Page 1

O Sistema Solar

Eb1 de Benedita – 3ºE Ano lectivo 2010/2011


Às descobertas de Mercúrio

Constituição: O corpo de Mercúrio é rochoso como a Terra; a Crosta -100-300 km de espessura; Manto -600 km de espessura e o Núcleo – 1, 800 km de raio. Dimensão: 0 tamanho de Mercúrio é 4900 km. Rotação: O movimento de rotação é de 58 dias terrestres Temperatura: Ao meio-dia, a temperatura sobe até 425 graus e durante a longa noite desce até -185 graus. É o lugar do Sistema Solar onde se encontra a maior diferença de temperatura entre o dia e a noite. Posição do planeta no Sistema solar em relação ao Sol: O Mercúrio é o primeiro planeta do Sistema Solar. Distância média ao Sol: A distância é de 58 milhões de km. Duração do dia: A duração do dia é 58,6 dias terrestres. Duração do ano: A duração do ano é 88 dias terrestres. Número de luas: Não tem luas.

Alunas: Laura Lindo e Carolina Salazar


O Vénus Constituição: Vénus tem uma atmosfera extremamente densa, que consiste principalmente em dióxido de carbono e uma pequena quantidade de nitrogénio. A atmosfera na superfície do planeta Vénus é de 92 vezes à da terra. Em tamanho e massa, ele é muito similar à Terra, e é frequentemente descrito como "irmão" ou "gémeo" da Terra. O diâmetro de Vénus é de 12 104Km, apenas 650 km menor que o da Terra. É rochoso e a atmosfera é muito pesada. Vénus gravita a 108 milhões de quilómetros do Sol. Se pusessem um bocado de chumbo ele derretia em tão más condições climatéricas. É o segundo planeta do sistema solar.

Rotação: Vénus tem uma orbita quase circular, o período de translação dura 225 dias terrestres e a sua rotação é de 243 dias terrestres. Um ano em Vénus equivale a 7 anos terrestres e um dia em Vénus corresponde a 8 meses no planeta Terra. O planeta possui poucas crateras, demonstrando que a superfície é relativamente jovem, com idade de aproximadamente 300600 milhões de anos. Temperatura: Totalmente na sua espessa camada de nuvens, a atmosfera deste planeta e muito densa, estende-se até cerca de 100km acima da superfície. Em Vénus a temperatura Max é 482 graus. Em Vénus ocorrem grandes tempestades e fortes ventos que atingem velocidades de 240km por hora. Número de Luas: Vénus como está atrás da Lua, não tem satélite. Alunos: Leonel Faustino e Rodrigo Catarino


A TERRA

Constituição: Cerca de 71% da superfície da Terra está coberta por oceanos de água salgada, com o restante consistindo de continentes e ilhas. O interior da Terra permanece ativo, com um manto espesso relativamente sólido (composto por rochas derretidas que libertam energia), um núcleo externo (muito mais frio, é líquido), um núcleo interno sólido (composto primariamente de ferro e níquel) e a crosta terrestre é a camada sólida fina formada por rochas e minerais e tem apenas 10km de espessura. O manto estende-se desde cerca de 30km e a profundidade é 2900km. A pressão da parte inferior é da ordem de 1,4 milhões de atmosferas, a viscosidade do manto superior varia entre 1021 a 1024 pascal segundo, dependendo da profundidade. A crosta (ou crusta) é constituída por placas que flutuam sobre o manto viscoso. Empurradas pela energia proveniente do manto as placas movem-se constantemente, originando desta forma oceanos e continentes. Os vulcões e os tremores de terra ocorrem nos limites destas placas chamadas placas tectónicas. E estas são só duas das quatro constituições da terra. Posição do planeta no Sistema solar em relação ao Sol: A Terra é o quarto planeta do sistema solar e o 5º maior planeta.

Distância média ao Sol: 150 milhões de km. Dimensão: A dimensão da terra é de 12756 km. Rotação: A terra demora 365 ou 366 dias a dar a volta ao sol ou seja demora 1 ano a fazê-lo. Temperatura: O máximo da temperatura na terra é 58 graus e o mínimo é -88 graus.


A duração do dia: A duração do dia na terra é o tempo que ela demora a dar a volta sobre si mesma que se chama movimento de rotação e isso demora 24 horas ou seja 1 dia. Número de Luas: A Terra tem apenas uma lua que é também o seu satélite natural que quer dizer que só gira à volta dela.

A Terra e a Lua

Alunos: Rita Belo e Daniel Franco


Marte Constituição: Marte possui um solo rochoso, não tem água sob a forma líquida e a atmosfera é demasiada pequena e irrespirável. É um planeta seco e ferrugento. A ferrugem nas rochas e no solo dá ao planeta a sua cor vermelha. Marte tem a montanha mais alta do sistema solar (três vezes maior que o monte Everest).

