalho minucioso, onde cada detalhes agrega mais valor a dedicação ao prato.

114


GOURMET

8 ANOS!

O Guaca comemora o aniversário de 8 anos neste mês de dezembro. Ou seja, o clima está totalmente para festa. Nós da Revista NC desejamos que o Guaca continua com essa energia calorosa, que é inegualável. E de presente, junto ao Didge, o Guaca ganhou o Prêmio MPE Brasil, etapa estadual de Santa Catarina, na categoria Turismo. Parabéns em dobro!

116


GOURMET

AMIZADE

A foto acima explica do que o Sushi Ya é feito: amigos. Aqui todos estão em harmonia, paz e muita fome! Que seja assim no próximo ano e sempre!

118


GOURMET

ESTREIA!

A inauguração do restaurante Tai Oriental Cuisine foi um sucesso absoluto, uma festa reservada a convidados seletos que puderam conferir o nascimento deste grande e ousado projeto, que traz a alta gastronomia oriental asiática aliada a 5 ambientes distintos de atendimento, um mundo repleto de sensações, aromas e sabores, uma atmosfera rica e exótica que surpreendeu e agradou a todos.

122


GOURMET

A Villa Itália traz a tradicional culinária italiana para a Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú. O sabor e aroma da pizza recém tirada do forno à lenha são incomparáveis. Já reserve seu espaço para o Natal e Ano Novo. Ao lado você confere o cardápio e mais informações.

124


GOURMET

SUMMER

O verão chegou e o Brava Sushi traz aqui alguns dos momentos da temporada passada. Ao ar livre, o restaurante serve um cardápio totalmente refrescante para esta época de praia, calor, paz e amor. E dezembro é especial por aqui. O Brava Sushi comemora 4 anos de muito sabor! Parabéns!!

124


GOURMET

Você que passou o ano todo apreciando a gastronomia do Sabores do Mar, já pode fazer as suas reservas. O restaurante abrirá nas vésperas de Natal e Ano Novo. E para você que ainda não conhece este precioso local, pode aproveitar para chamar a família e se encantar. As informações sobre reservas estão ao lado.

126


kad uf re g oss i.com .b r

Venha celebrar as festas de final do ano com estilo, de frente para o mar, desfrutando de uma das melhores vistas da cidade e com toda a segurança e conforto que a sua família merece.

RESERVA DE MESAS: 47 881.4246 / 3268.0576 marketing@saboresdomar.com.br

Acesse

www.sabore s do m a r.co m .b r

e

s ai b a

m a is.

ENDEREÇO 01:

EM BREVE, MAIS UMA UNIDADE!

Avenida Atlântica, 2530,

Balneário Camboriú Shopping,

Esquina com a Rua 2000,

Avenida Santa Catarina, 01

Balneário Camboriú / SC

no Segundo Piso.

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

/RESTAURANTESABORESDOMAR

@SABORESDOMAR


GOURMET

No verão, o Cabral da Ilha fica ainda mais encantador. Tem praia, sol, uma vista paradisíaca com o melhor da gastronomia local. O espaço que o local oferece é algo único. Nas fotos é possível ter uma noção, mas pessoalmente é melhor ainda. Vai lá! E vala ressaltar que aqui teremos festa de Réveillon. Com isso, programe-se!

128


GOURMET

Há mais de 30 anos o Restaurante Estaleirinho é reconhecido por seu cardápio cuidadosamente elaborado, pela excelência de seus pratos e pela qualidade de seus serviços. Tornou-se tradicional entre os moradores da região do Vale do Itajaí e por turistas que visitam Balneário Camboriú, que buscam o prazer de uma excelente gastronomia aliada a privilegiada localização a beira mar na Praia do Estaleirinho.

130


GOURMET

O Baja California é o lugar que traz a culinária mexicana apimentada com doses de rock’n’roll. Por aqui, a festa do Dia de Los Muertos, que aconteceu em novembro e é tradicional no México. A partir do dia 20 de dezembro, o Baja abrirá também ao meio dia. Todos os dias, todas as noites. Ufa. Férias no nosso lugar mexicano de Balneário Camboriú. Arriba!

132


Profile for Night e Cia Revista

revista night e cia edição 321  

revista night e cia edição 321  

Profile for nightecia
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded