Issuu on Google+

Ano VIII - Nº 03 - O Informativo Brahman Chaco é uma publicação anual do Condomínio Brahman Chaco Distribuição dirigida - Venda Proibida

1

2014

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Valorizando a qualidade da carne

HISTÓRIA Como o Brahman chegou ao Paraná

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

GENÉTICA Dicas dos melhores touros

CRIADORES Saiba quem faz seleção genética Edição 2014


2

“O mundo dos vencedores é feito pela aliança do que cada um tem de melhor”

- Laboratório de fecundação in vitro – FIV - Central de Receptoras - Tecnologia em transferência de embriões - Ginecologia, andrologia - Programas de IATF - Assessoria e treinamento técnico - Ultrasonografia (sexagem fetal) - Parcerias e vendas de animais e embriões Brahman, Grangus e Simental Holandês

Av. Brasil, 7640 - Cascavel/PR Tel. +55 (45) 3226-7445 / 9978-0061 santaclara@santaclaragenetica.com.br www.santaclaragenetica.com.br

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


3

Expediente No ano de 2013, o Brahman conquistou ainda mais seu espaço no rebanho brasileiro. Nos leilões realizados duarante o ano, o que se viu foram agropecuaristas cada vez mais interessados em conhecer esse zebuíno tão especial. Seu diferencial de rusticidade, precocidade, rendimento excelente de carcaça e qualidade da carne conquista cada vez mais criadores que buscam excelência da raça zebuína. Essas características fizeram a diferença no cruzamento industrial, principalmente com nelore, gerando animais precoces e com carcaças avantajadas. Dados do DBO comprovam que o Brahman tem se valorizado entre as mais variadas raças na questão de reprodução,

Brahman. Conquistando seu espaço cada vez mais na pecuária brasileira.

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

É uma publicação oficial do Condomínio Brahman Chaco

Av. Brasil, 7640 - CEP 85.810-001 Tel. +55 (45) 3226-7445 - Cascavel/PR condominio@brahmanchaco.com.br www.brahmanchaco.com.br

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

CONTATO/VENDAS /VISITAS: Condominio Brahman Chaco Fone (45) 9978-0061 / 9111-6518 - Estrada do Aeroporto, Km 2,5 - Cascavel/PR EDITORIA: Jairo Frare REDAÇÃO: Jair R. dos Santos - Fone (45) 9972-6113 / 3037-7829 PROJETO GRÁFICO E ARTE-FINAL: NewMídia Comunicação - www.gruponewmidia.com.br Rua Rio Grande do Sul, 111 - CEP 85.801-011 Centro - Cascavel/PR - Fone (45) 3037-7829 IMPRESSÃO: Gráfica Positiva - www.positiva.ind.br

Edição 2014


4

Ibraim: “Brahman eleva o patamar da pecuária brasileira” Um dos agropecuaristas mais renomados do Brasil, Ibrahim Faiad fala sobre a excelência do Brahma e conta a história da raça no Paraná Há quase cinco décadas no segmento agropecuário, Ibrahim Faiad é um dos precursores da raça Brahman no Paraná. Na sua memória, o agropecuarista relembra como se fosse hoje a história da raça. “Tudo começou com a paixão pelo gado do pioneiro londrinense Celso Garcia Cid e de seu filho, Manoel Garcia Cid. Essa fascinação pelos animais fizeram os mesmos fixarem residência na Índia para selecionar gado e mandar para o Brasil, no que seria a introdução do Nelore no país. Até então, na década de

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

50, era proibida a importação dos animais”, relembra Faiad. De acordo com ele, o Brahman entrou oficialmente no Brasil em 1994, através de uma importação realizada por Manoel, que trouxe o gado direto dos EUA para exposição em Londrina. “O agropecuarista Rubens Carvalho, o “Rubico”, foi um dos primeiros a importar gado Nelore. Os negócios prosperaram e Rubico começou a negociar reprodutores Nelore nos EUA. Ele chegou a comprar uma fazenda no Texas para desenvolver os negócios no local. Foi assim que ele começou a conviver cada vez mais com uma raça que até então não conhecia, que viria se chamar Brahman”, diz. Essa nova raça começou a se desenvolver em cima do Nelore, Gir, Guzerá e Krishna Valley. “O Rubico se encantou com aquilo tudo e achou que deveria voltar com essa raça para o Brasil. Daí ele come-

çou a importar os primeiros animais”, conta. Na região Oeste do Paraná o Brahman chegou somente em 2004. “A raça foi introduzida com a fundação do Condomínio Brahman Chaco, formado pelos pecuaristas Ibrahim Faiad, Jairo Frare, Reno Paulo Kunz e Waldomiro Kluska”, afirma o médico veterinário Waldomiro Kluska Junior. “Posteriormente, juntaram-se ao empreendimento Gilberto Maffessoni e Said El Hamoui. A partir daí, a raça só vem crescendo na região. Essa iniciativa fez o Oeste do Paraná se tornar nesse pouco tempo referência na seleção de Brahman no país”, destaca Raça impulsiona pecuária Para o agropecuarista Faiad, com a introdução da raça Brahman, a pecuária ganhou uma velocidade grande em termos de precocidade. “Antigamente o gado era tirado para o abate com seis ou sete anos. Hoje, com o Brahman, esse animal é retirado com um ano e meio, ou seja, o pecuarista ganha cinco anos de despesas, além desse animal mais novo sair com o mesmo peso do outro mais velho. Essa é a grande vantagem do Brahman em relação a outras raças: a precocidade. O mundo exige velocidade e essa raça dá isso”, enfatiza. “A raça já vem com a carcaça tipificada, ou seja, padrão superior de qualidade já quando Edição 2014


5 “Na região Oeste do Paraná o Brahman chegou somente em 2004. “A raça foi introduzida com a fundação do Condomínio Brahman Chaco

nasce”, ressalta Ibrahim. Segundo o médico veterinário Kluska Junior, o Brahman oferece tudo o que o produtor rural precisa numa raça. “Ele vem ocupando seu espaço na pecuária

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

moderna, incrementando precocidade e velocidade de ganho de peso ao rebanho nacional. Os números só vêm crescendo e o que se produz vende, figurando nos últimos quatro

anos entre as raças que mais crescem no país”, enaltece. “A pecuária brasileira tem um lugar assegurado no futuro da nossa economia. Hoje ela ocupa um espaço respeitável. Na pauta das exportações devemos estar nos US$ 7 bilhões de dólares, é algo promissor. Nosso rebanho está calculado em 200 milhões de cabeças. O bom disso tudo é que o rebanho aumentou nesses últimos anos em 25% com a mesma área e, em alguns casos, até com áreas menores, em função do avanço da agricultura. Então, a pecuária realmente está tendo um mercado garantido no Brasil e o Brahman contribui com tudo isso.

Edição 2014


6

QUALIDADE EM NUTRIÇÃO ANIMAL BEZERRAS E NOVILHAS

Monitoramento do ganho de peso diário Medir o ganho de peso da recria é muito importante para mostrar a eficiência da criação das bezerras e novilhas até o primeiro parto. A determinação do ganho de peso periódico permite o acompanhamento de cada fase da criação, facilitando a observação de problemas no manejo dos diferentes setores, tais como estresse, dietas inadequadas e doenças. O baixo ganho de peso leva ao atraso na maturidade sexual e na idade ao primeiro parto. Isso incrementa o custo da novilha ao parto, pois o animal passa mais tempo em uma fase em que não está produzindo. A meta para ganho de peso médio diário depende do peso e idade do animal. Estes dados são específicos de cada raça e de acordo com características particulares de cada propriedade. Para definir essas metas, devem-se seguir os seguintes passos: - 1º: determinar qual o peso adulto das vacas do rebanho; - 2º: definir o peso ao primeiro parto. Este deve ser 80% do peso adulto do rebanho (média das vacas). - 3º: estabelecer a meta de idade ao primeiro parto. - 4º: definir o peso à primeira inseminação artificial ou cobertura. Este deve ser 55% do peso adulto. - 5º: estabelecer a meta de idade para a inseminação ou cobertura (9 meses antes da idade de parição) Definidas as metas citadas acima, é possível estabelecer qual deverá ser o ganho de peso médio diário dos animais. Por exemplo: - 1º: peso adulto das vacas do rebanho – 680 kg. - 2º: peso ao primeiro parto – 680 x 0,8 = 558 kg. - 3º: idade ao primeiro parto – 24 meses. - 4º: peso à primeira inseminação artificial ou cobertura – 680 x 0,55 = 374 kg. - 5º: idade a inseminação ou cobertura – 15 meses. Considerando o peso ao nascimento de 35 kg, o ganho de peso médio diário do nascimento ao primeiro parto deve ser em torno de 720g/dia. As metas podem ser estabelecidas de acordo com as fases (por exemplo: nascimento ao desmame; desmame a insemi-

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Registre regularmente os pesos de seus bezerros e tenha melhor controle de seu rebanho

nação; inseminação ao parto). Os animais devem ser pesados mensalmente com o objetivo de verificar se a meta de ganho de peso diário está sendo atingida e caso não esteja, pode-se atuar mais rapidamente nos manejos que estejam influenciando no ganho de peso adequado dos animais. Com a pesagem da data atual e do mês anterior, calcula-se o ganho de peso médio diário (GPD):

GPD = (pesagem atual – pesagem anterior) (data pesagem atual – data pesagem anterior) Exemplo: se na data atual (26/08/2013) o animal pesou 321Kg e na anterior (28/07/2013) pesou 300kg, calcula-se: GPD = (321kg – 300kg) = 21kg = 720 g/dia (26/08/2013 – 28/07/2013) 29 dias. Edição 2014


7

Um mundo em nossas mãos Somos mais de 7 bilhões de pessoas no planeta. Dependemos do ar, da água e também do alimento. Manter o equilíbrio é essencial, e resume o conceito da sustentabilidade. Evoluir o sistema de produção sustentável é nosso desafio permanente. Ajudar a alimentar o mundo é nossa recompensa. contato@fazendassstein.agr.br www.fazendasstein.agr.br

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


8

Brahman

Cruzamento garante qualidade da carne Raça se destaca tanto na engorda quanto na reprodução

Indispensável para a pecuária, o cruzamento é uma das maneiras de se alcançar carnes superiores em menor espaço de tempo. Na cruza se busca as características mais importantes de cada raça envolvida, a fim de produzir animais eficientes e produtivos. O objetivo é reunir méritos genéticos de diferentes raças em um único indivíduo, a produção de heterose, vigor híbrido (choque de sangue) ou ainda, a possibilidade de incorporação de material genético desejável de forma rápida. “A cruza ideal, a que apresenta 100% de heterose, é aquela que une animais de raças zebuínas (ex. Brahman, Nelore, Guzerá) com raças taurinas (ex. Simental, Angus), ou seja, o mais distante possível no grau de parentesco. O cruzamento entre Zebu x Taurinos chega a aumentar em 30% o rendimento de peso, já na desmama. Quando unimos raças Zebuínas entre si, não alcançamos uma heterose tão intensa, mas no caso do Brahman, por este ter em sua composição raças taurinas, falamos em um cruzamento excelente e de resultado superior a qualquer outro cruzamento Zebu x Zebu. Chegamos a um acréscimo de 20% no desempenho o que é também fantástico”, sem perder nada de rusticidade, ressalta o médico veterinário Jairo Frare. Raça atende exigências do mercado Excelente na engorda e eficiente na reprodução, a cruza Brahman atende as exigências do mercado e está apta a produzir carne e leite em um menor espaço de tempo. Há experiências que comprovam machos meio sangue Brahman/Nelore com média de 252 quilos e as fêmeas com 235 quilos. Na F1 com Angus, os