-Dimensão: Marte tem 6795 km. - Movimento de Rotação e Translação: O planeta Marte demora 687 dias a fazer o movimento de translação (a dar a volta ao Sol) e demora 24 horas e 39m e 35s a fazer o movimento de rotação (a dar a volta a si mesmo). - Temperatura: Marte é um planeta muito frio com uma temperatura a rondar os 55 graus negativos, mas pode variar dos 130º negativos aos 27º (dependendo da estação). - Posição do planeta no sistema solar em relação ao sol: Marte é o quarto planeta a contar do Sol. - Distância do Sol: 227 940 000 km de distância ao Sol. - Duração do dia: 24h 39m. - Duração do ano: Marte tem 687 dias terrestres. - Número de luas: Marte tem duas luas (Fomos e Deimos).

Alunas: Cristina Tiago e Diana Ferreira


Júpiter Constituição: A característica mais marcante de Júpiter é a Grande Mancha Vermelha, uma tempestade anticiclónica localizada 22° ao sul do equador e move-se numa direção anti-horária. Acredita-se que o seu núcleo seja rochoso; a sua superfície é constituída por vários gases – 99% de hidrogénio e hélio. Este planeta assemelha-se a uma gigantesca bola de gás. Dimensão: Júpiter é o maior planeta do sistema solar com 142.800 quilómetros de diâmetro. Rotação: Demora mais ou menos 11 anos a dar a volta ao sol. Temperatura: Média -121ºc. Posição do planeta no sistema solar em relação ao sol: 5ª posição em relação ao sol. Distância do sol: 778 milhões de quilómetros. Duração do dia/noite: Demora um pouco menos de 10 horas a dar a volta sobre si mesmo. Número de luas: 63 luas de Júpiter.

Alunos: Maria Manuel, Carolina Fernandes e Francisco Fernandes


O Planeta Saturno Saturno: É o sexto planeta do nosso sistema solar, com uma órbita localizada entre Júpiter e Úrano. É o segundo maior planeta. O seu aspecto mais característico são os seus brilhantes anéis, os únicos anéis visíveis da Terra. O seu interior é constituído por um pequeno núcleo de rocha e gelo, cercado por uma espessa camada de hidrogénio metálico e uma camada externa de gazes (devido aos efeitos de elevadas temperaturas). Antes da invenção do telescópio, Saturno era o mais distante dos planetas conhecidos. A olho nu não parecia ser luminoso. Saturno é o planeta do sistema solar com maior número de luas ou satélites naturais. O movimento de rotação em volta do seu eixo demora cerca de 10,5 horas, e cada revolução ao redor do sol leva 29 anos terrestres. Características Constituição: É um planeta gasoso. Tamanho: 120 536 milhões de quilómetros. Densidade média: 35.49 quilómetro/s.

Curiosidades Sabias que Saturno tem os pólos muito achatados devido à sua rápida rotação? Sabias que Titã é a única lua do sistema solar com uma atmosfera importante? Sabias que Saturno tem 60 luas? Sabias que Saturno poderia flutuar na água se o espaço fosse um oceano? Sabias que os anéis mudam de cor? Alunas: Jacinta Ferreira, Maria Ana e Margarida Santos.


O SUPER ÚRANO Constituição: A característica mais notável de Úrano é a estranha inclinação do seu eixo de rotação, quase noventa graus em relação com o plano de sua órbita; essa inclinação não é somente do planeta, mas também de seus anéis, satélites e campo magnético. Úrano tem a superfície mais uniforme de todos os planetas por sua característica cor azul-esverdeada, produzida pela combinação de gases na sua atmosfera, e tem anéis que não podem ser vistos a olho nu. Rotação: Demora 84 anos a dar a volta ao sol (movimento de translação). Temperatura: Média -220,2 ºC Dimensão: O seu diâmetro é de 51 118 Km. Duração do dia/noite: 17h 14m. Número de luas: Tem 27 satélites ao seu redor e um fino anel de poeira. Posição do planeta no sistema solar em relação ao sol: É o sétimo planeta do sistema solar. Distância do sol: 2871 milhões de km.