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

bezerros obtidos através de cruza entre brahman e nelore

machos são desmamados com 268 quilos e as fêmeas com 251 quilos. Os machos confinados são abatidos aos 24 meses e com média de 545 quilos. Já o gado engordado exclusivamente a pasto é abatido aos 30 meses com 530 quilos. Ambos com ótima cobertura de carcaça. As fêmeas iniciam-se na reprodução aos 20 meses (400 quilos). O primeiro parto se dá por volta dos 30 meses e são evidentes: habilidade materna, docilidade, rusticidade. “Nós estamos desmamando o bezerro com 1 arroba a mais comparado aos animais de cruzamento Nelore x Nelore, esse animais estão sendo abatidos também com uma arroba a mais e 2 meses a menos. Por se tratar de um zebuíno, o Brahman é um animal muito rústico, desenvolvido nos EUA, especializada em produção de carne de qualidade”, aponta o médico veterinário Waldomiro Kluska. Para o médico veterinário Jairo Frare, a cruza Brahman x Taurino, é perfeita, ou seja, 100% de heterose.

“Quando cruzamos o Brahman com outras fêmeas cruzadas, por exemplo, um touro Brahman com uma fêmea F1 Simental x Nelore, ou F1 Angus x Nelore, teremos um three cross de altíssima qualidade, que une todos os quesitos de precocidade, qualidade de carne e terminação de carcaça. É uma fábula. Por exemplo, cruzar um touro Brahman com fêmeas meio-sangue Simental x Nelore, teremos inúmeras vantagens como a fertilidade, rusticidade, qualidade de carne, peso e carcaça”, destaca. Na questão de produção de leite, o Brahman também se destaca. Quatro mil quilos de leite numa lactação de 305 dias já é dado oficial de lactação de Brahman em controle da ABCZ. Produtores de leite que usam touros Brahman nas suas vacas ou as inseminam com eles, percebem o potencial dos bezerros, que nascem com mais agilidade, crescem mais sadios e com a venda de machos e fêmeas conseguem reposição com menor custo. Edição 2014


9

REGISTROS DO 1 LEILÃO GENÉTICA PARANÁ REALIZADO EM 2013

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


10

Evoke, um touro superior em carcaça, musculosidade, marmorei, gordura sub-cutânea, área de olho-de-lombo, precoce e fértil

De onde vem a carne de qualidade Animais de qualidade superior são essenciais na obtenção de uma carne de qualidade

A precocidade de animais de corte baseia-se na relação entre profundidade de costelas e comprimento

de pernas, além de virilha baixa. Altos escores de precocidade, indicam animais com biotipo que tende a ser mais apurado na terminação, o que coincide com aqueles que tendem a apresentar maior precocidade sexual e adaptabilidade a sistemas de produção a pasto. Estas características são alta-

mente transmitidas aos filhos (alta herdabilidade). A fêmea mais desejável, modelo funcional. A cruza Brahman se mostra como um animal que transforma muito bem a pastagem ou outro alimento em carne e leite, ou seja, são animais ou indivíduos de alto desempenho, de grande funcionalidade.

Compra e venda de bovinos

LINHA SÃO JOÃO S/N – ZONA RURAL CAPITÃO LEÔNIDAS MARQUES – PR

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


11

BRAHMAN E BRAFORD Homenagem a Alda Mürschbächer A titular da Agropastoril Toca da Onça, Alda Mürschbächer, foi homenageada pelos criadores de Brahman de Cascavel em evento dos criadores. O objetivo foi ressaltar o seu companheirismo e sua relevante participação e empenho na busca de melhorias do rebanho bovino da região Oeste do Paraná.