Alunos: Alexandre Pires, Maria Filipa e Érica Coelho


Neptuno Constituição: Neptuno tem 17 vezes a massa da terra e é ligeiramente mais maciço, do que Úrano que tem cerca de 15 vezes a massa da terra. A cor azul de Neptuno deve-se a um gás chamado metano. Este gás também ajuda a dar cor a Úrano. Descoberto em 23 de Setembro de 1846 Neptuno foi o 1º planeta encontrado por uma previsão matemática, em vez de uma observação empírica. A composição de Neptuno é semelhante à composição de Úrano, e ambos tem composições diferentes das dos maiores gigantes gasosos Júpiter e Saturno. A atmosfera de Neptuno é composto basicamente, de hidrogénio e hélio. O interior de Neptuno é composto principalmente, de gelo e de rochas como o de Úrano. Neptuno tem os ventos fortes de qualquer planeta, no sistema solar que podem chegar a atingir os 2100 km por hora. A temperatura na alta atmosfera é geralmente próxima de -218 ºC, um dos mais frios do sistema solar devido à sua grande distância do Sol. No entanto, o planeta parece ter uma fonte interna de calor. Pensa-se que isto se deve ao calor restante, gerado pela matéria em queda durante o nascimento do planeta, que agora irradia pelo espaço fora. Diâmetro equatorial: 49572 km. Rotação: Neptuno faz o movimento de translação em 164a 288d. Duração do dia/noite: 16h7m Número de luas: 13 satélites. Posição do planeta no sistema solar em relação ao sol: Neptuno é o oitavo planeta do sistema solar. Distância do sol: 4497 milhões de km. Estrutura interna de Neptuno

Alunos: Lucas Tomás, Maria Beatriz e Miguel Santos


O Sol e a Lua A origem da Lua é incerta, mas as similaridades no teor dos elementos encontrados tanto na Lua como na terra indicam que ambos os corpos podem ter tido uma origem comum. Nesse aspecto, alguns astrónomos e geólogos alegam que a Lua teria se desprendido de uma massa incandescente de rocha liquefeita primordial, recém-formada, através da força centrífuga. Graças à sua distância da Terra, a Lua é o único corpo, junto com a terra, que se conhecem detalhadamente a sua geologia. A Lua é o único satélite natural da terra, situando-se a uma distância de cerca de 384.405 km do nosso planeta. Segundo a última contagem, mais de 150 Luas povoam o Sistema Solar: Neptuno é cercado por 13 delas; Saturno tem 60; Júpiter possui 63. A Lua terráquea não é a maior de todo o Sistema Solar, uma das luas de Júpiter, é a maior. Fases da Lua na Terra Visto da Terra, o satélite apresenta fases e exibe sempre a mesma face. Seu período de rotação é igual ao período de translação. Constituição: A Lua não tem Atmosfera e apresenta, embora muito escassa, água no estado sólido (em forma de cristais de gelo). Seu período de rotação é igual ao período de translação, não tendo atmosfera, não há erosão e a superfície da Lua mantémse intacta durante milhões de anos. É apenas afectada pelas colisões com meteoritos. É a principal responsável pêlos efeitos de maré que ocorrem na Terra, em seguida vem o sol, com uma participação menor. A Lua é, proporcionalmente, o maior satélite natural do nosso sistema solar. As fases da Lua da Terra são: quarto minguante, quarto crescente, lua nova e lua cheia. A Lua tem 2 lados: Lado visível da Lua e Lado escuro da Lua.


Eclipse solar Eclipses totais do sol são eventos relativamente raros. Apesar de ocorrerem em algum lugar da terra a cada 18 meses. Eclipse lunar Um eclipse lunar ocorre quando a terra está entre a Lua e o Sol, sempre durante a Lua Cheia. Ao contrário dos outros eclipses Solares, que são vistos em pequenas partes do planeta, o eclipse Lunar pode ser visto de várias regiões. Marés As marés altas não ocorrem exactamente no alinhamento entre os centros da Terra e da Lua. Os altos correspondentes às marés altas são levados um pouco mais para a frente pela rotação da Terra. A Lua em números Duração do dia 29,5 dias - Duração da órbita 27,3 dias Diâmetro 3 476 km - Distância da terra 378 000 km A maior das crateras É na lua que se encontram as maiores crateras do sistema solar. O Sol O Sol emite luz porque, no seu interior, há reacções nucleares. Sabemos também que as moléculas são constituídas por átomos. Sabemos também que o Sol é constituído principalmente por hidrogénio e hélio, os dois elementos químicos mais leves, porque analisamos a luz solar com um prisma de vidro e, na luz decomposta, encontramos sinais característicos desses dois elementos. A dimensão: A fotosfera é a superfície visível do Sol, que emite a luz que vemos. De seguida encontra-se a coroa solar, a camada de gás externa. Imediatamente acima da fotosfera, encontra-se uma fina camada de gás, a cromosfera. A zona de convenção transporta a energia para a zona imediatamente abaixo da superfície do Sol a energia deixa o núcleo e sobe lentamente até à zona radiactiva. É no núcleo que tem lugar as reacções nucleares que libertam uma quantidade fenomenal de energia. O Sol possui um diâmetro de 1 392 000Km, uma temperatura à superfície de 5800ºC, faz uma rotação de 25,38 dias e tem uma idade de cerca de 4 600 000 000 anos. Alunos: Mariana Ribeiro, João Paulo, Henrique Silva.

Sistema Solar  

Trabalho dos alunos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you