ESCRITÓRIO: R. Minas Gerais, 1825 Fone (45) 3223-9885 - Cascavel / PR

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

FAZENDA: Rodovia 585 - Km 15 Fone (45) 9973-0190 - Toledo / PR Edição 2014


12

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


13

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


14

É tempo de pensar em CBF Silagens

A empresa CBF SILAGENS está no mercado desde 2008 produzindo silagem em pequenos, médios e grandes produtores da região Sul (PR SC e RS) se estendendo também a vários outros estados como MT, MS, GO, TO. A silagem nos dias de hoje é um aliado direto na dieta nutricional de qualquer tipo de gado, já que são usados pra gado de engorda e para gado leiteiro. A silagem feita no Sul do país

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

durante o verão é produzida com milho, sorgo, tifton e, no inverno, com aveia, azevém e outras pastagens do período. Já no Norte do país, no verão a silagem é produzida a base de milho, sorgo, e na época de seca a base de cana-de-açúcar. A uma boa silagem não depende somente de uma boa forrageira para fazer o corte do produto, depende muito do tempo, do ponto de colheita do armazenamento correto em silos, da compactação bem feita, todos são itens fundamentais para uma melhor qualidade da silagem na propriedade. A CBF SILAGENS treina seus funcion��rios para suprir todas as etapas de produção da silagem. Para isso, contamos com uma equipe comple-

ta, como gerentes de campo, operadores das forrageiras, 35 motoristas de caminhão, funcionários de escritório (cobrança), cuidador de agenda, operador de pá carregadeira e gerente regional. Além disso, temos ainda o suporte logístico e de transporte, com 1 caminhão prancha para transporte das forrageiras. O crescimento da CBF Silagens só tende a se manter, já que conta com cinco máquinas de forragem, além da infra estrutura completa para melhor atender os seus clientes. Entre em contato com empresa hoje mesmo para agendar uma visita técnica, pois a equipe está sempre preparada para contribuir com a melhora do resultado financeiro da sua propriedade. Edição 2014


15

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


16

Como escolher e manejar um touro A produtividade de um rebanho e a sua lucratividade depende da alta eficiência reprodutiva, a qual pode ser medida pelo número de terneiros nascidos ao ano. Esse índice, obviamente, depende do número de fêmeas saudáveis cobertas e fecundadas por machos igualmente saudáveis, sendo ambos responsáveis pelos índices de natalidade obtidos. A seleção de touros é a principal ferramenta para melhorar o potencial genético do rebanho, bem como obter aumento no desempenho da progênie. Touros melhoradores ou de desempenho superior devem ser mais valorizados pois podem representar incrementos para o rebanho que o “pagam” no primeiro ou segundo ano da utilização e levam estes ganhos por gerações adiante. Deve-se observar o mérito genético do reprodutor para o fim a que se destina. Um bom touro tem que ter:

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

• “cara e corpo de macho”, ou seja, os sinais externos devem evidenciar a masculinidade determinada através da expressão hormonal. Deve-se avaliar Estrutura, Precocidade, Musculosidade, Umbigo, Caracterização Racial, Aprumos e Características Sexuais. • Cabeça expressiva, de fronte larga e chanfro curto e reto. Pele mais grossa que as fêmeas, peito forte e pelagem mais escura nas extremidades, cupim, pescoço, paletas e ao redor dos olhos. As mandíbulas devem ser fortes e a boca

grande (prognatismo e inhatismo são inaceitáveis). • Pescoço bem musculoso, bem implantado e proporcional ao corpo, barbela de bom tamanho e bem distribuída. Evitar maçã de peito proeminente. O couro deve ser solto, com dobras e com movimentação freqüente. • A raça Brahman não recomenda touros de temperamento nervoso, mas eles não podem ser apáticos. • Os aprumos são fundamentais para o touro, já que necessita caminhar atrás das vacas para efetuar seu serviço. Deve locomover-se bem, apresentando membros bem afastados e sem defeitos (articulações inchadas, quartela fincada, animais cambotas ou com perna de frango). Os cascos devem ser sadios, bem conformados e resistentes, (não achinelados ou encastelados). Animais de bons aprumos tem vida útil mais longa. • Musculatura bem desenvolvida e bem distribuída, com boa profundidade e arqueamento de costelas denotam animais mais produtivos e que trabalham

Edição 2014


17

melhor a campo. A musculatura da coxa deve descer até próxima do jarrete. • Garupa ampla com bom afastamento de íleos e ísquios significa mais carne no entrepernas (esta característica transfere para as filhas uma melhor acomodação do úbere e maior facilidade de parto). A distância entre o ânus e a bolsa escrotal deve ser grande. • Touros muito altos e finos são mais tardios sexualmente. Exame Reprodutivo / andrológico • O principal objetivo do exame andrológico é o de se fazer uma estimativa do potencial reprodutivo do macho que será selecionado como reprodutor. Identifica anormalidades no trato genital ou no comportamento sexual que possam comprometer a fertilidade. Deve ser feito prévio a venda ou a estação de monta do rebanho. • O aparelho reprodutivo deve apresentar uma bolsa escrotal de pele fina e sedosa, com pêlos curtos e lustrosos. Os testículos devem ser bem posicionados e volumosos (sem excesso), lembrando que o volume testicular é correlativo a fer-

tilidade do touro e que será transmitida para os filhos. O músculo cremáster deve ser forte para suspender bem os testículos quando o animal caminhar para evitar traumatismos. A cauda do epidídimo deve ser bem visível e cheia. A bainha e umbigo devem ser de tamanho médio, com óstio prepucial bem posicionado e voltado para frente, sem prolapso. O pênis deve ser bem dirigido. Relação Touro / Vacas A proporção média recomendada é de 1 touro para cada 20-30 fêmeas em média (ou 4 a 6%). Esta relação depende de tamanho de piquete, idade dos animais (muito jovens ou muito idosos têm menor capacidade reprodutiva), libido e outros fatores que devem ser avaliados. Um bom touro bem manejado pode trabalhar tranquilamente com 50 vacas ou até mais dependendo de sua avaliação comportamental e reprodutiva (exame andrológico). A falta de touros (baixa taxa de serviço) ou o excesso de touros (dominância) determinam menor índice de prenhez. A taxa de substituição dos reprodutores deve estar entre 15 e 30% ao ano (3-6 anos de permanência no rebanho).

Manejo e adaptação de touros Não esquecer dos exames sanitários antes da compra. Vermífugos, ecto-parasiticidas, vacinas reprodutivas e vacinas tradicionais da região devem ser feitas previamente a estação de monta, mesmo que já venham vacinados da propriedade de origem. Ao chegar na propriedade, o animal não deve ser misturado de imediato com os touros “velhos”, tendo um período prévio de adaptação antes de ser colocado em serviço. Se for muito jovem deve ser melhor alimentado. Se for animal de baia deve receber alimento concentrado e diminuir o fornecimento deste aos poucos para acostumar. Uma boa prática é o rodízio de touros de 15 em 15 dias durante a estação de monta onde uns trabalham enquanto outros descansam (66 x 33%). Lembrar que os jovens se desgastam mais que o mais velhos e por isto devem servir menos fêmeas ou rodiziarem mais. O ideal é formar grupos de touros homogêneos por idade, capacidade de serviço ou dominância. Preferir vacas com cria para os jovens. Durante a estação de monta o ideal é utilizar piquetes melhores e menores. A estação deve ser curta (cerca de 90 - 100 dias) dependendo do estágio da propriedade. O início da estação de monta é determinado regionalmente de acordo com o regime de chuvas ou primavera-verão (disponibilidade de alimentos). Touros muito magros ou muito gordos apresentam menor resultado reprodutivo. O ideal é que o touro seja bem alimentado antes da estação de monta e esteja com escore 3-4 no início da estação. “lembrar que o animal para ser fértil e eficiente deve ser saudável e sentir-se confortável em seu ambiente (sem stress)”. Uma assessoria técnica bem capacitada para a aquisição e utilização dos reprodutores certamente se transforma em lucros efetivos.

BRAHMAN CHACO SANTA CLARA GENÉTICA

CASA DAS MADEIRAS • Lascas • Palanques • Balancim em Itaúba para cercas • Cochos • Porteiras • Bancos • Madeiras serradas • Eucaliptos tratados em autoclave

Av. Tancredo Neves, 3333 - Santo Onofre Cascavel - PR

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

FONE 3326-1937 Edição 2014


18 Excesso de velocidade não é legal.

MITSUBISHI ASX É 4X4 É ADERÊNCIA A PARTIR DE

R$

89.490,00 VERSÃO AUTOMÁTICA

CASCAVEL

AV. BRASIL, 1681

FOZ DO IGUAÇU

ASX É

AV. PARANÁ, 803

(45) 3411.7000 (45) 2105.7000

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Mitsubishi ASX automática a partir de R$89.490,00 ano modelo 2013/2014.

Edição 2014


19

GENSUR

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


20

Brahman: rendimento superior de carcaça O Brahman alia alta qualidade da carne com produtividade, o rendimento chega a 56%

O Brahman vem se destacando no mercado pecuário de maneira fantástica. A raça, presente no país há apenas 19 anos, cresceu de tal maneira que o Brasil já é a terceira potência mundial em animais Brahman registrados. É a raça zebuína que mais cresce no território nacional. Seu diferencial de rusticidade, precocidade, rendimento excelente de carcaça e qualidade da carne conquista cada vez mais criadores que buscam excelência da raça zebuína. Dados do DBO comprovam que o Brahman tem se valorizado entre as mais variadas raças na questão de reprodução, produção e comercialização de sêmen. O Brahman apresenta animais eficientes, que, além da qualidade da carne, a quantidade é um diferencial dessa raça, ou seja, rendimento excelente de carcaça. “Se falarmos do Brahman puro ou cruzado, teremos um rendimento de carcaça que chega a 56% ou mais, dependendo do sistema de criação e do sexo. Pode variar de 54% a 63% (caso de animais machos puros, terminados no coxo) e com qualidade genética su-

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

O Brahman tem dorso, lombo e traseiro bem avantajados

perior”, aponta o médico veterinário e Jairo Frare. De acordo com a Associação Brasileira de Produtores Brahman, as perdas por aparas de limpeza nas carcaças, com a retirada de hematomas gerados durante o manejo, são mínimas no Brahman, por causa da índole calma dos animais. Além desse ganho, também tem-se observado na desossa um maior percentual de carne que o esperado, confirmando que o osso do Brahman, que possui um volume consistente, apresenta um peso relativo menor devido aos osteoclastos (células do tecido ósseo) serem mais espaçados. “A qualidade de carne e rendimento da carcaça é o diferencial do

Brahman quando essa raça chega a um frigorífico. A raça tem animais mais jovens e quantidade de gordura desejada pelos frigoríficos”, ressalta o médico veterinário Waldomiro Kluska. Segundo o criador da raça, Rogério Stein, para o frigorífico importa muito a qualidade da carne, porém, chama a atenção também a proporção entre ossos e carne. Um animal de alto padrão para corte no momento do abate precisa ter uma proporcionalidade adequada entre tamanho e quantidade de produção de carne.” O maior volume de carne se encontra no lombo e no traseiro, ou seja, o animal que tem essas características bem desenvolvidas produzirá maior volume de carne. Segundo o criador, “as raças de gado de corte são selecionadas para ser o mais eficiente possível na produção de carne e o Brahmam, que possui como característica lombo e traseiro avantajados, se destaca naturalmente.” Segundo Rogério, “o Brahman tem dorso, lombo e traseiro bem avantajados, precocidade sexual muito grande, além de ser precoce na engorda, pois ele ganha peso rapidamente.” O perfil de conformação convexa das carcaças evidencia o grande desenvolvimento das massas musculares (musculosidade), principalmente na região do traseiro, onde estão os cortes nobres de maior valor agregado da carcaça.

Edição 2014


21

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


22

PLANTAR

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


23

moGimeC 3,5%

o equilíbrio perfeito

entre investimento e retorno

facebook.com/BimedaMogivet WWW.BIMEDAMOGIVET.COM

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


24

DE OLHO NA NO

Espaço ded Brahman: o

CRIADORES DE CASCAVEL:

SIMENTAL DEL CHACO BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

SIMENTAL LSD Edição 2014


25

OVA RAÇA SIMENTAL

dicado ao parceiro do o moderno Simental

SIMENTAL 2 PAPAGAIOS BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

SIMENTAL SÃO NICOLAU Edição 2014


26

FAMÍLIAS DE DOADORAS BRAHMAN CHACO MISS BIOGRAFIA FIV 6

QERJ 5041 (Shakyra)

jdh karu manso 800 x druida 200

JDH WELLINGTON MANSO X QERJ 2483 (KARU 800)

CONDOMÍNIO

AGW CBC 102 Chaco TE

Miss 196

Ms QUERJ Brahmânia 107

JDH KARU MANSO 800 X JK 212 (DATAPACK)

32844 X EDULAS 87 MR V8

AGW Ms Chaco CBC 58

MS BETINA FIV 22

JDH SIR LIBERTY MANSO X MISS 084

JDH SIR LIBERTY MANSO X QERJ 169

PRINCIPE DE SINGUACAN X QERJ 1389

GLORINHA - XAKO 509

Lady RKC POI TE 37

Ms Querença 2636

GLÓRIA 154 X PILAR 75

JDH SIR MARRI MANSO X JJ MS QUERENÇA 147

BETTY-ARYB 257

MR PILAR POI 75 X MISS V8 227/5

HOTEL FAZENDA HOSPEDAGEM P/ CÃES

JDH REMINGTON MANSO X MS DIAMOND A 31/5

ADE

ID NOV

Uma das mais tradicionais clínicas veterinárias de Cascavel oferece para você um espaço adequado para deixar seu melhor amigo!

Muita área verde e hospedagem categoria 5 estrelas!

Av. Brasil, 7.640 - Cascavel

Fone (45) 3226-6161

Clínica e Hospital Veterinário

www.santaclara.vet.br

CONSULTAS • CIRURGIAS • ULTRASSOM • RAIO-X • VACINAS • ODONTOLOGIA • PET-SHOP • BANHO E TOSA • REPRODUÇÃO IN VITRO

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


27 www.brahmanchaco.com.br

CONDOMÍNIO

PRODUTOS OFERECIDOS • Preparo de animais para exposições Hospedagem, manejo, preparo, etc

• Parcerias para produção de embriões in vivo ou in vitro.

pedigree superior com alto valor genético agregado, desejados pelos melhores criadores.

acasalamentos - prenhez pronta com produto puro e garantia de nascimento.

• Animais de qualidade genética e

• Receptoras prenhes dos melhores

• Embriões ou oócitos - congelados ou

• Reprodutores para criação de

• Direito de aspiração ou de coleta -

• Venda de reprodutoras

a fresco com garantia de prenhez.

cessão de doadoras para o cliente aspirar ou coletar e produzir suas próprias prenhezes.

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

puros ou cruzamento industrial • Pagamento em produtos.

Avenida Brasil, 7640 CEP 85.810-001 - Cascavel - PR Contato: 55 (45) 3226-7445 9978-0061 / 9111-6518 Edição 2014


28

www.brahmanchaco.com.br

Avenida Brasil, 7640 CEP 85.810-001 - Cascavel - PR Contato: 55 (45) 3226-7445 (45) 9978-0061

REGISTROS DE LEILÕES BRAHMAN

BRAHMAN CHACO INFORMATIVO INFORMATIVO

Edição 2014


Informativo brahman 2014